Revista Live Marketing 35

revistalivemarketing

Para essa nova edição da Revista Live Marketing, trazemos uma matéria de capa falando sobre os 30 anos da Renase, empresa que atua no mercado de eventos com destaque para os segmentos de produção e logística; viagens de incentivo e corporativas; estandes e, mais recentemente, eventos híbridos.
Será possível observar que a empresa se preocupa com a qualidade técnica impecável, somada a uma forma singular de trabalhar e enxergar o futuro, sem contar o investimento contínuo na criatividade e na preocupação com a inovação.
Aliás, inovação também tem destaque em nossa edição. Fomos ouvir agências, fornecedores e empresas para entender como que a inovação têm interferido positivamente no presente e futuro das companhias.
Fica evidente que a inovação se vista estratégicamente, gera um padrão de desempenho que acaba por alinhar os esforços das equipes internas, pois é a partir da inovação que se consegue orientar investimentos, definir foco de pesquisas e encaminhar a atuação da empresa como forma de diferenciá-la dos concorrentes.
Isso significa gerar valor para o negócio e cria uma linha de comunicação direta com os clientes no caso de agências e fornecedores, e com o consumidor no caso das empresas que formam o trade.
A grande vantagem é que quanto mais se estimula a inovação e gera o envolvimento de todos dentro da organização, esse organismo se sente corresponsável na tarefa de sustentar e manter o processo de inovação sempre em evolução.
Por outro lado, fica claro que investir em inovação é mudar o estatus quo, criar novas regras, questionar ortodoxias e convenções e romper com o pensamento vigente em busca de novos pontos de vista. Mais ainda, acaba por gerar interação com o mercado o que aumenta as chances de fazer com que o propósito da inovação mantenha um fluxo contínuo de ideias.
Talvez, o que mais deva ser considerado nesse contexto é que inovação amplia a possibilidade de conhecimento e sabemos que deter a informação é sinal de poder. A questão é que seja agência, fornecedor ou cliente, existe um grande desafio pela frente, que é entender como transformar todo o conhecimento gerado pela inovação em ações efetivas.

Boa leitura

E D I Ç Ã O D I G I T A L

ano 8 | nº 35 | 2020

CRIATIVIDADE E OUSADIA

Rodrigo Stocco conta como a Renase agitou

o mercado e transformou as perspectivas

de futuro para eventos híbridos no Brasil.

TÉCNICOS DE EVENTOS SE UNEM

E REALIZAM A PASSEATA COM CASES

REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 1


conheça um

novo mundo

de possibilidades.

Com o maior Centro de Eventos dentro de um resort no Brasil e reconhecida

expertise realizando eventos de grande porte no segmento corporativo,

o Tauá Resort Atibaia ancora inovação e tecnologia para continuar te

atendendo com excelência.

Protocolos de limpeza intensificados

em todas as áreas do Resort.

Processos de check-in

e check-out agilizados e

confraternizações

em espaços abertos.

Em uma estrutura moderna, completa e com atendimento personalizado,

referência no setor, estamos preparados para te atender em todos os tipos

de eventos, incluindo a tendência atual, de formatos híbridos.

Confira algumas das medidas que tomamos, para que seus eventos

ocorram com segurança e tranquilidade.

Eventos Híbridos

Tendência mundial, os eventos híbridos acontecem,

simultaneamente, presencial e virtualmente. Assim,

os palestrantes e convidados podem participar mesmo

a distância. Temos um estúdio exclusivo e todo o apoio

necessário, para seu evento híbrido ser um sucesso.

Salas e salões adaptados para realização de eventos

presenciais ou híbridos, com grandiosa estrutura.

0800 333 1900 TAUA.COM.BR

2 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 3



NÓS DA TLV DESENVOLVEMOS

UMA PLATAFORMA PARA

FACILITAR E MELHORAR A

REALIZAÇÃO DO SEU EVENTO

DE FORMA SEGURA E EFICAZ!

SUMÁRIO

SEU EVENTO NA PALMA DA MÃO

06

08

12

EDITORIAL

PASSEATA

RENASE

Confirmação via TLVGO

de forma rápida e segura

Entrada no evento

com leitura de QRcode

pelo TLVGO

Conte

com a

gente!

TLVGO

Gestão

de Eventos

Sem aglomeração

no credenciamento,

controle de acesso

via TLVGO

17

22

CASES DE SUCESSO

INOVAÇÃO

Mapeamento do local

e controle de pessoas

nos espaços para

evitar aglomeração

ACESSO

FUNÇÕES DO EVENTO

Reserva de assento

ou marcação de mesa

para evento via TLVGO

32

34

36

38

TACC88

MIRA

LIVE NEWS

OH

Notificações por PUSH

em tempo real!

11 5632-5999

Ações sem contato físico

e evitando aglomerações

4 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 5



CARO LEITOR,

Para essa nova edição da Revista Live Marketing, trazemos uma matéria de

capa falando sobre os 30 anos da Renase, empresa que atua no mercado de

eventos com destaque para os segmentos de produção e logística; viagens

de incentivo e corporativas; estandes e, mais recentemente, eventos híbridos.

Será possível observar que a empresa se preocupa com a qualidade técnica impecável,

somada a uma forma singular de trabalhar e enxergar o futuro, sem contar o

investimento contínuo na criatividade e na preocupação com a inovação.

Aliás, inovação também tem destaque em nossa edição. Fomos ouvir agências,

fornecedores e empresas para entender como que a inovação tem interferido

positivamente no presente e futuro das companhias.

Fica evidente que a inovação se vista estratégicamente, gera um padrão de

desempenho que acaba por alinhar os esforços das equipes internas, pois é a partir

da inovação que se consegue orientar investimentos, definir foco de pesquisas e

encaminhar a atuação da empresa como forma de diferenciá-la dos concorrentes.

Isso significa gerar valor para o negócio e cria uma linha de comunicação direta com

os clientes no caso de agências e fornecedores, e com o consumidor no caso das

empresas que formam o trade.

A grande vantagem é que quanto mais se estimula a inovação e gera o envolvimento

de todos dentro da organização, esse organismo se sente corresponsável na tarefa de

sustentar e manter o processo de inovação sempre em evolução. Por outro lado, fica

claro que investir em inovação é mudar o estatus quo, criar novas regras, questionar

ortodoxias e convenções e romper com o pensamento vigente em busca de novos pontos

de vista. Mais ainda, acaba por gerar interação com o mercado o que aumenta as chances

de fazer com que o propósito da inovação mantenha um fluxo contínuo de ideias.

Talvez, o que mais deva ser considerado nesse contexto é que inovação amplia a

possibilidade de conhecimento e sabemos que deter a informação é sinal de poder.

A questão é que seja agência, fornecedor ou cliente, existe um grande desafio pela

frente, que é entender como transformar todo o conhecimento gerado pela inovação

em ações efetivas.

Boa leitura

EXPEDIENTE

A Revista Live Marketing é um veículo de comunicação de propriedade da Growth Comunicações.

Conselho Editorial: Kito Mansano, Mauro Camargo, Rodrigo Caetano e Sergio Sanches

Editor Executivo: Sergio Sanches (MTB 16.338)

Subeditora: Nathália da Silva Sanches

Redação: Ana Maria Santos e Robson Castro

Diagramação: Rodrigo Caetano

Sugestões de pauta podem ser enviadas para: sergio@revistalivemarketing.com.br

Departamento comercial: Mauro Camargo

Fone: (11) 99978.9998 - (11) 2626.0567

Email: mauro@revistalivemarketing.com.br

Núcleo comercial: comercial@revistalivemarketing.com.br

As matérias e artigos assinados não representam necessariamente a opinião da Revista.

Fica proibida a reprodução das matérias sem a expressa autorização dos editores e sem a citação da fonte.

6 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 7



EVENTO

TÉCNICOS DE EVENTOS SE UNEM E

REALIZAM A PASSEATA COM CASES

PERTO DE 1,5 MIL PROFISSIONAIS DA ÁREA TÉCNICA

de eventos, acostumados com os bastidores, resolveram ser

protagonistas e levaram seus cases para frente da Assembléia

Legislativa de São Paulo e realizaram Passeata com Cases. Na

pauta de reivindicações está a definição dos protocolos de

segurança para a retomada do setor ao trabalho; auxílio

emergência até o fim do estado de calamidade pública ou

até que seja autorizada a realização de eventos; cursos de

A importância do movimento está nos números. O setor de

eventos antes da pandemia, movimentava anualmente R$ 250

bilhões em eventos corporativos e R$ 17 bilhões em eventos

sociais, e dava oportunidade de trabalho a 6 milhões

de profissionais.

capacitação para os profissionais, de modo que possam atuar

como trabalhadores formais; criação de um Comitê de Eventos no

Conselho Nacional de Turismo para identificar e discutir questões

do setor de eventos e criação de uma linha de crédito voltada

para o setor de eventos, visando, principalmente, o pagamento

da folha de salários e das despesas das empresas.

Organizado pela Associação Brasileira de Eventos (Abrafesta)

o movimento tem como propósito defender os profissionais

que fazem com que os eventos aconteçam e estão

abandonados em razão da pandemia. “Somos os profissionais

que ninguém vê, mas, sem o nosso trabalho, nenhum artista

sobe ao palco, nenhuma marca apresenta o seu produto,

nenhum aplauso será ouvido. Sim, nós empurramos cases,

mas também fazemos o show acontecer”, escreveram os

profissionais em um manifesto.

Cabe ressaltar que a passeata

foi supervisionada durante todo

o percurso por uma equipe de

produtores e seguranças, que

atendeu todas as necessidades

e as instruções necessárias para

que tudo ocorresse de forma

pacífica e segura.

Por outro lado, a passeata teve como objetivo fazer com

que os órgãos governamentais enxerguem “esse gigantesco”

setor de forma positiva. Além

disso, com a passeata teve início

um movimento de união para

reivindicações das necessidades

de empregados e profissionais da

área técnica dos eventos.

A Passeata com Cases foi

inspirada em ação realizada na

Bélgica, Europa, onde o “Case” foi

eleito como ícone representativo

da área técnica de eventos.

Em cada “Case” havia cartazes

com mensagens de alerta e

relacionadas em busca do apoio

governamental pela retomada do

setor de eventos.

A importância do movimento está

nos números. O setor de eventos

antes da pandemia, movimentava

anualmente R$ 250 bilhões em

eventos corporativos e R$ 17

bilhões em eventos sociais, e

dava oportunidade de trabalho a

6 milhões de profissionais. Isso

sugere um regramento único ao setor seguindo os moldes

internacionais para liberação da atividade de eventos em

geral e a apresentação do pleito com paliativos claros para a

sobrevivência do setor, bem como alteração de leis vigentes

que não atendem mais a realidade e necessidades da área

técnica.

Cabe ressaltar que a passeata foi supervisionada durante todo

o percurso por uma equipe de produtores e seguranças, que

atendeu todas as necessidades e as instruções necessárias

para que tudo ocorresse de forma pacífica e segura. A

composição dos participantes foi realizada de forma a atender

todas as normas de segurança de acordo com a Organização

Mundial da Saúde – OMS. Organizados em blocos, todos

os participantes permaneceram à distância de 1,5 metro e

usaram máscaras.

8 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 9



10 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 11



CAPA

SÃO MAIS DE TRÊS DÉCADAS DE EXISTÊNCIA.

Ao longo dos anos, a Renase conquistou seu espaço junto

ao mercado de eventos, sendo um verdadeiro destaque nos

segmentos de produção e logística; viagens de incentivo e

corporativas; estandes e, mais recentemente, eventos híbridos.

O diferencial foi justamente a qualidade técnica impecável,

somada a uma forma singular de trabalhar e enxergar o futuro.

Sócio-diretor, Rodrigo Stocco tem 43 anos. Desses, ao

menos 12 dedicados à Renase, onde começou como freelancer.

Hoje, ele relembra com carinho do começo de sua história

junto à empresa, além de destacar fatores importantes para a

consolidação no Mercado. “Isso vem de um sentimento muito

nosso, uma vontade de surpreender. Vontade não, objetivo.

Quando recebemos um projeto, entendemos que temos a

responsabilidade de marcar a vida e a história de quem

participará dele. É o nosso DNA. A nossa matéria-prima é a

paixão”, conta.

“Quando recebemos um

projeto, entendemos que

temos a responsabilidade de

marcar a vida e a história de

quem participará dele. É o

nosso DNA. A nossa matériaprima

é a paixão.”

Ele destaca ainda o investimento criativo e a

preocupação com inovação. “As coisas mudam e mudam

rapidamente. Nós percebemos a necessidade de um olhar

criativo e crítico sobre o mundo, o Mercado, as pessoas”,

diz. A Renase hoje conta com um departamento voltado

exclusivamente para criar. São conceitos visuais, elaboração

de conteúdo, planejamento criativo e muito mais. “A

conceituação é o coração de um evento e é uma forma

eficiente e emocionante de traduzir a paixão que temos pelo

que fazemos.”

Ao longo dos anos, a Renase acumulou uma carta

significativa de clientes, atendendo a grandes nomes de

diversos setores de atuação, como Bosch, GE, Novo Nordisk,

Bauducco, Scania, Siemens, 3M, Ferrero, Mondelez, Melitta,

Gerdau, Rabobank, Amazon, Honda, Linkedin, Apsen, Tokio

Marine, dentre muitos outros.

Com o aumento no número de clientes, a Renase

precisou se adaptar, ampliando seu time de profissionais.

“Esse é um ponto importante. Nós acreditamos muito no

investimento em pessoas, em mentes brilhantes e produtivas.

Com novas contas, veio a oportunidade para agregar.

Separamos ainda um espaço para que pessoas mais novas

pudessem aprender com as que estão há mais tempo no

Mercado, uma nova geração de profissionais que queremos

ajudar a construir”, relata.

NOVO MODELO

O advento da pandemia, porém, forçou a mão da

agência para novos rumos e novas perspectivas, adotando

o home-office e investindo em soluções criativas para

seguir atuando, mesmo em um momento tão desafiador.

“Nós saímos de um cenário sem perspectiva para milhares

de profissionais envolvidos em procedimentos diversos

de eventos. Quando as coisas aconteceram da forma que

aconteceram, nós tínhamos os pés no chão de que nosso

mercado seria o primeiro a ser afetado e o último a ser

resgatado. O híbrido trouxe uma esperança”, conta. Stocco

destaca ainda o sucesso do evento Tudo Novo de Novo. “A

nossa ideia com o Renase Tudo Novo de Novo foi demonstrar

como é possível suplantar a distância com criatividade e

paixão pelo trabalho. Claro, exige técnica e rigorosos novos

protocolos de segurança. Tudo tem que ser feito com um

cuidado artesanal, preciso, cirúrgico.”

O sucesso não tardou, direcionando a empresa para

a elaboração de uma comunicação mais incisiva e presente

para seus clientes, oferecendo uma projeção de marca

diferenciada. “No final, é a experiência do cliente que deve ser

considerada. Não basta ser boa, tem que ser memorável. Isso

só é alcançado quando a expertise anda de mãos dadas com a

criatividade e a tecnologia. E, claro, com a paixão. Nossas três

décadas contam essa história. As dificuldades e os desafios

Sócios da Renase

Reinaldo Brandão

e Rodrigo Stocco

existem e nos fortalecem para que continuemos presentes,

atuantes e apaixonados”, ressalta.

HISTÓRIA DE SUCESSO

Essa é uma história que nasce no começo da década

de 90, quando os amigos Reinaldo Brandão e Sérgio Macera

unem-se ao empresário Nelson Amorim para criar a Renase. O

nome vem justamente de um anagrama de letras dos nomes:

REinaldo, Nelson Amorim e SErgio.

A empresa não tardou para se consolidar no mercado,

ganhando destaque ao produzir, por anos a fio, o gigantesco

evento de lançamento de ovos de páscoa Lacta.

Estamos agora em 2007. Após dois anos se

profissionalizando na Austrália, Rodrigo Stocco retorna ao

Brasil e, em Indaiatuba, sua cidade natal, reencontra Vanessa

Felix, que o indica para trabalhar como freela na Convenção

Lacta. No evento, chama atenção por seu dinamismo e é

convidado por Sérgio para um trabalho interno na empresa,

sendo efetivado após um mês e promovido, pouco tempo

depois, para o cargo de supervisor. Stocco tornaria-se ainda

gerente na Renase.

Em 2011, ele aceita um novo desafio e torna-se sóciodiretor,

iniciando uma nova fase na Renase. São novos clientes

e um novo rumo. Sob nova direção, a Renase traça um plano

de expansão e aprimoramento. Em 2017, Sérgio Macera deixa

a Renase para dedicar-se a novos projetos, legando a empresa

aos dois sócios remanescentes, com Reinaldo gerenciando os

setores administrativo e financeiro e Stocco na liderança do

operacional e do comercial.

No final daquele ano, a Renase inicia um projeto

de reestruturação interna. A comunicação da agência foi

completamente reformulada, abraçando traços mais modernos

e voos mais ousados. Sob a liderança de Stocco, a empresa viu

seus faturamentos dobrarem, bem como o portfólio de clientes.

O Time Renase, o corpo de funcionários, também cresceu,

abrigando profissionais de áreas diversas dos segmentos de

produção, logística, criação, financeiro e muito mais. 2018

e 2019 foram anos de expansão. A empresa, já totalmente

remodelada, viu seu escopo de atuação aumentar ainda mais.

12 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 13



14 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 15



CAPA

O projeto de expansão

continua em 2020. Porém,

com o advento da maior crise

sanitária do século, a Renase se

vê diante de um novo cenário e da

necessidade de mais mudanças. Com o mercado abalado, era

preciso vislumbrar soluções resilientes e criativas. Veio então

o revolucionário Renase Tudo Novo de Novo – Uma Experiência

Além do Digital. Mergulhando no universo dos eventos híbridos

e digitais, a empresa se reinventou outra vez, fazendo história

e dando um fôlego inédito a um Mercado que aparentava

cambaleante e sem perspectivas de retorno.

Essa é uma história que segue sendo escrita. Ao longo

Ao longo de sua existência, a Renase tem colecionado cases de sucesso

para empresas de segmentos completamente diferentes. Para o sócio-diretor,

Rodrigo Stocco, o resultado é fruto do trabalho incansável dos profissionais da

Renase. “Nosso time não mede esforço para desenvolver para criar projetos que

sejam criativos e tragam o resultado que o cliente espera.”

de 30 anos, a matéria-prima sempre presente foi a paixão.

Essa é uma trajetória inteligente e apaixonada.

Equipe que trabalhou no evento Tudo Novo de Novo

TENDÊNCIAS

Inovar e apresentar formas criativas para a

transmissão de conteúdo é um dos grandes desafios do

mercado de eventos. Isso porque, até pouco tempo atrás,

havia o entendimento de que comerciais de televisão, por

exemplo, eram mais rentáveis e eficientes do que eventos

corporativos. Com a ideia de que o evento pode ser uma

experiência, essa visão mudou, dando espaço ao tipo de

trabalho proposto por agências como a Renase.

Stocco entende que o mercado “viu o que havia

depois da curva”. Não só por conta da revolução tecnológica,

mas porque são profissionais em emocionar. “Bom, essa é

uma visão minha e é como trabalhamos na Renase. Quando

falamos em evento, e seja ele corporativo ou de qualquer

outra demanda, falamos em algo que deve priorizar não só o

conteúdo, mas também a forma.”

É assim que a Renase transforma o convencional em

memorável, o comum em surpreendente. Esse é um mercado

que viu muitos pontos finais e sempre se reinventou. “E

isso muda cada etapa do processo, do budget à execução.

Vamos citar um exemplo: o advento do híbrido, que marcou

nossa retomada. O conceito por trás envolve uma ferramenta

poderosa de disseminação em massa de conteúdo, e de forma

envolvente. Essa capacidade de produzir emoções que quebra

as barreiras da distância e conecta milhares e mais milhares

de pessoas. Olha o tamanho disso!”, comenta Stocco.

Ele continua: “Por outro lado, há o empenho inteligente

e estratégico da criatividade, em especial quando aliada à

tecnologia. E aí entra o que eu, pessoalmente, acredito que

será o nosso futuro: o investimento em mentes brilhantes

e senso crítico. É como iremos preparar esse mercado para

quem já está nele e, principalmente, pra quem está por vir.”

EVENTOS HÍBRIDOS E RENASE TUDO

NOVO DE NOVO

A modalide híbrida não é exatamente uma novidade.

Porém, não havia tanto espaço para ela, principalmente em

meio ao boom dos eventos tradicionais. Mas, afinal, qual a

diferença? Um evento tradicional conta unicamente com a

presença física de seus participantes. O digital, por sua vez,

traz a presença remota, com participantes conectados. O

híbrido é a fusão perfeita entre ambos, sendo uma modalidade

versátil e incrivelmente adaptável, fatores que a tornaram uma

ferramenta poderosa na pandemia enfrentada pelo mundo.

Renase Tudo Novo de Novo foi um evento híbrido,

nascido de um momento de grande desafio para o time, em

que era necessária uma imediata adaptação, em virtude da

pandemia. “Eu tenho o privilégio de contar com um time de

pessoas extremamente criativas e esperançosas. Nos dias

mais difíceis, as soluções vieram de conversas, às vezes, tão

malucas. E fomos indo. Quem tem alguma ideia? E se fizermos

assim? Ah, acrescente isso, aquilo. Uma ideia puxando outra.”

Nesse sentido, a equipe da Renase não abstraiu a

pandemia, ficando sempre atenta aos protocolos de segurança,

às notícias, ao que vinha sido feito em todo o mundo. O que foi

comprovado? Ah, naquele país fizeram assim e deu certo. “É

um alento contar com pessoas tão ligadas e comprometidas.

E mergulhamos na possibilidade do híbrido. Não era algo tão

novo para nós, mas nunca havia sido uma prioridade. Tínhamos

a técnica, o know-how. Só precisávamos transformar aquilo em

algo com a nossa cara”, relembra Stocco.

Daí veio a ideia de um evento que demonstrasse o

híbrido e suas possibilidades. As reuniões de planejamento

não cessaram, ainda que unicamente online. Havia um objetivo

claro: um evento para marcar história e pontuar ao mercado

o poder do híbrido. “Mas, nada aqui fica simples por muito

tempo. A gente foi se empolgando, as ideias aparecendo e,

quando percebemos, já estávamos com a cabeça muito lá na

frente”, conta.

Em pouco tempo, as chamadas para discutir a realização

tornaram-se mais frequentes, reunindo um número ainda maior

de colaboradores. “Era como se a agência estivesse inteira

reunida outra vez. Aliás, essa era a sensação. Estávamos ali

distantes, mas trabalhando da nossa forma, apaixonados.”

Restava ainda uma última pergunta para todos: como

tirar do papel? A resposta veio do bom relacionamento que

a Renase construiu, ao longo dos anos, com seus clientes

e fornecedores. Empresas de diversos setores abraçaram a

ideia para ajudar a agência a demonstrar para o mercado que

seria possível superar a barreira do distanciamento e realizar

eventos incríveis.

Renase Tudo Novo de Novo, então, ganhou forma. E

ganhou uma sede, o Tauá Resort Atibaia, um dos maiores

complexos hoteleiros do país. Recém adaptado e com normas

rígidas de segurança, o hotel ofereceu sua estrutura bem

alocada e bem equipada. Era hora de produzir.

Mais parceiros foram acionados e abraçaram a ideia

de imediato. O evento já tinha luz, cores, programação e data.

A segurança foi outro fator decisivo. A Renase atendeu aos

mais minuciosos protocolos de segurança estabelecidos pela

comunidade internacional. O credenciamento, por exemplo, foi

pensado de maneira inteligente, com medição de temperatura,

distribuição de álcool-gel e orientações bem sinalizadas. A

mobília, por sua vez, respeitou os limites do distanciamento

social, considerados ainda na montagem e no trânsito entre

pessoas, também rigorosamente controlado. As medidas,

somadas aos critérios já estabelecidos pelo Tauá, garantiram

um local seguro.

Para o conteúdo, o evento trouxe uma palestra

exclusiva de Vânia Ferrari, importante voz no segmento de

palestras corporativas e autora renomada. Alguns clientes da

Renase também falaram e dividiram experiências, mediados

pelo bom-humor de Wesley Crespo. Esse último, além de

mestre de cerimônias, protagonizou um número tecnológico,

assumindo o papel de “Doc” Brown, do eterno De Volta para

o Futuro, e invadindo a plenária com seu famoso DeLorean. O

evento foi conduzido pelo brilhantismo técnico da mestre de

cerimônias Adalgisa Pires.

No entretenimento, as vozes inesquecíveis de Luciana

Mello e Léo Maia, que emocionaram os participantes com seus

grandes sucessos, estimularam a ação social Ajude1Freela,

arrecadando doações para os diversos profissionais do setor

que perderam seus empregos, em função da pandemia. Foram

arrecadadas quase quatro toneladas de alimentos.

CONVENÇÃO BOSCH SERVICE

Desafio: A Renase empenhou um planejamento logístico amplo,

administrando trabalhos em frentes diversas, com forte adesão e

antecedência – mais de oito meses de antecipação. Além, claro, dos

desafios intrínsecos a um fretamento de navio.

Formato: Fretamento de navio – MSC Música

Resultado: Engajamento e conteúdo divulgado.

ESTANDE GE HEALTHCARE

Desafio: Esse foi um estande que, além da forte comunicação

visual, trouxe interatividade e funcionalidade, alinhando uma forma

inovadora para demonstração do produto.

Formato: Estande Feira JPR

Resultado: Engajamento da equipe e resultados além do esperado

nas vendas.

CONVENÇÃO BAUDUCCO

Desafio: Aqui, além da excelência técnica, verificou-se o empenho

criativo da agência, que deu forma ao mundo Bauducco, sob a ótica do tema

do espetáculo. A Renase organizou ainda transfers em todo o país, além da

produção e cenografia, bem como ativações personalizadas e memoráveis.

Formato: Convenção Vendas

Resultado: Engajamento da equipe e resultados além do esperado

nas vendas.

16 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 17



CAPA

EVENTO ENDEAVOR

Desafio: A produção deste evento considerou a qualidade única do

conteúdo. Aprendizado, criatividade e inspiração foram empenhados para que a

Renase pudesse demonstrar e, também, agregar mais conhecimento.

Formato: Day One

Resultado: Compartilhar experiências e transformar um evento de

palestras sobre empreendedorismo em um verdadeiro espetáculo.

Soluções inovadoras para enfrentar a pandemia.

KIT PREVENÇÃO COVID19

Dispensers | Divisórias | Cabines | Adesivos

VIAGEM INCENTIVO FERRERO

Desafio: Explorar a selva amazônica e proporcionar aprendizado

corporativo foi o grande desafio dessa viagem de incentivo, em que a Renase

levou uma experiência única e emblemática para a Ferrero.

Formato: Viagem de Incentivo – Destino Amazônia

Resultado: Relacionamento.

SIMPÓSIO 3M

Desafio: Um simpósio científico com uma mensagem diferenciada foi o

grande mote desse evento para a 3M, sendo a primeira experiência deste cliente

com a Renase. O tema foi compreendido e amplamente estudado pela equipe de

Criação, que desenvolveu uma comunicação criativa e informativa, seguindo o

guide da 3M, inserida em cada etapa do processo.

Formato: Simpósio Internacional – Food Safety

Resultado: Relacionamento e atualização com as principais tendências

do mercado de Segurança na Produção de Alimentos e Bebidas, Gestão da

Qualidade de Produtos e processos e Proteção à Marca.

Entre em contato e conheça o Kit Prevenção completo.

CENÁRIOS PARA LIVES

INAUGURAÇÃO MSC SEAVIEW

Desafio: A inauguração do MSC Seaview, por exemplo, foi desafiadora,

já que, apesar da experiência com fretamentos, seria a primeira inauguração

de um navio produzida pela Renase. O destaque ficou para a logística

impecável, bem como a organização da estrutura técnica. O evento recebeu

representantes internacionais e contou ainda com a participação da

apresentadora Xuxa Meneghel.

Formato: Inauguração do navio

Resultado: Relacionamento com o cliente

*Cenários concebidos para estúdios da GO LIVE. Peça seu orçamento personalizado.

atendimento@gtmcenografia.com.br

www.gtmcenografia.com.br

/gtmcenografia

18 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 19



ENTRAMOS

DEFINITIVAMENTE

NO MERCADO DE

MONTAGENS

BÁSICAS

A operação será conduzida pela

ReadyPro, nossa unidade de negócios que

possui uma estrutura dinâmica e com a

qualidade MChecon. Decisão

fundamental para garantir que esse perfil

de montagem, veloz e flexível, seja

conduzido de maneira adequada.

Incorporamos uma equipe especializada e

disponibilizamos um galpão exclusivo.

Diferencial absoluto, uma vez que a

montagem, armazenamento e

manutenção de tais estruturas possuem

peculiaridades diferentes da cenografia.

A oportunidade não vem com hora

marcada e entendemos que em seus

primeiros sinais devemos reagir e nos

posicionar diante dela.

20 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 21



AGÊNCIA

e como agem algumas das agências que têm se destacado no

mercado. Hoje, como a inovação pode ser parte essencial do

sucesso do Live Marketing como um todo? Puxando o assunto,

o CEO da F/Malta, Felipe Malta Lefèvre, explica que a inovação

sempre esteve enraizada na cultura da agência. “Acreditamos

que o Live Marketing funciona como um organismo vivo que,

se não for alimentado frequentemente com inovação, cai no

lugar comum e realiza projetos pasteurizados sem atrativos

para os clientes.”

Ele detalha que os times da F/Malta são instigados

diariamente a trazer novas ideias, novas pesquisas, assuntos

relevantes do momento, estratégias inéditas e, qualquer

que seja o projeto que estejamos atuando, o DNA tem que

ser inovador. “Investimos timesheet dos heads de todas as

áreas da agência, para que esse estímulo seja constante

e com controle periódico, garantindo, assim, o máximo da

capacidade de inovar, por todos os

Diretora de novos negócios e RP da Holding Clube, Juliana Ferraz

“Depois de tudo o que

vivemos e aprendemos

com o Coronavírus, fomos

forçados a reconstruir o

nosso negócio. A inovação

e a criatividade foram

fundamentais e serão, cada

vez mais, protagonistas

para novas ideias e novas

soluções.” Juliana Ferraz

colaboradores, nos projetos que

entregamos ao mercado”.

VALOR AGREGADO

CONDUTAS REVISTAS

É uma máxima da

economia de que, em tempos

A diretora de novos

de crise, é primordial investir.

negócios e RP da Holding Clube,

E quando o assunto é se o

Juliana Ferraz, reforça que os

investimento em inovação pode

acontecimentos recentes no mundo

ser fator competitivo, o sócio e

impuseram a necessidade de rever

CEO da Bullet, Fernando “Feof”

as condutas. “Depois de tudo o

Figueiredo, é enfático com um

que vivemos e aprendemos com

sonoro “Claro!”. Porém, ele

o Coronavírus, fomos forçados a

completa que esse fator não

reconstruir o nosso negócio. A

pode ser visto como barreira.

inovação e a criatividade foram

“Existem várias formas de

HÁ TEMPOS EXISTE UMA TENDÊNCIA NAS AGÊNCIAS

de Live Marketing que busca manter uma atualização constante

de suas rotinas para que possam estar no radar das marcas.

Ficar atento ao que os consumidores pensam e desejam, agregar

novas tecnologias e inovações ao dia a dia complementam essa

onda. Isso tudo junto viabiliza o atual cenário de Live Marketing

como conhecemos e o mote do mercado é um só: inovação

constante é essencial.

Não há mistérios, o que existe é uma necessidade

crescente de investimentos, condutas e olhares para o

que anda acontecendo no mundo. Vejamos o exemplo mais

recente: a pandemia do Coronavírus/Covid-19, que colocou

de joelhos sistemas de saúde em todas as nações do mundo,

além de mexer significativamente nas empresas, marcas,

produtos e, principalmente, no mercado consumidor.

O mundo não é mais o mesmo desde o final de 2019 e

não será idêntico às tendências previstas que se desdobrariam

ao longo de 2020. Isso exige uma reavaliação total de

condutas, tanto pelas marcas, agências, fornecedores de

soluções ao Live Marketing e consumidores. Então, como os

criativos e suas equipes têm lidado com esse novo cenário?

Como inovar neste novo mundo?

Para jogar as cartas na mesa, avaliamos o que pensam

CEO da F/Malta, Felipe Malta Lefèvre

“Acreditamos que o Live Marketing funciona como um organismo

vivo que, se não for alimentado frequentemente com inovação,

cai no lugar comum e realiza projetos pasteurizados sem

atrativos para os clientes.” Felipe Malta Lefèvre

fundamentais e serão, cada vez

mais, protagonistas para novas

ideias e novas soluções. Sem ela, o

nosso negócio não evolui”, destaca.

A executiva complementa

que, nos últimos meses, todas as

ações e estratégias de marketing

precisaram ser repensadas e

adaptadas. “Buscando desenvolver

soluções e entender as novas tendências que surgiram durante

o período de isolamento social, desenvolvemos um novo núcleo

do grupo denominado LAB. Trata-se de um hub de inovação,

criatividade e novas tendências formado por profissionais de

diferentes áreas para olharmos para o futuro. Além de novas

ideias, soluções para os nossos clientes. Tenho um sentimento

de que tudo que sabíamos sobre ativações e eventos precisa

ser revisto.”

Assim, Juliana espera determinar novos prazos,

implementar iniciativas em tempos recordes e analisar o

comportamento dos consumidores para entender como

proceder. “Além de novas ideias, soluções para os nossos

clientes, também produzimos reports mensais para facilitar a

percepção dos nossos clientes sobre os novos tempos.”

CEO da Bullet, Fernando “Feof” Figueiredo

investir. Podemos investir usando

nosso caixa. Linhas de crédito.

Investidores externos. E até

anunciantes que percebem na

inovação uma forma real de

vender mais.”

22 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 23



claramente pelos clientes que estão preparados e dispostos a

ousar. “Ela é percebida através do conhecimento e domínio de

tendências e novas tecnologias que são aplicadas nos projetos

desenvolvidos, e cujo resultado, é altamente positivo em

termos de experiência, qualidade, criatividade e percepção de

FORNECEDORES

inovação e até mesmo custos.”

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

As lideranças das agências também ressaltam que a

tecnologia tem seu papel, em paralelo à inovação. Seguindo

essa premissa, percebe-se que no mercado de Live Marketing

há muitas ações em desenvolvimento visando manter as

estruturas das agências sempre plugadas e interconectadas

ao que as marcas e consumidores desejam.

“Feof” reforça que sua agência tem em o DNA da

FORNECEDORES

SÃO OS GRANDES

RESPONSÁVEIS

PELA INOVAÇÃO

inovação. “Sempre entendemos que precisávamos estar à

frente do cliente. Fomos a primeira em muita coisa. Quando

usamos Internet num programa de incentivo para Compaq.

Na promoção utilizando pinçote e telefone para Gatorade.

CEO da BEM+ Eventos+Promo, Andréa Ortiz Prochaska

Figueiredo ressalta que, para inovar tem que ser

criativo. “Mais do que isso, tem que ser também corajoso.

Porque você inova quebrando modelos antigos, crenças que

estavam enraizadas. Mudar dá trabalho é arriscado, mas tem

que ser feito”.

Desse modo, valor agregado, percepção dos clientes

e tecnologia estão sempre em pauta, bem como entender

como a inovação se pluga e se conecta no Live Marketing.

Existe um motor em pleno funcionamento, exigindo que todos

os envolvidos no Live Marketing se integrem em um sistema

que se retroalimenta, com o foco em atender à crescente

necessidade de consumo da população, aliando todas as

ferramentas de comunicação disponíveis, aplicando a inovação

e fazendo o uso das tecnologias mais atuais para concretizar

tanto as necessidades das empresas, consumidores e ordenar

os fornecedores por soluções corretas.

Para pontuar essa questão, Juliana fala que entende

a obrigação de todos estarem conectados com a inovação.

“Vivemos de grandes ideias e elas só acontecem se

estivermos criando e proporcionando experiências novas.”

Com relação ao contato com os consumidores, ela completa.

“O cliente percebe e exige isso da gente. O futuro chegou

e junto com ele precisamos trazer novas ideias, novos

formatos e grandes soluções.”

CEO da BEM+ Eventos+Promo, Andréa Ortiz Prochaska

segue a mesma linha de pensamento e confirma que há

muitos valores envolvidos nos negócios que envolvem o Live

Marketing. “A cultura de inovação vem sendo encarada como

uma das soluções mais eficazes para a criação de valor para

uma empresa, seus colaboradores e clientes, sendo uma

estratégia valiosa nos dias de hoje.”

Para Andréa, inovar traz diferenciações percebidas

Quando escolhemos o BOT para uma promoção para a

Coca-Cola. Ou ainda, quando colocamos prêmio dentro do

produto, para Kibon e fizemos uma parceria com PicPay para

distribuir prêmio em ações promocionais. Por trás destas

inovações sempre tiveram clientes que compravam a ideia.

Então impacta em economia, em performance, em buzz. Nos

próximos meses muita coisa nova será colocada à prova do

mercado. E é isso que nos faz seguir adiante.”

Andréa complementa explicando que os

investimentos em inovação são muito mais que um fator

competitivo. “Eu diria que é um fator compulsório para

qualquer empresa e qualquer tipo de profissional. Em

maior ou menor escala, manter a empresa e sua equipe em

ritmo constante de atualização é parte do job description

de qualquer gestor. E a inovação provoca a exploração de

novas ideias, nos levando a trabalhar de maneira disruptiva

e criativa, chegando a resultados novos e viabilizando

destaque para produtos e serviços.”

No dia a dia da agência, Andrea assegura que

enxergam o tema inovação como algo mais amplo dentro do

negócio. “Posso definir que inovação para nós é um conjunto

de soluções e novas ideias em vários campos tais como:

processos internos, processos organizacionais, criatividade,

serviços e claro, adoção de novas ferramentas tecnológicas.”

Em contraponto e observando que mesmo inovação

e tecnologia coexistirem, é essencial que haja estratégia,

segundo Malta. “O importante é o uso da tecnologia com

estratégia inovadora alinhada aos objetivos do projeto. A

equipe da F/Malta é muito ligada à tecnologia e trabalhamos

com os melhores fornecedores do mercado. Nosso time

respira diariamente o que tem de mais novo e procura novas

formas de colocar em uso a tecnologia, para que não seja

usada de forma padrão e sem alinhamento com a estratégia

do projeto. Tecnologia sem propósito não é considerado

inovação”, conclui.

AS EMPRESAS FORNECEDORAS DE SOLUÇÕES PARA A

realização de eventos, ações promocionais, ativações e tudo

o que impacta diretamente os olhares, corações e mentes dos

consumidores tomaram um susto com a pandemia de Covid-19,

que ainda persiste atrapalhando os empresários que dão suporte

ao Live Marketing.

Se por um lado o susto ainda é grande, por outro, há

muita renovação, inovação e adoção de novas tecnologias

para se manter forte nesta tempestade. “Quando os eventos

começaram a ser cancelados sistematicamente e numa

velocidade absurda, confesso que levamos um susto. Diante

de um cenário devastador tivemos o insight de criar a GoLive

Experience. Em questão de dias, colocamos a ideia no ar.

Sócio e diretor de conteúdo da Diverti Eventos, Gui Marconi

Hoje, temos 70% da nossa antiga equipe reintegrada. Nossa

primeira live teve uma enorme repercussão”, destaca o diretor

da Go Live Experience, Orlando Sgarbi Neto.

Superação também é a marca mais recente da

Diretor da Go Live Experience, Orlando Sgarbi Neto

Diverti Eventos, conforme explica o sócio e diretor de

conteúdo da empresa, Gui Marconi. “Transferimos em

poucos dias, logo no início da pandemia, uma estrutura

de eventos para criação e produção de conteúdos digitais,

colocando de pé a maior parte das lives que aconteceram

no país. Apresentamos novos formatos a todo o momento e

contamos com um time extremamente criativo, resiliente e

ágil. Estamos sempre prontos.”

PLENO VAPOR

Por falar em lives, essa febre foi a alternativa

tecnológica e inovadora para manter os fornecedores em

pleno vapor durante a pandemia. O Grupo Digi é um exemplo

dessa atitude. “Temos nos mantido ativos nesse sentido.

Um exemplo foi a convenção Live interativa da Cargill que

produzimos. Tenho facilitado workshops de estratégia e

inovação, onde trabalham-se as estratégias de negócios

com os times internos das empresas e encontramos as

oportunidades de inovação”, afirma o sócio-fundador e

chairman do Grupo Digi, Cristiano Miano.

“Geralmente, as pessoas

costumam misturar as coisas,

pois acham que toda inovação

precisa ser tecnológica.”

Orlando Sgarbi Neto

Sócio-fundador e chairman do Grupo Digi, Cristiano Miano

24 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 25



Diretor da Visual Farm, Alexis Anastasiou

Nisso, a Digi se compromete a encontrar soluções

e apresenta as inovações desenhadas em conjunto com o

para a casa das pessoas, arrecadando recursos para o terceiro

setor, movimentando o mercado da música e impulsionando

“Atualmente, acredito que a

tecnologia está à frente da

inovação nos negócios. Isso

se deve ao desenvolvimento

exponencial da tecnologia e

de sua distribuição eletrônica,

por meio de internet, redes

e equipamentos mais

poderosos.” Alexis Anastasiou

EMPRESAS

GIGANTES DA INDÚSTRIA

APONTAM QUE A INOVAÇÃO

É ESSENCIAL E CONSTANTE

PARA O MERCADO

cliente. “Esta ferramenta tem sido útil e um exemplo dela

lançamento de produtos.”

aplicada foi o workshop com a TIM para inovar na comunicação

Assim, é preciso destacar a perspectiva de negócio e

do trade, no começo deste ano.”.

Outras ações que ganharam força nesta pandemia

foram os eventos ao ar livre, garantindo a distância segura

das pessoas. “Estamos propondo ao mercado espetáculos

aéreos com esquadrilhas de drones, um ponto permanente de

projeção na Avenida Paulista e os drive-ins da rede Cinemático

para realizar eventos em São Paulo, Belo Horizonte e Rio de

Janeiro. Isso vem somar aos nossos serviços de full domes e

soluções com tecnologias para eventos corporativos”, reforça

o diretor da Visual Farm, Alexis Anastasiou.

Essas experiências audiovisuais têm ultrapassado

os limites territoriais dos estados brasileiros e também

continentes. “Construimos o Centro de Experiência do Banco

Itaú. Dentro deste centro desenvolvemos cinco ativações

interativas de forma a encantar, impactar e trazer retorno

integrando a evolução da marca com seu cliente.”

NOVAS TECNOLOGIAS

O propósito dos projetos desenvolvidos no mercado

é utilizar novas tecnologias para integrar com a necessidade

e conteúdo do cliente, criando assim novas soluções. A

Class TechExperience, por exemplo, desenvolveu a chamada

Cybermeeting que permite integrar várias plataformas de

reuniões e transformar eventos virtuais em algo impactante.

“Entregamos muitos eventos virtuais de peso, incluindo a

Campus Party de Portugal”, detalha a diretora de Inovação da

Class TechExperience, Lilian Ronchel.

Porém, para alimentar a grande demanda do mercado

de Live Marketing, mesmo neste momento de quarentena e

pandemia, os fornecedores têm corrido atrás de novidades,

tecnologias e inovações.

Marconi exemplifica um case recente para mostrar

que o Live Marketing está mais vivo do que nunca. “A Diverti

se uniu à Ambev para o desenvolvimento de uma plataforma

de conteúdo por meio do projeto ‘Circuito Brahma Live’. Desde

o início de março, acumulamos mais de 250 lives realizadas e

mais de 500 milhões de visualizações, levando entretenimento

o olhar voltado para o consumo. A Diverti movimentou em três

meses mais de R$ 20 milhões entre patrocínios, ativações,

cachês e contratação de influenciadores digitais.

Outro evento que promete agitar o mercado ainda

em agosto deste ano é o promovido pela Digi. “Estamos

organizando um evento digital de incentivo que acontece no

dia 20 de agosto, com transmissão online e inscrição gratuita.

O Incentive Experience 2020 quer inspirar os times de venda

a se superarem e conta com a participação de Brian Dunne,

especialista inglês em marketing de incentivo e gift cards,

que presidiu durante 8 anos o braço europeu da IMA (Incentive

Marketing Association) e é membro do board global da

entidade. O head de trade marketing da Vigor, Rodrigo Herrera,

também participa do nosso evento. Eu faço a mediação das

apresentações dos participantes”, detalha Miano.

INTEGRAÇÃO DE VALORES

Existe no mercado certa confusão quando o assunto

é inovação e tecnologia, pois há uma grande parcela que

acredita que essas duas vertentes são a mesma coisa. No

Live Marketing as diferenças entre as duas nomenclaturas são

perceptíveis, conforme explicam os players do vasto setor.

Diretora de Inovação da Class TechExperience, Lilian Ronchel

Orlandinho acredita que a tecnologia é uma grande

aliada da inovação. Ele diz que é por meio dela que algumas

facilidades são concedidas. “Geralmente, as pessoas

costumam misturar as coisas, pois acham que toda inovação

precisa ser tecnológica. Muitas adaptações que fizemos,

por exemplo, na AREA451 foram baseadas para promover a

facilidade e segurança de todos os stakeholders envolvidos no

processo de captação e transmissão dos eventos online. De

forma empírica, fomos testando as melhores soluções.”

Ampliando a discussão sobre o tema da inovação

e tecnologia, há uma análise mais profunda sobre o tema.

“Atualmente, acredito que a tecnologia está à frente da

inovação nos negócios. Isso se deve ao desenvolvimento

exponencial da tecnologia e de sua distribuição eletrônica,

por meio de internet, redes e equipamentos mais poderosos.

O poder de um mainframe, de um banco de dados dos anos

1970, hoje é encontrado em um celular de média performance,

disponível por cerca de R$ 300,00 na banca de jornal da

esquina”, entende Anastasiou .

Miano detalha que além de máquinas, há pessoas.

“E aí entra o desafio, o humano. Temos que nos desenvolver

e às nossas organizações para que possamos aproveitar

a tecnologia já disponível. É claro que temos empresas de

tecnologia e outros ramos, nadando de braçada. Mas a grande

maioria das empresas falham em conseguir extrair o máximo

das tecnologias disponíveis. Inclusive tecnologias de análises

para melhorias e inovações dos modelos de negócios”,

complementa o empresário.

Ele adiciona ao contexto a situação de quarentena

imposta pela pandemia e os novos hábitos de consumo.

“Uma grande prova disso, durante a pandemia, foi que quase

25% dos e-commerces fazendo negócios no Brasil, neste

período, eram lojas virtuais novas. As empresas encontraram

finalmente um motivador para pegar a tecnologia que já

estava disponível há décadas e implantar nos negócios. E você

já sabe o resultado. Muita gente descobriu excelentes canais

de vendas, novos consumidores e mercados”, concluiu Miano.

AS GRANDES EMPRESAS E SUAS VASTAS MARCAS

estão em constante atualização para se conectar aos interesses

e gostos dos clientes. Muito mais que apenas vender um bem

material, esses gigantes da indústria estão antenados ao que os

consumidores desejam e não medem esforços tecnológicos para

se manterem em evidência, aos olhos da população.

Há vários exemplos e cases de sucesso dessas

empresas, mostrando que a inovação segue ciclos de acordo

com o passar dos tempos. O diretor de marketing Mercosul

da Kellogg, Damian Pirichinsky diz que a empresa reconhece

o Brasil como um mercado-chave para o seu crescimento

e desenvolvimento. “A Kellogg tem mais de 100 anos na

liderança em inovação alimentar e sempre está aperfeiçoando

seus produtos para proporcionar alimentos de alta qualidade

aos seus consumidores. O investimento no setor de pesquisa,

desenvolvimento e inovação é fundamental para essa

Diretor de marketing Mercosul da Kellogg, Damian Pirichinsky

liderança, pois possibilita que a companhia desenvolva

produtos de acordo com a necessidade do consumidor final.”

A gerente corporativa de Inovação da Usiminas, Ericka

Menegaz, reforça a informação de que as tecnologias são

parte fundamental do processo de inovação. “Com certeza,

o acesso a tecnologias que melhoram a produtividade

traz oportunidades de redução de custos e captação de

novas receitas a partir da atração de novos públicos e

da diversificação de modelos de negócios. Tudo isso faz

da competitividade uma característica primordial para a

sustentação dos negócios ao longo do tempo. Atualmente,

existem programas que incentivam e criam fomentos para

apoiar o desenvolvimento das indústrias nacionais, por

exemplo, contribuindo para que essas empresas sejam mais

competitivas. Penso que as empresas que estiverem abertas

ao novo poderão utilizar estes incentivos para melhorar seus

produtos e serviços, crescer e gerar riquezas para o país”.

A PepsiCo também se mostra envolvida com a

premissa de inovação, tecnologia e conexão com as pessoas.

“Nossa empresa conecta pessoas por meio de algumas das

marcas mais conhecidas do mundo. Temos a visão de ser

líder global em alimentos e bebidas convenientes, partindo da

premissa de vencer com propósito. Isso reflete nossa ambição

de vencer de forma sustentável no mercado e acelerar nosso

crescimento de receita, mantendo o compromisso de fazer o

bem ao planeta e às nossas comunidades. Nós nos esforçamos

para usar nossa escala global para o bem e para criar nossos

produtos de maneira a beneficiar nossos consumidores,

nossos fornecedores, nossas comunidades e nosso planeta,

para que a competitividade esteja alinhada, acima de tudo,

com uma política sustentável para todos”, ressalta a diretora

de marketing da PepsiCo Brasil Alimentos, Cecília Dias.

“Para assertividade de nossas

comunicações independente do meio

em que ela acontece periodicamente

revisitamos esses parceiros para

garantir que as melhores práticas

estão sendo aplicadas à favor das

marcas que fazem parte do portfólio

da Kellogg.” Damian Pirichinsky

26 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 27



“A cultura organizacional é

apoiada na inovação e diversidade

para incentivar e desenvolver

os colaboradores a buscarem

diariamente novas maneiras de

destacar a companhia no mercado,

além de estabelecer relações

entre os setores para que esse

engajamento se desenvolva em

todas as frentes com apoio mútuo

entre as equipes.”

Ericka Menegaz

Gerente corporativa de Inovação da Usiminas, Ericka Menegaz

Diretora de marketing da PepsiCo Brasil Alimentos, Cecília Dias

PARCERIA SÓLIDA

Focando na questão de como esses gigantes da

indústria lidam com o mercado de Live Marketing, as

lideranças explicam como é o entendimento das empresas

com o tema. Contudo, existe um fato: as ações de divulgação e

comunicação garantem muitos negócios para essas empresas

e amplia o consumo das suas marcas.

Pirichinsky assegura que os parceiros de

comunicação da empresa possuem ferramentas e equipes

dedicadas à inovação que proporcionam o desenvolvimento

de estratégias baseadas em dados e tecnologia. “Esse pilar

é importante para assertividade de nossas comunicações

independente do meio em que ela acontece e periodicamente

revisitamos esses parceiros para garantir que as melhores

práticas estão sendo aplicadas à favor das marcas que

fazem parte do portfólio da Kellogg.”

Parcerias consolidadas também dão o norte de outras

empresas, como explica Cecília. “Acredito que a inovação

Acredito que a inovação é o fio

condutor em nossas parcerias

de comunicação e marketing,

praticamente uma premissa, já

que os nossos times parceiros

precisam estar em sinergia

com a PepsiCo. Nesse sentido,

já conseguimos criar projetos

incríveis de Live Marketing

que foram reconhecidos pelo

seu ineditismo e criatividade.”

Cecília Dias

é o fio condutor em nossas parcerias de comunicação e

marketing, praticamente uma premissa, já que os nossos

times parceiros precisam estar em sinergia com a PepsiCo.

Nesse sentido, já conseguimos criar projetos incríveis de

Live Marketing que foram reconhecidos pelo seu ineditismo e

criatividade.”

PENSANDO NO CONSUMIDOR

Um dos fatores que alavancam a necessidade de

inovação, em parte, é avaliar as demandas impostas pelo

mercado consumidor. Com o cenário criado por meio da

pandemia de Coronavírus, as indústrias também tiveram que

repensar diversos detalhes para que possam se manter com

a plena energia criativa para encarar os desafios do consumo

nos tempos atuais. Uma verdade é perene: nada será como

antes e há um mundo novo se formando a cada segundo neste

cenário de quarentena.

Então, como as empresas lidam com o investimento

em inovação? Quais os ambientes

que devem ser estudados

garantindo o retorno dos recursos

aplicados? As lideranças explicam

o que tem sido feito, neste quesito.

Ericka acredita que

a inovação está vinculada

fortemente aos resultados

potenciais que ela possa gerar

para a empresa, sejam eles

ligados a estratégias, ganhos

advindos de um novo modelo

de negócios, de produtividade,

redução de custos, aumento de

receitas, melhoria da segurança.

“A decisão de investir em

inovação está muito relacionada

ao retorno potencial que uma

nova ideia, produto, modelo,

processo ou tecnologia possa

adicionar ao negócio. Não faz

sentido inovar por inovar, precisa

estar conectado aos resultados.”

Pegando o gancho de que os resultados são

importantes, vem à tona a percepção de quão importante

é criar links entre inovação, expansão, tecnologia e análise

dos gostos dos consumidores. No ramo de alimentação, há

um mantra que dá o rumo do trabalho em especial de uma

das empresas que participam dessa matéria. “A expansão do

nosso portfólio está baseada no compromisso da empresa

de acelerar sua pesquisa e desenvolvimento para oferecer

alternativas para diferentes situações de consumo, e

incrementar nosso portfólio de nutrição, tendo como foco

o nosso consumidor, que tem demandando alimentos mais

equilibrados”, afirma Cecília.

Outro ponto levantado pelas lideranças consultadas

é a questão envolvendo o fato de como a inovação eleva

a presença das marcas perante o público consumidor. “É

necessário avaliar o quanto a inovação em questão dará de

retorno para os processos, do insight ao resultado final, e é

uma questão variável conforme o tipo de ferramenta que é

analisada. Ferramentas de pesquisa são, sem dúvidas, as que

mais trazem benefícios, pois abrem o campo de visão do time

para pensar em maneiras diferentes de atingir os objetivos e

aproveitar oportunidades de mercado”, destaca Pirichinsky.

INOVAÇÃO COMO DNA

É voz corrente que a inovação é essencial para o

presente e futuro das marcas.

Pirichinsky destaca que a Kellogg

busca pela inovação em todos seus

setores. “A cultura organizacional é

apoiada na inovação e diversidade

para incentivar e desenvolver

os colaboradores a buscarem

diariamente novas maneiras de

destacar a companhia no mercado,

além de estabelecer relações

entre os setores para que esse

engajamento se desenvolva em

todas as frentes com apoio mútuo

entre as equipes.”

Ericka acrescenta que na

Usiminas a inovação tem muito

mais a ver com pessoas do que

com tecnologia. “Por isso, nos

preocupamos em desenvolver

competências como abertura

para o novo, colaboração e

simplicidade e agilidade, que

fazem parte do nosso DNA”.

Enquanto isso, Cecília entende que a inovação

precisa fazer parte do que a empresa acredita, só assim

será possível investir no novo. “Faz parte da nossa cultura

buscar sempre o melhor para o consumidor, e isso passa

por inovar constantemente para atender a uma sociedade

cada vez mais diversa e volátil. Nesse sentido, é primordial

ter um time também diverso. Temos a convicção de que,

quando promovemos a diversidade e a inclusão, evoluímos em

criatividade e empatia. Ter um quadro de funcionários diverso

na companhia, é a melhor maneira de retratar a sociedade e as

questões pertinentes a ela e propor soluções mais assertivas

para as necessidades dos nossos públicos.”

28 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 29



30 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 31



FORNECEDOR

CRIADA HÁ 4 ANOS, A TACC88, EMPRESA

focada na criação de experiências imersivas, conteúdo

transmídia e desenvolvimento de projetos, tem se

destacado no mercado do Live Marketing brasileiro.

Parte desse sucesso vem da experiência de

sua fundadora, a diretora artística Tatiana Calvo,

que atua na concepção e ativação de espetáculos

artísticos, conteúdos para multiplataformas e

conceitos corporativos há mais de 30 anos.

Junto com seus sócios Luiz Farina, que é diretor

e storyteller, e Sol Santin que, é cenógrafa, maker e

diretora assistente, Tatiana assegura que os projetos

assinados pela TACC88 aliam o que existe de mais

avançado em termos de tecnologia e criatividade.

“Unimos esforços e expertises, numa associação

em formato de joint venture. Integramos tecnologia

e inteligência criativa, para oferecer as melhores

soluções em experiências imersivas do mercado.”

PLANEJAMENTO

Todos os projetos desenvolvidos pela TACC88

nascem de um planejamento estratégico, criativo

e operacional. “Gostamos de somar às agências

no desenvolvimento dos projetos, seja nos jobs já

fechados, seja nas concorrências. Nesse modelo,

criamos, ou ajudamos a criar, conceitos, KVs e

estratégias, numa parceria mais próxima com os

times de criação e planejamento”, destaca Tati Calvo.

A TACC88 está pronta para se envolver

em projetos de brand experience, story living,

conteúdo artístico, projeção mapeada, espetáculos

e performances, realidade virtual e realidade

aumentada, experiências interativas, produção de

wearables, além de projetos proprietários e sob

encomenda.

Tati Calvo

TACC88 BUSCA

TRANSFORMAR O LIVE

MARKETING BRASILEIRO

Luiz Farina

No caso de brand experience, o trabalho

da empresa vai da concepção de instalações

imersivas, com LED, projeção e sonorização do

espaço, à encenação de espetáculos teatrais

personalizados. “Somos especialistas em

desenhar acontecimentos disruptivos, que

surpreendem o público e transformam, de fato,

mensagens em experiências sensíveis”, ressalta

Luiz Farina.

Com efeito, na área de story living, o trabalho

da TACC88 se concentra em como fazer com

que suas histórias sejam realmente vividas pelas

pessoas, do começo ao fim do evento, campanha ou

ação criada. Para tanto, os criativos desenvolveram

uma metodologia própria de roteirização, que

contempla todas as etapas de um projeto, do pré

ao pós, incluindo concepção e ensaio de speeches

corporativos e de executivos.

DNA ENVOLVENTE

Se o assunto é conteúdo artístico,

institucional e corporativo, o DNA da TACC88

transforma os projetos em audiovisual de primeira

linha, a partir de um mergulho profundo no universo

e nas necessidades de cada cliente.

O mesmo cuidado vale para as projeções

mapeadas. “Para a gente, tudo é mídia. Pequenos e

grandes formatos, contínuos ou fragmentados, não

importa. Somos mestres na produção de conteúdo

para espaços e superfícies alternativas, e nos

orgulhamos disso”, afirma Tatiana.

Na área de espetáculos e performances,

a TACC88 conta com uma equipe altamente

especializada e capaz de produzir verdadeiros shows,

a partir da interação entre coreografia, conteúdo e

programação digital. No Brasil, foram os primeiros a

desenvolver, por exemplo, um software proprietário

para controlar figurinos equipados com LED, ideais

para plenárias e ativações.

A mesma competência se encontra nos

projetos ligados a realidade virtual e realidade

Sol Santin

aumentada. A empresa conta com um time

completo de designers e programadores parceiros,

prontos para erguer cenários personalizados

com agilidade.

Nas experiências interativas a palavra de

ordem dentro da TACC88 é tecnologia. “Nesse

ambiente o céu é o limite. Mesas touch, projeções

reativas e em tempo real, painéis construídos por

aplicativo e o que mais for preciso para encantar

as pessoas que vão vivenciar a experiência é feito”,

afirma Tatiana.

Complementam o raio de atuação da TACC88

os projetos proprietários e sob demanda, além da

área de wearables, que segundo Solange Santin é

a nova moda quando se fala em figurinos, roupas

únicas, com tecnologia aplicada.

“A verdade é que somos artistas, e que

também somos cientistas. Gostamos de aprender,

de pesquisar. Quanto maior o desafio, melhor para a

gente. O nosso propósito é garantir a satisfação dos

nossos clientes. Queremos que eles percebam que

estão recebendo algo totalmente inovador, único e

inesquecível”, finaliza Tatiana.

AUDADE

SAUDADE

DE FAZER

EVENTO,

NÉ, MINHA FILHA?

A gente sabe. E sente saudade também. De vestir a camisa da

produção, ligar o radinho e botar o job na rua. Mas a gente

também sabe que são nos momentos mais desafiadores que

o nosso mercado consegue se transformar. Afinal, ninguém

melhor que a galera do Live Marketing pra mostrar que quem

sabe, faz ao vivo.

É hora de repensar os projetos, instigar os clientes, criar

novos formatos e transformar o que era extra em premissa.

Atitude assim, é contagiante. E se a gente tiver coragem de

se reinventar, os clientes também vão ter de investir.

Então, prepare-se para passar pelo agora, mas fique pronto

pra voltar com tudo amanhã. Até porque, se do lado de cá da

grade a gente ta com saudade, quem tá em casa também não

vê a hora de curtir do lado de lá.

32 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 33



CULTURA

MIRA CRIAÇÕES

IMERSIVAS E RUA

34 INVESTEM EM

PROJETOS CULTURAIS

DIVERSIFICADOS

UM DOS DESTAQUES QUANDO O ASSUNTO É

projeto cultural, a Mira Criações Imersivas e a Rua 34 Produções

Artísticas tem investido em propostas diferenciadas. Assim, no

primeiro semestre de 2021, vão lançar a exposição “Monet À

Beira D’Água”, sobre o trabalho do francês Oscar-Claude Monet,

o mais célebre entre os pintores impressionistas.

Em uma área de 2000 m 2 , o público viverá uma

experiência imersiva e interativa com projeções de 350 obras

do artista que medem 10m de altura, com direito à trilha

original e animações. Também está previsto passeio 360°

em realidade virtual acessada via óculos ou cardboard. A

expectativa é que entre 2021 e 2024 a mostra itinerante já

tenha passado por São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte,

Brasília, Recife, Porto Alegre, Curitiba e Fortaleza.

O diretor executivo da exposição, Leo Rea Lé, explica que

o projeto cumpriu várias etapas para chegar até o atual estágio.

Foram 6 meses de pesquisa sobre o estado da arte do negócio

e do produto, estudando a expertise de players internacionais,

principalmente grupos europeus e asiáticos. Outros seis para

formar a equipe e mais oito em produção do conteúdo. “Até julho

de 2020, a Mira investiu R$ 600 mil na contratação dos serviços

especializados para confecção do projeto”, destaca.

Já em fase avançada, estão envolvidos na produção

da mostra 25 profissionais, responsáveis pela arquitetura,

animação, direção musical, programação em realidade virtual,

consultoria técnica de projeção, direção executiva, produção e

captação de recursos e leis de incentivo.

Tendo em vista os cenários futuros de progressão

gradual do relaxamento do período de quarentena da COVID-19

todos os cuidados necessários estão sendo levados em

consideração. “A exposição seguirá todos os protocolos de

padronização exigidos pelos órgãos competentes, que vão

reger as medidas de distanciamento na convivência social em

locais fechados”, assegura Leo.

OUTROS PROJETOS

Em 2018-19, a Rua 34 em colaboração com a Tim

Burton Productions e a curadora independente Jenny He,

elaboraram a exposição “A Beleza Sombria dos Monstros: 10

anos de A Arte de Tim Burton”

A exposição foi criada para celebrar o aniversário

de 10 anos da publicação de The Art of Tim Burton (2009),

levando os visitantes por diversas galerias que serviram

como uma autobiografia visual das criações do autor. “Uma

verdadeira mistura de bem, mal, sombra, luz, alegria e tristeza”,

como disse Burton sobre a história de Edward Mãos de

Esfera Monet

Apresentação Sinfônica

Tesoura, um personagem indelével que nasceu de um desenho

e é considerado pelos críticos uma imagem onírica do próprio

cineasta. Em 2021, ela desembarcará na Oca, icônico museu

no Parque Ibirapuera em São Paulo, numa versão ainda maior e

mais diversificada.

Outro destaque fica para o projeto de Cine Concerto

que envolve a Trilogia O Senhor dos Anéis. Em 2019, no primeiro

filme da saga, A Sociedade do Anel, vinte mil pessoas assistiram

o espetáculo, no qual, a Orquestra Sinfônica Villa Lobos sob a

orientação do Maestro brasileiro Adriano Machado, tocou, ao

vivo, a trilha sonora ganhadora do Oscar do compositor Howard

Shore. As apresentações aconteceram em São Paulo, Rio de

Janeiro e em Porto Alegre. Em 2021, a itinerância continuará,

agora com o segundo filme, As Duas Torres.

O cine concerto da trilogia Senhor dos Anéis é o

maior e mais diversificado cine concerto do gênero. Sempre

acompanhada de grande tela com imagem e som em alta

definição, cada apresentação conta com 150 pessoas

no coro - 50 adultos mulheres, 50 adultos homens e 50

crianças - e 92 músicos no palco. São eles, através do peso

narrativo de seu imenso e intenso trabalho sinfônico que

conduzem o público pela riquíssima literatura imaginativa de

J.R.R Tolkien.

Com uma expertise de mais de 20 anos fazendo gerenciamento de

Eventos presenciais, Streamings e ativações, hoje oferecemos uma

grande variedade de tipos de eventos online e híbridos. Através de

ferramentas e plataformas específicas e integradas para cada evento

conseguimos realizar meetings, webinars, feiras, treinamentos,

convenções e congressos com a participação de palestrantes e/ou

moderadores atendendo o maior nível de personalização e estrutura

técnica que o evento real possui. Integrando tecnologias como

holografia, trackeamento, cromakey, broadcast, 3d, realidade aumentada,

podemos entregar eventos online de altíssima qualidade com

ativações ligadas a realidade aumenta, e redes sociais.

TEREMOS O MAIOR PRAZER EM RECEBER SEU BRIEFING E

LHE OFERECER AS MELHORES OPÇÕES PERSONALIZADAS.

SAIBA MAIS EM

CYBERMEETING.COM.BR

34 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 35



LIVE NEWS!

P&G LANÇA PROMOÇÃO ME ABASTECE P&G

A P&G lança a promoção “Me Abastece P&G”, em que os

consumidores de todas as suas marcas se cadastram e

concorrem a prêmios diários de R$ 2 mil em vale-presentes,

além de R$ 500 mil em barras de ouro no final da promoção,

que acontece em 30 de setembro. A cada R$ 10 em compras

o participante ganhará um número da sorte com o qual

LIVE EXCLUSIVA 51 ICE

A agência Mood realizou para a Cia Müller de Bebidas uma

live com 6 horas de duração via YouTube e Instagram. O

evento intitulado de 51 Ice Live Sunset contou com seis

artistas representando os seis sabores da marca, cada um

tocando por uma hora em seu palco personalizado. O palco

51 Ice Limão contou com a Luana Camarah, a 51 Ice Kiwi

foi representada pelo Dj Viktor Mora, já o palco palco 51

Ice Maracujá foi puro samba com o Grupo Nossa Onda. O

funk também estava presente no 51 Ice Fruit Mix com o Dj

Marcelinho, e o sertanejo foi bem representado pela dupla

João Lucas e Leandro no palco da 51 Ice Tangerina. E para

encerrar com chave de ouro, um dos mais consagrados DJs

de música eletrônica no cenário mundial – o DJ Sevenn –

tocou seus sucessos no palco 51 Ice Balada.

concorrerá ao sorteio semanal, correspondente à data de cada

cadastro, e depois ao sorteio final. É permitido cadastrar mais

de um cupom fiscal, mas há um limite de 50 números da sorte

por CPF cadastrado.

CAMPANHA #JUNTOSPELOCINEMA

O movimento #JuntosPeloCinema, que une pela primeira vez

no mercado brasileiro, exibidores, distribuidores, produtores,

criativos e grandes nomes da indústria, lançou filtros para

stories do Facebook e do Instagram que trazem referências

a filmes clássicos e a situações rotineiras da quarentena.

“O Massacre da Live Eterna”, “A Hora do Mercado”, “De Volta

para o Sofá” e “Curtindo a Vida Trancado” são algumas

das brincadeiras elaboradas para manter acesa a magia

do cinema. Os filtros foram produzidos em conjunto com

as agências que atuam no movimento. A campanha conta

com diversas fases, sempre respeitando a individualidade

de cada empresa e os protocolos aplicáveis de segurança e

bem-estar já determinados ou em elaboração pelos

governos locais.

LIQUIDAÇÃO DO LÁPIS VERMELHO

Após 38 anos da tradicional Liquidação do Lápis Vermelho,

a Multiplan apresenta a nova edição de inverno focada no

digital, oferecendo descontos de até 70% para as compras por

delivery e drive thru entre os dias 05/08 e 09/08. A ação será

integrada ao canal de venda direta, lançado pela Companhia

em junho para permitir o contato direto dos clientes com

os lojistas. A plataforma redireciona o consumidor para o

WhatsApp da loja, proporcionando mais agilidade e comodidade

nas compras. Disponível nos sites dos shoppings e no

superapp Multi, a solução reúne mais de mil lojas e, na versão

web, vai indicar todas as que participam da liquidação.

E.VENTS_LAB

Surge no mercado de eventos a e.vents_LAB que caracterizase

como a mais nova plataforma customizável para geração

de negócios e soluções para eventos e feiras virtuais e

híbridas. Criada pela CSS - Creative Sales Solutions e com

desenvolvimento da Superare.co, empresa brasileira de

integração de meios digitais. A plataforma conta com área

específica de conteúdo e palestras ao vivo ou gravadas;

estandes com layouts customizáveis para cada empresa;

atendimento online em vídeo, voz e texto em toda a

plataforma; e-commerce integrado nos estandes; painéis de

controle e dashboards em tempo real; praças de alimentação;

central de atendimento aos expositores e visitantes;

setorização ilimitada; lobby de entrada com mapa do evento e

customização completa do layout do evento.

36 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 37



CONTEÚDO PATROCINADO

SOLUÇÃO

DIFERENCIADA

PARA O MOMENTO

DE PANDEMIA

NO MOMENTO EM QUE A PANDEMIA ATINGIU

a todos indiscriminadamente, a diretora artística Tatiana Calvo,

que atende ao mercado do Live Marketing e a produtora executiva

Juliana Pacheco, decidiram investir em um novo empreendimento

e lançaram a Oh! Soluções Incríveis, que caracteriza-se por ser

uma empresa de inteligência de comunicação, com foco em

inovação tecnológica, produção e conteúdo.

A empresa tem como propósito o desenvolvimento

de projetos especiais. Tatiana afirma que o pensamento

Oh! é voltado a novas tecnologias. “Podemos atuar desde

o planejamento estratégico, comunicação, conteúdo até

produção. Não importa se você é uma empresa, loja, hospital,

supermercado ou uma empresa de eventos. Nós vamos te

entregar uma solução incrível!”

”Ajudamos nossos clientes a projetarem seus novos

ambientes, e a utilizarem parte de suas soluções de segurança

como potenciais mídias e possibilidades de interação», afirma

Juliana Pacheco.

Nesse sentido, os diferentes totens da

empresa, equipados com câmeras, termômetros

infravermelhos, dispensers de álcool em gel e/ou telas e

computadores, com acesso à internet, são ótimos exemplos.

«Nossa proposta é integrar as medidas de segurança às

experiências propostas pelas marcas em suas ações ou pontos

de venda. Nossos totens podem agilizar o credenciamento

de um evento, receber pagamentos, transmitir conteúdos e

funcionar como pontos de internet”, complementa Tatiana.

TECNOLOGIA

Por meio de tecnologias integradas (RFID, Bluetooth,

Identificação Facial, QR Code, Tela Multitouch), os totens são

capazes de identificar, rastrear, conectar e interagir com seu

público.

Assim, é possível garantir controle de acesso, medir

temperatura em cinco segundos, realizar reconhecimento

facial, para perceber quem está usando máscaras, rastreia o

distanciamento social, localização (RFID) e permite contar com

um histórico de contatos. Ainda permite trabalhar com acesso a

internet, mídias multitouch e até mesmo meios de pagamento. “É

uma solução completa e ideal para oferecer um retorno com toda

a segurança para as empresas que adotarem a nossa solução,

porque não existe qualquer contato físico”, conta Juliana.

Além disso, os totens são automatizados e não exigem

nenhum tipo de configuração, basta ligar na energia e estará

pronto para o uso. São usados sensores de presença, tudo sem

toque , é totalmente personalizável e importante dizer que 3%

do valor investido é revertido para instituições de caridade.

MODELOS

Para atender ao mercado com eficiência, a Oh!

desenvolveu cinco modelos diferentes de totens. O Totem Oh!

SAA Dispenser de Álcool em Gel que possui uso intuitivo do

sensor infravermelho, capacidade de 3 litros e liberação da

quantidade correta de álcool em gel.

Já o Totem Oh! SAT Termômetro Sem Toque permite

uso intuitivo do sensor infravermelho, capacidade de 3 litros,

liberação da quantidade correta de álcool em gel, medição de

febre em tempo real e acionamento por proximidade.

O terceiro modelo é o Totem Oh! T5 Coleta de Dados

de Utilização que funciona com a aproximação natural e uso

intuitivo possui dois sensores infravermelhos inteligentes de

alta precisão, capacidade de 5 litros, aviso de febre em tempo

real. Pode ser utilizado local ou remotamente e conta com três

cores diferentes para indicar temperatura.

Com reconhecimento facial, o Totem Oh! TM5

Reconhecimento Facial avisa, local ou remotamente, se

alguém está sem máscara no ambiente, coleta dados de

utilização, avia se alguém está com febre em tempo real,

oferta de conteúdo e/ou acesso a Internet, experiência de

saúde + mídia 4G e permite integrações com softwares

personalizados.

Por fim, tem o Totem Oh! AM5 Mídia Digital + Tela

Multitouch. Esse equipamento conta com uma tela multitouch

de 32’’, espaço para venda de mídia, coleta de dados de

utilização, aviso de febre em tempo real, local ou remoto,

oferta de conteúdo e/ou acesso a Internet, experiência de

saúde + mídia 4G e integrações e softwares personalizados.

Todas as versões do totem são personalizáveis.

Além dos produtos, já personalizáveis, a Oh! Soluções

Incríveis oferece uma gama de serviços de consultoria e

inteligência. “Trabalhamos junto com cada cliente, para

orientar as melhores soluções. Somos uma empresa parceira,

que busca identificar os desafios e fornecer as soluções”,

finaliza Juliana.”

38 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020 39



40 REVISTA LIVE MARKETING - JUNHO 2020

Similar magazines