Hora do Mate_Bioquimica

bianca.santana

Hora do Mate_Bioquimica

RESPIRAÇÃO CELULAR

Profº Fernando Manoel


Hora do Mate


Hora do Mate

www.facebook.com/ahoradomate

www.facebook.com/professorteixeira

www.twitter.com/@biovestiba

www.biovestiba.net


SERES AUTÓTROFOS

� São capazes de produzir seu próprio

“alimento”, através do processo da

FOTOSSÍNTESE ou QUIMIOSSÍNTESE.

Hora do Mate


SERES HETERÓTROFOS

� NÃO produzem seu próprio alimento

e precisam se alimentar de outros seres

vivos para obter energia.

Hora do Mate


Hora do Mate

CATABOLISMO

� Metabolismo Destrutivo � ocorre a

quebra de substâncias complexas em

substâncias mais simples.


Hora do Mate

ANABOLISMO

� Metabolismo Construtivo � ocorre a

construção de moléculas a partir de outras,

acarretando o crescimento, regeneração e

manutenção de tecidos e órgãos;

� Ex.: síntese protéica


Hora do Mate


Hora do Mate

ATP

� ATP = Adenosina tri-fosfato;

� Essa molécula é formada pela união de uma

adenina e uma ribose aderida a três radicais

fosfato.


Aceptores intermediários de H

Hora do Mate

NAD e FAD

São aceptores intermediários de hidrogênio,

ligando-se a prótons H+ “produzidos” durante as

etapas da respiração e cedendo-os para o

oxigênio, que é o aceptor final de hidrogênios.


Hora do Mate

PROCESSOS DE

LIBERAÇÃO DE ENERGIA

� Aeróbios: ocorre com a participação do

oxigênio � aceptor final de elétrons e

hidrogênios.

� Anaeróbios (fermentação): acontece sem a

utilização de oxigênio. Os aceptores finais

dependem do tipo de fermentação.


Hora do Mate

RESPIRAÇÃO

ANAERÓBIA

(Fermentação)


Hora do Mate

FERMENTAÇÃO

� Ocorre uma degradação incompleta de

substancias orgânicas com liberação de energia;

� Realizada principalmente por fungos e

bactérias;

� Os tipos de fermentação variam de acordo com

o produto final.


Fermentação Alcoólica

� Produtos:

o 2 ATP;

o 2 CO 2;

o 2 Etanol.

� Utilização: bebidas alcoólicas, pães, bolos

Hora do Mate


Hora do Mate


Glicose

NADH 2

ATP

ATP

NADH2 Hora do Mate

Piruvato

Piruvato


Glicose

NADH 2

ATP

ATP

NADH2 Hora do Mate

Piruvato

Piruvato

CO2 CO2 Aldeído

Acético

Aldeído

Acético

NADH 2 NAD

NADH 2 NAD

Etanol

Etanol


Glicose

NADH 2

ATP

ATP

NADH2 Hora do Mate

Piruvato

Piruvato

CO2 CO2 Aldeído

Acético

Aldeído

Acético

NADH 2 NAD

NADH 2 NAD

Etanol

Etanol


Fermentação Láctica

� Produtos:

o 2 ATP;

o 2 Ácido Lático.

� Utilização: iogurtes, queijos, esforço físico

Hora do Mate


Hora do Mate


Glicose

NADH 2

ATP

ATP

NADH2 Hora do Mate

Piruvato

Piruvato

NADH 2 NAD

NADH 2 NAD

Ácido

Lático

Ácido

Lático


Glicose

NADH 2

ATP

ATP

NADH2 Hora do Mate

Piruvato

Piruvato

NADH 2 NAD

NADH 2 NAD

Ácido

Lático

Ácido

Lático


Hora do Mate

RESPIRAÇÃO

AERÓBIA


Hora do Mate

GLICÓLISE

Citoplasma

CICLO DE KREBS

Matriz

CADEIA RESPIRATÓRIA

Cristas


Hora do Mate


Glicose

NADH 2

ATP

ATP

NADH2 Hora do Mate

Piruvato

Piruvato

CK CR

CK CR


Piruvato

Piruvato

Hora do Mate

NADH 2

CO 2

NADH 2

CO 2

Acetil

CoA

Acetil

CoA

CK

3 NADH 2

2 CO 2

1 FADH 2

1 GTP (ATP)

CK

3 NADH 2

2 CO 2

1 FADH 2

1 GTP (ATP)


CK

CK

Hora do Mate

CR

NADH 2

FADH 2 NADH 2 = 3 ATP

FADH 2 = 2 ATP

NADH 2

FADH 2

CR


Hora do Mate


Aeróbia, aeróbia glicólise krebs.

Cadeia respiratória produz ATP

Glicólise, glicólise quebra em piruvato.

Consome dois ATPs, mas libera quatro.

E o Krebs, e o Krebs produz CO2.

Também o ATP (NAD e FAD)H2

Cadeia respiratória transporta os elétrons

Um NADH2 gera três ATPs,

Já o FADH2 gera dois ATPs

O saldo é 38, 38 ATPs

Hora do Mate


DÚVIDAS??

Hora do Mate

Profº Fernando Manoel

fernando@biovestiba.net

www.biovestiba.net

Similar magazines