Revista Santíssima Virgem - Edição 26

webpan

Revista Santíssima Virgem - Edição 26
Uma publicação Pascom Igreja Santíssima Virgem e Padre Renatinho - São Bernardo do Campo - SP


AGENDA FEVEREIRO/2020

08/02 – SÁBADO

17h30 - Grupo CriarTe, encontro mensal e atividades / Boas vindas pós férias – sala 15.

19h30 - Catequese de Pais e Padrinhos – Batismo / sala 17.

Romaria Nacional da Pastoral da Saúde ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida

09/02 - DOMINGO

10h às 11h - Apostolado da Oração. Oração do Rosário e visita ao

Asilo São Vicente de Paulo

10/02 - SEGUNDA-FEIRA

das 19h às 21h - Encontro do Grupo de Apoio Alzheimer - Sala 2.

das 19h30 às 21h30 - Escola Popular de Teologia Curso regular de Teologia para leigos

- Sala 1.

das 19h30 às 21h30 - Terço dos Homens.

11/02 - TERÇA-FEIRA

Início dos Encontros de Catequese para todas as crianças.

19h30 - Missa em honra a Nossa Senhora de Lourdes e Dia Mundial dos Enfermos.

19h - Missa pelo Dia Mundial dos enfermos, Região Pastoral Rudge Ramos - Na paróquia

São João Batista.

19h30 - Pastoral da Sobriedade , Grupo Razão de Viver, atendimento aos dependentes

e familiares.

12/02 - QUARTA-FEIRA

das 14h às 17h - Grupo Arte com Alegria, atividades de artesanato na sala 01.

das 19h30 às 21h - COMIPA – Comissão Missionária Paroquial Reunião de

planejamento das ações e análise de resultados - Sala 09.

15/02 - SÁBADO

Manhã de Espiritualidade da Pascom - Encontro Diocesano na Cúria Diocesana.

17/02 - SEGUNDA-FEIRA

das 19h30 às 21h30 - Terço dos Homens.

18/02 - TERÇA-FEIRA

19h30 - Pastoral da Sobriedade , Grupo Razão de Viver, atendimento aos dependentes

e familiares.

19/02 - QUARTA-FERA

das 14h às 17h - Grupo Arte com Alegria, atividades de artesanato na sala 1.

20h - Formação Diocesana dos Ministros Extraordinários da Comunhão na Cúria

Diocesana.

22/02 À 25/02 - SÁBADO A TERÇA-FEIRA

Rebanhão de Carnaval (evento diocesano) Regiões Pastorais 8h às 17h.

26/02 - QUARTA-FEIRA

19h30 - Celebração Eucarística de Cinza.

28/02 - SEXTA-FEIRA

20h30 - CPP, Reunião Bimensal - sala 1.

29/02 - SÁBADO

das 7h às 11h30 - Pastoral da Caridade, Grupo dos Franciscanos, recepção das famílias

carentes, entrega de alimentos e Missa.

9h - Pastoral do Batismo - Batizados de Crianças .

03/03 - TERÇA-FEIRA

19h30 - Pastoral da Sobriedade Razão de Viver- Atendimento aos dependentes e

familiares.

04/03 - QUARTA-FEIRA

das 14h às 17h - Grupo Arte com Alegria, atividades de artesanato na sala 01.

20h30 - Apresentação dos Coordenadores de equipes do 136º ECC.

06/03 - SEXTA-FEIRA

17h - Apostolado da Oração, Hora Santa de Adoração ao Santíssimo Sacramento e Via

Sacra.

07/03 À 08/03 - FINAL DE SEMANA DA CONSAGRAÇÃO AO DÍZIMO

Sábado - Missas às 18h30.

Domingo - Missas às 7h, 8h30, 9h (Na capela São Bernardo do cemitério Vila Euclides)

10h30, 17h, e 18h30.

HORÁRIOS DE MISSAS

MISSAS DOMINICAIS:

Sábado:

18h30 - Missa pelas famílias

Domingo:

07h - Missa

08h30 - Missa pelas crianças

09h - Missa celebrada na Capela do Cemitério da

Vila Euclides

10h30 - Missa pelos jovens (transmitida ao vivo

pela Santíssima TV - Youtube)

17h - Missa com interpretação de Libras (no 1º

domingo em Ação de Graças pelos Adoradores)

18h30 - Missa pelas famílias

SEGUNDA-FEIRA a SEXTA-FEIRA:

12h - Missa pelos trabalhadores (30 minutos)

19h30 - Missa diária (na 1ª sexta-feira do mês,

missa dedicada ao Sagrado Coração de Jesus)

TODA QUARTA-FEIRA:

19h30 - Missa pelas vocações (na última quartafeira

do mês, pela saúde)

TODA QUINTA-FEIRA:

19h30 - Missa por cura e libertação (transmitida ao

vivo pela Santíssima TV - Youtube)

1º e 4º SÁBADO:

8h - Missa pelas famílias assistidas pela Pastoral da

Caridade (Franciscanos)

TODO DIA 8 DE CADA MÊS (EM DIAS DE

SEMANA):

08h30, 12h e 19h30 - Missa em louvor à Nossa

Senhora

FUNCIONAMENTO DA IGREJA

Adoração ao Santíssimo Sacramento

Todos os dias: das 06h à 00h

Secretaria: Av. Índico, 583, Jardim do Mar - SBC/

SP

Fone: (11) 4330-4289

e-mails: ssvirgem@gmail.com /

santissima@diocesesa.org.br

Atendimento:

Segunda a Sexta

08h às 12h e das 14h às 18h

Sábado

08h30 às 11h e das 14h às 17h

Redes Sociais: Facebook, Instagram e Youtube:

paroquiasantissimavirgem

Twitter: ssmavirgem

EXPEDIENTE: Publicação Mensal da Paróquia Santíssima Virgem – DIREÇÃO: Padre Renato Souto. COORDENAÇÃO:

Udemia L. S. Carvalho. JORNALISTA RESPONSÁVEL: José Neves S. Filho (MTB 54.336). CONSELHO EDITORIAL:

Núcleo Revista - Pascom Santíssima. EDIÇÃO: Tom Lima. REVISÃO: Sandra Regina Picolo. PROJETO GRÁFICO: DMS

Editora Comunicação Integrada. DIAGRAMAÇÃO: Rodrigo Caserta e Lisley Oliveira. FOTOS: Pascom Santíssima. CAPTA-

ÇÃO DE RECURSOS: Sônia Maria Catalani. TIRAGEM: 5.000 exemplares.

2

Paróquia Nossa Senhora de Fátima


OUTRAS ATIVIDADES PASTORAIS

TODA SEGUNDA-FEIRA

das 19h30 às 21h30 - Escola Popular de Teologia

para leigos, turma 2º Ano - sala 1.

das 19h30 às 21h30 - Terço dos Homens.

TODA 2ª SEGUNDA-FEIRA

das 19h às 21h - Reunião do Grupo de Apoio

Alzheimer - Pastoral da Saúde.

TODA 3ª SEGUNDA-FEIRA

das 15h às 16h - Mães e Madrinhas Orantes pelos

Sacerdotes.

TODA TERÇA-FEIRA

Grupo de Oração Santíssima Virgem (após a missa

até as 22h)

20h30 - Encontro com dependentes químicos e seus

familiares - Razão de Viver.

das 19h30 às 21h30 - Escola Popular de Teologia

para leigos turma 1º Ano - Sala 1.

TODA QUARTA-FEIRA

das 14h às 16h30 - Grupo de Oração Imaculada

Conceição.

das 14h às 17h - Grupo Arte com Alegria - Atividades

de artesanato.

TODA QUINTA-FEIRA

das 19h às 22h - Ministério Infantil Jovens Sarados,

Pré-Catequese com crianças de até 5 anos durante a

missa.

TODO SÁBADO

9h - Batizado.

das 17h às 19h30 - Formação de Pais e Padrinhos

para o Batismo.

das 16h às 18h - CJC - Comunidade de Jovens com

Cristo - Encontro do grupo com louvor e pregação.

das 20h às 23h30 - Missão Jovens Sarados:

Rosário, louvor, pregação, oração e convivência.

TODO 1º e 3º SÁBADOS

das 15h às 16h - Visita a Enfermos - Apostolado da

Oração.

TODO 2º SÁBADO

15h - Grupo CriarTe - perseverança das crianças e

adolescentes.

TODO 2º e 4º SÁBADOS

das 8h às 12h - Atendimento e entrega de cestas

básicas às famílias cadastradas - Pastoral da Caridade

– Grupo Franciscanos.

TERCEIRO SÁBADO

das 10h30 às 11h30 - Celebração da Palavra na

Residência Primavera (Casa de Idosos).

das 16h às 17h - Pastoral da Saúde Visita aos enfermos

no Hospital São Bernardo

PALAVRA DO PADRE

60 ANOS

EVANGELIZANDO SOB O

CARISMA MARIANO

De nada adianta falar de Deus se para o nosso irmão falta até

mesmo a mesa

Iniciamos o ano de 2020 desejosos de que

seja um ano repleto de bons resultados

das nossas ações. Queremos e podemos

construir o amor solidário, o amor que

revela a justiça social. O tema da Campanha

da Fraternidade desse ano (CF 2020), inspirou-se

mais uma vez na vida dos que sofrem.

Só quando o cotidiano é analisado e estudado,

ele que pode ser alterado. A Igreja nos convoca

a sair do eventual comodismo, com o tema

“Fraternidade e vida: dom e compromisso” e

o lema “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele”

(Lc 10, 33-34). No Cartaz apresenta a gravura

artística de Santa Dulce dos Pobres, que nos

impulsiona a refletir sobre a Igreja em Saída,

termo bem conhecido por todos nós e que

deve ser, para os nossos corações, Palavra de

Ordem.

Sabemos que não é num passe de mágica

que as coisas se modificam, é preciso

planejamento, disposição para mudar e parceria, pois sozinhos somos

como areia ao vento, juntos somos colunas de sustentação uns para com

os outros! Quando refletimos sobre a nossa natureza humana, sobre

nossas mazelas, nos convencemos que as virtudes humanas e teologais

devem ser fortalecidas para vencermos todo o mal.

Esse ano nossa paróquia completará 60 anos de existência, são seis

décadas evangelizando sob o Carisma Mariano. Essa sólida vida de fé

comunitária se revela através das obras de caridade material realizadas

por nossas pastorais. O exemplo de Santa Dulce dos Pobres se faz presente

em nossa comunidade. Sabemos que, de nada adiantará falarmos de um

Deus poderoso e amoroso, se para nosso irmão faltar o alimento em sua

mesa, faltar até mesmo a mesa, a dignidade, a autoestima, o respeito.

A Igreja em Saída acontece quando nos deparamos com situações

contrárias ao projeto salvífico de Jesus, e de maneira respeitosa agimos

para o restabelecimento amplo do irmão nas várias dimensões de sua

vida. Existem hoje cerca de 23 milhões de pessoas vivendo em condição

de pobreza (1) , não podemos achar que são apenas dados estatísticos e que

nada podemos fazer, ou ainda, que não temos responsabilidade alguma.

São milhões de irmãos vivendo em dificuldades. Ser cristão é ser aquele

que age porque ama na gratuidade. Jesus, nosso mestre e Senhor, nos

chama a ser bons samaritanos, a ser solícitos sob a unção que vem de

Deus e que alcança o próximo, nosso irmão necessitado.

Peçamos à Santíssima Virgem que nos auxilie na missão de evangelizar

hoje, amanhã e sempre!

TODO DOMINGO

das 10h às 12h - Ministério Infantil Jovens Sarados

Pré-Catequese com crianças até 5 anos durante a

missa

das 15h às 17h - Estudo bíblico com jovens e adultos

surdos e formação de intérpretes na linguagem de

sinais.

Com minha bênção e um forte abraço fraterno.

Padre Renato Souto

(1) Fonte pesquisa FGV em 2019.

Paróquia Nossa Senhora de Fátima 3


PASTORAL

MINHA HISTÓRIA COM

A SANTÍSSIMA: RÔ LIMA

A comunidade é onde estreita seu contato com Deus

Por Rebeca Lima - Jornalista

A

partir desta edição vamos fazer

uma série de entrevistas com

paroquianos para contar um pouco

da história da nossa paróquia

que vai completar 60 anos de existência.

Nesta edição a entrevistada é a paroquiana

Rô Lima, Ministra da Eucaristia e Coordenadora

de Liturgia e esposa do Tom. Sua

história na paróquia começou em 1987 no

ECC - Encontro de casais com Cristo. No

ECC trabalhou por nove anos. Foi convidada

pelo Frei Sebastião para coordenar

a Liturgia da paróquia, o que faz até hoje,

mantida pelo padre Renato que assumiu a

paróquia em 2016.

Em paralelo coordenou a Pastoral Vocacional

Paroquial, de 1997 a 2008. Em

1997 nasceu a Missa pelas Vocações celebrada

ininterruptamente há 23 anos, às

quartas-feiras, às 19h30. Atuou, também,

como Coordenadora Diocesana do SAV-

-PV, a pastoral vocacional diocesana, de

2005 a 2010, quando a Diocese retomava

o trabalho vocacional. Pode-se dizer que,

neste período, foram semeadas as ações

vocacionais desenvolvidas até hoje como

a Feira, a Gincana e o Show Vocacional

Diocesano, que mais tarde se tornaram o

Festival Vocacional, reunindo todas estas

atividades.

Simultaneamente, junto com uma

equipe de leigos, participou do jornal

“Santíssima Virgem Jornal” a convite do

Frei Sebastião. A 1ª edição foi publicada

no dia 8 de dezembro de 1997, festa da

Imaculada. O jornal foi editado de 1997

a 2013.

Na Liturgia, que inclui a Pastoral da

Música, sempre muito rigorosa, estruturou

a pastoral como é conhecida hoje,

com equipes de celebração e grupos de

música para cada missa, dominical ou semanal.

São quase 150 pessoas envolvidas

diretamente, entre animadores, leitores

e demais membros. A Pastoral Litúrgica

prepara todas as celebrações da paróquia

e faz a integração com as demais pastorais

envolvidas, além de manter tudo em

perfeita harmonia com o pároco, claro.

Rô conta que estar e servir na paróquia

ajuda-a a conhecer melhor as pessoas.

A comunidade é onde estreita seu

contato com Deus, por meio do convívio

com os irmãos de comunidade. É onde se

dedica para levar as pessoas e ela mesma

a conhecer mais profundamente a Sagrada

Liturgia e, desta forma, contribuir com

a evangelização.

Se você tem uma história com nossa

paróquia, procure-nos para juntos contarmos

esses 60 anos de evangelização!

FLORES & DECORAÇÕES

Casamentos e Festas

Bouquets e Decorações

Floricultura

Vasos, Flores Frescas e Arranjos

4123-6948 / 4122-1042 - Rua Pacífico, 90 - Jd. do Mar - SBC

4122-1408 / 4125-4141 - Pç. da Saudade s/n Box- 4 - Jd. do Mar - SBC

n-okumura@uol.com.br • www.okumuraflores.com.br

4

Paróquia Nossa Senhora de Fátima


IGREJA NO MUNDO

O CRISTÃO E O CARNAVAL, COMO

CONCILIAR?

Tudo me é permitido, mas nem tudo me convém.

Por Márcia Nieblas

O

significado da festa e a

origem do nome carnaval

têm origens diversas.

Sabemos que é uma

festa popular coletiva, transmitida

através dos séculos como

herança de antigas festas pagãs,

período em que era comemorada

a chegada da primavera naquele

local. Nessa festa era comum os

foliões cantarem e dançarem utilizando

máscaras e disfarces.

Na tradição católica, essa

festa era uma

celebração antes

do tempo

de privação e

penitência que

caracterizava a

Quaresma da

época, quando não se podia comer carne

e nem fazer festas, para se purificarem

em preparação

para a Páscoa. Então,

antes de começar a

Quaresma, surgiu a

tradição de aproveitar

este último dia de

“liberdade”, comendo,

festejando e desfrutando de muitos

prazeres. Acredita-se que daí surgiu o

nome carnaval, vindo do latim “carne

vale” que significa despedida da carne.

No Brasil o carnaval se tornou a

maior festa popular do país e muitos

cristãos questionam se esta festa é correta

e permitida. Para acabar com esta

dúvida, podemos meditar a Primeira

Carta de São Paulo aos Coríntios, 6:12,

que diz: “Tudo me é permitido, mas nem tudo me convém.

Tudo me é permitido, mas não me deixarei dominar por

coisa alguma.” Portanto, buscar a diversão, estar junto dos

amigos, dançar, cantar, ser alegre,

estar feliz é muito bom e saudável.

Podemos conseguir isso sem abusos

ou excessos, com amor, respeito e

fraternidade, afinal, nós cristãos, somos

templo do Espírito Santo.

Uma ótima opção é o Rebanhão

de Carnaval da Renovação Carismática

Católica na Diocese de Santo

André. O evento reúne cristãos de

todas as idades,

principalmente

jovens, para

louvar e adorar

Jesus, com muita

alegria, exatamente

nestes

dias de carnaval.

Também são promovidos muitos

retiros espirituais, por diversos grupos

católicos, com muita música, louvor e

adoração em vários outros locais. Todos

com a missão de levar as pessoas

ao encontro com Jesus, através do batismo

no Espírito Santo, a fim de que

tenham uma real transformação e mudança

de vida para serem pessoas melhores. Como se vê,

existem muitas opções para um carnaval saudável e feliz

junto com quem amamos. Não deixe que nada e que ninguém

ocupe, no seu coração, o lugar que é de Deus.

Referências:

https://www.comshalom.org/uma-reflexao-crista-sobre-o-carnaval/

http://www.atividadeseducativas.com.br/atividades/1258_carnavalcristao.php

https://formacao.cancaonova.com/espiritualidade/vida-de-oracao/a-relacao-entre-os-

-valores-cristaos-e-o-carnaval/

Paróquia Nossa Senhora de Fátima 5


TOTUS TUUS MARIE

MARIA NOS CONDUZ A

JESUS, LUZ DO MUNDO

Recebeu esse título por ter dado à luz o Filho

de Deus

Por Angélica Cunha - Consultora de Marketing e Coach

No dia 2 de fevereiro celebramos a festa de Nossa

Senhora da Luz. E qual a origem dessa invocação

a Maria? Pedro Martins, português de origem

humilde, que possuía no Algarve algumas terras

herdadas por sua mulher, quando para lá se dirigia, foi

aprisionado pelos mouros num dos ataques dos infiéis em

território cristão e levado para o norte da África.

Em seu cativeiro, Pedro pediu socorro à Nossa Senhora

e, atendendo seu pedido, ela lhe apareceu trinta noites

seguidas em sonho. Na última noite Maria prometeu que,

ao acordar, Pedro estaria em sua terra natal e disse que

ele deveria encontrar sua imagem, que estava escondida

perto da fonte do Machado e ali erguer uma ermida em

sua homenagem. Para encontrá-la, ele deveria seguir uma

estranha luz.

No dia seguinte, Pedro Martins amanheceu em sua cidade

natal. Prontamente, em agradecimento à Virgem, foi

procurar a imagem, acompanhado por um parente. Guiados

pela luz, realmente encontraram a imagem de Nossa

Senhora. Assim que se espalhou a notícia sobre a história,

grande multidão começou a visitar o lugar e a Virgem Maria

começou a ser invocada como Nossa Senhora da Luz.

Tempos depois, com a autorização do bispo de Lisboa, Pedro

Martins iniciou a construção da ermida.

Teologicamente, Maria recebeu esse título

por ter dado à luz o Filho de Deus, que

foi profetizado como “luz das nações”, conforme

as escrituras. Em sua vida pública, o

próprio Jesus reconhece: “Eu sou a luz do

mundo”. Assim, com muito carinho e amor

invocamos nossa Mãe Santíssima como Nossa

Senhora da Luz, aquela que nos conduz a

Jesus. Também os nomes Nossa Senhora das

Candeias ou Nossa Senhora da Candelária

referem-se à mesma festa.

A devoção no Brasil foi trazida pelos

portugueses, após a imensa tragédia que destruiu

Lisboa, por pessoas ligadas à família

de Pedro Martins, que vieram para o Brasil

colônia para cuidar da busca por diamantes

em Minas Gerais.

NO CAMINHO PARA

DEUS, PASSAMOS PELO

“CUIDADO”

Como fez o Bom Samaritano: cuidou sem olhar

a quem

Por Magda Isabel Peixoto - Cirurgiã Dentista, Coordenadora da

Pastoral da Saúde

O DIA MUNDIAL DOS ENFERMOS, marcado em 11 de

fevereiro, leva-nos a uma reflexão sobre a importância do cuidado

com os enfermos. Apropriadamente o dia do enfermo, quando

também se comemora a festa de Nossa Senhora de Lourdes, nos

faz lembrar que, em Lourdes, os doentes são curados na fonte da

água milagrosa, pela intercessão da mãe de Jesus, a cuidadora do

Filho de Deus.

O que significa cuidar? Cuidar é um dom que brota do

amor, afinal, quem ama cuida, não é mesmo? E sendo dom, é um

presente de Deus que é dado a todos nós, portanto todos somos

capazes de cuidar. Cuidar de si próprio, da natureza, dos animais,

das coisas... e do próximo! Algumas pessoas cultivam tanto esse

dom que o transformam em vocação, em talento.

Mas cuidar de um enfermo é fácil? Nem sempre, mas é

possível! Existem diversas formas de enfermidades: do corpo,

da mente, das relações sociais, da alma etc. Por consequência

também há diversas necessidades. As enfermidades do corpo

exigem alguns cuidados técnicos que apenas a ciência e os

profissionais da saúde conseguem atender, mas em outras

tantas necessidades todos nós somos capacitados a ajudar.

Facilitar o acesso à alimentação e a medicamentos; acompanhar

em consultas e exames; orientar os enfermos quanto aos seus

direitos; transmitir segurança, solidariedade, carinho, atenção,

afeto, respeito e esperança.

Existem ainda, que não são menos importantes, as

necessidades espirituais. Facilitar ao enfermo o acesso aos

sacramentos da igreja; ajudá-lo a rezar; interceder e rezar por

ele. Tudo isso pode não lhe proporcionar a cura física, mas com

certeza irá aliviar seu sofrimento. E você que o ajudou também

se sentirá recompensado. E como fazer para cuidar de uma

pessoa que não conhecemos ou que conhecemos, mas que nos

fez muito mal no passado. Cuidar de um pai que nos maltratou

ou abandonou, cuidar de um

cônjuge que nos traiu, de um

amigo que nos prejudicou ou

feriu? Devemos fazer como

fez o Bom Samaritano, cuidou

sem olhar a quem. Cuidar

porque é um ser humano,

um filho de Deus, um irmão

necessitado. Cuidar não por

obrigação ou pena, mas cuidar

por amor. Aquele Amor maior

que nos faz todos filhos do

mesmo Pai.

6

Paróquia Nossa Senhora de Fátima


A FORÇA E O ALCANCE DO

RÁDIO ON-LINE

Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura

Por Elisabete Carvalho - Assistente Administrativa

Fevereiro é um mês cheio de datas comemorativas.

13 de fevereiro é o Dia do Rádio. Com a realidade

da tecnologia, pensou-se por um tempo que o rádio

estava fadado a esquecimento, mas não, o rádio também

se reinventou nas redes sociais, seja pelos podcasts,

seja pela WebRadio, a rádio on-line se tornou uma ferramenta

de evangelização acessível às comunidades.

Para compreender melhor como isto funciona, entrevistamos

Katia Cilene, nossa radialista na Web Rádio Santíssima.

Comprometida com a Igreja e com a Renovação

Carismática, já por 24 anos, ela nos fala da importância da

evangelização on-line.

O programa Colo da Mãe, genuinamente mariano, vai

ao ar todas as quintas-feiras, das 22h às 23h30. O programa

leva aos seus ouvintes um grupo de oração on-line. Junto

com os convidados do seu programa, todos podem cantar,

rezar e louvar a Deus e são instruídos sobre a importância

da oração e dos sacramentos.

Os ouvintes, ao vivo, fazem seus pedidos de oração e

falam das graças alcançadas por eles. Os testemunhos levam

a crer que a evangelização on-line se tornou eficaz e

está cada vez mais presente, ampliando as possibilidades

de conversão e propagação da fé em Jesus e da devoção

à Maria. A rádio on-line torna-se ponte para os seus pedidos

e suas orações. Os ouvintes acessam a rádio on-line

basicamente por celulares e podem compartilhar nas redes

sociais. Eis um novo canal surgindo. Esta evangelização

on-line é muito importante, pois leva a Igreja para mais perto

das pessoas, transformando-se num gesto de acolhida do

cristão e servindo de luz para o seu caminho, estimulando-o

a voltar para os sacramentos. É uma realidade tecnológica

e deve ser utilizada cada vez mais para o serviço cristão.

Nosso agradecimento aos “novos” radialistas on-line

que levam a Boa Nova pelas novas ondas do rádio ao mundo

inteiro, cumprindo o mandato de Cristo: “Ide por todo

o mundo, pregai o evangelho a toda criatura” (Mc 16,15).

Paróquia Nossa Senhora de Fátima

7


QUARESMA: “RASGA

AS VE

Quão grande é este amor que sacrifica o pr

Mais um ano que chega, mais uma etapa se apresenta

no nosso caminho de fé. Quaresma é um tempo penitencial.

Liturgicamente são 40 dias de reflexão, penitência e conversão

aos ensinamentos de Jesus. Começa na quarta-feira

de Cinzas e termina no Domingo de Ramos. Cheio do Espírito

Santo, Jesus vai ao deserto para enfrentar e vencer

as tentações do corpo, do poder e da fé. O diabo oferece

as facilidades do mundo, o egoísmo, mas Jesus não cede e

escolhe compartilhar do Amor de Deus. Também nós, em

algum momento de nossas vidas, seremos submetidos à

tentação. Nossa vida é preciosa para nós e mais ainda para

Deus. Não podemos deixar a vida nos levar. Nós somos

responsáveis pela vida que queremos construir e mais do

que isso, cuidar desta construção por toda nossa existência.

Este tempo quaresmal é uma oportunidade de pensar

como a raiva, o ódio, a rivalidade, a injustiça, a ganância e

o desânimo são atitudes que vão nos consumindo, se não

estivermos atentos a estes sinais. Temos que aprender a

identificar, enfrentar e vencer estes obstáculos, antes que

eles nos dominem e nos tornem pessoas difíceis de se conviver.

“Rasgai o coração e não as vestes” (cf. Joel 2,13),

ou seja, nosso arrependimento deve vir de dentro para fora.

De nada adianta mostrar perfeição aos outros, se o nosso

coração está cheio de maldades e sujeiras indescritíveis.

Não há outro caminho senão a verdade, porque Deus tudo

vê e tudo sabe, nós não podemos enganá-lo.

Nestes dias, a oração, o jejum e a caridade, praticados

discretamente, constituem uma penitência que nos afasta

do que é mundano e nos aproxima de Deus. Fazer o bem

não é um favor para Deus, mas é retribuir a bondade da

vida recebida de Deus, gratuitamente. Portanto, faça jejum,

mas não conte para ninguém; reze mais, mas não faça alarde;

faça caridade em segredo, apenas pelo dever do amor,

num compromisso construído entre você e Deus. É neste

tempo que precisamos fazer o bem, ainda que os outros

não o façam. É tempo de amar mais, quando poucos se

dispõem a viver no amor. É preciso semear na tristeza e na

dificuldade, somente assim, a colheita da alegria virá. Os

que perseveram não ficarão desapontados, pois a bênção

de Deus os alcançará, mas não se pode esperar mudanças

se não estiver disposto a sair de si mesmo, desinstalar-se e

tornar-se acessível à Palavra de Deus e à ação do Espírito

Santo.

Hoje, somos nós os escolhidos para estar diante do Senhor

e levar ao mundo esta experiência, esta obstinação

de amar mais, perdoar mais e ter mais compaixão pelos

outros. Não é só uma relação direta com o Senhor, mas é

compartilhar uma vida digna e respeitosa com os irmãos,

com os outros. É, sobretudo, buscar a conversão total, uma

transformação completa em nós, como seres humanos,

uma mudança de direção da vida. A conversão é um questionamento

de Deus. O que realmente queremos ser? O que

temos de mudar sob pena de “perder” a vida. A conversão

exige esta atitude, de buscar relacionamentos baseados na

Palavra de Deus, de amar os outros como a si mesmos. Esta

é uma experiência transformadora de nossas vidas.

Deus não desiste de nós e nesta quaresma, vem novamente

ao nosso encontro. Deus está sempre conosco,

8

Paróquia Nossa Senhora de Fátima


I O CORAÇÃO E NÃO

STES”

óprio filho? Por Tom Lima - Discípulo Leigo

nunca nos abandona. Deus fez uma aliança eterna conosco.

Imagine o amor de uma mãe pelo filho, Deus nos ama

infinitamente mais. Enviou seu próprio filho para morrer

pelo nosso resgate. Quão grande é este amor que sacrifica o

próprio filho por quem não merece? Jesus se faz um de nós.

Ele não recusou a cruz, quis experimentar o sofrimento e

a morte, para vencê-la. Não se acovardou diante da dor e

da angústia humana, quis viver tudo isso, porque sabia que

isso faz parte da vida humana. Por isso, nunca peçamos a

Deus que nos afaste o sofrimento, pois é nele que se fortalece

a fé e é ele que nos leva ao encontro de Jesus.

E a hora é agora, eis o tempo favorável para mudar a

sua própria história e daqueles que vivem com você, longe

ou perto, na amizade ou na ausência. Todos são seus irmãos

e irmãs, em Jesus Cristo, e todos temos Deus como

único Pai. É tempo de enfrentar as nossas dificuldades e

buscar a conversão, retomar o caminho da paz, resistir ao

chamado do mundo, refugiar-se na oração, fazer o bem e

desprender-se das coisas materiais, como penitência, para

ter forças de recomeçar no amor de Deus. Jesus nos oferece,

mais uma vez, o caminho. São quarenta dias ou meses

ou anos, para enxergar essas coisas que nos dominaram,

reagir e partir para o enfrentamento e, com Jesus, vencer

o mal e caminhar firmes para a ceia (estar em comunhão),

para a cruz (penitenciar e chorar os erros) e finalmente encontrar

Jesus na Vigília Santa (na salvação).

Fonte:

Inspirado nos textos coletados nas homilias dos padres da Paróquia Santíssima Virgem.

ORAÇÃO DA CAMPNHA DA

FRATERNIDADE 2020

Deus, nosso Pai, fonte da

vida e princípio do bem

viver, criastes o ser humano

e lhe confiastes o mundo

como um jardim a ser cultivado

com amor.

Dai-nos um coração acolhedor

para assumir a vida

como dom e compromisso.

Abri nossos olhos para ver

as necessidades dos nossos

irmãos e irmãs, sobretudo

dos mais pobres e marginalizados.

Ensinai-nos a sentir verdadeira

compaixão expressa no

cuidado fraterno, próprio de

quem reconhece no próximo

o rosto do vosso Filho.

Inspirai-nos palavras e ações

para sermos construtores de

uma nova sociedade, reconciliada

no amor.

Dai-nos a graça de vivermos

em comunidades eclesiais

missionárias, que, compadecidas,

vejam, se aproximem

e cuidem daqueles que

sofrem, a exemplo de Maria,

a Senhora da Conceição

Aparecida, e de Santa Dulce

dos Pobres, Anjo Bom do

Brasil.

Por Jesus, o Filho amado,

no Espírito, Senhor que dá a

vida. Amém!

Paróquia Nossa Senhora de Fátima

9


ASPECTOS PSICOLÓGICOS DO

EXERCÍCIO

A Psicologia conceitua, o Exercício coloca em prática

Por Alex Souza - Bacharel e Licenciado em Educação Física; Pós-graduação em Fisiologia do Exercício no Envelhecimento;

Personal Trainer Especialista em Longevidade; Mentor do Grupo Exercício e Fé; Mentor da Liga da Longevidade.

Q

uando se fala de psicologia - estudo das interações

de organismos vistos como um todo e com seu

meio ambiente, que se ocupa fundamentalmente

do homem (1, 2, 3) - fala-se ao mesmo tempo de questões

mais profundas do ser. Em especial a psicologia da

saúde tenta compreender como os fatores biológicos, comportamentais

e sociais influenciam na saúde e na ausência

dela (4) . Já no contexto do exercício, tratado como formas

sistematizadas de movimentos que estimulam funções específicas

com maior eficiência e segurança, selecionados

em função dos objetivos e adaptados para as condições

individuais (5) , sua prática serve de instrumento de máxima

importância no cuidado do ser.

E se juntássemos essas duas realidades (psicologia e

exercício) para desenvolver a saúde plena e a longevidade

saudável de uma pessoa? A psicologia vai

ensinar as interações. O exercício mostrará

como cuidar dessas interações. Ela

conceitua. Ele coloca em prática. Ela realiza

certo teste. Ele confirma a hipótese.

Se a psicologia estuda a interação entre os

fenômenos, o exercício os faz acontecerem.

Desta forma, ele afeta positivamente

o cérebro, a mente e o corpo, deixando-os

mais despertos para as situações. Ele promove

melhoras na memória, cognição e

habilidades sociais (6) , resultando em bom

nível de bem-estar biopsicofísico e melhora

da qualidade de vida (7, 8) .

Durante a sua realização, ocorre a

liberação de endorfina e dopamina, que

propicia um efeito tranquilizante e analgésico

no praticante regular, beneficiando-se

de um efeito relaxante pós-esforço.

Em geral, consegue se manter um estado

de equilíbrio psicossocial mais estável

frente às ameaças do meio externo (9) .

Vale salientar que os exercícios devem

ser executados, sempre que possível, de

forma preventiva, isto é, antes da doença

apresentar suas manifestações (10) .

Referências

1. TODOROV, J. C. A Psicologia como o Estudo de Interações. Psicologia: Teoria e Pesquisa.

Brasília, 2007, Vol. 23 n. especial, pp. 057-061.

2. HARZEM, P.; MILES, T. R. Conceptual issues in operant psychology. Chichester: Wiley,

1978.

3. KELLER, F. S.; SCHOENFELD, W. N. Principles of Psychology. New York: Appleton-

-Century-Crofts, 1950.

4. APA – American Psychological Association. Página oficial da Associação, 2003. http://

www.health-psych.org/ (20/01/2020).

5. SANTAREM, J. M. Musculação para todas as idades: comece a praticar antes que seu

médico recomende. Barueri, SP: Manole, 2012.

6. CHEIK, N.C.; REIS, I. T.; HEREDIA, R. A. G.; VENTURA, M. L.; TUFIK, S.; ANTU-

NES, H. K. M.; MELLO, M. T. Efeitos do exercício físico e da atividade física na depressão e

ansiedade em indivíduos idosos. R. bras. Ci. e Mov. 2003; 11(3): 45-52.

7. BROGAN D. R. Rehabilitation services needs: Physicians’s perceptiions and referrals.

Arch Phys Med Rehabil. 1981; 62 : 215.

8. CARDOSO, J. R. Atividades físicas para a terceira idade. A terceira idade. 1992; 5 (4)

: 9-21.

9. MARIN-NETO, J. A. et al. Atividades físicas: “remédio”cientificamente comprovado? A

Terceira Idade. 1995; 10 (6): 34-43.

10. BECK, A. T.; STEER, R. A.; GARBIN, M. G.- Psychometric Properties of the Beck

Depression Inventory: Twenty Five Years of Evaluation. Clinical Psychological Rewiew. 1988,

8:77-100.

AJUDE-NOS A

EVANGELIZAR

Entre em contato pelo telefone

(1 1) 4330-4289 ou pelo e-mail

santissima@diocesesa.org.br,

para obter informações e

torne-se um colaborador. Nós,

da Revista Santíssima,

recomendamos os produtos e

serviços de nossos colaboradores.

10


O LIVRO QUE

ENSINA

A importância do livro didático na aprendizagem

Por Ducarmo Paes – escritora

O

pequeno leitor sai do

colo e do livro universal

da contação de

história e logo vai se

familiarizando com o mundo

letrado das páginas coloridas

dos livros infantis. Esse

é um trampolim para chegar

ao livro do conhecimento, o

Livro Didático. Este pertence

ao mundo estudantil e é uma

ferramenta muito importante

no direcionamento qualitativo

e quantitativo do desenvolvimento

educacional. Não é um

livro que atrai por si só, por

isso é preciso ser socializado,

ou seja, ser apresentado pelo

educador, mostrando suas facetas

importantes e atraindo o

leitor para uma leitura dinâmica

e compensadora. E assim,

educador, livro e aluno andam

de mãos dadas na busca de novos

conhecimentos.

Nem sempre o Livro Didático

contempla a realidade

da região estudada, mas estabelece parâmetros para uma

pesquisa mais profunda de cada realidade brasileira. Assim

como a educação, o Livro Didático foi reinventado várias

vezes, atendendo à maturidade educacional, desde o tempo

do império até agora. Ele deve ser ponto de apoio para que

não se perca o norte da sequência educacional, mas não

roteiro obrigatório, permitindo assim que se entre no viés

de cada realidade escolar.

O Livro Didático, além de passar as informações de

cada área do ensino, abre portas e janelas que nos permitem

uma gama de oportunidades para pesquisarmos e enriquecermos

ainda mais nossos conhecimentos. Só não podemos

deixar passar fechado esse acesso ao saber que nos permite

ampliar o conhecimento, contestar e comparar outras

obras, consolidando nossa opinião de leitores. Ele tem o

compromisso de apresentar o novo, elucidar as mudanças

e perpetuar a história para que nada se perca no tempo. Daí

a importância de ler sempre, pois o conhecimento nos faz

mais forte, nos diferencia e é um bem que ninguém nos

tira. Sem preguicinha: leia no ônibus, na fila, debaixo da

árvore, na cama, na cadeira de balanço, sentado na escada,

enfim... leia!

Paróquia Nossa Senhora de Fátima

11


CAMINHOS SAGRADOS

SANTUÁRIO NOSSA SENHORA

DE LOURDES NA FRANÇA

Os peregrinos chegam de todas as partes do mundo

Por Marta Guimarães - Agente de Viagens

Visitar o Santuário Nossa Senhora de

Lourdes é uma experiência emocionante

e inesquecível. As basílicas, as diversas

capelas, a gruta, o banho da purificação, a

água da fonte, o belo rio Gave de Pau, a solidariedade

das pessoas, formam um complexo

religioso onde tudo contribui para nos sentirmos

em um ambiente de paz e tranquilidade

interior. As aparições aconteceram em 1858,

de 11 de fevereiro a 16 de julho e foram reveladas

por Bernadette Soubirou que, ainda

criança, avistou Nossa Senhora em uma gruta,

Massabielle (Pedra Velha). Depois de algumas

aparições, a menina perguntou à senhora quem

ela era e recebeu como resposta: “Sou a Imaculada

Conceição”.

Bem ao lado do Santuário está a gruta

de Massabielle, com a fonte milagrosa, que

emociona e surpreende os peregrinos que ali

chegam cheios de esperança e murmurando

orações à Virgem. Ali, em 25 de fevereiro de

1858, na presença de uma multidão, surgiu sob

as mãos de Bernadette essa fonte que jorra cerca de 5 mil

litros de água pura até hoje. Todos querem encher sua garrafinha

com a água milagrosa da fonte em busca de um milagre.

Até hoje, 67 milagres foram reconhecidos pela Igreja

e atribuídos à Nossa Senhora de Lourdes, sendo que, cerca

de dois mil relatos foram reconhecidos por médicos. Pode-se

dizer que, aproximadamente a cada dois anos, acontece um

milagre reconhecido pela Igreja, em Lourdes.

O Santuário, imponente, de arquitetura românica e bizantina,

com capacidade para dez mil pessoas, lembra o gesto

dos braços abertos, representando a fraternidade entre os

povos, tendo sido construído para abrigar e acolher melhor

os peregrinos. O rosário é recitado em muitas línguas. Os

peregrinos chegam de todas as partes do mundo, de cadeiras

de rodas, macas, muletas, para participar da procissão iluminada,

que acontece todas as noites em torno do Santuário.

Lourdes, um lugar de fé! Um verdadeiro convite para a vivência

da mensagem deixada em Lourdes por Nossa Senhora:

a penitência e a oração.

12

Paróquia Nossa Senhora de Fátima


A AMIZADE NA LUTA CONTRA O

CÂNCER

Jesus Cristo, nosso Deus do Impossível

Por Marcelo Artioli - Administrador

ODia Mundial do Câncer ocorre anualmente em 4 de

fevereiro. O objetivo desta data é fazer com que toda

a sociedade discuta este assunto, com a principal

missão de ajudar a controlar esta doença que mata milhões

de pessoas ao redor do mundo. Ainda em fevereiro, o Dia

Internacional da Amizade é comemorado no dia 14 e o dia

15 é marcado pelo Dia Internacional de Luta contra o Câncer

na Infância. Por estranha coincidência todas estas datas

se esbarram em fevereiro, talvez porque estejam interligadas

entre si e no mistério da vida.

A luta contra o câncer não pode e não deve ser solitária.

Estudos mostram que a força da amizade tem grande

importância na cura e no bem-estar de quem está em

tratamento. Um estudo da Universidade de Michigan, nos

Estados Unidos, aponta que mais de 50% dos pesquisados

em tratamento listaram mais de três pessoas envolvidas na

ajuda do tratamento, servindo como terapia e fortalecimento

na fé e esperança em se curar. Em tratamentos de crianças,

temos vários voluntários buscando maneiras de alegrar os

dias delas, seja como contadores de histórias, palhaços,

entre tantos outros voluntários. Uma coisa é certa, o amor

e o carinho vividos nestes gestos é que realmente fazem a

diferença.

Como cristãos, sabemos que não estamos imunes a

nenhum tipo de doença, como já ouvimos de nosso padre

em algumas pregações. Ser cristão não nos garante ficar

isento de problemas, de perdas, de sofrimentos, mas, é ter a

certeza de que Deus estará conosco, cuidando de tudo e nos

carregando no colo e, então, seremos mais fortes, estaremos

mais preparados a aceitar o que tivermos que passar.

Posso testemunhar que, em minha vida pessoal e

familiar, estamos enfrentando essa enfermidade em um

ente muito querido e estamos vivendo na prática o dia a

dia deste tratamento, com entrega, doação, carinho e amor

e, principalmente, com fé em Nosso Senhor Jesus Cristo,

nosso Deus do Impossível.

Fontes:

https://www.opopular.com.br

Pesquisas diversas na internet

AJUDE-NOS A

EVANGELIZAR

Entre em contato pelo telefone (1 1) 4330-4289 ou pelo e-mail

santissima@diocesesa.org.br, para obter informações e

torne-se um colaborador. Nós, da Revista Santíssima,

recomendamos os produtos e serviços de nossos colaboradores.

Paróquia Nossa Senhora de Fátima

13


14

Paróquia Nossa Senhora de Fátima


Paróquia Nossa Senhora de Fátima

15


More magazines by this user
Similar magazines