Revista Newslab Edição 164

newslab.analytica

Revista Newslab Edição 164 - Março 2021

INFORME DE MERCADO

MÉTODOS DE RT-QPCR AUTOMATIZADOS COM

EQUIPAMENTOS DE PIPETAGEM ECHO 525, DE ALTO

RENDIMENTO E BAIXO CUSTO PARA TESTAGEM DE

VIGILÂNCIA E IDENTIFICAÇÃO DE SARS-COV-2

“O Equipamento de Pipetagem Echo 525

tem sido uma parte essencial de nosso

laboratório para testagem de vigilância de

SARS-CoV-2. Em uma comparação recente,

descobrimos que o Echo 525, que dispensa

o uso de ponteiras (tip-less) e é livre de

contato durantes as transferencias, fornece

dados muito confiáveis e sensíveis para o

prepraro de reações de RT-qPCR a 5 µL em

faixa de concentração de 2,1-200 cópias /µL."

Dr. Andrea Crisanti, Professor de Microbiologia

da Universidade de Pádua.

Introdução

A descoberta da doença do coronavírus 2019

(COVID-19), também conhecida como SARS-

CoV-2, em Wuhan,China, levantou um alerta

público global 1. Este vírus mortal e altamente

infeccioso fez com que o mundo tomasse

medidas sérias, visto que o número de casos

confirmados tem aumentado continuamente

desde que foi relatado o primeiro caso. O

governo chinês alertou que são necessários

esforços internacionais para superar esse surto.

A professora Andrea Crisanti 2, da Universidade

de Pádua, respondeu imediatamente a essa

pandemia iniciando um método de RT-qPCR de

alto rendimento, automatizado e de baixo custo

para testar milhares de amostras de RNA a partir

de swabs na área do Veneto, no norte da Itália.

Life Sciences e tem sido uma parte essencial desses eluídos em um volume final de 100 μL usando

estudos econômicos e de alto rendimento. Com alta um Sistema MagNA Pure 96. Realizou-se

precisão e exatidão o Echo 525 até 25 nL permitiu

que os ensaios de RT-qPCR fossem realizados com

sucesso em volumes reduzidos de 5 µL em placas de

formato de 384 poços em vez de 25 µL em placas

de 96 poços. Para a reação de 5 µL, utilizou-se 1 µL

de amostra extraída de RNA de swabs nasais e 4

µL de pré mix de RT-qPCR, incluindo os primers e

a detecção de RNA de SARS-CoV-2 por um

método in house de PCR em tempo real, que foi

desenvolvido de acordo com o protocolo, primers

e sondas projetadas por Corman et al.3 visando

os genes de RNA polimerase dependente de RNA

e envelope (E) (E_Sarbeco_F, E_Sarbeco_R,

E_Sarbeco_P1) de SARS-CoV-2 (RdRp: RdRp_

sondas. A redução de volume de reação de RT-qPCR SARSr-F, RdRp_SARSr-R, RdRP_SARSr-P1 e

tem sido essencial para se utilizar menos reagente RdRp_SARSr-P2).

mas manter um alto nível de detecção (LoD) de 2,1

cópias/µL para uma única amostra.

Usando-se este método, o grupo foi capaz

de estudar até 5.000 amostras por dia com

Ácidos nucleicos totais foram purificados a partir

de 200 μL de amostras de swab nasofaríngeo e

tempo de retorno rápido de 15 minutos

contra 3 horas para a configuração de reação.

Figura 1. Fluxo de trabalho da análise de carga viral de RNA no laboratório do Prof. Crisanti

O Echo 525 é um equipamento de trasnferência

de líquidos e pipetagem automática acústico que

dispensa ponteiras (tipless) da Beckman Coulter

0 126

Revista NewsLab | Março 2021

More magazines by this user
Similar magazines