02.01.2023 Views

As50MelhoresCronicasdoLerebomExperimente!Vol.1

You also want an ePaper? Increase the reach of your titles

YUMPU automatically turns print PDFs into web optimized ePapers that Google loves.

Luandécia e os jornais

Autora: Daiane Aparecida Farias

Professora: Teresinha Fachim Pilon

E.E.B. Urbano Sales

Frei Rogério – SC

Luandécia era empregada da família Gomes há cinco anos

e, nas horas vagas, ajudava o seu sobrinho Antonio a vender

jornais.

Uma tarde, quando estava de folga, Luandécia saiu para

vender os jornais como de costume. As vendas não estavam

muito boas e o cansaço tomou conta da pobre, que resolveu

sentar-se em uma praça e acabou dormindo e sonhando.

Sonhou que havia ido vender jornais no Céu e que os

oferecia a todos os santos, mas nenhum queria comprá-los.

Nenhum tinha interesse pelas notícias deste mundo.

E já estava resolvida a descer, quando o Arcanjo Gabriel se

aproximou e ofereceu-se para ajudá-la a vender os jornais. Ela

entregou todas as folhas ao Arcanjo e este partiu pelo Céu a

atirar as folhas para todos os lados.

A cada folha atirada, apanhava algumas estrelas como

pagamento. Luandécia já havia contado dezoito mil e

quatrocentos em estrelas.

De repente, sentiu que todo o Céu se iluminava. Remexeuse

no banco e acordou. Procurou o pacote de jornais que havia

posto ao lado, antes de adormecer, e não havia mais nada.

Procurou em volta e, para sua surpresa, numa esquina, havia

um monte de jornais que foram arrastados pela ventania.

26

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!