Views
5 years ago

ABL-076 - Sonetos e rimas - L... - Academia Brasileira de Letras

ABL-076 - Sonetos e rimas - L... - Academia Brasileira de Letras

34 � Luís Guimarães

34 � Luís Guimarães Jr. AEsmola Vás para o baile, é hora: as flutuantes Gazes te envolvem como as névoas puras Que os astros vestem nas azuis alturas... Vás coberta de gaze e de brilhantes; E, enquanto espalhas graças deslumbrantes, Repleta de opulência e de venturas, Há um milhar de pobres criaturas, Que se estorcem – na noite – agonizantes: Moças sem pão, crianças magras, nuas, Cujo suplício fora aliviado, Se quisesses das pálidas mãos tuas, Num santo gesto, rápido e ignorado, Deixar cair na lama dessas ruas Um alfinete só do teu toucado.

AMortedaÁguia A bordo vinha uma águia. Era um presente Que um potentado, – um certo rei do Oriente, Mandava a outro: – um mimo soberano. Era uma águia real. Entre a sombria Grade da jaula o seu olhar luzia, Profundo e triste como o olhar humano. Aos balanços do barco ela curvava Ao níveo colo a fronte que cismava... E enquanto as ondas túrbidas gemiam Ao som do vento – em lúgubres lamentos, Ela pensava nos longínquos ventos Que do Himalaia os píncaros varriam. Fora uma infame e traiçoeira bala, Que do régio fuzil negra vassala, Invisível – uma asa lhe partira: Cheia de luz, tranquila, majestosa, Dobrando a fronte branca e poderosa, Aos pés de um rei a águia real caíra. Os bonzos vis, proféticos doutores, Sondando-lhe a ferida e as cruas dores, Que um venenoso bálsamo tentava Apaziguar em vão, – diziam rindo: “Não há no mundo um exemplar mais lindo: Vale um império!” – E a águia agonizava. � Sonetos e Rimas 35

Poesia - Academia Brasileira de Letras
Poesia - Academia Brasileira de Letras
Poesia - Academia Brasileira de Letras
Poesia - Academia Brasileira de Letras
Ciclo dos Fundadores da ABL - Academia Brasileira de Letras
Prosa - Academia Brasileira de Letras
Prosa - Academia Brasileira de Letras
Guardados da memória - Academia Brasileira de Letras
Poesia - Academia Brasileira de Letras
Prosa - Academia Brasileira de Letras
Centenários - Academia Brasileira de Letras
Prosa - Academia Brasileira de Letras
Prosa - Academia Brasileira de Letras
prosa - Academia Brasileira de Letras
Poesia - Academia Brasileira de Letras
Poesia Estrangeira - Academia Brasileira de Letras
Poesia - Academia Brasileira de Letras
Prosa - Academia Brasileira de Letras
Prosa - Academia Brasileira de Letras
Poesia - Academia Brasileira de Letras
Prosa - Academia Brasileira de Letras
O estouro da boiada - Academia Brasileira de Letras
Aleijadinho - Academia Brasileira de Letras
Poesia - Academia Brasileira de Letras
Guardados na Memória - Academia Brasileira de Letras
Prosa 1 - Academia Brasileira de Letras
Poesia Estrangeira - Academia Brasileira de Letras
Prosa 1 - Academia Brasileira de Letras
Guardados da Memória - Academia Brasileira de Letras
Sala de Videoconferência - Academia Brasileira de Letras