NOVOS FILTROS - Mahle

mahle.com.br

NOVOS FILTROS - Mahle

REVISTA DOS COLABORADORES DO GRUPO MAHLE · EDIÇÃO 16 · AGOSTO 2007

VIDA ÚTIL QUATRO VEZES MAIOR

NOVOS FILTROS

PERMITEM INTERVALOS MAIORES DE MANUTENÇÃO


Conteúdo

03 Editorial Grupo MAHLE

04 Editorial Grupo MAHLE Brasil

A MAHLE segue crescendo

06 Feiras e eventos planejados em 007

07 MAHLE dá as boas-vindas aos 5.000

novos integrantes da família

08 Desenvolvimento de novos filtros

10 Notícias pessoais

11 Avaliação positiva dos sistemas de

gestão ambiental e de segurança

Plantio de árvores corrige e previne

erosão

12 Reciclagem de resíduos ganha âmbito

internacional na planta de SBC

Uso racional de energia em destaque na

PL1

Melhorias na central de filtragem de óleo

da Usinagem

13 Otimização de embalagens aumenta efi-

ciência em Mogi Guaçu

Itajubá usa tinta ecologicamente correta

na fábrica de máquinas

14 Aço é substituído por plástico em mó-

dulos de filtração de diesel

Projeto Painel do Gestor

15 Projeto 6 Sigma em SBC

Implantação do QSB na Unidade Indaia-

tuba

Programa ALO em Itajubá

16 6A TPM chega à Fundição da PL1 –

Mogi Guaçu

Atuação dos Grupos Autônomos em

Mogi

17 Kaizen Blitz na PL1 – Mogi Guaçu

MAHLE nas Escolas

18 Programa 5S na PL /3 – Mogi Guaçu

19 MAHLE Itajubá inaugura sala na UNIFEI

Premiação do Simplifique em Limeira

20 Treinamento de rebolos abrasivos em

Itajubá

A roda viva da dívida no cartão de crédito

Lançamento da 4ª Oficina do Sucesso

21 Workshop Integrado de Filtros

II Workshop de Tecnologia da Informação

22 Formatura e novas turmas no Formare

Nova Escola Formare em Limeira

23 Atividades de integração no Formare

Aluno do Formare ganha bolsa de estudos

24 Workshop divulga missão do RH

Treinamento da equipe de brigadistas

em SBC

25 Ginástica laboral em Limeira

Programa de Medicina Preventiva

26 Programa “Portas Abertas” MAHLE Itajubá

Mogi Guaçu conquista OHSAS 18001

Segurança e saúde ocupacional

27 Prevenção da Dengue

Homenagem por tempo de serviço em

Limeira

28 Pesquisa de Clima

Campanha de vacinação contra a gripe

29 Inauguração da Associação Beneficente

MAHLE

Doação de embalagens longa vida

30 Comemoração de Páscoa na “Idade de

Ouro”

Campanha de Páscoa na MAHLE

31 Projeto Integração

Responsabilidade Social em Itajubá

32 Flashback no Grêmio de Indaiatuba

Voluntários de Indaiatuba vendem pizzas

33 Atividades do Grêmio de SBC

Nova parceria em alimentação

MAHLE é a grande campeã do Torneio

1º de Maio

34 Viva e Deixe Viver em Mogi Guaçu

“O Sol Nasceu Para Todos” nas unida-

des da MAHLE

36 Um integrante da família MAHLE

A MAHLE segue crescendo Em 6 de abril

de 007 o Grupo MAHLE apresentou o

balanço do ano passado. Considerando o

desenvolvimento dinâmico da atual conjuntura

mundial e o crescimento organizacional,

os números foram relativamente positivos,

apesar de o aumento do custo da matériaprima

e as oscilações da taxa cambial terem

de ser compensados através de valores que

chegaram à casa dos milhões. Página 4

Avaliação positiva dos SGAs da MAHLE

no Brasil Em fevereiro, o auditor interno

mundial de Meio Ambiente, Saúde e Segurança

Werner Beckhoff esteve em auditoria

nas plantas do Grupo MAHLE Brasil para

verificação da conformidade dos Sistemas de

Gestão Ambiental e de Segurança ao procedimento

de processo P-E-1. Página 11

Projeto “O Sol Nasceu Para Todos” nas

unidades da MAHLE O projeto de responsabilidade

social "O Sol Nasceu Para Todos" foi

apresentado nas plantas e comunidades de

Indaiatuba, Itajubá, Mogi Guaçu, SBC e São

Paulo em março e abril. Página 34

Expediente · MAHLE global, Edição 16, Agosto 2007: Revista dos colaboradores do Grupo

MAHLE Brasil.

Endereço: MAHLE Metal Leve S.A., Av. Ernst Mahle, 000 - Mombaça - Mogi Guaçu-SP -

CEP: 13846-146 - revistamahleglobal@br.mahle.com

Comitê editorial: Adriano Figueira Bispo, Edna Kreiton dos Santos, José Darci Nogueira, José

Luiz Zavarize, Marco Antonio B. Gondim, Renata Oikawa e Warner Augusto A. de Souza.

Correspondentes: Birgit Albrecht, Eliane Benedito, Márcia Duda, Julianna de Freitas, Fabiana

Gonçalves, Claus Hoppen, Prof. Dr. Heinz Junker, Sandro Leme, Maria José Martins, Jaqueline

Oliveira, Andréia Onorato, Fernanda Pedreira, Zuleica Polli, Priscila Pravato, Sven Siegle, Rodrigo

da Silva e Aline Valadão.

Produção gráfica e editorial: Cristina Andrade e Monica Massacani - Departamento de Marketing.

Redação: Luciana Kobayashi Melo, Otavio Mazza e Sonia Rezende (Jornalista Responsável -

MTb 17.401-SP).

Produção: StudioCasecom - www.studiocasecom.com.br. Impressão: Margraf.

A reprodução total ou parcial só é permitida com a autorização da MAHLE Metal Leve S.A.


No ano fiscal de 006, as nossas vendas, em comparação com o

ano anterior, tiveram um aumento de 4,7%, perfazendo um total de

4.314 milhões de Euros, sendo que o lucro também foi bastante positivo:

aumento de 7,3%. As vendas na Alemanha foram de 1. 33

milhões de Euros, um pouco menores que as de 006. Em contrapartida,

houve um aumento nas vendas do restante da Europa, principalmente

nos países do leste do continente. Nas demais regiões do

mundo, o crescimento também foi expressivo. Resumindo: um bom

cenário no que se refere ao desenvolvimento das vendas e dos resultados.

Não podemos esquecer, no entanto, que tivemos de reduzir consideravelmente

os nossos preços em todas as áreas de produtos do

Grupo, bem como absorver drasticamente o aumento dos custos

das matérias-primas. Em 006 fomos obrigados, por exemplo, a

gastar 30 milhões de Euros a mais para a aquisição de alumínio, cobre,

níquel e granulados de material sintético. Custos esses que não

puderam ser repassados para os nossos clientes. No mais, também

tivemos que compensar as despesas decorrentes das oscilações na

taxa cambial, uma vez que o volume total de vendas de exportação

na América do Sul sofreu uma forte redução da margem de lucro em

razão da alta valorização da moeda brasileira, o Real, frente ao Dólar

americano e ao Euro.

Pelas razões acima expostas, os resultados apresentados tornam-se

ainda mais compensadores, uma vez que contra-atacamos com êxito

esses desenvolvimentos negativos através das reduções dos custos

e aumentos de produtividade em todas as áreas organizacionais

do Grupo. Gostaria muito de agradecer aos colegas por esse desempenho.

Também gostaria de ressaltar que conseguimos compensar a redução

dos preços, parcialmente elevada, por meio da aquisição de cotas

de mercado em áreas que são novas para a MAHLE.

No setor de automóveis, aguardamos para 007 taxas de crescimento

semelhantes às de 006, considerando que, no caso dos

veículos utilitários, devemos partir do pressuposto de que o nível

de venda seguirá o de 006. As taxas de aumento aguardadas

para a área de veículos provêm quase exclusivamente da demanda

na Ásia. Trata-se de um mercado no qual ainda não conseguimos

penetrar da mesma forma que na Europa e na América. Neste

ano, no entanto, ainda estaremos diante de desafios cuja superação

não será nada fácil:

Devemos contar com a continuidade do aumento da matériaprima,

principalmente no caso das matérias-primas importantes

para nós, como alumínio, cobre, níquel e granulados de

Estimadas colegas e estimados

colegas,

material sintético; e esse aumento quase não poderá ser absorvido

por nossos clientes.

O aumento da pressão sobre o preço dos produtos nos obrigará

a transferir partes das produções, aos poucos, para as

fábricas com custos menores, e as medidas de redução de

custos nos respectivos locais continuarão sendo adotadas.

Deverá ser nosso objetivo integrar o mais rapidamente possível

à família MAHLE, e com êxito, as novas fábricas adquiridas

no primeiro semestre de 007, para que os efeitos de sinergia

e as vantagens oferecidas pelo mercado possam ser

aproveitados.

Devemos contar com oscilações do Dólar americano, do Yen

japonês e do Real brasileiro em relação ao Euro, que poderão

influenciar negativamente o nosso resultado – oscilações que

deverão ser compensadas de outra forma.

Em virtude das despesas planejadas para a integração e para a

reestruturação de nossos novos segmentos de mercado, não poderemos

contar, em 007, com os mesmos resultados de 006.

No entanto, tenho certeza de que trilhamos os caminhos corretos

e tomamos as medidas necessárias para nos posicionarmos no

mercado mundial com o nosso amplo espectro de produtos.

A nossa empresa faz parte dos três principais fornecedores do

mundo em quase todos os grupos de produtos. Isso se deve ao

cumprimento conseqüente de nossa estratégia de aquisições, à

nossa tecnologia de ponta, bem como ao nosso crescimento organizacional.

E não podemos esquecer: graças ao seu engajamento

e à sua dedicação. Mais uma vez, muito obrigado!

Saudações,

Heinz K. Junker

Presidente Mundial do Grupo MAHLE

3


4

Notícias do Grupo MAHLE

Pensar grande

Uma empresa com o porte da MAHLE

nunca pode se acomodar. Presente em

quase todos os segmentos da indústria

de componentes de motor, a MAHLE

continua em constante expansão.

A aquisição das unidades de negócios de

peças de motor da Dana, um dos destaques

desta edição da Revista MAHLE

global, sinaliza esse crescimento, detalhado

também em texto abaixo.

Ainda entre o material internacional, chamamos

a atenção do nosso leitor para a

nossa matéria de capa, sobre os novos

filtros desenvolvidos pela MAHLE, com

vida útil maior e aptos a intervalos mais

longos.

E, como não poderia deixar de ser, esta

edição traz um rico conteúdo sobre as

unidades brasileiras. Há inúmeras novidades

positivas envolvendo o setor de

Meio Ambiente. Vale salientar a avaliação

positiva internacional em auditoria interna

dos Sistemas de Gestão Ambiental e de

Segurança.

Outra questão ambiental de relevância e

âmbito mundial destacada nesta edição é

o projeto de destinação de resíduos de hidróxido

de níquel para a Alemanha, iniciativa

que contou com o apoio da matriz da

MAHLE.

Também merecem menção, as iniciativas

voltadas a melhoria contínua e os treinamentos

realizados em nossas plantas e na

esfera corporativa.

Programas como 6A TPM, Kaizen, 5S,

Simplifique e ALO cada dia mais se integram

ao cotidiano dos colaboradores, com

resultados eficazes e grande motivação

dos envolvidos. Na esfera da capacitação,

os workshops de Recursos Humanos, Fil-

A MAHLE segue crescendo

tros e TI dão seqüência ao nosso trabalho

permanente de desenvolvimento dos nossos

colaboradores.

E, no campo da educação e da responsabilidade

social, a seleção de alunos

para a nova Escola MAHLE Formare, a

ser inaugurada em Limeira, em agosto,

consolida o nosso compromisso há muito

firmado com o futuro do país.

Boa leitura e até a próxima edição.

Claus Hoppen

Diretor Presidente da MAHLE Metal Leve S.A.

Em 26 de abril de 2007, o Grupo MAHLE apresentou o balanço do ano passado. Considerando o desenvolvimento dinâmico da atual

conjuntura mundial, bem como o crescimento organizacional relacionado, os números apresentados foram relativamente positivos,

apesar de o aumento do custo da matéria-prima e as oscilações da taxa cambial terem de ser compensados através de valores que

chegaram à casa dos milhões.


Também em 006 a indústria automobilística

lucrou com o desenvolvimento dinâmico da

atual conjuntura. O aumento mundial da produção

de automóveis e veículos utilitários leves

em 4,1%, ou seja, 66,3 milhões de unidades,

se deve, sobretudo, ao aumento da

procura pelos países “BRIC” (Brasil, Rússia,

Índia e China). Dessa forma, os números de

venda para os automóveis aumentaram em

6,6%, ou seja, 4 ,9 milhões de unidades,

enquanto os números para os veículos utilitários

leves, com 3,5 milhões de unidades,

permaneceram no mesmo nível do ano anterior.

A produção de veículos utilitários médios

e pesados, ao contrário do previsto no início

do ano, mostrou-se mais positiva: a produção

teve um aumento de 10,5%, resultando

em mais de ,7 milhões de unidades. Em relação

ao ano anterior (4.1 milhões de Euros),

as vendas do Grupo MAHLE aumentaram

4,7%, perfazendo um total de 4.314 milhões

de Euros. Isso se deve basicamente

ao crescimento organizacional. Trata-se do

resultado do aumento contínuo do fornecimento

de sistemas maiores, bem como da

boa presença da MAHLE nos mercados em

expansão da indústria automobilística. Isso

reflete mais uma vez o nosso papel de líder

em tecnologia mundial, principalmente na

Ásia. No mais, conseguimos compensar as

reduções de preço de nossos produtos através

do ganho de outras quotas do mercado

em novos campos estratégicos.

Enquanto as vendas do Grupo apresentaram

um aumento de 4,7%, o lucro da empresa

aumentou em 7,3%, ou seja, de 74,7 para

94,6 milhões de Euros. Só conseguimos alcançar

essa melhoria no resultado através de

um considerável aumento da produtividade

em todas as áreas organizacionais do Grupo,

uma vez que tivemos de compensar, em parte,

os consideráveis efeitos da diminuição

dos resultados. Em compensação, tivemos

um resultado financeiro decisivamente melhor.

Por um lado, houve redução da carga

dos juros em razão de uma receita líquida

melhor do Grupo e, por outro lado, os juros

ajustados em relação ao ano anterior para as

reservas de pensão do Grupo não tiveram

mais tanta influência sobre os resultados.

MAHLE investe no futuro

Com despesas no valor total de 64 milhões

de Euros para novas máquinas, equipamento

e instalações, realizamos mais uma vez, em

006, investimentos acima do nível de amortização

de 3 milhões. A MAHLE, através

da quota de investimento de 6,6% em relação

às vendas, encontra-se novamente acima

do nível médio de investimento da indústria

automobilística e da indústria de fornecedores.

Dessa forma, estamos dando conti-

nuidade à nossa estratégia de investimento,

que visa um crescimento a longo prazo, que

deverá ser garantido pelas mais modernas

tecnologias de produção e por elevados investimentos

nos sete centros de pesquisa e

desenvolvimento do Grupo espalhados pelo

mundo.

Considerando o volume de investimento total

em 006, cerca de 100 milhões de Euros foram

destinados à Europa – cerca de 60 milhões

só na Alemanha, que permaneceu quase

no mesmo nível de investimento do ano

anterior. Basicamente, os projetos mais recentes

abrangeram a instalação de uma nova

linha de avaliação para pistões de aço diesel

de alta potência na fábrica de Rottweil, bem

como o aumento da capacidade de produção

de eixos excêntricos montados nas fábricas

de Leibertingen e Wustermark. Enquanto

os níveis de investimento nos demais locais

de produção do Grupo na Europa Ocidental

foram menores, os investimentos na Europa

Oriental, como na Polônia e na Romênia,

permaneceram acima da média.

O nível de investimento do Grupo na América

do Sul abrangeu cerca de 36 milhões e foi

um pouco menor que no ano anterior. Em

contrapartida, os investimentos na América

do Norte, no âmbito da ampliação planejada

da capacidade das fábricas nos EUA e no

Chavanod, na França – uma das novas plantas da MAHLE

México, aumentaram de quase 0 milhões

para mais de 50 milhões de Euros. Os principais

pontos foram a instalação das novas linhas

de processamento e montagem dos

pistões diesel tanto nos EUA quanto no México,

a ampliação da capacidade de produção

para a fabricação de bielas no México, bem

como a aquisição de capacidades adicionais

para a produção de módulos de filtros de carvão

ativado na fábrica MAHLE Murfreesboro,

no Estado americano do Tennessee, que visa

o cumprimento das exigentes normas americanas

quanto à emissão de poluentes.

O volume de investimento para as regiões da

Ásia/Pacífico aumentou em relação ao ano

anterior em cerca de 70 milhões de Euros. Investimos,

entre outras coisas, na ampliação

da capacidade de produção de pistões modernos

para automóveis, bem como nos novos

locais de produção para a fabricação de

mancais e módulos de filtros do ar na China.

Em abril de 006, foram iniciadas as atividades

no novo centro de pesquisa e desenvolvimento

do Grupo em Xangai. No mais, abrimos

uma nova fábrica para as atividades relacionadas

aos filtros do ar e líquidos na Coréia.

O número de colaboradores aumentou

novamente

Devido à ampliação dos negócios e ao aumento

nas vendas, a MAHLE empregou,

Colaboradores por região 2005 2006

Europa 17.436 17.727

Especificamente a Alemanha 8.973 8.850

América do Norte 3.510 3.650

América do Sul 9.559 9.870

Ásia/Pacífico 6.914 7.356

Total 37.419 38.603

5


6

Notícias do Grupo MAHLE

em comparação com 005/ 006 e, levando

em consideração o final do ano, um total

de 1.184 colaboradores a mais. Dessa

forma, o número de profissionais em 31

de dezembro de 006 era de 38.603. Esse

aumento refere-se a todas as regiões do

mundo.

Na Europa o aumento do número de colaboradores

foi de 91, perfazendo um total

de 17.7 7 trabalhadores. Na Alemanha,

por sua vez, o número de trabalhadores

sofreu uma leve redução, de 8.973 para

8.850. Os números aumentaram na Europa

em razão da ampliação da produção

de cabeçotes de cilindros na MAHLE

Powertrain da Grã-Bretanha, da ampliação

da fabricação de filtros do ar e líquidos em

nossa fábrica austríaca de St. Michael e

por causa da ampliação das fábricas em

Krotoszyn, na Polônia, e Timisoara, na Romênia.

Na região do NAFTA, houve um aumento

de 140 colaboradores, resultando em um

total de 3.650 trabalhadores, principalmente

devido à ampliação das fábricas no

México. Na América do Sul, especialmente

no Brasil, o aproveitamento máximo da

capacidade e a elevação nas vendas resultaram

em um aumento de 311 colaboradores,

sendo que o número total agora

abrange 9.870 trabalhadores. Nas regiões

de desenvolvimento dinâmico da Ásia/Pacífico,

foram empregados 44 novos trabalhadores.

O Japão apresentou uma leve

redução no número de colaboradores, po-

Feiras e eventos planejados em 2007

Data Evento Cidade País Expositor Endereço na web

29.08 - 02.09 MIMS 2007 Moscou Rússia MAHLE (EO)/ MAHLE

Aftermarket

13.09 - 23.09 IAA PKW Frankfurt Alemanha MAHLE (EO) www.iaa.de

24.09 - 27.09 Neva São Petersburgo Rússia MAHLE Filtração

08.10 - 10.10 Aachener Kolloquium Fahr-

zeug - und Motorentechnik

(Colóquio de Tecnologia de

Veículos e Motores de Aa-

chen)

rém, na China, houve um aumento desproporcional

em razão da abertura das

duas fábricas de produção de filtros em

Guangzhou e Xangai, bem como devido à

entrada em funcionamento do centro de

desenvolvimento em Xangai, inaugurado

em abril de 006.

Garantir o futuro

O nosso ponto forte na qualidade de fornecedores

da indústria automobilística

abrange o motor e a biela, sendo que o

nosso portfolio de produtos nessa área foi

bastante ampliado nos últimos anos. Considerando

os pistões da MAHLE e os filtros

Knecht de 10 anos atrás, a empresa

aumentou consideravelmente em termos

mundiais, com mais de 110 fábricas em

0 países. Hoje oferecemos um programa

de produtos que, além de muitos componentes

individuais para o motor, também

abrange sistemas complexos e módulos,

inclusive montagens completas do motor

e serviços de engenharia, exigidos hoje

em dia pelas áreas de produção e desenvolvimento

de nossos clientes globais.

Para dar continuidade a esse amplo desenvolvimento

de nossa empresa a longo

prazo, a nossa estratégia consiste, no que

se refere ao grupo de produtos, em fazer

parte dos três principais fornecedores do

mundo, pois somente mediante o estabelecimento

de uma ordem de grandeza e

de uma presença global é que poderemos

atender às necessidades de nossos clientes

e consolidar nossa presença no mer-

Industrial

www.motorshows-ite.com

www.wtsh.de

Aachen Alemanha MAHLE (EO) www.ac-kolloquium.rwth-aachen.de

10.10 - 13.10 PTC Asia Xangai China MAHLE Filtração

Industrial

www.ptc-asia.com

15.10 - 20.10 Equip Auto Paris França MAHLE Aftermarket www.equipauto.com

24.10 - 27.10 Kormarine 2007 Busan Coréia MAHLE Filtração

Industrial

www.kormarine.net

27.10 - 11.11 Tokyo Motorshow Tóquio Japão MAHLE (EO) www.tokyo-motorshow.com

21.11 - 23.11 SAE 2007 Brasil São Paulo Brasil MAHLE (EO) www.saebrasil.org.br

27.11 - 30.11 Marintec China Xangai China MAHLE Componentes de

Motores Grandes

cado. As aquisições mais recentes, como,

por exemplo, a da unidade de negócios

de peças de motor da Dana, a compra do

fabricante argentino de válvulas Edival ou

a unidade de negócios de módulos de

sucção de ar da Siemens VDO, objetivam,

além do alcance de uma posição global

abaixo dos 3 principais fornecedores nos

respectivos grupos de produtos, melhores

equilíbrio de nossa presença regional e

oferta de produtos, para que a continuidade

do desenvolvimento da empresa possa

ser assegurada e para que a presença nos

mercados do futuro possa ser consolidada

de forma definitiva.

Birgit Albrecht – Stuttgart, Alemanha

www.marintecchina.com


MAHLE dá as boas-vindas aos 5.000 novos

integrantes da família

Com a aquisição da unidade de negócios de componentes de motores da Dana, a MAHLE passou a ser a segunda maior

fornecedora mundial de anéis do pistão e mancais do motor. Essa aquisição possibilita a entrada no importante mercado norte-americano

de veículos utilitários, no âmbito dos eixos excêntricos, bem como a ampliação do mercado de reposição de

peças para motores tanto na América do Norte quanto na Europa.

Manchester

Atlantic

Franklin

Santa Catarina

Aguascalientes

Naucalpan

Chimbas /

San Juan

Beamsville

Ramos Arizpe

No início do mês de março, foram concluídas

as negociações. Uma vez que a Dana

Corporation, por conta de dificuldades financeiras,

encontra-se desde março de 006

no denominado Status Chapter-11 – equivalente

ao processo alemão de insolvência – o

processo se prolongou por mais de um ano,

em razão de questões formais. A aquisição

Ann Arbor

Churubusco

St. Johns

Muskegon

Poissy

Caldwell

McConnelsville

Rusellville

Chavanod

Olive Branch Vilanova i la Geltrú

Gravatai

Rosario

Bathgate

Kilmarnock

Rugby

Barsinghausen

Dolný Kubín

Trento

vem ao encontro do nosso objetivo, que é

de nos estabelecermos entre os três principais

fornecedores mundiais em todos os

grupos de produtos, bem como de consolidarmos

nossa presença regional e aumentarmos

o portfolio de clientes. A localização

geográfica das fábricas da Dana e

da MAHLE é excelente e as interferências

serão mínimas. No mais, também é significativo

o prosseguimento de uma Joint-

Venture 50/50 na área de anéis de pistão

com o líder japonês em tecnologia, Rieken

Corp., fornecedor das fábricas japonesas

nos Estados Unidos.

Birgit Albrecht – Stuttgart, Alemanha

Os principais dados da Dana

Anéis de pistão, mancais e eixos excêntricos

para as montadoras e o

mercado de reposição

Vendas no valor de 500 milhões de

Euros em 006

5 fábricas em 10 países

Cerca de 5.000 colaboradores

7


8

Notícias do Grupo MAHLE

Desenvolvimento de novos filtros

A MAHLE, junto com outros fornecedores, desenvolveu novos filtros, que conseguem atender aos intervalos de manutenção mais longos

solicitados pelos fabricantes de automóveis. Em comparação aos filtros desenvolvidos até então, baseados em celulose, os novos

caracterizam-se por uma vida útil quatro vezes mais longa.

A principal tarefa dos filtros dos lubrificantes é

filtrar as partículas causadoras de desgaste do

óleo lubrificante e armazená-las. Além da unidade

do filtro propriamente dita, portanto, o

grau de separação das partículas do filtro, a altura

da perda de pressão e a capacidade de

retenção da sujeira são fatores funcionais bastante

importantes. Os filtros atuais, baseados

em celulose, estabelecem um compromisso

entre essas funções e os respectivos parâmetros:

o período de operação, definido pelos intervalos

de manutenção indicados, o abastecimento

de óleo, que precisa ser caracterizado

pela menor perda de pressão possível, e a unidade

do filtro, que protege contra o desgaste.

A tendência nos últimos anos aponta para filtros

cada vez mais finos. Isso se deve ao desenvolvimento

das tecnologias do motor, que

estabelecem, por exemplo, o acionamento variável

das válvulas, o downsizing ou a aplicação

de turbocarregadores, mesmo no caso

dos motores Otto. Da mesma forma, em razão

das novas tecnologias acima mencionadas,

existe cada vez menos lugar disponível para os

filtros.

Por ocasião do guarnecimento de um filtro

de óleo lubrificante, o intervalo de manutenção

é estipulado pelo fabricante do veículo,

e a capacidade de absorção de sujeira é calculada

conforme esses intervalos. A capacidade,

por sua vez, irá determinar a superfície

necessária para um determinado filtro. Nos

últimos 50 anos, no entanto, os intervalos de

Comparação de diferentes diâmetros

de fibra

Pêlo

(humano)

50 µm

Fibra PES

17 dtex

12µm

Fibra PES

0,55 dtex

8 µm

Fibra PVAI

0,33 dtex

6µm

Fibra PES

Micromelt

2 µm

Nanofibra

> 1 µm

Fibra de vidro

1 µm

Fibra de

celulose

35 µm

Diâmetros menores de fibra conduzem a uma superfície maior

de fibra e, dessa forma, a uma maior capacidade de separação.


manutenção aumentaram mais de 0 vezes.

No momento, esses intervalos, tanto

no caso dos motores Otto quanto no caso

dos motores Diesel, chegam a cerca de

30.000 km. Por meio da montagem de

sensores relativos às condições do óleo,

esses intervalos poderiam ser ainda maiores;

alguns novos desenvolvimentos já

abrangem intervalos de manutenção de até

50.000 km.

Hoje os filtros, além de terem de apresentar

uma funcionalidade consideravelmente

maior e, portanto, terem que absorver muito

mais sujeira que há alguns anos, também

devem ser mais finos, segregar partículas

menores e, ainda por cima, com menos superfície.

O cumprimento dessas exigências

é possível, principalmente, por meio do desenvolvimento

de tecnologias e óleos de

motor – no caso dos meios de filtração de

óleo, essas melhorias visam principalmente

a capacidade de segregação da sujeira e a

resistência.

Uma vez que os filtros estão sujeitos a

grandes sobrecargas térmicas, mecânicas

e químicas durante a operação de rodagem

do veículo, a elevada resistência e o

limite de fragilização do produto com certeza

serão determinantes na hora da escolha

do filtro, pois será a resistência que

irá determinar a vida útil do filtro. Ao atingir

o limite de fragilização, o material está

cansado. Então, o filtro já não consegue

mais cumprir a sua função de absorvedor

de sujeira, mesmo ainda com capacidade

para tal.

No momento, a filtração do óleo em veículos

vem sendo realizada, em um primeiro

plano, pelos meios baseados em celulose.

A MAHLE, por meio de um trabalho conjunto

com outros fornecedores, desenvolveu

filtros totalmente sintéticos que se caracterizam

por apresentarem um período de fragilização

quatro vezes menor e, portanto, uma

vida útil quatro vezes mais longa. Enquanto

os produtos-padrão só conseguem segregar

40% das partículas de tamanho 10 mm,

esses novos filtros conseguem alcançar um

grau de segregação de 95%. Um aumento

considerável e perceptível!

Dr. Sven Siegle – Stuttgart, Alemanha

Produtos baseados em celulose Produtos totalmente sintéticos

Uso padrão Uso de longa duração

Intervalo de manutenção de até 30.000 km Intervalo de manutenção de mais de 30.000 km

Fibra de poliéster para melhoria da durabilidade Elevada resistência contra fragilização e deformação do filtro

Excelente relação preço/desempenho Elevada capacidade de absorção de sujeira, excelente comportamen-

to durante acionamento a frio

9


10

Notícias do Grupo MAHLE

Notícias pessoais

Após mais de 16 anos de atividade no

Grupo MAHLE, o Dr. Peter Metzger encerrou

suas atividades profissionais em

nossa empresa no dia 31 de dezembro de

006. O seu sucessor como Vice-presidente

de Operações do Sistema de Gerenciamento

do Ar da Europa, Dr. Peter

Knittig, iniciou seu trabalho no dia 1º de

janeiro de 007. Desde o início de suas

atividades na empresa, em fevereiro de

00 , o Dr. Knittig trabalhou como Diretor-

Gerente do Sistema de Filtros da MAHLE

na Japan Corp. No mais, desde o início de

004 ele também assumiu a Direção de

Vendas e Desenvolvimento de Aplicações

PKW 3 (S3), bem como a Direção do Escritório

de Vendas da Ásia (SOA). Na sua

nova função, ele deverá se reportar ao Sr.

Hans Gebert, Diretor da Linha de Produtos

Sistemas de Gerenciamento do Ar

(PL4); seu local de trabalho será Stuttgart.

As atividades exercidas até então pelo Dr.

Knittig foram assumidas no dia 1º de janeiro

de 007 pelo Sr. Michael Brenner,

que havia sido enviado em janeiro de 004

como Diretor de Vendas e Desenvolvimento

de Aplicações/Gerente Global de Contas

Estratégicas S3. e S4.4 para o Japão.

Na sua nova função, ele deverá se

reportar ao Dr. Bernd Mahr, membro da

Diretoria do Grupo MAHLE responsável

por Vendas, Pesquisa e Pré-desenvolvimento.

O local de trabalho do Sr. Michael

Brenner continuará sendo a MAHLE Japan

Ltd., em Tóquio.

O Sr. Georg Dietz, após cinco anos e

meio de trabalho como Vice-presidente

do Departamento de Operações de Pistão

Mercosul, foi transferido do Brasil novamente

para Stuttgart, assumindo, no

dia 1º de abril de 007, a Direção do

Grupo de Produtos de Eixos Excêntricos,

dentro da Linha de Produtos Sistemas de

Trem de Válvulas (PL3). Na sua nova função,

ele deverá se reportar ao Dr. Hans-

J. Enning, Diretor-gerente do Grupo e Diretor

da Linha de Produtos Sistemas de

Trem de Válvulas. O sucessor do Sr. Georg

Dietz será o Sr. Marcelo Jardim, que

assumiu a sua função na MAHLE Metal

Leve S.A. em Mogi Guaçu, Brasil, no dia

8 de janeiro de 007. Ele deverá se reportar

ao Dr. Hans Peter Coenen, Diretorgerente

do Grupo responsável pela Linha

de Produtos Sistemas de Pistões (PL1).

Com a finalidade de dar continuidade às

alterações organizacionais na Linha de

Produtos Sistemas de Trem de Válvulas

(PL3), o Sr. Roland Schacherer, até então

Diretor da Linha de Produtos Eixos Excêntricos,

assumiu, no dia 1º de abril de 007, a

Direção da Área de Tecnologia de Produção

de Planejamento de Fabricação (VT) na PL3.

Ele deverá continuar se reportando ao Dr.

Hans-J. Enning, Diretor-gerente da Linha de

Produtos Sistemas de Trem de Válvulas.

No dia 1º de janeiro de 007 o Dr. Norbert

Dicks assumiu a Direção das fábricas de Alzenau

e Rottweil na MAHLE GmbH. Ele passou

a exercer a função do Sr. Jörg Willimayer,

que deixou a nossa empresa no final

de 006. O Dr. Dicks deverá se reportar ao

Sr. Thomas Neumann, Diretor das Fábricas

de Pistões da Europa; seu local de trabalho

será Rottweil.

O Sr. Gerhard Bikar assumiu, em 1º de

fevereiro de 007, sua função como futuro

Diretor do Departamento de Tecnologia de

Informação de Serviços da Europa junto à

MAHLE International GmbH. Ele será o sucessor

do Sr. Julius Basso, que irá se

aposentar no segundo semestre deste

ano. O Sr. Gerhard Bikar deverá se reportar

ao Dr. Bernhard Volkmann, Diretor-gerente

do Grupo, responsável pelo Departamento

de Finanças e Contas. Seu local

de trabalho será Stuttgart.

O Engenheiro diplomado Marcel Lutz,

até o momento Diretor do Departamento

de Engenharia e Qualidade MVT GmbH da

fábrica de Wölfersheim, assumiu, no dia 1º

de março de 007, a Direção do Gerenciamento

de Qualidade (VQM) da Linha de

Produtos Sistemas de Trem de Válvulas

(PL3). Ele deverá se reportar ao Dr. Hans-

J. Enning, Diretor-gerente do Grupo, responsável

pela Linha de Produtos Sistemas

de Trem de Válvulas. Seu local de trabalho

será Stuttgart. O Sr. Marcel Lutz será o

sucessor do Sr. Werner Mende, que, no

âmbito das atividades do projeto na PL3,

foi transferido para a Produção de Eixos

Excêntricos em Leibertingen.

O Dr. Andreas Prang assumiu, no dia 1º de

abril de 007, a posição de Diretor de Projetos

de Produção na Área de Carregadores

Turbo de Gás de Exaustão (ATL). A Direção

do Departamento de Projetos será assumida

pelo Dr. Uwe Mohr, que exercerá o cargo

junto com as atividades já confiadas a ele.

No seu novo cargo, o Dr. Prang deverá se reportar

ao Prof. Dr. Heinz K. Junker, Presiden-

te Mundial do Grupo. Seu local de trabalho

será Stuttgart.

Os responsáveis pelo Departamento de

Finanças e Contas para as Unidades de

Negócios do Grupo MAHLE na Alemanha

eram o Sr. Siegfried Knödler (PL1 –

PL3, PC1 – PC4, Serviços) e o Sr. Torsten

Jagdt (PL4, PL5 e PC5). A partir de

1º de junho de 007, o Sr. Siegfried

Knödler também assume a responsabilidade

pelo Departamento de Finanças e

Contas das Unidades de Negócios na

Alemanha das PL4, PL5 e PC5. No mais,

o Diretor da Controladoria Central, Sr.

Michael Frick, irá assumir a Direção do

Departamento de Finanças e Contas Europa

(FE ). Também lhe será transferida

a responsabilidade pelo Serviço de

Controladoria UK. O Sr. Torsten Jagdt,

que até o momento era Diretor do Departamento

de Finanças e Contas Europa

, irá assumir a Direção da Controladoria

Central do Grupo (ZC). Os três senhores

deverão seguir se reportando ao

Dr. Bernhard Volkmann, Diretor-gerente

do Grupo na área de Finanças/CFO. O

Engenheiro diplomado Christian von

der Linde passou a trabalhar para o

Grupo MAHLE no dia 1º de maio de

007. A partir de 1º de outubro de 007

ele passará a ocupar a posição de Diretor

de Controladoria da Linha de Produtos

Sistemas de Pistões (PC), como sucessor

do Dr. Matthias Schmitz, que,

no dia 30 de setembro, irá deixar a nossa

empresa por desejo próprio. O Sr.

Christian von der Linde deverá se reportar

ao Dr. Hans Peter Coenen, Diretorgerente

do Grupo. Seu local de trabalho

será Stuttgart.

No dia 16 de abril de 007, o Sr. Ulrich

Eich assumiu a Direção do Centro de

Lucros Filtração Industrial (PC5); até o

momento, ele era responsável pelo Desenvolvimento

de Negócios. O Sr. Ulrich

Eich deverá se reportar ao Sr. Peter Grunow,

Diretor-gerente do Grupo na Área

Central de Compras. Seu local de trabalho

continuará sendo Öhringen.

Michael Krämer – Stuttgart, Alemanha


Avaliação positiva dos sistemas de gestão ambiental

e de segurança da MAHLE no Brasil

No período de 12 a 16 de fevereiro, o auditor interno mundial de Meio Ambiente, Saúde e Segurança Werner Beckhoff esteve em

auditoria nas plantas do Grupo MAHLE Brasil para verificação da conformidade dos Sistemas de Gestão Ambiental e de Segurança

ao procedimento de processo P-E-1.

O P-E-1, procedimento de processo em fase de

implementação como padrão válido a ser aplicado

mundialmente pela MAHLE para o Gerenciamento

de Segurança no Trabalho e Proteção

do Meio Ambiente, terá o seu 1º Workshop com

representantes de todas as plantas no próximo

mês de setembro em Stuttgart, Alemanha. Durante

visita ao Brasil, Werner Beckhoff destacou

pontos bastante positivos do Sistema de Gestão

Ambiental das nossas plantas, entre eles:

eficiência no atendimento à conformidade

legal;

adequada sistemática para o monitoramento

dos aspectos ambientais;

proativa e abrangente comunicação com os

colaboradores;

eficaz sistemática do Plano de Atendimento

a Emergências;

efetivos exemplos de responsabilidade socioambiental;

e

implantação de projetos para redução de

energia, água e material, alcançando importante

economia de recursos naturais.

As experiências trocadas com Beckhoff durante

os trabalhos criaram também novas perspectivas

de desenvolvimento, em conjunto, dos sistemas

de gerenciamento para a proteção do

meio ambiente e segurança do trabalho. Dessa

forma, a MAHLE e sua Política de Meio Ambiente,

com alcance a todas as plantas do Grupo no

mundo, mantêm, aqui no Brasil, esforços contínuos

para a proteção do Meio Ambiente e Desenvolvimento

Sustentável da organização.

Wagner Polonio – Mogi Guaçu

Plantio de árvores corrige e previne erosão

Plantio de árvores promoveu benefícios

para o Meio Ambiente.

De janeiro a março, foram realizadas atividades

recomendadas pela Embrapa (Empresa Brasileira

de Pesquisa Agropecuária) para o controle

corretivo e preventivo dos processos erosivos

em toda a encosta do ADC – Grêmio e atrás do

prédio de Buchas. A análise e a verificação para

as medidas foram feitas pelos pesquisadores da

Embrapa, junto com o setor de Meio Ambiente

da MAHLE. A ação contou com o apoio do IEF

(Instituto Estadual de Florestas), que doou .000

mudas de árvores. Também foram plantadas

500 mudas de azaléia, compradas, e cana-daíndia

– esta, doada por uma fazenda. Trabalhar

pela prevenção e melhoria do Meio Ambiente é

o compromisso da MAHLE em todas as suas

ações.

Mylene Cristina da Silva e Edvaldo Marques da Silva –

Itajubá

O auditor Werner Beckhoff

11


1

Notícias do Grupo MAHLE

Reciclagem de resíduos ganha âmbito internacional

na planta de SBC

Um novo desafio está motivando o Sistema de Gestão Ambiental da Unidade Bronzinas São Bernardo do Campo (SBC), da MAHLE

Brasil: exportar os resíduos de hidróxido de níquel para a Alemanha. A iniciativa de destinação de resíduos para fora do Brasil contou

com o apoio da matriz, na Alemanha.

O resíduo será tratado por uma usina de

reciclagem de metais, localizada na cidade

de Würzen, na Alemanha. Após alguns

estudos de viabilidades técnicas, ambien-

O uso racional de energia e a sua importância

ambiental foram os principais

temas abordados na Semana Mundial do

Meio Ambiente.

Os programas de redução no consumo de

energia elétrica na PL1 (Pistões Mogi Guaçu)

são divulgados por meio de comunicados

nos quadros de avisos, destacando a

importância da racionalização do consu-

tais e econômicas, e sabendo que a exportação

de resíduos no Brasil é amparada

legalmente pela Convenção da Basiléia,

representantes do Departamento de Meio

Ambiente de SBC estiveram na Alemanha

em março, a fim de conhecer o processo

de reciclagem.

A visita contou também com todo o suporte

técnico e apoio logístico do Departamento

Corporativo de Meio Ambiente – ZQE, na matriz

da MAHLE, em Stuttgart, na Alemanha.

O trabalho pode, ainda, promover sinergias

entre as unidades do Brasil e outras

plantas do Grupo MAHLE na Alemanha

que resolveram também testar essa nova

alternativa, como a planta de pistões, em

Rottweil, a planta de sinterizados, em Leibertingen,

e a MAHLE Motorsport, em

Fellbach, entre outras.

Além dos ganhos econômicos gerados

com a exportação dos resíduos, a reciclagem

traz benefícios ambientais, ao recuperar

o material ao invés de descartá-lo.

Cecília Madaleno Terem e Paulo Henrique F. Oliveira –

São Bernardo do Campo

Melhorias na central de filtragem de óleo da Usinagem

Sistema de decantação de cavaco implantado

na usinagem promoveu melhorias

ambientais e econômicas.

Uma grande quantidade de arraste de cavaco

e óleo nos filtros industriais do processo de

usinagem – que impedia que a manta filtrante

pudesse ser reutilizada –, alto custo em manutenção

de bombas, seguidas paradas na li-

Visita técnica ao fornecedor em Würzen, Alemanha

Uso racional de energia em destaque na PL1

mo e os benefícios das atitudes responsáveis

para o Meio Ambiente.

O objetivo é conscientizar todos e incentivar

os colaboradores a participarem do

programa com sugestões e idéias que

contribuam para o consumo responsável

de energia.

Fabiana Gonçalves – Mogi Guaçu

nha de produção e desperdício de óleo levaram

a unidade PL /3 (Sistemas de Trem de

Válvulas Mogi Guaçu) a desenvolver um trabalho

de melhoria na Usinagem de Camisa

da DDC (Detroit Diesel Corporation). A implantação

de um novo sistema de decantação

de cavaco, localizado ao lado da central

de filtragem de óleo, eliminou os desperdícios,

promovendo redução de energia, rea-

proveitamento da manta filtrante e eliminação

do desperdício de óleo. O comprometimento

dos colaboradores com a preservação dos

recursos naturais e o desenvolvimento sustentável

em suas ações fazem parte dos princípios

adotados pela MAHLE em sua Política

de Meio Ambiente.

Cleovaldo Longo e Ricardo Ramos – Mogi Guaçu


Otimização de embalagens aumenta eficiência em

Mogi Guaçu

Com uma idéia simples e criativa, a unidade

conseguiu aumentar em 25% o

aproveitamento de embalagens, pallets,

plástico e outros insumos.

A Unidade Pistões Mogi Guaçu desenvolveu

uma idéia aparentemente simples: otimizou

as embalagens nas quais são acon-

Colaborador André Ribeiro

dicionados os pistões, por meio de uma

modificação no formato da bandeja, o que

permitiu redução dos custos e economia

de recursos naturais.

Após serem devidamente controlados e

carimbados pelo Controle de Qualidade

Final, os pistões passam pela montagem

Itajubá usa tinta ecologicamente correta na fábrica

de máquinas

Visando o trabalho de melhoria contínua

e os benefícios para o Meio Ambiente,

a equipe da Fábrica de Máquinas passou

a utilizar uma nova tinta.

A mudança do produto gera benefícios ambientais,

como a conformidade com a norma

ISO 14001, e otimizou o tempo de pintura.

As melhorias são significativas. Com a

mudança, não há mais necessidade do

uso de produtos de resistência e aderência

nem de diluente. O novo produto é

mais resistente à corrosão, e o tempo de

secagem foi reduzido.

Com isso, a quantidade de produtos químicos

manuseados pelos pintores é menor,

além de o produto ser inodoro, o que gera

grande benefício para os pintores – menos

expostos – e para o meio ambiente. Além

das vantagens mencionadas, a nova tinta se

com anéis de segmento e pino e são

acondicionados em bandejas de caixas de

papelão, que são embaladas, e o produto

de exportação é enviado aos Estados Unidos

(MAHLE Inc. e montadoras).

As bandejas possuíam 16 cavidades para

os pistões, sendo possível acondicionar 75

bandejas, totalizando 1. 00 peças por caixa

embalada e exportada. A proposta sugerida

pelo colaborador André Ribeiro, do

setor de Embalagem, dentro do Programa

de Melhoria Contínua – Simplifique, foi solicitar

ao fornecedor a redução do espaço

entre as cavidades e a adição de mais

quatro cavidades em cada bandeja de pistões,

totalizando 0 cavidades e acondicionando

mais 300 peças por caixa embalada.

Assim, cada caixa passou a comportar

1.500 peças, o que resultou em um aumento

de 5% em relação ao número anterior.

A simples mudança no layout das

caixas trouxe várias vantagens: aumentou

a eficiência, pois promoveu a redução de

gastos com transporte e insumos de embalagens,

como caixas de papelão, pallets

de madeira e plástico VCI; além disso, tornou

ainda mais ágil o armazenamento das

peças e contribuiu com a redução do estoque

no setor, isso sem mencionar a contribuição

para o Meio Ambiente.

O Grupo MAHLE incentiva e agradece a

participação de todos os seus colaboradores,

que, por meio de suas idéias e sugestões,

contribuem para a melhoria dos

processos utilizados.

Orlando Luiz Gonzaga – Mogi Guaçu

diferencia por não agredir o Meio Ambiente;

é ecologicamente correta, pois segue a norma

ISO 14001.

A busca por processos e produtos que respeitem

o meio ambiente e a legislação é trabalho

incansável de toda equipe da MAHLE.

Antonio Mauro de Souza, Paulo Sérgio Módena, Reginaldo

César Lucas e Rodrigo da Silva – Itajubá

13


14

Notícias do Grupo MAHLE

Aço é substituído por plástico em módulos de filtração

de diesel

A mudança visa o aumento da competitividade

no mercado nacional e no exterior,

além de ganhos ambientais com a eliminação

do uso de metais na produção.

A Divisão de Filtros da MAHLE está desenvolvendo,

para dois clientes, um módulo de

combustível para motores diesel que não

contém partes metálicas. Esse produto vem

substituir os modelos anteriores, com a utilização

de componentes ambientalmente

mais corretos, em plena conformidade com

as diretrizes européias para fornecimento.

Atualmente há dois trabalhos em andamento

para o atendimento às regulamentações

européias: o primeiro, para substituir

os mais de 100 itens que contêm metais

pesados em sua produção, mesmo

estando abaixo dos limites máximos permitidos.

Já o segundo visa novos desenvolvimentos

com componentes

isentos de metais pesados.

O novo produto, além de estar

de acordo com o meio ambiente,

tem um custo, em média,

entre 0% e 30% mais

baixo. O design e o material

foram completamente alterados,

de forma a resistir com segurança

às exigências das

montadoras para testes em

bancada e em veículo. Completamente

projetado no Brasil, o

produto é fruto de um trabalho

realizado junto com o cliente durante

mais de seis meses, a fim de

Projeto Painel do Gestor

Em 21/05, iniciamos o projeto de implantação

do Painel do Gestor nas unidades

do Grupo MAHLE Brasil.

O Painel do Gestor é uma ferramenta do

SAP, módulo HR (Human Resources), que

inclui o módulo TIME, responsável pelo gerenciamento

de tempo – indicação de horas

trabalhadas, horas-extras, adicionais

noturnos, atestados, abono ou desconto

de horas e férias. O projeto tem como objetivo

disponibilizar aos gestores uma ferramenta

amigável e muito simples para a

aprovação de horas trabalhadas, geração

de relatórios, consulta de dados cadastrais

e troca de horário dos colaboradores.

Rogério Okajima Nakamoto

Principais vantagens:

melhoria na gestão dos colaboradores;

informações on-line na tela do gestor;

aprovação das inconsistências diretamente

no sistema, eliminando a utilização do relatório

impresso; e

acesso a diversos relatórios de gestão e

informações cadastrais e de RH.

A ferramenta será disponibilizada aos Diretores,

Gerentes, Chefes e Supervisores. Todos irão

receber treinamento e suporte para utilização.

Os participantes do projeto fazem parte das

áreas de RH, TecnoIogia da Informação e Auditoria

Interna. O piloto da implantação foi reali-

transformar suas necessidades em produtos

vendáveis e de qualidade.

A substituição de metais – em especial aço e

alumínio – por plásticos de engenharia já

é uma realidade na Europa e nos

Estados Unidos e agora está chegando

ao Brasil. Produtos tais

como tampas de cabeçote, módulos

de óleo e combustível, coletores

de admissão, corpos de borboleta

e fuel rails, entre outros, já possuem

seus equivalentes em plástico e

têm o desempenho tão bom ou melhor

que os produtos de metal, com a

vantagem de reduzir o peso do motor – o

que diminui o consumo dos veículos.

Alexandre Sikler – Mogi Guaçu

zado na Unidade Filtros Mogi Guaçu (PL4/5),

no início de maio, e a meta é que a ferramenta

esteja disponível em todas as unidades até o

final de 007.

Saiba mais sobre a implementação do Painel

do Gestor na entrevista abaixo, com Rogério

Okajima Nakamoto, Gerente de Produção da

Planta de Filtros:

Quais foram as vantagens da implementação

do Painel do Gestor em sua planta?

A principal vantagem foi a melhoria na gestão

da área, com a visualização de indicadores e

relatórios, possibilitando assim uma melhor

distribuição de tarefas.

A ferramenta é de fácil utilização?

Sim, porém é necessária a utilização diária

para não haver acúmulo de tarefas. A utilização

dos relatórios também é bastante simples, não

sendo necessário um manual para consultas.

Quais são suas expectativas, com o amadurecimento

da utilização do sistema?

Hoje, com a utilização do sistema, temos a visão

real de como estamos trabalhando. No futuro,

espero atuar preventivamente, gerenciando

o nosso tempo de trabalho para atingir melhores

resultados.

Sueli Santos – Mogi Guaçu


Projeto 6 Sigma – Mini-Fábrica HD/Galvanoplastia/

Sputtering – Linha H06

Em julho de 2006, o cliente Cummins Engine Company ofereceu às unidades da MAHLE e a outros fornecedores a oportunidade de

participar do seu programa interno 6 Sigma. A Cummins realiza tal integração com seus fornecedores a fim de promover a divulgação

dessa metodologia de redução de desperdícios com seus produtos e sistemas.

Equipe que trabalhou no projeto 6 Sigma

O engenheiro de processos Adalberto G.

Luksaits, da Unidade Bronzinas SBC, participou

de um treinamento de 1 0 horas de

duração nas instalações da Cummins, com

o projeto de aumento da produtividade da

linha da Bronzina Central Plana, produto

Cummins utilizado na planta de SBC. A

meta do projeto era aumentar em 0% a

produtividade desse item na linha. Com o

uso das ferramentas do 6 Sigma, foi possível

transformar a questão prática em um

problema estatístico, no qual foi possível

analisar todas as influências e as correlações

das principais causas.

As principais ações realizadas na linha ocorreram

nas operações finais e abrangeram a

alteração dos sistemas de transporte e do

processo de refrigeração de usinagem de

óleo solúvel para ar comprimido, a melhoria

nos ferramentais envolvidos e a conscientização

dos operadores da linha. Esse projeto

6 Sigma foi concluído em 180 dias, com aumento

de produtividade de 18% e os seguintes

ganhos:

redução do tempo de set-up da linha;

redução de manutenção;

melhoria na entrega;

e um custo evitado de US$ 36.700/ano.

É importante ressaltar que o projeto e as

medidas adotadas irão beneficiar também

os demais produtos da linha.

O sucesso desse projeto só foi possível graças

à cooperação e ao envolvimento de todos

os operadores, mestres, chefia, manutentores,

inspetores, processistas, programadores

e estagiários da linha, com um

destaque especial para o chefe da mini-fábrica,

Edinilson J. Madureira, que possibilitou

o uso das ferramentas da melhor maneira

possível.

Adalberto G. Luksaits – São Bernardo do Campo

Implantação QSB – Unidade Indaiatuba

A planta de Indaiatuba iniciou, em março de 2007, a Implementação do QSB (Quality System Basics), coordenada por Almir Rogério,

Fabio Beluci, Alipio Souza e Ronaldo Pegorer.

Requisito específico da Fiat e da GM, o

QSB é uma metodologia de trabalho baseada

na aplicação de 9 estratégias que

atuam de forma consistente, diretamente

sobre o monitoramento do processo de

fabricação, das ferramentas, meios de

medição, indicadores, poka-yokes e peças

não-conformes. A metodologia QSB também

abrange estratégias para o correto

encaminhamento das reclamações de

clientes internos e externos.

A principal novidade consiste na estratégia

de auditoria escalonada, que sistematiza a

Programa ALO em Itajubá

Em 23/03, foi realizada a premiação do

Programa ALO, referente à auditoria feita

nos meses de fevereiro e março de 2007.

Na área fabril, houve empate entre Ferramentaria

e Logística. Ambas obtiveram a

nota 100 e receberam troféus. Na área administrativa,

Logística foi quem recebeu o

troféu, com uma nota 100 também nesse

quesito.

As premiações são realizadas a cada dois

meses. Na próxima edição da revista

MAHLE global, você conhecerá os premiados

da auditoria realizada entre 10/04 e

03/05.

Novas regras

O Programa ALO da Unidade Itajubá conta

com novas regras. Confira abaixo:

5 auditorias durante o ano;

18 auditores;

36 áreas auditadas;

premiação dos dois melhores setores

classificados – um da área fabril e outro

da área administrativa; e

auditoria de processos críticos a ser feita

em toda a hierarquia da área produtiva, do

operador à alta direção. A certificação da

unidade está prevista para agosto deste

ano.

Zuleica Polli – Indaiatuba

premiação extra para a fábrica cuja média

das notas da segunda à quinta auditoria

for igual ou superior a 10% do valor

da nota da primeira.

Melhorias

Visando à análise e melhorias no Programa

ALO, está agendada para janeiro de

008 uma reunião com auditores e responsáveis.

Aline Valadão – Itajubá

15


16

Notícias do Grupo MAHLE

6A TPM chega à Fundição da PL1 - Mogi Guaçu

Neste ano, como planejado, foi iniciada a implantação do Programa 6A TPM na Fundição da PL1. O principal objetivo foi a melhoria

do ambiente de trabalho.

O programa começou em 11/04, com a primeira

reunião da equipe de coordenação, que

contemplou a formação de uma equipe técnica

e a escolha do Grupo 1 da Fundição (Unidade

da Fundição Pistões Gasolina/Otto).

A equipe técnica abrange os setores Fundição,

Gasolina, Fusão, RH, Segurança, Manutenção,

Ferramentaria e Tecnologia de Processos.

Além disso, a equipe foi subdividida

em quatro subgrupos: Multiplicadores, Logística,

Divulgação e Auditoria; cada um com um

papel específico definido. Dentro dos procedimentos

do Programa 6A TPM, a Fundição já

cumpriu as seguintes fases:

planejamento detalhado da implantação e

incentivo dos gestores;

treinamento da equipe técnica, com parceria

da Consultoria VerdeGayah;

treinamentos para os 40 colaboradores,

através dos multiplicadores; e

implantação prática de cada uma das seis

atitudes (Utilização, Organização, Limpeza,

Segurança, Padronização e Disciplina).

Envolvimento

Um dos destaques do programa, até o presente

momento, foi o envolvimento da equipe

técnica, que contagiou os colaboradores do

Grupo 1 e da Manutenção, motivando todos

para o sucesso do programa.

Emerson Forato, da Manutenção, relata: “já

tive a oportunidade de participar da implantação

do TPM na Usinagem; agora, como integrante

da Equipe Técnica de Implantação

do 6A TPM na Fundição, garanto que os esforços

aplicados são grandemente recompensados”.

Emerson Assis, do Forno de Fusão,

acrescenta: “tenho certeza de que os

resultados serão os melhores possíveis; o

programa vem nos auxiliar a colocar em prática

os princípios da MAHLE. Isso requer empenho

diário de todo o grupo, pois a responsabilidade

sobre o sucesso é de cada um de

nós”.

Conforme comentam nossos colaboradores,

a mudança nas atitudes tem como resultado

esperado um ambiente de trabalho seguro,

funcional e agradável. O 6A TPM é simples, e

a simplicidade é um fator de sucesso. Que

tal você incentivar sua área a planejar a implantação

do 6A TPM? Vale a pena!

Emerson Forato, Marcelo Gomes e Priscila Pravato –

Mogi Guaçu

Atuação dos Grupos Autônomos em Mogi

Os grupos autônomos são equipes de trabalho que desenvolvem atividades em equipamentos, com objetivo do resgate da originalidade

da máquina, busca da quebra e acidente zero, melhoria do ambiente de trabalho e aprimoramento dos conhecimentos, por meio

da identificação da causa raiz dos problemas, criando uma relação entre as funções do equipamento e o produto final. Dentre as atribuições

dos grupos autônomos, que fazem parte do pilar de manutenção autônoma aplicada dentro do Programa 6A TPM da PL1, está a

de desenvolver formulários padrão de limpeza, inspeção e lubrificação.

Existem hoje 14 grupos autônomos trabalhando

em diversas máquinas, desde a Produção

até a Ferramentaria. Esses grupos são formados

por representantes da fábrica (Operadores,

Mantenedores e Mestres), da Manutenção

e do TPM - PL1.

O objetivo é a capacitação dos colaboradores

para que conheçam cada vez mais o equipamento,

utilizando formulários para o monitoramento

da máquina, revisão das periodicidades

do check-list e desenvolvimento de proteções

Equipe de implantação do 6A TPM na Fundição

para melhoria no trabalho em termos de limpeza,

inspeção e lubrificação.

Os grupos autônomos, com seu alto grau de

conhecimento do equipamento, são responsáveis

pelo desenvolvimento de máquinas padrão.

Isso porque, dentro das etapas do processo de

evolução da manutenção autônoma, os grupos

desenvolvem melhorias diversas nas máquinas,

que serão replicadas nas demais máquinas de

mesmo modelo. Dessa forma, evitam-se desperdícios,

pois todas as melhorias são estuda-

Esequiel, Sebastião, André, Claudemir e Marcelo (da

esq. para a dir., atrás); Rogério, Luis Ricardo e Luis Abel (à frente)


das e discutidas pelo grupo, que tem integrantes

de setores diversificados justamente para

que se tenha uma visão ampla de cada área da

fábrica.

As melhorias são catalogadas, para que as réplicas

sejam executadas com as mesmas características

do protótipo desenvolvido. O próximo

passo consiste em capacitar os colaboradores

no aprofundamento das máquinas, ou seja, elevar

os conhecimentos de cada um em compo-

nentes de pneumática, hidráulica, mecânica e

lubrificação. Com o domínio de tais conhecimentos,

o colaborador terá mais condições de

relacionar um eventual problema do equipamento

com o problema no produto, além de evitar

quebras, utilizando padrões de inspeção elaborados

com mais eficiência e eficácia. Segundo o

colaborador Luis Ricardo de Souza Losano, “os

trabalhos realizados com grupos autônomos aumentam

o cuidado que o operador tem com o

equipamento, no sentido de mantê-lo em boas

Kaizen Blitz na PL1 - Mogi Guaçu

Setor de Controle Final e Montagem da

PL1 é piloto na implantação do Kaizen.

A Unidade Pistões Mogi Guaçu (PL1), com o

incentivo da Diretoria e da Gerência de Qualidade,

está implantando o Kaizen Blitz na fábrica.

Mas, afinal, o que isso significa?

A expressão é a soma das palavras "Kai", de

origem japonesa, que pode ser traduzida

como "melhoria contínua"; "Zen", do chinês,

cujo sentido aproximado nesse contexto é o

Treinamento da Equipe de Implantação do Kaizen Blitz

MAHLE nas Escolas

de "estilo de vida", e "Blitz", vinda do idioma

alemão, equivalente a "Fazer Agora". Dessa

forma, a definição completa para a expressão

é "melhoria contínua acelerada", ao que

acrescentamos: "com o envolvimento de todas

as pessoas e foco na eliminação de todas

as formas de desperdício". No Controle

Final Diesel, foi desenvolvido um grupo de

Kaizen para dar início à melhoria dos processos

produtivos. E já podemos notar resultados

significativos. Confira:

aumento da produtividade: 10%;

redução de set up em ultra-som: 56%; e

redução de set up em bancadas: 47%.

O início do projeto contou com a parceria do

Consultor Osvaldo Costa, que, com sua experiência,

nos direcionou e impulsionou para

o sucesso do projeto. O programa englobou

duas fases principais: a primeira, realizada de

7 a 10/05, consistiu em planejamento, treinamento

e aplicação dos conceitos do Kaizen

na prática. A segunda fase, ocorrida de 8 a

31/05, teve como foco o resgate das princi-

condições de funcionamento por meio de verificações

formuladas pelo próprio operador, que

previnem quebras inesperadas e adéquam a

máquina às normas de segurança atuais. Além

disso, a limpeza do equipamento está incorporada

ao dia-a-dia, com ganho de agilidade nas

manutenções (eliminando perdas com limpeza

prévia e intervenções corretivas) e diminuição do

índice de refugo”.

Marcelo Calvacante Gomes – Mogi Guaçu

pais melhorias implantadas na primeira fase,

além da verificação e acompanhamento da

continuidade da implantação das técnicas do

Kaizen, para o alcance dos resultados planejados.

Diante do resultado alcançado, outras ações

já estão em andamento, visando à melhoria

contínua através do Kaizen.

Priscila Pravato e Marcelo C. Gomes – Mogi Guaçu

Por meio da atuação de 16 voluntários da MAHLE, o Projeto "MAHLE nas Escolas!" formou, no primeiro semestre, 900 alunos de

quarta à sexta séries do ensino fundamental das escolas públicas de Mogi Guaçu.

Na palestra "Segurança no Lar e Cidadania",

ministrada pelos voluntários, os alunos

são orientados sobre como evitar acidentes

domésticos e aprendem o conceito

e as atitudes que levam à prática efetiva

da cidadania.

Para assimilar o conteúdo da palestra, foram

distribuídos a cartilha educativa "Com

Segurança, é Melhor" e o livro infantil "Muita

Água e Sabão".

Sandro J. C. Leme – Mogi Guaçu

Participação de colaboradores é essencial

17


18

Notícias do Grupo MAHLE

Programa 5S na PL2/3 - Mogi Guaçu

Os programas de melhoria contínua seguem em alta no Complexo Mogi Guaçu da MAHLE Brasil. No primeiro semestre, a PL2/3

(Unidade Sistemas de Trem de Válvulas) implantou o Programa 5S na planta.

O programa tem como objetivo promover melhorias

no dia-a-dia da empresa, fazendo do local

de trabalho um ambiente seguro, limpo, padronizado

e organizado. Por meio da utilização

de uma metodologia simples, aplicável no dia-adia

por todos os colaboradores, baseada em

cinco técnicas (leia mais nesta página), o 5S traz

benefícios como melhoria do ambiente de trabalho,

prevenção de acidentes, incentivo à criatividade,

redução de custos, eliminação de desperdício,

desenvolvimento do trabalho em equipe,

melhoria das relações humanas e melhoria da

qualidade do produto e serviços. Para o sucesso

do programa, tem sido fundamental o envolvimento

de todos. A implantação do 5S na

PL /3 teve início em janeiro. Confira as etapas e

os resultados obtidos pelo programa até agora.

Conscientização

O trabalho de conscientização dos colaboradores

e terceiros para o Programa 5S ocorreu

por meio de palestras. De 3/01 a 3/03,

foram realizadas mais de 70 palestras, para

cerca de .500 colaboradores e terceiros.

Ainda no mês de março, mais precisamente

de 1 a 18, a planta organizou a Semana

Colaboradores participam de palestra sobre o programa 5S

Housekeeping – 5S. O comprometimento de

todos demonstrou sua eficácia, com resultados

relevantes. Foram recolhidos e encaminhados

para a área de descarte .060 kg de

papel, 7 0 kg de plástico e 1.130 kg de outros

materiais, totalizando 3.910 kg de resíduos,

além de 11.900 kg de sucata de equipamentos

e materiais inservíveis.

Auditoria

Outra parte importante do 5S é a auditoria.

O programa realiza auditorias mensais, com

avaliação dos setores por grupos de auditores

compostos de colaboradores das áreas

administrativas e fabril.

Equipe do 5S

Não deixe de participar do Programa 5S, em

caso de dúvidas, contate a equipe do programa

na PL /3 – Mogi: José Carlos Adorno (Sponsor),

Sidnei Montera (Responsável pelo Programa) e

Márcia Duda (Coordenação – ramal 94 4).

Integração

Desde junho, o Programa 5S e o Kaizen-

GTT fazem parte do trabalho de integra-

Definição

O Programa 5S consiste de uma metodologia

que busca melhorar o ambiente

de trabalho e eliminar perdas em

todo o sistema produtivo por meio de

5 técnicas, que estão presentes no

nosso dia-a-dia:

Seiri

Organização – identificar e eliminar

objetos e informações desnecessários

existentes no local de trabalho.

Seiton

Ordem, arrumação e segurança –

manter os materiais e o ambiente de

forma a prevenir acidentes no local

de trabalho.

Seiso

Limpeza – eliminar tudo o que interfere,

obstrui, agride e prejudica o meio

ambiente e as pessoas, como mau

cheiro, poeira, ruídos, pouca ventilação

etc.

Seiketsu

Padronização – manter a segurança,

organização e limpeza no ambiente de

trabalho.

Shitsuke

Disciplina – compromisso pessoal com

o cumprimento dos padrões éticos, morais

e técnicos; quando as pessoas passam

a fazer o que tem de ser feito e da

maneira como deve ser feito.

ção de novos colaboradores na empresa.

É mais uma demonstração da importância

dos Programas de Melhoria Contínua para

as relações humanas na MAHLE.

Márcia Duda e Sidnei Montera – Mogi Guaçu

Divulgação da Semana Housekeeping – 5S Área de descarte Área de descarte – externa


MAHLE Itajubá inaugura sala na UNIFEI

A Unidade Anéis Itajubá investe, mais uma vez, na área educacional e inaugura a “Sala MAHLE”, em parceria com a UNIFEI (Universidade

Federal de Itajubá). A solenidade de abertura foi realizada em 11/04.

Instalada no prédio do Instituto de Engenharia

de Produção e Gestão da UNIFEI, a

“Sala MAHLE” traz a mobilidade como

maior diferencial, permitindo configurações

geométricas variáveis. O espaço

possibilita a realização de defesas de dissertações

de mestrado e teses de doutorado,

palestras, reuniões, seminários, fóruns,

workshops, eventos acadêmicos e

científicos ou ainda que seja transformado

em sala de aula.

A sala possui 100m e capacidade para

40 pessoas, além de contar com equipamentos

e mobiliários modernos e de alta

qualidade. Para a concretização desse

projeto educacional, a MAHLE investiu

R$ 70 mil em benefício da comunidade.

Em seu pronunciamento, o Vice-presidente

de Operações, Milton Laugênio, reforçou

o compromisso da empresa em intensificar

o relacionamento com a comunidade.

“O corpo gerencial da MAHLE Itajubá

está empenhado em trabalhar em ações

junto à comunidade. Na área educacional,

entre outros projetos, temos o MAHLE

Formare, voltado para a formação educacional

e de capacitação profissional de adolescentes,

e agora consolidamos essa integração

com a universidade, de onde vem

parte dos nossos profissionais graduados,

mestres e doutores. São iniciativas como

essa que tornam a nossa planta um destaque

e um referencial dentro da MAHLE no

mundo inteiro. Estamos orgulhosos com

essa parceria e com os resultados da sala,

que traz o padrão MAHLE. Agradeço por

essa oportunidade e expresso a intenção

de dar continuidade às parcerias que visem

o bem comum”.

Para o reitor da UNIFEI, Renato de Aquino

Faria Nunes, “essa é uma parceria muito

especial e gratificante, em que a MAHLE

investe na criação de um espaço de formação,

aprendizagem e de transmissão

do conhecimento, deixando sua marca

dentro da universidade. Nesses moldes de

qualidade, essa é uma sala exemplar e

que beneficia a comunidade acadêmica,

os colaboradores da empresa e a sociedade

itajubense como um todo. Precisamos

buscar parcerias para suprir necessidades,

já que os recursos advindos do

MEC não são suficientes para realizarmos

ações de tamanha grandeza”.

Seguindo o trilho que leva à transformação

da sociedade, a MAHLE participa de

projetos educacionais, em diversos níveis.

“Estamos nos empenhando em transformar

nossa planta em um foco de desenvolvimento,

fortalecendo o vínculo da empresa

com a área da educação e formação

profissional. Essa iniciativa, agora voltada

para o ensino superior, dá prosseguimento

à nossa parceria com a comunidade

para efetivar projetos educacionais”,

declarou o Plant Manager de Itajubá, João

Vitor Zanesco.

O Gerente de Recursos Humanos da

MAHLE, José Luiz Zavarize, destacou ainda

os investimentos no setor educacional

destinados à comunidade e aos colaboradores

da empresa, por meio da realização

de cursos técnicos, junto ao Senai, e Bolsa

Educação para o nível técnico, graduação

e pós-graduação, entre outros.

O projeto da “Sala MAHLE” foi coordenado

pelo Professor da UNIFEI, José Arnaldo

Barra Montevechi, intermediado pelo Plant

Manager João Vitor Zanesco e equipe gerencial,

com projeto da arquiteta Cláudia

Alliprandini. Pró-reitores, diretores de institutos,

professores e alunos da UNIFEI, ge-

rentes da MAHLE, secretários municipais

e outras autoridades, além de convidados,

também participaram da solenidade, finalizada

com um coquetel de confraternização

oferecido pela universidade.

Aline Valadão – Itajubá

Curtas

Premiação do Simplifique em Limeira

Em abril, a Unidade Aftermarket Limeira realizou a

premiação de 19 colaboradores que implementaram

idéias por meio do Programa Simplifique em

2006.

Durante a premiação foram apresentadas as premissas

do programa, cujo objetivo é incentivar o

envolvimento dos colaboradores com a melhoria

contínua, seja dos processos, meio ambiente,

qualidade, segurança ou do local de trabalho.

Ao término da premiação foi oferecido um coquetel

a todos os participantes.

Julianna de Freitas – Limeira

Evento de inauguração da "Sala MAHLE"

19


0

Notícias do Grupo MAHLE

Treinamento de rebolos abrasivos em Itajubá

Cerca de 80 colaboradores de Itajubá

participaram do treinamento “Uso e Manuseio

de Rebolos Abrasivos”.

O evento, ministrado pelo Engenheiro de

Aplicações da Saint-Gobain Abrasivos,

Marcos Matsumoto, foi realizado em 8 e

9/0 , na sala de treinamento da Produção,

e contou com profissionais dos três turnos

da Mini-Fábrica Anéis com Cobertura, de

Cromados (Retífica Lateral, Trapezoidal,

Retífica de Perfil, de Topo e Cilíndricas) e

do Quarto Ferramental.

“Os rebolos abrasivos são ferramentas utilizadas

em processo de retificação e que trabalham

em alta rotação. Queremos que nosso

colaborador conheça a ferramenta e saiba interpretar

suas identificações para usá-la adequadamente”,

explicou o Encarregado de

Produção Sebastião José Vilas Boas Silva.

“O treinamento foi ministrado para melhorar

a qualificação de nossos colaboradores,

para que utilizem corretamente essa ferramenta,

pois, no processo produtivo, o fator

segurança é fundamental”, destacou o Supervisor

de Produção Mini-Fábrica Anéis

com Cobertura, Eronildo Rodrigues de Lima.

A parceria entre MAHLE e Saint-Gobain na

realização dessa atividade visou oferecer

aos participantes informações técnicas

sobre o uso e manuseio dos rebolos abrasivos,

evitando desgaste, quebra da ferramenta

e retrabalho e, dessa forma, melhorando

os indicadores de produtividade da

Mini-Fábrica. “Com esse treinamento, tivemos

uma visão mais ampla para a utilização

consciente dessa ferramenta. A inicia-

A roda viva da dívida no cartão de

crédito

Sabendo usar, o cartão de crédito pode ser um excelente parceiro na administração de

suas finanças, pois, se fizer suas compras na data certa, terá 40 dias para pagar por elas.

Agora, se você não resistiu à tentação e gastou

além do que se propôs no seu orçamento,

pode ser o início de muita dor de cabeça. Se a

sua fatura for, por exemplo, de R$ 400,00 e

você pagar o valor mínimo de R$ 80,00 (as administradoras

costumam estabelecer uma média

de 0% para o valor mínimo), na fatura seguinte

você terá R$ 35 ,00 para pagar, toman-

do como base os juros médios de 10% cobrados

pela administradora. A situação pode piorar

caso você continue utilizando o cartão de

crédito enquanto não paga o valor integral, pois

a dívida que não conseguiu pagar gera juros, e

sua dívida será somada aos juros e às novas

compras. É hora de estabelecer um plano de

emergência para acabar com esse problema

que está lhe tirando o sono. Por isso, se você

não tem condições de pagar a fatura integral

do cartão de crédito, não o utilize até reequilibrar

as suas contas. Rolar a dívida pode colocá-lo

em uma situação muito difícil.

Fonte: Bovespa - Guia de Planejamento Financeiro

Marta de Oliveira – São Bernardo do Campo

tiva da MAHLE foi muito positiva para nos

aperfeiçoarmos cada vez mais”, destacou

o colaborador Francisco de Assis Veiga,

da Retífica de Perfil.

Aline Valadão – Itajubá

Curtas

Lançamento da 4ª Oficina do Sucesso

Em 5/05, foi realizado o lançamento da 4ª edição

do projeto Oficina do Sucesso.

Trata-se de uma iniciativa do Grupo Viva Bem,

formado por voluntários de Limeira, que conta

com o apoio de outros voluntários da comunidade.

O projeto visa auxiliar o desenvolvimento pessoal

e profissional de alunos de escolas públicas da

cidade por meio de palestras motivacionais e educacionais.

O projeto atual atende 50 adolescentes, que participarão

de um ciclo de 5 palestras.

Julianna de Freitas – Limeira

Participantes do treinamento


Workshop Integrado de Filtros

Com objetivo de ampliar o conhecimento do negócio Filtros e promover a integração da equipe, o Grupo MAHLE Brasil realizou o

"1º Workshop de Filtros", nos dias 9 e 10/05, no Hotel Fazenda Dona Carolina, em Bragança Paulista-SP.

O evento, organizado em parceria com Antonio

Fernando Stanziani, da Quality Way –

Consultoria em Qualidade e Produtividade,

contou com a participação de Claus Hoppen,

Diretor Presidente da MAHLE Metal Leve

S.A., Thomas Klein, Diretor de Vendas e Engenharia

de Aplicação, e os colaboradores

de Filtros, Centro Tecnológico e Engenharia

de Aplicação.

A programação do evento incluiu, além da

apresentação das atividades do CT e dos

processos de Filtros, atividades de integração,

como o jantar italiano compartilhado,

que foi um sucesso!

Andréa Maria Pereira – Mogi Guaçu

II Workshop de Tecnologia da Informação

Em março, a área de Tecnologia da Informação (TI) do Grupo MAHLE Brasil realizou seu segundo workshop.

Nos dias 3 e 4/03, colaboradores de TI

reuniram-se no Hotel Vacance, em Águas

de Lindóia-SP, com os seguintes objetivos:

Exercitar a integração, a participação e

o comprometimento de todos com as

metas da área, de acordo com os projetos

de TI para 007/ 008;

Conhecer os projetos da área para

007;

Avaliar, validar e celebrar conquistas do

Projeto IT Empowerment (Melhoria do

Colaboradores de TI participaram de um produtivo workshop

Clima Organizacional);

Desenvolver o trabalho em equipe e a

comunicação interpessoal;

Favorecer a integração entre os colaboradores;

Preparar a equipe para novos desafios.

Programação

Para atingir tais objetivos, os participantes

envolveram-se em uma intensa programação,

que incluiu: apresentação das metas

Envolvimento do time na elaboração do plano de ação

e projetos da Área, análise do programa de

desenvolvimento de TI e vivência com grupos,

com o objetivo de simular o cumprimento

das metas mediante os desafios da

área.

Para finalizar os trabalhos do primeiro dia,

a equipe foi responsável pela organização

e preparação do jantar.

Com muita dedicação e animação, várias

pizzas foram preparadas, e um grupo foi

responsável pela decoração do restaurante.

Com o "jantar compartilhado", a equipe vivenciou

a influência do trabalho e do papel

de cada um no alcance das metas.

Segundo Antonio Carlos Laudares, Gerente

de Tecnologia da Informação, importantes

melhorias foram atingidas, mas o trabalho

deve continuar, com o comprometimento

de todos os colaboradores da área

de TI.

Andréa Maria Pereira – Mogi Guaçu

1


Notícias do Grupo MAHLE

Formatura e novas turmas no Formare

Desde março, as novas turmas das Escolas MAHLE Formare Mogi Guaçu e São Bernardo do Campo estão em atividade. A turma

2007 de Mogi Guaçu foi apresentada em 14/03, em cerimônia que celebrou também a formatura da turma 2006. A turma de SBC iniciou

suas aulas em 26/03.

A formatura da turma 006 e a apresentação

da turma 007 da Escola MAHLE Formare

Mogi Guaçu foram realizadas no

Centro Cultural da cidade. Dos formandos,

73% já estão empregados. Em SBC,

a nova turma iniciou o curso de Assistente

de Produção e Montagem Mecânica em

março e irá concluí-lo em janeiro do ano

que vem.

Estiveram presentes no evento em Mogi

Guaçu: Claus Hoppen (Diretor Presidente

da MAHLE Metal Leve S.A.), Jürgen Leisinger

(Diretor da PL /3 – Mogi Guaçu), Renata

Garcia, Adriano Bispo e Marco Antônio

Bellorio Gondim (Gerentes de Recursos

Humanos), Antônio Abrão Nohra Neto (Di-

Turma 2006 da Escola MAHLE Formare Mogi Guaçu

retor Superintendente da Unimed), Cris

Meinberg (Fundação Iochpe), coordenadores

do Formare, educadores voluntários,

familiares e parceiros.

Seleção rigorosa

O Formare é um programa de ensino técnico

profissionalizante dedicado aos jovens

da comunidade e mantido em parceria

com a Fundação Iochpe.

Antes de ingressarem na escola, os jovens

passam por um rigoroso processo de seleção,

que abrange os seguintes critérios

e etapas:

condições socioeconômicas;

prova de conhecimentos gerais;

Nova Escola Formare em Limeira

visita domiciliar;

dinâmicas em grupo; e

testes psicológicos.

Os educadores voluntários também se

preparam para assumir o desafio de receber

os novos alunos do Formare.

Existem duas capacitações obrigatórias

para que o colaborador possa fazer parte

do grupo de voluntários:

capacitação inicial para novos educadores

– 16 horas, na Fundação Iochpe; e

capacitação continuada para todos os

educadores (novos e veteranos) – 8

horas anuais, na MAHLE.

Maísa Campos e Valéria Silva – Mogi Guaçu

Marta de Oliveira – São Bernardo do Campo

Turma 2007 do Formare SBC

Em agosto, o Grupo MAHLE Brasil irá inaugurar a sua sexta Escola Formare, na Unidade Aftermarket Limeira. Com isso, a MAHLE

irá se tornar a empresa com o maior número de escolas da rede Formare.

A nova unidade oferecerá a 0 jovens da comunidade

carente de Limeira, escolhidos em

um rigoroso processo seletivo, o curso de

“Assistente de Serviços Comerciais-Administrativos

e Logísticos – ASCAL”, elaborado visando

a atender a demanda do mercado

profissional da cidade e facilitar o ingresso

dos jovens no primeiro emprego.

O lançamento do projeto para os colaboradores

da unidade foi realizado em março e

teve volumosa adesão dos educadores voluntários,

com 87 inscritos. O processo de

inscrição dos alunos também obteve grande

êxito, com a participação de 475 candidatos

na prova seletiva.

Julianna de Freitas – Limeira


Atividades de integração no Formare

Como parte de sua agenda educativa e cultural, os alunos das Escolas Formare de Indaiatuba e Mogi Guaçu participaram de atividades

como teatro, passeio ciclístico e piquenique. Confira abaixo.

Piquenique Formare em Mogi Guaçu

Em maio, os alunos do Formare, com a participação

dos educadores de Comunicação

e Relacionamento, participaram de um piquenique

no clube ADC da MAHLE.

A atividade teve o propósito de estimular a interação,

desenvolver o espírito de equipe e fortalecer

o aprendizado contínuo. No evento, foram

realizadas dinâmicas de grupo e exposição de

temas escolhidos pelos alunos. Tudo isso em

um ambiente descontraído, com música, lanches

e muito bate-papo. Foi nesse clima de integração

que o grupo fechou o módulo básico

da matéria, que contribuiu para o crescimento

e desenvolvimento da equipe.

Teatro

Em 18/04, os alunos do Formare de Indaiatuba,

junto com a educadora voluntária Leandra,

fizeram duas apresentações da peça de

teatro “Minha família...dos outros, talvez”, que

retrata os diferentes tipos de relacionamento

dentro do núcleo familiar. A peça foi prestigiada

pelos colaboradores, que apreciaram com

entusiasmo a criatividade dos alunos.

Aluno do Formare Itajubá é vencedor da bolsa Geraldo

Hess

Capacitado pela Escola MAHLE Formare Itajubá, Filipe Éder Rufino Carvalho, 18 anos, foi o vencedor do programa Bolsa Geraldo

Hess, organizado pela Fundação Iochpe, e ganhou uma bolsa de estudos (graduação).

Como centenas de outros jovens, Filipe

conta que ingressou no Formare com a

Passeio Ciclístico

No dia 06/04, ocorreu o I Passeio Ciclístico,

organizado por educadores voluntários

da Escola MAHLE Formare de Indaiatuba.

O passeio contou com a participação de

colaboradores e alunos da escola. O grupo

marcou encontro na saída, no estacio-

Filipe Éder Rufino Carvalho (esq.) e Leandro Carlos Dias Chaves

expectativa de ter a oportunidade de conseguir

um futuro melhor. “Com o Formare,

namento da empresa, com destino ao

bairro do Quilombo. Foi um dia de muita

descontração e contato com a natureza!

Aldaiza Floriano e Jéssica Braga – Mogi Guaçu

Zuleica Polli – Indaiatuba

eu descobri a minha verdadeira vocação.

Durante o curso, aprendi como funciona

uma empresa e passei a me interessar

pela área administrativa, ramo que seguirei

na faculdade”. Filipe foi aprovado na Faculdade

de Ciências Sociais Aplicadas do

Sul de Minas (FACESM). A notícia do prêmio

foi recebida com entusiasmo por toda

a família e a coordenação da escola. “Todos

ficaram muito felizes ao saber que alguém

como eu, que não teria condições

para continuar a estudar, poderá fazer uma

faculdade graças ao Formare”, finaliza.

Outro aluno de Itajubá, Leandro Carlos Dias

Chaves, ficou em segundo lugar no concurso

e foi contemplado com um estágio.

Ana Camila Andrade Martins – Itajubá

Alunos do Formare de Mogi Guaçu

3


4

Notícias do Grupo MAHLE

Workshop divulga missão e diretrizes do RH

No mês de março foi realizado um Workshop de Recursos Humanos com todos os colaboradores de RH do Grupo MAHLE Brasil.

Em 007, a área de Recursos Humanos

teve alteração em sua estrutura organizacional.

No segundo semestre de 006, um

grupo formado por gestores, chefes, consultores

internos de RH e clientes internos,

em parceria com a consultoria Kienbaum,

realizou um trabalho para diagnosticar e redefinir

processos nas áreas de RH do Grupo

MAHLE Brasil. Os resultados desse projeto

foram a elaboração da missão da área

e a reavaliação das atividades alinhadas

aos múltiplos papéis de RH, denominados:

Estratégico, Agente de Mudança, Especialista

Administrativo e Ouvidor dos Colaboradores.

Ao final desse trabalho, também

foram consolidados as diretrizes, responsabilidades

e Planejamento Estratégico da

área de Recursos Humanos.

A comunicação oficial dessa mudança organizacional

aconteceu em março de 007, em

Workshop com a presença de todos os colaboradores

das áreas de RH, conduzido por

Renata T. Oikawa Garcia, que assumiu a Gerência

de RH Corporativo. Nessa oportunidade,

também esteve presente Claus

Hoppen, Diretor Presidente da MAHLE Metal

Leve S.A., que fez uma apresentação detalhada

dos negócios MAHLE no mundo. “A

responsabilidade da área de Recursos Humanos

requer uma atitude altamente comprometida

e alinhada aos negócios da empresa.

Ouvir os colaboradores e entender

suas necessidades, de modo a promover

um ambiente saudável e uma gestão equilibrada

para pessoas e resultados, também

são as grandes metas de Recursos Humanos”,

comentou Renata Garcia.

Maria José Martins – Mogi Guaçu

MISSÃO DO RH MAHLE BRASIL

“Ser parceiro empresarial,

mobilizar e valorizar as

pessoas na busca do

crescimento e vitalidade da

MAHLE.”

Treinamento da equipe de brigadistas em SBC

O Departamento de Segurança Industrial

realizou o treinamento anual com

sua equipe de Brigadistas entre os dias

5 e 9/03, no campo de treinamento

Rochácara Ecofire.

“Os Brigadistas possuem um papel fundamental

dentro da empresa, pois, através

da boa atuação deles, teremos ações rápidas

de combate ao princípio de incêndio

e salvaguarda das pessoas”, comenta

Vagner Amorim, Técnico de Segurança da

unidade.

Quanto mais perfeita e eficiente a prevenção,

menores serão as possibilidades de

ocorrência de incêndio e, conseqüentemente,

as oportunidades de o fogo causar

danos às pessoas e ao patrimônio.

A MAHLE agradece a colaboração e o empenho

de todos os brigadistas.

Vagner Amorim – São Bernardo do Campo

Colaboradores de RH da MAHLE participam de workshop


Ginástica laboral em Limeira

Em abril foi implantada a ginástica laboral

na Unidade Limeira.

Confira os seus principais objetivos:

prevenção das principais doenças ocupacionais;

diminuição dos acidentes de trabalho e

absenteísmo; e

promoção da saúde e melhora da qualidade

de vida do trabalhador.

A ginástica foi implementada pela empresa

Quality e teve grande aceitação em todos os

setores da unidade. Inicialmente todos os

colaboradores fizeram uma avaliação física

para que os profissionais responsáveis pela

ginástica pudessem diagnosticar as necessidades

de pausas, horários adequados e

exercícios a serem praticados.

Por meio de uma sensibilização, foram identificados

colaboradores voluntários para atuar

como multiplicadores da ginástica laboral.

Esses profissionais foram treinados e diariamente

coordenam as atividades nos seus

respectivos setores. Uma vez por semana,

os profissionais da Quality realizam o acompanhamento

junto aos colaboradores e multiplicadores.

A ginástica laboral é praticada diariamente

no início da jornada de trabalho.

Julianna de Freitas – Limeira

Programa de Medicina Preventiva

A planta de Limeira, em parceria com a Unimed, iniciou um programa de medicina preventiva, cujo objetivo é promover a saúde e a

qualidade de vida dos nossos colaboradores.

No programa, foram apresentadas palestras

sobre: prevenção do câncer de útero e

mama, stress, motivação e qualidade de

vida no trabalho, hipertensão, diabetes,

obesidade, alcoolismo e tabagismo, entre

outros assuntos.

Palestra do programa de medicina preventiva

O Centro de Vida Saudável de Medicina Preventiva

da Unimed conta com equipe interdisciplinar

composta de médicos, enfermeiras,

fisioterapeuta, nutricionista, psicóloga e

educador físico, que são os profissionais

responsáveis pela condução das palestras.

Em março, no lançamento do programa, foi

ministrada, pelo Dr. Carlos Mathias, a palestra

“Prevenção do Câncer de Útero e Mama”,

que contou com grande público. O tema de

maio foi “Stress”, apresentado pela psicóloga

Elizandra Piza com grande sucesso.

Julianna de Freitas – Limeira

Curtas

Fale conosco

Colaboradores de Limeira fazem ginástica laboral

Se você tem interesse em enviar comentários,

sugestões de matérias ou se quiser tirar alguma

dúvida sobre os assuntos tratados na Revista

MAHLE global, utilize o email:

revistamahleglobal@br.mahle.com

O Grupo MAHLE Brasil agradece a sua participação!

5


6

Notícias do Grupo MAHLE

Programa “Portas Abertas” MAHLE Itajubá

Em 4/03, a planta de Itajubá realizou mais uma edição do programa “Portas Abertas” e recebeu a visita de, aproximadamente, 237

pessoas, entre colaboradores e seus familiares.

Um nutritivo café-da-manhã iniciou as atividades.

Em seguida, os visitantes participaram

de uma palestra com a apresentação

de um vídeo sobre a companhia e receberam

importantes informações sobre

segurança.

Os colaboradores aprovam essa iniciativa.

“Esse programa é muito bom. Em casa,

os filhos perguntam como é o nosso trabalho.

Com a visita à fábrica, eles podem

conhecer o local onde trabalhamos e o

que fazemos”, afirmou Adilson Martins

Salla (Mini-Fábrica Buchas), que realizou a

visita acompanhado da esposa e dos três

filhos.

"É importante essa integração que o programa

proporciona. Assim, a família entende

um pouco mais sobre o nosso trabalho”,

destacou o colaborador Gilson

José da Silva (Mini-Fábrica Pré-usinagem),

que visitou a fábrica ao lado da esposa e

do filho. Durante o passeio pelas instala-

ções da fábrica, os visitantes foram orientados

por mestres, chefes e supervisores

das mini-fábricas, que explicaram sobre a

produção dos Anéis MAHLE.

Complexo MAHLE Mogi Guaçu

conquista OHSAS 18001

Conquista inédita no Grupo MAHLE: as

três unidades MAHLE que compõem o complexo

Mogi Guaçu foram certificadas de

acordo com a norma OHSAS 18001, de gestão

de segurança e saúde ocupacional.

As unidades receberam os

auditores da DQS durante os

dias 9, 10 e 11/07, quando

passaram por auditoria final

da OHSAS 18001. Foram auditadas

as áreas fabris, de

apoio, bem como todos os

processos que envolvem segurança

e saúde ocupacional.

Durante esses dias, muitos de

nossos colaboradores passaram

por entrevistas para a verificação

da solidez de nossos

processos e documentos e o resultado não poderia

ser melhor, pois o excelente nível das respostas

indicou o conhecimento e o comprometimento

de todos. Na reunião de encerramento,

quando estiveram presentes o grupo de auditores

DQS, Diretores, Gerentes e demais Gestores,

a apresentação do resultado da auditoria

enalteceu vários pontos fortes encontrados no

Sistema de Gestão de Segurança e Saúde

Ocupacional. Com base nesse resultado, o auditor

líder Elton Lage informou a todos que as

três unidades MAHLE do complexo Mogi Guaçu

estavam recomendadas para a certificação

na norma OHSAS 18001.

Esse foi o primeiro passo,

dado por todos nós, para alcançarmos

o que foi assumido

em nossa política de SSO,

que considera a “Gestão de

Segurança e Saúde Ocupacional

um valor em seus processos”.

Agora cabe fazer

com que a palavra “valor”,

contida na política, seja uma

verdade em todos os momentos

de nosso trabalho.

Parabenizamos a todos por essa imensa conquista

e, em especial, os Diretores, Gerentes e

Gestores que acreditaram nesse trabalho e empenharam

esforços durante os meses que envolveram

a preparação para essa vitória!

Sandro J. C. Leme – Mogi Guaçu

Um almoço de confraternização, no restaurante

da empresa, finalizou a atividade.

Aline Valadão – Itajubá

Familiares têm a oportunidade de visitar a unidade

Segurança e saúde

ocupacional

As Unidades Itajubá e São Bernardo

do Campo estão em fase de implementação

do processo de gestão de segurança

e saúde ocupacional baseado na

norma OHSAS 18001.

Já foi realizada uma série de treinamentos e

houve intensa participação de colaboradores

e gestores. A planta de Itajubá já passou

pela auditoria de primeira fase, enquanto

a Unidade SBC passou pelo diagnóstico

inicial e encontra-se a caminho da auditoria.

Também foi aprovada uma Política de

Segurança e Saúde Ocupacional Corporativa,

que está disponível para consulta na

Intranet. As Unidades do Complexo Mogi

Guaçu já receberam a recomendação para

a certificação (leia texto ao lado).


Prevenção da Dengue

Temos acompanhado pelos noticiários o crescimento dos casos de dengue no país. Diante disso, é necessário ter atenção!

Saiba mais a respeito da dengue e suas formas

de prevenção.

Como se transmite

A dengue é uma doença viral transmitida pelo

mosquito Aedes aegypti. Ele é pequeno, mas

fácil de identificar por seus hábitos. Os transmissores

de dengue proliferam-se dentro ou nas

proximidades de habitações, em locais com

água parada e relativamente limpa (caixasd’água,

cisternas, latas, pneus e vasos de planta,

entre outros). As bromélias, que acumulam

água na parte central, também podem servir

como criadouro. Uma pessoa não transmite

dengue diretamente para outra. Para que isso

ocorra, é necessário que o mosquito se alimente

com o sangue de uma pessoa infectada e, após

um período de incubação de 8 a 10 dias, pique

outro indivíduo que ainda não teve a doença.

Como é o mosquito

O Aedes aegypti é escuro e rajado de branco,

menor que um pernilongo comum e pica durante

o dia. Ele se desenvolve em água parada

e limpa.

Sintomas

Os sintomas são dor de cabeça, dor nos

olhos, febre alta (muitas vezes passando de

40 graus), dor nos músculos e nas juntas,

manchas avermelhadas por todo o corpo,

falta de apetite, fraqueza e, em alguns casos,

sangramentos de gengiva e nariz.

Tratamento

O paciente com dengue deve ficar em repouso,

beber muito líquido e só usar medicamento

para aliviar as dores e a febre, mas

sempre com indicação do médico. Não devem

ser tomados remédios à base de ácido

acetilsalicílico, como, por exemplo, a aspirina

e o AAS.

Como evitar?

A única maneira de evitar é não deixar o

mosquito nascer. Para isso, é necessário

acabar com os criadouros (lugares de nascimento

e desenvolvimento do mosquito). Ou

seja: não deixe água, mesmo limpa, ficar parada

em qualquer tipo de recipiente, como

garrafas, pneus, pratos de vasos de plantas

Homenagem por tempo de serviço em Limeira

A Unidade Aftermarket Limeira homenageou

18 colaboradores, que completaram

10, 15, 20, 25, 30 e 35 anos de

empresa.

A comemoração foi realizada no restaurante

Hard Chop III, em um almoço especial,

no dia 15/03, com a presença dos gestores

da unidade.

e xaxim, bacias e copinhos descartáveis.

Também não se esqueça de tapar caixasd’água,

cisternas, tambores, poços e outros

depósitos de água.

Recomendações

Guarde as garrafas vazias e outras embala-

gens de cabeça para baixo;

Jogue no lixo copos descartáveis, tampinhas

de garrafas, latas e tudo o mais que

acumula água;

O lixo deve ficar o tempo todo fechado;

Limpe as calhas e as lajes da casa;

Lave bem os pratos de plantas e xaxins,

passando um pano ou uma bucha para eli-

minar completamente os ovos dos mosquitos

– uma boa solução é trocar a água por

areia molhada nos pratinhos; e

Lave bebedouros de aves e animais com

uma escova ou bucha e troque a água pelo

menos uma vez por semana.

Zuleica Polli – Indaiatuba

Colaboradores de Limeira foram homenageados

O Grupo MAHLE Brasil parabeniza os colaboradores!

Julianna de Freitas – Limeira

7


8

Notícias do Grupo MAHLE

Pesquisa de Clima

Em fevereiro deste ano foi realizada a

pesquisa de clima em todas as unidades

do Grupo MAHLE Brasil.

Todos os colaboradores tiveram a oportunidade

de expressar sua opinião sobre vários

aspectos da empresa e o fizeram em

grande número, como pôde ser comprovado

pela participação significativa obtida

em todas as plantas.

A Pesquisa de Clima Organizacional é uma

poderosa ferramenta de comunicação entre

empresa e colaboradores, que tem

como principal objetivo identificar pontos

de melhoria para tornar o ambiente de trabalho

produtivo, agradável e motivador.

Através de reuniões dedicadas ao tema,

todos os diretores e gestores receberam

os resultados gerais e de suas áreas.

O próximo passo é identificar os pontos

de melhoria que podem ser trabalhados

imediatamente e, com o apoio da área de

Recursos Humanos, formatar e elaborar

planos de ação.

80%

89%

86% 85% 87%

94%

83%

97%

94%

91%

88%

98%

80% 81%

76%

94%

67%

71%

46%

PCO 2004 PCO 2005 PCO 2007

Além do foco nos pontos de baixo resultado,

para atingirmos melhores resultados, é

fundamental o comprometimento de todos,

gestores e colaboradores.

Agradecemos a todos os colaboradores

que responderam a Pesquisa de Clima Organizacional,

pois essa contribuição poderá

promover um ambiente cada vez melhor,

com excelência nos resultados e os

colaboradores mais felizes no seu trabalho

e com orgulho em trabalhar na empresa.

Se você tiver interesse em enviar comentários

sobre essa matéria, utilize o e-mail:

revistamahleglobal@br.mahle.com.

Maria José Martins – São Paulo

% Participação – evolução por planta % Satisfação geral – por divisão da pesquisa

100%

90%

80%

70%

60%

50%

40%

30%

20%

10%

0%

100%

90%

80%

70%

60%

50%

40%

30%

20%

10%

0%

PC Limeira PL 1 Mogi PL 2/ 3 Mogi PL 4/ 5 Mogi PL 2 SBC PL 2 Itajubá

Anéis

79% 79% 79%

70%

67% 68%

66%

63% 62%

70%

68%

65%

PL 2 Itajubá

Buchas

64%

PCO 2004 PCO 2005 PCO 2007

99%

89%

86%

80%

93%

82%

PL 3 Indaiat. Santo Amaro Corp.

58% 59%

93% 91%

Local Trabalho Comunicação Gestão Pessoas Relacionam. Reconh. e Desenv. Motivação

85%

100%

90%

80%

70%

60%

50%

40%

30%

20%

10%

0%

71%

69%

72%

82%

80% 80%

82% 82% 81%

Clima Organizacional Benefícios Qualidade e Meio Ambiente

81% 79% 81% 80% 78%

PCO 2004 PCO 2005 PCO 2007

% Satisfação – clima organizacional por assunto % Satisfação – benefícios, serviços, eventos e programas

100%

90%

80%

70%

60%

50%

40%

30%

20%

10%

0%

Curtas

Campanha de vacinação contra a gripe

A Unidade Indaiatuba promoveu, em 06/05, a campanha

de vacinação contra a gripe, destinada aos colaboradores

e extensiva aos dependentes. A iniciativa

contou com a co-participação dos colaboradores interessados.

A gripe é uma das doenças respiratórias

que mais acometem o homem, causada pelo vírus

Influenza. A eficácia da vacina varia de 70% a 90%,

algumas pessoas podem contrair a doença, porém

com sintomas geralmente mais fracos, parecidos com

os de um resfriado comum. A vacina não protege

contra resfriados e rinite alérgica, somente contra a

gripe. Saiba abaixo a diferença entre gripe e resfriado.

A gripe é causada somente pelo vírus Influenza e

apresenta sintomas de início súbito e generalizado.

São eles calafrios, dor muscular, dor de garganta, tosse

e febre normalmente alta. Pode levar a complicações

como pneumonia, sinusite, laringite e otite, entre

outras. O resfriado apresenta início progressivo e, na

maioria das vezes, localizado em nariz e garganta; a

febre é ausente ou baixa e a recuperação, rápida.

Vários vírus, como adenovírus e rinovírus, entre outros,

podem provocar o resfriado.

Zuleica Polli – Indaiatuba

82%

83%

79%

70%

84% 82% 82%

Beneficios Serviços Eventos Programas

PCO 2004 PCO 2005 PCO 2007


Inauguração da Associação Beneficente MAHLE

A Associação Beneficente MAHLE foi inaugurada em 23/05, no espaço da Sociedade Antroposófica no Brasil, e contou com a presença

de amigos e organizações parceiras envolvidas no campo do desenvolvimento social.

A Fundação MAHLE existe desde a década de

60, com a linha de atuação antroposófica, e recebe

dividendos por ser controladora do Grupo

MAHLE. Ela aplica esses dividendos na Filderklinik

e em projetos sociais no mundo. Em virtude

do engajamento do Programa MAHLE de

Responsabilidade Social no Brasil, a Fundação

decidiu estender esse investimento a uma entidade

constituída como pessoa jurídica própria,

que terá o objetivo de ampliar sua atuação em

nosso país. Trata-se da Associação Beneficente

MAHLE, uma organização social, com sede em

São Paulo, voltada para apoiar iniciativas de desenvolvimento

sustentável e que pretende realizar

seus investimentos sociais no Brasil por meio

de projetos com os seguintes propósitos:

Apoio à saúde, principalmente dentro de

uma perspectiva da medicina ampliada por

meio:

a) da criação, manutenção ou apoio financeiro

de clínicas e ambulatórios/instituições

com orientação antroposófica;

b) de instituições ativas no campo da pedagogia

social e da pesquisa médica, incluindo

a pesquisa de medicamentos; e

c) de outras medidas para o desenvolvimento

da medicina ampliada no Brasil.

Apoio à educação integral de crianças e jovens;

Apoio à educação básica e formação profissional;

e

Apoio a instituições beneficentes de ciência

e pesquisa, sobretudo por meio de pesquisas

e iniciativas no campo da agricultura

Integrantes da Associação Beneficente MAHLE

biodinâmica e iniciativas e/ou projetos de

pesquisa aplicada.

A inauguração teve dois momentos importantes:

a realização da assembléia de fundação,

que aprovou os estatutos e elegeu a diretoria

e o conselho fiscal, e a apresentação,

a todos os presentes, dos objetivos da associação,

forma de organização, modalidades

de apoio a projetos, proveniência de recursos

e os diretores responsáveis. Compõem

a Diretoria: Presidente – José Theodoro

Alves de Araújo, Tesouraria – José Carlos

Ventri e Secretária – Leda Aschermann. E, o

Conselho Fiscal: Claus Hoppen, Ernst Mahle

e Henner Helmuth Ehringhaus.

No Brasil foi constituído um comitê de apoio

que deve avaliar e apreciar previamente os

requerimentos de propostas/projetos antes

de serem enviados à Fundação MAHLE e

emitir pareceres ao grêmio avaliador de projetos

da Fundação MAHLE, na Alemanha.

O comitê de apoio no Brasil, formado por Dr.

Henner Ehringhaus (Alemanha), Dra. Nise

Yamaguchi, Dr. Ricardo Ghelman e pela Sra.

Ute Craemer (Brasil), tem determinantemente

um papel de estimular as iniciativas sociais

no Brasil. A escolha dessas pessoas

ocorreu pela reconhecida experiência nas referidas

diretrizes de apoio e pela consonância

com os princípios e objetivos da Fundação

MAHLE.

O maior desafio

A consolidação de uma política de apoio social

deve ser amadurecida gradativamente. Além

disso, sustentada pelo interesse de pessoas e

organizações sociais a partir de suas próprias

visões e entendimentos sobre como desenvolver

as melhores alternativas de crescimento local

a partir dos critérios da política de apoio da

Associação MAHLE.

Alguns desafios se apresentam nesse momento:

a) Articular pessoas e organizações, de acordo

com os princípios e objetivos de apoio

estabelecidos;

b) Estabelecer relações de confiança mútua

para o desenvolvimento dos trabalhos;

c) Apoiar as iniciativas sociais que visem inovar

a realidade social;

d) Constituir uma natureza organizacional de

apoio para subsidiar o grêmio avaliativo da

Fundação MAHLE na Alemanha para a tomada

de decisões; e

e) Apoiar iniciativas sem criar vínculos de dependência

financeira.

Entende-se que a cooperação só se institui

quando se reconhecem os interesses e se

estabelece uma relação de confiança para

juntar esforços e mudar o que se deseja.

Para conhecer mais sobre a organização, entre

em contato com Dilson Wrasse, pelo telefone

(11) 5545-0873.

Maria José Martins – São Paulo

Curtas

Campanha de doação de embalagens longa

vida

A Calvi (Casa de Apoio Longa Vida) recebeu 7.395

embalagens longa vida, doadas pelos colaboradores

da MAHLE entre janeiro e abril de 2007.

A Calvi é uma entidade assistencial de Mogi

Guaçu que atua com pessoas portadoras de

câncer. A renda obtida pela Calvi após a reciclagem

das embalagens é utilizada nos projetos

assistenciais desenvolvidos pela instituição.

A MAHLE parabeniza todos os colaboradores e

familiares que têm participado da campanha.

Sandro J. C. Leme – Mogi Guaçu

9


30

Notícias do Grupo MAHLE

Comemoração de Páscoa na “Idade de Ouro”

Em 31/03, 25 voluntários de Itajubá participaram da ação social “Idade de Ouro”, em comemoração à Páscoa, transmitindo alegria,

amizade, diversão, carinho e amor para os 46 idosos assistidos pela Sociedade Beneficente Dr. Geraldo Pinheiro Osório – “Casa dos

Velhinhos”, em Pedralva (MG).

Os voluntários, integrantes do Grupo Corrente

do Bem, trabalharam na decoração

do ambiente e nos preparativos do evento.

Serviram salgados, refrigerantes e bolo

e distribuíram ovos de chocolate para os

idosos. A comemoração contou ainda

com a animação de uma banda formada

por voluntários de Itajubá e Pedralva.

A ação foi coordenada pelas colaboradoras

de Itajubá Jaqueline Oliveira e Elizabeth

Gentile. “Trabalhar voluntariamente é

tomar partido na atual situação do país,

de abandono e miséria, ajudando aqueles

que precisam de apoio. Possibilita conhecer

a realidade, sair do nosso cotidiano e

observar o mundo dos outros”, expressou

a colaboradora Fabiana Renata da Costa

(Produtos de Aço), voluntária há dois

anos.

Cerca de 150 voluntários MAHLE já trabalharam

na instituição, realizando inúmeras

melhorias na estrutura física da “Casa”.

“Desde que os voluntários da MAHLE iniciaram

trabalhos com a instituição, há dois

anos, houve uma transformação, foi uma

força renovadora e as obras tiveram continuidade,

realizamos mais melhorias. O

apoio da MAHLE é fantástico e estamos

muito felizes com essa parceria e solidariedade

dos voluntários, que participam com

a realização de atividades com os idosos e

doações para a nossa ‘Casa’”, disse Jânio

Silva, Presidente da Sociedade Beneficente

Dr. Geraldo Pinheiro Osório.

Jaqueline Oliveira – Itajubá

Campanha de Páscoa na MAHLE

Como já é tradição, o Grupo MAHLE Brasil comemorou a Páscoa em todas as suas unidades.

O colaborador João Jorge da Silva recebeu uma cesta de guloseimas


Colaborador recebe cesta de guloseimas

Foram realizados almoços com cardápios

especiais, em todas as plantas. Os eventos

ainda contaram com a participação dos filhos

dos profissionais, com idade entre e

1 anos. Eles fizeram desenhos sobre a Páscoa,

que enfeitaram os refeitórios.

Os colaboradores também receberam

ovos de chocolate nos horários de saída

de cada um dos três turnos, iniciativa que

agradou os profissionais. “Essa ação da

MAHLE é muito boa, pois nem todos podem

comprar os ovos”, afirmou Elaine Regina

de Aquino, do Restaurante de Itajubá.

Além dos almoços especiais e da entrega

dos ovos, completaram a comemoração

de Páscoa, os sorteios, em cada unidade,

de cinco cestas de guloseimas entre os

colaboradores que trouxeram os desenhos

de seus filhos para a empresa.

O serviço de alimentação do Grupo MAHLE

Brasil agradece a participação de todos.

Marli de Souza – São Bernardo do Campo

Aline Valadão – Itajubá

Projeto Integração

Responsabilidade Social em Itajubá

O grupo de voluntários do Projeto Integração

da MAHLE atua junto aos jovens

do Camp (Círculo de Amigos do

Menino Patrulheiro), de Mogi Guaçu,

com o objetivo de prevenir a marginalização

de nossos jovens e promover o

fortalecimento da auto-estima dos adolescentes

por meio de palestras educativas.

Os voluntários atuam durante 4 horas

semanais, ministrando palestras e desenvolvendo

atividades com os seguintes

temas:

Educação ambiental;

Contaminação e saneamento básico;

Noções de primeiros socorros; e

Prevenção de acidentes.

Sandro J. C. Leme – Mogi Guaçu

Colaboradores de Itajubá continuam empenhados na realização de diversas ações de responsabilidade social. Confira as últimas iniciativas

da planta e dos profissionais.

31


3

Notícias do Grupo MAHLE

Adriano Felix é um doador do banco de sangue

Gotas de Vida

MAHLE nas Escolas

Em abril, foi lançado o mais novo programa

de Responsabilidade Social de Itajubá. A iniciativa

consiste na apresentação de palestras

para adolescentes e crianças em escolas

municipais e estaduais. Os temas escolhidos

para o trabalho são: cidadania, mercado

de trabalho, coleta seletiva, responsabilidade

social, voluntariado e qualidade de

vida, além de depoimentos pessoais, expressando

o dia-a-dia do colaborador dentro

da empresa. Oito colaboradores, dispostos

a doar conhecimento, trabalham os temas.

Gotas de Vida

Como incentivo à doação de sangue para ajudar

a comunidade, foi criado dentro da empresa

um banco de sangue, denominado Gotas de

Vida. O banco começou com 5 colaboradores,

em março de 006, e tem 107 doadores. O RH

recebe os pedidos da comunidade e faz contato

com os doadores cadastrados, que atendem as

solicitações, em um exemplo de solidariedade.

Páscoa solidária no Lar Infantil Primeiro

Passo

Como ocorre em todos os anos, voluntários integrantes

do grupo Corrente do Bem MAHLE

Itajubá uniram-se para fazer da Páscoa das

crianças do orfanato um dia de alegria e festa,

com a distribuição de ovos de chocolate (veja

foto da página 31).

Projeto Santa Casa

Depois de concluídos os trabalhos de recuperação

do jardim interno, o grupo de voluntários

MAHLE recebeu agradecimentos e elogios

dos funcionários e pacientes da Santa

Casa de Itajubá, encantados com o belo jar-

Jardim da Santa Casa de Itajubá, antes da ação dos voluntários da MAHLE

Jardim da Santa Casa após a ação

dim. A repercussão positiva motivou o grupo

a programar mais ações voluntárias na Santa

Casa.

O lixo se transforma em leite

Atendendo ao pedido do orfanato Assevas,

foi realizada uma campanha para arrecadação

de radiografias descartadas.

Foi possível obter um total de 300 kg,

cuja venda gerou recursos para a compra

de 40 litros de leite longa vida.

Pessoas de Brilho

Nesse projeto, no qual colaboradores se reúnem

para realizar ações sociais, profissionais

da Logística – Montagem e da Mini-Fábrica

Produtos de Aço – Segmentos iniciaram

007 com a arrecadação de roupas, alimentos

e leite longa vida, que beneficiaram muitas

famílias carentes. Parabéns aos colaboradores

que prestam auxílio não somente no

Natal, mas em todos os meses do ano.

Jaqueline Oliveira – Itajubá

Curtas

Flashback no Grêmio de Indaiatuba

No dia 21/04, a noite do flashback reuniu colaboradores

e familiares no ADC da Unidade Sinterizados

Indaiatuba. Todos puderam dançar ao

som dos anos 80, com a mixagem do DJ Rogério

de Oliveira, colaborador do setor Nitretação

da planta. Foi uma noite muito animada e

divertida!

Curtas

Voluntários durante a ação Pessoas de Brilho

Voluntários de Indaiatuba vendem pizzas

Em março, os voluntários da planta de Indaiatuba

colaboraram na venda de 170 pizzas para

a entidade Manaem, com o objetivo de angariar

fundos para a instituição. Ao todo, foram vendidas

432 pizzas, o que fez da campanha um

sucesso. A MAHLE agradece a colaboração dos

voluntários!


Atividades do Grêmio de SBC

Confira as atividades recreativas de destaque promovidas pelo ADC MAHLE SBC.

Nova parceria em alimentação

Excursão ao Wet'n Wild

No dia 4/0 , o ADC MAHLE SBC realizou

uma excursão ao parque aquático Wet’n Wild

para os colaboradores da MAHLE associados

ao grêmio e seus acompanhantes.

Torneio de Vôlei de Praia 2007

Outra atividade de destaque organizada pelo

ADC de SBC foi o Torneio de Vôlei de Praia

007, também realizado no dia 4/0 , na praia

de Vila Mirim, em Praia Grande. Foram servidos

churrasco e bebidas à vontade para as

18 duplas que disputaram o torneio. Parabéns

aos vencedores, Alex Ribeiro Longo e

Renato dos Santos Fonseca, e à dupla que

conquistou o segundo lugar, formada por

Claudinei Martins e Joede Lino dos Santos.

Leonardo da Silva Santos – São Bernardo do Campo

Com o objetivo de promover a melhoria contínua dos benefícios dos nossos colaboradores, em maio a MAHLE estabeleceu como

nova parceira a empresa GRSA, que passou a fornecer serviços de alimentação ao Grupo MAHLE Brasil.

A GRSA é líder de mercado em soluções de alimentação

no Brasil, onde está presente há 30

anos, atuando nos segmentos empresariais e

de educação, saúde, varejo e serviços. Seu

portfolio de soluções contempla restaurantes,

cafeterias, lanchonetes e lojas de conveniência,

entre outros estabelecimentos. Atualmente, fornece

mais de 900 mil refeições por dia, em

1.500 unidades operacionais; atende 7.500 leitos

hospitalares, além de registrar a marca de 1

milhão de atendimentos no varejo por mês. A

empresa também é certificada com o ISO 9001

Colaboradores de SBC participaram de um animado torneio de vôlei de praia

e o ISO 14001, o que confirma seu compromisso

com a qualidade dos serviços prestados e

com o meio ambiente.

No mundo, a GRSA atende a MAHLE desde

1994, por meio do seu acionista Compass

Group. São oito unidades da empresa, em quatro

países (Suíça, França, Alemanha e EUA),

que utilizam os serviços de alimentação e vending

machine. E agora a MAHLE também poderá

contar com o expertise da GRSA no Brasil.

“Acredito que o relacionamento entre a GRSA e

MAHLE é a grande campeã do Torneio 1º de Maio

A Unidade Limeira foi a campeã da 61ª edição do Torneio de Futebol 1º de Maio ao vencer a equipe da TRW. A planta disputa o torneio,

organizado pela prefeitura e um dos mais tradicionais entre as comemorações do Dia do Trabalho na cidade, desde 1999.

Aproximadamente 0 mil torcedores e simpatizantes

acompanharam a competição,

incentivando as 54 equipes participantes.

A equipe da MAHLE foi formada por Alexandre

Caldeira dos Santos, Wildon Bezerra

Ramos, Valter Gabriel, Daniel Deniz,

Flávio Donizete Poloni, Wilton Bezerra Ramos,

Cleberson de Oliveira Dias, Edimárcio

Alves dos Santos, José Cláudio Batelli,

Ronaldo Leme de Oliveira, Paulo César da

a MAHLE irá perdurar por muitos anos, principalmente

porque temos muitos valores parecidos,

como zelar pelo bem-estar e qualidade de

vida das pessoas e também pelo compromisso

com o meio ambiente, além da busca incessante

por melhorias”, diz Paulo Stillner, diretor Regional

de Vendas da GRSA. “Temos certeza de

que iremos agregar ainda mais valor ao relacionamento

da MAHLE com os seus colaboradores”,

finaliza.

Maria José Martins – São Paulo

Silva, Jailson Vieira Costa, Cláudio Menezes

Borges, Diego Marques de Brito, Messias

Aparecido da Silva e Kleber Eduardo

Moreira.

Os colaboradores Antônio Caldeira Brandis,

Clayton Moisés dos Santos e Edson Joaquim

do Prado formaram a equipe técnica.

Parabéns aos atletas pela vitória!

Julianna de Freitas – Limeira

33


34

Notícias do Grupo MAHLE

Viva e Deixe Viver em Mogi Guaçu

A voluntária do Viva e Deixe Viver Cristiane Marceli Cruz

Os voluntários do Viva e Deixe Viver de

Mogi Guaçu continuam em intensa atividade.

Saiba mais!

O time de contadores de histórias de Mogi

Guaçu, composto por dez voluntários,

atua semanalmente na Santa Casa de Misericórdia,

a fim de tornar a internação

hospitalar das crianças alegre e agradável,

o que contribui positivamente para a recuperação

e o bem-estar dos pacientes.

A colaboradora Cristiane Marceli Cruz comenta

um pouco de sua experiência como

integrante do grupo: “é simplesmente indescritível

a sensação de poder levar algo de

bom às crianças internadas. Principalmente

a leitura, que hoje está tão esquecida. E o

melhor de tudo é poder ver o quanto elas

estão realmente interessadas em ouvir as

histórias e ler os livros”.

Sandro J. C. Leme – Mogi Guaçu

“O Sol Nasceu Para Todos” nas unidades da MAHLE

O projeto de responsabilidade social “O Sol Nasceu Para Todos”, cujo lançamento oficial foi detalhado na edição passada da Revista

MAHLE global, foi apresentado nas plantas e comunidades de Indaiatuba, Itajubá, Mogi Guaçu, São Bernardo do Campo e São

Paulo, em março e abril.

Projeto incluiu oficinas de arte com professores da rede pública de ensino, ministradas por Mara Santa Fé (terceira da esquerda para a direita, à frente, com professores de Mogi)


“O Sol Nasceu Para Todos”, parte integrante do

Programa MAHLE de Responsabilidade Social,

é um projeto que visa contribuir para a formação

dos jovens por meio da cultura. A iniciativa

abrange a apresentação de uma peça de teatro

que se utiliza do exemplo de vida da pintora modernista

Tarsila do Amaral para reforçar a autoestima

dos adolescentes, exposição de obras

da artista e oficinas de arte, tanto para os colaboradores

da MAHLE quanto para as comunidades

onde as plantas estão inseridas. O projeto

contou com o apoio da escritora Patrícia

Secco e de Tarsilinha do Amaral, sobrinhaneta

da artista, que também foram autoras da

peça. “Esse projeto é de extrema importância

para fazer com que os adolescentes acreditem

em seu potencial”, comenta Patrícia, responsável

pelo projeto.

Em um total de 5 apresentações, realizadas

nos meses de março e abril, foi possível atingir

um público de aproximadamente 9.300 pessoas,

entre colaboradores da MAHLE, familiares e

convidados e comunidade – principalmente estudantes

e professores de escolas públicas. A

repercussão foi muito positiva entre ambos os

públicos: “foi uma grande satisfação superar as

expectativas de nossos colaboradores. O nosso

envolvimento com o projeto valeu a pena, como

também oferecer à nossa comunidade um momento

cultural diferenciado. O incentivo à autoestima

é algo muito importante e valioso para a

qualidade de vida”, comentaram Daniela Gonçalves

e Maria Vieira, Assistentes Sociais do

Complexo Mogi Guaçu da MAHLE. “A peça foi

muito legal, mostrando que temos que acreditar

mais em nós mesmos e não nos importarmos

com o que as pessoas pensam”, afirmou, por

sua vez, Henrique Verraci Ferreira de Souza, 1 ,

filho dos colaboradores Sílvia Aparecida Ferreira,

da Fundição, e Paulo Fernando Melo, de Produtos

de Aço, ambos da Unidade Itajubá. “Foi uma

iniciativa fantástica, pois muitos colaboradores

têm filhos adolescentes, e a peça nos ajuda a li-

dar com os problemas próprios da idade, relacionados

à auto-estima”, acrescentou Sílvia, que

acompanhou o filho no espetáculo. A estudante

Ana Luiza Sene Brito, aluna da E.E. João XXIII,

também de Itajubá, elogiou muito a iniciativa: “a

peça foi muito divertida, não foi aquela coisa

chata. É uma maneira muito legal de incentivar a

gente a fazer o que realmente gosta. A iniciativa

do projeto foi maravilhosa. Se todas as empresas

fizessem como a MAHLE, seria ótimo”.

Exposição e oficina

As unidades da MAHLE também sediaram uma

exposição de obras originais de Tarsila do Amaral,

que incluiu informações sobre a trajetória da

pintora e os projetos sociais da MAHLE. Em Indaiatuba

e Mogi Guaçu, a exposição contou

com a presença da sobrinha-neta da artista. E,

além disso, foram realizadas oficinas de arte

para os professores da rede pública de ensino

de Itajubá, Limeira, Mogi Guaçu, São Bernardo

do Campo e São Paulo, ministradas pela pro-

fessora de história da arte e coordenadora das

oficinas do projeto, Mara Santa Fé. De acordo

com Mara, a oficina de artes teve o propósito

de levar aos professores um pouco de conhecimento

sobre história da arte no Brasil e na

Europa, na época em que Tarsila do Amaral viveu.

Além disso, a iniciativa visou, a partir do

conteúdo da peça teatral, desenvolver atividades

de desenho e pintura. “A valorização do

professor e a possibilidade de uma formação

continuada, por meio de cursos de capacitação,

oficinas e grupos de estudo, é de extrema

importância para o desenvolvimento desses

profissionais”, comenta a educadora, sobre o

trabalho. Em agosto, a peça será apresentada

na Unidade Limeira.

Aline Valadão – Itajubá

Marta de Oliveira – São Bernardo do Campo

Maria Vieira, Daniela Gonçalves e Priscila Pravato –

Mogi Guaçu

Zuleica Polli – Indaiatuba

Oficina de arte com professores da rede pública de ensino de Mogi

35


36

Um integrante da família

MAHLE

PAIXÃO PELA PINTURA

Além de um colaborador dedicado da Unidade Indaiatuba da MAHLE, Osmar de Jesus Moltalti é, nas horas vagas, um pintor apaixonado

pela sua arte e pela beleza das paisagens que retrata.

Osmar de Jesus Moltalti, 44 anos completados

em 1 de março, trabalha há cerca

de 9 anos na MAHLE, empresa na qual ingressou

em 1998. Casado e pai de dois filhos

– um menino de 13 e uma menina de

6 –, Osmar é colaborador da Unidade Sinterizados

Indaiatuba.

Paralelamente à função de operador de

máquina da Usinagem, com a atribuição

de fazer a inspeção visual de bancada,

Osmar cultiva, nas horas vagas, um hábito

muito prazeroso: a pintura.

Mais que um hobby, a pintura é uma das

paixões de Osmar. "Quando estou inspirado,

viro a madrugada pintando e nem percebo

– passam-se horas e horas; é impressionante!"

A paixão começou na infância, com o desenho:

"sou daquele tempo em que a professora

passava os desenhos no mimeógrafo.

Eu preferia os mais fraquinhos (mais

apagados), para desenhar por cima", relembra

Osmar. Apesar de o gosto pelo desenho

datar da infância, a chance de iniciar

na pintura só veio mais tarde. Osmar,

já adulto, fazia supletivo, quando a professora

de História Bete Bicudo, bem impressionada

com os desenhos que ilustravam

os trabalhos de Osmar para a matéria, o

inscreveu em um concurso de pintura e o

presenteou com o material. "Eu não tinha

dinheiro nem para comprar uma tela!", comenta.

Ele conquistou o terceiro lugar e a

confiança para seguir adiante na pintura.

De lá para cá, perdeu a conta de quantos

quadros pintou. Autodidata, desenvolveu sua

técnica praticando. "Eu tenho em mim que,

se há um professor, perde-se a autoria. Eu

quero que a própria arte me ensine. Gosto

de desafios", resume Osmar. E vai além: "eu

acredito que todo ser humano é um diamante

bruto – falta ser lapidado".

Temas

Dentre os temas escolhidos, desponta outra

paixão: a natureza e os animais. Osmar gosta

de retratar paisagens, tanto reproduzidas

de fotografias – como o quadro que fez de

um tigre e seu filhote, a partir de uma foto em

uma revista – como observadas diretamente

no contato com a realidade. E, dos cenários

retratados em seus quadros, ele tem um carinho

especial pela paisagem de sua cidade:

"tenho orgulho de dizer que sou filho de Indaiatuba.

Gosto de reproduzir a natureza,

principalmente do meu bairro". Tal predileção

dá às obras de Osmar uma importante conotação

de registro histórico. "Muito da natureza

que está nos meus quadros não existe

mais."

Influências

Sobre as influências, o colaborador é bastante

objetivo: "eu gosto mesmo é dos

anônimos, porque eles são como eu". E os

estilos favoritos? Além de artistas contemporâneos,

Osmar admira os renascentistas

e seus motivos religiosos. "Deus está no

centro de tudo."

Sem preço

Mesmo com tempo e dedicação empenhados,

a arte de Osmar não está à venda.

Ele prefere não comercializar os quadros,

pois, para ele, a satisfação de ouvir um

elogio não tem preço.

Respeito

Osmar também destaca a importância do

incentivo dos amigos. "Os amigos têm

uma contribuição muito grande nesse trabalho,

porque, quando você divulga a sua

arte, eles te olham diferente. Isso te dá

respeito, admiração, faz você sentir que é

único."

Além dos amigos e colegas, ele também

faz questão de ressaltar o apoio e o estímulo

dos líderes da MAHLE – como o do

chefe da produção da Unidade Sinterizados

Indaiatuba Humberto Vicentini Neto (à

esquerda, na segunda foto) – e o respeito

e a dignidade com os quais a empresa trata

os seus colaboradores.

Otavio Mazza – São Paulo

Zuleica Polli – Indaiatuba

More magazines by this user
Similar magazines