16.02.2023 Views

Empresas do Vale_Edição 110_Fevereiro_Março_2023

You also want an ePaper? Increase the reach of your titles

YUMPU automatically turns print PDFs into web optimized ePapers that Google loves.

nº <strong>110</strong>- <strong>Fevereiro</strong>/ <strong>Março</strong> - <strong>2023</strong> - ano 20<br />

www.empresas<strong>do</strong>vale.com.br<br />

facebook.com/empresas.<strong>do</strong>vale<br />

&<br />

20<br />

<br />

MANAUS-AM<br />

PARTE II


Taubaté Shopping<br />

Contato: (12) 3629-2466<br />

Taubaté - Independência<br />

Contato: (12) 3681-3090<br />

Via Garden Shopping<br />

Contato: (12) 3681-3765<br />

02<br />

Mauá Plaza Shopping<br />

Contato: (11) 4546-4484<br />

Suzano<br />

Contato: (11) 4748-5468<br />

Mogi Shopping<br />

Contato: (11) 4796-1986


Í<br />

ndice<br />

Outras matérias:<br />

Matsuda- pág 32<br />

Irmandade de Misericórdia de<br />

Taubaté. - pág 34<br />

São Paulo Convention & Visitors<br />

Bureau - pág 35<br />

Cenários para o Turismo <strong>2023</strong> - pág 37<br />

Crescimento no Turismo<br />

Paulista pág 38<br />

04<br />

Manaus - Parte 2<br />

18<br />

Conservatória - RJ<br />

36<br />

Enoturismo no <strong>Vale</strong><br />

São Francisco<br />

Expediente<br />

Diretor responsável:<br />

José Carlos Reis de Souza<br />

Departamento Jurídico:<br />

Dr. Luis Antonio Ravani<br />

Jornalista Responsável:<br />

Camões Filho - MTB 18411<br />

Editoração:<br />

Letícia Casoni Peres<br />

Diretora de Fotografia:<br />

Lourdes A. Antunes de Oliveira<br />

Jornalista :<br />

Simone Galib (colabola<strong>do</strong>ra)<br />

Tiragem: 5.000 exemplares<br />

Distribuição gratuita e dirigida<br />

Publicação Bimestral<br />

Contato<br />

Revista <strong>Empresas</strong> <strong>do</strong> <strong>Vale</strong><br />

CNPJ: 12.530.626/0001-99<br />

Rua <strong>do</strong> Correa, 255<br />

Bairro: Jardim Santa Cruz<br />

Cep: 12080-290<br />

Taubaté -SP<br />

www.empresas<strong>do</strong>vale.com.br<br />

www.facebook.com/empresas.<strong>do</strong>vale<br />

e-mail: tvempresas<strong>do</strong>vale@gmail.com<br />

Dpto. Comercial<br />

(12) 99787-6329<br />

Editorial<br />

José Carlos Reis de Souza<br />

Diretor Responsável<br />

Caro leitor!<br />

<strong>Fevereiro</strong> de <strong>2023</strong> chega com o<br />

carnaval para os amantes da folia,<br />

extravasar pelos <strong>do</strong>is últimos anos<br />

de pandemia de COVID-19, em<br />

que a população precisou evitar<br />

compartilhar objetos pessoais,<br />

ficar em quarto individual e manter<br />

distância para evitar a proliferação<br />

<strong>do</strong> coronavírus. Porém, o carnaval<br />

está libera<strong>do</strong> e precisamos estar<br />

atentos aos lugares fecha<strong>do</strong>s com<br />

aglomeração de muita gente<br />

respiran<strong>do</strong> o mesmo ar ambiente,<br />

e poder curtir os desfiles e bailes<br />

em clubes. Nesta edição vamos<br />

dar sequência à segunda parte da<br />

matéria “Manaus”, conhecer um<br />

pouco da cidade Conservatória<br />

(RJ), além de outras matérias<br />

interessantes, como: o Enoturismo<br />

no <strong>Vale</strong> <strong>do</strong> São Francisco,<br />

lançamento <strong>do</strong> livro “Minha Nova<br />

Lei” <strong>do</strong> escritor Kledson Leão, e<br />

confraternizações.<br />

Parceria:<br />

Apoio:<br />

As fotos de divulgação foram cedidas pelas<br />

empresas e/ou pessoas mencionadas nos textos.<br />

Não é permitida a reprodução sem autorização<br />

expressa <strong>do</strong>s autores, por escrito. Os textos,<br />

informações e anúncios publicitários são de inteira<br />

e exclusiva responsabilidade <strong>do</strong>s autores e empresas<br />

anunciantes.<br />

03


MUSA - Museu da Amazônia<br />

04


MANAUS -AM<br />

PARTE II<br />

Por: José Carlos Reis de Souza<br />

Museu da Amazônia - MUSA.<br />

Aquário.<br />

MUSEU DA AMAZÔNIA - MUSA<br />

Bilheteria<br />

O Museu da Amazônia (MUSA) cria<strong>do</strong> em janeiro de 2009, é um jardim botânico que ocupa 100 hectares<br />

da Reserva Florestal A<strong>do</strong>lpho Ducke, <strong>do</strong> Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), localiza<strong>do</strong> no<br />

Bairro Cidade de Deus, em Manaus. O Museu proporciona aos visitantes uma verdadeira imersão na natureza,<br />

com trilhas ecológicas que levam a exposições, lago de vitórias-régias, aquário de peixes amazônicos, viveiros<br />

de orquídeas e bromélias, laboratórios experimentais de serpentes, insetos e borboletas, jardim sensorial,<br />

além de uma torre de observação da floresta de 42 metros, que permite desfrutar uma magnífica vista <strong>do</strong><br />

<strong>do</strong>ssel das árvores da floresta, inesquecível quan<strong>do</strong> vista às seis da manhã.<br />

Endereço: Av. Margarita, 6305 (antiga Uirapuru) Jorge Teixeira – Manaus / AM<br />

Aberto: de segunda a sába<strong>do</strong> (exceto quarta-feira, fecha<strong>do</strong> para manutenção), das 08:30h às 17:00h<br />

(portão de entrada fecha às 16:00h) / Contato: (92) 3582-3188 / 99280-4205<br />

O agendamento deve ser feito pelo e-mail: agendamento@museudaamazonia.org.br<br />

Exposição de peixes.<br />

Orquidário.<br />

Serpentário.<br />

Lago com vitórias-régias.<br />

3 km de trilha.<br />

Vista da entrada <strong>do</strong> MUSA.


Palacete Provincial - Foto - Michael Dantas.<br />

PALACETE PROVINCIAL<br />

O Palacete Provincial inaugura<strong>do</strong> em 1875 está localiza<strong>do</strong> na Praça Helio<strong>do</strong>ro Balbi, s/n - Centro / Manaus<br />

(AM), Centro Histórico da cidade de Manaus (AM). É uma edificação centenária impregna<strong>do</strong> de importantes<br />

fatos liga<strong>do</strong>s à vida social e política <strong>do</strong> povo amazonense. Foi sede <strong>do</strong> governo e residência <strong>do</strong>s presidentes<br />

da Província <strong>do</strong> Amazonas até 1888. Funcionou como sede <strong>do</strong> coman<strong>do</strong> da Polícia Militar <strong>do</strong> Amazonas<br />

por mais de 100 anos. Atualmente, passou a ser um complexo cultural sob a responsabilidade da Secretaria<br />

de Esta<strong>do</strong> de Cultura <strong>do</strong> Amazonas (SEC). O local é aberto à visitação para conhecer os Museus: Tiradentes,<br />

Numismática Bernar<strong>do</strong> Ramos, Arqueologia, Imagem e <strong>do</strong> Som <strong>do</strong> Amazonas e Pinacoteca <strong>do</strong> Esta<strong>do</strong> <strong>do</strong><br />

Amazonas.<br />

06<br />

Exposição de peças e fotos e de eventos cívicos. Gabinete <strong>do</strong> Comandante da Polícia Militar, como era em 1895.<br />

MUSEU TIRADENTES<br />

O Museu Tiradentes está sedia<strong>do</strong> no Palacete Provincial, um edifício histórico de<br />

1874 que abriga outros centros culturais.<br />

O Museu Tiradentes é dedica<strong>do</strong> a contar a história da Corporação Militar <strong>do</strong> Esta<strong>do</strong> <strong>do</strong> Amazonas desde<br />

seus primórdios até os dias atuais. Na “Sala de Armas” o acervo conta com mobiliário original, armamentos,<br />

fardas, equipamentos diversos, além das coleções audiovisuais, que preserva registros de momentos<br />

importantes da corporação.


Móveis de estilo manuelino expostos no Museu Tiradentes.<br />

As armaduras e panóplias de armas.<br />

MUSEU DE NUMISMÁTICA BERNARDO RAMOS<br />

O Museu Numismática Bernar<strong>do</strong> Ramos está sedia<strong>do</strong> no Palacete Provincial, um edifício<br />

histórico de 1874 que abriga outros centros culturais.<br />

O Museu de Numismática Bernar<strong>do</strong> Ramos tem um acervo com mais de 35 mil peças, sen<strong>do</strong>: moedas,<br />

medalhas, cédulas, condecorações, selos, cartões-postais, fichas telefônicas, quadros, máquinas registra<strong>do</strong>ras,<br />

máquinas de somar, fotografias, <strong>do</strong>cumentos e uma biblioteca especializada. Entre as curiosidades está a segunda<br />

menor moeda <strong>do</strong> mun<strong>do</strong>, que pertenceu à Rainha Vitória, da Inglaterra, entre 1831 e 1901. A moeda não circulou,<br />

porque na época funcionava na base <strong>do</strong> escambo (troca de bens), então o acesso era para coleciona<strong>do</strong>res e<br />

pessoas mais ricas.<br />

Várias cédulas brasileiras.<br />

Uma das curiosidades <strong>do</strong> museu é a segunda menor moeda <strong>do</strong> mun<strong>do</strong>.<br />

Moeda de ouro <strong>do</strong> Brasil Império.


MUSEU DE ARQUEOLOGIA<br />

O Museu de Arqueologia está sedia<strong>do</strong><br />

no Palacete Provincial, um edifício<br />

histórico de 1874 que abriga outros centros<br />

culturais.<br />

No Museu de Arqueologia inaugura<strong>do</strong> no dia<br />

25/03/2009, há evidências da cultura material<br />

arqueológica, provenientes de Sítios Arqueológicos <strong>do</strong><br />

Esta<strong>do</strong> <strong>do</strong> Amazonas, e tem natureza eminentemente<br />

pedagógica, com objetivo de mostrar ao público<br />

visitante um pouco <strong>do</strong> conhecimento pré-colonial,<br />

sob a perspectiva antropológica e artística, entre<br />

outras, <strong>do</strong>s povos que chegaram à região e largaram<br />

as mais diversas formas de expressão cultural. No<br />

local, o visitante vai encontrar artefatos indígenas,<br />

urnas funerárias restauradas e pedras lapidadas. As<br />

principais urnas vieram <strong>do</strong> município de Urucurituba,<br />

na década de 1980, perío<strong>do</strong> em que também foram<br />

encontra<strong>do</strong>s fragmentos cerâmicos na praia da<br />

Sala de arqueologia.<br />

Ponta Negra, em Manaus (AM). Outro destaque é a<br />

Estatueta Antropozoormorfa, cedida ao Museu pelo<br />

Instituto Geográfico e Histórico <strong>do</strong> Amazonas (IGHA).<br />

O visitante recebe informações sobre o perío<strong>do</strong> précolonial,<br />

na perspectiva antropológica e artística. O<br />

local também conta com banners com textos e fotos<br />

explicativas <strong>do</strong> ‘fazer arqueológico’ em campo. O<br />

museu tem natureza eminentemente pedagógica.<br />

A maioria das obras da Pinacoteca <strong>do</strong> Esta<strong>do</strong> é de autoria de artistas<br />

<strong>do</strong> Amazonas.<br />

Réplica da obra Vitória de Samotrácia, que está exposta no Museu <strong>do</strong><br />

Louvre, em Paris.<br />

PINACOTECA DO ESTADO DO AMAZONAS<br />

A Pinacoteca <strong>do</strong> Esta<strong>do</strong> <strong>do</strong> Amazonas está sediada no Palacete Provincial, um<br />

edifício histórico de 1874 que abriga outros centros culturais.<br />

A Pinacoteca <strong>do</strong> Esta<strong>do</strong> <strong>do</strong> Amazonas surgiu da necessidade de muitos artistas plásticos regionais<br />

que até então não tinham um lugar para expor suas obras. A inauguração aconteceu no dia 07/09/22<br />

e seus primeiros diretores foram Moacir Andrade, Álvaro Páscoa, Afrânio de Castro e Helena Gentil. No<br />

acervo centenas de obras expressivas da arte regional e brasileira <strong>do</strong>s séculos XIX e XX, entre pinturas<br />

a óleo, bico de pena, xilogravuras e talhas, esculturas, desenhos, gravuras e colagens. Em cada obra há<br />

informações sobre o autor, ano e o título.<br />

08


MISAM - MUSEU DA IMAGEM E DO SOM DO AMAZONAS<br />

Inaugura<strong>do</strong> em 2000, o Museu da Imagem e <strong>do</strong> Som <strong>do</strong> Amazonas está sedia<strong>do</strong> no<br />

Palacete Provincial, um edifício histórico de 1874 que abriga outros centros culturais<br />

Exposição de máquinas fotográficas de<br />

vários modelos e épocas.<br />

Máquinas fotográficas antigas adquiridas <strong>do</strong><br />

coleciona<strong>do</strong>r italiano Eugênio Barbera.<br />

Uma das mais antigas máquinas fotográficas.<br />

Inaugura<strong>do</strong> em 06/11/2000, o Museu da Imagem e <strong>do</strong> Som <strong>do</strong> Amazonas foi cria<strong>do</strong> com intuito de conservar<br />

e preservar o acervo audiovisual <strong>do</strong> Esta<strong>do</strong>, com temas regionais e gerais. É composto por <strong>do</strong>ações de<br />

diversas entidades e coleciona<strong>do</strong>res, assim como aquisições feitas pela Secretaria de Cultura. Atualmente conta<br />

com peças que compõe os acervos; Museológicas: equipamentos de fotografia, cinema, música, televisão,<br />

rádio e peças de mobiliários; Iconográficas: fotografias em papel, negativos e dispositivos em acetato e vidro;<br />

fotografias digitais em CDs e DVDs, filatelia e cartões postais; Bibliográficas e Arquivísticas: livros, catálogos, jornais<br />

e revistas, partituras musicais, cartazes institucionais, pôsteres de cinema, impressos e manuscritos; Audiovisuais<br />

e Multimídia: filmes e <strong>do</strong>cumentos em DVD, Blu-ray, VHS e película, músicas em CD, discos de vinil, fitas cassete e<br />

DVDs. No local o visitante vai conhecer peças raras como: as máquinas fotográficas desde 1800 a 2002 e objetos<br />

originais <strong>do</strong> cinema Guarany, como o projetor movi<strong>do</strong> a carvão, que veio da França em 1900, e uma placa <strong>do</strong><br />

camarote. Outra curiosidade é a câmera lambe-lambe de 1888 que veio da Inglaterra e funcionava a base de<br />

pólvora.<br />

PONTE DE FERRO BENJAMIM CONSTANT<br />

A ponte foi construída entre<br />

os anos de 1892 a 1895 sobre o<br />

igarapé <strong>do</strong> Mestre Chico e serve<br />

de ligação entre os bairros Centro<br />

e Cachoeirinha. Suas peças foram<br />

fabricadas e importadas pela<br />

indústria inglesa “Dorman Long &<br />

Company Limite”. Foram realizadas<br />

reformas em 1938, 1967 e 2008.<br />

Possui: 161 metros de comprimento,<br />

10,50 metros de largura, <strong>do</strong>is vãos<br />

de 20 metros, <strong>do</strong>is vãos de 30<br />

metros e um vão central de 60<br />

metros e duas passarelas laterais. A<br />

ponte é um <strong>do</strong>s cartões postais de<br />

Manaus.<br />

Ponte de Ferro Benjamin Constant à noite.


MUSEU DO SERINGAL<br />

Casa <strong>do</strong> Barão da borracha.<br />

O Museu <strong>do</strong> Seringal localiza<strong>do</strong> na<br />

comunidade São João, no afluente <strong>do</strong><br />

igarapé Tarumã-Mirim, a 25 minutos<br />

de Manaus (AM), é um <strong>do</strong>s pontos<br />

turísticos, que leva o visitante a uma<br />

viagem ao perío<strong>do</strong> áureo da borracha.<br />

No museu é possível conhecer mais<br />

sobre os costumes vivi<strong>do</strong>s no fim <strong>do</strong><br />

século XVIII e início <strong>do</strong> século XIX,<br />

perío<strong>do</strong> em que o Amazonas viveu<br />

mudanças econômicas por conta da<br />

comercialização da borracha.<br />

HISTÓRIA<br />

O local foi construí<strong>do</strong> em 2001 para a produção <strong>do</strong> longa-metragem “A Selva”, estrela<strong>do</strong> pela atriz<br />

Maitê Proença e basea<strong>do</strong> no romance homônimo de Ferreira de Castro. Após as gravações, a Secretaria<br />

de Esta<strong>do</strong> de Cultura e Economia Criativa (SEC) decidiu abrir como museu para contar a história <strong>do</strong> auge<br />

da valorização da borracha e a sua importância econômica. O espaço é uma réplica de um seringal<br />

localiza<strong>do</strong> no rio Madeira, município de Humaitá. Através de uma visita guiada que dura em torno<br />

de uma hora, o visitante conhece o luxo da casa <strong>do</strong> Barão seringalista. Composta por sala de jantar,<br />

sala de estar, canto de leitura, cozinha com fogão a lenha e <strong>do</strong>is quartos, ricamente mobilia<strong>do</strong>s com<br />

objetos (louças finas e trajes refina<strong>do</strong>s) da época, o armazém onde os seringueiros eram obriga<strong>do</strong>s a<br />

comprar os objetos com os quais trabalhariam. O tapiri ou palhoça de defumação da borracha, Casa da<br />

Farinha, capela de Nossa Senhora da Conceição, Casa da Sinhazinha e demais ambientes que retratam<br />

a realidade da época.<br />

Localização: Às margens <strong>do</strong> igarapé São João, afluente <strong>do</strong> Tarumã Mirim, Zona Rural de Manaus.<br />

Local de saída: Marina <strong>do</strong> Davi, localizada na Av. Coronel Teixeira – Ponta Negra (estrada da Ponta<br />

Negra)<br />

Visita: de terça a sexta-feira, das 09:00h às 17:00h / Aos sába<strong>do</strong>s e <strong>do</strong>mingos, das 09:00h às 14:00h.<br />

Entrada é gratuita.<br />

10<br />

Tapiri ou palhoça onde é feita a defumação da borracha.<br />

Armazém onde os seringueiros eram obriga<strong>do</strong>s a comprar alimentos e<br />

objetos para trabalharem.


Altar da Capela Nossa Senhora da Conceição.


12<br />

Palácio da Justiça, antigo Tribunal de Justiça.<br />

CENTRO CULTURAL PALÁCIO DA JUSTIÇA<br />

O Centro Cultural Palácio da Justiça (CCPJ) é patrimônio cultural <strong>do</strong> Amazonas, aberto à<br />

visitação pública e, também, à promoção das artes, por meio de exposições, espetáculos<br />

musicais, teatro, cinema e apresentação de palestras.<br />

A construção da obra centenária foi concluída no início <strong>do</strong> século XX para abrigar o Poder Judiciário e sua<br />

inauguração ocorreu em 21/04/1900. Considera<strong>do</strong> um <strong>do</strong>s principais modelos da arquitetura clássica estilo<br />

renascentista <strong>do</strong> perío<strong>do</strong> áureo <strong>do</strong> ciclo da borracha. Os portões são de ferro fundi<strong>do</strong> importa<strong>do</strong>s de Glasgow, na<br />

Escócia, calça<strong>do</strong> e escadarias em pedra de Liós, de Lisboa. O teto <strong>do</strong> hall é revesti<strong>do</strong> em estuques com paredes em<br />

imitação de mármore. A imponente escada principal tem guarda-corpo metálico, com arcos <strong>do</strong>ura<strong>do</strong>s com seis<br />

hermas, importadas de Lisboa. O piso <strong>do</strong> hall é de ladrilhos hidráulicos. O segun<strong>do</strong> andar é decora<strong>do</strong> com balaustradas,<br />

óculos, tetos recobertos com estuques, colunas, cartelas e paredes marmorizadas, piso de madeira (acapu e pauamarelo).<br />

A mobília é centenária e destaca-se o relógio <strong>do</strong> tipo carrilhão, da década de 1920, com estrutura de<br />

jacarandá baiano e maquinário<br />

suíço. Tem também mesa<br />

feita de mogno, conjunto de<br />

mesas, cadeiras e espelho que<br />

vieram da última restauração,<br />

em 2002, além de móveis<br />

modernos, <strong>do</strong> funcionamento<br />

<strong>do</strong> Poder Judiciário até 2006 e<br />

lustre original feito de bronze e<br />

cristais. Tomba<strong>do</strong> pelo PHAEM -<br />

Patrimônio Histórico e Artístico<br />

<strong>do</strong> Esta<strong>do</strong> <strong>do</strong> Amazonas em 1980.<br />

Escadaria <strong>do</strong> Palácio da Justiça.<br />

Endereço: Avenida Eduar<strong>do</strong><br />

Ribeiro, 901 / Centro / Manaus (/<br />

AM)<br />

Aberto: terça-feira a sába<strong>do</strong>,<br />

das 09:00h às 17:00h.<br />

Contatos: e-mail: adm.ccpj@<br />

cultura.am.gov.br / Telefone: (92)<br />

3248-1844<br />

Acessibilidade para deficiente<br />

físico


Ponte Jornalista Phelippe Daou, conhecida como Ponte <strong>do</strong> Rio Negro.<br />

Ponte Jornalista Phelippe Daou, conhecida como Ponte <strong>do</strong> Rio Negro<br />

PONTE DO RIO NEGRO<br />

Um <strong>do</strong>s pontos turísticos mais famosos de Manaus (AM) é a Ponte Jornalista Phelippe Daou, conhecida<br />

como “Ponte <strong>do</strong> Rio Negro”, considerada a maior ponte fluvial e estaiada (suspensa por cabos) <strong>do</strong><br />

Brasil. Tem quase 3,6 quilômetros de extensão (3.595 metros), sen<strong>do</strong> 20,70 metros de largura no trecho<br />

convencional e 22,60 metros na parte estaiada, com quatro faixas para tráfego de veículos, duas em<br />

cada senti<strong>do</strong>, além de faixa de passeio para pedestres nos <strong>do</strong>is la<strong>do</strong>s, que permite cruzá-la caminhan<strong>do</strong>.<br />

Inaugurada em 24/10/2011 no aniversário da capital amazonense. Ela conecta os municípios de Manaus e<br />

Iranduba. A ponte oferece uma belíssima visão panorâmica <strong>do</strong> impressionante rio Negro, o maior rio de<br />

águas negras <strong>do</strong> mun<strong>do</strong>, que está em sua plenitude no fim da cheia, por volta <strong>do</strong> mês de junho.<br />

CONHEÇA AS PRAIAS DE ÁGUA DOCE DE MANAUS<br />

As praias de Manaus são banhadas pelo místico rio Negro, o maior<br />

afluente da margem esquerda <strong>do</strong> rio Amazonas. É o sétimo maior rio <strong>do</strong><br />

mun<strong>do</strong> em volume de água. Suas areias grossas e brancas dão aspecto<br />

belíssimo e inconfundível em contraste com as águas negras <strong>do</strong> rio. O<br />

Sol teima em dar vez para as chuvas, independente disso você já pode<br />

começar a visitar as belezas naturais que existem nas proximidades de<br />

Manaus, como as praias <strong>do</strong> Açutuba, em Iranduba. A cheia, mais uma<br />

vez, encobrin<strong>do</strong> as praias da região, mas sempre sobram espaços para<br />

um gostoso banho nas águas <strong>do</strong> rio Negro. Quem quiser, pode esperar<br />

até o final de junho, quan<strong>do</strong> as águas começam a baixar, porém, quem<br />

desejar apenas se encantar com a vista <strong>do</strong> rio maravilhoso, ele estará<br />

esperan<strong>do</strong>.


PRAIA DA LUA<br />

Praia da Lua.<br />

A Praia da Lua é uma praia fluvial situada na margem<br />

esquerda <strong>do</strong> rio Negro, a 23 km de Manaus, acessada<br />

por barco e lancha, com duração de 10 minutos.<br />

Seu nome deriva <strong>do</strong> formato da praia, similar ao da<br />

Lua quarto crescente. Na época da cheia <strong>do</strong> rio sua<br />

pequena faixa de areia some quase completamente.<br />

Durante a época da vazante (janeiro a setembro) ela<br />

expõe uma faixa de areia extensa. Muito procurada<br />

por turistas e residentes. Foi mencionada pelo guia<br />

“Lonely Planet como a melhor praia de Manaus. O<br />

local possui algumas barracas que vendem alimentos<br />

e bebidas.<br />

Serviço: Marina <strong>do</strong> Davi /saídas to<strong>do</strong>s os dias, das<br />

07:30h às 18:00h<br />

PRAIA DA PONTA NEGRA<br />

A Praia da Ponta Negra é uma praia urbana <strong>do</strong><br />

município de Manaus e um <strong>do</strong>s principais cartõespostais<br />

da cidade localiza<strong>do</strong> às margens <strong>do</strong> rio<br />

Negro. A praia de areia fina e água morna possuem<br />

o complexo de Lazer da Ponta Negra, construí<strong>do</strong> na<br />

década de 1990 e proporciona ao visitante: anfiteatro,<br />

estacionamento, restaurantes com comidas regionais,<br />

mirante, píer, complexo comercial e área para esporte<br />

e lazer.<br />

Praia da Ponta Negra.<br />

PRAIA DO AÇUTUBA<br />

14<br />

Praia <strong>do</strong> Açutuba.<br />

Localizada no município de Iranduba, a Praia <strong>do</strong><br />

Açutuba é uma das mais bonitas <strong>do</strong> Amazonas. Durante<br />

o perío<strong>do</strong> da seca <strong>do</strong>s rios, geralmente a partir de agosto<br />

a setembro, aparece com uma larga faixa de areias<br />

brancas banhadas pelas águas escuras <strong>do</strong> rio Negro, que<br />

ganham um tom azula<strong>do</strong> sob o Sol. O melhor perío<strong>do</strong><br />

para banho é quan<strong>do</strong> a vazante já começou, mas o rio<br />

ainda não está tão seco. No auge da seca, apesar da praia<br />

ficar linda em razão da grande faixa de areia branquinha,<br />

o perío<strong>do</strong> nem sempre é o melhor para o banho: é época<br />

de cauixi, uma substância desprendida das árvores no rio<br />

que provoca coceira no corpo, e de lama no fun<strong>do</strong> <strong>do</strong><br />

rio. Durante a cheia <strong>do</strong> rio, no seu auge, entre os meses<br />

de junho e julho, não fica nenhuma faixa de areia. As<br />

águas cobrem toda a extensão da praia, mas, ainda assim,<br />

devi<strong>do</strong> ao solo arenoso, muitos curtem o happy hour. O<br />

local dispõe de infraestrutura básica, com restaurantes<br />

que servem peixes regionais e bebidas.<br />

Serviço: Ro<strong>do</strong>via Manoel Urbano (AM-070)


BALNEÁRIO AMAZON FOREVER -<br />

PRAIA DO JAPONÊS<br />

De propriedade de Robson Ireta, filho e neto de<br />

japoneses. Seu avô foi o primeiro a chegar àquela região,<br />

fugin<strong>do</strong> da Segunda Guerra mundial. Desde 2000<br />

Robson transformou o terreno de 147 hectares numa<br />

área de lazer, o “Balneário Amazon Forever” e a praia <strong>do</strong><br />

Japonês ficou famosa, principalmente a partir de 2011,<br />

com o aumento de pessoas, rumo às belezas naturais de<br />

Iranduba, após a inauguração da Ponte Rio Negro. É uma<br />

excelente opção para quem quer relaxar e sair um pouco<br />

<strong>do</strong> movimento da cidade grande e aproveitar os dias de<br />

sol. A praia oferece uma grande extensão de areia branca<br />

no perío<strong>do</strong> da vazante e possui uma infraestrutura<br />

básica, com restaurante/bar que oferece comida regional<br />

acessível ao bolso, banheiros, chuveiros, mesas e cadeiras.<br />

A melhor época para visitá-la é na vazante, quan<strong>do</strong> a<br />

água esta baixa, forman<strong>do</strong> praia nos meses de agosto,<br />

setembro e outubro. A Praia fica apenas 30 minutos da<br />

capital amazonense de carro, ou uma hora em lancha<br />

rápida. Não é permiti<strong>do</strong> entrar com comida e animais.<br />

Além disso, tem um mirante onde se pode ver toda a<br />

praia. Na entrada <strong>do</strong> balneário você recebe um ticket<br />

que deverá ser apresenta<strong>do</strong> na saída com carimbo <strong>do</strong><br />

pagamento.<br />

Serviço: Ro<strong>do</strong>via Manoel Urbano (AM-070)<br />

Mirante da Praia <strong>do</strong> Japonês.<br />

PRAIA DO TUPÉ<br />

A Praia <strong>do</strong> Tupé, localizada dentro da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) <strong>do</strong> Tupé na<br />

comunidade São João, é muito frequentada nos fins de semana e feria<strong>do</strong>s. Tem uma boa infraestrutura e conta<br />

com restaurante. O acesso à praia é somente fluvial feita por embarcações da Cooperativa <strong>do</strong>s Profissionais de<br />

Transporte Fluvial da Marina <strong>do</strong> Davi, no Tarumã. A viagem dura cerca de 30 a 40 minutos, com saídas às 09:0h<br />

e 11:0h, com retorno às 16:00h e 17:00h. Nos últimos anos, com a construção da Ponte Phelippe Daou, tem<br />

enfrenta<strong>do</strong> a concorrência das praias acessíveis de carro localizadas no município de Iranduba.<br />

Praia <strong>do</strong> Tupé.<br />

Praia <strong>do</strong> Tupé.


PRAIA DO LAGO<br />

A Praia <strong>do</strong> Lago, localizada no distrito de<br />

Paricatuba, município de Iranduba, está a cerca de<br />

20 km de Manaus. No local tem diversas barracas<br />

instaladas que oferecem frango, carne e peixe<br />

frito (tambaqui), na maioria das vezes, e bebidas<br />

(refrigerante, água mineral e cerveja gelada).<br />

Praia <strong>do</strong> Lago.<br />

Casarão de Paricatuba.<br />

Antiga fornalha que fornecia energia para a vila.<br />

VILA DE PARICATUBA<br />

Localizada a 30 km de Manaus às margens <strong>do</strong> rio Negro, no município de Iranduba, a Vila de Paricatuba começa<br />

a ser edifica<strong>do</strong> em 1898, final <strong>do</strong> século XIX, por conta <strong>do</strong> contexto econômico da exploração da borracha na<br />

Amazônia. O prédio era imponente e luxuoso, com janelas coloniais, piso em pinho de riga, paredes revestidas de<br />

azulejos portugueses e vasos de louça inglesa importa<strong>do</strong>s da Europa. Ao longo <strong>do</strong>s anos foi a sede <strong>do</strong> Instituto<br />

Afonso Pena, destina<strong>do</strong> a receber imigrante. Em 1900, o prédio foi ocupa<strong>do</strong> por uma missão religiosa, que<br />

transformou a hospedaria no primeiro Liceu de Arte e Ofícios, cuja inauguração contou com a presença <strong>do</strong> então<br />

presidente Afonso Moreira Pena, em junho de 1906, que funcionou até 1908, desenvolven<strong>do</strong> a técnica agrícola,<br />

a mecânica e a arte de recuperação de livros. Em 1916 foi transforma<strong>do</strong> na primeira Cadeia Pública de Manaus.<br />

E finalmente, após passar por uma reforma, o prédio foi transforma<strong>do</strong> no Hospital Belisário Pena para atender e<br />

abrigar porta<strong>do</strong>res de hanseníase e funcionou como hospital por quase 40 anos, fechan<strong>do</strong> às portas quan<strong>do</strong> foi<br />

construída a Colônia Antônio Aleixo. Hoje em dia encontra-se aban<strong>do</strong>na<strong>do</strong>, e só resta a estrutura de alvenaria,<br />

invadida pelo mato e raízes de apuizeiros. O acesso da vila era feito apenas de forma fluvial e na hospedaria os<br />

imigrantes ficavam por um perío<strong>do</strong> de quarentena, até que os mesmos fossem destina<strong>do</strong>s aos seus locais de<br />

moradia. Considera<strong>do</strong> Patrimônio Histórico Cultural Imaterial <strong>do</strong> Esta<strong>do</strong> desde 2015. O local continua a atrair<br />

visitantes que vão conhecer as ruínas de um casarão imponente <strong>do</strong> início <strong>do</strong> século, belas praias e ter uma visão<br />

privilegiada <strong>do</strong> rio Negro.<br />

16<br />

Capela de Paricatuba.<br />

Foto da Vila de Paricatuba (antigamente serviu de leprosário).


Ruínas de Paricatuba - Amazonas (AM).<br />

Mirante da Viagem.


CONSERVATÓRIA<br />

RIO DE JANEIRO<br />

Foto oficial <strong>do</strong> grupo Bate e Volta, nas depêndencias da Fazenda Vista Alegre.<br />

A empresa Bate e Volta especializada em roteiros personaliza<strong>do</strong>s acompanhou um<br />

grupo de turistas para conhecer pontos turísticos de Conservatória (RJ) e passar o<br />

réveillon no Bistrô <strong>do</strong> Poeta e Restaurante e Pizzaria Boemia.<br />

O grupo saiu de Taubaté com destino a<br />

Conservatória (RJ), situada no <strong>Vale</strong> da Serra<br />

<strong>do</strong> Rio Bonito e pertencente ao Município de<br />

<strong>Vale</strong>nça (RJ). Com aproximadamente 240 km² e<br />

faz divisa com o Esta<strong>do</strong> de Minas Gerais. O grupo<br />

ficou hospeda<strong>do</strong> na Pousada Oca Porã e foi bem<br />

recepciona<strong>do</strong> pelos proprietários. A pousada<br />

oferece café da manhã, quartos limpos e uma<br />

piscina para curtir um bom mergulho. Durante o<br />

dia foi possível conhecer a “Parada <strong>do</strong> Chocolate”<br />

e fazer um lanche. Conhecemos o “Túnel Maria<br />

Komaid Nossar (Túnel que Chora)”, construí<strong>do</strong> em<br />

uma rocha por escravos na época <strong>do</strong> ciclo <strong>do</strong> café.<br />

Contemplamos a “Ponte <strong>do</strong>s Arcos”, construída no<br />

século XIX, entre 1877 e 1883, pela extinta Estrada<br />

de Ferro Santa Isabel. A vista ao mirante da “Serra<br />

da Beleza” é maravilhosa para contemplar o visual<br />

da serra, porém a chuva prejudicou. Passamos<br />

em frente ao “Instituto Waldir Azeve<strong>do</strong>”, um<br />

ícone <strong>do</strong> chorinho. No centro histórico está<br />

localiza<strong>do</strong> o “Teatro Sonoro”, com 100 lugares,<br />

um ícone cultural e turístico no <strong>Vale</strong> <strong>do</strong> Café,<br />

que infelizmente não deu para assistir uma<br />

apresentação da cantora e empresária Juliana<br />

Maia. A Cachaçaria Vilarejo é um bom lugar para<br />

degustar produtos deriva<strong>do</strong>s da cana-de-açúcar<br />

e leite. No dia seguinte o grupo participou de<br />

uma visita à Fazenda Vista Alegre que pertenceu<br />

ao Visconde de Pimentel, e conhecer um pouco<br />

da sua história contada pelos proprietários, Délio<br />

e Vera. E fechamos a nossa viagem participan<strong>do</strong><br />

de uma missa na igreja Matriz<br />

18


TÚNEL MARIA KOMAID<br />

NOSSAR TÚNEL QUE CHORA<br />

Em 1876, a área de Santo Antônio <strong>do</strong> rio Bonito<br />

atingiu o auge com suas plantações de café, e o único<br />

meio de transporte na época era o lombo de burro,<br />

onde se fez necessário a construção de uma estrada<br />

de ferro. Em 1879 deu-se início a sua construção,<br />

terminan<strong>do</strong>-a em 1883, onde foi inaugura<strong>do</strong> com a<br />

presença da Família Imperial. Em 1880, foi necessário<br />

abrir um túnel com 95m de extensão, 5m de largura<br />

e 3,5m de altura, to<strong>do</strong> de pedra, sem qualquer<br />

revestimento, ilumina<strong>do</strong> com lampiões antigos à<br />

eletricidade e com calçamento em pé-de-moleque<br />

para a passagem <strong>do</strong> trem. O Túnel encontra-se em<br />

esta<strong>do</strong> de rocha bruta, sen<strong>do</strong> possível observar o<br />

trabalho artesanal <strong>do</strong>s escravos em sua escavação.<br />

Hoje, é utiliza<strong>do</strong> para passagem de carros e pedestres.<br />

Desde 1961 a locomotiva deixou de passar pelo túnel, e<br />

dizem que para o túnel a passagem da locomotiva era<br />

um grande acontecimento, quan<strong>do</strong> o trem chegava.<br />

Então! Quan<strong>do</strong> a malha ferroviária foi extinta, o trem<br />

deixou de passar pelo túnel, e ai criou-se a lenda de<br />

Túnel que Chora.<br />

que o túnel chora de saudades da locomotiva. Anos<br />

mais tarde, conseguiram trazer uma locomotiva que<br />

está estacionada perto da ferroviária, que atualmente<br />

é a estação de ônibus.<br />

Ponte <strong>do</strong>s Arcos.<br />

PONTE DOS ARCOS<br />

A Ponte <strong>do</strong>s Arcos construída em pedra, cal e óleo de baleia entre 1877 e 1883 pela extinta Estrada<br />

de Ferro Santa Isabel. Compõe-se de <strong>do</strong>is arcos plenos, construí<strong>do</strong>s à maneira egípcia, com pedras<br />

justapostas, funcionan<strong>do</strong> a tração e compressão. Sua base é constituída de grandes pedras sobrepostas<br />

e o corpo da ponte com pedras menores e roliças. Possui 100m de extensão, 12m de altura e 4m de<br />

largura. Foi inaugurada por Dom Pedro II em 1884, e desde que passou por ela o último trem em 1963,<br />

a ponte tornou-se uma atração turística da localidade, sen<strong>do</strong> uma das mais antigas pontes da rede<br />

ferroviária que ainda se conserva em pé. Está localizada na estrada Conservatória / Santa Isabel <strong>do</strong> Rio<br />

Preto, as margens <strong>do</strong> rio da Prata, junto a uma pequena cachoeira, entre morros.


Maria-Fumaça 206.<br />

LOCOMOTIVA MARIA-FUMAÇA E ANTIGA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA<br />

Ao la<strong>do</strong> da antiga Estação Ferroviária de Conservatória inaugurada em 21/11/1883 por D. Pedro II e<br />

extinta após a instalação da indústria automobilística no Brasil e da política de construção de ro<strong>do</strong>vias<br />

para privilegiar o transporte ro<strong>do</strong>viário de cargas, nos anos 60, está estacionada um <strong>do</strong>s símbolos da<br />

história <strong>do</strong> lugar, a antiga locomotiva Maria-Fumaça 206, da Rede Mineira de Viação, que puxava os<br />

vagões de passageiros e também a produção de café.<br />

20<br />

Antiga Estação Ferroviária.


CACHAÇARIA VILAREJO<br />

Vista lateral da Cachaçaria Vilarejo.<br />

Quem vai a Conservatória (RJ) a “Cidade da Seresta”,<br />

não pode deixar de fazer uma visita à Cachaçaria<br />

Vilarejo. No local o turista tem a oportunidade de<br />

conhecer um pouco da história através de uma visita<br />

guiada que faz parte <strong>do</strong> roteiro de quem visita a<br />

cidade. O local oferece dezenas opções de souvenires<br />

e diversos produtos artesanais como: <strong>do</strong>ce de leite,<br />

geléia de cachaça, queijo parmesão, requeijão<br />

cremoso e de corte, artigos de decoração. As cachaças<br />

produzidas artesanalmente são de fermentação<br />

natural, sem uso de aditivos químicos. O visitante vai<br />

poder degustar as cachaças tipo Reserva, Ouro, Prata<br />

e com Mela<strong>do</strong>. Além <strong>do</strong>s licores de Cana-de-açúcar,<br />

Gengibre e Limão. To<strong>do</strong> bagaço queima<strong>do</strong> vira vapor<br />

e alimenta a fábrica. Além disso, o canavial é limpo<br />

através da capina e não da queimada, o que além de<br />

favorecer a preservação da natureza, gera empregos<br />

na região.<br />

Endereço: Estrada da Cachoeira, 161 - Conservatória<br />

(RJ) /<br />

Licores, cachaça, geléias entre outros.<br />

Tonéis com diversos tipos de cachaças.<br />

Cachaçaria Vilarejo.


Fachada da entrada <strong>do</strong> Teatro Sonora.<br />

Cantora Juliana Maia, cantan<strong>do</strong> tributo a Carmem Miranda.<br />

TEATRO SONORA<br />

Conservatória (RJ) conhecida como a cidade das serestas, ganhou o Teatro Sonoro funda<strong>do</strong> em 2014,<br />

pela cantora Juliana Maia. O espaço é uma referência <strong>do</strong> turismo cultural na Região <strong>do</strong> <strong>Vale</strong> <strong>do</strong> Café. Desde<br />

então a vila histórica obteve novos ares musicais. Após reformas ao longo <strong>do</strong>s anos, possui hoje cerca de<br />

100 lugares e Juliana Maia se apresenta regularmente em projetos musicais varia<strong>do</strong>s. O espaço democrático<br />

multifaceta<strong>do</strong> apresenta uma série de espetáculos que contribuem para a descentralização da cultura. O<br />

teatro ainda realiza projetos sociais, como o grupo “Harmônico de Conservatória”, iniciativa entre crianças,<br />

a<strong>do</strong>lescentes e jovens da região.<br />

Endereço: Rua Dr. Luiz de Almeida Pinto, 46, Conservatória, <strong>Vale</strong>nça (RJ)<br />

INSTITUTO WALDIR AZEVEDO<br />

Espaço interno <strong>do</strong> Instituto Waldir Azeve<strong>do</strong>. Visão <strong>do</strong> salão durante o show. Acervo de LPs de Waldir Azeve<strong>do</strong>.<br />

O turista que esteja a passeio ou de férias em Conservatória (RJ), não pode perder a oportunidade de<br />

conhecer o Instituto Waldir Azeve<strong>do</strong>. Segun<strong>do</strong> o diretor e músico Ronaldinho <strong>do</strong> Cavaquinho, o projeto<br />

virou realidade, quan<strong>do</strong> em 2008 a viúva de Waldir Azeve<strong>do</strong>, <strong>do</strong>na Olinda Azeve<strong>do</strong> visitou a pequena<br />

cidade de Conservatória e encantou-se pela atmosfera musical <strong>do</strong> lugar, revelan<strong>do</strong> na ocasião a sua<br />

vontade de ver um espaço dedica<strong>do</strong> a celebrar a vida e a obra de seu mari<strong>do</strong> ali, com aval da filha de Waldir,<br />

Marly Azeve<strong>do</strong>. O Instituto foi concretiza<strong>do</strong>, obten<strong>do</strong> maior parte <strong>do</strong> acervo de Waldir Azeve<strong>do</strong> da própria<br />

viúva, <strong>do</strong>na Olinda. Consolidan<strong>do</strong> o lega<strong>do</strong> de um <strong>do</strong>s maiores expoentes e ícones da cultura brasileira<br />

preservan<strong>do</strong> sua memória com a exposição permanente de seus objetos pessoais, móveis e demais artigos<br />

liga<strong>do</strong>s à sua criação artística.<br />

Endereço: Rod. Irmãos Freitas, 167 - Conservatória (RJ)<br />

22


PARADA DO CHOCALATE<br />

Parada <strong>do</strong> Chocolate.<br />

Logo na entrada da cidade encontramos<br />

a “Parada <strong>do</strong> Chocolate”, ambiente agradável,<br />

onde o proprietário recebe os visitantes com<br />

um delicioso chocolate ou café, ao som de<br />

um piano. Além da variedade de chocolates,<br />

carrega a história de uma família de músicos,<br />

que não medem esforços para recepcionar<br />

seus clientes. O local oferece to<strong>do</strong>s os sába<strong>do</strong>s,<br />

música da melhor qualidade.<br />

Serviço: Estrada da Cachoeira, 161 -<br />

Conservatória (RJ)<br />

Aberto: segunda a sexta, das 08:00h às<br />

16:00h / sába<strong>do</strong>: 08:00h às 17:00h / <strong>do</strong>mingo:<br />

09:00h às 17:00h. Contato: (24) 2438-1248.<br />

Musicista tocan<strong>do</strong> músicas para turistas, na Parada <strong>do</strong> Chocolate -<br />

Conservatória (RJ).<br />

Igreja Matriz de Santo Antônio <strong>do</strong> rio Bonito .<br />

Visão interna da Igreja Matriz de Santo Antônio <strong>do</strong> rio Bonito<br />

IGREJA MATRIZ DE SANTO ANTÔNIO DO RIO BONITO<br />

Em 1803, foi construída em Conservatória, uma capela próxima ao local onde existe atualmente a<br />

igreja matriz. Era uma capela de pau-a-pique coberta de sapê, e serviu por muito tempo para catequizar<br />

os índios aldea<strong>do</strong>s. Em 1838 a capela foi destruída por um incêndio. Sem um local no centro, para realizar<br />

as missas, batiza<strong>do</strong>s, casamentos e outras celebrações, estas passaram a ser realiza<strong>do</strong>s nas capelas das<br />

fazendas próximas, sen<strong>do</strong> que, neste mesmo ano foi instituída a paróquia. Foi então que, por iniciativa de<br />

mora<strong>do</strong>res mais abasta<strong>do</strong>s da região, resolveram erguer um templo maior para o padroeiro Santo Antônio,<br />

em substituição à capela incendiada. E no ano de 1850, foi feita uma subscrição para angariar <strong>do</strong>nativos<br />

para a construção da Igreja Matriz de Santo Antônio <strong>do</strong> Rio Bonito. Além dessa subscrição <strong>do</strong> povo local, o<br />

governo da província <strong>do</strong> Rio de Janeiro, pelo decreto número 613, de 13/10/1853, autorizou um auxílio de uma<br />

consignação mensal de determina<strong>do</strong> valor para a continuidade das obras da matriz, obras essas realizadas<br />

pelos engenheiros, pedreiros, carpinteiros e artesões vin<strong>do</strong>s de Portugal que contaram com a ajuda de mãode-obra<br />

<strong>do</strong>s escravos locais. Depois de 18 anos de trabalhos demora<strong>do</strong>s, a Igreja Matriz de Santo Antônio <strong>do</strong><br />

rio Bonito foi inaugurada.<br />

Endereço: Rua Santo Antônio, 7 - Centro / Conservatória (RJ)


Casarão da Fazenda Vista Alegre.<br />

Sala de visita.<br />

VISITA A FAZENDA VISTA ALEGRE<br />

A Fazenda Vista Alegre é um patrimônio Histórico <strong>do</strong> Ciclo <strong>do</strong> Café, localizada na região <strong>do</strong> <strong>Vale</strong> <strong>do</strong><br />

Paraíba <strong>do</strong> Sul, em Conservatória, interior <strong>do</strong> Rio de Janeiro. Atua como uma “Hospedaria Guest House”<br />

(casa de hospedes) e desenvolve um trabalho de Manège Equestre (escola de equitação): há um centro<br />

de treinamento para cavalos novos e de competição. A estrutura de cocheira apresenta um padrão<br />

internacional totalmente equipada para repouso e tratamento de cavalos aposenta<strong>do</strong>s. É Referência<br />

em Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social. Atua na criação profissional de bovinos;<br />

oferece Turismo Pedagógico com visitas históricas lúdicas e interativas para colégios, visitação guiada com<br />

três opções: simples (sem exigência de número mínimo), lanche (para grupos) e almoço (para grupos).<br />

Atualmente os proprietários Délio e Vera, são as pessoas que fazem a visita guiada dentro <strong>do</strong> casarão.<br />

Contato: email: renattamattos21@gmail.com / whatsapp: (21) 98776 0747<br />

É Referência em Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social. Atua na<br />

criação profissional de bovinos; oferece Turismo Pedagógico com visitas históricas<br />

lúdicas e interativas para colégios, visitação guiada com três opções: simples (sem<br />

exigência de número mínimo), lanche (para grupos) e almoço (para grupos).<br />

24<br />

Piano.<br />

Grupo reuni<strong>do</strong> em baixo de uma mangueira, durante<br />

visita à Fazenda Vista Alegre - Conservatória (RJ).


RÉVEILLON NO RESTAURANTE E PIZZARIA BOEMIA<br />

Recebemos o convite <strong>do</strong> empresário e proprietário <strong>do</strong> Restaurante e Pizzaria Boemia<br />

para participar <strong>do</strong> réveillon na passagem <strong>do</strong> dia 31/12/22. A casa tem um menu especial<br />

para quem gosta de uma boa pizza, um bom cal<strong>do</strong> e uma carne seca saborosa. A casa<br />

está localizada na Rua Dr. Luiz de Almeida Pinto, 24 - centro - Conservatória (RJ). Aberto<br />

de quinta-feira à sába<strong>do</strong>, das 10:00h às 00:00 / <strong>do</strong>mingo, das 10:00h às 16:00h.<br />

Contato: (21) 98526-4040 / (24) 2438-1732 / (24) 2765-000<br />

Lourdes, José Carlos, Celso, Maria e Sergio.<br />

José Carlos e Maria (garçonete).<br />

Maria (garçonete) e Lourdes<br />

José Carlos e Rogério (proprietário <strong>do</strong> Restaurante e Pizzaria<br />

Boemia), durante Réveillon em Conservatória (RJ).<br />

: Creusenir, Rosinha, Rosangela, Gilda, Sônia, Lourdes, José Carlos, Nair, Sergio, Mercês, Ozilene, Janaína e Mell.


RÉVEILLON NO BISTRÔ DO POETA<br />

No dia 31/12/2022 o grupo participou da virada <strong>do</strong> ano nas dependências <strong>do</strong><br />

Bistrô <strong>do</strong> Poeta e aproveitaram o momento para confraternizar a entrada de <strong>2023</strong>.<br />

O grupo curtin<strong>do</strong> o réveillon 2022 no Bistrô <strong>do</strong> Poeta.<br />

O grupo curtin<strong>do</strong> o réveillon 2022 no Bistrô <strong>do</strong> Poeta.<br />

26<br />

O grupo curtin<strong>do</strong> o réveillon 2022 no Bistrô <strong>do</strong> Poeta.


SOCIAL<br />

CONSERVATÓRIA (RJ)<br />

Iracema e Maria Cristina.<br />

José Carlos e Rosa Helena de Oliveira<br />

(historia<strong>do</strong>ra).<br />

José Carlos em frente à locomotiva<br />

Maria Fumaça.<br />

Karina, Maura e Edson.<br />

Lourdes em frente à locomotiva Maria<br />

Fumaça.<br />

Lourdes, Maria Cecília e Edson.<br />

Maria e Almerinda.<br />

Matheus e Jucimara.<br />

Tereza e Leir.<br />

Faça sua Empresa aparecer. Anúncie aqui!


NESSA REDE TODOS OS<br />

SONHOS SE REALIZAM<br />

Os quatro Hotéis Fazenda da Rede <strong>do</strong>s Sonhos oferecem<br />

turismo de aventura, rural, ecoturismo, estu<strong>do</strong>s e intercâmbio,<br />

negócios e eventos e social. O valor da diária<br />

inclui quatro refeições e todas as atrações oferecidas pelos<br />

hotéis, além <strong>do</strong> seguro. Com acomodações e todas as<br />

instalações preparadas para receber pessoas com deficiência,<br />

os hotéis são ótima opção para toda a família e para<br />

todas as idades. O atendimento acolhe<strong>do</strong>r de colabora<strong>do</strong>res<br />

treina<strong>do</strong>s e capacita<strong>do</strong>s garante momentos de encantamento<br />

para to<strong>do</strong>s aqueles que visitam e se hospedam<br />

nos hotéis da Rede <strong>do</strong>s Sonhos. Além da hospedagem os<br />

hotéis oferecem também o day use e é aberto a visitação<br />

to<strong>do</strong>s os dias. A Rede também é especializada em receber<br />

escolas, empresas e grupos de terceira idade.<br />

Há 28 anos , quan<strong>do</strong> era inaugura<strong>do</strong> Hotel Fazenda<br />

Campo <strong>do</strong>s Sonhos em Socorro, SP, primeiro hotel<br />

fazenda da rede,<br />

o empresário e mestre na arte de empreender, José<br />

Fernandes Franco, certamente não imaginava a dimensão<br />

que seus sonhos ganhariam. Nem mesmo imaginava que<br />

estava dan<strong>do</strong> o primeiro passo da criação da rede que<br />

lançaria anos mais tarde. O Campo <strong>do</strong>s Sonhos foi pioneiro<br />

na adequação de suas instalações para receber pessoas<br />

com deficiência e depois se tornou referência em acessibilidade.<br />

Hoje, todas as instalações <strong>do</strong>s hotéis são acessíveis,<br />

inclusive a maioria das atividades.<br />

Em um tempo em que o assunto sustentabilidade apenas<br />

despertava no Brasil, o Campo <strong>do</strong>s Sonhos já fazia sua<br />

lição de casa, fazen<strong>do</strong> a separação e destinação de seus<br />

resíduos sóli<strong>do</strong>s, e compostagem de seus resíduos<br />

orgânicos para utilizar em sua horta. As mesmas diretrizes<br />

foram empregadas na implantação de outro empreendimento,<br />

o Hotel Fazenda Parque <strong>do</strong>s Sonhos, inaugura<strong>do</strong><br />

em 2002. O novo negócio, desde o início, beneficiou<br />

dezenas de famílias pela criação de novas oportunidades<br />

de emprego e qualificação. Os hotéis contam com um<br />

Sistema de Gestão de Segurança certifica<strong>do</strong> pela ABNT, de<br />

acor<strong>do</strong> com a norma ISO 2<strong>110</strong>1-2014 para operação de<br />

turismo de aventura. Em 2017, com os primeiros empreendimentos<br />

já consolida<strong>do</strong>s, foi inaugura<strong>do</strong> o Hotel Fazenda<br />

Terra <strong>do</strong>s Sonhos, construí<strong>do</strong> em um vale de exuberante<br />

beleza, corta<strong>do</strong> pelo Rio das Antas. Ele já nasceu<br />

com o lega<strong>do</strong> da experiência acumulada pelos irmãos<br />

mais velhos, o Campo e o Parque <strong>do</strong>s Sonhos, hotéis que<br />

receberam inúmeros prêmios no Brasil e no exterior pelas<br />

suas iniciativas na área de sustentabilidade e acessibilidade.<br />

O ponto alto <strong>do</strong> projeto contempla a sustentabilidade,<br />

ao utilizar contêineres de transporte marítimo descarta<strong>do</strong>s<br />

na construção <strong>do</strong>s chalés, conferin<strong>do</strong> um aspecto moderno<br />

em contraste à paisagem rural, associa<strong>do</strong> ao conforto<br />

das novas unidades.<br />

Com a inauguração <strong>do</strong> novo empreendimento,<br />

estava forma<strong>do</strong> o cenário para a criação da Rede<br />

<strong>do</strong>s Sonhos, responsável por padronizar e aprimorar<br />

todas as políticas da organização nos três<br />

hotéis, além de assumir todas as ações institucionais,<br />

especialmente em relação à comunidade.<br />

Nesse senti<strong>do</strong>, a cargo da Rede está também a<br />

criação e gestão da Fundação Rede <strong>do</strong>s Sonhos,<br />

entidade que promove projetos na área social,<br />

como projetos em favor da cultura, como o Centro<br />

Cultural Maestro Luiz Gonzaga Franco, inaugura<strong>do</strong><br />

em 2018, além de projetos na área de esportes,<br />

educação, meio ambiente, inclusão social e<br />

sustentabilidade, seus principais pilares. Em 2019<br />

o espirito inquiéto de José Fernandes deu espaço<br />

a mais um de seus sonhos. O Hotel Fazenda<br />

Colina <strong>do</strong>s Sonhos. O Colina <strong>do</strong>s Sonhos traduz a<br />

satisfação e o prazer com que Zé Fernandes<br />

idealiza cada atividade oferecida.<br />

“O local é resulta<strong>do</strong> da vontade de unir a natureza<br />

ao lazer e descanso <strong>do</strong>s hóspedes e visitantes”,<br />

orgulha-se Zé Fernandes. No ponto mais alto de<br />

Socorro. No alto das Colinas da Mantiqueira as<br />

emoções se misturam e dão espaços as novas<br />

experiências e quem se hospeda no Colina <strong>do</strong>s<br />

Sonhos deve esperar e estar disposto a essas<br />

experiências. Uma conexão homem natureza que<br />

as montanhas se propuseram a difundir. Aqui os<br />

grandes e areja<strong>do</strong>s espaços são privilegia<strong>do</strong>s pela<br />

natureza. Há sempre algo que nos instiga a cada<br />

pôr <strong>do</strong> sol e a cada nascer <strong>do</strong> astro rei. A emocionante<br />

dança entre a lua e o sol é o verdadeiro<br />

segre<strong>do</strong> <strong>do</strong> horizonte.<br />

28<br />

Foto: Cuca Jorge - Tirolesa Voo duplo - Parque <strong>do</strong>s Sonhos


Foto: Léo Klemann - Cavalgada da Fazenda<br />

Localiza<strong>do</strong> em Socorro, SP, com acesso por<br />

estrada asfaltada, o hotel oferece hospedagem<br />

em confortáveis chalés e apartamentos, com<br />

diversas atividades como cavalgada das montanhas<br />

com duração de mais de uma hora, passeio<br />

de charrete, trole e passeio de trator, atividades<br />

de aventura, como tirolesa de 80 metros e<br />

arborismo sobre um lago com pedalinhos,<br />

caiaques, stand up paddle e uma caravela que<br />

garante a diversão das crianças. Na visita à<br />

fazenda, podem ser vistos mais de 50 tipos de<br />

animais, como búfalos, alpacas, avestruzes,<br />

carneiros, cabritos, entre outros. O hotel conta<br />

com duas piscinas cobertas com sauna seca e<br />

úmida e uma descoberta. É possível também<br />

conhecer de perto o processo de produção de<br />

café, queijo, alambique artesanal e apiário.<br />

O hotel fica a 15 km de Socorro, SP, na divisa<br />

com o município de Bueno Brandão, MG, às<br />

margens <strong>do</strong> Rio Cachoeirinha, com diversas<br />

atividades de aventura, sete tirolesas, cavalgada,<br />

escalada para crianças, passeio de trator,<br />

duas plataformas de rapel, bóia-cross, rafting,<br />

cicloturismo, espéleoturismo, diversas cachoeiras<br />

e trilhas em meio a uma natureza exuberante,<br />

piscina coberta, lago de pesca e um lago de<br />

pedalinhos. As hospedagens são feitas em<br />

acolhe<strong>do</strong>res chalés e apartamentos. A programação<br />

noturna em alguns dias oferece um<br />

circuito de tirolesas noturnas que é diversão<br />

garantida.<br />

Localiza<strong>do</strong> em um vale corta<strong>do</strong> pelo Rio das<br />

Antas, no município de Bueno Brandão, MG, a 18<br />

Km de Socorro, o hotel oferece acomodações em<br />

<strong>do</strong>ze chalés, com diversas atividades como<br />

cavalgada, charrete, trole, passeio de trator, lago<br />

de pesca, lago de pedalinhos, fazendinha com<br />

vários animais, um viveiro interativo, onde se<br />

pode interagir com aves, coelhos, lhamas e<br />

outros animais. É diversão garantida para toda a<br />

família. Nas águas tranquilas <strong>do</strong> rio das Antas é<br />

possível fazer bóia-cross, caiaque, stand up<br />

paddle e<br />

passeio contemplativo utilizan<strong>do</strong> botes de<br />

rafting.<br />

O conjunto de piscinas aquecidas proporciona<br />

uma vista relaxante das montanhas que cercam<br />

o vale.<br />

O mais recente sonho realiza<strong>do</strong> está localiza<strong>do</strong><br />

no ponto mais alto de Socorro a 12 Km de<br />

Socorro, de la da pra se enchergar toda a<br />

região, até onde a vista alcança.. Concebi<strong>do</strong><br />

para encantar, charme é marca desse hotel<br />

fazenda que proporciona sofisticação em meio<br />

a um ambiente encanta<strong>do</strong>r. Em confortáveis<br />

chalés, com um mirante á 1.400m de altitude<br />

você terá horas de contemplação e reencontro<br />

consigo e com a natureza<br />

Central de Reservas:<br />

(19) 3895-3161<br />

contato@rede<strong>do</strong>ssonhos.com.br<br />

www.rede<strong>do</strong>ssonhos.com.br<br />

Hotéis<br />

Acessíveis<br />

Hotéis<br />

Pet Friendly


NOITE DE PRÉ-LANÇAMEN-<br />

TO DO LIVRO MINHA NOVA<br />

LEI DE KLEDSON LEÃO<br />

O empresário e escritor Kledson Leão, reuniu amigos<br />

e familiares para uma noite de autógrafos durante o<br />

pré-lançamento <strong>do</strong> seu primeiro livro, “Minha Nova<br />

Lei”. Kledson Leão, natural de Taubaté (SP), forma<strong>do</strong> em<br />

Publicidade Propaganda e Marketing pela Universidade<br />

Mackenzie. Iniciou a sua vida profissional como officeboy,<br />

e escalou os degraus que a vida lhe colocou e<br />

conseguiu alcançar o deseja<strong>do</strong> sonho de se tornar<br />

um empresário, e sempre se manteve investin<strong>do</strong> na<br />

educação e treinamento para um aperfeiçoamento<br />

profissional e pessoal constante. O livro traz belíssimas<br />

reflexões para ajudar-lhe a responder questões, como:<br />

“será possível ter uma vida mais abundante”? Ou ser uma<br />

pessoa atuante, contribuin<strong>do</strong> para a sociedade o seu<br />

testemunho sobre a sua vivência. Pois! Uma parcela da<br />

população, infelizmente só tem olhares para o seu “eu” e<br />

não procura dividir seus conhecimentos em prol de uma<br />

sociedade que ainda vive sem saber qual caminho tomar<br />

na vida pessoal e profissional.<br />

Livro, Minha Nova Lei.<br />

Suelen Zamith, Helena (filha), Fabiano<br />

Zamith e Kledson Leão.<br />

Marco Antonio F. de Castro e Kledson Leão.<br />

Lucia Varejão, Debora Correa. Roselea de<br />

Morais e Kledson.<br />

Kledson Leão, Viviane Fortes e Vagner <strong>do</strong><br />

Amaral Santos.<br />

Luciana Rangel e Kledson Leão.<br />

Kledson Leão, Caue Kaliu e Lucilene Faria<br />

Ribeiro Vieira.<br />

Kledson Leão, Sélika Souza Leão, Eduarda<br />

Fernandes e Gabriel Zamith<br />

Kledson Leão, Jeremias Rodrigues e Larissa<br />

Lopes.<br />

Kledson Leão e Celso Kurukawa.


Aline Lobo, Fernanda Danelli, Patricia<br />

Patrocinio, Giovanna Scacchetti.<br />

Carlos Vidal e Itiara.<br />

Jane de Oliveira Afonso, Silvio Henrique A.<br />

da Silva e Kledson Leão.<br />

Kledson Leão e Silvana Silva.<br />

Kledson Leão, Thais Morais e Cristian<br />

Belitar<strong>do</strong>.<br />

Kleber Leão, Kledson Leão e Kátia Leão.<br />

Kledson Leão e Thiago Leão.<br />

Kledson Leão e Beto Carvalho.<br />

Kledson Leão e Flávia Zamith Leão.<br />

Fernanda Santos e Sidnei Martins.<br />

Kledson Leão e Marcelo Fuad.<br />

Kledson Leão e Rodrigo Negrini.<br />

Kledson Leão e Thamiris Tole<strong>do</strong> de Melo.<br />

Kledson Leão, Rosa Maria e Antonio Paiva.<br />

Kledson Leão, Veridiana Guarnieri e Lucas<br />

Guarniere.


MATSUDA CORRETORA DE<br />

SEGUROS<br />

Reuniu seus colabora<strong>do</strong>res, familiares e amigos para<br />

confraternização de final de ano/2022, nas dependências <strong>do</strong><br />

Ricar<strong>do</strong> Matsuda. Durante o evento, aconteceu a troca de<br />

presentes, além de um almoço especial.<br />

Ricar<strong>do</strong>, Adriana, Teruo, Jander, Luciane, Junko, Regiane e Lourdes.<br />

Roberty e Marcela.<br />

Roberty, Jander, Ricar<strong>do</strong> e Diego.<br />

Ricar<strong>do</strong> Matsuda.<br />

Teruo Matsuda.<br />

João, Dener, Ricar<strong>do</strong> e Gabriel.<br />

Mariana e João.<br />

Gabriel, Ricar<strong>do</strong>, Adriana, Marcela e Roberty.<br />

Gabriel e Teruo.<br />

Dener, Ricar<strong>do</strong> e Gabriel.<br />

32


Elaine e Fernan<strong>do</strong>.<br />

Isabela, Teruo e Leonar<strong>do</strong>.<br />

José Carlos e Teruo Matsuda.<br />

Luciane.<br />

Junko.<br />

Lourdes.<br />

José Carlos.<br />

Momento especial da confraternização.<br />

Isabela.<br />

Matsuda Corretora de Seguros Ltda<br />

Rua Eduar<strong>do</strong> José Pereira, 345<br />

Jardim Eulália - Taubaté/SP<br />

12.010 - 590<br />

Fone/fax: (12) 3625 - 5500


IRMANDADE DE<br />

MISERICÓRDIA DE TAUBATÉ<br />

Por: José Carlos Reis de Souza<br />

Na noite <strong>do</strong> dia 14/12/2022, aconteceu a<br />

Confraternização de Final de Ano/2022 da Irmandade<br />

de Misericórdia de Taubaté. Foi um momento<br />

importante para fortalecer as relações interpessoais,<br />

compartilhar afinidades e saberes. Ações desse tipo são<br />

fundamentais para recarregar as energias e iniciar o ano<br />

com mais leveza. O evento contou com a participação<br />

<strong>do</strong>s músicos Bryan Diaz (violinista) e Vagner Mateus<br />

(violonista), que abrilhantaram o jantar.<br />

José Roberto (prove<strong>do</strong>r da Irmandade de Misericórdia de Taubaté).<br />

Serafim, Graça e Lourdes.<br />

Sandra, José, Walter e Aldila.<br />

Massoud Murad, Neide Murad, Rufina e<br />

Adriana.<br />

Maria Helena e Lourdes.<br />

Maria Amélia, Irinéa, Jorge e Gustavo.<br />

Marco, Silvia e Breves.<br />

Fatima, Bruna e Aline.<br />

Isabel, Vivian, prof. Alex e CecÍlia.<br />

Isabela, José Roberto, Gustavo, Maria Helena<br />

e Dr. João Ebran.<br />

Jesus, Maiza, José Francisco e Ana Maria.<br />

Magda, Vespa, Terou e Junko.<br />

Junko, Maria Helena e Magda<br />

34


Nova diretoria - São Paulo Convention & Visitors Bureau.<br />

SÃO PAULO CONVENTION & VISITORS BUREAU<br />

ELEGE POR ACLAMAÇÃO A NOVA DIRETORIA<br />

No dia10/01/<strong>2023</strong>, a Fundação 25 de Janeiro – São<br />

Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB) realizou em<br />

sua sede, a Assembleia Geral de Associa<strong>do</strong>s, e nomeou<br />

os novos membros <strong>do</strong> “Conselho de Administração”<br />

para a gestão <strong>2023</strong>/2024. O encontro foi conduzi<strong>do</strong><br />

pela Luchesi Advoga<strong>do</strong>s, sob coman<strong>do</strong> da Dra. Luciana<br />

Bucharelli.<br />

Na ocasião, foi eleita por aclamação a chapa<br />

composta por Fernan<strong>do</strong> Guinato (Sheraton São Paulo<br />

WTC Hotel) como Presidente; Chieko Aoki (Blue Tree<br />

Hotels) como 1ª Vice-presidente; e Carlos Roberto<br />

Bernar<strong>do</strong> (Accor) como Vice-Presidente Financeiro.<br />

Segun<strong>do</strong> o presidente recém-empossa<strong>do</strong> <strong>do</strong><br />

Conselho de Administração Fernan<strong>do</strong> Guinato:<br />

“Assumir a presidência após o Raul Sulzbacher, Annie<br />

Morrissey, Juan Pablo De Vera, Guilherme Paulus, é<br />

aceitar um desafio cuja régua está muito elevada, de<br />

forma extremamente positiva. Mas, acompanhan<strong>do</strong> de<br />

perto o trabalho da equipe da entidade nos últimos<br />

<strong>do</strong>is anos, o cargo vem acompanha<strong>do</strong> de confiança<br />

e tranquilidade”. Completam o board como vicepresidentes<br />

Conselheiros: Ana Luísa Cintra (Centro<br />

de Convenções Rebouças), Carlos Roberto Pra<strong>do</strong><br />

(Tour House Viagens e Turismo), Daniela Azere<strong>do</strong><br />

Pereira (Staybridge Suites São Paulo), Edgar Pereira de<br />

Souza Radesca (Bourbon Street Music Club), Eduar<strong>do</strong><br />

Sanovicz (Abear), Mauricio Duval Mace<strong>do</strong> (Fiera Milano<br />

Brasil) e Raffaele Cecere (R1). Por conta da pandemia<br />

que impactou todas as empresas <strong>do</strong> setor, a Fundação<br />

passou metaforicamente por um perío<strong>do</strong> de ‘UTI’,<br />

sen<strong>do</strong> uma fase turbulenta e de muitos desafios,<br />

principalmente financeiros, sem saber, ao certo, quan<strong>do</strong><br />

a crise teria fim. Graças às grandes habilidades da<br />

equipe, liderança <strong>do</strong> Presidente Executivo Toni San<strong>do</strong><br />

e a incansável busca por novos recursos conseguiram<br />

chegar hoje como uma entidade relevante e saudável.<br />

Foi difícil, mas vencemos, comemora Raul Sulzbacher,<br />

Presidente <strong>do</strong> Conselho de Administração da Gestão<br />

2021/22.A governança corporativa da entidade é<br />

formada pelo Conselho Cura<strong>do</strong>r com representante<br />

das entidades e empresas <strong>do</strong> setor que fundaram<br />

a entidade; Conselho de Administração composto<br />

por membros eleitos pelos associa<strong>do</strong>s; Conselho<br />

Consultivo, um grupo de empresários e executivos;<br />

e uma equipe de colabora<strong>do</strong>res sob a gestão <strong>do</strong><br />

Presidente Executivo, Toni San<strong>do</strong>, em cinco diretorias:<br />

Eventos, Marketing, Promoção, Relacionamento e<br />

Administrativo-Financeiro.<br />

Assembleia Geral para eleger a nova diretoria - São Paulo Convention<br />

& Visitors Bureau.<br />

Quadro Conselhos <strong>2023</strong>.


Vinhe<strong>do</strong> Terranova, no <strong>Vale</strong> <strong>do</strong> São Francisco (BA).<br />

Visão da fachada da empresa Terranova, no <strong>Vale</strong> <strong>do</strong> São Francisco(<br />

BA).<br />

ENOTURISMO NO<br />

<strong>Vale</strong> São Francisco<br />

“Se você ainda não vivenciou essa experiência, coloque nos seus planos! Além de degustar<br />

vinhos fantásticos, você terá a oportunidade de conhecer uma paisagem deslumbrante,<br />

fazer passeios incríveis e ainda ter a chance de participar de harmonizações com os vinhos e<br />

comidas locais, no sertão baiano, onde está localiza<strong>do</strong> na caatinga, bioma exclusivamente<br />

brasileiro, a Vinícola Terra nova <strong>do</strong> Grupo Miolo.”<br />

Com mais de 20 anos de atividades no sertão<br />

nordestino, a Vinícola Terranova conta com<br />

tecnologia de ponta e a expertise <strong>do</strong> Grupo Miolo<br />

em um terroir excepcional com produção que já<br />

ultrapassa a marca de 4,5 milhões de litros anuais<br />

de vinhos finos, brandy e suco de uva. As condições<br />

climáticas, solo, relevo e hidrografia da região baiana<br />

impulsionam a produção, que rende até duas safras<br />

e meia por ano, condição natural específica em<br />

áreas vitivinicultoras localizadas em regiões de baixa<br />

latitude, ou seja, próximas à linha <strong>do</strong> Equa<strong>do</strong>r. A<br />

Vinícola Terranova tem roteiro fora <strong>do</strong> convencional,<br />

que recebe cerca de 50 mil visitantes por ano, e<br />

deslumbra com belezas naturais, paisagens de tirar<br />

o fôlego e vinho de alta qualidade. Faz parte <strong>do</strong><br />

roteiro enoturístico “Vapor <strong>do</strong> Vinho”, um passeio de<br />

barco que leva em média duas horas e meia pelo Rio<br />

São Francisco, com início em Juazeiro, paradas em<br />

locais turísticos ao longo <strong>do</strong> Velho Chico e no Lago<br />

Sobradinho, além de oferecer degustações a bor<strong>do</strong><br />

e harmonizações com comidas típicas. Ao chegar<br />

à vinícola, os participantes visitam os vinhe<strong>do</strong>s e as<br />

modernas instalações <strong>do</strong> Grupo Miolo, além de serem<br />

recebi<strong>do</strong>s por uma elaborada estrutura composta<br />

por uma cantina, uma cave subterrânea, setor de<br />

engarrafamento, destilaria, sala de degustação e loja.<br />

Os interessa<strong>do</strong>s podem agendar a visita<br />

diretamente através <strong>do</strong> site da empresa: https://<br />

www.miolo.com.br/enoturismo/#fale-conosco. E,<br />

para quem desejar conhecer exemplares produzi<strong>do</strong>s<br />

nos vinhe<strong>do</strong>s Terranova no <strong>Vale</strong> <strong>do</strong> São Francisco, a<br />

sugestão é a linha de Espumantes Ballade, elaborada<br />

pelo Grupo Miolo em parceria com a Wine. São<br />

exemplares expressivos nos aromas e sabores, muito<br />

refrescantes e adequa<strong>do</strong>s para veganos.<br />

36<br />

Vinhe<strong>do</strong> Terranova, no <strong>Vale</strong> <strong>do</strong> São Francisco (BA).


“CENÁRIOS PARA O<br />

TURISMO EM <strong>2023</strong>”<br />

Bruno Omori -Presidente <strong>do</strong> IDT-CEMA, Diretor de Hospitalidade e<br />

Jogos <strong>do</strong> FHORESP, Conselheiro <strong>do</strong> CONTURESP, MBA em Turismo,<br />

Hotelaria e Entretenimento FGV e MBA Internacional OHIO UNIVESITY.<br />

“Houve uma considerável melhoria no<br />

planejamento estratégico <strong>do</strong> turismo como<br />

fora efetua<strong>do</strong> no Esta<strong>do</strong> de São Paulo, nos<br />

últimos 4 anos; assim como a implantação em<br />

to<strong>do</strong> Brasil de legislações crian<strong>do</strong> por exemplo<br />

os distritos turísticos, com ampliação de<br />

municípios incorporan<strong>do</strong> planos diretores de<br />

turismo, inventários turísticos e pesquisas de<br />

demanda, que possibilitará um crescimento<br />

sustentável <strong>do</strong> nosso merca<strong>do</strong> nos próximos<br />

anos.”<br />

O Brasil conforme a OMT é o primeiro <strong>do</strong> ranking<br />

mundial em potencial de recursos naturais para o<br />

Turismo, possuímos uma população de mais de 210<br />

milhões de habitantes, temos um povo receptivo,<br />

condições favoráveis de câmbio que fortalecem<br />

consumo no merca<strong>do</strong> interno e o aumento das<br />

exportações, além de possuirmos produtos turísticos<br />

consolida<strong>do</strong>s em to<strong>do</strong>s Esta<strong>do</strong>s.<br />

Estu<strong>do</strong>s em to<strong>do</strong> planeta, comprovam que<br />

as novas gerações preferem viajar e viver novas<br />

experiências a, por exemplo, comprar um carro nos<br />

seus sonhos de consumo. Mesmo as gerações como<br />

<strong>do</strong>s “Baby Boomers, X e Y” também colocam o turismo<br />

na cesta de prioridades para aumento da qualidade<br />

de vida, e com o fenômeno consolida<strong>do</strong> das mídias<br />

sociais to<strong>do</strong>s postam suas viagens difundin<strong>do</strong> suas<br />

experiências e fortalecen<strong>do</strong> seu status social.<br />

Houve uma considerável melhoria no<br />

planejamento estratégico <strong>do</strong> turismo como fora<br />

efetua<strong>do</strong> no Esta<strong>do</strong> de São Paulo, nos últimos 4<br />

anos; assim como a implantação em to<strong>do</strong> Brasil de<br />

legislações crian<strong>do</strong> por exemplo os distritos turísticos,<br />

com ampliação de municípios incorporan<strong>do</strong> planos<br />

diretores de turismo, inventários turísticos e pesquisas<br />

de demanda, que possibilitará um crescimento<br />

sustentável <strong>do</strong> nosso merca<strong>do</strong> nos próximos anos.<br />

Projetos turístico-imobiliários como de<br />

Multipropriedades tem proporciona<strong>do</strong> o aumento<br />

da oferta e da qualidade estrutural de produtos,<br />

especialmente em destinos de turismo de lazer com<br />

diversos lançamentos neste ano, um exemplo será o<br />

Resort APM em Caieiras (SP) com 300 Uhs e Centro e<br />

Convenções para 1.200 pessoas.<br />

A Cadeia produtiva <strong>do</strong> turismo chegará a uma<br />

oferta em <strong>2023</strong> de mais de 570.000 unidades<br />

habitacionais na hotelaria, 1,5 milhões de veículos<br />

para locação, 40.000 agências e opera<strong>do</strong>ras de<br />

turismo, 80 parques temáticos e naturais, mais de<br />

2,5 milhões de restaurantes e bares, mais de 3 mil<br />

centros de eventos, entre outros produtos turísticos<br />

(compilação de da<strong>do</strong>s das principais entidades de<br />

turismo).<br />

Desta forma, em <strong>2023</strong>, podemos projetar que<br />

estes cenários em relação ao turismo <strong>do</strong> Brasil<br />

apontam para índices de crescimento de mais de<br />

15% no merca<strong>do</strong> de lazer em relação a 2019 antes<br />

da pandemia, e com a retomada <strong>do</strong>s eventos e feiras<br />

o merca<strong>do</strong> de destinos corporativos tem projeções<br />

de crescimento de pelo menos 6% em relação aos<br />

patamares anteriores à crise mundial de saúde.<br />

A cereja <strong>do</strong> bolo será com a eminente aprovação<br />

da Lei 442/91 <strong>do</strong>s jogos e cassino no Brasil, que<br />

possibilitará a priori, a inserção aproximadamente<br />

de USD 70 bilhões em investimentos nacionais<br />

e internacionais, que ativarão diretamente os<br />

merca<strong>do</strong>s imobiliário, de construção, mobiliário,<br />

decoração, tecnologia, indústrias; na sequência<br />

entrarão a qualificação <strong>do</strong>s profissionais com a<br />

academia e entidades de ensino; para então chegar<br />

à operação potencializan<strong>do</strong> o destino Brasil como<br />

seus 52 segmentos <strong>do</strong> turismo como, a hotelaria,<br />

gastronomia, eventos, cultura, transportes, shows e<br />

assim como o comércio em geral., poderemos ter<br />

um orçamento próximos aos aplica<strong>do</strong>s pelo México<br />

de USD 500 milhões, com os 12% <strong>do</strong>s montantes<br />

arrecada<strong>do</strong>s para o turismo, que potencializará os<br />

destinos turísticos em to<strong>do</strong> país.


TURISMO PAULISTA TERÁ<br />

CRESCIMENTO DE 7,8%<br />

EM <strong>2023</strong><br />

“O crescimento <strong>do</strong> turismo traz<br />

impactos importantes para a<br />

economia <strong>do</strong> Esta<strong>do</strong>. As empresas<br />

ligadas ao setor devem apresentar<br />

faturamento de R$ 90,1 bilhões em<br />

<strong>2023</strong>, estimulan<strong>do</strong> a criação de 60<br />

mil novos empregos em atividades<br />

ligadas ao setor.”<br />

Roberto de Lucena, secretário de Turismo e Viagens <strong>do</strong> Esta<strong>do</strong> de São<br />

Paulo.<br />

Estimativas revelam que SP deve registrar 47,3<br />

milhões de turistas, gerar 60 mil novos postos de<br />

trabalho e elevar o PIB <strong>do</strong> setor para R$ 299,4 bilhões.<br />

O desempenho <strong>do</strong> turismo paulista em <strong>2023</strong> será<br />

o maior <strong>do</strong>s últimos cinco anos, segun<strong>do</strong> projeção<br />

<strong>do</strong> Centro de Inteligência da Economia <strong>do</strong> Turismo<br />

(CIET), da Secretaria de Turismo e Viagens <strong>do</strong> Esta<strong>do</strong><br />

de São Paulo. A estimativa é de que a economia<br />

<strong>do</strong> setor cresça 7,8% em <strong>2023</strong>. Com isso, o PIB <strong>do</strong><br />

turismo paulista atingirá o valor de R$ 299,4 bilhões,<br />

destacan<strong>do</strong> o Esta<strong>do</strong> de São Paulo como o maior<br />

polo turístico <strong>do</strong> país.<br />

O avanço se deve principalmente ao turismo<br />

<strong>do</strong>méstico. São espera<strong>do</strong>s 45 milhões de turistas<br />

nacionais, estimula<strong>do</strong>s por três grandes atividades:<br />

o turismo ro<strong>do</strong>viário, a hotelaria e o setor de bares e<br />

restaurantes, 1 milhão de turistas a mais em relação a<br />

2019, último ano antes da pandemia.<br />

O turismo internacional também irá se recuperar<br />

totalmente das perdas da pandemia. Em <strong>2023</strong>, o<br />

Esta<strong>do</strong> de São Paulo deve receber 2,3 milhões de<br />

turistas estrangeiros, contra 2,1 milhões de 2019.<br />

Assim, São Paulo receberá 47,3 milhões de visitantes<br />

em <strong>2023</strong>, superan<strong>do</strong> os 46,1 milhões registra<strong>do</strong>s em<br />

2019.<br />

Ao longo deste ano, os aeroportos registrarão 77<br />

milhões de passageiros, na maior movimentação<br />

desde 2019, que registrou 76 milhões de passageiros,<br />

consideran<strong>do</strong> voos <strong>do</strong>mésticos e internacionais para<br />

os aeroportos de Congonhas, Guarulhos e Viracopos.<br />

A ocupação <strong>do</strong>s meios de hospedagem chegará a<br />

65,8% este ano, sen<strong>do</strong> 2,3 pontos percentuais acima<br />

de 2019; e o setor de bares e restaurantes deve<br />

crescer 8% em relação a 2022.<br />

“O turismo paulista tem si<strong>do</strong> uma locomotiva<br />

econômica e de desenvolvimento social, com<br />

impacto em to<strong>do</strong> o país, geran<strong>do</strong> empregos e<br />

bem-estar”, afirma Roberto de Lucena, secretário de<br />

Turismo e Viagens <strong>do</strong> Esta<strong>do</strong> de São Paulo.<br />

O crescimento <strong>do</strong> turismo traz impactos<br />

importantes para a economia <strong>do</strong> Esta<strong>do</strong>. As empresas<br />

ligadas ao setor devem apresentar faturamento de<br />

R$ 90,1 bilhões em <strong>2023</strong>, estimulan<strong>do</strong> a criação de 60<br />

mil novos empregos em atividades ligadas ao setor.<br />

Uma série de ações efetivas serão ampliadas<br />

e aprimoradas nesta gestão. Entre elas, os<br />

investimentos de mais de R$ 500 milhões ao ano<br />

em infraestrutura nos destinos turísticos; um grande<br />

programa de divulgação <strong>do</strong> Esta<strong>do</strong>, o “SP pra To<strong>do</strong>s”;<br />

e a criação de distritos turísticos para estimular o<br />

investimento. As iniciativas são resulta<strong>do</strong> <strong>do</strong> plano<br />

estratégico 20-30, cria<strong>do</strong> para orientar a tomada de<br />

decisões da Secretaria até 2030.<br />

As estimativas <strong>do</strong> CIET foram feitas a partir de análise<br />

de da<strong>do</strong>s da própria secretaria, da administração <strong>do</strong>s<br />

aeroportos de São Paulo, da Agência de Transporte<br />

<strong>do</strong> Esta<strong>do</strong> de São Paulo (ARTESP), da Fecomércio, da<br />

Junta Comercial <strong>do</strong> Esta<strong>do</strong> de São Paulo (JUCESP), da<br />

Fundação Seade, da FIPE, da Associação Brasileira da<br />

Indústria Hoteleira (ABIH-SP), da Associação Brasileira<br />

de Bares e Restaurantes (Abrasel), <strong>do</strong> Ministério <strong>do</strong><br />

Trabalho e da Confederação Nacional <strong>do</strong> Comércio,<br />

Bens, Serviços e Turismo (CNC).<br />

38


CENTRAL ANALÍTICA - TAUBATÉ<br />

Rua Dr. Urbano Figueira, 100<br />

Centro<br />

UNIDADE - TAUBATÉ<br />

Av. Independência, 650<br />

Independência<br />

UNIDADE - CAÇAPAVA<br />

Av. Coronel Manoel Inocêncio, 577<br />

Centro<br />

UNIDADE- GUARATINGUETÁ<br />

R: Visconde de Guaratinguetá, 227<br />

Centro<br />

UNIDADE BURITI SHOPPING<br />

Av. Juscelino Kubitschek de<br />

Oliveira, 351 - Centro<br />

UNIDADE- CAMPOS DO JORDÃO<br />

Av. Dr Januário Miraglia, 1536<br />

Salas 4 e 5 -Vila Abernésia<br />

(Centro Comercial AMC)<br />

UNIDADE - SÃO PAULO<br />

Rua Santo Alexandre, 236<br />

Vila Guilhermina<br />

UNIDADE VILA MARIA<br />

Av. Morvan Dias Figueire<strong>do</strong>,<br />

3177, Vila Maria (Galeria Carrefour)<br />

UNIDADE ARICANDUVA<br />

Av. Rio das Pedras, 555<br />

Aricanduva (Galeria Carrefour)<br />

UNIDADE - JACAREÍ<br />

Rua João Américo da Silva, 325<br />

Centro<br />

UNIDADE JACAREÍ SHOPPING<br />

Rua Olímpio Catão 500 - Luc 36<br />

UNIDADE - PINDAMINHANGABA<br />

Rua Dr. Frederico Macha<strong>do</strong>, 109-<br />

Centro<br />

UNIDADE SHOPPING PÁTIO PINDA<br />

R: Alcides Ramos Nogueira, 650 -<br />

Loja 63 Mombaça<br />

UNIDADE - SÃO JOSÉ DOS CAMPOS<br />

CDA - Centro de Diagnóstico<br />

Andrade<br />

Av. Dep. Benedito Matarazzo, 5701<br />

Parque Residencial Aquarius<br />

(Galeria Carrefour)<br />

UNIDADE JARDIM ESPLANADA<br />

Av. São João, 1644<br />

Jardim Esplanada<br />

UNIDADE SHOPPING ORIENTE<br />

Rua An<strong>do</strong>rra, 500<br />

Loja <strong>110</strong> e 112<br />

Jardim Paraíso<br />

UNIDADE - CARAGUATATUBA<br />

Av. Anchieta, 196<br />

Centro (salas: 12, 13 e 14) Centro<br />

UNIDADE SERRAMAR SHOPPING<br />

Av. José Herculano, 1086<br />

Santa Marina<br />

Preza<strong>do</strong> Cliente<br />

Exclusivamente na cidade de São<br />

José <strong>do</strong>s Campos nossas unidades<br />

de atendimento são identificadas<br />

pelo nome fantasia “CDA – CENTRO<br />

DIAGNÓSTICO ANDRADE”.<br />

SAC: (12) 2123 - 9200<br />

www.oswal<strong>do</strong>cruz.com.br<br />

laboswal<strong>do</strong>cruz<br />

laboswal<strong>do</strong>cruz

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!