23.05.2022 Views

Produtos_64Web

Do you know the secret to free website traffic?

Use this trick to increase the number of new potential customers.

ESPECIAL

ENTREVISTA

Alessandra Delgado

Construção • Arquitetura • Design • Marcenaria • Paisagismo • Decoração

Amazônia em sua casa

Peças exclusivas produzidas com

madeira sustentável e certificada

Internacional: móveis brasileiros são estrelas de exposição em Nova York


a t e n d i m ent o @ c o n c r e m w ood. c o m .br

+ 5 5 (94) 98114 - 2 0 2 0 + 5 5 (9 1) 9 9 161 - 0 7 0 7

Br 010, km 31 - Dom Eliseu | Pará

Construção • Arquitetura • Design • Marcenaria • Paisagismo • Decoração

Editorial

ESPECIAL

ENTREVISTA

Alessandra Delgado

Com madeira reflorestada, os

produtos ConcremWood, passam

por uma supervisão rigorosa,

seguindo altos padrões de

qualidade.

Na capa desta edição a

Movelaria Pacajá, que

produz peças únicas com

madeira sustentável

A Revista Madeireira da Construção www.produtosdemadeira.com.br Ano XIII• N.64• Maio 2022

Amazônia em sua casa

Peças exclusivas produzidas com

madeira sustentável e certificada

Internacional: móveis brasileiros são estrelas de exposição em Nova York

Ano XIV / Edição n.º 64 / Maio 2022

04

EXPEDIENTE

JOTA EDITORA

Diretor comercial: Fábio Alexandre Machado

fabiomachado@revistareferencia.com.br

Diretor executivo: Pedro Bartoski Jr

bartoski@revistareferencia.com.br

Redação:

Vinicius Santos

jornalismo@produtosdemadeira.com.br

Projeto Gráfico: Fabiana Tokarski - Supervisão

Crislaine Briatori Ferreira

Gabriela Bogoni, Larissa Purkotte

criacao@revistareferencia.com.br

Midias Sociais: Cainan Lucas

Depto. Comercial: Gerson Penkal, Carlos Felde

comercial@produtosdemadeira.com.br

Fone: +55 (41) 3333-1023

Representante Comercial:

Dash7 Comunicação - Joseane Cristina Knop

Depto. de Assinaturas:

Cristiane Baduy

assinatura@revistareferencia.com.br

Do nosso jeito

O Brasil está intimamente ligado à madeira. O nome vem de uma

árvore e aqui abrigamos a maior floresta tropical do mundo. Saber

aproveitar essa abundância de recursos é muito importante para valorizarmos

nossa terra, mas também mostrarmos para o mundo nosso

potencial ecológico e também de como sabemos aproveitar nossos

recursos naturais da melhor maneira. Na capa desta edição o leitor

conhecerá a Movelaria Pacajá, que produz peças únicas de madeira

provinda de manejo sustentável, as novidades sobre legislação, cobertura

da FEICON, uma prévia da Formóbile 2022, as informações sobre

uma feira de móveis nacionais que conquistou Nova York, além de uma

entrevista exclusiva com a arquiteta Alessandra Delgado, falando sobre

seu trabalho e a importância da sustentabilidade no design de móveis.

Ótima leitura!

Revista PRODUTOS DE MADEIRA

Rua Maranhão, 502 - Água Verde - 80610-000

Curitiba (PR) - Brasil - Fone/Fax: +55 (41) 3333-1023

www.produtosdemadeira.com.br

assinatura@portalreferencia.com.br

Ligação gratuita: 0800 600 2038

Veículo filiado a:

A Revista Referência PRODUTOS DE MADEIRA é uma publicação bimestral e

independente, dirigida aos construtores, engenheiros, arquitetos, designers,

paisagistas, decoradores e consumidores de produtos de madeira para a construção.

A Revista não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos e colunas

assinadas, por entender serem estes materiais de responsabilidade de seus autores.

A utilização, reprodução, apropriação, armazenamento de banco de dados, sob

qualquer forma ou meio, dos textos, fotos e outras criações intelectuais da Revista

são terminantemente proibidos sem autorização escrita dos titulares dos direitos

autorais, exceto para fins didáticos.


Sinkit

O Sinkit é o conjunto de porta,

batente e guarnição da SINCOL, uma

ideia que veio para facilitar e agilizar o

processo de instalação das portas em

um empreendimento.

Com esse sistema, o instalador

pode realizar o trabalho de forma

rápida, pois os componentes (Portas

e Batentes) já são enviados

entalhados e usinados.

www.sincol.com.br


Sumário

06

10

16 28 34 38

08....... CARTAS & OPINIÕES

10....... CURTAS & NOVIDADES

16 ....... SHOWROOM

28

38

.......

34.......

.......

ENTREVISTA

ALESSANDRA DELGADO

AQUI TEM MADEIRA

VISÃO E PALADAR AGRACIADOS

PRINCIPAL

ESTILO BRASILEIRO


44 48 54 60 66

07

44.......

48

.......

IMPOSTO

LEGISLAÇÃO AJUSTADA

FEIRA

FORMÓBILE 2022

60

.......

EVENTO

FEICON 2022

66....... AGENDA

54.......

DESIGN

MADE IN BRASIL


Cartas

Foto: Felipe Costa

Foto: divulgação

Foto: divulgação

08

Principal

A qualidade dos produtos é

visível já nas imagens. Um

trabalho de alta qualidade

e que deve ser reconhecido

pelo mercado e pelos

clientes.

Entrevista

Como é bom ver que as

grandes empresas dão

valor aos móveis feitos

com madeira. Realmente,

eles são únicos e deixam

os ambientes muito mais

aconchegantes.

Showroom

Essa parte da Revista

PRODUTOS DE MADEIRA é

um sonho. Cada ambiente

desses apresenta detalhes

incríveis e que valorizam

cada centímetro do

espaço.

Paulo Gonçalves

São Bento do Sul (SC)

André Carvalho

São Paulo (SP)

Andreia Gouveia

Betim (MG)

Espaço online


linha standart

A linha Standart é a linha padrão da Dalcomad, composta

pelos revestimentos melamínicos amadeirados que se

assemelham ao natural e o branco tradicional.

O melamínico é um produto sintético ideal para quem

quer economia aliada a sofisticação.

Disponível nas cores:

•Branco

•Curupixá

•Freijó

www.dalcomad.com.br

Rua Angelo Bertoletti, 480 | Bituruna - PR

(42) 3553.1350 | contato@dalcomad.com.br


Curtas & Novidades

Transparência

no comércio

10

A cadeia produtiva da madeira deu passo importante

para maior transparência e controle da origem

dos produtos de sua cadeia produtiva. Na avaliação

da CNI (Confederação Nacional da Indústria)

o lançamento nesta semana dos Painéis Analíticos

da Gestão Madeireira, do IBAMA (Instituto Brasileiro

de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis),

reunirá dados que trarão ganhos no controle

sobre a comercialização de madeira, permitindo

separar o que é de origem legal daquelas oriundas

de desmatamento ilegal.

Os painéis são uma ferramenta de inteligência

de dados que integram as autorizações concedidas

por órgãos ambientais estaduais para supressão

de mata nativa – desmatamento legal – numa única

plataforma. Sua criação é um pleito antigo da

indústria, pelo impacto positivo da disponibilidade

pública de informações sobre transações de produtos

madeireiros industrializados e comercializados

entre o estado produtor e o consumidor.

Para Davi Bomtempo, gerente-executivo de

Meio Ambiente e Sustentabilidade da CNI, a ferramenta

traz mais segurança para o comércio, doméstico

e exterior, principalmente àqueles vindos

da Amazônia, ao permitir que o comprador, seja no

Brasil ou lá fora, consulte a região de procedência

do produto madeireiro. “O impacto positivo potencial

é considerável, uma vez que 10% dos produtos

de madeira brasileiros são destinados a exportação”,

explica Davi.

A CNI avalia que os painéis podem se tornar

um instrumento ainda mais estratégico de controle

da origem dos produtos madeireiros. Para tanto, a

indústria defende que a ferramenta incorpore entre

suas funcionalidades informações de rastreamento

da madeira, de forma que se tenha informação

precisa do local de onde foi extraída e todo o seu

caminho pela cadeia produtiva do setor. Com isso, a

plataforma cumprirá seu papel de forma ainda mais

eficiente ao separar produtos de origem legal daqueles

extraídos pelo desmatamento ilegal.

Foto: divulgação


Curtas & Novidades

Light wood frame

avaliado

A norma técnica para sistema construtivo em wood frame (ABNT NBR

16.936: Edificações em light wood frame) foi enviada para a segunda consulta

nacional em março. A primeira foi realizada em 2021 e recebeu várias sugestões

técnicas, correções e ajustes, o que ocasionou alterações. Com isso, um novo

texto foi redigido e está sendo disponibilizado para nova avaliação.

Com a esperada publicação da norma técnica, será reforçada a disseminação

desse método construtivo industrializado que utiliza produtos de madeira

proveniente especialmente de florestas plantadas. Além disto, é construtivamente

eficiente, sustentável e há décadas vem sendo utilizado em vários países

como os EUA (Estados Unidos da América), Alemanha e nórdicos.

A ABIMCI, como entidade gestora do Comitê Brasileiro de Madeira da ABNT

(CB-31), tem liderado o desenvolvimento dessa e de outras frentes para intensificar

o uso da madeira na construção civil no país e, especificamente nesse

desenvolvimento da norma Wood Frame, organizou todas as agendas para o

processo da elaboração da norma técnica, sempre defendendo a aplicabilidade

dos produtos de madeira processada na norma técnica, dentro da realidade

nacional existente.

Foto: divulgação

12

Exportações

em alta

Foto: divulgação

O ano de 2022 se iniciou com alguns cenários

de incertezas. Algumas dificuldades que já estavam

impactando os negócios, como a pandemia do

novo coronavírus e a crise logística, ganharam o

aporte das imprevisibilidades impostas pela guerra

da Rússia x Ucrânia. Porém, mesmo com todas as

adversidades, alguns segmentos do setor industrial

madeireiro, que são representados pela ABIMCI (Associação

Brasileira da Indústria de Madeira Processada

Mecanicamente), apresentaram neste primeiro

trimestre, comportamento positivo em relação ao

volume exportado, quando comparado com o mesmo

período do ano passado. Dentre alguns dos principais produtos madeireiros embarcados, em comparação com os três primeiros

meses de 2021, a madeira serrada de pinus apresentou boa evolução de 5% no volume embarcado no período, totalizando 710.736

m³ (metros cúbicos). A madeira perfilada de conífera (molduras) alcançou 8% com 41.608.585 m³ e o compensado de pinus cresceu

13% no volume consolidado de embarques, atingindo 608.829 m³.

Paulo Pupo, superintendente da ABIMCI, explica que mesmo diante dos vários desafios enfrentados pelas empresas exportadoras

nesses primeiros três meses de 2022, no que tange a dinâmica das questões mercadológicas e de suprimento internacional nos

principais mercados, foi positivo. “O desempenho das nossas exportações mostrou boa estabilidade e crescimento moderado em

alguns mercados, o que mostra a importância do produto brasileiro no mercado mundial”, avalia Paulo.


Shafts em MDF

Com mais de 12 anos de experiência

no segmento da construção civil, a

Zizal conta com mão de obra especializada

e técnicos treinados e comprometidos

com a qualidade do serviço.

Alta qualidade

no acabamento

Fabricação

e montagem

Shafts

em MDF

Projetos

especiais

Projetos

sob medida

Utilizamos as melhores

marcas em MDF e primamos

pela excelência e eficiência

nos processos de fabricação,

usinagens e ferragens.

/zizal.oficial zizaldistribuidora@gmail.com

(11) 96464 . 1996 | (11) 97999 . 7655 Taboão da Serra - SP


Curtas & Novidades

14

Foto: divulgação

Matéria-prima

certificada

O IPA (Instituto de Pesquisas Ambientais),

vinculado à Secretaria de Infraestrutura e Meio

Ambiente, avançou no desenvolvimento de um protótipo

para fiscalização e identificação das madeiras

mais comercializadas no país. Em uma parceria com

o SINDIMASP (Sindicato de Comércio Atacadista de

Madeira do Estado de São Paulo), IPT (Instituto de

Pesquisas Tecnológicas do estado de São Paulo),

e com interveniência da FUNDEPAG (Fundação de

Desenvolvimento da Pesquisa e do Agronegócio),

foram selecionadas as primeiras espécies da fase

inicial do Programa ID Madeira, que conta com o financiamento da Klabin, por meio de um Acordo de Parceria para Pesquisa,

Desenvolvimento e Inovação. Seis tipos de madeiras serão inseridos inicialmente no aplicativo, que usa um recurso semelhante

ao usado para reconhecimento facial para logar em apps ou desbloquear celular. São eles: Cumaru (Dipteryx spp.), Pau-Marfim

(Balfourodendron riedelianum), Canafistula (Peltophorum dubium), Garapeira (Apuleia leiocarpa), Angelim (Hymenolobium spp.),

Muiracatiara (Astronium lecointei). Existe o planejamento para a inclusão de mais duas espécies, de acordo com o andamento e

disponibilidade de material e tempo: Orelha de Macaco (Enterolobium schomburgkii) e Mandioqueira ou Cambará (Qualea paraensis).

O objetivo do projeto é colocar em operação um sistema capaz de identificar as espécies de madeiras mais comercializadas

no Brasil, a partir de uma prova de conceito, visando apoiar e auxiliar os trabalhos de fiscalização da Polícia Ambiental e as visitas

de técnicos do Programa CADMadeira. Além de engenheiros, arquitetos e outros profissionais que atuam com o material, que poderão

utilizar o aplicativo para saber detalhes da madeira que vão utilizar.

Plataforma

Pau-Brasil

A CNI (Confederação Nacional da Indústria) celebrou o lançamento

recente da PAU-BRASIL (Plataforma de Anuência Única do

Brasil, pelo IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos

Recursos Naturais Renováveis). Fruto de 3 anos de negociações, a

iniciativa cuida do registro de produtos da biodiversidade brasileira

para importação e exportação, principalmente madeira nativa.

Ela integra os sistemas de Licenças CITES (Comércio Internacional

das Espécies da Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção) e

SINAFLOR (Sistema Nacional de Controle da Origem dos Produtos

Florestais), do IBAMA, com o Portal Único de Comércio Exterior

(Siscomex), do Ministério da Economia. Em 2019, a CNI entregou ao

IBAMA a publicação Gestão de Riscos nos Órgãos Anuentes do Comércio

Exterior Brasileiro: uma avaliação da indústria, que apontava

a necessidade de aperfeiçoamento desse processo. Com a melhoria na gestão de riscos de produtos para exportação, o IBAMA

tem mais condições de se integrar ao Programa OEA (Operador Econômico Autorizado), da Receita Federal, que é outro pleito da

CNI. Essa adesão permite que operadores confiáveis do comércio exterior possam contar com celeridade nos seus despachos de

mercadorias. Cerca de 35 mil produtos de madeira nativa são exportados por ano em todo o Brasil. A maior parte deles saem dos

quatro principais portos que ficam nos Estados do Pará, Paraná, Santa Catarina e Amazonas, por onde passam mais de 90% dos

produtos da biodiversidade exportados.

Foto: divulgação


Showroom em Destaque

16

CASA MIGRANTE - JOÃO PANAGGIO

Pode ser na praia, no campo ou em um recanto da cidade. A Casa

Migrante poderia estar em qualquer lugar, mas foi em um dos

cantinhos mais charmosos do nosso jardim que ela nasceu.

Foto: André Nazareth

Informações: www.casacor.com.br/mostras

show room


CASA DOS AROMAS - RAFAEL MIRZA

Aguce seus sentidos ao entrar no espaço projetado por Rafael

Mirza. A combinação de elementos naturais como madeira, pedra e

mármore trazem o estilo rústico e contemporâneo para o ambiente.

Foto: André Nazareth

Informações: www.casacor.com.br/mostras

17

PAVILHÃO 22 - MARIO COSTA SANTOS

No centenário da Semana de Arte Moderna, um pavilhão

com inspiração modernista. A combinação de madeira e

metal entrega um ambiente aconchegante e agradável.

Foto: André Nazareth

Informações: www.casacor.com.br/mostras


Showroom em Destaque

HALL E LAVABO -MANUELA SANTOS E PAULA SCHOLTE

Ambientes ricos e cheios de detalhes projetados por duas jovens artistas

contemporâneas. A estante que ocupa toda a parede do hall preenche

de maneira elegante o espaço, trazendo sofisticação ao cômodo.

Foto: André Nazareth

Informações: www.casacor.com.br/mostras

18

EXPO - CRISTIANA E MARIANA MASCARENHAS

O Expo é o espaço mais informal da mostra. Um ambiente que

traça um paralelo, e homenageia, o vizinho Parque Lage, e seu

conceito de usina de ideias imaginado por Rubem Gerchman.

Foto: André Nazareth

Informações: www.casacor.com.br/mostras


LOJA DA CASA - FERNANDA MEDEIROS

Loja ou casa? Que tal os dois! O décor aposta em tons calmos como

azul e areia e materiais naturais como a madeira do mobiliário e a

pedra que reveste as paredes internas

Foto: André Nazareth

Informações: www.casacor.com.br/mostras

19


Showroom em Destaque

20

RECANTO - ADRIANA ESTEVES

O home-office pode ser um Recanto? Aqui, ele ganha atmosfera

intimista para trabalhar, ler, estudar, pintar ou simplesmente ouvir

uma boa música enquanto coloca as ideias em ordem.

Foto: André Nazareth

Informações: www.casacor.com.br/mostras


MUITO ALÉM DO JARDIM - ANNA LUIZA ROTHIER

O reencontro da matéria-prima com a natureza. A paisagista

destaca o ambiente ao ar leve, tropical e despretensioso,

ideal para receber amigos e aproveitar um dia quente.

Foto: André Nazareth

Informações: www.casacor.com.br/mostras

21

CADÊNCIA - ANNA BEATRIZ FADUL

Uma sala de banho cheia de bossa, dedicada aos momentos

de autocuidado em que nem se sente o tempo passar. Tudo

que um hotel ou SPA podem oferecer no conforto de casa.

Foto: André Nazareth

Informações: www.casacor.com.br/mostras


Showroom em Destaque

22

STUDIO CUBO - JORGE DELMAS

Ideal para organizar seu dia e encontrar paz no meio da correria

cotidiana. O Studio Cubo é elegante, aconchegante e valoriza o

espaço com madeira maciça das peças e iluminação na medida certa.

Foto: André Nazareth

Informações: www.casacor.com.br/mostras


PRODUTOS DE ALTA QUALIDADE E O

COMPROMISSO COM A ENTREGA

Rua Miguel Goetten Sobrinho 313 | Santa Cecília - SC

(49) 3515-1002 | (49) 9 9122-2183 | admin@agilmadeiras.com

www.agilcompensados.com.br


Showroom em Destaque

SPA DECA - DIEGO RAPOSO E MANUELA SIMAS

Os quatro ambientes do SPA DECA foram projetados para cada momento

de cuidado pessoal. A combinação dos elementos naturais nesse

ambiente de relaxamento trazem um ar casual-chic para o espaço.

Foto: André Nazareth

Informações: www.casacor.com.br/mostras

24

SALA DA MÚSICA - TIAGO FREIRE

Música para os ouvidos, beleza para os olhos e aconchego para a alma.

O ambiente projetado por Tiago Freire apresenta elementos quase in

natura com elegância e sofisticação que valorizam o espaço.

Foto: André Nazareth

Informações: www.casacor.com.br/mostras


Qualidade

produto

original


Showroom em Destaque

ESPAÇO PROSA - PAULA NEDER E COLETIVO PN+

Um ambiente leve e confortável, que convida, recebe e abriga. Um

ponto de encontro para múltiplas formas de troca. O mobiliário

prioriza móveis soltos que trazem flexibilidade no uso do espaço,

com destaque para a estante reeditada de Bernardo Figueiredo.

Foto: André Nazareth

Informações: www.casacor.com.br/mostras

26


28

Entrevista


Alessandra Delgado

Amor antigo

Fotos: divulgação

U

ma paixão nascida na faculdade pode ir para muito além

da sala de aula e durar uma vida inteira. É esse o sentimento

que a Alessandra Delgado tem em relação ao design

de móveis. A arquiteta projeta móveis com viés sustentável

e busca inspiração da natureza para poder criar. Com mais de 20

anos de carreira, a arquiteta acredita que sua missão é compartilhar

a experiência do traço apaixonado, do desenho acessível e

da funcionalidade em projetos 100% autorais.

29


Entrevista

30

Como começou a sua carreira no

design de móveis?

Sou arquiteta formada pela FAUUSP

(Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

da Universidade de São Paulo), uma escola

que sempre fomentou a multidisciplinaridade.

Me apaixonei pelo design

de móveis na faculdade e quando me

formei sempre desenhava peças únicas

para complementar os projetos. Estas

peças começaram a chamar a atenção

e comecei assim a ter pedidos para

fazer projetos de móveis como mesas,

estantes, aparadores para os clientes

independente da arquitetura

Qual foi o seu primeiro projeto?

Foi um aparador para a minha primeira

casa, que tenho até hoje no meu

hall de entrada.

Tem algum processo criativo específico?

Possui algum hábito que lhe

ajude nos projetos?

O contato com a natureza é fun-

damental no meu processo. Adoro

esportes ao ar livre e viajar. Observar

a natureza e a arquitetura das cidades

sempre me deu os melhores insights.

Qual a importância da seleção de

matérias-primas para seus projetos?

A matéria-prima adequada é fundamental

para o resultado do projeto,

estética, funcional, comercial e sustentavelmente

também. Quando inicio a

criação de um projeto, em paralelo, a

escolha da matéria-prima é feita para

que ele possa ser desenvolvido da melhor

forma para que a equação correta

dê resultado.

Como foi projetar o troféu da Copa

Verde?

Foi incrível, super desafio! Procurei

criar uma peça com belo design mas

que traduzisse a floresta e tivesse uma

forma interessante para ser erguida na

vitória e também exposta com orgulho

pelo vencedor.

A VALORIZAÇÃO

DO DESIGN

TAMBÉM TEM SIDO

CRESCENTE, AS

PESSOAS EM GERAL

ESTÃO OLHANDO

COM MAIS ATENÇÃO

E VALORIZANDO

PARA A DIFERENÇA

QUE UMA PEÇA BEM

DESENHADA PODE

FAZER


Alessandra Delgado

31

O que te traz realização profissional?

Criar peças que contem histórias e

que estas histórias se somem à vida de

quem escolher uma peça minha. Por

este motivo busco um design atemporal

e de muita leveza e sempre tenho

uma inspiração muito forte por trás de

cada criação. Espero que as criações

atravessem o tempo com personalidade.

Projetar móveis é uma expressão

de arte?

Com certeza, acredito que o design

em toda sua forma de expressão é arte.

Sempre dá preferência para materiais

ecossustentáveis?

No Brasil temos limites muito

grandes de recursos, materiais e componentes

para móveis. Felizmente a

consciência dos fabricantes e consumidores

aumentou bastante, mas ainda

há dificuldade de compra de materiais

certificados por barreiras econômicas

e burocráticas. Procuro sempre que

possível colocar em minhas criações

materiais ecossustentáveis. Mas acho

que tão importante quanto o material

é a consciência sustentável, acredito

em peças que tenham inteligência de

produção sustentável, que não utilizem


Entrevista

32

materiais além do necessário, recursos

e mão de obra, além do necessário.

Essa consciência economiza energia,

água, embalagens, transporte, enfim

toda a cadeia de produção envolvida, o

que é fundamental para podermos dizer

que existe de fato sustentabilidade

no design.

Qual a importância do designer

para a criação de uma cultura de

consumo sustentável?

Buscar usar os recursos de forma

inteligente, criar peças atemporais e

multifuncionais, incentivar o consumo

consciente de produtos tomando

cuidado para não gerar o supérfluo.

Acredito muito nisso. É muito importante

também que o designer fomente

o interesse por matérias alternativas,

criando peças que tenham apelo com

estes recursos. Busco muito usar madeiras

alternativas e divulgar para meu


público estas opções que são pouco

conhecidas no mercado.

Prefere peças únicas ou criar conceitos

que estarão em várias casas

simultaneamente?

Gosto da ideia de disseminar o design,

tornar acessível às pessoas em

geral.

Quais os planos para o futuro?

Espero que a marca Alessandra

Delgado possa ser sinônimo de design

elegante e atemporal que alia conforto,

bem-estar e personalidade para todos

os ambientes. Com isso a cada ano

complemento minhas coleções com

itens que em breve poderão ser solução

para toda a casa.

Tem algum projeto preferido?

A mesa Planalto de 2014 é um projeto

muito querido para mim. Homenagem

à obra de Oscar Niemeyer, ela

traduz referências da minha formação

como arquiteta que sempre foram muito

fortes nas minhas criações.

Como avalia o mercado de móveis

no Brasil?

A pandemia trouxe um olhar diferente

para as pessoas, um cuidado com

a casa, com os ambientes e o conforto

e bem-estar que não existiam desta

forma. Isso beneficiou muito o mercado

mobiliário, houve um crescimento

positivo que acredito que tenha vindo

para ficar. A valorização do design também

tem sido crescente, as pessoas em

geral estão olhando com mais atenção

e valorizando para a diferença que uma

peça bem desenhada pode fazer. Por

outro lado, a economia frágil do nosso

país e o cenário de guerra internacional

geram aumentos de insumos grandes

e frequentes, um desafio para manter

valores de produtos sem aumentos

recorrentes.

33


Aqui tem Madeira

34

VISÃO

E PALADAR

AGRACIADOS

Fotos: divulgação


RESTAURANTE COMBINA

ARQUITETURA MODERNISTA

COM MÓVEIS DE MADEIRA

PARA CRIAR AMBIENTE

ACONCHEGANTE

35

C

onstruída na década de 50 e localizada

no coração de Curitiba

(PR), a Residência Belotti foi

projetada por Ayrton Lolô Cornelsen e

construída com o que era mais moderno

e ousado para a época. O arquiteto

uniu o estilo modernista com madeiras

de alta qualidade para criar um ambiente

único, e que, em meio a toda criatividade

do engenheiro, deveria ser a

residência da família Belotti. O desenho

único e além de seu tempo é estudado

até hoje nos principais cursos de arquitetura

da cidade.

Atualmente a casa é o lar da Marbô

Gastronomia, restaurante do chef

Marcos Bertolozo. O local foi escolhido

após uma reforma e restauração que

aconteceu em 2012 e depois de mais

alguns ajustes, há 7 anos se tornou o

endereço da Marbô. “Desde o primeiro

momento gostamos da combinação

de madeira, alvenaria e metal utilizada

na casa, que era cheio de charme”,

orgulha-se Marcos.

O chefe comenta que a escolha da

madeira para a mobília nova foi feita

para combinar com o que a casa já


Aqui tem Madeira

36

tinha, como o piso quase 100% original,

se adequando com a proposta de cada

um dos ambientes da casa. “Tudo foi

pensado para gerar a melhor experiência

do nosso cliente, seja para a parte

de padaria, bistrô ou restaurante”, descreve

Marcos.

A combinação das cores, materiais

e plantas fazem da Marbô um

restaurante único. “A ideia é gerar um

ambiente aconchegante e agradável

para os clientes”, aponta Marcos. O

chef comenta que a funcionalidade foi

uma das suas exigências para o arquiteto

que projetou os móveis e por isso,

alguns móveis da casa foram os primeiros

de seus tipos, mas depois chegaram

à outros restaurantes. “Algo que percebia,

é que muitos clientes deixavam

bolsas sobre as cadeiras e por isso, os

móveis têm suportes integrados para

esse fim”, justifica Marcos.

Para preservar o piso com mais de

70 anos, as cadeiras também tiveram

seus pés projetados para evitar danos

ou desgaste. “Nas cadeiras foram colocadas

uma meia de borracha, que diminuem

barulho e não danificam o chão”,

explica Marcos. Para garantir que o

ambiente ficaria de acordo com o que o

chef buscava, o arquiteto Miguel Feres

foi o escolhido para projetar móveis e

muitos detalhes do ambiente.

Miguel projeta todos os seus móveis

e peças e trabalha com madeira

maciça, diferencial que chamou atenção

de Marcos Bortolozo desde o primeiro

contato com o trabalho do arquiteto.

Ainda contou com a coincidência

do estúdio do arquiteto estar a poucas

quadras de distância de onde está localizada

a Marbô, facilitando processos e

acesso ao projetista.

Para Miguel, o projeto da Marbô

precisava atingir um objetivo claro e

ainda tinha o desafio de trabalhar numa

casa que é referência de arquitetura.

“Precisava priorizar a interação com

o espaço e o imóvel , gerando modernidade,

mas sempre respeitando e

valorizando a ideia do cliente”, salienta

Miguel.

Para o arquiteto, que utiliza madeira

em 60% de suas peças, essa matéria-

-prima oferece algo especial para os

projetos. Segundo o arquiteto, a madeira

sugere calor, conforto e arte, e por


meio dela se torna possível estas sensações

desde que haja um equilíbrio entre

a matéria-prima e o desenho. “Com

muito cuidado e ponderação a madeira

potencializa o meu produto e o deixa

mais amigável e atrativo aos olhos do

consumidor final”, detalha Miguel.

O arquiteto ainda fala sobre a

combinação de madeira com outros

elementos em suas criações. “A madeira

transmite muito calor e informação,

a interação com metal, tecido, palha,

couro e muitos outros e intermináveis

itens acaba gerando o equilíbrio que é

fundamental para o resultado positivo

em um produto que se destina a estar

apto a ser comercializado com sucesso”,

completa Miguel.

TUDO FOI PENSADO

PARA GERAR A MELHOR

EXPERIÊNCIA DO

NOSSO CLIENTE, SEJA

PARA A PARTE DE

PADARIA, BISTRÔ OU

RESTAURANTE

37

Para quem quiser conhecer a casa, a

Marbô Gastronomia está localizada

na Rua Dr. Faivre, 621, no Centro de

Curitiba (PR) e abre de quarta-feira a

domingo, das 11h30 às 16h.


Principal

Estilo

BRASILEIRO

Fotos: divulgação

PEÇAS EXCLUSIVAS

ASSINADAS PELAS

MÃOS DA NATUREZA

38

N

o município de Portel, na Ilha

do Marajó, estado do Pará,

a Fazenda Pacajá ABC Norte

é guardiã de mais de 145 mil ha (hectares)

de floresta Amazônica nativa.

É por meio do conjunto entre bioma,

clima e tempo, que a natureza esculpe

verdadeiras obras de arte que moldam

os grãs nas madeiras e servem de matéria-prima

para a Movelaria Pacajá produzir

itens e móveis com originalidade,

exclusividade e durabilidade.

Na Movelaria Pacajá uma peça

nunca será igual a outra. A criatividade

na produção e execução do design

aliada aos traços naturais da madeira,

permitem o encaixe perfeito das peças

ao ambiente que irão fazer parte. Com

design orgânico, todos os produtos são

estampados pelas linhas da natureza e


39


Principal

carregam consigo a história da floresta.

A originação da madeira é feita por

meio de manejo florestal sustentável,

com certificado PEFC/CERFLOR e habilitado

por todas as autoridades competentes

incentivando o uso racional

e sustentável dos recursos naturais da

Amazônia, respeitando o ecossistema

e garantindo que a floresta continue

de pé.

Participam do processo de manejo

florestal sustentável mais de 32 espécies

de árvores que são carregadas

de história e valor existencial. É dos

resíduos desta atividade que nascem

produtos com origem, procedência e

respeito ao meio ambiente. Tais resíduos

anteriormente eram descartados, e

agora viram artigos de uma movelaria

sustentável que garante a proteção

da Amazônia e potenciais ganhos na

melhoria de vida da comunidade local.

Quem possui uma peça da Movelaria

Pacajá é também um incentivador da

manutenção da floresta amazônica e

dos povos que vivem nela.

A confecção de mesas, bancos,

bandejas, tábuas e muito mais, carrega

consigo transformação social, responsabilidade

ambiental e comprometimento

com o futuro.

Em seu portfólio, a Movelaria Pacajá

conta com itens a pronta entrega

e atesta a possibilidade de personalização

de peças de acordo com a demanda.

Além de serem assinadas pelas

mãos da natureza, os artigos contaram

com a intervenção de grandes designers

brasileiros produzindo coleções

exclusivas. A expectativa para 2022 é

do aceite da proposta de novos profissionais

para produção de coletâneas

QUEM POSSUI UMA

PEÇA DA MOVELARIA

PACAJÁ É TAMBÉM

UM INCENTIVADOR

DA MANUTENÇÃO

DA FLORESTA

AMAZÔNICA E DOS

POVOS QUE VIVEM

NELA

40


41

temáticas a serem comercializadas e

enviadas para todas as regiões do país.

“Temos a procura de arquitetos de diversos

lugares do Brasil que encontram

na nossa atuação a possibilidade de

entregar aos seus clientes peças sofisticadas

que permitem ser lapidadas

e desenvolvidas on demand para adequar-se

ao ambiente que irão ocupar.

Essa autonomia no processo criativo de

produção é um diferencial que agrega

exclusividade com história”, enaltece

Luciana di Paula, Executiva de Florestas

da Fazenda Pacajá ABC Norte. A logística

projetada permite envio para todo

o território brasileiro com segurança,

garantia de entrega em tempo hábil e

condições acessíveis.

VIVER A

AMAZÔNIA

SIGNIFICA

TAMBÉM

CONTRIBUIR PARA

QUE OS POVOS

DA FLORESTA SE

DESENVOLVAM

ATITUDES QUE CONTRIBUEM

PARA UMA AMAZÔNIA VIVA

No coração da floresta amazônica,

a Fazenda Pacajá ABC Norte, berço

da Movelaria Pacajá, segue há anos

desenvolvendo atividades de manejo

florestal sustentável. Além disso,

sua atuação incentiva e desenvolve

serviços ecossistêmicos disponíveis

para o mercado como a certificação

de créditos de carbono e o turismo de

experiência, provendo a integração das

pessoas às práticas de sustentabilidade

na Amazônia. Recentemente ganhou a

Certificação Onça Pintada, que comprova

a preservação da fauna e o respeito

pela floresta erguida.

Viver a Amazônia significa também

contribuir para que os povos da floresta

se desenvolvam. Por meio de ações

de incentivo ao empreendedorismo local,

realização de ações sociais educati-


Principal

vas e de fomento econômico na região,

busca-se aliar a preservação e uso sustentável

da floresta nativa garantindo

que as comunidades locais vivam dos

recursos naturais de forma consciente

e perene.

Junto a mais de cinco comunidades

existentes na região são realizados

programas em benefício à população,

dentre os quais encontram-se: piscicultura,

avicultura, sistema agroflorestal,

incentivo ao plantio de mudas de espécies

nativas e alfabetização de associados.

Destaque para a inauguração da

“Biblioteca na Floresta”, com mais de

mil livros disponíveis à população com

agenda de atividades fixas regulares

para as crianças. Sebastião Ferreira,

morador da Comunidade Boa Vista,

participa dos projetos desenvolvidos

42


43

e compreende o quanto é importante

ter uma relação mais sustentável com

a floresta para mantê-la viva para as

próximas gerações. “Muitas vezes não

tínhamos o que comer. Hoje produzimos

frango e ovos. Acredito que a gente

vai mudar de situação com ajuda da

empresa, porque só assim, com a população

daqui unida e fortalecida vamos

crescer e ter resistência para deixarmos

de mexer em nossa floresta, que é tão

importante”, afirma Sebastião.

Estar inserida nesta grande rede de

fomento ao desenvolvimento econômico

e social torna o papel da Movelaria

Pacajá fundamental para realizar hoje o

melhor para as próximas gerações.

Os leitores podem conhecer um

pouco mais sobre o que é manejo

florestal sustentável e o método de

produção verde da Movelaria Pacajá

acompanhando as redes sociais @pacajamoveis

e @florestapacaja.

A Movelaria Pacajá é uma iniciativa

da ABC Norte, empresa de produtos

ambientais e ecossistêmicos. “Se você

deseja ter peças com beleza e propósito,

que impactem positivamente no

ecossistema da Amazônia e garantam

riqueza, proteção e manutenção dos

recursos naturais e de mão-de-obra

local, então as peças personalizadas ou

já disponíveis de pronta entrega da Movelaria

Pacajá são para você.”

Conecte-se com a Amazônia junto

com a Pacajá agora mesmo.


Imposto

LEGISLAÇÃO

44

AJUSTADA


45

GOVERNO FEDERAL PUBLICOU DECRETO

QUE ADEQUA OFICIALMENTE A TABELA DE

INCIDÊNCIA DO IMPOSTO SOBRE PRODUTOS

INDUSTRIALIZADOS

Fotos: divulgação


Imposto

A

pós pressão do setor produtivo,

o Governo Federal publicou

em abril um novo decreto

que adequa oficialmente a Tabela de

Incidência do Imposto sobre Produtos

Industrializados – TIPI/2022, promovendo,

dessa forma, “a manutenção

da redução geral da alíquota do IPI de

25% para a maioria dos produtos”, já a

partir do mês de maio.

Segundo informações do governo,

a medida publicada busca a adequação

das alíquotas da tabela para este ano,

em relação ao que estava estabelecido

em decreto de 2017. A ação visa esclarecer

as dúvidas em relação aos sucessivos

decretos anunciados nos últimos

meses, que geraram certa confusão

no mercado, confirmando as alíquotas

minoradas sobre o IPI.

46


POR SE TRATAR

DE TRIBUTO

EXTRAFISCAL,

DE NATUREZA

REGULATÓRIA,

É DISPENSADA A

APRESENTAÇÃO

DE MEDIDAS DE

COMPENSAÇÃO,

COMO AUTORIZADO

PELA LEI DE

RESPONSABILIDADE

FISCAL

O governo justificou a redução com

o argumento de que a medida tem por

objetivo estimular a economia, afetada

pela pandemia de covid-19, para auxiliar

na recuperação econômica do país.

Ainda de acordo com o governo,

as mudanças representam uma diminuição

da carga tributária de R$ 19,5

bilhões para o ano de 2022. Nos anos

seguintes, a estimativa de redução será

de R$ 20,9 bilhões para o ano de 2023 e

R$ 22,5 bilhões para o ano de 2024.

A medida abarca quase todos os

produtos industrializados, incluindo o

mobiliário e demais itens importantes

para a cadeia moveleira, tais quais

painéis de madeira e laminados, que

têm a alíquota fixada, agora, em 3,75%

(antes era de 5%). Automóveis também

serão beneficiados pela redução, ainda

que para alguns tipos o recuo da alíquota

foi um pouco menor, de 18,5%.

Produtos como o cigarro não tiveram

redução.

O corte de 25% sobre o IPI foi anunciado

em fevereiro deste ano, sendo

atualizado por meio de novo decreto

no início do mês de abril. Dessa forma,

as empresas moveleiras já vinham

faturando com IPI reduzido. Agora, o

governo anuncia medida definitiva da

Tabela de Incidência do Imposto sobre

Produtos Industrializados.

“Por se tratar de tributo extrafiscal,

de natureza regulatória, é dispensada

a apresentação de medidas de compensação,

como autorizado pela Lei

de Responsabilidade Fiscal”, informou

a Secretaria Geral da Presidência da

República.

(51) 98226.3939 @wooding.life


Através de projetos contemporâneos, que fazem

uso de madeira reflorestada aplicada em um

sistema construtivo leve, buscamos o máximo

conforto e o mínimo de impacto ambiental.

Conforto Inovação Sustentabilidade Agilidade Resistência


Feira

48

FORMÓBILE

2022

DEPOIS DE UM HIATO CAUSADO PELA PANDEMIA, FEIRA

VOLTA COM FORÇA TOTAL PARA A EDIÇÃO DE 2022

Fotos: Pepe Guimarães


49


Feira

A

Formóbile está de volta. Após

ter a sua realização cancelada

em 2020 por efeito da pandemia,

o principal evento do setor na

América Latina é destinado à empresas

e profissionais nacionais e internacionais

envolvidos na cadeia moveleira.

Os grandes destaques da feira estão

na alta qualidade de seus expositores e

por englobar todas as etapas de produção

de móveis.

Tatiano Segalin, organizador do

evento, comenta que todos estão muito

animados para este retorno, pois os

resultados da última edição já foram

muito expressivos e devem crescer

para essa edição. “As expectativas

estão no céu para fazer essa edição

da feira ser a maior já feita”, celebra

Tatiano. Segundo o organizador, essa

empolgação se deve aos primeiros

eventos já realizados neste ano. “Estivemos

presente em outras feiras e vimos

como o setor está interessado em

voltar a se encontrar pessoalmente”,

completa Tatiano.

Para entendermos como os objetivos

são ambiciosos, precisamos olhar

para os números de 2018. Na última

edição, a Formóbile recebeu mais de 59

mil visitantes, contou com a presença

de 500 marcas e mais de 70h (horas)

de conteúdos apresentados para os

participantes. Entre os expositores

“AS EXPECTATIVAS

ESTÃO NO CÉU

PARA FAZER ESSA

EDIÇÃO DA FEIRA

SER A MAIOR JÁ

FEITA”

TATIANO SEGALIN -

ORGANIZADOR DA FORMÓBILE

50


51

estavam empresas de máquinas e equipamentos,

insumos e matérias-primas,

ferragens, componentes e fabricantes

de materiais para estofados e colchões.

Entre o público visitante estavam representados

fábricas de móveis, marceneiros

de grande e pequeno porte,

madeireiros, designers e arquitetos.

Essa combinação é perfeita para que

grandes negócios sejam realizados.

Segundo informações da organização,

57,4% do público da feira veio da

região sudeste do país, seguida pela

região sul com quase 28,3% dos presentes.

Norte, nordeste e centro-oeste

tiveram, respectivamente, 2,6%, 8,2%

e 3,5% do público. Além dos visitantes

brasileiros, representantes de 32 países

estiveram presentes na feira em 2018. A

grande maioria era da América Latina.

Destes visitantes, quase 60% eram

dos ramos de fabricação de móveis de

linha ou marceneiros. Outra fatia importante

das visitas, superando 35% dos

presentes eram empresas madeireiras,

arquitetos, designers e revendedores.

A informação mais importante está nos

cargos destes representantes: mais da

metade dos presentes são formados

por diretores, proprietários ou presidentes

de suas empresas e 20% gerentes

ou coordenadores. Essa qualidade

de público é um dos maiores diferenciais

da Formóbile.


Feira

ESPAÇO MADEIRA

A essência da Formóbile são os

móveis, que tem como matéria-prima

a madeira e desde a edição de 2018,

ela recebe atenção especial durante a

feira. O Espaço Madeira nasceu através

da parceira entre a Formóbile, a

ABIMCI (Associação da Indústria de

Madeira Processada Mecanicamente)

e a Revista REFERÊNCIA. Nesta área

da feira estão presentes expositores

de fornecimento de madeira maciça e

produtos relacionados que compõem o

setor moveleiro.

Esse ambiente exclusivo e dedicado

à madeira trouxe a oportunidade

de criação de networking direto entre

produtores e fabricantes de móveis,

trocas de experiências e acesso ao que

há de mais novo nessas duas pontas da

indústria de base florestal. Neste ano,

o Espaço Madeira será maior do que na

edição de 2018 e além dos produtos e

equipamentos para o setor de madeira

maciça, será possível encontrar produtores

voltados para a construção civil.

Fábio Machado, diretor comercial

da Revista REFERÊNCIA, destaca a

52


53

QUANDO

RECEBEMOS O

CONVITE PARA ESSE

ESPAÇO, VIMOS O

QUÃO IMPORTANTE

É TRAZER PARA

DENTRO DA

FEIRA TODOS OS

PARTICIPANTES DA

CADEIA PRODUTIVA

DA MADEIRA

importância de colocar frente a frente

quem produz e quem beneficia a

madeira. “Quando recebemos o convite

para esse espaço, vimos o quão

importante é trazer para dentro da

feira todos os participantes da cadeia

produtiva da madeira”, ressalta Fábio.

O diretor lamentou que a pandemia

tenha espaçado o período entre a última

feira e esta edição, mas vê com

bons olhos essa retomada. “Podemos

recomeçar a fomentar o mercado da

madeira na cidade de São Paulo e fazer

com que a Formóbile se torne uma

feira ainda maior e que englobe todos

os processos da indústria da madeira,

que vai do beneficiamento primário até

a produção dos móveis e acessórios ”,

aponta Fábio.

Tatiano Segalin também demonstra

grande expectativa sobre o espaço

que retorna junto com a feira. Para o

organizador do evento, é um espaço

de grande valor e que vai engrandecer

ainda mais o evento. “Queremos valorizar

a madeira nacional e fazer dela

uma protagonista do evento”, almeja

Tatiano.

FÁBIO MACHADO - DIRETOR

COMERCIAL DA REVISTA REFERÊNCIA


54

Design


Made in

55

EXPOSIÇÃO DE MÓVEIS

BRASILEIROS É DESTAQUE

EM NOVA YORK

Fotos: divulgação


Design

E

xpondo o melhor dos produtos

brasileiros com alto design, qualidade,

sustentabilidade e inovação,

tendo como objetivo aproximar

empresários brasileiros nos setores da

Casa & Construção, incluindo o mobiliário,

de potenciais compradores na

América do Norte e na América Central,

a mostra CASA BRASIL Nova York 2022

abrir suas portas em maio, nos EUA (Estados

Unidos da América).

Para o evento, com duração de 14

dias, foram inscritas 63 empresas brasileiras

exportadoras intermediárias,

experientes ou internacionalizadas,

rodas com produtos habilitados para

exportação para estes mercados-alvos,

com especial atenção aos EUA, e que

tenham uma estratégia de longo prazo

para expansão de suas atividades no

comércio exterior.

São empresas de móveis, iluminação,

revestimentos cerâmicos, rochas

ornamentais, plástico, arte contemporânea,

artesanato, design e artigos de

decoração. Ao todo, foram 144 produtos

expostos em formato de mostra,

sob curadoria de Natasha Schlobach.

Tendo como tema o conceito: Brasil

in Natura, terra adentro; o espaço

congregou o que há de mais criativo,

sustentável, original e único na indús-

56


57

NA ETAPA ATUAL,

CONTA COM A

PARTICIPAÇÃO

DE CERCA DE

160 EMPRESAS

COM AÇÕES QUE

SE BASEIAM NO

TRIPÉ DESIGN,

SUSTENTABILIDADE

E COMPETITIVIDADE

tria e no design brasileiro voltado ao

lar. A exposição apresentou peças que

uniram o melhor do industrial e do feito

à mão, conectando princípios e materiais

naturais, técnicas artesanais e alta

tecnologia produtiva que culminaram

na concepção de peças funcionais, ambientalmente

adequadas, esteticamente

atrativas e que contaram das mais

variadas formas.

COM A CARA DO BRASIL

Atuando para promover os produtos

e serviços brasileiros no exterior

e atrair investimentos estrangeiros

para setores estratégicos da economia

brasileira, a ApexBrasil (Agência Brasileira

de Promoção de Exportações e

Investimentos), realizadora da ação,

apoia em torno de 15 mil empresas em

80 setores da economia brasileira, que

exportam para cerca de 230 mercados.

No setor de Casa & Construção,

destaca-se o Projeto Setorial Brazilian

Furniture, desenvolvido em conjunto

com a ABIMÓVEL (Associação Brasileira

das Indústrias do Mobiliário), que foi

firmado pela primeira vez em 2007.

O projeto visa incrementar a competitividade

da indústria brasileira de

móveis no mercado internacional, por

meio de um conjunto de ações estratégicas

de internacionalização, respondendo

atualmente por 43% do total

exportado pelo setor moveleiro no Brasil.

Na etapa atual, conta com a partici-


Design

pação de cerca de 160 empresas com

ações que se baseiam no tripé design,

sustentabilidade e competitividade.

Acumulando bons resultados, o

Brazilian Furniture é hoje considerado

referência entre o conjunto de Projetos

Setoriais da ApexBrasil. Na CASA

BRASIL Nova York 2022, o projeto foi

representado por 16 fabricantes de móveis

e 21 designers / estúdios de design

brasileiros. O espaço também sediou

rodadas de negócios entre 23 empresas

brasileiras e dezenas de compradores

internacionais dos mercados-alvos da

ação, por meio de missão comercial.

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO

A CASA BRASIL Nova York 2022

contou com uma estrutura robusta e

diversificada, tanto para receber visitantes

quanto para a realização de diferentes

atividades, incluindo as rodadas

de negócios, ações de relacionamento

com a imprensa, palestras e seminários

técnicos, bem como, a promoção da

arte e da gastronomia brasileira.

No coquetel oficial de abertura do

espaço contou com a presença das

equipes da ApexBrasil e da ABIMÓVEL,

compradores internacionais, representantes

das demais entidades, indús-

58


trias e designers brasileiros, além de

autoridades diplomáticas, tais como:

a Embaixadora Maria Nazareth Farani

Azevêdo, Cônsul-Geral do Brasil, em

Nova York; Lucas Fiuza, Diretor de Negócios

da ApexBrasil; e Leonardo Enge,

Cônsul-Geral Adjunto, Chefe do Setor

de Promoção Comercial.

A CASA BRASIL Nova York 2022 é

realizada pela ApexBrasil, em parceria

com o Ministério das Relações Exteriores,

o Consulado do Brasil em Nova

York e importantes entidades setoriais

ligadas à casa, à decoração e à construção:

ABIMÓVEL, ABILUX (Associação

Brasileira da Indústria de Iluminação),

ANFACER (Associação Nacional dos

Fabricantes de Cerâmica para Revestimentos,

Louças Sanitárias e Congêneres);

e CENTROROCHAS (Centro

Brasileiro dos Exportadores de Rochas

Ornamentais).

59

TENDO COMO TEMA O CONCEITO:

BRASIL IN NATURA, TERRA

ADENTRO; O ESPAÇO CONGREGA

E CELEBRA O QUE HÁ DE MAIS

CRIATIVO, SUSTENTÁVEL,

ORIGINAL E ÚNICO NA INDÚSTRIA

E NO DESIGN BRASILEIRO

VOLTADO AO LAR


Evento

60

Feicon

2022

COM MAIS DE 80 MIL VISITANTES, O MAIOR EVENTO

DA AMÉRICA LATINA DO SETOR DESTACOU AS

TRANSFORMAÇÕES QUE ESTÃO REMODELANDO O

MERCADO E AS TENDÊNCIAS PARA OS PRÓXIMOS ANOS

Fotos: divulgação


V

arejistas, atacadistas e distribuidores

de materiais de construção,

engenheiros, construtores,

arquitetos e demais profissionais

da construção civil puderam conferir

as transformações que estão modernizando

toda a cadeia construtiva na

FEICON, que conectou especialistas,

empresas e soluções para promover

uma jornada completa de negócios,

relacionamento e atualização.

Realizada no final de março, no pavilhão

do São Paulo Expo, a XXVI edição

da feira abriu o calendário dos eventos

de negócios do setor no Brasil, com

grande adesão do público e interesse

do mercado nas oportunidades apresentadas,

que possibilitarão projetos

cada vez mais eficientes, sustentáveis e

econômicos.

Segundo a organização, o evento

recebeu mais de 80 mil visitantes, que

puderam acompanhar as novidades exibidas

por mais de 700 marcas e participar

de experiências que contemplavam

diversos temas da cadeia da construção

e revenda de materiais. A programação

de mais de 45h (horas) de conteúdo,

contou com palestras de 88 speakers,

incluindo especialistas, pesquisadores,

gestores e representantes de grandes

players do setor.

61

ABRILAR

A Abrilar, especializada em portas,

patentes e guarnições, levou para feira

o seu carro-chefe: o kit-porta branco

UV. Este produto se destaca pela praticidade

de instalação, painel de madeira

sólida,MDP de baixa densidade e está

disponível em cinco opções diferentes

de design. Marcondes Rocha, gerente

de vendas da Abrilar, destaca a importância

comercial de estar presente na

FEICON, que trouxe bons resultados

para a empresa. “Foi ótimo para o fortalecimento

da marca e para prospectarmos

novos clientes que vinham até

nosso stand conhecer nossos produtos.

Além disso, encontramos nossos clientes

antigos e pudemos reforçar nossas

parcerias”, ressalta Marcondes.


Evento

CIACOLLOR

A Ciacollor, apostou em tintas

especiais para o setor de móveis e

decoração expôs na FEICON. As linhas

mobiliária e mobiliária decorativa, com

efeitos especiais de acabamento foram

escolhidas como o grande destaque

no stand da empresa. Ana Paula Coelho,

gestora operacional da Ciacollor,

valoriza as oportunidades comerciais

geradas pela visibilidade da feira. “Em

apenas três dias fechamos muitos negócios

e pudemos estar em contato

com novos clientes, parceiros antigos e

receber muitos pintores, profissionais

que trabalham diretamente com nossos

produtos e são tão importantes na

cadeia da tinta”, enalteceu Ana.

62

MANOEL MARCHETTI

A tradicional empresa catarinense

marcou presença na FEICON 2022. Para

a feira a empresa levou vários modelos

de portas de madeira, com destaque

para o modelo Álamo. A linha é a mais

importante para a empresa e um dos

modelos mais conhecidos do mercado

nacional. Roberto Nejm, diretor comercial

da Manoel Marchetti, comenta que

a feira é um local estratégico para negócios

e valorização da marca. “Nossos

clientes-alvo dentro do mercado nacional

estão aqui e vemos nele uma ótima

vitrine de negócios, pela visibilidade e

por manter nossa marca em evidência

na maior feira do setor na América Latina”,

destacou Roberto.

GRAN CASA

A Gran Casa levou para a FEICON

uma linha especial de acabamentos

para portas. Apresentando novidades

e produtos pouco vistos no país, a Gran

Casa tem como objetivo proporcionar

mudanças positivas para um ambiente,

através de tecnologia e design. Arlei

Rigon, gerente comercial da Gran Casa,

destacou os produtos importados

da Itália que a empresa levou para a

FEICON. “Quem visitou nosso espaço

pode conferir linhas de fechaduras

magnéticas, veda portas dos modelos

sobrepor e imbutir, dobradiças invisíveis

3D e frisos de decoração para portas

em madeira ou alumínio”, descreve

Arlei.


CONCREM WOOD

A Concrem Wood, esteve presente

na feira com a sua linha premium

de portas expondo produtos de alto

padrão de acabamento e facilidade de

instalação. A empresa foi capa da edição

da revista REFERÊNCIA Produtos

de Madeira, que circulou na FEICON.

Janderson Almeida, diretor de revenda

da Concrem Wood, exaltou a importância

da feira. “Trouxemos para a feira as

portas Lacca Touch, que é um sucesso

desde seu lançamento e conta com um

revestimento especial, mais suave ao

toque que foi desenvolvido utilizando

as melhores propriedades do CPL, PVC

e Finish Foil”, destacou Janderson.

VERT

A Vert deu grande destaque em

seu stand para as portas prontas oferecidas

pela empresa. Segundo Hilario

Sonnenstrahl, gerente comercial da

Vert, são portas muito procuradas por

construtoras, com acabamento de alto

padrão e alta resistência mecânica,

que conseguem aliar isso à sustentabilidade,

pois as portas são feitas com

madeira de reflorestamento da própria

Vert. “Nossos produtos estão nos grandes

players do setor, estão sendo muito

bem aceitos e o grande volume de

visitas em nosso stand mostrou isso”,

valorizou Hilario.

63

RODINATO

Em sua terceira participação na FEI-

CON, a Rodinato foi com o objetivo de

diversificar seu mercado. Cicero Paiva,

gerente comercial da Rodinato, aponta

que a feira gera grandes oportunidades

de negócios devido a divulgação

de produtos e grande circulação de

clientes e possíveis clientes. “Para essa

feira trouxemos o Kit Master Top, que

representa toda a qualidade da Rodinato,

seja na qualidade do produto, nos

detalhes de acabamento ou no design

que dá um ar luxuoso para o ambiente”,

explicou Cícero.


Evento

MELHORES MOMENTOS

64


SUA REVISTA

DO SETOR!

INFORMAÇÃO

A ALMA DO NEGÓCIO!

LIGUE AGORA PARA NOSSA

CENTRAL DE ATENDIMENTO

0800 600 2038

Pagamento nos Cartões de Crédito em até 3X sem juros


Agenda

Junho 2022

XXXV FEISTOCK

Data: 09 a 12

Local: São Bento do Sul (SC)

Informações: www.feistock.com.br/

A Feistock caracteriza-se por ser uma feira diferenciada, apresentando móveis de design

de alta qualidade e fabricantes com padrão mundial de atendimento. Direcionada ao lojista

e ao consumidor final, tem trazido resultados importantes aos expositores, com alto

índice de participação e satisfação. O público alvo é o consumidor final, sendo formado

por todas as classes. Além deste, temos buscado fortemente a atuação de lojistas e profissionais

do setor moveleiro. Entre eles, decoradores, arquitetos e design de interiores.

A expectativa é atingir nosso público médio de 30 mil pessoas por edição.

SALÃO DE GRAMADO

Data: 20 a 23

Local: Gramado (RS)

Informações: www.salaodegramado.com.br/

O Salão de Gramado é uma feira que se qualifica ano após ano, trazendo empresários,

donos de loja, fabricantes, designers, arquitetos e decoradores focados em realizar bons

negócios, entregando expressivos resultados e firmando grandes parcerias. As ações

para a próxima edição já começaram com a confirmação de presença de diversos expositores,

e com as parcerias firmadas entre o Salão e empresas do ramo da gastronomia

e do entretenimento para oferecer uma estrutura e experiências ainda mais completas

a quem vier nos encontrar. Mais um ano de muita tendência e bons negócios nos pavilhões

do Serra Park.

Julho 2022

FORMÓBILE 2022

Data: 5 a 8

Local: São Paulo (SP)

Informações: www.formobile.com.br/pt/home.html

66

A ForMóbile (Feira Internacional da Indústria de Móveis e Madeira) é um evento consagrado

e referência, destinado aos profissionais e empresas do setor moveleiro de toda a

cadeia: marceneiros, arquitetos, designers e indústrias. Nesta edição haverá a adoção de

um novo modelo de negócios, trazendo o evento de forma híbrida: digital e presencial simultaneamente.

O evento acontecerá presencialmente no pavilhão São Paulo Expo e de

forma digital na plataforma ForMóbile Xperience, com muitas ações digitais, conteúdos,

networking e negócios em ambiente 100% online e gratuito.

FEIRA ABIMAD

Data: 19 a 22

Local: São Paulo (SP)

Informações: www.abimad.com.br/

A Feira ABIMAD (Associação Brasileira das Indústrias de Móveis de Alta Decoração ) volta

em 2022 para o espaço onde tudo começou, as feiras acontecem no SP Expo, um dos

maiores e mais modernos pavilhões de exposições do Brasil. Na feira, que tem entrada

gratuita para lojistas de móveis e objetos de decoração, arquitetos, designers, decoradores

e imprensa, os visitantes terão acesso a centenas de stands com as mais variadas

opções de decoração e móveis para a sua casa.

Setembro 2022

LIGNUM 2022

Data: 14 A 16

Local: Curitiba (PR)

Informações: www.lignumlatinamerica.com

A feira dedicada às empresas da cadeira produtiva da madeira em toda a América Latina

chega à sua 4ª edição. Nela os profissionais do segmento industrial madeireiro e florestal

encontram novidades, tecnologia e soluções produtivas para a transformação, beneficiamento,

preservação, energia, biomassa, uso da madeira e manejo florestal. A Semana

Internacional da Madeira também conta com eventos técnicos florestal e da indústria

da madeira. A Lignum Latin America é o principal evento da Semana Internacional da

Madeira, que reúne além da feira 2 eventos técnicos: O 3º Woodtrade Brazil, o 3º Encontro

Brasileiro de Biomassa e Energia da Madeira, 2º ProWood, GIS Forest e Floresta 4.0,

que têm como propósito proporcionar aos participantes a melhor atualização sobre o

mercado madeireiro e de proteção de madeiras. A realização dos eventos, durante a terceira

Semana Internacional da Madeira, proporciona uma verdadeira integração do setor

industrial madeireiro.


E D I Ç Ã O

VEM AÍ!

A N O S

PATROCINADORES:

ASSOCIAÇÃO DO COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE

MADEIRAS E DERIVADOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

SERRAS E FACAS INDUSTRIAIS

www

revistareferencia.com.br

comercial@revistareferencia.com.br


Com madeira reflorestada, os

produtos ConcremWood, passam

por uma supervisão rigorosa,

seguindo altos padrões de

qualidade.

a t e n d i m ent o @ c o n c r e m w ood. c o m .br

+ 5 5 (94) 98114 - 2 0 2 0 + 5 5 (9 1) 9 9 161 - 0 7 0 7

Br 010, km 31 - Dom Eliseu | Pará

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!