01.04.2024 Views

Celulose_64Web_Ops

You also want an ePaper? Increase the reach of your titles

YUMPU automatically turns print PDFs into web optimized ePapers that Google loves.

Ali Ayoub e os planos da WestRock para o mercado de papel<br />

Inovação<br />

Nanocelulose na saúde<br />

e no lazer<br />

Meio Ambiente<br />

Brasil como referência<br />

mundial<br />

Ferro e fogo<br />

A importância da<br />

fundição na indústria<br />

de papel<br />

Iron and Fire<br />

The Importance of casting<br />

in the Paper Sector


S U M Á R I O<br />

34 Produtividade<br />

Além do esperado<br />

Exceeding expectations<br />

24 Principal<br />

Tradição e excelência<br />

Tradition and excellence<br />

46 Iniciativa<br />

Investimento forte<br />

Strong investment<br />

06 Sumário<br />

08 Editorial<br />

10 Cartas<br />

12 Novidades<br />

30 Avanços e tecnologia<br />

Em todo momento<br />

At all times<br />

42 Meio Ambiente<br />

Referência mundial<br />

Global benchmark<br />

52 Artigo<br />

Produção de papel kraft<br />

Production of kraft paper<br />

58 Entrevista<br />

Ali Ayoub<br />

66 Calendário<br />

06


Partners


E D I T O R I A L<br />

REFERÊNCIA<br />

<strong>Celulose</strong> & Papel<br />

Protagonismo<br />

Um novo ano chegou e o segmento de celulose<br />

e papel continua em passos largos seu caminho<br />

para lugares ainda mais altos. Estabelecido como<br />

uma referência, a excelência e a qualidade de<br />

quem faz o segmento crescer são reconhecidos<br />

dentro e fora do setor. <strong>Celulose</strong> e papel em todas<br />

as suas abordagens, têm se mostrado uma das<br />

forças da economia nacional, e a Revista REFERÊN-<br />

CIA CELULOSE & PAPEL continuará em sua missão<br />

de fortalecer e valorizar o segmento que faz nosso<br />

país crescer. Nessa edição, o Leitor conhecerá<br />

a Walter Fundido, uma destacada empresa com<br />

soluções ideais para manter a produção acelerada,<br />

o reconhecimento internacional de nossas práticas<br />

de sustentabilidade, as inovações tecnológicas que<br />

fazem da celulose uma ferramenta para melhorar<br />

nosso dia a dia e uma entrevista com Ali Ayoub,<br />

diretor industrial da fábrica de papel WestRock<br />

Brasil. Além de artigos e notícias dos mais variados<br />

assuntos diretamente endereçadas ao segmento de<br />

papel e celulose. Uma ótima leitura!<br />

REFERÊNCIA <strong>Celulose</strong> & Papel<br />

Protagonist<br />

A new year has arrived, and the pulp and paper<br />

segment continues to make great strides on its path<br />

to even higher heights. Established as a benchmark,<br />

the excellence and quality of those who make the<br />

segment grow are recognized both within and without<br />

the Sector. Pulp and paper in all its forms have proven<br />

to be one of the strengths of the domestic economy.<br />

REFERÊNCIA CELULOSE & PAPEL continues in its mission<br />

of strengthening and valorizing the segment that makes<br />

our Country grow. In this issue, readers will learn about<br />

Walter Fundido, with its ideal solutions for keeping production<br />

running at full speed, the international recognition<br />

of our sustainability practices, the technological<br />

innovations that make pulp a tool for improving our<br />

daily lives, and an interview with Ali Ayoub, Industrial<br />

Director at the WestRock Brasil paper mill. The reader<br />

will also find articles and news on a wide range of<br />

subjects directly related to the pulp and paper industry.<br />

Pleasant reading!<br />

EXPEDIENTE<br />

JOTA EDITORA<br />

Diretor Comercial / Commercial Director: Fábio Alexandre Machado (fabiomachado@revistareferencia.com.br) • Diretor Executivo / Executive Director:<br />

Pedro Bartoski Jr (bartoski@revistareferencia.com.br) • Redação / Writing: Vinicius Santos - (jornalismo@revistareferencia.com.br) • Dep. de Criação /<br />

Graphic Design: Fabiana Tokarski - Supervisão, Karla Shimene, Julia Harumi - (criacao@revistareferencia.com.br)<br />

• Tradução / Translation: John Wood Moore • Dep. Comercial / Sales Departament: Gerson Penkal (comercial@revistareferencia.com.br) • Fone: +55<br />

(41) 3333-1023 • Depto. de Assinaturas: (assinatura@revistareferencia.com.br)<br />

A Revista REFERÊNCIA CELULOSE & PAPEL é uma publicação da JOTA EDITORA<br />

Rua Maranhão, 502 Água Verde - Cep: 80610-000 - Curitiba (PR) - Brasil<br />

Fone/Fax: +55 (41) 3333-1023<br />

www.jotaeditora.com.br<br />

ASSINATURAS<br />

0800 600 2038<br />

Publicações Técnicas da JOTA EDITORA<br />

08<br />

Veículo filiado a:<br />

A Revista REFERÊNCIA CELULOSE & PAPEL é uma publicação trimestral<br />

e independente, dirigida aos produtores e consumidores de bens e serviços<br />

em celulose e papel, instituições de pesquisa, estudantes universitários, orgãos<br />

governamentais, ONG’s, entidades de classe e demais públicos, direta e/ou<br />

indiretamente ligados ao segmento. A Revista REFERÊNCIA CELULOSE & PAPEL<br />

não se responsabiliza por conceitos emitidos em matérias, artigos ou colunas<br />

assinadas, por entender serem estes materiais de responsabilidade de seus autores.<br />

A utilização, reprodução, apropriação, armazenamento de banco de dados,<br />

sob qualquer forma ou meio, dos textos, fotos e outras criações intelectuais da<br />

Revista REFERÊNCIA CELULOSE & PAPEL são terminantemente proibidos sem<br />

autorização escrita dos titulares dos direitos autorais, exceto para fins didáticos.<br />

Revista REFERÊNCIA CELULOSE & PAPEL is a quarterly and an independent publication<br />

directed at the producers and consumers of the good and services of the pulp and paper industry,<br />

research institutions, university students, governmental agencies, NGO’s, class and other entities<br />

directly and/or indirectly linked to the segment. Revista REFERÊNCIA CELULOSE & PAPEL does not<br />

hold itself responsible for the concepts contained in the material, articles or columns signed by<br />

others. These are the exclusive responsibility of the authors, themselves. The use, reproduction,<br />

appropriation and databank storage under any form or means of the texts, photographs and<br />

other intellectual property in each publication of Revista REFERÊNCIA CELULOSE & PAPEL is<br />

expressly prohibited without the written authorization of the holders of the authorial rights.


Sobre a<br />

A é uma empresa líder em Componentes de Transmissão de Potência,<br />

Equipamentos para Transporte de Materiais e Ferramentas de Mão Industriais.<br />

A<br />

em aplicacões de Transmissão de Potência e Transporte de Materiais para dar soluções<br />

tem grandes<br />

inventários de uma companhia global ao mesmo tempo que dá um excepcional apoio e<br />

serviço local.<br />

especiais de fabricação, a<br />

mesmo dia ou no dia seguinte em qualquer parte da América.<br />

conecta você a uma ampla rede de especialistas focados em engenharia, fabricação, serviço e vendas.<br />

Pedidos de peças e componentes de fabricação especial são produzidos regionalmente com tempos de entrega rápidos e adequados a situações de<br />

emergência.<br />

A<br />

pedido é tratado com senso de urgência e é inspecionado manualmente em cada processo de fabricação.<br />

Transmissão de Potência<br />

SPROCKETS (RODAS DENTADAS)<br />

RODAS E POLIAS LISAS<br />

POLIAS SINCRONIZADORAS<br />

POLIAS EM “V”<br />

BUCHAS<br />

ACOPLAMENTOS<br />

ENGRENAGENS<br />

EIXOS<br />

SERVIÇOS DE REFORMA<br />

Transporte de Materiais<br />

CAVALETES<br />

TAMBORES<br />

ROLOS<br />

ROLETES<br />

TRANSPORTADORES DE CORREIA<br />

TRANSPORTADORES DE CORRENTE<br />

TRANSPORTADORES DE ROSCAS<br />

ROSCAS HELICOIDAIS<br />

ELEVADORES DE CANECAS<br />

PEÇAS ESPECIAIS E SPARE PARTS<br />

REVESTIMENTOS<br />

SERVIÇOS DE REFORMA<br />

martinsprocket.com +55 (19) 3877-9400


15:06:54<br />

Conheça os vencedores<br />

da edição 2023<br />

C A R T A S<br />

Celso Foelkel compartilha seus mais de 50 anos dedicados ao setor<br />

Prêmio REFERÊNCIA<br />

Inovação<br />

Nanocelulose é solução<br />

contra incêndios<br />

A Revista da Indústria de <strong>Celulose</strong> e Papel www.celulosepapel.com.br<br />

Ano XVI - nº 63 - 2023<br />

Fortalecendo o mercado<br />

Indústria oferece equipamentos<br />

completos para o crescente<br />

segmento de papel marrom<br />

Strengthening the market<br />

A company offers a complete line of equipment<br />

and machinery for the brown paper segment<br />

Capa da Edição 63 da<br />

Revista CELULOSE & PAPEL<br />

Imagem: reprodução Imagem: reprodução<br />

PRINCIPAL<br />

Por André de Paula Silva, Castro (PR)<br />

Uma empresa empenhada em fazer sempre mais e melhor é algo que motiva<br />

todo o segmento a trabalhar com afinco para não ficar para trás.<br />

MERCADO<br />

Por João Carlos Santos, Salvador (BA)<br />

Esse movimento da presença feminina dentro da indústria é cada vez maior.<br />

Que elas conquistem esse espaço através da competência e resultado.<br />

ENTREVISTA<br />

Por Suzana Castro, Contagem (MG)<br />

Como é bonito e exemplar ver alguém dedicando toda sua vida a um<br />

objetivo. Deixa de ser um trabalho e se torna uma missão.<br />

NOVIDADES<br />

Por Flávio Andrade, Rio do Sul (SC)<br />

Essa editoria é uma mão na roda. Nos apresenta de uma vez só várias<br />

novidades e gera um interesse ainda maior no setor.<br />

Imagem: reprodução Imagem: reprodução<br />

Leitor, participe de nossas pesquisas online respondendo os e-mails enviados por nossa equipe de jornalismo.<br />

As melhores respostas serão publicadas em CARTAS. Sua opinião é fundamental para a Revista REFERÊNCIA CELULOSE & PAPEL.<br />

revistareferencia@revistareferencia.com.br<br />

10


N O V I D A D E S<br />

Potencial de<br />

crescimento<br />

No último trimestre de 2023, o mercado de celulose testemunhou um aumento significativo de preços,<br />

impulsionado pela reposição de estoques na China em preparação para o Ano Novo Chinês, ocorrido em<br />

fevereiro. Esperava-se que os preços se estabilizassem após o evento, porém, a commodity mostrou resiliência,<br />

alimentando um otimismo crescente para 2024.<br />

Recentemente, o preço por tonelada de BEKP (fibra curta) permaneceu em torno de US$ 653, mantendo-<br />

-se praticamente estável desde o início do ano. A demanda persistente tanto na China quanto na Europa tem<br />

sido um fator crucial para sustentar esses preços. Além disso, em fevereiro, a Suzano (SUZB3) anunciou um<br />

aumento de US$ 30 para seu produto, destacando a confiança no mercado.<br />

Para o segundo semestre, espera-se uma correção nos preços, embora menos intensa do que inicialmente<br />

prevista. Apesar do alto custo de capital devido às taxas de juros elevadas, o setor de celulose ainda apresenta<br />

oportunidades de investimento. A expectativa é de que, nos próximos anos, os preços permaneçam distantes<br />

das máximas, o que pode desencorajar novos investimentos em capacidades de oferta.<br />

Paralelamente, há argumentos convincentes de que a demanda continuará a crescer, especialmente com o<br />

aumento da conscientização global sobre higiene, o que impulsionará a necessidade de produtos de celulose.<br />

Apesar das preocupações com a desaceleração da economia chinesa e os desafios enfrentados devido à crise<br />

imobiliária, o setor de papel e celulose está intrinsecamente ligado ao consumo, o que pode ser estimulado de<br />

acordo com as políticas do mais recente Plano Quinquenal.<br />

Foto: divulgação<br />

12


N O V I D A D E S<br />

Fotos: divulgação Eldorado<br />

Valorização<br />

das pessoas<br />

A Eldorado Brasil <strong>Celulose</strong> inaugurou seu<br />

CTIF (Centro de Treinamento Itinerante Florestal)<br />

que oferece mais de 50 cursos técnicos e<br />

obrigatórios para os colaboradores da área, em<br />

reforço de seu compromisso com a valorização<br />

das pessoas. Com a oferta de treinamentos<br />

especializados em operação e manutenção florestal e métodos inovadores de ensino, a estrutura atende a toda<br />

a diretoria florestal de forma integrada e prioriza o desenvolvimento de competências técnicas, incentivando a<br />

qualificação e o aperfeiçoamento contínuo dos profissionais. Dessa forma, a empresa também contribui para<br />

promover a competitividade nas operações florestais, sempre com elevados padrões de segurança e qualidade.<br />

Germano Vieira, diretor Florestal da Eldorado Brasil, aponta que no CTIF, a missão é capacitar equipes com<br />

tecnologia de ponta, seja para operação de máquinas, tratores, mecânica ou direção. “Com o apoio de nossos<br />

parceiros, oferecemos programas de excelência como parte de nossa iniciativa interna de desenvolvimento de<br />

carreira, onde cada colaborador pode seguir seu próprio caminho”, destaca Germano.<br />

O CTIF conta com uma ampla lista de recursos para oferecer uma formação adequada para os colaboradores,<br />

atrelado à aplicação prática de suas atividades no ramo florestal. Além das sete salas de aula, o local conta<br />

com laboratórios tecnológicos e simuladores de última geração. Tudo com a flexibilidade que uma estrutura<br />

itinerante possibilita, permitindo seu deslocamento de uma região para outra para atender demandas específicas<br />

para o desenvolvimento dos times de campo.<br />

A partir de um calendário com mais de 50 opções de cursos, os colaboradores têm a oportunidade de<br />

receber especializações nas áreas de silvicultura, colheita, logística, treinamentos normativos e manutenção<br />

mecânica. Além das atividades regulares, os diferentes setores têm a possibilidade de solicitar, de forma on-line,<br />

treinamentos adicionais, realizados de forma presencial.<br />

14


or<br />

<br />

A EMPRESA QUE<br />

PROPÕE SOLUÇÕES


N O V I D A D E S<br />

Incentivo à educação<br />

A Veracel <strong>Celulose</strong> acaba de concluir a doação de 5,2 mil kits escolares para 32 comunidades indígenas da<br />

região sul da Bahia, onde vivem cerca de 22 mil pessoas. A iniciativa reforça o compromisso da empresa com<br />

as comunidades locais. Os kits contêm itens escolares, como caderno, lápis, caneta e régua. As doações foram<br />

feitas para mais de 5 mil alunos e 247 professores de comunidades tradicionais que vivem no entorno da área<br />

de operação da Veracel <strong>Celulose</strong>. “Essa medida tem papel fundamental para a redução da evasão escolar e<br />

incentiva a formação educacional dos indígenas da região”, afirma Alexandre Campbell, gerente de responsabilidade<br />

e comunicação da Veracel <strong>Celulose</strong>.<br />

A iniciativa faz parte do programa: Educação é Vida; realizado pela Veracel <strong>Celulose</strong> desde 2009. Essa frente<br />

de ação tem como objetivo fortalecer a educação, tanto pela entrega de materiais, quanto com a construção<br />

e a reforma de salas de aula e escolas. “O projeto: Educação é Vida; foi desenvolvido de forma estratégica<br />

e está diretamente vinculado ao ODS (Objetivo de Desenvolvimento Sustentável) 4, da ONU (Organização<br />

das Nações Unidas), que busca assegurar educação inclusiva de qualidade. Com as ações do programa, contribuímos<br />

para o sucesso do aprendizado dos estudantes das comunidades indígenas”, aponta Alexandre.<br />

A Veracel também apoia as comunidades tradicionais da região com outras iniciativas. Patrocina, por<br />

exemplo, eventos culturais e esportivos, como o Aragwaksã, tradicional festa da etnia Pataxó realizada há mais<br />

de 20 anos, além dos Jogos Indígenas Pataxó. A companhia participa ainda de reuniões de conselho de caciques,<br />

como parte de seu foco no diálogo com os grupos tradicionais da região.<br />

Foto: divulgação<br />

16


PICAR EM ALTA<br />

PRODUTIVIDADE É<br />

UMA ARTE PARA POUCOS!<br />

Para obter um alto potencial<br />

produtivo em operações de<br />

picagem, além do picador<br />

robusto, você precisa de facas<br />

de alta performance e uma<br />

afiação eficaz.<br />

A DRV tem as ferramentas<br />

certas para cada<br />

operação!<br />

SERRAS E FACAS INDUSTRIAIS


N O V I D A D E S<br />

Novos marcos conquistados<br />

O início de fevereiro trouxe um marco para a Bracell o total de 5 milhões de toneladas de celulose movimentada<br />

entre o Terminal Intermodal de Pederneiras e o Porto de Santos. Os resultados são frutos dos esforços<br />

das equipes de Supply Chain da Bracell e MRS.<br />

O Terminal Intermodal de Pederneiras, onde é carregada a celulose nos vagões com destino para Santos<br />

(SP), foi inaugurado em outubro de 2021 e a obra foi uma parceria entre as empresas Bracell e MRS. Comprometida<br />

com uma produção sustentável, baseada em uma operação positiva para o clima e livre de combustíveis<br />

fósseis, toda celulose fabricada na unidade de Lençóis Paulista (SP) é transportada até o terminal<br />

intermodal da empresa – um trecho de cerca de 40 km (quilômetros) –, onde os fardos de celulose seguem<br />

embarcados em trens (via ferrovia) por 510 km até o Porto de Santos. A operação do terminal funciona 24h<br />

(horas) durante os 365 dias do ano e recebe, em média, seis caminhões de celulose por hora.<br />

Rubens Rigueira Júnior, gerente sênior de Supply Chain da Bracell em São Paulo, destaca a sustentabilidade<br />

da cadeia logística. “Uma composição é formada por até três locomotivas e 66 vagões, o equivalente a aproximadamente<br />

124 caminhões na rodovia, ou seja, quando optamos pelo transporte rodoferroviário, contribuímos<br />

com os processos de descarbonização, em aderência ao nosso compromisso Bracell 2030 onde traçamos<br />

as metas de longo prazo para sustentabilidade. As locomotivas consomem menos combustível e geram até<br />

três vezes menos CO 2<br />

(gás carbônico) em comparação com o rodoviário”, destacou Rubens. O gerente reitera<br />

também o comprometimento das equipes, que resultou neste marco. “O engajamento entre os diversos times<br />

que envolvem a logística de transporte da celulose da fábrica até o porto foram essenciais para esse resultado”,<br />

finalizou o gerente sênior.<br />

18<br />

Foto: divulgação


O CONTROLE ESTÁ EM SUAS MÃOS!<br />

0800 180 3000<br />

@attamexs


N O V I D A D E S<br />

Tendência de mercado<br />

Depois de investir em adaptações para garantir um bom funcionamento<br />

do trabalho remoto, a Irani conta com um quadro de 420<br />

colaboradores desempenhando suas funções de forma remota. O<br />

modelo, estabelecido temporariamente em 2020 em decorrência da<br />

pandemia de Covid-19, foi formalizado em 2021 e, hoje, é sustentado<br />

por números positivos nos resultados da empresa e pela satisfação<br />

dos funcionários que usufruem do modelo, vivido por 18% dos<br />

colaboradores.<br />

Atualmente, a Irani possui três categorias de trabalho: o 100%<br />

presencial, usado pelos funcionários da Indústria; o Remoto Integral,<br />

que é quando o colaborador tem contrato 100% home office, comparecendo<br />

eventualmente na empresa (sem descaracterizar o modelo); e<br />

o híbrido, quando o colaborador atua, formal e contratualmente, em<br />

trabalho remoto e presencial com flexibilidade de dias para alternar<br />

entre os modelos. Eventuais momentos de encontro no escritório são<br />

importantes para que, mesmo à distância, os colaboradores não percam<br />

o contato com a cultura da empresa.<br />

Além de ganhos financeiros para a companhia, o home office se<br />

mostrou um grande aliado dos próprios colaboradores, com benefícios<br />

como produtividade (com 106 recordes só em 2022), satisfação<br />

no trabalho (86%, segundo pesquisa GPTW 2022), qualidade de<br />

vida e bem-estar (sempre acima de 90% de satisfação nas pesquisas<br />

internas). A possibilidade de conciliar trabalho e vida pessoal também<br />

foi citada nos levantamentos, isso porque com a diminuição do tempo<br />

de deslocamento, conseguem aumentar os momentos de lazer com a<br />

família.<br />

Foto: divulgação<br />

20


N O V I D A D E S<br />

Foto: divulgação<br />

Cuidado com o meio<br />

ambiente<br />

Uma área que antigamente não possuía muitas árvores, localizada às margens da Rodovia Ermínio de Oliveira<br />

Penteado, no Km 47 em Indaiatuba (SP), é hoje um amplo espaço verde que acolhe muitas espécies de árvores<br />

nativas e várias espécies de animais. Propriedade da Irani, uma das principais indústrias de papel e embalagens<br />

sustentáveis do Brasil, a agora APP (Área de Preservação Permanente) de 1,20 ha (hectare), é símbolo de recuperação<br />

ambiental para a cidade.<br />

Em 2008, quando a Irani passou a regenerar a área, poucas árvores e animais habitavam o espaço. Atualmente<br />

vivem na mata preservada ouriços cacheiro, capivaras, lebres, corujas, gambás, e várias espécies de aves, como<br />

colhereiro, garça, biguás, entre outros, além da flora, bastante diversificada após a recuperação com mais de 32<br />

espécies nativas, como cereja do mato, jatobá, jequitibá rosa, guaraiuva, sibipiruna, gabiroba e aroeira salsa. Mais<br />

de 6 mil mudas foram plantadas naquele ano inicial e até hoje recebem cuidados diários e reposições. A escolha<br />

das árvores foi feita com base na Resolução SMA08 e contou com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo<br />

de Indaiatuba. “A política de sustentabilidade da Irani reflete o comprometimento com nossos stakeholders<br />

por meio do atendimento aos requisitos legais da prevenção da poluição, da preservação do meio ambiente,<br />

da redução de impactos ambientais e da melhoria contínua nas melhores práticas de gestão ambiental”, destaca<br />

o diretor do negócio de embalagem de São Paulo, Lindomar Lima de Souza.<br />

A manutenção da área é realizada periodicamente por um jardineiro que trabalha de forma exclusiva com o<br />

cuidado do espaço. Além de realizar a reposição de mudas quando há necessidade de substituição, ele também<br />

monitora diariamente como as plantas estão se adaptando no terreno e verifica a presença de insetos, como formigas,<br />

e vegetações invasoras que possam estar prejudicando a mata.<br />

22


FAÇA UMA COTAÇÃO CONOSCO<br />

Rua Walter Erich Obenaus S/N<br />

89107-000 Pomerode - SC<br />

+55 (47) 3334-1388 (47) 99180-1663<br />

www.walterfundicao.com.br


24<br />

P R I N C I P A L


TRADIÇÃO E<br />

EXCELÊNCIA<br />

SOLUÇÕES EM PEÇAS DE FUNDIÇÃO<br />

PARA O SEGMENTO DE CELULOSE E PAPEL<br />

FORTALECEM INDÚSTRIA CATARINENSE<br />

Fotos: divulgação e @envmidia<br />

TRADITION AND<br />

EXCELLENCE<br />

CASTING SOLUTIONS FOR THE PULP AND<br />

PAPER INDUSTRY STRENGTHEN THE SECTOR<br />

IN THE STATE OF SANTA CATARINA<br />

Os processos da indústria de papel estão<br />

cada vez mais precisos. Tudo é<br />

milimétricamente pensado e projetado<br />

para garantir o melhor em desempenho<br />

e produtividade. Para isso,<br />

as grandes indústrias dependem de<br />

fornecedores que possam oferecer os mais altos níveis<br />

de qualidade, prazo de entrega e atendimento. Todas<br />

essas características que o mercado busca podem ser<br />

encontradas na Walter, empresa catarinense que atua<br />

no mercado de peças fundidas, como grelhas para caldeiras<br />

de geração de vapor, que tem grande importância<br />

na cadeia de produção papeleira.<br />

P<br />

rocesses in the paper industry are becoming<br />

increasingly precise. Everything is<br />

millimetrically thought out and designed to<br />

guarantee the best in performance and productivity.<br />

For this, large industries depend on suppliers<br />

who can meet the highest levels of quality, delivery<br />

time, and service. All these characteristics that the market<br />

is looking for can be found in Walter, a company<br />

from Santa Catarina that operates in the castings market,<br />

such as grates for steam generation boilers, which<br />

are of great importance in the paper production chain.<br />

Walter is part of the Obenaus Group, a family-<br />

-run company based in Blumenau (SC). The Obenaus<br />

25


A V A N Ç O S E T E C N O L O G I A<br />

Em todo<br />

momento<br />

A<br />

celulose, em todas as suas apresentações, é um verdadeiro coringa<br />

nas pesquisas cientificas. O número de possibilidades cresce continuamente<br />

e cada vez novas criações e soluções são apresentadas.<br />

Conheça os resultados de uma pesquisa realizada na Suécia, onde<br />

a nanocelulose presente em curativos abre portas para detecção de<br />

infecções sem necessidades de novos testes, além de uma pesquisa<br />

brasileira que consegue detectar a presença de Tanino no vinho, facilitando o<br />

trabalho de enólogos e do controle de qualidade nas fábricas. Confira!<br />

At all times<br />

C<br />

ellulose, in all its forms, is a real wild card in scientific research. The number of possibilities<br />

is constantly growing, and new creations and solutions are being presented.<br />

Today, you can read about research in Sweden, where nanocellulose in bandages<br />

opens the door to detecting infections without the need for new tests, and Brazilian<br />

research that can detect the presence of tannin in wine, making it easier for winemakers and quality<br />

control in wineries. Check it out.<br />

30


VEM AÍ!<br />

02 DE DEZEMBRO - CURITIBA (PR)<br />

PATROCINADORES:<br />

SERRAS E FACAS INDUSTRIAIS<br />

envimat<br />

www<br />

revistareferencia.com.br<br />

comercial@revistareferencia.com.br


P R O D U T I V I D A D E<br />

ALÉM DO<br />

ESPERADO<br />

COM 20 MILHÕES DE TONELADAS<br />

DE CELULOSE PRODUZIDAS,<br />

EMPRESA BRASILEIRA SUPERA<br />

META DE PRODUTIVIDADE 2 ANOS<br />

ANTES DO PREVISTO<br />

Fotos: divulgação Veracel<br />

Exceeding<br />

expectations<br />

WITH 20 MILLION TONS OF PULP<br />

PRODUCED, A BRAZILIAN COMPANY<br />

SURPASSED ITS PRODUCTIVITY TARGET 2<br />

YEARS AHEAD OF SCHEDULE<br />

34


35


P R O D U T I V I D A D E<br />

Oresultado de 20 milhões de toneladas<br />

de celulose produzidas é fruto<br />

da cultura empresarial conectada<br />

com inovação, segurança e sustentabilidade,<br />

dos investimentos<br />

consistentes da companhia em<br />

tecnologia e de seu compromisso com a gestão de<br />

pessoas. A Veracel <strong>Celulose</strong> está celebrando um<br />

marco em sua trajetória de negócios, ao alcançar,<br />

em 2023, 2 anos antes do prazo previsto, a produção<br />

de 20 milhões de toneladas. Com 18 anos de<br />

operação e diversos investimentos em tecnologia, a<br />

fábrica da empresa é considerada um ativo de classe<br />

mundial e é uma das indústrias com o melhor índice<br />

de automação do setor de celulose.<br />

Inaugurada em 2005 com uma capacidade de<br />

produção de 900 mil toneladas de celulose por ano,<br />

a fábrica poderia ter seguido os padrões do mercado,<br />

que requerem atualizações em seus equipamentos<br />

após aproximadamente 10 anos de operação,<br />

com o objetivo de aumentar a produção fabril em<br />

T<br />

he achievement of 20 million tons<br />

of pulp produced is the result of a<br />

corporate culture linked to innovation,<br />

safety, and sustainability, the Company’s<br />

consistent investment in technology, and its commitment<br />

to people management. Veracel <strong>Celulose</strong><br />

is celebrating a milestone in its business history by<br />

reaching 20 million tons of production in 2023, two<br />

years ahead of schedule. With 18 years of operation<br />

and various investments in technology, the<br />

Company’s mill is considered a world-class facility.<br />

It is one of the most automated mills in the pulp<br />

industry.<br />

Inaugurated in 2005 with a capacity of 900<br />

thousand tons of pulp per year, the mill could have<br />

followed the market standard of upgrading equipment<br />

after about 10 years of operation to increase<br />

production by about 10%. However, Veracel got<br />

ahead of the curve and, in 2011, after only six years<br />

of operation, made its first major investment in<br />

technology upgrades and capacity expansion of the<br />

36


M E I O A M B I E N T E<br />

REFERÊNCIA<br />

MUNDIAL<br />

PRÁTICAS DE SUSTENTABILIDADE DE GIGANTE<br />

DO SETOR DE CELULOSE SÃO RECONHECIDAS E<br />

VALORIZADAS POR ÍNDICE MUNDIAL<br />

Fotos: divulgação<br />

42


Global Benchmark<br />

PULP GIANT’S SUSTAINABILITY PRACTICES<br />

RECOGNIZED AND REWARDED BY GLOBAL<br />

INDEX<br />

ODJSI (Índice Dow Jones de Sustentabilidade,<br />

em inglês), na sua edição<br />

de 2023, classificou a CMPC como<br />

a empresa mais sustentável do mundo<br />

na categoria <strong>Celulose</strong> e Papel,<br />

que reúne companhias florestais e<br />

papeleiras de diferentes continentes. O DJSI é um<br />

dos indicadores mais reconhecidos na avaliação de<br />

rendimento sustentável de empresas listadas na Bolsa<br />

de Valores e permite comparar aspectos de diferentes<br />

indústrias da economia mundial em termos ambientais,<br />

sociais e econômicos.<br />

T<br />

he Dow Jones Sustainability Index (Djsi) has<br />

ranked CMPC as the world’s most sustainable<br />

company in its 2023 edition in the Pulp and<br />

Paper category, which includes forestry and<br />

paper companies from various continents. The Djsi is one<br />

of the most widely recognized indicators of the sustainable<br />

performance of publicly traded companies and allows<br />

comparisons to be made between different companies in<br />

the global economy in terms of environmental, social, and<br />

economic aspects.<br />

CMPC achieved first place in the Sector ranking after<br />

being ranked second for two consecutive years. The mark is<br />

43


I N I C I A T I V A<br />

INVESTIMENTO<br />

FORTE<br />

EMPRESA DO SEGMENTO DE CELULOSE CELEBRA 100<br />

ANOS E DESTINA INVESTIMENTOS MILIONÁRIOS PARA<br />

PESQUISA E FOCO NO FUTURO<br />

Fotos: divulgação Suzano<br />

Strong investment<br />

A PULP COMPANY CELEBRATES 100 YEARS,<br />

INVESTS MILLIONS IN RESEARCH, AND<br />

LOOKS TO THE FUTURE<br />

46


ASuzano, uma das maiores produtoras<br />

de celulose de mercado do mundo,<br />

marca o ano do seu centenário com o<br />

anúncio de intenção de investimento<br />

de US$ 100 milhões em iniciativas<br />

para impulsionar esforços globais<br />

de proteção e restauração da natureza ao longo<br />

da próxima década. Como parte do projeto, serão<br />

destinados inicialmente US$ 30 milhões a uma<br />

série de iniciativas globais para acelerar a pesquisa<br />

e educação em conservação, mudanças climáticas e<br />

sustentabilidade corporativa, com foco em ecossistemas<br />

brasileiros, além de impulsionar estratégias da<br />

iniciativa privada e ações sobre a natureza.<br />

Parte importante desse projeto consiste na<br />

Suzano apoiando grandes instituições acadêmicas<br />

no Brasil e no mundo. Para isso, a Suzano assinou<br />

o Memorandos de Entendimento (MOUS, sigla<br />

em inglês) separadamente com a Universidade de<br />

Cambridge e a Escola Doerr de Sustentabilidade<br />

da Universidade de Stanford. A colaboração com a<br />

Universidade de Cambridge deve gerar novas oportunidades<br />

de educação e pesquisa para estudantes<br />

de pós-graduação e doutorado em um período de<br />

10 anos, para estudos em áreas como conservação<br />

da biodiversidade, mudanças climáticas e gestão de<br />

S<br />

uzano, one of the world’s largest market<br />

pulp producers, is celebrating its centennial<br />

year by announcing its intention to invest<br />

US$ 100 million over the next decade in<br />

initiatives to strengthen global efforts to<br />

protect and restore nature. As part of this project,<br />

an initial US$30 million is earmarked for a series of<br />

global initiatives to accelerate research and education<br />

on conservation, climate change, and corporate<br />

sustainability, with a focus on Brazilian ecosystems,<br />

as well as to promote private initiative strategies and<br />

actions for nature.<br />

An important part of this project is Suzano’s<br />

support of major academic institutions in Brazil and<br />

around the world. To this end, Suzano has signed separate<br />

Memorandums of Understanding (MOUs) with<br />

the University of Cambridge and the Doerr School of<br />

Sustainability at Stanford University. The collaboration<br />

with the University of Cambridge is expected to<br />

create new educational and research opportunities<br />

for graduate and post-graduate students over ten<br />

years for studies in areas such as biodiversity conservation,<br />

climate change, and water management.<br />

Suzano will also make its operations and conservation<br />

areas in Brazil available to the institutions for research<br />

purposes.<br />

47


A R T I G O<br />

Produção de papel kraft<br />

com fibra reciclada e<br />

celulose microcristalina<br />

PRODUCTION OF KRAFT PAPER<br />

WITH RECYCLED FIBERS AND<br />

MICROCRYSTALLINE CELLULOSE<br />

Fotos: divulgação<br />

RESUMO<br />

As embalagens são largamente produzidas<br />

por celulose de origem vegetal, sendo<br />

caracterizada como FC (fibra curta),<br />

quando a celulose é proveniente de Eucalyptus<br />

spp., e FL (fibra longa), quando<br />

proveniente de Pinus spp. O desenvolvimento<br />

do e-commerce tem aumentado o consumo<br />

de embalagens. Em 2021, houve crescimento econômico<br />

na indústria brasileira de embalagem de 31,1 %<br />

em relação a 2020. Em contrapartida, as áreas plantadas<br />

de Pinus spp. apresentam tendência de desiquilíbrio<br />

entre oferta e demanda no Brasil. Para atender a<br />

demanda do mercado, suprir a falta de matéria-prima<br />

vegetal e produzir papel kraft, de forma menos impactante<br />

ao meio ambiente, muitas empresas estão<br />

aumentando a utilização de fibra reciclada. Contudo,<br />

a sua inclusão na receita pode influenciar diretamente<br />

na qualidade do produto, especialmente a resistência.<br />

Uma alternativa promissora para formação<br />

do papel com uma rede fibrosa forte e resistente é<br />

utilizar a celulose em microescala. Para avaliar a influência<br />

da utilização de fibras recicladas na qualidade<br />

SUMMARY<br />

P<br />

ackaging is largely produced of plant-origin<br />

cellulose and is characterized as short fiber<br />

(SF) when the cellulose comes from Eucalyptus<br />

spp., and long fiber (LF) when it comes<br />

from Pinus spp. The development of e-commerce has<br />

increased the consumption of packaging. In 2021, the<br />

Brazilian packaging industry grew by 31.1% compared<br />

to 2020. Nevertheless, the planted areas of Pinus<br />

spp. show a trend of imbalance between supply and<br />

demand in Brazil. In order to meet market demand,<br />

make up for the lack of vegetable raw materials, and<br />

produce Kraft paper in a way that has less impact<br />

on the environment, many companies are increasing<br />

their use of recycled fiber. However, its inclusion in<br />

the recipe can directly influence the quality of the<br />

product, especially its strength. A promising alternative<br />

for forming paper with a stronger and more resistant<br />

fibrous network is to use cellulose on a micro-scale. In<br />

order to assess the influence of using recycled fibers on<br />

the quality of Kraft paper, the first stage of this study<br />

consisted of producing bench-scale samples of Kraft<br />

paper with different percentages of virgin fiber (SF<br />

52


Yankha Myllena da Silva Van Tienen<br />

UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná)<br />

53


A R T I G O<br />

do papel kraft, a primeira etapa do presente estudo<br />

consistiu em produzir em escala de bancada amostras<br />

de papel kraft com diferentes porcentagens de fibra<br />

virgem (FC e FL) e FR (fibra reciclada) e caracterizou-<br />

-o fisicamente a partir das análises de gramatura,<br />

umidade, Porosidade Gurley, Tração Z, SCT e Mullen.<br />

A segunda etapa deste estudo consistiu em reproduzir<br />

a primeira etapa com a inclusão da CMC (celulose<br />

microcristalina) e eliminação da utilização de FL. Os<br />

testes foram repetidos para três faixas de refinação. O<br />

estudo foi realizado em uma indústria no Sul do Brasil<br />

que possui o sistema de produção kraft. Os percentuais<br />

de atendimento as especificações de qualidade<br />

do papel 120 g.m-2 da empresa em que foi realizado<br />

esse estudo foram, aproximadamente, 100 % para<br />

umidade, 11% para porosidade, 94% para Tração Z,<br />

83% para SCT e 100% para Mullen. Para o índice de<br />

tração, compressão e estouro, foi observado no: 1°<br />

Teste (CMC = 0%) que quanto maior a porcentagem<br />

de fibra reciclada menor é a resistência do papel,<br />

contudo, os resultados foram melhores para faixa de<br />

refinação R1 (Freeness 300 – 350 mL); 2° Teste para<br />

Formulação 3 (CMC = 6%) resistências mais elevadas<br />

do que na Formulação 2 (FL = 0%). Em média, o<br />

aumento do índice de tração foi 10,5% para todas as<br />

faixas de refinação para F3 em comparação a F2. Este<br />

estudo demonstra que a adição de até 6% de CMC<br />

fortalece as fibras recicladas e diminui a dependência<br />

de Pinus spp. proporcionando a produção de embalagens<br />

mais sustentáveis e resistentes.<br />

and LF) and recycled fiber (RF), characterizing them<br />

physically using grammage, moisture content, Gurley<br />

porosity, Z-traction, SCT, and Mullen analyses. The<br />

second stage of this study consisted of reproducing the<br />

first stage by including microcrystalline cellulose (MCC)<br />

and eliminating the use of LF. The tests were repeated<br />

for three refining ranges. The study was carried out<br />

in a company in Southern Brazil that uses the Kraft<br />

production system. The percentages of compliance<br />

with the quality specifications of 120 g.m-2 paper from<br />

the company where this study was carried out were<br />

approximately 100 % for humidity, 11 % for porosity,<br />

94 % for Z-traction, 83 % for SCT, and 100 % for Mullen.<br />

For the tensile, compression, and burst index, it<br />

was observed in 1st Test (MCC = 0 %) that the higher<br />

the percentage of recycled fiber, the lower the paper<br />

strength. However, the results were better for refining<br />

range R1 (Freeness 300 - 350 mL); the 2nd Test for<br />

Formulation 3 (MCC = 6 %) had higher strengths than<br />

in Formulation 2 (LF = 0 %). On average, the increase<br />

in traction index was 10.5% for all refining ranges for<br />

F3 compared to F2. This study shows that the addition<br />

of up to 6 % MCC strengthens recycled fibers and<br />

reduces dependence on Pinus spp. providing more<br />

sustainable and resistant packaging.<br />

INTRODUCTION<br />

In November 2022, we will have reached the mark<br />

of eight billion inhabitants on planet Earth. Feeding,<br />

clothing, and providing health, safety, and comfort for<br />

all these people requires a complex system of production,<br />

storage, and logistics of goods and services that<br />

grow in proportion to the size of the population. In<br />

addition, some historical events and access to information<br />

promote a change in the habits of society.<br />

For example, during the COVID-19 pandemic, the<br />

quantities of goods transported daily increased rapidly<br />

due to the need to shop without leaving home and<br />

54


quantidade de área destinada ao plantio, consumo e<br />

reciclagem dos produtos derivados deste material, em<br />

contrapartida, a dependência das condições climáticas<br />

e de manejo florestal estão ficando em segundo<br />

plano (Lauri et al., 2021). A redução das áreas<br />

destinadas ao reflorestamento já é uma realidade no<br />

Brasil, no Estado de Santa Catarina, por exemplo,<br />

alguns locais que eram utilizados para o plantio de<br />

Eucalyptus spp. e Pinus spp. foram substituídos pelo<br />

cultivo de soja, milho e pastagem, diante disso, em<br />

cinco anos a área de silvicultura teve uma redução<br />

de 72,3 mil ha (hectares) e já há cogitação de falta de<br />

matéria-prima no setor industrial (Ceron, 2021). Com<br />

demanda superior à oferta, naturalmente os preços<br />

estão aumentando, o valor do metro cúbico de<br />

Eucalyptus spp. passou de R$ 40,20, em 2019, para<br />

R$ 115,40, em 2023, o aumento para o Pinus spp. foi<br />

mais significativo, mais de 60 % em um ano, passando<br />

de R$160,00, em 2022, para R$ 270,00, em 2023<br />

(Moura, 2023).<br />

dedicated to reforestation is already a reality in Brazil.<br />

For example, in the State of Santa Catarina, some areas<br />

used for the planting of Eucalyptus spp. and Pinus spp.<br />

have been replaced by the cultivation of soybeans,<br />

corn, and pasture, with the result that in five years,<br />

the forest area has been reduced by 72.3 thousand<br />

hectares. There is already a shortage of raw material in<br />

the industrial sector (Ceron, 2021). Since the demand<br />

exceeds the supply, prices naturally increase, and the<br />

value of the cubic meter of Eucalyptus spp. increased<br />

from R$ 40.20 in 2019 to R$ 115.40 in 2023. The<br />

increase for Pinus spp. was more significant, more<br />

than 60% in one year, from R$ 160.00 in 2022 to R$<br />

270.00 in 2023 (Moura, 2023).<br />

Essa é uma versão parcial<br />

desse artigo, o material<br />

completo está disponível<br />

no QR Code:


E N T R E V I S T A<br />

Foto: divulgação<br />

Ali Ayoub<br />

Crescimento<br />

contínuo<br />

Continuous growth<br />

Formado em engenharia mecânica pela UFSC (Universidade de Santa Catarina),<br />

especialista em gestão pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), e também em tecnologia<br />

de papel e celulose pela UFV (Universidade Federal de Viçosa), possui MBA pela<br />

Fundação Dom Cabral. Está na WestRock desde 1995.<br />

Holds a degree in Mechanical Engineering from the University of Santa Catarina (UFSC), postgraduate<br />

studies in management at the Fundação Getúlio Vargas (FGV), post-graduate in pulp<br />

and paper technology at the Federal University of Viçosa (UFV), and an MBA from Fundação Dom<br />

Cabral. He has been with WestRock since 1995.<br />

Omercado de embalagens de papel<br />

é um dos que mais cresceu nos<br />

últimos anos. E-commerces e<br />

deliverys se multiplicaram de forma<br />

exponencial, exigindo cada vez<br />

mais novas soluções para atender<br />

seus clientes. Para atender todas as novas demandas,<br />

a WestRock trabalha continuamente para garantir<br />

que esses setores mantenham-se em alta, como explica<br />

nosso entrevistado Ali Ayoub, diretor industrial<br />

da fábrica de papel WestRock Brasil.<br />

T<br />

he paper packaging market has grown<br />

rapidly in recent years. E-commerce<br />

and delivery have multiplied exponentially,<br />

requiring more and more<br />

new solutions to serve their customers. To meet<br />

all the new demands, WestRock works continuously<br />

to ensure that these Sectors remain on<br />

the rise, our interviewee Ali Ayoub, Industrial<br />

Director of the Paper Mill at WestRock Brasil,<br />

explains.<br />

58


<strong>Celulose</strong>: Como foi sua inserção dentro da WestRock?<br />

Ali Ayoub: Minha carreira na WestRock iniciou<br />

em 1995, na Fábrica de Papel de Três Barras (SC),<br />

no cargo de engenheiro mecânico de projetos. Por<br />

17 anos, atuei em diferentes posições na unidade,<br />

como na gerência de projetos, de engenharia e à<br />

frente de uma das principais expansões da planta,<br />

concluída em 2012. Após a finalização do projeto,<br />

aceitei o desafio de liderar nosso negócio florestal<br />

no Brasil, onde permaneci por 5 anos. E, desde<br />

setembro de 2017, estou na posição de Diretor<br />

Industrial da Fábrica de Papel, onde passei por<br />

importantes marcos, como nossa recente expansão,<br />

concluída em 2021.<br />

<strong>Celulose</strong>: Qual o patamar atual da WestRock e os<br />

planos para essa década?<br />

Ali Ayoub: Vamos seguir investindo para melhor<br />

atender nossos clientes com novas soluções, pro-<br />

<strong>Celulose</strong>: How did you become involved with<br />

WestRock?<br />

Ali Ayoub: My WestRock career began in 1995 at<br />

the Três Barras (SC) mill as a mechanical project<br />

engineer. For 17 years, I worked in various<br />

positions at the mill, including project management<br />

and engineering, and I led one of the mill’s<br />

major expansions, which was completed in 2012.<br />

After the project was completed, I accepted<br />

the challenge of leading our forestry business in<br />

Brazil, where I stayed for 5 years. Since September<br />

2017, I’ve been in the position of Industrial<br />

Director of the paper mill, where I’ve passed important<br />

milestones, such as our recent expansion,<br />

which was completed in 2021.<br />

<strong>Celulose</strong>: What is WestRock’s current status<br />

and plans for this decade?<br />

Ali Ayoub: We continue to invest to better serve<br />

our customers with new solutions, products, and<br />

59


em Itupeva (SP). A unidade de conversão, a terceira<br />

unidade de papelão ondulado no Estado de São<br />

Paulo, complementa as operações de Porto Feliz e<br />

Araçatuba (SP). A Fábrica de Embalagens de Itupeva,<br />

em operação desde maio de 2023, integra e converte<br />

chapas produzidas nas Fábricas de Embalagem<br />

de Porto Feliz e Araçatuba, bem como, chapas de<br />

micro ondulado, chapas de papel reciclado, entre<br />

outras.<br />

<strong>Celulose</strong>: Quais os principais campos de atuação<br />

da empresa no mercado de papel?<br />

Ali Ayoub: Nosso papel HyPerform® é convertido<br />

em embalagens que empacotam produtos dos<br />

mais diversos segmentos, como: metal-mecânico,<br />

alimentos, frutas, proteínas, óleos vegetais, bebidas,<br />

higiene pessoal, produtos de limpeza, polpa de frutas,<br />

tabaco, eletrodomésticos, entre outros. Além de<br />

abastecer nossas fábricas de embalagens de papelão<br />

ondulado, nosso papel também é comercializado no<br />

into packaging for products in the most diverse<br />

segments, such as metal mechanics, food, fruit,<br />

proteins, vegetable oils, beverages, personal hygiene,<br />

cleaning products, fruit pulp, tobacco, and<br />

household appliances, among others. In addition<br />

to supplying our corrugated cardboard packaging<br />

plants, our paper is also sold on the domestic<br />

market and in countries in South America, Africa,<br />

and Asia.<br />

<strong>Celulose</strong>: What have been the most significant<br />

developments in the packaging industry in<br />

recent years?<br />

Ali Ayoub: Customers were accustomed to<br />

looking at corrugated boxes as secondary packaging<br />

for transportation, understanding that<br />

strength and security were the value attributes<br />

they could expect. We went further and introduced<br />

technologies that allowed us to diversify the<br />

use of corrugated packaging to differentiate our<br />

Caldeiraria Industrial<br />

61


C A L E N D Á R I O<br />

MARÇO 2024<br />

WORKSHOP DE ÁGUA E EFLUENTES<br />

Data: 27 e 28<br />

Local: online<br />

Informações:<br />

https://www.abtcp.org.br/workdeaguas<br />

ABRIL 2024<br />

PULP & BEYOND<br />

Data: 10 e 11<br />

Local: Helsinki (Finlândia)<br />

Informações:<br />

https://pulpandbeyond.messukeskus.com/<br />

PAPER ONE SHOW<br />

Data: 16 a 18<br />

Local: Abu Dhabi (EAU)<br />

Informações: https://paperoneshow.net/<br />

ABRE SUSTENTABILIDADE<br />

Data: 24 e 25<br />

Local: São Paulo (SP)<br />

Informações:<br />

https://www.abre.org.br/forum-sustentabilidade/<br />

MAIO 2024<br />

PAPER ARABIA<br />

Data: 14 a 16<br />

Local: Dubai (EAU)<br />

Informações: https://www.paperarabia.com/<br />

PAPER EXPO CHINA<br />

Data: 28 a 30<br />

Local: Guanzhou (China)<br />

Informações:<br />

https://www.paperexpo.com.cn/english/<br />

JUNHO 2024<br />

INTERNATIONAL PULP WEEK<br />

Data: 2 a 4<br />

Local: Vancouver (Canadá)<br />

Informações: https://internationalpulpweek.com/<br />

OUTUBRO 2024<br />

CONGRESSO ABTCP<br />

Data: 1 a 3<br />

Local: São Paulo (SP)<br />

Informações: https://www.abtcp.org.br/<br />

ASSINE AS PRINCIPAIS<br />

REVISTAS DO SETOR<br />

E FIQUE POR DENTRO<br />

DAS NOVIDADES!<br />

FLORESTAL<br />

PRODUTOS<br />

INDUSTRIAL<br />

BIOMAIS<br />

INFORMAÇÃO<br />

A ALMA DO NEGÓCIO!<br />

LIGUE AGORA PARA NOSSA<br />

CENTRAL DE ATENDIMENTO<br />

0800 600 2038<br />

Pagamento nos Cartões de Crédito<br />

em até 3X sem juros<br />

CELULOSE


CHUVEIROS<br />

LÂMINAS<br />

DESAGUADORES<br />

BICOS<br />

OSCILADORES<br />

FILTROS<br />

<br />

A Looking com sua completa linha de acessórios<br />

de alta qualidade, performance e constantes inovações,<br />

é reconhecida pela sua experiência e competência<br />

há mais de 35 anos.<br />

São inúmeros acessórios à sua disposição na medida do<br />

seu projeto: raspadores, chuveiros, osciladores, filtros<br />

bicos, desaguadores, entre outros.<br />

Consulte todas as opções em nosso site ou solicite<br />

nosso catálogo para saber mais.<br />

PORTA-LÂMINAS<br />

RASPADORES<br />

,<br />

(19) 3936-7800<br />

looking@looking.com.br<br />

www.looking.com.br

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!