13.04.2013 Views

Programa Mãe Coruja Pernambucana - BVS Ministério da Saúde

Programa Mãe Coruja Pernambucana - BVS Ministério da Saúde

Programa Mãe Coruja Pernambucana - BVS Ministério da Saúde

SHOW MORE
SHOW LESS

Create successful ePaper yourself

Turn your PDF publications into a flip-book with our unique Google optimized e-Paper software.

Programa

Mãe Coruja

Pernambucana

É o Estado de Pernambuco cuidando das

Mulheres e Crianças


Caracterização do Estado de Pernambuco

PETROLINA

Informações Gerais:

Área: 98.938.000 Km2 Número de Municípios: 184 e Território Fernando de Noronha

Capital: Recife

População: 8.590.845 Hab (IBGE 2007)

Densidade Demográfica: 80,22 hab/Km2 Gentílico: Pernambucano

Clima: Tropical

Atividades Econômicas:

GARANHUNS

LIMOEIRO

PALMARES

Localização: Centro Leste da Região Nordeste do Brasil

Organização Política: 12 Regiões de Desenvolvimento

Organização da Saúde: 11 Regionais de Saúde

IDH: 0,705 (18° no ranking dos estados brasileiros)


A Coruja

Relação com imaginário coletivo, tem forte poder nas

práticas da sociedade;

Mãe Coruja : na cultura popular diz respeito às mães

que cuidam e se orgulham de seus filhos ( Monteiro

Lobato, La Fontaine );

Símbolo clássico da Filosofia, pois tem a capacidade

de se movimentar em 360º, olhar em todos os

ângulos. Une as partes e compreende o todo. Tem

Intuição e Sabedoria;

Capacidade de ampliar seu campo de visão;

Na tradição Guarani, o Grande Espírito manifestou-se

em forma de colibri e de uma coruja.


OBJETIVOS DO PROGRAMA

Cuidar de forma ampla da mulher no ciclo

gravídico puerperal e de seus filhos


OBJETIVOS DO PROGRAMA

Fortalecer vínculos afetivos

Promover uma gestação

saudável


OBJETIVOS DO PROGRAMA

Garantir às

crianças nascidas

em território

pernambucano o

direito a um

nascimento e

desenvolvimento

saudável e

harmonioso.


POPULAÇÃO USUÁRIA

Mulheres gestantes, usuárias do sistema único de saúde e

residentes no estado de Pernambuco;

Crianças de 0 a 5 anos, filhos (as) das mulheres atendidas

pelo programa.


Justificativa

• 3.263 ÓBITOS em menores de 1 ano (2005)

• COEFICIENTE DE MORTALIDADE NEONATAL DO ESTADO

⇒ 12,6 por mil NV em 2005

• COEFICIENTE DE MORTALIDADE PÓS-NEONATAL DO ESTADO

COEFICIENTE DE

MORTALIDADE INFANTIL DO

ESTADO

Fonte: SIM / SES-PE

⇒ 7,9 por mil NV em 2005

21,5 por mil NV em

2005


Justificativa

• 23,9% de mães ADOLESCENTES ⇒ 36.288 NV (2005)

• 3,4% de mães sem consulta de PRÉ-NATAL ⇒ 5.247 NV (2005)

• 10,9% de mães com 1 a 3 consultas de PRÉ-NATAL ⇒ 16.637 NV (2005)

• 0,9% de PARTOS DOMICILIARES ⇒ 1.423 NV (2005)

• 7,5% de RN com BAIXO PESO AO NASCER ⇒ 11.473 NV (2005)

Entre 2002 e 2004 tivemos 344 óbitos maternos e 456.632 NV

RAZÃO DE MORTALIDADE

MATERNA do Estado

Causas evitáveis = 65,4%

Fonte: Sinasc / SES-PE, Sistema de Vigilância da Mortalidade

Materna / SES-PE

75,3 óbitos maternos

por cem mil NV

Caso estes óbitos não

tivessem ocorrido, a RMM do

Estado, no período, seria de

26,1 por cem mil NV


Fonte: SIM / SES-PE / 2006

Coeficiente de Mortalidade Infantil

2.699 óbitos em menores de 1 ano em 2006

CMI do Estado ⇒ 18,5 por mil NV

27,26

25,19

20,14

OBS: II, VI, VII, IX Geres com provável

sub-captação de óbitos pelo SIM ⇒ CMG

< 6,0 por mil hab.

24,55

20,63

28,07

21,26

19,19

PERNAMBUCO

16,77

18,52

15,07

CMI

IX Geres

= 1,85

I Geres


CHÃ GRANDE

11,83

Nº ESF, MATERNIDADE , IDH E CMI - I GERES

POMBOS

12,20

VITORIA

ST.ANTAO

14,29

ARAÇOIABA

28,57

ABREU E LIMA

11,99

S. LOURENCO

MORENO

19,31

6

IPOJUCA

ITAPISSUMA

ITAMARACA

4,99

8,96

1

12,13

IGARASSU

CAMARAGIBE

12,70

CABO

14,22

GOIANA

18,23

"

RECIFE

16,61

JABOATAO DOS

GUARARAPES

16,59

14,99

14,25

PAULISTA

12,59

OLINDA

18,85

PSF

FERNANDO

DE NORONHA

0,00

MATERNIDADE PRIVADA

MATERNIDADE PÚLICA ESTADUAL

Aldeias Indígenas

MATERNIDADE PÚBLICA MUNICIPAL

MATERNIDADE FILANTROPICA


VERTENTE

DO LERIO

13,16

SURUBIM

22,62

Nº ESF, MATERNIDADE, IDH E CMI - II GERES

CASINHAS

1

10,60

9

CUMARU

50,00

MACAPARANA

S.VICENTE

OROBO

BOM JARDIM

JOAO ALFREDO

3

2,94

31,75

24,32

MACHADOS

1

1

LIMOEIRO

SALGADINHO

CAMUTANGA

FEIRA

NOVA

TIMBAUBA

VICENCIA

BUENOS

AIRES

CARPINA

PASSIRA GLORIA

DO GOITA

6

23,85 17,39

21,37

49,50

20,99

23,58

16,11

17,96

20,24

3

FERREIROS

23,32

14,57

LAGOA

DO CARRO

19,40

19,18

17,32

13,30

ALIANCA

NAZARE

DA MATA

LAGOA DO

ITAENGA

30,57

10

28,29

19,31

CHA DE

ALEGRIA

5,15

ITAMBE

TRACUNHAEM

PAUDALHO

17,34

12,82

16,27

CONDADO

15,83

ITAQUITINGA

22,58

PSF

MATERNIDADE PRIVADA

MATERNIDADE PÚLICA ESTADUAL

Aldeias Indígenas

MATERNIDADE PÚBLICA MUNICIPAL

MATERNIDADE FILANTROPICA


LAGOA DOS

GATOS

33,46

4

SÃO BENEDITO

DO SUL

QUIPAPÁ

15,8

45,65

8

1

Nº ESF, MATERNIDADE , IDH E CMI - III GERES

1

BELÉM DE

MARIA

17,14

10

MARAIAL

30,77

1

CORTÊS

26,52

JOAQUIM

NABUCO

33,03

1 PALMARES

CATENDE

39,10

JAQUEIRA

21,43

15

27,73

4

2

1

7

1

XÉXEU

34,78

5

1

5

1

1

AMARAJI

35,46

4

ÁGUA PRETA

20,00

PRIMAVERA

13,95

RIBEIRÃO

24,13

GAMELEIRA

15,2

7

ESCADA

18,6

SIRINHÁEM

19,07

1

RIO FORMOSO

32,14

TAMANDARÉ

19,18

BARREIROS

21,1

PSF

SÃO JOSÉ

DA COROA GRANDE

12,6

MATERNIDADE PRIVADA

MATERNIDADE PÚLICA ESTADUAL

Aldeias Indígenas

MATERNIDADE PÚBLICA MUNICIPAL

MATERNIDADE FILANTRÓPICA


ALAGOINHA

19,23

Nº ESF, MATERNIDADE, IDH E CMI - IV GERES

POCAO

22,90

PESQUEIRA

17,39

STA CRUZ

DO CAPIBARIBE

4

22,54 TAQUARITINGA

DO NORTE 1

15,15 VERTENTES

28,13

SANTA MARIA

DE CAMBUCA

22,94

FREI

MIGUELINHO

BREJO DA

15,15

JATAUBA

MADRE DE TORITAMA RIACHO

6 25,72 DEUS

21,25 DAS ALMAS

10,24

1

12,50 CARUARU

#

18,21

GRAVATA

BELO

BEZERROS 16,10

JARDIM $$$ SAO

15,81 6

28,66 1

5

CAETANO

1

8 1

26,69

1

5

4 SAIRE

CAMOCIM

SAO FELIX

SANHARO TACAIMBO

8

1 27,03

44,67

28,49

41,28 1 AGRESTINA

31,09

BARRA DE

SAO J

GUABIRABA

CACHOEIRINHA

DO MONTE

ALTINHO 6

9

23,15

17,47

23,95

SAO BENTO

18,32 1

1

DO UNA

20,29

1

2

1

4

CUPIRA

BONITO

25,74

IBIRAJUBA

41,32

4

PANELAS

1 27,75

14,01

PSF

JUREMA

39,22

MATERNIDADE PRIVADA

MATERNIDADE PÚLICA ESTADUAL

Aldeias Indígenas

MATERNIDADE PÚBLICA MUNICIPAL

MATERNIDADE FILANTROPICA


Nº ESF, MATERNIDADE E CMI - V GERES

1

8

ITAIBA

17,45

Fonte: DATASUS / MS – 03/2009

2

CAPOEIRAS

21,15

7

5 1

CAETES

JUPI

LAJEDO

23,12

2

20,41

1

3

1

JUCATI 1

CALCADO

30,57 31,80

38,46

8 1

SAO

1

CANHOTINHO

JOAO ANGELIM

PARANATAMA

1 8 25,84

35,71

28,25

7,60

4 1 GARANHUNS

4 1

8

23,12 1

2

1

1 SALOA

AGUAS

1

3 1

50,00

4 PALMEIRINHA

29

BELAS

5

3 BREJAO

4 52,63

1

25,37

IATI

TEREZINHA 28,34

5 1

27,99 LAGOA

32,97

DO OURO CORRENTES

24,05

1

16,78

1

BOM CONSELHO 5 1

8

30,12

6

4

PSF

MATERNIDADE PRIVADA

MATERNIDADE PÚLICA ESTADUAL

MATERNIDADE PÚBLICA MUNICIPAL

MATERNIDADE FILANTROPICA


PETROLANDIA

1

1

5

JATOBÁ

3

1

Nº ESF E MATERNIDADE - VI GERES

1

3

TACARATU

5

1

INAJA

CUSTODIA

10

1

1

10

IBIMIRIM

1

4

MANARI

1

1

SERTANIA

2

TUPANATINGA

1

1

7

5

2

10

BUIQUE

1

1

17

ARCOVERDE

9

1

6

PSF

VENTUROSA

PEDRA

1

MATERNIDADE PRIVADA

MATERNIDADE PÚLICA ESTADUAL

Aldeias Indígenas

MATERNIDADE PÚBLICA MUNICIPAL

Comunidades

Quilombolas

MATERNIDADE FILANTROPICA


PETROLANDIA

14,97

JATOBÁ

37,04

TAXA DE MORTALIDADE INFANTIL

TACARATU

37,57

INAJA

40,43

CUSTODIA

16,61

VI GERES

IBIMIRIM

22,33

MANARI

58,70

SERTANIA

31,63

TUPANATINGA

34,14

BUIQUE

27,69

ARCOVERDE

33,86

VENTUROSA

18,13

PEDRA

38,38

FONTE: SIM/UNIEPI/GGVS/SES-PE/2005 (por 1.000 nasc. vivos)


Nº ESF, MATERNIDADE, IDH E CMI - VIII GERES

AFRÂNIO

26,25

1

4

3

1

DORMENTES

28,94

PETROLINA

25,70

44

6

2

1

LAGOA

GRANDE

27,20

4

STA. MARIA DA

BOA VISTA

20,75

6

1

1

OROCÓ

41,94

PSF

3

6

CABROBÓ

32,30

MATERNIDADE PÚLICA ESTADUAL

Aldeias Indígenas

1

MATERNIDADE PRIVADA

MATERNIDADE PÚBLICA MUNICIPAL

MATERNIDADE FILANTROPICA


27,87

SANTA

FILOMENA

Nº ESF E MATERNIDADE E CMI - IX GERES

9

1

2

IPUBI

30,00 10

EXU

34,09

1

35,08

ARARIPINA

2

28,72

8

TRINDADE

34,18 1

10

"

1

BODOCÓ

31,00

7

3

GRANITO

28,03

1

1

2

3

1

OURICURI

27,36

17

1 1

4

STA. CRUZ

43,61

PARNAMIRIM

31,53

7

1

MOREILÂNDIA

PSF

MATERNIDADE PRIVADA

MATERNIDADE PÚLICA ESTADUAL

Aldeias Indígenas

MATERNIDADE PÚBLICA MUNICIPAL

MATERNIDADE FILANTROPICA


X GERES

Coeficiente de Mortalidade Infantil por município, 2005

QUIXABA

18,02

SOLIDAO

7

CARNAIBA

27,96

AFOGADOS DA

INGAZEIRA

29,37

SANTA TERESINHA

TABIRA

INGAZEIRA

IGUARACI

Fonte: DATASUS/MS ‐06/2009.

Fonte: MS/SVS/DASIS‐ Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos – SINASC/2005

Fonte: MS/SVS/DASIS‐ Sistema de Informação de Mortalidade‐ SIM/2005

2

35,40 23,92

1

1

15,20

1

4

13,36

5,7

BREJINHO

0,00

4

1

SAO JOSE DO EGITO

24,28

TUPARETAMA

19,45

ITAPETIM

31,17

Municípios com CMI acima de 25/1000 NV


Nº ESF, MATERNIDADE, IDH E CMI - XI GERES

SANTA CRUZ

33,98

5

DA BAIXA VERDE

4

SAO JOSE

DO BELMONTE

19,90

1

1

11

4 1

1 1 TRIUNFO

1

24,10

CALUMBI

13,07

4

1

#

1

SERRA TALHADA

1

28,88

7

4

CARNAUBEIRAS

DA PENHA

17,05

ITACURUBA

20,20

1

1

2

1

1

FLORESTA

#

31,50

1

BETANIA

55,34

1

4

FLORES

27,50

PSF

MATERNIDADE PRIVADA

MATERNIDADE PÚLICA ESTADUAL

Aldeias Indígenas

MATERNIDADE PÚBLICA MUNICIPAL

MATERNIDADE FILANTROPICA


Mulher

Saúde

Juventude

e Emprego

Articulação Intersetorial

Saúde

Educação

Planejamento/

Gestão

Educação

Desenvolvimento e

Assistência Social

Agricultura

Desenvolvimento

Social e Direitos

Humanos


Determinantes da Mortalidade Infantil

Determinantes

distais distais

Determinantes

intermediários

Determinantes

proximais

Óbito Infantil

Fatores Socioeconômicos

Escolaridade Escolaridade dos dos pais, pais, Renda Renda familiar, familiar, Ocupação Ocupação dos dos

pais, pais, Raça/cor, Raça/cor, Tipo Tipo de de moradia, moradia, Nutrição, Nutrição, etc. etc.

Fatores relacionados à Atenção à saúde saúde

Acesso Acesso à atenção atenção à saúde, saúde, Qualidade Qualidade da da atenção, atenção, Pré- Prénatal,

natal, História História reprodutiva reprodutiva materna, materna, Tipo Tipo de de parto, parto,

Assistência Assistência ao ao parto, parto, Local Local de de nascimento, nascimento, Assistência Assistência

neonatal, neonatal, acompanhamento acompanhamento de de crescimento crescimento e

desenvolvimento, desenvolvimento, Assistência Assistência à criança criança doente, doente, .. ..

Fatores Biológicos

Peso Peso ao ao nascer, nascer, Idade Idade gestacional, gestacional, Malformações

Malformações

congênitas, congênitas, Gestações Gestações múltiplas, múltiplas, Idade Idade materna, materna,

Doenças Doenças maternas, maternas, etc. etc.

Mosley & Chen, 1984


Coordenação

Drª Renata

Campos

Rede Saúde

COMITÊ DE

ASSESSORAMENTO

(Representantes da SES, SE,

SEDSDH, SARA, SM, SJE e

SEPLAG)

Ong’s,

Instituições

CANTO MÃE

CORUJA

Equipe multidisciplinar

CONSELHO

Círculos CONSULTIVO de

cultura

(Governador e Secretários

das SES, SE, SEDSDH,

SARA, SM, SJE e SEPLAG)

COMITÊ EXECUTIVO

Coordenação: SES

Membros: Representantes

da SE, SM, e SEDSDH

COMITÊS REGIONAIS

Coordenação

Membros: Representantes

dos MUNICÍPIOS

PSF’s

CANTO MÃE

CORUJA

Equipe multidisciplinar

Assistência

Técnica e

Extensão

Rural

Rede

Socioassitêncial

CANTO MÃE

CORUJA

Equipe multidisciplinar


Canto Mãe

Coruja

Diagnóstico/

Cadastramento

Unidade Saúde

Diagnóstico/

Cadastramento

Saúde

Pré-natal

Parto

Pós-

parto

Planej.

Familiar

Sec

Desenvolvi

mento

Social

Assistência

Social

Trabalho,

Emprego e

Renda

Agricultura

Educação

Círculos

De

Educação

Cultura

SDSDH

Segurança

Alimentar e

Nutricional

Sustentável

Sec Mulher

Documentação

Sec

Juventude

Qualificação

Profissional


AÇÃO AÇÃO 3121 3121

AÇÃO AÇÃO 3115 3115

AÇÃO 3118

PMCPE

PROGRAMA 520

Implantar o Programa Mãe Mãe Coruja Coruja no no Estado

Atualmente Atualmente implantado implantado em em 62 62 municípios municípios (IX, (IX, VI,VIII,XI VI,VIII,XI

e V GERES. GERES.

Meta: Meta: 95 95 municípios municípios até até dez. dez. 2009 2009

Implantar novo novo modelo de de Atenção ao ao Parto Parto

EQUIPAGEM EQUIPAGEM DAS DAS MATERNIDADES: MATERNIDADES: 35 35 em em 2007 2007 e 35 35

em em 2009. 2009.

Equipagem Equipagem com com kits kits materno materno infantil infantil para para as as USF USF

Capacitações: Capacitações: AIDPI, AIDPI, Aleitamento Aleitamento Materno, Materno, Protocolo Protocolo

Mãe Mãe Coruja, Coruja, Emergências Emergências Obstétricas, Obstétricas, Pré-natal, Pré-natal, parto parto

e puerpério(Criança/Mulher)

Fortalecer Sistema de de Investigação de de Óbitos Óbitos

Materno e Infantil Infantil

Seminários em em todas todas as as GERES, resultando na na

formação dos dos comitês de de Investigação


Objetivos do

Milênio


PROGRAMA MÃE

CORUJA

PERNAMBUCANA 2009


IX GERES

Programa Mãe Coruja Pernambucana

Modelo Completo

VII GERES

XI GERES

X GERES

VI GERES

VIII GERES V GERES

SEDE DAS GERES

IV GERES

II GERES

III GERES

I Recife – II Limoeiro – III Palmares – IV Caruaru – V Garanhuns – VI Arcoverde

VII Salgueiro – VIII Petrolina – IX Ouricuri – X Af. da Ingazeira – XI Serra Talhada

I GERES


Tabela 1 – Coeficiente de mortalidade infantil por GERES

GERES

Total de

municípios

da GERES

Total de

municípios da

GERES com CMI

acima de

25/1000NV

% dos municípios

por GERES com

CMI acima de

25/1000NV

I GERES 19 1 5,26%

II GERES 31 5 16,13%

III GERES 22 10 45,45%

IV GERES 32 13 40,63%

V GERES 21 12 57,14%

VI GERES 13 9 69,23%

VII GERES 7 0 0%

VIII GERES 7 6 85,71%

IX GERES 11 11 100%

X GERES 12 4 33,33%

XI GERES 10 5 50%

Fonte: SIM / SES-PE - 2005


Implantação do Programa

Mãe Coruja Pernambucana

Modelo Completo:

• 5 Regionais (62 municípios)

•33 municípios das demais GERES

•Total 95 municípios

Todos os municípios com CMI acima de 25/1000NV


Capacitações no Protocolo Operacional do Programa

Mãe Coruja para: profissionais da Saúde, Educação e

Ação Social


Capacitações com Profissionais da Atenção

Primária em saúde da criança e saúde da mulher


SANTA CRUZ

SANTA FILOMENA

CANTOS MÃE CORUJA

IPUBI

01 Canto – I GERES

05 Cantos – II GERES

10 Cantos – III GERES

13 Cantos – IV GERES

21 Cantos – V GERES

13 Cantos – VI GERES

07 Cantos – VIII GERES

11 Cantos – IX GERES

04 Cantos – X GERES

10 Cantos – XI GERES

Total: 95 Cantos

Mãe Coruja

Pernambucana


Reuniões de

Acompanhamento e

Monitoramento com os

Profissionais do Canto

Mãe Coruja


Visitas de

supervisão aos

Cantos Mãe Coruja


Entrega do Kit do Bebê

• 343 – V GERES

• 3.386 – VI GERES

• 185 – VIII GERES

• 2.798 – IX GERES

• 110 – XI GERES

• TOTAL – 6.822 Kits


Monitoramento dos 35

Municípios Beneficiados com

Convênio para Equipagem de

Maternidades em 2007

Assinatura de mais 34

Convênios para Equipagem de

Maternidades em 2009


8000

7000

6000

5000

4000

3000

2000

1000

0

2024

197

Gestantes cadastradas e

Crianças acompanhadas

7099

2733

1282

168

6162

Fonte: Canto mãe coruja – 12/09

2566

898

V VI VIII IX XI

129

Gestantes

cadastradas

Crianças

acompanhadas

Total

17.465 gestantes

cadastradas

5.793 crianças

acompanhadas


90%

80%

70%

60%

50%

40%

30%

20%

10%

0%

77,29%

62,9%

67,9%

62,5%

80,85%

68,5% 65,3%

77,99%

81,97%

69,5% 70,9%

64,4%

2006 2007 2008 2009*

Fonte:SIAB/SES-PE

*Janeiro a maio

% de Crianças < de 4 meses em

aleitamento materno exclusivo

VI

VIII

IX


Acompanhamento das gestantes cadastradas no 1º trimestre

–IX GERES

Município

Nº de gestantes

cadastradas

2008 2009*

Nº de gestantes

cadastradas no 1º

trimestre

Nº de gestantes

cadastradas

Nº de gestantes

cadastradas no 1º

trimestre

N N % N N %

Araripina 207 117 56,5 347 186 53,6

Bodocó 247 69 27,9 306 87 28,4

Exu 162 17 10,5 184 65 35,3

Granito 101 17 16,8 51 13 25,5

Ipubi 204 34 16,7 98 25 25,5

Moreiâlndia 126 64 50,8 75 63 84,0

Ouricuri 400 16 4,0 423 80 18,9

Parnamirim 125 16 12,8 84 15 17,9

Santa Cruz 157 24 15,3 75 11 14,7

Santa Filomena 99 4 4,0 75 14 18,7

Trindade 172 35 20,3 78 26 33,3

TOTAL 2000 413 20,7 1796 585 32,6

*Janeiro a abril/maio

Fonte: Canto mãe coruja – 05/09


% de Gestantes cadastradas

Fonte: Canto mãe coruja – 10/09

< 19 anos


Mapa do Analfabetismo de Pernambuco

PNAD 2007


Círculos de Educação e Cultura


Círculos de Educação e Cultura


Atividades de

Extensão Rural


Oficina

de Segurança

Alimentar e

Nutricional


Cursos de Qualificação Profissional


Cursos de Qualificação

Profissional – 2008

Cursos finalizados

em 2008 – IX GERES

Manipulação de

alimentos

Artesanato de

material reciclado

Participantes

150

125

Total 275


Cursos de Qualificação

Profissional

Cursos em

2009

N° de Oficinas

V GERES 36

VI GERES 52

VIII GERES 14

IX GERES 44

XI GERES 20


Documentação


Programa Mãe Coruja Pernambucana

Quando os problemas se

tornam absurdos, os

desafios se tornam

apaixonantes.

(Dom Hélder Câmara)


Obrigada!

htpp\\www.maecorujape.blogspot.com

maecorujape.ses@gmail.com


OBJETIVOS DO PROGRAMA

Fortalecer vínculos afetivos

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!