Revista Newslab Edição 164

newslab.analytica

Revista Newslab Edição 164 - Março 2021

Coronavírus: SARS-CoV e MERS-CoV

Epidemias recentes datam de

2002/2003 quando foram identifica-

Nidovirales, subordem Cornidovirineae

com duas subfamílias, Letovirinae

e Orthocoronavirinae pertencentes à

demonstra que o primeiro registro

do novo coronavírus teve origem em

Wuhan, província da China especifica-

ARTIGO 01

dos os primeiros casos de infecção da

família Coronaviridae, presentes em

mente no mercado de peixes e maris-

Síndrome Respiratória Aguda Grave

quatro gêneros e 24 subgêneros que

cos, local do foco da epidemia (Sironi

(SARS-CoV) na China acometendo 650

acometem diversas espécies.

et al., 2020).

indivíduos levando ao óbito. O SAR-

S-CoV é um vírus recombinante que

Os membros da subfamília Orhtho-

Existem diversos estágios evolutivos

circulou em civetas (Paguna larvata) e

coronavirinae infectam mamíferos,

para a emergência das viroses zoonó-

adaptou-se em humanos. Em 2003, o

aves e peixes pertencentes a quatro

ticas e propagação entre a interface

SARS-CoV surgiu a partir de recombi-

gêneros: Alphacoronavirus (feline

do homem com espécies diferentes. O

nações entre o coronavírus de morce-

infectious peritonitis virus - FIPV,

grande potencial de transmissibilidade,

gos do gênero Phinolopus sendo o hos-

Rhinolophus bat coronavirus - HKU2)

a rápida adaptação em novos hospe-

pedeiro natural da transmissão viral.

e Betacoronavirus (SARS-CoV cepas

deiros, a alta taxa de mutação gênica,

GD02 da fase inicial da infecção em

a elevada taxa de recombinação e o

Em 2012 foi identificada pela primei-

humanos e SZ3 originário de civetas,

tamanho do genoma são alguns dos

ra vez na Arábia Saudita a Síndrome

SARS-CoV cepa hTor02 de humanos

fatores que caracterizam o fenômeno

Respiratória do Oriente Médio, do in-

durante as fases moderada e tardia da

conhecido como spillover do SARS-

glês Middle East Respiratory Syndrome

infecção viral, morcego SARS-asso-

-CoV-2, traduzido como “derrama-

Coronavirus - MERS-CoV. A partir de

ciado coronavírus (SARSr-CoV) cepa

mento” ou “salto” com a introdução de

morcegos, o vírus se adaptou a dro-

WIV1, MERS-CoV e vírus da hepatite

um novo vírus de uma espécie para se

medários e passou a infectar humanos

de camundongo (MHV) que aco-

adaptar em outra espécie hospedeira

ocasionando mais de 800 mortes no

metem os mamíferos, e os gêneros

(Rodriguez-Morales et al., 2020; Nunez

Oriente Médio (Barth & Simões, 2019).

Gammacoronavirus (vírus da bronqui-

et al., 2020).

te infecciosa (IBV) e Deltacoronavirus

Novo coronavírus: SARS-CoV-2

(bulbul coronavirus HKU11) que aco-

Biossíntese viral

metem as aves (Simões, 2020;, 2020).

Os coronavírus são partículas esféricas

Taxonomia e Filogenia

de 100 a 160 nm de diâmetro. O ge-

De acordo com Coronaviridae stu-

Os primeiros isolados de sequências

noma é um RNA de fita simples polari-

dy group do comitê internacional de

virais da árvore filogenética de máxi-

dade positiva (ssRNA +) com envelope

taxionomia viral, o coronavírus está

ma verossimilhança analisadas pelo

viral aonde 2/3 do seu genoma estão

classificado no reino Riboviria, ordem

Nextstrain (https://nextstrain.org/ncov)

situados na primeira região aberta de

More magazines by this user
Similar magazines