Revista Newslab Edição 164

newslab.analytica

Revista Newslab Edição 164 - Março 2021

MEDICINA GENÔMICA

Políticas de conscientização e

o câncer

Os fatores ambientais ou fatores

externos, influenciam fortemente

no aumento dos casos de câncer.

Tendo isso em mente, uma ação

combinada com políticas públicas

de conscientização e prevenção, são

fundamentais para a redução dos

casos de câncer. Atitudes simples

e conscientes poderiam diminuir

muito do sofrimento humano direto

e indireto, além do mais, reduziria

também impactos econômicos associados

à doença.

Algumas medidas podem ser tomadas

para a contenção do avanço dos casos

de câncer, vejamos algumas delas:

1. Não fumar;

2. Dieta saudável, rica em frutas,

verduras, vegetais e leguminosas;

3. Manter o peso corporal adequado;

4. Praticar exercícios físicos;

5. Mulheres entre 25 a 64 anos, fazer

o exame anual, preventivo do câncer

de colo de útero;

6. Vacina contra HPV: Meninas de 9 a

14 anos e meninos de 11 a 14 anos;

7. Vacine contra a hepatite B;

8. Evite a ingestão de bebidas alcoólicas;

9. Evitar comer carne e outros alimentos

processados;

10. Evite a exposição ao sol entre

10h e 16h, e use sempre proteção

adequada, como chapéu, barraca e

protetor solar, inclusive nos lábios;

11. Evite exposição a agentes cancerígenos

no trabalho;

12. Exame de próstata com frequência,

em homens a partir dos 40 anos.

Testes genéticos

A detecção precoce é fundamental

para o sucesso de um tratamento

contra o câncer. Casos que existam

câncer familiar, um aconselhamento

genético pode ajudar. Nesse

caso, testes genéticos detectam

mutações específicas herdadas. Indivíduos

com casos de câncer precoce

na família, devem se cuidar

com mais rigor, uma vez que ele

pode ter a susceptibilidade aumentada

para a doença. Quanto antes

descobrir qual ou quais os genes

estão mutados, caso haja alguma

anomalia, maiores serão as chances

de prevenção, em função da escolha

das melhores estratégias a tomar.

Referências Bibliográficas:

Griffiths, A. J. F., Wessler, S. R., Lewontin, R. C., &

Carroll, S. B. (2006). Introdução a Genética. In Guanabara

Koogan.

Pon, J. R., & Marra, M. A. (2015). Driver and passenger

mutations in cancer. Annual Review of

Pathology: Mechanisms of Disease. https://doi.

org/10.1146/annurev-pathol-012414-040312

Simmons, S. &. (2013). Fundamentos da genética.

Journal of Chemical Information and Modeling.

Tomczak, K., Czerwińska, P., & Wiznerowicz, M. (2015).

The Cancer Genome Atlas (TCGA): An immeasurable

source of knowledge. In Wspolczesna Onkologia. https://doi.org/10.5114/wo.2014.47136

Vogelstein, B., Papadopoulos, N., Velculescu, V. E.,

Zhou, S., Diaz, L. A., & Kinzler, K. W. (2013). Cancer

genome landscapes. In Science. https://doi.

org/10.1126/science.1235122

https://www.inca.gov.br/

https://gco.iarc.fr/

Autor:

Gilson Azevedo

Graduado em Biotecnologia; MsC. Genética e PhD. Bioquímica Residente Pós doutoral em

Bioquímica e Imunologia pela Universidade de Minas Gerais.

0 92

Revista NewsLab | Março 2021

More magazines by this user
Similar magazines