Sexta.pt - Público

static.publico.pt

Sexta.pt - Público

PUB


OPINIÃO

Zimbabwe,

aí vamos

nós!

São cada vez mais

as semelhanças

entre Portugal

e o Zimbabwe.

A sério. 12

PAÍS

Sistema

afasta novos

partidos

Há exemplos do passado e movimentações

recentes. Mas o sistema

político português parece continuar

blindado contra a emergência de

novos partidos. 4/5

PAÍS

Guia para

escolher o

seu bacalhau

Miúdo, corrente, crescido, graúdo,

especial. Salgado seco, semi-seco

ou salgado verde. Quer-se com todos

na Consoada, mas é preciso saber

escolher o melhor bacalhau. 8

ESTRELAS

Alexandra

pronta para

«fazer de avó»

Alexandra Lencastre regressa às origens

e dá voz a um filme infantil. Cansada

de novelas, mas não da TV, diz

que já chegou à idade de «não ser a

heroína, mas de fazer de avó». 16

SEXTA

19 DE DEZEMBRO DE 2008 | ANO 2 | N.º 56 | SEMANÁRIO | GRATUITO | WWW.SEXTA.PT DIRECTOR: JOÃO BONZINHO

Bom

Natal

O SEXTA não se publica

nas semanas de Natal

e Ano Novo. Ficam votos

de Festas Felizes

Portugal

tem 340

jogadores

espalhados

pelo

mundo

TEMA DE CAPA O futebol português tem cada vez

mais estrangeiros mas também são cada vez mais

os futebolistas portugueses lá fora, com Ronaldo

no topo de uma enorme pirâmide. O SEXTA fez

contas aos dados do sindicato dos jogadores.

Só em Chipre estão 48. 14/15

JON SUPER/AP

PUB

PUB


02 PESO & MEDIDA

SEXTA, 19 DE DEZEMBRO DE 2008

Notas de 0 a 20 m Os factos e os protagonistas da semana, avaliados por João Bonzinho

Dick Cheney

4

Depois do que já se ouviu ao vice-presidente

dos EUA, ninguém, no seu perfeito juízo,

pode ficar admirado. Mas a última do senhor

Cheney ultrapassa a obscenidade. Defender

e aprovar técnicas violentas de interrogatório

a prisioneiros (sejam eles quais

forem) é pornografia mental e não devia ficar

impune. Vai-se embora, é o que vale.

8

Rádio e Televisão de Portug

Apertamos cada vez mais o cinto, crescem

os avisos de que 2009 vai ser ainda pior do

que 2008, congelam-se aumentos salariais

e anunciam-se aumentos de preços. Que

acontece à RTP? Vai receber (230 milhões

de euros) em 2009 mais cinco milhões do

que este ano apesar de ter tido agora piores

resultados que em 2007. A malta paga.

14

Pedro Santana Lopes

Visto por muita gente como um dos poucos

verdadeiros animais políticos ainda no activo,

o ex-presidente de câmara e ex-primeiro-ministro

que outros tantos davam

como liquidado acaba de conquistar mais

uma vitória pessoal, «obrigando» o PSD de

Ferreira Leite a confirmá-lo candidato a Lisboa.

Vai ao tapete. Mas não fica KO.

14

Manuel Alegre

Já é impossível não identificar Manuel Alegre

como o mais forte opositor de Sócrates.

E, pelo que se tem visto, talvez nunca

como hoje se depare à esquerda do PS não

afecta ao PCP a possibilidade de encontrar

um líder com indiscutível carisma político.

Que já valeu 20,72% dos votos dos portugueses

nas presidenciais.

16

D. José Policarpo

Numa época tão cara à Igreja por razões de

religiosidade e fé, o cardeal-patriarca de Lisboa

escolheu esta semana ter a relevante

intervenção social – numa visita ao Hospital

Curry Cabral – de incentivar a existência

de dadores «conscientes» de órgãos

como forma cultural de ajudarmos todos

a salvar mais vidas. Muito importante.

Robinson m Por Luís Afonso m Entre Aspas

Matchpoint m O momento da semana

Justiça na bomba

Entro num táxi e reparo na satisfação do

motorista. «Acabo de ir abastecer o carro

de gasóleo com a sensação de finalmente

ter sentido justiça. Sabe que este ano cheguei

a meter 60 litros de gasóleo no carro

epagarquase80euros?Hojejásoube

bem; os mesmos 60 litros custaram menos

de 60 euros.»

Na verdade, pela primeira vez em 2008 o gasóleo

baixou esta semana da barreira psicológica

do euro – custa em média 0,998

cêntimos. Mas chegou, em Julho, a bater no

inesperado tecto de 1,428 euros, por coincidência

(mera coincidência, certamente...)

ao mesmo tempo que em Londres o barril

Este ano, a crise dos combustíveis fez verdadeira mossa

GONÇALO LOBO PINHEIRO/ASF

de brent (o crude do Mar do Norte que Portugal

adquire) se estabelecia no preço recorde

de sempre de quase 150 dólares. Insisto:

para quem (como os responsáveis

das gasolineiras) sempre garantiu que o

preço dos combustíveis não podia baixar ao

ritmo a que baixava o preço do petróleo porque

também não aumentava ao mesmo

ritmo, aquela realidade só pode mesmo ter

sido pura coincidência. Claro.

Agora que o barril atingiu (como ontem) os

45,85 em Londres (40,20 em Nova Iorque,

valor mais baixo desde Julho de 2004) o gasóleo

lá passou esta semana a custar em

Portugal o que já não custava desde Fevereiro

de 2007, imagine-se. Devem ter tido,

finalmente, vergonha. J.B.

«NEM JOSÉ MOURINHO FARIA MELHOR DO

QUE EU FAÇO NO LEIXÕES»

José Mota

treinador do Leixões, entrevista ao

DN, 12 de Dezembro

u

«SE QUEREM OS FACTOS, OS SAPATOS QUE

ELE ATIROU ERAM TAMANHO 42»

George Bush

Presidente dos EUA, comentando

o incidente do jornalista iraquiano

que lhe atirou os sapatos numa

conferência de imprensa,

14 de Dezembro

u

«HÁ UMA CRISE DE IDENTIDADE DENTRO

DO PS. TENHO UMA RELAÇÃO PESSOAL

CORDIAL COM JOSÉ SÓCRATES, MAS ELE

SABE O QUE SOU CAPAZ DE FAZER. SE CHE-

GAR À CONCLUSÃO QUE O PS NÃO ESTÁ A

CUMPRIR O SEU PAPEL HISTÓRICO, VOU

TER DE TOMAR UMA DECISÃO»

Manuel Alegre

deputado do PS, entrevista na SIC Notícias,

16 de Dezembro

u

«NÃO HAVERIA CANDIDATURA MAIS DIFE-

RENTE DA MINHA. ISTO VAI SER QUASE

COMO NA FÁBULA, UMA ESCOLHA ENTRE

ACIGARRAEAFORMIGA»

António Costa

presidente da Câmara de Lisboa,

reagindo à candidatura de Pedro

Santana Lopes, 17 de Dezembro

u

«SE CALHAR VAI HAVER MUITOS HOMENS

QUE VÃO DIZER: FOGO, QUE PENA, NÃO

PODE SER»

Solange F.

apresentadora de TV, lésbica

assumida, sobre as suas fotos

sensuais para a FHM, 24 Horas,

17 de Dezembro


PUB


04 PAÍS

SEXTA, 19 DE DEZEMBRO DE 2008

Como derrubar o muro

que protege o sistema?

POLÍTICA Os partidos com assento parlamentar parecem blindados de ameaças vindas de fora. A democracia

tem revelado um sistema muito rígido, que afasta a entrada de novas caras e novos partidos

Germano Almeida

geral@sexta.pt

u Porque é que é tão raro aparecer

um partido com hipóteses de formar

um novo grupo parlamentar? O sistema

eleitoral favorece quem já está

instalado e os casos que conseguiram

romper esse «arco de ferro» têm-se

revelado fenómenos passageiros.

Adificuldadederompercomostatusquoétãograndequeatéparecedesencorajar

dissidências dos grandes

partidos – veja-se o caso dos apoiantes

de Manuel Alegre, que, apesar dos

20,72 por cento obtidos pelo deputadosocialistanaspresidenciaisde2006,

e do desafio lançado por Alegre após

o Encontro das Esquerdas, hesitam

em se autonomizar do PS de Sócrates

até às próximas legislativas.

E isto apesar de a opinião dos portugueses

sobre o trabalho dos partidos

no Parlamento ser cada vez mais

negativa: um estudo recente, intitulado

Reforma Institucional em Portugal,perspectivadaselitesedasmassas(daautoriadeAndréFreire,Manuel

Meirinho e Diogo Moreira), concluiu

que mais de 80 por cento dos portugueses

consideram que «as preocupações

dos deputados não reflectem

as preocupações dos eleitores».

NOS DOIS LADOS DA BARRICADA

Manuel Monteiro, 46 anos, já esteve

dos dois lados do sistema: entre

1992e 1998,liderouoCDS-PPe até há

poucas semanas presidiu à Nova Democracia

(PND), partido criado em

2003. No passado mês de Novembro,

optou por abdicar da liderança do

PND, para se dedicar em exclusivo à

candidatura a um lugar de deputado

pelas listas de Braga.

Em conversa com o SEXTA, Monteiro

sentencia: «Os partidos do sistema

não querem a mudança e criaram

um arco de ferro que os blinda de

possíveisameaças.»Nadécadade90,

quando liderava o CDS, já defendia

uma alteração do sistema eleitoral.

Mas cedo percebeu que «não seria

possível mudar porque quem tem o

poder não quer abdicar dele».

E dá um exemplo que o atinge: «O

nosso sistema não permite candidaturasaumlugardedeputadoporpartedemovimentosindependentes.Isso

apenas é possível para as autarquias.

Para me candidatar, terei que o fazer

por via das listas do PND. Mesmo assim,

farei campanha como um cidadão

independente, através do movimentoMissãoMinho.Sónarectafinal

Manuel Monteiro, 46 anos, foi presidente do CDS-PP entre 1992 e 1998

iremos colocar a nossa campanha nos

boletins de voto do PND.»

Para Manuel Monteiro, «este sistema

não privilegia a representatividade».

«Desafio o cidadão comum a

nomear seis ou sete deputados do seu

respectivo círculo. Se forem do Porto

ou de Lisboa, ainda conseguirão dizer

um ou outro, mas a partir do terceiro

ou quarto vão começar a borregar.

É péssimo, porque os deputados devem

representar quem os elegeu.»

Outroladoperversoqueoex-líder

do CDS e do PND encontra no actual

sistema tem a ver com o afastamento

dos melhores: «Se um determina-

do partido, não interessa qual, elege

cinco deputados por um círculo, não

vão ser os cinco melhores a entrar no

Parlamento,porquealgunsdosqueestão

à frente na lista vão exercer outras

funções. Defendo um sistema próximo

do britânico, em que o primeiro-ministro

também é deputado. Em

Portugal, quando o chefe do Governo

vai ao Parlamento, parece que faz um

grande favor ao país, quando é essa a

sua obrigação...»

Monteiro contrapõe esta distância

do chefe do Governo para com o poder

legislativo com a realidade norte-americana:

«Nos EUA, o Presi-

MEP QUER DESTACAR O PORTUGAL POSITIVO

A esperança como principal mensagem política

O Movimento Esperança Portugal

(MEP),lideradoporRuiMarques,médico

e antigo comissário para as Minorias

Étnicas e Imigração, pretende

eleger entre dois a quatro deputados

nas próximas legislativas.

Miguel Oliveira, 33 anos, coordena

onúcleodoPortodoMEP.Emconversa

comoSEXTA,explicaoquelevouapedir

uma licença sem vencimento de

umanoàUniversidadedeAveiro(onde

trabalha no departamento de Acção

Social), para se dedicar em exclusivo

ao partido a que aderiu: «Tenho a noção

que é um risco, mas acredito muito

neste projecto. Acredito na importância

do que estamos a fazer e na

necessidadedepassarmostodosaolhar

de forma positiva para o que os portugueses

fazem.»

«Criar de raiz

um partido político

em Portugal é muito,

muito difícil.

Há barreiras de toda

a ordem», explica

ao SEXTA

Manuel Monteiro

Amédiadeidadesdosmilitantesdo

MEP ronda os 35 anos. «Há um leque

muito diverso de pessoas envolvidas

nisto.Muitasdelasestãoligadasacausas

humanistas, relacionadas com o

trabalho social», reforça.

APOSTA NAS NOVAS TECNOLOGIAS

Sem uma máquina partidária por

trás, a grande dificuldade é passar a

mensagem: «Se quisermos fazer um

outdoor que seja visto em todo o país,

issotemcustosenormes,difíceisdesuportar

para quem tem financiamentos

muito escassos», aponta.

A alternativa passa por uma forte

aposta em novas plataformas,

como o Hi5, o Facebook e, claro, o

YouTube: «A Internet é o nosso grande

aliado. O nosso site e o nosso blo-

MANUEL ROBERTO/PÚBLICO

gue são as melhores formas de comunicarmos.

Mas também temos a

noção de que, em Portugal, esse meio

tem ainda algumas limitações, porque

muita gente não tem acesso à

Internet. É só um começo...»

A apresentação da cabeça de lista

do MEP às eleições europeias, Laurinda

Alves (jornalista e blogger), foi

uma prova dessa aposta nas novas redes

de comunicação. «Os nossos

apoiantesreceberamanotíciaviasms

ou por email, meia hora antes do

anúncio oficial», explica Miguel Oliveira.

Na mensagem colocada no site

do MEP, Laurinda Alves aponta as

razões que a levaram a aceitar este

«desafio enorme»: «Não sou política,

não sou académica, não cresci

dente é também o chefe do Governo

e,mesmoassim,paraconseguiraprovar

medidas de fundo, necessita de

negociar com o Congresso e, por vezes,

essa negociação é feita quase senador

a senador. E isto porquê? Porque

os membros do Congresso

respondem a quem votou neles, independentemente

de serem democratas

ou republicanos.»

VOZES CRÍTICAS TENDEM A CALAR-SE

Monteiro defende a criação de um

sistema misto, em que os cidadãos

pudessem escolher, na mesma votação,

«o seu deputado e o partido que

deverá governar, em duas opções diferentes».Essecenárioapontariapara

umalógicade«círculosuninominais,

mais próximos do eleitor».

Fortemente crítico dos ditames da

disciplina de voto partidário, Monteiro

acusa: «No sistema que está estruturado,osdeputadosnãotêmopiniãoprópria.VotamcomoochefelhesmandaecasoscomoodeManuelAlegre

tendem a desaparecer, porque os

partidosreceiamquem,internamente,

tenha visões diferentes.»

Monteiro fala do seu caso pessoal:

«Quando era líder do CDS, tinha todas

as facilidades para falar quando

quisesse no Parlamento. Após ter saído

da liderança, mantive-me como

deputado,jáduranteapresidênciado

doutorPauloPortas,massótinha...dez

minutos por ano para falar!»

Manuel Monteiro experimentou

ainda problemas de carácter burocráticoparalegalizaroPartidodaNova

Democracia: «Criar de raiz um partido

político em Portugal é muito,

muitodifícil.Hábarreirasdetodaaordem.

Desde logo, juntar as assinaturas

necessárias é complicado. A ausência

de meios é dramática. E para

quem tem uma actividade profissional

fora da política, é pesado conciliar

as duas coisas.»

Quandoestánamodadizerquea

política portuguesa precisa de novas

caras, falta saber se é mesmo possível

atrair figuras que, por falta de oportunidade

ou mera opção, estão afastadas

dos partidos do sistema.

Rui Marques, líder do movimento

LUIS RAMOS/PÚBLICO

nas juventudes partidárias. Mas tão

importante como a política é o exercício

da cidadania. Estamos numa

fase crítica, numa fase em que temos

que arriscar. O MEP é um partido

com o qual me identifico a cem por

cento.»


PAÍS

05

DO FENÓMENO PRD AO ACTUAL BLOCO DE ESQUERDA

Excepções confirmam regra

Quebrar a rigidez do sistema tem

sido um feito poucas vezes atingido

nestes34anosdedemocraciaemPortugal.

As excepções são escassas e

mostraram-se fenómenos de curta

duração. Foi o caso do Partido da Solidariedade

Nacional (PSN), que era

liderado por Manuel Sérgio, conhecido

professor universitário.

Com um discurso direccionado

para os mais velhos, conseguiu captar

um segmento demograficamente

em expansão, tendo sido eleito deputado

por Lisboa, em 1991, o ano em

queCavacoSilvarenovouamaioriaabsoluta.

Quatro anos depois, o PSN desapareceu

do mapa político, tendo

sido oficialmente extinto em 2002.

PRD, PROJECTO QUE PARTIU DE BELÉM

Mais significativa foi a experiência

do Partido Renovador Democrático

(PRD). Em 1985, Ramalho Eanes estava

a terminar o seu segundo mandatocomoPresidentedaRepública.A

partir de Belém, patrocinou um projecto

político que começou por ser lideradoporHermínioMartinhoe,mais

tarde, foi assumido pelo próprio Eanes.

Nas primeiras eleições legislativas

a que concorreu, o PRD obteve 18

porcentodosvotos,conseguindoafirmar-secomoterceiraforçapolítica.Ficou,

aliás, muito perto do Partido Socialista(quesomouapenas21%)enão

muito longe do PSD, que ganhou as

eleições com um resultadoabaixodos

30 pontos percentuais (29,8%).

Seguiu-se o curto período de governo

minoritário de Cavaco, cuja

maioria parlamentar foi derrubada

por uma moção de censura apresentada

pelo PRD, em 1987. Mas a maior

vítima das eleições que se seguiram à

queda do Governo foi o próprio PRD,

que caiu para 4,9%. Foi o início da

derrocada de um partido que, a partir

de 1991, deixou de estar representado

no Parlamento.

Depois da queda do MDP-CDE, a

AssembleiadaRepúblicaficouestabi-

MMS APELA À PARTICIPAÇÃO DOS CIDADÃOS

Sociedade assente no mérito

O Movimento Mérito e Sociedade

(MMS) foi lançado, em Setembro de

2007, por Eduardo Correia, professor

da ISCTE Business School e presidente

não executivo da W20, uma

empresa ligada à construção de sites

na Internet. A ideia forte do MMS é a

de que a sociedade portuguesa necessita

de se abrir a novas formas de participação,

para atrair talentos que até

agora não aderiram à política.

Eduardo Correia, 44 anos, defende:

«Os portugueses demonstram

possuir um conjunto de capacidades

que lhes permitiram ao longo da história

mostrar a sua capacidade de fazer

mais e melhor. A forma de funcionamento

de Portugal hoje não

contribui para o aproveitamento e

utilização destas características.»

Ramalho Eanes, mentor do PRD

PEDRO CUNHA/PÚBLICO

lizada em quatro grandes partidos:

PS,PSD,CDSePCP,aindaquecomvariaçõespontuaisnasdesignações,decorrentesdecoligações(oPSDeoCDS

formaram a Aliança Democrática no

tempo de Sá Carneiro, os comunistas

concorrem há vários anos coligados

comOsVerdesnaCDU).

FOGACHOS DA EXTREMA-ESQUERDA

Mas houve fogachos à esquerda do

PCPqueficaramparaahistória,como

a eleição de Acácio Barreiros, que em

1976 conquistou um lugar no Parlamento

pelas listas da UDP (União Democrática

Popular). Mais tarde, Barreiros,falecidoem2004,viriaaaderir

ao PS. Mário Tomé, líder histórico da

UDP, foi eleito deputado em 1979 e,

anosdepois,voltouàAssembleia,através

de um acordo da UDP com a CDU.

Em 1999, surgiu o Bloco de Esquerda

(BE) – criado pela fusão do

PSR (Partido Socialista Revolucionário),

UDP e Política XXI (plataforma

formada nos anos 90 por dissidentes

do PCP e do MDP). Francisco Louçã,

que nas eleições de 1991 e 1995 esteve

muitopertodechegaràAssembleiaem

listasdoPSR,conseguiufinalmenteser

deputado em 1999, na estreia do BE

naseleições.Foioiníciodaquintaforçaestáveldosistemaparlamentar:em

1999, o BE elegeu dois deputados,

crescendoparatrêsem2002eparaoito

na actual legislatura. Todas as sondagens

apontam para um novo crescimento

em 2009.

Odocumento,de54páginas,foiescrito

entre Setembro de 2005 e Agosto

de 2006 e pode ser consultado no

site oficial do MMS (www.mudarportugal.org).

OMMSdefine-secomo

«ummovimentopolíticoabertoatodos

os cidadãos» e propõe um modelo

de governação assente em quatro

valores:rigorfinanceiro,transparência,

mérito e responsabilidade.

m Outros partidos sem

representação parlamentar*

u Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses

(PCTP/MRPP)

u Partido Humanista (PH)

u Partido Operário da Unidade Socialista (POUS)

u Partido Democrático do Atlântico (PDA)

u Partido Nacional Renovador (PNR)

*(háaindaoMPT-PartidodaTerraeoPartidoPopularMonárquico,

que nesta legislatura se encontram representadosnoParlamento,porteremconcorridonaslistasdoPSD)

PUB


A Popota não

é só a Estrela

deste Natal.

A POPOTA é cada vez mais um personagem que faz parte

das famílias portuguesas.

u A prová-lo está o grande sucesso

que foi a Gala da Causa Maior,

transmitida em directo pela RTP no

passado Sábado. Uma festa de Natalparatodaafamíliaequereuniu

grandes nomes da música e da dança

numa maratona televisiva que

começou pouco depois da 17h30 e foi

até quase às 23h.

O primeiro grande momento foi,

sem dúvida, ouvir o grande tema

do CD - Popota a Estrela deste Natal

- “Não, Não digas Não”, cantado

pelos ex-alunos da Operação

Triunfo.

Na apresentação deste grande espectáculo

estiveram Sílvia Alberto e

João Baião, durante a tarde, Catarina

Furtado e José Carlos Malato foram

os anfitriões da noite. Duas caras

bem conhecidas de todos os que

se juntaram dois anos e meio depois

do último trabalho em conjunto

para apoiarem este grande projecto

de responsabilidade social do

Modelo que visa angariar fundos

para o apoio aos seniores através de

projectos desenvolvidos pela Cruz

Vermelha Portuguesa.

No palco da Gala da Causa Maior

dançaram também muitos pares de

famosos: Mariana Norton e Ruben

Gomes; Maria João Abreu e o filho;

Helena Coelho e o avô; Filipa de Castro

e o pai; Tânia Ribas de Oliveira

e o irmão. Muitas destas figuras passaram

também pelo espaço de Call

center - o espaço dedicado para receber

os telefonemas dos milhares

de espectadores que quiseram contribuir

para ajudar esta Causa Maior.

Mas nem só de dança viveu a Causa

Maior, a música foi, sem dúvida,

um dos grandes atractivos da Gala.

A diva cantou e encantou com o Hip

Hop da Popota. Muito aplaudido foi

também Mickael Carreira nas duas

actuações da tarde. Contudo, e como

não podia deixa de ser, alguns dos

momentosaltosdaGaladaCausa

Maior tiveram como protagonista

Tony Carreira. O músico apresentou

dois temas do novo álbum que, tal

comoodaPopota,éjáumsucesso

de vendas e arrebatou o público

como ninguém. Depois da primeira

actuação, o músico fez também

questão de passar pelo atendimento

telefónico, e desta forma dar também

o seu contributo.

Esta foi, de facto, uma grande

noite de solidariedade. O Modelo, a

RTP e a Cruz Vermelha Portuguesa

cruzaram, mais uma vez, uma preocupação

comum: contribuir para o

bem-estar da comunidade sénior,

indo ao encontro dos que mais precisam

de ajuda e que com este apoio

podem ter uma forma de vida mais

activa, divertida e mais integrada

na restante comunidade.

Uma festa de Natal para toda

a família e que reuniu grandes

nomes da música e da dança


Gala da Causa Maior

- um grande momento

de angariação de fundos

A Gala da Causa Maior é um dos

grandes momentos para reunir

verbas para a Causa Maior. Este ano

a linha da Causa Maior (760 100 100)

recebeu 300.000 chamadas

o que corresponde a € 150.000.

Recorde-se que o grande objectivo

da Causa Maior é sem dúvida

angariar o maior valor possível

para ajudar a Cruz Vermelha

Portuguesa no desenvolvimento

de projectos que ajudem a criar

condições que permitam dar mais

vida aos anos

dos seniores, de uma forma activa,

divertida e constante

na comunidade.

Mas quem quiser ajudar pode

continuar a comprar o CD “Popota -

A Estrela deste Natal” que por cada

exemplar vendido contribuiu com 1€

para a Causa Maior.

PUBLICIDADE


08 PAÍS

SEXTA, 19 DE DEZEMBRO DE 2008

Aconteceu m na semana de 12 a 18 de Dezembro

6.ª FEIRAm12 DEZ

Colunas inauguradas

Reposição do Cais das Colunas

no Terreiro do Paço. O presidente

da Câmara, António

Costa, anuncia realização de

novas obras. A avenida Ribeira

das Naus será cortada ao

trânsito para obras nos esgotos

no Terreiro do Paço.

Aluno esfaqueado

Um aluno da Casa Pia de Lisboa

morre depois de esfaqueado

no tórax no Colégio

de Pina Manique, em Belém.

A PSP de Lisboa adianta que

apreendeu a arma branca e 30

indivíduos foram interceptados.

O rei da festa

natalícia

portuguesa

SÁBADOm13 DEZ

Jovem indiciado por

morte na Casa Pia

A Polícia Judiciária detém de

madrugada em Lisboa um jovem

por suspeita de envolvimento

na morte de um aluno

da Casa Pia. O jovem de 18

anos fica em prisão preventiva,

indiciado pelo crime de

homicídio qualificado.

Gehry custou 2,5

milhões de euros

Em entrevista à TSF e DN, António

Costa revela que o arquitecto

Frank Gehry terá cobrado

2,5 milhões de euros

em honorários no estudo de

recuperação do Parque Mayer.

DOMINGOm14 DEZ

Sócrates apupado

na margem sul

José Sócrates é recebido com

apupos e insultos em deslocações

ao Seixal e ao Barreiro.

O primeiro-ministro acusa

o PCP de orquestrar as manifestações

nos locais que visitou.

Oliveira galardoado

Cavaco Silva atribui a Manoel

de Oliveira a Grã-Cruz da Ordem

do Infante D. Henrique,

nas comemorações do seu

centenário. Oliveira já tinha

recebido a Medalha de Mérito

Cultural, de Pinto Ribeiro,

ministro da Cultura.

2.ª FEIRAm15 DEZ

Millenium pode

usar garantia

O Governo autoriza o Millennium

a usar a garantia do Estado

até 1500 milhões de euros,

a três anos, no âmbito

dos 20 mil milhões de euros

disponibilizados.

Esmeralda na Europa

Baltazar Nunes, pai biológico

de Esmeralda, desloca-se a

Estrasburgo para apresentar

queixa contra o Estado português,

no Tribunal Europeu

dos Direitos do Homem, por

não ter ainda a guarda da filha,

deteminada pelo tribunal

de Torres Novas.

Haverá 1001 maneiras de cozinhar o bacalhau, mas na Consoada deve ser cozido com

todos – ou seja, com batatas, cebola, cenoura, nabo, couve portuguesa, ovos e

temperado com um bom azeite, alho e salsa picados, uma pitada de pimenta moída

3.ª FEIRAm16 DEZ

Santana confirmado

A Comissão Política Nacional

do PSD confirma Pedro Santana

Lopes como candidato às

eleições autárquicas do próximo

ano para a Câmara de

Lisboa. A nomeação foi aceite

por unanimidade, diz Castro

Almeida, coordenador autárquico.

Porto sem recolha

de lixo no Natal

O Sindicato dos Trabalhadores

da Função Pública do Porto

comunica pré-aviso de greve

para quatro dias, no Natal

e Ano Novo, sem recolha de

lixo e limpeza das ruas.

4.ª FEIRAm17 DEZ

Governo anuncia

aumento na CGD

José Sócrates anuncia que o

Governo decidiu aumentar o

capital social da Caixa Geral de

Depósitos em mil milhões de

euros, sublinhando que «nunca

como agora o país precisou

tanto do banco público».

Dispensa na avaliação

O Governo aprova a simplificação

do modelo de avaliação

docente, destacando-se a

dispensa de avaliação de professores

que possam pedir reforma

até 2011. Assim, os professores

obrigatoriamente

avaliados serão menos 5000.

5.ª FEIRAm18 DEZ

Casa Pia continua

O julgamento do processo

Casa Pia continua com as alegações

finais do advogado do

ex-provedor adjunto Manuel

Abrantes. Sexta-feira é a vez

do advogado do embaixador

Jorge Ritto. Para Janeiro, estão

marcadas as alegações

dosdefensoresdeCarlosCruz,

Gertrudes Nunes, Hugo Marçal

e Ferreira Diniz. José Maria

Martins, advogado de Carlos

Silvino, já fez as suas

alegações, dizendo que «a

verdade foi de férias neste

julgamento» e responsabilizando

a Casa Pia por ter «moldado»

Silvino.

e/ou colorau. O fiel amigo chegou às mesas portuguesas na Idade Média, para

ajudar a cumprir o jejum católico das carnes quentes em épocas como a Páscoa e o

Natal. Era um peixe barato e daí vem a expressão «Para quem é, bacalhau basta».


PAÍS

09

O Estado preparava-se para arrecadar uma receita de pelo menos 49,6 milhões de euros

DECLARAÇÃO ANUAL DEVE SER ENTREGUE ATÉ FINAL DE JANEIRO

Finanças recuam nos verdes

No mais recente braço-de-ferro

entre contribuintes e Finanças, os

primeiros levaram a melhor. Depois

de vários dias de contestação

por parte dos contribuintes que estavam

prestes a ser obrigados a pagar

248 euros de multa, das críticas

da oposição e de se ter sabido que estavam

em preparação algumas manifestações

e abaixo-assinados para

o Presidente da República, o Governo

recuou e resolveu dar um Natal

mais calmo aos trabalhadores

que passam recibo verde.

A Direcção-Geral dos Impostos

(DGCI) estava a notificar os 200 mil

contribuintes a recibos verdes para

pagarem multas e custas processuais

relativos a 2006 e 2007 por não

terem entregue a declaração anual

de informação contabilística e fiscal.

Um documento criado aquando da

remodelação, em 2006, do processo

de apresentação de contas das

empresas e profissionais liberais ao

fisco e que serve apenas como complemento

informativo da sua declaração

anual – substituindo uma lis-

ta que incluía papelada para as

conservatórias comerciais, DGCI,

Instituto Nacional de Estatística e

Banco de Portugal.

Perante a exigência do pagamento

de pouco mais de metade de

um salário mínimo nas vésperas de

Natal, gerou-se em poucos dias um

movimento de contestação liderado

pelo grupo FERVE - Fartos/as

d’Estes Recibos Verdes, que acusou

a DGCI de fazer uma «autêntica caça

à multa».

Em comunicado, o Ministério das

Finanças explicou, na passada segunda-feira,

que a obrigação de entrega

de tal declaração constava da

lei e que se os contribuintes não o fizeram

foi essencialmente por «desconhecimento/negligência».Provavelmente

já imbuído do generoso

espírito natalício, o gabinete de Teixeira

dos Santos decidiu perdoar as

dívidas e extinguir os processos de

contra-ordenação que já estavam

abertos, na condição de a declaração

informativa ser entregue até ao

final do mês de Janeiro.

AS CONTAS PARA 2009 COMEÇAM A ENGORDAR

Luz, pão e rendas mais caros

A boa notícia, por enquanto, é

que em princípio o preço dos bens

alimentares como a carne, fruta,

legumes e leite não deverá aumentar

nos primeiros meses de 2009, já

que os combustíveis e as matérias-primas

viram os seus valores

baixar nos últimos meses.

Mas já se sabe o que será mais

caro (e na sua maioria acima da inflação

prevista de 2,5 por cento): o

pão aumentará cinco a seis pontos

já avisou a associação da panificação

(para espanto da Confederação

dos Agricultores), a luz 4,3 por cento

(cerca de 1,8 euros/mês), as rendas

2,8 por cento. Se ainda envia

cartas, saiba que o preço

do selo normal

de 20

gramas se

mantém nos

31 cêntimos,

ao passo que a

franquia das máqui-

D. R.

nassobepara32.

É possível que os combustíveis

subam nos próximos meses, já que

a OPEP vai reduzir a produção para

que o barril estabilize nos 75 dólares.

Além disso, viajar nas autoestradas

nacionais será 2,3 por cento

mais caro. Ou seja, entre Lisboa

e o Porto um ligeiro pagará 19,55

euros e até ao Algarve serão 17,70

euros. Os taxistas estão dispostos a

não aumentar as tarifas se o Governo

não subir os transportes públicos.

Depois de há um mês o Governo

ter fixado o salário mínimo nacional

de 2009 em 450 euros (cumprindo o

acordo com os parceiros

sociais), José Sócrates

anunciou esta quarta-feira

no Parlamento

que o complemento

solidário

para idosos aumenta

3,3 por cento.

PUB


10 MUNDO

SEXTA, 19 DE DEZEMBRO DE 2008

Aconteceu m na semana de 12 a 18 de Dezembro

6.ª FEIRAm12 DEZ

Mega-fraude nos EUA

É a maior fraude financeira

de sempre: o ex-presidente

do Nasdaq é preso por ter

causado prejuízos de 50 mil

milhões de dólares aos clientes

(bancos de todo o mundo)

num esquema em pirâmide

como a Dona Branca.

Angola destrói armas

Quatrocentas armas são destruídas

nas províncias de

Luanda, Huambo e Huíla para

marcar o arranque do processo

de destruição das 52

mil armas recolhidas na campanha

de desarmamento da

população civil.

SÁBADOm13 DEZ

Petroleiro libertado

Depois de dois meses de sequestro,

piratas somalis libertam

o petroleiro grego MT

Action, capturado no golfo de

Aden, no mesmo dia em que

a Marinha indiana detém 23

assaltantes. Continuam sequestrados

15 navios e 300

tripulantes.

Russos protestam

Algumas centenas de opositores

ao regime russo, liderados

pelo campeão de zadrez

Garry Kasparov, manifestam-se

em Moscovo e São Petersburgo.

A polícia de choque

fá-los dispersar e prende 120.

DOMINGOm14 DEZ

Sapatos contra Bush

«Isto é um beijo de despedida,

cão!», gritou um jornalista

iraquiano ao atirar os seus

sapatos contra George W.

Bush, numa conferência de

imprensa, na visita-surpresa

que o Presidente dos EUA fez

ao Iraque. O gesto é tido como

uma das maiores ofensas na

cultura muçulmana.

Acidente no Egipto

Nove feridos e 53 mortos é o

balanço do acidente envolvendo

um autocarro de turistas

no Egipto, 200 km a sul

do Cairo. O veículo saiu da estrada

para evitar uma colisão.

2.ª FEIRAm15 DEZ

Gregos revoltados

A onda de violência e protestos

que começou dia 6 não

pára na Grécia, com manifestações

diárias contra as políticas

sociais e económicas do

primeiro-ministro Costas Caramanlis.

A televisão é invadida

e as emissões cortadas.

Palestinianos de volta

Os 227 prisioneiros palestinianos

libertados por Israel

são acolhidos como heróis

pelo presidente da Autoridade

Palestiniana, Mahmoud

Abbas, em Ramallah, na Cisjordânia.

A população sai à

rua em peso para os saudar.

3.ª FEIRAm16 DEZ

Bombas em Paris

Cinco pacotes de explosivos

são encontrados nos armazéns

Printemps, depois de a

Frente Revolucionária Afegã,

que exige a retirada das tropas

francesas do Afeganistão,

ter avisado a agência AFP.

Golpe na Máfia

Numa mega-operação contra

os clãs mafiosos que querem

refundar a Cosa Nostra, 1200

polícias italianos detêm mais

de 90 pessoas nas províncias

de Palermo e Toscânia, acusadas

de associação criminosa,

extorsão, tráfico de armas

e tráfico de droga.

Adão e Eva nos blogues

Será a história de Adão e Eva meramente simbólica ou a Bíblia é para ser levada à letra pelos cristãos?

4.ª FEIRAm17 DEZ

Obama, homem

do ano

O prémio é famoso, o premiado

chegou agora à ribalta:arevista

Time

elege o

novo Presidente

dos EUA

como personalidade

do ano 2008.

Nãoàs65horas

Parlamento Europeu vota

contra as jornadas semanais

de trabalho superiores a 48

horas propostas pelos ministros

do Emprego.

CRIACIONISMO Há 150 anos, Darwin chocou o mundo ao dizer que as espécies evoluem e os humanos são

parentes dos macacos. Ainda hoje, há quem mantenha a certeza da criação divina. Ciência e fé são conciliáveis?

Rui Passos Rocha

geral@sexta.pt

u O criacionismo ainda não chegou

às escolas portuguesas, por isso contenta-se,

para já, com a blogosfera. É

aí que Jónatas Machado ataca o métodocientífico,asuafalibilidadeeaausênciadeprovasdateoriadaevolução

das espécies. Em declarações escritas

ao SEXTA, o professor de Direito da

Universidade de Coimbra refere que

o facto de que a ciência «nunca pode

chegar à verdade absoluta, porque

todooconhecimentocientíficoéprovisório»,

é motivo suficiente para se

acreditar no Génesis, que «é verdadeiramente

fiável».

As descobertas científicas transformaram

Adão e Eva, a Arca de Noé

eosDezMandamentosdeMoisés,entre

outras histórias bíblicas, em figurasdeestilo.AIgrejaCatólicanãomais

ousa impor sobre os seus fiéis a interpretação

literal da Bíblia; os cristãos,

na sua maioria, concebem aqueles

episódios como metáforas da experiência

terrena. Mas há uma minoria

que se apoia no Livro Sagrado e «a

verdadenãoédefinidapelamaioriaou

pela minoria» – diz Jónatas.

SérgioMats,anfitriãodewww.dar

winismo.wordpress.com,argumenta

que «o propósito da teoria da evoluçãoéodedemonstrarqueDeusnão

é necessário como explicação para a

origem da biosfera». O criacionismo

não é, então, «rejeitado por razões

científicas», porque «o que há são

razões ideológicas». Daí a conclusão:

«ComoJónatascostumadizer,religião

por religião mais vale ficar com a cristã.Aomenosessafazsentidonomundo

em que vivemos.»

MarcosFerreira(www.alogicadosabino.wordpress.com)vaimaislonge:

«O ateísmo é uma consequência

da acção do Diabo» e «a Evolução

promoveoateísmo»,que«éoqueo

Diabo pretende». A ciência, garante,

«mistura observação empírica com

observaçõesdefé»,está«sujeitaaespeculação,

interpretação, dedução».

«Os manuais científicos são escritos

ereescritos»,mas«apalavradeDeus

é imutável», remata.

O método científico faz-se de testes,

verificação e discussão, e isso distingue-o

do criacionismo, esclarece

Ludwig Krippahl, oanimador de Que

Treta! (www.ktreta.blogspot.com).

Segundo o professor da Universidade

Nova de Lisboa, a reduzida aposta no

conhecimento leva a que o cidadão

comum não saiba como rejeitar a tese

criacionistadequeomundotem6000

anos. «Os criacionistas aproveitamse

disso para apresentar a sua fé como

umahipóteseaoníveldasteoriascientíficas

modernas. À superfície, parecem

semelhantes. Só quem escava é

que vê que o criacionismo é só a superfície

– acaba logo na Bíblia.»

Ao contrário do que afirmam os

criacionistas,a teoria da evoluçãonão

se diz 100 por cento certa. «A questão

é saber se há alguma alternativa

teórica mais plausível, e não apenas

possível logicamente», diz Desidério

Murcho (www.dererummundi.blog

spot.com), professor de Filosofia na

Univ. Federal de Ouro Preto, Brasil.

Completa Krippahl: «As teorias aceites

na ciência moderna têm profundos

alicerces em resultados experimentaiseramificaçõestecnológicas.»

Trocada por linguagem futebolística,

a distância que separa o criacionismo

da ciência «é a diferença entre

o fã que diz que o seu clube é o maior

e o treinador que procura aperfeiçoar

os treinos de forma a optimizar o rendimentodosatletas»,dizKrippahl.Na

mesma linha, Desidério Murcho adverte:«Opiorquesepodefazeraosuposto

debate sobre a teoria da evolução

é pensar que se trata realmente de

umdebateintelectual.Paraissoépreciso

que quem debate esteja interessado

em descobrir a verdade, e não

apenas em fazer pressão política.»

D. R.

5.ª FEIRAm18 DEZ

British Airways desce

taxa de combustível

Com o preço do petróleo estabilizado

em baixa há algum

tempo, a British Airways dá o

exemplo: reduz a taxa de

combustível dos voos de longo

curso em pelo menos um

terço e os médios e domésticosemumquarto.

Visita incómoda

na Rússia

Apesar de ter reconhecido a

independência das regiões

separatistas da Geórgia, o Presidente

da Nicarágua, Daniel

Ortega, manteve a sua visita

oficial à Rússia.

REPORTAGEM

Deus é

amigo íntimo

em Braga

Não longe da cidade galega que alberga

o túmulo do apóstolo Tiago,

mas do lado de cá da fronteira, a

Braga que se fez cidade mais nova do

país é também um dos maiores aglomerados

cristãos portugueses. Foi

comalgunsdosseusmaisfamosos

monumentos católicos como pano

de fundo que o SEXTA conheceu as

convicções metafísicas de alguns cidadãos

locais.

Começando por Maria Deolinda

Vieira, uma sexagenária devota que

só não sabe mais da Bíblia porque –

como muitos da sua geração – não

sabe ler. «Rezo todos os dias a Deus

e aos meus pais, que estão com Ele»,

declarou, mostrando confiança total

nas Escrituras.

Como ela está João Teles, apesar

do fosso geracional cavado até aos

seus 21 anos. Em «permanente descoberta

interior», como diz, rejeita

a história de Adão e Eva, que

«deve ser lida em sentido ficcional»,talcomoadaArcadeNoé.

Essa opinião partilha-a com a maioria

dos outros 29 entrevistados, que

reconhece benefícios trazidos pela

ciência para a compreensão da humanidade.

Dos 30 inquiridos, apenas

dois se dizem ateus.

São cinco os críticos da ciência e,

ao mesmo tempo, crentes na globalidade

das palavras bíblicas. Um

deles, o mais jovem (14 anos), é Ricardo

Tavares, «estudioso das religiões»

e aspirante a teólogo que se

sente «no Paraíso em Braga», cidade

onde, aliás, não nasceu. «Em vários

aspectos da minha vida sinto a

presença de Deus e isso faz-me sentir

uma pessoa melhor», refere. A

sua «vocação para o estudo da fé»

nasceu após o falecimento do pai, há

cerca de três anos.


MUNDO

DIA INTERNACIONAL COMEMOROU-SE DIA 18

Há 200 milhões de migrantes

Estima-se que em todo o mundo

pelo menos 200 milhões de pessoas

habitem num país que não é o seu de

origem. A mudança deve-se a questões

de trabalho – na região do Golfo,

por exemplo, 40 por cento da

força de trabalho é estrangeira –,

ou devido a conflitos – como é o

caso de diversos países africanos ou

do fluxo dos países do Leste europeu.

Europa e Ásia central são as regiões

onde se registam maiores fluxos

de movimento: em 2005 havia

aqui 70,6 milhões de «deslocados».

Mas é a Oceânia que tem a maior

quota de migrantes entre a população

(15,2 por cento). Prevê-se que até

2050 todos os anos pelo menos 2,3

milhões de pessoas se mudem para

as regiões mais desenvolvidas. M.L.

mSabia que...

ZOROASTRISMO u No século VI antes

de Cristo, uma religião denominada

zoroastrismo poderá ter formado o

esqueleto do cristianismo? Ahura Masda

era o Deus bom, criador do mundo,

auxiliado por uma figura semelhante à

do Espírito Santo; Ahriman era o Mal, o

equivalente ao Diabo, gerador de

destruição e das trevas, que habitava um

lugar abominável (apelidado de Inferno

pelos cristãos) para onde iam os mortos

cujas acções terrenas haviam sido

negativas. Esta religião – em que há

espaço para anjos da guarda e também

se fala do Juízo Final, em que o Mal será

definitivamente vencido – teve uma

duração de cerca de mil anos e foi criada

pelo profeta Zaratustra, membro do

povo iraniano dos Medos.

BAPTISMO u Jesus deverá ter sido

membro da comunidade essénica? O

Messias cristão foi sujeito ao baptismo,

rito exclusivamente essénico, pelo

discípulo essénio João Baptista, e

celebrou a última Páscoa antes da

crucificação numa sexta-feira, seguindo

o costume essénio. No entanto, durante

os seus últimos anos terá abandonado

essas práticas: não lavava as mãos

antes das refeições, jantava com

mNúmeros

11

5

Serão cerca de cinco milhões os portugueses

espalhados pelo globo.

337

As remessas enviadas pelos migrantes

através das vias oficiais rondaram os 337

mil milhões de dólares em 2007.

50,4

Os homens estão em maioria entre a população

migrante, embora por uma margem

mínima.

fariseus, não abominava os samaritanos

(parábola do Bom Samaritano),

rodeava-se de mulheres e não

respeitava o sábado. Dos essénios

ficou-lhe, ainda assim, a compaixão

pelos pobres e o desprezo pelos ricos e

os poderosos.

CALENDÁRIO u Podemos estar no ano

de 2001 e não em 2008? A atribuição

científica da morte do vilão Herodes ao

ano 4 antes de Cristo choca com a

datação bíblica. Calcula-se, portanto,

que Jesus nasceu no ano 7 antes de…

Cristo.

HOLOCAUSTO u A Bíblia é a base

conceptual do assassínio de milhões de

judeus? O anti-semitismo (com

repercussões mais trágicas no nazismo)

tem a profanação da hóstia pelos

judeus como uma das suas traves

mestras. Por seu lado, o nome do

zelota Judas Iscariote era

suficientemente parecido com «judeu»

para ter sido generalizada a ideia do

«traidor judeu». Por fim, ao lavar as

mãos da crucificação de Jesus, Pôncio

Pilatos é posto de parte na narrativa

bíblica, que coloca sobre apenas os

judeus presentes a decisão de mandar

matar o Messias, mantendo vivo um

criminoso.

CRIACIONISMO u Cerca de 60 por cento

dos portugueses acreditam na Criação

divina? Um estudo publicado na revista

Science em 2005 revela ainda que

apenas 25 por cento rejeitam a teoria,

enquanto 15 por cento dizem-se

pticos.

PUB


12 OPINIÃO

SEXTA, 19 DE DEZEMBRO DE 2008

mSexta dimensão

Luís Francisco

luis.francisco@sexta.pt

u Fiquei muito contente por saber

que o Presidente do Zimbabwe,

Robert Mugabe, já está a ganhar algum

polimento. Jácomeçoua

adoptar algumas medidas políticas

não apenas racistas e nazis,

como até aqui. Refinou-se um pouco!

Aprendeu alguma coisa com os

nossos governantes, presumo. Já

tomou, por exemplo, uma medida

que parece aprendida com a nossa

ministra da Educação.

A ministra cá decretou o abaixamento

do nível de exigência dos

exames de matemática e depois

congratulou-se com o aumento das

notas dos alunos em tão «difícil»

disciplina graças ao seu trabalho.

O Mugabe decretou que a epidemia

de cólera que havia no Zimbabwe

mCanal aberto

Legalização da prostituição

Penso que já é tempo de assumir uma realidade

que cada vez está mais descoberta

e que carece da atenção efectiva dos políticos:

a prostituição. De facto, não faz qualquer

sentido adoptar uma postura proibicionista

de um negócio que vive do segredo,

da escuridão dos apartamentos e hóteis

onde decorre e do lucro sujo a custo de

prostitutas e clientes. O Governo e a Assembleia

da República devem legislar sobre

a prostituição, funcionamento de casas e ba-

Vemaíumano

difícil: a única

boa notícia

é que fomos

avisados

EsteéoúltimoSEXTA de 2008 e olhar

para a frente, como sempre tentámos fazer,

não é um exercício simpático. Multiplicam-se

os sinais de que a crise mundial

pode bem vir a ser ainda pior do que o es-

perado inicialmente, que a palavra certa

para definir o futuro próximo pode não ser

difícil, mas sim dramático.

Uma teoria bem solidificada na nossa

tradição cultural diz-nos que o sofrimento

traz sabedoria, que as dificuldades nos

ajudam a crescer, a tornar-nos melhores.

Individual ou colectivamente, não precisamos

de nos encostar a uma qualquer fé

religiosa para concordar com isto.

Era bem melhor que não tivessemos

de passar por dificuldades, mas elas estão

aí e a nossa única arma é que estamos informados.

E, portanto, temos a obrigação

de nos preparar. O ano de 2009 vai ser difícil

para quase todos, cruel para muitos,

Nevões de areia

do Zimbabwe

em Portugal

acabou. Por decreto, portanto, mas

isso lá não interessa.

Não haverá mais mortos por cólera,

porque ela foi extinta pelo Presidente.

No Zimbabwe, a partir de

agora, se alguém morrer de cólera a

certidão de óbito deve dizer «ira»

ou «nervos». A nós, portugueses,

só nos falta habituarmo-nos a ser

tratados como zimbabweanos. Mais

quatro anos disto e vão ver que quem

souber 2+2 já entra em engenharia.

Os deputados faltaram a uma votação

importante para a oposição e

para o país. Mas isso é habitual (ia a

escrever «normal», mas não me

pareceu correcto). O que não me

parece normal é haver uma série de

deputados a justificar a coisa como

res de alterne, medidas de protecção de

saúde pública e direitos das prostitutas,

evitando o turismo sexual, protegendo as

vítimas de escravatura sexual, etc., o que

permitiria travar a propagação da sida, proteger

as prostitutas e seus clientes na saúde

e nos direitos sociais e a tornar transparente

a economia camuflada que subsiste

nos antros de prostituição, à custa da negligência

descarada do Estado.

João Pedro Santos

Bush tinha razão!...

Finalmente elas apareceram! As armas de

destruição massiva, um par de sapatos ira-

normal e até o Presidente da Assembleia

dizer que não poderá haver

faltas, porque não faltar é uma

questão de ética.

Por esta ordem de ideias não deveria

haver multas para quem fala ao

telemóvel no carro (na realidade parece

que não há, de tal forma é «normal»

ver gente a falar, principalmente

naqueles carros de topo de

gama…), nem penas de prisão para

quem mata pessoas. É, também,

tudo uma questão de ética. Quando

é que eles começam a perceber

que já é demais a defesa irracional

que fazem uns dos outros? Já chegámos

ao Zimbabwe?!

Continuamos a ver notícias, como

todos os anos, de estradas cortadas

nianos, que Bush finalmente descobriu.

Dependendo do tempo que o jornalista já

tenha andado com os ditos sapatos, poder-se-á,

talvez, quem sabe, vir a poder

confirmar a existência de gases venenosos

e tóxicos.

Vítor Grosso

Em quem confiar?

Mais nove antigos presidentes e administradores

de um conceituado banco

nacional foram notificados pelo Banco

de Portugal, como arguidos, no âmbito

de alegadas irregularidades cometidas,

enquanto responsáveis da referida ins-

dramático para alguns. E cada um de nós

tem de estar a postos para o que os próximos

meses podem trazer.

Talvez seja altura para pensar quantas

vezes estendemos a mão para dar, em vez

de apenas pedir. Talvez tenhamos agora ainda

mais a obrigação moral de olhar para o

lado e ver quem partilha connosco a sua

existência, quem está pior do que nós,

quem já não está em condições de se preparar

para a crise, porque já vivia na corda-bamba

antes de haver menos dinheiro,

menos emprego, menos felicidade.

Haverá quem se deixe resvalar para a

miragem de facilidade dos pequenos crimes;

quem perca a dignidade perante situações

mCreolina

José Pedro Gomes

zpgomes@sapo.pt

por causa da neve. Em Trás-os-

Montes principalmente, e na serra

da Estrela. Na serra da Estrela chega

a ser ridículo a neve impedir as pessoas

que querem ir fazer esqui («ir

No Zimbabwe, a partir

de agora, se alguém

morrer de cólera

a certidão de óbito deve

dizer «ira» ou «nervos».

A nós, portugueses, só

nos falta habituarmonos

a ser tratados como

zimbabweanos

tituição bancária. (...) Assim, face a tanta

prevaricação que dia a dia é noticiada,

a quem confiar o pouco que temos e

em que mãos depositar a nossa própria

guarda?

José Amaral

O SEXTA ERROU – Por lapso, na nossa última

edição, atribuímos a Luís Amado o cargo

de ministro da Defesa, quando a sua pasta

é a dos Negócios Estrangeiros.

m Cartas ao director

Escreva para : Travessa da Queimada, 23,

3.º, 1249-113, Lisboa,

ou para o e-mail: geral@sexta.pt

de grande desespero; quem, simplesmente,

desista de lutar. As primeiras vítimas da

crise serão, desde logo, os que já vivem

nas margens da sociedade: os pobres, os

idosos, as crianças, os trabalhadores precários,

os imigrantes.

Mas os tempos que aí vêm serão difíceis

para todos. Teremos de procurar novas

rotinas, limitar maus hábitos, descobrir

soluções onde só parece haver problemas.

Não se trata de ser alarmista: a nossa única

vantagem perante a crise é que fomos

avisados. Temos obrigação de estar preparados.

E de sermos solidários para com

os que não têm hipótese de o fazer.

No final, seremos melhores.

para a neve») de chegarem aos sítios

que estão o ano inteiro à espera da

neve para poderem trabalhar.

Nos noticiários já ninguém questiona

isto, levando-nos a pensar

que será uma coisa «normal», do

destino, da natureza, inevitável,

para quem vive nas zonas mais frias

do país.

Quero testemunhar que já estive

em aldeiasem França e na Alemanha

(que não eram estâncias de esqui,

muito longe disso!) onde não havia

pinga de neve ou gelo nas estradas,

mesmo quando saía de casa às 6 da

manhã, ainda noite, e tinha de esperar

que o gelo saísse do vidro do carro.

Ah, e já não põem sal nas estradas,

mas sim uma outra substância

para retardar a formação de gelo.

Isto é, não tratem os beirões e

transmontanos como habitantes do

Zimbabwe, porque já não é há muito

tempo inevitável ter estradas

cortadas pela neve nos sítios onde

isso acontece todos os anos. «Nevões»

em Portugal são, a maior parte

das vezes, areia atirada para os

olhos dos indígenas das beiras ou de

Trás-os-Montes.

Fiquei a saber entretanto, por alguns

leitores, que afinal já existe uma

lei que obriga as novas construções

de prédios a instalarem painéis solares

de aquecimento de águas. Só que

ninguém faz cumprir esta lei, como

sabemos todos, aqui no Zimbabwe.

FICHA TÉCNICA SEXTA u Redacção: Tv. Queimada, 23 - 3.º, 1249-

113, Lisboa. tel: 21 323 21 45 fax: 21 323 21 98 e-mail: geral@sexta.pt

u Departamento comercial e distribuição: Rua Viriato nº13,

1069-315 - Lisboa, tel: 21 011 190 u Título registado na ERC sob o

número 125263. Propriedade: Vipu ACE, com o nº de contribuinte

508 259 290, com sede na Rua Viriato nº 13, 1069-315 u CONSE-

LHO DE ADMINISTRAÇÃO Hugo Figueiredo e Mário Arga e Lima u

DIRECTOR João Bonzinho DIRECTOR-ADJUNTO Luís Francisco u

REDACÇÃO Nuno Paralvas (nuno.paralvas@sexta.pt), Maria Lopes

(maria.lopes@sexta.pt), Hélder Beja (helder.beja@sexta.pt) u

PAGINAÇÃO Pedro Filipe (graficos@sexta.pt) u SECRETÁRIA DE

REDACÇÃO Alexandra Galvão (alexandra.galvao@sexta.pt / geral@sexta.pt)

u Cartas ao Director: geral@sexta.pt u COLUNIS-

TAS Joana Amaral Dias (genecanhoto@gmail.com) e José Pedro Gomes

(zpgomes@sapo.pt) u CARTOON Luís Afonso u

COLABORADORES Nuno Amaral (no Brasil), Farol de Ideias (Liga dos

Últimos) I+G (infografia) u DIRECTOR COMERCIAL E-mail: publicidade@sexta.pt;

Diogo Costa Ferreira (diogo.ferreira@sexta.pt) tel:

21 011 13 66 tlm: 93 931 96 19; Paula Reis (executiva de contas) (paula.reis@sexta.pt),

tel.: 21 011 13 21; Sofia Ferreira Pinto (executiva

de contas) (sofia.pinto@sexta.pt), tel.: 21 011 11 91; André Figueiredo

Domingues (gestão de contas), tel: 21 011 13 71; Luís Ramalho

(media criativo, luis.ramalho@sexta.pt) tel: 21 011 11 93 u RES-

PONSÁVEL DE DISTRIBUIÇÃO José Santos (jose.santos@sexta.pt) tel:

21 011 11 92 tlm: 93 757 56 68 u IMPRESSÃO Unipress, Travessa

de Anselmo Braancamp, 220, Arcozelo, 4410-359 Arcozelo VNG; tel:

22 753 70 30


SEXTA, 19 DE DEZEMBRO DE 2008 ARTES

Miró, o mais

surrealista

EFEMÉRIDE Pintor catalão morreu há 25 anos. Deixou

constelações de sonhos e «assassinou» as convencões

Hélder Beja

helder.beja@sexta.pt

u Eraummiúdocomcabeçadevento,

sem paciência para a escola. Dizse

que coleccionava pedras e pétalas.

JoanMirónasceuemBarcelona(1893)

e nada fazia crer, muito menos a Miguel

Miró Adzerias, seu pai, que 25

anos passados sobre a sua morte (25-

12-1983) todos o recordassem como

grande pintor surrealista.

Filho de famílias modestas – o pai

era relojoeiro, a mãe, Dolores Ferra,

descendia de um marceneiro –, Miró

nunca foi um bom aluno. Nem na escola

de Comércio de Barcelona, que

frequentou por vontade do pai, nem

nas Escola Lonja de Indústria e Belas-Artes.«Eueraumportentodafaltadejeito»,

escreveu mais tarde sobre esta

primeira fase da sua vida. Foi já na

maioridade,depoisdetrabalharcomo

contabilista numa firma de Barcelona

e de ter caído numa forte depressão,

que Miró passou a dedicar-se exclusivamente

às artes.

Da academia Francisco Galí (também

na capital catalã) para as galerias

de Parisfoiumpasso,umgrande passo.

Em 1920 visita a Cidade-Luz pela

primeiravezeconheceumentãojáreconhecido

pintor, de seu nome Pablo

Picasso.

É ainda nessa década de 1920 que

decide instalar-se em Paris, no bairro

de Montparnasse, e casar-se com

Pilar Juncosia. Em 1930 o casal tem a

única filha: Maria Dolores.

Sempre produtivo, Miró mostrou-se

subversivo e desregrado, homem

de quem André Breton chegou

CANÇÕES DE SCHUBERT COM POEMAS DE WILHELM MULLER

Dupla portuguesa em Viagem de Inverno

Luís Rodrigues, barítono, e David

Santos, pianista, dão voz e vida a

uma das obras mais fascinantes de

Schubert (1797-1828) composta no

penúltimo ano da sua vida, Viagem

de Inverno. O CD gravado no Centro

Cultural Olga Cadaval, no passado

mês de Maio, está disponível para

todos os apreciadores de música clássica

e ópera.

O ciclo é composto de 24 canções

baseadas em poemas do alemão Wilhelm

Muller, que descrevem a angústia

de um viajante solitário que se

entrega à dor depois de ter sido enganado

por um amor não corres-

a dizer: «Ele foi o mais surrealista de

todos nós.»

Influenciado pelo impressionismo,fauvismoecubismo,Mirópintou,

esculpiu e desenhou com o olhar inocente

de uma criança e o toque de um

génio.TemmuraisemHarvard(EUA)

e esculturas em La Defense (Paris).

pondido. «Schubert ficou fascinado

com os poemas porque era exactamente

o que ele estava a sentir na altura

e, por isso também, compôs

com muita inspiração as melodias»,

explica Luís Rodrigues.

O projecto pretende dar a conhecer

«uma visão portuguesa de

uma das maiores obras-primas musicais,

sem a perda de autenticidade»,

tornando-se, assim «algo inovador».

Embora, a música clássica

e a ópera ainda mantenham uma

conotação elitista, a verdade é que

este género musical tem vindo a

ganhar peso relevante nos jovens.

«Há um maior interesse por este

tipo de projectos. As pessoas estão

mais disponíveis para os conhecer»,

diz David Santos.

O álbum tem as letras das canções

traduzidas do alemão para o português,

mas o ouvinte não precisará

delas porque «a parte emocional

transborda, sem que seja necessário

perceber a letra». Schubert é uma referência

incontornável para todos

os compositores e músicos que se

dedicam a este género e, por isso,

Luís Rodrigues e David Santos prestam-lhe

uma homenagem, fazendo

renascer Viagem de Inverno. J.G.

O Carnaval do Arlequim (1924-1925, na

imagem) é um dos importantes trabalhos

de Miró. Números e Constelações em

Amor com uma Mulher (1941) ou a

escultura Mulher e Pássaro à Luz da Lua

(1949) são outros. Para saber mais visite a

fundação com o seu nome (www.miro.es).

PUB

mBreves

GLOBOS DE OURO u Séries emitidas

em Portugal recebem 29 nomeações

A série Terapia, exibida em Portugal pelo

canal de cabo Fox Next, é a mais nomeada

aos Globos de Ouro, com cinco indicações.

A série concorre com Dexter, House, Mad

Men e True Blood para melhor drama. Das

cinco produções, apenas True Blood ainda

não estreou em Portugal. Californication,

O Escritório, 24 e Erva são outras das séries

nomeadas. Ao todo, contam-se 29 nomeações

para séries exibidas na TV nacional,

na maioria pelos canais de cabo Fox.

CINEMA u Oprah assina contrato com

HBO e vai produzir filmes

A produtora Harpo Films, de que a apresentadora

de TV Oprah Winfrey é proprietária,

assinou um contrato de parceria com

a HBO, que a vai envolver na realização de

filmes, documentários e séries. A Harpo

Films troca de parceira, deixando a ABC

para trabalhar com a HBO. Quanto à famosa

apresentadora norte-americana, tem

54 anos e foi recentemente considerada a

mulher mais poderosa da indústria de entretenimento

pelo Hollywood Reporter.

CINEMA u Pelé vai ser protagonista

de filme de animação indiano

O veterano craque brasileiro Pelé aceitou

participar numa produção indiana de animação,

que pretende homenageá-lo. O filme

só deve começar a rodar em 2010 mas

os objectivos da Compact Disc Índia e da

empresa Prime Licensing, que detém os

direitos exclusivos da marca Pelé, são claros:

atingir o público infantil e adolescente

e desenvolver jogos e merchandising

em torno da imagem de Pelé.

LIVRO u OSegredoé pelo segundo

ano o livro mais vendido em Portugal

O livro de auto-ajuda O Segredo (ed. Lua de

Papel, 2007), de Rhonda Byrne, volta a ser

o livro mais vendido do ano em Portugal, garante

a empresa de análise de mercado Gfk.

José Prata, editor da Lua de Papel, disse ao

Público que os números reforçam o carácter

«único e irrepetível» deste fenómeno.

O Segredo é feito a partir de testemunhos

de 24 especialistas em marketing, em criar

riqueza, em motivação pessoal. Até agora,

foram postos à venda 435 mil exemplares

no mercado português.

David Santos e Luís Rodrigues prestam homenagem ao génio de Schubert

DR

13

DR


14 TEMA DE CAPA SEXTA, 19 DE DEZEMBRO DE 2008

TEMA DE CAPA

15

Suécia 1

Noruega 1

Escócia 4

Dinamarca 2

Rússia 5

Holanda 2

Em busca do sonho

Moldávia 3

Ucrânia 2

EMIGRANTES Cristiano Ronaldo é o mais famoso dos futebolistas portugueses no estrangeiro. Começaram a espalhar-se pelo

mundo há mais de 100 anos. Nunca este fluxo de emigração foi tão intenso e o mercado de transferências reabre em Janeiro

Alemanha 14

Austria 1

Inglaterra 27

Roménia 46

Sérvia 3

Azerbaijão 1

Turquia 3

por António Oliveira, os únicos a representar

equipas estrangeiras. Doze

anos depois, na última convocatória

de Carlos Queirós, surgem apenas sete

jogadores a actuar em Portugal.

Nuno Paralvas

nuno.paralvas@sexta.pt

China 1

Irão 1

Arábia

Saudita 2

Itália 13

Bulgária 21

Eslovénia 1

Grécia 21

Liechtenstein 1 Chipre 48

Espanha 43

Suíça 21

França 19

Japão 1

Luxemburgo 29

Kuwait 1

Hong Kong 1

chegou a reconhecer a UEFA, tem fortepoderdeatracção.Nãoédeestranhar

que, segundo o Sindicato de Jogadores

Profissionais de Futebol, existam 46

portugueses na Roménia e 21 na Bulgária.

Mas há portugueses por todo o

lado–deEspanhaaoAzerbaijão,doLiechtenstein

à China.

Em sentido inverso, chegam mais

estrangeiros –o Benfica jogou sem um

português no onze pela primeira vez.

Em Janeiro, quando reabrir o

mercadodetransferências,

unspartirãoeoutros

chegarão. Sempre

em busco

de um sonho.

mPrincipais campeonatos*

mEmigrantes

Mais de 300 j Segundo informação do Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol,

há 340 portugueses nas diversas divisões de países estrangeiros, incluindo Abel Xavier

nos EUA. Estão contabilizados luso-descendentes residentes no Luxemburgo

DANNY, PEDRO MENDES, DUDA E MÁRIO SÉRGIO CONTAM COMO SE VIVE LONGE DE PORTUGAL

A família não se vê mas entra em campo

REVOLUÇÃO A PARTIR DE 1995

AaplicaçãodaleiBosman,em1995,

abriu a circulação dos futebolistas na

União Europeia. Além dos negócios de

milhões que proporcionou com maior

frequência, franqueou, ainda, as portas

de clubes mais modestos e de divisõesinferioresnoestrangeiro,queoferecem

condições financeiras e de

estabilidade que se encontram cada

vez menos em Portugal. Basta recordar

o caso do E. Amadora, que não

paga salários, para perceber as razões

que levaram 48 portugueses a emigrar

para Chipre, filão descoberto nos últimos

anos. É verdade que nem todas as

histórias têm final feliz e, lá como cá,

há relatos de incumprimento de promessas.

Mas, no geral, o sentimento

é de que lá fora há boas oportunidadesparaseremagarradas.

A injecção de largos milhões

de euros nos clubes

de Leste por novos investidores,

cuja origem do

dinheiro está envolta

em suspeitas, como já

J. Gonçalves Santander

José António Santander

Pepe Real Madrid

Beto Huelva

Miguel Valência

M. Fernandes Valência

ITÁLIA

Costinha Atalanta

M. da Costa Fiorentina

Figo Inter

R. Quaresma Inter

Tiago Juventus

Antunes Lecce

Gonçalo Brandão Siena

FRANÇA

Marco Ramos Lens

P. Machado St.-Étienne

ALEMANHA

D. Fernandes Bochum

Petit Colónia

Sérgio Pinto Hannover

H. Almeida Bremen

Alex Wolfsburgo

R. Costa Wolfsburgo

* Só I Divisão

INGLATERRA

Ricardo Vaz Té Bolton

R. Carvalho Chelsea

Paulo Ferreira Chelsea

Deco Chelsea

Hilário Chelsea

Bosingwa Chelsea

Nuno Valente Everton

C. Ronaldo Man. United

Nani Man. United

R. Rocha Tottenham

F. Teixeira West Brom.

Pelé West Bromwich

Boa Morte West Ham

ESPANHA

Simão Atl. Madrid

Maniche Atl. Madrid

Ricardo Bétis

Nelson Bétis

José Castro Corunha

Hélder Rosário Málaga

Duda Málaga

Eliseu Málaga

Nunes Maiorca

Tiago Gomes Osasuna

u Foi já depois de ter jogado na Lazio,

equipa italiana, que Francisco dos

Santos, também escultor, ganhou o

prémio com a maqueta para a construção

da estátua do Marquês de Pombal,

Lisboa, em 1915. Trocou o Casa Pia

para exibir-se na equipa romana em

1907,tornando-senopioneirodaemigração

dos futebolistas portugueses,

ainda o futebol estava na aurora da sua

vida em Portugal.

Maisde50anosdepois,JorgeHumbertodeixavaaAcadémicaeocursode

Medicina para partir à aventura no futebol

italiano, por sugestão do famoso

treinador Helenio Herrera (a quem José

Mourinho foi comparado) do Inter,

e aliciamento de chorudo salário, com

o qual acabaria por comprar um prédioemLisboaeoutroemCaboVerde,

de onde era natural. Como em 1961, os

jogadoresportuguesespartemembusca

de um sonho, de uma oportunidadefinanceiramelhor.E,sónalgunscasos,

alcançam a fama.

IlustrescomoJorgeHumberto(Atlético

Madrid), José Águas (Áustria FK),

Mário Coluna (Lyon), Humberto Coelho

(PSG), João Alves (Salamanca), Ví-

ALEXANDRE PONA/ASF

bilidade emocionaldeterminantepara

o sucesso dentro de campo.»

CASTELHANO ENTRA NA FALA

Duda , natural de Campanhã, Porto,

tinha 18 anos quando trocou o V.

Guimarães pelo Cádiz. Naquela cidade

espanhola encontrou um «mundo

novo em que tudo era novidade» e...

a sua mulher, Arantxa. Têm duas meninas:

Paula, 6 anos, e Maria, 4.

Subiu a pulso na carreira e contou,

sobretudo, «com a ajuda dos companheiros

de equipa», quando sofria de

«solidão». A família ficou em Portugal.

Duda construiu a sua. Uma década

em Espanha nota-se na maneira de

falar. «Fui-me habituando a tudo. Às

vezes faltam as palavras em português»,

conta ao SEXTA.

OquenãofaltaránaceiadeNatalsão

«os bolinhos de bacalhau». A família

vai para Málaga passar a Consoada. E

vaiterdehabituar-seaomarisconanoite

de 24 para 25. É tradição espanhola.

Quem fica a ganhar são as filhas.

«Recebem umas prendinhas no Natal

e depois no Dia de Reis.» Como se viu,

primeiro está a família. Nuno Paralvas

A mulher e o filho ficaram em casa,

mas já o visitaram. Em Donetsk, encontram

tudooqueháem Portugal.Se

acompanhado ainda vai ao supermercado,

sozinho, como não cozinha, vai

aos «muitos restaurantes bons». De

resto, faz uma «vida normal, com os

treinos e jogos a marcarem a rotina».

O português está presente porque na

equipa jogam dois brasileiros.

FAMOSO EM GLASGOW

Pedro Mendes vai ter «casa cheia»

este Natal, em Glasgow (Escócia). A

família mais próxima vem de Portugal

e junta-se à mulher, Sabrina, e aos filhos,

Inês, 5 anos, e Rodrigo, 3. Os dois

rebentos são responsáveis pela «vida

caseira» que levou em Inglaterra.

Quando jogava no Tottenham Inês era

bebé e quando se mudou para o Portsmouth

nasceu Rodrigo.

Agora,noRangers,játemmaistempo

«para outras actividades», como

passear com a família, embora a vida

social mais activa e o contacto com os

amigos próximos, como acontecia em

Portugal,seja,já,umamiragem.«Afamíliaéomeuportodeabrigoeaesta

A mulher, Petra, e os dois filhos gémeos,

Bernardo e Francisco, 4 anos,

acompanham Dannydesdeosprimeiros

dias na Rússia, país que o recebeu

em2005.Docontingentequepartiude

Portugal, o avançado português, protagonistadetransferênciade30milhões

de euros para o Zenit, no Verão, foi o

único a triunfar, primeiro em Moscovo

e agora em São Petersburgo.

Danny, 25 anos, natural de Caracas

(Venezuela), explica com simplicidade

a razão do sucesso. «Em Portugal,

corria o risco de não ser levado a sério.

Tive de safar-me», conta ao SEXTA.

Acrescenta só que se integrou bem. O

quenãoquerdizeréqueoreconhecem

como um profissional sem mácula. Os

tempos livres passa-os com a família.

«Sempre tive o apoio de quem mais

gosto. Isso foi determinante», confessa.NaRússia,conhecem-nobem.Certa

vez, acusaram-no de conduzir em

excesso de velocidade. Não era verdade.

«Os polícias pediram-me desculpa

e uma camisola.»

A experiência de Mário Sérgio com

os polícias ucranianos não é famosa.

Pisou no acelerador mais do que devia

e foi mandado parar. Nada que um suborno,

de 18 euros, não resolva. O defesaestáaindaaviverosprimeirosmeses

em Donetsk, no Mettalurg, mas

esse episódio só tornou mais interessante

a vida na Ucrânia. «Quando me

convidaram desconfiei. Mas falei com

o Ricardo [Fernandes, companheiro

de equipa], que disse para estar à vontade»,

explica. Ricardo, com quem

passagrandeparte dotempo,tem sido

uma ajuda preciosa, «conhece os melhoressítiosdacidade»e,noinício,ensinou-o

«numacoisatãosimplescomo

carregar um telemóvel, que estava a

ser um quebra-cabeças».

tor Damas (Santander), António Oliveira

(Bétis), Fernando Gomes (Sporting

Gijón) ou Chalana (Bordéus) também

andaram pelo estrangeiro. Mas a

grande bandeira da emigração portuguesanoestrangeirofoilevantadapelageraçãodePauloSousa,FernandoCouto,

Rui Costa e Figo, que ainda continua

em actividade no Inter. No Euro-

96,eram,aliás,entreos22convocados

ABEL XAVIER PODE CONTINUAR A CARREIRA NA ARÁBIA SAUDITA EM 2009

Algemado em LA, apaixonado em Istambul

«Em Portugal, corria o risco de não ser levado a sério. Tive de safar-me», conta Danny

Cristiano Ronaldo, 23

anos, é a bandeira

do futebol português

no estrangeiro. Ganhou

a Bola de Ouro e, tudo

indica, pode ser coroado

o melhor do mundo pela

FIFA em Janeiro

Quem anda há 15

anosforadopaístemmuitashistóriasparacontar.Abel

revela a última: «Quando conduzia

na auto-estrada ouvi, no rádio,uma

ordem para encostar e não vi qualquer carro-patrulha.

A indicação vinha de um helicóptero

da polícia que tinha entrado na minha frequência. Depois,

chegaram os polícias que, como era noite, trataram a operaçãostopcomoaltorisco.Vi-menumasituaçãodedetenção

e algemaram-me.» O problema resolveu-se, Abel convidou

os polícias para assistirem a um jogo. Só não aceitaram

porque desconheciam as regras do soccer.

Em Istambul, sentiu-se turco. «É uma segunda casa.

Tive uma relação muito intensa com os adeptos e a cidade.

Quis acabar a carreira no Galatasaray.» No Hannover,

foi discriminado por um treinador pela cor da pele. «Foi

o ano mais difícil», desabafa. Mas está orgulhoso por

ter ultrapassado todas as adversidades

da longa

carreira.Especialmentecomplicadas

no estrangeiro.

Nuno Paralvas

Abel Xavier,

36 anos, oito

países, 12 clubes:

o futebol levou-o

numa viagem,

ainda sem fim

àvista

Abel Xavier está a viver os últimos dias em Los Angeles.

Provavelmente,nãovoltaráàcidadedosanjosdepoisdoNatal,

que passará em Portugal, com a família. O contrato

com o LA Galaxy acaba no fim de Dezembro e com ele terminaa10.ªexperiêncianumclubeestrangeiro.Nenhumfutebolista

português sabe como Abel Xavier o que é procurar

a sorte em tantos países diferentes.

«Estou a fazer uma viagem. O futebol foi a melhor escola

de vida que podia ter. Não vejo outra área que me pudesse

ter preenchido tanto, até culturalmente. Não há dinheiro

que pague isso», começa por contar ao SEXTA o

antigo internacional que passou por Itália (Bari e Roma),

Espanha (Oviedo), Holanda (PSV Eindhoven),

Inglaterra (Everton, Liverpool e Middlesbrough),

Turquia (Galatasaray), Alemanha

(Hannover) e Estados Unidos (LA Galaxy).

Aos 36 anos, diz que «está tudo em aberto»

em relação à sua carreira. O SEXTA sabe

que jogar na Arábia Saudita é uma possibilidade.

Aos EUA, só volta para tratar de

«projectos fora da área do futebol»,quenãoquisespecificar.

Segundo o sindicato

de jogadores, Chipre

é o país estrangeiro com

mais portugueses (48)

ANDRE ALVES/ASF

JON SUPER/AP


16 ESTRELAS

SEXTA, 19 DE DEZEMBRO DE 2008

«Cheguei à idade de fazer de avó»

CINEMA Perto de completar 20 anos de carreira, Alexandra Lencastre experimenta a sensação de dobrar filmes de animação. Em conversa

com o SEXTA, a actriz revela que se sente cansada de fazer telenovelas e que gostaria de voltar a apresentar um programa de televisão

Joana Miranda

geral@sexta.pt

u É o seu último trabalho, mas é

como voltar às origens. Alexandra

Lencastre deu-se a conhecer no mundo

da representação em Rua Sésamo

e, passados 18 anos, volta a trabalhar

para crianças. Em Lenda de Despereaux,

a actriz faz, pela primeira vez,

a dobragem de um filme, onde é narradora

da história. «Foi uma óptima

experiência, ainda não o tinha feito

por falta de tempo», revela a actriz.

O filme conta a história de um valenteratinhoquenascegrandedemais

para o pequeno mundo em que vive.

«É uma história com uma série de

mensagens. Ensina os mais novos a

comer a sopa e até apela à leitura»,

conta.ALendadeDespereaux estános

cinemas desde esta quinta-feira.

A estrear também está Equador,

onde Alexandra Lencastre interpreta

o papel de Maria Augusta, uma mulher

santomense que gere os negócios

da família. «Uma composição interessante

de se fazer», visto que Maria

Augusta nada tem a ver com as

personagens sexy que a actriz interpreta

e que se colam à sua imagem.

Mas não é assim que Alexandra se vê:

«Não me sinto uma sex-symbol, isso

é uma brincadeira que faço na televisão

e quanto mais velha menos sentido

faz fazer esse tipo de papéis.»

E, se não fosse a idade, a actriz não

sentiria nenhuma limitação em interpretarqualquerpapel.«Emtermos

de vontade estou pronta para tudo,

mas já cheguei à idade de não ser a heroína,

mas de fazer de avó.»

ESCOLHIDA POR MALKOVICH

Alexandra tem um vasto palmarés

no cinema e tem esperança que a

grande produção de Equador «mude

a realidade cinematográfica em Por-

ESTREIA DOMINGO, DIA 21, EM HORÁRIO NOBRE NA TVI

Equador bate recordes

É certamente uma das estreias

mais esperadas do ano. Este domingo,

os portugueses vão finalmente

poder ver aquela que é considerada

a maior produção

audiovisual que alguma vez se fez em

Portugal. A adaptação do best-seller

Equador de Miguel Sousa Tavares,

em série de televisão bate recordes

financeiros e de logística. O livro

também já tinha batido alguns. Vendeu

400 mil exemplares em 15 países

e foi traduzido para 12 línguas.

Entre Maio e Outubro deste ano,

foram gravadas mais de 26 mil horas

de filmagens em quatro continentes

(Europa, Ásia, África e América

do Sul). Foram feitas 135 viagens

(só de ida) para a Índia, Brasil e São

Tomé e Príncipe. A grande produção

estende-se à comitiva e material

necessários para gravar Equador.

Para fazer os 26 episódios de 50 minutos,

foram precisos 118 actores,

mais de seis mil figurantes e uma

equipa técnica composta por cerca

de 300 elementos.

Só no Brasil, onde foi gravada

cerca de 70 por cento da série, a co-

Pela primeira vez, Alexandra Lencastre faz dobragem num filme animado. Em A Lenda de Despereaux, a actriz dá voz à narradora da história

mitiva tinha 150 pessoas. Apesar de

quase toda a acção da trama decorrer

em São Tomé e Príncipe, a falta

de condições para filmar no país

africano levou parte da rodagem da

série para os cenários idênticos do

Brasil. Em Portugal, a série também

percorreu muitos quilómetros. Foi

filmada em Lisboa, Loures, Cascais,

Belas, Vila Viçosa, Alcochete, Amora,

Régua, Ericeira, Vila Franca de

Xira, Évora, Porto, Mafra e Curia.

O guarda-roupa, alugado a uma

empresa espanhola, é constituído

por cerca de 6000 peças e 500 pares

de sapatos. Apenas a protagonista

Maria João Bastos teve vestidos feitos

especialmente para si. A equipa

de caracterização de personagens

era igualmente grande: 16 maquilhadores

e 15 cabeleireiros.

Os custos de Equador estão envoltos

em segredo, mas o SEXTA estima

que oscilem entre os 3,5 e os

quatro milhões de euros. No entanto,

começa a ver-se retorno do

enorme investimento, visto que

Equador está a ser negociado com

estações de seis países. J.M.

tugal e se comece a fazer mais séries

e telefilmes». Uma evolução esperada

por uma actriz que já experimentou

produções feitas no estrangeiro.

O que mais se destaca chama-se

The Dancer Upstairs,em2002,realizado

por um famoso de Hollywood.

John Malkovich, actor e realizador

norte-americano, escolheu Alexandra

Lencastre para interpretar o papel

de «uma mulher fútil e muito estúpida

casada com a personagem de

Javier Bardem». A actriz portuguesa

desfaz-se em elogios a Malkovich,

considerando-o «um gentleman»:

«É um realizador muito bonzinho e

trata os actores como ele gostava que

os realizadores o tratassem a ele»,

conta a actriz.

Numaalturaemquenãosabeoque

vai fazer no futuro, Alexandra Lencastre

revela que já sente um grande

cansaço de fazer telenovelas. «Agora

vou fazer de quê? Só se for de ho-

Ann Rhys-More, interpretada por Maria João Bastos (à dir.) numa das cenas de Equador

Recriação histórica é a mais cara

Na produção de ficção nacional, a recriação histórica é um autêntico sorvedouro

de dinheiro – e TVI e a NBP, que passa agora a chamar-se Plural Entertainment,

que o digam. Antes da mega-operação Equador, entre as produções mais caras

contam-se a série A Jóia de África, exibida em 2002, filmada integralmente em

Moçambique (Maputo e Inhambane), cuja acção decorre nos anos 50, durante a

época colonial. Foram 26 episódios e as duas dezenas de actores estiveram no

terreno durante quatro meses. No caso da RTP, o destaque vai para A Ferreirinha,

de Francisco Moita Flores, exibida em 2004, e cujos 13 episódios, filmados no

Douro e no Porto, custaram então pelo menos 1,5 milhões de euros. M.L.

D.R.

GONÇALO LOBO PINHEIRO/ASF

mem ou de travesti, porque já fiz de

tudo», desabafa.

Em mente tem o regresso à apresentação

de programas e emendar

algumas experiências do passado.

«Tenhoumasensaçãodeinjustiça.Era

tão inocente que nem sabia que um

apresentador podia ir à edição do programa

e fizeram-me algumas maldades»,

revela. Hoje,«teria outra

postura» e o convidado «seria a figura

principal do programa».

DEPOIS DOS AÇORES

Novelas TVI

na Madeira

A telenovela Flor do Mar também

entra no lote de grandes produções

da estação de Queluz. O orçamento

ronda os dois milhões de euros, mas

o Governo Regional da Madeira contribuiu

com 500 mil euros para aluguer

de cenários ou carros, alojamento

e viagens. Uma aposta forte

que pretende mostrar a ilha e os seus

cenários - as filmagens são feitas em

alta definição - e captar turistas para

a Pérola do Oceano.

FlordoMartenta mostrarum pouco

de tudo da Madeira. No Funchal,

são muitos os edifícios públicos, como

a Câmara Municipal, que emprestam

a fachada à novela. Também o Jardim

Monte Palace, onde se situa a

casa de Joe Berardo, é um dos cenários.

Santa Cruz tem a sua Casa da

Cultura a representá-la. É a personagem

de Sofia Alves que a habita. O

município de São Vicente, na parte

Oeste da ilha, transformou-se num

mini-cenário. A igreja, o centro paroquial

e residências de moradores

são palco de Flor do Mar. J.M.


PUB


PUB


PUB


PUB


VALERY HACHE/AP

SEXTA, 19 DE DEZEMBRO DE 2008 DESPORTO

mBI

SÉBASTIEN LOEB

Nacionalidade: Francês

Idade: 34 anos (n. 26/02/1974)

Altura: 1,71m

Peso: 70 kg

Equipa: Citroën

Co-piloto: Daniel Elena

Estreia nos Ralis: 1997

Títulos mundiais de WRC: 5 (2004, 2005,

2006, 2007, 2008)

Número de ralis disputados: 113

Vitórias: 47

Classificativas ganhas: 558

Primeira vitória: Alemanha 2002

Última vitória: Grã-Bretanha 2008

Ganhar nos ralis

é mais duro do

quenaFórmula1

AUTOMOBILISMO É um velho tema de debate: quem é melhor piloto, o campeão

de Fórmula 1 ou o ás dos ralis? Fomos ouvir a opinião de quem sabe

Domingos Piedade

considera os ralis «mais

duros», com condições

mais variáveis

Hugo Daniel Sousa

geral@sexta.pt

u Sébastien Loeb

faz15ralisportemporada,

com provas

de três dias. Lewis

Hamilton participa

em 18 Grandes Prémios

por ano. Um

corresozinhocontra

o relógio, em estradas

de asfalto, terra,

lama ou neve. O

outro divide uma

pista com mais 19 carros

(pelo menos), depois

de um dia de treinos livres e outro

de qualificação.

Émaisdifícilsercampeãomundial

de ralis ou vencer o Campeonato do

Mundo de Fórmula 1? O SEXTA fez a

pergunta a um piloto, um dirigente e

dois homens da técnica, um de cada

especialidade. A conclusão é que ambassãodifíceis,exigemqualidadesdiferentes,

mas os ralis serão um pouco

mais duros.

Domingos Piedade, presidente do

Conselho de Administração do AutódromodoEstorilehomemligadoàF1,eCarlosBarros,responsávelpelaequipa

de ralis da Peugeot, consideram

mais complicado ganhar no WRC.

António Vasconcelos Tavares, membro

do Conselho Mundial e comissário

desportivo da FIA, vota na opção

contrária, dizendo que a F1 é mais difícil.

Já Pedro Matos Chaves, piloto

que experimentou as duas especialidades,abstém-se,afirmandoqueambas

são muito difíceis e exigem qualidades

diferentes.

Passemos aos argumentos. Pedro

Matos Chaves fala das diferenças: «A

F1 exige um grande perfeccionismo e

uma regularidade impressionante, já

que os pilotos variam décimas de segundo

de volta para volta e têm de fazer

ultrapassagens. Nos ralis há mais

lugar para o improviso. Por um lado,

amargemdeerroémaior,masporoutro

há surpresas, como os espectadores

que quase entram na estrada.»

SOFRIMENTO FÍSICO

OantigopilotodaColoniacabapor

não tomar posição. Para ele, andar a

300 km/h em pista é tão complicado

como conduzir «entre 80 e 190 km/h

nos troços de competição». É que se

nos ralis, além de se coordenar com o

navegador, o piloto tem de «encontraroritmocerto,porquenãoháuma

referência, como na F1», em pista os

monolugaresexigemmaisfisicamente.

«As travagens e acelerações são

brutais, bem como as forças laterais,

o que obriga a uma preparação física

mais forte do que nos ralis», explica

Matos Chaves, sublinhando que o esforço

da F1 está concentrado em quase

duas horas de corrida, enquanto

no WRC as classificativas têm «10 ou

15 minutos» e depois há uma pausa.

Opinião bem diferente tem Domingos

Piedade. Embora sublinhando

que na actualidade tem sido mais

fácil para Loeb ser campeão do mundo,

porque está acima da concorrência,

o antigo jornalista considera os

ralis «mais duros». «O campeonato

acaba por ser mais longo e as condições

são mais variáveis, com neve,

lama, gelo, terra e asfalto.

Penso que um piloto de ralissofremais.»CarlosBarros

segue pelo mesmo caminho

e acha que «é um

pouco mais difícil» ser

campeão de ralis, por causa

da imprevisibilidade das

condições de estrada.

Neste painel, a única

opinião em sentido contrário

pertence a Vasconcelos

Tavares: «Diria que a

F1 será um pouco mais difícil,

porque a relação entreopesoeapotênciado

carro não tem paralelo»,

diz, argumentando que a

«perigosidade e a perícia

de condução são ligeiramente

superiores na F1, porque

não admite tantas correcções

como nos ralis».

Esta comparação é feita em

tese, já que Loeb e Hamilton têm

percursos muito diferentes. O francês

é um consagrado e conseguiu o

pentacampeonato, algo que mais

ninguém logrou nos ralis. Hamilton

é um recém-chegado à F1, campeão

logo na segunda temporada. «São

ambos excepcionais», resume Pedro

Matos Chaves.

E nesta comparação de especialidades

há até quem olhe para o lado e

veja algo mais duro. «Os pilotos das

motos é que são os verdadeiros heróis»,

defende Domingos Piedade.

Vasconcelos Tavares

diz que a «perigosidade

e a perícia de condução

são superiores na F1»

mBI

LEWIS HAMILTON

Nacionalidade: Inglês

Idade: 23 (n. 07/01/1985)

Altura: 1,74m

Peso: 68kg

Equipa: McLaren

Estreia na F1: 2007

GPs disputados: 35

Vitórias: 9

Pole-positions: 13

Títulos mundiais: 1 (2008)

Primeira vitória: Canadá 2007

Última Vitória: China 2008

21

VALERY HACHE/AP

PUB


22 DESPORTO

SEXTA, 19 DE DEZEMBRO DE 2008

Liga dos últimos m A bola nem sempre é redonda

Andorinhas e tremoços

O Paredes do Bairro, de Anadia, na altura

da visita da Liga dos Últimos, ocupava o último

lugar da II Divisão distrital da Associação

de Futebol de Aveiro. Como sempre nestas coisas,

procuravam-se explicações para os insucessos

desportivos.

Maria Júlia diz que os atletas «não tomam

atenção a nada»: «Só querem borga.» A adepta

do Paredes do Bairro fecha o diagnóstico

com um encolher de ombros. A linguagem corporal

do vendedor de tremoços, Alcides Santos,

é outra. Fecha a mão, deixando o polegar

de fora que aproxima da boca, simulando o

gestodebeber.

Não sabemos se os jogadores são tão boémios

como os «pintam» – a verdade é que, no

jogo frente ao Oliveirinha, ganharam. Atenção

que Alcides Santos aponta um outro factor

que terá atirado o clube de Anadia para o

fundo da tabela. O gesto que serviu para dar

a entender «beber», acompanhado de um assobio,

significa apitar. Descodificando: as arbitragens

têm prejudicado o clube da casa, sugere

o tremoceiro.

Quem frequenta campos de futebol deve

ter reparado no progressivo desaparecimento

dos tremoceiros. Eram presença funda-

Dois homens, uma bola: vai dar problemas

mental em qualquer campo da bola. No final

dos jogos, por entre restos de chapéus de papel,

pequenas rodas amarelas mostravam o

consumo fervoroso. Agora o cenário é outro.

Os despojos são copos de plástico e embalagens

de snacks com nomes estrangeiros.

Em Paredes do Bairro, Alcides Santos não

falha um jogo. Ele sabe das propriedades únicas

deste aperitivo, que em outras paragens

talvez tivesse lugar em lojas gourmet. Um

cliente com problemas de colesterol voltou a

níveis recomendáveis desde que começou a

fazer uma dieta de tremoços. Enquanto nenhuma

publicação científica segue esta pista

dietética, Alcides queixa-se do fraco negócio.

IMAGEM RTP

O problema são os vendedores de bolos da

Mealhada, levam o apetite aos potenciais comedores

de tremoços.

Quem não perde o apetite pela bola é

Mário Rui. É conhecido, graças à Liga dos Últimos,

por Apaixonado de Calvão, mas esclarece

agora que afinal é do Paredes do Bairro.

A paixão, essa, é verdadeira. Quanto aos

fracos resultados, acha que tudo ainda se vai

resolver, até porque «as andorinhas só morrem

na Primavera». Pode não ser um facto

científico, mas realmente as andorinhas que

morrem fora da estação florida não são choradas.

Até que elas voltem, vamo-nos entretendo

com uns tremoços.

PUB

m Portugal

EQUIPA DIVISÃO P J GM GS

1 Riodades A F Viseu II Divisão 0 10 8 39

2 S. Domingos A F Beja II Div. S. A 0 6 0 23

3 Charneca C. A F Setúbal II Div. 0 9 7 23

4 GuardaUni. AFGuardaIID.S.A 0 4 1 16

5 Pereirense A F Beja I D. Série B 0 5 7 21

6 Poiares A F Brag. D. Honra 1 9 8 38

7 Outeiro A F Évora I D. Sér. A 1 9 9 34

8 Ilha A F Leiria Div. Honra 1 12 6 30

9 Câmara A F Lisboa I D. S. 2 1 11 10 31

10 Amieira A F Évora I D. S. B 1 9 2 18

m Resto do Mundo

EQUIPA PAÍS J D G P

1 No Ka Oi Guam 0 9 11 60

2 Jong Aruba Aruba 1 9 7 30

3 Al Wahda Líbia 1 7 4 15

4 Bluefields Nicarágua 2 18 13 58

5 San Giovanni San Marino 2 10 7 34

6 Gloria Buzau Roménia 3 17 6 30

7 Al Silliya Qatar 3 13 13 31

8 Java Lane Sri Lanka 3 8 6 13

9 Lerotholl Poly. Lesoto 3 8 5 10

10 Turan Tauz Azerbaijão 4 13 3 29

Grandes novidades nesta semana a

cheirar a Natal. No Alentejo, o Outeiro

conquistou o primeiro ponto, ao fim de

nove jogos. Nas Beiras, o Guarda Unida

marcou pela primeira vez esta época.

Afinal o Pai Natal existe.

Liga m 2008/2009

E. Amadora-Sporting 1-3

Nacional-Belenenses 4-2

Académica-P. Ferreira 2-1

V. Setúbal-FC Porto 0-3

Rio Ave-Naval 2-0

Marítimo-Benfica 0-6

V. Guimarães-Leixões 1-0

Trofense-Sp. Braga 0-0

Classificação j Jornada 11

CLUBE J V E D G P

1 BENFICA 11 7 4 0 24-10 25

2 Leixões 11 7 2 2 16-11 23

3 FC Porto 11 7 2 2 20-9 23

4 Sporting 11 7 1 3 14-7 22

5 Nacional 11 6 2 3 17-12 20

6 Marítimo 11 5 3 3 13-11 18

7 Sp. Braga 11 4 5 2 11-5 17

8 V. Guimarães 11 3 4 4 8-11 13

9 Naval 11 3 3 5 11-13 12

10 Académica 11 3 3 5 7-11 12

11 V. Setúbal 11 3 2 6 7-13 11

12 E. Amadora 11 3 2 6 8-17 11

13 Rio Ave 11 2 4 5 8-11 10

14 P. Ferreira 11 2 3 6 12-18 9

15 Trofense 11 2 2 7 8-15 8

16 Belenenses 11 1 4 6 8-18 7

Próxima Jornada 12 dia e hora

Sport TV 1 Naval-V. Guimarães sex. (20h30)

Sport TV 1 Sp. Braga-Rio Ave sáb. (18h15)

Sport TV 1 Sporting-Académica sáb. (20h30)

Belenenses-Trofense dom. (16h00)

P. Ferreira-V. Setúbal dom. (16h00)

Leixões-E. Amadora dom. (16h00)

RTP 1 FC Porto-Marítimo dom. (19h15)

Sport TV 1 Benfica-Nacional seg. (19h45)

Melhores marcadores

William (P. Ferreira) 8

Nenê (Nacional) 7

Wesley (Leixões) 6

Meyong (Sp. Braga) 5

Cardozo (Benfica) 5

Suazo (Benfica) 4

Douglas (V. Guimarães) 4

Liedson (Sporting) 4

Nuno Gomes (Benfica) 4

Djalma (Marítimo) 4

Baba (Marítimo) 3

Pinheiro (Trofense) 3

Lucho Gonzalez (FC Porto) 3

IMAGEM RTP

FIGURA DA SEMANA m Alberto

Moutinho é de Vila Flor, Bragança. Diz

ser pintor, ao nível de Picasso ou Graça

Morais. Afirma ser Camões e até um

Sócrates que diz «Só sei que nada sei»,

mesmo que prometa a autobiografia O

Homem que sabia Demais. Confessa que

gostava de ocupar o lugar de Rei de

Portugal. Sobre os conterrâneos que se

riem do discurso, encolhe os ombros –

Moutinho é «demasiado para aquelas

cabeças».

m Liga dos Últimos

RTP 1, terça-feira às 23h00; RTP N, domingo

às 23h10 e em http://ligadosultimos.sapo.pt

mBreves

FÓRMULA 1 u De la Rosa foi o mais

rápido no Algarve

O piloto espanhol Pedro de la Rosa, da

McLaren, fixou o recorde de volta mais rápida

ao circuito do Autódromo do Algarve

em 1m28,99s, durante os três dias de testes

que decorreram esta semana.

FUTEBOL u Beckham em Milão

O antigo primeiro-ministro britânico Tony

Blair, a modelo Kate Moss e o actor George

Clooney são apenas alguns dos ilustres

convidados para a apresentação, este sábado,

de David Beckham como jogador do

Milan, no qual jogará por empréstimo do

LA Galaxy durante dois meses e meio.

LIVRO u Os cinco violinos

Já está à venda o livro Sonata para 5 Violinos

do escritor e jornalista Afonso de Melo,

sobre a «mais realizadora linha avançada

do futebol português», composta pelos

leões Jesus Correia, Vasques, Peyroteo, Travassos

e Albano.

Livro sobre cinco lendas do Sporting

D.R.


SEXTA, 19 DE DEZEMBRO DE 2008 DESPORTO

Inglaterra m Premiership

Classificação j Jornada 17

CLUBE J V E D G P

1 Liverpool 17 11 5 1 26-11 38

2 Chelsea 17 11 4 2 36-7 37

3 Man. United 16 9 5 2 27-10 32

4 Aston Villa 17 9 4 4 29-20 31

5 Arsenal 17 9 3 5 29-20 30

6 Hull City 17 7 6 4 26-27 27

7 Everton 17 7 4 6 23-25 25

8 Portsmouth 17 6 5 6 19-26 23

9 Wigan 17 6 4 7 21-20 22

10 Fulham 16 5 6 5 13-12 21

11 Bolton 17 6 2 9 20-23 20

12 Middlesbrough 17 5 5 7 17-24 20

13 Stoke City 17 5 5 7 17-27 20

14 Newcastle 17 4 7 6 22-24 19

15 Tottenham 17 5 4 8 19-21 19

16 West Ham 17 5 4 8 18-25 19

17 Man. City 17 5 3 9 30-25 18

18 Sunderland 17 5 3 9 17-25 18

19 Blackburn 17 3 4 10 17-34 13

20 West Bromwich 17 3 3 11 12-32 12

Próxima Jornada 18 dia e hora

Hull City-Sunderland sáb. (15h00)

Sport TV 1 Bolton-Portsmouth sáb. (15h00)

Fulham-Middlesbrough sáb. (15h00)

Blackburn-Stoke City sáb. (15h00)

West Ham-Aston Villa sáb. (17h30)

West Bromwich-Man. City dom. (13h30)

Newcastle-Tottenham dom. (15h00)

Arsenal-Liverpool dom. (16h00)

Sport TV 2 Everton-Chelsea seg. (20h00)

Man. United-Wigan qua. (15h00)

Itália m Série A

Classificação j Jornada 16

CLUBE J V E D G P

1 Inter 16 12 3 1 29-10 39

2 Juventus 16 10 3 3 27-12 33

3 Nápoles 16 9 3 4 25-15 30

4 Milan 16 9 3 4 23-17 30

5 Fiorentina 16 9 2 5 24-14 29

6 Génova 16 7 5 4 23-17 26

7 Atalanta 16 7 3 6 20-16 24

8 Lazio 16 7 3 6 25-22 24

9 Palermo 16 7 2 7 21-20 23

10 Roma 15 7 2 6 19-20 23

11 Udinese 16 6 4 6 24-21 22

12 Catânia 16 6 4 6 15-18 22

13 Cagliari 16 6 2 8 18-20 20

14 Sampdoria 15 5 4 6 15-17 19

15 Siena 16 5 4 7 12-16 19

16 Bolonha 16 3 5 8 19-27 14

17 Lecce 16 2 7 7 14-24 13

18 Torino 16 3 3 10 17-29 12

19 Reggina 16 3 3 10 14-32 12

20 Chievo 16 2 3 11 9-26 9

Próxima Jornada 17 dia e hora

Lazio-Palermo sáb. (17h00)

Sport TV 2 Siena-Inter sáb. (19h30)

Atalanta-Juventus dom. (14h00)

Torino-Nápoles dom. (14h00)

Sampdoria-Fiorentina dom. (14h00)

Chievo-Génova dom. (14h00)

Catânia-Roma dom. (14h00)

Cagliari-Reggina dom. (14h00)

Lecce-Bolonha dom. (14h00)

Sport TV 1 Milan-Udinese dom. (22h00)

Espanha m Liga BBVA

Classificação j Jornada 15

CLUBE J V E D G P

1 Barcelona 15 12 2 1 46-9 38

2 Valência 15 9 3 3 30-19 30

3 Sevilha 15 9 3 3 23-14 30

4 Villarreal 15 8 5 2 26-19 29

5 Atlético Madrid 15 8 3 4 35-21 27

6 Real Madrid 15 8 2 5 33-26 26

7 Corunha 15 7 3 5 16-17 24

8 Valladolid 15 7 2 6 22-20 23

9 Getafe 15 5 6 4 21-20 21

10 Málaga 15 6 3 6 23-25 21

11 Bétis 15 5 3 7 21-21 18

12 Sporting Gijón 15 6 0 9 23-35 18

13 Santander 15 4 5 6 17-21 17

14 Athletic Bilbao 15 4 4 7 19-24 16

15 Almería 15 4 4 7 16-24 16

16 Numancia 15 4 2 9 17-30 14

17 Espanhol 15 3 4 8 12-22 13

18 Maiorca 15 3 4 8 17-29 13

19 Huelva 15 3 4 8 10-22 13

20 Osasuna 15 1 6 8 11-20 9

Próxima Jornada 16 dia e hora

Sport TV 2 Real Madrid-Valência sáb. (19h00)

Espanhol-Atlético Madrid sáb. (21h00)

Maiorca-Sevilha dom. (16h00)

Corunha-Huelva dom. (16h00)

Numancia-Valladolid dom. (16h00)

Santander-Málaga dom. (16h00)

Osasuna-Getafe dom. (16h00)

Sporting Gijón-Almería dom. (16h00)

Villarreal-Barcelona dom. (18h00)

Sport TV 2 Bétis-Athletic Bilbao dom. (20h00)

EDUARDO OLIVEIRA/ASF

Léo Souza (ao centro) marcou seis golos na Taça e seis na II Divisão

LÉO SOUZA, ATLÉTICO DE VALDEVEZ, OBSERVADO POR DOIS GRANDES

«Ainda posso fazer melhor»

«Este é o momento certo para sair», diz Léo

Souza, avançado do Atlético de Valdevez, autor

dos três golos que sentenciaram, na última

eliminatória da Taça de Portugal, o Santa

Clara. E, muito provavelmente, vai mesmo

deixar o clube que o recebeu, há ano e meio,

proveniente do América (Natal). O SEXTA sabe

que dois clubes grandes têm relatórios sobre

o jovem de 22 anos e um pode avançar nos

próximos dias com uma proposta concreta. «Só

sei que tenho sido observado, mais nada»,

conta Léo Souza, admirador de Lisandro Lopez,

Ibrahimovic e Batistuta. Com o último

23

diz, a brincar, que é parecido «talvez no cabelo».

Descreve-se como «avançado finalizador»,

que também «protege bem a bola»:

«Esta época tive poucas oportunidades, mas

vou marcando alguns golos.» Por alguns, leiase

seis na Taça e seis no campeonato. «Ainda

posso fazer muito melhor», garante Léo Souza,

que encontrou em Valdevez uma família,

mas um clube sem a estrutura de outros que

representou, como Grémio, River Plate e Internacional.

«Fisicamente, ainda não atingi o

topo de forma desde que estou em Portugal»,

garante o avançado, que mede 1,90m. N. P.

PUB


24 SUGESTÕES

SEXTA, 19 DE DEZEMBRO DE 2008

mA Sina

Semana 19 a 25 de Dezembro

Vera Xavier

Tenda dos milagres

Consultas e Cursos de Tarot

Terapias e Cursos de Reiki

Magnificado Cursos

de Meditação

Marcações e Inscrições:

Rua Tomás Ribeiro,

45 - 7º, Picoas, Lisboa

Telef: 213 523 075

Tlm: 931 168 496

veraxavier@sapo.pt

http://esferafeminina.

.blogs.sapo.pt

CARNEIRO 21Mar/20Abr

Oiníciodequalquerprojectoéomais

delicado. Não é tempo de hesitar,

escolha agora… pode ser mudar de

opinião quando quiser.

TOURO 21Abr/20Mai

Pode estar um pouco disperso. Reúna

esforços e energia e direccione-a com

firmeza para os seus objectivos.

GÉMEOS 21Mai/20Jun

Novo projecto pessoal poderá surgir.

Nada de queixas, lamentações… é hora

de aceitar desafios e andar para a frente!

CARANGUEJO 21Jun/20Jul

As coisas vão devagar, mas vão! Seja

paciente e não deite tudo a perder. Nem

pense em baixar agora os braços. Não é

hora de ceder aos derrotismos.

LEÃO 21Jul/20Ago

Esta semana poderá parecer maior do

que as outras e poucas são as mudanças

que podem acontecer, daí que o

conselho seja mesmo o de dar aquele

«mergulho no inconsciente».

VIRGEM 21Ago/20Set

O medo não é um obstáculo, mas sim

uma fonte de energia. A passividade é

tão nociva porque, ao agirmos, mal ou

bem, vamos aprendendo.

BALANÇA 21Set/20Out

O Tarot pede que seja ousado, que

conquiste, que busque, que lute… a tudo

isto se chama viver!

ESCORPIÃO 21Out/20Nov

Mesmo que ao princípio as novidades

possam não parecer as melhores, logo se

revelarão uma verdadeira bênção, por

isso, esteja atento/a e não desperdice

oportunidades sem antes as viver.

SAGITÁRIO 21Nov/20Dez

A Imperatriz representa o arquétipo da

Mãe. Cuidado com a forma como tenta

conseguir as coisas em família.

CAPRICÓRNIO 21Dez/20Jan

No nosso dia-a-dia somos confrontados

com pessoas e situações que claramente

querem fazer-nos perder o equilíbrio,

mas essas situações também nos fazem

ter a noção exacta da nossa capacidade.

AQUÁRIO 21Jan/20Fev

Não tenha medo de desenvolver

qualquer tipo de sentimentos. Protegerse

é uma coisa, deixar de sentir é outra!

Até poderá ser cómodo, mas com o

passardotempotrazumvazioeuma

tristeza bem mais difícil de suportar que

a de um coração desiludido.

PEIXES 21Fev/20Mar

Há gente que encara a vida como um

tempo de aprendizagem e transição para

algo melhor (o paraíso, talvez), mas por

que não começar a construir esse

paraíso já aqui, neste mundo? Se cada

um de nós tratasse tão bem do lado

espiritual como trata do físico…

Entre com o pé

direito em 2009

FESTA Está a chegar um dos momentos mais festejados do ano. Aproveite

algumas sugestões do SEXTA para começar 2009 com um sorriso

Joana Miranda

geral@sexta.pt

u Música, festa, farra e fogo-deartifício

não podem faltar para fechar

o ano em beleza. É tempo de esquecer

os maus momentos de 2008 e

esticar os bons para 2009. Por isso,

de Norte a Sul do país, a última noite

do ano vai ter festejos para todos

os gostos e para carteiras mais e menos

recheadas.

Quem gosta de arraiais, de dançar

até cair para o lado e sem gastar

um cêntimo pode já escolher a festa

que mais lhe agrada. Em Santarém,

a música começa a ouvir-se a

partir das 22h30, nos dois palcos

preparados para receber João Gil,

Susana Félix, Carlos Mendes e Paco

Bandeira. Um situado na Praça Sá da

Bandeira - Largo do Seminário e outro

na Praça Visconde Serra do Pilar

- Largo de Marvila.

O Casino de Lisboa recebe os lendários

Xutos & Pontapés para entrar

em 2009 com a força do rock português.

O concerto começa já no

novo ano, meia hora depois da meianoite,

no Arena Lounge.

Mesmo no Inverno, o Algarve é

um ponto atractivo. Em Quarteira,

aposta-se numa passagem de ano

ao som das novas coqueluches da

música portuguesa. Os Deolinda sobem

ao palco na Praça do Mar, às 22

horas e David Fonseca faz o seu primeiro

concerto em 2009 depois do

m Palavras cruzadas

HORIZONTAIS 1. Parvo, tolo (pop. Brasil). Palácio real ou episcopal. 2. Entoar

os salmos. 3. Pref. que exprime a ideia de ar, vento. Porção de onze

objectos. 4. Senhor (abrev.). E assim por diante. Suf. com sentido diminutivo

e por vezes pejorativo. 5. Asfixiar. Desloca-se para fora. 6. Repercussão.

Deseje. 7. Produção de sons emitidos pelo aparelho fonador.

Que cresce ou vive nos campos cultivados. 8. Extraterrestre (abrev.).

Claridade que o Sol envia à Terra. Interj., designa dor, espanto, admiração,

repugnância. 9. Som confuso e monótono como o rasgado da viola,

zonzo. Eternidade. 10. Abismo, voragem. 11. Itinerários. Corte num

terreno para se marcarem os limites laterais de uma estrada ou de

qualquer outra construção.

VERTICAIS1. Banda Desenhada (sigla). Sua Santidade (abrev.). Ocasião. 2.

Espécie de sapo da região do Amazonas (Brasil). Elemento de formação

de palavras que exprime a ideia de ouvido. 3. Encefalopatia espongiforme

bovina. Barrete mourisco. Campeonato profissional norte-americano

de basquetebol (sigla). 4. Rio da Suíça. Língua falada outrora ao sul do

Loire. Interj., imitativa de pancada. 5. Centilitro (abrev.). Que repercute.

6. Terra que se amontoa em volta das árvores. Versejar. 7. Emperra (fig.).

A ti. 8. Tranquilidade pública. A mim. Unidade de trabalho em todas as

suas formas. 9. Unidade das medidas agrárias. Seno (abrev.). Impulso rápido

(fig.). 10. Hora do ofício divino. Transpiro. 11. Naquele lugar. Interj.,

designativa de surpresa, chamamento. Sociedade Anónima (sigla).

O fogo-de-artifício é dos momentos mais esperados na última noite do ano

espectáculo de fogo-de-artifício

preparado pela organização. A Praia

dos Pescadores, em Albufeira, regressa

aos anos 70 com os UB40.

Reggae, uma dose de pop e boa disposição

são a receita infalível da banda

para uma noite bem passada.

Nem todas as festas podem ser

grátis, mas gastar uns trocos na noite

de 31 de Dezembro não é mau negócio.

O Centro Cultural e de Congressos

de Aveiro vai despedir-se

de 2008 na companhia de Fernando

Alvim. Os preços dos bilhetes

para a festa aveirense comprados

antes de dia 31 custam 35 euros e os

comprados no próprio dia têm o

preço de 40 euros.

Na Alfândega do Porto, a noite

CARLA CARVALHO TOMAS/PUBLICO

está entregue a uma mulher. Rita

Mendes assume os comandos da festaeéaDJ

de serviço. Os bilhetes prépagos

custam 40 euros, os comprados

no dia são 50.

O Teatro da Luz, em Lisboa, organiza

um Círculo de Dança, em três

salas distintas. Uma de ritmos latinos,

outra com ritmos africanos e

uma terceira com música dos anos

80. A entrada custa 20 euros e inclui

espumante e passas à meia-noite e

pequena ceia às 2h00.

Os Irmãos Catita e o seu espectáculo

de cabaret underground vão

estar no Santiago Alquimista, também

em Lisboa, a partir das 22h30.

O custo da entrada é de 20 euros

com oferta de espumante e passas.

SOLUÇÕES: HORIZONTAIS 1. Babaca, Paço. 2. Salmear. 3. Aer, Onzena. 4. Sr, Etc, Ol. 5.

Sufocar, Sai. 6. Eco, Ame. 7. Voz, Arvense. 8. Et, Dia, Uh. 9. Zonzom, Evo. 10. Báratro.

11. Vias, Regola. VERTICAIS 1. BD, SS, Vez. 2. Aru, Oto. 3. BSE, Fez, NBA. 4. Aar, Oc, Zás.

5. Cl, Ecoador. 6. Amota, Rimar. 7. Encrava, Te. 8. Paz, Me, Erg. 9. Are, Sen, Voo. 10.

Noa, Suo. 11. Ali, Eh, SA.

mSelecção TV

6sexta

m SÉRIES

20h45 O Meu Nome é Earl - RTP2

22h40 Lipstick Jungle 2 - RTP2

00h30 C.S.I. Las Vegas - SIC

m FILMES

00h00 Batman & Robin- RTP1

02h15 Batman para Sempre- RTP1

m ENTRETENIMENTO

21h00 Os Contemporâneos - RTP

m INFORMAÇÃO

00h00 Expresso da Meia-Noite - SICN

m DESPORTO

20h30 Fut: Naval - V. Guimarães - SPTV1

Ssábado

m INFANTIL

14h00 O Encantador de Cavalos - TVI

15h15 Masmorras e Dragões - RTP1

m SÉRIES

15h30 Chuck - RTP1

15h00 Smallville - RTP1

17h00 Entre Vidas - SIC

00h30 Unidade Especial - RTP1

m FILMES

17h00 O Sexto Sentido - TVI

20h40 Alta Sociedade - RTP2

00h30 ABaíadoMedo-TVI

m ENTRETENIMENTO

23h00 Caia Quem Caia - TVI

m INFORMAÇÃO

21h00 Diga lá, Excelência! - RTP2

22h15 60 Minutos - SICN

m DESPORTO

12h15 Fut: Antevisão da jornada - TVI

15h00 Fut: Bolton-Portsmouth - SPTV1

17h30 Voleibol: Benfica-Espinho - SPTV2

18h15 Fut: Sp. Braga-Rio Ave - SPTV1

19h00 Fut: Real Madrid-Valência - SPTV2

19h30 Fut: Siena-Inter - SPTV2

20h30 Fut: Sporting-Académica - SPTV1

00h00 NBA: Orlando-LA Lakers - SPTV2

Ddomingo

m INFANTIL

14h00 Air Buddies - TVI

m SÉRIES

15h15 Ossos - RTP1

20h30 Os Simpsons - RTP2

00h30 Donas de Casa Desesperadas - SIC

m FILMES

18h15 Acção Total - TVI

00h00 Instinto - TVI

m ENTRETENIMENTO

22h00 Gato Fedorento Zé Carlos - SIC

23h50 Um Mundo Catita - RTP2

m INFORMAÇÃO

21h45 Escolhas de Marcelo - RTP1

22h30 Câmara Clara - RTP2

m DESPORTO

08h40 Mundial FIFA - 3º e 4º Lugar - SPTV1

10h30 Mundial FIFA - Final - SPTV1

11h15 Fut: Varzim - Gil Vicente - SPTV2

13h30 Fut: W. Bromwich - M. City - SPTV1

18h00 Fut: Villarreal - Barcelona - SPTV2

19h15 Fut: FC Porto - Marítimo - RTP1

20h00 Fut: Bétis - Atl. Bilbau - SPTV2


SEXTA, 19 DE DEZEMBRO DE 2008 SUGESTÕES

mInfantil mSubsídio de informação

mCinema

O Meu Pé de Laranja Lima

A infância difícil de um menino de cinco

anos que sonha ser poeta. Perante uma situação

financeira complicada no seio da família,

inventa para si um mundo de fantasia,

no qual o seu confidente é Xururuca,

o seu pé de laranja lima, que cresce no

quintal da casa. Teatro Politeama, em Lisboa.

Terça a sexta às 11h e 14h, sábado e

domingo às 15h.

Um Violino no Telhado

O musical mostra a luta do leiteiro Tevye

para manter a tradição judia num mundo

de incertezas e em constante revolução.

Tevye é um leiteiro pobre que, com amor,

orgulho e fé, ultrapassa as repressões de

uma Rússia czarista. Teatro Rivoli, Porto, terça

a sexta às 21h30, sábado às 17h e 21h30

edomingoàs17h.

Sábados no Museu

Todos os sábados, o Museu da Ciência da

Universidade de Coimbra desafia as crianças

a perceber e a experimentar a ciência.

Atelier Circuito Curto, 20 de Dezembro.

Das 15h às 16h30. Entrada: 3 euros.

mGrátis

Postal de Natal Cantado

Venham que vale mesmo a pena! Tragam as

crianças, os amigos, pais ou avós, e os livros

de qualquer género, para o LIVRÃO! Até lá!

LargodeSãoCarlos,dia19e20às18h.

Feira de Natal SOS Animal

Junta artesanato, bijutaria e animação em

Belém para cuidar dos animais abandonados.

No dia 20 de Dezembro, o Jardim Vasco

da Gama recebe a Feira de Natal SOS Animal,

numa tarde solidária e divertida para

toda a família em que as suas compras de

Natal contribuem para ajudar cães e gatos

sem família. Neste sábado, poderá passear

no jardim, adoptar um melhor amigo, assistir

a uma demonstração de agility canina,

comprar peças de artesanato e bijutaria

e fazer donativos.

Pior a emenda que o soneto

A frase «ser pior a emenda que o soneto» ou o trocadilho

jocoso dela derivada «pior a amêndoa que o cianeto», com o

significado de haver correcções que, quando efectuadas,

têm resultados negativos em relação à obra original, tem

uma origem histórica bem definida. Um dia, certo

poetastro que tinha aspirações a ser escritor abordou o

poeta Bocage, pedindo-lhe a opinião sobre um soneto

que tinha escrito e solicitando ao mestre que fizesse

as emendas que julgasse necessárias. O mestre

anuiu ao pedido, mas, no dia seguinte, quando

o aspirante a escritor o procurou, o grande

poeta e mestre do soneto devolveu-lhe o

m MÚSICA

p

Gotan Project

Vá assistir ao espectáculo dos inventores

do cibertango, este sábado, 20, às 22h, na

Praça de Touros do Campo Pequeno. Bilhetes

entre os 27,5 e os 32,5 euros.

UHF

A banda termina a digressão 30 Anos Ligados

à Corrente na cidade em que nasceu. Sábado,

22h, na Sociedade Filarmónica Incrível

Almadense, Almada. Preços: 10 a 12 euros.

Lisbon Film Orchestra

A 19 e 20 de Dezembro o Cinema S. Jorge,

Lisboa, recebe bandas sonoras de filmes

marcantes como Super-Homem, Harry Potter

ou E.T.. Bilhetes de 15 a 25 euros. Sessão

para crianças a 20 de Dezembro, 11h.

m EXPOSIÇÕES

Presépios

Presépios uma abordagem lusófona mostra

mais de 600 peças. Para ver até 6 de Ja-

neiro no espaço A Arte e a Terra, junto à Sé

de Lisboa. E em Marvão a Associação de Jovens

faz renascer o Presépio ao Vivo. Na

Igreja do Espírito Santo, nos fins-de-semana

de 20/21 e 27/28. Das 14h às 19h.

m TEATRO

O Elixir do Amor

O Teatro da Malaposta, Odivelas, apresenta

uma história de amor e de época entre

dois jovens. De 19 de Dezembro a 15 de Fevereiro.

5ª a sábado às 21h30/ domingos

às 16h. Bilhetes a 10 euros.

m OFICINAS

Boas-vindas ao Inverno

A 21 de Dezembro, a partir das 14h, o Museu

do Oriente, Lisboa, celebra o solstício

de Inverno com um conjunto de iniciativas

que pretende promover o respeito pela

Natureza e o uso de materiais recicláveis.

m CASTING

DJ, apresentadores e outros

O canal mvm está à procura de DJ, apresentadores

e operadores de câmara. A 20

de Dezembro, das 15h às 20h, na loja The

Lab, no Chiado (Lisboa), todos os que têm

entre 15 e 30 anos podem prestar provas.

m FEIRA

Artesanato Urbano

No espaço Servartes, Porto, a 19 (das 18h

às 24h) e 20 (16h às 24h) de Dezembro.

poema sem ter feito uma única emenda. Surpreso, o

escriba perguntou se o soneto não tinha defeitos, ao

que Bocage respondeu que o poema era tão mau que

não havia emenda possível. Mais, as correcções seriam

tantas que a emenda ficaria pior que o soneto. Isto é, o

que nasce torto jamais se endireita e todos os esforços

que se façam para melhorar só vão agravar as coisas. Pior

ainda (e isto é uma cruz de revisores, copy-desks e editores),

por vezes, ao tentar corrigir e clarificar uma frase ou

expressão mais obscura num texto, as emendas efectuadas

acabam por distorcer e deturpar a ideia original. Uma

espécie de «frango» semântico e linguístico. João Palma

m SUGESTÕES DE NATAL DO SEXTA

A caixa de música de Tim Burton

São três filmes mágicos e musicais de Burton

embrulhados numa caixa de música:

Sweeney Todd, A Noiva Cadáver e Charlie

e a Fábrica de Chocolates. Custa 39,50 euros

mas há promoções em algumas lojas.

Ideal para quem tem amigos cinéfilos.

Não se feche em casa, passeie!

O tempo está frio mas não consta que vá

chover nos próximos dias. Vá para a rua,

passei, descubra. Fuja das lojas a abarrotar

de gente e dos centros comerciais. Há

todo um mundo à sua espera.

Conhece a vila Natal?

Patinagem artística, teatro e bailados inspirados

no Quebra-Nozes, cortejo, oficinas

e visitas à casa do Pai Natal, pista de gelo,

rampa de esqui: Óbidos está transformada

em vila Natal até 4 de Janeiro. Dos 3 aos

11 anos: 3 euros; maiores de 12: 5 euros.

Os 50 anos do Alvim

Pensávamos que ele tinha nascido há 34

anos mas afinal era embuste. Fernando Alvim

celebra meio século de carreira com um

livro de humor e muito Photoshop na capa.

Editado pel’A Esfera dos Livros (15 euros).

Seja solidário, dê!

Dê. Dê qualquer coisa nesta época tão especial:

um brinquedo, comida, um livro,

roupa. Em tempo de excessos, seja também

solidário. E, já agora, compre o DVD d’OTal

Canal. A sério. É que vale mesmo a pena.

Estreias da semana

25

m A LENDA DE DESPEREAUX

De: Sam Fell, Robert Stevenhagen

Animação, Fantástico, Aventura:

Um conto de fadas com heróis improváveis:

Despereaux (voz de Matthew Broderick /

Simon Frankel na versão portuguesa), um

valente ratinho com umas grandes orelhas,

que prefere ler livros a comê-los; Roscuro,

uma ratazana infeliz exilada na escuridão;

e Mig, uma criada com couves-flor

no lugar das orelhas. Quando a princesa Pea

é raptada, Despereaux, que descobriu nos

livros histórias de cavaleiros, dragões e

donzelas, resolve salvá-la. Mesmo sendo tão

pequenino, ele está determinado a provar

que pode ter a coragem de um bravo cavaleiro.

m MULHERES!

De: Diane English

Comédia, Drama com: Meg Ryan, Annette

Bening, Eva Mendes, Debra Messing, Jada

Pinkett Smith, Bette Midler, Candice Bergen

Mary é uma mulher moderna, casada com

Stephen Haines, um homem de negócios

nova-iorquino. Fiel ao marido e mãe de

uma filha, está rodeada das suas «amigas».

Mas elas sabem uma coisa que ela ignora:

o marido anda a traí-la com Crystal Allen.

Tão pequenino, Despereaux é corajoso...

«Box office» 04/12 a 10/12

Filme

r Fonte: ICA

espectadores

Madagáscar 2 178.521

Crepúsculo 65.637

Amália - O Filme 44.843

O Sorriso das Estrelas 27.919

O Corpo da Mentira 24.762

PUB


26 VIDA

SEXTA, 19 DE DEZEMBRO DE 2008

Verdadeira revolução bíblica

RELIGIÃO Longe vão os tempos em que a Bíblia chegava aos crentes e público em geral apenas como um livro pesado e sem imagens.

A necessidade de cativar os mais novos trouxe a imagem, a banda desenhada, as mensagens por telemóvel e até revistas de glamour

Joana Miranda

geral@sexta.pt

u Quando se pensa em Bíblia, o primeiro

pensamento que surge é de

um livro com histórias de Jesus Cristo

e sem imagens. A excepção surgia

nas versões para crianças, onde

os desenhos enchiam as páginas do

livro. Entretanto surgiram no mercado

inúmeros exemplares bíblicos

onde a mensagem é o único elemento

comum às tradicionais Bíblias.

Há versões em banda desenhada

Manga e até em Lego.

A Bible Illuminated é uma revista

que tenta trazer a Bíblia aos tempos

modernos, através de reportagens

sobre personalidades como

Angelina Jolie, Nelson Mandela e

Martin Luther King, acompanhadas

de textos do Antigo Testamento,

em 300 páginas. Segundo o seu

criador, Dag Soederberg, a revista,

de origem sueca, não é uma missão

de Deus, mas uma forma de as pessoas

conhecerem a sua história, visto

que as leis civis assentam em princípios

morais inscritos na Bíblia.

A controvérsia também chega às

Bíblias. O norte-americano Craig

Gross criou a Jesus Loves Porn Stars

Bible para ajudar viciados em por-

TRÊS AMIGOS, TRÊS PADRES, UM ÁLBUM QUE JÁ ESTÁ NO GUINNESS

The Priests – música para o coração

Gravaram algumas canções a pedido

de um produtor. No dia seguinte

a Sony BMG estava a propor-lhes

um contrato de cerca de um

milhão de euros. Não são mais uma

banda de adolescentes, são três padres.

São os The Priests, de Belfast,

Irlanda do Norte, e prometem cantar-nos

ao coração.

Eugene O’Hagan, 48 anos, Martin

O’Hagan, 45 anos, e David Delargy,

44, são, primeiro, amigos.

Cantam desde pequenos, são padres

há cerca de vinte anos, praticam

em paróquias na Irlanda do

Norte. Eugene e Martin são irmãos,

juntaram-se a David e começaram

por se chamar Holy Holy Holy. Actuavam

entre amigos.

«Até agora fazíamos o nosso trabalho

normal, missas, casamentos,

funerais, baptizados. A música fazia

parte das nossas vidas. Um produtor

pediu-nos para gravarmos

uma demo e no dia seguinte a Sony

ligou-nos a dizer que queria assinar

contrato», conta Martin. O álbum

The Priests foi editado a 17 de

Novembro. Na tabela britânica, ocupa

a sétima posição e entrou nos recordes

do Guinness como álbum de

The Brick Testament, de Brendan Powell Smith, já congrega quase 400 passagens bíblicas em cerca de 4000 imagens Lego

nografia. O Pastor Porn, como Craig

é conhecido, criou o site www.xxx

church.comquejátevemaisde60

milhões de visitas, com a promessa

de libertar as pessoas do vício da

pornografia. Kimberly Houston, exactriz

porno, ouviu a mensagem:

deixou a indústria pornográfica e a

Música e fé de mãos dadas: as receitas do disco revertem para obras de caridade

estreianaáreaclássicacomasmelhores

vendas nas primeiras semanas.

Sucedem-se entrevistas na BBC,

CNN, Time. O mundo está ávido por

novidades, mesmo que grupos como

os Il Divo alimentem desejos de música

clássica.

Eugene mostrou-se surpreendido

pela mudança na vida dos três:

«Ao escolhermos datas para concertos

e promoção do disco, vimos

como éramos ocupados. E temos

sempre de deixar tempo para os

nossos paroquianos. Mas no fundo

prostituição graças ao programa de

ajuda de Craig.

BD, LEGO E ÁUDIO

Levar a mensagem de Deus aos mais

novos não é tarefa fácil – há que

criar formas que cativem os jovens.

O inglês Ajin-bayo Akinsiku, co-

D.R.

a nossa música é para todos, mesmo

para os que não têm fé, ou que

têm pouca fé que precisa de ser reanimada.

Queremos dar alento ao

coração de quem nos ouve.»

O álbum tem músicas em inglês,

latim, espanhol e gaélico e algumas

foram gravadas na Basílica de S. Pedro,

em Roma, sendo possível ouvir

Ave Maria, ouHoly Night, ao

lado de áreas clássicas e canções irlandesas

tradicionais. As receitas,

estipularam em contrato, revertem

para caridade. Ana Soares

D. R.

nhecido simplesmente por Siku,

transformou Jesus Cristo em super-herói

solitário e apresenta a sua

história em quadradinhos cheios de

acção e humor. A Manga Bible,lançada

em 2007, vendeu mais de 30 mil

cópias. Até nas Filipinas faz furor. A

Comissão Episcopal do país divulga

O DIA MAIS CURTO DO ANO É ESTE DOMINGO

Solstício, o nascimento do sol

Este domingo, dia 21, pelas 12h04,

talvez não dê por nada, mas essa

exacta hora coincide com o solstício

de Inverno.

Este minuto, que assinala o dia

mais curto do ano, uma vez que o sol

atinge o grau mínimo de luminosidade,marcaoiníciodoInvernono

hemisfério Norte, que se estende até

20 de Março, com a Primavera a arrancar

às 11h44. Serão 88,99 dias de

Inverno. Rigoroso.

Segundo o Observatório Astronómico

de Lisboa, o solstício de Inverno

era assinalado como o nascimento

do sol por todo o hemisfério

do Norte, uma vez que marcava o

início de um novo ciclo solar na Terra

– a partir daqui os dias começavam

a ser maiores, as trevas diminuíam.

No hemisfério Sul, o dia

também é assinalado, mas como

como solstício de Verão e já os maias

elaboraram um calendário fixando

os solstícios como início dos ciclos

de sol e lua.

Celtas, egípcios e indianos festejavam

o dia com rituais de magia,

de fertilidade, dedicando-o à celebração

da vida. O monumento de

Stonehenge, em Inglaterra, é insis-

O norte-americano

Craig Gross criou

a Jesus Loves Pornstars

Bible, para ajudar

viciados em pornografia

histórias do Novo Testamento através

de mensagens de telemóvel, para

chegar aos mais jovens.

Brendan Powell Smith foi um

pouco mais longe e conta a história

bíblica através de cenários feitos de

Lego. The Brick Testament,comose

chama o projecto, começou a ser

construído com histórias do Génesis,

mas hoje conta com quase 400

passagens bíblicas com cerca de quatro

mil imagens Lego.

Em Novembro de 2007, foi lançada

a Bible Experience a pensar na

geração iPod, como são conhecidos

os jovens de hoje. Esta Bíblia em

versão áudio tem histórias contadas

por mais de 200 actores e cantores

famosos, como Denzel Washington,

Forest Whitaker ou

Samuel L Jackson. O audiobook é

um sucesso nos EUA, onde foram

vendidas mais de 310 mil cópias.

O solstício é este domingo às 12h04

NASA

tentemente apontado como um local

de observação nestes dias.

No entanto, a tradição cristã

adaptou estas festividades. O imperador

Constantino I, do séc. IV

d.c., ficou conhecido como o primeiro

imperador de Roma a professar

o cristianismo. Alterou os motivos

das grandes festas do sol e

acertou-as com a comemoração do

nascimento de Cristo. A 25 de Dezembro

começou a ser celebrado o

nascimento de Jesus, em vez do nascimento

do sol. A.S.


SEXTA, 19 DE DEZEMBRO DE 2008 LUXOS

O luxo e o requinte marcam os espaços públicos e os alojamentos, mas convivendo sempre com a preocupação de proporcionar aos viajantes uma atmosfera familiar

Um oásis sobre os mares

TURISMO O maior navio de cruzeiros do mundo entrará nas águas apenas em 2009 mas já é uma das mais

mediáticas construções de sempre. Vai chamar-se Oasis of the Seas e transportará mais de cinco mil passageiros

Ana Nunes

geral@sexta.pt

u Porque a imaginação e a inovação

não têm limites, o Oasis of the

Seas é considerado pela empresa

que o criou muito mais do que um

navio, «uma colecção de experiências

surpreendentes que desafiam

todas as limitações». O navio, que

estará disponível em 2009, será o

maior do mundo e o mais revolucionário,

introduzindo um conceito

novo a bordo de um cruzeiro.

O nome, escolhido pelo público,

reflecte bem o que será este transatlântico

da empresa de cruzeiros

Royal Caribbean International (que

ainda recentemente trouxe a Portugal

o Independence of the Seas),

um oásis sobre os mares. O seu tamanho

é assustador e as suas medidas

são quase inimagináveis para

quem nunca pisou num navio.

O Oasis of the Seas terá 16 andares,

qualquer coisa como um total de

48 metros de altura, e os 360 metros

de comprimento e um peso de 220

mil toneladas transformam-no num

impressionante monstro dos mares.

Existirão sete bairros distintos

no seu interior; ao todo, o barco terá

capacidade para 5400 viajantes.

UM MUNDO

Exemplos da sua imponência: um

parque de vegetação tropical ao ar

livre do tamanho de um campo de

futebol. Baptizado com o nome de

Central Park, a floresta incluirá os

mais modernos equipamentos de

controlo das condições ambientais,

sistemas de irrigação e drenagem,

que serão operacionalizados por

profissionais especializados em horticultura.

A floresta possuirá diversos

trilhos ecológicas que levarão os

turistas às lojas, restaurantes e múltiplas

outras áreas de lazer.

Outro dos bairros chamar-se-á

Boardwalk, um lugar onde a família

poderá desfrutar de um simples

café e biscoitos, mas também de lojas,

bares, geladarias, pastelarias,

casas de tatuagens e muito mais. No

interior deste bairro está localizado

o AquaTheatre, perto do final do

Boardwalkenarédonavio.O

D.R.

Antevisão de um gigante dos mares que promete seduzir e surpreender quem nele embarque

AquaTheatre é uma gigante piscina

que funciona de dia e de noite, como

diz o nome, um verdadeiro teatro

aquático. A plateia pode receber mais

de 600 passageiros, que terão a oportunidade

de apreciar concertos e espectáculos

de luz e água.

CONSTRUIDO NA FINLÂNDIA

O Royal Promenade está directamente

abaixo do Central Park e

do Boardwalk. Os hóspedes podem

lá chegar através do parque Bar Rising

Tide. Este será um bar que se

movimentará de cima para baixo na

superfície do navio, elevando três

decks ao longo de todo o barco com

os passageiros a poderem desfrutar

A bordo existirá um

parque de vegetação

tropical ao ar livre

do tamanho de

um campo de futebol.

Baptizado Central Park,

possuirá diversos

trilhos ecológicos

D.R.

de um cocktail. Royal Promenade é

o coração do navio, mas é significativamente

maior do que o Real Promenades

do passado.

Segundo o presidente da empresa

proprietária do navio, Richard

Fain, «o Oasis of the Seas representa

um salto quântico em arqui-

mCelebrity Solstice

u Fez a sua viagem inaugural no final de

Novembro, realizando um percurso nas Caraíbas.

O Celebrity Solstice éoprimeirode

cinco novos gigantes da Celebrity Cruises.

Deixou os estaleiros alemães Meyer Werft

a 28 de Setembro. Pesa 122 mil toneladas

e tem capacidade para 2850 passageiros

(mais 1500 tripulantes). A imagem mais

marcante – e a inovação deste navio – é a

do enorme relvado verdadeiro no deck superior

(Lawn Club), onde se pode jogar ou

simplesmente fazer um piquenique. Na

vertente cultural, além do anfiteatro, há um

museu dedicado à arte de soprar o vidro

(com demonstrações ao vivo), o Corning

Museum of Glass.

D.R.

D.R.

tectura e design e proporcionará

uma experiência sem igual a todos

os que nele navegarem».

Actualmente em construção nos

estaleiros da Aker Yards, em Turku,

Finlândia, a viagem inaugural do

Oasis of the Seas está prevista para

Dezembro de 2009.

mIndependence of the Seas

u Inaugurado em Maio, é, a par com os «irmãos»

Freedom of the Seas e Liberty of the

Seas, um dos três maiores navios do mundo

em tamanho e capacidade para passageiros

(4370) e tripulação (1360). Este ano foi possível

admirar a sua imponência por diversas

vezes no porto de Lisboa, em escalas das

suas viagens entre o Mediterrâneo e Inglaterra.

Para além da dúzia de restaurantes e

bares, galerias de lojas, casino, teatro e cinema,

várias piscinas, pista de jogging, torre de

escalada, campos de ténis, futebol e golfe, o

Independence of the Seas dispõe de uma

pista de patins no gelo, um ringue de boxe e

uma piscina com simulador de ondas para fazer

surf.

DIVERSÃO

As últimas

revelações

Conhecidos alguns dos sete bairros

daquele que será o maior navio

de cruzeiros do mundo, tal como

outros pormenores – cabinas, Vitality

at Sea, Spa and Fitness e Pool

and Sports Zone –, a empresa Royal

Caribbean revelou em Miami outro

dos segredos do Oasis of the Seas,o

Entertainment Place, composto pelos

espaços Studio B, Casino Royal,

Opal Theater, Blaze, Jazz on 4, Comedy

Life e Dazzles.

Localizado numa praça central

onde se chega através de uma imponente

escadaria, será um espaço

de pura diversão, que passa pelo

Studio B, com os seus espectáculos

de patinagem de gelo e outros acontecimentos

temáticos, e pelo Casino

Royal, cujo acesso será feito através

de dois passadiços, o The Wall of

Odds e o Museum of Gambling, introduzindo

o passageiro desde logo

na experiência e no espírito de jogar

num casino, mesmo antes de

entrar. Lá dentro, num ambiente

eleganteedeclasse,há450slotmachines

e 27 mesas de jogo, para

além de espaço de descanso e bar.

Outra das opções de entretenimento

encontra-se no Opala Theater,

com capacidade para 1380 pessoas.

O nighclub Blaze será o local

número um para se dançar, o Jazz on

4 é um espaço reservado aos sons

mais suaves e às conversas a dois

depois do jantar. No Comedy Live

haverá espectáculos próprios dos

grandes comedy clubs do mundo.

Por fim, o Dazzles surpreenderá

ao transformar-se diariamente para

receber, numa decoração própria, as

mais diversas noites temáticas (bailes

clássicos, actuação de big bands

dos anos 40, música romântica ou

outras experiências musicais, competições

e aulas de dança).

mQueen Mary 2

27

u Tem a herança pesada do nome por o seu

antecessor ter sido considerado o maior e o

mais luxuoso transatlântico do mundo – lançado

em 1934, é agora um hotel em Long

Beach, Califórnia. À data da sua inauguração,

em 2003, o paquete da Cunard Line era

o maior navio de passageiros do mundo, mas

foi depois ultrapassado pelos Royal Caribbean.

Com o seu casco escuro e afilado, uma imagem

de prestígio, interiores luxuosos e imponentes,

a exigência da indumentária para

os restaurantes e as lojas de prestígio, o

Queen Mary 2 marcou uma época de glamour

. Reformou-se este ano após a sua última

viagem, rumo ao Dubai, para se transformar

em hotel flutuante.


SEXTA

19 DE DEZEMBRO DE 2008 | ANO 2 | N.º 56 | SEMANÁRIO | GRATUITO

www.sexta.pt

Redacção: Tv. Queimada, 23 - 3.º, 1249-113, Lisboa. Telf: 21 323 21 45 Faxe: 21 323 21 98 E-mail: geral@sexta.pt

Dep. comercial e distribuição: Rua Viriato nº13, 1069-315 - Lisboa, tel: 21 011 1366

ESTUDO RODOVIÁRIO AXA

Pouco cuidado

na estrada

Portugal está entre os países da

Europa com maior desconhecimento

das regras do Código da Estrada,

revela um estudo divulgado

pela AXA. O desconhecimento estende-se

aos limites de álcool no

sangueeàvelocidadedentrodas

localidades, mas os portugueses são

os que mais usam o cinto de segurança

e apontam como maiores perigos

o desrespeito pelas distâncias

de segurança e atender o telemóvel

sem kit mãos-livres.

NAVEGADOR FOI ATACADO

Falha no

Explorer

Devido a uma falha no Internet

Explorer, o navegador usado por

três quartos dos utilizadores de Internet

no mundo, a Microsoft pediu

aos seus utilizadores para se socorrerem

de outros navegadores enquanto

o problema não fosse resolvido.

A falha detectada na versão 7

permitia a um intruso controlar um

computador e roubar-lhe as

passwords, revela a BBC Online.

Mais de 10 mil utilizadores tiveram

as suas contas comprometidas.

NÃO É CONTRACEPTIVO

Coca-Cola

e sexo? Sim,

para beber

A teoria de que um duche vaginal

com Coca-Cola serviria como

método contraceptivo que vigorava

nos anos 1950-60 (e que valeu

um anti-Nobel há dois meses) é pura

ilusão. No British Medical Journal,

a médica e investigadora Deborah

Anderson diz que a bebida tem um

fraco efeito espermicida, danifica a

flora bacteriana vaginal e torna-a

mais sensível a infecções.

PORTO

mSexta

Céu limpo

M 13.º

m 2.º

Nelso Rodrigues, 61 anos, Rest. Trindade Eli Machado, 39 anos, Café A Brasileira

mSábado

Céu limpo

M 12.º

m 4.º

Almiro Martins, 42 anos, taxista Albino Costa, 51 anos, engraxador Arlindo Madeira, 39 anos, Rest. Tavares

Gorjetas em crise

INQUÉRITO Em tempo de crise, até as gratificações encolhem. É esta a ideia que

fica do inquérito que o SEXTA fez pelas ruas de Lisboa. E você, ainda dá gorjeta?

Hélder Beja

helder.beja@sexta.pt

u «As pessoas mais velhas abrem

mais as mãos. Dão um euro, 50 cêntimos...»

É assim que Nelso Rodrigues,

do Restaurante Trindade, fala

das gorjetas deixadas por clientes.

A crise está aí e nem as gratificações

escapam. Que o diga Almiro

Martins, taxista. «Não sei se é por

causa da crise, mas as pessoas deixam

cada vez menos gorjeta.» Refere

ainda que «quando a moeda

mudou para o euro as pessoas davam

mais, não tinham noção do valor».

Tempos idos, esses, em que se

dispensava mais um euro por dá cá

aquela palha. «Há dois ou três meses

que sinto a diferença. As pessoas

dão menos gorjeta, vêm menos

ao café», nota Eli Machado, empregado

de mesa na Brasileira do

Chiado.«Mesmo assim, quem vem

à Brasileira parece que sente a obrigação

de deixar sempre qualquer

coisinha.»

Menos sorte tem José Jorge, do

Hotel Borges, para quem «isso [das

gratificações] acabou há muito tempo,

com o 25 de Abril e os cartões de

crédito». Albino Costa, engraxador,

também acha que «a crise é

geral». E por isso nunca pede gor-

Maria do Rosário, 45 anos, cabeleireira

José Jorge, 62 anos, Hotel Borges

GONÇALO LOBO PINHEIRO/ASF

jeta: «Sou simpático com os clientes,

faço bem o trabalho. Se quiserem

dar, tanto melhor», atira.

OS QUE NÃO SENTEM A CRISE

No clássico restaurante Tavares

está tudo na mesma. «O cliente internacional

que nos visita tem poder

aquisitivo. O nacional dividese

entre pessoas de 50/60 anos, que

deixam sempre gratificação a rondar

os 10 por cento [do total da despesa]

e os mais jovens, que muitas

vezes não deixam. Mas não sentimos

uma diferença ultimamente.»

Maria do Rosário, cabeleireira no

Bairro Alto, também não. O que não

é, só por si, bom indicador: «As

pessoas davam pouco e continuam

a dar pouco. São os clientes mais

velhos e mais pobres que continuam

a deixar alguma gorjeta. Os mais

novos e, especialmente, os que têm

mais dinheiro são os piores.»

mDomingo

Céu limpo

mFlashes

M 12.º

m 4.º

INVESTIGAÇÃO

Portugueses

na Antárctida

A maior campanha científica portuguesa

na Antárctida vai arrancar

em Janeiro de 2009. O trabalho de

seis jovens investigadores portugueses,

considerados «a novíssima

geração de cientistas polares», será

financiado pela Fundação para a

CiênciaeaTecnologia (FCT).

Os seis novos bolseiros recebem

ainda o apoio da Caixa Geral de Depósitos

e serão integrados em equipas

portuguesas já presentes na Antárctida.

A iniciativa está inserida

no Ano Internacional Polar, que decorre

até Fevereiro de 2009.

O presidente da FCT, João Sentieiro,

disse durante a apresentação

da campanha científica que «pela

primeira vez Portugal está a investir

1,2 por cento do Produto Interno

Bruto em investigação e desenvolvimento».

LIVRO u O novo livro de J.K. Rowling, Os

Contos de Beedle, o Bardo, já vendeu 2,6

milhões de livros e facturou 4,2 milhões

de euros. A verba é destinada à ONG

Children’s High Level Group.

ZOOMARINE u O parque zoológico

marinho do Algarve abriu concurso para

baptizar o seu mais recente morador,

um golfinho-roaz. O Zoomarine pede

que sugestões de nomes sejam enviadas

para o e-mail algarve@zoomarine.pt.

CAMANÉ u O disco Sempre de Mim,

quinto trabalho do fadista Camané, já

atingiu a Platina. Depois de se estrear a

solo nos Coliseus do país, Camané atinge

a meta das 20 mil cópias vendidas.

ALIMENTAÇÃO u Otrabalhodeinvestigação

de Xavier Malcata na área de produtos

alimentares tradicionais foi distinguido

pela Federação Europeia de Ciência

e Tecnologia Alimentar. A broa de Avintes,

bagaceiras de vinho e queijos tradicionais

foram alguns do produtos estudados.

PUB

More magazines by this user
Similar magazines