29.06.2022 Views

HORAH 33 - Julho 22

You also want an ePaper? Increase the reach of your titles

YUMPU automatically turns print PDFs into web optimized ePapers that Google loves.

Boletim de Divulgação do SINTTEL-PI - N.º 33, 28 de junho de 2022

O SINTTEL-PI possui diversos

convênios que possibilitam

descontos e acesso a uma

diversidade de serviços para seus

sindicalizados. Se for feito um

cálculo simples pode se verificar que

a somatória dos descontos e serviços

fornecidos são superiores ao valor

da contribuição mensal de cada

associado, ou seja, ser sindicalizado

só traz vantagens ao Trabalhador.

Dentre os serviços disponibilizados

aos associados estão a Consultoria

Jurídica Trabalhista gratuita. Ao

entrar com processo judicial

somente haverá pagamento ao final

da Ação, e o valor é simbólico caso

o resultado seja favorável ao

Trabalhador com sucumbência.

Outro importante serviço

disponibilizado pelo SINTTEL-PI é

o Acolhimento Psicológico, fruto de

um convênio entre o Sindicato e a

Universidade Estadual do Piauí.

Todos os trabalhadores podem

agendar o atendimento no número:

3226-1944. Atualmente o

Acolhimento é realizado de forma

telepresencial e partir desse

atendimento pode haver o

encaminhamento para tratamento do

Trabalhador na rede de saúde

pública especializada.

Entre em contato conosco

através do e-mail: sinttelpi@uol.com.br

ou através do

telefone: (86) 3226-1944.

Visite nossa página na

internet e conferir as

novidades online:

www.sinttelpiaui.org.br

NÃO ASSINEM DOCUMENTOS DA OI SEM A

ORIENTAÇÃO DO SINDICATO

O SINTTEL-PI informa aos trabalhadores da

Oi que o treinamento para o trabalho Home Office que

empresa está realizando é uma decisão da empresa.

No entanto, a categoria tem denunciado aos sindicatos

que no final desse treinamento a empresa está

solicitando aos empregados treinados que assinem um

Termo de Aditivo ao Contrato de Trabalho.

Fomos surpreendidos com essa prática

unilateral e descabida da Oi e orientamos os

trabalhadores a não assinarem nenhum ADITIVO

ou DOCUMENTO solicitado pela empresa. O Sindicato informa, ainda, que a

FITRATELP já solicitou esclarecimentos à Oi e, se necessário, tomará as medidas

legais cabíveis para proteger os trabalhadores. O IMPORTANTE É NÃO ASSINAR

NENHUM DOCUMENTO!

Esse alerta é IMPORTANTE, para evitar que o trabalhador caia em armadilhas

montadas pela Oi. Uma vez colocada a assinatura no documento elaborado pela

empresa, sem a anuência nem a concordância do Sindicato, fica mais difícil e

complicado reverter a situação.

Finalmente, vamos aguardar as explicações da Oi para os questionamentos

feitos pela Federação. Lembrando que as decisões da categoria são sempre tomadas

em Assembleia Geral, com a participação dos trabalhadores.

TRABALHADORES DA BRASIL CARD

APROVARAM ACT 2022

Recém-chegada em Teresina, a empresa Brasil Card negociou seu primeiro

Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) que foi levado à apreciação em Assembleia

Geral, de forma virtual, pelos trabalhadores, que aprovaram por ampla maioria.

Confira os principais pontos do ACT 2022:

Salário base para o tele atendimento: R$ 1.212,00;

Vale alimentação: R$ 7,30;

Vale Transporte: garantido a todos o trajeto residência-trabalho-residência ou

auxílio combustível no valor de R$ 200,00;

Auxílio Creche: R$ 99,75;

Auxílio PNE: R$ 262,50;

O Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) é um ato jurídico celebrado entre uma

entidade laboral e uma ou mais empresas correspondentes, no qual se estabelecem

regras na relação trabalhista existente entre ambas as partes. Os efeitos de um Acordo

se limitam apenas às empresas acordantes e seus empregados respectivos.


PPR 2022 CLARO: PROPOSTA REJEITADA

O Sinttel-PI informa aos trabalhadores da Claro que a COMISSÃO NACIONAL DE

NEGOCIAÇÃO FITRATELP/CLARO se reuniu, na última sexta-feira (24/6), pela primeira vez com a

empresa para iniciar as negociações do Acordo Coletivo de PPR 2022 dos empregados.

A Claro está adotando a mesma estratégia dos anos anteriores de iniciar as negociações apresentando

uma proposta ruim, que contém retrocessos nas regras de elegibilidade e participação dos empregados no

programa. Diante disso, a CNN FITRATELP/CLARO não teve alternativa a não ser rejeitar de pronto a

proposta da empresa.

Salientamos ainda que esta será mais uma negociação muito difícil com a Claro, o que vai exigir

muito empenho da CNN FITRATELP/CLARO, para forçar a empresa a avançar na proposta. Por outro lado,

lembramos que a participação dos trabalhadores nas Campanhas de PPR 2022 e do ACT 2022/2023 será

fundamental para fortalecer o Sinttel-PI e a Federação.

NEGOCIAÇÕES DO ACT 2022/2023

A CNN FITRATELP/CLARO informa aos trabalhadores que estamos aguardando o agendamento

da primeira reunião, para iniciar as negociações do ACT 2022/2023 da categoria.

Nesta oportunidade, cobramos da Claro o agendamento da reunião o mais rápido possível.

PRESIDENTE DO SINTTEL PIAUÍ PARTICIPA DE AUDIÊNCIA

NA CÂMARA DE VEREADORES PARA DISCUTIR SITUAÇÃO DO

TRANSPORTE PÚBLICO

Vereadores, população e empresários estiveram

reunidos no último dia 22 de junho na Câmara Municipal

em audiência pública para discutir sobre o transporte da

capital. O Presidente do SINTTEL Piauí, Cochise Ferreira,

esteve presente representando a classe de trabalhadores de

call center que tem sido muito penalizada com a

dificuldade no transporte público da capital.

A audiência foi solicitada pelo vereador Dudu Borges

(PT). Na ocasião, estiveram presentes alguns vereadores

de Teresina, líderes comunitários, a Superintendência

Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), a Guarda

Civil Municipal (GCM) os representantes dos Consórcios Urbanos e usuários do transporte público local.

O vereador Dudu Borges, responsável pelo diálogo com as lideranças comunitárias, explica com

mais detalhes o motivo da audiência e o que a população reivindica no momento. O vereador ainda afirma

que a solução cabível ao impasse consiste no rompimento de contrato com os consórcios urbanos e abertura

de uma Comissão parlamentar de inquérito (CPI).

Já a representante do Consórcio Urbano Sul, Naiara Morais, afirmou que, ao contrário do que a

população imagina, os empresários querem que uma quantidade maior de ônibus circule, entretanto, o valor

arrecadado hoje não é suficiente para suprir todas as necessidades.

Também discursou o Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações, Sinttel-PI,

Cochise Ferreira, cobrando o retorno dos transportes em Teresina e citando a necessidade dos trabalhadores

de Call Center: “O teleatendimento são mais de dez mil trabalhadores. No Piauí todo, são mais de 20 mil em

todo o setor e é o maior empregador aqui em Teresina. Diariamente são e-mails que o sindicato tem que

passar para regular essa relação de trabalho porque não tem ônibus. É lamentável que diariamente tenhamos

que estar resolvendo essa situação com a empresa, ao invés de estarmos lutando por outros direitos, como o

salário e melhores condição de trabalho. Muitos trabalhadores estão perdendo seus empregos, estão tendo

salário descontado, e até gastando mais de R$ 500,00 reais por mês, ou seja, quase metade do salário que

ganha com o aplicativo,com taxi ou mototaxi. E isso é indignante. ”

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!