Revista Newslab Edição 164

newslab.analytica

Revista Newslab Edição 164 - Março 2021

Testes de comparação entre o equipamento Echo 525 e equipamento de transferência de

líquidos automático que utiliza ponteiras

Foram testadas sete amostras de RNA de baixa concentração de extratos de swab nasal, em 10

repetições no Echo 525 e um pipetador automático utilizando ponteiras.

Tabela 1. Comparação de valores de Ct entre reações de RT-qPCR com configuração usando 2 métodos diferentes a 25 e 5 µL.

A comparação do LoD entre as reações de 25 e de

5 µL demonstrou:

• 0,82 cópias/µL para reação de 25 µL em placa

PCR de 96 poços e termociclador 7900HT Fast

Real-Time com input de 5µl de amostra de

RNA extraído.

INFORME DE MERCADO

• 2,1 cópias/µL para reação de 5 µL em

placa PCR de 384 poços e termociclador

QuantStudio 5 com1 µL de input de amostra

de RNA extraído.

Além disso, como o Echo é uma tecnologia

acústica que não emprega ponteiras, isso

reduz o uso de ponteiras descartáveis, o que

é extremamente importante devido à alta

demanda por ponteiras durante a pandemia

de SARS-CoV-2.

"Em nossas mãos, o Echo permitiu reduzir o tempo

de retorno e tempo de manipulação em 92% e 75%,

respectivamente; e diminuiu o custo de reagente para

RT-qPCR em 80%. Além disso, o fato de não se usar

ponteiras de plástico foi um divisor de águas em nosso

laboratório quando as ponteiras estão em grande

demanda devido à pandemia." Dr. Andrea Crisanti,

Professor de Microbiologia na Universidade de Pádua

O mesmo tipo de comparação entre os dois

equipamentos de pipetagem automática foi

estendido para quatro placas de 96 poços em

equipamento utilizando ponteiras (25 µL) versus

Echo 525 com amostras de 384 poços (5 µL).

Também foram incluídas quatro amostras de

controle positivo (RNA de Ribonuclease P humana)

e 25 amostras em branco. Os dados da comparação

do valor de Ct apresentaram o seguinte resultado:

• 15 amostras com carga viral de RNA semelhantes

nos dois sistemas, com Ct variando entre 17 e 35

• 13 amostras exibindo carga viral somente

quando analisadas com o instrumento Echo 525

em placas de 384 poços e com termociclador

QuantStudio 5. Dessas 13 amostras:

- Oito amostras foram confirmadas como tendo

carga viral usando-se outros métodos.

- Cinco amostras não foram monitoradas.

A comparação de dois conjuntos de dados

demonstra que configurar as reações de RT-qPCR

em 5 µL, usando o Echo 525 em placas de 384

poços não causa nenhuma perda de identificação

de amostras com carga viral.

O LoD foi avaliado testando 32 replicatas em 10

diferentes concentrações de amostras de RNA

com mais de 95% de positividade.

A sensibilidade do ensaio foi aperfeiçoada

usando o Echo 525 para configurar a reação

de 5 µL em placa de 384 poços e QuantStudio

5, em comparação com o uso de um pipetador

automático utilizando ponteiras descartáveis

para configurar uma reação de 25 µL em placa

de PCR de 96 poços e 7900HT PCR Fast Real-

Time. Esse resultado também pode ser atribuído

à combinação do uso de um termociclador

diferente com melhor transferência de calor para

volumes menores.

Figura 2. Curvas de amplificação para amostras de uma placa de 384 poços, com 2 controles positivos (destaque em verde) e uma

amostra positiva (destaque em amarelo), e as amostras negativas ou controles negativos (curvas em azul de linha de base).

• 327 amostras sem carga viral de RNA nos dois

sistemas

Revista NewsLab | Março 2021

0 127

More magazines by this user
Similar magazines