06.07.2023 Views

Jornal Cocamar Julho 2023

You also want an ePaper? Increase the reach of your titles

YUMPU automatically turns print PDFs into web optimized ePapers that Google loves.

SAFRA DE INVERNO<br />

Milho sofre com atrasos e estiagem<br />

Lavouras devem, na média, apresentar produtividades menores<br />

nesta safra, mas há regiões que esperam colher 250 sacas por alqueire<br />

Diante do atraso na<br />

semeadura e de<br />

condições climáticas<br />

desfavoráveis,<br />

a cultura de milho de inverno<br />

deve apresentar uma produtividade<br />

inferior em relação às<br />

estimativas iniciais, conforme<br />

avalia o gerente técnico da <strong>Cocamar</strong>,<br />

Rafael Furlanetto.<br />

ATRASO NA SEMEADURA -<br />

Segundo ele, ainda não é possível<br />

mensurar de quanto será<br />

essa redução, mas o atraso na<br />

semeadura, causado principalmente<br />

pelo prolongamento do<br />

ciclo da soja, e as chuvas frequentes<br />

na ocasião, comprometeram<br />

o potencial produtivo.<br />

“A janela vai até o dia 30<br />

de março, mas uma parcela<br />

expressiva de produtores só<br />

conseguiu semear no final<br />

dessa janela, quando, geralmente,<br />

eles o fazem em fevereiro”,<br />

informa Furlanetto, explicando<br />

que, assim, o ciclo da<br />

lavoura fica exposto à menor<br />

luminosidade em razão dos<br />

dias mais curtos do período<br />

outono/inverno, o que afeta<br />

naturalmente o seu desenvolvimento.<br />

DISTRIBUIÇÃO DE SEMENTES<br />

- Por outro lado, acrescenta o<br />

gerente técnico, muitos produtores<br />

semearam o milho com o<br />

solo molhado, o que fez com<br />

que a distribuição de sementes<br />

ficasse longe do ideal, levando<br />

em conta ainda que uma planta<br />

não compensa a outra, como é<br />

comum se observar na soja.<br />

ESTIAGEM - Para completar, a<br />

regiões atendidas pela cooperativa<br />

passaram por uma estiagem<br />

de mais de 30 dias e as<br />

chuvas ocorridas no último final<br />

de semana de maio foram<br />

insuficientes, variando de 5 a<br />

45 mm. “Precisaríamos de<br />

mais uma ou duas chuvas em<br />

bons volumes, pois a seca<br />

também está impactando o<br />

potencial produtivo”, afirma.<br />

PRODUTIVIDADE - Furlanetto<br />

comenta ainda que em algumas<br />

regiões, como Maringá, as<br />

lavouras apresentam potencial<br />

para 250 sacas por alqueire<br />

(103,3/hectare), mas a média<br />

geral da <strong>Cocamar</strong> é estimada<br />

no momento em 190 sacas<br />

por alqueire (78,5/hectare),<br />

completou.<br />

4 | J o r n a l C o c a m a r

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!