habitar o morro | morro azul

habitacaoecidade

projeto de desenvolvimento urbano para a comunidade do morro azul, no rio de janeiro,
feito a partir de reflexões sobre a função social da propriedade, o direito à cidade e quem são os agentes envolvidos na produção da Habitação, foi estudada a comunidade do morro azul, que está na divisa dos bairros de Botafogo e Flamengo, incrustado
entre áreas “nobres” do município e, também, cercado de barreiras urbanas.

procurando compreender a ocupação de morros, o exercício de projeto foi desenvolvido pensando em como ocupar locais em encostas mantendo a identidade comunitária e criar a integração cidade-morro, tendo como centro das propostas, a transformação dessas aglomerações e dinâmicas, fazendo reflexões sobre a consolidação da forma urbana através do acesso à moradia digna, da criação de novos espaços de convívio, considerando a estratégia de diversificação de usos em áreas de atenção, e também
qualificando a incorporação dessa configuração urbana no desenho da cidade.

projeto elaborado pela classe de 2020 da pós-graduação lato sensu em habitação e cidade, da escola da cidade.

mais informações e conteúdo na página: https://habitacao-e-cidade.wixsite.com/habitacaoecidade


O curso de pós em Habitação e Cidade teve, durante

os meses de abril e junho | 2020 seus estudos dedicados

ao Morro Azul, na cidade do Rio de Janeiro.

Portanto, a partir de reflexões sobre a função social

da propriedade, o direito à cidade e quem são

os agentes envolvidos na produção da Habitação, foi

estudada a comunidade do Morro Azul, que está na

divisa dos bairros de Botafogo e Flamengo, incrustado

entre áreas “nobres” do município e, também,

cercado de barreiras urbanas.

Procurando compreender a ocupação de morros, o

exercício de projeto foi desenvolvido pensando em

como ocupar locais em encostas mantendo a identidade

comunitária e criar a integração cidade-morro,

tendo como centro das propostas, a transformação

dessas aglomerações e dinâmicas, fazendo reflexões

sobre a consolidação da forma urbana através do

acesso à moradia digna, da criação de novos espaços

de convívio, considerando a estratégia de diversificação

de usos em áreas de atenção, e também

qualificando a incorporação dessa configuração urbana

no desenho da cidade.

As propostas apresentados nesta publicação são

parte do esforço coletivo para superar as dificuldades

provenientes do isolamento social por conta da

COVID-19, portanto, fica o agradecimento do corpo

técnico do curso de pós graduação lato sensu aos estudantes

e palestrantes que se dedicaram à construção

do saber nesse momento.



diagnóstico

da área



o Morro Azul está localizado

numa região nobre da

cidade do Rio de Janeiro, na

zona sul fluminense, entre os

bairro do Flamengo e Botafogo.

estar incrustrado entre duas áreas nobres

da cidade proporciona a proximidade do

Morro Azul à uma boa gama de infraestrutura

urbana, tanto de mobilidade, quanto

educacionais, de saúde e mesmo espaços

públicos.

mobilidade urbana

equipamentos no entorno

pontos de referência

3 4



referências da comunidade

bloqueios urbanos

no entanto, a área possui bloqueios

urbanos, como os acessos à estação

de metrô, assim como a rua

Paulo VI, superdimensionada e um

estacionamento a céu aberto.

5 6



hipsometria com cheios e vazios da comunidade do Morro Azul

mapeamento de risco de deslizamento

é possível compreender o desafio

que é a ocupação de encostas a

partir da hipsometria, que apresenta

a acentuação do aclive num

curto espaço, uma vez que se trata

de uma comunidade pequena, e tal

situação se reflete como um dos

fatores para risco às famílias moradoras.

7 8



a comunidade é formada, na maior parte, de edificações

entre 2 e 3 pavimentos que se aglomeram ao longo de uma

sinuosa via, a rua Bibiano Pereira da Rocha, que vai configurando

as ocupações ao longo do morro.

as maiores edificações encontram-se entre o meio e o cume

do morro, com excessão do conjunto habitacional logo na

entrada da comunidade.

mapeamento de gabaritos

deslocamentos internos

no mapeamento de deslocamentos

internos nota-se

uma conexão a ser

resolvida para criar melhores

condições de deslocamento

e chegada de

assistência, quando necessário,

seja de corpo de

bombeiros, seja médica

9 10



propostas

propostas



a rua Paulo VI é uma importante barreira urbana

na comunidade do Morro Azul, pois se trata de

uma estrutura viária subutilizada que se tornou

um estacionamento à ceu aberto, portanto a

proposta é desenvolver um passeio mais generoso,

trazendo mais urbanidade à essa estrutura

falida.

outro ponto é a passagem de acesso à estação

de metrô Flamengo, pois o caminho subterrâneo

que leva à comunidade é lacrado então, é estudada

uma travessia de pedestres em nível para

promover um fluxo seguro para as pessoas que

saem do Morro Azul em direção à estação.

projeção da proposta para a rua Paulo VI

13 14



outra questão

observada é a

falta de respiros

e articulação no

tecido urbano.

então é proposta

algumas

abertura e espaços

públicos

para a criação

de articulação

no tecido urbano

com a geração

de alguns vazios

que poderão servir

como área de

encontros, lazer

e olhando para a

questão atual da

COVID-19, torna-se

importante

do ponto de

vista sanitário.

para a implantação da

proposta foi necessário

o estudo de remoção de

algumas moradias

15 16



a questão habitacional,

também propõe, a partir

da verticalização, a criação

de vazios urbanos,

qualificando esses espaços

com equipamentos

ou novas propostas de

uso.

áreas a serem removidas

esquema de ganho de ventilação

e para a proposta de

implantação, algumas

outras remoções são indicadas

para continuar

promovendo a melhoria

desses espaços, tanto do

ponto de vista urbano e

social, quanto ambiental

17 18



19 20



todo o processo de remoções e provisão

habitacional é proposto em etapas para

minimizar todo o processo de movimentação

dentro da comunidade, juntamente

com a intenção de manter as relações

sociais vivas e contar com a participação

popular em todo o processo de urbanização

da comunidade do Morro Azul.

21 22



junto aos projetos habitacionais,

são propostos novos usos para

áreas de encosta, seja um mirante,

aproveitando todo o potencial

paisagístico privilegiado da

comunidade do Morro Azul, seja

uma horta para cultivo como

estratégia de criação de um vazio

urbano que não estimule a

ocupação de novas edificações,

que possam gerar novamente

situações de perigo para os moradores.

corte do mirante

23 24

proposta de horta



imagem retirada do perfil Somos Morro Azul

(@somosmorroazul) do facebook



coordenadores

coordenadores

ruben otero

li faria e silva

estudantes

estudantes

assistente

assistente

de

de

coordenação

coordenação

professor

professor

assistente

assistente

apoio

apoio

pedagógico

pedagógico

professores

professores

convidados

convidados

maria teresa fedeli

rafael abelini

luciana bedeschi

alessandro tessari

andré delfino

benedito barbosa

jorge mário jáuregui

luciana bedeschi

rayssa cortez

rodrigo matos

beatriz carvalho mega

camila missio da silva boulos

fernanda vaz de campos

lara stival garrote

lucas biancchi de almeida

nathalia gaddini garcia

nicholas holanda costa

raul guzman azurduy

rodrigo pereira reis

tainá aquino nogueira

thais da silva costa vieira



More magazines by this user
Similar magazines