08.07.2021 Views

_Erasmus Revista Mergulha nas palavras n.º 7 - O melhor de 2020.pub

Create successful ePaper yourself

Turn your PDF publications into a flip-book with our unique Google optimized e-Paper software.

8 Visita de Estudo 9.º ano

Mergulha nas Palavras

Depois de alguns meses de

estudo (intensivo) da obra

Auto da Barca do Inferno,

de Gil Vicente, por parte das turmas do 9.º

ano, chegou finalmente o grande dia! As turmas

A e B dos finalistas das Piscinas foram,

no dia 3 de março, ver a dramatização da

peça, interpretada pela companhia de teatro

“Arte d’Encantar”. Depois de muitos comentários

positivos por parte das turmas C e D do

mesmo ano, que já tinham realizado a visita

uns dias antes, as expetativas eram altas, e

não ficámos desiludidos! Fiel à obra, intensa e

muito divertida, são as palavras que melhor

caracterizam a dramatização e a uma hora e

meia passadas dentro da sala de espetáculos

que, surpreendentemente, passaram a voar!

Todos os atores eram excelentes e tinham

uma visão muito clara e própria da sua personagem,

nunca perdendo de vista a forte crítica

que por trás dela existia; tudo isso passava

para nós, público, que, juntamente com uma

interação maravilhosa com os espetadores

mais jovens, mantinha sempre as emoções ao

rubro. Mas, como é óbvio, nem tudo são flores:

houve também umas pequenas críticas a

alguns atores que interpretavam vários papéis

e que, claramente, foram melhores nuns do

que nos outros; no entanto, a crítica feita aos

artistas de palco foi quase unanimemente

positiva, existindo apenas uma ou outra crítica

ao cenário que, também na minha opinião,

podia ter sido melhor elaborado (em especial,

as barcas). Apesar de tudo, não prejudicou o

espírito da obra, que nos encheu até cima,

durante toda a representação, e que fez todos,

Uma visita e peras!

em geral, rir até não poder mais! Até a professora

de português Elisabete Calado, que já

tinha assistido à peça anteriormente, deu

umas boas gargalhadas! É claro que, depois

de tanto riso, já era de esperar que estivessem

todos com a barriga a dar horas, ansiando

um belo almoço nos jardins de Belém. Chegando

a Belém, estava na altura de conviver e

de partilhar opiniões. Uma das personagens

que nos surpreendeu mais foi Florença, a

amante do Frade que, sendo à partida uma

personagem secundária, foi posta a brilhar por

uma excelente e talentosa atriz, que fazia

também o papel de Alcoviteira. A hora do almoço

foi também um momento ótimo para

apreciarmos a beleza de uma das zonas mais

incríveis da nossa cidade que, infelizmente,

muitos não conhecem tão bem quanto deveriam.

Foi também uma oportunidade para um

delicioso pastel de Belém, que sabe sempre

melhor quentinho e saboreado no seio da

nossa cidade. A nossa última paragem foi o

CCB, para visitar o Museu Coleção Berardo.

Uma visita interessante, principalmente para

os amantes de filosofia, história ou arte. Para

aqueles que não o são, foi sempre uma experiência

diferente, nem que seja para uma vista

fantástica sobre o Mosteiro dos Jerónimos,

que rende sempre bastantes likes nas redes

sociais! Raras são as visitas de estudo, especialmente

para o 9.º ano, mas são sempre

uma oportunidade para uma aprendizagem

mais imersiva, e desta vez não foi exceção,

desde as emoções da sala de espetáculos até

às cantorias no autocarro!

Duarte Santos Monteiro

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!