08.04.2022 Views

Industrial_239Web

You also want an ePaper? Increase the reach of your titles

YUMPU automatically turns print PDFs into web optimized ePapers that Google loves.

ENTREVISTA - Nova presidência da Abimóvel comenta as expectativas para o setor moveleiro em 2022

SETOR REUNIDO

FEIRA EM SÃO PAULO PROMOVE ENCONTRO

DAS PRINCIPAIS INDÚSTRIAS DA MADEIRA

COM O MERCADO

GATHERED

SECTOR

FAIR IN SÃO PAULO PROMOTES

MEETING OF THE MAIN WOOD

INDUSTRIES WITH THE MARKET


MENDES MÁQUINAS NA FIMMA 2022

Agradecemos a todos que estiveram presentes

SOLUÇÕES COMPLETAS PARA INDÚSTRIA DA MADEIRA

Scanners e Softwares de Otimização - Máquinas de Afiação - Correntes Especiais - Picadores - Peneiras - Descascadores - Estufas de Secagem - Mecanizações para Manuseio de Tábuas


Aponte a câmera

do seu celular

para o QRCode e

fale com a Mendes

55 49 3241 .0066 /Mendesmaquinas

www.mendesmaquinas.com.br


SUMÁRIO

INDUSTRIAL

68

2022

36

54

50

MADEIRA

ANUNCIANTES DA EDIÇÃO

Acopumps 79

Ágil Madeiras 63

Aimex 33

Alca Máquinas 11

Benecke 13

Cipem 09

CPM Suporte 65

DRV Ferramentas 15

Drytech 29

Eletro Izidoro 67

Engecass 23

Eurosawtech 75

ForMóbile 35

Franzoi 21

Impacto 49

Lignum Brasil 81

Linck 05

Lions Machine 53

Mademil 71

Mendes Máquinas 02

Mill Indústrias 84

MM Wood Brazil 31

Montana Química 07

MSM Química 19

MSP Industrial 83

Nazzareno 25

Omeco 45

Omil 17

Prêmio REFERÊNCIA 80

Rone Usinagem 77

Rotteng 61

Schifler Máquinas 73

Termolegno 27

SUMÁRIO

06 Editorial

08 Cartas

10 Bastidores

12 Notas

24 Aplicação

26 Frases

28 Entrevista

34 Coluna ABIMCI

36 Principal Encontro de negócios

42 Indústria

46 Setorial

50 Madeira Tratada

54 Feira

68 Marcenaria

72 Mercado

76 Artigo

80 Agenda

82 Espaço Aberto

04

referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


TECNOLOGIA DE PONTA PARA SERRARIAS

Curitiba – PR - Brasil

: +55 41 3332 5442

@ : bkrick@bkrick.com.br

: www.bkrick.com.br

www.linck.com

Sucesso garantido com a nossa

competência e experiência

mais de 150 linhas de perfilagem em uso ao redor do mundo

serrarias com otimização de tábuas laterais e aumento de rendimento desde 1983

serrarias com corte em curva desde 1989

serrarias para corte de toras classificadas por dimensão e não classificadas

Inovação. Qualidade.

Economia.

MADE IN GERMANY


EDITORIAL

FAMÍLIA

REUNIDA

NA CAPA

A Revista da Indústria da Madeira / The Magazine for the Forest Product

www.referenciaindustrial.com.br

ENTREVISTA - Nova presidência da Abimóvel comenta as expectativas para o setor moveleiro em 2022

SETOR REUNIDO

FEIRA EM SÃO PAULO PROMOVE ENCONTRO

DAS PRINCIPAIS INDÚSTRIAS DA MADEIRA

COM O MERCADO

A

pandemia da Covid-19 causou importantes

impactos econômicos

e sociais em todo mundo e com a

melhora dos indicadores no Brasil,

diversas atividades estão sendo retomadas.

Um exemplo é a realização presencial

das feiras setoriais, como a ForMóbile, evento que

será realizado em São Paulo (SP), entre os dias 5

e 8 de julho, reunindo as principais indústrias madeireira

e moveleira para prospecção de negócios

no maior centro financeiro do país. Nesta edição,

o Leitor também irá conferir uma entrevista exclusiva

com o novo presidente da Abimóvel e suas

expectativas para o setor em 2022, além de reportagens

sobre exportação, mercado, marcenaria e

muito mais. Tenha uma excelente leitura!

NA CAPA DESTE MÊS É

ESTAMPADA A FORMÓBILE 2022,

FEIRA DE EQUIPAMENTOS E

MAQUINÁRIOS PARA A INDÚSTRIA

MOVELEIRA E MADEIREIRA

EXPEDIENTE

ANO XXIV - EDIÇÃO 239 - ABRIL 2022

Ano XXIV • N°239 •Abril 2022

GATHERED

SECTOR

FAIR IN SÃO PAULO PROMOTES

MEETING OF THE MAIN WOOD

INDUSTRIES WITH THE MARKET

Diretor Comercial / Commercial Director - Fábio Alexandre Machado

fabiomachado@revistareferencia.com.br

06

FAMILY

REUNITED

T

he Covid-19 pandemic had several

economic and social impacts worldwide,

and, with the improvement of

indicators in Brazil, several activities

are being resumed. An example is the

realization of in-person attendance fairs for the

Sector, such as ForMóbile, between July 5 and 8,

an event in São Paulo, the most important financial

center of the Country, bringing together leading

timber and furniture companies looking for new

business. Furthermore, in this issue, you can check

out an interview with the new president of Abimóvel

and its expectations for the Sector in 2022 and

articles on exports, market, woodworking, and

more. Pleasant reading!

referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022

Diretor Executivo / Executive Director - Pedro Bartoski Jr.

bartoski@revistareferencia.com.br

Redação / Writing

Jorge de Souza

jornalismo@revistareferencia.com.br

Colunista / Columnist

Paulo Pupo

Depto. de Criação / Graphic Design

Fabiana Tokarski / Supervisão

Crislaine Briatori Ferreira

Gabriela Bogoni | Larissa Purkotte

criacao@revistareferencia.com.br

Midias Sociais / Social Media

Cainan Lucas

Depto. Comercial / Sales Departament - Gerson Penkal - Carlos Felde

comercial@revistareferencia.com.br

fone: +55 (41) 3333-1023

Representante Comercial - Dash7 Comunicação - Joseane Cristina Knop

Tradução / Translation - John Wood Moore

Depto. de Assinaturas / Subscription

Pedro Moura

assinatura@revistareferencia.com.br

0800 600 2038

ASSINATURAS

0800 600 2038

Periodicidade Advertising

GARANTIDA GARANTEED

Veículo filiado a:

A Revista REFERÊNCIA - é uma publicação mensal e independente, dirigida aos produtores e

consumidores de bens e serviços em madeira, instituições de pesquisa, estudantes universitários, orgãos

governamentais, ONG’s, entidades de classe e demais públicos, direta e/ou indiretamente ligados ao

segmento madeireiro. A Revista REFERÊNCIA do Setor Industrial Madeireiro não se responsabiliza por

conceitos emitidos em matérias, artigos ou colunas assinadas, por entender serem estes materiais de

responsabilidade de seus autores. A utilização, reprodução, apropriação, armazenamento de banco

de dados, sob qualquer forma ou meio, dos textos, fotos e outras criações intelectuais da Revista RE-

FERÊNCIA são terminantemente proibidos sem autorização escrita dos titulares dos direitos autorais,

exceto para fins didáticos.

Revista REFERÊNCIA is a monthly and independent publication directed at the producers and

consumers of the good and services of the lumberz industry, research institutions, university students,

governmental agencies, NGO’s, class and other entities directly and/or indirectly linked to the forest based

segment. Revista REFERÊNCIA does not hold itself responsible for the concepts contained in the material,

articles or columns signed by others. These are the exclusive responsibility of the authors, themselves. The

use, reproduction, appropriation and databank storage under any form or means of the texts, photographs

and other intellectual property in each publication of Revista REFERÊNCIA is expressly prohibited without

the written authorization of the holders of the authorial rights.


GRADEADOR

DE MADEIRA

DESTOPADOR

DE TÁBUAS

SERRA FITA

HORIZONTAL

REFILADOR

COM SAÍDA

AUTOMÁTICA

DOGUEIRA

DE BLOCOS

SERRA FITA

HORIZONTAL

BLOCO

REFILADOR

COM SAÍDA

AUTOMÁTICA

CENTRALIZADOR

DE TORAS

GEMINADA

POSICIONADOR

DE TORAS

THE SOLUTIONS PROMOTE A

OF WOOD AND VENEER DRYING

CARTAS

CARTAS

AUMENTE SUA PRODUÇÃO COM EQUIPAMENTOS MILL!

CAPA DA EDIÇÃO 238 DA

REVISTA REFERÊNCIA INDUSTRIAL, MÊS DE MARÇO DE 2022

CASE

Linha completa de Serrarias

MAIS DE 420

PROJETOS

COMPLETOS

TRABALHANDO

PELO MUNDO

NÚMERO 1 EM VENDAS DE

EQUIPAMENTOS DO SETOR

MADEIREIRO NO BRASIL

Entre em contato conosco

e faça bons negócios

A Revista da Indústria da Madeira / The Magazine for the Forest Product

www.referenciaindustrial.com.br

Ano XXIV • N°238 •Março 2022

ENTREVISTA - Confira as expectativas para a Fimma 2022, primeira grande feira presencial pós Covid

ALTO RENDIMENTO

E ECONOMIA

SOLUÇÕES PROMOVEM REDUÇÃO NOS CUSTOS

COM ENERGIA ELÉTRICA E AUMENTO

NA PRODUÇÃO DE SECAGEM DE MADEIRA E LÂMINAS

HIGH YIELD

AND ECONOMY

REDUCTION IN ELECTRICITY COSTS

AND AN INCREASE IN THE PRODUCTION

Por Fernanda Silva – Brasília (DF)

INDÚSTRIA

José Carlos Pereira –

Caçador (RS)

Cada vez mais fica claro

que adotar práticas

sustentáveis gera

benefícios não apenas

para o meio ambiente,

mas também para as

empresas. Economia e

geração de lucro dentro

e fora das indústrias.

Sempre é importante a atenção ao aspecto

humano nos processos industriais. As pessoas

não são máquinas e precisam receber a atenção

e orientação adequada para maximizar seu

desempenho.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Foto: Fom Conradi

Foto: Marines Kowalski

ENTREVISTA

Por Gabriel Costa –

Dourado (MS)

CAPA

Por Julia Correa – Lajeado (RS)

Muito bom saber que

o setor moveleiro tem

conseguido crescer

mesmo durante

a pandemia. São

empregos e renda

gerados dentro do Brasil

e que esse movimento

possa continuar por

muito mais tempo.

Seja nos negócios ou na vida pessoal,

manter sua posição independente do que

os outros digam ou pensem é fundamental.

Por isso, exemplos como os da Eletro

Izidoro têm que ser valorizados.

08

Leitor, participe de nossas pesquisas online respondendo os

e-mails enviados por nossa equipe de jornalismo.

As melhores respostas serão publicadas em CARTAS. Sua opinião é

fundamental para a Revista REFERÊNCIA INDUSTRIAL.

referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022

E-mails, críticas e sugestões podem ser enviados para redação ou siga:

jornalismo@revistareferencia.com.br

CURTA NOSSA PÁGINA

Referência Industrial Madeira

@referenciamadeira


CipemdeMT CipemMT cipemmt (65) 3644-3666 Manejosustentavel

Alteração de IN, PSS e Estudo

do Ipê norteiam debate durante

Segunda Reunião de Diretoria

No início do mês de março, o CIPEM realizou de

forma remota, a Segunda Reunião de Diretoria de 2022

com o intuito de debater os principais assuntos relacionados

ao Setor de Base Florestal tais como: os informes de

agendas externas com a Secretaria de Estado de Meio

Ambiente (Sema/MT), a respeito do Plano de Suprimento

Sustentável (PSS) e Sisflora 2.0; informes jurídicos,

dentre outros.

A priori, abordou-se as tratativas com a Sema/MT

referentes ao Sistema Sisflora 2.0, ainda em processo de

conclusão. Rafael Mason, presidente do CIPEM, destacou

que em consonância ao que foi tratado, o cronograma

se manterá o mesmo, com previsão de implantação

até o fim do período proibitivo e, complementou que a

base teste será disponibilizada pela Sema/MT a demais

usuários externos durante as primeiras semanas de abril,

com o objetivo de identificar e sanar possíveis falhas, de

modo que, assim, até o final de abril o Sistema Estadual

estará integrado ao Sistema Nacional – Dof rastreabilidade

e em funcionamento.

Com relação ao Plano de Suprimento Sustentável

(PSS), foi compartilhado com a Diretoria do CIPEM a

atualização feita pela Sema/MT, Famato, CIPEM e

demais instituições na normativa do PSS, com a diferenciação

da forma de apresentação do plano para os

novos empreendimentos e para aqueles já em funcionamento,

com a reformulação da Instrução Normativa e

dos Termos de Referência Padrão. Os participantes do

grupo de trabalho avaliaram que esta alteração deverá

facilitar o entendimento e otimizar a operacionalização.

Outro assunto pautado consistiu no Estudo do Ipê,

conduzido pela Embrapa Florestas Colombo. De acordo

com Mason, houve significativo avanço e o levantamento

deverá ser concluído e apresentado até o final de abril

e, posteriormente, ao Ibama e Jardim Botânico, que

analisará o material produzido e irá deliberar sobre a

situação da espécie no país.

Nesse sentido, um dos principais objetivos do referido

estudo é o de fornecer informações dos estoques florestais,

as quais estejam atualizadas, uma vez que foi

constatado que os dados existentes referente ao material

constante nos herbários datam de mais de 30 anos.

Ao final, foi dedicado espaço para as principais

reivindicações dos Sindicatos e para os informes jurídicos,

com a Dra. Renata Viviane que, com base em

consultas realizadas nos processos em curso no Ibama,

apresentou providências que podem ser tomadas pela

própria defesa do associado.

Em sessão extraordinária, Valdinei Bento dos Santos,

diretor-executivo do CIPEM abordou os encaminhamentos

de uma agenda com a Secretaria de Fazenda

(Sefaz/MT) para tratar da lavratura incorreta de Termos

de Apreensão e Depósito (TADs) realizados por agentes

no Posto Fiscal Correntes divisa com Mato Grosso do

Sul, as apreensões se deram pela interpretação incorreta

da legislação prevendo que o recolhimento do ICMS

deveria ser recolhido antecipadamente, mesmo para

empreendimentos dos regimes tributários: Simples

Nacional e Lucro Presumido, os quais dispõem de

regulamentações próprias. Após a devida análise dos

documentos apresentados, a Secretaria informou que os

TADs serão cancelados por ofício.

Integraram a videoconferência, os presidentes e

representantes do Sindusmad, Sindinorte, Simenorte,

Simno, Simas, Simava, Sindiflora e do CIPEM.

www.cipem.org.br


BASTIDORES

BASTIDORES

Foto: divulgação

Fotos: divulgação

FIMMA

A EQUIPE DA REVISTA REFERÊNCIA MARCOU

PRESENÇA NA FIMMA BRASIL 2022, POR MEIO

DE FÁBIO MACHADO (DIRETOR COMERCIAL),

PEDRO MOURA (ASSINATURA), GERSON PENKAL

(COMERCIAL) E CARLOS FELDE (COMERCIAL),

ALÉM DE JORGE DE SOUSA (JORNALISTA), QUE

FOI O RESPONSÁVEL PELA FOTOGRAFIA

FEICON

A REVISTA REFERÊNCIA PRODUTOS

DE MADEIRA, ESTEVE PRESENTE

NA FEICON 2022. NO ESTANDE

DA CONCREM WOOD: SILVANO

D’AGNOLUZZO, FÁBIO MACHADO,

ADEMAR MORGAN, SEBASTIÃO

DUTRA E JANDERSON ALMEIDA

O JORNALISTA GUILHERME MAURER

AO LADO DAS REPRESENTANTES DA

CONCREM WOOD, QUE FOI CAPA

DA ÚLTIMA EDIÇÃO DA PRODUTOS

DE MADEIRA, BRENDA EVANGELISTA

(A ESQUERDA), JAQUELINE TEIXEIRA

(AO CENTRO) E ULLY FRACALOSSI

NASCIMENTO (A DIREITA)

ALTA

MERCADO DE TRABALHO

Levantamento divulgado em março pelo IPEA (Instituto

de Pesquisa Econômica Aplicada) sinaliza que

a retomada do mercado de trabalho está se consolidando

no Brasil, com expansão da população ocupada

e com efeitos sobre a redução do desemprego.

No documento, elaborado com base nos dados

da PNAD Contínua (Pesquisa Nacional de Amostras

de Domicílios Contínua), do IBGE (Instituto Brasileiro

de Geografia e Estatística), os pesquisadores do

IPEA observaram que, em janeiro deste ano, o contingente

de ocupados no país chegou 94,1 milhões

de trabalhadores, atingindo patamar semelhante ao

do período pré-pandemia, quando alcançava 94,5

milhões em janeiro de 2020. Em relação ao mesmo

mês do ano passado, a população ocupada aumentou

8,1%, tornando-se o principal fator responsável

pela queda de 3,3 pontos percentuais da taxa de

desocupação, que caiu de 14,7% em janeiro de

2021 para 11,4% em janeiro deste ano. Já na série

livre de sazonalidade, a taxa de desocupação de

11,2%, em janeiro, alcançou o menor patamar registrado

desde abril de 2016, indicou o IPEA.

10 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022

BAIXA

EMPREENDEDORISMO

Após ter perdido 9,4 milhões de empreendedores ao

longo de 2020, o Brasil voltou a registrar queda da

taxa nacional de empreendedorismo total em 2021.

Segundo o relatório GEM (Global Entrepreneurship

Monitor), realizado pelo Sebrae e pelo Instituto

Brasileiro de Qualidade e Produtividade, o número

de pessoas entre 18 e 64 anos de idade que, no ano

passado, tinham seu próprio negócio formal ou fizeram

algo para abri-lo não passou de 43 milhões. Um

ano antes, este resultado chegava a 44 milhões. E em

2019, a 53,4 milhões de pessoas. Apesar de ligeira se

comparada à de 2020, a queda verificada no último

ano foi suficiente para que, em 2021, a TTE (Taxa

de Empreendedorismo Total) chegasse ao patamar

mais baixo desde 2013. A taxa indica o percentual

da população adulta ocupada como empreendedor.

Em 2021, a proporção foi de 30,4%, contra 31,6% em

2020 e 38,7% em 2019, quando foi registrado o mais

alto índice após 2015 (39,3%). Apesar do resultado

negativo, o Brasil ascendeu duas posições no ranking

global em termos de taxa de empreendedorismo

total, subindo do sétimo lugar ocupado em 2020,

para o quinto lugar em 2021, ficando atrás apenas da

República Dominicana (45,2%); Sudão (41,5%); Guatemala

(39,8%) e Chile (35,9%).


NOTAS

FOMENTO

O BNDES (Banco Nacional

de Desenvolvimento Econômico

e Social) apresentou lucro líquido

recorde de R$ 34,1 bilhões

em 2021, volume 65% superior

ao registrado em 2020, resultado

fortemente marcado por

ganhos com participações societárias

(R$ 30,6 bilhões) e com

a intermediação financeira (R$

19,9 bilhões).

Também ao final do ano, o

Banco foi apontado pela provedora

de dados Infralogic como

o maior estruturador de PPPs,

Concessões e Privatizações em

infraestrutura para concessão

entre seus pares, desbancando

o IFC (Banco Mundial), o EIB

(Banco de Investimentos Europeu)

e o ERDB (Banco Europeu

Para Reconstrução e Desenvolvimento),

entre outros.

O banco fechou 2021 com

167 projetos em sua carteira,

dos quais 19 já foram leiloados, o que totaliza investimentos previstos da ordem de R$ 383 bilhões – R$ 109 bilhões

referentes aos projetos já leiloados. Os resultados foram apresentados no fim do mês de março pelo presidente Gustavo

Montezano e por demais integrantes da diretoria do BNDES.

O lucro líquido anual de R$ 34,1 bilhões foi impactado ainda pelas alienações de ações da Vale, Klabin e JBS –

que contribuíram com lucro líquido de R$ 6,0 bilhões, R$ 1,0 bilhão e R$ 1,0 bilhão, respectivamente – e receita com

dividendos/JCP, acumulando R$ 7,3 bilhões (líquidos de tributos) – com destaque para Petrobras, Copel e Eletrobras.

Também contribuiu para o bom desempenho o resultado positivo de equivalência patrimonial, que totalizou R$ 4,3

bilhões no ano – basicamente de JBS –, a reversão de provisão para perdas em investimentos na Petrobras (efeito líquido

de R$ 3,5 bilhões) e a venda de debêntures da Vale (R$ 2,1 bilhões).

O resultado recorrente, que exclui operações de desinvestimento da carteira de renda variável e provisões para

risco de crédito, entre outros, foi de R$ 15,8 bilhões em 2021. O indicador apresentou aumento de 96,9% quando

comparado a 2020 (R$ 8,0 bilhões), refletindo a maior receita com dividendos/JCP e o acréscimo no produto da intermediação

financeira, o que demonstra a consistência também da carteira de crédito do banco.

Ao fim de 2021, 53,5% das operações de crédito do BNDES (considerando operações diretas e indiretas não automáticas)

estavam ligados a projetos que apoiavam a economia verde e o desenvolvimento social. No ano, os desembolsos

para iniciativas dessa natureza totalizaram R$ 7,8 bilhões e R$ 10,0 bilhões, respectivamente.

Cerca de 83% dos desembolsos (R$ 53,5 bilhões) do ano contribuíram para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável,

estabelecidos pela ONU, totalizando quase 180 mil operações. Ao todo foi viabilizada a geração de 1.730

MW de energia eólica – o suficiente para atender 3,3 milhões de residências – implementados 3.197 km de rede de

distribuição de gás natural e construídas 2.142 cisternas em escolas públicas rurais, dentre outras Entregas para a Sociedade.

Considerando o legado ambiental do BNDES desde a assinatura do Acordo de Paris em 2015, o apoio financeiro

do BNDES viabilizou, dentre outros resultados, o plantio de 1,8 milhão de mudas e de 830 mil hectares de florestas.

Nesses sete anos, as operações financiadas pela instituição evitaram a emissão de cerca de 74,4 milhões de toneladas

de gás carbônico, equivalentes a cerca de 28 anos de emissões da frota de veículos da cidade de São Paulo.

Foto: divulgação

12 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


NOTAS

NOVA MARCA

A Montana Química, referência em tratamento, proteção e

preservação de madeira, participou pela primeira vez da FIMMA

(Feira Internacional de Fornecedores da Cadeia Produtiva de Madeira

e Móveis), evento realizado de 14 a 17 de março, em Bento

Gonçalves (RS). A empresa apresentou como destaque no evento

a sua nova marca, a Flora, que oferece portfólio inovador e de alta

performance a profissionais como marceneiros, arquitetos, engenheiros

e designers de interiores.

“Apresentamos aos profissionais do setor moveleiro essa inovadora

linha de produtos de alta performance”, afirma Elaine Guedes,

diretora comercial da Montana. “Com o lema cores à base de

sonhos, a Flora traz acabamentos texturizados, metalizados, lacas

e vernizes, entre outros, além de complementos como primer, selador

e clareador. É uma marca que realmente fala a língua do profissional”,

resume Elaine.

Uma das apostas da Montana para ampliar a força da nova marca

é um sistema tintométrico exclusivo que oferece aos profissionais

serviço personalizado e único para atender a cores e texturas

solicitadas. Com as cartelas tintométricas do Montana Color System e dos sistemas internacionais de definição de cores

RAL e NCS, a empresa é capaz de reunir mais de 3 mil cores, nas versões brilhante, fosca e texturizada, disponibilizando

mais de 15 mil variedades de acabamentos com tonalidades, brilhos e efeitos diferentes. A Montana Química investe continuamente

em pesquisa e desenvolvimento, parque industrial e capacitação do seu capital humano para desenvolver produtos

e serviços de alta qualidade. A Montana possui duas unidades de negócios: industrial, que abrange a linha de preservação

e produtos de alto desempenho para madeira, e varejo, que abrange a linha de acabamentos e complementos.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

NETWORKING

Realizado entre os dias 15 e 17 de fevereiro de 2022, na primeira

edição do ano, Projeto Comprador Inspiramais Online

alcançou, mais uma vez, resultados satisfatórios tanto em

volume de negócios como em participação, reunindo 68

empresas brasileiras e 31 compradores internacionais em

rodadas de negócios virtuais organizadas por meio do Projeto

Setorial Brazilian Furniture. Ao longo dos três dias, foram

realizadas 365 reuniões, gerando-se um total de negócios de

mais de US$ 5,7 milhões - US$ 1,07 milhão em negócios imediatos

e mais de US$ 4,6 milhões prospectados para os próximos

12 meses. Iniciativa da ABIMÓVEL (Associação Brasileira

das Indústrias do Mobiliário) e da APEXBrasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), o evento

ocorreu em plataforma digital, proporcionando conexões com compradores de 18 países, tais como: Canadá, Suriname, Paraguai,

Bolívia, Holanda, EUA (Estados Unidos da América), Uruguai, Bélgica, Marrocos, Espanha, Panamá, México, Equador,

Costa Rica, Chile, Líbia, Colômbia e Peru. O trabalho é realizado também em parceria com os SECOMS (Setores de Promoção

Comercial do Ministério das Relações Exteriores), em especial na prospecção de compradores, com vista a fomentar as

relações comerciais da indústria brasileira de móveis ao redor do mundo. Segundo a ABIMÓVEL, uma pesquisa pós-evento

revelou alta satisfação por parte dos participantes tanto em relação ao ambiente de negócios quanto com a organização e

a estrutura do Projeto Comprador Inspiramais Online. As empresas interessadas em participar de futuras edições do Projeto

Comprador podem entrar em contato com a ABIMÓVEL pelo e-mail comercial@abimovel.com.

14 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


SERRAS E FACAS INDUSTRIAIS

Unidos por um propósito: fornecer facas de

alta performance para a maior atividade

produtiva do Brasil - o Agronegócio.


NOTAS

Foto: divulgação

SEGURANÇA

DO TRABALHO

Com objetivo de proporcionar um treinamento que esteja cada vez mais próximo das condições encontradas

no dia a dia das suas operações, a CMPC Brasil investiu no desenvolvimento de uma ferramenta altamente

tecnológica, baseada em realidade virtual, para realizar o treinamento em segurança do trabalho para

seus colaboradores.

A iniciativa, que começou a ser implementada em outubro do ano passado na unidade industrial de Guaíba

(RS), foi completamente customizada para atender as necessidades da companhia e em concordância

com o que consta na legislação brasileira sobre procedimentos de segurança de empresas do setor. Já estão

participando dos treinamentos os profissionais da área industrial da empresa. Até o momento, já foram formados

mais de 80 colaboradores com a nova tecnologia.

As capacitações ocorrem individualmente, em sessões de uma hora, com supervisão de dois instrutores.

Entre as principais vantagens do uso da tecnologia estão fatores como, por exemplo, a segurança ao criar

cenários em que os alunos não corram riscos reais de acidentes e maior eficiência em termos de assimilação.

A estimativa de aprendizagem é de que uma hora de treinamento virtual seja equivalente a 8 horas teóricas.

Entre os diferenciais ainda se destacam maior facilidade de retenção de informação, uma vez que, segundo

pesquisas, esse tipo de atividade proporciona um aprendizado entre 75% a 90% maior quando comparados

a métodos tradicionais, a análise de dados gerados através do desempenho realizado durante a simulação

e a gamificação como estímulo de engajamento e interação para que os colaboradores percebam seu

próprio progresso e identifiquem pontos de evolução, aplicando-os em sua rotina de trabalho.

16 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


PLAINA

MOLDUREIRA

Advance Plus 200

ECONOMIA . TECNOLOGIA . PRODUTIVIDADE

Beneficiamento

da madeira

HÁ 75 ANOS

PARCEIRA DO

SETOR

MADEIREIRO!

Opção de painel elétrico

com comando touch screen

Versões:

4, 5, 6 e 8 eixos

Velocidade de avanço

de até 40m/min

Mesa de entrada em

ferro fundido

www.omil.com.br

+55 (47) 3357-8300 | +55 (47) 9 9167-7145

vendas@omil.com.br


NOTAS

Foto: divulgação

PORTOS

O sucesso do leilão da CODESA (Companhia Docas do Espírito Santo), realizado em março na Bolsa de Valores

de São Paulo, abrirá caminho para a privatização de outros portos públicos brasileiros. A CNI (Confederação

Nacional da Indústria) avalia que o certame, que incluiu os portos de Vitória e Barra do Riacho, servirá de modelo

para a transferência ao setor privado dos demais portos públicos – São sete companhias docas estatais, que administram

17 portos atualmente.

Depois da desestatização da CODESA, a expectativa é que o governo federal lance editais para a venda dessas

estatais e de outros portos públicos, como o de Santos (SP), São Sebastião (SP) e Itajaí (SC). Levantamento da

CNI mostra que a CODESA investiu somente 29% dos recursos disponíveis no período de 2010 a 2021 – R$ 822

milhões dos R$ 2,9 bilhões autorizados. Em conjunto, as sete Cias. Docas federais deixaram de investir no mesmo

período cerca de R$ 17,5 bilhões.

O presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, destaca que a concessão dos portos de Vitória e Barra do

Riacho, administrados pela CODESA, é o caminho para modernizar as operações de transporte nessas instalações,

que deverão aumentar a movimentação anual de cargas de 7 para 14 milhões de toneladas.

“A modernização das administrações portuárias é a parte da Lei dos Portos que ainda não avançou. Daí a

importância das privatizações”, afirma Robson Andrade. “Hoje, praticamente todos os terminais são operados

pela iniciativa privada, mas as companhias docas são entes públicos, com problemas e ineficiências inerentes às

empresas estatais”, acrescenta.

O fundo de investimentos Shelf 119 foi o vencedor do leilão, com lance de R$ 106 milhões. Além do valor da

outorga, o fundo terá que adquirir as ações da CODESA pelo valor de R$ 326 milhões e efetuar pagamentos variáveis

equivalentes a 7,5% das receitas da companhia ao longo dos 35 anos do contrato de concessão.

18 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


CIPERTRIN MD

• Líder no tratamento inseticida de painéis de madeira, (compensados,

aglomerados MDF, OSB e outros) por adição à cola;

• Mais concentrado dos inseticidas, diminui a quantidade de inertes

a serem aplicados na cola, como também a área de estocagem;

• Base água, com baixa toxicidade e baixo odor;

• Isento de solventes que atacam as borrachas dos equipamentos

industriais;

• Compatível com resinas de última geração;

• Fácil diluição em água, para tratamento por imersão de madeiras

serradas.

TBP 90

• O primeiro fungicida (antimofo) para madeira a base de

tribromofenol só poderia ser o líder de mercado e a MSM

Química a maior importadora deste ingrediente ativo.

• Produto de fácil aplicação não retirando da madeira

suas características naturais.

• Fácil diluição, não decantando ou criando borras dentro

do tanque de imersão.

Rua Cyro Correia Pereira, 3209 • CIC • Curitiba (PR)

(41) 3347-8282 msm@msmquimica.ind.br

www.msmquimica.ind.br


NOTAS

Fotos: FEICON

FEICON 2022

A Feicon 2022 foi realizada entre os dias 29 de março e 01 de abril, no pavilhão do São Paulo Expo, sendo

essa a 26ª edição do evento. Segundo a organização, ao todo, passaram pela feira 80 mil visitantes entre

varejistas, atacadistas, distribuidores de materiais de construção, engenheiros, construtores, arquitetos e

muitos outros profissionais ligados à construção civil.

O evento contou com uma grade de palestras pensada para atender aos diferentes públicos e traçar um

panorama completo do atual cenário da construção civil, voltando-se principalmente à inovação, negócios e

relacionamento, incluindo tendências como a indústria 4.0.

Realizado em parceria com a Inovatech Engenharia, o Núcleo de Conteúdo – Construção teve como

foco novas tecnologias e sustentabilidade em palestras como: Metaverso e digital twins na construção civil;

Digitalização em novos negócios; ESG no canteiro de obras; Soluções para projetos modulares; o BIM e o I

da questão.

A Inovatech também foi responsável pela Rota da Sustentabilidade, atração promovida em conjunto

com a Feicon, que apresentou soluções e produtos que atendem critérios socioambientais avaliados pela

Fundação Vanzolini. A jornada apresentou 15 soluções comprovadamente sustentáveis, que vão desde janelas

antirruídos e que garantem conforto térmico às mantas e pisos feitos de borracha reciclada.

A feita também apresentou, com curadoria do SINCOMAVI e da Grau 10 Editora, o Núcleo de Conteúdo

– Atacado, Varejo e Distribuição, que promoveu apresentações falando sobre estratégias de mercado e

a importância das lojas físicas e virtuais como temáticas, além de soluções em logística para facilitar a rotina

de quem trabalha no comércio, como: A confiança como elemento chave na transformação digital; Logística

Reversa – o papel da indústria, comércio e seus clientes; Employer Branding + Pandemia + Digitalização; e

Exposição criativa – importantes iniciativas para atrair o consumidor; entre outras.

20 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


NOTAS

Foto: FEICON

Já a ANAMACO (Associação Nacional dos Comerciantes de Materiais de Construção) foi responsável,

junto com a WE Business Experience, pelo Encontro VMC – o varejo em ação com apresentações como: O

empoderamento digital do vendedor de loja; O que irá influenciar o brasileiro em 2022; e Meet The CEO –

líderes de empresas falam sobre as perspectivas e oportunidades do setor; por exemplo.

Além disso, durante este encontro, ocorreu o 4º Fórum de Mulheres no Matcon, que divulgou a pesquisa

inédita: Mulheres da Construção Desafios e Oportunidades; realizada entre os dias 7 e 18 de março,

que destacou a ampliação da atuação feminina na área, onde 78% das entrevistadas relataram mais oportunidades

de crescimento pessoal e profissional. A 16ª edição do Simpósio SINCOMAVI, com curadoria do

próprio sindicato em parceria com a FEICON, trouxe temas importantes para a cadeia produtiva como por

exemplo: A centricidade do consumidor; O futuro da loja física - o fortalecimento do ponto de venda e suas

transformações; entre outras. O evento teve lotação extra, superando em 47% a previsão inicial de público.

Ampliando a jornada de experiências, a tradicional CASA CERÂMICA foi uma das atrações que mais

chamaram a atenção do público, ao disponibilizar no pavilhão uma residência de 45 m² (metros quadrados),

padrão dos conjuntos habitacionais, com alvenaria estrutural inteligente, sustentável e de baixo custo. O espaço

contou com recursos de realidades aumentada e virtual para garantir uma experiência imersiva.

Os números de fechamento mostraram que o evento favoreceu bons negócios. A Anamaco, por exemplo,

lançou na FEICON o ANAMACO Bank, banco digital idealizado pela associação, em conjunto com o

Sebrae e a investidora Fortune One Group, para estimular os associados e parceiros dos lojistas de materiais

da construção e contabilizou R$ 100 milhões em operações de crédito só durante os quatro dias de

realização do evento.

A Juntos Somos Mais, startup de relacionamento do mercado da construção civil, disponibilizou aos lojistas

R$ 3 milhões para negociar processos de desenvolvimento das lojas em ambiente virtual.

De acordo com Geraldo Defalco, presidente da ANAMACO “não há outro adjetivo senão afirmar que

a FEICON é, de fato, a maior feira de construção e arquitetura da América Latina. Pudemos ter a exata dimensão

acerca desse cenário ao recebermos a visita de todos os presidentes de ACOMACS – associações

regionais ligadas à ANAMACO, além da presença recorde de visitantes parceiros de vários pontos do país.

O ANAMACO Bank tem sido um sucesso e nas próximas semanas iremos intensificar o trabalho de campo

com força total em nível nacional, muito em decorrência da participação na feira.”

Da mesma forma, a gerente da feira, Lucia Mourad previu de antemão a grande demanda de público na

feira. “Desde que abrimos o credenciamento, percebemos que haveria uma grande participação porque o

mercado está bastante aquecido e pela organização de caravanas. Nós temos um programa, o Missões Empresariais,

que subsidia a vinda de lojistas e distribuidores de outras regiões e tivemos uma adesão muito

representativa. Mesmo acompanhando os números de credenciados, que se mantiveram acima das nossas

metas desde o início, ainda assim essa edição superou nossas expectativas”, comemorou a gerente da FEI-

CON, Lucia Mourad.

22 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


APLICAÇÃO

CASA

O entrar e sair de casa tornou-se um processo trabalhoso, que requer

cuidado e atenção. Pensando neste momento atual, onde alguns novos

hábitos deverão ser incorporados à rotina, a Móveis James criou um

banco para a linha Tangará. É uma peça compacta, multifuncional,

possui um mancebo e nicho para encaixe de guarda-chuvas, colocar

objetos e ainda, possui uma prateleira para os sapatos sob o assento.

Foto: divulgação

Foto: Carlos Ben

TRABALHO

O ambiente de

trabalho também

pode contar

com requinte e

sofisticação. Com a

beleza e praticidade

da madeira, a Linha

Joy da Dari Beck

Design permitem a

aliança da qualidade

na estrutura e no

visual do local laboral.

Foto: Carlos Ben

24 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


FRASES

“DIANTE DO CENÁRIO ATUAL FICA AINDA MAIS EVIDENTE

QUE O AUMENTO DAS EXPORTAÇÕES INDUSTRIAIS DEPENDE DA

PRIORIZAÇÃO DA POLÍTICA DE FINANCIAMENTO ÀS EXPORTAÇÕES.

INFELIZMENTE NO BRASIL ESSA ÁREA VEM PERDENDO RELEVÂNCIA

DE MANEIRA ACENTUADA AO LONGO DOS ÚLTIMOS ANOS”

CONSTANZA NEGRI, GERENTE DE COMÉRCIO EXTERIOR DA

CNI (CONFEDERAÇÃO NACIONAL DAS INDÚSTRIAS)

“ESTAMOS NO

CAMINHO CERTO

CONSIDERAR

O CRIME AMBIENTAL

UMA OBRIGAÇÃO

DO ESTADO ATUAR,

E TEM ATUADO. A

PF (POLÍCIA FEDERAL)

TEM ATUADO DE

FORMA INTEGRADA

PARA COMBATER O

DESMATAMENTO”

JOAQUIM LEITE,

MINISTRO DO MEIO

AMBIENTE

“O FUNDO NÃO VAI RESOLVER O PROBLEMA

DE AUMENTO DO PREÇO DO COMBUSTÍVEL. MAS

ELE VAI AJUDAR EM DUAS COISAS: DIMINUIR A

VOLATILIDADE, OU SEJA, NÃO VAI HAVER UM

REPASSE TÃO RÁPIDO PARA O CONSUMIDOR. E

PODE REDUZIR UM POUCO O PREÇO”

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

ADRIANO PIRES, NOVO PRESIDENTE DA PETROBRAS

“ESSES NÚMEROS TRADUZEM

BEM O IMPACTO DA PANDEMIA

SOBRE RESULTADOS QUE JÁ ERAM

MEDÍOCRES ANTES DELA. O CONSUMO

DAS FAMÍLIAS E O CONSUMO DO

GOVERNO REPRESENTAM 80% DO PIB

E FORAM BASTANTE PREJUDICADOS

INICIALMENTE PELA FALTA DE

VACINAS E POSTERIORMENTE

PELA FALTA DE UM PROGRAMA DE

VACINAÇÃO, COMO É BEM ILUSTRADO

PELO FRACASSO DESSA DEMANDA

DURANTE A PANDEMIA”

CLÁUDIO CONSIDERA, ECONOMISTA

E COORDENADOR DO MONITOR DO

PIB DA FGV (FUNDAÇÃO GETÚLIO

VARGAS)

26 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


ENTREVISTA

NOVOS

HORIZONTES

NEW HORIZONS

O

setor moveleiro conseguindo destaque em 2021.

Puxado pela demanda oriunda da pandemia da Covid-19,

as exportações do segmento subiram 50,2%,

com uma receita de US$ 898,77 milhões (FOB)

acumulado no ano passado, segundo dados da

ABIMÓVEL (Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário).

Dentro desse cenário positivo, a Abimóvel entra em uma nova

fase em 2022, com a nomeação de Irineu Munhoz como novo presidente

da associação. O mandato do fundador da Caemmun na

frente da entidade será válido até 2024. O presidente conversou

com exclusividade à Revista REFERÊNCIA INDUSTRIAL:

ENTREVISTA

The Furniture Sector gained prominence in 2021. Driven by

the demand caused by the Covid-19 pandemic, exports

in the segment rose 50.2%, with accumulated export revenues

of US$ 898.77 million (FOB) last year, according to

data from the Brazilian Association of Furniture Industries

(Abimóvel). Within this favorable scenario, Abimóvel enters a new

phase in 2022, with the appointment of Irineu Munhoz as the new president

of the Association. The mandate of the founder of Caemmun in

front of the entity is until 2024. The Abimóvel President spoke exclusively

to REFERÊNCIA Industrial, and the full interview follows below:

IRINEU MUNHOZ

FORMAÇÃO PROFISSIONAL: FORMADO EM AGRONOMIA PELA

ESAPP (ESCOLA SUPERIOR DE AGRONOMIA DE PARAGUAÇU

PAULISTA) E COM PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE

EMPRESAS PELA ESAPP

CARGO: FUNDADOR DA CAEMMUN (FABRICANTE DE MÓVEIS,

SEDIADA EM ARAPONGAS-PR), UM DOS VICE-PRESIDENTES DA

FIEP (FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DO PARANÁ)

E PRESIDENTE DA ABIMÓVEL (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS

INDÚSTRIAS DO MOBILIÁRIO)

Foto: ABIMÓVEL

PROFESSIONAL EDUCATION: BSC. IN AGRONOMY, SUPERIOR SCHOOL OF

AGRONOMY OF PARAGUAÇU SÃO PAULO (ESAPP), AND POST-GRADUATE

STUDIES IN BUSINESS ADMINISTRATION, ESAPP

FUNCTION: FOUNDER OF CAEMMUN (A FURNITURE MANUFACTURER IN

ARAPONGAS-PR), A VICE PRESIDENT OF THE STATE OF PARANÁ FEDERATION

OF INDUSTRIES (FIEP), AND PRESIDENT OF THE BRAZILIAN ASSOCIATION OF

FURNITURE MANUFACTURERS (ABIMÓVEL)

28 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


PROJETOS INOVADORES DEDICADOS À SUA DEMANDA DE SECAGEM

MANUTENÇÃO E

MONTAGEM MECÂNICA

SUPORTE TÉCNICO

ESPECIALIZADO

SECADORES

INDUSTRIAIS

TECNOLOGIA

E INOVAÇÃO

ESTUFAS DE

SECAGEM

@dry.tech

contato@drytech.ind.br

www.drytech.ind.br

(51) 99425.1629

(51) 3575-6031 | (51) 3091-9922

Rua Manoel dos Passos Figueroa, 630 | Vicentina - São Leopoldo | RS


ENTREVISTA

QUAIS AS SUAS EXPECTATIVAS PARA

ESSE MANDATO À FRENTE DA ABIMÓVEL?

A ABIMÓVEL já vem em uma crescente de

ações a favor do setor e a gente vai dar continuidade

a todas essas ações que vêm sendo

desenvolvidas nos últimos 9 anos. Vamos buscar

ainda uma forma de que o setor seja ainda

mais valorizado, que o segmento e as indústrias

moveleiras sejam mais valorizadas, que o móvel

seja mais bem quisto, visto e melhor utilizado

pelos nossos consumidores. A ABIMÓVEL vem

fomentando há muito tempo a exportação e

nós vamos continuar fomentando. Queremos

que as nossas indústrias consigam ampliar as

suas exportações. Tivemos uma boa oportunidade

com a pandemia (Covid-19), estamos

vindo em uma crescente e isso é muito bom.

Queremos que a associação cada dia seja mais

representativa e cada dia traga mais ações que

possam valorizar o setor como um todo.

COMO AVALIA O TRABALHO DA ABIMÓ-

VEL EM PROL DAS EXPORTAÇÕES PARA O

SETOR MOVELEIRO?

A ABIMÓVEL já vem há um bom tempo gerenciando

de uma forma fantástica o Brazilian

Furniture, que é um programa de exportação

apoiado pela APEX Brasil (Agência Brasileira

de Promoção de Exportações e Investimentos).

Então é uma parceria muito forte que a ABIMÓ-

VEL tem com a APEX Brasil e vem desenvolvendo

esses programas como o Projeto Comprador,

as visitas às feiras internacionais, promoção

do móvel nacional lá fora, inclusive tivemos móveis

brasileiros ganhando prêmios internacionais,

coisa que a gente não via há muito tempo.

Então para a ABIMÓVEL é muito importante e

ela vai continuar, porque isso é uma ferramenta

para melhorar a capacidade da nossa indústria

WHAT ARE YOUR EXPECTATIONS FOR

YOUR MANDATE AS THE HEAD OF ABIMÓ-

VEL?

Abimóvel has already taken a growing

number of actions in favor of the Sector, and

these actions have continued over the last nine

years, and we plan to continue them. We look

for ways for the Sector to be more valued so

that the segment and the furniture manufacturers

become more valued and quality furniture

becomes more desired, better seen, and better

used by our consumers. For a long time,

Abimóvel has been promoting exports, and

we continue to do so. We want our companies

to be able to expand their exports. We had

an excellent opportunity with the pandemic

(Covid-19), where we are riding a wave, which is

very good. We want the Association to be more

representative every day, and each day brings

more opportunities for actions that can value

the Sector as a whole.

HOW DO YOU SEE ABIMÓVEL’S WORK

FOR EXPORTS BY THE FURNITURE SEC-

TOR?

Abimóvel has been managing the Brazilian

Furniture Program meaningfully for a

long time, with an export program supported

by the Brazilian Agency for the Promotion of

Exports and Investments (Apex Brasil). It is a

solid partnership that Abimóvel has with Apex

Brasil. Together, we have been promoting this

type of program with actions such as the Buyer

Project, visits to international fairs, promotion

of national furniture abroad, where Brazilian

furniture even has won international awards, something

we haven’t seen in a long time. So, for

Abimóvel, this is important and must continue

because this is a tool to improve our industry’s

A ABIMÓVEL JÁ VEM EM UMA CRESCENTE DE AÇÕES A FAVOR

DO SETOR E A GENTE VAI DAR CONTINUIDADE A TODAS ESSAS

AÇÕES QUE VÊM SENDO DESENVOLVIDAS NOS ÚLTIMOS 9 ANOS

30 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


a melhor solução em

exportação de madeira!

pinus | eucalipto


ENTREVISTA

e também exportar. É um caminho que a gente

vê como muito positivo. O móvel brasileiro já

está sendo muito bem aceito em muitos mercados

e nós vamos aumentar isso através do

Programa Brazilian Furniture.

COMO AVALIA A IMPORTÂNCIA DO RE-

TORNO DE FEIRAS PRESENCIAIS COMO A

FIMMA?

A ABIMÓVEL apoia todos os eventos que

são voltados para fomentar o negócio da indústria

moveleira. E a feira é uma ferramenta

fantástica para a promoção de vendas e de

relacionamentos. Tivemos o retorno das feiras

presenciais, como uma feira muito grande em

São Paulo (Yes Móvel Show), com uma visitação

fantástica. E na Fimma/MovelSul (Bento

Gonçalves-RS) também tivemos o início da feira

presencial, que surpreendeu positivamente a

todos, o que é muito bom para o setor. Então a

ABIMÓVEL apoia todas as feiras e vai continuar

apoiando. Esse ano vai ser marcado por muitas

feiras realizadas de forma presencial por todo

o país e temos certeza que vão ser muito boas,

pois o mercado está aquecido.

QUAIS AS EXPECTATIVAS DA ABIMÓVEL

PARA O SETOR MOVELEIRO EM 2022?

A expectativa nossa é que sim, tenhamos

um bom ano. Estamos em um momento em

que o mercado nacional deu uma retraída em

função de vários fatores. Mas temos vários fatores

positivos que vão dar condições para que

a economia realmente volte a subir e estamos

confiantes que vamos terminar o ano com números

positivos.

capacity and exports.It’s a path we see as very

positive. Brazilian furniture is already very well

accepted in many markets, and we increase this

through the Brazilian Furniture Program.

HOW DO YOU SEE THE IMPORTANCE

OF RETURNING TO IN-PERSON ATTEN-

DANCE FAIRS LIKE FIMMA?

Abimóvel supports all events aimed at

fostering the business of the furniture industry.

And the Fair is a fantastic tool for promoting

sales and business relationships. We had the

return of in-person fairs, as a considerable fair

in São Paulo (Yes Móvel Show), with a fantastic

crowd. And here at Fimma/MovelSul (Bento

Gonçalves-RS), we also had the beginning of

the Fair that positively surprised everyone,

which is very good for the Sector. So, Abimóvel

supports all fairs and continues to support

them. This year is marked by many fairs held

with in-person attendance throughout the

Country, and we are sure that they will be very

successful.

WHAT ARE ABIMÓVEL’S EXPECTA-

TIONS FOR THE FURNITURE SECTOR IN

2022?

We expect that, yes, we will have a good

year. However, we are at a time when the domestic

market has retracted due to several

factors. But we have several positive factors

that will make the economy return to previous

levels, and we are confident that we will end

the year with positive numbers.

O MÓVEL BRASILEIRO JÁ ESTÁ SENDO

MUITO BEM ACEITO EM MUITOS

MERCADOS E VAMOS AUMENTAR ISSO ATRAVÉS

DO PROGRAMA BRAZILIAN FURNITURE

32 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


Trav. Quintino Bocaiúva 1588

l 5º Andar, Bloco A l Nazaré l 66035 190

(91) 3242 7161

aimex@aimex.com.br

www.aimex.com.br

aimex__brasil

aimexbrasil


COLUNA ABIMCI

PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO

DO COMPENSADO PLASTIFICADO É LANÇADO

Paulo Pupo

Superintendente da Associação

Brasileira da Indústria de Madeira

Processada Mecanicamente

Contato: abimci@abimci.com.br

O

mercado da construção civil no Brasil é um

dos mais importantes segmentos de consumo

de produtos madeireiros. Mesmo com a pandemia,

os índices alcançados em lançamentos

e vendas de imóveis foram positivos e têm

trazido, consequentemente, mais oportunidades para os

fabricantes do setor industrial madeireiro.

Recentemente, a CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da

Construção) divulgou os resultados de 2021, que validaram

o bom momento do setor. De acordo com a entidade, o número

de vendas de novos imóveis em 2021, cresceu 12,8%

em comparação a 2020. Os lançamentos também registraram

aumento de 25,9%. Na interpretação da CBIC, apesar

do setor ter recuperado as perdas do início da pandemia

e adquirido um novo fôlego, a construção civil, neste ano

deverá apresentar um resultado bem mais modesto quando

comparado ao ano passado. As primeiras estimativas apontam

que o segmento poderá apresentar expansão de 2%

com o mercado de trabalho ainda demonstrando dinamismo.

Por outro lado, o aumento dos custos, juros e ambiente

econômico são pontos de atenção a serem monitorados

durante o ano.

Para os produtos madeireiros como madeira serrada,

portas, pisos, compensados, compensados plastificados,

entre outros, os indicadores da construção civil mostram

oportunidades, e reforçam a necessidade do segmento

melhor atender as demandas comerciais do setor, alinhadas

com as exigências técnicas existentes, fornecendo produtos

em conformidade e padronizados tecnicamente.

As normas técnicas do segmento de madeira processada,

elaboradas pelo Comitê Brasileiro de Madeira da

ABNT, o CB-31, gerenciado pela ABIMCI, têm contribuído

para que os fabricantes disponibilizem para o mercado

estes produtos para as obras realizadas em todo o território

nacional, como por exemplo, a de madeira serrada

(ABNT NBR 16996-1:2021 - Madeira serrada - Construção

civil - Parte 1: Coníferas), as normas de portas (ABNT NBR

15930-2:2018 - Portas de madeira para edificações - Parte

2: Requisitos, ABNT NBR 15930-3:2022 - Portas de madeira

Foto: divulgação

para edificações - Parte 3: Requisitos de desempenho adicionais)

e de compensado (ABNT NBR 17002:2021 - Compensado

- Requisitos e métodos de ensaios). No último ano,

o compensando plastificado também entrou neste grupo

de produtos, com a publicação da ABNT NBR 17001 - Compensado

Plastificado: Requisitos e métodos de ensaios.

Compreendendo as necessidades do mercado da

construção civil, assim como as exigências legais e técnicas

envolvidas nos empreendimentos, especialmente os que

contam com financiamentos habitacionais, a ABIMCI lançou

o PSQ – Compensado Plastificado (Programa Setorial

da Qualidade do Compensado Plastificado). O Programa

reúne as empresas fabricantes de compensado plastificado,

destinado ao uso em formas de concreto, possibilitando o

fornecimento de produtos em conformidade com a norma

técnica vigente. Ele também tem como objetivo estimular

a padronização do processo fabril por meio de sistemas de

gestão da qualidade e promover a isonomia competitiva

entre os fabricantes. A norma ABNT NBR 17001, além de

trazer aspectos relacionados ao produto também apresenta

orientações para o uso, manuseio e armazenamento das

chapas, condições que asseguram o número mínimo de

reutilizações indicadas pelo fabricante nas obras.

O lançamento e adesão de empresas ao PSQ - Compensado

Plastificado confirmou o entendimento deste

segmento sobre a qualidade, padronização de produtos e

atendimento as normas vigentes, assim como a confiança

no trabalho realizado pela ABIMCI, no gerenciamento de

todo processo de certificação, suporte técnico às empresas

e a promoção de produtos certificados frente ao mercado.

Essa mobilização mostra maturidade do segmento e é

um avanço para toda a cadeia produtiva da madeira destinada

ao uso na construção civil, que ganha com a padronização

de produtos em conformidade com a norma, diminuição

de patologias e melhoria da segurança jurídica.

Você sabia?

Que a primeira sede da ABIMCI foi a

capital paulista, no ano de sua fundação,

em 1972. À época, a defesa dos interesses

das empresas fabricantes de forma

de concreto era seu foco de atuação,

por este motivo foi batizada inicialmente

como ABIMCE (Associação Brasileira da

Indústria de Madeira Compensada Especial). Ao longo dos

anos, a entidade ampliou sua representatividade e outros segmentos

de produtos foram incorporados na agenda e escopo

de trabalho da entidade, como os compensados de pinus e

tropical; laminados; madeira serrada; molduras; pellets; portas;

pisos; fornecedores da cadeia e prestadores de serviço.

34 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


PRINCIPAL

ENCONTRO

DE NEGÓCIOS

FEIRA IRÁ REUNIR AS PRINCIPAIS REFERÊNCIAS DO

SETOR MADEIREIRO E MOVELEIRO ENTRE OS DIAS

5 E 8 DE JULHO, EM SÃO PAULO

Fotos: Pepe Guimarães

36 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


BUSINESS MEETING

BETWEEN JULY 5 AND 8, IN SÃO PAULO,

THE FAIR BRINGS TOGETHER THE

PRIMARY REFERENCES IN THE TIMBER

AND FURNITURE SECTOR

ABRIL 2022 37


PRINCIPAL

C

om a melhora nos indicadores referentes a

pandemia da Covid-19, diversas atividades

estão sendo retomadas em todo mundo.

Entre elas se incluem as feiras de negócios

presenciais, como a ForMóbile (Feira

Internacional da Indústria de Móveis e Madeira) 2022,

evento que irá reunir as principais referências do setor

madeireiro e moveleiro entre os dias 5 e 8 de julho, em

São Paulo (SP).

“Todo processo da pandemia foi um terrível momento

para todo o mundo. Por outro lado, nos forçou

a enfatizar novas formas de nos comunicarmos e fazermos

negócios. Dessa forma, no ambiente digital e com

ferramentas como a plataforma ForMóbile Xperience,

contamos com espaços que permitem a completa integração

das empresas com seus públicos”, explicou o

show manager da ForMóbile, Tatiano Segalin.

O evento será realizado no São Paulo Expo e irá

reunir representantes da América Latina de indústrias,

marceneiros, fornecedores, revendedores, arquitetos,

designers e outros profissionais para debaterem e fomentarem

negócios.

“Sem falar na oportunidade de estreitar laços e

consolidar novas parcerias comerciais com as principais

empresas do setor. Enquanto os expositores representam

as indústrias de máquinas e equipamentos, insumos

W

ith the improvement in the indicators related

to the pandemic of Covid-19, several

activities are being resumed worldwide.

These include in-person attendance

trade fairs, such as the 2022 International

Furniture and Wood Industry Fair (ForMóbile), an event in

São Paulo between July 5 and 8 that brings together the

primary references in the Timber and Furniture Sector.

“The whole process of the pandemic was a terrible moment

for the whole world. But, on the other hand, it forced

us to emphasize new ways of communicating and doing

business. Thus, in the digital environment and with tools

such as the ForMóbile Xperience platform, we have spaces

that allow the complete integration of companies with their

audiences”, explained Tatiano Segalin, Show Manager for

ForMóbile.

The event will be held at the São Paulo Expo, bringing

together representatives of Latin America from industries,

woodworkers, suppliers, resellers, architects, designers, and

other professionals to discuss and foster business.

“Not to mention the opportunity to strengthen ties and

consolidate new commercial relationships with the leading

companies in the Sector. At the same time, exhibitors represent

the machinery and equipment, input and raw material,

and hardware and accessory component industries for

furniture, mattresses, and upholstery producers. The visitor

38 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


e matérias-primas, ferragens e acessórios componentes

para móveis e produtos para colchões e estofados, o

perfil dos visitantes inclui fábricas de móveis em série,

marceneiros e marcenarias de todos os portes, revendas

e madeireiros, designers de produtos e arquitetos”,

analisou Tatiano Segalin.

Os organizadores da feira estimam que 500 marcas

devam expor seus produtos e soluções nos quatro dias

do evento, que ainda irá contar com séries de palestras

e workshops, bem como o Espaço Madeira, que desde

2018 fomenta o universo da madeira maciça em parceria

com a Revista REFERÊNCIA INDUSTRIAL e com apoio da

ABIMCI (Associação da Indústria de Madeira Processada

Mecanicamente).

“A indústria da madeira é um dos elos mais fortes e

importantes do setor, por isso, é uma grande satisfação

para nós ter essa parceria renovada. Para este ano,

nosso objetivo é dar ainda mais visibilidade às empresas

participantes, oferecer aos visitantes a oportunidade de

conexão com os principais players do mercado, além de

ampliar a prospecção de novos negócios”, completou

Tatiano Segalin.

Outra atração é o Espaço Maker, que será dedicado

para o público que deseja ter uma experiência imersiva

na prática da marcenaria e com referência de diversos

profissionais da área, como youtubers e influencers do

segmento. Já a Indústria do Futuro será um espaço que

irá contar com palestras de especialistas no setor sobre

temas como cenário econômico, manufatura avançada

e novas tecnologias.

ESSES DADOS NOS

CONFIRMAM A FORÇA E

RESILIÊNCIA DAS EMPRESAS QUE

COMPÕEM O SETOR MOVELEIRO

NACIONAL E AUMENTAM O INTERESSE

DE PLAYERS INTERNACIONAIS EM

FAZER NEGÓCIOS COM AS

COMPANHIAS BRASILEIRAS

TATIANO SEGALIN, SHOW

MANAGER DA FORMÓBILE

profile includes furniture manufacturers, woodworkers of all

sizes, retailers, sawmills, product designers, and architects,”

analyzes Show Manager Segalin.

The organizers of the Fair estimate that 500 manufacturers

should exhibit their products and solutions in the four

days of the event, which even includes a series of lectures

and workshops. There is also the Madeira Space, which since

2018, has promoted the universe of solid wood in partnership

with REFERÊNCIA Industrial and with the support of the

Association of the Mechanically Processed Wood Industry

(ABIMCI).

“The timber segment is one of the strongest and most

important links in the Sector, so it is with great satisfaction

that we have this renewed partnership. For this year, our goal

is to give even more visibility to the participating companies,

offer visitors the opportunity to connect with the main

players in the market, and expand negotiations for new business,”

completes Show Manager Segalin.

Another attraction is the Espaço Maker, which will be dedicated

to the public who want to have an immersive experience

in woodworking and with help from several professionals

in the area, such as segment YouTubers and influencers.

The Industry of the Future is a space that will have lectures

ABRIL 2022 39


PRINCIPAL

A FORMÓBILE

CONSTRUIU UMA

SÓLIDA PARCERIA COM A

INDÚSTRIA MOVELEIRA

AO LONGO DA SUA

EXISTÊNCIA, PROJETANDO

AS EMPRESAS DO SETOR

PARA ALÉM DAS

FRONTEIRAS DO PAÍS

“O evento vem com uma consistente programação

de palestras, criteriosamente elaborada para alcançar

todos os perfis de empresas e profissionais que marcam

presença no evento, abordando temáticas sobre empreendedorismo

e gestão, finanças, tecnologia, marketing,

tendências de design, entre outros temas relevantes para

o mercado”, prosseguiu Tatiano Segalin.

Outra preocupação da ForMóbile é com os profissionais

que não possam se deslocar para São Paulo ou

comparecer todos os dias. No mês seguinte ao evento,

o conteúdo será disponibilizado online na plataforma

ForMóbile Xperience. Com uma primeira edição 100%

digital realizada em 2021, a plataforma já se estabeleceu

como um canal de informação da indústria moveleira.

Já em outubro, a plataforma ForMóbile Xperience

estará de volta com uma programação inédita e exclusiva

ao portal online, por isso vale a pena já acessar, conhecer

os conteúdos anteriores e se preparar para um novo

reencontro com muitas novidades.

“A ForMóbile construiu uma sólida parceria com a

indústria moveleira ao longo da sua existência, projetando

as empresas do setor para além das fronteiras do

país e viabilizando um ambiente dedicado aos negócios

e à troca de conhecimento e experiências. Na edição de

2018, o evento apresentou muitas novidades e superou

os 59 mil visitantes, 500 marcas expositoras e 70h ( horas)

de conteúdo qualificado e direcionado para o setor”,

declarou Tatiano Segalin.

by experts in the Sector on topics such as the economic scenario,

advanced manufacturing, and new technologies.

“The event comes with a series of lectures, carefully

designed to reach all profiles of companies and professionals

present at the event, addressing entrepreneurship and

management, finance, technology, marketing, and design

trends, among other topics relevant to the market,” continues

Segalin.

Another concern of ForMóbile is with professionals who

cannot travel to São Paulo or attend every day. Therefore,

the content will be made available online on the ForMóbile

Xperience platform in the month following the event. With

the first 100% digital presentation held in 2021, the platform

has already established itself as an information channel for

the furniture industry.

In October, the ForMóbile Xperience platform will be

back with an unprecedented and exclusive program for the

online portal, so it is worth accessing, getting to know the

previous contents, and preparing for a reunion with many

new novelties.

“ForMóbile has built a solid partnership with the furniture

industry throughout its existence, projecting companies in

the Sector beyond the Country’s borders and providing an

environment dedicated to business and exchanging knowledge

and experiences. In 2018, the event presented many novelties

and surpassed 59 thousand visitors, 5 hundred exhibiting

producers, and 70 hours of qualified and sector-directed

content,” said Segalin.

40 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


SETORES MADEIREIRO E

MOVELEIRO AQUECIDOS

A retomada de feiras presenciais como a ForMóbile

ocorre justamente em um momento de forte aquecimento

dos setores madeireiro e moveleiro. Segundo dados

da ABIMÓVEL (Associação Brasileira das Indústrias do

Mobiliário), a indústria moveleira é a oitava cadeia com

mais empresas no país.

São mais de 240 mil empregos diretos, em mais

de 21 mil empresas, que em 2020 tiveram um valor de

produção estimado em aproximadamente US$ 11,8 bilhões,

segundo números divulgados pelo Euromonitor,

empresa internacional de inteligência de mercado.

Mesmo durante a pandemia, o setor conseguiu ter

destaque nas exportações com crescimento acumulado

de 547,46% nos últimos 5 anos.

“Esses dados nos confirmam a força e resiliência das

empresas que compõem o setor moveleiro nacional e

aumentam o interesse de players internacionais em fazer

negócios com as companhias brasileiras. Da mesma forma,

a ForMóbile é uma expressão clara dessa resiliência

e a resposta otimista das empresas em participar maciçamente

do evento traduz esse empenho em dar tração

aos negócios do setor”, enalteceu Tatiano Segalin.

THE WARMING-UP OF THE TIMBER AND

FURNITURE SECTOR

The resumption of in-person fairs, such as ForMóbile,

occurs at a time when the Timber and Furniture Sector are

warming up significantly. According to data from Abimóvel

(Brazilian Association of Furniture Industries), the furniture

industry is the eighth production chain with the most companies

in the Country.

According to figures released by Euromonitor, an international

market intelligence firm, the Sector created more than

240 thousand direct jobs in more than 21 thousand companies,

which by 2020 had an estimated production value of

approximately US$ 11.8 billion.

Even after the pandemic, Sector exports increased

547.46% over the last five-year period.

“This data confirms the strength and resilience of the

companies that make up the domestic Furniture Sector and

increase the interest of international players in doing business

with Brazilian companies. Similarly, ForMóbile is a clear

expression of this resilience. The favorable response of companies

to participate massively in the event translates this

commitment to ‘give traction’ to Sector business,” concludes

Show Manager Segalin.

ABRIL 2022 41


INDÚSTRIA

MODERNIDADE

NA LOGÍSTICA

VEÍCULO AUTOGUIADO DE BAIXO CUSTO

DESENVOLVIDO POR ESTUDANTES CARREGA

MATÉRIA-PRIMA, ALÉM DE PRODUTOS

FINALIZADOS ENTRE SETORES DA INDÚSTRIA

Fotos: divulgação

42 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


A

parceria entre empresa e universidade

resultou em uma solução de baixo custo

para modernizar um processo de logística

em uma planta industrial de Curitiba (PR).

O protótipo de veículo autônomo autoguiado

e movido a bateria agiliza o transporte de produtos

entre setores da fábrica, resultando em solução

sustentável e diminuindo desperdício. Essa solução tem

aplicações em diversas outras indústrias, incluindo as

madeireiras e moveleiras.

O projeto começou quando uma equipe da Neodent,

indústria curitibana de implantes dentários, procurou

a UFPR (Universidade Federal do Paraná) para

desenvolver, em parceria com alunos dos cursos de

Engenharia Elétrica e Mecânica, uma forma de transporte

de baixo custo que levasse a matéria-prima do setor

de logística para o de produção, e retornasse com os

produtos finalizados. Dois estudantes foram escolhidos

em processo de seleção para trabalhar na fábrica como

estagiários, recebendo auxílio da empresa para levantar

a melhor forma de resolver a questão.

De abril a dezembro de 2021, após compreender o

funcionamento da fábrica e as necessidades da produção,

os estudantes desenvolveram um modelo de veícu-

ABRIL 2022 43


INDÚSTRIA

lo autônomo, movido a bateria de lítio, que percorre os

setores por uma linha-guia, sem necessitar de alguém

para conduzi-lo. Um sinal sonoro é emitido quando o

produto inicia o trajeto para que as equipes recebam o

carrinho.

Conhecido pela sigla AGV - que vem de Automated

Guided Vehicle -, o carrinho, com o auxílio de um sensor

infravermelho, faz a leitura da linha e identifica a posição

do veículo, processa a informação e envia resposta às

rodas, que corrige sua posição e, só então, segue o seu

caminho. O veículo - de aproximadamente 1m (metro)

de comprimento por 70 cm (centímetros) de largura -

está sendo utilizado em forma de teste, em um percurso

de 60m para atender à demanda de uma fábrica em

Curitiba.

RELAÇÃO GANHA-GANHA

O resultado vem superando as expectativas: em um

mês de testes, foram realizadas 92 rotas e transportados

1.223 pedidos – entre matéria-prima e produtos finalizados.

A intenção da empresa é criar novas rotas e utilizar

mais AGVs no transporte dentro da planta. Para isso,

serão procuradas empresas interessadas em transformar

o protótipo em produto.

“Temos outras opções de AGV no mercado, mas

com custo muito mais elevado e que não seriam produzidos

para nossa necessidade específica. A solução en-

contrada pela equipe da UFPR resultou em um veículo

sustentável e que foi pensado para nossas operações”,

conta o gerente de operações da fábrica, Rodrigo Pascini,

local em que o equipamento está em teste.

O transporte entre os setores era realizado até então

por um colaborador, que passava o dia na função de

guiar manualmente um carrinho e, muitas vezes, aguardando

por muito tempo até o pedido ser carregado.

Com essa novidade no processo, o colaborador foi realocado

e agora faz parte da equipe de entregas dentro

do setor de faturamento da empresa.

De acordo com o orientador do projeto na universidade,

o objetivo proposto para os alunos foi estudar

a aplicação de novas tecnologias que facilitem a movimentação

de materiais, agregando valor e reduzindo

eventuais desperdícios.

“Foi uma possibilidade de aplicação do conhecimento

em uma situação de necessidade real de uma

empresa, sobretudo uma de grande porte. Os estudantes

passaram do nível teórico, em termos de conhecimento,

para um campo de percepção de poder que o

conhecimento científico tem para produzir soluções impactantes

para a indústria”, comenta o professor Pablo

Deivid Valle, do departamento de Engenharia Mecânica

da UFPR, que acompanhou o trabalho dos estudantes

Gustavo Sanches e Lucas Zappani.

OS ESTUDANTES

PASSARAM DO NÍVEL

TEÓRICO, EM TERMOS DE

CONHECIMENTO, PARA UM

CAMPO DE PERCEPÇÃO DE

PODER QUE O CONHECIMENTO

CIENTÍFICO TEM PARA

PRODUZIR SOLUÇÕES

IMPACTANTES PARA A

INDÚSTRIA

PABLO DEIVID VALLE, PROFESSOR DO

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA

MECÂNICA DA UFPR

44 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


PRENSAS COM ATÉ 51 PRATOS SÃO TOTALMENTE MONTADAS E

TESTADAS NAS INSTALAÇOES DA OMECO ANTES DO EMBARQUE

PRENSA 36 PRATOS NA

EMPRESA LUMIN NO URUGUAI

PRENSA 39 PRATOS NA EMPRESA

WOTAN NA REPÚBLICA TCHECA

DUAS PRENSAS DE 51 PRATOS

NA EMPRESA GUARARAPES

EM PALMAS/PR

Omeco Ind. e Com. de Máquinas Ltda.

Av. das Industrias, 2450 | CIC | CEP 81.310-060 | Curitiba - PR | Brasil

Fone: 041-33167100 | Fax: 041-33167103 | omeco@omeco.com.br

www.omeco.com.br


SETORIAL

OPORTUNIDADE

DE NETWORKING

46 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


PROJETO COMPRADOR MOVELPAR TERÁ

RODADAS PRESENCIAIS DE NEGOCIAÇÕES

ENTRE OS DIAS 18 E 19 DE MAIO DE 2022

Fotos: divulgação

ABRIL 2022 47


SETORIAL

A

pós edições virtuais com ótimos resultados,

o Projeto Comprador Movelpar volta

também ao formato físico, mas, dessa vez,

unindo o melhor dos dois mundos e ampliando

as possibilidades de negócios, ao

ser realizado de forma híbrida.

As rodadas de negócios presenciais ocorrem nos

dias 18 e 19 de maio de 2022, durante a edição especial

de retorno da Movelpar, no Expoara Centro de Eventos,

em Arapongas (PR), que vai de 16 a 19 de maio.

Já as reuniões online ocorrerão em plataforma digital

nos dias 23 e 24 de maio.

A última edição do Projeto Comprador Movelpar, realizada

no final de outubro de 2021, reuniu 42 empresas

brasileiras e 31 compradores internacionais em rodadas

de negócios virtuais organizadas por meio do Projeto

Setorial Brazilian Furniture.

Ao longo dos três dias, foram feitas 208 reuniões,

concretizando-se mais de US$ 1,3 milhões em negócios

imediatos e cerca de US$ 5 milhões em negócios prospectados

para os próximos 12 meses. Movimentação

total superior a US$ 6,3 milhões.

O Projeto Comprador Híbrido Movelpar é uma ação

do Projeto Brazilian Furniture, iniciativa promovida pela

ABIMÓVEL (Associação Brasileira das Indústrias do

Mobiliário) e pela APEXBrasil (Agência Brasileira de Promoção

de Exportações), possibilitando a interação e o

relacionamento entre as indústrias brasileiras de móveis

e compradores internacionais, por meio de processo

de matchmaking e reuniões direcionadas, promovendo

a geração de negócios e as exportações das indústrias

associadas ao projeto.

O Projeto Setorial Brazilian Furniture é uma iniciativa

da ABIMÓVEL e da ApexBrasil, que tem por objetivo

incrementar a participação da indústria brasileira no

mercado internacional por meio de um conjunto de

ações estratégicas tendo como base os pilares da sustentabilidade,

competitividade e do design integrado à

indústria, voltados para o mercado global.

O projeto conta com a participação de mais de uma

centena de empresas que possuem acesso a informações

de Inteligência Comercial e Competitiva, Feiras e

Missões Internacionais, Projetos Comprador e Vendedor,

Projeto Imagem, Programa de Design Integrado à Indústria,

entre outras inúmeras atividades no exterior.

As inscrições para o Projeto Comprador Movelpar

estão abertas até dia 30 de março e podem

ser realizadas neste link: https://docs.google.

com/forms/d/e/1FAIpQLSfBLUat4w4ctJ-

4V7mXr4ht7rxXxsNAbkeD8v6tdfcqW8znaUg/viewform

48 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


Linha de empacotamento

de madeiras

A Linha Completa para Empacotamento de Madeiras

Impacto é um equipamento que possibilita a movimentação

completa do fardo de madeira do desgradeamento até o seu

enfardamento para transporte.

Componentes

Desgradeador de madeiras

Destopadeira automática,

Esteira de classificação

Enfardador automático

Pintura automática

Prensa

Características

Capacidade nominal do equipamento de 100 a 200 pç/min;

Comprimento: Personalizado, Largura e Espessura: Customizada;

Atende todas as normas de segurança NR12;

Customização de dimensão de acordo com a necessidade do cliente.

Rua Heliodoro Muniz, 299 - Área Industrial | Lages-SC

(49) 3021-2885 (49) 99816-6956

contato@impactomaquinas.com.br

impactomaquinas.com.br


MADEIRA TRATADA

CONSULTA

NACIONAL

50 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


O PRAZO PARA A SEGUNDA AVALIAÇÃO DO

TEXTO SOBRE NORMAS DO LIGHT WOOD FRAME

SE ENCERRA NO DIA 28 DE ABRIL

Fotos: divulgação

ABRIL 2022 51


MADEIRA TRATADA

Anorma técnica para sistema construtivo

em wood frame (ABNT NBR 16.936:

Edificações em light wood frame) foi

enviada para a segunda consulta nacional

no dia 30/03.

A primeira foi realizada no ano passado e recebeu

várias sugestões técnicas, correções e ajustes, o

que ocasionou alterações. Com isso, um novo texto

foi redigido e está sendo disponibilizado para nova

avaliação.

O conteúdo ficará disponível em consulta nacional

até dia 28 de abril e pode ser acessado para recomendações

(aprovação sem restrições, aprovação

com restrições e reprovação) no seguinte endereço

(https://www.abntonline.com.br/consultanacional/

projet.aspx?Q=bGdnUzJGSTlVaitPZW94ZERnb3E3YUpZK2hwNHR1elB6Tk5ZUlcvZ2s4dz0=).

A ABIMCI (Associação Brasileira da Indústria de

Madeira Processada Mecanicamente) comemora o

novo envio da norma para consulta nacional.

ESSE É UM

PASSO

IMPORTANTE PARA A

CONSOLIDAÇÃO DO

SISTEMA WOOD FRAME

NO BRASIL

PAULO PUPO, SUPERINTENDENTE

DA ABIMCI

“Foram mais de cinco anos de intensos trabalhos

no desenvolvimento desta norma. Esse é um passo

importante para a consolidação do sistema wood

frame no Brasil. Sendo um processo industrializado,

de construção seca e rápida, otimiza a produção em

escala e geração de negócios. Certamente, uma das

mais atrativas soluções construtivas para atender e

contribuir com a melhoria do déficit habitacional brasileiro”,

avalia o superintendente da ABIMCI, Paulo

Pupo.

Com a esperada publicação da norma técnica,

será reforçada a disseminação desse método construtivo

industrializado que utiliza produtos de madeira

proveniente especialmente de florestas plantadas.

Além disto, é construtivamente eficiente, sustentável

e há décadas vem sendo utilizado em vários países

como EUA (Estados Unidos da América), Alemanha

e nórdicos.

A ABIMCI, como entidade gestora do Comitê

Brasileiro de Madeira da ABNT (CB-31), tem liderado

o desenvolvimento dessa e de outras frentes para

intensificar o uso da madeira na construção civil no

país e, especificamente nesse desenvolvimento da

norma wood frame, organizou todas as agendas

para o processo da elaboração da norma técnica,

sempre defendendo a aplicabilidade dos produtos

de madeira processada na norma técnica, dentro da

realidade nacional existente.

52 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


Secador de lâminas

Especialista no desenvolvimento de projetos

especiais conforme a necessidade do cliente, tendo

sempre como visão o melhor custo benefício,

entregando um produto com qualidade e garantia.

+ qualidade

+ credibilidade

Gerador de ar quente

(Para secagem de madeira;

e todos os tipos de grãos

e demais itens que

necessitem de secagem)

Radiadores

Análise projeto entrega garantia

www.lionsmachine.com.br

Hélices


FEIRA

ENFIM,

RETOMADA

Fotos: REFERÊNCIA

REALIZAÇÃO CONJUNTA DA FIMMA E

DA MOVELSUL DEVE MOVIMENTAR MAIS

DE R$ 2 BILHÕES EM NEGÓCIOS PELOS

PRÓXIMOS 12 MESES

54 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


Pela primeira vez na história realizadas de forma

conjunta, as feiras Fimma e Movelsul conseguiram

excelentes índices em um dos primeiros

eventos do setor da madeira e de móveis executado

de forma presencial, desde o início da

pandemia da Covid-19, no início de março de 2020.

Segundo a organização, passaram pelo pavilhão do

evento 30.295 mil visitantes profissionais de todos os

Estados brasileiros e 41 países, entre os dias 14 e 17 de

março, em Bento Gonçalves (RS). A organização ainda estima

que as feiras movimentem mais de R$ 2 bilhões em

negócios pelos próximos 12 meses.

“É verdade que bons negócios podem ser feitos de

modo remoto, mas nada substitui o olho no olho, o aperto

de mãos, a experiência de estar próximo ao empresário

ou prestador de serviços. Esse contato é essencial para

uma boa leitura do mercado”, assegura o presidente da

Movergs (Associação das Indústrias de Móveis do Estado

do Rio Grande do Sul), Rogério Francio.

As feiras receberam diversos profissionais de áreas

ligadas ao segmento como indústria de móveis; fornecedores

de máquinas, acessórios, ferramentas e matérias-

-primas; arquitetos; designers; varejistas e compradores

estrangeiros. Além disso, foram realizadas Rodadas de

Negócios Internacionais com compradores de 18 países

para os expositores da cadeia moveleira.

“Aqui ficamos livres para identificar os clientes que

nos interessam sem sermos obrigados a olhar e comprar

isso ou aquilo, como vejo em outras feiras. Gostei do

formato de Fimma e Movelsul juntas. Ver os insumos aplicados

na indústria é muito produtivo”, analisou Carlos Azmitia,

visitante que veio da Guatemala para participar das

Rodadas de Negócios Internacionais da Fimma.

O Sindmóveis (Sindicato das Indústrias do Mobiliário

de Bento Gonçalves) estima que esta edição da Movelsul

movimentará R$ 379 milhões em negócios. Já a projeção

da Movergs para a Fimma é de US$ 330 milhõe. As

entidades consideram crescimento nominal de 15% em

relação às últimas edições presenciais (Movelsul em 2018

e Fimma em 2019).

“Chegamos ao final da Fimma com a certeza de que

ela é uma feira essencial para fomentar o incremento

de tecnologia e inovação na cadeia moveleira. Além de

apresentarmos produtos como máquinas, softwares e matérias-primas,

criamos o Ecossistema de Inovação. Tudo

isso reforça a posição da Fimma como quinta maior feira

do mundo em seu segmento”, aponta o presidente da

Fimma 2022, Euclides Rizzi.

Confira os expositores parceiros da revista:

ALCA MÁQUINAS

Trouxemos para a Fimma a furadeira lateral CNC para

fazer toda a furação na parte de cavilhas e móvel planejado.

Essa máquina é novidade no mercado e com comando CNC

vai facilitar a produção desses móveis.

B. KRICK

A B. Krick é uma empresa que participa da Fimma desde

a primeira edição. Para essa feira tínhamos uma expectativa

negativa, devido a pandemia, mas fomos surpreendidos,

porque o movimento surpreendeu. Apresentamos

ao público nossa linha de scanner, que é o nosso carro-

-chefe das máquinas. O scanner lê a madeira e automatiza

o corte, tirando o melhor produto possível.

TERMOLEGNO

Estamos em uma faixa alta de secadores de madeira.

O nível dos nossos produtos é excelente e estamos

presentes em 70 países e no mercado há mais de 26

anos. Nosso foco é o cliente, nunca deixando de lado a

pós-venda e a qualidade nos serviços prestados.

ABRIL 2022 55


FEIRA

MÁQUINAS OMIL

O movimento na Fimma foi bem interessante. Devido a

esses 2 anos parados o mercado está agora em uma ebulição

e querendo buscar coisas novas. Aqui para a feira trouxemos

uma plaina duas faces para o mercado de madeira bruta, algo

que o pessoal estava pedindo para utilização em depósitos

de madeira e na construção civil em geral.

CONTRACO

Está sendo uma feira muito boa, até para termos

um feedback dos nossos clientes sobre os nossos

produtos. Estamos apresentando aprimoramentos

nos nossos produtos, como o controle dos secadores,

um sistema de filtragem de resíduos focado na preservação

ambiental, além do sistema de aquecimento

que consome menos biomassa.

GRUPO LINARES

Esse período sem a realização da Fimma deixou

alguns negócios fora do ar. Fomos surpreendidos pela

movimentação desde o primeiro dia. Nós trabalhamos

com linhas integradas, moldureiras, linhas de otimização

com parceiros como a System TM e Microtec, empresas

referências no mundo para melhora na eficiência

e rendimento da madeira.

MARRARI

A Fimma sempre foi uma feira muito importante para

nós e participamos em todas as edições. Apresentamos

dois produtos: um sistema de controle de caldeiras para

produção de vapor, o EcoSteam, e uma plataforma de

software, a PSI4, que é um software de supervisão configurado

pelo próprio usuário e tem aplicação não só de

automação industrial, mas para todo o mercado em que

se precisa de dados e histórico de um processo.

ENGECASS

Apresentamos na Fimma, entre outras soluções,

nosso secador de lâminas, que já está instalado em

duas empresas, em pleno funcionamento e com os

clientes satisfeitos. Na feira fizemos muitos contatos e

com ótima gama de negócios em andamento.

56 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


IMPACTO INDÚSTRIA DE MÁQUINAS E

EQUIPAMENTOS

Depois de 2 anos de pandemia poder ter essa aproximação

dos clientes é muito bom. É importante ter esse contato visual com

os clientes. Estamos apresentando um equipamento para serraria

automatizada, com um novo conceito de serraria para médio padrão,

otimizando o máximo o uso de equipamentos com scanner,

aumentando, ainda mais, a eficiência no processo.

MILL INDÚSTRIAS

O mercado da madeira está bem aquecido e essa

é uma tendência para esse ano. A Mill tem trabalhado

junto a isso para oferecer produtividade com qualidade

nos nossos equipamentos. Além disso, a Mill

tem ampliado as linhas das unidades de serras, como

expomos durante a Fimma.

MAFERCON

A feira foi surpreendente, desde o primeiro dia,

com clientes novos e um movimento grande, com

muita gente que ainda não tínhamos tido contato.

Nos baseamos praticamente na tecnologia de colagem

dos produtos de madeira e trouxemos da

Alemanha essas soluções, que estão tendo excelente

aceitação aqui.

VANTEC

Nossa expectativa foi superada, até pelo ambiente de

pandemia e muito tempo sem feiras, mas não ocorreu assim.

O público é bem seleto e os negócios estão acontecendo.

Trouxemos equipamentos que produzimos há anos, mas reestruturados

pela nossa engenharia, máquinas com estrutura

diferenciadas, mais fortes, pesadas e produtivas.

IMTAB

Essa é a primeira vez que estamos na Fimma e estamos

com resultados muito superiores ao que imaginávamos.

Estamos aqui com um sistema de grelhado móvel para

caldeira flamotubular, que é um produto que lançamos nos

últimos anos e que sofreu algumas melhorias, sendo um

projeto inovador e com baixo custo de manutenção.

ABRIL 2022 57


FEIRA

BENECKE

Tradicionalmente, a Benecke traz a cada 2 anos uma

novidade para o mercado. Já está no nosso DNA e sempre

é uma expectativa para os nossos clientes. Nessa edição, estamos

apresentando um novo modelo de estufa e voltamos

com nossa linha de laminação, com foco na qualidade do

produto final e por isso queremos colocar no mercado um

produto que atenda essas demandas.

ROTTENG

Apresentamos na Fimma 2022 nossas destopadeiras

automáticas, com dois modelos, sendo que

a econômica é uma novidade que trouxemos para

a Fimma este ano.

EMPIMAQ

É o nosso primeiro ano de Fimma e trouxemos para cá

o que temos de novo no mercado, que são as máquinas

compactas. Nos 35 anos de empresa sempre buscamos

uma linha externa de movimentação, mas para a feira mostramos

uma linha de empilhadeiras menores com combustão

a diesel e GLP.

FEPAM

Estamos em busca de novos revendedores e

queremos mostrar nosso trabalho para o cliente final,

apresentando produtos como serra de acabamento e

super-acabamento, além de soluções para o trabalho

em MDF e no beneficiamento da madeira.

NAZZARENO

Os pellets estão expandindo no mundo inteiro,

mas no Brasil os empresários estão começando a

observar com outros olhos esse produto, algo que

temos percebido durante a nossa participação na

Fimma 2022.

58 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


MENDES MÁQUINAS

Estamos muito contentes por estar novamente na Fimma

e trouxemos algumas novidades para essa edição, como

uma solução integrada com scanner, que é o giro de tora automatizado.

Essa linha, além de ser otimizada e controlada

pelo scanner, permite trabalhar com toras de 16 cm a 50 cm

(centímetros) de diâmetro, podendo atingir uma velocidade

de processamento de até 100 m/min (metros por minuto).

RONE EQUIPAMENTOS

Esse é o nosso primeiro ano como expositor e

já fizemos ótimos contatos. Estamos apresentando

soluções para o beneficiamento da madeira, parte de

finger, emendadeira com aplicação de cola, plainas,

otimizadoras, rolinhos emborrachados, scanner, toda

essa parte para o beneficiamento da madeira.

BIOCAL BURNTECH

Estamos nos últimos anos lançando novos equipamentos

e para essa edição da Fimma viemos com uma

caldeira de um passe só, sistema de alimentação e

sempre em busca de novas tecnologias e melhorias.

MONTANA QUÍMICA

Nessa edição da Fimma estamos apresentando

a Flora que é uma nova unidade de mercado da

Montana Química e que veio para inovar o mercado

madeireiro e moveleiro. Através da linha Flora,

oportunizamos sonhos, cores e inovação para os

móveis e produtos.

FRANZOI

A Franzoi está completando 50 anos e conseguimos

atingir a excelência dentro do mercado. Isso foi

possível com o trabalho em conjunto pelo mesmo

objetivo e estamos reforçando ao público essa nossa

identidade aqui na Fimma.

ALCA MÁQUINAS

Trouxemos para a Fimma a furadeira lateral CNC

para fazer toda a furação na parte de cavilhas e móvel

planejado. Essa máquina é novidade no mercado e

com comando CNC vai facilitar a produção desses

móveis.

ABRIL 2022 59


CLICK

OS MELHORES MOMENTOS DA FIMMA

60 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


“Com Set up rápido e de fácil manuseio, os

desoladores pneumáticos da Rotteng

flexibilizam e otimizam os cortes de madeira,

o que diminui o desperdício e aumenta a

produção com qualidade e precisão nas

medidas, além de atender as normas legais

que garantem a segurança dos

colaboradores. Esta parceria perdura há

mais de 6 anos.” 09/10/2019

Marco Almeida de Souza

Diretor Industrial do Grupo Embalatec

“Os destopadores RottStop, da Rotteng, são

máquinas robustas com sistemas confiavéis.

Hoje estamos equipando todas as nossas

fábricas com as destopadeiras RottStop, com

isso conseguimos reduzir as perdas em mais

de 60%, sem contar a qualidade dos cortes e

a segurança que a lei exige” 11/10/2021

Rodrigo de Oliveira Novo

Pesquisa e Desenvolvimento de Máquinas e

Equipamentos (P&D)

“Compramos a primeira destopadeira

automática Rotteng há 5 anos. Com isso

conseguimos aumentar a produtividade,

reduzir funcionários, melhorar a qualidade de

cortes, reduzir desperdícios de madeira e com

a segurança que a lei exige. Hoje temos 7

destopadores e 1 com destopo em ângulo,

diminuindo o gasto com a manutenção e

possuindo toda a assistência técnica.”

04/10/2019

Cidnei Roberto Brito

Gerente de Marcenaria


CLICK

OS MELHORES MOMENTOS DA FIMMA

62 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


PRODUTOS DE ALTA QUALIDADE E O

COMPROMISSO COM A ENTREGA

Rua Miguel Goetten Sobrinho 313 | Santa Cecília - SC

(49) 3515-1002 | (49) 9 9122-2183 | admin@agilmadeiras.com

www.agilcompensados.com.br


CLICK

OS MELHORES MOMENTOS DA FIMMA

64 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


CLICK

OS MELHORES MOMENTOS DA FIMMA

66 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


painéis elétricos - motores - hélices industriais

A Eletro Izidoro atua no segmento de motores e painéis

elétricos e hélices industriais. Há mais de 20 anos

atendendo clientes em todo Brasil com produtos

de qualidade, garantia e pontualidade na entrega.

Área de atuação no setor industrial:

- MADEIREIRA

- LAMINADORAS

- AGROINDÚSTRIA

- ALIMENTÍCIA

- CELULOSE

- METALÚRGICA

- MINERAÇÃO

- NAVAL

compra, venda e troca de motores elétricos novos ou usados

a Hélice mais resistente do Brasil!

• Garantia vitalícia

do rotor

• Montagem sem acoplamento

ou bucha cônica

• Procedimentos simples

de ajustes e remoção

• Aletas dimensionadas para

desintegrar sem danificar o eixo do motor

Modelos de hélices para motores de 3 a 100 CV.

Tenha o controle e monitoramento em

tempo real no celular ou computador

para sistema de secagem e

acionamento dos equipamentos.

Troque o sistema de acionamento dos

motores por Inversores Siemens e

garantimos até 30% de economia

no consumo de energia elétrica.

ATENDEMOS TODO BRASIL • TRABALHAMOS COM FABRICAÇÃO, REFORMA E BALANCEAMENTO

(49) 3241-2537 www.eletroizidoro.com.br

Rod. BR 470 - KM 250 | Distrito Industrial | Curitibanos | SC


MARCENARIA

68 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


RECONHECIMENTO

NO SETOR

PRÊMIO SALÃO DESIGN 2022 FOI REALIZADO EM MARÇO DURANTE

A MOVELSUL E CONTOU COM INSCRIÇÕES DE 12 PAÍSES

Fotos: divulgação

ABRIL 2022 69


MARCENARIA

Fotos: Cesar Ben

“U

ma das funções do design é refletir

seu tempo, traduzindo comportamentos

em conceitos, produtos

e soluções”, filosofa o diretor do

Prêmio Salão Design, José Ferro,

em seu pronunciamento durante a entrega dos troféus

aos premiados de 2022. A cerimônia, realizada durante

a feira Movelsul, que ocorreu em março, em Bento

Gonçalves (RS), reuniu jurados das edições 2020 e 2022

para coroar os talentos que ajudam a contar a história

do mobiliário.

Conforme destacou Ferro, forma e função devem

andar juntas, especialmente neste momento de ressignificados.

“Nossos premiados mostram que é possível

entender e traduzir as novas formas do morar, os novos

hábitos e as necessidades das pessoas. Entendendo

essa realidade, o Sindmóveis (Sindicato das Indústrias

do Mobiliário), de Bento Gonçalves (RS) é incansável

em sua aposta no design como ferramenta estratégica

e competitiva para a indústria moveleira, permitindo

que boas ideias sejam utilizadas em larga escala”,

completou.

Realizado pelo Sindmóveis desde 1988, o Prêmio

Salão Design já teve mais de 15 mil projetos inscritos

– sendo a grande vitrine brasileira para consagrar profissionais

e novos talentos do design de móveis. Com

patrocínio de Brasmacol, Berneck e Interprint do Brasil,

a edição de 2022 teve 562 projetos inscritos por profissionais

e estudantes de 12 países.

DESAFIO DA IDENTIDADE BRASILEIRA 2022

(MODALIDADE PROFISSIONAL)

BANCO TABUBA – DESIGN DE BRUNO CAMAROTTI

(ESTUDIO CAMAROTTI), SÃO PAULO (SP)

Confira abaixo a lista de vencedores do Prêmio

Salão Design 2022:

DESAFIO DOS ESPAÇOS EM TRANSFORMAÇÃO

(MODALIDADE PROFISSIONAL)

BANCO TANGARÁ – DESIGN DE CAMILA FIX K DECOURT,

FLÁVIA PAGOTTI SILVA, AMELIA TAROZZO, REJANE CARVALHO

LEITE (PLATAFORMA4 PARA MÓVEIS JAMES), SÃO PAULO (SP)

MENÇÃO HONROSA (PROFISSIONAL)

CADEIRA SELA – DESIGN DE IBANEZ RECK RAZZERA (ES-

TUDIO CHACRA PARA TUMAR MÓVEIS), CHAPECÓ (SC)

70 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


DESAFIO DO USO DE PAINEL (modalidade profissional)

- Linha Joy – Dari Beck (Flexbeck Soluções

Corporativas Ltda), Curitiba (PR)

Menção honrosa (profissional)

Aparador 14BIS – design de Dari Beck (Flexbeck

Soluções Corporativas Ltda), Curitiba (PR)

DESAFIO DA TECNOLOGIA EMBUTIDA (modalidade

profissional) - Sofá Maré – design de Marta

Manente (Estúdio Marta Manente Design para Modalle

Móveis), Bento Gonçalves (RS)

DESAFIO DAS EXPERIÊNCIAS POSITIVAS (modalidade

profissional) - Pudu – design de Gabriel Antunes

Henke Carrano para Ricardo Schneider Móveis

ME – PROA, São Miguel Arcanjo (SP)

PRÊMIO MADEIRAS ALTERNATIVAS (modalidade

profissional) - Banco Movimento 5 – Maria Dalila

Bohrer, Porto Alegre (RS)

MENÇÃO HONROSA (PROFISSIONAL)

MESA LATITUDE – DESIGN DE CAMILA FIX, FLÁVIA PAGOTTI

SILVA, AMELIA TAROZZO, REJANE CARVALHO LEITE

(PLATAFORMA4 PARA ORIGIN BRAZIL), SÃO PAULO (SP)

ABRIL 2022 71


MERCADO

FOMENTO

À EXPORTAÇÃO

REDUÇÃO DE RECURSOS DAS PRINCIPAIS

MODALIDADES DE AUXÍLIO ÀS EXPORTAÇÕES

NACIONAIS TEM DIFICULTADO O TRABALHO

DAS INDÚSTRIAS BRASILEIRAS

Fotos: divulgação

72 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

CAPACIDADE

DE CARGA:

1500KG, 2000KG E 3000KG

ALTURA

MÍNIMA - MÁXIMA

280 mm - 1400 mm

DESENVOLVIDA

SOB MEDIDA

MESA ELEVADORA

HIDRÁULICA


MERCADO

Aredução dos recursos de duas das principais

modalidades de apoio às exportações

brasileiras tem paralisado o sistema

de crédito oficial à exportação nacional.

As operações do Proex Equalização

estão suspensas, assim como novos pedidos do SCE

(Seguro de Crédito à Exportação).

Além da recomposição de ambos os programas, a

retomada da reforma do sistema que se encontra parada

torna-se ainda mais relevante para fomentar o comércio

exterior, de acordo com o documento: Análise

de Política Comercial - Mudanças no Orçamento Geral

da União reduz financiamento à exportação; elaborado

pela CNI (Confederação Nacional da Indústria).

Um dos principais programas de apoio às exportações

de bens e serviços de alto valor agregado, o

Proex Equalização foi suspenso em fevereiro devido

ao corte pelo Executivo de parte de seu orçamento de

2022 — R$ 500 milhões de R$ 1,36 bilhão — direcionados

para o pagamento de operações contratadas do

Plano Safra.

Como os outros R$ 800 milhões são referentes a

operações já contratadas, o programa está paralisado.

Operado pelo Banco do Brasil, o Proex assume parte

dos juros das operações de financiamento à exportação

para torná-los compatíveis com as taxas cobradas

internacionalmente. Dessa forma, ele viabiliza que empresas

brasileiras concorram em pé de igualdade com

suas competidoras internacionais.

O orçamento do FGE (Fundo de Garantia às Expor-

tações), por sua vez, teve um corte de R$ 613 milhões.

O valor previsto no PLOA (Projeto de Lei Orçamentária

Anual) de R$1,72 bilhão foi reduzido para R$1,1 bilhão

na LOA (Lei Orçamentária Anual) de 2022, uma diminuição

de 35,6%.

O FGE (Fundo de Garantia à Exportação) é um

fundo contábil com recursos públicos que lastreiam o

Seguro de Crédito à Exportação. Isso significa que o

fundo precisa ser provido anualmente por recursos orçamentários

para o pagamento de operações já sinistradas,

possíveis sinistros, além de um valor adicional

para defaults inesperados.

O FGE é especialmente importante para indústrias

de alto valor agregado e de cadeia longa com operações

de financiamento de médio e longo prazo. É o

caso de setores como aeronáutica, defesa e de máquinas

e equipamentos.

O montante no orçamento disponível para o FGE

este ano está abaixo do R$ 1,45 bilhão previsto pelo

Ministério da Economia para pagar indenizações

decorrentes de sinistros, de modo que não há como

assegurar os pagamentos a partir de setembro. Como

consequência da situação orçamentária também estão

suspensas às concessões de novos pedidos no âmbito

do SCE que tenham possibilidade de impacto orçamentário

em 2022, o que deverá reduzir exportações

brasileiras de alto valor agregado.

Tanto o Proex Equalização quanto o FGE são

fundamentais para fomentar a competitividade das

empresas exportadoras. Dados da CNI mostram que,

74 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


de modo geral, empresas apoiadas por instrumentos

públicos de crédito à exportação vendem 15% a mais

no exterior, ampliam os países de destino em até 70%.

Cada R$ 1 bilhão exportado pela indústria brasileira

mobiliza 36 mil empregos.

Além da necessidade de recomposição de ambos

os programas no curto prazo, a CNI reforça a necessidade

de uma reforma do sistema de crédito oficial à

exportação a partir de outros recursos que não dependam

do ciclo orçamentário da União, a fim de garantir

a previsibilidade.

“Diante do cenário atual fica ainda mais evidente

que o aumento das exportações industriais depende

da priorização da política de financiamento às exportações.

Infelizmente no Brasil essa área vem perdendo

relevância de maneira acentuada ao longo dos últimos

anos. Só uma reforma ampla que fortaleça o sistema

de apoio oficial poderá trazer mais competitividade,

exportações e empregos”, afirma a gerente de comércio

exterior da CNI, Constanza Negri.

Negri também destaca que essa política é amplamente

praticada no mundo e vem ganhando cada vez

mais importância. De acordo com a OMC (Organização

Mundial do Comércio), entre 80% e 90% do comércio

exterior conta com algum instrumento de apoio de

financiamento.

SÓ UMA REFORMA

AMPLA QUE

FORTALEÇA O SISTEMA DE

APOIO OFICIAL PODERÁ TRAZER

MAIS COMPETITIVIDADE,

EXPORTAÇÕES E EMPREGOS

CONSTANZA NEGRI, GERENTE DE

COMÉRCIO EXTERIOR DA CNI

Travessa dos Colibris, 61 | Boiçucanga | São Sebastião (SP)

[+43] 680 4068 225 | erwin@eurosawtech.eu

www.eurosawtech.com

MÁQUINAS SERRA FITA

DE CORTE FINO

Espessura de corte, 1,1 a 1,5 mm

Largura de corte até 1.300 mm

Serras Stellite e Widia de alta precisão

Excelente superfície, pronto para colar

ABRIL 2022 75


ARTIGO

PROCESSO DE

FUNDIÇÃO

E SUA VERSATILIDADE NA

FABRICAÇÃO DE PEÇAS

Fotos: divulgação

76 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


JEFFERSON SILVA | ADÔNIS SOUZA EVANGELISTA

Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. Ano 05, Ed. 03, Vol. 11, pp. 21-50. Março de 2020

RESUMO

E

ste artigo apresenta, como tema central, o

processo de fundição e sua versatilidade na

fabricação de peças e tendo como objetivo

mostrar que a fundição é uma das atividades

que está presente na etapa do processo

de fabricação e que é um processo muito

versátil devido a sua variação na fabricação de peças,

o que torna possível a criação de peças únicas ou em

série, com tamanhos e formatos simples ou compostos,

sendo assim um processo muito utilizado, tendo em

comparação a outros tipos de processos de fabricação o

baixo custo, dando o rápido desenvolvimento industrial

que acompanha os avanços tecnológicos. No estudo foi

empregada pesquisa bibliográfica de natureza qualitativa,

onde através de consultas em periódicos e livros,

pode constatar e destacar os principais processos da

fundição. Dentre os vários tipos de fundição, serão abordados,

os principais processos, etapas, fundamentos, a

importância da escolha do material e pretende dar destaque

às vantagens e desvantagens dos variados tipos de

processos. O resultado da pesquisa mostra os melhores

processos da fundição e destina ao melhor a ser utilizado

dependendo da especificação da peça a ser fabricada.

Do mesmo modo, objetiva-se evidenciar a eventual necessidade

da utilização da fundição no processo fabril.

Palavras-chave: processo de fundição, etapas da fundição,

fundamentos da fundição.

INTRODUÇÃO

Com o avanço da tecnologia e das transformações

de aparelhos e máquinas eletromecânicas vem junto uma

grande necessidade da utilização de processos na fabricação

de peças, e esse avanço vem aumentando os âmbitos

de necessidades, onde as exigências parte dos consumidores

e empresas que mercam esses serviços, com isso as


ARTIGO

grandes companhias tem investido alto nos tipos de processos

de fabricação de peças, e um dos mais utilizados

devido sua versatilidade é da fabricação por fundição.

Segundo Casotti, Filho e Castro (2011, p.133) “a

escolha do processo de fundição é fundamental na definição

do grau de precisão dimensional, do acabamento

e das propriedades mecânicas da peça que se pretende

fabricar.” E o objetivo deste trabalho é contribuir para o

desenvolvimento da fundição, abordando as principais e

importantes áreas fundamentais das fundições e consequentemente

mostrar cada etapa necessária no processo

de fabricação, que permite a obtenção de qualidade na

peça fundida.

A fundição é um processo de fabricação versátil e

muito utilizada em processo industrial, pois permite a obtenção

de peças com pequenas e grandes escalas, com

mínimas limitações de formatos e complexidade. (Casotti;

Filho, Castro, 2011). De acordo com o caso, o problema

de pesquisa para a questão é: Quais as vantagens, desvantagens

e limitações no processo de fabricação de peças

por fundição?

O objetivo geral ou primário abordado nesta pesquisa

é apresentar os métodos e meios técnicos dos processos

da fundição, destacando os principais processos.

Os objetivos específicos ou secundários desta pesquisa

será identificar o conceito de fundição, e destacar

os principais processos, abordar os fundamentos (fusão,

vazamento e solidificação) e os conceitos de cada um

deles, mostrando correlação as qualidades das peças fundidas

e levantar a importância da escolha dos materiais,

fornos adequados, tipo de molde, técnicas de moldagem

e mostrando as vantagens e desvantagens nesse tipo de

processo.

A metodologia utilizada para o desenvolvimento desta

pesquisa será bibliográfica e de natureza qualitativa,

onde serão consultados artigos científicos, livros e dissertações

com base em trabalhos publicados entre os anos

de 2013 e 2014, todos voltados para a área de processo

de fabricação por fundição. As palavras-chave utilizadas

na busca foram: processo de fundição, etapas da fundição

e fundamentos da fundição.

CONCEITO DE FUNDIÇÃO E SEUS PRINCIPAIS

PROCESSOS - PROCESSOS DE FUNDIÇÃO E

SEU PRINCÍPIO

A fundição é um processo de fabricação que permite

a obtenção de peças com formas simples ou complexas

por meio da fusão da matéria prima, onde o metal líquido

é despejado em um molde no qual sua cavidade terá a

forma de uma peça ou objeto desejado. Esse processo é

considerado um dos mais versáteis processos de fabricação

e aplica-se a diversos tipos de metais, tais como aços,

zinco, magnésio, cobre, alumínio, ferros fundidos e entre

outros.

Esse método milenar que evoluiu com a humanidade

permite a fabricação de peças únicas ou em série em

diversos tamanhos e nas mais variadas formas, e tem o

relevante fato de que é o método mais econômico de

se produzir uma vasta gama de componentes metálicos,

podendo dar origem a peças no seu estado final ou não,

precisando passar por alguns processos de conformação

mecânica. (Baldam; Vieira, 2014).

A fundição é processo de fabricação muito antigo e

de acordo com Baldam e Vieira (2014, p. 21) “no período

de 5.000 a 3.000 a.C., apareceram os primeiros trabalhos

com cobre fundido, sendo os moldes feitos de pedra

lascada’’, e com a descoberta do cobre os seres humanos

passaram a utilizar os metais para produção de ferramentas

e instrumentos, modificando as formas de viver e sobreviver

no mundo.

E logo em seguida surge a era do Bronze, uma mistura

de cobre com estanho adquirindo mais resistência e

por seguinte o ferro fundido, o último metal a passar pelo

o processo de fundição na idade do metal, por ser um

material com o manuseio mais complicado, mas tornou os

materiais produzidos mais resistentes, segundo Baldam

e Vieira (2014, p. 21) “1000 a.C.: início da idade do ferro,

com a obtenção de ferro forjado”, isso permitiu a melhoria

na qualidade de vida e consequentemente o desenvolvimento

do comércio.

E ainda em concordância com Baldam e Vieira (2014),

no âmbito fabris, a fundição é considerada o processo

que consiste o caminho mais curto ente a matéria-prima

metálica líquida e a peça semiacabada, já no estado de

uso, sendo assim considerada um processo de fabricação

de peças metálicas.

PRINCIPAIS PROCESSOS DA FUNDIÇÃO

As transformações dos metais e ligas em peças para

utilização em elementos e conjuntos mecânicos são

inúmeras e variadas, é evidente que a fundição é acompanhada

por diversos processos e etapas onde a escolha

adequada de cada passo depende da geometria da peça,

do tipo de liga a ser fundida, do número de peças a ser

produzida e da qualidade superficial desejada. (Baldam;

Vieira, 2014).

E para Baldam e Vieira (2014) os principais processos

da fundição são:

• Fundição em molde de areia;

• Fundição de precisão (cera perdida);

• Fundição de moldes permanentes por gravidade;

• Fundição sob pressão;

• Fundição centrífuga;

• Fundição contínua ou lingotamento contínuo;

• Fundição no estado semissólido –

tixoconformação;

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Sabe-se que em meio a tantas mudanças tecnológicas

os equipamentos de elementos e conjuntos mecânicos

também sofrem alterações e avanços, tendo peças de diferentes

complexidades a serem fabricadas, e o presente

trabalho relatará a versatilidade da fabricação de peças

78 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


por meio da fundição. A fundição tem diversas etapas

englobadas em seus processos, tendo como os principais,

a fundição em molde de areia, precisão, moldes permanentes

por gravidade, sob pressão, centrífuga, contínua

ou lingotamento contínuo e em estado semissólido-toxoconformação.

Os processos dentro da fundição têm inúmeras etapas,

a fim de cada vez mais atender as demandas do

mercado produtivo de peças fabricadas pelo processo de

fundição. Com toda versatilidade existente no processo

de fundição, será relatado diversos modelos de processos

que possa atender as especificações necessárias da atividade

a ser realizada, e nesse trabalho será apresentado

alguns desses processos existentes destacando os principais

com ênfase no processo de fundição. A presente

pesquisa tem por importância buscar informações de

maneira sucinta onde detalha cada processo e cada etapa

na fundição, e faz com que cada processo seja escolhido

a cada atividade a ser realizada, apresentando vantagens

e desvantagens em cada processo. Dentre os processos

de fabricação, o que faz com que a fundição seja escolhida,

é por saber que ela é um método muito versátil e que

possui um alto índice de flexibilidade e simplicidade de

fabricação. Os processos de fabricação atendem determinadas

necessidades, porém a fundição apresenta uma

versatilidade quanto a fabricação de peças.

A pesquisa consiste discorrer dos principais processos

na fundição até a atualidade, mostrando o surgimento da

atividade, devido a falta de processos que tornam possível

a fabricação de peças que vão de simples a complexas

a sua forma. E com todo avanço tecnológico, diversos

métodos de fabricação foram criados, entre eles o processo

de fundição é a que mais é utilizada nas atividades

de fabricação, por apresentar versatilidade na fabricação

de peças, apresentando em algumas etapas baixo custo e

uma grande variabilidade de aplicação.

Como já mencionado, é de grande importância que

a atividade de fabricação de peças por fundição seja realizada

por profissionais qualificados na atividade e que

tenha conhecimento do processo, para que seja feita a

escolha devida do processo na fabricação da peça desejada.

Faz necessário analisar cada processo e dentre eles

os materiais adequados a cada processo para que seja

alcançada a qualidade da peça fundida.

Link de acesso: https://www.nucleodoconhecimento.com.br/engenharia-mecanica/

processo-de-fundicao
















ABRIL 2022 79


AGENDA

AGENDA

2022

JULHO

5 A 8

FORMÓBILE 2022

LOCAL: SÃO PAULO (SP)

INFORMAÇÕES: WWW.FORMO-

BILE.COM.BR/PT/HOME.HTML

AGOSTO

2 A 4

MEC SHOW

LOCAL: SERRA (ES)

INFORMAÇÕES: HTTPS://WWW.

MECSHOW.COM.BR/

SETEMBRO

14 A 16

LIGNUM LATIM AMÉRICA

LOCAL: CURITIBA (PR)

INFORMAÇÕES: HTTPS://LIGNUM

LATINAMERICA.COM/

FEIMEC

03 DE MAIO A 07 DE MAIO

LOCAL: SÃO PAULO (SP)

INFORMAÇÕES: HTTPS://WWW.

FEIMEC.COM.BR/PT/HOME.HTML

A FEIMEC (FEIRA INTERNACIONAL DE MÁQUINAS E

EQUIPAMENTOS) É O PRINCIPAL EVENTO DA AMÉRICA

LATINA PARA A REALIZAÇÃO DE NEGÓCIOS, PROMOÇÃO DE TECNOLOGIA, TENDÊNCIAS, PRODUÇÃO E RELACIONAMENTO

PARA O SETOR INDUSTRIAL. TRATA-SE DE UMA FEIRA FEITA ESPECIALMENTE PARA VOCÊ, PROFISSIONAL DE PEQUENAS, MÉDIAS

OU GRANDES INDÚSTRIAS. ENCONTRE OS MAIS VARIADOS SEGMENTOS DO SETOR EM UM SÓ LUGAR E PREPARE-SE PARA CINCO

DIAS INTENSOS DE REALIZAÇÃO DE NEGÓCIOS, NETWORKING QUALIFICADO, COMPRA DE PRODUTOS, SERVIÇOS E SOLUÇÕES

IDEIAS PARA A SUA EMPRESA, ALÉM DAS OPORTUNIDADES DE ADQUIRIR MAIS CONHECIMENTO COM AS DIVERSAS ATRAÇÕES QUE

O EVENTO OFERECE. ALÉM DOS CINCO DIAS DE REALIZAÇÃO, A FEIMEC É UMA GRANDE PLATAFORMA DE NEGÓCIOS DURANTE

TODO O ANO. UMA VERDADEIRA FONTE DE NOVOS CONTEÚDOS, TENDÊNCIAS E TECNOLOGIAS PARA A INDÚSTRIA.

VEM AÍ!

E D I Ç Ã O

A N O S

PATROCINADORES:

SERRAS E FACAS INDUSTRIAIS


ESPAÇO ABERTO

COMO SE TORNAR

UMA EMPRESA NEUTRA EM

CARBONO ATÉ 2050

Amudança climática é a questão mais

marcante dos tempos atuais. Então,

alcançar a neutralidade do carbono até

2050 se tornou uma prioridade indispensável

para o mundo. Estamos bastante

confiantes de que isso é possível, considerando

o importante protagonismo do setor corporativo

durante o COP26, com um engajamento inédito em

relação à agenda climática.

Mas por onde começamos esse processo de sustentabilidade?

Como todos sabemos, as empresas

têm grande responsabilidade pelo alto nível de emissões

e vivemos um momento em que elas finalmente

perceberam a urgência em desenvolver — e executar

— um plano de ação climática na jornada rumo à descarbonização.

É possível garantir que os investimentos

retornem na forma de crescimento econômico.

Por isso, vamos sugerir iniciativas que podem

servir de base para as empresas em suas ações que

contribuem com a jornada rumo à descarbonização

do meio ambiente.

Infraestrutura de energia inteligente - Essa é a

espinha dorsal de um ecossistema sustentável e resiliente.

As empresas devem integrar a automação aos

sistemas de gerenciamento de energia, remodelando

o tipo de consumo a partir de uma análise de suas

emissões feita em tempo real que permitirá a prática

de estratégias robustas para mitigação das mudanças

climáticas.

AS EMPRESAS

TAMBÉM PRECISAM

DEFENDER OS RESULTADOS

DOS INVESTIMENTOS FEITOS

VISANDO A NEUTRALIDADE

DE CARBONO

POR

MARCOS MATIAS

PRESIDENTE DA

SCHNEIDER ELECTRIC

NO BRASIL

Um exemplo prático é a ampla adoção de tecnologias

elétricas e digitais, como uso de bombas

de calor e sistemas digitais de gerenciamento de

energia, podendo diminuir a demanda de energia

dos edifícios em até 40% e ajudar significativamente a

promover mudanças, reduzir emissões e combater o

impacto ambiental.

Defesa dos resultados – As empresas também

precisam defender os resultados dos investimentos

feitos visando a neutralidade de carbono. Para

isso, recomenda-se que sigam um plano de política

climática e baseado na ciência, fazendo parte das

iniciativas EP100 e EV100, ambas do Climate Group, e

participando de outras ações globais. Como alcançar

a neutralidade de carbono até 2050 é missão urgente

e crítica, torna-se importante defender as atividades,

estratégias e progresso de forma proativa.

Colaboração global – É necessário construir uma

coalizão verdadeiramente global para alcançar a

neutralidade de carbono até 2050. Cada empresa,

instituição financeira, cidade e país deve traçar estratégias

no sentido de eliminar as emissões globais de

forma significativa.

Para que esses três passos sejam executados, felizmente

temos a tecnologia ao nosso lado. Então, é

hora de acompanharmos como serão tomadas as decisões

necessárias para promover a conscientização

energética e, consequentemente, alcançar a neutralidade

de carbono até 2050, o que pode garantir que

os investimentos retornem na forma de crescimento

econômico para empresas e cidades a partir de um

plano bem estruturado.

Foto: divulgação

82 referenciaindustrial.com.br ABRIL 2022


Equipamentos

especiais

Aquecimento

POR INDUção

Coladeiras de

alta frequÊNCIA

o que a Coladeira de Painéis de Alta Frequência

traz para sua indústria?

Além de todos os benefícios do uso de ondas de radiofrequência, este

equipamento traz um sistema de alta velocidade que agiliza o processo de

colagem, gerando aproveitamento e qualidade. Com a nossa tecnologia sua

produção ganha mais agilidade, eficiência, maior produtividade com menor

consumo e menos mão de obra. Invista no futuro do seu negócio, conte

com as soluções MSP Industrial!

(47) 3375-0272 | (47) 9 9991-3459 | (47) 9 9127-3477

vendas@mspindustrial.com.br | vendas1@mspindustrial.com.br

@mspindustrial_of www.mspindustrial.com.br

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!