Views
5 years ago

ABL-076 - Sonetos e rimas - L... - Academia Brasileira de Letras

ABL-076 - Sonetos e rimas - L... - Academia Brasileira de Letras

146 � Luís Guimarães

146 � Luís Guimarães Jr. Naufrágio Sulcando as ondas soberanas, belas Do verde mar a nau galharda corre: Tranquilo o dia pouco a pouco morre, E a noite assoma à frente das estrelas. Enfuna o vento o desfraldado pano, O tempo é calmo, o espaço é todo um prisma: E de repente a nau para e se abisma Nas fauces torvas e infernais do Oceano. Sabeis por quê? Ninguém a bordo via Ao nível do porão um ponto incerto: Riam-se à vida e a morte os conduzia. Também há almas como a nau decerto: Vê-lhes o mundo a efêmera alegria, E elas trazem no seio um cancro aberto.

Enlevo Quando eu contemplo os olhos teus, ó pura Obra de Deus num dia abençoado, Sinto que voo aos astros enlaçado, Preso aos raios da tua formosura. E uma gostosa e matinal frescura Tal como um véu de beijos recamado, Cobre o meu coração fanatizado, Cego de amor e cego de ventura. És como a Lua plácida e erradia: Ao teu olhar meu coração ansioso, Igual aos bosques quando expira o dia, Repousa envolto num tremente gozo, E a ti se eleva a minha poesia Bem como a voz dum rouxinol medroso. Sintra – 1873. � Sonetos e Rimas 147

Poesia - Academia Brasileira de Letras
Poesia - Academia Brasileira de Letras
Poesia - Academia Brasileira de Letras
Ciclo dos Fundadores da ABL - Academia Brasileira de Letras
Poesia - Academia Brasileira de Letras
Poesia - Academia Brasileira de Letras
Prosa - Academia Brasileira de Letras
Prosa - Academia Brasileira de Letras
Poesia - Academia Brasileira de Letras
Prosa - Academia Brasileira de Letras
Poesia - Academia Brasileira de Letras
Prosa - Academia Brasileira de Letras
Prosa - Academia Brasileira de Letras
Prosa (2) - Academia Brasileira de Letras
Prosa 3 - Academia Brasileira de Letras
Iconografia - Academia Brasileira de Letras
o soneto brasileiro
Centenários - Academia Brasileira de Letras
Prosa - Academia Brasileira de Letras
Prosa - Academia Brasileira de Letras
Poesia Estrangeira - Academia Brasileira de Letras
Guardados da Memória - Academia Brasileira de Letras
Aleijadinho - Academia Brasileira de Letras
Guardados da Memória - Academia Brasileira de Letras
Guardados na Memória - Academia Brasileira de Letras
Poesia Estrangeira - Academia Brasileira de Letras
Guardados da Memória - Academia Brasileira de Letras
Poesia Estrangeira - Academia Brasileira de Letras
Culto da Imortalidade - Academia Brasileira de Letras
Prosa - Academia Brasileira de Letras