24.07.2020 Views

Revista VOi 176

Create successful ePaper yourself

Turn your PDF publications into a flip-book with our unique Google optimized e-Paper software.

Esportes

Associação agrega guias

e pessoas cegas para

caminhadas e corridas

Test Drive

Ford 1932 Hot Rod:

mecânica moderna

em um modelo clássico

Aline

Barros

Voz que encanta com carisma

os apaixonados pela música gospel

#solidariedade

Quando fazer o bem ao

outro é missão de vida


sumário

Moda

Voz e carisma

marcantes

20

Entrevista

Aline

Barros

04 Editorial

Inverno com notícias

quentinhas

06 Cartas

08 Bastidores

10 Notas

14 Moda

Voz e carisma marcantes

26 Principal

Fazer o bem sem olhar a quem

34 Bem-estar

Bioestimulador de colágeno

36 Transformação

De bem com a vida

40 Coluna

Provopar

42 Coluna

Joias eu uso

por Tufy Karam Geara

38

Vitrine

44 Coluna

Eventos by Mônica Gulin

46 Test drive

A supermáquina de um

Ford 1932

50 Esporte

Correr sem ver: um

olhar sem fronteiras

54 Música

Música feita em casa

56 Blogueando

Influencer fitness

57 Cultura

58 Histórias

Sou árvore

JUlHO 2020 03


editorial

Inverno com

notícias

quentinhas

FALL WINTER 2020

CS PREMIUM PARK SHOPPING BARIGUI | CS MAISON PARK SHOPPING BARIGUI | CS SHOPPING MUELLER | CS SHOPPING JOCKEY PLAZA

CALçaDOS, ROuPAS e ACESsóRIOS

ARUBA BUENOS AIRES CANCÚN CANNES MIAMI MONTERREY PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SANTIAGO SÃO PAULO

www.revistavoi.com.br juLho 2020

Esportes

Associação agrega guias

e pessoas cegas para

caminhadas e corridas

Test Drive

Ford 1932 Hot Rod:

mecânica moderna

em um modelo clássico

Aline

#solidariedade

Quando fazer o bem ao

outro é missão de vida

Barros

Voz que encanta com carisma

os apaixonados pela música gospel

A capa desta edição é a cantora gospel

Aline Barros. O click é de Vinicius

Mochizuki


A

edição de julho vem com reportagens

quentinhas para aquecer a estação mais

fria do ano. A nossa reportagem de

capa é uma entrevista exclusiva com a

carismática e premiadíssima, Aline

Barros, cantora gospel, que vem fazendo sucesso

mundo afora. Na matéria principal reunimos

pessoas e grupos inspiradores que vêm fazendo

o bem, não importa a quem. São exemplos de

superação e solidariedade de quem não mede

esforços pelo bem-estar e saúde do próximo.

No Test Drive conheça o Hot Rod com motor

V8, direção hidráulica e um painel 100%

de madeira de imbuia. Outro destaque fica

para o Radar DV, grupo de corrida formado por

26 pessoas com deficiência visual e 60 guias voluntários.

Ótima leitura!

Superação e

solidariedade de

quem não mede

esforços pelo bemestar

e saúde do

próximo

Brisa Teixeira,

Jornalista da Revista VOi

04

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


Hotel

Serra Alta.

Um refúgio

com toda a

segurança.

Existe um lugar muito charmoso, perto

das montanhas, em meio ao verde da

Mata Atlântica. É o Hotel Serra Alta, um

pedaço do paraíso que fica bem pertinho

de você, na encantadora São Bento do Sul.

Acomodações aconchegantes, áreas

de lazer com piscina aquecida, piano

bar, deck com lareira, espaço para

jogos e muito mais. Ideal para

momentos em família.

A gastronomia regional é um dos pontos

altos do hotel. O restaurante Manacá,

serve todos os dias o melhor da culinária

caseira com um toque todo especial.

Para sua segurança o Hotel Serra Alta

cumpre um rigoroso protocolo de

limpeza e higienização que vão muito

além dos determinados pelo Ministério

da Saúde. Hotel Serra Alta. Um refúgio

seguro a sua espera.

Higienização permanente de

toda área comum e acomodações.

Quer sair de casa,

ir pra um lugar seguro e descansar?

Venha para o Hotel Serra Alta.

Um refúgio com toda a

segurança que você procura.

Reservas (47) 3634-1112 serraaltahotel.com.br


ARUBA BUENOS AIRES CANCÚN CANNES MIAMI MONTERREY PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SANTIAGO SÃO PAULO

cartas

Edição de

Junho 2020

Simone Zucato

FALL WINTER 2020

CS PREMIUM PARK SHOPPING BARIGUI | CS MAISON PARK SHOPPING BARIGUI | CS SHOPPING MUELLER | CS SHOPPING JOCKEY PLAZA

CALçaDOS, ROuPAS e ACESsóRIOS

www.revistavoi.com.br junho 2020

#NAMORADOS

No mês do amor,

aqueça com

mimos

Test Drive

Ford Roadster 1928

vira joia na garagem

de comerciante

Simone

Zucato

Atriz, Produtora e Médica fala da carreira e

da dificuldade da vida artística no Brasil

Esportes

Tiro com arco: um

jogo de disputa pela

precisão

Recebemos a Revista...

conteúdo nota 10! Adoramos a

matéria sobre a prática do tiro

com arco. Pratico este esporte

há quase 3 anos e garanto que

é muito bom para o corpo e

para a mente. Minha filha de

5 anos também é entusiasta

e logo estará participando

das primeiras competições!

Parabéns à Revista VOi!

Gustavo Magnino Machado

Maravilhosa Diva @simonezucato uma verdadeira rainha Obrigada @revistavoi

Marcia Dornelles @marciadornellescomunicacao

Só tenho gratidão pela Revista

VOi e a toda equipe fantástica,

neste mês saiu uma matéria

comigo, ficou sensacional. Confere

aí no meu insta o que acharam?

Isabel Favoretto - instagram

Meus poemas na Revista VOi!!! Agradeço à Brisa

@brisateixeira pelo convite e escolha dos poemas -

oportunos para esse nosso momento. Confira na @

revistavoi ed. 175 que, aliás, está show! Estes e

muitos outros poemas meus estão no livro: Encontros

Desconcertantes; pela @insighteditora

Priscila Prado - @priscilapradopp

follow us:

No Instagram e no Facebook da VOi confira a cobertura dos principais

momentos e fique por dentro do que estará em destaque na próxima edição!

www.facebook.com/revistavoicuritiba

Instagram - @revistavoi

06

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


pratanobre

Para quem

tem estilo

Rua Coronel Dulcídio, 517 - Loja 35

Batel - Curitiba/PR • (41) 3014 7578


expediente

bastidores

Ano XVII • Edição n.º 176 • Julho 2020

Foto: Revista VOi

TRANSFORMAÇÃO

Nesta edição especial da VOi, realizamos uma produção diferente.

Descobrimos uma história de vida de superação e que serve de

exemplo para muitas pessoas. O resultado final pode ser conferido

na editoria Transformação. Simplesmente, linda!

A Revista VOi é uma publicação da JOTA Editora

Rua Maranhão, 502 - Água Verde

CEP 80610-000 - Curitiba (PR) - Brasil

Fone/Fax: +55 (41) 3333-1023

JOTA EDITORA

Diretores/Directors:

Comercial - Fábio Alexandre Machado

Executivo - Pedro Bartoski Jr.

revistavoi@revistavoi.com.br

Redação/Writing:

Brisa Teixeira

jornalismo@revistavoi.com.br

Foto: Revista VOi

ORGULHO

Tivemos a satisfação de receber em nossa sede, a leitora Letícia

Arantes da Silva. “Vim pegar exemplares, em que o carro do meu pai

foi o destaque”, orgulha-se Letícia, da reportagem na editoria Test

Drive.

Projeto Gráfico/Graphic Design:

Supervisão: Fabiana Tokarski

Fabiano Mendes

Crislaine Briatori Ferreira

criacao@revistavoi.com.br

Colaboradores/Colaborators:

Fotógrafo: Marcos Mancinni

Depto. Comercial/Sales Department:

comercial@revistavoi.com.br

Fone: +55 (41) 3333-1023

Colunistas/Colunists:

Mônica Gulin

Tufy Geara

Depto. de Assinaturas/Subscription:

assinatura@revistavoi.com.br

Ligação gratuita:

0800 600 2038

Foto: divulgacão

ALÉM DO ARTESANATO

A jornalista Brisa Teixeira

agradece a caixinha de

madeira decorada enviada

gentilmente por Vera Lúcia

de Paula Lopes, proprietária

da Matéria-Prima

Artesanatos. A loja foi

destaque na nossa última

edição e está localizada na

Avenida Arthur Bernardes,

685 - loja 15, no bairro Vila

Izabel.

A Revista VOi é uma publicação mensal e independente, dirigida ao

público curitibano, a turistas, rede hoteleira e gastronômica de Curitiba.

A VOi não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos e colunas

assinadas, por serem de responsabilidade de seus autores. A utilização e

reprodução pode ser feita desde que informada e citada a fonte. A Revista

VOi também não se responsabiliza por fotos de divulgação, bem como,

por anúncios e imagens enviadas por terceiros, por entender serem de

responsabilidade de seus produtores.

08

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


dr.alexandretelles

REJUVENESCIMENTO

E HARMONIZAÇÃO

FACIAL COM

NATURALIDADE

• Harmonização Facial

• Preenchimento

Labial

• Rinomodelação

• Lifting Facial sem

cortes

• Bioestimuladores de

Colágeno

www.institutoalexandretelles.com.br

Avenida Vicente Machado, 1955

Batel - Curitiba/PR

(41) 3019.9997

(41) 9 9683.0867


NOTAS

Diferentes

medidas

usadas na

cozinha

Foto: divulgação

Conheça, em inglês as dicas da EF English Live, para as diferentes medidas usadas quando o assunto é food (comida). Aproveite

para procurar uma receita em inglês e tente cozinhar, misturando a culinária com o treino do seu inglês.

Teaspoon e tablespoon – Normalmente, essa medida é usada para temperos e pequenas quantidades de líquidos, como: two

teaspoons of sugar (duas colheres de chá de açúcar) ou one tablespoon of vanilla extract (uma colher de sopa de essência de

baunilha).

Cups – Essa medida é usada para quantidades maiores de temperos, líquidos e itens como farinha ou massa. Uma cup (xícara)

tem aproximadamente 226 grams, ou 226 gramas.

Pinch – Use essa palavra para quantidades bem pequenas. Para ter uma pinch, de tempero, por exemplo, junte seu polegar e o

indicador para pegar, essa é a quantidade equivalente a uma pinch (pitada). Ela é usada com coisas sólidas.

Ounces e grams – Dependendo de onde o livro de receita foi escrito, pode-se encontrar medidas em ounces (onças) ou grams

(gramas). Em receitas americanas, verá ounces e para a maior parte dos outros países, a medida usada será grams. Elas são usadas

quando mais do que algumas colheres de algo são necessárias. Essas medidas podem ser usadas para líquidos, sólidos, temperos

e qualquer outro alimento que queira medir. Um ounce equivale a aproximadamente 28,3 grams.

Cloves – Essa palavra é usada principalmente quando falamos sobre garlic (alho). Se já viu um alho, sabe que ele se desfaz em

muitas outras partes e cada uma delas é conhecida como clove, ou dente de alho.

Inches e centimeters – Essas medidas são usadas quando o comprimento de algo é importante. Por exemplo, pode-se precisar de

1-inch long jalapeños (uma polegada de pimenta jalapeño) para preparar cheddar peppers. Normalmente, essas medidas se referem

a alimentos sólidos. Um inch equivale a 2,5 centímetros.

Restaurante

e delivery

Fotos: divulgação

O Espaço Torres reabriu o restaurante e está atendendo sexta e sábado,

das 19h às 23h. O cardápio de inverno está convidativo e foi pensado

pra atender uma variedade de gostos. Um dos pratos melhor avaliado é o

pato com molho de laranja, que leva a assinatura do chef Junior Pereira.

No cardápio, jantar à la carte vem com opções de pratos com carnes,

massas e risotos, todos criados a partir da experiência do chef em grandes

eventos. Além disso, harmonização completa em entradas e na carta

de vinhos. Para sobremesa, pudim Tennessee Whiskey, Brownie de chocolate

belga, servido com sorvete de creme (R$ 19). O ambiente respeita

as medidas de segurança necessárias que o momento exige para as operações

gastronômicas. O salão foi remodelado para operar com 10% da

capacidade do espaço. O Espaço Torres continua a atender delivery, no

mesmo horário do restaurante. Confira novidades do menu pelo telefone:

(41) 3045-6999 ou por whatts: (41) 99901-6622. O Espaço Torres fica na

Rua Pergentina Silva Soares, 159 - Jardim Botânico.

10

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


Coragem

para vencer

Conhecido por ser referência em liderança, empreendedorismo e especialista

em temas sobre como concretizar objetivos, administrar bem

o tempo, superar adversidades e desafios, Fabiano Barcellos lançou

recentemente o seu livro: Coragem para vencer. Na obra ele dá dicas

para os que querem empreender, sem se abater com qualquer desânimo

e fraqueza e encontrando forças para seguir em frente com os planos

traçados. Segundo o autor, não basta apenas sonhar, é preciso lutar para

atingir os objetivos dos projetos. Mas como fazer nesses dias difíceis,

onde a coragem desaparece, as incertezas dominam e com isso, proliferam

as dúvidas? Para responder a essas inquietações, Fabiano Barcellos

concedeu uma entrevista exclusiva para a VOi.

Por que a coragem é tão importante para vencer?

Para vencer, precisamos enfrentar desafios e fantasmas que não estamos

acostumados a enfrentar, viver coisas que não estamos acostumados a viver, pisar no desconhecido e isso dá medo e receio.

Precisa de coragem para encarar seus medos e ambientes nunca antes encarados. Coragem não é ausência de medo e, sim,

continuar andando apesar do medo.

Falta coragem nas pessoas?

Sem dúvida! Uma pesquisa feita por nós, realizada com mais de 300 pessoas empregadas, entre 25 e 40 anos, antes da escrita

do livro: Coragem para vencer; mostrou que mais de 67% das pessoas não vencem por falta de coragem. Param no medo do

desconhecido e por não quererem sair da zona de conforto.

Em tempos de isolamento social, qual o principal desafio?

Acho que o principal desafio é encarar a si mesmo. Essa comunicação interna, que

também precisa de muita coragem e, que muitas vezes, deixamos de lado por falta

de tempo ou até medo de se encarar. Talvez por isso, esteja aumentando tanto o

número de depressões, atualmente. Olhar para dentro, muitas vezes, não é tarefa

fácil.

O que tem a dizer para quem precisa empreender sem nunca ter precisado antes?

Primeiro, a consciência de que precisa mudar. Sem um verdadeiro motivo, poucos

conseguem dar esse próximo passo. Em segundo, se movimentar (procurar,

às vezes, o desconhecido) a fim de conhecer várias ferramentas e ver qual melhor

se encaixa no seu perfil. Após isso, estar perto de quem já teve resultado com

essa ferramenta escolhida e trabalhar muito, pois nada cai do céu. Salve engano,

quem acha que empreender é a salvação para tudo. Vai trabalhar mais e sem

garantia de nada, a fim de uma realização profissional e pessoal, após muitos

tropeços. Porém, pode te dar a tal liberdade que tanto almeja.

Foto: divulgação

O que a pandemia tem a nos ensinar?

Necessidade de adaptação. As pessoas vão descobrir coisas que não

teriam “tempo” para descobrir, vão perceber coisas que não perceberiam.

Vão aprender a trabalhar mais online, dar mais valor aos

detalhes da vida, à família e a Deus, aprender a ter paciência,

a olhar com carinho para o próximo e, o mais importante,

perceber que a vida acaba e que é preciso correr atrás

da tal felicidade, o mais rápido possível!

JUlHO 2020 11


NOTAS

Eventos virtuais

Para se adequar ao novo normal, o empresário Leandro Anthony, idealizador

e diretor cultural de concursos de beleza nacionais, passou a realizá-los

virtualmente. Iniciou com o Miss e Mister Brasil Virtual Celebrity 2020 e o Miss

Brasil Virtual Beauty 2020 nos seus canais de Instagram oficiais: @leandroanthony, @missemisterbrasilinfantil, @misteremusateenbrasil

e @mrbrasilnationaluniverse. Com o êxito nos dois concursos, a Leandro Anthony Assessoria idealiza agora o Miss e

Mister Brasil Virtual Culture 2020. O concurso ocorrerá no dia 14 de agosto de 2020, com uma live, às 20h. Assim como os já

realizados virtualmente, este evento permitirá aos vitoriosos e classificados representarem o Brasil internacionalmente. O empresário

também inova com o Workshop Virtual para Atores em parceria com Cleiton Morais @cleitonlmorais, como diretor técnico.

Cleiton Morais é um renomado ator, que se destacou em novelas como Êta Mundo Bom, Apocalipse e Verão 90; entre vários

outros destaques na televisão e no teatro. “O Workshop é o início para muitas pessoas que querem seguir a carreira artística. Em

todas as edições têm sido um sucesso entre participantes”, comemora Leandro, diretor artístico, que já conta com grande experiência

em suas assessorias feitas com celebridades como: Felipe Titto, Caio Paduan, Alejandro Clauveaux, Cleiton Morais, Renan

Oliveira, entre muitos outros. Leandro Anthony é uma motivação para quem não desiste dos seus sonhos. Esse nobre guerreiro

segue se inspirando para trabalhar em meio a todos os obstáculos que a atualidade impõe, com fé que tudo volte o mais breve

possível, sem se render às dificuldades, enquanto aspira pela realização de milhares de sonhos brasileiros.

Campeão

em vendas

Foto: divulgação

“Prospectar Clientes é essencial para qualquer negócio!! Há um ditado

que diz: Aquele que não constrói uma rede de contatos, não prosperará.”

O recado é da KLA Treinamento, que constantemente realiza cursos

com o objetivo de levar conhecimento para o empreendedor prospectar

de maneira correta. Para a KLA, muitos vendedores não atingem suas

metas de vendas por acreditar que somente sua carteira de clientes atual é suficiente para isso. Para saber a importância disso e

como conquistar novos clientes, a KLA realiza constantemente treinamentos com dezenas de técnicas de como fazer prospecção

de maneira assertiva. Os cursos são realizados online e ao vivo. Com início no final de julho, a instituição realiza um programa

de formação com duração de 3 meses com foco em tornar empreendedores um campeão de vendas!! Saiba mais em: https://

www.klatreinamentos.com.br/escoladevendas/curitiba/

Segurança

para todos

Em tempos de pandemia, os veículos da Mega Táxi são sanitizados

com equipamentos de última geração que removem

99,9% dos odores, fungos e bactérias, pensando sempre na segurança

dos passageiros e motoristas! Para chamar a Mega Táxi

com rapidez, basta baixar o aplicativo no celular. Em qualquer

lugar e no momento em que precisar! Outra novidade da Mega

Táxi é o serviço de táxi executivo, oferecendo aos passageiros

exclusividade, discrição e qualidade. Seu destino com mais

conforto e sofisticação!

Foto: Marcos Mancinni

12

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


Novo

endereço

Os Espetinhos da Casa do Zé estão nos preparativos da inauguração

em novo endereço. A casa, referência quando se fala de espetinhos

em Curitiba, continuará com o seu atendimento intimamente ligado

à qualidade dos seus pratos e de um atendimento exemplar. Foi

nisso que Zé Pedroso apostou, há alguns anos, quando criou a Casa do Zé. O local continuará com o perfil de um atendimento

bem-humorado, simples, atencioso e cuidadoso. O proprietário encanta os clientes e os cativa, especialmente por estar presente

na rotina diária do restaurante, motivando a sua equipe e cuidando de todos os detalhes. Clientes da Casa do Zé e interessados e

curiosos em conhecer o novo local, continuem ligados nas redes sociais para saber em primeira mão as novidades da inauguração.

Mais informações: facebook - casadozedobatel | instagram - @casadozebatel

Foto: Fabiano Mendes

Foto: divulgação

Bronzeado

com desconto

Para quem não dispensa um bronze, principalmente na estação mais

fria do ano, o Bronze das Estrelas tem uma boa notícia! Com base

no decreto municipal, estão reabrindo o estabelecimento parcialmente

e com promoções imperdíveis. A super promoção engloba 4

sessões de até 30 minutos. Com a Máquina Colágeno as 4 sessões

saem por R$250 e com a Máquina Ferrari, 4 sessões por R$199. O

Bronze das Estrelas informa que o pacote adquirido pode ser usado

até o último dia de atendimento do ano 2020 com intervalos de 48h

(horas). Os valores avulsos por sessão são de R$80 (colágeno) e R$60

(Ferrari). Quanto às recomendações de saúde, o local atende uma

cliente por vez, de segunda à sexta. O uso de máscara é obrigatório

e antes de começar a sessão, recomenda-se levar a sua máscara de

uso pessoal. Sempre lembrar de lavar bem as mãos e, se puder, não

trazer acompanhantes (principalmente que se enquadrem no grupo

de risco). Seguindo as normas de segurança, o Bronze das Estrelas

está disponibilizando álcool em gel, fazendo a higienização necessária

no ambiente como sempre foi visto como prioridade. Recomenda-se

chegar com dez minutos de antecedência para não correr o risco

de perder a sessão. Para mais informações, acompanhe o Bronze

das Estrelas no instagram @bronzedasestrelas

Alta

Reviravolta Local

Com o objetivo de apoiar os negócios

locais e proporcionar condições

para que empreendedores

criativos, inovadores e sustentáveis

superem a crise, foi lançada a iniciativa

Reviravolta Local. Por meio

de edital, o programa vai selecionar

até 100 negócios inovadores e oferecer

uma série de benefícios para

superação da crise.

Baixa

Decreto

A decisão do governador Ratinho

Júnior, que por meio de um decreto

estadual determinou o fechamento

das atividades não essenciais no

Paraná, de 1º a 15 de julho. Para

se ter uma ideia da ineficiência da

ação na prática, no dia 10 houve

um recorde de vítimas e no dia 14,

nove recorde de vítimas fatais. Isso

prova que ficar em casa não resolve

nada.

JUlHO 2020 13


capa

14

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


Voz e carisma

marcantes

ALINE BARROS ENCANTA

FÃS DA MÚSICA GOSPEL

PELO MUNDO

Fotografia:

Karollayne Mendes

e Thamyres Mendes

JUlHO 2020 15


capa

16

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


JUlHO 2020 17


capa

18

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


JUlHO 2020 19


entrevista

Foto: Vinicius Mochizuki

20

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


Aline

Barros

Por Brisa Teixeira

Referência internacional na

música gospel, cantora já

conquistou sete grammy’s

Quem é Aline Barros?

Uma pessoa muito simples e com o coração sempre

disposto a aprender!

É um dos grandes nomes da música gospel do Brasil.

Como começou essa história?

Comecei bem novinha, acompanhava meu pai e o

Ministério de Louvor, na Comunidade da Vila da Penha,

do Rio de Janeiro. Logo, passei a fazer parte da

equipe de louvor e participei de algumas gravações.

A música: Tua palavra; foi a primeira canção que

gravei e ficou quarenta e cinco dias nas paradas de

sucessos das rádios evangélicas da cidade, e, depois,

veio o lançamento da: Consagração; que fez parte

do álbum do Ministério de Louvor da Comunidade

da Vila da Penha. Ficou em primeiro lugar, por nove

meses, nas rádios evangélicas do Brasil.

JUlHO 2020 21


entrevista

Notoriou-se como compositora e intérprete. De

onde vem a inspiração?

Minha inspiração vem da palavra de Deus e dos

momentos difíceis que vivemos e aprendemos com

eles!!! Não tem uma regra. Minha música é para

todas as pessoas que querem ouvir sobre o amor de

Deus!

Nestes 25 anos de carreira, já são quantos DVDs e

álbuns gravados?

Gravei 29 álbuns, 14 DVD’s e mais uma série de coletâneas,

duetos e participações especiais. Todos são

especiais, são como filhos.

Chegou a se lançar como autora de algumas obras

literárias. Comente sobre elas.

Um foi o livro: Fé e paixão; que fala sobre minha

vida, da música, do sucesso e da minha família. O

livro possui uma linguagem simples e mostra aos

leitores os fatos mais marcantes da minha vida, antes

e depois do sucesso. O amor da família é o alicerce

na vida de qualquer pessoa e mostra a dedicação da

realização do meu sonho. Outro foi o livro: Graça

Extraordinária; nele trazemos uma reflexão acerca do

conceito bíblico da graça de Deus, seus aspectos e

sua atuação em nossas vidas. Uma leitura para abençoar

a vida das pessoas, de amigos, familiares, igreja

e todos que precisam conhecer a graça extraordinária

de Deus. O livro também apresenta depoimentos de

pessoas que experimentaram a operação da graça

divina.

A que atribui o seu sucesso com o público infantil?

Meu projeto com crianças já vem de muito tempo

desde quando era solteira. Sou muito verdadeira no

que faço e acredito que essa pureza e verdade e a

graça de Deus e o bom perfume de Cristo em mim

acabam trazendo as crianças para perto. Amo fazer o

que faço com muita alegria e excelência!

Como se deu a carreira internacional?

Fui morar na Espanha e, a partir dali, comecei a falar

um pouco o espanhol e começaram a surgir os

convites para gravar. O meu primeiro trabalho foi

com a participação de dois amigos cantores muito

expressivos nos EUA (Estados Unidos da América) e

as músicas que gravei – participando com eles nesse

projeto – despontou. Foi assim que Deus abriu as

portas, e tive a abertura para poder entrar no mercado

latino com a música: O poder do teu amor; em espanhol,

foi maravilhoso! Uma benção de Deus ver os

outros países e as outras nações cantando as canções

e daí em diante comecei a gravar projetos e fiz meus

álbuns. A gente tem tido esse cuidado de poder levar

essa mensagem a outras nações com excelência, com

muita alegria e amor. Agora a gente já está partindo

também para fazer as músicas infantis em espanhol e

está sendo muito bom.

Quais prêmios recebeu e que significados eles têm?

Recebi 7 grammys nos anos de 2004, 2006, 2007,

2011, 2012, 2014 e 2017. Foram ainda 37 prêmios

em CD, 16 em DVDs, o troféu promessa de melhor

cantora, 1 troféu imprensa de melhor música evangélica,

2 press awards de melhor show gospel brasileiro

e 10 troféus talento – prêmios de melhor cantora e

melhor álbum. Os prêmios têm um significado especial

porque para mim demonstra o cuidado, o carinho

e o amor de Deus pela minha vida! São acréscimos

que Deus me permitiu ter ao longo da minha história,

minha carreira e através dessa trajetória deixando um

legado e lógico nos traz muita alegria!

O que fazer para lidar com o sucesso?

Lidar com o sucesso é verdadeiramente saber que o

sucesso na nossa vida é fruto de um trabalho aprovado

por Deus! Feito com excelência, com equilíbrio e

maturidade, é entender que a sua força para as grandes

conquistas vem de Deus. Então se tenho hoje o

sucesso e sou referência para muitas pessoas agradeço

muito a Deus, porque Ele também me deu uma família

para que pudesse me dar equilíbrio e estrutura.

Sempre teve o apoio da família?

Meus pais maravilhosos, meu irmão, meu esposo,

meus filhos, então, tudo isso coopera. Deus coloca

pessoas a nossa volta para cuidar da gente e nos

ajudar a chegar onde Ele quer que a gente chegue.

No meio dos conselheiros existe a sabedoria, então

a gente realmente está atento a tudo isso. Faz parte a

gente não chegar em lugar nenhum sozinho, isolado.

A gente realmente precisa de pessoas que nos ajudem

Uma benção de Deus

ver outros países e

outras nações

cantando as canções

22

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


e principalmente de estar focados os nossos olhos

em Jesus o tempo todo! Porque Ele é a nossa maior

referência!

Como é o carinho do público?

É um carinho muito grande. Valorizo muito isso,

estou sempre tentando de uma certa forma estar interagindo

com essas pessoas, seja pela internet, pelas

redes sociais. Estou sempre deixando uma palavra de

ânimo, de fortalecimento e agradecendo as orações.

A gente acaba passando pela história de vida de cada

uma delas em um determinado momento da história

daquela pessoa. Você entrou, você deixou ou fortaleceu

ela de alguma maneira com uma palavra ou com

uma canção que gravou e aquilo trouxe realmente

uma marca. É uma história que fica e a gente tem realmente

esse cuidado.

Como faz para equilibrar o sucesso profissional com

a vida pessoal?

Pedindo sabedoria a Deus, acho que em tudo a gente

encontra e pode haver, sim, um equilíbrio, isso é

necessário. O tempo é o que temos de mais precioso

e saber administrar isso é equilibrar o seu tempo

focando naquilo que realmente é importante na sua

vida, isso vai fazer toda a diferença. Minhas prioridades

são Deus, família e a missão que Deus me deu

de levar essa verdade que tenho cantado e que tenho

vivido, isso é muito lindo!

Minha música é para

todas as pessoas que

querem ouvir sobre

o amor de Deus

O que faz quando não está trabalhando?

A minha vida é em função de poder trazer alegria

para os meus filhos e meu marido. Instruir e ajudar,

então o momento que a gente tem, a oportunidade

que a gente tem é realmente estar juntos. Gosto muito,

sempre fui muito caseira, principalmente agora

nesse momento de quarentena! A gente acaba descobrindo

muitas coisas em casa que poderíamos fazer

e nunca faz, juntos com as pessoas que a gente mais

ama. Então o dialogar, o conversar, o olhar nos olhos

e ensinar! É brincar mesmo nos momentos que a

gente pode, ter esses momentos dentro da nossa casa

com os nossos filhos, a vida passa muito rápido e eles

também crescem muito rápido. Então o que puder

fazer para estar junto, pertinho, sendo uma amiga,

conselheira e uma ajudadora do meu marido, farei!

Tudo isso a gente faz, porque a gente ama! Em tempos

que a gente não viaja e não trabalha, nas horas

livres realmente valorizo muito isso: a minha casa e

os meus filhos!

Foto: Karollayne Mendes e Thamyres Mendes

JUlHO 2020 23


entrevista

Quais as novidades que já pode antecipar para os

seus fãs?

Esse projeto que estou lançando com o single da

música: Tiempo; faz parte do álbum novo em espanhol,

que vai ser lançado final de julho, assim como:

Autor de vida. Terão outras canções lindíssimas que

já gravei em português. A gente está levando essa

mensagem para abençoar outras nações em meio à

pandemia, trazer uma palavra de um novo tempo, de

uma nova história e de que no momento mais difícil

da nossa vida a gente possa crer que existe um Deus

que nos sustenta, que provê todas as coisas! Tudo

está sendo levado para que gente possa aprender com

tudo isso e viver um novo tempo e um novo momento!

Deus e os céus estão falando e a gente tem que

estar conectado com a voz que vem do alto, sabendo

que têm grandes coisas que estão chegando para a

nossa vida!

algo muito especial! A gente tem vários projetos que

vão acontecer nesse segundo semestre.

Qual mensagem final quer deixar para as pessoas?

Que se entre nesse segundo semestre de 2020 dizendo

que o primeiro semestre se aprendeu, você foi

esticado para que pudesse ser lançado para chegar

mais perto de Deus e chegasse ainda mais longe,

acertando o alvo. Tenho a certeza que vai viver o

melhor momento da sua história! Que Deus abençoe

a todos! Beijos para essa equipe linda da Revista VOi.

Obrigada pelo carinho de todos vocês! E vamos com

tudo, vamos porque o segundo semestre está só começando,

vai ser o melhor da nossa história!

Quais os seus projetos para o próximo ano?

Tenho muita expectativa, são muitos projetos em

andamento que nos propusemos a fazer, coisas ainda

muito maiores principalmente na área infantil.

Temos alguns projetos caminhando que deram uma

estacionada por conta da pandemia, mas a gente está

reativando agora nesse segundo semestre com a Paris

Filmes. Enfim, tantas coisas, são novas músicas chegando

e tanta coisa linda acontecendo!

Para quem quer saber mais, por quais mídias sociais

se comunica?

A gente comunica muito com a galera no instagram,

meu instagram é @alinebarros, tenho 6 milhões de

seguidores, tenho o facebook são mais de 15 milhões

de pessoas, tenho o twitter que são mais de 4 milhões

de pessoas, tenho o canal no youtube, que estamos

chegando a 2 milhões de pessoas. Todos Aline Barros

o endereço. No meu canal a gente está assim com a

força total, vindo realmente com muita alegria e amor

para deixar uma mensagem e aproveitar dessa coisa

toda da tecnologia e internet, enfim de tudo que está

acontecendo! E deixar essa mensagem de Deus para

as pessoas e essa música poderosa que transforma,

liberta, levanta, que traz o renovo, fortalece fé e traz

esperança no nosso coração! Temos feito também

tantas coisas lindas pra alimentar meu canal no youtube,

como costumo dizer para todos: meu canal no

youtube é para a família. Ali a gente tem feito tantos

vídeos incríveis, deixando palavras abençoadoras

para as pessoas. Nesse segundo semestre creio que

Deus vai trazer para nossas famílias uma alegria inesperada.

Vai ser o semestre da nossa virada, vai ser

Foto: Karollayne Mendes e Thamyres Mendes

24

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


A AMISTE ESTÁ COM UMA

SUPER NOVIDADE:

AGORA VOCÊ PODE PEDIR

O SEU CAFÉ PREFERIDO

NA SUA CASA OU

EMPRESA

Além dos maravilhosos cafés

torrados e moídos na hora da

Amiste, temos uma variedade

de insumos como:

• Chás

• Xaropes

• Achocolatados

Peça já!

amistecafe

www.amistecafe.com.br

41 3024.1400 | 41 3503.5240

Rua Tamoios, 728 - Vila Izabel - PR


principal

Fazer

o bem

sem olhar

a quem

Foto: divulgação

Pessoas e instituições ligadas ao Terceiro Setor são impulsionadas

todos os dias do ano a continuarem na sua missão, quando recebem

como retorno o sorriso de uma criança, um abraço, uma lágrima de

emoção, um olhar de agradecimento... São mulheres inspiradoras como

a presidente da Provopar, Carlise Kwiatkowski; Flávia Francischini,

do Instituto Fazer o Bem sem Olhar a Quem; Aline Fernanda Senter Luiz,

do Projeto Sofá pra Rua, que faz 510 marmitas semanais; Alessandra

Ernst, que com o seu exemplo de vida, ajuda outras pessoas; e a Trupe

da Saúde, grupo de palhaçaria profissional. Conheça a história e

novidades do trabalho de cada uma delas e se inspire na prática de

fazer o bem.

26

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


O impacto de um

diagnóstico como esse

foi transformado em

um propósito

Flávia Francischini

Nascimento de

uma missão

Fotos: Pablo Maesta

A chegada de um filho é sempre transformadora. Mas o nascimento do Bernardo trouxe mudanças além da família

Francischini. Há dez anos, Flávia usa a experiência e as lições que aprende com o filho autista como uma forma de ajudar

inúmeras crianças. O impacto inevitável de um diagnóstico como esse se tornou um propósito. “Prometi a Deus que o que

eu fizesse para o Bernardo também faria a outras famílias na mesma situação. Especialmente em relação ao diagnóstico

precoce do transtorno, que faz uma diferença imensa no tratamento e na evolução dessas crianças”, confidenciou Flavia.

A época ela era Policial Federal, profissão que largou para poder cuidar do caçula – ela também é mãe de Fernando, de 16

anos.

“Reuni os especialistas que atendiam o Bernardo e uma equipe de empresários amigos que pudessem bancar financeiramente

a vinda de famílias, muitas delas bastante humildes e do interior, para serem avaliadas aqui em Curitiba (PR), pois

só com o laudo oficial essas crianças poderiam voltar às suas cidades e terem esse tratamento”, contou. A ideia inicial era

atender umas doze famílias, que viraram 530.

A transformação movida pelo Bernardo chegou a Brasília (DF). Deputado federal, o pai Fernando Francischini conseguiu

a aprovação com votação unânime da Lei 13.438/2017, criando um protocolo para o SUS (Sistema Único de Saúde) acompanhar

o desenvolvimento das crianças para um diagnóstico precoce da doença. Desta forma, o nascimento e o consequente

diagnóstico do Bernardo foram à mola propulsora para o início de um trabalho vocacional: ajudar as pessoas. “Percebo que

há anos Curitiba está carente de um trabalho social transformador, que traga dignidade para as pessoas mais vulneráveis. É

dever do Poder Executivo, e também do Legislativo da nossa cidade olhar para estas pessoas e promover, sem medir esforços,

medidas sociais que façam realmente a diferença na vida delas”, disse Flavia Francischini.

Todo esse envolvimento em questões sociais despertou a ideia de criar o Instituto Fazer o Bem sem Olhar a Quem, que

desenvolve muitas atividades às pessoas carentes e mais necessitadas.

“É uma maneira que encontrei de ajudar, de alguma forma, os que mais precisam. E, acredite, não tem nada mais gratificante

do que ajudar as pessoas. De receber um abraço, um sorriso de uma criança. É isso que me motiva”, enaltece Flávia.

JUlHO 2020 27


principal

Protagonismo

vai além do

atendimento

emergencial às

famílias

Carlise Kwiatkowski

Envolvimento com

as questões sociais

Fotos: divulgação

28

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


Com uma carreira focada no atendimento das

famílias mais vulneráveis, Carlise Kwiatkowski tornou-

-se figura pública reconhecida pela sua dedicação e

envolvimento com as questões sociais, especialmente

relacionadas aos aspectos de promoção e valorização do

ser humano. Nascida em Cascavel (PR), e em busca de

sonhos, foi na capital paranaense onde a sua lida profissional

encontrou campo fértil de atuação na área social.

Sua trajetória profissional passa por cargos confiados

em organizações e institutos voltados à promoção

e o desenvolvimento social. E, a partir de 2012, passou

a ocupar a presidência do Provopar Estadual, uma das

maiores ONGs privadas do Estado do Paraná onde

coloca em prática suas habilidades na gestão do Terceiro

Setor, sempre em favor do bem-estar das pessoas em

situação de risco e vulnerabilidade.

Com determinação, Carlise busca de forma incansável

por parcerias sólidas, sejam em grupos fortalecidos

por laços de amizade ou em empresas que querem contribuir

de forma solidária. Para ela, importante é tornar as

ações eficientes, com distribuições ágeis e responsáveis

para fazer, de fato, com que as doações cheguem para o

maior número de pessoas necessitadas.

O seu protagonismo vai além do atendimento

emergencial às famílias. Um exemplo de sua sensibilidade

genuína, foi a sua recente participação voluntária

na Campanha Sinal Vermelho, em defesa das mulheres

vítimas de violência doméstica. Desde o lançamento em

20 de junho, por livre e espontânea vontade, sem mesmo

que fosse feita alguma convocação, Carlise imediatamente

abraçou a causa que busca minimizar o sofrimento

causado às mulheres dentro de seus lares.

Por entender que esse crime é inadmissível, em apoio

às vítimas, gravou o vídeo para encorajá-las a fazer as

denúncias de maneira segura. E para isso, ensina como

desenhar a marca em cruz na cor vermelha na palma da

mão, para apresentar, de forma discreta, a um atendente

de farmácia ou de outro estabelecimento comercial, que

prontamente reconhecerá o sinal do pedido silencioso de

socorro e o fará chegar ao conhecimento da polícia.

Em todas as ações que participa, conta com a generosidade

de pessoas e empresas solidárias, que formam

uma extensa rede de colaboração, sempre pronta a ajudar

a minimizar o drama da fome, do frio, da violência,

do risco de morte e, em especial, da privação de necessidades

básicas para a sobrevivência.

Um trabalho que a tornou mais forte e consciente

sobre o seu papel social no presente e o que quer do

futuro. Assim é Carlise, presidente, mulher, batalhadora,

voluntária, solidária, parceira ou simplesmente Carlise.

JUlHO 2020 29


principal

Foto: Brunno Covello

Trupe da Saúde

Palhaçaria

hospitalar

virtual

A Trupe da Saúde, grupo de palhaçaria profissional,

que completa 20 anos em 2020, lançou o primeiro podcast

do Brasil feito por palhaças e palhaços que atuam

em hospitais. A estreia do programa Trupecaste aconteceu

em março e coincidiu com a chegada da pandemia

do novo coronavírus no Brasil. O objetivo é falar mais

sobre o trabalho desenvolvido pela equipe, desde os

bastidores das idas aos hospitais, até o compartilhamento

de histórias vividas pelo grupo nas visitas.

A ideia de produzir um podcast surgiu em 2018, da

vontade de se aproximar mais das pessoas impactadas

pelo projeto; o que se tornou indispensável na atual

dinâmica social. “Nosso intuito sempre foi oferecer

30

JUlHO 2020

revistavoi.com.br

Foto: Brunno Covello


uma possibilidade extra de contato com a Trupe, como

escutar as palhaças e palhaços após uma visita, matar

as saudades, rir junto, estreitar nosso vínculo com as

pessoas que conhecemos durante o trabalho e mesmo

nos apresentar um pouquinho mais”, conta Yara Rossatto,

a palhaça Solara.

LIVES, BLOG E ATENDIMENTO ONLINE

Além do podcast, o grupo realiza quinzenalmente

lives no facebook da Trupe da Saúde, por meio do qual

qualquer pessoa pode assistir e interagir. Outra forma

de manter contato, mesmo a distância, é por meio do

blog. Pelo endereço trupedasaude.com.br/blog, é possível

ter acesso a relatos e poesias da página, em que

as palhaças e os palhaços refletem sobre o universo da

palhaçaria, sobre os encontros nos hospitais e sobre a

pandemia.

Em resposta ao isolamento social, a Trupe da Saúde,

adaptou as visitas, antes realizadas presencialmente

para o meio digital por meio de videochamadas. A

iniciativa se focou no público que foi contaminado pela

doença. O grupo iniciou uma agenda de conversas

com o objetivo de entreter e dar apoio aos pacientes.

A intensão foi proporcionar mais conforto a quem não

pode receber visitas nem ser acompanhado durante o

tratamento da infecção viral.

APOIO NA RECUPERAÇÃO

No Hospital da Cruz Vermelha, as visitas são

realizadas em parceria com o coordenador de saúde

mental, Leonardo Fortunato, e estudantes voluntários

do curso de Psicologia. Todos os pacientes que recebem

as visitas virtuais passam por uma avaliação logo

após o encontro e os resultados são positivos.

A atriz Má Ribeiro, a palhaça Iva Lourença, participou

das primeiras visitas por videoconferência e

conta que a experiência, além de emocionante, ganhou

novas ferramentas e olhares. “A Trupe ainda mantém

seus focos de trabalho anteriores como improvisação,

o jogo, a música, relação com a dupla e com o espaço,

mas agregamos a relação com as tecnologias, de como

brincar com a câmera, por exemplo”, conta.

A experiência, além de

emocionante, ganhou

novas ferramentas e

olhares

Foto: Brunno Covello Foto: divulgação Foto: divulgação

JUlHO 2020 31


principal

O que me move é saber

que muitas pessoas

dependem dessa

solidariedade

Aline Fernanda Senter Luiz

Fotos: divulgação

Solidariedade que

alimenta

As dificuldades com a pandemia se intensificaram ainda mais para

a população mais vulnerável. Sensibilizada com isso e vinda de uma

família que sempre ajudou o próximo, a empresária Aline Fernanda

Senter Luiz pela primeira vez está experimentando o engajamento em

um projeto social. Trata-se: Do Sofá pra Rua; composta por grupo de

40 voluntários que cozinha e distribui semanalmente 510 marmitas.

“Recebemos doações, que vão para um ‘centro de distribuição’, em que

são feitos os kits para serem entregues aos cozinheiros voluntários”, explica

Aline. Ela conta que, de segunda a segunda, há distribuição de marmitas,

sendo 30 de segunda a sexta, 300 no sábado – entregues no Mesa Solidária,

na FAS (Fundação de Ação Social) do Capanema, com 10 pessoas

cozinhando simultaneamente, cada uma na sua casa – e, no domingo, 60

marmitas.

Aline conta que sente maior orgulho da equipe que se empenha em

fazer esse projeto acontecer e crescer a cada mês. “O que me move é saber

que muitas pessoas dependem dessa solidariedade. A minha missão é sempre

poder ajudar, fazendo doações, arrecadando roupas e comida. Gosto

muito de animais também, então tenho alguns resgatados da rua, adotados,

além de ajudar algumas instituições”, orgulha-se a predestinada Aline.

32

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


Alessandra Ernst

Câncer

nunca mais

Fotos: Rene Ernst

Há 15 anos, Alba Mendes morava nos EUA (Estados Unidos da

América), quando foi diagnosticada com câncer de mama. Sendo

ela, a 4ª na família, já sabia o que lhe esperava de tratamento

convencional. Desesperada, buscou então uma naturopata que lhe

apresentou o tratamento natural, com base em 8 remédios naturais,

para combate ao câncer.

O tratamento foi muito bem-sucedido e, em pouco tempo, ela

estava de volta ao Brasil, se tornou terapeuta naturalista e abriu

um espaço em Araraquari (SC), onde faz atendimentos e palestras,

ensinando as pessoas como se prevenir deste mal e de outras doenças.

Este ano, Alba Mendes, lançou o Curso EaD: Câncer Nunca

Mais! O mesmo pode ser acessado pelo site www.albamendes.

com.br. No curso ela conta como nunca mais teve câncer e como

usar as terapias naturais.

Nestes 15 anos, mais de 19 mil pessoas já foram atendidas por

ela e uma delas é Alessandra Ernst, que descobriu o câncer em

março de 2017. “Ela me passou um jejum terapêutico de 60 dias,

além de aplicação de argila, banhos alternados (quente e frio), banho

de sol, tudo dentro dos 8 remédios naturais”, lembra Alessandra.

Esse tratamento, conta ela, foi um detox total, emagreceu 12

quilos, os cabelos cresceram, as unhas fortaleceram, a pele clareou

e rejuvenesceu.

Após 77 dias (no dia 12 de junho de 2017), ela refez os exames

e os resultados mostraram que suas mamas estavam limpas!

E o nódulo na axila que havia reduzido 10%, hoje está menos da

metade. “Tenho uma mastologista que acompanha o meu caso e

todos os anos refaço meus exames. Entendo que este tratamento é

para todas as pessoas, mas nem todas são para esse tratamento.”

Nestes 3 anos pós-diagnóstico, Alessandra voltou a estudar e

hoje é Técnica em Nutrição e Dietética e Terapeuta Complementar.

Hoje ela faz atendimentos gratuitos, ensinando outras pessoas

a viverem esse estilo de vida, mais consciente da sua mente, do

seu corpo e com base em uma alimentação saudável. Alessandra

tem um canal no youtube, o Promova Vida https://youtu.be/9_

ONoshn7os, onde passa várias receitas do vegetarianismo estrito, o

qual é adepta. Para entrar em contato com Alessandra, o e-mail é

contato@promovavida.com.br e instagram @aleernst

Rene Ernst e Alessandra Ernst

Hoje ela faz atendimentos

gratuitos, ensinando

outras pessoas a viverem

esse estilo de vida

Alessandra Ernst e Alba Mendes

JUlHO 2020 33


em-estar

Bioestimulador de colágeno

em um produto

Conheça os benefícios do HarmonyCa, uma solução 2 em 1 para o

tratamento da flacidez e recuperação do contorno facial

Q

uem é que não quer retardar o envelhecimento

e recuperar a juventude da pele?

A produção do colágeno é uma proteína

produzida naturalmente pelo nosso próprio

corpo. Na estética, ele é responsável

pela firmeza, sustentação e elasticidade da pele. A partir

dos 30 anos começamos a perder colágeno, evidenciando

os sinais de envelhecimento cutâneo, como flacidez

facial, rugas e sulcos faciais e ptose (queda). Apesar da

perda de colágeno ser um processo natural e irreversível,

pode-se retardar essa diminuição.

A boa notícia vem do Dr. Vinicius Cancilieri, especialista

em rejuvenescimento facial. A solução é Harmony-

Ca (AH + HaCa), de exclusividade médica, é o único

produto na América Latina com Ácido Hialurônico e

Bioestimulador na mesma seringa. O médico explica que

ele é indicado a partir dos 30 anos como tratamento a

fim de criar uma poupança de colágeno.

Médico pós-graduado em Cosmiatria e Estética Avançada,

Dr. Vinicius Cancilieri está em constante atualização

sobre Dermatologia Estética no Brasil e no exterior.

Reconhecido por sua avaliação médica minuciosa e uso

de produtos de excelência, no consultório Dr. Vinícius

Cancilieri, o médico conta com tecnologias de ponta,

como a câmera Vectra H2. Uma câmera 3D para captação

e análise de imagem em tratamentos faciais.

Dr. Vinicius Cancilieri explica que o grande diferencial

do HarmonyCa está na sua reologia (propriedades físico-

-químicas). “O HarmonyCa não possui esse gel de CMC,

ele é puramente Ácido Hialurônico e esferas de Hidroxiapatita

de Cálcio.” Assim, o paciente irá apresentar nenhum

ou pouco inchaço no procedimento e não terá essa perda

de volume. O resultado aparece logo após a aplicação,

com duração média de 18 meses.

A aplicação é feita em consultório, com anestesia local,

praticamente indolor. Os pontos de aplicação variam

de acordo com a necessidade de cada paciente. A avaliação

médica é fundamental para diagnósticos precisos e

indicação de tratamentos adequados, afim de entregarmos

o melhor resultado estético ao paciente.

Segundo Dr. Vinicius Cancilieri o resultado em seus

pacientes tem sido natural e belo. No entanto, ressalta

ele, é preciso um profundo conhecimento do profissional

sobre a anatomia humana, a escolha de produtos top de

linha, o senso estético do profissional e a ajuda do paciente

durante os cuidados pós-procedimento.

Fotos: Marcos Mancinni

34

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


30%

OFF

APP

A MEGA TÁXI É SEGURA

EM TODOS OS SENTIDOS


transformação

FICHA TÉCNICA

Fotografia: Marcos Mancinni

Modelo: Bruna Pageski

Cabelo: Isabel Favoretto

Maquiagem: Carol Meiga

De bem

com a vida

36

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


antes

A nossa modelo do mês é destaque não apenas pela beleza,

mas principalmente pela exuberância no desempenho aplicado

durante a produção da transformação do mês. Mesmo sem

nunca ter realizado um trabalho na área, Bruna Pageski mostrou-se

segura e centrada no que estava fazendo. Formada em

pedagogia, Bruna pretende trabalhar na área com crianças, mas

como psicopedagoga. “Adorei o trabalho realizado de modelo,

mas sou formada em pedagogia e tenho como pretensão, ajudar

crianças na área da psicologia infantil. Unir minha formação

com a futura que pretendo me formar”, almeja Bruna, que

aproveita para elogiar a equipe de trabalho na Transformação.

“O pessoal me deixou super à vontade. São profissionais de alto

nível e fluiu tudo muito bem”, explica.

Make

Com larga experiência, quem também mandou muito

bem foi Carol Meiga. “Considerando o alto contraste

de cores da modelo, utilizamos técnicas que valorizaram

a beleza, trazendo à face a força e a sensualidade. O

rosto dela tem traços fortes, então fiz uma pele leve, com

cobertura acetinada para dar harmonia. Nos olhos, cores

terrosas, tendência para o outono inverno, deixando-os

ainda mais vibrantes. A escolha do batom avermelhado

foi feita para que os lábios ficassem em evidência, pois

a pele, cabelo e look remeteram ao preto e branco”,

completa a maquiadora.

Hairstylist

Sobre o cabelo, quem ficou responsável pela produção

foi a expert Isabel Favoretto.

“A Bruna tem cabelo fino e pouco volume. Usei

técnica de visagismo de harmonização para que não

fugisse da personalidade, do perfil e do estilo dela,

dando mais volume na raiz usando pó mágico de

volume e fazendo umas ondas com Baby Liss no

comprimento. Depois passei pente largo nas ondas

para dar empoderamento, não tirando o jeito menina,

mas aflorando o estilo mulherão”, resume o trabalho a

hairstylist.

JUlHO 2020 37


vitrine

Foto: divulgacão

Aroma e sabor

caramelo

Imagine uma cerveja com aroma e sabor de caramelo,

lembrando chocolate e toffee... Imaginou? Salivou? Essa

cerveja existe! É a Klein Estivadora: uma Brown Porter

feita com malte de centeio e 5,4% de teor alcoólico.

Com coloração marrom escura, possui suave frescor

do lúpulo herbal com um dulçor final e corpo médio.

Harmoniza com tortas, doces, carnes e chocolate.

Onde encontrar:

@kleinbeer

Modelo de

franquia

O que é Business to Business? Quais as vantagens de investir

em B2B? Investir em B2B dá retorno? Como conciliar um

negócio de alto retorno e qualidade de vida? Perguntas como

essa você encontra no site da Amiste Café, que disponibiliza

para os interessados o e-book “Escolhendo um modelo de

Franquia”.

Onde encontrar:

@amistecafe

Foto: reproducão

Foto: reprodução

Iluminador

facial

A Zanphy inova com o iluminador facial Glow.

O resultado é um acabamento cintilante com

brilho instantâneo, um look iluminado que deixa a

maquiagem ainda mais bonita! A fórmula possui uma

textura fina e toque aveludado, aderindo melhor à

pele. Com auxílio de um pincel, o iluminador em pó

pode ser passado em pontos estratégicos como maçãs

do rosto, têmporas, ponta do nariz e região do colo

garantindo um resultado incrível.

Onde encontrar:

@zanphyoficial

38

JUlHO 2020

revistavoi.com.br

Resort em

Foz do Iguaçu

O Mabu Thermas Grand Resort está com promoções especiais.

Na compra de 3 diárias a quarta fica por conta do Hotel! O resort

ainda garante hospedagem gratuita para 2 crianças de até 12 anos

no mesmo apartamento dos pais ou responsáveis.

Onde encontrar: reservas@hoteismabu.com.br

@hoteismabu

Foto: divulgação


UM VENDEDOR NÃO PRECISA DE

SUPER PODERES PARA ALCANÇAR O SUCESSO,

ELE PRECISA DA K.L.A!

Na K.L.A você e sua equipe serão

capacitados durante 3 meses, através

de um conteúdo prático, de alto

nível, voltado para resultados e

com aplicação imediata. Trata-se

de uma verdadeira mentoria em

todos os aspectos do dia a dia

de um vendedor. Desde a

parte ESTRATÉGICA, até às

questões MOTIVACIONAIS.

CURITIBA / PR

(41) 3209-8453 (41) 99252-3696 (41) 99138-7738

sidinei.augusto@grupokla.com.br

adriely@grupokla.com.br

www.grupokla.com.br/curitiba


coluna

Nossa missão é promover a melhoria da qualidade de vida de

pessoas em vulnerabilidade social. As ações garantem a valorização

da família e a inclusão social. Em atendimentos com a Defesa

Civil, atua em situações de emergência, catástrofe e calamidade.

Torne-se um parceiro e venha fazer parte desta corrente solidária

em favor do desenvolvimento social em nosso Estado.

E-mail: eventos@provoparestadual.org.br

Por: Zac Lucatelli | Fotos: Emanoel Caldeira

PROVOPAR ESTADUAL E INSTITUTO PRÓ-CIDADANIA LANÇAM A CAMPANHA DO AGASALHO 2020

O Provopar Estadual e o Instituto Pró-Cidadania lançaram, em 29 de maio, a Campanha do Agasalho 2020, para atender

milhares de famílias paranaenses em situação de vulnerabilidade social. A ação conta com a arrecadação de cobertores, agasalhos,

roupas, calçados, acessórios e outros itens que vão ajudar a aquecer as famílias neste inverno, e minimizar os impactos causados

no enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus.

“Entendemos que estamos em um momento de enfrentamento aos problemas sociais e econômicos causados pela pandemia,

e que, mais do que nunca, precisamos garantir os repasses dos itens para mais proteção e aquecimento das famílias mais

vulneráveis”, explicou a presidente do Provopar Estadual, Carlise Kwiatkowski.

Neste ano, a Campanha traz como tema: “Presenteie quem tem frio”. E dessa forma, todos os cidadãos estão convidados a

participar e contribuir com doações de peças de vestuários limpas e que estejam em perfeito estado de conservação.

As empresas parceiras são grandes aliadas na ação, além de apoiar o Provopar ainda funcionam como postos de coleta de

doações. “Formamos uma ampla rede para arrecadar e fazer com que os agasalhos e, principalmente cobertores, cheguem o mais

rápido possível para o maior número de pessoas”, completou a Presidente.

DOAÇÕES QUE CHEGAM SÃO IMEDIATAMENTE DESTINADAS ÀS FAMÍLIAS

Quem tem fome, tem pressa! Quem sente frio, não pode esperar! A prevenção contra o vírus precisa ser agora! Por isso,

alimentos, materiais de limpeza e de higiene pessoal, roupas e calçados, acessórios e, principalmente, cobertores, são itens mais

urgentes, e que podem ser doados para a Campanha do Agasalho 2020.

Tudo que chega no Provopar como doação será imediatamente destinado às famílias mais necessitadas, que precisam da

solidariedade de todos neste momento de frio e de enfrentamento à pandemia. Os itens chegam para as famílias por meio de

distribuições com apoio de instituições sociais cadastradas junto ao Provopar.

Para serem beneficiadas, as pessoas precisam ter um cadastro em um órgão responsável pela ação social na localidade onde

reside. Isso pode ser feito em uma associação de moradores, clube de mães, igreja ou em outra instituição parceira da Campanha.

“Esse é o melhor caminho para o atendimento seguro e responsável que é garantido em nossas entregas de doações”, explicou

a Diretora de Ação Social do Provopar, Silvana Aichinger. Por isso, a generosidade das pessoas é tão importante neste período de

campanha, que conta também com a imprescindível participação das empresas fornecedoras de suprimentos e estabelecimentos

que funcionam como postos de coleta.

40

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


ONDE ENTREGAR DOAÇÕES

As doações podem ser feitas em postos de arrecadação instalados em estabelecimentos parceiros, como: na Apolar

Imóvéis; na rede dos Supermercados Boni, e na Fertipar localizada no Campo Comprido. Também podem ser

entregues na sede do Provopar Estadual, que fica na Rua Hermes Fontes, 315, no bairro Batel, ou no barracão da Rua

Sergipe, 1.674, na Vila Guaíra, em Curitiba.

JUlHO 2020 41


coluna

Joias

eu uso

Joias de

Salvador

Dalí

O colunista Tufy Karam Geara é

empresário do setor joalheiro

Contato: contato@revistavoi.com.br

Fotos: divulgacão

F

amoso mundialmente como o grande mestre

do surrealismo, Salvador Dalí foi um designer

de joias pouco conhecido. Artista de

múltiplas faces, ele não resistiu ao fascínio

do mundo das gemas e metais. Assim como

Cellini e Botticelli, que criaram gemas para decoração,

cálices, joias e ornamentos o mesmo destacou-se no

mundo joalheiro. Dalí também expressou seu talento

fora das telas e deixou um grande legado à joalheria.

Desde 2001, esse tesouro finalmente está ao alcance

dos olhos do grande público. Depois de pertencer

a instituições privadas e magnatas, e após negociações

intensas, a Fundação Gala-Salvador Dalí, criada pelo

próprio pintor em 1983, conseguiu resgatar todas as

peças da coleção. Desde então as raridades estão em

exposição permanente no museu que leva seu nome,

onde seus fãs podem admirar a irreverência e genialidade

dessas criações.

Seu interesse por joias nasceu quando emigrou

para os EUA (Estados Unidos da América), em 1940.

Lá conheceu Ertman y Alemany, dois renomados

joalheiros de Nova Iorque, e se apaixonou pela ideia

de interpretar sua arte por meio das joias. Dessa

aproximação com joalheiros nasceu uma parceria que

culminou em uma coleção de joias surpreendentes.

A arte de Dalí, não se limitava à pintura, mas também

abrangia a física, a matemática, a arquitetura, a ciência

nuclear e as joias. Por meio de suas peças, queria

mostrar que o desenho e o trabalho artesanal estavam

acima do valor material das gemas e do ouro, tal como

era no Renascimento.

A relação entre o espírito e a matéria, o espaço e

o tempo, e um certo ar arquitetônico, estão sempre

presentes em suas joias. O espaço e tempo são indivisíveis.

Desse pensamento nasceu um de seus quadros

mais famosos, chamado a Persistência da Memória,

1931, que apresenta um relógio se desfazendo. Na

joalheria, Dali reproduziu essa ideia por meio de um

relógio de ouro adornado com pedras preciosas que

expressa a fluidez do tempo (1950). Entre suas obras

famosas para a joalheria também estão Lábios de Rubi,

O Coração de Favo de Mel e o Olho do Tempo.

Nascido na Catalunha, na cidade de Figueres, na

província de Girona, Espanha, em 11 de maio de 1904,

se transformou em um dos pintores mais conceituados

do século XX. Seu método crítico-paranoico ficou

famoso, ao lidar com interpretações de seus sonhos

e associações irracionais. Suas obras buscavam a utilização

direta do inconsciente, por meio dos sonhos.

Apesar desse irracionalismo e do gosto fantástico, suas

criações seguiam um rigor acadêmico evidente.

42

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


COMO ESTOU ME

RELACIONANDO COMIGO?

Durante esse tempo de mudança na vida de todas as pessoas, ao

mesmo tempo e de formas diferentes, falamos sobre as novas formas de

se relacionar e sobre como estão nossas emoções. Para termos

resultados positivos frente a vida, tanto na vida pessoal como na

profissional, é preciso se relacionar da melhor forma possível consigo

mesmo.

Conhecer suas emoções, como reagimos frente a todas elas,

identificar nossas expectativas em relação a nós mesmos, nossos

pensamentos, nossas conquistas.

Algumas pessoas estão reclusas em casa nessa pandemia, outras

trabalhando e outras com novas formas de se relacionar. Cada indivíduo

é único, cada família tem suas especificidades, cada uma teve uma

forma de se adaptar a essa nova realidade, baseada na necessidade de

cada um. Para uns é mais fácil, para outros mais difícil, tanto nas

condições financeiras, quanto nas emocionais. Mas o que pode fazer

diferença na qualidade desses tempos e na saúde emocional de cada

indivíduo é o autoconhecimento, o domínio das emoções, que

consequentemente influencia no comportamento e na vida das pessoas a

nossa volta e principalmente na nossa.

Esse momento de afastamento social, em algumas pessoas trouxe

lembranças positivas, em outras negativas. Muitas vezes essa reclusão

tornou inevitável lidar com questões pessoais dentro de casa, consigo

mesmo ou com pessoas próximas.

Em alguns casos essa situação de ficar isolado trouxe lembranças

de momentos de privações que o indivíduo não lidou anteriormente e

esses sentimentos e emoções vem à tona.

Esses são alguns exemplos de como podemos identificar nossas

emoções, que nos trazem pensamentos sobre nós mesmos, sobre os

outros e as situações. Quando identificamos nossas emoções podemos

perceber que comportamentos e reações nos trazem, que pensamentos

temos sobre nós e as pessoas a nossa volta nesse momento.

Podemos analisar as expectativas que temos em relação a nós

mesmos e os demais, para então termos um conhecimento do todo

relacionado a essa emoção.

Parece um roteiro de filme, mas é exatamente assim que somos

movidos, ações e reações, que geram comportamentos, pensamentos,

crenças e emoções. Quanto mais autoconhecimento temos sobre nós

mesmos e sobre a forma como lidamos com nossas emoções, mais

teremos controle sobre nossos pensamentos e comportamentos.

Um exemplo são pessoas que ficam extremamente ansiosas com o

confinamento (claro que todos temos uma ansiedade saudável frente a

essa situação, mais estamos falando de situações onde o confinamento

traz sofrimento para o indivíduo). Essa emoção exagerada pode levar a

pessoa a refletir, porque esse momento gerou essa situação, qual é o

gatilho? O distanciamento social? A falta do contato físico, o que esse

contato trazia de positivo? Isso era o que me alimentava

emocionalmente? Como posso lidar com essa minha emoção?

Quando identificamos o porquê dessas emoções, podemos

ressignificar, olhar por outros ângulos. Estamos muitas vezes no piloto

automático, reagindo a uma ação sem consciência. Vamos tomar

consciência de nossos sentimentos, de nossas emoções e assim iremos

agir de forma consciente, escolhendo nossos comportamentos e nossos

pensamentos sobre nós mesmos.

A terapia nos ajuda na tomada de consciência sobre nossas

emoções, nossas ações, pensamentos e comportamentos. Podemos

conhecer mais sobre a pessoa mais importante de nossas vidas, ou seja:

nós mesmos. Assim desenvolvermos o melhor, sermos o melhor que

podemos ser com tudo que temos.

Que nesse momento de mudança, sua mudança seja para melhor.

Que nesse momento de distanciamento você se aproxime mais de você,

tenha sentimentos e emoções que lhe tragam mais conhecimento e

consciência sobre si, mais amor e gratidão a vida. Que nesse momento

você seja capaz de conhecer a infinita bondade que o ser humano é

capaz de ter e que esse seja o comportamento do futuro e a lição desse

momento para nossas futuras gerações. Que a compaixão traga mais

amor e que a esperança seja o guia de dias melhores consigo mesmo e

com o próximo. Fique bem! E fique bem consigo mesmo, o melhor que

você pode oferecer ao mundo.

Francisleine Rezende Machado - Psicóloga Clínica

Pós-graduada em Terapia Familiar Sistêmica

CRP 08/10993

(41) 99679-8104

franrezendemachado@gmail.com

@francisleine_psicologa


coluna

Eventos

by

Mônica

Gulin

A influência da COVID-19

no Direito Privado

Mônica Gulin é jornalista e

apresentadora de TV

Contato: monicagulin@bol.com.br

Foto: divulgação

Robson Zanetti nasceu em Umuarama (PR), concluiu o curso de direito na PUC-PR (Pontifícia Universidade Católica do Paraná) em

1994 e em 1997 foi estudar na Università Statale degli Studi di Milano, em Milão (Itália), onde realizou cursos de aperfeiçoamento em

Direito Processual Civil e Recuperação de Empresas. Após isso, foi estudar em Paris, primeiro na Université Paris-Dauphine (Paris IX),

onde realizou o curso de DEA, equivalente ao mestrado, na área do direito empresarial e por fim, fez por três ano o curso de Doctorat

en Droit (doutorado em direito), na Université de Paris 1 – Panthéon-Sorbonne, em Paris.

Na sua volta para o Brasil começou a advogar na área do Direito Privado, envolvendo problemas ligados a empresários, sócios e

administradores de empresas em diversas áreas, como Direito Societário, Família e Sucessões.

De repente, viu surgir essa pandemia e logo buscou criar um curso sobre: A influência do Covid-19 no Direito Privado; publicado

no site www.ceotreinamentos.com.br, porque essa pandemia veio trazer consequências na área do Direito e assim ele pode citar essa

influência hipoteticamente no caso de um casal onde o marido divorciado da mulher tem 1 filho menor de idade. Já sob o seu ponto de

vista as decisões judiciais na história estão corretas.

O marido é acionista de uma empresa no ramo de roupas e a mulher sócia junto a uma sociedade limitada. Diante da crise, corretamente

a sociedade anônima adiou o pagamento dos lucros que ele iria receber no mês de maio para dezembro e com isso ele

ficou sem dinheiro para pagar a pensão alimentícia do seu filho que está com sua mulher e como havia voltado de Milão sua mulher o

proibiu de visitar o filho, já que poderia o contagiar, se eventualmente fosse portador do Covid-19. Como não houve o pagamento da

pensão, sua mulher pediu sua prisão pela falta do pagamento das duas

últimas prestações alimentícias, só que o juiz, lhe concedeu a prisão

dentro da própria casa. Ao mesmo tempo, o marido ajuizou a ação de

revisão de alimentos e provou ao juiz que não tinha condições de pagar

a prestação que vinha pagando e o juiz acabou lhe reduzindo o valor

da pensão, também corretamente.

A mulher disse que também estava com problemas, já que a sociedade

limitada, onde é sócia, não conseguia pagar os aluguéis porque

houve queda do faturamento da sua empresa e então resolveu entrar

com uma ação judicial pedindo a revisão do valor dos aluguéis e o

juiz concedeu um abatimento de 50% do valor durante o período da

pandemia, o que veio a lhe ajudar. Como havia obtido essa redução do

aluguel comercial, tentou fazer o mesmo com o aluguel residencial, só

que não conseguiu. Esses eram apenas alguns dos problemas, ela havia

se comprometido a entregar uma quantidade grande de soja no ano que

vem e diante da pandemia, alegou que os custos haviam aumentando

muito para essa entrega e não iria conseguir manter o preço que havia

contratado, só que o juiz lhe negou o pedido. Já o credor da soja, disse

que havia firmado contrato em dólar e o valor da moeda americana

explodiu e seus custos também aumentaram tanto ao ponto que não

poderia pagar sua dívida, assim, tentou uma redução judicialmente e o

juiz não reduziu o valor.

Para piorar a situação, dia 01 de abril de 2020 morreu o pai do

ex-marido e ele esqueceu de pedir a abertura do inventário após 60

dias, daí haveria a aplicação de multa de 20% sobre o imposto devido

por ocasião da morte, chamado Itcm, mas, nesse caso acabou sendo

beneficiado porque o prazo para abertura do processo de inventário foi

suspenso e assim ele poderá pedir a abertura após 30 de outubro, sem o

pagamento da multa.

Essa história, traz de forma hipotética alguns dos problemas jurídicos

que são enfrentados durante a pandemia, tais como, as questões ligadas

a alimentos, visitas, distribuição de lucros, revisão de aluguéis comercial

e residencial, contratos empresarial de fornecimento de produto

no futuro, mudança na (des)valorização da moeda, inventário, etc...

Mais informações: Robson Zanetti Advogados

www.robsonzanetti.com.br - (41) 98898-2372

44

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


A REVISTA PARA O

SÍNDICO MODERNO

E BEM INFORMADO

Mais informações:

www.revistacondominium.com.br

(41) 3333.1023


test drive

46

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


A supermáquina

de um Ford 1932

Conheça o Hot Rod com motor V8, direção

hidráulica e um painel 100% de madeira imbuia

Fotos: divulgação

M

ontar um carro aos poucos faz parte do

hobby e da cultura dos rodders, donos

dos modelos chamados de Hot Rods,

carros antigos de fãs da customização,

pessoas que se empenham para restaurar

modelos clássicos em algo personalizado, exclusivo

e com mecânica moderna. Os Hot Rods são modelos

com detalhes curiosos, em que rendem uma boa história

quando descobrimos cada detalhe que o dono fez para

construí-lo.

Apaixonado por carros antigos, o rodder e industrial

Jorge Czarnecki Junior está rodando com o seu carro

há 2 anos, mas muito antes disso, 6 anos atrás foi que

essa história de amor e construção começou. Foram

necessários 4 anos customizando o seu Ford 1932 Hot

Rod. Nesse período ele foi uma vez por ano para os EUA

(Estados Unidos da América). O motivo? Trazer peças de

lá, totalizando 200 quilos!

“Iniciei o projeto de construção e fui atrás de profissionais

e oficinas, dando início aos trabalhos”, disse

Jorge. Nas quatro viagens que foi aos EUA, na última

passou por aquele frio na barriga de ter sido pego na alfândega.

“Por sorte viram que não estava trazendo para

vender e deixaram passar sem grandes problemas”.

Com o susto, ele ficou aliviado também que esta era a

última viagem a ser feita para os EUA com o objetivo

de trazer as peças de lá. Já tinha o que precisava para

terminar, finalmente, o seu carro.

“Não é só o prazer de andar com um modelo antigo.

Montar o carro aos poucos faz parte da diversão”,

conta Jorge. Para ele trata-se de um hobbie: escolher as

peças e buscar um carro com o seu estilo. “Não quero

um farol quadrado, quero um redondo, quero também

um volante diferenciado e um retrovisor diferente.” E

foi assim com ideias criativas que Jorge com a ajuda de

um amigo mecânico “colocou a mão na massa”.

JUlHO 2020 47


test drive

CRIATIVIDADE E PERSONALIDADE NA HORA DE

CUSTOMIZAR

Durante quatro anos a diversão de Jorge nos fins de semana

era buscar soluções criativas para deixar o seu Ford

1932 com a sua cara. Dedicava os fins de semana fazendo

escolhas com um modelo 100% fabricado com chassi e

carroceria. E como não poderia deixar de ser, como muitos

carros Hot Rods o motor precisava ser potente e nada

mais que um V8 foi a escolha do industrial.

Enfim, uma supermáquina dentro de um modelo dos

anos 30. “Ele é um carro mais invocado para andar na rua.

Não é um carro do ano de 1932, que pegaria uns 40, 50

km/h (quilômetros por hora). O seu motor é modernizado

com potência instalada e com uma aceleração muito forte

na arrancada e um ronco diferenciado, características que

chamam a atenção de um Hot Rod”, enaltece Jorge.

PAINEL 100% DE IMBUIA

Mas a mudança que ele fala com mais orgulho é o

painel 100% de madeira de imbuia. O painel do modelo

Ford 1932 era simples demais para Jorge. Com o amigo

mecânico, Jorge propôs que o painel fosse feito de madeira:

“Fazemos o molde, desenhamos ele e mandamos para

a usinagem”, disse Jorge. O mecânico estranhou a ideia

O motor precisava

ser potente e nada

mais que um V8

foi a escolha

no início, pensou um pouco e logo veio com um pedaço

de prateleira, uma madeira antiga de imbuia que fazia

parte de um guarda roupa do seu avô. “Fizemos o croqui

em um papelão, mandamos para o torneiro, que usinou e

pintamos, envernizamos e ficou maravilhosa.”

PARA-BRISA BI-PARTIDO CROMADO

O quadro do para-brisa é um outro detalhe que Jorge

queria diferenciar. Ele não simpatizava com os quadros

retangulares e a solução encontrada foi fabricar com aço.

“Compramos base de ferro que se chama barra chato e

fomos montando, fazendo a solda, serrilhando na lixadeira,

tudo manual e ficou perfeito. Na sequência mandamos

para o cromo.”

GRADE DO RADIADOR

O terceiro item que chama a atenção neste processo

de personalizar o carro é a grade do radiador, que vista

de frente é cromada. “Também fabricamos de ferro chato,

cortamos ferrinho por ferrinho, soldando e dando acabamento.

Mandamos para o cromo, montamos e ficou

perfeito”, disse, acrescentando que “o emblema da Ford

foi moldado na frente também com usinagem. Algo que

não tem como comprar pronto”, orgulha-se o rodder.

Outros detalhes técnicos que chamam a atenção são

os acessórios edelbrock com câmbio automático, suspensão

coil over dianteiro e traseiro, freio a disco nas 4 rodas,

direção hidráulica, escapamentos esportivos com sistema

de mudança de ronco via elétrica e pneus Hoosier. Além

disso, para ser diferente, customizou uma porta que abre

no sentido contrário.

48

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


Tenho um enorme

prazer em deixar as

pessoas tirarem fotos e

entrar nele

ESCAPES ESPORTIVOS E ORIGINAIS

Tem ainda dois escapes laterais esportivos e dois escapes

originais embaixo do carro que não aparece. Olhando

por fora, vê-se os escapes saindo das laterais, são esportivos,

cromados e chamam a atenção. Por baixo dele tem

o original, que é mais fino e silencioso. “Moro em apartamento,

se ligo no modo esportivo, vou acabar disparando

o alarme dos carros vizinhos porque é muito barulhento.

Então saio de casa no modo silencioso como se fosse um

carro normal, passando a garagem aperto o botão elétrico

e coloco ele no modo esportivo.”

CELEBRIDADE

Jorge prefere usar o carro nos fins de semana, anda

com ele só para passear. Costuma ir a eventos, participa

anualmente do Motor Show e encontros de carros Hot

Rod. Por ser um carro conversível, prefere sair em dias de

sol. O Ford 1932 Hot Rod de Jorge é uma verdadeira celebridade,

todos querem tirar foto ao lado dele. “Tenho um

enorme prazer em deixar as pessoas tirarem fotos e entrar

nele, inclusive. Não tenho ciúmes do carro.”

Ele lembra de um dia em que foi em uma cervejaria,

chegando lá acontecia um noivado. “Pediram para colocar

o carro dentro da cervejaria e perguntaram se me importaria

dos noivos tirarem fotos dentro dele. Meu carro é para

isso, só não vou deixar que o dirijam”, adverte o proprietário.

APAEXONADOS

Um dos encontros em que está com o seu Hot Rod,

que Jorge faz questão de comparecer, são os eventos

Apaexonados. Trata-se de um grupo de 70 pessoas, na sua

maioria motociclistas, que leva para as unidades da Apae

(Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) muita

alegria e solidariedade.

O Ford de Jorge é uma das atrações principais desse

evento, que ocorre em quatro datas festivas: Carnaval,

Páscoa, Dia das Crianças e Natal. “Meu carro faz o maior

sucesso com as crianças. Elas entram nele e se divertem”,

conta. Ele lembra de um episódio que marcou um desses

encontros: “No Natal do ano passado, levei o Papai

Noel no Hot embrulhado dentro de um saco de presente.

Quando cheguei com o carro na Apae, o Papai Noel saiu

do saco. Foi maravilhoso, as crianças adoraram.”

JUlHO 2020 49


esporte

50

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


CORRER SEM VER:

UM OLHAR SEM FRONTEIRAS

Radar DV integra grupo formado por 26 pessoas com

deficiência visual e 60 guias voluntários

Fotos: divulgação

O

maratonista Sergio Luiz Negreiros Dias, o Serginho,

corre há 38 anos, participou de duas

paraolimpíadas, em 1984, em Los Angeles,

e em 1988, em Seul, na Coreia do Sul, e já

acumula mais de 26 maratonas. Nasceu com

50% da visão e a foi perdendo ao longo da vida. Hoje com

54 anos, possui apenas 10% de visão. Mas esse “detalhe”

não o fez parar. A sua velocidade é de dar inveja a muito

corredor que enxerga 100%. Ele faz 1 quilômetro em 4

minutos e 30 segundos, sendo que já foi 3 minutos e 20

segundos. Além de corredor, desde os 15 anos, acumula

em seu currículo esportivo, 16 anos de futebol de salão

com participação em dois torneios mundiais, sendo que, na

Espanha conquistou com a sua equipe o 1.º lugar, no ano de

1988.

Alguns podem estranhar o fato de uma pessoa cega

correr. A boa notícia é que isto é mais comum do que você

imagina e eles estão aí, em todas as corridas de rua, para

nos provar o quanto a atividade física faz parte da vida de

muitos atletas nas suas mais diversas deficiências e performances,

mostrando às pessoas que limite não existe para

quem encara o fato de não enxergar, por exemplo, um

empecilho. Em Curitiba existe até uma associação dedicada

ao treinamento de pessoas com deficiência visual.

É a Associação Desportiva Rede de Apoio ao Deficiente

com Atividades Recreativas, mais conhecida como Radar

DV Curitiba, sendo DV a abreviação de Deficiente Visual.

Serginho além de fazer parte desta associação foi um dos

fundadores junto com outros amigos com deficiência e sem

deficiência visual.

Trata-se de um grupo de amigos que se uniu no início

de 2016 em torno da ideia de promover a inclusão social

das pessoas com deficiência visual por meio do esporte

em caminhadas e corridas de rua. Hoje o grupo é formado

por 60 voluntários, que são os olhos das 26 pessoas com

deficiência visual que compõem a equipe.

O objetivo é o de promover a atividade física para esse

público e trazê-los para o convívio social. Os encontros

acontecem sempre aos sábados pela manhã, ao lado da

Academia do Parque Barigui, e quando há as corridas de

rua, geralmente no domingo pela manhã, lá está o Radar

DV marcando a sua presença não só nas ruas como no pó-

dio. Premiações são criadas especialmente para a categoria

de maneira igualitária às outras categorias de faixas etárias.

Paulo Guerra é um dos guias que esteve desde o início

da fundação do Radar DV. Segundo ele, o esporte escolhido

foi a corrida de rua por ser uma atividade democrática,

de fácil acesso, baixo custo, bastante difundida e apoiada

por muitas das Secretarias de Esporte Municipais, Estaduais

e Federal entre outras organizações. Ele conta que a equipe

é composta de paratletas iniciantes, intermediários e de alta

performance, como ultramaratonista.

Ao longo desses 4 anos, a Equipe Radar já participou de

mais de 200 corridas. “Desde 2016, estivemos presentes em

todas as edições da Corrida de São Silvestre, e meias maratonas

do Rio, das Cataratas, de Toledo (PR), entre outras,

bem como nas Maratonas de Curitiba e até fora do Brasil”,

destaca Paulo Guerra, lembrando que em 2018, guiou a

atleta Silvana, na Meia Maratona de Lisboa.

Nosso propósito principal é motivar a participação

das pessoas com deficiência visual a “abandonar o sofá”,

proporcionando melhoria na qualidade de vida, fuga do

sedentarismo e todos os seus males como depressão, obesidade,

hipertensão, entre outros. “Queremos mostrar que

as pessoas com deficiência são sim capazes e devem ser

tratados com dignidade”, alerta Paulo Guerra. Com o tempo

o grupo ficou conhecido e passou a receber a atenção de

outros atletas, que agora os reconhecem e os motivam

durante as provas.

“Embora na equipe tenhamos atletas de alta performance,

nosso alvo mesmo é atrair pessoas que gostam de correr

e que estejam em busca de superações pessoais, aderindo

ao mundo de caminhadas e corridas. Como guias, nosso

papel é o incentivo e a motivação”, destaca. Segundo ele,

muitas pessoas com deficiência visual que aproximam do

nosso grupo, embora não acreditando que possam conseguir,

fazem as primeiras iniciações com o acompanhamento

dos guias e, em pouco tempo, estão vencendo os primeiros

5 quilômetros. “Depois ninguém os seguram mais”, comemora

o guia.

Outro guia fundamental na equipe do Radar DV é

Helcio Luiz Croseta. Ele conta que o papel de um guia de

cegos em competições é vital. Guia há 4 anos, desde que

começou a se dedicar ao projeto, Helcio leva essa missão

JUlHO 2020 51


esporte

como prioridade nas suas atividades esportivas. Ao lado do

amigo e guia Eugenio Rotondo, eles são responsáveis pela

formação de novos guias dentro da Radar.

“O foco principal é não desligar em momento algum

tendo em sua mente que naquele momento seus olhos são

os olhos de seu amigo ou amiga DV”, ensina Helcio. Os

demais ensinamentos, conta ele, são complementares e

importantes na condução como: informar ao DV sobre todos

os obstáculos que estão à frente dele conduzindo com

segurança, assim como observá-lo quanto ao seu estado

físico durante a prova e deixá-lo em estado de equilíbrio

físico e mental.

QUER SER UM ATLETA GUIA?

Guiar um atleta DV (deficiente visual – corretamente

chamado de pessoa com deficiência) é mais fácil do que

parece e mais gratificante do que se imagina. Para isso basta

uma pequena corda que unirá o pulso do guia ao atleta,

além de força de vontade, responsabilidade e concentração.

Diria ainda que um bom fôlego, pois muitas pessoas com

deficiência visual tem um pique, que muitos guias não conseguem

acompanhar. Por isso, é ideal encontrar um PcD

(Pessoa com Deficiência) com o pace um pouco abaixo do

seu para que o guia não fique para trás. Portanto uma das

regras é que o pace do atleta-guia seja 30 segundos mais

rápido de quem ele está guiando. Ou seja, se você faz 1

quilômetro em 6 minutos, deve procurar alguém para você

guiar que faça o mesmo tempo em 6 minutos e 30 segundos.

CONFIRA OUTRAS DICAS:

• Em primeiro lugar vem a sua responsabilidade pela

segurança de quem está guiando e, em segundo plano, a

sua performance.

• Domínio e técnica são importantes para passar para o

DV confiança para que ele corra com tranquilidade ao seu

lado.

• O atleta-guia deve estar ciente que, nas corridas de

rua, a prova é do atleta DV, por isso o atleta-guia não se

inscreve, nem corre com chip na prova e, consequentemente,

não recebe a medalha de participação e nem o troféu.

O mérito é a sua satisfação pela conquista da pessoa com

deficiência visual.

• O atleta-guia deve estar atento a obstáculos no solo

como: buracos, trocas de piso, desníveis, tampas de bueiro,

pedras soltas, terreno irregular. Obstáculos envolta como

placas de sinalização baixas, postes, galhos de árvores.

Durante o percurso, haverá pessoas transitando no sentido

contrário, pessoas mais lentas no mesmo sentido, ciclistas,

crianças, animais, enfim o que tiver pela frente.

• Nos dias de treinos ou provas, nunca usar fones de

ouvidos ou outro dispositivo que possa distrair a sua atenção,

isto pode causar acidentes com o guia e com o atleta

DV.

• O seu trabalho voluntário vai além de estar com ele

só na hora do treino ou da prova. É preciso verificar como

seu atleta DV pretende chegar até o local. Ver se precisa de

carona e ajudar a organizar esta carona com colegas que

morem na região, proximidades do caminho.

• Todo atleta DV obrigatoriamente deverá participar da

Corrida acompanhado por Atleta Guia, atrelado por uma

Fita Guia conforme Norma 07 da Cbat.

• Aproveite o passeio. É importante que o atleta-guia vá

descrevendo e contando por onde está passando (exemplo:

prédios públicos, pontos turísticos, praças).

• Desfrute destes momentos, que são para poucos. E

principalmente: se orgulhe de você, por ser os olhos de

outra pessoa, isso não tem preço.

Foto: Minoru Fotografias

Foto: divulgação

O objetivo é promover

a atividade física para

esse público e trazê-los

para o convívio social

52

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


O RADAR DV PELOS GUIAS

“Guiar uma pessoa com deficiência visual é uma

troca constante de energias. E quando estamos juntos,

guia e DV se transformam em um único conjunto

em movimento. Braços e pernas em sincronismo,

para transpirar, sorrir, compartilhar, viver enfim!”

Eugenio Rotondo

“O Radar DV hoje é minha segunda família.

Grandes amigos, grandes irmãos tenho ali. O Radar

representa o início de um novo aprendizado de vida.

Aprendemos com eles a cada dia o que eles têm a

nos ensinar.”

Helcio Luiz Croseta

“O meu propósito vai além de ensinar técnicas de

corrida a esses atletas sensacionais. Quero proporcionar-lhes

a verdadeira inclusão e o respeito que tanto

merecem. Quem somos, se não pudermos nos doar

aos outros.”

Sheila Teivfik

“O ato de correr como guia é bastante gratificante,

a gente se dá um pouco e recebe um muito. Passa

a entender de fato o significado da palavra superação.

Já que gosto de correr por que não compartilhar

minha visão, meu braço, minhas pernas e meu

fôlego?”

Paulo Guerra

O RADAR DV PELOS DVs

“A corrida só me trouxe benefícios. Estava com

excesso de peso e colesterol alto. Consegui eliminar

20 quilos e melhorei a minha saúde. Os guias doam

o seu tempo para nos ajudar. Dependemos 100% do

guia para correr.”

Luzia Prado

“Os guias são espelhos para nós, sem eles não

poderíamos correr. O Radar DV é uma motivação

para continuar a correr, estar em contato com os

meus amigos e os incentivar a correr também.”

Sergio Luiz Negreiros Dias (Serginho)

“O Radar DV para mim é TDB – Tudo de Bom!

É minha vida social, esportiva. Tenho os anjos olhos

guias, que correm comigo e vemos que somos todos

iguais: eu, cega, e eles que enxergam.”

Silvana Maria Rosa

“Sempre gostei de fazer esportes. Importante para

poder participar mais de corridas de rua, se reunir

com pessoas com deficiência visual. Trouxe uma

estabilidade, mais saúde, vida, disposição! Enfim, é

tudo!”

Alceu Rolim

Mais informações sobre o Radar DV Curitiba:

facebook.com/equiperadardvcuritiba

Foto: divulgação

Foto: Minoru Fotografias

Foto: Minoru Fotografias

JUlHO 2020 53


Música

Música

feita em casa

Fotos: divulgação

54

JUlHO 2020

revistavoi.com.br

Conheça o evento familiar, que une

música autoral e gastronomia da melhor

qualidade, na casa dos anfitriões

Foto: Lu Berlese Foto: Fabiano Ferreira


Foto: Kraw Penas

Foto: Kraw Penas

O

Música Feita em Casa nasceu do desejo de

se criar em família! Unindo as potencialidades

de cada um, a família Teixeira concebeu

este encontro. Tudo é preparado com

carinho na casa dos anfitriões: a decoração,

a comida, o serviço, e naturalmente, a música.

Tudo começou em 2014 e até hoje já foram 15

edições, sendo a última realizada em formato de live, no

perfil do Música Feita em Casa, no Instagram, devido

ao isolamento social. Entre as edições, uma delas foi um

evento fechado de confraternização de fim de ano de

empresa.

O segredo do sucesso, que a cada evento lota a casa

com a capacidade máxima de até 60 pessoas, é o fato

dos anfitriões serem especialistas no assunto. Os músicos

são o guitarrista da banda Blindagem, Paulo Teixeira, e o

seu filho Gabriel Teixeira, das bandas Black Maria e Sr.

Banana, entre outras parcerias do guitarrista. A gastronomia

e a organização geral ficam por conta da mulher de

Paulo, Márcia Teixeira, com experiência de mais de 20

anos em eventos.

Para Paulo é um privilégio ter nascido em uma

família musical e reviver isso com os filhos. “Realizamos

um show em família e com a satisfação de criar

um movimento, um fã clube do Música Feita em Casa”,

orgulha-se Paulo. Ele diz ainda que se sente honrado

com a união da família na realização do evento: “Minha

mulher Márcia arruma a casa e prepara o menu, meus

filhos Gabriel e Brisa dividem o show comigo, minha

filha Elisa recepciona os convidados, minha nora Yara

e sua mãe Irma se dividem em atender os convidados.

E, na próxima edição, a família estará completa com a

participação da minha filha Mariana, que voltou a residir

em Curitiba”, comemora o músico que não vê a hora

que chegue a 16ª edição.

Márcia conta que é muito gratificante promover um

evento como este, sendo que quem vai uma vez sempre

volta e traz mais pessoas para conhecer. “Basta comu-

nicarmos uma edição, que o público já se manifesta.

Quem já foi sabe que precisa reservar o seu lugar para

não ficar na lista de espera”, alerta Márcia.

Para ela o diferencial é o aconchego de se estar em

casa e o cuidado que todos da família têm de receber

os convidados da melhor forma. “Sempre desejamos

que estes encontros possam proporcionar aos nossos

convidados a alegria de se estar em família, desfrutando

de bons momentos, pratos caseiros e amorosamente

elaborados, e principalmente, Música Feita em

Casa”, destaca.

Na parte térrea da casa, é servido o menu ao

som de Paulo Teixeira ao piano, um lado do músico

pouco conhecido por parte dos fãs que acompanham

a Blindagem. No piano, ele mostra a sua versatilidade,

apresentando músicas instrumentais de sua autoria.

Em um segundo momento do evento acontece o

show, na parte de cima da casa. Além dos músicos

anfitriões, que apresentam músicas de suas autorias

em um ambiente bem intimista, sempre há um convidado

especial.

Na primeira edição foi Ruth Varella, artista curitibana

que reside nos EUA, parceira de Gabriel em

muitas composições. Participaram também Carminha

e João Lopes, Estrela Leminski e Téo, Ruiz, Alberto

Rodriguez, Vadeco, Rayssa Fayet, Anderson Lima, Beto

Katz, Marcelus e Luciano do Motorocker, Melina Mulazani,

Renato Scaramella Jr, a banda De Ponta Cabeça

e o espetáculo musical: Por um lindésimo de segundo.

Para Gabriel Teixeira, a necessidade maior do

evento foi o de criar um espaço para mostrar a música

autoral, tanto as compostas por ele e por Paulo Teixeira,

como a dos convidados especiais. “Quando se

toca em um bar, as pessoas querem ouvir música que

toca no rádio e gosto de mostrar as minhas músicas.

São raros os lugares em Curitiba para se ouvir música

autoral. Então, o Música Feita em Casa é este espaço

para tocar a música que realmente é feita em casa.”

JUlHO 2020 55


logueando

Por Vanessa Rangeli

fitness

Influencer

fitness

C

omecei a treinar, aos 21 anos, e nunca mais parei. Como boa carioca,

além de frequentar a academia, gostava e gosto de treinar na

praia e ao ar livre. Sempre fui muito bem orientada por profissionais

que me ajudaram com exercícios físicos e alimentação e os resultados

foram aparecendo no meu corpo. Comecei a postar todas essas

mudanças nas minhas redes sociais, além dos meus treinos, dicas de receitas fit e

cuidados pessoais com a beleza, sempre com vídeos espontâneos e interativos.

Vi que o número de pessoas me procurando e pedindo dicas, só aumentava. A

partir daí, enxerguei uma oportunidade de investir nessa área fitness, só que de uma maneira

profissional e, até hoje, faço questão de saber o que os meus seguidores querem ler e aprender

sobre vida saudável e comportamento.

Formei-me em marketing, em 2007, o que me ajudou mais ainda nesse trabalho nas redes

sociais, até que tive a ideia de abrir a minha empresa: Vanessa Rangeli Consultoria Fitness; e

criei o Desafio Detox Turbo de Corpo e Mente, e me honra saber que mudou e está mudando

a vida de muitas pessoas. É um programa formado por uma equipe com nutricionista, personal

trainer, psicóloga e fisioterapeuta e tem o objetivo de ajudar com a mudança dos hábitos,

estilo de vida, e consequentemente, a atingir, de maneira saudável, a boa forma.

Sobre

Vanessa Rangeli

Empresária, Consultora fitness e

influenciadora digital

@vanessa.rangeli

As redes sociais têm muita importância na minha vida. Tudo começou no instagram. Fico muito feliz quando os meus seguidores

dizem que se inspiram em mim e isso prova que estou conseguindo ajudar as pessoas. A partir desse retorno deles, é

que consigo ver como posso melhorar o meu trabalho. Vários famosos já aderiram e aderem ao projeto, como as atrizes Viviane

Araújo, Adriana Lessa, Nivea Stelmann, Maíra Charken e Roberta Rodrigues, os cantores Naldo e a sua esposa, Moranguinho,

a modelo Priscila Pires, a cantora Perlla, o MC Bin Laden, e mais recentemente, a cantora Simony e as ex-BBBs Paula Sperling,

campeã da edição de 2019, e a Ivy Moraes, que participou nesse ano.

O Detox é montado pelos especialistas com exercícios físicos e cardápio equilibrado, e utilizamos o aplicativo de mensagens,

whatsapp, como plataforma de contato e acompanhamento de todos. Tenho orgulho em dizer que sou especialista em

mudança de estilo de vida, na prática, e a primeira consultora fitness do Brasil a desenvolver um projeto de boa forma, através

do whatsapp.

Fotos: Ronaldo Correia

56

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


Foto: divulgação

Foto: divulgação

Foto: divulgação

cultura

Foto: divulgação

Geral

MARIA HOMEM E CONTARDO

CALLIGARIS

Dois dos maiores psicanalistas da

atualidade virão pela primeira vez

a Curitiba, a convite da editora

Papirus e da Daruma Eventos.

Com a palestra “Novas faces

do feminino e masculino no

mundo contemporâneo”, eles irão

debater a respeito do papel do

homem e da mulher na sociedade

contemporânea.

Data: 14 de agosto

Local: Teatro do Santa - Marista

Santa Maria/Curitiba

Horário: 20h

Ingressos: a partir de R$57

MONJA COEN

A missionária oficial da

tradição Soto Shu do zenbudismo

traz o evento “Zen

- Ensinamentos da Monja

Coen”, com mediação de

Leandro Gyokan Saraiva.

Ela é autora dos livros Viva

Zen, Sempre Zen, Palavras

do Darma, A Sabedoria da

Transformação, O Sofrimento

é Opcional, Zen para

Distraídos, O Inferno Somos

Nós (com Leandro Karnal),

entre outros.

Data: 4 de outubro

Local: Teatro Ópera de Arame

Horário: 19h30

Ingressos: a partir de R$72

CÁTIA DAMASCENO

O que pode dar errado na

cama? É uma comédia da vida

real. A fisioterapeuta, sexóloga

e Youtuber Cátia Damasceno

abre os bastidores dos seus

anos de atendimento. Essa

comédia transcreve de uma

maneira bem-humorada, direta

e livre de preconceitos, uma

reflexão sobre a sexualidade

e todos os tabus que rondam

esse tema.

Data: 4 de outubro

Local: Teatro Positivo

Horário: 21h

Ingressos: a partir de R$62

AUGUSTO CURY

Um dos grandes desafios

atuais da humanidade está no

gerenciamento das emoções.

Na palestra, que tem como

tema: Gestão da Emoção:

qualidade de vida e felicidade;

o psiquiatra, psicoterapeuta e

pesquisador ajudará a identificar

o mau uso da emoção e o gasto

desnecessário de energia, além

de sugerir ferramentas para

corrigir a rota.

Data: 08 de outubro

Local: Teatro Ópera de Arame

Horário: 20h

Ingressos: a partir de R$130

Destaque

CURITIBA BEAUTY & HAIR

Curitiba torna-se o centro da beleza brasileira durante

a Feira Curitiba Beauty & Hair. O evento conta com os

mais renomados profissionais e marcas de cosméticos

demonstrando serviços e fornecendo palestras e cursos.

Com atrações variadas e venda de produtos a preço

de fábrica, a Curitiba Beauty & Hair atrai cabeleireiros,

manicures, esteticistas, maquiadores e apaixonados por

beleza de todo o Brasil.

Data: 16/08/2020 a 18/08/2020

Local: Expo Barigui (Parque Barigui)

Site: curitibabeautyhair.com.br/

Foto: divulgação

Pontos de venda

REVISTA

• Banca América - Rua Otávio Pereira dos Anjos, s/nº - esquina com Cel. Francisco

H. dos Santos - 3267-2412 / 99905-5071

• Banca Batel - Av. Batel em frente ao Hospital Santa Cruz - 3244-5620

• Banca Bom Jesus - Rua Jaime Balão, 201 - Cabral - 3264-7662

• Banca do Condor Champagnat - Martim Afonso, 2800 - 3336-9817

• Banca do Palladium - Av. Presidente Kennedy, s/nº em frente ao

Shopping Palladium - 99209-1161

• Banca Espanha - Praça Espanha - 3225-1173

• Banca Praça do Japão - Praça do Japão - 3243-1475

• Bazar Cotegipe - Mercado Municipal - 3262-5011

• Brioche - Rua Augusto Stresser, 839 - Juvevê - 3342-7354

• Curitiba Aqui Art e Café - Pilarzinho ao lado da Ópera de Arame - 3252-0555

• Salão Marly - Gustavo Bonato - Av. Sete de Setembro, 6055 - Batel - 3343-0505

para assinatuRa, entre em contato

com nossa CENTRAL DE ATENDIMENTO

0800 600 2038

pagamento em até 3 vezes sem juros

JUlHO 2020 57


histórias

SOU ÁRVORE

S

ou planta.

Sou árvore.

Tenho raízes profundas cravadas na

terra e folhas em cintilantes conversas

com o ar.

Sigo os ciclos da natureza. De tempos em

tempos perco minha exuberância e mudo a minha

forma. Mas essa aparência triste e desprovida de

cores tem duração limitada, pois me recomponho

ao primeiro toque da primavera.

Me deixe ser e estar árvore. Me ame desfolhada

e te darei flores e frutos em abundância.

Te seduzirei com meus tons de verde, te darei o

frescor da minha sombra e a música do meu cantar

com o vento.

Para a terra devolverei sempre o que dela

costumo tirar. Para você serei abrigo, mas também

abrigarei outros seres. Alimentarei, acolherei e

confortarei com firmeza e integridade quem de

mim precisar. Posso ser mirante para os futuros

ainda não vistos. Posso ser silêncio e esquecimento

de tudo o que já se foi.

Sou de força e resistência que suportam sem

ferir. Sou de beleza que arrebata sem oprimir.

Me permita respirar, oscilar, beber a água do

céu. Me permita encantar os olhos de quem tem

alma para ver os minúsculos e múltiplos mundos

que trago em mim.

Aquela cicatriz em forma de coração que me

entalharam, é resultado de um amor que por aqui

passou. Não avive a ferida em meu tronco, a não

ser que seja para reafirmar o amor.

Caso precise me podar, pode para que eu me

torne mais frondosa, jamais para diminuir o meu

tamanho ou impedir o meu crescer.

Se dos meus galhos secos quiser fazer uma

fogueira, compartilhe comigo o calor, mas nunca

o fogo que consome. Deixe para a terra as cinzas

do que de mim restar, sabendo que sou capaz

de absorver e reaproveitar cada uma das minhas

partes mortas.

Livre, viverei por muitos anos e minha existência

não precisará de testemunhas, pois sou planta,

sou árvore, estou fincada na terra e converso com

o ar. Sou o tempo, o espaço, o universo e o infinito

a farfalhar.

Foto: Dani Sanson

Por Juliana Sanson

58

JUlHO 2020

revistavoi.com.br


A vida é cheia de momentos inesquecíveis

que não podem ser passados em branco.

Não importa qual seja o evento. No Torres Eventos será inesquecível.

• 1 Salão com capacidade para 2.800 convidados • 1 Salão com capacidade para 1.500 convidados

• Teatro com capacidade para 731 convidados • Buffet exclusivo • Chef de Cuisine da casa • Cardápio requintado

• Projetos personalizados • Consultoria completa • Organização • Foto e vídeo

41 3045.6999 espacotorres.com.br


CALçaDOS, ROuPAS e ACESsóRIOS

CS PREMIUM PARK SHOPPING BARIGUI | CS MAISON PARK SHOPPING BARIGUI | CS SHOPPING MUELLER | CS SHOPPING JOCKEY PLAZA

FALL WINTER 2020

ARUBA BUENOS AIRES CANCÚN CANNES MIAMI MONTERREY PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SANTIAGO SÃO PAULO

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!