Guia Mooca - Promolojas | ED3

AGENCIA8

www.guiamooca.com.br

Gostou do produto?

Este é o sinal de

CLIQUE E COMPRE.

Experimente em várias

páginas do guia.


Índice

Matéria da

CAPA

DANI ORTOLAN

PERSONALITÀ

DE ABRIL 2020

24

Foto: Danilo Borges

2

07

10

16

19

20

28

30

34

37

38

40

42

COMERCIÁRIO

EMPRESÁRIOS DE CRISES

SAÚDE BUCAL

QUALIDADE DO SORRISO

DR. MARCUS VINICIUS SIMONE

COMO ENTRETER AS CRIANÇAS

6 BRINCADEIRAS FÁCEIS DE FAZER EM CASA

SEGURANÇA

DEPA - DELEGACIA ELETRÔNICA DE PROTEÇÃO ANIMAL

CRIANÇAS DESAPARECIDAS.

AHPAS - PRECISA DE SUA AJUDA!

Associação Helena Piccardi de Andrade Silva

CUCINA DELLA NONNA

PANNA COTTA DE MANGA

RECEITA DE: TEMPERANDO & SABOREANDO

ESPECIAL SAÚDE

JOÃO CAVALLOTTI DÁ DICAS DE EXERCÍCIOS PARA SE

FAZER EM CASA. SOZINHO OU COM SEUS FILHOS.

APARTIDÁRIOS

CUSTO DE MANDATO

CAMINHO DA LUZ

TUDO PASSA

JOÃO EDGARD LUIZ FÁZIO

HOME OFFICE

DICAS QUE FACILITAM O SEU TRABALHO EM CASA

SEU DIREITO

COMO PRORROGAR EM ATÉ 60 DIAS SEUS PAGAMENTOS

DR. GRÉGORY ALFONSO

MUNDO PET

OS ANIMAIS PODEM CONTRAIR OU TRANSMITIR O CORONAVÍRUS?


020

A GENTE VAI EMBORA...

Já perto do fechamento de nossa edição, já tivemos

encontros e desencontros de informações.

Tecer uma opinião sobre o dia de hoje seria como

comentar minuto a minuto o sobe e desce das ações da

bolsa de valores em dia de pregão.

Ficar, em casa, voltar ao trabalho, quarentena vertical,

guerra de poderes entre políticos e, nós, cidadãos ditos

“comuns”, ficamos a mercê de egos inflados.

Portanto, para a abertura de nossa edição, lembrei-me de

um antigo vídeo, interpretado por Sérgio Cursino, o poema

“A Gente Vai Embora...”

Para nós da redação, talvez as palavras mais propícias

para os nossos próximos dias de vida.

Boa leitura!

Equipe Guia Mooca

Guia Mooca é uma

publicação digital, produzida

por H8A e, em parceria, com

PromoLojas - Promoções

com Endereço Certo.

O Guia Mooca é distribuido

gratuitamente nas principais

redes sociais, de forma

orgânica, e em grupos de

WhatsApp.

Seu compartilhamento

acontece voluntariamente

através dos anunciantes e

leitores do guia.

Diretor Executivo

Ewerton Moraes Sarmento

Jornalista Responsável

Caroline Teberga

MTB 70.496

Projeto Gráfico

H8A

Estágiário

Rafael Fazio

Colunistas

Dr. Marcus Vinícius Simone

João Edgard

Moraes Sarmento

SAC

sac@guiamooca.com.br

+ 55 11 2337 9484

A opinião e textos de nossos

colunistas não representam

necessariamene a opinião

de nossos editores.

5


Comerciário

Por Moraes Sarmento

EMPRESÁRIO DE CRISES

VIVEMOS APAGANDO O FOGO

AO INVÉS DE EVITÁ-LO

O momento é desconfortável

para todos. Tanto para

empregados como para

empregadores.

Empregados que correm o

risco de perder seus empregos

ou ficar sem salários e, por

outro lado, empregadores

que possuem empregados

confinados em suas casas e,

ao mesmo tempo, tendo que

manter o estabelecimento

comercial fechado. Aluguel,

IPTU, contas de luz e água,

mesmo que em cobrança

mínima, pagamento de produtos

faturados em estoque, enfim, a

crise traz novos desafios para

quem teima em empreender no

Brasil.

Em alguns segmentos,

a crise se emenda desde a

paralização típica de mercado

ao final do ano. Mas brasileiro

precisa de férias, de feriados e

depois... o carnaval. Mas, com

uma lei trabalhista que hiper

“protege” os trabalhadores,

os empresários destes

determinados segmentos

mantêm seus empregados e

salários. Eu, por exemplo, com

16 funcionários, em dezembro

paguei 32 salários e mais

32 salários em impostos. Ou

seja, 64 salários por manter

empregado apenas 16 pessoas.

Em janeiro, mês dos principais

e pesados impostos, já se

ouve comumente no mercado

a seguinte frase: “Volte a nos

procurar depois do carnaval...”

É cultural. É enfadonho. Um

país começar a produzir no

final do primeiro trimestre é

vergonhoso.

Por falta de sorte,

chega uma nova crise.

Compulsoriamente atinge

empregados e empregadores

em uma quarentena sem data

de término.

7


Aí, o gerenciamento

de riscos começa a ser

compartilhado também de

forma compulsória. O meu

prejuízo, antes assumido

apenas pelo empresário

agora é compartilhado pelo

empregado.

Lembro de um período, no

início de minha empresa, em

que um funcionário enviou o

anúncio errado para publicação

em duas revistas de circulação

nacional. Não deu outra, o

cliente disse que a agência

pagaria pelos anúncios. Para

quem não conhece o mercado

publicitário, a agência é

remunerada por lei com 20%

do valor da veiculação, ou

seja, os outros 80% do custo

da veiculação sairiam de meu

bolso.

Qual foi a posição do

empregado? Bem simples e

objetiva: “Me mande embora”

e, para isso, eu teria que pagar

aviso prévio, 13º salário e férias

proporcionais, multa de 50% do

fundo de garantia e o imposto

de quase 100% sobre tudo

isso. Eu pagaria o prejuízo e,

como “bônus”, o empregado

receberia todos os “direitos”.

Vivemos driblando as crises

diárias ao se manter uma

empresa aberta no país.

Empreendemos em crises

governamentais onde houve

desvios bilionários, pagos

com suados impostos de

quem produz, mas não vimos

os resultados nos serviços

públicos. Sem falar, é claro,

as famosas crises “é só uma

marolinha” ou “H1N1 é só uma

gripezinha”.

Vivemos na era da

informação onde, em poucos

cliques, sabemos o que

acontece do outro lado do

mundo. Precisamos estar

conectados, mas antes de mais

nada, precisamos colocar esse

Brasil em ordem.

Precisamos do esforço

coletivo, do “querer fazer”.

Precisamos construir com

amor.

8


Saúde Bucal

PREVENÇÃO: A MELHOR OPÇÃO!!!

VOCÊ SABE DA IMPORTÂNCIA E NECESSIDADE DE MANTER

A SAÚDE E QUALIDADE DO SEU SORRISO?

Dados mostram que em um

primeiro contato entre duas

pessoas, 47% delas observam

primeiramente o sorriso, em

seguida 31% olhos, 11% cheiro,

7% roupas e 4% cabelos, pois

além de um sorriso bonito

ser sinônimo de saúde, ele

também é seu cartão de visitas.

Então a melhor maneira de se

ter uma imagem pessoal bem

aceita e com um baixo custo,

é prevenir-se de problemas

nestes quesitos. Como dizia o

velho ditado “É melhor prevenir

do que remediar”, seguindo

este contexto alertamos

sobre a importância de alguns

cuidados que podem colaborar

com a prevenção de sua saúde

bucal e de seus familiares, a

fim de evitar as mais diversas

doenças orais. Segundo dados,

cerca de 95% dos brasileiros

apresentam alguma doença,

como cáries, problemas

gengivais e periodontais,

placas bacterianas aderidas

(Tártaro), entre outras. Na foto

a seguir podemos visualizar

um caso, onde a placa

bacteriana está num estágio

tão avançado, que obteve

evolução para Periodontite

Crônica, vemos o resultado

de normalidade após nosso

procedimento de raspagem

periodontal:

10


Os cuidados de higiene bucal

devem ser acompanhados

de perto desde o nascimento

da criança e por constante

observação durante toda a

vida, pois muitas doenças

adquiridas no corpo humano

apresentam como porta de

entrada a cavidade bucal,

disseminando processos

infecciosos e doenças

sistêmicas.

A realização de tratamentos

em estágios mais avançados

como extrações dentárias,

tratamentos endodônticos

(canal), problemas gengivais

e periodontais ou até

mesmo progressões em

estágios graves como o

câncer bucal podem ser

prevenidos, se o paciente

obter a conscientização da

importância de se adquirir bons

hábitos de higiene e realizar

consultas de manutenção

periódicas com seu dentista,

portanto, é importante

seguirmos algumas dicas

sobre Orientações de Higiene

Bucal:

• Escovar corretamente

os dentes: pelo menos três

vezes ao dia, sempre após

as refeições e antes de

dormir. Coloque a escova

em ângulo de 45 graus em

relação à gengiva, realizando

movimentos que a afastem da

gengiva, escove delicadamente

as partes internas, externas,

e de mastigação, de cada

dente com movimentos

11


curtos de trás para frente,

não se esqueça que é muito

importante escovar a língua

e as bochechas para remover

bactérias que as envolvem, e

promover um hálito mais puro.

• Utilize fio dental diariamente:

Use aproximadamente 40 cm

de fio enrolando-o entre os

dedos, siga cuidadosamente o

contorno de seus dentes com

o fio, a fim de que cheguem

até o espaço após o início da

gengiva, não utilize força ou

movimentos bruscos para não

machucar as gengivas.

• Enxaguatório bucal:

Utilize enxaguatórios bucais,

sempre sem álcool, após a

escovação por cerca de 30

segundos realizando bochecho

e eliminando – o em seguida,

além de manter um hálito

mais refrescante irão ajudar

a manter em equilíbrio sua

boca em relação a germes e

bactérias.

• Cuidados com a

alimentação: Evite comer

doces em geral, e ingerir

bebidas açucaradas com

frequência. Dê preferência à

alimentos ricos em fibras, pois

estes estimulam a salivação,

contribuindo para diminuição

da acidez na boca, equilibrando

o ph.

• Visite o dentista

regularmente: É importante

realizar uma avaliação pelo

menos a cada seis meses

para que com o auxílio do

profissional possa remover

placas bacterianas (tártaro)

que se agregam aos dentes

mesmo realizando todos

os cuidados de higiene, seu

dentista ajudará a manter

a saúde de sua boca com

dentes limpos e evitar o

desenvolvimento de maiores

problemas como gengivites,

cáries e outras doenças bucais.

Os cuidados com a higiene

bucal são muito importantes,

pois a saúde começa pela

boca, e conservando dentes

e hálito saudáveis, sua saúde

geral, bem estar, seu convívio

social e qualidade de vida irão

caminhar juntos.

Dr. Marcus Vinícius Simone

CROSP 116474

• Especialista em Cirurgia e

Traumatologia Bucomaxilofacial e

Implantodontia pela Universidade de São

Paulo – USP, SP

• Estética Facial e Oral pelo Miami

Anatomical Research Center – Miami, FL

• Diretor Técnico na Clínica MV

Odontologia e Estética.

R. Capitão Pacheco e Chaves,

1056 - CJ 26/28, Mooca

Tel. 11 2777-8070

Cel. 11 93002-8070

14


COMO ENTRETER AS CRIANÇAS

DURANTE A QUARENTENA?

Com toda certeza essa é

uma pergunta feita por quase

todos os pais. Nesse momento

de reclusão social, as crianças

precisam de atividades que

promovam a criatividade,

o aprendizado e ao mesmo

as mantenham ocupadas e

alegres dentro de casa.

BRINCAR DE CABANA

Para a coordenadora do

curso de pedagogia da FAM

(Centro Universitário das

Américas), Silvia Bianchi, o

momento é para reflexão de

todos, para ficar em família,

dar e receber, período de

solidariedade.

Com o objetivo de ajudar os

pais a manter suas crianças

ocupadas, pedimos para a

pedagoga separar algumas

dicas de brincadeiras fáceis

de desenvolver em espaços

pequenos. Confira:

Basta ter um lençol,

cadeiras e um abajur com

lâmpada, isso ocupará uma boa

parte da tarde, junto com uma

pipoca então... é só alegria.

Faixa etária de 2 a 10 anos,

ideal acompanhamento de

1 adulto para crianças com

menos de 5 anos.


BRINCADEIRAS

COM SOMBRAS

Nesse caso pode ser utilizado

as mãos, colheres, panelas,

copos plásticos, objetos da

casa, abajur com lâmpada

também fará parte da

brincadeira. Cria-se histórias

e personagens que levam

as crianças ao mundo da

imaginação.

Qualquer faixa etária, já que

até os adultos brincam.

CAÇA AO TESOURO

Pode-se esconder em algum

espaço dentro ou fora de casa,

algo interessante como um

objeto, um pacote de biscoito

ou qualquer brinquedo.

Durante a brincadeira, colocar

pistas em vários lugares que

levarão ao local do tesouro.

Crianças maiores

de 4 anos até 12.


PINTURAS E DESENHOS

As crianças amam atividades

de desenho e pintura, embora

não se dediquem muito tempo

a esse tipo de atividade,

pode ser muito interessante

para variar e acalmar após o

lanche da tarde.

Qualquer faixa etária.

BRINCANDO COM BALÕES

Basta comprar pequenos

balões, encher com água e

jogar. Instrua a criança para

que não o deixe cair, se cair

estoura.

Crianças de todas as idades.

Ideal brincar em casa com

quintal.

ELABORAÇÃO DE MÁSCARAS

E CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

Com caixas de papelão,

pode-se criar máscaras

incríveis, basta criatividade

ou um modelo para recorte,

coelhos, cachorros e outros

animais e personagens

podem ser criados, pintados

com tinta guache deixando a

imaginação fluir.

Crianças entre 3 a 8 anos,

sendo as menores com a

ajuda de 1 adulto.

18


DELEGACIA ELETRÔNICA

DE PROTEÇÃO ANIMAL

SERVIÇO ONLINE DE DENÚNCIAS - 24 HORAS

A DEPA é um serviço

via internet à disposição da

população para denúncias de

crimes ocorridos no Estado de

São Paulo.

É necessário identificar-se

para fazer a denúncia e o sigilo

dos dados serão preservados

se optar pela privacidade

no momento do cadastro da

denúncia.

As providências tomadas

pela polícia poderão ser

acompanhadas através do

número de protocolo gerado

após a efetivação da denúncia,

juntamente com o número do

CPF do denunciante informado.

ATENÇÃO - FALSA

COMUNICAÇÃO É CRIME

A falsa comunicação de um

crime também é crime e tem

pena prevista no Artigo 340 do

Código Penal Brasileiro. Todas

as informações descritas

aqui devem ser verdadeiras.

FONTE: POLÍCIA CIVIL - SSPSP

ANA BEATRIZ ALVES

DE ARAUJO

CRIANÇAS DESAPARECIDAS

VICTOR HUGO

RODRIGUES CARVALHO

+ CRIANÇAS DESAPARECIDAS

(Clique na imagem)

Tem Informações? Ligue para (11) 3311-3547 / 3311-3548 / 3311-3983

19


CORONAVÍARUS: ONG SOFRE

COM PANDEMIA E LUTA PARA

CONTINUAR ATENDIMENTO


A instabilidade da economia

causada pelo Coronavírus

já está afetando as ONGs.

Eventos beneficentes e

bazares, principal fonte de

renda das entidades, foram

cancelados ou adiados nessas

semanas devido ao Covid-19.

A AHPAS (Associação

Helena Piccardi de Andrade

Silva) oferece o serviço de

transporte especial e apoio

sociofamiliar a crianças e

adolescentes carentes em

tratamento de câncer. Todos

os dias a associação leva e

busca seus atendidos aos

hospitais de tratamento, que

ficam muito distantes de suas

casas.

Para manter suas

atividades a AHPAS utilizava

três frentes, como explica

Celso Rodrigues, presidente

da associação.

“A AHPAS tinha três fontes

de receita. O Bazar que

funcionava permanentemente

de segunda a sexta-feira

representava 30% da nossa

receita e parou com o

fechamento do comercio.

Nossa segunda fonte de renda

eram os eventos que fazíamos

para captar recursos e hoje

estão todos cancelados. Agora

nossa única receita é a doação

direta de pessoas físicas ou

jurídicas”.

Associação Helena Piccardi

de Andrade Silva

CNPJ: 03.873.905/0001-64

Banco Itaú:

341 – Itaú

Ag. 0445

CC. 09697-7

Banco Bradesco:

237 – Bradesco

Ag. 450-2

CC. 123691-1

“Precisamos criar uma

corrente do bem. Pode ser com

o valor que gastariam com um

café ou uma ida ao cinema.

Um amigo vai passando

para o outro e a ajuda vai se

viralizando”, falou Celso.

Em 2020 a AHPAS completa

20 anos e está atendendo

43 crianças que precisam

da associação para dar

continuidade no tratamento

de câncer, especialmente

agora em meio a pandemia do

Coronavírus, onde os atendidos

ficam muito vulneráveis nos

trajetos até os hospitais.

“Hoje nosso caixa consegue

atender essas crianças por

mais três meses, então

vamos ter que tomar algumas

atitudes para gerenciar a crise.

Cerca de 80% das nossas

despesas são com folha

salarial e aluguel, como o do

bazar. Então vamos começar

a negociar desde redução de

jornada até aluguel. Apesar

dos nossos 20 anos não temos

uma reserva financeira, não

temos ajuda do governo ou

de uma grande empresa. Hoje

fazemos o nosso dever de

casa”, finalizou.

Como ajudar a AHPAS

As doações podem ser

feitas pelo site www.doacao.

ahpas.org.br ou então através

das contas bancárias.

21


24

Esportes


Por Caroline Teberga

“A MINHA RELAÇÃO

COM O JUVENTUS

É COISA DE OUTRO MUNDO”

“A minha relação com o

Juventus é coisa de outro

mundo. Eu falo pra todo mundo

que eu sou apaixonada pelo

clube, não só pelo futebol do

Juventus e sim pelo Juventus.

Pela camisa, pelo símbolo,

pelos torcedores e pela Mooca.

Me identifiquei de um jeito que

eu nunca pensei. Eu sou muito

feliz hoje vestindo a camisa

do clube. Com esse feito de

50 gols é um sonho realizado.

Eu sempre sonhei em crescer

com o Juventus e junto

das minhas companheiras

estamos também ajudando o

clube.

Eu não tenho palavras para

expressar isso. Quero trazer

muitas alegrias para quem

me faz muito feliz”, foi assim

que Dani Ortolan, atacante da

equipe feminina de futebol

do Clube Atlético Juventus,

começou a entrevista para o

Guia da Mooca.

Foto: Bruno Castilho


Depois de pas

Palmeiras (2006 – 2012) e

Centro Olímpico (2012 – 2016),

a atleta chegou no clube

da Mooca em 2016 e desde

então começou a se tornar

referência para o time e para

as meninas que sonhavam em

jogar futebol.

Como sempre teve o apoio

da família, a caminhada até

assinar o primeiro contrato

profissional se tornou mais

leve. Dani sempre faz questão

de dizer nas entrevistas que

a família foi a base para a

construção do seu sonho.

O Juventus sempre foi

uma referência no futebol

feminino, tanto que grandes

nomes defenderam as cores

do Moleque Travesso e com a

chegada da atacante ao clube

o time da Mooca voltou a

fazer história. Dani Ortolan já

foi chamada duas vezes para

seleção brasileira sub-20.

A atacante que chegou à

marca de 50 gols pelo Juventus

falou ainda sobre a visibilidade

do futebol feminino, como

está mantendo a forma física

nesse período de quarentena

e revelou que tem aproveitado

o tempo para estudar futebol.

Confira:

- Acha que o aumento da

visibilidade do futebol feminino

pode ajudar na convocação de

meninas que não atuam pelos

grandes clubes?

- O futebol feminino tem

ganhado muito espaço nos

últimos dois anos. Você já

sentiu essa diferença dentro

de campo? Os adversários

ficaram mais fortes? Os

campeonatos ficaram mais

competitivos?

26


- O Juventus conquistou o

direito de jogar o campeonato

brasileiro esse ano. Como

está a equipe? A expectativa

para essa temporada?

Podemos dizer que o Juventus

está voltando a ser uma

das referências no futebol

feminino?

- Durante esse período de

quarentena você tem postado

nas redes sociais que está

fazendo exercícios em casa.

Vocês receberam alguma

recomendação da comissão

técnica? Eles passaram

alguns exercícios para vocês

realizarem em casa?

- Fora os treinos, o que

você tem feito para passar

o tempo? Joga vídeo game?

Gosta de cozinhar?

- Daqui a 10 anos como

você sonha em ver o futebol

feminino?

27


Cucina Della Nonna

PANNA COTTA DE MANGA

SOBREMESA ITALIANA COM SABOR BRASILEIRO

Uma deliciosa sobremesa

bem refrescante, cremosa

e muito saborosa, e para

aproveitar a fruta da estação

panna cotta de manga.

Receita de:

Temperando & Saboreando

INGREDIENTES:

• Para o Primeiro Creme

4 mangas bourbon (média)

6 g de gelatina incolor sem sabor

• Para o Segundo Creme

600 g de creme de leite de caixinha

4 colheres de sopa de açúcar

(ou a gosto)

6 g de gelatina incolor sem sabor

28


29


Especial Saúde

CONFIRA DICAS DE EXERCÍCIOS

PARA FAZER EM CASA

SOZINHO OU

COM OS FILHOS

30


Após o fechamento das

academias por conta do

coronavírus muita gente

ficou sem ter onde se

exercitar.

Para quem não quer

ficar no sedentarismo

durante a quarentena, o

professor João Cavallotti, o

Boca, montou uma série de

exercícios que podem ser

realizados em casa.

31


João

Cavallotti

CREF 058826 SP

EXERCÍCIO 1

32


EXERCÍCIO 2

EXERCÍCIO 3

33


Apartidários

Por Moraes Sarmento

CUSTOS DE MANDATO

Além dos salários, quanto custa manter um gabinete de

vereador na cidade de São Paulo?

Auxílio-Encargos

Gerais de Gabinete

de cada vereador da

cidade de São Paulo.

O relatório contendo

os gastos do mês

de janeiro já está

disponível no site

da Prefeitura do

Município de São

Paulo, em seu portal

da transparência.

Conheça o que é essa

verba no quadro abaixo,

reproduzida com o

texto disponibilizado

no portal municipal de

São Paulo.

Cada Vereador dispõe, em 2020, de uma verba

anual de até R$ 310.612,56 (média mensal

de R$ 25.884,38) destinada ao custeio de

serviços gráficos, correios, assinaturas de

jornais, deslocamentos por toda a cidade

e materiais de escritório, entre outras

despesas. Trata-se do Auxílio-Encargos

Gerais de Gabinete, previsto em lei (veja,

abaixo, a relação das leis que tratam deste

item). Dentro desse limite, as despesas

realizadas diretamente pelo vereador são

ressarcidas mediante a apresentação de

notas fiscais ou documentos equivalentes.

A Câmara tem contratos para locação de

veículos, correio e reprografia – firmados

com base na lei de licitações –, que podem

ser usados pelos parlamentares. A soma

desses itens administrados centralmente

pela Casa com aqueles pagos diretamente

pelo gabinete não pode exceder o limite anual

fixado por lei para cada vereador.

QUANTO SEU VEREADOR

USA DESTA VERBA?

34


54 VEREADORES

R$ 310 MIL POR

GABINETE

É interessante

verificar como e com

o que é gasto esse

auxílio. Lembrando

que salários de

assessores não são

contabilizados nesse

“auxílio-encargos”.

Alguns vereadores

fazem questão

de mensalmente

usufruir até o último

centavo dessa

verba, que se fosse

poupada, retornaria

ao cofre público do

município. No mês

de janeiro tivemos

6% dos vereadores

que utilizaram em

100% a cota mensal

do auxílio, 22%

gastaram mais de

90% da verba e

apenas 4% gastaram

menos de 10% do valor

disponibilizado.

Lembrando que

nesse valor, não

soma-se salários,

que deve ser assunto

de uma próxima

matéria.

Os vereadores que

representam o nosso

bairro, ou deveriam

representar, sempre

estão no grupo dos

que utilizam mais de

90% desses recursos.

Te conforta saber

que tanto dinheiro

está sendo investido

para as melhorias do

distrito da Mooca?

Você vê onde esse

dinheiro beneficia o

bairro?

Eu realmente estou

curioso para ver as

contas no período de

quarentena. Teremos

os mesmos índices de

“Auxílio-encargos”

praticados nos

meses de atividade?

Acesse o portal

e os gastos de seu

vereador clicando

AQUI!


PRECISAMOS DE SUA DOAÇÃO


Caminho da Luz

Por João Edgard Luiz Fázio

Tudo Passa!

Todas as coisas,

na Terra, passam...

Os dias de dificuldades,

passarão...

Passarão também os dias de

amargura e solidão...

As dores e as

l á g r i m a s

passarão...

As frustrações

que nos fazem

chorar, um

dia passarão.

A saudade do

querido que está

longe, passará...

Dias de tristeza...

dias de felicidade...

São lições necessárias que,

na Terra, passam, deixando

no espírito imortal as

experiências acumuladas.

Se hoje, para nós, é um

desses dias repletos de

amargura e dificuldades,

paremos um instante.

Oremos elevando o

pensamento ao Alto

Busquemos a voz suave da

Mãe amorosa a nos dizer

carinhosamente:

Isso também passará...

E guardemos a certeza,

pelas próprias dificuldades já

superadas, que não há bem

que seja eterno e nem mal que

dure para sempre.

O planeta Terra, semelhante

a enorme embarcação,

às vezes parece

que vai soçobrar diante das

turbulências dos imensos

vagalhões.

Mas isso também passará,

porque Jesus está no leme

dessa imensa embarcação,

e segue com o olhar fixo e

sereno de quem guarda a

certeza de que a agitação

faz parte do roteiro evolutivo

da humanidade e que um dia

também passará...

Ele sabe que a Terra

chegará a porto seguro,

porque essa é a sua

destinação.

37


ESPECIAL QUARENTENA

Home

Office

CONFIRA DICAS PARA DEIXAR

O TRABALHO MAIS FÁCIL

Trabalhar no esquema

home office virou realidade

nessas últimas semanas. Se

você viu sua rotina mudar de

um dia para o outro e não está

conseguindo se organizar e

produzir de casa, nós vamos

te ajudar.

Conversamos com a

personal organizer, Juliana

Aragon, que separou algumas

dicas para facilitar a adaptação

a essa nova fase que pode ser

muito mais proveitosa do que

você imagina.

1- Tenha horário para

acordar, tomar seu café da

manhã e se preparar para

ligar seu computador;

2- Vista-se da mesma

forma como se estivesse indo

para o escritório. Toda essa

rotina nos ajuda a entender que

só não estamos fisicamente

na empresa;

3- Separe um espaço da

casa para ser “seu ambiente

de trabalho”;

4- Deixe bem claro para

sua família que aquele local

e aquele momento você

não está disponível para

conversas pessoais. Se quiser

deixar mais fácil pendure uma

bandeirinha vermelha na porta

quando não estiver disponível

e outra verde quando a porta

puder ser aberta;

5- Faça duas listas

distintas: uma para os afazeres

do trabalho e outra para os da

casa. Você precisa continuar

com duas agendas distintas;

6- Organize pausas no

trabalho, da mesma forma

como se estivesse na empresa.

Sabe aquela hora do café?

Elas são importantes para que

você não se sinta exausto no

fim do dia;

7- Não esqueça que

sua jornada de trabalho é a

mesma. Não é porque está

fora do escritório que precisa

responder aquele e-mail que

chegou muito tarde. Saiba

a hora de encerrar o dia.

Bom senso nessa hora é

importantíssimo.

Instagram da profissional

(@juaragonorganizer)

38


Os aplicativos

podem te ajudar

Alguns aplicativos também

podem ajudar na hora de

manter a produtividade nesse

período que precisamos ficar

em casa.

Então vamos lá:

- Skype e Zoom são dois

aplicativos que vão te ajudar a

se comunicar com grupos de

pessoas. Sabe aquela reunião

que você precisa fazer? Esses

aplicativos podem te ajudar.

- Dropbox: O armazenamento

em nuvem é muito utilizado

hoje em dia. O Dropbox

ajuda a economizar espaço

no computador ou no

dispositivo móvel e permite

uma série de outras ações,

como compartilhamento de

arquivos.

- Trello: Funciona com

cards que permitem organizar

as tarefas facilmente, definir

prazos, criar checklists e

compartilhar projetos com

grupos.

- Evernote: Esse aplicativo

permite salvar pensamentos,

fotos, rascunhos de textos,

arquivos e o que mais você

precisar. É como se fosse um

caderno de anotações. Se você

costuma ter ideias e gosta de

anotar para desenvolver esse

pensamento depois, esse é o

app ideal.

- Toggl: Ele gerencia as

horas que você trabalha em

cada projeto. É só clicar em

um botão para que o tempo

comece a correr. Com isso,

você monitora apenas o tempo

que efetivamente trabalhou em

uma atividade, sendo possível

saber como seu tempo foi

gasto em cada tarefa.

39


SEU DIREITO

Na crise do coronavírus,

entenda como suspender

seu contrato de imóvel

ou veículo por 60 dias!

Nos últimos dias estamos

presenciando uma crise de

proporções inimagináveis

e sem prazo para acabar,

onde um simples vírus

mudou a realidade de países,

causando uma reviravolta,

sem precedentes na ordem

mundial e que certamente

entrará para a história como

um grande marco.

No dia 30 de janeiro de 2020,

a OMS – Organização Mundial

da Saúde, reconheceu como

Emergência de Saúde Pública

de Importância Internacional

— ESPII e, imediatamente, os

vários países vêm adotando

internamente medidas de

enfrentamento ao novo

coronavírus.

Os direitos sociais são

aqueles que justamente mais

necessitamos para a vida em

sociedade, em um ambiente

de fraternidade, são produto

de algo bem maior, algo que

esteve fora de moda há algum

tempo, mas que aparece

justamente em tempos de

crise. É a justiça social que

serve de fundamento para a

existência dos direitos sociais.

Nesse cenário de pandemia,

no intuito de fornecer um

“oxigênio financeiro” para

todos os trabalhadores, a

iniciativa de grandes bancos

como Caixa Econômica

Federal, Itaú, Bradesco e

Santander, foi a de permitir

que seus clientes prorroguem

o pagamento de duas parcelas

de suas dívidas.

Essa medida vale para

os clientes que tenham

financiamento de imóveis e

carros nos bancos e outras

dívidas, porém, a exigência é

de que as prestações estejam

em dia. Na CEF, existe uma

exceção que permite que

clientes inadimplentes em

no máximo duas prestações

também poderão ter suas

prestações prorrogadas.

40


Enquanto as prestações

estiverem suspensas, será

mantida a mesma taxa de

juros, sem cobrança de multa.

Os clientes ficaram dois

meses sem pagar as parcelas

que não serão encavaladas

e depois volta ao normal,

sendo as parcelas não pagas,

adicionadas no final do

financiamento.

Em combate a disseminação

do vírus, os bancos estão

orientando os clientes para

que façam os pedidos de

prorrogação contratual,

utilizando os canais de

atendimento eletrônico, como

internet banking e a central de

atendimento telefônica.

A CEF informa que a

prorrogação vale tanto para

contratos de pessoas físicas,

quanto jurídicas, porém, em

casos em que o pagamento

das parcelas seja efetuado

com o FGTS, a prorrogação

contratual não será possível.

O serviço ora oferecido

pela CEF em caráter

excepcional e emergencial,

poderá ser acessado por meio

do aplicativo Habitação Caixa,

pelo WhatsApp (telefone

0800-726 8068), ou pelo

Telesserviço (telefones 3004-

1105 para capitais ou 0800-726

0505 para as demais cidades).

No caso de pessoa jurídica,

deverá ser feito contato direto

com o gerente e formalizar a

solicitação.

No Banco Itaú a solicitação

deverá ser feita por meio das

centrais de atendimento, sendo

para veículos, em capitais

e regiões metropolitanas

o telefone 4002-0234, e

0800-729 0234 para demais

localidades. Já em caso de

financiamento imobiliário

a solicitação deverá ser

feita pelo telefone 4004-

7051, para capitais e regiões

metropolitanas, e 0300-789

7051 para demais localidades.

O Banco Santander lançou

u hotsite para orientar seus

clientes, no www.santader.

com.br, ou pelo telefone 4004-

3535 para capitais e regiões

metropolitanas e, 0800- 723

5007 para demais localidades.

O Banco Bradesco diz

estar à disposição de seus

clientes para prorrogar por 60

dias as dividas de operações

em dia. Para financiamentos

imobiliários, é necessário

preencher um formulário

disponível pelo internet

banking, assinar e enviar por

e-mail da agencia onde possui

conta.

O Banco do Brasil não

permite a suspensão contratual

de financiamentos de imóveis

e veículos, abriu exceção

apenas para algumas de suas

linhas de créditos destinadas

exclusivamente à pessoas

jurídicas. Para pessoa física foi

disponibilizado a possibilidade

de carência diferenciada e 60

a 180 dias para pagamento da

próxima parcela da renovação

das operações em dia de CDC

Automático, CDC Salário e CDC

Consignado, de acordo com a

condição de cada convênio.

Dr. Grégory Alfonso

Advogado – OAB/SP 293.268

Tel. +55 18 99603 9168

41


MUNDO PET

Os animais podem contrair ou

transmitir o coronavírus?

Desde que o coronavírus

chegou ao Brasil muitas

dúvidas e preocupações

surgiram a respeito do contágio

por animais domésticos.

Com base no que a ciência

já descobriu até agora, não

há qualquer evidência de que

cães e gatos possam ser

infectados pelo COVID-19, bem

como possam transmiti-lo

para humanos. Entretanto, não

é por isso que vamos deixálos

em ambiente contaminado.

Alguns veículos de

comunicação divulgaram que

os pets pegam coronavírus,

mas que os seus sintomas são

diferentes, semelhantes a

uma Parvovirose. Para quem

não tem conhecimento de que

o vírus tem diversas “versões”

essa informação pode ser um

problema.

O coronavírus é na verdade

um grupo de vírus comum entre

os animais. Em casos muito

raros, ele é o que os cientistas

c h a m a m d e

zoonótico,

que pode ser

transmitido

de animais

para

seres humanos, de acordo

com os Centros dos EUA

para Controle e Prevenção de

Doenças.

Logo, existem vários tipos

de coronavírus, tem o bovino,

felino, canino, de galinha,

em morcegos e em seres

humanos, entre outros. Cada

tipo tem um conjunto específico

de sintomas para os seus

hospedeiros.

42


CORONAVIRUS CANINO E

FELINO

Nos cachorros, o

coronavírus pode aparecer

de duas formas: uma com

manifestação respiratória e

outra entérica – essa última

mais comum e que causa um

quadro de diarreia.

É importante salientar

que essas duas formas de

coronavirose canina são

prevenidas por meio da

vacinação anual, a V8 ou V10.

Já os felinos também

têm seu coronavírus próprio

(FCoV), que pode causar a

Peritonite Infecciosa Felina, a

PIF. A doença é encontrada em

praticamente todo o mundo e,

infelizmente, até o momento,

não existem vacinas para

prevenir o FCoV.

Em resumo, nos pets o

sistema gastrointestinal é

acometido, o que é muito

semelhante a Parvovirose,

causando

sintomas

completamente distintos

dos coronavírus

humanos.

Esses tipos

de coronavírus

que acometem

pets não são

transmissíveis aos

humanos e não têm

relação com o Covid-19.

A veterinária Daniele Zurita

Perrella (CRMV 39807), da

clínica Pet Family, conversou

com o Guia da Mooca e

esclareceu outras questões

envolvendo a pandemia.

O COVID-19 foi transmitido

por animais?

Ainda é cedo para fazer

afirmações a respeito do

COVID-19, o que se sabe é que

é uma doença zoonótica, como

a SARS (síndrome respiratória

aguda grave) e que o surto

iniciou-se, aparentemente, no

mercado de Wuhan, na China,

o qual contava com uma seção

de animais silvestres, onde

eram vendidos animais vivos

ou abatidos.

Assim que os cientistas

decifraram o código genético

do novo coronavírus, os

morcegos se tornaram os

principais suspeitos, seja

por transmissão direta aos

humanos ou por meio de

um animal infectado (um

intermediário).

O que se pode afirmar até

o momento é que do morcego

– ou outro hospedeiro

intermediário, para o humano

o COVID-19 é uma zoonose,

mas somente nesta hipótese.

Os animais domésticos,

gatos e cachorros, não

contraem ou transmitem

Covid-19.

E O CASO DO CÃO

DE HONG KONG?

Qualquer animal que esteja

em um ambiente com extrema

contaminação pode apresentar

o vírus no organismo. Temos

que tomar cuidado com a

desinformação.

Quando tivemos o surto

da SARS, em 2003, alguns

animais que estavam em

ambientes contaminados

apresentaram teste positivo

para doença, apesar de não

desenvolverem nenhum tipo

de sintoma, bem como, não

tivemos casos de animais

domésticos transmitindo a

doença para humanos, e vice

e versa.

Sendo assim, a respeito

do caso em questão, sigo o

que a Dra. Shelley Rankin,

microbiologista da Escola

de Medicina Veterinária da

Universidade da Pensilvânia,

Filadélfia, afirmou em uma

matéria recentemente

publicada no jornal Science:

“No momento, não há

pesquisas para apoiar a

disseminação humano a

animal. Amostras do cão

de Hong Kong tinham um

pequeno número de partículas

43


virais presentes. Em um

animal sem sinais clínicos de

doença, é difícil dizer o que

isso significa. Foi um caso

único e aprendemos que

precisamos fazer muito mais

pesquisas sobre o potencial

do vírus humano SARS-CoV-19

para infectar animais”.

https://bit.ly/2JqzFIJ

QUAIS CUIDADOS TOMAR?

Estamos diante de um vírus

de baixa taxa de mortalidade

(comparado ao seu antecessor,

SARS), mas alta virulência.

Tosse, espirro, beijos

ou abraços podem causar

exposição. O vírus também

pode ser transmitido ao tocar

em algo que uma pessoa

infectada tocou e depois em

sua boca, nariz ou olhos, e é aí

que surge o problema.

Pense bem, se uma pessoa

infectada espirrar na mão,

fazer carinho no cachorro e,

depois outra pessoa entrar em

contato com aquele cachorro

o que pode acontecer? Bem,

se essa pessoa colocar a mão

na boca, olho ou nariz, há

grande chance de contágio.

Exatamente como pode

acontecer com maçanetas e

balcões.

Ainda, esse cachorro

poderá sim apresentar o vírus

no seu organismo, uma vez que

ele pode lamber o próprio pelo

ou um ambiente contaminado,

o que não significa que ele

apresentará sintomas.

O pet não transmitirá o

Covid-19, mas sendo um meio

de transmissão, carregando

vírus pelo ambiente.

É uma questão de higiene

básica, se a pessoa não

entender que deve usar

máscaras, luvas e manter a

distância adequada de outros

seres vivos, não só o pet dela

como toda a casa será um

ambiente com alta carga viral.

Para quem está com a

doença, o contato com o

animal deve ser evitado,

sem os famosos lambeijos.

Atualmente, os pets são como

um integrante da família,

sendo assim, o interessante

seria deixá-lo em um hotel

para animais ou aos cuidados

de outra pessoa durante o

período de quarentena do

tutor, evitando que o pet

carregue o vírus por todo o

ambiente familiar.

Caso não tenha essa

possibilidade, é importante

passar álcool em gel sempre

que for brincar com eles,

mexer em ração, brinquedos

ou petiscos.

Os passeios não devem ser

cortados, por uma questão de

bem-estar animal – algo que

não devemos esquecer, sendo

assim, escolha os horários

de menor movimento nas

ruas, bem como evite locais

aglomerados, e use produtos

de higiene animal nos pelos

e patas antes e depois do

passeio.

CRECHES E PET SHOPS

DEVEM SER EVITADOS?

Não vejo motivo para evitar

esses locais. O importante

é respeitar a quarentena,

então se estiver doente, deixe

outra pessoa passear com

o pet, levá-lo ao veterinário

ou creche. Assim evita a

contaminação humana.

Esses locais costumam

ter protocolos de limpeza e

desinfestação melhor que o

doméstico, exatamente para

diminuir riscos de contágios

de doenças entre pets e

colaboradores.

É essencial verificar que

o local que você está levando

o seu pet é limpo e mantém

um protocolo de higiene entre

clientes, pets e colabores.

Na situação em que

estamos, os banhos são

essenciais, afinal, o vírus não

gosta da limpeza.

A recomendação para

as creches de cachorro é a

mesma, não há contágio de

Covid-19 entre cães, logo,

não há motivo para evitar. É

importante apenas diminuir

ao máximo a proximidade

com humanos, para isso, a

tecnologia ajuda muito.

Mais informações:

PET SHOP PET FAMILY

Rua das Caneleiras, 706 –

Santo André

WhatsApp – 11 96642-1768

CRECHE PET FAMILY

Rua Marina, 1490 – São Caetano

WhatsApp – 11 99519-6375

Acesse:

www.petfamilyabc.com.br

Perfil Instagram @petfamily

44


NETFLIX

PROGRAMAÇÃO

SÉRIES PARA UM FIM DE SEMANA

http://mon.net.br/kkwhr

45


46


47


Anúncio

More magazines by this user
Similar magazines