24.06.2024 Views

AFCondominium_53Web

Create successful ePaper yourself

Turn your PDF publications into a flip-book with our unique Google optimized e-Paper software.

A REVISTA DO SÍNDICO<br />

WWW.REVISTACONDOMINIUM.COM.BR<br />

Ano X • Nº53<br />

Junho 2024<br />

Energia solar<br />

Editora investe na implantação de<br />

sistema solar fotovoltaico e alcança<br />

ótimos resultados<br />

Entrevista<br />

A energia solar foi o tema abordado<br />

por Liciany Ribeiro, coordenadora<br />

da Absolar (PR)<br />

Feira<br />

Habitacon 2024 está confirmada para<br />

setembro e vem com novidades<br />

Negócios<br />

Conheça o novo modelo de<br />

investimento em imóveis na planta<br />

acessível para todos<br />

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS<br />

Inspeções e obras de manutenção em instalações<br />

elétricas garantem a segurança dos moradores


sumário<br />

08 Editorial<br />

10 Notas<br />

16 Principal<br />

22 Manutenção<br />

26 Investimento<br />

32 Negócios<br />

36 Convivência<br />

40 Feira<br />

44 Perfil<br />

46 Entrevista<br />

06


(41) 9 9544-0065<br />

AVENIDA DOS ESTADOS 1066 - ÁGUA VERDE<br />

(41) 9 9542-0090<br />

RUA FAGUNDES VARELA 1487 - JARDIM SOCIAL


Editora investe na implantação de<br />

sistema solar fotovoltaico e alcança<br />

ótimos resultados<br />

A energia solar foi o tema abordado<br />

por Liciany Ribeiro, coordenadora<br />

da Absolar (PR)<br />

Habitacon 2024 está confirmada para<br />

setembro e vem com novidades<br />

Conheça o novo modelo de<br />

investimento em imóveis na planta<br />

acessível para todos<br />

Ano X • Nº53<br />

Junho 2024<br />

80<br />

440<br />

• PR<br />

editorial<br />

teligência<br />

protege.<br />

Sabemos da importância<br />

do seu patrimônio e o<br />

quanto você preza e tem<br />

zelo por ele. É pensando<br />

neste cuidado que estamos<br />

aqui para ajudar e facilitar<br />

o seu dia a dia.<br />

base<br />

curitiba<br />

.com.br<br />

A Revista do Síndico e dos Condôminos www.revistacondominium.com.br Ano X • Nº 53 • Junho 2024<br />

A REVISTA DO SÍNDICO<br />

WWW.REVISTACONDOMINIUM.COM.BR<br />

Energia solar<br />

Entrevista<br />

Feira<br />

Negócios<br />

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS<br />

Inspeções e obras de manutenção em instalações<br />

elétricas garantem a segurança dos moradores<br />

A edição deste<br />

mês da Revista<br />

CONDOMINIUM destaca<br />

na capa a necessidade<br />

de manutenção nas<br />

instalações elétricas para<br />

segurança de moradores e<br />

das construções.<br />

Ano X | Edição nº 53 | Junho 2024<br />

Diretores<br />

Comercial: Fábio Alexandre Machado<br />

Executivo: Pedro Bartoski Jr.<br />

revistacondominium@revistacondominium.com.br<br />

Atenção às<br />

instalações<br />

A segurança dos moradores passa também pelas obras<br />

de manutenção e requalificação, quando necessárias. A partir<br />

da entrevista de uma condômina que ao mudar para seu<br />

novo apartamento encontrou a edificação com problemas<br />

na instalação elétrica, buscamos alertar para a necessidade<br />

da obra, principalmente em condomínios com mais de 20<br />

anos. É um tipo de obra necessária e que deve ser feita<br />

por empresas credenciadas, para não colocar em risco a<br />

edificação e os moradores. Este é o tema de destaque da<br />

nova edição da Revista CONDOMINIUM.<br />

A coordenadora da Absolar (Associação Brasileira de<br />

Energia Solar Fotovoltaica) no Paraná, Liciany Ribeiro, foi a<br />

entrevistada na edição onde falou sobre o setor no Estado<br />

e o aumento da potência instalada em telhados e pequenos<br />

terrenos no Paraná, o que nos coloca na quarta posição do<br />

ranking nacional da Absolar.<br />

Os preparativos para a Habitacon 2024, Feira de Imóveis<br />

e Fornecedores para Construção e Condomínios que está na<br />

12ª edição e vai acontecer em setembro, é tema de reportagem<br />

publicada na edição. As vantagens alcançadas com<br />

a instalação de sistema solar fotovoltaico na Jota Editora é<br />

outro assunto abordado em reportagem. Os benefícios dos<br />

produtos Decor Colors para tratar de infiltrações também<br />

foi tratado em conteúdo na revista, além do novo modelo<br />

de negócios para quem deseja investir em imóveis, sem<br />

comprometer o orçamento. Trata-se da Junttus, uma rede<br />

de investidores que dá oportunidade para pequenos investirem<br />

em imóveis na planta, mesmo que não tenham altos<br />

valores. Na editoria Perfil contamos a história de um jovem<br />

porteiro, que alia o trabalho com os estudos.<br />

A edição ainda aborda outros temas como a convivência<br />

com animais, e traz informações sobre empresas e prestadores<br />

de serviços para condomínios. Ótima leitura!<br />

Departamento Comercial<br />

Marcelo Marcet de Andrade - Teaser Comunicação<br />

comercial@revistacondominium.com.br<br />

Redação<br />

Gisele Rossi<br />

jornalismo@revistacondominium.com.br<br />

Projeto Gráfico<br />

Supervisão: Fabiana Tokarski<br />

Julia Harumi<br />

criacao@jotacomunicacao.com.br<br />

Depto. de Assinaturas<br />

Jhonathan Santana<br />

assinatura@revistareferencia.com.br<br />

0800 600 2038<br />

www.revistacondominium.com.br<br />

A Revista CONDOMINIUM é uma publicação<br />

da JOTA Editora<br />

Rua Maranhão, 502 - Água Verde<br />

CEP 80610-000 - Curitiba (PR) - Brasil<br />

Fone/Fax: +55 (41) 3333-1023<br />

Veículo filiado a:<br />

A Revista CONDOMINIUM é uma publicação bimestral independente,<br />

dirigida ao público curitibano, síndicos e condôminos da capital paranaense<br />

e Região Metropolitana. A CONDOMINIUM não se responsabiliza<br />

por conceitos emitidos em artigos e colunas assinadas, por serem de<br />

responsabilidade de seus autores. A utilização e reprodução pode ser feita<br />

desde que informada e citada a fonte. A Revista CONDOMINIUM também<br />

não se responsabiliza por fotos de divulgação, bem como, por anúncios e<br />

imagens enviadas por terceiros, por entender serem de responsabilidade<br />

de seus produtores.<br />

08


Condomínios como o seu<br />

estão economizando até<br />

2 contas de luz por ano.<br />

Você também pode<br />

escolher economizar!<br />

Centenas de síndicos, como você, que estão sempre atentos a como reduzir os custos com<br />

as despesas ordinárias, não podem perder a oportunidade de ECONOMIZAR até 20%,<br />

todos os meses, na conta de luz. Faça logo sua adesão à COGECOM!<br />

Nós temos um jeito rápido para você receber energia<br />

renovável e mais barata, em seu condomínio.<br />

Sem placas solares, reformas ou investimentos especiais.<br />

Adesão 100% online.<br />

E mais, ao indicar a COGECOM para sua rede de contatos, a cada<br />

adesão indicada que for fechada, você ganha um bônus especial.<br />

Saiba mais sobre a COGECOM e como fazer a adesão do seu condomínio: (42) 99127-1405.


notas<br />

Aquecedores<br />

em dia<br />

Nos dias de temperaturas mais baixas nada melhor do que um<br />

banho quente para renovar as energias. O bom funcionamento do<br />

equipamento é fundamental para garantir que este momento seja<br />

agradável e seguro. A Aquecebem é uma empresa especializada,<br />

que trabalha com as melhores marcas do mercado quando o assunto<br />

é aquecimento a gás, e recomenda a revisão periódica. Se o<br />

aquecedor fica exposto a poeira, areia, partículas sólidas, a revisão<br />

deve ser a cada seis meses para usar com segurança. Instalada<br />

na região central de Curitiba (PR), a Aquecebem atua no setor de<br />

aquecimento e pressurização de água, com equipe qualificada para<br />

venda, instalação e/ou serviços de manutenção e consertos.<br />

Foto: divulgação<br />

Foto: divulgação<br />

Equipamentos<br />

fotovoltaicos<br />

Se você está buscando inversores, geradores de energia solar fotovoltaico,<br />

painéis solares e estrutura, o e-commerce Rede Elétrica<br />

Solar Batel é ótima opção. Com entrega para todo Brasil a empresa<br />

oferece solução completa para projetos fotovoltaicos, destacando-se<br />

pela excelência no fornecimento de kits de energia solar. A empresa<br />

oferece as principais marcas e modelos, possibilitando aos instaladores<br />

ou mesmo clientes finais total segurança e garantia sobre<br />

o investimento. Outro diferencial é o preço praticado, buscando<br />

economia para geração de energia limpa sobre equipamentos de<br />

alta performance, e que atendam com exatidão a realidade de cada<br />

cliente, independente do tamanho de seu projeto ou localidade.<br />

Segurança<br />

qualificada<br />

Com equipe constantemente treinada e sempre atualizada no desempenho<br />

de suas funções, a Base Monitoramento garante a segurança para<br />

condomínios, residências e empresas. Utilizando os mais modernos<br />

equipamentos de segurança, como câmeras, sensores e rastreadores,<br />

a Base Monitoramento usa a tecnologia a favor da segurança ajustando<br />

o atendimento conforme a real necessidade de cada cliente. Por meio<br />

da central de controle integrado, a equipe da empresa localiza o profissional<br />

mais próximo para atender quando necessário, garantindo que o<br />

atendimento tático seja realizado em poucos minutos. Com soluções<br />

em monitoramento, segurança e serviços terceirizados a empresa já<br />

soma mais de 25 anos de experiência atendendo Curitiba e Região.<br />

Foto: divulgação<br />

10


invictaservicos.com.br<br />

TERCEIRIZAÇÃO DE<br />

LIMPEZA PARA<br />

COBERTURA DE FÉRIAS<br />

Com a proximidade das férias das equipe de limpeza<br />

sabemos que manter a continuidade e a qualidade dos<br />

serviços é essencial para o bom funcionamento de sua<br />

empresa. Pensando nisso, apresentamos nossa solução<br />

de terceirização de limpeza para coberturas de férias,<br />

garantindo que suas operações não sofram interrupções<br />

e que sua equipe possa aproveitar seu período de<br />

descanso com tranquilidade.<br />

Nossos serviços incluem:<br />

Profissionais Qualificados:<br />

Selecionamos profissionais experientes e capacitados, garantindo<br />

que suas atividades sejam executadas com a mesma excelência.<br />

Continuidade dos Processos:<br />

Garantimos que todos os processos críticos continuem funcionando<br />

perfeitamente, sem perda de produtividade ou qualidade.<br />

Flexibilidade e Rapidez:<br />

Adaptamos nossas soluções às suas necessidades específicas, com<br />

prazos rápidos para integração e treinamento dos substitutos.<br />

Gestão Simplificada:<br />

Cuidamos de toda a gestão dos profissionais terceirizados, desde a<br />

seleção até o término do contrato, permitindo que você foque no core<br />

business da sua empresa.<br />

Benefícios da Terceirização de Coberturas de Férias:<br />

Redução de Custos Eficiência Tranquilidade<br />

Elimine despesas com<br />

processos seletivos<br />

e treinamento.<br />

Mantenha a eficiência<br />

operacional com profissionais<br />

já treinados e prontos para atuar.<br />

Proporcione férias tranquilas<br />

e sem preocupações para<br />

seus colaboradores.<br />

Curitiba 41 3249-4703 Brasília 61 9 8341-0023<br />

São Paulo 11 9 4907-0253 Porto Alegre 51 9 8348-0206<br />

@invicta_serviços


notas<br />

Proteção<br />

contra fogo<br />

Foto: divulgação<br />

A instalação de portas corta-fogo e acessórios como barreiras de<br />

pânico, e molas hidráulicas aéreas pode solucionar problemas<br />

em condomínios, casas de show e bares. A Certa Brasil trabalha<br />

com uma ampla linha de produtos que seguem as normas do<br />

setor, e comercializa produtos testados e aprovados com garantia<br />

de qualidade. É a empresa referência na região de Curitiba,<br />

quando o assunto é sistema de segurança e manutenção de<br />

portas corta-fogo e acessórios. Com equipe especializada e<br />

experiente, a Certa Brasil proporciona eficiência e rapidez na<br />

execução de seus serviços.<br />

Energia<br />

compartilhada<br />

Quer reduzir sua conta de luz? A Cogecom é uma cooperativa de geração<br />

compartilhada de energia elétrica que atua em todo Brasil com objetivo de<br />

conectar usinas de energia limpa, concessionárias e consumidores, para<br />

impulsionar a geração e o consumo de energias renováveis. Atualmente<br />

gera mais de 350 milhões de kWh (quilowatts por hora) e está em constante<br />

ampliação, sempre na direção para construir um futuro mais sustentável para<br />

as próximas gerações. Ao se tornar um cooperado é garantida mais economia<br />

na fatura de energia, além de tornar a sua residência ou empresa mais<br />

sustentável e poder investir mais recursos em outras áreas. Os cooperados<br />

recebem a cobrança sobre o consumo mensal diretamente da Cogecom, e<br />

continuam recebendo a fatura da concessionária com os valores referentes<br />

às taxas e tributos que incidem sobre a distribuição de energia.<br />

Foto: divulgação<br />

Serviços<br />

terceirizados<br />

Foto: divulgação<br />

Com mais de 30 anos de mercado, a Invicta Serviços é uma alternativa segura<br />

e eficiente na terceirização de serviços. São soluções em várias áreas como:<br />

hospitais, indústrias, shoppings centers, condomínios, concessionárias, laboratórios,<br />

comércio em geral. Os diferenciais da Invicta passam pelo prévio<br />

levantamento técnico da real necessidade de cada empresa; treinamentos<br />

constantes dos colaboradores; cronograma de atividades funcionais e objetivos;<br />

fornecimento de equipamentos e ferramentas modernas para execução das<br />

atividades contratadas; cobertura efetiva em casos de faltas de funcionários<br />

e supervisão assídua. A empresa tem sede em Curitiba (PR), na Vila Lindoia,<br />

e atua também nos Estados de São Paulo, Rio Grande do Sul e Brasília.<br />

12


CERTA BRASIL<br />

Manutenção de portas ltda<br />

Verifique periodicamente<br />

as portas corta-fogo e fechamento,<br />

lubrificação, calibragem, estado e<br />

conservação.<br />

GARANTIA<br />

QUALIDADE<br />

SEGURANÇA<br />

MANUTENÇÃO<br />

ASSISTÊNCIA TÉCNICA<br />

VENDA DE PORTAS CORTA-FOGO<br />

ACESSÓRIOS<br />

PEÇAS<br />

www.certabrasil.com.br<br />

Rua Djalma Ferreira Maciel, 750<br />

Lindóia - Curitiba/PR<br />

(41) 3327-1291


notas<br />

Advocacia<br />

personalizada<br />

Foto: divulgação<br />

O escritório MSB Advogados Associados soluciona os problemas<br />

jurídicos de forma ágil e personalizada, aliando técnica jurídica e<br />

tecnologia. O escritório fundado pelos advogados Luiz Fernando<br />

de Souza, Pedro Pegoraro Bertolin e Vinícius Pierin Maurer atua<br />

na área de direito imobiliário, direito condominial, direito civil e<br />

direito sucessório buscando as soluções mais adequadas a necessidade<br />

do cliente. Na área de Direito Condominial, possuem<br />

mais de 10 anos de experiência, prestando assessoria jurídica a<br />

condomínios, síndicos e condôminos, com soluções técnicas e<br />

humanas que visam a harmonia no ambiente condominial.<br />

Rede<br />

de gás<br />

Unindo serviços de excelência e meios tecnológicos a STV Segurança<br />

oferece soluções personalizadas para seus clientes. A portaria remota,<br />

ligada a uma central de monitoramento específica para o segmento de<br />

condomínios residenciais e comerciais é um dos serviços mais procurados<br />

na empresa. Oferece monitoramento e pronto atendimento 24h (horas);<br />

interfone com alta resolução e aplicativo para celular onde o condômino<br />

pode acompanhar o que acontece. Para entrar ou sair do condomínio,<br />

cada morador ou funcionário irá possuir um dispositivo chamado TAG. Já<br />

os visitantes e entregadores serão identificados pela Central de Monitoramento<br />

STV, a qual, entrará em contato com o morador para solicitar a<br />

entrada. A STV soma mais de 45 anos de atuação no mercado de segurança<br />

integrando tecnologias e inovando na proteção.<br />

A construção de uma rede de gás requer planejamento e equipe especializada<br />

para desenvolver o projeto adequado a necessidade do local. A<br />

Atmosgaz é uma empresa especializada na construção de redes de gás<br />

que oferece solução completa e segura para residências, condomínios,<br />

comércios e indústrias. Desde o projeto inicial, até a conclusão da obra,<br />

a empresa cuida de cada etapa do processo com atenção aos detalhes e<br />

compromisso com a excelência. Os profissionais usam materiais de alta<br />

qualidade e técnicas avançadas para garantir que a rede de gás seja segura,<br />

eficiente e duradoura. A Atmosgaz também é qualificada para mudar<br />

pontos de gás, quando se tem o objetivo de alterar o local fixo para outro<br />

local de distribuição dentro da residência ou construção, entre outros.<br />

Segurança<br />

Foto: divulgação Foto: Emanoel Caldeira<br />

14


Revenda Oficial<br />

TENHA TRANQUILIDADE, ECONOMIA E SEGURANÇA<br />

Bônus de 10% para leitores e<br />

internautas da Revista Condominium<br />

41 9 8517.8658<br />

www.ferrisaplayground.com.br<br />

chame agora!


principal<br />

Instalações<br />

seguras<br />

QUANDO É NECESSÁRIO FAZER<br />

UMA REFORMA OU OBRA<br />

DE REQUALIFICAÇÃO NAS<br />

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DO<br />

CONDOMÍNIO<br />

Fotos: divulgação<br />

16


www.revistacondominium.com.br 17


principal<br />

C<br />

ondomínios com 20 anos ou mais devem<br />

avaliar a necessidade de efetuar<br />

a reforma das instalações elétricas<br />

com atualização às normas vigentes, proporcionando<br />

mais segurança, eficiência, eficácia,<br />

economia e mantendo a regularidade junto aos<br />

órgãos competentes, que também servirá de<br />

respaldo em caso de um sinistro, junto à seguradora.<br />

As normas NBR 5410, que estabelece<br />

as condições adequadas para o funcionamento<br />

seguro de instalações elétricas de baixa tensão,<br />

e a NR-10, que estabelece os requisitos<br />

e condições objetivando a implementação de<br />

medidas de controle e sistemas preventivos,<br />

são extremamente importantes quando se<br />

trata de instalações elétricas nos canteiros de<br />

obras dentro do condomínio.<br />

REFORMA NECESSÁRIA<br />

Moradora em um pequeno condomínio<br />

construído na década de 1960 na região central<br />

de Curitiba (PR), a advogada Camila Fronza de<br />

Camargo, conta que quando mudou para o<br />

local, grande parte da instalação elétrica ainda<br />

era da época da construção, especialmente na<br />

área comum.<br />

“Era rotina que os eletrodomésticos queimassem<br />

com muita frequência, principalmente<br />

o chuveiro. Os chuveiros atuais são muito<br />

potentes para a fiação de antigamente. Fora<br />

isso, as vezes era possível sentir pela parede<br />

ou pelo teto o calor da fuga de energia. O que<br />

normalmente indicava um curto-circuito que estava<br />

acontecendo ou para acontecer”, relata ela<br />

que mudou-se para o novo endereço em 2017.<br />

Diante da situação, os proprietários convencionaram<br />

que iriam fazer uma análise da rede<br />

elétrica. “Contratamos uma empresa e eles<br />

falaram que nem sabiam como a fiação estava<br />

aguentando, porque a bitola dos fios era muito<br />

fina para a potência dos eletrodomésticos atuais.<br />

E na área comum, estava em péssimo es-<br />

18


EMPRESAS DE CONFIANÇA<br />

A situação relatada revela o risco iminente<br />

que os moradores estavam passando sem<br />

tomar a decisão necessária para a realização<br />

da obra. Quando se decidir pela reforma, é fundamental<br />

que o condomínio seja assessorado<br />

por empresas habilitadas e registradas nos<br />

órgãos competentes, neste caso o CREA (Contado,<br />

com muitas remendas, fios ressecados,<br />

fios que já haviam entrado em curto e estavam<br />

com partes derretidas. Estávamos correndo<br />

sério risco de um acidente elétrico”, lembra.<br />

Com esse diagnóstico os moradores<br />

decidiram que iam fazer primeiro a reforma<br />

elétrica dos apartamentos e depois na área<br />

comum. “Tanto nas áreas internas quanto na<br />

área comum trocamos todos os fios, todas as<br />

lâmpadas, todos os interruptores, tomadas,<br />

campainhas, aproveitamos para uniformizar<br />

tudo e fizemos um quadro geral de disjuntores<br />

seguindo o padrão atual de segurança”, conta a<br />

moradora. “Depois da reforma a conta de luz,<br />

tanto dos apartamentos como da área comum<br />

diminuiu bastante. Foi um investimento muito<br />

válido”, conclui Camila de Camargo.<br />

Depois da reforma a<br />

conta de luz, tanto dos<br />

apartamentos como da<br />

área comum diminuiu<br />

bastante<br />

Camila de Camargo, advogada<br />

e condômina<br />

www.revistacondominium.com.br 19


principal<br />

selho Regional de Engenharia e Agronomia),<br />

evitando a necessidade de retrabalhos ou de<br />

investimentos malfeitos, que acabam gerando<br />

gastos desnecessários e deixando os usuários<br />

e a própria edificação em riscos.<br />

Na prática, a economia gerada por uma obra<br />

de requalificação feita dentro dos melhores<br />

critérios técnicos, pode inclusive representar<br />

em uma redução de até 60% no consumo<br />

de energia elétrica, o que nos dias de hoje,<br />

é um índice bastante expressivo e faz com<br />

que os investimentos “se paguem” a médio<br />

prazo, além de tantas outras vantagens, como<br />

o aumento da segurança, a valorização dos<br />

imóveis e a possibilidade de instalação de novos<br />

equipamentos, em especial os aparelhos<br />

de ar condicionado, chuveiros mais potentes,<br />

fogões, fornos elétricos e tantos outros eletroeletrônicos<br />

que alteram a demanda por<br />

energia elétrica.<br />

Quando se decidir pela<br />

reforma, é fundamental<br />

que o condomínio seja<br />

assessorado por empresas<br />

habilitadas e registradas<br />

nos órgãos competentes,<br />

evitando a necessidade<br />

de retrabalhos ou de<br />

investimentos malfeitos<br />

20


OBRAS NECESSÁRIAS<br />

É importante destacar que na maioria dos<br />

condomínios, existem três sistemas que merecem<br />

atenção redobrada e extremo zelo na hora<br />

de contratar serviço: sistema de gás, sistema<br />

elétrico e manutenção de elevadores, uma<br />

vez que nestes casos, um pequeno erro pode<br />

gerar até mesmo acidentes letais. Em geral,<br />

as manutenções elétricas em condomínios<br />

são definidas nos intervalos: inspeção, testes<br />

e medições do SPDA (para-raios) – a cada ano;<br />

manutenção de subestações de energia (transformadores)<br />

– a cada ano; manutenção preventiva<br />

das instalações condominiais – a cada<br />

2 anos e reforma – a cada 20 anos (analisar).<br />

Um bom planejamento quanto às manutenções<br />

é fundamental para que se consiga<br />

manter o condomínio em bom estado, sem<br />

onerar as despesas condominiais e garantindo<br />

a segurança dos condôminos.<br />

MANUTENÇÕES ELÉTRICAS:<br />

• Inspeção, testes e medições do<br />

SPDA (para-raios) – a cada ano<br />

• Manutenção de subestações de<br />

energia (transformadores) – a<br />

cada ano<br />

• Manutenção preventiva das<br />

instalações condominiais – a<br />

cada 2 anos<br />

• Reforma – a cada 20 anos<br />

(analisar)<br />

www.revistacondominium.com.br 21


manutenção<br />

Infiltração na<br />

parede<br />

PRODUTO REPARA PROBLEMAS<br />

DEIXADOS POR INFILTRAÇÃO E<br />

PROTEGE<br />

Fotos: divulgação<br />

22


infiltração na parede é um problema<br />

comum em muitos lares, mas que<br />

A<br />

pode ser rapidamente solucionado<br />

se identificado e resolvido precocemente. Só<br />

assim, pode evitar prejuízos e garantir a integridade<br />

do imóvel em longo prazo. O surgimento<br />

de manchas escuras, descamação de pintura<br />

e cheiro de mofo persistente são alguns dos<br />

sinais de infiltração.<br />

www.revistacondominium.com.br 23


manutenção<br />

A tinta Borracha Líquida da Decor Colors<br />

oferece a solução para eliminar a infiltração na<br />

parede e prevenir-se contra o seu retorno. Além<br />

de proporcionar hidrorrepelência, ela é capaz<br />

de cobrir microfissuras e reduzir a temperatura.<br />

Sem falar que a adição de aditivos à tinta faz<br />

com que suas paredes tenham mais resistência<br />

contra o surgimento de mofo, fungos e algas,<br />

sendo ideal para pinturas em áreas litorâneas<br />

e rurais.<br />

prevenir e controlar os problemas de infiltração,<br />

protegendo a estrutura da parede contra danos<br />

causados pela umidade.<br />

Com formulação avançada, a Borracha<br />

Líquida oferece uma excelente cobertura, capaz<br />

de selar fissuras e pequenas rachaduras<br />

na parede. Isso garante uma proteção eficaz<br />

contra a entrada de água, mesmo em áreas<br />

mais propensas à infiltração. A tinta, além de<br />

PRODUTO APROPRIADO<br />

O controle de umidade proporcionado pela<br />

tinta Borracha Líquida é um dos benefícios do<br />

produto que forma uma camada impermeável<br />

sobre a superfície da parede, impedindo a<br />

passagem de água e umidade. Isso ajuda a<br />

A tinta Borracha Líquida<br />

é capaz de cobrir<br />

microfissuras e reduzir<br />

a temperatura, sem falar<br />

que a adição de aditivos<br />

à tinta faz com que suas<br />

paredes tenham mais<br />

resistência contra o<br />

surgimento de mofo<br />

24


lindar a parede também pode ser aplicada em<br />

diferentes cores, garantindo mais personalidade<br />

para a decoração.<br />

O produto ainda conta com propriedades<br />

antimofo e antifungo, isso significa que ele<br />

ajuda a prevenir o crescimento de mofo, fungos<br />

e algas na superfície da parede, mantendo-a<br />

limpa e livre de manchas causadas pelos<br />

microrganismos. E ainda possui alta hidrorrepelência<br />

(repele a água e evita sua absorção<br />

pela parede), o que é essencial para proteger a<br />

estrutura da parede contra danos causados pela<br />

umidade, prolongando sua vida útil e mantendo<br />

excelentes condições estéticas e estruturais.<br />

Mas antes de usar o produto, deve-se<br />

identificar a causa da infiltração na parede.<br />

Se foi causada por vazamentos, problemas<br />

estruturais, por causa da água da chuva ou<br />

outros fatores. A região danificada deve ser<br />

removida para evitar problemas futuros e ter<br />

os resultados esperados com o uso da tinta<br />

Borracha Líquida.<br />

O controle de umidade<br />

proporcionado pela<br />

tinta Borracha Líquida<br />

é um dos benefícios do<br />

produto que forma uma<br />

camada impermeável<br />

sobre a superfície da<br />

parede, impedindo a<br />

passagem de água e<br />

umidade<br />

www.revistacondominium.com.br 25


xx<br />

investimento<br />

Energia<br />

limpa<br />

26


EDITORA INVESTE<br />

NA IMPLANTAÇÃO<br />

DE SISTEMA SOLAR<br />

FOTOVOLTAICO E ALCANÇA<br />

EXCELENTES RESULTADOS<br />

Fotos: CONDOMINIUM e divulgação<br />

www.revistacondominium.com.br 27


investimento<br />

A<br />

geração distribuída de energia vem<br />

crescendo exponencialmente no<br />

Brasil, já são 28 GW (gigawatts)<br />

de potência instalada resultante de micro e<br />

minigerações distribuídas de energia solar.<br />

Preocupada com a sustentabilidade de suas<br />

ações, a Jota Editora investiu na instalação<br />

de sistema solar fotovoltaico para produção<br />

de sua própria energia, que apresenta como<br />

principais vantagens ser uma fonte de energia<br />

limpa, gratuita e renovável, trazendo benefícios<br />

ambientais, econômicos e sociais.<br />

O diretor comercial da editora, Fábio Machado,<br />

afirma que a empresa decidiu investir<br />

no sistema pensando na economia e na contribuição<br />

para o meio ambiente. “Foram dois<br />

motivos que nos levaram a esse investimento:<br />

28


eduzir o custo de energia, é claro, e também<br />

porque temos o selo Carbono Neutro,<br />

trabalhamos com programa para redução da<br />

emissão de GEE (gases de efeito estufa) em<br />

nossas atividades e assim contribuir com o<br />

meio ambiente”, explicou. “Com relação a<br />

economia, conseguimos reduzir em mais de<br />

95% o custo com energia na editora”, revelou<br />

Fábio Machado.<br />

INSTALAÇÃO RÁPIDA<br />

A equipe da empresa CWB Energia Solar<br />

foi a responsável pelo projeto do sistema que<br />

instalou 25 placas solares fotovoltaicas com<br />

capacidade para geração estimada de 1.500 kw/<br />

mês. “Com a instalação, a empresa se torna<br />

mais sustentável e ajuda o meio ambiente,<br />

além da valorização para a empresa e do imóvel.<br />

A instalação do sistema alavanca o valor<br />

Foram dois motivos<br />

que levaram a esse<br />

investimento: reduzir o<br />

custo de energia, e também<br />

porque trabalhamos com<br />

programa Carbono Zero<br />

em nossas atividades e<br />

assim contribuímos com o<br />

meio ambiente<br />

Fábio Machado, diretor comercial da<br />

Jota Editora<br />

Sinônimo de<br />

economia de até<br />

95% na sua conta!<br />

Energia Solar<br />

Inúmeras vantagens para<br />

condomínios, residências,<br />

comércio e empresas.<br />

(41) 99573.0039 | (41) 99660.6720<br />

Curitiba e região metropolitana<br />

redeeletricasolar.com<br />

redeeletricasolarcwbbatel<br />

ON-GRID<br />

OFF-GRID<br />

HÍBRIDO<br />

SOLICITE UM<br />

ORÇAMENTO<br />

E CONFIRA O<br />

QUANTO VAI<br />

REDUZIR DA<br />

SUA FATURA!


investimento<br />

do imóvel em cerca de até 30%, bem como a<br />

economia na conta final de energia, que não<br />

deixa de ser uma vantagem”, aponta Leandro<br />

Gonçalves, gerente da CWB Energia Solar.<br />

Outro ponto a ser destacado é que não foi<br />

necessário suspender as atividades da editora<br />

durante o processo de instalação do sistema.<br />

Foram dois dias de trabalho para implantação.<br />

Após a instalação, a concessionária fez uma<br />

vistoria e então foi feita a liberação do sistema,<br />

o que tem prazo de sete dias para acontecer<br />

após a vistoria. “O processo é simples. Não é<br />

necessário desligar a luz nem fechar a empresa.<br />

Uma vez fechado o contrato, nós solicitamos<br />

60 dias para elaborar e deixar o projeto pronto.<br />

Temos o trâmite para ser finalizado com a<br />

concessionária. Uma vez aprovado o projeto a<br />

instalação é rápida”, enumera Leandro.<br />

30


Com a instalação, a<br />

empresa se torna mais<br />

sustentável e ajuda o<br />

meio ambiente, além da<br />

valorização para a empresa<br />

e do imóvel de até 30%<br />

Apesar de ter um custo considerado alto<br />

para instalação do sistema, o investimento tem<br />

retorno garantido. “Atualmente é recomendado<br />

colocar sistemas fotovoltaicos, tanto em pequenas,<br />

médias e grandes empresas, porque<br />

sabemos que a conta de energia elétrica é hoje<br />

o grande vilão. E não só em empresas, mas<br />

residências também. Quem gasta em torno<br />

de R$ 250,00 por mês com conta de luz, a<br />

sugestão é já instalar placas fotovoltaicas para<br />

reduzir esse custo”, orienta Leandro.<br />

Leandro Gonçalves, gerente da CWB<br />

Energia Solar<br />

msbadvogados<br />

Advogados especialistas nas áreas do<br />

Direito Imobiliário, Condominial e Civil<br />

Direito<br />

Condominial<br />

Direito<br />

Imobiliário<br />

Unindo técnica jurídica e tecnologia,<br />

o MSB Advogados atua de forma<br />

personalizada e exclusiva para<br />

proporcionar a melhor experiência<br />

aos seus clientes.<br />

(41) 3027-6636 (41) 99766-2604 msbadvogados.com.br


negócios<br />

Imóveis<br />

na planta<br />

NÃO QUER SE DESCAPITALIZAR PARA<br />

CONSEGUIR INVESTIR EM IMÓVEIS?<br />

CONHEÇA UM NOVO MODELO DE<br />

NEGÓCIOS<br />

Fotos: divulgação<br />

32


ma novidade que chegou ao mercado<br />

imobiliário é a Junttus, uma rede de<br />

U<br />

investidores que dá oportunidade<br />

para qualquer interessado investir em imóveis,<br />

mesmo que não tenham altos valores para o<br />

investimento. Fernando Scarduelli, idealizador<br />

desse modelo de negócio, explica que a ideia<br />

surgiu de uma oportunidade perdida, quando<br />

em 2021, tinha um pouco de capital e queria<br />

fazer investimento em imóvel na planta. Apesar<br />

de ter boas opções, não teve recurso suficiente<br />

para o investimento. Em 2022 participou de<br />

www.revistacondominium.com.br 33


negócios<br />

um programa de aceleração de startups, e foi<br />

maturando a ideia de investir em imóveis em<br />

grupo, até que surgiu a Junttus. “A ideia surgiu<br />

de uma experiência pessoal. Com recursos<br />

individuais não tive condições de investir, mas<br />

se tivessem outros participando junto teria sido<br />

um bom investimento aquele que queria em<br />

2021. Depois de 6, 7 meses vi que o imóvel já<br />

tinha valorizado 20% e fiquei com o sentimento<br />

de oportunidade perdida”, lembra Fernando.<br />

“Com a Junttus queremos proporcionar acessibilidade,<br />

diversificação e redução de riscos no<br />

investimento de imóveis na planta”, garante o<br />

empreendedor.<br />

COMO FUNCIONA<br />

Os negócios partem da crença no potencial<br />

de valorização de imóveis desde o estágio<br />

de planta, assim que concluído o registro de<br />

incorporação, até o momento da conclusão<br />

das obras. “Nas praças certas, esses imóveis<br />

tendem a valorizar acima de investimentos<br />

em renda fixa e outros produtos do mercado<br />

financeiro”, explica. “Além disso, imóveis são<br />

uma classe de ativo que permitem grande<br />

alavancagem financeira – com pouco capital,<br />

é possível ter em mãos um ativo que valoriza<br />

sobre seu valor total, e não sobre o valor que foi<br />

investido. E por último, acreditamos em investir<br />

de forma acessível, coletivamente, para diluir<br />

os riscos e permitir diversificação ao investir em<br />

imóveis”, aponta Fernando Scarduelli.<br />

O empresário explica que procura oportunidades<br />

que vão variar de 20% a 40% do<br />

valor do imóvel que tenha que ser pago até o<br />

imóvel ficar pronto, e o saldo após a entrega<br />

das chaves. “Procuramos trabalhar com o fluxo<br />

de pagamento que a construtora vai investir:<br />

com a entrada, pagamentos mensais e balões<br />

anuais. A gente trabalha com conceito de alavancagem.<br />

O que valoriza não é o dinheiro que<br />

estamos aplicando, mas o valor que o imóvel<br />

vale. Se por exemplo a pessoa investir R$ 100<br />

mil na XP, ela vai ter o rendimento sobre R$<br />

34


100 mil, mas se investir esses R$ 100 mil no<br />

imóvel na planta, vai poder colher frutos de<br />

um imóvel de R$ 1 milhão. É um modelo bem<br />

atrativo em termos de rentabilidade”, explica.<br />

Ao entrar no negócio não quer dizer que a<br />

pessoa ficará com aquele imóvel para usufruir.<br />

O investidor entra como sócio no investimento<br />

e terá o lucro.<br />

“A gente sempre procura uma boa oportunidade<br />

de investimento. Então procuramos<br />

cidades onde o retorno é expressivo. Atuamos<br />

mais em Curitiba (PR) e Litoral de Santa<br />

Catarina, mas temos buscado oportunidades<br />

em outras regiões como nordeste, São Paulo.<br />

Buscamos as boas oportunidades”, salienta<br />

Fernando Scarduelli.<br />

Com a Junttus<br />

queremos proporcionar<br />

acessibilidade,<br />

diversificação e redução<br />

de riscos no investimento<br />

de imóveis na planta<br />

Fernando Scarduelli, empreendedor<br />

Para saber mais deste modelo de<br />

negócios acesse: junttus.com<br />

Entre em contato por WhatsApp e<br />

agende a manutenção do seu aquecedor a gás!<br />

(41) 9 9131-0926<br />

Com mais de 40 anos em Curitiba,<br />

somos a maior loja do Sul do Brasil no<br />

segmento de aquecimento a gás e solar.<br />

PRECISA COMPRAR?<br />

Visite nossa loja e conheça o Showroom Interativo<br />

• Aquecedores a Gás e Pressurizadores<br />

• Aquecimento Solar para Banho e Piscina<br />

• Peças e Acessórios<br />

R. Mariano Torres, 669 - Centro, Curitiba - PR<br />

aquecebemaquecedores.com.br<br />

(41) 3266-3311


convivência<br />

Animais<br />

em condomínios<br />

LEI ASSEGURA DIREITO DE TER<br />

ANIMAIS DENTRO DE CASA, MAS<br />

EXISTEM NORMAS<br />

Fotos: divulgação<br />

36


manutenção de animais domésticos<br />

em condomínios é uma das causas de<br />

A<br />

discórdias entre síndicos e condôminos.<br />

O artigo 1.228 do Código Civil garante o<br />

direito de propriedade dos condôminos de ter<br />

animais na unidade, por isso a restrição pela<br />

administração condominial pode resultar em<br />

medidas judiciais.<br />

Porém são frequentes notícias de moradores<br />

incomodados com a presença de animais<br />

em áreas comuns e muitas vezes sem coleira,<br />

focinheira. A presença do animal no condomínio<br />

pode ser questionada quando oferecer<br />

perigo à saúde, segurança, ou perturbação ao<br />

sossego dos demais residentes do condomínio.<br />

Assim, o condomínio por meio da sua<br />

convenção, regimento interno ou assembleias<br />

pode e deve regular o trânsito de animais, desde<br />

que não contrarie o que é estabelecido por<br />

lei. São consideradas normas aplicáveis e que<br />

não confrontam com o direito de propriedade:<br />

exigir que os animais transitem pelos elevadores<br />

de serviços, no interior do prédio somente<br />

www.revistacondominium.com.br 37


convivência<br />

pelas áreas de serviço, sem que possa andar<br />

livremente no prédio; proibir que circule em<br />

áreas comuns livremente, tais como piscina,<br />

playground, salão de festas; exigir a carteira de<br />

vacinação para comprovar que o animal goza de<br />

boa saúde; circular dentro do prédio somente<br />

com a coleira; impor o uso de focinheira para<br />

as raças previstas em lei.<br />

DECISÕES QUESTIONÁVEIS<br />

Quando os condôminos decidem em assembleia<br />

proibir a manutenção de animais, ou<br />

restringir a circulação destes no colo ou com<br />

focinheira (salvo raças descritas em lei) nas<br />

dependências do condomínio a decisão pode<br />

ser anulada na justiça. Não se pode exigir, por<br />

exemplo, que uma senhora com limitação de<br />

locomoção de 80 anos de idade seja obrigada<br />

a conduzir seu cão somente no colo. Nesse<br />

caso, o condômino pode ingressar com ação<br />

para garantir seu direito de circular com seu<br />

animal, com guia, de forma respeitosa, no<br />

trânsito de sua unidade para a rua, sem que<br />

para isso seja obrigado a passar por qualquer<br />

situação humilhante.<br />

O condomínio por meio da<br />

sua convenção, regimento<br />

interno ou assembleias<br />

pode e deve regular o<br />

trânsito de animais, desde<br />

que não contrarie o que é<br />

estabelecido por lei<br />

38


Um cão pequeno que fique latindo de forma<br />

intermitente pode perturbar o sossego dos<br />

vizinhos, assim como uma única pessoa em<br />

uma residência tocando bateria pode trazer<br />

transtornos. Nestes casos as limitações são<br />

legítimas e passíveis de advertência ou multa<br />

e, em situações extremas, o Judiciário tem<br />

entendido a limitação do uso da propriedade.<br />

Porém, definir o número de habitantes, o tamanho<br />

dos animais, ou do automóvel infringe o<br />

direito de propriedade. O que deve ser limitada<br />

é a perturbação ao sossego, prejuízo à saúde<br />

e segurança dos moradores, que pode ocorrer<br />

independente da situação.<br />

Para boa convivência, o fundamental é que<br />

haja regras claras para todos seguirem e o bom<br />

senso dos moradores. O condomínio deve explicitar<br />

no regulamento interno ou convenção<br />

exatamente o que é permitido em suas áreas<br />

comuns e assim evitar discórdias e transtornos.<br />

Um cão pequeno que fique<br />

latindo de forma intermitente<br />

pode perturbar o sossego<br />

dos vizinhos, assim como<br />

uma pessoa tocando bateria.<br />

Nestes casos as limitações<br />

são legítimas e passíveis de<br />

advertência<br />

www.revistacondominium.com.br<br />

39


feira<br />

Diversidade<br />

de produtos<br />

e serviços<br />

EDIÇÃO 2024 DA HABITACON<br />

CONTARÁ COM SETOR DE<br />

IMÓVEIS<br />

Fotos: CONDOMINIUM e divulgação<br />

40


om abrangência nacional, a Habitacon<br />

- Feira de Imóveis e Fornecedores para<br />

C<br />

Construção e Condomínios -, atende<br />

todos os setores do segmento construtivo e<br />

condominial e recebe expositores e público<br />

visitante de diversas regiões do país. Este ano<br />

será a XII edição da feira que será realizada<br />

em Curitiba (PR), no período de 12 a 14 de<br />

setembro de 2024, no Centro de Exposições<br />

Positivo, no Parque Barigui.<br />

O diferencial para essa edição é a incorporação<br />

do setor de imóveis, com construtoras,<br />

incorporadoras e imobiliárias presentes na<br />

área de exposição. Este segmento de imóvel<br />

pronto para utilização já vinha demonstrando<br />

grande interesse no evento e buscando participação<br />

de forma independente, sendo que a<br />

partir deste ano foi agregado de forma oficial<br />

à temática da feira.<br />

www.revistacondominium.com.br 41


feira<br />

A área de exposição está preparada para<br />

receber mais de 90 estandes abertos ao público.<br />

Empresas construtoras e fornecedoras de<br />

materiais, equipamentos, produtos, serviços<br />

e tecnologias para construção e administração<br />

condominial estarão presentes com estandes<br />

na área de exposição apresentando seus serviços,<br />

lançamentos e novidades para o setor.<br />

PROGRAMAÇÃO DIVERSIFICADA<br />

A variedade de produtos e serviços na exposição<br />

justifica o slogan da feira: Do Projeto a<br />

Construção, do Acabamento a Administração;<br />

e faz da Habitacon o principal ponto de encontro<br />

para atualização profissional, geração<br />

e realização de negócios entre construtores,<br />

expositores e visitantes. Com o segmento<br />

de imóveis adicionado à área de exposição, o<br />

evento alcança o objetivo de sempre entregar<br />

uma feira cada vez mais completa ao público<br />

participante.<br />

Além da feira comercial, a Habitacon contará<br />

com uma extensa programação paralela<br />

composta por palestras técnicas através da<br />

realização integrada do SAC (Simpósio de<br />

Administração Condominial), um evento técnico<br />

complementar que tem como objetivo<br />

capacitar e atualizar profissionais do setor<br />

condominial como síndicos, administradores,<br />

conselheiros e público em geral com interesse<br />

nos segmentos apresentados.<br />

Os interessados em participar do simpósio<br />

deverão se inscrever antecipadamente e de<br />

forma gratuita no site oficial www.feirahabitacon.com.br.<br />

A organização espera durante os dias de<br />

realização receber um público superior a 8 mil<br />

visitantes composto por profissionais como:<br />

engenheiros, arquitetos, construtores, gestores<br />

das áreas da construção civil, arquitetura e<br />

administração condominial, lojistas de materiais<br />

de construção, especificadores, síndicos,<br />

conselheiros, compradores, empreiteiros,<br />

prestadores de serviços e público complementar<br />

com interesse em aquisição ou locação de<br />

lotes, empreendimentos e imóveis prontos.<br />

42


Além da feira comercial,<br />

a Habitacon contará<br />

com uma programação<br />

paralela composta por<br />

palestras técnicas através<br />

da realização integrada<br />

do SAC (Simpósio<br />

de Administração<br />

Condominial)<br />

Serviço:<br />

HABITACON 2024<br />

De 12 a 14 de setembro no Centro de Eventos<br />

Positivo / Barigui<br />

Fone: (41) 3203-1189<br />

Cel./Whats: (41) 99546-0416<br />

E-mail: montebello@montebelloeventos.com.br<br />

Site Oficial: www.feirahabitacon.com.br<br />

Compromisso inabalável com a<br />

segurança, qualidade e eficiência.<br />

Nossos serviços:<br />

• Construção e manutenção de redes de gás em residências,<br />

condomínios e estabelecimentos comerciais.<br />

• Troca de medidores e reguladores.<br />

• Testes de estanqueidade para assegurar que não haja vazamentos.<br />

• Serviços de treinamentos para ajudar pessoas e empresas a<br />

identificar ameaças e perigos em relação as redes de gás.<br />

(41) 98786-3003<br />

www.atmosgaz.com<br />

@atmosgaz


perfil<br />

Trabalho que<br />

agrega<br />

JOVEM PORTEIRO ALIA<br />

ESTUDOS COM A ROTINA DA<br />

PROFISSÃO<br />

Fotos: divulgação<br />

U<br />

ma característica é necessária para<br />

quem trabalha em portaria: gostar de<br />

ter contato com as pessoas, gostar de<br />

conversar. O jovem porteiro Vinícius Dzala Lara<br />

Wassem, 25 anos, que atua no condomínio<br />

Cândido de Abreu, diz que essas são as coisas<br />

que mais gosta na atividade. “Não tem muito<br />

segredo a minha função de uma forma geral,<br />

recepciono as pessoas, indico as salas, separo<br />

correspondências. Gosto do que faço, me sinto<br />

bem. Vejo um emprego de oportunidade, com<br />

um salário bom, e o que mais gosto da profissão<br />

é o contato com pessoas, de conversar,<br />

Foto: CONDOMINIUM<br />

indicar para elas onde tem que ir. Gosto do<br />

contato humano”, relata Vinícius, que é natural<br />

de Curitiba (PR).<br />

O local de trabalho dele é um condomínio<br />

comercial e por isso tem grande movimentação<br />

de pessoas.<br />

“Tenho contato com todo tipo de gente,<br />

desde funcionários de limpeza, até médico,<br />

advogado, trabalhadores do correio, entregadores<br />

de ifood. Já trabalhei também como<br />

repositor e caixa de supermercado, estagiei<br />

em museu e há 2 anos estou nessa função de<br />

porteiro”, afirma.<br />

ALIANDO OS ESTUDOS<br />

Vinícius está na metade do curso de História<br />

na UTP (Universidade Tuiuti do Paraná). Ele<br />

44


já foi estagiário no Museu Egípcio e Rosacruz<br />

de Curitiba onde pegou gosto por museologia<br />

e acabou optando por cursar a faculdade de<br />

história. Para o futuro, Vinícius almeja trabalhar<br />

com educação, como professor de história.<br />

“A primeira etapa é concluir o curso, ter meu<br />

diploma e experiência como professor. Não é<br />

fácil. Por várias questões já sai e voltei para a<br />

faculdade e agora espero dar continuidade”,<br />

comemorou.<br />

Com a rotina de trabalho aliada aos estudos<br />

não sobra muito tempo para horas vagas. Mas<br />

quando tem essas horas Vinícius aproveita para<br />

estudar, arrumar as coisas da casa e passar o<br />

tempo com a namorada.<br />

“O que mais gosto da<br />

profissão é o contato com<br />

pessoas. Gosto de conversar,<br />

indicar para elas onde tem<br />

que ir. Gosto do contato<br />

humano”<br />

Vinícius Dzala Lara Wassem,<br />

porteiro<br />

• Tem uma história legal para nos contar de um funcionário (porteiro ou zelador) do seu condomínio? Entre em contato conosco pelo email:<br />

jornalismo@revistacondominium.com.br. | As histórias mais interessantes serão publicadas nas seções: Gente que Cuida e Perfil<br />

MANUTENÇÃO DO JEITO QUE DEVE SER:<br />

COM SERIEDADE, COMPROMETIMENTO E<br />

MAIS EFICIÊNCIA<br />

ESPECIALISTAS EM SOLUÇÕES PARA CONDOMÍNIOS,<br />

OFERECENDO QUALIDADE, EXPERIÊNCIA, SEGURANÇA E<br />

RESPONSABILIDADE EM CADA PROJETO.<br />

(41) 3798-4690<br />

hajengenharia.com.br


entrevista<br />

Liciany<br />

Ribeiro<br />

COORDENADORA DA ABSOLAR (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA<br />

DE ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA) NO PARANÁ<br />

om dupla graduação em Arquitetura<br />

e Urbanismo no Brasil pela PUC-PR<br />

C<br />

(Pontíficia Universidade Católica do<br />

Paraná) e na Itália (Universitá Degli Studi<br />

di Ferrara – Facoltá di Architetura), Liciany<br />

buscou se aperfeiçoar e trouxe soluções em<br />

inovação para energias renováveis aplicadas<br />

na arquitetura. Iniciou em 2015 sua atuação<br />

de destaque como empresária do setor solar<br />

e complementa a carteira de soluções para o<br />

Grupo Ribeiro em sustentabilidade. Em 2020<br />

foi eleita representante da Absolar no Paraná, e<br />

atuou como conselheira da ABGD (Associação<br />

Brasileira de Geração Distribuída) no Paraná<br />

em 2018, sendo associada ao CBCS (Conselho<br />

Brasileiro de Sustentabilidade). Em entrevista<br />

para a Revista CONDOMINIUM ela falou sobre<br />

os avanços e dificuldades do setor.<br />

Foto: divulgação<br />

46


A ABSOLAR COMPLETOU 10 ANOS EM<br />

2023. QUAL AVALIAÇÃO SOBRE O TRABA-<br />

LHO DA ASSOCIAÇÃO NESTE PERÍODO?<br />

A Absolar, por mais que ainda possa ser<br />

considerada jovem para o horizonte do setor<br />

elétrico nacional, tem sido determinante para<br />

a evolução do mercado fotovoltaico no país,<br />

desde o início de sua adoção mais ampla junto<br />

à sociedade. Vale destacar que a Absolar e os<br />

integrantes da cadeia de valor do setor fotovoltaico<br />

tiraram a fonte solar de uma fase ainda<br />

muito inicial e a colocaram na segunda posição<br />

da matriz elétrica brasileira. Essa conquista não<br />

se resume apenas a tornar a matriz elétrica<br />

nacional ainda mais limpa, renovável e competitiva.<br />

Também significa uma série de benefícios<br />

sociais, econômicos e ambientais: atração de<br />

investimentos ao Brasil, geração de emprego<br />

e renda para a população, mais economia na<br />

conta de luz dos brasileiros, descarbonização<br />

de atividades produtivas, ampliação de políticas<br />

públicas sustentáveis e maior competitividade<br />

ao setor produtivo, entre diversos outros ganhos<br />

coletivos.<br />

É IMPORTANTE PARA A ASSOCIAÇÃO<br />

TER A COORDENAÇÃO NOS ESTADOS?<br />

A Absolar mantém diálogos e apoios técnicos<br />

para políticas, programas e incentivos para<br />

a fonte solar fotovoltaica em todos os Estados<br />

brasileiros, com agenda intensa de reuniões<br />

com os governadores, secretários de estado<br />

e demais autoridades locais. Atualmente, a<br />

associação conta com 12 coordenadores estaduais<br />

que apoiam as negociações e encontros<br />

locais, representando a associação na construção<br />

de novas políticas públicas e iniciativas<br />

para o setor solar, bem como atuando como<br />

porta-vozes junto a demandas de imprensa<br />

em suas regiões.<br />

COMO AVALIA A POTÊNCIA INSTALADA<br />

DE SISTEMAS SOLAR FOTOVOLTAICO EM<br />

CONDOMÍNIOS E RESIDÊNCIAS?


entrevista<br />

A geração própria de energia solar acaba<br />

de ultrapassar a marca de 28 GW (gigawatts)<br />

de potência instalada em residências, comércios,<br />

indústrias, propriedades rurais e prédios<br />

públicos no Brasil, com mais de 3,3 milhões<br />

de unidades consumidoras atendidas pela<br />

tecnologia fotovoltaica. Segundo mapeamento<br />

da Absolar, o país possui mais de 2,3 milhões<br />

de sistemas solares fotovoltaicos instalados<br />

em telhados, fachadas e pequenos terrenos.<br />

Desde 2012, foram cerca de R$ 130,7 bilhões<br />

em novos investimentos, que geraram mais de<br />

780,1 mil empregos acumulados no período,<br />

espalhados em todas as regiões do Brasil,<br />

e representam uma arrecadação aos cofres<br />

públicos de R$ 39,2 bilhões.<br />

QUAL A POTÊNCIA SOLAR FOTOVOLTAI-<br />

CA INSTALADA NO PARANÁ?<br />

Segundo recente mapeamento da associação,<br />

o Estado do Paraná possui 2,4 GW de<br />

energia solar em operação nas residências,<br />

comércios, indústrias, propriedades rurais<br />

e prédios públicos. Desde 2012, a geração<br />

própria de energia solar já proporcionou ao<br />

Paraná a atração de mais de R$ 12,2 bilhões<br />

em investimentos, geração de mais de 73 mil<br />

empregos e a arrecadação de mais de R$ 2,8<br />

bilhões aos cofres públicos. A potência instalada<br />

em telhados e pequenos terrenos no Paraná<br />

coloca o Estado na quarta posição do ranking<br />

nacional da Absolar. O território paranaense<br />

possui mais de 191 mil conexões operacionais,<br />

espalhadas por 399 municípios, ou 100 % dos<br />

municípios da região. Atualmente, são mais de<br />

264 mil consumidores de energia elétrica, que<br />

já contam com redução na conta de luz, maior<br />

autonomia e confiabilidade elétrica.<br />

de transmissão, aliviando pressões sobre sua<br />

operação e diminuindo perdas em longas distâncias,<br />

o que contribui para a confiabilidade e a<br />

segurança em momentos críticos. A fonte solar<br />

é, portanto, uma alavanca para o desenvolvimento<br />

social, econômico e ambiental do país.<br />

O crescimento da geração própria da energia<br />

fotovoltaica também amplia a atração de capital<br />

e impulsiona a geração de mais emprego e<br />

renda aos brasileiros.<br />

O VALOR DE INVESTIMENTO PARA INS-<br />

TALAÇÃO DO SISTEMA AINDA É UM PONTO<br />

LIMITADOR?<br />

O investimento em sistemas solares nos<br />

telhados, fachadas e pequenos terrenos é um<br />

dos investimentos mais vantajosos no país. E<br />

está bastante acessível a todas as classes de<br />

consumo, de qualquer porte ou demanda. Há<br />

mais de 100 linhas de financiamento disponíveis<br />

no Brasil que viabilizam a instalação de<br />

painéis solares sem a necessidade de recurso<br />

próprio. Em muitos casos, o valor da parcela<br />

do financiamento é bem similar ao recurso<br />

economizado pelo consumidor na conta de luz.<br />

NO ÚLTIMO ANO, QUAL FOI O PERCEN-<br />

TUAL DE CRESCIMENTO DA PARTICIPAÇÃO<br />

DA ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA NA<br />

MATRIZ ENERGÉTICA NACIONAL?<br />

O ano de 2023 foi um ano de grandes<br />

conquistas para o setor solar fotovoltaico no<br />

Brasil. A tecnologia atraiu mais de R$ 59,6<br />

bilhões em novos investimentos no período,<br />

somando as grandes usinas e os sistemas<br />

de geração própria em telhados, fachadas e<br />

pequenos terrenos. O resultado representa<br />

um crescimento de 49% em relação aos in-<br />

É VANTAJOSA A INSTALAÇÃO DE PE-<br />

QUENOS E MÉDIOS SISTEMAS SOLARES<br />

NOS CONDOMÍNIOS?<br />

O crescimento da geração própria de energia<br />

solar fortalece a sustentabilidade, alivia o<br />

orçamento das famílias e amplia a competitividade<br />

dos setores produtivos brasileiros. A geração<br />

própria instalada em telhados, fachadas<br />

e pequenos terrenos, diretamente nos centros<br />

urbanos e de consumo, ajuda a fortalecer e traz<br />

mais resiliência à rede elétrica, ao concentrar a<br />

geração de eletricidade próximo dos locais de<br />

consumo. Isso reduz o uso da infraestrutura<br />

A potência instalada em<br />

telhados e pequenos terrenos<br />

no Paraná coloca o Estado na<br />

quarta posição do ranking<br />

nacional da Absolar<br />

48


vestimentos acumulados até o final de 2022<br />

no país. De acordo com a Absolar, em 2023, o<br />

setor solar gerou mais de 352 mil novos empregos<br />

verdes no Brasil, espalhados por todas<br />

as regiões do território nacional. Desde 2012,<br />

a fonte solar fotovoltaica já movimentou mais<br />

de R$ 181,3 bilhões em negócios e gerou mais<br />

de 1,1 milhão de novos postos de trabalho. Em<br />

potência instalada, a fonte solar adicionou na<br />

matriz elétrica brasileira um total de 11,9 GW,<br />

entre as grandes usinas e os pequenos sistemas<br />

de geração própria em telhados e terrenos.<br />

Foram 7,9 GW de geração distribuída e 4 GW<br />

de geração centralizada. No acumulado desde<br />

2012, o Brasil possui atualmente 37,2 GW de<br />

potência operacional da fonte solar, sendo<br />

25,8 GW de geração distribuída e 11,4 GW de<br />

geração centralizada.<br />

O QUE PRECISA SER MELHORADO<br />

PARA PERMITIR A EXPANSÃO DO SISTE-<br />

MA, EM ESPECIAL EM RESIDÊNCIAS E<br />

CONDOMÍNIOS?<br />

O Paraná retirou recentemente a limitação<br />

de até 48 meses para concessão da isenção<br />

de ICMS na energia solar e outras fontes renováveis,<br />

conforme convênio ICMS número<br />

16/2015, do Confaz (Conselho Nacional de Política<br />

Fazendária). E essa medida é uma conquista<br />

importante da Absolar no Estado, já que a<br />

entidade vinha articulando com as autoridades<br />

competentes tal isenção, que previa equiparar<br />

o Paraná ao incentivo ICMS já concedido por<br />

todos os outros Estados brasileiros. Assim, a<br />

entidade parabeniza o governo paranaense pela<br />

medida e recomenda a criação de uma política<br />

estadual estruturada de desenvolvimento da<br />

energia solar na região, que poderá trazer mais<br />

emprego e renda para a população e reduzir os<br />

custos com energia elétrica dos consumidores<br />

e dos setores produtivos. A Absolar recomenda<br />

que esse programa estadual seja feito nos<br />

mesmos moldes de outros Estados, como<br />

Goiás, por exemplo, que, na prática, incentive<br />

a adoção de energia solar em habitações populares,<br />

prédios púbicos pelos consumidores<br />

em geral, amplie o acesso a crédito e reduza a<br />

carga tributária, entre outras ações.


entrevista<br />

QUAIS OS OBJETIVOS DA ABSOLAR<br />

PARA O ANO DE 2024?<br />

Embora o avanço da tecnologia fotovoltaica<br />

seja expressivo no Brasil, o setor de energia<br />

solar na GD (geração distribuída) tem enfrentado<br />

alguns desafios importantes que impedem<br />

seu crescimento, para de fato colocar o país<br />

na liderança da transição energética global.<br />

Entre eles, está a definição das diretrizes de<br />

cálculo de custos e benefícios da modalidade<br />

pelo CNPE (Conselho Nacional de Política<br />

Energética), conforme determina a lei número<br />

14.300/2022, para que a Aneel (Agência Nacional<br />

de Energia Elétrica) faça esses cálculos<br />

e apresente à sociedade, cujo trabalho deveria<br />

ter sido concluído na metade de 2023.<br />

DE QUE FORMA A ASSOCIAÇÃO CON-<br />

TRIBUI PARA FAZER VALER A LEI?<br />

Com o intuito de colaborar e trazer mais<br />

celeridade diante do prazo já ter sido expirado,<br />

a própria Absolar, com o apoio da consultoria<br />

especializada Volt Robotics, apresentou um<br />

estudo de cálculos de custos e benefícios da<br />

GD às autoridades competentes, ao órgão<br />

regulador e à própria sociedade. Segundo o<br />

estudo, a geração própria solar ajuda a reduzir<br />

custos para todos os consumidores de energia<br />

elétrica, com uma economia líquida na conta<br />

de luz de todos de mais de R$ 84,9 bilhões<br />

até 2031. Os benefícios líquidos da geração<br />

distribuída equivalem a um valor médio de R$<br />

403,9 MWh (megawatt por hora) na estrutura<br />

do sistema elétrico nacional (fonte: Volt Robotics,<br />

2023), ante a uma tarifa média residencial<br />

de R$ 729 por MWh (fonte: Aneel, 2023) no<br />

país. O trabalho concluiu que os benefícios do<br />

crescimento da geração própria solar na matriz<br />

elétrica superam, em muito, os custos, trazendo<br />

relevantes ganhos líquidos para os consumidores.<br />

Outro desafio a ser equacionado refere-<br />

-se às suspensões e cancelamentos arbitrários<br />

das concessionárias de energia elétrica nos<br />

projetos apresentados para novas conexões<br />

de geração solar, a chamada inversão de fluxo<br />

de potência. Sob o argumento de que suas<br />

redes estão incapacitadas de receber energia<br />

injetada pelos novos sistemas, as distribuidoras<br />

não apresentam comprovação técnica e nem<br />

observam as exigências da regulação vigente,<br />

prejudicando os consumidores que investem a<br />

longo prazo e as empresas do setor, que geram<br />

emprego e renda nas regiões onde atuam.<br />

NESTE SENTIDO, COMO A ABSOLAR<br />

ATUA?<br />

A Absolar tem atuado intensamente com<br />

as autoridades competentes, agentes do setor<br />

elétrico e com as próprias concessionárias, para<br />

que o direito do consumidor, de gerar a própria<br />

energia, seja preservado e que o direito das<br />

empresas integradoras de exercerem o seu<br />

trabalho também seja mantido. Há ainda na<br />

agenda de desafios da geração própria solar<br />

a equiparação nos Estados e no Distrito Federal<br />

da isenção de ICMS da energia injetada<br />

na rede elétrica para sistemas de até 5 MW<br />

(megawatts), conforme já estabelecido em<br />

toda a região sudeste, a partir da atualização<br />

feita no convênio ICMS 16/2015, do Confaz. A<br />

proposta é garantir que a isenção seja aplicada<br />

a todas as modalidades de geração distribuída<br />

e todas as componentes tarifárias, bem como<br />

criar um ambiente de isonomia, para que os<br />

Estados possam também equiparar isenções<br />

como o sudeste já disponibiliza. Para uniformizar<br />

os benefícios e entendimentos tributários<br />

em todo o país a Absolar tem atuado junto às<br />

Secretarias de Fazenda, no sentido de estender<br />

as regras do sudeste para todos os Estados e<br />

Distrito Federal.<br />

O Estado do Paraná retirou<br />

recentemente a limitação de<br />

até 48 meses para concessão<br />

da isenção de ICMS na<br />

energia solar e outras fontes<br />

renováveis. Essa medida é<br />

uma conquista importante<br />

da Absolar no Estado<br />

50


habitacon<br />

Feira de Imóveis & Fornecedores para Construção e Condomínios<br />

Simpósio<br />

de Administração<br />

Condominial<br />

12 A 14 DE SETEMBRO DE 2024<br />

Centro de Eventos<br />

POSITIVO BARIGUI<br />

CURITIBA<br />

41 9 9546 0416 | 41 9 9780 0285<br />

APOIO<br />

PATROCÍNIO


Com operações<br />

em Curitiba (PR) e<br />

Região Metropolitana.<br />

base<br />

curitiba<br />

.com.br<br />

inteligência<br />

que protege.<br />

Segurança &<br />

monitoramento<br />

Portaria &<br />

controle de acesso<br />

Limpeza &<br />

conservação<br />

Portaria<br />

remota<br />

Sabemos da importância<br />

do seu patrimônio e o<br />

quanto você preza e tem<br />

zelo por ele. É pensando<br />

neste cuidado que estamos<br />

aqui para ajudar e facilitar<br />

o seu dia a dia.<br />

41 3798 3780<br />

Av. Sen. Souza Naves, 440<br />

Alto da XV • Curitiba • PR

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!