Revista Qual Viagem Edição 81

online.magazines
  • No tags were found...

Qual Viagem • BONITO • SRI LANKA • LITORAL NORTE DE SAO PAULO AGOSTO 2020

˜

qualviagem

@revistaqualviagem

Viagem

qualviagem.com.br

Turismo & Experiências

9 772527 173307 00081

Agosto 2020 - Ano 7 - N o 81 R$ 16

Litoral Norte

de São Paulo

Cinco cidades e

belezas naturais únicas

BONITO

Turismo

Pet Friendy

O que fazer antes de

embarcar em um avião

PARAÍSO DAS ÁGUAS CRISTALINAS

SRI LANKA

Uma incrível viagem

pela história e cultura


QUANDO

ENCONTRAR

ESTE SELO, FIQUE

TRANQUILO

E VIAJE SEGURO

PELO BRASIL.

Saiba mais e encontre

estabelecimentos certificados em:

turismo.gov.br/seloresponsavel

Salvador - BA

O selo Turismo Responsável vai

certificar empresas que adotarem

os protocolos oficiais para segurança

e saúde em seus estabelecimentos.

É o Governo Federal, por meio

do Ministério do Turismo, preparando

tudo para proteger empregos do setor,

retomar o nosso turismo e para que você

viaje com tranquilidade, limpeza

e segurança. Se cada um se prevenir

e fizer a sua parte, unidos teremos

um turismo mais seguro para

a saúde de todos.

#FIQUENOBRASIL

MINISTÉRIO DO

TURISMO


EDITORIAL

QUAL VIAGEM

SAÚDE E BEM-ESTAR NO

NOVO NORMAL DO TURISMO

Prezado leitor,

A pandemia da Covid-19 leva a uma nova tendência de viagens:

as que irão privilegiar as atividades junto à natureza e os programas

de bem-estar. Os protocolos de saúde e segurança serão rotina

nesse novo normal do turismo, enquanto o mundo espera pela vacina

contra o coronavírus. Os procedimentos já estão presentes nos

hotéis, restaurantes, cruzeiros marítimos e fluviais, nos aeroportos

e a bordo dos aviões e em todos os demais seguimentos do setor.

Soluções tecnológicas foram desenvolvidas e as ações vão desde a

fase de reserva até o desembarque no final da viagem.

Como agora as viagens domésticas estão em alta, QUAL

VIAGEM, traz como matéria de capa a cidade sul-mato-grossense

de BONITO. Considerado um dos principais polos de ecoturismo

do país, tem um rígido controle de preservação do meio ambiente.

O complexo turístico do Parque Nacional da Serra da Bodoquena

reúne atrativos naturais para quem procura aventura ou para aqueles

que desejam apenas tranquilidade na viagem em família.

EDIÇÃO 81 • ANO 7 • AGOSTO 2020

EDITORA E PRODUTORA QUAL EIRELI.

CNPJ 17.523.350/0001-35

Inscrição Estadual 140.490.598.110

Rua Araguari, 817 - Conjuntos 42/43

Moema - CEP 04514-041

São Paulo - SP - Brasil

Telefones +55 11 3024-9500 | 3554-2496

Publisher: Marcio L. Dadalti

Diretor Comercial: Marcos Telore

Gerente Administrativa: Telma Pires

Consultor Editorial: Cláudio Oliva (Mtb 20.586/SP)

Jornalista: Roberto Maia

Logística: Patrícia Silva

Produção: Marlei Rugai e RCS Designer Gráficos

e Fotos Ltda- ME

PUBLICIDADE NO BRASIL

Para anunciar: (11) 3024-9500 | 2157-8199

dadalti@editoraqual.com.br

REPRESENTANTE NA AMÉRICA DO

NORTE E CARIBE - Globe Travel Media

Claudio Dasilva: +1 (954) 647-6464

Neil Strickland: +1 (954) 296-9515

REDAÇÃO

Sugestões de matérias, opiniões ou dúvidas:

claudio@editoraqual.com.br

maia@editoraqual.com.br

ASSINATURAS

ligue: (11) 3554-2496

patricia@editoraqual.com.br

DISPONÍVEL TAMBÉM

Pertinho da capital, o LITORAL NORTE DE SÃO PAULO oferece

um conjunto de experiências com belas praias e tradições caiçaras.

O circuito turístico passa pelas cidades de Bertioga, São Sebastião,

Ilhabela, Caraguatatuba e Ubatuba.

Para aumentar a vontade de viajar para fora do país, apresentamos

o SRI LANKA. O incrível destino banhado pelo Oceano Índico

é riquíssimo em história e cultura. A terra dos elefantes guarda

antigas ruínas budistas e outros belos tesouros da Ásia.

Em uma VIAGEM COM O PET é importante garantir a segurança,

a saúde e o bem-estar do seu fiel companheiro. E se for

viajar de avião saiba que existem diversos procedimentos antes

do embarque.

*Todas as viagens que originaram as matérias

dessa edição foram realizadas antes da pandemia.

Capture o QR Code e visualize a revista on line

Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida sem a

autorização por escrito dos editores. As informações publicitárias

contidas nesta revista são de responsabilidade dos anunciantes.

Boa leitura, boa viagem e até a próxima edição!

EDITORA QUAL


QUAL VIAGEM

SUMÁRIO

PELOS MARES

Págs. 5 e 6

PELO BRASIL

Págs. 24, 26 e 28

PELO MUNDO

Págs. 38, 39 e 40

HOTÉIS & RESORTS

Pág. 75, 76 e 77

BOARDING GATE

Pág. 78 e 79

LITORAL NORTE DE SP

Pág. 8

Qual Viagem • bonito • sri lanla • litoral norte de são paulo agosto 2020

CAPA Pág. 46

qualviagem

@revistaqualviagem

Viagem

qualviagem.com.br

turismo & experiências

9 772527 173307 00081

Agosto 2020 - Ano 7 - N o 81 r$ 16

Litoral Norte

de São Paulo

Cinco cidades e

belezas naturais únicas

Turismo

Pet Friendy

o que fazer antes de

embarcar em um avião

Bonito

Paraíso das águas cristalinas

sri lanka

Uma incrível viagem

pela história e cultura

qualviagem_80_ ca.indd 1 04/08/20 18:21

FOTO: BONITO / MS / HUDSON GARCIA

SRI LANKA Pág. 29

O incrível destino banhado pelo Oceano Índico é riquíssimo

em história e cultura. A terra dos elefantes guarda

antigas ruínas budistas.

Pertinho da capital, o circuito turístico oferece um conjunto

de experiências naturais com belas praias e tradições caiçaras.

+

SUPERDICA

Pág. 41 à 45

PETS FRIENDLY

Pág. 80

GAY TRAVEL Pág. 71

Impacto da Covid-19 afeta grandes eventos do setor. O turismo

LGBTI+ também está trabalhando para a retomada.


QUAL VIAGEM

PELOS MARES

NORWEGIAN CRUISE LINE

Cruzeiros com

safáris na África

Com os navios Norwegian Jade, Norwegian Spirit

e Norwegian Dawn destinados a cruzeiros no

continente africano, a NCL inova com o lançamento

em 2021 e 2022 de roteiros que combinam a navegação

pela África do Sul com paradas de três dias

para realizar safári, com hospedagem em lodges.

Será possível vivenciar o melhor dos dois mundos:

as confortáveis férias a bordo e as aventuras na

África, sem se preocupar em abrir e fechar malas

ou transporte e passeios. Entre as possibilidades é o

safári no Lalibela Game Reserve, com hospedagem

num luxuoso lodge e passeios que incluem a observação

dos Big Five (leão, elefante, leopardo, rinoceronte

e búfalo), retornando de avião até a Cidade

do Cabo, para reembarcar no navio.

Informações: ncl.com.br

FOTO: NCL/DIVULGAÇÃO

SEABOURN

Novos navios terão

Constellation Lounge

exclusivo Constellation Lounge estará presente nos

O novos navios da companhia, o Seabourn Venture e

outra embarcação irmã ainda não nomeada. Eles serão

lançados em junho de 2021 e maio de 2022, respectivamente.

Projetado com o estilo do Observation Bar, o

elegante espaço no convés 9 será o ponto de observação

interno mais alto de cada navio. As paredes panorâmicas

de vidro oferecerão vista deslumbrante, aproximando

os hóspedes da vida selvagem e dos destinos.

Do local será possível identificar pontos de interesse,

maravilhas geológicas e diferentes espécies de todas as

partes do mundo. O ambiente também oferecerá o café

da manhã Early Morning Riser e o aprimorado serviço

de chá da tarde. À noite, coquetel e apresentações de

piano fazem parte do entretenimento.

Informações: discovercruises.com.br

FOTO: DIVULGAÇÃO

MSC CRUZEIROS

Temporada de verão no Hemisfério Norte

A

temporada de verão da MSC Cruzeiros no Hemisfério Norte terá início em

março de 2021. Entre as novidades estão uma série de novos itinerários e

portos, além de dois novos navios - MSC Virtuosa e MSC Seashore -, que estão

atualmente em construção. Com 19 navios para escolher, os hóspedes podem

optar por cruzeiros com diferentes durações: minicruzeiros de três ou quatro

noites ou mais longos - 7, 9, 11, 12 e 14 noites. Em todos eles uma ampla variedade

de experiências a bordo com entretenimento e gastronomia de nível internacional,

cabines espaçosas e o exclusivo MSC Yacht Club nos navios das classes

Fantasia, Meraviglia e Seaside. Toda a frota adotará o novo protocolo operacional

desenvolvido e focado na saúde e segurança de passageiros e tripulantes.

Informações: mscruzeiros.com.br

FOTO: MSC CRUZEIROS/DIVULGAÇÃO


QUAL VIAGEM

PELOS MARES

AUSTRALIS

Temporada 2021-2022

já está disponível

Os cruzeiros de expedição a bordo dos navios

Ventus e Stella Australis operam com sistema all

inclusive e contam com gastronomia de nível internacional,

com café da manhã, almoço em bufê temático

e jantar à la carte, além de open bar 24h, com

vinhos premiados e bebidas premium. Diariamente

são realizadas duas expedições com guias especializados,

onde são oferecidos uísque e chocolate quente,

bem como palestras a bordo sobre flora, fauna

e glaciologia. O roteiro segue sendo Punta Arenas

(Chile) a Ushuaia (Argentina) com viagens de ida

(4 noites) ou round trip (8 noites). A companhia já

anunciou as datas e preços para a temporada 2021-

2022, que terá início em setembro do próximo ano.

Informações: australis.com

FOTO: AUSTRALIS/DIVULGAÇÃO

DISNEY CRUISE LINE

Suflê de chocolate

do restaurante Palo

Durante a pandemia do novo coronavírus o isolamento

social fez crescer o hábito de preparar delícias gastronômicas

em casa. Assim, para atender as famílias que

estão com saudade de viajar, a DCL revelou uma receita

de dar água na boca: o famoso suflê de chocolate do

Palo, restaurante exclusivo para adultos a bordo de todos

os quatro navios da Disney. Considerada uma sobremesa

imperdível pelos viajantes, agora a iguaria pode ser

preparada pelos “chefs” do Brasil. A receita faz parte da

série #DisneyMomentosMágicos, uma plataforma com

conteúdo, histórias e recursos divertidos e envolventes.

Tudo de graça e sem sair de casa. Confira o passo a passo

para a preparação do suflê de chocolate, bem como a

lista de ingredientes e o modo de preparo.

Informações: Disney.com.br/DisneyMomentosMagicos

FOTO: DCL/DIVULGAÇÃO

SILVERSEA

Cancelamento até 48 horas antes da partida

programa “Cruise with Confidence” foi estendido a todas as

O viagens até 30 de abril de 2021. Objetivo da empresa marítima

é oferecer maior confiança aos seus clientes para planejarem suas

viagens com tranquilidade. Agora, os hóspedes podem cancelar seu

cruzeiro por qualquer motivo até 48 horas antes da partida. Ao decidir

pelo cancelamento receberá um crédito para realizar um futuro

cruzeiro de 100% do valor pago, que pode ser resgatado em até

dois anos a partir da data de emissão. No entanto, segundo a companhia,

está crescendo a confiança dos viajantes nos embarques no

verão de 2021 e inverno de 2021/2022 no Hemisfério Norte.

Informações: silversea.com

FOTO: DIVULGAÇÃO

6


FOTO: © ISTOCK.COM / CRISTIAN LOURENÇO


Descobrindo o Litoral

Norte de São Paulo

Graças à sua proximidade com a capital, o que facilita

o turismo regional, sua rica preservação natural,

e os protocolos de segurança que vêm sido tomados

pelas cinco cidades integrantes do Circuito Litoral Norte,

a região se destaca nesse momento de retomada.

Por Natalia Bastos

A

menos de duas horas do Aeroporto Internacional

de Guarulhos, a estratégica localização

da região conecta um paraíso tropical com turistas

do mundo inteiro, oferecendo ao visitante um

sem fim de experiências. O desenvolvimento do turismo

regional a partir da integração dos municípios

numa mesma gestão trouxe o foco no que eles têm

em comum: a forte presença das culturas indígena e

caiçara, belas praias e uma natureza imponente.

Ainda pouco explorado em sua totalidade, o Litoral

Norte de São Paulo dispõe de uma infinidade de

lendas que, com paixão, são relembradas pelos habitantes.

Nas suas ruas há museus, fazendas e casas

de estilo colonial que narram um passado não tão

distante, fazendo possível a compreensão dos fatos

históricos que hoje transcendem o nosso presente.

Percorrer o centro das cidades do litoral junto com

as crianças é a melhor forma de estimular o interesse

delas em conhecer a história do nosso país. Também

é uma oportunidade para se reconectar com a natureza,

pouco presente nas grandes cidades. Nos municípios

do circuito, você tem boas trilhas e excelentes

passeios voltados ao ecoturismo.

Quando viajamos, temos a necessidade de estimular

todos os nossos sentidos. Na região você respirará ar

puro, verá paisagens de tirar o fôlego, ouvirá sons

agradáveis e revigorantes e, além do mais, saboreará

produtos frescos e de qualidade. A culinária é particularmente

excepcional, pois a tradição caiçara semistura

com sabores e ingredientes importados.

É fácil se apaixonar pelos encantos do Litoral Norte

de São Paulo. Sempre cercado de natureza, a exuberância

do visual lhe surpreenderá com praias, cachoeiras,

rios, pássaros e muita paz. Com essa matéria

queremos aproximá-lo ao que você encontrará

por lá. Claro que isso é só o começo, mas lhe animamos

a visitar cada uma das cidades, pois vale mais

uma imagem que mil palavras.

9


10

BERTIOGA

A história do Brasil é presente nessa cidade – prova

disso é o Forte de São João, a fortaleza militar mais

antiga do país, construída em 1532. A origem do

nome Bertioga possivelmente vem do tupi-guarani

“buriquioca”, que significa “morada dos buriquis”.

Na mata abundava esse tipo de macacos, os muriquis

(também conhecidos como buriquis), e foi assim

como os colonos adaptaram o nome para Bertioga.

Há nove anos, a cidade possui a Certificação de Município

Verde Azul, o que significa que Bertioga vem

desenvolvendo diversas atividades e projetos com o

objetivo de preservar o meio ambiente. Um exemplo

é o Parque Estadual da Restinga, a reserva natural de

restinga de maior conservação no país. No território,

há mais de nove mil hectares de matas intocadas e

uma riquíssima biodiversidade. Há ainda 33km de

praias que são facilmente acessíveis pelas rodovias

BR-101, SP-98 ou pela balsa Guarujá-Bertioga.

O FORTE MAIS ANTIGO DO BRASIL

Foi em 1532 que a primeira edificação foi erguida

em paliçada de madeira, sendo necessário anos mais

tarde refazer o edifício em alvenaria, tornando-se

assim a primeira fortificação permanente do Brasil.

Esses muros brancos, paredes grossas e enferrujados

canhões foram palco de incessantes conflitos, nesse

local então batizado de Forte de São Tiago. Várias

reformas e demolições foram feitas, ampliaram a fortaleza

militar e receberam nova artilharia para uma

melhor defesa.

No século 18, devido à destruição da capela de São

João, a fortaleza passou a denominar-se Forte de São

João da Bertioga. Atualmente, o espaço é aberto ao

público e conta com antigas armaduras e armas da

esquadra portuguesa, fragmentos do livro de Hans

Staden e salas temáticas com acervo da cultura indígena,

com itens tais como lanças, arcos, flechas,

entre outros. Quem sabe em breve seja eleito Patrimônio

Cultural da Humanidade pela UNESCO, pois já

está em processo a concorrência da titulação.

No entorno desse edifício histórico, se encontra o

Parque dos Tupiniquins, uma bela área arborizada

onde são realizadas diversas atividades, como yoga,

workshops e oficinas. Há também uma alegoria a

FOTO: © ISTOCK.COM / KAMILLOK

Hans Staden, o alemão que, após ter naufragado,

conviveu com os moradores de Bertioga e serviu vários

anos como artilheiro para a cidade. Staden foi

aprisionado por guerreiros Tupinambás, que o levaram

para Ubatuba, até que finalmente foi liberado

com a ajuda do comandante de um navio francês.

Ao voltar à Alemanha, escreveu seus relatos que se

constituíram nas primeiras crônicas sobre os indígenas

brasileiros, publicadas em 1557. Os seus relatos

descreviam o estilo de vida dos indígenas, mudando

assim o conceito que se tinha dos aborígenes brasileiros,

contribuindo à humanização deles.

PRAIAS, RIOS E CANAIS

A abundância hídrica é uma realidade no Litoral

Norte de São Paulo, gerando paisagens únicas que

impactam à primeira vista. Em Bertioga, sempre haverá

uma praia do seu agrado. Para quem prefere a proximidade

com o centro da cidade, a Praia da Enseada

é a mais central. Com uma estrutura urbanística harmônica,

conta com ciclovias, calçadas e uma extensa

orla excelente para passear. No final da Enseada encontramos

a Praia do Indaiá, ideal para ir com crianças.

Possui águas cristalinas e calmas, excelente para

FOTO: NATALIA BASTOS


Bertioga possui desde praias urbanas,

como a da Enseada, até algumas mais

tranquilas, como Guaratuba. Abaixo, o

Forte de São João, o mais antigo do Brasil.

praticar esportes aquáticos, como o stand-up paddle.

Se você quer ter uma boa surpresa, a Praia de Itaguaré

é preservada por lei. É ali onde se encontram o

rio e o mar: areia branca e muita natureza ao redor.

Vale a pena ir e relaxar. Quem visita a Boracéia tem

a possibilidade de entrar em contato com a cultura

caiçara, estando também mais próxima à Aldeia Rio-

Silveira, já na divisa com São Sebastião.

Bertioga se presta aos esportes aquáticos que podem

ser feitos nas praias ou nos rios Itapanhaú, Itatinga,

Itaguaré, Jaguareguava e Guaratuba, ideais

para passeios em caiaque ou passeios em escuna. É

um destino que oferece paz e agito ao mesmo tempo,

sempre com contato com a serra ou o oceano.


BERLIM

FOTO: © ISTOCK.COM / JABOTICABA

QUAL VIAGEM

12

SÃO SEBASTIÃO

A 97 km de Bertioga, São Sebastião esconde um

mundo carregado de identidade nas suas trilhas, águas

e edificações históricas. Desde quando o sol nasce até

quando se põe, a cidade exibe seu charme e beleza,

pois a riqueza que se encontra no bioma do local atrai

mergulhadores, biólogos e amantes da natureza o ano

inteiro. Ao redor da Rua da Praia se encontram diversos

atrativos históricos, com construções que datam

dos séculos 17 e 18 em perfeito estado de preservação.

A cidade soube harmonizar o acervo cultural dos

antigos edifícios com um estilo mais moderno e comercial,

preservando a bagagem arquitetônica.

RELIGIOSIDADE E

IGREJAS HISTÓRICAS

A Igreja Matriz foi construída no século 17 ocupando

uma área urbana privilegiada. São Sebastião foi

uma das primeiras cidades da costa brasileira e, assim

como as construções do Brasil Colonial, a igreja foi

erguida com o material que se encontrava na região:

pedras das costeiras, areia das praias, calde conchas e

barro. Dizem que a imagem do padroeiro que hoje se

encontra no altar da Igreja Matriz já foi condenada a

Ondas na praia, mar azul, em São Sebastião. À direita,

Sao Sebastiao Promenade e abaixo Igreja de São Sebastião.

vários anos de prisão, pois na época acreditou-se que

deu morte a um caiçara da região.

Ao redor da igreja e de forma irregular foi crescendo

o povoado, aglomerado em moradias humildes.

Durante muito tempo havia ameaças de invasões piratas

– por essa razão, com a intenção de se proteger,

a disposição das casas era em forma de quadrado

fechado para si, formando-se pequenos vilarejos dentro

da própria vila. Hoje em dia, as casas que seguem

em pé eram de antigos fazendeiros de cana de açúcar

ou famílias da alta sociedade, como a Casa das Janelas,

pouco ornamentada, mas muito peculiar.

Vale a pena se aproximar do Museu de Arte Sacra,

edifício que já foi uma pequena capela. Acredita-se

que a Capela de São Gonçalo tenha sido construídapor

iniciativa popular em fins do século 17, voltada

para as classes mais populares. De pequenas dimensões,

a construção de pedra e barro sofreu algumas

modificações, ainda no período colonial. Seu precário

estado de conservação fez com que, em 1978 fossem

iniciadas as obras de restauração, sendo atualmente

o Museu de Arte Sacra da cidade. Apoiada pelas au-

FOTO: © ISTOCK.COM / DIEGOGRANDI


FOTO: © ISTOCK.COM / DIEGOGRANDI


FOTO: DIVULGAÇÃO / APHMBR

toridades eclesiásticas e municipais, a Secretaria de

Cultura do Estado, através do CONDEPHAAT, montou

o museu com interessante acervo da paróquia local.

Desde então, a prefeitura assumiu a manutenção do

museu e do prédio histórico.

ILHAS: UMA SURPRESA NATURAL

Realizar um passeio de barco até as ilhas é uma oportunidade

e tanto para ver águas cristalinas como nunca.

No geral, os barcos costumam sair de Boiçucanga

ou da Barra do Una, variando o tempo do passeio e as

paradas. Na Ilha das Couves, embora não tenha praia,

há a possibilidade de desembarcar e até pernoitar na

ilha, mas o comum é se aproximar para um bom mergulho

com máscara e continuar a travessia.

Curiosa é a história que se esconde na Ilha dos Gatos:

acredita-se que na metade do século passado a

família Rockefeller adquiriu a ilha e construiu lá uma

mansão. Atualmente, a ilha é habitada por um homem

que a cuida e preserva já faz mais de 30 anos.

Desembarcar lá é uma questão de sorte, pois geralmente

a maré é bem agitada, o que torna difícil seaproximar

do local.

Maresias é uma ótima opção

para aproveitar o início da noite.

CONTEMPLE O PÔR DO SOL

Para finalizar o dia, a dica é o Mirante da Barra do

Una, na divisa com Bertioga. A perfeita localização

faz possível apreciar os fenômenos naturais com mais

detalhes. O sol se esconde no horizonte onde o mar

e o céu se confundem em um azul infinito. A mata

respira e forma nuvens em diferentes alturas da paisagem,

algumas vestem as montanhas, outras se elevam.

Em poucos minutos, o firmamento ganha uma

mistura cromática que vai desde o rosa até o roxo, e

devagarzinho a luz da noite impregna o local.

UMA NOITE EM MARESIAS

Já sentiu aquela brisa gostosa que vem do mar e refresca

até a alma? Se a resposta é não, então vá para

Maresias. A praia de lá é conhecida por receber vários

campeonatos de surfe, mas também tem excelentes

restaurantes à beira do mar e muita vida noturna. A

segurança que você sente nas ruas do Litoral Norte

faz com que você se sinta à vontade para passear.

Aproveite e dê uma passadinha no Beco da Mulher

Maravilha – arte ao ar livre é tudo de bom.

14


FOTO: © ISTOCK.COM / DOUGLAS JOSÉ

A praia da Armação é conhecida

por sua estrutura para esportes de vela.

ILHABELA

Há séculos, as terras de Ilhabela atraíram colonos

europeus que paravam para descansar e abastecer os

navios com alimentos. Os piratas também os esperavam

por lá, que sabiam que estes vinham carregados

de ouros e outros materiais preciosos. A história mais

épica que valeu um episódio no Discovery Channel é

a do tesouro da Trinidade, acreditando-se que uma

parte está escondida em algum lugar do arquipélago.

Mas o que é mais divulgado são os inúmeros navios

que naufragaram ao redor das águas do arquipélago,

o que resulta num cenário submarino excelente para

mergulhadores de todo o mundo. Possivelmente você

já ouviu que a Comunidade Caiçara do Bonete são de

descendentes dos europeus que naufragaram ali e que,

por isso, a maioria é formada por loiros de olhos azuis.

A distância de 4,5km é o que separa a ilha do continente

– para quem não sabe, Ilhabela é um dos

únicos municípios-arquipélago marinhos brasileiros,-

formado por um conjunto de 14 ilhas e ilhotas que

perfeitamente você poderá visitar. De São Sebastião,

há um transporte que opera diariamente por 24 horas

a cada trinta minutos, com um preço que parte

dos R$ 19 para os carros. Para quem vai a pé, a balsa

é gratuita. E realmente vale a pena se locomover a pé,

pois têm ônibus que conectam a ilha de norte a sul e

a passagem custa apenas R$ 5. Também tem ciclovia

e uma orla sensacional para passear.

O CENTRO HISTÓRICO

O centro histórico da cidade é bem conservado e

muito particular. Diferente de outras localidades, você

percebe que está na vila pela mudança do tipo de

chão, que passa do moderno cimento para o rústico

paralelepípedo. Lá, se encontra a encantadora Igreja

Matriz de Nossa Senhora da Ajuda e Bom Sucesso, a

primeira capela da ilha que recebeu a imagem da que

atualmente é a padroeira de Ilhabela pelos navegantes

portugueses. O piso é de mármore e as paredes são

pintadas de azul e branco, mantendo o estilo colonial.

Em frente à igreja, o Cruzeiro feito pelo ilhabelense

Gilmar Pinna, cujas esculturas se encontram em outros

pontos da ilha com alegorias bíblicas. Já à direita, é inconfundível

a antiga Cadeia e Fórum, com uma impo-

15


FOTO: © ISTOCK.COM / DIEGOGRANDI

Inaugurada em

1806, a Igreja

de Nossa Senhora

d’Ajuda mistura

o barroco com o

seu estilo original.

Abaixo, a praia do

Curral, a mais

badalada de Ilhabela.

16


Ao norte de Caraguatatuba,

a praia da Cocanha é uma

das mais bonitas da cidade.

FOTO: © ISTOCK.COM / ILDO FRAZAO

nente arquitetura. Hoje é a sede do Parque Estadual de

Ilhabela. Seguindo pela rua Doutor Carvalho à beira do

oceano, há uma variada oferta de bares e restaurantes

instalados nos antigos casarios, cujas paredes e telhas

são ainda preservadas. De um modo original, o restaurante

Bellabar mostra como eram os antigos muros

formando um mapa de São Sebastião e do arquipélago.

Já para quem está a procura de uma vida noturna

mais agitada, a Rua do Meio é o seu local, um ambiente

descontraído repleto de bares e gente na rua.

ECOTURISMO E

TURISMO DE AVENTURA

Nas cinco cidades do circuito, há chances de realizar

atividades que implicam em um maior contato

com o entorno natural, mas pensar que toda essa

riqueza se encontra em uma ilha é simplesmente surpreendente.

Ilhabela é a ilha brasileira com mais cachoeiras

registradas: são mais de 300 quedas d’água,

embora menos de 30 sejam abertas ao público. De

norte a sul e de leste a oeste, há poços, piscinas naturais,

corredeiras e rios, sem contar as paradisíacas

praias que albergam no local.

O Parque Estadual de Ilhabela foi criado em 1977 e

engloba as 12 ilhas, 3 ilhotes, 3 lajes e um parcel, em

um total de 270 km² de fabulosa preservação. Dentro

do parque se encontram picos com mais de 1.370

metros de altura (Pico de São Sebastião), um rico

ecossistema que vai desde a fauna da Mata Atlântica

aos mamíferos, répteis e aves que lá se encontram.

Aliás, uma atividade que vem crescendo muito nos

últimos anos é a observação de aves, ou “birdwatching”

– aficcionados se surpreendem com as mais

de 300 espécies que podem ser contempladas.

Um passeio que vale a pena é ir até a Praia dos Castelhanos,

o que pode ser feito a pé, de bicicleta ou

em um veículo com tração 4x4. Essa praia é habitada

por comunidades tradicionais caiçaras que, além de

manter seus costumes e atividades pesqueiras, conseguem

se sustentar com a venda de comidas e bebidas

para visitantes e turistas. Uma particularidade

da praia é que se em um lado o mar está agitado, do

oposto estará tranquilo, o que faz com que seja um

local perfeito para ir com crianças. Também há um

pequeno playground para os menores da família e

algumas redes para a soneca dos mais velhos.

FOTO: © ISTOCK.COM / ILDO FRAZAO

Embora o mergulho seja a atividade mais divulgada,

trilhas, canoagem e passeios marítimos são outras

das muitas coisas que você poderá fazer nesse

paraíso que é Ilhabela.

CARAGUATATUBA

De São Sebastião, em apenas 30km você chegará a

Caraguatatuba, rasgando uma bela estrada com muito

verde ao redor. Desde o Aeroporto Internacional

de Guarulhos, são só 180km. Ao contrário das outras

cidades do Circuito Litoral Norte de São Paulo, a costa

desse município se caracteriza pela planície, fato que

fez possível uma maior urbanização. A infraestrutura

de Caraguá não deixa nada a desejar: são prédios,

teatros, restaurantes, lojas e um shopping que se integra

à perfeição com a bela paisagem. O destino é

muito procurado por casais que querem realizar a sua

cerimônia em um entorno natural e um cenário inesquecível.

Assim, se você sempre sonhou em se casar

na praia, Caraguatatuba é o seu lugar.

ESPORTES RADICAIS

E AVENTURAS PELO AR

Você já pensou alguma vez em realizar esportes tão

radicais como o voo livre? Caraguatatuba é uma das

poucas localidades propícias para esse tipo de atividade.

O voo livre, asa delta ou parapente são realizados

no Morro de Santo Antônio, com 340 metros de altitude

e uma vista panorâmica do local, de São Sebastião

e até de Ilhabela. É possível acessar o morro pela Es-

17


trada da Serraria no bairro Sumaré de carro (com uma

limitação de tempo e veículos) ou a pé (a subida é bem

puxada). Para os que preferem ficar com o pé no chão,

é um excelente atrativo turístico onde, além do visual,

há uma estátua do padroeiro da cidade.

MIRANTES QUE APAIXONAM

Se é pelo visual, vale a pena visitar o Mirante da

Orla, um conjunto de três mirantes onde você poderá

admirar com uma perspectiva privilegiada o litoral.

Lá, são realizados diversos eventos musicais durante

o pôr do sol. Coisas que não faltam na cidade são

shows, feiras e eventos. Aproveite e vá à Praia do Garcez,

popularmente conhecida como a Praia da Freira.

É um cantinho encantador, ideal para desfrutar de

um dia de praia junto com a família.

18

IMPERDÍVEIS PRAIAS

E RIOS NAVEGÁVEIS

Para todos os gostos, os 40km de praias da cidade

agradam pela pureza das suas águas, ondas, orlas e

infraestrutura em geral. Os surfistas devem visitar a

Praia Brava que, como o próprio nome indica, possui

ondas ideais para surfar. É pouco conhecida, pois não

tem comércios nem possibilidade de hospedagem.

Além do mais, após percorrer 2km pelo acesso da

Praia Martim de Sá, ainda deverá caminhar uns 200

metros aproximadamente. Uma dica: leve água e comida,

o próprio visual faz o resto. Perto dessa praia se

encontra a do Capricórnio, uma das mais extensas do

município e que atrai banhistas pelas águas limpas.

Nesse mesmo local e antes da próxima praia (Massaguaçu),

um dos atrativos mais procurados é a Lagoa

Azul. É separada do mar por um trecho de areia,

água doce e sem correnteza. Para quem desfruta da

prática de esportes náuticos, como jetski, caiaque, esqui-aquático,

windsurf ou kitesurf, anote aí: Praia da

Tabatinga e Praia da Mococa, águas bem tranquilas

ideais também para mergulho livre.

Já quem está a procura de um ponto de encontro

entre jovens e um local mais badalado, com barzinhos,

calçadão e agito, a Praia Pan Brasil é ideal, com

uma orla bem atrativa para passear. A localização estratégica

faz com que você esteja no centro da cidade

e perto de todas as comodidades possíveis. Tem

uma extensa facha de areia e as águas são rasas e

calmas, sendo uma das melhores opções para quem

está acompanhado de crianças.

FOTO: © ISTOCK.COM / LUISRFTC

Acima, praia de Tabatinga, ideal também

para esportes náuticos. E ao lado, pôr do sol

na Martim de Sá, mais próxima do centro.

DE JANEIRO A DEZEMBRO,

EVENTOS O ANO INTEIRO

Festivais e litoral formam uma combinação perfeita.

Caraguatatuba soube como fomentar os atrativos

e belezas naturais que possui adicionando um plus

de vitalidade. Com um completíssimo calendário de

eventos, além das festividades tipicamente brasileiras

como o Carnaval, você pode desfrutar do Aniversário

da Cidade no mês de abril, da Festa da Cultura Japonesa

em maio, do Festival de Jazz e Vinhos em junho,

do Festival da Tainha e do Camarão em julho, do Caraguá

a Gosto no oitavo mês do ano, do Festival Food

Truck em setembro, do Caraguá Beer Fest e do Festival

da Orquídea em outubro, do Saberes e Sabores

e do Aviva Caraguá para novembro e finalizar o ano

com o típico Natal Luz e a Festa de Iemanjá.

FOTO: © ISTOCK.COM / @MAUMEGGIO - MAURICIO MEGGIOLARO


20

UBATUBA

Ubatuba fica a 60 km de Caraguatatuba pela SP-

55, sendo o município mais ao norte do circuito. Possui

mais de 50 mil hectares de Mata Atlântica e aproximadamente

100 km de costa, o que se traduz em

102 opções de praias maravilhosas ao seu alcance.

Cercada pela Serra do Mar, o elevado nível de preservação

e consciência ambiental faz com que as paisagens

variem de verde a azul em questão de minutos.

DIVULGANDO A

CULTURA DA PRESERVAÇÃO

Sabia que em Ubatuba se encontra a única base do

Projeto TAMAR do Estado de São Paulo? A costa ubatubense

é uma das áreas de alimentação de tartarugas

marinhas no litoral do Brasil e, por isso, em 1991

foi inaugurada a primeira basenesse tipo de área. Vale

a pena a visita, pois além de conhecer uma das bases

mais importantes do projeto no país, lá você receberá

todas as informações sobre o TAMAR, a relevância do

ecossistema que implica a sua existência, assim como

uma aproximação com a educação ambiental. Além

do mais, há espaço para lanchonete, centros de exposições

e uma loja cujos ingressos financiam e favorecem

a continuidade do TAMAR.

Com mais de 100 praias, fica difícil escolher

entre as diversas opções da cidade de Ubatuba.

No mesmo espaço há o Museu Caiçara, que repassa

a riqueza dos hábitos e costumes desse tipo de

comunidade por meio de painéis, fotos e antigas peças

que formam parte do acervo cultural. A presença

da cultura caiçara no Litoral Norte de São Paulo é

um fato que não pode ser passado por alto. Nessas

comunidades prima a importância por preservar, respeitar

e se harmonizar com a natureza, por isso, suas

práticas geralmente estão de acordo como modo de

produção artesanal e com pesca e agricultura sustentáveis

e diversas.

O MUNICÍPIO COM

MAIS DE 100 PRAIAS

Aconchegante por natureza, permanecer em Ubatuba

é a oportunidade de desacelerar e entrar no

ritmo litorâneo. Tudo vai com calma, a vida lá tem

outros tempos. É surpreendente como a natureza permanece

tão bem preservada. Pertinho do mar, você

também encontra rios e cachoeiras, uma delícia!

Com uma ótima estrutura, as praias são variadas e

bem diferentes entre si,algumas excelentes para serem

desfrutadas com crianças, outras aconchegantes

e românticas. Também há opções agrestes para os

FOTO: © ISTOCK.COM / CAMILA1111


FOTO: © ISTOCK.COM / CLEBER MACEDO

mais aventureiros. Escolher uma praia entre os mais

de 100km de litoral é uma tarefa difícil, pois cada

uma tem o seu encanto. Há quem queira ondas para

praticar esportes radicais, outros que preferem locais

intocados cercados de Mata Atlântica. Quem está a

procura de quiosques e bares mais badalados também

encontrará o seu espaço.

Praia Grande é a típica para curtir com amigos, ter

a experiência de andar em um Banana Boat ou se

iniciar no surfe, pois há ondas, mas não são gigantes.

É acessível para quem quer ir de carro e facilmente

se encontra lugar para estacionar. Já a Baía de Ubatuba

se localiza no centrinho da cidade e tem uma

extensa orla e uma ciclovia frequentada até nos dias

mais chuvosos. Quase na areia você encontra diversos

quiosques que te convidam a degustar as delícias

litorâneas ou simplesmente se refrescar com um

suco, água de coco ou um chopp gelado. Além de

playgrounds e áreas para se exercitar, há uma praça

de skate logo antes da Praia do Cruzeiro.

Mas se você quer ter uma boa surpresa, pela Rodovia

Governador Mário Covas direção norte, se encontra

o Rio Prumirim, que desemboca na praia com

o mesmo nome. Há uma pequena trilha que te leva

até a praia, mas é imperdível um banho de cachoeira.

Entre as rochas se formam pequenas piscinas que poderíamos

considerar até de jacuzzi natural, pois excetuando

a temperatura, a pressão da água relaxa todo

o seu corpo com uma massagem natural.

Gastronomia Caiçara

Você pode desfrutar desde os pratos tradicionais

da culinária caiçara, com temperos e sabores mais

tropicais, até requintadas propostas que misturam os

sabores regionais com os internacionais. No Litoral

Norte de São Paulo, o que não faltam são opções,

todo tipo de bares, restaurantes, lanchonetes e quiosques

para ter momentos prazerosos desfrutando da

tranquilidade litorânea. Na hora de almoçar, peixes

e frutos do mar não podem faltar na sua escolha. Em

Bertioga, por exemplo, uma boa opção é A Villa das

Ostras, que, além de um produto fresco e de qualidade,

oferece um visual espetacular para o Rio Itaguaré.

O cardápio é variado e, além do peixe do dia,

você tem casquinha de siri, moqueca de camarão,

e até opção para vegetarianos e veganos (recomendamos

o delicioso strogonoff de palmito). E que tal

um suquinho para se refrescar? Experimente o suco

da casa: o tradicional abacaxi com hortelã, mas

com uma novidade, pois é feito com água de coco,

então fica bem doce e vai sem açúcar. E atenção,

pois os pratos são muito bem servidos.

Em São Sebastião, uma boa dica é jantar no Restaurante

Badauê, que fica bem perto do Beco da

Mulher Maravilha e funciona todos os dias. A arquitetura

do local é feita de madeira com teto de palha,

bem charmoso e requintado. Além de peixe e

frutos do mar, é conhecido por servir um dos melhores

sushis da região. O dilema é se alguém que se

encontra no local pede pizza, pois o inconfundível

cheiro de massa feita no forno à lenha fará com que

você só possa pensar em experimentá-la. Além do

mais, a atenção é excelente, os garçons são atencio-sos

e sabem lhe indicar muito bem.

A Casa Brasileira é o centro cultural de arte e gastronomia

localizado no centro histórico de São Sebastião.

Nesse espaço, são valorizados os saberes

tradicionais, por meio de eventos que promovem

o artesanato e a memória cultural, cursos e oficinas.

Além de estar inserido em um casarão histórico (Rua

da Praia, 80), possui um restaurante especializado

em culinária brasileira: o Brasileira Gourmet. Sabores

deliciosos e uma apresentação impecável. O seu

Instagram vai bombar com as fotos dos pratos de lá.

FOTO: NATALIA BASTOS

21


SERVIÇO

CLIMA

O verão é a estação mais quente do ano, mas também é a

época mais chuvosa na região. Porém, no litoral norte, dá

para curtir as praias o ano todo, pois mesmo no inverno é

difícil as temperaturas ficarem abaixo dos 20ºC.

PASSEIOS

SÃO SEBASTIÃO

Maresias Tur – maresiastur.com.br

Marina Vitória – marinavitoria.com.br

Gonçalves Turismo – goncalvesturismo.tur.br

ILHABELA

Nature Experience – Guido Botto (12) 99106-5394 /

naturexperience.tur.br

Maremar Turismo – maremar.tur.br

COMO CHEGAR

De Campinas e do Vale do Paraíba, siga pela Rodovia dos

Tamoios. Saindo do Aeroporto de Guarulhos, são aproximadamente

180 km pela Rodovia Ayrton Senna até Caraguatatuba.

Outra opção a partir de São Paulo é seguir pela

Rodovia dos Imigrantes e começar o circuito por Bertioga:

são aproximadamente 2h até lá, mas vale a pena continuar

rasgando o norte do litoral, seguindo por São Sebastião,

Ilhabela, Caraguatatuba e Ubatuba. O litoral norte está conectado

pelas rodovias Imigrantes, Anchieta, Carvalho Pinto,

Ayrton Senna e Tamoios. A região também conta com

um bom serviço de ônibus, que pode ser feito com a companhia

Litorânea.

Badauê – restaurantebadaue.com.br

Brasileira Gourmet – brasileiragourmet.com

ILHABELA

Atelier do Tonhão – atelierdotonhao.com.br

CARAGUATATUBA

Restaurante Caiçara’s – restaurantecaicaras.com.br

Guaruçá Frutos do Mar –

facebook.com/guarucafrutosdomar

UBATUBA

Boulangerie e Rotisserie Croissant do Francês –

facebook.com/cafedamanhanapraia

Raízes – raizesubatuba.com

INFORMAÇÕES TURÍSTICAS

circuitolitoralnorte.tur.br

bertioga.sp.gov.br/turismo

turismosaosebastiao.com.br

turismoilhabela.com

turismocaragua.com.br

turismo.ubatuba.sp.gov.br

A jornalista viajou a convite do Circuito Litoral

Norte de São Paulo e SETUR-SP.

22

ONDE FICAR

BERTIOGA

Pousada Costa da Riviera – pousadacostadariviera.com.br

Indaia Praia Hotel – indaiapraiahotel.com.br

SÃO SEBASTIÃO

Pousada Portal do Cacau – portaldocacau.com.br

Pousada Toca da Praia – tocadapraia.com.br/novo

ILHABELA

Rede Velinn – velinn.com

Pousada Canto Bravo – pousadacantobravobonete.com.br

Hotel Praia do Portinho – hotelpraiadoportinho.com.br

Hotel Itapemar – itapemar.com.br

CARAGUATATUBA

Costa Verde Tabatinga – tabatingahotel.com.br/pt-br

Francis Hotel – francishotel.com.br

Hotel Costa Norte Massaguaçu –

hotelcostanortemassaguacu.com.br

UBATUBA

Itamambuca Eco Resort – itamambuca.com.br

Ubatuba Palace Hotel – ubatubapalace.com.br

ONDE COMER

BERTIOGA

Villa das Ostras – villa-das-ostras-o-colibri.business.site

SÃO SEBASTIÃO

FOTOS: © ISTOCK.COM


POUSADA & RESTAURANTE

CANTO BRAVO

“Pousada pé na areia na Praia do Bonete em Ilhabela, venha viver

esta experiência neste paraíso isolado de águas cristalinas!”

@pousadacantobravo +55 012 99683.4002

www.pousadacantobravobonete.com.br


QUAL VIAGEM

PELO BRASIL

Parques do Brasil entre os mais visitados

Os parques aquáticos brasileiros figuram com boa qualificação entre

os mais visitados de 2019, segundo lista divulgada em julho

pela Themed Entertainment Association (TEA/AECOM). De acordo

com a pesquisa, seis empreendimentos brasileiros se destacaram entre

os dez mais visitados da América Latina. Além disso, os dados

demonstram que, juntos, os parques receberam cerca de seis milhões

de visitantes no último ano. O Thermas dos Laranjais, localizado em

Olímpia (SP), é o primeiro colocado, assumindo posição de destaque

também no ranking mundial, em 5º lugar; no ranking latino-americano,

os brasileiros dominam a lista ocupando: o 3º lugar, com o Hot

Park, de Caldas Novas (GO), o 5º, com o Beach Park, de Aquiraz (CE),

7º com o Magic City, de Suzano (SP), 8º com o Thermas Water Park,

de São Pedro (SP), e 9º, com o Hot Beach de Olímpia (SP).

Informações: teaconnect.org

FOTO: DIVULGAÇÃO/ HOTPARK

24

Itaipu reabre

em Foz do Iguaçu

Após um período de quarentena restritiva, decretada

pelo governo do Estado do Paraná, o Complexo

Turístico Itaipu foi o primeiro atrativo de Foz

do Iguaçu a reabrir para visitação, em meados de julho.

Inicialmente, apenas a Visita Panorâmica segue

funcionando. Pouco a pouco, conforme o acompanhamento

do cenário epidemiológico, os demais

atrativos serão oferecidos. A retomada do turismo

da usina inaugura o movimento gradativo de reabertura

dos principais atrativos turísticos de Foz do

Iguaçu. Os demais devem retomar as atividades a

partir deste mês de agosto. A visita Itaipu Panorâmica

será feita de hora em hora, das 9h às 16h, com

ônibus que transportam os turistas atuando com a

capacidade reduzida pela metade.

Informações: turismoitaipu.com.br

FOTO: SKYTAKES / ÁRVORE FILMES

Itariri é destino

a ser explorado

turismo paulista conta com 140 municípios de interesse

turístico, onde cada região desponta como um

O

incrível destino turístico a ser explorado e possui atrativos

diferenciados que envolvem paisagens naturais, cachoeiras,

trilhas, cultura e história ricas em tradições. Vizinha

dos municípios de Peruíbe e Pedro de Toledo, Itariri, por

exemplo, está encravada no Vale do Ribeira, na Serra do

Mar. Com fácil acesso para quem sai da capital paulista,

o lugar se destaca pela peculiar biodiversidade da Mata

Atlântica que se mistura com o relevo acidentado dos

vales. Com várias opções para aproveitar o bioma da região,

o município se aproveita das belezas da Reserva da

Juréia Itatins. Por lá, é possível encontrar trilhas guiadas e

o rio do Azeite, que é propício para banho. As cachoeiras

também não ficam fora do menu de atrativos, com destaque

especial para Sete Quedas e Pedra da Moça.

Informações: amitesp.com.br

FOTO: MIGUEL SCHINCARIOL


QUAL VIAGEM

PELO BRASIL

Prado está pronta para receber turistas

Muito além das tradicionais canoas e jangadas coloridas,

os encantos de Prado confortam a rotina

agitada de turistas acostumados com a correria do dia

a dia. A cidade do litoral sul baiano é cercada de vasta

vegetação, muitos coqueiros e grandes falésias, além

de um clima tropical que favorece o turismo o ano inteiro.

A Praia do Novo Prado é uma ótima opção para

iniciar o roteiro. Ela possui clima de praia deserta, com

mar calmo e belos coqueirais. Outras praias como a da

Paixão, do Tororão e da Japara Grande não devem ser

deixadas de lado. Cada uma reserva uma peculiaridade

e uma beleza ímpar. Visitar o local também é uma

verdadeira aula de história brasileira, pois os turistas

têm a incrível experiência de conhecer pontos turísticos

como o Monte Pascoal, primeira porção de terra

avistada pelos portugueses quando chegaram no Brasil.

A dica de hospedagem é a Pousada Casa de Maria.

Informações: pousadacasademaria.com.br

FOTO: DIVULGAÇÃO


QUAL VIAGEM

PELO BRASIL

Fortalezas catarinenses concorrem a Patrimônio

Testemunhos do histórico esforço para a ocupação,

defesa e integração do território nacional, duas

fortalezas de Santa Catarina integram o conjunto das

19 fortificações brasileiras candidatas a Patrimônio

Mundial. Tombadas pelo Iphan desde 1938, as Fortalezas

de Santa Cruz de Anhatomirim e de Santo

Antônio de Ratones possuem arquiteturas monumentais

e começaram a ser construídas em 1739 e 1740,

respectivamente, sob o comando do primeiro governador

da Capitania de Santa Catarina, o engenheiro

e militar José da Silva Paes. As duas fortificações são

compostas por diversas edificações que serviam aos

diferentes usos da logística militar: lá estão baterias

de canhões em terraplenos, quartel da tropa, casa do

comandante, portada, paiol da pólvora, entre outras.

Informações: fortalezas.ufsc.br

FOTO: ACERVO IPHAN / EDU LLYRA

28


Ayubowan:

a incrível

viagem pela

história e

cultura do

Sri Lanka

FOTO: ©ISTOCK.COM / JOSE COSO ZAMARREÑO

“Ayubowan” (que você viva por

muito tempo)! É assim que turistas são

recebidos calorosamente no Sri Lanka

POR TATI SISTI


O

país, antigo Ceilão, fica na ponta sul da Índia

e, mesmo tendo alguma influência de lá, é único.

Sem dividir parede com outra nação, a ilha

banhada pelo Oceano Índico se moldou e se desenvolveu

de maneira genuína e autêntica.

Esbanja cultura, divide seu território entre praias de

areias brancas, montanhas verdejantes e muita vida

selvagem, além de ter sua história preservada, culinária

intensa - e apimentada - e chá... muito chá! O

país faz jus à fama de ser casa do melhor chá preto

do mundo, o ceylon tea.

Apesar de não estar no topo dos destinos desejo da

Ásia para muitos viajantes, o Sri Lanka vem conquistando

seu espaço no turismo. E você deveria conhecer.

O país é considerado um dos mais belos tesouros

da Ásia e, não por acaso, a Unesco já certificou 8

declarações de Patrimônio Mundial por lá.

Vivendo o nome histórico “Sarandip”, que deu a

palavra inglesa “Serendipity”, Sri Lanka é a terra do

acaso e das surpresas felizes. O país é simples, mas

extremamente rico em “coisas simples”, é receptivo e

tem um povo que te abraça com o olhar. Dificilmente

você vai cruzar com um srilankês que não te ofereça

um sorriso de graça.

Acima, ruína dentro da Cidade Antiga de Polonnaruwa.

À direita, as macacas que podem ser vistas soltas em

todas as cidades do Sri Lanka, e ao lado, o Templo

Dourado de Dambulla, Patrimônio Mundial da UNESCO.

As áreas de proteção do Sri Lanka cobrem 26,5% da

área total da ilha, incluindo reservas naturais, parques

nacionais, corredores florestais e santuários. Vinte e

um dos parques naturais são abertos para visitação e

as chances de avistar leopardos, urso-preguiça e uma

das quase 500 espécies de pássaros são grandes. Isso

sem falar nos elefantes. Sri Lanka tem a maior densidade

do animal em toda a Ásia.

Os cachorros disputam lugar com as macacas. Você

provavelmente vai se apaixonar pelos dois no primeiro

momento, mas seu sentimento vai amenizar

depois de certo convívio com o segundo deles. As

macacas estão praticamente em todos os cantos do

país. Parecem inofensivas em seus bandos, mas estão

sempre de olho na “próxima vítima”. Esconda bem

seus alimentos!

O Sri Lanka é destino para quem quer entender o

budismo, mesmo sem ser um estudioso ou religioso.

Esta, inclusive, é a religião predominante, com 70%

da população. Os 30% restantes se dividem entre o

Hinduismo, Islamismo e Cristianismo.

30


FOTO: @TRIPTOFOLLOW

Tire os sapatos e

vá com quem conhece

Sri Lanka é daqueles países que pedem um guia.

Principalmente se você quer conhecer mais profundamente

os templos religiosos e os sítios arqueológicos.

E no caótico trânsito de ruas e estradas que cortam o

país, é quase impossível assumir o volante e dirigir por

aí. A mão inglesa não é o que preocupa. Na verdade,

quase não há regras de trânsito e há mais tuk tuks do

que carros. A Ventours, receptivo especializado na região,

tem guias preparados para transformar sua viagem

turística em uma verdadeira viagem no tempo.

Antes de começar a viagem, tire os sapatos, cubra

os ombros e os joelhos e respeite Buda! É considerado

ofensivo tirar uma foto de costas para ele e só

é permitido entrar nos templos descalços e com as

roupas adequadas.

Durante a viagem, dê atenção às figuras esculpidas

nas paredes, as inscrições nas pedras - responsáveis

por contar boa parte da história da região – e as dezenas

de stupas, monumentos arredondados construídos

acima dos restos mortais ou pertences de pessoas

importantes. Elas estão por todas as partes, têm

portas, então ninguém nunca mais vê o que tem lá.

Habarana, cerca de 170 km da capital, Colombo, esconde

alguns tesouros. O primeiro deles é o Templo

dourado de Dambulla, Patrimônio da Humanidade

pela Unesco, acomodado em 5 cavernas que guardam

157 estátuas de Buda, muitas pinturas e adornos

nos tetos e paredes que enfatizam os talentos artísticos

antigos. Foi nesse templo que o antigo rei do Sri

Lanka, Valagam Bahu, no século II, se refugiou quando

a Índia estava tentando tomar a região. Os monges

que habitavam a área o ajudaram a se esconder e,

em forma de gratidão, o rei construiu o templo.

Outro destaque é uma figura colossal do entalhe recortado

de Buda na rocha, representando sua morte,

com cerca de 15 metros de comprimento. Se você for

sensitivo, prepare-se para a energia desse lugar.

FOTO: ©ISTOCK.COM / JELIVA

FOTO: ©ISTOCK.COM / KANZILYOU


Ao lado, o Real Palácio do rei

Parakramabahu, na Cidade Antiga

de Polonnaruwa. Abaixo, o Antigo

complexo monástico fundado por

Parakramabahu 1, que reinou entre

1153 e 1186. À direita inferior,

as estupas são construídas em

cima de restos mortais ou objetos

pessoais de pessoas importantes.

Cidade Antiga

de Polonnaruwa

A Cidade Antiga de Polonnaruwa reúne ruínas que

retratam um passado poderoso. Após a queda da

primeira capital (Anuradhapura) em 993, Polonnaruwa

foi nomeada como a segunda capital do Sri

Lanka. Foi redescoberta no século 19 pelos britânicos

e hoje é um dos pontos mais procurados por turistas

no Sri Lanka.

É um lugar para se conhecer com calma e, por que

não, de bicicleta. Mais uma atração classificada como

Patrimônio da Humanidade pela Unesco, tem dimensões

que impressionam e antigas construções inseridas

na natureza que criam cenas únicas.

As ruínas com cerca de mil anos estão em notável

estado de conservação. Destaque para o Vatadage,

no Quadrilátero Sagrado de Polonnaruwa, que tem a

famosa câmara religiosa, uma das únicas construídas

em formato circular com pedras milimetricamente

posicionadas ao redor de Buda.

Pedale até o Palácio Real, que fica no extremo sul

das ruínas de Polonnaruwa, com ruínas da Sala de

Audiência do rei Parakramabahu e de um prédio que,

diz a lenda, tinha 7 andares, hoje representado por

48 colunas ornamentadas.

Conheça o imponente e mais impressionante Templo

Lankatilaka. Esta é uma das estruturas mais emblemáticas

do antigo reino de Polonnaruwa, formado

por duas grandes paredes com uma espessura de 4

metros e altura de 17 metros que formam um corredor

estreito que leva a uma estátua de Buda, atualmente

sem cabeça.

Passe por Gal Viharaya, templo de rochas do século 7

com estátuas de Buda esculpidas em uma única rocha

de granito, e termine o passeio na Kiri Vehera Stupa,

uma das maiores stupas que sobrou da cidade antiga.

32


FOTO: @TRIPTOFOLLOW

Encontro com

gigantes asiáticos

O encontro com os famosos elefantes do Sri Lanka

em estado selvagem pode ser mais fácil durante a

visita à um dos Parques Nacionais como Minneriya,

Hurulu e Kaudulla.

O passeio é feito em um jeep 4x4 por uma rota

incerta que deixa turistas em alerta buscando os gigantes.

Em Kaudulla a tarefa não é tão difícil, já que

os animais se agrupam em manadas distribuídas por

diversos pontos do parque nacional.

Kaudulla era um dos 16 tanques de irrigação construídos

pelo rei Mahasen para fins agrícolas. Após um

período de abandono, foi reconstruído em 1959 e

convertido em Parque Nacional em 2002.

Durante o safári ainda é possível que outros animais

cruzem o caminho, como búfalos, cervos de Ceilão,

répteis, leopardos – que raramente dão o ar da graça

- e urso-preguiça.

FOTO: ©ISTOCK.COM / ALEX1975K

FOTO: ©ISTOCK.COM / NEDILKO


FOTO: @TRIPTOFOLLOW

Acima, Safári pelo Kaudulla National Park.

Os gigantes de pele enrugada e olhar doce provavelmente

vão estar lá. Não esperando pelos turistas, mas

sim vivendo sua rotina, secando seu capim, balançando

suas enormes orelhas e acompanhados de filhotes

simpáticos interagindo entre eles.

O templo na Pedra do Leão

Pular da cama quase antes do sol nascer é quase

uma ordem para quem visita mais um Patrimônio da

Humanidade, a Cidade Antiga de Sigiriya, localizada

entre as cidades Dambulla e Habarame. Ela foi construída

no século V, no topo da Pedra do Leão, como

palácio do rei Kasyapa.

Esta é uma obra intrigante da engenharia, considerando

que toda a construção fica no cume da rocha,

formada a partir do magma de um antigo vulcão, a

cerca de 370 metros acima do nível do mar, com 1,6

hectares e uma bela vista para o vale. Para chegar ao

topo é necessário subir 1200 degraus irregulares e cruzar

passarelas encoberta pelas nuvens, responsáveis

por deixar o lugar ainda mais místico e misterioso Hora

ou outra elas escondem a silhueta majestosa do leão.

No meio do caminho, duas grandes patas de leão

esculpidas na pedra e em perfeito estado de conservação

recepcionam a caminhada para o topo.

Lá do alto, além do surpreendente visual, as ruínas do

palácio chamam atenção. O trono está quase intacto,

assim como os gigantes buracos que serviam como piscina

do castelo. Também é possível observar alguns poemas

e pinturas que retratam pessoas e rituais da época.

Não é por acaso que Sigiriya é um dos monumentos

mais visitados no Sri Lanka.

Antes de partir...

A última parada na região de Habarana é o Maha

Bodhi. A stupa atualmente é muito frequentada pelos

locais e seguidores do budismo exatamente por

guardar relíquias de Buda.

O fim da tarde é o horário perfeito para quem quer

acompanhar de perto algumas cerimônias e rituais de

veneração à Buda, com entrega de flores, música ao

vivo e, claro, pés descalços.

Lá também fica um dos lugares mais importantes

do budismo no Sri Lanka. O templo foi construído em

torno da mais antiga árvore sagrada datada de 2 mil

anos atrás, a Árvore Bodhi (ou Ficus religiosa), sob a

qual Buda alcançou a iluminação aos 35 anos. Este é

um braço da árvore original trazido da Índia.

34


FOTO: ©ISTOCK.COM / SAMANWEERATUNGA

FOTO: @TRIPTOFOLLOW

O dente de Buda

e a dança típica

Kandy, última capital dos reis do Sri Lanka, merece

um passeio de tuk tuk que corta as ruelas e desafiam

o trânsito da cidade montanhosa, arborizada, mas

que vai na contramão da tranquilidade esperada de

uma civilização construída ao redor de um belíssimo

lago artificial.

Caminhar pelo centro da cidade sem grandes planos

pode ganhar um charme a mais se acompanhado

de um anfitrião que viu a evolução do local e que

é responsável por mostrar os cantos mais escondidos

e as histórias mais surpreendentes da região. Kandy

preserva alguns métodos de trabalhos antigos e muitos

podem ser observados caminhando pelas ruas,

desde ourives até barbeiros. Esse é um passeio exclusivo

da Ventours.

A caminhada continua pelo Templo da Relíquia do

Dente Sagrado, listado como Patrimônio Mundial da

Unesco desde 1988. Este é o templo mais importante

do país e um dos mais importantes para todo o budismo

mundial. É nele que está guardado uma das

principais relíquias de Buda, o dente. O canino é um

dos mais importantes para a fala e, consequentemen-

Ao centro e no detalhe acima, Sigiriya é a antiga

capital do Sri Lanka e foi construída sobre um

rochedo de granito e elevando-se a 370 metros.

te, é o dente que recebeu a maioria das palavras que

saíram da boca de Buda.

O templo é rico em detalhes, artes e protegido por

dentes de elefantes. Raramente algum turista verá de

fato o dente de Buda, já que ele fica fechado a 7

chaves - literalmente - em cofres localizado na área

central do local, adorado por ouro.

Um pouco de natureza no meio da agitada Kandy...

O Royal Botanical Gardens tem cerca de 60 hectares,

está a 472 metros acima do nível do mar e reúne espécies

da flora de todo mundo tropical. Ele era reservado

para a realeza da cidade, mas hoje em dia todos

podem caminhar por uma alameda impressionante

de palmeiras reais, conhecer a coleção de orquídeas

ou as mais de 4 mil espécies de plantas, sendo muitas

delas medicinais.

A tradicional Kandyan dance ainda é mantida culturalmente

no desenvolvimento das crianças da região.

E por que não fazer uma aula? Vá preparado: a dança

inclui pés no fogo com trajes elaboradas e coloridos

ao som de percussão. Os tambores mais comuns

são o Geta Beraya e Yak Beraya.

35


Ao lado, uma cerimônia no Templo da Relíquia do Dente,

um dos mais importantes do país. Abaixo, o Tuktuk

que é o meio de transporte mais comum no Sri Lanka.

FOTOS: @TRIPTOFOLLOW

Jami Ul-Alfar Mosque, uma

das mesquitdas mais antigas

da capital Sri Lanka, também

conhecida como red Mosque.

De volta à capital

Colombo, a capital do Sri Lanka, é a região mais desenvolvida

do país. Banhada pelo mar, abriga prédios altos,

hotéis de luxo, redes de fast-food, shoppings e lojas internacionais.

Lá está a famosa e icônica Mesquita Vermelha

(Jami-Ul-Alfar) e o maior e mais velho santuário

hindu da cidade e o também conhecido como Templo

Sri Kailawasanathan Swami Devasthanam Kovil. Ambos

se destacam em uma avenida movimentada e cheia de

lojas que se assemelha à 25 de março, em São Paulo.

Vale visitar o Templo Gangaramaya, um dos mais

importantes da cidade já que recebe muitas doações

de outros templos e países. Por isso ele tem bastante

influência chinesa e hindu, guarda relíquias e também

pode ser considerado um museu devido a quantidade

de peças e os incontáveis Budas.

Uma das relíquias mais importantes que fica ali é um

pedaço do cabelo de Buda. Desta vez, visível, apesar

de guardado em uma estrutura de vidro e ouro. Parte

do templo fica no lago da cidade.

QUANDO IR – Sri Lanka tem um clima tropical e pode ser visitado

durante todo o ano.

DOCUMENTOS – Sri Lanka exige visto para os brasileiros, e

pode ser emitido online.

QUEM LEVA – Cays Turismo, Kangaroo Trade, Version Unique

e Ventours.

36

FOTO: ©ISTOCK.COM / EFESENKO

Tati Sisti

@triptofollow

triptofollow.com

Facebook: /triptofollow.official


QUAL VIAGEM

PELO MUNDO

Temporada da baleia Franca no Uruguai

temporada de observação de baleia Franca já começou no

A Uruguai. Além dos clássicos saltos e sopros do enorme mamífero

que podem ser vistos a poucos metros da costa, agora uma

escultura presta homenagem aos cetáceos. Desenhada pelo artista

uruguaio Raúl Sampayo ela foi construída com restos do hotel

San Rafael demolido há pouco tempo. Inaugurada em junho, a

obra está na Parada 35 da Praia Brava, em Punta Del Este. As

cidades de Maldonado e Rocha são os principais pontos do Oceano

Atlântico onde a baleia Franca nos visita em busca de águas

tranquilas e mais quentes para se reproduzir. Diferentes empresas

privadas oferecem excursões em barco que partem desde o porto

de Piriápolis. A temporada no país vizinho vai até novembro.

Informações: turismo.gub.uy

FOTO: ALVARO PEREZ TORT E DIEGO RUBIO / DIVULGAÇÃO

38

Turistas descobrem

o Alentejo pedalando

Considerada uma das regiões mais belas de Portugal,

o Alentejo apresenta cenários inesquecíveis. Cada vez

mais ciclistas e cicloturistas escolhem explorar o destino

português de bicicleta. A topografia suave e estradas excelentes

com poucos carros garantem passeios seguros e

sem grandes dificuldades. No roteiro estão planícies, colinas

ondulantes, vinhedos a perder de vista e belíssimas

praias. Outros atrativos são a incrível gastronomia e o famoso

vinho alentejano. Alguns produtores estão estabelecidos

há mais de 700 anos na região. Outra vantagem é a diversidade

hotelaria de charme rural onde estão inclusive antigas

casas senhoriais, conventos e castelos transformados em

pousadas históricas. A Live Love Ride – Portugal Bike Tours

é a empresa que opera viagens de bicicleta no Alentejo.

Informações: turismodoalentejo.com.br | portugalbiketours.com/pt-pt/

FOTO: LIVE LOVE RIDE/DIVULGAÇÃO

Anguilla é eleita

Melhor Ilha do Caribe

Pelo quarto ano consecutivo, Anguilla aparece em

primeiro lugar na lista do Prêmio Melhores do

Mundo 2020 da Travel+Leisure que elege as melhores

ilhas do Caribe. O destino também figura em

segundo lugar no ranking de ilhas mais românticas

do mundo e na 7ª colocação entre as 25 melhores

ilhas do mundo - a única do Caribe. Os leitores da

publicação classificaram as ilhas com as seguintes

características: atrativos naturais, praias, atividades,

pontos turísticos, restaurantes, gastronomia,

pessoas, simpatia e custo-benefício. O destino caribenho

combina 33 praias espetaculares, cozinha

fabulosa, resorts boutique impressionantes e hospitalidade

genuína. A ilha é facilmente acessada através

de Porto Rico ou St. Maarten.

Informações: ivisitanguilla.com

FOTO: DIVULGAÇÃO


Contra a Covid-19, Turquia oferece seguro de saúde

Para manter os visitantes protegidos do novo

coronavírus, o governo da Turquia lançou o

Programa de Certificação de Turismo Seguro. Turistas

estrangeiros agora contam com um seguro

de saúde com cobertura para a Covid-19 durante

toda a viagem – avião, aeroporto, transferências,

hotéis etc. O seguro cobre custos médicos de até

3, 5 e 7 mil euros e tem preços de 15, 19 e 23 euros,

respectivamente. Eles podem ser adquiridos

juntos as companhias aéreas contratadas, pontos

de venda antes do controle de passaportes, operadores

turísticos e canais on-line.

Informações: trt.net.tr/portuguese

FOTO: ROBERTO MAIA

Chile prepara

reabertura do turismo

Os órgãos responsáveis pelo turismo do Chile anunciaram

os novos protocolos sanitários e práticas que restaurantes,

hotéis e demais acomodações turísticas deverão

adotar para retomar as atividades pós-pandemia. No momento,

podem ser aplicados em regiões e municípios onde

o contágio é baixo e a circulação está liberada. As medidas

visam preparar a indústria do turismo para enfrentar a

reativação do setor, uma vez que tenha passado o pico de

contágio no país. O objetivo é proteger a saúde tanto de

trabalhadores quanto dos turistas. Em um segundo estágio,

serão disponibilizadas recomendações para segmentos

como centros de esqui, eventos corporativos, agências

de viagens, operadores turísticos, guias, turismo de aventura

e rural, vinícolas e áreas de proteção ambiental.

Informações: chile.travel

FOTO: CHILE TRAVEL/DIVULGAÇÃO

Itália, terra de aventura

Embora ainda inacessível aos brasileiros por causa

da pandemia do novo coronavírus, a Itália oferece

inúmeras e surpreendentes oportunidades para

quem curte viagens dedicadas a esportes e atividades

físicas bem como quer estar em contato direto

com a natureza em qualquer época do ano. As inúmeras

marinas e portos italianos e as várias organizações

turísticas oferecem oportunidades para a

prática de windsurf, kitesurf, natação, vela, barco a

motor, esqui aquático, ciclismo, caminhada, cavalgada,

rafting e caiaque ao longo de riachos e corredeiras,

pesca nas águas cristalinas de rios e lagos,

parapente e asa delta sobre paisagens espetaculares.

O país também é o cenário perfeito para quem

não vive sem o golfe e outros esportes ao ar livre.

Informações: italia.it

FOTO: DIVULGAÇÃO

39


PELO MUNDO

QUAL VIAGEM

Preciosa região

vinícola da Alemanha

pequena região vinícola de Hessische Bergstrasse,

no estado de Hesse, é uma das mais preciosas

A

da Alemanha. E o segredo está nos diversos tipos de

solo do destino, que proporcionam uma variedade de

vinhos especiais que só são consumidos e comercializados

localmente. O vinho branco domina e as variedades

do Riesling ocupam mais da metade da área

cultivada, seguida de Grauburgunder (Pinot Gris),

Weißburgunder (Pinot Blanc), Müller-Thurgau e Silvaner.

Entre os tintos estão as Blauer Spätburgunder,

Saint Laurent, Dornfelder e outras. Gewürztraminer,

Chardonnay, Merlot e Cabernet Sauvignon também

são encontradas na área. Nas cidadezinhas nas imediações

o caminho é ladeado por castelos, palácios,

residências e mosteiros. A arquitetura e atmosfera remetem

à riqueza da Idade Média e lembram os tempos

dos cavaleiros medievais, senhores feudais e reis.

Informações: germany.travel

FOTO: GERMANY TRAVEL/DIVULGAÇÃO

Ilhas Bahamas

lançam aplicativo

The Islands of The Bahamas” é o nome do aplicativo

para dispositivos móveis que fornece recursos

fáceis para que viajantes possam planejar uma visita

às ilhas na região do Caribe. Ele é gratuito e entre

os principais recursos estão guias para download,

processamento de solicitações de voos fretados e

recomendações com base na localização geográfica

do usuário no país. Entre as ferramentas também

há ofertas atuais, posts do blog Bahamas.com, um

mapa interativo e as principais atividades de aventura,

relaxamento ou romance. São 16 as ilhas principais,

sendo que cada uma oferece experiências tropicais

que vão desde o luxo de Nassau Paradise Island

até a privacidade das Out Islands. O app reúne detalhes

e recursos de reservas para hotéis, atividades,

eventos e transporte, além de clima e temperatura.

Disponível para dispositivos Android e IOS.


Informações: bahamas.com

FOTO: DIVULGAÇÃO

Complexo expande a disponibilidade de atrações

NASA Kennedy Space Center expandiu a disponibilidade de atrações

O para os visitantes. Estão reabertos o Shuttle Launch Experience, o

IMAX Theater e os pré-shows do Space Shuttle Atlantis, além de Heroes

& Legends, apresentando o U.S. Astronaut Hall of Fame da Boeing. Estão

sendo oferecidas novas opções de refeições e todas as áreas e atrações

têm uma capacidade máxima. Também está disponível o novo pacote

“Explore More” que inclui um outro ingresso complementar para retorno

em 2021 ao preço de US$ 57 (adultos) e U$$ 47 (crianças de 3 a

11 anos). As visitas têm limitação no número de pessoas e incentivo à

compra antecipada de ingressos. Funcionários e visitantes devem usar

máscaras faciais e passar pela triagem de temperatura, além de manter

distanciamento social em filas, restaurantes, áreas de exibição de espetáculos

e outras instalações. O complexo localizado próximo de Orlando,

na Flórida, continua operando com horário reduzido das 10h às 16h.

Informações: kennedyspacecenter.com

FOTO: DIVULGAÇÃO

40


QUAL VIAGEM

SUPERdica

Algarve

loucosporviagem

facebook.com/loucosporviagem2014

loucosporviagem.com

Por Fabiane F. Gama

REGIÃO DE PRAIAS FAMOSAS

Localizada ao sul de Portugal, por lá encontramos praias

paradisíacas cercadas por falésias, ótimos restaurantes

e hotéis charmosos. O ideal é ficar pelo menos

de 7 a 10 dias na região.

RESTAURANTES IMPERDÍVEIS

O Quinta dos Santos (jantar com vista para os vinhedos),

o Bon Bon (uma estrela Michelin), o Algar (sobre

as falésias de Benagil), o Caniço (reserva imprescindível

para almoçar nesse delicioso restaurante pé na areia)

são sugestões que não podem faltar no seu roteiro.

CARVOEIRO

A melhor base para explorar o Algarve, Carvoeiro fica a

2h30 do aeroporto de Lisboa e a 2h do aeroporto do Faro.

As principais atrações algarvias ficam muito próximas dessa

vila portuguesa, sendo fácil o acesso de carro, Uber ou

até mesmo a pé para quem gosta de caminhar. O melhor

hotel é o Tivoli Carvoeiro, localizado no topo de uma bela

falésia. O hotel tem spa e uma charmosa piscina externa,

além do SKY Bar no rooftop, perfeito para tomar um drinque

durante o pôr do sol.

AS MELHORES PRAIAS

São a da Marinha, Benagil (não deixe de fazer também

o passeio de barco ou caiaque até a gruta Benagil),

Carvalho, Vale de Centeanes, Carvoeiro e Caneiros. Estique

até Lagos, que fica a 1h de carro ou de ônibus

de Carvoeiro, e conheça as praias Dona Ana e Camilo,

além da Ponta da Piedade.

41


QUAL VIAGEM

SUPERdica

Presidente

Figueiredo

viajandocomgabi

viajandocomgabi

viajandocomgabi.com

Por Gabriela Valverde

Viajando, fotografando e

contando tudo pra vocês.

Uma paixão que virou profissão.

Vem comigo!

viajandocomgabi

viajandocomgabi

DIVERSAS

CACHOEIRAS

Um lugar com mais de 100

cachoeiras catalogadas para

conhecer e uma energia

incrível! É assim que eu

definiria Presidente Figueiredo,

uma pérola a ser conhecida

em uma viagem

para o Amazonas. Distante

133 quilômetros de Manaus,

dá pra fazer uma

daytrip, mas recomendo

mesmo é ficar duas noites

e explorar as belezas da região,

que não são poucas.

A dica é ficar no Local Hostel,

que tem quartos privados

ou compartilhados.

CACHOEIRA NATAL

No segundo dia indico fazer trilha até a Caverna Refúgio

do Maroaga, que tem mais de 400 milhões de

anos. A trilha circular tem 2,5 quilômetros, dura de

duas a três horas, e pode ser feita numa manhã tranquilamente.

E a tarde pode combinar com a Cachoeira

Natal ou Lagoa Azul, lugar bem famoso e turístico,

além de bem bonito para as fotos.

CACHOEIRA

DA NEBLINA

Para um roteiro de dois

dias, sugiro começar

com a trilha de 12,5 quilômetros

(ida e volta)

com nível médio de dificuldade

para conhecer

a Cachoeira da Neblina

que é lindíssima. E depois

combinar com a

Cachoeira da Pedra Furada,

para lavar a alma.

CACHOEIRA

IRACEMA

Outra opção é fazer o

roteiro pela Cachoeira

Iracema, Lagoa Azul

e a Cachoeira Santuário

– a minha preferida.

Dizem ser muito

turística, mas quando

fui estava vazia. Alguns

lugares podem

ser perigosos, então é

preciso respeitar a sinalização

para não escorregar.

Então aí fica

minha sugestão de

duas noites/três dias

em Presidente Figueiredo.

Fiz tudo com a

agência Iguana Tour

e recomendo.


SUPERdica

QUAL VIAGEM

Maresias

@monique_trips

Monique Trips

facebook.com/moniquetripss

moniquetrips.com

Por Monique Miranda

RAPEL

Distante cerca de 200

quilômetros da capital

paulista, no litoral

Norte, Maresias e seus

arredores têm muito

mais que praias lindas.

Desfrute também das

cachoeiras, faça voo livre,

rapel, trilhas e mergulho,

além de aproveitar

ótimos restaurantes.

Recomendo os

passeios guiados com

a @maresiastur.

ONDE FICAR?

Localizada a apenas 5 minutos de caminhada da

praia, a aconchegante Pousada Toca da Praia recebe

muito bem seus hóspedes em quartos novinhos

e confortáveis. Na área externa há uma bela

piscina e, como mimo, disponibiliza cadeiras e

sombrinhas de praia.

TRILHA DAS SETE QUEDAS

Dentre as belas cachoeiras da região, destaco

a das Sete Quedas, que só foi aberta ao público

em dezembro 2018. Para encontrá-la é

necessário percorrer uma agradável trilha com

nível médio de dificuldade em aproximadamente

30 minutos.

CANTO DO MOREIRA

Para quem quer conhecer mais do que as badaladas

praias, onde o primeiro brasileiro campeão mundial da

WSL (World Surf League), Gabriel Medina, pegou suas

primeiras ondas, visite o Canto do Moreira. Além de linda,

essa praia de águas calmas e tranquilas tem piscinas

naturais. Um convite para curtir e relaxar com a família.

43


QUAL VIAGEM

SUPERdica

Chapada

dos Veadeiros

@modoferias

facebook.com/modoferias

modoferias.com.br

Por Jaqueline Nunes

TRILHA DOS SALTOS

Na trilha de 11 quilômetros é possível conhecer

o mirante dos Saltos do Rio Preto, observar

paisagens deslumbrantes, nadar em cachoeiras

belíssimas e, por último, relaxar nas águas

calmas das corredeiras do Rio Preto. O nível

do percurso completo é pesado, com muitas

subidas e declives acentuados.

NATUREZA SELVAGEM EM GOIÁS

A natureza selvagem, os belíssimos cânions e a

aura mística que envolve a Chapada dos Veadeiros,

em Goiás, atraem visitantes ávidos por uma experiência

intensa com o meio ambiente. O lugar é um

verdadeiro santuário ecológico e abriga diversas

nascentes, rios, serras, flores endêmicas, planaltos

e águas termais.

CACHOEIRA CANDARU

Localizada a 22 km de Cavalcante, o acesso

é feito por uma trilha de quatro quilômetros

sem qualquer tipo de sinalização. Por

esse motivo, é indicado fazer a trilha com o

acompanhamento de um guia local. O ponto

positivo é poder

curtir a cachoeira

sem grandes

aglomerações, já

que a atração não

é tão turística. O

cenário formado

pela queda d’água

é impressionante.

Suas águas cristalinas

são um convite

para um refrescante

banho.

FAZENDA SÃO BENTO

A Fazenda São Bento está

localizada na estrada entre

as vilas de São Jorge

e Alto Paraíso de Goiás.

A charmosa propriedade

particular abriga três cachoeiras:

Almécegas I, Almécegas

II e São Bento.

Todas lindas, sendo a primeira

a mais fascinante. O

poço formado pela queda

d’água é bem fundo,

proporcionando um banho

maravilhoso em suas

águas límpidas.

DESTINO MÍSTICO

O misticismo é um dos grandes atrativos do

destino. Além de diversos fatores que reforçam

a crença mística, a Chapada dos Veadeiros é

cortada pelo Meridiano 14, o mesmo que passa

por Macchu Picchu (Peru), além de outras cidades

sagradas. Cristais e formações rochosas

de mais de 1 bilhão de anos formariam um ponto

de convergência de energia, atraindo pessoas

de todos os cantos desse planeta e de outros.


QUAL VIAGEM

SUPERdica

Pantanal

viagenseoutrashistorias

facebook.com/viagenseoutrashist

viagenseoutrashistorias.com.br

Por Flávia Ribeiro

O SEGREDO MAIS BEM

GUARDADO DO BRASIL

Você sabia que o Pantanal é a maior planície alagável

do planeta? A área cobre mais de 210 mil km² e já foi

eleita Patrimônio Mundial Natural e Reserva da Biosfera

pela UNESCO. É considerado um dos melhores

lugares do mundo para observação da vida selvagem,

com uma biodiversidade incomparável. São pássaros

lindíssimos, tamanduás, raposas, capivaras, macacos,

lontras, peixes, cobras e muitos jacarés. O ponto alto

pra mim foi o encontro com a onça-pintada.

O QUE FAZER NO PANTANAL

Uma das coisas mais legais é acordar cedo para apreciar

o amanhecer pantaneiro, observar os primeiros

raios de sol e ouvir o som das aves que despertam para

um novo dia. Outro passeio que eu amei foi andar a cavalo

dentro de um rio repleto de jacarés. Cavalgamos

entre campos alagados e avistamos muitas revoadas

de garças e tuiuiús. O Araras Eco Lodge, hotel onde me

hospedei, do selo Roteiros de Charme, oferece diversas

atividades e safáris fotográficos, inclusive a navegação

por rios para a focagem da onça pintada.

COMO CHEGAR NO PANTANAL

O Pantanal é dividido nas regiões Norte e Sul, e está

presente nos estados do Mato Grosso e do Mato

Grosso do Sul. Dessa vez fui conhecer o Pantanal

Norte que fica a 2 horas ao sul de Cuiabá. Aluguei

um carro e dirigi 100 quilômetros até Poconé, depois

mais 35 quilômetros pela Estrada Parque -

Transpantaneira, onde já começou meu safari.

ENCONTRO COM A ONÇA-PINTADA

Um dos melhores locais para observação da onça-pintada

no Pantanal é o Parque Estadual Encontro das

Águas, localizado no encontro dos rios Cuiabá e Piquiri,

na região de Porto Jofre, uma reserva com 100

mil hectares. É incrível poder avistá-las no seu próprio

habitat com total segurança e conforto. Elas ficam

nas margens do rio e a expedição é feita em lanchas

próprias para o safari fluvial. A melhor época é quando

o rio está começando a baixar, entre junho e julho.

Nesse período, a beleza intocada do Pantanal começa

a se revelar e mais espécies podem ser observadas.

45


BONITO

Mas pode

chamar de lindo,

divino e maravilhoso!

46


FOTO: ©ISTOCK.COM / VBACARIN


Paraíso de águas cristalinas e

paisagens naturais exuberantes, o

destino sul-mato-grossense descobriu

no ecoturismo e na preservação do

meio ambiente o seu maior patrimônio

POR ROBERTO MAIA

FOTO: BONITO / MS / HUDSON GARCIA


FOTO: BONITO / VISITMS / DIVULGAÇÃO


FOTO: BONITO / MS / FLÁVIO ANDRÉ

As paisagens naturais, os rios de águas cristalinas,

as cachoeiras e grutas de visuais impressionantes

e, principalmente, a consciência da

preservação e da sustentabilidade são os maiores patrimônios

de Bonito, no Mato Grosso do Sul. A cidade

é considerada um dos principais polos de ecoturismo

do Brasil e reconhecida mundialmente. Junto

com outros municípios, integra o complexo turístico

do Parque Nacional da Serra da Bodoquena. Com critérios

rigorosos para a visitação dos seus principais

atrativos, o destino atraiu, em 2019, cerca de 209,5

mil visitantes de todas as partes do país e do exterior.

Visitar Bonito requer planejamento. É diferente de

outros destinos onde os turistas chegam e munidos

de um mapa decidem o que irão visitar dentro do

tempo disponível. Lá não funciona assim! É impossível

uma pessoa chegar e se dirigir para uma localidade

qualquer na região sem que esteja acompanhada

por um guia credenciado. E os vouchers têm que ser

comprados com bastante antecedência porque cada

um dos atrativos possui um número limitado de visitantes

diários. E os preços são tabelados. Portanto,

em Bonito você não irá encontrar agências e guias

abordando turistas para venderem seus serviços.

Mas a cidade sul-mato-grossense não atrai apenas

À esq., uma das muitas cachoeiras de águas cristalinas

que enfeitam as exuberantes paisagens naturais da

região; acima, a Praça da Liberdade no centro da cidade

de Bonito com o seu peixe símbolo, a piraputanga.

aventureiros loucos por atividades radicais e adrenalina.

Bonito e municípios vizinhos reúnem atividades

para todos os gostos e para toda a família, inclusive

para quem procura momentos tranquilos de contemplação

dos magníficos santuários naturais espalhados

pela região. Caminhadas através de trilhas de diferentes

graus de dificuldades, cavalgadas, passeios de bicicleta

e observação de pássaros também compõem o

vasto leque de atividades.

Turismo consciente

O precursor da ideia de preservação foi Sérgio Caverna,

nome pelo qual é conhecido o mais antigo

dos guias da cidade. Há muitos anos ele defendia a

necessidade de se explorar o turismo local com consciência.

O apelido ele ganhou quando levava turistas

para visitar a incrível Gruta do Lago Azul, considerada

a principal atração natural da região. Ele foi o primeiro

condutor de turistas na região, em uma época em

que não existiam guias de turismo. Com a regulamentação

da profissão, se formou na primeira turma

de guias realizado em Bonito.

51


FOTO: ROBERTO MAIA

52

Essa história premiada teve início na década de

1970. Segundo contam por lá, após um incêndio na

mata, um peão de uma fazenda descobriu um grande

buraco no chão com mais de 70 metros de profundidade.

Batizado de Abismo Anhumas, tinha em

seu interior um imenso lago de águas límpidas e uma

maravilhosa formação de estalactites.

Na mesma época surgiram outros locais de grande

beleza natural como a deslumbrante Gruta do Lago

Azul, além de cavernas, cachoeiras e rios de águas

transparentes e repletos de peixes coloridos. Rapidamente

a cidade ganhou fama e nos anos seguintes

passou a receber um grande número de turistas interessados

em conhecer a beleza natural do lugar.

O volume de visitantes aumentou ainda mais após

a veiculação de uma matéria na TV Globo, o que colocou

em risco o futuro sustentável da cidade como

destino turístico. Com o sinal de alerta ligado, o instinto

de preservação falou mais alto. Assim, em meados

dos anos 1990, um plano de gestão e manejo foi

desenvolvido entre o poder público e o setor privado.

O objetivo era propor regras para a exploração do

ambiente natural de maneira racional e controlada.

Especialistas realizaram estudos minuciosos na região

e estabeleceram qual seria o número máximo de

Acima, uma das dez cachoeiras da Estância Mimosa,

local que também conta com trilhas, mirantes e

piscinas naturais; à dir., rapel para descer até o lago no

Abismo Anhumas, um buraco no chão com 72 metros de

profundidade e iluminado apenas por fendas entre as rochas.

visitantes em cada uma das atrações para não causar

danos a elas. Para que o plano pudesse dar certo, a

fiscalização e o controle passaram a ser rigorosos. Os

vouchers reservados com antecedência e comprados

diretamente nas agências de turismo credenciadas

substituíram o dinheiro vivo e os ingressos. Estava,

assim, arquitetada a fórmula do sucesso de Bonito

como destino turístico.

Ao perceberem que poderiam lucrar com o turismo,

muitos fazendeiros passaram a reservar o melhor de

suas propriedades para a visitação pública. Trilhas planejadas

surgiram em meio às matas, cachoeiras, cavernas

e cachoeiras passaram a ser utilizadas para a prática de

rapel. Verdadeiros aquários naturais, os rios passaram a

ser explorados para atividades de flutuação, mergulho,

rafiting e boia cross. Circuitos de arvorismo foram criados.

O artesanato indígena das tribos terena e kadiwéu

ganhou valor e as refeições tipicamente caseiras preparadas

em fogões à lenha viraram concorridas atrações.

Investimentos em empreendimentos hoteleiros, restaurantes

e lojas foram consequência natural.

FOTO: BONITO / MS / HUDSON GARCIA


Uma das mais concorridas atrações de

Bonito, a boia cross no Rio Formoso com

suas corredeiras e cachoeiras é garantia de

diversão, aventura e muita adrenalina.


FOTO: BONITO / VISITMS / DIVULGAÇÃO


Águas cristalinas

Bonito é o centro de uma região que reúne outros

municípios, que juntos oferecem mais de 40 opções

turísticas. Os rios da região estão entre as principais

atrações do destino. Suas águas translucidas encantam

os visitantes seja em flutuações, mergulhos ou

atividades como rafiting e boia cross. Eles têm origem

em rochas calcárias o que lhes dão características peculiares

como a incrível transparência. Os principais

rios são o Formoso, Prata, Perdido, Mimoso, Peixe,

Anhumas, Olaria e Miranda. Ao longo do curso de

cada um deles também estão cachoeiras de grande

beleza, tamanhos e volume de água.

As águas cristalinas de Bonito e região encantam os visitantes seja

em flutuações, mergulhos ou atividades como rafiting e boia

cross. Rochas calcárias são responsáveis pela incrível transparência.

Flutuação na Barra do Sucuri – Atração localizada

no sitio Água Azul, distante 17 quilômetros do centro

de Bonito, recebeu este nome porque o Rio Sucuri

desagua no Rio Formoso exatamente no ponto onde

os visitantes fazem o treinamento antes de iniciarem

a flutuação. O pequeno Rio Sucuri – apenas 1,8 mil

metros – é considerado o terceiro rio com águas mais

cristalinas do planeta. Munido de máscara, snorkel,

colete salva-vidas, roupa de neoprene e sapatilha o

visitante é transportado em um barco a remo por 1,3

mil metros até próximo à nascente do rio. Depois é

só curtir o ambiente flutuando pela leve correnteza.

Todo o percurso é acompanhado por guia credenciado

e não é necessário saber nadar.


Flutuação no Rio Sucuri – O cenário é de tirar o

folego e a visibilidade de suas águas impressiona. Flutuar

em meio aos peixes dá a ideia de estar dentro

de um imenso aquário natural. A correnteza suave

empurra os visitantes sobre dourados, pintados e piraputangas

de diversos tamanhos. Sua nascente está

localizada na Fazenda São Geraldo e tem águas cristalinas

e convidativas à flutuação. Também oferece

passeios a cavalo, de bicicletas e de quadriciclos.

Flutuação no Rio da Prata – O passeio de ecoturismo

no Recanto Ecológico Rio da Prata, localizado

na Fazenda Cabeceira do Prata, no município de Jardim,

oferece trilhas, flutuação, mergulho com cilindro

e observação de aves. Após orientações e entrega dos

equipamentos, a flutuação acontece ao longo de 2

quilômetros. Ao longo do percurso é possível apreciar

as belezas do mundo subaquático em águas cristalinas.

Impossível não ficar deslumbrado com a presença dos

cardumes de diversas espécies de peixes do Pantanal -

piraputangas, dourados, curimbatás, piaus e outros.

No final, o grupo se reúne na sede da fazenda para um

delicioso almoço com pratos típicos da região.

Passeio de bote inflável no Rio Formoso – Ideal

para quem gosta de adrenalina. Ao longo de 7 quilômetros,

o rafting de nível moderado em suas águas a

bordo de botes infláveis passa por quedas d’águas e

corredeiras, incluindo paradas para banhos. Ao longo

do passeio é possível avistar pássaros e animais silvestres

às margens do rio.

FOTO: ©ISTOCK.COM BONITO / VISITMS / STELLAPADAO

/ DIVULGAÇÃO

A Praia de Caburé é

uma península entre o

mar e o Rio Preguiças


FOTO: BONITO / MS / DANIEL DE GRANVILLE

58

Acima, turistas fazendo flutuação em um dos vários

rios da região de Bonito. E, à dir., a encantadora Gruta

do Lago Azul, a principal atração do destino e que

foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e

Artístico Nacional (Iphan) como monumento natural.

Boia Cross – Uma das mais concorridas atrações de

Bonito tem lugar no Rio Formoso com suas corredeiras

e cachoeiras. Esse passeio promete muita aventura e

diversão. Após instruções os visitantes ficam livres para

curtir a lagoa até o início da atividade. Então, equipados

com capacetes e coletes salva-vidas o grupo sai para

uma trilha de aproximadamente 900 metros até a beira

do rio. Um a um, todos entram na água para início da

boia cross. No trajeto há oito obstáculos entre corredeiras

e cachoeiras. Durante toda a atividade, monitores

acompanham o grupo atentos à segurança de todos.

Gruta do Lago Azul

Considerada a principal atração natural da região de

Bonito, a Gruta do Lago Azul apresenta um visual fascinante.

Com visitação limitada a pequenos grupos,

chega-se a ela através de uma trilha de 200 metros

até a entrada da cavidade. Uma escadaria rústica e

íngreme com cerca de 300 degraus – aproximadamente

150 metros - dá acesso ao lago que tem águas

absurdamente transparentes e de uma tonalidade

azulada indescritível. O cenário fica completo com

espetaculares estalactites e estalagmites.

O lugar é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico

e Artístico Nacional (Iphan) desde 1978 como monumento

natural. A melhor época para a visitação é entre

dezembro e janeiro, pela manhã, quando o sol incide

diretamente na entrada da gruta. Passeio imperdível!

A seguir relacionamos outras atividades no destino.

Abismo Anhumas (rapel, flutuação e mergulho) –

Um buraco no chão com 72 metros de profundidade

e iluminado apenas por fendas entre as rochas guarda

um imenso lago de águas transparentes. Dependendo

da intensidade da luz adquire coloração entre

o verde esmeralda e o azul anil. Para descer a única

forma é através de rapel, uma técnica totalmente segura

de descida em cordas. O processo é acompanhado

por monitores e instrutores altamente treinados

para garantir a máxima segurança. Lá embaixo

há um deck flutuante construído sobre um espelho

de águas cristalinas de um lago com 80 metros de

profundidade. São permitidas a flutuação e o mergulho

livre e autônomo.

FOTO: BONITO / MS / DANIEL DE GRANVILLE


60

Gruta São Mateus – O atrativo começa por uma

trilha de 320 metros até a entrada da gruta. Com o

auxílio de lanternas para facilitar a locomoção dentro

da caverna, os visitantes avistam formações espeleológicas

como estalactites, estalagmites e coraloides.

Ao final do passeio o grupo é encaminhado para a

sede do local, onde está o museu indígena Kadiwéu,

que conta um pouco da história dos índios da região.

Arvorismo Cabanas – Essa emocionante atividade

é desenvolvida em um circuito a 15 metros de altura

e com 18 obstáculos, além de duas tirolesas, sendo

a última aquática no Rio Formoso. Tudo é realizado

com muita segurança e os participantes em nenhum

momento ficam desconectados dos cabos. O resultado

é fascinante. Lá do alto, sobre as árvores, é possível

desfrutar o incrível visual. Os visitantes também

podem aproveitar uma cachoeira no Rio Formosinho.

No local há lanchonete, internet, lojinha de souvenires,

vestiários, guarda volumes e sanitários.

Cachoeiras do Rio do Peixe – Uma trilha de dois

quilômetros no interior da Fazenda Água Viva passa

por 11 cachoeiras e piscinas naturais no Rio do Peixe.

Distante 35 quilômetros do centro de Bonito, o passeio

tem paradas para banhos, uma plataforma de

salto na Cachoeira do Poção e um ponto com carretilha.

A atração inclui um almoço com pratos típicos

sul-mato-grossenses preparados de forma caseira. Na

parte da tarde há um outro passeio em uma trilha

de 800 metros e três pontos de banho e duas cachoeiras,

além de uma tirolesa. Na fauna local são

observados macacos, araras, tucanos, entre outros.

O dia termina com um tradicional lanche servido aos

visitantes, que têm a oportunidade de ouvir “causos”

contados pelo proprietário da fazenda.

Cachoeiras da Estância Mimosa – O passeio inclui

caminhada de três horas por uma trilha no interior

da propriedade que tem mirantes com vistas panorâmicas

da Serra da Bodoquena. No caminho, paradas

para mergulhos e banhos em um conjunto de dez

cachoeiras e piscinas naturais. Há, também, exploração

de grutas, observação de animais, um lago com

jacarés, plataforma de saltos, passarelas suspensas e

trecho percorrido em barco a remo. O local também

oferece almoço típico da fazenda com pratos preparados

no fogão a lenha. Quem quiser pode encerrar

o dia fazendo uma agradável cavalgada.

Parque das Cachoeiras – As sete cachoeiras formadas

pelas águas do Rio Mimoso estão no caminho de

uma trilha ecológica que inclui paradas para mergulho

em piscinas naturais em meio à fauna e flora local. No

final do passeio o grupo retorna à sede para um almoço

com pratos típicos e doces regionais. Depois da

FOTO: BONITO / VISITMS / DIVULGAÇÃO

FOTO: BONITO / MS / FLÁVIO ANDRÉ FOTO: BONITO / VISITMS / DIVULGAÇÃO


Na página ao lado, a emocionante prática de

arvorismo em um circuito a 15 metros de altura

sobre as árvores; ao lado, crianças brincando no

Balneário Praia da Figueira, uma lagoa com areia

branca e rodeada por área verde; e, abaixo, o

Boca da Onça Ecotur, onde quem curte atividades

radicais vai adorar o rapel de 90 metros de altura.

refeição nada melhor que um cochilo gostoso no redário.

Ou quem preferir pode ir até o mirante que oferece

vista para uma bela cachoeira ou fazer um passeio

a cavalo pelos campos, matas e morros da fazenda.

Flutuação na Nascente Azul + Balneário – O passeio

tem início na Praia da Capela, segue por uma trilha

em meio à mata e cachoeiras e culmina com flutuação

sobre a incrível nascente com águas azuladas e cerca

de oito metros de profundidade. O complexo de ecoturismo

oferece quatro atrações principais: flutuação,

Balneário Nascente Azul, Nascente Azul Adventure e

mergulho com cilindro no Lago da Capela. Os visitantes

podem passar o dia mergulhando com os peixes,

tomando banho de cascata ou curtindo a prainha. O

restaurante do local serve almoço com pratos típicos.

Balneário Praia da Figueira – A lagoa de água corrente

e a extensa praia com coqueiros e areia branca

em uma área com 60 mil metros quadrados tem

entre suas atrações a flutuação, tirolesa, passeios de

caiaque e pedalinhos. Há, ainda, mergulho em meio

aos cardumes de peixes coloridos e restos dos naufrágios

de um barco e de um avião. Quiosques, restaurante,

bangalôs, mirante, playground e redário

à sombra das figueiras completam o cenário. Lugar

perfeito para se divertir muito ou apenas descansar

enquanto saboreia aperitivos servidos nos quiosques

na praia ou dentro d’água.

Balneário do Sol – Às margens do Rio Formoso, o

local é famoso pela transparência de suas águas e

pela variedade de espécies de peixes. Oferece muita

diversão para todas as idades em atrativos como tirolesa,

trampolim, piscina de água corrente, quadras

de esporte, salões de jogos, redários, churrasqueiras

e área de alimentação. A exuberância da fauna e flora

da região, além de lindas cachoeiras completam o

cenário natural.

Boca da Onça Ecotur (cachoeiras e rapel) – Com

165 metros a Cachoeira Boca da Onça tem a maior

queda d’água do Mato Grosso do Sul. Chega-se até

ela após uma caminhada pela mata e com paradas em

cascatas e piscinas naturais com águas cristalinas, além

do cênico Rio Salobra. Quem aprecia atividades radicais

61


FOTO: BONITO / MS / HUDSON GARCIA

No Buraco das Araras as aves proporcionam

verdadeiros espetáculos aos turistas.


FOTO: BONITO / MS / HUDSON GARCIA

64

vai curtir o rapel de 90 metros de altura. Os praticantes

se projetam no abismo em uma descida com muita

adrenalina passando por grutas sobre o cânion.

Flutuação e mergulho na Lagoa Misteriosa –

Suas águas transparentes são ideais para a flutuação

e mergulho. É considerada a sétima caverna mais

profunda do país com 220 metros de coluna d’água.

Também é uma das mais fundas cavernas inundadas

do Brasil. Uma escadaria com 179 degraus leva ao

magnifico espelho d’água. O passeio inclui caminhada

através de uma trilha até um mirante.

Buraco das Araras – Localizado na cidade de Jardim

e distante cerca de 53 quilômetros do centro de

Bonito, a gruta com 120 metros de profundidade e

160 metros de diâmetro é habitada por muitas araras

vermelhas e papagaios que proporcionam verdadeiros

espetáculos. Daí o nome do lugar. A região tem fauna

e flora com ecossistema próprio e um grande lago habitado

por jacarés da espécie papo amarelo. O passeio

contemplativo dura aproximadamente uma hora.

Ecoparque Porto da Ilha – No Rio Formoso, oferece

stand up padle, slakeline, boia cross, passeio de bote

e duck (bote inflável em formato de caiaque). Após

Acima, o Buraco das Araras, uma gruta com 120

metros de profundidade habitada por muitas araras

vermelhas e papagaios; à dir., cavalgada no Recanto

do Peão através de uma linda região com fauna e

flora típicas do cerrado sul-mato-grossense.

o término das atividades de aventura, os visitantes

podem relaxar na área de balneário e saborear um

delicioso almoço típico no restaurante do Porto da

Ilha com pratos à base de peixes, carne e frango.

Cavalgada no Recanto do Peão – Com 1h30 de

duração, oferece uma interessante experiência sobre

a vida do homem no campo. Durante o percurso de

aproximadamente 5 quilômetros é possível contemplar

as belezas da fauna e flora típicas do cerrado do

Mato Grosso do Sul, além de reviver as histórias das

tradicionais comitivas pantaneiras. Antes do passeio

os participantes são recepcionados com uma roda de

Tereré e ao final é servido um delicioso lanche típico

sul-mato-grossense.

Lobo Guará Bike Tour – Com duas saídas diárias, às

7h30 e 15h30, da rua principal da cidade, o passeio

tem um percurso de mais ou menos 14 quilômetros

até o Parque Ecológico do Rio Formoso. No local será

plantado uma muda nativa na mata ciliar antes do

FOTO: BONITO / VISITMS / DIVULGAÇÃO


Ao lado, um dos tanques

do Aquário de Bonito, onde

estão mais de 60 espécies de

peixes encontrados na Serra

da Bodoquena e no Pantanal.

E, abaixo, turista praticando

flutuação em águas cristalinas

e em meio a cardumes de peixes

coloridos de diversos tamanhos.

grupo entrar em uma trilha de 2,2 mil metros. No

caminho farão duas paradas para banho e em mirantes

para observação do rio, fauna e flora. Em alguns

pontos é necessário empurrar a bike por causa do

declive da trilha.

Cachoeiras da Fazenda Ceita Corê – Local belíssimo,

reúne belíssimas cachoeiras, trilhas, piscinas naturais,

pequenas grutas e nascentes. Também oferece

passeio a cavalo e serve um almoço típico regional

preparado em fogão à lenha na sede da fazenda.

Balneário Municipal – Está temporariamente fechado

para reforma. Mas é um dos poucos atrativos que

não exige reserva antecipada na cidade. Sua infraestrutura

de lazer tem campo de futebol, quadra de

vôlei de areia, bares e quiosques com churrasqueiras.

E, como em uma praia, as margens do rio costumavam

ficar repletas de pessoas tomando sol. Depois,

um inevitável mergulho nas águas cristalinas do Rio

Formoso e nadar em meio ao cardume de peixes coloridos

de diversos tamanhos.

Aquário de Bonito

É uma das atrações mais conhecidas do destino.

Oferece aos visitantes a possibilidade de conhecer cerca

de 60 espécies de peixes encontrados na Serra da

Bodoquena e Pantanal. Em seus 32 tanques com cerca

de 150 mil litros de água estão peixes como os raros

albinos, ornamentais pantaneiros, as pouco conhecidas

arraias de água doce, além de pintados, cacharas,

pacus, dourados e enormes jaus com 1,2 metro e 30

quilos em média. Os visitantes podem inclusive tocar

as dóceis arraias.

Guias acompanham o público fornecendo informações

sobre as espécies, tirando dúvidas e contando

curiosidades em um programa educativo e interessante.

Abre diariamente das 9h às 23h.

66


FOTO: BONITO / MS / DANIEL DE GRANVILLE

FOTO: ©ISTOCK.COM / FERNANDOQUEVEDO

GASTRONOMIA

Piraputanga, carne

de jacaré e muito mais

A principal rua da cidade – a Coronel Pilad

Rebuá - está repleta de lojas de artesanato,

bares e restaurantes com mesinhas

na calçada. Churrasco pantaneiro, pratos à

base de peixes de água doce e carne de

jacaré estão entre as atrações gastronômicas

oferecidas nos cardápios.

O peixe-símbolo da cidade é o piraputanga.

A moqueca pantaneira, prato tradicional

da cozinha do Pantanal é outra atração

local. Para quem aprecia, não deixe

de provar a cachaça típica da região, feita

com mel, guaraná em pó e canela.

Em muitas das fazendas onde são realizados

os passeios também existe a opção

de incluir o almoço. Como as atrações são

distantes umas das outras, essa é uma boa

alternativa para economizar tempo nos

deslocamentos. Os visitantes têm a oportunidade

de desfrutar de uma autêntica comida

caseira com pratos regionais preparados

em fogões à lenha.

Veja algumas boas opções de restaurantes

no box de Serviço.

FOTO: BONITO / VISITMS / DIVULGAÇÃO

67


Para quando você for a Bonito

COMO CHEGAR

Bonito tem um pequeno aeroporto e,

se possível, escolha um voo direto. Antes

da pandemia, a Azul (voeazul.com.

br) voava duas vezes por semana para o

destino a partir de São Paulo (Aeroporto

de Viracopos, em Campinas). Outra

opção é voar até Campo Grande que

oferece um maior número de voos. Depois

ainda tem que encarar 300 quilômetros

de estrada em carro alugado ou

em veículos compartilhados a partir do

aeroporto. Há também a possibilidade

de viajar de ônibus a partir da rodoviária

da capital sul-mato-grossense.

ONDE FICAR

Hotel Paraíso das Águas –

paguas.com.br

Pousada Chamamé –

pousadachamame.com.br

Bonito Ecotel – bonitoecotel.com.br

Hotel Cabanas – hotelcabanas.com.br

Marruá Hotel – marruahotel.com.br

Pousada Olho D’água –

pousadaolhodagua.com.br

Pousada Surucuá –

pousadasurucua.com.br

Zagaia Eco Resort – zagaia.com.br

QUANDO IR

Embora possa ser visitada o ano inteiro,

a cidade apresenta duas estações bem

definidas: a chuvosa (verão) e a seca (inverno).

Durante o período mais quente,

as cachoeiras e rios estão mais cheiros.

Já durante a temporada sem chuva as

águas dos rios são mais cristalinas. Mas

sempre é uma boa opção viajar durante

a primavera ou no outono, quando o

calor não é tão intenso ao longo dos

dias e as noites são frescas.

COMO CIRCULAR

Alugar um carro é a melhor opção, pois

as atrações são distantes do centro da

cidade e entre elas. E o transporte até a

maioria das atividades não está incluso

no preço e deve ser contratado separadamente.

Também dará maior liberdade de

ação, podendo escolher os dias e os horários

para realizar cada um dos passeios.

Se não quiser dirigir pode optar por táxi

ou contratar traslados oferecidos pelas

agências de turismo em vans privativas.

ONDE COMER

Restaurante Casa do João – Pratos

com traíra, pintado a urucum e típicos

da região pantaneira. Informações:

tel. (67)3255-1212

Restaurante Juanita – Comida regional,

incluindo pacu na brasa e acompanhamentos

tradicionais. Informações:

tel. (67) 3255-1924

Restaurante Pantanal Grill Gourmet –

Carne de jacaré, peixes do Pantanal e

culinária sul-mato-grossense. Informações:

tel. (67) 3255-2763

Varandas Restaurante – No cardápio

estão o Peixe de Caverna, Piraputanga

Safadinha, Dourado Grelhado, Pintado

na Telha com Camarão e Filé Mignon

ao Molho Mielé. Informações: tels.

(67) 3255-1893 e (67) 99142-4788

DICAS

n Usar tênis confortável ou papete para

enfrentar as trilhas e cachoeiras.

n Levar toalha e roupa seca para trocar

após os passeios com atividades na água.

n Nos passeios não esqueça de ter sempre

à mão o repelente e o protetor solar,

bem como boné ou chapéu para

proteger do sol.

n As agências de turismo e os hotéis

dispõem de máquinas fotográficas subaquáticas

para alugar.

n Não esqueça de escolher e incluir no

pacote antecipadamente as atrações

que irá visitar, principalmente as mais

procuradas como a flutuação.

n Durante os meses de piracema (reprodução

dos peixes), entre 1º de novembro

e 28 de fevereiro, diminui consideravelmente

o volume dos cardumes.

n Nos meses mais chuvosos (dezembro

e janeiro) as águas dos rios da região

perdem a cristalinidade e ficam turvas.

n A cidade dispõe de poucas agências

bancárias e caixas eletrônicos que funcionam

apenas até as 21 horas.

n Cartões de crédito e débitos são aceitos

parcialmente no comércio da cidade.

PACOTES TURÍSTICOS

IMPACTO ECOTURISMO –

tel. (67) 3325-1333 e

impactotour.com.br

PIONEIRO TURISMO –

pioneiroturismo.com.br

H20 ECOTURISMO –

h2oecoturismo.com.br

YGARAPÉ TURISMO

ygarape.com.br

INFORMAÇÕES TURÍSTICAS

turismo.bonito.ms.gov.br

O jornalista Roberto Maia viajou a convite

da Fundação de Turismo de Mato

Grosso do Sul com o apoio da Secretária

de Turismo Indústria e Comércio de

Bonito, da Impacto Operadora de Ecoturismo

e com a proteção do seguro

viagem GTA - Global Travel Assistance.

FOTO: BONITO / VISITMS / DIVULGAÇÃO

68


A private rooftop oasis

in the heart of Manhattan

Presenting the crown jewel of

Sutton Place, the Penthouse at 441

East 57th Street. This magnificent

townhouse-in-the-sky spans the

top three floors and private rooftop

terrace of a boutique six-unit,

15-story modern condominium in

the heart of Manhattan.

Frank Suriano

Licensed Real Estate Salesperson

Licensed as Frank Suriano IV

frank.suriano@compass.com

M: 561.358.6204

compass.com

Compass is a licensed real estate broker and abides by Equal Housing Opportunity laws. All material presented herein is intended for informational purposes only. Information is compiled from sources deemed

reliable but is subject to errors, omissions, changes in price, condition, sale, or withdrawal without notice. No statement is made as to the accuracy of any description. All measurements and square footages are

approximate. This is not intended to solicit property already listed. Nothing herein shall be construed as legal, accounting or other professional advice outside the realm of real estate brokerage.


QUAL VIAGEM

Gay Travel and Fun

Turismo

LGBTI+

adiado

Impacto da pandemia da

Covid-19 em grandes eventos

afeta de forma direta este setor

FOTO ©ISTOCK.COM / BETON STUDIO


QUAL VIAGEM

Gay Travel and Fun

Destinos focam no turista LGBTI+ para a retomada do turismo

FOTOS: OTAVIO FURTADO

O

turismo mundial está em suspensão pelas

medidas de isolamento social para

combater a pandemia da Covid-19. Assim

como todos os segmentos, o turismo LGB-

TI+ está trabalhando para a retomada. Mas

um dos grandes desafios será o impacto dos

grandes eventos, que provocam aglomerações

e têm importância vital nesse segmento.

Para se ter ideia, mais de 100 eventos LGB-

TI+ foram cancelados ou adiados em 2020.

Para Ricardo Gomes, presidente da Câmara

de Comércio e Turismo LGBT do Brasil, eles

são de grande importância para o fomento

do turismo LGBTI+ de qualquer destino. No

entanto, acredita que o mercado buscará alternativas

para diminuir esses impactos: “Eu

acredito e espero que novas soluções sejam

encontradas no período pós-quarenta para

fomentar o turismo. Destinos, mercado do entretenimento

e o poder público precisam pensar

juntos em como fazer esta retomada”.

José Augusto Vasconcelos, sócio do Grupo

San Sebastian, produtora de grande eventos

para o público LGBTI+, ressalta a importância

da atuação do poder público para dar

respaldo às ações dos produtores. “Temos

aproveitado esse período com as atividades

suspensas para avaliar diferentes cenários,

mas precisamos do respaldo das autoridades

para efetivamente praticarmos as adaptações”,

analisou. Por conta da indefinição

de quando será possível retomar grandes

eventos, o grupo inclusive adiou a edição da

San Island Weekend, que aconteceria pela

primeira vez em Jericoacora (CE), para 2021.

No comunicado sobre o adiamento, o grupo

lembra que a logística de realocações de 65

pousadas de um evento internacional, que

envolve pessoas de outros países, inviabiliza

a realização do evento ainda em 2020. Este

talvez seja um bom exemplo de como os

grandes eventos representam no turismo de

um destino e como a pandemia da Covid-19

impactou no turismo LGBTI+ este ano.

Já a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo,

a maior do Brasil, optou pelo adiamento

para o fim de novembro (informação oficial

até o fechamento desta edição). Os organi-

72


Grandes eventos são motor do Turismo

LGBTI+ em diversos destinos pelo mundo

Mais de 100 eventos LGBTI+ em 2020 foram cancelados ou adiados

FOTOS: OTAVIO FURTADO

zadores acreditam que no fim do ano será

possível a realização da Parada, mas sabem

que a pandemia, mesmo nesse tempo, provocará

uma diminuição do público. “Por

conta da situação do Brasil em relação a Covid-19,

vai demorar para estabilizar as coisas

no país. Então, é provável que as pessoas

tenham medo de vir para cá. Acreditamos

que mesmo o turista local vai ter medo de

aglomeração e isso causará um impacto no

público desta edição”, comentou Claudia

Regina, presidente da ONG APOGLBT SP,

responsável pela organização da Parada do

Orgulho LGBT de São Paulo.

Assim como outras paradas pelo mundo,

São Paulo também realizou uma versão online

na data previamente marcada para a

grande marcha na Avenida Paulista. A pandemia

impactou tanto o calendário de eventos

LGBTI+ em 2020, que a Interpride, associação

das paradas LGBT pelo mundo, criou

um grupo para discutir o impacto do novo

coronavírus. A orientação é primeiro pensar

no bem-estar da comunidade, mas sem dei-


QUAL VIAGEM

Gay Travel and Fun

xar de trabalhar para reduzir, dentro do possível,

o impacto no calendário de eventos.

Mas se o período de incerteza levanta

muitas dúvidas no curto prazo, especialistas

e pesquisas afirmam que o segmento

LGBTI + será de grande importância para

a retomada do turismo mundial. A IGLTA,

International LGBTQ + Travel Association,

preparou uma pesquisa a respeito. Segundo

os dados levantados, 66% dos mais de

14 mil participantes do levantamento pretendem

viajar ainda em 2020. Quase metade

(46%) não pensa em mudar o destino

planejado antes da pandemia. Contudo,

assim como está sendo projetado para o

turismo geral, as viagens de curta distância

deverão ser as primeiras a serem retomadas.

Na pesquisa, a maioria dos entrevistados

(45%) afirmou que pretende fazer voos

de até 3 horas de duração.

Para Clovis Casemiro, representante da

IGLTA no Brasil, é quase certo que o turista

LGBT será o primeiro a voltar a viajar. Ele

inclusive lembra que alguns destinos estão

focando nesse público em suas ações para

promover o turismo no pós-pandemia. Sobre

os grandes eventos, ele lembra que não

só os relacionados ao público LGBTI+ sofreram

com a Covid-19: “Não há como comparar

muito se o adiamento de grandes eventos

impactará mais o turismo LGBTI+. Basta

lembramos que as Olimpíadas, por exemplo,

foram adiadas”. Na pesquisa da IGLTA, 33%

dos participantes afirmaram que viajariam

para um evento LGBT.

Interpride criou um grupo de discussão para avaliar impacto da Covid-19

Pesquisa revela que planos de público LGBTI+ mantém

vontade de viajar ainda em 2020, inclusive para evento

San Island Weekend foi adiado para 2021 por conta da pandemia

FOTOS: OTAVIO FURTADO

Otavio Furtado

@gaytravelandfun

gaytravelandfun.com

FOTOS: IGOR DO Ó

Produtores pedem respaldo do poder público para mudanças nos eventos

74


QUAL VIAGEM

HOTÉIS & RESORTS

Day use na rede Bourbon

Com a retomada gradual das atividades, o setor hoteleiro

aproveita o período para se reinventar e aprender

com o comportamento do novo cliente. A Bourbon

Hotéis & Resorts, com o intuito de cada vez mais proporcionar

experiências personalizadas, a partir do mês

de julho passou a oferecer na maioria dos hotéis da

rede um novo produto aos hóspedes. O day use é uma

ótima opção para quem quer desfrutar dos serviços do

hotel sem se hospedar. Os oito hotéis da rede - Bourbon

Atibaia Resort, Bourbon Cataratas do Iguaçu Resort,

Bourbon Barra da Tijuca Residence, Bourbon Belo

Horizonte Hotel, Bourbon Joinville Convention Hotel,

Bourbon Londrina Hotel, Bourbon Santos Convention

Hotel e Rio Hotel by Bourbon Campinas – incluem opções

de acesso aos espaços de lazer com programação

especial e refeições inclusas.

Informações: bourbon.com.br

FOTO: DIVULGAÇÃO

Clarion Goiânia

oferece delivery

Enquanto ainda há uma grande restrição para frequentar

restaurantes em Goiânia devido às medidas

de segurança contra o coronavírus, o Clarion

Goiânia Órion, administrado pela Atlantica Hotels,

busca uma alternativa inteligente para oferecer um

cardápio diferenciado para seus clientes. Aberto a

encomendas, o hotel apresenta seus Banquetes Delivery

Dom Rosso by Clarion Hotel, composto por

quatro tipos de coffee break e duas opções de happy

hour. Disponível para entregas em um raio de até 15

km de distância do hotel, o restaurante fica à disposição

dos clientes diariamente, no período das 7h às

22h. Sob o comando de Uiara Coimbra, supervisora

de Alimentos & Bebidas do Clarion, as encomendas

podem ser feitas via whatsapp, email ou telefone.

Informações: atlanticahotels.com.br

FOTO: DIVULGAÇÃO

Hotéis Preferred se destacam em ranking de luxo

Preferred Hotels & Resorts, maior coleção hotéis independentes

de luxo do mundo, teve diversos de seus hotéis

A

membros reconhecidos pela Travel + Leisure durante o World

Best Awards 2020, demonstrando a capacidade dos hotéis

independentes de criar experiências autênticas e únicas. Entre

os premiados estão: Cala de Mar Resort & Spa Ixtapa,

como melhor hotel do México, The Mark, melhor hotel de

cidade dos Estados Unidos, e Leela Palace, melhor resort da

Índia. A Preferred Hotels & Resorts representa mais de 750

hotéis, resorts, residências e grupos de hotéis regionais em

85 países e, por meio de suas cinco coleções globais, conecta

os viajantes de luxo com as experiências hoteleiras que atendem

às suas preferências de estilo de vida.

Informações: preferredhotels.com

FOTO: DIVULGAÇÃO

75


QUAL VIAGEM

HOTÉIS & RESORTS

Roma terá novo hotel de luxo

Bvlgari assinou um acordo para um novo hotel em Roma,

A com abertura prevista para 2022. O novo hotel romano estará

estrategicamente localizado no centro da Piazza Augusto Imperatore,

em pleno coração do bairro do Campo Marzio, a um

passo da Via del Corso e da Via del Babuino, os emblemáticos

degraus espanhóis e da loja assinatura Bvlgari na Via Condotti.

O empreendimento ocupará um edifício construído entre 1936 e

1938 com base num projeto do arquiteto Vittorio Ballio Morpurgo.

O novo Bvlgari Hotel Roma contará com mais de 100 quartos,

assim como o prestigioso “Il Ristorante”, com curadoria do chef

Niko Romito, e o “The Bvlgari Bar”, ambos localizados no último

andar para garantir uma vista inigualável da Cidade Eterna. O

hotel incluirá também um spa de luxo com piscina interior e um

ginásio oferecendo o método exclusivo de treino da Bvlgari.

Informações em: bulgarihotels.com

FOTO: DIVULGAÇÃO

76

Nobu Los Cabos

reabre no México

Nobu Los Cabos, o primeiro e único hotel da

O marca Nobu localizado no México, reabriu as

portas em julho com todos os protocolos de segurança

e higiene para garantir uma viagem segura.

O hotel está localizado nas famosas costas de Cabo

San Lucas, que se tornou um dos destinos turísticos

do Pacífico aprovados para receber turistas graças

ao selo “Safe Travel”, que credencia as praias com

alto padrão de higiene para proteger a saúde dos

viajantes contra a pandemia de coronavírus. Com

esta ótima notícia, o Nobu Hotel Los Cabos reativou

suas instalações de luxo para pessoas de todas

as idades, oferecendo uma experiência única e exótica.

A propriedade combina perfeitamente o minimalismo

japonês contemporâneo com materiais e

acabamentos naturais mexicanos de origem local,

inspirados no design estético japonês da marca.

Informações: rcdhotels.com

FOTO: DIVULGAÇÃO

Malai Manso

completa 4 anos

Malai Manso Resort, localizado às margens do

O Lago do Manso e entre os belos cenários da

Chapada dos Guimarães (MT), completa em agosto

4 anos de atividades e serviço de primeira linha aos

hóspedes. Desde a inauguração, o resort teve importantes

adições ao seu serviço, como o Spa Malai by

L’Occitane, com dezenas de tratamentos de beleza.

Mostrou, também, sua preocupação com a sustentabilidade

e a preservação dos recursos naturais, se tornando

o primeiro resort do país a operar com 100%

de energia solar de geração própria. Uma trajetória

marcante, e que segue promissora: ainda neste ano,

o resort irá inaugurar seu novo centro de convenções,

com capacidade para receber eventos com até

1.400 pessoas em auditório. Para comemorar o aniversário,

o Malai dá desconto de até 20% nas hospedagens

durante o mês de agosto. As regras variam

conforme o tipo de habitação e o dia da semana.

Informações: malaimansoresort.com.br

FOTO: DIVULGAÇÃO


Resort office é aposta

do turismo

agência Líder Corp, focada nos segmentos corporativo,

lazer e eventos, aposta na modalidade Resort

A

Office para famílias que querem trabalhar, estudar e se

divertir fora de casa durante a pandemia. Há uma série

de hotéis brasileiros disponíveis. Entre eles, no Estado

de São Paulo estão Mavsa Resort, em Cesário Lange;

Bourbon Resort e Tauá Hotel, ambos em Atibaia; Sofitel

Jequitimar, no Guarujá; Eco Resort Refúgio Cheiro de

Mato, em Mairiporã; Villa Rossa, de São Roque; Blue

Tree Thermas de Lins; Hotel Resort Recanto do Teixeira,

em Nazaré Paulista; Villa Santo Agostinho, em Bragança

Paulista; Hotel Fazenda Mazzaropi, de Taubaté, e Hotel

Vila Inglesa, localizado em Campos do Jordão. Já em

Minas Gerais está disponível outro hotel da rede Tauá, o

Tauá Grande Hotel Termas de Araxá.

Informações: lidercorp.com.br

FOTO: DIVULGAÇÃO

Hotel boutique em

Campos do Jordão

Com pouco mais de um ano de operação, e depois

de passado o período de soft opening, surge em

Campos do Jordão um empreendimento hoteleiro

exclusivo, que tem design arrojado e localização privilegiada.

O empreendimento foi projetado como

um verdadeiro hotel boutique, tanto no conceito

arquitetônico, como na concepção do atendimento,

dos espaços e dos serviços. O Hotel Quebra Noz fica

a menos de 400 metros da área mais nobre do famoso

bairro do Capivari, o mais badalado da cidade,

mas está no início do caminho para o Horto Florestal,

a nova pegada ecológica do destino. O hotel

foi idealizado com bases fortes de sustentabilidade e

hoje também se destaca pelo comprometimento social

e cultural. As opções de hospedagem podem ser

em confortáveis apartamentos e ou em belos bangalôs,

variando apenas em tamanho, mas garantindo

os mesmos níveis de conforto e exclusividade.

Informações: quebranoz.com.br

FOTO: DIVULGAÇÃO

Seguro saúde incluso na hospedagem

Dando sequência à reabertura gradual dos seus hotéis, o Palladium

Hotel Group anunciou um novo benefício aos seus hóspedes.

Desde julho, todos os clientes hospedados em resorts das marcas

Grand Palladium ou TRS Hotels no México, Jamaica, República

Dominicana e Brasil recebem, gratuitamente, o seguro saúde Europ

Assistance com cobertura completa de despesas médicas relacionadas

a Covid-19. A rede é uma das primeiras a oferecer tal benefício

no Brasil e no mundo. A medida visa garantir o bem-estar de todos

os clientes e complementa o novo protocolo de saúde e segurança

desenvolvido pelo Palladium Hotel Group em parceria com a SGS,

empresa suíça líder global em inspeção, verificação, análise e certificação.

O seguro saúde é gerado automaticamente a partir da

confirmação da reserva e é válido pelo período de hospedagem.

Informações: palladiumhotelgroup.com

FOTO: DIVULGAÇÃO


QUAL VIAGEM

BOARDING GATE

Alianças destacam medidas de segurança

Star Alliance, oneworld e SkyTeam, as três alianças

globais de companhias aéreas, que representam

mais da metade do tráfego aéreo mundial, se uniram

para destacar as medidas adotadas para garantir o bem

-estar dos clientes durante os voos. Através do vídeo

intitulado “Dear Travelers” (Caros Viajantes), elas mostram

o que esperar das viagens nos próximos meses,

à medida que as restrições de viagens são lentamente

diminuídas e o mundo começa a reabrir. A campanha

ressalta que quando as pessoas estiverem prontas para

voar elas poderão fazê-lo com confiança, porque as

empresas aéreas e os aeroportos de todo o planeta estão

implementando padrões aprimorados de higiene e

segurança pessoal para mitigar os riscos à saúde.

Informações: staralliance.com | pt.oneworld.com | skyteam.tur.br

FOTO: DIVULGAÇÃO

Azul tem 17 voos

diários em Congonhas

Durante as obras de recuperação do pavimento

asfáltico da pista principal do Aeroporto

de Congonhas (05/08 a 05/09), a Azul vai operar

seus voos com um avião menor, o ATR 72-600 com

capacidade para 70 passageiros, na pista auxiliar.

A companhia fez ajustes em sua malha e ampliou

a oferta de voos diários para Belo Horizonte e na

ponte aérea Rio-São Paulo, além de criar a nova

rota São Paulo-Curitiba. No total serão 17 voos por

dia para atender a demanda. Os voos entre Congonhas

e Santos Dumont passaram de dois diários

para sete frequências. Para a capital mineira serão

seis decolagens diárias. Já a capital do Paraná contará

com quatro ligações por dia.

Informações: voeazul.com.br

FOTO: AZUL/DIVULGAÇÃO

Emirates retoma

voos para o Brasil

Emirates anunciou a retomada dos voos entre Dubai

A e São Paulo a partir do dia 2 de agosto. Até meados

do mês a rede de destinos da companhia aérea atenderá

58 cidades, incluindo 20 destinos na Europa e 24

na Ásia-Pacífico. Assim, quem viajar entre as Américas,

Europa, África, Oriente Médio e Ásia-Pacífico podem

desfrutar de conexões no hub da aérea em Dubai. Também

é possível fazer um stopover ou visitar o destino dos

Emirados Árabes Unidos, pois a cidade foi reaberta para

visitantes internacionais de negócios e lazer. Porém, importante

ressaltar que os visitantes devem ter um seguro

de saúde internacional que cubra as doenças relacionadas

à Covid-19 no período de sua estadia.

Informações: emirates.com

FOTO: EMIRATES/DIVULGAÇÃO

78


Voo da American para Miami volta a ser diário

American Airlines retomará os voos entre

A Estados Unidos e o Brasil no dia 6 de agosto,

com a rota entre Miami e São Paulo. Inicialmente

serão dois voos semanais, as segundas

e sextas-feiras. A frequência diária voltará a

partir do dia 19. As demais rotas paralisadas

por causa da pandemia - Miami–Rio de Janeiro,

Nova York–São Paulo e Dallas–São Paulo

- serão retomadas somente em dezembro. As

frequências entre Nova York e Rio de Janeiro

voltarão somente no verão brasileiro de 2021.

Informações: aa.com.br

FOTOS: AA/DIVULGAÇÃO

Voepass opera ponte

aérea em Congonhas

pista principal do Aeroporto de Congonhas

A tem obras programadas entre 5 de agosto e 5

de setembro. Nesse período, a Voepass Linhas Aéreas

utilizará a pista auxiliar para operar voos para o

Rio de Janeiro (Santos Dumont) e também a Ribeirão

Preto (SP). A aeronave utilizada será o ATR 72.

As frequências serão diárias, saindo de São Paulo

em dois horários: às 8h50 e 16h com chegada na

Cidade Maravilhosa às 10h20 e 17h30. No sentido

contrário as decolagens acontecem às 10h50 e 18h

com chegada à capital paulista às 12h20 e 19h30.

Já de Ribeirão Preto os voos (também diários) decolam

às 7h e retornam às 20h10.

Informações: voepass.com.br

FOTO: VOEPASS/DIVULGAÇÃO

Air Europa melhora

internet WiFi a bordo

Permanecer conectado durante todo o voo, sem limitação

de tempo ou megabytes. A Air Europa dá um

novo passo na conectividade a bordo ao aprimorar o

WiFi oferecido aos passageiros nas aeronaves Dreamliner,

Airbus 330 e Boeing 737-800. O novo serviço permite

navegar na web, usar redes sociais, enviar e-mails,

conexão VPN para trabalhar ou até mesmo usar diversos

aplicativos, dependendo do pacote que for adquirido.

São três novos níveis de produtos para rotas de

curto e longo alcance: Chat, Chat e Surf, Chat e Surf

Plus. As tarifas são diferenciadas para voos na Espanha

e restante da Europa, variando de três a 12 euros. Nos

voos de longa distância os preços vão de cinco a 30

euros. O serviço foi desenvolvido pela Panasonic e pode

ser contratado a bordo.

Informações: aireuropa.com

FOTO: AIR EUROPA/DIVULGAÇÃO

79


QUAL VIAGEM

TURISMO PET FRIENDLY

Pensando em viajar de

avião com o seu pet?

FOTO: ©ISTOCK.COM / DAMEDEESO

Na edição anterior, falamos de dicas para

viagens de carro, e agora vamos te ajudar com

informações essenciais para embarcar numa experiência

nas alturas com seu animal de estimação.

Se você decidiu aventurar-se com seu fiel companheiro

em uma viagem de avião, saiba que existem diversos

procedimentos para seguir antes do embarque. Mas não se

preocupe, a Olá Pet! deixa você por dentro de tudo.

Transporte aéreo - Parte 1: A documentação

Começamos pelas dúvidas mais frequentes. Onde

o animal de estimação é transportado? Posso levar

o pet comigo na cabine? Antes de mais nada, é

importante ressaltar que não existe uma regra geral

para o transporte aéreo de animais de estimação,

e cabe a cada companhia aérea decidir suas considerações

acerca do processo. Portanto, a primeira

coisa a fazer é entrar em contato – de preferência

Patrícia Moraes, CEO da Olá Pet!

com antecedência – com a empresa escolhida para

entender a política de transporte dos pets.

A partir daí, você saberá qual o peso e tamanho

máximo dos animais de estimação permitidos na cabine

(já adiantamos que são os de pequeno porte),

como é feito o transporte na cabine (normalmente,

o pet fica dentro da caixa de transporte abaixo do

assento durante todo o voo) e como é realizado o

80


transporte no porão no avião (ambiente climatizado

e pressurizado para os pequenos). As taxas são cobradas

de acordo com o peso do pet e companhia

aérea variando de R$200, nos trechos nacionais, a

US$300, nos internacionais.

Há, no entanto, algumas exceções: cães-guia e

cães de apoio emocional podem viajar presos à guia

ao lado de seus tutores na cabine, independentemente

do tamanho que possuem.

A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) se limita

a informar que, nos casos em que o animal de

estimação é levado como bagagem de mão, pode

haver a necessidade de algumas inspeções, como a

passagem pelo detector de metais e a revista. Contudo,

em hipótese alguma os pets são submetidos a

equipamentos de raios X – embora seus acessórios

possam, sim, passar por esse procedimento.

Assim como acontece conosco, os procedimentos

são um pouco diferentes para pets que farão viagens

nacionais e internacionais. Em território nacional, as

companhias aéreas solicitam o Atestado de Saúde

para Viagens de Cães e Gatos, disponível no site do

Governo Federal, que deve ser assinado por um Médico

Veterinário e emitido até 10 dias antes da viagem.

A Carteira de Vacinação também deve estar em dia.

Já no caso de viagens internacionais, é necessária

a emissão do Certificado Veterinário Internacional

(CVI), documento que atesta a boa condição sanitária

do pet que vai ingressar em outro país. Para a

solicitação do CVI, você precisa enviar ao Ministério

da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)

o mesmo Atestado de Saúde das viagens nacionais

acompanhado dos demais documentos requeridos

pelo país de destino e assinado devidamente por um

Médico Veterinário com registro válido junto ao Conselho

Regional de Medicina Veterinária. Sendo assim,

também é preciso verificar as exigências sanitárias

atualizadas junto à Embaixada, ao Consulado ou ao

Órgão Veterinário oficial do país de destino. O prazo

de validade do CVI é de 2 a 10 dias a partir da emissão,

mas a recomendação do governo é que você entre

em contato com as emissoras do documento com,

no mínimo, 30 dias de antecedência, visto que os

Google super comportado no seu

respectivo lugar de cão para apoio emocional

atendimentos estão sujeitos a agendamento prévio.

Também é possível solicitar o Passaporte para Trânsito

de Cães e Gatos, que não é obrigatório para

viagens internacionais, mas é aceito como uma alternativa

ao CVI nos países que possuem acordo de

equivalência com o Brasil e que substitui o Atestado

de Saúde em viagens nacionais – desde que as

informações sanitárias do animal de estimação tenham

sido registradas recentemente no Passaporte

por um Médico Veterinário. A emissão é gratuita e

demora até 30 dias úteis.

Para o ingresso dos animais de estimação no Brasil,

é necessário apresentar o CVI ou o Passaporte emitido

e assinado pela autoridade veterinária do país de

origem atendendo aos requisitos sanitários nacionais.

Prepare todos os documentos e fique atento às dicas

da próxima edição – Transporte Aéreo - Parte

2: Cuidados com a saúde e bem-estar animal para

viagens aéreas. E boa viagem com seu pet!

FOTOS: @OLAPET!

olapet.com.br | @olapet.friendly

FOTO: ©ISTOCK.COM / HUMONIA

Informações:

gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/vigilancia-agropecuaria/

animais-estimacao


CONHEÇA

O SABOR E AROMA

DO BLEND EXCLUSIVO

FRAN’S CAFÉ.

Uma bebida de corpo elevado,

acidez média e sabor marcante,

com notas intensas de caramelo

e leve sabor frutado.

À venda em todas as nossas

lojas. Leve pra casa!

82

Venha fazer parte da nossa história. Seja um franqueado, acesse: www.franscafe.com.br.

More magazines by this user