A Articulação Soja Holanda

commodityplatform.org
  • No tags were found...

A Articulação Soja Holanda

O que você pode fazer?Quais os problemas?Nos últimos anos, a soja se tornouum dos mais importantes produtosagrícolas mundiais. Sendo rica emproteínas, é utilizada na Europaprincipalmente na produção de raçãoanimal. A Holanda é – depois da China– o maior importador de soja do mundoe um ator importante no mercadomundial como grande processador.Na América do Sul tornou-se umadas principais causas de destruiçãoda natureza, pois grandes áreas deflorestas tropicais e do Cerrado sãoderrubadas para dar lugar ao cultivo.Sua expansão é acompanhada deconflitos pela terra, violação de direitostrabalhistas, poluição ambiental, erosãodo solo, problemas de saúde, perda dasegurança alimentar local e de postosde trabalho.A pecuária intensiva na Holanda fazuso em grande escala da soja produzidana América do Sul. Cerca de noventa porcento da soja importada é transformadaem ração animal. Principalmente oscriadores de aves, suínos e gado decorte se aproveitam do baixo preço. Porestas razões, enquanto a Holanda éobrigada a lidar com o grave problemado excesso de produção de esterco, naAmérica do Sul os nutrientes extraídossão repostos com enormes quantidadesde adubos químicos poluidores.Simultaneamente, a importação a baixospreços prejudica a produção de raçãoanimal sustentável na Holanda e naEuropa, por não conseguirmos produzira um preço competitivo.• perdem-se, anualmente, 1,5 a 2milhões de hectares de florestatropical e cerrado para o cultivoda soja (metade da área daHolanda);• pequenos agricultores ecomunidades locais são expulsosde suas terras para dar lugar aocultivo em grande escala;• o cultivo gera poucos empregos.Simultaneamente, as condiçõesde trabalho em algumas áreas deprodução são abomináveis;• a soja é produzida para exportaçãoe não contribui com a produção dealimentos para o mercado local;• noventa por cento de toda sojaproduzida é utilizada pararação animal. Com isso, ela éuma importante propulsora dapecuária intensiva, um setorque gera graves problemasde poluição e sofrimento aosanimais, contribuindo para umadistribuição injusta de alimentos;• o uso de sementes geneticamentemanipuladas tem aumentadogradativamente. Além do fatodesta ainda ser uma tecnologiade efeitos imprevisíveis, seu uso jáprovoca um aumento no uso deadubos químicos e agrotóxicos.As conseqüências são, entreoutros, erosão, poluição da água eproblemas de saúde.ConsumidoresCom campanhas públicas, a ArticulaçãoSoja chama a atençãodosconsumidores para os efeitosnegativos – muitas vezes desconhecidos– do cultivo e da expansão dasoja, destacando principalmenteos seguintes pontos:• a relação que há entreo consumo (de carne)na Holanda e a deterioraçãoda situação socioeconômica eambiental nos países produtores.Reduzindo o consumo econsumindo de maneira maisconsciente (por exemplo, carneorgânica) todos podem dar suacontribuição;• pela adoção de critérios para acompra de soja, importadores eprocessadores podem estimularuma produção de soja maisresponsável. Os consumidorespodem, junto com as organizaçõesda Articulação Soja Holanda, exercerpressão sobre estas empresas;• ao solicitar informações sobre aorigem da soja no supermercadoou nas empresas, por exemplo, osconsumidores podem pressionarpara que o empreendedorismo comresponsabilidade social seja levado asério.EmpresasAs empresas também têm responsabilidadesem relação à problemáticada soja. Uma ampla articulação deorganizações não-governamentaisbrasileiras elaborou critériosmínimos, sociais e ambientais,para a produção. Os requisitosmínimos representam, para os integrantesda Articulação Soja, a base para odiálogo com empresas, multinacionaise bancos com sede na Holanda.Os requisitos mínimos que foramestabelecidos são:• a soja é produzida com observânciada legislação local relativa àpropriedade da terra, aos direitostrabalhistas, ao meio ambiente e àliberdade de organização;• a produção e o transporte de soja nãocausam impacto negativo em áreasde grande importância ecológica, taiscomo as florestas tropicais, o Cerradoe o Pantanal;• a produção de soja atende osrequisitos ambientais internacionais enacionais relativos a uso e gestão deágua e solo;• a soja é produzida em propriedadescuja área máxima é limitada (tendoem vista a proteção da biodiversidadee dos agricultores locais e para evitara erosão);• a soja não pode ser oriunda de áreasque foram desmatadas após umadeterminada data, a ser fixada, a fimde evitar o avanço do desmatamento;• os agricultores familiares devem teracesso ao mercado;• a soja não é geneticamentemodificada.GovernoO papel das autoridades nacionais nasustentabilidade da cadeia produtivade soja é de importância crucial.Eles devem elaborar instrumentosnormativos que obriguem as empresasa adotar medidas concretas. Osinovadores devem ser recompensadose a resistência às mudanças deve serdesencorajada. O setor empresarialtambém se beneficiará de normas clarasque se apliquem a todas as empresas.Nada de dois pesos e duas medidas!Somente as autoridades podem garantirisso. Neste âmbito, a Articulação SojaHolanda estimula o desenvolvimentodestes instrumentos.

More magazines by this user
Similar magazines