Revista Cariocas Dezembro 2020 Janero 2021

dmc21assessoria

REVISTA

Cariocas

Saúde, beleza & bem estar

revistacariocas.com.br

Ano II - nº 21. Rio de Janeiro

Dezembro/Janeiro - 2020/2021

MODA

TENDÊNCIAS

DO VERÃO

2021

Simone

Zucato

DANÇANDO TODOS OS

RITMOS!

BOAS

FESTAS!

Ceias gourmets, serviços

diversos, beleza e bem estar

para o final de ano.CONFIRA!

BEAUTÉ

na nova estação

para montar a

necessérie

REVISTA CARIOCAS - 1


REVISTA CARIOCAS - 2


EDITORIAL

Quando senti já era dezembro. Estes meses tem sido difíceis, aliás, um

ano muito diferente com esta pandemia. A estação mais gostosa do

ano começa oficialmente dia 21 de dezembro. Até lá não haverá uma

vacina contra o Covid-19, então seria, no mínimo, uma inconseqüência

pensar em um Natal e Reveillon com aglomerações na praia, no

clube, na Serra ou nas festas de verão.Mas, também acreditar que os

cariocas vão ficar quietinhos dentro de casa com um calor de 40 graus

lá fora, me parece de uma ingenuidade sem limites.

Então, como será o novo normal neste final de ano e como está sendo

esta nova onde da Covid que pede que todos voltem ao isolamento

parcial? Segundo o Professor Lúcio Lage, Pesquisador da Universidade

Federal do Rio De Janeiro, na verdade não há segunda onda do

novo coronavírus. De acordo com Professor Lage, “com o aumento

dos casos de contaminação e de mortes por dia pelo novo coronavírus,

fala-se em uma segunda onda de contágio, mas para existir uma

segunda onda é preciso que uma primeira onda tenha acabado o que

não aconteceu. O vírus não se foi e continua entre nós e agora, com

ajuda do relaxamento de grande parte da população novos casos

acontecem, pois as medidas protetivas estão sendo menos usadas (ou

relaxadas) a partir da flexibilização, que está sendo mal assimilada por

muita gente”. É fato. Leia em entrevista o pensamento lógico deste

pesquisador que coloca a situação bem esclarecida, alegando que o

recuo estratégico é preciso.

E como será este recuo neste dezembro? Muitos restaurantes estão

apostando nas ceias deliverys enquanto outros abrirão suas portas

com as medidas de segurança que a flexibilização pede. Fogos na

praia de Copacabana não haverão. Muitas pessoas pensam em apostar

nas ceias em casa mesmo e escapar das aglomerações.

Nossa CAPA é a atriz Simone Zucatto, linda, numa produção especial

de Márcia Dornelles, a assessora dos artistas, para esta edição de final

de ano. E mesmo com um fim de ano pandêmico nossa edição vem

trazendo assuntos como transexualidade (a reprise de ‘Força do Querer,

novela de Glória Perz trouxa à tona o assunto novamente, aliás,

que nunca deveria deixar de ser discutido e apresenta entrevista com

uma das maiores autoridades brasileiras, Dra. Vanessa Jaccoud.

Temos Cirurgia plástica, dermatologia, produtos para a pele , dicas de

tratamentos capilares, medicina do esporte e muito mais.

Que vocês se resguardem nestes tempos de pandemia, pois a vacina

deve chegar ao Brasil em março e mais alguns poucos meses com cuidados

pautados em mais isolamento e menos flexibilização não custa

nada.

E a simbologia do Natal é o amor que não precisa ser perto para se

expressar e a esperança em dias melhores. É osso o que todos nós

queremos!Feliz Natal e um ano de 2021 repleto de Boas Notícias!

Mirian Barbosa

Editora

sumario

CARIOCAS

05

CEIAS

GOURMET

REVISTA

11

CAPA

26

14

Cariocas

Saúde, beleza & bem estar

Direção Geral: DMC 21 Comunicação e Marketing

Editora: Mirian Carneiro Barbosa

Repórteres: Maria Amora, Sophia Carneiro e Déborah Pinheiro

(Estagiária)

Colaboradores: Doc Mariz e todos os jornalistas e amigos da

redação DMC 21

Fotografia e Diagramação: DMC 21 Comunicação e Marketing

Distribuição on line

Telefones: 3258-4917 | 98137-9583 - Whatsapp: 98373-3147

E-mail: revistacariocas@gmail.com

Edição on line: www.revistacariocas.com.br

47

MODA

SAÚDE E

BEM ESTAR

4 COMPORTAMENTO

PREVISÕES 2020

38 BELEZA

REVISTA CARIOCAS - 3


COMPORTAMENTO

Foto: Arquivo

Um Natal

mais simples

Por Danuza Leão

N

atal, inflação, calor, compras; o quadro não

pode ser mais ameaçador. Mas como o

Brasil está em ritmo de mudanças, podemos

aproveitar e mudar junto, começando pela

inevitável lista de presentes.

Com ou sem dinheiro, o pesadelo é igual, e

as pessoas acabam caindo numa coisinha bem inútil, tipo uma

vela bem cheirosa para acender na sala. Evite: em primeiro

lugar, a temperatura varia por volta dos 40°C; em segundo, as

crianças podem derrubar e causar um incêndio; em terceiro, o

aroma pode não ser o seu preferido; em quarto, não tem nada

pior do que uma vela perfumada.

Como no Natal só se dá lembrancinhas - mais ou menos

caras, mas sempre lembrancinhas - e o calor não costuma ser a

favor da criatividade, que tal partir para coisas mais condizentes

com os novos tempos, isto é, mais baratas, mais úteis e mais

práticas, lembrando sempre dos presentes que recebeu nos

outros anos e que mandou diretamente para os porteiros? Quais

os presentes que te deram realmente prazer? Pouquíssimos.

Então, vamos mudar isso rapidinho.

Dependendo do tamanho da sua conta no banco: uma bebida

é sempre útil, de uma garrafa de cachaça para fazer caipirinha a

uma caixa de champagne Dom Perignon (que você pode pedir

por telefone, pode ser melhor?). Cesta de Natal, nem pense;

elas começam bem, mas o nível vai baixando e termina sempre

num vidro de geléia e num de azeitona; aí, só chorando. Cesta

de Natal só aquela mais cara de todas, e como essa você não

vai mandar mesmo (nem receber, a não ser que seja empresário

ou ministro do novo governo), esqueça.

Outra sugestão: um vidro de shampoo, um sabonete ou uma

pasta de dentes.

Está achando pobre? É só incrementar. Vá a uma importadora

e compre 12 shampoos da mais cara das marcas, 24 tubos de

dentifrício e 48 sabonetes ingleses. Sinceramente: não é muito

melhor do que ganhar uma agenda ou uma carteira com a

qual você nunca vai se ajeitar? Agendas e carteiras são coisas

pessoais, e cada um sabe se gosta de ter junto o dinheiro, o

talão de cheques e o cartão de crédito ou não; aliás, quase tudo

é pessoal e se você, quando vai comprar para você mesma,

fica na dúvida entre uma bolsa maior ou menor, como outra

pessoa vai conseguir acertar? Tudo depende, claro, se sua

intenção é dar uma coisa que realmente faça prazer a quem

recebe ou se tanto faz. A idéia, aliás, seria essa, mas ninguém

está nem aí. Mas se você está, mais uma sugestão: produtos

para a cozinha.

Existem azeites importados sofisticadíssimos, com aroma de

trufas e de especiarias que a gente nem imagina; se você achar

que é pouco, faça um kit com um de cada. Vá por mim: será um

sucesso, e a cada vez que a garrafa chegar à mesa, a pessoa

vai se lembrar de você. Muito melhor do que uma echarpe de

seda pura de oncinha, não?

Esse campo é vasto, e uma bela caixa com três quilos de

bacalhau daquele maravilhoso será muito bem recebida em

qualquer casa, sobretudo se chegar até o dia 22. Muito melhor

do que uma água de colônia, que vai acabar sendo passada

adiante, se não for aquela que você adora.

E se você estiver mesmo muito sem grana e tiver coragem para

ser muito, mas muito original, compre uma cestinha daquelas

que não custam nada, vá à feira e volte carregada. Quem não

gostaria de receber, em qualquer época do ano, uma cesta com

algumas mangas, umas frutas do conde, dois abacaxis (que

estão um mel, de tão doces) e uns cajus maduros?

Qualquer pessoa, de qualquer classe social, ficaria feliz

com um presente desses - que, aliás, custaria uma fortuna se

comprado em Paris.

É hora de descobrir o glamour nas coisas mais simples, o que

aliás não é assim tão fácil.

Mas vale a pena.

REVISTA CARIOCAS - 4


Foto: Arquivo

CEIAS GOURMET FAZEM

A FESTA NA CIDADE

Para algumas pessoas, a ceia natalina está ligada à última ceia de Cristo ao lado de seus discípulos e talvez realmente tenha

alguma ligação. Porém, segundo a literatura, a Ceia de Natal originou-se do antigo costume europeu de deixar as portas das casas

abertas no dia de Natal para receber viajantes e peregrinos, e esses, juntamente com a família hospedeira, confraternizavam

aquela data tão significativa para os cristãos. Para essa comemoração era preparada bastante comida, composta por diversos

pratos. Essa tradição foi se espalhando pelo mundo e cada região acrescentando uma particularidade local, como, por exemplo,

a adição do peru na ceia norte-americana, peculiaridade que logo passou a fazer parte dos costumes de outros países,como

no Brasil.

Em tempos de Pandemia e um final de ano muito diferente daqueles vividos até hoje, muitos restaurantes vão encarar a noite

flexibilizando e outros apostarão no delivery .

Por Mirian Barbosa e Sophia Carneiro

GASTRONOMIA

Foto: Arquivo

Acredita-se que comer lentilhas no final do ano traz sorte para os doze meses seguintes. Foi pensando nisso que o Restaurante

Árabe Stambul, o mais tradicional de Copacabana, com quatro décadas, que já trás o grão em seu cardápio preparou pratos

especiais para celebrar a passagem do ano com muita sorte e fartura. Para a ocasião, a casa oferece Carneiro com Arroz

de lentinha (Carneiro assado, arroz de lentilha e cebola frita ) à R$ 120 e o Cabrito com arroz de lentilha ( Cabrito

assado, arroz de lentilha,e cebola frita) à R$120 Ambos servem duas pessoas.

No Natal, dia 24, a casa vai trabalhar o almoço de 12 às 18hs com entrega delivery até às 19hs. No Reveillon funcionará

normalmente dia 31 com almoço e no jantar da virada até às 01 h da manhã. As encomendas poderão ser pedidas até às 18

horas.

Toda a ceia pode ser delivery no Stambul e o Pernil de Carneiro com arroz à moda árabe (Grão de bico, carne moída,

castanhas e passas confeitado com pêssegos, ameixa e abacaxi), kaftas, quibes, e uma variedade de sabores e quitutes árabes

podem ser encontrados no instagram (@restaurantestambuloficial).

REVISTA CARIOCAS - 5


GASTRÔ

Com 78 anos de história, a tradicional Confeitaria

Manon, no Centro, oferece combos e pratos especiais

para quem procura uma solução prática desde o lanche

para confraternizações até as ceias de Natal e Ano Novo.

São 7 opções de coffee break natalino que servem de 10

até 50 pessoas. Entre as delícias disponíveis no Coffee

Break 1 (R$275,00 serve até 10 pessoas) estão: mini

sanduíches de brioche ou mini francês (20 unidades),

queijo branco ou prato, peito de peru ou presunto e

alface. Mini salgados de forno (80 unidades.), pães de

queijo (20 unidades.), mini rabanadas(10 unidades),

panetone (1 unidade.), sucos e refrigerantes.

Na versão Coffee Break 7 (R$ 1.210,00 serve até

50 pessoas), sanduíche a metro (1 unidade.), mini

sanduíches de brioche ou mini francês (50 unidades.),

queijo branco ou prato, peito de peru ou presunto,

alface, mini salgados de forno (200 unidades.), bolinhos

de bacalhau (100 unidades.), mini pães de queijo (100

unidades), mini rabanadas (50 unidades.), panetones (2

unidades), chocotone (1 unidade), panetone salgado (1

unidade), manjar ou pudim (1 unidade.), além de sucos

e refrigerantes. A casa apresenta outros combos que

trazem a refeição prontinha, da entrada à sobremesa,

com opções para servir 5, 10, 15, 25 ou 30 pessoas.

Estão disponíveis outras delícias natalinas, como a

rabanada, tradicional (R$8,50) ou no tamanho mini

(R $6,50). Sucesso de vendas, os chocotones na lata

(R$39,90) nos sabores creme de avelã ou trufado com

chocolate belga são uma ótima opção para presentear

pessoas queridas e ainda guardar uma recordação da

casa histórica.

A grande novidade para esse ano é a Cesta Natalina (a

partir de R$ 210,00), que pode ser montada de maneira

personalizada.

As encomendas devem serfeitas até o dia 23 de

dezembro para o Natal e até 29 de dezembro para o Ano

Novo. Os pedidos podem ser retirados na Confeitaria

Manon ou entregues em casa mediante taxa de entrega.

O cardápio completo está disponível no site

www.confeitariamanon.com.br

Foto: Arquivo

Foto: Arquivo

Réveillon em Copacabana

Seguindo todos os protocolos de segurança e regras

enviadas pelas autoridades, o Quiosque Xodózin,

especializado em comida mineira, prepara uma super

festa de Réveillon, a partir das 20h30, no dia 31 de

dezembro.

De frente para a princesinha do mar, o local se prepara

para uma festa inédita, sem a tradicional queima de

fogos, mas com vista privilegiada para o show de luzes

e efeitos visuais divulgado pela Prefeitura do Rio. O som

ficará por conta da música ao vivo de Marcelo Kará e

banda.

No formato all inclusive, entre as sugestões do cardápio

do coquetel volante, estão: mesa de frios com diversos

tipos de queijos, peito de peru, nozes, cerejas, salaminho

e lombo defumado. Destaque também para a mesa de

acepipes com caponata, terrine de campanha com frutas

vermelhas, quiches, homus tahine e pastas diversas. A

casa oferece ainda brioches, croissant, pão árabe, mini

pão francês, além de salgados como pastel de forno,

quibe e bolinho de bacalhau.

O menu disponível também inclui jantar com bacalhau

espiritual, paella de frutos do mar, lombinho com abacaxi,

tender, arroz de lentilha, farofa de frutas secas e salada

de camarões. Para sobremesa, pudim de leite e as

clássicas rabanadas e para beber baby Chandon, Gim,

vodka, caipirinha, whisky, chope, refrigerante, água e

coquetel sem álcool. Outros cuidados que a casa tomou

foram:

Coquetel volante, escolha do menu disponível

antecipadamente, mesas com lugares marcados,

distanciamento de um metro e meio entre os convidados,

máscaras de proteção, álcool em gel, entre outros.

REVISTA CARIOCAS - 6


GASTRÔ

Foto: Arquivo

O tradicional Restaurante Alvaro’s, no Leblon,

apresenta um cardápio especial para as comemorações

de final de ano com todo requinte que as datas merecem.

“Em tempos de pandemia temos que ter alegria em

nossas mesas, não podemos abrir mão disso” diz o

espanhol Manolo Casal, proprietário da casa. Para a

ocasião a casa apresenta o conhecido Bacalhau à

Moda do Porto (lombo de bacalhau, ovo, cebola,

pimentão, batata e azeitona) que serve duas pessoas

à R$ 170 e o Pernil à Brasileira (pernil, batata frita

e farofa de ovo) à R$ 34 (uma pessoa) e R$65 (duas

pessoas) , O Restaurante aceita encomendas no dia 24

e 31 de dezembro de 11 às 17 horas.

SERVIÇOS

Restaurante Stambul

Endereço: Rua Domingos Ferreira, 221 -

Copacabana

Telefone: (21) 2235-1886

Confeitaria Manon

Endereço: Rua do Ouvidor, 187 / 189 - Centro - Rio

de Janeiro

Telefone: (21) 2221-0245 ou pelo WhatsApp (21)

98566-1068.

Xodozin Sabores Mineiros e mais

Endereço: Copacabana, posto 3

Telefone: (21) 9834-01234

Vendas abertas primeiro lote até 10 de dezembro

A partir de R$600,00

Restaurante Alvaros

Endereço: Av. Ataulfo de Paiva, 500 - Leblon

Telefone: (21) 2294-2148

REVISTA CARIOCAS - 7


GASTRÔ

NOVO ESTILO DE

RECEBER BEM

Buffet montado com requinte recebe em

apartamento para festas e eventos

Por Mirian Barbosa

Foto: Arquivo

Você já imaginou ter um belíssimo apartamento no

coração de Copacabana, com Buffet, decoração e

todos os mimos à sua disposição para realizar festas,

eventos e confraternizações?

Muito comum na Europa, este tipo de espaço vem

chegando aos poucos ao Rio de Janeiro, trazendo

um conceito novo,contemporâneo de utilizar locais

inusitados para realização de eventos em geral.

Esta é a proposta de Duda Buffet & Eventos,

comandado pelo chef Duda Pontual, um pernambucano

de família tradicional do Recife, radicado há mais de

40 anos no Rio e que desde criança amava cozinhar.

A vida deu muitas voltas. Da cozinha de sua casa,

onde ele e os irmãos aprenderam a arte culinária

com a mãe e a governanta mineira, muita água rolou.

Veio para o Rio fazer o mestrado em Engenharia

de Produção e trabalhou durante décadas em uma

companhia de gás.

A gastronomia entrou em sua vida por ser apreciador

da boa mesa. “Sempre gostei de comer bem, conhecer

pratos de diversas partes do mundo. E, principalmente

nos finais de semana, os restaurantes sempre estavam

lotados. A partir daí comecei a receber os amigos em

minha casa para almoços e jantares. Todo sábado

e domingo minha casa recebia de 20 a 30 pessoas,

era uma badalação só” conta Duda que com a crise

econômica passou a não poder mais patrocinar os

encontros. Foi quando surgiu a idéia de transformar a

informalidade destes encontros em negócio.

“Um dia um amigo me contou a história de um

casal que morava em Paris e o homem era excelente

cozinheiro. Para se manterem resolveram transformar

a casa em um restaurante e fizeram muito sucesso com

aquele clima intimista. Foi aí que tive a mesma idéia.

Montar em meu apartamento, que é muito grande, um

serviço para receber as pessoas. Já fiz casamentos,

bodas, aniversários e muitos outros eventos” conta

Duda lembrando que esta época de final de ano

seus serviços são muito procurados, inclusive para

empresas e reuniões entre amigos.

De acordo com ele, o evento é montado de acordo

com a vontade do cliente. “Temos pacotes diversos

que atendem até 50 pessoas sentadas. Pode ser um

jantar, coquetel, Buffet volante, enfim, muitas opções

tanto de preços quanto de cardápios. Procuramos estar

de acordo com o que o cliente quer investir. Muitas

pessoas fazem uma cotização e vem comemorar aqui

comigo, cada um pagando o seu, também temos esta

opção, como se fosse em um restaurante onde cada um

paga sua conta. Só que aqui é tudo mais programado

e a pessoa já sabe quanto gastará” revela.

Para o mês de dezembro as reservas já estão

sendo feitas e Duda aceita encomendas também

para entrega de ceias. “Muitas pessoas já estão

me procurando para fazer a noite do amigo oculto.

As pessoas se sentem em casa, tudo funciona

perfeitamente. Certamente quem faz suas festas aqui

conosco terá momentos inesquecíveis movidos pelo

carinho e qualidade na recepção e montagem de seu

evento” finaliza Duda Pontes.

Serviços:

Duda Pontual Buffet e Eventos

Telefones: 2236-2465 / 99911-1810

eapduda@gmail.com

REVISTA CARIOCAS - 8


Fotos: Divulgação

Foto: Arquivo

NATAL E REVEILLON NO RESTAURANTE

PRÍNCIPE DE MÔNACO

Por Mirian Barbosa

Casa vai funcionar seguindo as medidas de segurança sugeridas pela Organização Mundial de Saúde.

O

cearense Cícero Parente, o

português do Minho, José

Alves, o carioca Fernando Luiz

e seu pai, o também português

João Gomes, comandam o

Restaurante Príncipe de Mônaco.

A casa, que vai completar 65 anos, na esquina

da Rua Miguel Lemos com Aires Saldanha,

em Copacabana, superou os tempos de

Pandemia e está se adaptando com um

delivery perfeito e distanciamento entre as

mesas em sua varanda mega confortável.

Dividida em dois ambientes, abriga 200

pessoas sentadas, hoje um pouco reduzida

a lotação para seguir as novas regras anti

coronavírus e um balcão delicioso com várias

iguarias de frutos do mar e um pit stop para

aquele chopp bem tirado com 48 metros

de serpentina que vem de uma câmara

climatizada.

Em seu cardápio circula uma farta variedade

de frutos do mar, com opções de carnes

variadas e tira-gostos de fazer os comensais

mais exigentes degustarem sempre mais de

uma opção. “Mesmo com a Pandemia e agora

a flexibilização estamos trabalhando com

afinco, seguindo todas as regras impostas

pelo Ministério da Saúde e nossa clientela

voltou a frequentar a casa. Estávamos todos

com saudades” diz Cícero.

Para as festas de final de ano, o restaurante

preparou um cardápio especial para dias 24

e 31 de dezembro e, além de receber sua

clientela, estará aceitando encomendas para

estes dias especiais.

De acordo com Parente, o Príncipe de

Mônaco funcionará dia 24 de dezembro, de

9h à 2 horas da manhã, com um cardápio

baseado em bacalhau, camarão, lagosta,

peixe, pernil a brasileira, picanha e churrasco

misto. As encomendas de ceias poderão ser

feitas em ambas as datas até as 18hs e

serão entregues até as 21h.

Passar o Reveillon no Príncipe de Mônaco

pode ser uma atração à parte no Ano Novo de

Copacabana, que este ano devido a Pandemia

não terá queima de fogos, mas certamente

receberá àqueles que não abrem mão da

brisa marinha. A Prefeitura já bateu o martelo

quanto aos fogos de artifício, mas nada impede

que os restaurantes funcionem. Portanto, os

clientes podem optar por dezenas de pratos

escolhidos no cardápio especialmente para a

ocasião.

“Funcionaremos dia 31, de 9 ás 5hs da

manhã. É uma data festiva, de agradecimento

e esperança no novo ano que, se Deus quiser

trará o fim da pandemia pela vacina. Estamos

todos na expectativa de tempos mais amenos”

diz Cícero Parente.

É bom saber que os lugares e mesas no

restaurante são por ordem de chegada, mas

que este ano aceitará reservas. “ São 100

lugares na varanda e 100 no salão” explica

Fernando Luíz que dá as dicas de pratos para

agradar qualquer paladar. “A variedade de

opções é muito grande, mas particularmente

eu indico os tradicionais bacalhaus á moda da

casa e à espanhola (R$189), a Moqueca da

casa (lagosta, camarão, cherne acompanhada

de pirão e arroz) à R$299 e a Lagosta à Belle

meunière (com batatas cozidas, molho de

alcaparra, champignon e camarão) R$299

média e R$399 grande.

Foto: Arquivo

REVISTA CARIOCAS - 9


GASTRÔ

Foto: Arquivo

Todos estes pratos servem duas pessoas

fartamente” diz carioca não se esquecendo

dos vinhos que o restaurante dispõe para

acompanhar o brilho da noite.

“Separamos uma carta de vinhos brancos

maravilhosa. Sugerimos os chilenos Concha e

Toro (78,00) e Santa Helena (78,00), além dos

portugueses Casal Garcia (99,00) e Alvarinho

(159,00). “Oferecemos também para as

comemorações as Champagnes Chandón

(149,00) e a Moet Chandon (399,00), para

aqueles que não passam esta noite especial

sem um brinde borbulhante. Dispomos

também de uma série de Tuetos como o EA

(R$119), Esporão (299), Cartuxa (R$299 e

Reserva R$599)”.

Outro destaque vai para a variedade de

petiscos como lula, camarão alho e óleo

(R$129), filet aperitivo (R$89), Frango a

passarinho (79,00), Patinhas de caranguejo

(R$39) e Bolinhos de bacalhau do Porto

(porção com 12 , R$ 48).

Para os amantes de carnes, não poderia faltar

o festivo Pernil a brasileira, acompanhado

arroz, batatas fritas e farofa brasileira

(R$119,00), a Picanha brasileira (R$129) e o

tradicional Churrasco misto (contra filet, filet

de frango, linguiça grelhada (R$149,00).

Cícero Parente aponta a variedade de

Camarões e Peixes: “Nossos pratos à base de

camarão também estarão presentes na festa

e todos servem duas pessoas. O Camarão

à la Plancha, o Brochete de camarão e o

Risoto custam R$179. Os peixes também

são uma boa pedida. Teremos filet de cherne

ao molho de camarão (R$169), linguado ao

molho de camarão (R$159) e Anchova, pargo

e pescadinhas com guarnições (119,00)”. Um

dos carros chefe do Príncipe de Mônaco para

esta temporada festiva, inclusive para as noites

de Natal e Reveillon, é a Sinfonia de frutos

do mar (para 4 pessoas) à R$ 479,00. “Uma

verdadeira festa gastronômica. O prato vem

com lagosta, camarão, polvo. lula, trilhas e filet

de linguado (acompanha arroz de brócolis e

pirão)” sugere José Alves lembrando que as

sobremesas ficam com o destaque os doces

portugueses como Pastel de Belém, Pastel de

Santa Clara, Toucinho do Céu e Travesseiro

de Noiva (a partir de R$12).

Serviços: Restaurante Príncipe de Mônaco

Rua Miguel Lemos 18 – Copacabana

Funcionamento: Dia 24.12 - 9 às 02h – Encomendas até as

18h

Dia 31.12 - 9 ás 5hs da manhã - Encomendas até as 18h

Aceitam reservas com antecedência

Telefones: 2521-0195 / 2267-0405

DE 9 ÁS 5 DA MANHÃ 2020 / 2021

SEGUIMOS TODAS AS REGRAS

SANITÁRIAS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE!

REVISTA CARIOCAS - 10


PERSONA

SIMONE ZUCATO

Aprendendo a dançar vários ritmos

Foto: Arquivo

Por Mirian Barbosa

A paulistana Simone Zucato, escolheu as artes

desde sempre, ao longo de toda sua vida

sempre se dedicou à carreira de atriz.Cursou

Teatro Escola Macunaíma, a Escola Wolf Maya

,o Curso de Teatro na FAAP em São Paulo.

Logo em seguida veio morar no Rio de Janeiro

,onde estudou na CAL, no Tablado e participou

de um grupo de estudos da Bárbara Heliodora,

conceituada crítica teatral.

Na sequência, fez cursos no HB Studio, em NY,

teve aulas com coaches renomados como Susan

Batson, Robert Castle no Lee Strasberg Film

Institute de NY, Michelle Danner, Nancy Bishop

e Jandiz Estrada. E ainda hoje se aprimora

fazendo cursos livres ,aulas de canto e dança.

“ A arte é um aprendizado contínuo. Minha estréia

profissional no palco foi com a peça ‘De Corpo

Presente’, com texto e direção de Mara Carvallio

em 2007, em São Paulo. Eu interpretava Lilia, a

filha homoafetiva de Dora e Júlio, interpretados

por Magali Biff e Blota Filho. Foi algo muito

emocionante, pois eu estava realizando o sonho

de fazer e trabalhar com o amor”

A atriz estreou na TV em “Casos e Acasos” , na

Rede Globo, em 2008. Foi descoberta por um

diretor que a assistiu em “De Corpo Presente “

e de lá para cá outras oportunidades surgiram

onde Simone ganhou destaque e notoriedade

por trabalhos tais como: Isa Corbett em A Toca

do Coelho, Vera em Trair e Coçar É Só Começar,

Sylvia em Sylvia, Liliane em O Sétimo Guardião

e a Mãe em O Livro de Tatiana.

Apaixonada por teatro, e com vasta experiência

como produtora de peças internacionais, ela vem

comprando os diretos de montagem no Brasil:

“A Bárbara Heliodora foi quem me ensinou que

eu deveria me auto produzir no teatro. A partir dali

eu comecei a procurar um texto para produzir.

Depois de muito procurar aqui no Brasil e não ter

nenhum texto disponível com um personagem

para mim, resolvi trazer de fora. Assisti Rabbit

Hole na Broadway e me apaixonei pelo texto.

Comprei os direitos autorais com muito sacrifício,

pois a peça havia acabado de ganhar o prêmio

TONY e o Pulitzer de melhor drama. Não é

uma coisa fácil de se fazer. Produzir no Brasil

é muito difícil e não depende apenas de quem

produz. Até hoje encontro muitos percalços

numa produção, mas espero que isso melhore.

REVISTA CARIOCAS - 11


PERSONA

No próximo ano

quero fazer cinema,

atuar, estudar e ler,

e aprender a dançar

os ritmos que não

sei dançar.

Foto: Arquivo

Eu vejo e vivencio muitas dificuldades” confessa

Simone lembrando que quando as pessoas

se derem conta que o teatro é importante pelo

texto, pela história contada e pela beleza de seu

ritual, e que essas histórias fazem parte de sua

cultura, sua educação enquanto indivíduo, o

teatro no Brasil terá resolvido grande parte de

seus problemas.”.

Popularidade

A atriz ganhou popularidade quando atuou na

novela global “O SETIMO GUARDIÃO” , ao lado

de Elisabeth Savala e possui planos de construir

uma carreira internacional, onde terá a chance

exercitar diferentes dramaturgias. No passado

lutou contra o câncer, hoje está curada , mas faz

quimioterapia para não deixar a doença recidivar

no futuro. Além de atriz Simone é médica e

se sente no dever e obrigação de orientar as

pessoas sobre a doença. Ela viveu uma fase

muito difícil, com medos e inseguranças, mas

também de superação.

Sobre os planos futuros

“ Não gosto de fazer muitos planos, pois

estamos vivendo tempos em que planejar

coisas pode ser frustrante. Mas como sou uma

capricorniana que traça metas e vai atrás,

tenho alguns planos. Tenho, paralelamente a

peça “ Sylvia “ – que talvez volte aos palcos

este ano, duas outras produções teatrais em

andamento... uma delas que fala sobre autismo

e já fazem 08 anos que estou tentando erguer.

Infelizmente, a maioria dos patrocinadores não

tem interesse em patrocinar um drama que fale

sobre isso. Hoje, no Brasil, temos uma a cada

sessenta crianças sendo diagnosticadas com

autismo. Muitas famílias não tem condições e

informação para lidar com essa realidade que

é dura, e que pode ser amenizada. Então eu

quero muito tentar realizar esse projeto - que é

belíssimo . No próximo ano. E quero muito fazer

cinema,Ou seja: atuar, atuar, atuar... e estudar,

e ler, e aprender a dançar os ritmos que não sei

dançar”

REVISTA CARIOCAS - 12


REVISTA CARIOCAS - 13


PREVISÕES 2019 - TARÔ

PREVISÕES DO

2021

Por Sheila Moreira

TARÔ PARA

Foto: Arquivo

A carta do tarot que vai reger 2021 é a carta

do sarcedote, a do Papa. É o arcano número

cinco. Esta carta está ligada a vida espiritual

e a vida cotidiana. É a carta que respeita

os valores acima de tudo, e esses valores

são: a honestidade, a disciplina, a tolerância.

E tudo que formos fazendo nesse ano de

2021, deverá ser feito com muita dedicação

porque será muito importante pra que seja um

ano produtivo para realizar nosso projetos.

Também aconselha o tarô e esta carta,

termos paciência ao enfrentar criticas, porque

2021 será preciso conviver com situações

diversas e que podem trazer divergências.

Evitar extremos, radicalismos, se afastar de

pessoas tóxicas e não confiáveis porque isso nos

ajudará na crise ao longo do ano. 2021 será um

ano de muita diplomacia em todas as áreas. Um

ano de aprendizagem ao rumo da estabilidade

e temos que estar atentos com nossas atitudes.

AMOR

No amor, essa carta nos lembra da necessidade

de corrigir nossa vida amorosa. Ela representa

as parcerias afetivas e confiáveis. Temos que

ter cuidado para não nos relacionarmos com

pessoas imaturas, temos que colocar mais nosso

pé no chão, pensar com a cabeça. Essa carta

mostra que sem estrutura não se chega a lugar

nenhum. Mais vale alguém confiável ao lado, do

que insistir em um amor passageiro, ou numa

relação instável. O amor precisa de amizade,

lealdade para fortalecer. Apostar num amor

confiável e franco. Tem que ter ao lado alguém

que nos ame verdadeiramente. Para quem está

procurando um amor, procure uma pessoa do

seu convívio, sejam amigos ou conhecidos.

Para quem esta namorando é um ano propicio

para casamento, noivado ou união estável. Para

quem é casado, é um ano de investir na família e

bens matérias. Então vamos acreditar e investir

no amor.

FAMÍLIA

Esta carta prioriza muito a família. A família é

um dos pilares mais importantes na estrutura

social . A vida em 2021 será toda estruturada

pelo que aprendemos no contexto familiar. Todas

as áreas como vida financeira, amorosa etc...,

vão estar pautadas pelo o que a gente aprende

desde criança, em nosso seio familiar. E a gente

deve colocar a família acima de tudo e é única.

E um conselho para quem está passando por

problemas familiares, procurar construir pra si

uma base familiar. Procurar ter fé e esperança no

futuro, porque é possível construir uma família

dentro daquilo que a gente acredita. A família é

a prioridade nesse ano de 2021.

ESPIRITUALIDADE

Na espiritualidade será um ano que favorecerá

a busca pelo divino. Para aqueles que não

seguem uma religião, irão se abrir brechas para

buscar uma prática espiritual. Até porque a fé

dá um alento para nós, ela ajuda a dar forças,

coragem para continuar na caminhada.

FINANÇAS

Será um ano de colher resultados do nosso

trabalho em 2020. E temos que ter cuidado com

os excessos porque será um ano difícil para todo

mundo e devemos gastar só o necessário para

viver. Sabendo dar valor ao nosso trabalho, para

gastar com sabedoria. A carta também avisa

para quem vai ganhar muito dinheiro, tem que

saber poupar, investir e guardar, porque o futuro

é está muito incerto. É um ano para estruturar o

básico para poder abrir caminhos mais pra frente.

Áreas mais propicias para dinheiro: jurídicas,

saúde, marketing, construção e tecnologia.

SAÚDE

Na saúde, temos que continuar levando muito

a sério a tudo que nos cerca. Quem está em

tratamento , siga direitinho. E mesmo que não

tenha problema crônico, buscar médicos para

fazer check-ups. Até porque essa carta fala sobre

os princípios tradicionais que sustentam toda a

estrutura de vida. Ter prioridades nos nossos

cuidados de saúde, manter com os cuidados

da lavagem das mãos, uso das máscaras, usar

álcool em gel, e pelo visto, só em julho de 2021

voltaremos ao “normal”. Então vamos cuidar da

nossa saúde, porque ela é o nosso bem maior.

E por ultimo, o planeta regente será Vênus.

Vênus contemplará os leoninos e

eles terão muito dinheiro no bolso.

E os orixás que regiram 2021 serão Oxalá e Oxum,

trazendo respeito e harmonia para o ano que se inicia.

Serviços:

Sheila Moreira Dias

Graduação em Acupuntura, Formada em Medicina Chinesa,

Iridologia, Quiromancia, Florais de Bach, Reikiana (Karina),

Auriculoterapia e Taróloga.

Telefone: (21) 98855-9618

Foto: Arquivo

REVISTA CARIOCAS - 14


LANÇAMENTO

CARECAS NÃO COMEM QUIBE

Por Mirian Barbosa

Fotos: Daniel Lewinsohn

Nono livro de Doc Mariz é lançado em Live no instagram e discute o humor na literatura em tempos de Pandemia

O escritor Doc Mariz, lançará na próxima semana,

dia 17.12, às 19h, numa Live no instagram (@

editoraguardiao), o livro ‘Carecas não comem

quibe’, uma coletânea de contos bem humorados,

que segundo o autor, foram feitos para serem lidos

de manhã, ao sair de casa, a fim de enfrentar a

monotonia do trabalho com um sorriso nos lábios.

Em seu nono livro, Doc Mariz, alter ego do médico

carioca sessentão Antonio J. Mariz da Veiga, que

sempre se dedicou à literatura focada no humor e

cotidiano, sugere que seus leitores deixem o livro

dentro do banheiro, naquela hora em que a pessoa

vai passar aquele “fax” para a Austrália e relaxa.

“Então, lê um ou dois contos e renova o sorriso

no rosto” diz o ipanemense radicado em torno das

montanhas mineiras de Juiz de Fora.

Em uma conversa muito prazerosa e, claro, bem

humorada, Doc Mariz fala do humor na literatura,

inspiração, pandemia e cotidiano e ainda nos dá de

presente parte do conto que dá nome a obra ‘Carecas

não comem quibes’ , o que nos dá um apetite enorme

para ler o livro completamente. Confiram.

Foto: Daniel Lewinsohn

REVISTA CARIOCAS - 15


LANÇAMENTO

O senhor sempre escreveu livros e contos

com pitada de humor. De onde vem esta inspiração?

Doc Mariz- A inspiração vem do cotidiano da vida de

um profissional da área da saúde. São centenas de consultas

por mês e algumas foram curiosas. Assim, decidi

começar a escrevê-las mudando os nomes e lugares, é

claro.

Foto: Daniel Lewinsohn

Um cronista deve ter um olhar crítico sobre

tudo que o cerca?

Doc Mariz- Algo um tanto critico, algo um pouco

irônico, debochado. Certa vez persegui uma mulher

nas ruas de Copacabana simplesmente porque ela

carregava displicentemente, em uma das mãos, as

chaves do seu carro e balançava junto com o movimento

dos seus quadris. Fantástico. Nunca soube

quem ela era nem vi o seu rosto. Só as chaves e os

quadris.

Todos seus personagens possuem um pouco

da realidade ou são fictícios?

Doc Mariz- Em algum livro meu escrevi a estória

de um senhor com bastante idade, velhinho mesmo,

que se consultava comigo. Um dia perguntei qual

era o segredo da sua longevidade e disposição.

Ele respondeu que era “chuchu”. “Comer chuchu

todas as semanas”. Achei estranho, mas continuei

a consulta. Ao se despedir de mim ele chamou a

sua acompanhante de vinte e poucos anos: Vamos

embora “chuchu”. É claro que rendeu uma bela

estória...

O careca de ''Os carecas não comem

quibe'' é um personagem que o senhor

encontrou por suas andanças?

Foto: Daniel Lewinsohn

Doc Mariz- Foi uma viagem de ônibus a trabalho

que fiz. Chovia muito e fecharam todas as janelas. O

ar-condicionado não funcionava. Um calor daqueles

dentro do ônibus. Alguém soltou um pum horroroso.

Daqueles intoxicantes. Acusaram o careca que estava

na minha frente de ser o autor do gás venenoso.

Disseram que ele havia comido algo na lanchonete

da rodoviária. Eu me lembrei que tentei comer algo

na rodoviária, mas só tinha quibe e com uma cara

esquisita de velho. Resolvi interceder a favor do meu

vizinho de poltrona e soltei a frase que todos riram:

“Não foi ele e eu tenho certeza de que não foi ele o

autor do pum. Pois “carecas não comem quibe!”

Este é o seu sétimo livro. Pode me dizer

um pouco de cada um deles?

Doc Mariz- Amadureci nesses vinte anos que

escrevo. O primeiro livro chamava-se “Contos que

REVISTA CARIOCAS - 16


LANÇAMENTO

curam”. Era engraçado, mas tinha um pouco de

melancolia escondida, pois estava terminando um

casamento. Com o passar do tempo percebi quais

contos o meu publico gostava mais e aprimorei a

escrita. E também o olho crítico.

O senhor se aventurou pelo universo

infantil. Como foi esta empreitada? É

especial escrever para crianças?

Doc Mariz- Meu primeiro livro infantil foi o “Pum Cor

de Rosa” (será que eu tenho mania de pum?) Depois

a Arvore da Batata Frita e recentemente o Brigadeiro

Falante e o Pudim Pedinte. Meu filho Daniel, minha

fonte de bagunça e inspiração. Ele é especial com

17 anos e tem um humor parecido comigo (ele é

adotado). Muito parecido. Almas gêmeas!

Voltando aos CARECAS acredita que o

humor em tempos tão duros de pandemia

deve ser levado pais a sério?

Doc Mariz- Escrevi algumas estorinhas para

crianças que dou consulta e filhos de conhecidos. E

enviei por ZAP para os pais lerem para as crianças,

enquanto elas colorem os desenhos de cada página.

São para levantar o astral de uma época que marcará

a história do mundo definitivamente. O humor também

“cura” como escrevi no meu primeiro livro.

Acredita que o mercado cresceu para

escritores com vertente humorística?

Doc Mariz- Se você se transportar para a premiação

do Oscar americano verá que o melhor dos

humoristas (Chaplin) nunca levou Oscar. Quando

estava quase morrendo deram um prêmio simbólico

para ele. Ninguém na nossa Academia Brasileira de

Letras escreveu humor. E temos dezenas de ótimos

escritores.

É fato que o lançamento de seu livro dia

17.12 estava previsto para ser em um bar

em Ipanema com farta distribuição de

quibe, mas com a pandemia foi cancelado?

Doc Mariz- Sim. Nasci e fui criado na Rua Pudente

de Moraes esquina com Rua Joana Angélica. Seria

uma apoteose fantástica.

O senhor é carioca ipanemense e depois

dos 50 anos resolveu ir viver em Minas. As

montanhas mineiras mudaram seu modo

de escrever ou ainda pensa nas areias e

ondas de Ipanema em suas criações?

Doc Mariz- Certa vez, meu filho estava internado no

Hospital Monte Sinai em Juiz de Fora. Teve um tumor

intestinal com dez anos de idade. Fiquei os 60 dias

de internação dormindo ao seu lado. Em uma noite

de insônia, eu senti o cheiro da maresia da praia de

Ipanema. Chamei a enfermeira para sentir o mesmo

cheiro e ela disse que eu estava delirando. Falei pra

ela: talvez eu esteja errado e seja a maresia do Posto

6 de Copacabana; quase chamaram o psiquiatra de

plantão. O mar está no meu sangue e no meu nome:

MAR IZ

Pode me citar uma boa lembrança de

Natal?

Doc Mariz- Lembranças de uma cidade que nunca

mais existirá. O bar Jangadeiros, na Praça General

Osorio, o botequim Garota de Ipanema, O Braseiro

da Rua Montenegro (ótimo chope da Brahma), O

Brasinha esquina com a rua Canning (o melhor

galeto do planeta Terra), o sorvete do Moraes (depois

a sorveteria Alex), o Bar do Zeppelin, o futebol de

praia de homens vestidos de mulher no final de ano,

o Colegio Chapeuzinho Vermelho, o Colegio Rio de

Janeiro na Nascimento Silva, o cinema ao ar livre na

Praca N.Sra da Paz às sextas feiras, o Cine Roxy,

Cine Pax, Cine Pirajá que passava dois filmes pelo

preço de um, as ruas enfeitadas para o Natal, a Feira

Hippie com os Hippies, o centro da cidade com luzes

coloridas para o Natal...

O senhor já escreveu uma crônica sobre a

pandemia?

Doc Mariz- Sim, mas não publiquei. Talvez um dia...

Acredita em uma nova onda pandemica?

Doc Mariz- Sim, não se esqueça de que sou Alergista

e Imunologista. Quando me formei, há 40 anos ,

não tinha picanha, não tinha telefone celular, nem

o tal infectologista. Era o clínico geral que resolvia

todas as infecções. E o Imunologista era chamado

para aumentar as defesas orgânicas do cidadão. Os

vírus são mutantes. Há quem diga que nós também

sofremos mutações com o passar dos milhões de

anos.

Isso tudo vai passar quando em sua

opinião como médico experiente? O que

diz António Mariz e o que diria o Doc Mariz?

Doc Mariz- O médico Antonio Mariz diria que a

vacina vai ajudar algumas pessoas, não a todos.

Pois existe uma palavra que a população odeia:

depende. Repito diariamente essa palavra: depende.

Já o escritor diria que a sogra foi obrigada a morar

durante meses com o casal. Isso é pior do que muitos

vírus juntos!

REVISTA CARIOCAS - 17


LANÇAMENTO

Crônica

Por Doc Mariz

‘Carecas não comem quibe’

Certa vez, dentro de um ônibus a passeio, alguém

soltou um “pum” fedorento. Muito fedorento. E chovia

demais. As janelas do ônibus estavam fechadas e o ar

condicionado não funcionava! Alguém próximo falou:

– Quem soltou essa bomba deve ter comido algum

salgadinho na rodoviária!

Outro falou tampando a respiração:

– Deve ter sido um quibe! Daqueles que ficam semanas

na bandeja!

– Pode ter sido aquele careca ali no banco da frente!

Nesse exato instante, Doc Mariz interveio com sua

sabedoria investigativa baseada nas séries de canal a

cabo:

– Não foi ele!

– E como o senhor sabe que não foi ele? Retrucou um

fariseu!

– Porque carecas não comem quibe!

Todos riram e finalmente as janelas foram abertas, a

saída de emergência acionada e salvaram-se todos

os passageiros de uma internação no SUS. Nunca

se soube quem era o autor daquele “ataque terrorista

gasoso intestinal”! E, confesso que não fui eu! Bem,

a frase ficou na minha cabeça... O trauma nasal e o

cheiro também. Divirtam-se com esses novos contos

de humor, mas, por favor: não comam salgadinhos em

rodoviárias! Muito menos quibe!

A propósito, o último capítulo deste

livro é um presente do Doc para os

leitores hipocondríacos!

Ficha Técnica:

Editora Guardião

Ilustração de capa: João Pedro Mariz da

Veiga

Capa: Roberta Pauletich

Projeto gráfico e diagramação - Roberta

Pauletich

Revisão: Amanda Maia

Edição: Paulo Ballado

Impressão: Meta Solutions

ISBN: 978-85-69728-15-3

Capa brochura, lombada quadrada e

acabamento laminado fosco.

204 páginas

1ª edição - 2020

REVISTA CARIOCAS - 18


SAÚDE E BEM ESTAR

O MILAGROSO MÉTODO

ACAIO DE MASSAGEM

Por Mirian Barbosa

Foto Acaio: Arquivo

Depois de passar 20 dias praticamente

presa em uma cama, após o que eu

definia (e o traumatologista que me

consultou também) como um desvio

nas vértebras, com dores fortes que me

levaram numa madrugada à um hospital ( e nada ficou

diagnosticado na tomografia), através de uma amiga

acupunturista e taróloga descobri Silvana Assumpção,

fisioterapeuta e massagista, filha de Mestre Acaio ,

um engenheiro nuclear nascido em Macau, uma ex

colônia Portuguesa que se encontra ao sul da China,

que chegou ao Brasil em 1971 trazendo um Método

milagroso de massagem para a cura das dores na

coluna.

Aqui nasceu Silvana, primeira menina da família.

Herdeira deste conhecimento extraordinário, o

Método ACAIO foi para mim milagroso, em uma

única sessão desta técnica desenvolvida por seu pai,

com base em uma das massagens mais antigas e

milenares chinesas, a On Mo Song Kuat, minhas

dores regrediram e pude entender melhor o que era

este método.

Mestre Acaio, falecido há cinco anos, deixou

registros em seus livros que com base na modalidade

da milenar On Mo Song Kuat, juntou a lógica

com a inclusão da Matemática e da Física nos

conhecimentos dos diedros, ângulos, perspectivas e

rebatimentos nos Momentos de Força e desenvolveu

sua metodologia.

“Criei o Método Acaio de Massagem por uma

simples razão: Diagnóstico.

Acontece que todos os profissionais da área de

massoterapia têm como primeira necessidade para

o atendimento a indagação ao paciente sobre seu

problema e suas conseqüências com as seguintes

perguntas: Qual o seu problema? Onde é a dor?

Quais são os sintomas? “ pergunta o mestre.

De acordo com ele, regra geral o paciente se

manifesta com a queixa da região dolorida tal como

lombalgia, dor ciática, tendinite, bursite, cervicalgia,

etc..

“Pelo método que desenvolvi, em 90% dos casos o

local da dor não corresponde à origem do problema,

isto é, a dor é consequência de algum desvio,

deslocamento ou ainda ocasionada por uma torção.

Portanto, para que se tenha bom resultado é de suma

importância que o diagnóstico seja correto.

Outro aspecto é a manipulação propriamente dita

que requer do profissional longas horas de preparo

físico e de prática, isto porque é fundamental que

se empregue técnica, força, ritmo e intensidade

adequados” explica Mestre Acaio em seus registros.

Foto: DMC21

REVISTA CARIOCAS - 19


SAÚDE E BEM ESTAR

Impressionante que após entrar no consultório e ter

minha coluna massageada e manuseada 45 minutos

por Silvana, 70% da dor desapareceu e o diagnóstico,

4 vértebras fora do lugar foi acertivo (sendo que as

vértebras eram opostas ao local da dor mostrando a

sabedoria deste homem, conhecido também como

Alberto Carlos Paes d’ Assumpção, por ter nascido

na colônia portuguesa de Macau). De lá consegui

sair andando.

“O Método trata a causa, meu pai fez uma associação

de conceitos matemáticos e físicos para a estrutura

física e esses desequilíbrios para a causa da dor e

os que desencadeia. As vezes, não são imediatos

os resultados devido aos problemas anteriores,

depende de cada caso., mas a maioria das pessoas

sente os benefícios com uma só sessão.

Ou seja, precisa ver qual a causa, investigar o

inicio do problema para resolver a conseqüência,

e por isso varia de pessoa para pessoa e caso

para caso. Repito: Existem pessoas que com uma

sessão e está tudo bem, outras que precisam vir

mais vezes. E problemas podem ser diversos, desde

contraturas, desvios e rotações da coluna vertebral e

consequências, explica a massagista que começou

a ser treinada aos 3 anos por seu pai, desde as

primeiras técnicas de massagem e à ir nas consultas

com ele.

Ia nos atendimentos na casa das pessoas, porque

de inicio seu pai era engenheiro nuclear, durante o

dia fazia seu expediente numa grande empresa e a

noite atendia conhecidos e amigos próximos. “Só que

começou a crescer, e teve que abrir um consultório

fixo no inicio dos anos 80”. A partir disso, Silvana ficou

mais perto ainda dos conhecimentos no consultório,

aprendendo a moda chinesa, até fazer seus 18 anos

e começar por em pratica tudo que aprendeu sobre

Método Acaio.

Mestre Acaio também foi treinado desde criança

por dois outros mestres chineses. “Era mestre de

Karatê, do estilo Seigokan, 8º Dan, estudou o estilo

do Japão e utilizava a massagem para os traumas em

atletas. Quando veio para o Brasil começou atender

amigos, pessoas com traumatimos por causa do

esporte e pacientes neurológicos. Para os pacientes

neurológicos, ele contava com a ajuda do seu amigo

neurologista, Dr. Elisio, para atender pacientes com

o método” conta Silvana Assumpção. Em 1988, após

seu pai se mudar para Resende, Silvana começou a

atender no Rio de Janeiro no consultório e repetindo os

passos de seu pai ensinou as suas filhas as técnicas

do método sendo que o avô, ainda vivo, foi também

um mestre para as meninas, hoje a biomédica e

acupunturista Ísis Assumpção e a fisioterapeuta Iana

Assumpção.

“A técnica é ímpar. Lógica. Baseada principalmente

na física e na geometria descritiva, aplicadas ao

corpo humano. Teve sua base originada do On Mó

Song Kuat, técnica chinesa, cujo objetivo é tocar o

osso e soltar os nervos.

Serviços:

“Mestre Acaio, que era engenheiro por formação mas

massagista por opção e dom, passou a desenvolver

novos manuseios e formas de tratamento após longos

anos de prática e meditação. Assim, nasceu o Método

Acaio de Massagem, o qual muito me orgulha ser

uma das discípulas do mestre fundador” diz Silvana

esclarecendo que a maioria dos pacientes que chega

até ela já passou por diversos tratamentos prévios

e muitas das vezes já perderam a esperança. E é aí

que a técnica faz toda a diferença, pois, em poucas

sessões ou já na primeira (dependendo do problema),

é notória a melhora. “Isso porque tratamos o que está

causando a dor e não a dor como um fator isolado.

Todo efeito tem uma causa e esse é o nosso real

objetivo!” finaliza.

Esse método é indicado nas afecções da coluna

vertebral e de suas conseqüências.As queixas mais

comuns são:

Dor no pescoço, nas costas, nos braços, nos joelhos,

nos calcanhares, ciática, bursite, tendinite, torcicolos,

hérnia de disco... E, muitos desses males poderão

ser sanados com esse método de massagem.

* Cifose lombar rotatória

* Lordose cervical

* Lordose cervical rotatória

* Lordose torácica

* Lordose torácica rotatória

* Lordose lombar

* Lordose lombar rotatória

* fissura em vértebras da coluna

* fratura em vértebras da coluna

E, em casos de fraturas e fissuras, que são muito

comuns após traumatismos ou em idosos por

osteoporose, são imprescindíveis que se procure

atendimento médico especializado, tendo em vista

que a manipulação é totalmente contraindicada.

Método Acaio

Silvana Assumpção

Rua 2 de dezembro 78 – sala 505 / Flamengo

Telefone / whatsapp: 986237431

Foto: DMC21

REVISTA CARIOCAS - 20


Foto: Arquivo

O PODER

DO PERDÃO

Por Ana Claúdia Vaz

Muito se fala a respeito do perdão. Palavra de seis

letras que tem sua origem etimológica no latim, “per

donare” significados “per” total, completo “donare”

doar entregar. Um dom levado a perfeição. Em grego

a palavra perdão se escreve “aphíemi” termo que

significa “ deixar ir”. Falar de perdão numa sociedade

individualista e bélica como a nossa é um grande

desafio. Muitas pessoas confundem o o significado

da palavra perdão. Primeiramente quero dizer que

perdoar alguém não significa necessariamente

voltar a conviver com esse alguém. Muitas vezes

o mal sofrido foi tão grande e a pessoa que nos

magoou possui valores tão diferentes dos nossos

que um convívio pode se tornar inviável. Nesses

casos que convivência inexiste, a educação de

um cumprimento a distância pode ser possível.

São muitas as dores que permeiam nosso mundo,

difamações, agressões, estupros, assaltos, traições,

mentiras, assassinatos, ameaças, brigas e outras

causas variadas que criam mágoas que parecem

durar uma vida inteira. São sofrimentos reais e tão

palpáveis permanecem por muitos anos fincados

em nosso ser, se nada fizermos a esse respeito. A

ausência do perdão pode realmente nos adoecer.

Existe uma gama de estudos científicos que alertam

sobre isso. Mas como perdoar alguém? A boa

novidade é que perdoar é possível. Segundo um

estudo do Greater Good Science Center( Centro

de Ciências do Bem Maior) da Universidade de

Berkeley nos EUA, o perdão pode melhorar nossa

saúde em todos os sentidos.É um remédio que

atua em instâncias que vão desde a qualidade de

sono até a fadiga. Pesquisadores descobriram que

a limpeza das emoções negativas desempenha um

papel importante para a manutenção do bem estar.

A prática do perdão se mostrou capaz de diminuir

a pressão arterial em diversas pesquisas, trazendo

também benefícios ao sistema imunológico. No

encontro de 2011 da Sociedade de Medicina

Comportamental dos EUA, a pesquisadora Amy

Owen da universidade de Duke apresentou

uma pesquisa com portadores do vírus HIV que

exercitavam a prática do perdão, o nível de células

CD4 desses pacientes estava maior. Essas células

são uma parte importante do sistema imunológico.

A cultura judáica reserva um dia especial para a

prática do perdão, o Yom Kippur. Os cristãos são

exortados ao exercício do perdão no livro de Lucas,

capítulo 6. Várias religiões pregam o perdão como

necessário a uma vida mais plena e feliz. A ciência

estuda o perdão como fonte de longevidade e

saúde. Vale a pena refletir sobre o tema. E segue

uma dica, se você não tem religião e não acredita

em Deus, entregue ao universo o perdão que você

precisa liberar, procure um lugar na Natureza que

você goste, pode ser uma praia, uma floresta, uma

cachoeira, ou até seu próprio quarto com a janela

aberta. Se conecte com a brisa, respire fundo e

peça que a força que criou aquele local libere o

perdão e limpe o seu coração. Será a força criadora

de todas as coisas agindo a seu favor. Você estará

conectado com a sua escolha de perdoar alguém e

perdoar a si próprio. Se você acredita em Deus fica

mais fácil liberar o perdão através da oração. Ore

para que Deus transforme o seu coração liberando

perdão para si mesmo e para quem o feriu. Muitas

vezes não perdoamos a nós mesmos e carregamos

fardos desnecessários. Medite, respire e entregue.

Sua saúde vai melhorar. Tenha certeza disso. Faça

esse exercício várias vezes, um dia você acordará

mais leve. Tenha certeza disso. Bjs e fiquem com

Deus meus queridos leitores.

Serviços:

Ana Cláudia Vaz

Terapeuta Sistêmica

Instagram: @anaclaudiavaz.rj

Email: anaclaudiavaz@yahoo.com.br

Telefone/Whatsapp: (21) 992765557

Foto: Arquivo

REVISTA CARIOCAS - 21


SAÚDE E BEM ESTAR

BARBARA FRANÇA INVESTE NA MEDICINA DO

ESPORTE PARA GANHAR MASSA MUSCULAR

Por Mirian Barbosa

Foto: Arquivo

A atriz Barbara França, 28 anos, mineira raiz

e radicada no Rio há mais de uma década,

está fazendo sucesso na novela ‘Amor sem

Igual’, da Record. A atriz e também jornalista,

que tem mais de 1 milhão de seguidores no

Instagram e esbanja carisma e simpatia em

fotos e stories, é uma das grandes apostas

da nova geração da dramaturgia. Com

passagens por diversas novelas da TV Globo

ela se tornou referência de beleza e saúde

nas redes sociais. A loira que já foi capa de

varias revistas, busca sempre manter o corpo

saudável, não por padrão estético, como ela

mesma diz, mas sim para adquirir longevidade

e saúde.

Esta semana , Barbara esteve no consultório

do Ortopedista Ronny Cipriano, especialista

em Medicina Esportiva, que tornou-se

referência por atender atletas profissionais,

amadores e pessoas que buscam saúde

e bem-estar através de atividades físicas e

tratamentos especializados no desempenho

corporal.

A atriz realizou o exame de bioimpedância,

analisando seu percentual de gordura, massa

muscular, níveis de vitaminas e hormônios.

Muito conhecido por diversas personalidades,

Ronny carrega em sua bagagem uma vasta

experiência de resultados e competências em

seus pacientes com a melhora do metabolismo,

perda de peso, modulação hormonal , ganho

REVISTA CARIOCAS - 22

de massa muscular e qualidade de vida.

Ao ser perguntado sobre o objetivo da atriz

tê-lo procurado, Ronny explicou que Barbara

tem buscado ajustar sua composição corporal

de acordo com a carreira de atriz que exerce

no momento.

“Creio que com o Dr. Ronny, dando seu

direcionamento para as minhas perfomaces

corporais, vou ter um salto de melhoria no

aspecto físico e bem estar do meu corpo.

Acredito também que ele me ajudará quanto

a prática dos exercícios para adquirir a massa

magra que eu quero ganhar.” disse Barbara.

Foto: Arquivo


PING PONG COM

BARBARA FRANÇA

1- Ao procurar a Medicina do Esporte e

exercício o que vc espera encontrar?

SAÚDE E BEM ESTAR

Foto: Arquivo

Barbara: Olha, eu acredito muito no trabalho

do doutor Ronny, ele foi muito bem indicado

pra mim. Espero que nós sejamos uma boa

equipe e que me ajude muito, porque nada

melhor do que o auxilio de um profissional,

ainda mais um profissional de peso como o

Cipriano.

2- Você faz exercícios ou prática esporte

há muitos anos?

Barbara: Eu nunca fui de engordar, fazia e

ainda faço academia. Mas eu sou mineira,

né? (risos) às vezes a gente ganha aqueles

quilinhos a mais. Mas eu nunca esquentei a

cabeça, mesmo tendo um dia que eu me via

com um rosto mais “bochechudo”, muita gente

na internet veio criticar.

3- Como é sua alimentação e a rotina de

atividades físicas?

Barbara: Eu gosto de comer pesado , as

vezes, pra honrar minhas origens. Mas consigo

levar uma dieta comendo coisas saudáveis,

até porque uma vez fiz um exame de colesterol

e estava apavorante. Desde então não abro

mão de uma vida saudável.

Foto: Arquivo

4- Que tipo de tratamento foi desenvolvido

para você por Ronny Cipriano?

Barbara: Doutor Ronny me auxiliou com

suplementos naturais (como ômegas,

lactobacilos, glutamina... ) e direcionou os

meus treinos, ( em que dias devo treinar quais

grupamentos musculares e por quanto tempo).

5- Para você o corpo ideal é...

Barbara: Aquele que a pessoa se sinta bonita,

confortável e esteja saudável. Não adianta

você só ser magra e não cuidar da saúde,

eu mesma sou um exemplo, meu colesterol

estava todo alterado. Por isso, esses três

tem que andar juntos, lado a lado e de mãos

dadas.

6- Quais são os planos imediatos de

trabalho?

Bárbara:Quero continuar fazendo o que eu

gosto, estar na televisão. Gostaria de abrir

meus horizontes pra área de jornalismo,

até porque eu fiz faculdade e me graduei. E

também quem sabe aproveitar pra estudar

cinema e manter minhas redes sociais ativas.

Serviços:

Clinica Ronny Cipriano Esporte e Metabolismo

Telefone: (21) 3039-4239 / (21) 99922-8040

Site: www.ronnycipriano.com.br

Endereços:

Av das Américas, 8585 | salas 478/479 - Barra da Tijuca

Rua Visconde de Pirajá 550 sala 1906 - Ipanema

Instagram: @ronnycipriano

Fotos: Daniel Lewinsohn

REVISTA CARIOCAS - 23


PANDEMIA

Professor e Pesquisador da UFRJ afirma: não há

segunda onda pois a primeira nunca acabou

Por Sophia Carneiro

Com o aumento dos casos de contaminação

e de mortes por dia pelo novo coronavírus,

fala-se em uma segunda onda de contágio.

Para existir uma segunda onda é preciso

que uma primeira onda tenha acabado o que

não aconteceu. O vírus não se foi e continua

entre nós e agora, com ajuda do relaxamento

de grande parte da população novos casos

acontecem, pois as medidas protetivas estão

sendo menos usadas (ou relaxadas) a partir da

flexibilização, que está sendo mal assimilada

por muita gente.

Principalmente no Brasil, como relatamos em

nosso livro “A vida após o novo coronavírus:

novos comportamentos” (www.barralivros.

com) a dificuldade de se manter em isolamento

social, pelo perfil da nossa cultura, faz com

a flexibilização seja entendida como “liberou

geral”.

A notícia boa é que as vacinas estão chegando

com boas perspectivas de proteção e outras

novas vacinas poderão ser mais rapidamente

aprovadas a partir de decisão da ANVISA

de reduzir o tempo médio de aprovação das

vacinas no Brasil de um ano para dois meses

o que vai acelerar a liberação deste antídoto.

Recuo estratégico é preciso!

O início de novembro despertou a atenção

de várias partes do mundo, mas não foram

as eleições americanas ou as brasileiras as

responsáveis por isto. Os números crescentes

de casos de contaminação e morte pelo novo

coronavírus chamaram a atenção da mídia

como se fosse um fato novo ou imprevisível.

No Brasil o cenário se assemelha,

relativamente, a alguns países da Europa,

além dos EUA e Canadá e a preocupação

cresce juntamente com os referidos números.

Este cenário já era previsto considerando

que o vírus não tinha nos deixado e permanece

no ar.

Várias cidades na Europa e América do

Norte estão adotando toque de recolher após

as 22 hs e/ou nos fins de semana, lockdown

e outras restrições setoriais no comércio

objetivando menos contatos entre as pessoas.

Apesar disto, não se pode dizer que é uma

surpresa este cenário que revive o início deste

ano.

Voltar às ruas para aliviar a pressão do

isolamento social, minimizar as possibilidades

de eventos de saúde mental, além de

assegurar a recuperação de empregos e da

Economia, indiscutivelmente, era necessário.

No entanto, o “como fazer isto” parece não ter

tido os devidos cuidados faltando dosagem,

cuidado e bom senso, em muitos casos.

Flexibilizar é uma árdua tarefa,

especialmente para os indisciplinados como os

brasileiros que deverão ter os dividendos deste

tipo de comportamento descomprometido

com a realidade.

Foto: Arquivo

Serviços:

Professor Lúcio Lage, Doutorando

em Saúde Mental (IPUB/UFRJ),

escritor de diversos livros com o

último lançamento A vida após

o novo coronavírus: Novos

Comportamentos – Ed. Barra

Livros(30/junho/2020).

Instagram: @professorluciolage

Assessoria de imprensa: DMC21 Comunicação

e Marketing

Contatos: (21) 32584917/ (21) 981097176

Foto: Arquivo

REVISTA CARIOCAS - 24


SAÚDE E BEM ESTAR

TRATAMENTOS ESTÉTICOS E

CIRÚRGICOS PARA O VERÃO 2021

Ainda dá tempo de ficar em forma para a estação preferida dos cariocas

Por Mirian Barbosa

Foto: Arquivo

Falta pouco para o verão chegar e ainda dá tempo de ficar em forma

para a estação mais quente do ano, afinal, contrariando a máxima de que

procedimentos cirúrgicos e estéticos só devem ser feitos no inverno. Deve

ser lembrado, no entanto, um período de recuperação pós-operatória que

pode variar entre 1 e 2 meses, levando-se em conta um extremo cuidado

com a exposição solar.

É claro que existem tratamentos que nunca saem de moda em qualquer

época e estação do ano. Entretanto, alguns ganham uma atenção maior no

verão, devido aos benefícios físicos que eles podem oferecer para quem quer

ter um corpo em forma nesses dias de calor.

“Um bom exemplo de tratamento estético que tem maior procura no

verão - ou algumas semanas antes do início da estação - são as cirurgias

plásticas. Esse fenômeno acontece por duas razões: a busca de um corpo

em forma para desfilar nos dias quentes sem se preocupar com a aparência

e a possibilidade que muitas pessoas têm de tirar alguns dias de folga

do trabalho para se dedicar ao procedimento” conta ocirurgião plástico

Marcelo Moreira, Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Já pensou então em fazer uma miniabdominoplastia? Ou uma

abdominoplastia, que também traz aquele abdômen sequinho? E

outros tratamentos estéticos?

De acordo com Marcelo Moreira, que possui consultório em Botafogo, a

miniabdominoplastia é indicada para pacientes que apresentam relativo grau

de flacidez, com pequena sobra de pele embaixo do umbigo.

“A pele excedente do abdômen inferior é retirada, deixando uma cicatriz

reduzida, semelhante a uma cesariana, e a posição do umbigo é mantida. Pode

ser feita em até duas horas” afirma o médico. Já na abdominoplastia clássica ou

tradicional, a retirada de pele é maior.

“Descola-se toda a parede abdominal até o apêndice xifoide (aquele osso

que se palpa entre as mamas e logo abaixo delas), e traciona o retalho para

baixo retirando toda a sobra de pele abaixo do umbigo. Desta maneira, o

andar superior do abdômentambém fica sem excessos e o umbigo é refeito.

A cicatriz é maior e vai de um lado a outro (de um ilíaco a outro). A musculatura

do abdômen deve ser aproximada para refazer a cintura abdominal em

ambas as cirurgias” esclarece ocirurgião, lembrando que quem optar por

fazer um tratamento de cirurgia plástica, não pode se expor ao sol por 30 dias

após o procedimento e que o protetor solar é indispensável e as cicatrizes

devem ser cobertas com esparadrapo por baixo do biquíni.

Segundo Marcelo Moreira, outros procedimentos para estar em dia no

verão e que têm recuperação mais rápida são a introdução de prótese

mamária, que vai valorizar o colo da mulher e a lipoaspiração. O corte é

pequeno em ambas as cirurgias.

“O edema da lipo se resolve bem se conjugarmos com a drenagem

linfática. Se não pretende emagrecer com esta lipoaspiração, a

cirurgia pode ser uma grande aliada para a chegada da nova estação,

apresentando áreas sem gordura com uma recuperação de 30 dias” diz

o médico, lembrando que como em toda e qualquer cirurgia, a plástica

também necessita de um pré-operatório bem feito e o paciente precisa

estar saudável.

No caso da cirurgia de mamas, são necessários alguns cuidados como o uso

do sutiã pós-cirúrgico, prestar atenção na cicatrização e procurar dormir com

os seios para cima. Vale parar de fumar para todas as cirurgias. “Sabemos que

é uma atitude muito difícil, mas é extremamente necessária porque além dos

danos pulmonares, a nicotina prejudica cicatrização, oxigenação dos tecidos e

circulação sangüínea nas áreas operadas. Isso sem falar que a tosse do fumante

pode provocar rompimento dos pontos, dor, necrose e sofrimento dos tecidos

por trombose” alerta Marcelo.

A otoplastia, que não é um procedimento cirúrgico tão popular quanto as

técnicas apresentadas acima, também observa um significativo aumento na

procura de seus agendamentos no verão. Essa técnica visa tratar as tão temidas

orelhas de abano e é um verdadeiro sucesso por sua rápida recuperação. “Ela

garante que os pacientes possam aproveitar o resto do verão com um visual

estético novo e mais agradável” diz.

Foto: Arquivo

Foto: Arquivo

Serviços:

Clínica de Cirurgia Plástica Marcelo

Moreira

Endereço: Rua Barão de Lucena 48 /

Sala 05 – Botafogo

Telefones: (21) 3208-2186 / (21)

99348-5978

www.marcelomoreira.med.br

REVISTA CARIOCAS - 25


SAÚDE E BEM ESTAR

DERMATOLOGISTA ALERTA

SOBRE CÂNCER DE PELE

E ENSINA A IDENTIFICAR

MANCHAS SUSPEITAS

Por Mirian Barbosa

As altas temperaturas do verão brasileiro exigem medidas

e cuidados para combater e prevenir o câncer da pele que é o

de maior incidência no Brasil e nos demais países. Pesquisa

da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) aponta que 4,5

milhões de brasileiros já tiveram câncer da pele.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) prevê que, no ano

2030, serão registrados 27 milhões de casos novos de câncer, 17

milhões de mortes pela doença e 75 milhões de pessoas vivendo

com câncer. “O maior efeito desse aumento incidirá em países

em desenvolvimento. No Brasil, o câncer já é a segunda causa

de morte por doenças, atrás apenas das doenças do aparelho

circulatório” alerta a dermatologista Tatiana Yumi, Membro da

Sociedade Brasileira de Dermatologia.

A pesquisa aponta, ainda, que mais de 100 milhões de brasileiros

se expõem ao sol de forma intencional nas atividades de lazer, 3%

dos brasileiros não usam protetor solar no seu dia a dia e6 milhões

de brasileiros adultos não se protegem de forma alguma quando

estão na praia, piscina, cachoeira, banho de rio ou lago. O estudo

indica, também, que - dos entrevistados que têm filhos até 15 anos

- 20% dessas crianças e adolescentes não se protegem de forma

alguma nas atividades de lazer.

Se a análise incluir as classes D/E, o percentual sobe para 35%.

Erros comuns, que as pessoas cometem o cuidado com a pele,

aumentam a incidência de câncer. Segundo a especialista, não

usar filtro solar diariamente, não reaplicar o filtro solar, achar que em

dias nublados ou chuvosos não precisa do filtro e usar maquiagens,

que contenham filtro e achar que só isso já é o suficiente para se

proteger, são os erros mais frequentes. “Outros erros muito repetidos

são usar filtro solar só no rosto e esquecer do corpo, se expor ao

sol e querer se bronzear, fazer bronzeamento artificial e não ir ao

dermatologista regularmente” diz a Tatiana Yumi, lembrando que a

recomendação é se proteger do sol, usar o filtro solar diariamente,

fazer o autoexame da pele para ver manchas e sinais de alerta.

Tatiana acrescenta que “o sol não é um vilão, mas a exposição solar

indiscriminada, desprotegida e intermitente pode torná-lo um grande

inimigo por ele ser o principal fator de risco para o câncer da pele”.

Como identificar manchas suspeitas na pele?

Sabe aquela pintinha que você pode achar um charme? Então, ela

pode representar um risco de câncer de pele, o tipo mais comum

da doença em todo o mundo. E quanto mais cedo diagnosticar,

melhor, com mais chances de cura. “A ida a um dermatologista

é fundamental, mas as pessoas podem começar fazendo um

autoexame, identificando na própria pele estas marcas e sinais

e cuidando de se prevenir”, explica a dermatologista, que abaixo

explica os principais tipos de manchas e sinais que podem estar

até escondidos atrás das orelhas, no couro cabelo, abaixo do peito,

entre os dedos dos pés e das mãos e até mesmo nos lugares

mais camuflados como o bumbum.

Fique atento aos sinais:

1. Assimetria: Dividida ao meio, os dois lados da pinta devem

ser simétricos. Quando as metades não correspondem, é sinal

de alerta de melanoma.

2. Bordas: As pintas benignas têm bordas uniformes e lisas.

No caso de melanoma inicial (à direita), as bordas tendem a ser

irregulares, e podem estar entrecortadas ou serreadas.

3. Cor: As pintas benignas costumam ter uma cor só. Cores

variados (marrom, castanho, preto) também são sinal de

alerta. O melanoma pode mudar para tons de vermelho,

branco ou azul.

4. Diâmetro: As pintas benignas geralmente têm um diâmetro

menor que o das malignas. O melanoma em o diâmetro maior

que 6 milímetros, mas pode ter um tamanho menor no início.

Serviços:

Clínica Dermatológica Dra. Tatiana

Yumi

Copacabana: Av. N. S. de

Copacabana, 647 - Sala 913

Telefone: 3686-6836 / 99792-4734

www.tatianayumi.com.br

Instagram e Facebook:dratatianayumi

REVISTA CARIOCAS - 26


IN FOCO

Reprise de ‘ A Força do Querer’ da TV Globo mostra

que preconceito contra transexuais e travestis pouco

evoluiu em três anos.

Por Mirian Barbosa

Foto: Arquivo

Psicóloga especialista no assunto responde perguntas e explica como trabalhar a discriminação.

Depois de três anos a novela de Glória

Perez, Força do Querer, da TV Globo volta a

ser exibida em reprise devido aos tempos de

Pandemia, onde a solução para o afastamento

social nas gravações foram os remakes.

Um dos temas centrais da trama é a estória

de Ivana, vivida pela atriz Carol Duarte, que

apresenta total desconforto com seu corpo

(pois não se vê em um corpo feminino) e acaba

atravé da terapia se descobrindo transexual.

Na trama também existe outra estória que

foca no travesti Elis Miranda, interpretado

por Silvério Martins que de dia trabalha como

o motorista Nonato e a noite assume sua

verdadeira personalidade feminina.

Mesmo depois de três anos pesquisas da

própria TV Globo mostram que ainda há

uma onda conservadora, apesar de muitos

transexuais e travestis ocuparem

espaços que antes eram impensáveis.

Carol Duarte diz que “Três anos é pouco e

dá para olhar com os óculos de 2020, parece

pouco, mas é muito”. Tantas pessoas trans já

conquistaram tantos espaços, que rever essa

novela é interessante para saber o quanto a

gente andou e o quanto a gente ainda precisa

caminhar. Isso foi em 2017: onde estamos e

para onde queremos ir?”

A psicóloga clínica Vanessa Jaccoud, Membro

da WPATH (World Professional Association

for Transgender Health)- Associação Mundial

de Profissionais de saúde para Transgêneros,

responde perguntas referentes ao assunto,

esclarecendo diversas dúvidas sobre a

transgeneralidade. Confira.

Foto: Arquivo

REVISTA CARIOCAS - 27


IN FOCO

1- Como saber se a criança realmente

é um indivíduo transgênero ou apenas

não se ajusta a certos padrões?

Na verdade, o melhor é sempre ampliar o

conhecimento sobre a criança através de

uma observação atenta dos filhos e uma

escuta ativa. Estes serão sempre um bom

caminho! Muitas vezes, crianças não se

adaptam aos padrões estabelecidos pela

sociedade do que é para menina e do que

é para menino. O desafio mesmo é que,

com a contemporaneidade, conceitos antes

pautados para o masculino ou para o feminino,

atualmente vem sendo desconstruídos, o que

pode acabar sendo um pouco mais delicado

e confundível para a compreensão de alguns

pais advindos de outras gerações. Acredito

que a parentalidade atual seja uma das

missões mais complexas do humano, uma vez

que, frente a tantos avanços e modificações

tecnológicas e humanas, sejamos expostos

à situações que demandam um freio no

que é “nosso entendimento subjetivo”, para

permitirmos que nossos filhos se expressem

originalmente fora de nossas idealizações.

O que chama atenção para a questão da

transgeneridade na fase infantil é o sofrimento

presente no discurso da criança, na recusa

de padronizações que não o representam,

na postura e comportamento da criança em

determinadas situações impositivas do seu

papel de gênero, obviamente, aqui ressalto

a boa educação dos pais para estes filhos,

considerando suas crenças como esta criança

deve se desenvolver e se educar, contudo, sem

ferir a subjetividade, a expressão particular

e original deste sujeito ainda infantil, porém

único.

técnicas de especialistas, com uma demanda,

muitas vezes, de enquadramento em campos

de preconceito e exclusão. As pessoas trans

não se identificam com o gênero de nascimento,

e isso causa dor e sofrimento quando não

são validadas em sua singularidade. Quando

fazem a transição, em sua grande maioria,

elas relatam melhor qualidade de vida,

apesar dos imensos preconceitos sociais

enfrentados. Existe grande sofrimento

implicado potencialmente no enfrentamento

desses desafios biopsicossociais. Na verdade,

a maioria das pessoas trans diz ter percebido

algo em desacordo, que a incomodava desde

a infância, mas muitas vezes não conseguiu

traduzir esse sentimento ou não teve coragem

de expressá-lo. Assim, podemos dizer que a

certeza vem da certeza de quem sente, mas,

como muitos não tem a certeza, o processo

de tratamento psicológico para o desconforto

holístico ou inclusive sintomático (alguns já

trazem sintomas e/ou doenças diagnosticadas

que se tornam cíclicas, recorrentes, as

quais comunicam o desequilíbrio total). Um

especialista de Psicossomática que atue

neste campo, poderá auxiliar neste processo

de diagnóstico da transgeneridade, uma vez

que compreende todos os outros processos

elencados no quadro, não somente os

psíquicos e emocionais, mas também os

fisiológicos do paciente.

3- As pessoas ainda confundem

identidade de gênero com orientação

sexual. Afinal, qual é a diferença?

Foto: Arquivo

2- Como um jovem pode ter certeza

de que é transgênero?

Certezas nessa área do humano não são uma

ciência exata como a matemática por exemplo!

Precisamos ter cuidado... a cisgeneridade

pode ser compreendida por alguns como

uma certeza, mas não por outros...da mesma

forma a própria transgeneridade. Creio

que tudo deva mesmo ser compreendido

no PROCESSO, acompanhado por um

especialista, pois, a complexidade da

transgeneridade demanda este critério

minucioso com tantas especificidades a serem

observadas e trabalhadas no caso. Alguns

de nós tem certeza da sua cisgeneridade,

da mesma forma a pessoa trans também

pode ter essa certeza. Hoje, no Brasil, ainda

há a necessidade de laudos e confirmações

REVISTA CARIOCAS - 28


IN FOCO

Confundem muito, e é bastante importante

esclarecer. Identidade de gênero se refere à

identificação com o masculino ou o feminino,

construídos histórico e culturalmente. As

pessoas que se identificam com o gênero de

nascimento são denominadas cisgêneros, e

as que não se identificam são transgêneros.

Nesse caso, a pessoa trans se enxerga de

forma diferente da que nasceu. É importante

esclarecer também que as pessoas trans

podem transitar entre as duas maneiras,

masculino e feminino, o que chamamos de

não binárias.

Quando falamos de orientação sexual, nos

referimos ao desejo, ou seja, para quem

orientamos o nosso desejo. Se for orientado a

pessoas do mesmo sexo, estamos falando de

homossexualidade, se for para sexo oposto,

de heterossexualidade. Logo, uma mulher

trans, que nasceu com o sexo masculino e

fez a transição para o sexo feminino, pode

destinar o seu desejo sexual e afetivo a um

homem ou a uma mulher, podendo assim

ter uma orientação sexual hétero (com um

homem) ou homossexual (com outra mulher).

Aqui incluo também que a orientação sexual de

um indivíduo cisgênero ou transgênero indica

quais são os sexos/gêneros que o atraem

(física ou emocionalmente).Ela pode ser

assexual (nenhuma - ou raros, ou específicos

momentos de - atração sexual), bissexual

(atração por pessoas do mesmo sexo e do

sexo oposto), heterossexual (atração pelo sexo

oposto), homossexual (atração pelo mesmo

sexo) ou pansexual (atração independente do

gênero).

frente ao que antes acreditava ser seu gênero

de identificação. Alguns destes indivíduos,

inclusive, com processos de transição

iniciados fisiologicamente e psicologicamente.

Acontecem muitos casos com comorbidades,

os quais, paralelo à incongruência de

gênero, podem confundir psicologicamente

o indivíduo no processo todo, o qual é longo

e contínuo, sendo tão indispensável, por este

motivo, o acompanhamento profissional de

um especialista. Eu, particularmente, não

acompanhei processo de destransicionamento

dos meus pacientes, contudo, ressalto

que atuo profissionalmente e sempre em

consonância com o indivíduo que está em

tratamento comigo, considerando minha

expertise, embora sempre pautada pela noção

desta involução ou até mesmo extinção do

sofrimento existencial deste, se for possível.

A meta mais assertiva será mirar no no bem

estar e na qualidade de vida do paciente, o

que também é sempre muito relativo em se

tratando de transgeneridade, pois o que para

mim representa qualidade de vida e bem estar,

pode não representar para meus pacientes.

Tudo muito subjetivo num processo humano

tão complexo quanto este.

Foto: Arquivo

4- Os pais devem temer que o filho

ou a filha “mude de gênero” e depois

se arrependa?

Isso não é uma constante, muito provavelmente

não vai acontecer se a transição for realizada

com observância dos critérios diagnósticos

necessários. Algumas pessoas do senso

comum defendem que a transgeneridade

é apenas uma fase de um indivíduo, mas a

experiência científica mostra que o sentimento

e a percepção de identificação com o gênero

oposto ao que seu corpo apresenta, aumenta

com o passar do tempo, assim como todo o

desconforto envolvido no quadro. Na verdade,

quando crianças, muitos destes indivíduos

dizem que estão presos em um corpo errado, o

que lhes causa dor e constrangimento durante

toda a vida. O sofrimento existencial será o

grande termômetro norteador do prognóstico

do caso. Existem indivíduos que resolveram

destransicionar o gênero após um período longo

REVISTA CARIOCAS - 29


IN FOCO

5- Qual é o momento ideal para

iniciar o tratamento hormonal?

Um médico especialista deve responder essa

pergunta porque envolve diversos aspectos

fisiológicos e hormonais que devem ser bem

avaliados. No nosso País a idade mínima para

iniciar a utilização de hormônios em indivíduos

transgêneros é 18 anos. Protocolarmente a

equipe que atua com estes indivíduos saberá

do psicólogo quando o indivíduo estará apto

para este processo. Nem todos os indivíduos

em transição de gênero optam por utilizar

hormônios. Muitas vezes, o tratamento

psicológico em si e somente, já é suficiente

para amenizar o sofrimento existencial de

alguns destes indivíduos.

Minha equipe trabalha com um período

mínimo para atendimento psicológico, para

então, se for o caso, passar para a fase de

administração dos hormônios via médico

endocrinologista. O ambiente psicológico deve

estar muito bem trabalhado para esta etapa,

a transição psíquica/imagética/emocional

e perceptiva já precisam estar bem mais

conscientes para recepção do procedimento,

os clínicos conversam entre si e alinham suas

orientações e percepções. É uma equipe de

cuidados e a confiança profissional de buscar

garantir o conforto ao paciente é premissa em

nossas considerações e deliberações. Alguns

pacientes chegam ao meu consultório com

muita pressa para esta etapa do tratamento,

a tão sonhada transição hormonal que irá

modificar corpo e traços fisionômicos, dentre

outros aspectos concretos. Nesses casos, com

muito acolhimento explico que é um processo

que iremos, se for o caso, construir juntos,

e, após muitas explicações e elaborações

por parte do paciente, a pressa se torna

mais branda e a aceitação do “processo” e

protocolos mínimos acontece.

6- E o caso da cirurgia, como fica?

Existem cirurgias plásticas que auxiliam na

redesignação de gênero, como a colocação de

próteses mamárias para transgêneros mulher

ou a mastectomia que atua com a retirada

das mamas em transgêneros homens. Outras

cirurgias como a bichectomia, rinoplastia,

dentre outras para rosto e corpo, são

auxiliares e complementam, quando é desejo

do paciente, o reconhecimento imagéticopsíquico-emocional-social

do indivíduo em

seu gênero transicionado. Ressalto que para

uma decisão nesta proporção, o indivíduo

em transição de gênero, deve estar sendo

acompanhado psicologicamente por um

especialista, a fim de acomodar as diferentes

REVISTA CARIOCAS - 30

fases do seu transicionamento, pois, conforme

o tratamento hormonal, os procedimentos

cirúrgicos são processos irreversíveis em sua

maioria, os quais deverão estar muito bem

trabalhados e elaborados pelo paciente via

equipe de cuidados. O cirurgião plástico da

minha equipe é extremamente sério, assim

como todos nós, e, apesar do acolhimento

da pessoa em questão, coloca a segurança

do paciente acima de tudo, incluindo a recusa

em trabalhar desejos não tão possíveis. A

segurança e bem estar do paciente vem acima

de tudo. Existem também outras cirurgias de

redesignação sexual das genitais, as quais,

nossa equipe não trabalha e honestamente,

não conheço quem já as realize aqui no Brasil.

7- Como trabalhar a discriminação?

Seria de extrema utilidade que todos os

pais, mesmo os que não têm filhos trans,

dialogassem com seus filhos sobre essa

questão, porque se sabe que a maioria

das manifestações preconceituosas, de

desrespeito e discriminação, partem de uma

juventude tomada por ódio e desconhecimento.

O ensino de valores éticos em casa é

fundamental para que pessoas não sejam

mais humilhadas, agredidas e até mesmo

assassinadas por sua identidade de gênero.

Esse é um tema que deve ser discutido e

difundido porque é uma realidade que foi, por

muito tempo, escondida. O que acontece é que

não se fala sobre esse assunto em casa ou nas

escolas, e muitas pessoas crescem olhando

para os trans como aberrações. O ideal, para

uma sociedade de paz, é a informação e o

consequente extermínio de pensamentos

preconceituosos e atitudes discriminatórias.

Segundo fontes jornalísticas e investigativas,

dados apontam o Brasil como líder no ranking

mundial de assassinatos de transgêneros e

travestis. Com a correta informação e respeito

podemos modificar este panorama hediondo.

8-E o caso da cirurgia, como fica?

A cirurgia de redesignação sexual, ou seja, de

mudança das características sexuais, apenas

deve ser realizada quando há expressa

vontade do indivíduo em transição. Essa

questão no Brasil ainda é pouco divulgada e de

difícil acesso. Um ponto importante é que nem

todos os indivíduos transgêneros desejam se

submeter a intervenções cirúrgicas, e isso não

as torna menos mulheres ou homens, porque

a questão, como já dito, está relacionada à

identificação que se tem com o gênero feminino

ou masculino. De toda forma, caso a cirurgia

seja uma solicitação e desejo do indivíduo em


IN FOCO

transição, trabalharemos as possibilidades

em equipe, ofertando todas as informações

possíveis ao paciente, respeitando os critérios

e protocolos pertinentes ao processo.

Foto: Arquivo

9-Como apoiar um filho trans?

Converse com seu(sua) filho(a) sempre e

acolha suas questões. Não se enfrenta nada

à distância. É importante tentar compreender

os motivos dele(a) em ter ou não falado à

respeito. Busque especialistas, informações

e pessoas ou famílias que estejam passando

pelo mesmo processo para possíveis trocas

de experiências. O isolamento não é o melhor

caminho.

10-Muitos pais se cobram e se

sentem mal por não conseguirem

apoiar os filhos como gostariam.

É normal precisar de tempo para

compreender a situação?

Muitos pais podem estar ancorados em

preconceitos ou ideias estereotipadas

perpetuadas na nossa sociedade ao longo

de gerações, logo, pode haver dificuldade de

comunicação em relação a essa questão, até

porque é comum que as pessoas em transição

de gênero também não saibam como se

comunicar da melhor forma. Existe uma

enorme complexidade no caso, tanto para a

família que acolhe quanto para o indivíduo

que enfrenta seu processo de transição.

Sentimentos de ambivalência, traição, medo,

luto, dentre outros, se misturam entre os

membros da família e o indivíduo em transição

de gênero, mas, quando há o desejo de apoio

ao filho ou à filha trans, é essencial que os pais

tentem deixar que eles expressem seu universo

interno, bem como, também é fundamental

que os familiares tenham seu lugar de fala,

acolhimento e compreensão sobre seus

sentimentos, dúvidas e processos internos.

Mas é claro que tudo isso requer tempo de

elaboração e superação de uma possível fase

de negação dos pais e familiares. A família

também deve ser integrada ao processo de

transição. Se existisse uma fórmula, diria que

é afeto, acolhimento e diálogo. Quando há

dificuldade de conversar, indicamos a terapia

familiar, que tem se mostrado bastante eficaz

como um espaço de expressão saudável da

família.

11- E o caso Tammy Miranda, que

agora é pai mas ainda não operou?

Como fica a cabeça dos filhos?

Creio que esta família saberá buscar

recursos profissionais, se for o caso, para

lidar com possíveis entraves ao longo da

caminhada deles. Criar uma criança em si já é

uma missão complexa, e, no caso da família

de um indivíduo trans não seria diferente.

Questões devem ser trabalhadas à medida

que estas se apresentem. Conforme disse

antes, não existe uma regra para todos como

se fosse uma receita de bolo. Muitas vezes o

que vai confundir a mente, a cognição de uns,

será facilmente encarada e compreendida por

outros. Prefiro não trabalhar com especulações

ou tentar responder perguntas sem resposta.

Estou certa que saberão lidar ou buscar ajuda

necessária para lidar com as questões da

família deles, assim como fazemos com as

nossas. A normalidade é uma coisa relativa.

12-E os travestis? Como a senhora os

vê perante a sociedade? As pessoas os

aceitam mais que os transexuais?

Foto: Arquivo

Os travestis são pessoas que vivenciam papéis

de gênero feminino, não necessariamente se

reconhecendo como mulher ou homem. A questão

dos travestis está exatamente no processo de

transicionamento. Os travestis não entraram em

transição, embora estes se percebam melhor na

expressão de gênero do sexo feminino e, inclusive,

utilizem de recursos que os posicione neste gênero.

Sobre mim posso dizer que busco respeitar os

direitos das pessoas sempre, pois isso é o mínimo

esperado! Somos todos parte de uma grande nação

composta por indivíduos diferentes entre si, nada

REVISTA CARIOCAS - 31


IN FOCO

tenho a discriminar à respeito do outro. Não estou tão

certa desta aceitação maior ou menor entre travestis

e transexuais pela Sociedade.

13-Eles também precisam de tratamento

quando querem fazer a cirurgia. Como é

este tramento?

Foto: Arquivo

No caso de travestis buscando por transição de

gênero, o tratamento seguiria o mesmo protocolo,

porém, muitos travestis fazem e buscam apoio psicológico

para lidar com suas questões existenciais,

assim como muitos de nós fazemos também.

14-Gostaria de deixar algumas palavras

que não foram ditas acima?

A transgeneridade é uma situação humana complexa

que demanda uma natureza desprovida de preconceito

e discriminação por parte da sociedade e

dos profissional de saúde. Ali estão indivíduos que

buscam e precisam de apoio social, inclusive, pois

muitos sequer conseguem emprego para seu próprio

sustento. O índice de assassinato é enorme, bem

como as ideações suicidas e o desejo de acabar com

tudo o que passam. Devemos atuar para minimizar

o sofrimento daqueles que sofrem, pois, como dizia

Cicely Saunders “O sofrimento humano só é insuportável

quando ninguém cuida dele.”

Serviços:

Drª Vanessa Jaccoud

Psico-Oncologista, Psicóloga clínica, residente no ambulatório

de Psicossomática da Santa Casa de SP e membro da

WPATH (World Professional Association for Transgender

Health)- Associação Mundial de Profissionais de saúde para

Transgêneros, SBPO e ABMP-SP.

Clínicas Downtown (Shopping Downtown) - Av das Americas,

500/bloco 20 Portaria C-sala 213 - Barra da Tijuca

Telefone: 21-97353-2922

REVISTA CARIOCAS - 32


SAÚDE E BEM ESTAR

CIRURGIA PLÁSTICA COM SEGURANÇA MÁXIMA

Por Sophia Carneiro

Foto: Arquivo

Confira como afastar os riscos que podem surgir para você não postergar o sonho dos seios turbinados

ou da barriga lisinha mesmo em tempos de Pandemia

O

período da flexibilização do coronavírus, a cirurgias mais realizadas nesse período são as próteses

obrigação de determinado tipo de isolamento de silicone de mama, as lipoaspirações, para remoção

social (mesmo menos rigoroso) e a abertura do excesso de gordura e as plásticas redutoras, para

dos locais de compras e entretenimento a retirada do excesso de pele dos seios para dar forma

são fatores pontuais que favoreceram o mais harmônica.

crescimento da procura por cirurgias plásticas e estéticas. Os cuidados e prevenção contra a COVID-19 também são

O aumento de pelo menos 30% desses procedimentos, importantes e devem ser seguidos, juntamente com as

nos últimos três meses, pode ser observado pelo. orientações do pós-operatório, evitando o contato social e

cirurgião José Mauro Monteiro, pós graduado em cirurgia aglomerações, uma vez que o sistema imunológico pode

plástica pelo Hospital da Força Aérea do Galeão-RJ, com ficar comprometido por causa do trauma cirúrgico. “Manter

consultório na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro

isolamento domiciliar e uma alimentação saudável são

De acordo com o médico, a demanda por procedimentos medidas importantes. Também é fundamental tomar os

estéticos cresceu consideravelmente, entre mulheres cuidados com a higienização do ambiente com álcool em

mais jovens mesmo durante este período de pandemia gel, água com sabão ou água sanitária. E em caso de

da COVID-19. „Um dos estimuladores está na orientação qualquer sintoma respiratório, antes ou após a cirurgia,

das pessoas ainda se resguardarem socialmente, é importante informar ao médico que deverá orientar

tornando possível o repouso pós-cirúrgico, necessário sobre realização de testes, ou se houver suspeita de

para a recuperação de qualquer procedimento invasivo.“ coronavírus” explica José Mauro Monteiro.

A necessidade de ficar em casa mesmo na flexibilização É certo afirmar que atualmente fazer uma cirurgia plástica

e o afastamento compulsório do trabalho foram, para é muito mais seguro do que há décadas atrás. Os

muitos desses pacientes, uma oportunidade de realizar equipamentos são mais modernos, a anestesia oferece

a „sonhada cirurgia plástica“ planejada por algum um risco menor de causar complicações e os médicos

tempo. “Como as pessoas estão mais reclusas, as mais são mais bem preparados para qualquer eventualidade.

jovens, principalmente mulheres, têm procurado mais Contudo, ainda existem procedimentos e comportamentos

o consultório”, confirma José Mauro lembrando que as perigosos.

REVISTA CARIOCAS - 33


SAÚDE E BEM ESTAR

“Imagine-se atravessando uma avenida. Estando na faixa

de pedestre, com o sinal vermelho para os carros e atenção

à sua volta, é difícil que ocorra algum atropelamento. Mas

se atravessar no meio dos carros, com o sinal aberto,

ficará exposto a diversos riscos”, explica o cirurgião que

abaixo responde as perguntas mais freqüentes sobre

segurança na hora de realizar uma cirurgia plástica.

3. Buscar referências sobre o cirurgião

Foto: Arquivo

Foto: Arquivo

1. Manter a saúde em dia

Antes de encarar a mesa de cirurgia, você precisa passar

nos exames pedidos pelo médico e manter sob controle

as doenças crônicas, como diabetes e hipertensão.

Fumantes também exigem cuidados. “A nicotina prejudica

a circulação de sangue nos tecidos, favorecendo a má

cicatrização. É recomendado deixar de fumar pelo menos

1 mês antes”, alerta o cirurgião.

2. Redobrar a atenção com os remédios

É fundamental procurar saber como os medicamentos de

uso freqüente interferem na cirurgia. “Existem fitoterápicos,

como ginkgobiloba, cáscara sagrada e pílulas de alho,

que podem aumentar o sangramento e trazer riscos para

a paciente”, diz José Mauro Monteiro. Tais produtos não

precisam de receita médica para a compra e passam a

falsa ideia de que são inofensivos.

Outro grupo importante é o das fórmulas de

emagrecimento. A obesidade é um fator de risco para a

cirurgia. Por esse motivo, diversas pessoas optam pelo

uso desse tipo de medicamento para perder peso rápido

e se adequar às normas de segurança pré-operatórias.

“Outros comprimidos a serem evitados são: a aspirina, o

AAS e alguns antiinflamatórios, que alteram a coagulação

do sangue. Já a isotretinoína, substância derivada da

vitamina A e usada no tratamento da acne, pode mudar a

síntese de colágeno na pele e, por isso, também atrapalha

a cicatrização”, explica o especialista.

Por fim, há os anticoncepcionais. “O problema das pílulas

e da reposição hormonal estáno aumento da possibilidade

de trombose. Ainda assim, na maioria dos casos, não se

deve suspender o uso porque existem medidas eficazes

para prevenir o problema, como o uso de anticoagulantes,

meias elásticas e massageadores para as pernas”,

completa.

Por mais importantes que sejam as indicações feitas por

amigos e outros médicos, não se restrinja a elas. Vale

ir atrás de referências sobre a formação do cirurgião.

Ainda que apenas o diploma de uma boa instituição não

seja garantia de segurança máxima, é um dos fatores

que se deve ficar de olho.

Outra medida importante é saber se o médico é

especialista ou pós graduado em cirurgia plástica. De

acordo com a legislação brasileira, depois de concluir

o curso regular de seis anos, o médico pode realizar

qualquer procedimento. Ou seja, um médico que se

formou ontem e não tem nenhuma expertise em cirurgia

está legalmente habilitado a fazê-la. “Não é raro encontrar

anúncio de médicos que se dizem especialistas em

medicina estética e cirurgia plástica e não o são. Devese

tomar cuidado”, alerta José Mauro.

4. Perguntar todos os detalhes

O lugar onde será feita a cirurgia também determina o

nível de risco. Hospitais oferecem mais segurança do

que clínicas. “É preciso ter, no mínimo, uma míni-UTI no

local”, ressalta o cirurgião.

Mulheres que pretendem aumentar os seios também

precisam se informar sobre a marca da prótese.

“Pesquise o site do fabricante, verifique se é certificado

pela Anvisa, veja se ele atua no mercado europeu ou

norte-americano, busque o histórico da empresa para

checar se há bons antecedentes”, orienta.

Foto: Arquivo

REVISTA CARIOCAS - 34


SAÚDE E BEM ESTAR

5. Anestesia

Todos os tipos de anestesia podem ocasionar problemas,

seja local, peridural ou geral e a raquianestesia. “Porém,

atualmente o choque anafilático é muito raro”, diz o

médico. O problema é que, na ânsia da transformação,

muitas mulheres acreditam que é uma boa ideia

“aproveitar” para realizar vários procedimentos de uma

vez, o que pode até ser feito com cautela.

De acordo com José Mauro é fundamental ter acesso

fácil ao médico e disponibilidade para voltar ao consultório

ou ao hospital se ele recomendar. “Daí a importância de

saber se o cirurgião que atende você no consultório é o

mesmo que chefiará a equipe na operação”, recomenda.

Ele saberá seu histórico e poderá tomar decisões

mais acertadas, algo que nem sempre acontece nos

consórcios de cirurgias plásticas.

6. Respeitar o pós-operatório

Uma das partes mais importantes do processo é seguir

as orientações médicas depois da cirurgia. Parece

óbvio, mas existem diversas pessoas que não seguem

as recomendações à risca. “As recomendações sobre

repouso, atividade física, exposição ao sol, direção de

veículos, alimentação e uso da medicação e de cintas

cirúrgicas também são critérios de segurança”, diz o

cirurgião.

“Deixar de colocar em prática o que prescreve o

médico pode abrir espaço para o surgimento de

infecções, manchas, aderências, fibroses e problemas

de cicatrização, o que, obviamente, vai interferir no

resultado do procedimento”, finaliza.

Foto: Arquivo

Serviços:

Clinica de Cirurgia Plástica José Mauro Mendonça

Endereço: - Av. Jornalista Ricardo Marinho , n° 360 , sala 129 ,

Barra da Tijuca - RJ.

Tel.: 21 3936-0102

Instagram: @dr.josemauro

REVISTA CARIOCAS - 35


SAÚDE E BEM ESTAR

Foto: Arquivo

Natal:

Tempo de Amor e Perdão

Por Laís Bertoche

Nesta época do ano em que se celebra a vinda de Jesus à

Terra, é sabido que a Consciência Crística se derrama de forma

mais direta no coração de cada pessoa e em toda Natureza,

curando feridas antigas, amenizando sofrimentos e trazendo

esperanças por melhores dias.

A orientação do Mestre para que nos amemos uns aos outros

como Ele mesmo nos ama é mais facilmente compreendida e

realizada neste período, quando nossa consciência ampliada

docemente nos in-forma que Seu reino está dentro de nós,

brilhando para sempre.

Atores deste drama Cósmico, somos Espíritos Imortais

a caminho da luz. Contudo, ao nos identificarmos com os

personagens criados para uma única existência, esquecemos a

luz, a bondade, o amor, a sabedoria e a beleza que trazemos em

nossos corações.

No afã de conquistar a felicidade, nos confundimos e

imaginamos que possuir coisas, riquezas e poder sobre as

pessoas preencherá a falta que sentimos de nós mesmos, de

nossa Alma, e ao buscar a felicidade fora de nós, cometemos

grandes erros.

Nesses momentos, perdidos de nós mesmos, um grito

de socorro sufoca nosso peito. Por imensa compaixão, o

Pai Celestial infinitamente bom, cria as condições para que

receptivos, participemos de Seu banquete de luz, amor e paz,

amparando-nos pessoalmente ou enviando emissários que nos

guiarão na Senda de retorno à nossa real natureza, como na

história a seguir.

Sawabona e Shikoba

Conta a lenda que na tribo Babemba, da África do Sul, quando

um nativo age de forma irresponsável ou injusta, é trazido para

o centro da vila e, sem nenhuma con-tenção, ali permanece.

Todos param seu trabalho e se reúnem em círculo ao redor da

pessoa, e cada um por vez, relembra, com detalhes e precisão,

cada boa ação, cada ato benéfico e humanístico que o acusado

tenha realizado durante sua vida. Declaram ainda, perante todo

o clã, seus bons atributos, sua generosidade e força de vontade.

Ao final, cada expositor diz a palavra “Sawabona”, que significa

“eu respeito e valorizo você; você é importante para mim”, a que

ele responde “Shikoba”, que significa “então eu sou bom e existo

para você”.

Quando todos já se colocaram, cerimônia que costuma durar

dias, o círculo tribal é desfeito, dando lugar a uma celebração de

júbilo em que a pessoa transgressora é recebida e acolhida de

volta à tribo. Esse ato de reconhecimento permite que o infrator

se reconecte com ele mesmo, lembrando-se de que é amado,

valorizado e que deve assumir seu lugar no grupo.

O Filho Pródigo

A infinita compaixão e o continuo cuidado de Deus por cada

um de seus filhos, pode ser dimensionado quando o Mestre

fala do quão valiosos somos para Deus, que sabe bem de

nossas necessidades: se alimenta as aves do céu e veste os

lírios do campo, como não cuidará de vós? Mas exortanos a

buscar primeiro o reino de Deus que está dentro de nós (Mt

6:26,28,32-33).

Seu amor incondicional é tão absoluto que respeita nossa

autonomia e liberdade para tomarmos decisões e traçar

planos, mesmo que Ele não esteja incluído, como exemplifica

a parábola do “filho pródigo”:

Jesus conta que um jovem fascinado pelos prazeres do

mundo, parte para um país distante, esbanjando e dissipando

numa vida desregrada, a fortuna que lhe coube de herança.

Ao final, desventurado e oprimido pela penúria, foi conduzido

a apascentar porcos, desejando alimentar-se das vagens que

lhes davam de comer, sem poder saciar-se (Lucas 15: 13-16).

Constatando a tristeza de sua vida, tomou consciência do

lugar em que tinha caído e do quanto havia perdido. “Entrando

então em si...”, abriu sua mente, lembrando-se de sua origem e

da abundância da casa paterna, tomando uma decisão movido

pelo arrependimento e confiança: “Levantar-me-ei, e irei ter

com meu pai”, reconheço o quanto me equivoquei e peço que

REVISTA CARIOCAS - 36


SAÚDE E BEM ESTAR

me trate como a um de seus empregados, conclui o jovem

(Lucas 15: 17-19).

Continua o texto dizendo que ele estava ainda longe quando

seu pai o viu, e, movi-do pela misericórdia, correu-lhe ao

encontro, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou. O filho lhe disse

então: “Meu pai, pequei contra o céu e contra ti; já não sou

digno de ser chamado teu filho”. Mas o pai disse aos servos:

“Trazei-me depressa a melhor (primeira) veste e vesti-lha, e

ponde-lhe um anel no dedo e calçado nos pés. Trazei também

o bezerro cevado e matai-o; comamos e festejemos. Este meu

filho estava morto, e reviveu; tinha-se perdido e foi achado”. E

começaram a festa (Lucas 15: 20-24).

Assim como o pai, os membros da tribo nos recordam da nossa

origem divina ao dizerem: eu respeito e valorizo você; eu amo

você. E o culpado pode finalmente aceitar-se como pessoa boa

e importante para o outro: “Sawabona” e “Shikoba”.

Neste tempo de festa, que possamos celebrar a alegria e a

abundancia do amor incondicional de Deus, o Pai esperançoso

que apreciando nosso livre arbítrio, aguar-da pacientemente

nosso retorno à Ele, até que lembremos que somos Seus filhos e

que seu Reino está dentro de nós;e que sua infinita misericórdia

se derrama conti-nuamente sobre o santo e sobre o pecador.

Foto: Arquivo

Carentes de Amor e perdão

Como o filho pródigo, mais cedo ou mais tarde nos damos conta

de estarmos desconectados de nossa essência, mergulhados

e identificados com as alegrias e sofrimentos do mundo físico,

trocando por desejos fugazes e passageiros a oportunidade de

uma vida infinita e repleta de realizações. Ao retificar o rumo,

reencontramos a alegria, a paz e a vontade de fazer o melhor de

nossa existência.

Ao perceber que a pessoa equivocada está pronta para a

viagem de volta a si mesma, nem o povo Babemba, nem o pai

da parábola, agrava o seu sofrimento pelos erros já cometidos,

mas concede-lhe o perdão, desejando que todo o sofrimento

vivido tenha um fim imediato.

Serviço:

Dra. Laís Bertoche – Psiquiatria. Homeopatia.

Constelação Familiar. Terapia de Vida Passada

Av. N. S. de Copacabana 664 / Gr 706 – Copacabana

Rio de Janeiro

Tels: 2257-2403 / 97681-6633

2021

REVISTA CARIOCAS - 37


beleza

carioca

7 produtos de beleza

que são seus aliados

para o verão

Foto: Arquivo

Você já sabe: a combinação de sol, piscina, praia e calor pode

afetar a saúde, cor, brilho e aparência da sua pele e do seu cabelo –

quando não aliada a rotina correta de cuidados, claro. Por isso, bora

escolher os produtos certos e que merecem um lugar garantido no

seu nécessaire. Confira uma seleção dos sete itens mais importantes!

1. Hidratantes

É hora de reforçar a hidratação… Do corpo e do rosto, viu!?

Esse cuidado simples e diário ajuda a prolongar a duração do

seu bronzeado, evita a oleosidade em excesso e a aparência

ressecada. Para peles oleosas, as fórmulas em gel, gel-creme

e emulsão são as mais indicadas. Para peles normais, loção

hidratante e, para as peles secas, creme hidratante. Se quiser

potencializar o efeito do produto, use-o depois do banho, quando

os poros estão um pouco mais dilatados e a pele úmida, o que

facilita a penetração e absorção do hidratante.

2. Protetor solar

Não dá para esquecer que este produto TEM que ser o seu aliado

em qualquer estação do ano, mas a parceria precisa ser ainda

maior durante a exposição ao sol. Lembre-se: fator de proteção solar

(FPS) 30 no mínimo, combinado!? E fique ligada na embalagem do

produto, tenha certeza de que ele protege tanto contra os raios UVA

quanto UVB. Aplique 30 minutos antes de começar a tomar sol e

reaplique sempre que sair da água ou a cada duas horas.

3. Protetor labial

Aproveite que você lembrou de usar protetor no rosto para

fazer o mesmo com o lábios. Isso vai evitar que eles fiquem com

o aspecto ressecado. Reaplique sempre que sair da água ou a

cada quatro horas. Para reforçar a hidratação, invista em fórmulas

que, além do fator de proteção, contêm manteiga de cacau, karité

e macadâmia. E, no dia a dia, aposte nas fórmulas mais leves dos

lip balms com vitamina E, D5 e aloe vera, que ajudam a reforçar

a camada de proteção dos lábios e cicatrizar as possíveis feridas.

aquosas para os oleosos. Na hora de usar, você pode aplicar o

produto, passar um pente no comprimento e, por último, pentear

a raiz. Isso vai deixar a região protegida e evitar o excesso de

leave-in.

5. BB Cream

No verão, é normal suar mais e ficar com a pele mais oleosa, por

isso fica até difícil manter o make. O ideal é apostar em produtos

multifuncionais, como o BB Cream, que, além de ter cobertura,

ajuda a disfarçar os poros, controlar a oleosidade, iluminar, proteger

e hidratar. Mas fique atenta: como o nível de hidratação não é tão

alto, o hidratante continua sendo um item obrigatório na rotina de

beleza, principalmente para as meninas de pele seca.

6. Máscara de cílios a prova d’água

Quer companhia melhor para o seu BB Cream do que a

máscara a prova d’água? A dupla vai cumprir a missão de

manter sua pele linda e uniforme e ainda destacar os cílios,

sem deixar o make borrado, carregado ou derretendo.

7. Lenço antibrilho

O material absorvente das folhinhas remove instantaneamente

a oleosidade, sem afetar a maquiagem. Para usar, basta

encostá-lo na pele do rosto, sem esfregar. Assim, você não

precisa ficar passando camadas e camadas de base e pó, o

que pode pesar o look!

4. Leave-in com FPS

Além de proteger os fios dos raios solares, o leave-in

ainda ajuda a diminuir o frizz, a aparência ressecada e evita a

perda da cor e do brilho. O produto com filtro solar forma uma

barreira de proteção contra sol, sal e cloro. E não vale usar a

desculpa de que ele pesa nos fios, viu!? Existem fórmulas

específicas para cada tipo de cabelo, até as mais leves e

Foto: Arquivo

1. Protetor Invisilight FPS 50, L’’Oréal Paris; 2. BB Cream Active Dermato (com FPS 50), O Boticário;

3. Hidratante S.O.S Pele Fragilizada, Monange; 4. Protetor Labial Hidratante (FPS 60/ FPUVA 20),

Natura; 5. Lenços de Papel Antibrilho, Mary Kay; 6. Máscara Magnifica, Eudora ; 7. Spray Elseve Verão

Brasileiro, L”Oréal Paris.

REVISTA CARIOCAS - 38


BELEZA

MÁSCARA DE AÇAÍ É A NOVA SENSAÇÃO DA

TEMPORADA

Por Mirian Barbosa

Foto: Arquivo

Bailarinas se divertem em sessão de beleza que hidrata e rejuvenesce a pele através dos

antioxidantes do Açaí

Uma nova tendência no Rio pretende

tirar o açaí como o “queridinho” na hora

do lanche e transformar na alternativa

para cuidados com a beleza. A pedido

de pacientes, Juliana Siruffo, Biomédica esteta,

especialista em harmonização facial e corporal

- e mestranda em genética pela UFRJ, está

lançando a máscara de açaí em seus consultórios

na Zona Oeste da cidade e conquistando as mais

antenadas em procedimentos estéticos.

Como muitos sabem, Ju Siruffo, que também é

bailarina e já dançou várias companhias de balett

pela cidade, agora também se dedica ao ramo da

estética e saúde.” Muitos pensam que deixei a

dança mas não. Continuo amando o ballet, mas me

formei em Biomedicina e estou fazendo mestrado.

É um universo maravilhoso poder cuidar das

pessoas e aumentar a auto-estima, o bem estar e

a saúde” diz a especialista que desenvolveu este

tratamento para a primavera-verão.

Para experimentar a máscara de açaí convidou

à amiga e também bailarina, Elisângela Hani, 39,

ir à clínica situada no Recreio dos Bandeirantes

para fazer uma sessão.

A Máscara de Açaí possuí os superpoderes deste

alimento que traz a potência antienvelhecimento,

para proteger e hidratar a pele, combinada com

a amada Blackberry, Blueberry e Raspberry. As

máscaras de folha de fibra criam uma barreira na

pele para impedir a evaporação da fórmula e são

projetadas para fornecer uma dose sobrecarregada

de ingredientes para a pele.

Foto: Arquivo

REVISTA CARIOCAS - 39


Foto: Arquivo

Cuidados quanto a exposição

solar

Foto: Arquivo

“As pacientes percebem que a pele fica mais

macia, mais hidratada, luminosa. O açaí tem uma

ação emoliente, ou seja, aumenta a hidratação da

cutis e também é rico em antioxidantes, que vão

trazer inúmeros benefícios para a pele também”,

diz Juliana Siruffo lembrando que o objetivo é

prevenir o envelhecimento, porque o açaí é rico em

antioxidantes, além de antocianina e flavonoides.

De acordo com a biomédica, substancias que

diminuem o estresse oxidativo na pele e no nosso

organismo tem o poder de acalmar a pele. “ Com

isso, conseguimos preservar as fibras elásticas e

colágenas, o tecido vai ficar mais firme. A ação

antioxidante diminui o dano na pele. Além de

outros benefícios, porque açaí também é rico em

vitamina A, C e E”, completou a biomédica.

Ainda segundo Juliana Siruffo, há estudos que

apontam para outros benefícios da fruta. De

acordo com ela, há indícios de ações positivas no

sistema imune e benefícios para pacientes com

doenças cardíacas.

“Além da questão antioxidante, existem estudos

que mostram outros benefícios. Tem trabalhos que

mostram alguma ação antiflamatória, uma ação

positiva quanto ao sistema imune, uma ação cardio

protetora, então pacientes com doenças cardíacas

poderiam se beneficiar das antocianinas presentes

no açaí”, afirma especialista, que desenvolveu

esta máscara 100% natural e coloca a receita à

disposição de suas pacientes e leitores(receita

abaixo no final da reportagem).

Juliana ressalta que é necessário ter cuidados

ao ficar exposto ao sol após passar a máscara.

“Os pacientes têm que ter cuidado quando

expostos a esse produto do açaí porque ele pode

ser fotossensibilizante. Ele pode aumentar a

reação da pele quando exposta ao sol. Sempre

que usar qualquer máscara contendo açaí,

lembrar de limpar bem a pele, lavar e usar o foto

protetor. Recomenda-se que a máscara seja feita

em consultório especializado por profissionais

habilitados” finaliza a biomédica.

Elisângela Hani adorou o resultado e disse que

quer repetir novamente daqui a 15 dias. “O cheiro,

a textura e principalmente os resultados são

maravilhosos, super recomendo. E é natural, além

de combater os radicais livres”. Juliana completa

que a máscara pode ser feita de 15 em 15 dias e

que será uma das fortes tendências da primavera/

verão.

Foto: Arquivo

Outros benefícios

De acordo com a Sociedade Brasileira de

Dermatologia (SBD) o açaí realmente tem efeitos

benéficos para a saúde da pele, que sofre

oxidação pelos radicais livres que sobram de todo

o metabolismo em todos os órgãos. É isso que faz

o processo de envelhecimento, quando você tem

uma ação antioxidante é como se você tivesse

retardando o envelhecimento retirando estes

radicais, o que o açaí faz com muita eficiência.

REVISTA CARIOCAS - 40


BELEZA

Passo-a-passso:

Foto: Arquivo

1-Limpar bem a pele

Foto: Arquivo

2-Aplica-se a máscara com

o uso de uma espátula espalhando

o produto uniformemente.

Foto: Arquivo

3-Deixa a máscara na pele

de 20 à 25 minutos antes de

retirá-la.

Serviços:

Juliana Siruffo – Biomédica Esteta, harmonização facial e corporal –

habilitada em reprodução humana – mestrando em genética – UFRJ.

Atendimentos: La Belle Lune Clínica de Saúde e Biomedicina Estética

Endereço: Estrada do Mato Alto, 1046, lj 677 sl 102 - Jardim Monteiro.

Frente ao sítio Marron Glacê, em cima do Hortifruti. Rio de Janeiro, Rio de

Janeiro

Telefone: 21-970294688

Instagram: @drajulianasiruffo

Foto: Arquivo

Receita da Máscara de Açaí

Para fazer a máscara :

Lavar o rosto com sabonete neutro e secar bem

2 colheres de sopa de açaí

1 colher de sopa de abacate

1 colher de chá de mel.

Misturar tudo, até fazer uma Máscara consistente.

Atenção, usar o açaí na textura grossinha , não

usar puxado para textura líquida, se não fica difícil

achar o ponto da máscara.

Ficar 20 a 25 minutos com a máscara.

Lavar o rosto bem e aplicar protetor solar.

Por ser fotossensível é imprescindível o uso do

protetor.

REVISTA CARIOCAS - 41


SAÚDE E BEM ESTAR

Saiba como as massagens podem diminuir

o estresse e auxiliar no tratamento de doenças

Para quem acredita que a massagem serve apenas para aliviar

momentaneamente a dor nas costas, uma boa notícia: a técnica

milenar é usada para ajudar no tratamento de vários problemas

físicos e psicológicos que afetam diretamente a saúde. De acordo

com o massoterapeuta Flávio Marchi, do Espaço de Terapias

Integradas, em Copacabana, a pessoa pode sentir uma melhora

já na primeira sessão, mas o ideal é realizar massagens de uma a

duas vezes por semana. As sessões variam conforme o objetivo e

a técnica usada, mas, em média, duram de 30 a 50 minutos.

Foto: DMC21

Múltiplas aplicações

Além de ser um excelente coadjuvante no tratamento de

problemas físicos e mentais, a massagem proporciona sensação

de bem-estar, melhora a aparência e a autoestima. “ Ela alivia a

tensão muscular, ajuda no controle do estresse, da ansiedade e

acelera a recuperação no pós-operatório, através da drenagem

linfática. Também tem função benéfica na diminuição da

pressão arterial e proporciona um sono mais reparador”, diz o

especialista explicando que a massagem sueca, por exemplo,

além de proporcionar relaxamento, fortalece os músculos, acaba

com as tensões e melhora o fluxo sanguíneo.

Mais qualidade de vida

Por meio de vários mecanismos fisiológicos, a massagem

melhora consideravelmente a qualidade de vida. Em primeiro

lugar, o toque provoca analgesia, que é a redução ou eliminação

da dor, o que, por si só, já deixa qualquer um menos ansioso e

agitado. “Durante a sessão, o corpo libera serotonina e endorfina,

substâncias que ajudam a combater os incômodos físicos,

proporcionando sensação de bem-estar e melhorando o humor.

Também promove a redução do nível de cortisol, o hormônio do

estresse, que, quando em níveis elevados, causa insônia, irritação

e ansiedade” afirma o massoterapeuta, lembrando que um

outro efeito benéfico da massagem é a liberação de histamina,

substância vasodilatadora que melhora a circulação e o fluxo

linfático, estimulando o sistema imunológico a renovar as células

de defesa e aumentando, assim, a imunidade.

Eficaz na prevenção de doenças

A massagem pode ser uma alternativa para prevenir doenças.

“As diversas técnicas de massagem ajudam a evitar problemas de

saúde como enxaqueca, dores no corpo, fibromialgia, ansiedade,

TPM, entre outros distúrbios” explica Flávio Marchi. Segundo ele,

a massagem pode, ainda, auxiliar no controle das emoções, fator

decisivo para que doenças como a psoríase e a hipertensão, por

exemplo, não sejam agravadas. “Quanto mais feliz a pessoa for,

melhores serão as respostas do organismo a qualquer tipo de

agressão. E a massagem propicia uma sensação de relaxamento

e bem-estar, que melhora as condições emocionais, ajudando

diretamente o sistema imunológico”, afirma Marchi.

Serviços: Espaço de Terapias Integradas Flávio Marchi

Av. Nossa Senhora de Copacabana 605 – sala 409 –

Copacabana | Telefone: 967656672

Por Mirian Barbosa

Principais técnicas

Shiatsu: de origem chinesa, tem como objetivo atingir os

pontos dos meridianos, que são os canais de energia que

percorrem o corpo. Proporciona bem-estar, ajuda a combater

a insônia e a ansiedade, melhora a sanguínea e alivia as dores

nas costas causadas pela má postura.

Relaxante: a técnica é aplicada com movimentos suaves,

contínuos e ritmados, utilizando apenas as mãos e os óleos

vegetais, que facilitam a execução da massagem. O objetivo

é soltar a musculatura do corpo e estimular a produção

de hormônios que causam o relaxamento. Indicada para

combater ansiedade, depressão, insônia, dores musculares,

melhorar o sistema imunológico e a circulação, entre outros.

Sueca: A Massagem Sueca foi criada e desenvolvida por

volta de 1800 por Henrik Ling, considerado o “Pai da Educação

Física Moderna”. Com manobras de massagem muito simples,

essa terapia ajuda a aliviar toda a tensão muscular provocada

pelo estresse. Proporciona a liberação da contratura muscular

reduzindo as tensões, reduz dores e inflamações e causa bem

estar físico e emocional.

Drenagem linfática: tipo de massagem que auxilia na

eliminação das toxinas do corpo e na remoção de resíduos

tóxicos depositados nos músculos, diminuindo o inchaço.

Ajuda também no aumento do tônus muscular e hidrata,

deixando a pele mais bonita e macia.

REVISTA CARIOCAS - 42


BELEZA

SERGIO MARKS

O QUERIDINHO DA MULHERADA CARIOCA

Por Mirian Barbosa

Foto: Arquivo

Após viver 20 anos em Londres e ter se especializado

em diversas técnicas de colorometria pela Europa,

Sérgio Marks está de volta ao Brasil, em um salão com

mais de 300 metro quadrados, em Laranjeiras. Num

bate papo informal o ‘Mago das tesouras e das loiras’

conversou conosco e falou de seu retorno ao Brasil, das

tendências internacionais que permeiam o mercado de

beleza, da descontração da mulher carioca e de seus

planos de investimento no país.

Como é estar de volta ao Brasil depois de

tantos anos em Londres?

It’s a beautiful! Escolhi o Rio de Janeiro, apesar de

São Paulo concentrar os grandes eventos e ser mais

cosmopolita, pela qualidade de vida. Associar a beleza

desta cidade à maneira de viver é excepcional. O Rio é

solar. Com a pandemia o mundo mudou, mas estou feliz

em estar em meu país e poder sentir a solidariedade

deste povo maravilhoso.

Porque Londres é considerada umas das

capitais da moda em estilo de cabelo no

mundo?

Porque é uma cidade de vanguarda. Quando fui

para lá o meu intuito era estudar e desenvolver minha

metodologia, pois já tinha meu salão em Florianópolis.

Fui embora do Brasil aos 29 anos e foi na Inglaterra

que conheci Tony&Gui , Sassoog, Llougueras que

são academias conhecidas internacionalmente. Estas

marcas são retrô apesar de muito modernas e não

trabalham com linhas simétricas, que são muito usadas

no Brasil. A marca destas empresas são assimétricas,

com cortes e cronogramas de cores muito exóticos. Na

Inglaterra existe uma mistura de cores e ousadia não

vista por aqui. Aliás, Milão, Paris, Nova Iorque, também

possuem uma tendência de inovação que pode ser vista

nas

temporadas dos desfiles. Mas Londres sempre foi muito

além.

Como você descreve a mulher carioca? Ela é

menos fashionista que as paulistas?

Eu não diria que ela é menos fashionista, entretanto

pelo Rio ser uma cidade praiana, a carioca é mais a

vontade em seu estilo. Os cabelos e as roupas são mais

descontraídos. A paulista é aquele padrão impecável:

REVISTA CARIOCAS - 43


faz escova duas vezes por semana e está sempre com

a cor em dia. Usam o loiro muito branco e fazem uma

linha shopping, já que a cidade não tem praia. Em si o

Rio permite que ela seja assim. Este é o charme desta

cidade, o jeito carioca de ser que nenhum outro lugar do

mundo possui.

Com a pandemia a mulher está deixando

aparecer os fios brancos. O que vc acha disso?

Vai passar, assim como a pandemia. A grande maioria

voltará aos cortes e cores elegantes. Apenas uma minoria

vai deixar os fios naturais mas para isso precisam de

muitos cuidados. Cabelos brancos também necessitam

de tratamentos para ter uma cor bonita e natural.

Em termos de beleza como é a mulher carioca? Dizem

que elas querem sempre ter cabelos longos...

(Risos!) É verdade. A carioca ama um cabelo comprido

e muitas recorrem ao mega hair. Quando profissionais

que vivem na Europa chegam ao Brasil, vêem que existe

uma tendência grande de não aderir aos cortes curtos

por aqui. Isto está mudando, mas a carioca, quer cabelos

longos ou na altura dos ombros.

Como será o verão em questão de cores nos

cabelos?

A tendência continua com as pontas claras, mantendo

um esfumado, a raiz bem mais natural, isso vem com

tudo na nova estação. A raiz mais escura, bem marcada,

o que ajuda a quem retoca suas colorações, o cabelo

fica mais saudável. Os dourados vão vir com tudo junto

aos loiros de tons diversos. E os acobreados também

serão tendência e para as mais ousadas as mechas

cobres em diversos tons.

As loiras ficam cada vez mais platinadas?

Sim, as pontas mais marcadas, bem claras com fundo

mais escuro e a frente repleta de pontos de luz. Toda

parte do contorno do rosto com luminosidade.

E as morenas ?

A mulher morena poderá escolher de acordo com

a definição de sua personalidade. Muitas podem se

manter naturais, mas as que conseguirem ousar e jogar

um pouco de cor, devem apostar que ficarão incríveis.

Um acobreado, o marrom, caramelo e o dourado que

são as cores de tons mais praia, são minhas sugestões.

Ok. Então vamos lá! (pensando...) Temos a Vera Fischer

que é fabulosa, a Bruna Lombardi e a Maitê Proença.

Essas são minhas queridíssimas, loiras maravilhosas.

Cito também a Angélica que sempre manteve aquele

loiro impecável. São pessoas que estão em evidência

e representam bem as loiras brasileiras. Mas, meu voto

vai para a Bruna que sempre manteve aquele cabelão

super claro com o cacheado natural, bem a cara do

Rio, a cara do Brasil. Uma linda mulher com 63 anos,

que tem a felicidade como lema de vida. Aplausos para

Bruna Lombardi!

Você fala muito em cronograma capilar. O

que é este cronograma e como é aplicado?

O cronograma capilar é um tratamento criado para um

sistema pós-química, pós-progressiva, pós-coloração

e ate mesmo pós-corte. É montado com a ajuda do

cabeleireiro após analise do fio e posteriormente

indicados os tratamentos de hidratação,nutrição e

reconstrução. A primeira parte é feita no salão e a pessoa

dá continuidade em casa.

Quanto tempo dura esse cronograma

capilar?

O cronograma capilar é formado por ciclos que

você pode fazer a cada três semanas com produtos

específicos. Por exemplo, você terminou de fazer umas

mechas dai faz o cronograma capilar de reconstrução

ou nutrição. Cronograma são aquelas primeiras três

semanas pós-química, pós-progressiva e pós-mechas.

Quais são as novidades que a marca Sergior

Marks vai trazer para o Rio de Janeiro?

Eu estou muito empolgado com as novas parcerias

que estão surgindo para agregarem nossa marca, mas

precisamos da certeza do fim da pandemia com as

vacinas. Sem esta certeza não poderemos investir em

nada pois esta pandemia é muito séria e precisamos nos

cuidar. Posso adiantar que quero montar uma academia

de cursos que será parte da especialização para todas

as pessoas que querem aprofundar o conhecimento em

áreas de mechas e colorações.

Nós trabalhamos hoje com uma linha de todos os

Plex que são proteínas e queratinas que dão uma

mega estrutura as mechas. Conseguimos obter loiros

fantásticos, maravilhosos sem agredir os fios. Um

trabalho Express, muito rápido. Penso em meados do

segundo semestre em abrir uma Maison com mobiliário

italiano, bem retrô e muito chique. Ainda não posso dar

detalhes, pois dependemos de muitos detalhes e da

vacinação como disse acima, mas será uma proposta

de beleza para ser acessível a todas as pessoas e terá

um SPA , além de um espaço só para mechas.

Serviço:

Sergio Marks Hair e Estética

Rua das Laranjeiras 29- Laranjeiras Mall

Telefone: 22429602/ 22256116/991946679

REVISTA CARIOCAS - 44


beleza

carioca

PRODUTINHOS ESSENCIAIS

PARA CUIDAR DA BEAUTÉ

NA NOVA ESTAÇÃO

Com o verão chegando, a exposição ao sol aumenta, assim como

os problemas de pele, como ressecamento e manchas. Além de

cuidar do corpo com dietas e exercícios, é necessário também, cuidar

da pele do rosto. Muitas mulheres passam a ter uma rotina diária de

tratamento com produtos específicos. Arotina de Beauté, é essencial

para enfrentar os dias de calor que se aproximam. Abaixo, uma seleção

de produtos indicados por dermatologistas para deixar sua pele linda e

protegida na nova estação.

Filtro solar facial

Protege o rosto dos raios solares

quando aplicados 30 minutos antes de

começar a tomar sol. VICHY (R$60)

Sérum

Poderoso antioxidante, é capaz

de combater a proliferação dos

radicais livres e reparar os danos

provocados ao DNA celular,

prevenindo o envelhecimento

biológico. A indicação vai para o

DERMAGE Improve C10 (R$178),

excelente para este processo.

Máscara Facial

Para aquelas mulheres que querem

dar um up na pele, as máscaras

faciais são grandes aliadas. A

DERMAGE PEEL OFF (R$12), ajuda

a acalmar a cútis e possui fórmula

bem concentrada de ativos que

recuperam a vitalidade do rosto,

ajudando na formação de colágeno,

melhorando a elasticidade,

luminosidade e maciez da pele.

Esfoliante

Para eliminar as células mortas, são indicados

os esfoliantes. O ÁRAGO BioFruit (R$119),

promove renovação celular de forma suave

e confortável, conferindo clareamento e

luminosidade à pele.

Sabonete facial

É um dos principais aliados para

ter uma pele limpa, saudável

e protegida. Além disso, não

afeta os lipídeos de proteção.

CLINIQUE (R$89)

2021

REVISTA CARIOCAS - 45


tendências

MODA

Por Maria Amora, Mirian Barbosa e Sophia Carneiro

BOLSA DE PALHA:

tendência verão 2021

Entre as tendências mais fortes para o verão 2019, a bolsa de palha, já vistas pelas

ruas, promete ser o acessório da vez. Artesanato e verão estão sempre interligados, já

que transmitem a leveza tão requisitada pela estação mais quente.

De tamanhos e trabalhos variados, elas vão muito além dos looks pé na areia e ganham

também espaço no dia a dia na cidade.Bolsas de palha originalmente remetem a

biquínis e looks fluidos, mas NOS tempos de hoje elas também funcionam muito bem

no look urbano, fashionista e ousado! E é isso que vamos mostrar neste post!

Com seus modelos, tamanhos, trançados e formatos variados, os acessórios saem

das praias e chegam a cidade.

Ainda que a gente associe as bolsas de palha a roupas de caimento mais leve e fluido,

a peça também funciona com conjuntos mais sóbrios e sofisticados, quebrando sua

seriedade.

A combinação depende de algumas características das peças usadas na composição

e, com a bolsa de palha certa, tudo pode ficar bem mais interessante. Separamos

algumas ideias para te inspirar e entender melhor como funciona essa nova tendência.

Confira:

Foto: Arquivo

Vestidos, a combinação perfeita com a

bolsa de palha

Foto: Arquivo

Combine tecidos diferentes com a bolsa de

palha

Os tecidos variados, desde os mais soltinhos até skinny, ornam

com as bolsas por serem despojados e sofisticados. Apostar

nas bolsas é uma forma de deixar o visual ainda mais delicado e

elaborado.

A palha e outros materiais artesanais, como a corda, são sucesso

garantido nos dias de verão já que o material tem o frescor e a

leveza perfeitos para compor looks estilosos. A tendência, que

marcou presença no inverno, continua com tudo nas estações

mais quentes do ano e o material debe aparecer fortemente tanto

em bolsas, quanto em chapéus e calçados.

O importante é mergulhar de cabeça em todas as tendências que

esse verão está prometendo e aproveitar a estação mais alegre

do ano da forma mais confortável e estilosa possível. E com as

nossas dicas sobre as apostas para as tendências, fica mais fácil

acertar na encomenda de produtos que com certeza vão arrasar

nas vendas!

A leveza dos vestidos de verão ornam muito bem com palha,

já que os dois apresentam frescor e temperatura. Com essas

combinações mais informais, vale pensar em bolsas maiores e

claras, com o tom natural da palha.

Foto: Arquivo

REVISTA CARIOCAS - 46


tendências

MODA

Anos 80,

Lavanda, neon, bolsa de palha, linho.

Fique por dentro das trends!

O verão é uma das estações mais esperadas,

principalmente pelos fashionistas e ditadores da moda,

porque é a época do ano que se pode ousar, por ser

sempre colorida e divertida. Uma das características

da moda são o ciclo e reciclagem de tendências de

décadas anteriores. Ela está sempre passeando e se

inspirando em épocas marcantes do passado e nesse

verão 2019 não vai ser diferente, Vem aí incríveis

tendências que vão fazer você vibrar e celebrar a

estação mais querida por todos. Veja a seguir.

Se você quer estar por dentro do que vai usar no ano

que vem o seu momento é agora! Nós analisamos

todos os desfiles das principais marcas famosas

mundiais que já soltaram as tendências da primavera/

verão do ano que vem, fiquei ligada!

Verão

2021

A volta dos anos 80

Se você é dessa geração deve se lembrar muito

bem dessa época que ficou muito marcada

pelos exageros fashions, muita cor, acessórios

grandes, estampas geométricas, brilhos e tudo

que herdou dos anos 70, a era disco.O verão vai

trazer de volta esta tendência. Esteja preparada.

Fotos: Arquivo

Foto: Arquivo

O linho é o tecido do verão 2019

Fotos: Arquivo

Sem dúvidas, o tecido do verão 2019 é o linho…

e não poderia existir melhor material para uma

estação em que as temperaturas estão nas

alturas. Isso porque o linho é uma material de

fibras naturais, o que faz com que ele seja mais

fresco e propicie a transpiração, o que é tão

importante nas estações quentes.

Babados e mais babados

Se você gosta de apostar em looks mais românticos vai adorar

essa tendência que veio para ficar na temporada mais quente

do ano: os queridos e amados babados, que ficam lindos em

blusas, vestidos ou saias. Dão um ar todo sensual se usado

em uma blusa no estilo cigana com os ombros de fora. Dão

um ar romântico se usado em vestidos e saias.

REVISTA CARIOCAS - 47


Fotos: Arquivo

Fotos: Arquivo

Cintos e cintura marcada

Looks esportivos

Nos anos 80 foi muito usado os conjuntinhos

de trainings, era uma verdadeira febre, para

o próximo verão algumas modificações nessa

tendência foram feitas, o look agora não deve

parecer totalmente esportivo e casual, os

tecidos ganharam mais glamour, como um

esportivo de luxo.

Os cintos deram uma sumida nas últimas

estações, mas agora eles voltaram com tudo e

ainda por cima mais largos marcando bastante a

cintura e em alguns casos o uso do cinto duplo.

Para acertar no uso dos cintos largos, aposte

em peças com tons complementares para que o

seu look não fique muito over. Os cintos são um

acessório bastante visível então se deve tomar

cuidado para não misturar muitas estampas e

cores com eles.

Foto: Arquivo

Listras coloridas

O verão sempre ganha essa tendência navy e que todo mundo ama,

as listras. São encontradas de diversas formas e ângulos, deixando o

look divertido e ao mesmo tempo clássico. Você pode combinar listras

preto e brancas que são uma tradição com alguma outra estampa nas

mesmas cores e você terá um look criativo, principalmente se a outra

peça for geométrica,

Camisetas com sobreposição

de bralettes

Se você gosta de apostar em looks mais românticos

vai adorar essa tendência que veio para ficar na

temporada mais quente do ano: os queridos e amados

babados, que ficam lindos em blusas, vestidos ou

saias. Dão um ar todo sensual se usado em uma blusa

no estilo cigana com os ombros de fora. Dão um ar

romântico se usado em vestidos e saias.

REVISTA CARIOCAS - 48


Cor do verão 2021: Lavanda

Assim como acontece em toda temporada o mercado

da moda elege qual vai ser a cor que vai bombar nos

looks a cada estação, e para o verão de 2019 a cor que

vem se destacando como tendência é o lavanda.

Ela é a cara do verão por ser uma cor mais “fresca” e

que traz uma sensação de leveza. Ela vem também em

tons mais lavados e mais pasteis, que é quando a cor é

um pouco mais apagada e menos vibrantes.

Fotos: Arquivo

Neon

Fotos: Arquivo

Não, você não leu errado! O neon está de volta

e essa é uma das grandes tendências para o

verão que se aproxima. Se você não sabe do que

se trata, irei explicar! O neon são aqueles cores

“acesas”, que para algumas pessoas também

conhecem como fluorescentes.

O neon pode estar presente em várias cores…

existe o rosa neon, amarelo neon, verde neon,

roxo neon… e diante de tanta variedade, você

pode encontrar também várias peças seguindo

essa moda. Pode ser um sapato, uma bolsa, ou

até mesmo peças de roupa completas, como

saias e vestidos.

Short Godê

como usar a Trend do momento

Uma nova modelagem de short jeans surgiu e já virou

tendência entre as fashionistas. O short godê ganhou

espaço no armário das brasileiras por juntar conforto e

estilo na mesma peça. Com ele, é possível montar desde

looks para aproveitar uma tarde na praia até combinações

para noite.

Apesar de ter conquistado o coração de muitas fashionistas,

não é todas as mulheres que gostam da sua modelagem.

Esse modelo é de cintura alta, com um corte aberto da cintura

para baixo, ficando bem soltinho nas pernas. No entanto,

por parecer uma saia, divide opiniões sobre o estilo.

No Brasil, o short virou tendência e foi visto em uma

celebridade pela primeira vez no carnaval. Marina Ruy

Barbosa, atriz e modelo, aderiu ao modelito para curtir

os bloquinhos e desde então virou tendência. Logo após,

diversas marcas começaram a produzir seu próprio short

godê e assim bombando entre as brasileiras.

Fotos: Arquivo

REVISTA CARIOCAS - 49


Calçados Do Verão 2021: O Que Vai Ser

Sucesso Na Estação

A indústria calçadista foi uma das que mais sofreram ao

longo de 2020 por conta da pandemia e da quarentena.

O novo cenário trouxe mudanças tanto no estilo de

consumo das pessoas quanto nas tendências de moda.

Assim, muitas referências previstas para este ano

ficaram em suspenso. Mas elas começam a ganhar

fôlego e voltar repaginadas, inclusive para os calçados

do verão 2021. No entanto, o foco em questões como

bem-estar, conforto e praticidade, que dominou o visual

nos últimos meses, segue em alta.

Confira agora o que vai fazer sucesso na próxima

estação.

Calçados metalizados

Foto: Arquivo

Sim, o bem-estar é uma trend para os calçados no

verão. Mas isso não quer dizer que você vai ficar menos

estilosa. E o metalizado vem com tudo justamente para

isso: dar um toque de glamour ao seu look.

Pense em sapatos prateados, dourados e até coloridos.

Você pode incorporar o acabamento metalizado para

deixar a produção menos óbvia ou fazer a vibe hi-lo,

misturando com elementos mais despojados e divertidos.

Dourado vem com tudo no verão 2021.

Soft volume

Foto: Arquivo

Foto: Arquivo

Sandálias flat em alta

Ainda que você adore um salto alto, não pode negar

o conforto e o charme das sandálias rasteiras. Depois

de tantos meses em casa, por causa da pandemia, faz

sentido continuar investindo no estilo mais confortável e

despojado.

Assim, as rasteiras são uma das principais tendências

para os calçados do verão 2021. A temporada traz

modelos e detalhes diferentes, como uma pegada mais

rústica com corda e ráfia. Além disso, teremos papetes,

sandálias com muitas amarrações, na versão slide e

seguindo o moldes das famosas Birkenstock.

REVISTA CARIOCAS - 50

Foto: Arquivo

Seguindo o conceito do conforto, temos uma

tendência que é sinônimo de aconchego nos pés, o

soft volume. Para quem não conhece, esse tipo de

calçado é feito a partir de um material macio que vai,

principalmente, nas palmilhas. Entretanto, para o

verão teremos também o tecido acolchoado nas tiras.


MODA

O poder do salto

Bico quadrado – calçados do verão

2021

Mais uma tendência dos calçados do verão 2021 inspirada

na década de 1990. Pois agora estamos falando do bico

quadrado. Entretanto, a versão atual é mais moderna e

vai fazer sucesso nas sandálias abertas. A moda vale

tanto para os saltos quanto as flats.

Foto: Arquivo

Desde 2017, os saltos diferentes, principalmente aqueles

inspirados pelas formas geométricas, rondam o mundo

da moda. Entre os calçados do verão 2021 chega

com força o salto conhecido como taça. Ele confere um

ar mais ousado e moderno ao look.

Foto: Arquivo

Além disso, o salto bloco vai fazer sucesso acompanhando

o retorno do estilo dos anos 1990. Versáteis e confortáveis,

esse tipo de salto complementa qualquer visual, do

simples e casual aos modelos de trabalho e festa.

Foto: Arquivo

REVISTA CARIOCAS - 51


Tênis Favorito De Sasha Meneghel Rende

Looks Incríveis; Confira!

O velho e bom All Star eleito por Sasha Meneghel é versátil

e permite uma série de combinações no dia a dia

Com estilo descolado e casual, Sasha Meneghel já provou

que é muito mais que a filha da rainha dos baixinhos.

Dessa forma, aos 22 anos, Sasha virou referência de

moda em produções streetstyle que vão muito além das

grandes marcas.

Então um dos acessórios que não faltam no closet da

famosa é um velho e bom par de tênis. E assim como a

duquesa Kate Middleton, Sasha Meneghel não dispensa

um look estiloso com o calçado.

Aliás, em seu perfil no Instagram, Sasha já mostrou

diversos looks com tênis. Entretanto, o modelo atemporal

eleito pela filha de Xuxa é o All Star Chuck Taylor, que

surgiu no mundo da moda muito, mais muito antes de

Sasha nascer.

Foto: Arquivo

Sasha Meneghel de All Star

Entretanto, pouca gente sabe que este modelo de tênis

foi criado pela Converse em 1917 para jogadores de

basquetes americanos. Cinco anos depois, o jogador

Chuck Taylor foi contratado como garoto propaganda da

marca, lançando uma linha exclusiva de All Star com seu

nome em 1923.

O All Star Chuck Taylor continua fazendo sucesso nos

pés das fashionistas de todo o mundo. Ainda que o

modelo tenha passado por transformações e diversas

releituras ao longo dos anos. Inclusive, nos outfits de

Sasha Meneghel. A boa notícia é que o tênis pode sim

ser encontrado no Brasil em diversas cores e modelos,

com preço a partir de R$ 170,00.

Entre os modelos de All Star favoritos de Sasha Meneghel,

estão versões do tênis branco e preto de cano curto.

Assim, de produções bem leves de verão com shorts

jeans e camiseta até outfits com vestidos, confira 8 looks

de Sasha Meneghel com tênis e inspire-se:

REVISTA CARIOCAS - 52

Foto: Arquivo

Foto: Arquivo


REVISTA CARIOCAS - 53


REVISTA CARIOCAS - 54

More magazines by this user
Similar magazines