Revista Newslab Edição 164

newslab.analytica

Revista Newslab Edição 164 - Março 2021

CITOLOGIA

A MICROSCOPIA EM TEMPOS

DE PANDEMIA

Prof. Dra. Lisiane Cervieri Mezzomo

Considerado serviço essencial, a atividade

laboratorial permanece ativa durante as

restrições impostas pelo COVID-19, apesar

da pandemia ter levado ao cancelamento

de diversas outras relacionadas a análises

clínicas, como treinamentos e encontros

para discussão de casos e ensino presencial

em todos os níveis, especialmente por

essas atividades exporem os profissionais,

seus colegas e membros da família ao risco

de infecção. Durante esse período, o advento

da microscopia digital vem possibilitando

a implementação e a validação de novos

fluxos de trabalho digitais para uso remoto.

Os conhecimentos práticos e habilidades

de microscopia, necessários para atuação

em análises clínicas, classicamente são

adquiridos por meio do treinamento e uso

de microscópios convencionais. A transformação

digital da microscopia que vem

sendo implementada nos últimos anos,

permite a digitalização de lâminas microscópicas

para gerar imagens de laminas

inteiras (Whole slide imaging (WSI) ou

lâminas digitais), que podem ser manipuladas

pelo operador. As áreas laboratoriais

de implementação da microscopia digital

são as mais diversas: citologia, patologia,

técnicas imunoquímicas que requerem laminas

como a imunohistoquímica e imunocitoquímica,

histologia, hematologia,

parasitologia, microbiologia e outras que

utilizam microscópio cujas laminas possam

ser digitalizadas. Os principais componentes

de um sistema de microscopia digital

incluem um scanner de laminas, software

visualizador de imagens de laminas e monitor

de exibição.

Cabe destacar que a disponibilidade de

sistemas de microscopia digital pode facilitar

o diagnóstico microscópico remoto

por meio da consulta a outros profissionais,

utilização da ferramenta para discussão de

casos, controle de qualidade e treinamento,

embora a validação (baseada em casos)

do diagnóstico digital remoto não tenha

sido relatada até o momento.

Um exemplo de aplicação dessas ferramentas

inclui a prática desenvolvida pela universidade

Weill Cornell Medicine-Qatar durante

a pandemia do COVID-19, a qual substituiu

a instrução clínica da disciplina de patologia

dos alunos por novas disciplinas eletivas online.

Assim, foi implementado um currículo

inovador de patologia online e remota, ancorado

na microscopia virtual e videoconferências

na plataforma Zoom, ferramentas para

apoiar o ensino online. Essas práticas podem

ser perfeitamente aplicáveis a treinamentos

em áreas laboratoriais que utilizam microscopia

como ferramenta de aprendizado e

discussão de casos nesse periodo de restrições

devido a pandemia, e ainda, utilizadas como

ferramentas de apoio num possível retorno as

atividades presenciais.

A microscopia virtual tem vantagens

claras, e sua utilização já é bem aceita em

ferramentas de controle de qualidade, disponíveis

atualmente. No entanto, algumas

barreiras limitam a sua transição, especialmente

na educação e rotina laboratorial,

que incluem os altos custos de configuração

inicial, infraestrutura (incluindo hardware

de computador, software e internet de alta

velocidade), gerenciamento e armazenamento

de dados e o acesso e manipulação

das laminas digitalizadas pelos usuários.

A literatura científica acerca desse tema vem

sendo bastante amplianda ultimamente, especialmente

em tempos de ensino e aprendizagem

remoto devido ao COVID-19, com resultados

indicando que a microscopia virtual

não é apenas um método eficaz para discussão

de casos, troca de opiniões, e congressos,

mas é útil ainda para ensino de disciplinas

que utilizam microscopia, podendo inclusive

ser empregada como um método para medir

o desempenho do alunos e profissionais durante

avaliações online, de forma semelhante

aos programas de controle de qualidade já

disponíveis ha algum tempo.

Referências

Hanna, M.G., Reuter, V.E., Ardon, O. et al. Validation of a digital pathology

system including remote review during the COVID-19 pandemic.

Mod Pathol 33, 2115–2127 (2020). https://doi.org/10.1038/

s41379-020-0601-5

Guiter, G.E., Sapia, S., Wright, A.I. et al. Development of a Remote

Online Collaborative Medical School Pathology Curriculum with

Clinical Correlations, across Several International Sites, through the

Covid-19 Pandemic. Med.Sci.Educ.(2021). https://doi.org/10.1007/

s40670-021-01212-2

Prof. Dra. Lisiane Cervieri Mezzomo

Farmacêutica Bioquímica, Especialista em Citologia Clínica.

Mestre e Doutora em Patologia.

0 116

Revista NewsLab | Março 2021

More magazines by this user
Similar magazines