Newsletter N.1 - 2011 - Utad

utad.pt

Newsletter N.1 - 2011 - Utad

UTAD

Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

Newsletter

1.º Trimestre - 2011

I.

II.

III.

IV.

I.

Notícias. Actos Académicos.

II.

Congressos. Conferências. Seminários. Etc.

III.

Projectos. Investigação. Cooperação

IV.

Prémios & distinções

V.

O que vai acontecer


Notícias

Actos Académicos

Armando Mascarenhas

Ferreira, Reitor Honorário

da UTAD

Em reconhecimento do seu relevante

percurso em prol da afirmação da

Universidade na região e no país, foi

atribuído ao Professor Catedrático

Armando Mascarenhas Ferreira,

ex-Reitor da UTAD, o título de Reitor

Honorário desta Instituição.

O Magnífico Reitor da UTAD, Professor

Catedrático Carlos Alberto

Sequeira, no despacho de atribuição

do título honorífico, considerou

a relevância da sua contribuição

“no exercício das funções de

Vice-Reitor, no período de 1991 a

2002, e o papel que desempenhou

enquanto Reitor, para o desenvolvimento

e afirmação da Universidade

no âmbito do ensino superior”,

bem como o exercício das funções

de Coordenador de vários Departamentos,

de Presidente do Conselho

Pedagógico e de Presidente do

Conselho Científico da UTAD.

Recorde-se que, após deixar as

funções de Reitor, em Julho de

2010, cargo que exerceu durante

dois mandatos, Mascarenhas

Ferreira mereceu o voto de Louvor

e Reconhecimento, aprovado por

unanimidade e aclamação pelo

Conselho Geral da Universidade,

onde se salienta que, “para além de

ter o seu nome gravado na história

académica da UTAD praticamente

desde o início da Instituição, protagonizou

um importante período

de afirmação da Universidade no

quadro das instituições de ensino

superior do país”.

3


4

Docente da UTAD coordena

Competição pela Literacia

Estatística

Subordinada ao tema “O Ambiente”,

decorre este ano a 2ª Competição

Internacional de Literacia Estatística

(International Statistical Literacy

Project), cujo objectivo é envolver

alunos e professores de todo o

mundo, no desenvolvimento dos

recursos da literacia estatística.

Em cada país é implementa a sua

dinâmica própria nesta competição,

sendo que, em Portugal, a

organização é coordenada pela

Prof.ª Maria Manuel Nascimento, do

Departamento de Matemática da

UTAD.

O desafio é simples: com base

na temática ambiental, os alunos

deverão fazer um poster sobre uma

investigação estatística nesta área,

podendo obter a colaboração não

só dos professores de Matemática,

mas também de Ciências da Natureza

ou Físico-Química.

Curso de preparação para a

Matemática

Muitos cidadãos adultos, que gostariam

de tirar o seu curso superior

aproveitando as novas possibilidades

legais atribuídas aos “maiores

de 23 anos”, defrontam-se com

muitas dificuldades resultantes da

falta de bases ao nível da Matemática.

Mas para que isso não seja

obstáculo, a UTAD pôs este ano em

prática, mais uma vez, um curso específico

de preparação para esses

cidadãos.

Assim, o Departamento de Matemática

da UTAD iniciou, a 4 de Fevereiro

uma unidade curricular (UC)

de “Matemática Preparação Acesso”

(MPA), que se propõe constituir-

-se como um Curso de preparação

para o acesso aos Cursos Superiores

da UTAD que exigem Prova

Específica de Matemática. Esta UC é

dirigida a Candidatos ao Ensino Superior

na UTAD sob a figura “maiores

de 23” (antigos exames Ad Hoc)

e funciona em horário pós-laboral,

até ao mês de Maio. Os candidatos

que frequentam o curso e nele

obtenham classificação superior ou

igual a noventa e cinco pontos (em

duzentos) ficam dispensados da

Prova Específica de Matemática.

Docente da UTAD lançou

livro sobre Planeamento

Urbano

O Prof. da UTAD Anastassios Perdicoúlis

lançou na sala da Biblioteca

da Reitoria da Universidade do Porto,

no dia 4 de Fevereiro, o seu livro

“Systems thinking and decision

making in Urban and Environmental

Planning”, editado pela Edward

Elgar Publishing, considerado uma

obra muito oportuna na área do

Planeamento Urbano.

O autor, que é docente do Departamento

de Engenharias da UTAD e

também investigador Centro de Investigação

do Território, Transportes

e Ambientes da Universidade

do Porto, aponta nesta obra fragilidades

importantes dos processos

actuais de planeamento urbano,

mas indica ao mesmo tempo respostas

pertinentes fundamentadas

com anos de estudo e trabalhos de

campo. Pela sua natureza, a obra

é especialmente recomendada a

estudantes universitários, técnicos

e consultores de planeamento

urbano e gestão ambiental. A

apresentação foi feita por António

Câmara, professor catedrático da

Faculdade de Ciências e Tecnologia

da Universidade Nova e vencedor

do Prémio Pessoa em 2006.

Informações sobre a obra podem

ser obtidas no site: http://www.

tasso.utad.pt

UTAD deu formação em

Qualidade do Ar

A UTAD é uma das entidades acreditadas

para dar formação em Qualidade

do Ar Interior. Por essa razão,

realizou nos dias 12, 18, 19 e 25 de

Fevereiro um Curso de Formação

de Peritos Qualificados e Projectistas

- MÓDULO RSECE – Qualidade

do Ar Interior, homologado pela

Comissão de Acompanhamento do

Protocolo SCE.

Esta acção de formação, aberta à

comunidade, teve a duração de 30

horas. Com ela, pretendeu-se dotar

os formandos de conhecimentos

teóricos e práticos para o exercício

da actividade de Peritos Qualificados/Projectistas

no âmbito do

Sistema Nacional de Certificação

Energética e da Qualidade do Ar

Interior nos Edifícios – SCE, na área

de intervenção dos Edifícios abrangidos

pelo RSECE (Regulamento

dos Sistemas Energéticos de Climatização

em Edifícios) na vertente

QAI (Qualidade do Ar Interior). A

Coordenação Científica e Pedagógica

do curso foi da responsabilidade

da Unidade de Ambiente - Área

de Qualidade do Ar e do Gabinete

de Formação da UTAD

Universidades Portuguesas

e galegas unem-se para

melhor “comunicarem” a

ciência

A UTAD e as demais universidades

do Norte de Portugal e da Galiza,

integradas na Fundação Centro de

Estudos Eurorrexionais (CEER), estão

a desenvolver uma plataforma


inovadora de divulgação da Ciência

na Euro-Região.

Trata-se do Projecto Comunicaciencia

(http://ceercomunicaciencia.

wordpress.com), financiado pela

Fundação Espanhola para a Ciência

e Tecnologia (FECYT), incumbido

de gerir as novidades científicas na

Galiza e Norte de Portugal e onde

se reúne e difunde a informação

científica mais relevante gerada

pelas seis universidades públicas

da Euro-região (Santiago de

Compostela, Corunha. Vigo, Porto,

Trás-os-Montes e Minho) e se divulga

os resultados das investigações

realizadas no domínio da Ciência

e os avanços que esta propicia à

sociedade em geral. Deste modo,

a web recopila variados recursos

multimedia relacionados com

actividades científicas realizadas

nas Universidades da Euro-região

(vídeos de conferências, documentários,

audios, acesso a informação

digitalizada, como o Museu Científico

Universitário) e proporcionadas

directamente pelo CEER, como os

Foruns de debate sobre Ciência, ou

a sua Agenda científica, onde se

põe à disposição do público todas

as ofertas de trabalho, bolsas de

emprego, de mobilidade, subvenções

para investigadores, prémios,

etc., que se geram na Galiza e no

Norte de Portugal, com o objectivo

de potenciar a colaboração,

as oportunidades e o movimento

de profissionais entre ambas as

regiões.

UTAD vai ministrar 267

acções de formação

A UTAD está a apostar fortemente

na formação contínua de professores,

tendo vindo a proceder à

acreditação, junto do Conselho

Científico-Pedagógico da Formação

Contínua (CCPFC), de muitas

dezenas de propostas formativas.

Neste momento, os professores

interessados dispõem na UTAD de

um total de 267 acções de formação

a funcionarem em 2011.

Este número de acções distribui-

-se pela Educação Pré-Escolar e 1º

Ciclo do Ensino Básico (65), 2º Ciclo

do Ensino Básico (99) e 3ª Ciclo do

Ensino Básico e Secundário (103) e

abrangem as várias modalidades

de formação previstas no Regime

Jurídico de Formação Contínua

de Professores (RJFCP), tendo em

especial consideração as necessidades

de formação consideradas

estratégicas, para deste modo se

atingir uma melhoria da qualidade

do ensino e das aprendizagens.

A UTAD, que desta forma, aproveitando

os seus recursos humanos

e logísticos, presta um serviço de

grande importância e oportunidade

a toda a comunidade educativa,

disponibiliza assim a muitas centenas

de professores interessados um

leque vasto e variado de formação

contínua em áreas de grande

valia nas suas carreiras e que vão

desde a educação física, educação

especial, saúde escolar e educação

sexual, até à administração escolar,

metodologias de investigação, utilização

de programas informáticos

no ensino, utilização de quadros

interactivos, jogos matemáticos,

supervisão pedagógica, avaliação

de escolas, prevenção de acidentes

em meio escolar, formação de

adultos, educação ambiental, entre

muitas outros domínios de aprendizagem.

Para gerir a logística de todo este

caudal de oferta formativa, a UTAD

dispõe de um Gabinete de Formação,

em cujo site (http://gform.

utad.pt ) os professores poderão

encontrar toda a informação

UTAD celebrou 25 anos de

vida

A UTAD comemorou do dia 22 de

Março o seu 25º Aniversário com

uma sessão solene que contou com

a presença de muitos convidados,

entre autoridades académicas e

autoridades políticas, religiosas e

militares. Nesta sessão, destacou-se

a intervenção do Magnífico Reitor,

Prof. Carlos Alberto Sequeira, que

traçou a linha de rumo da Instituição

e os seus principais desafios,

sem deixar de lembrar as grandes

dificuldades que a Universidade e

todo o sector do ensino superior

público atravessa nos tempos que

correm.

Nota relevante da sua intervenção

foi o anúncio da atribuição, para

breve, de dois doutoramentos

Honoris-Causa, que, simbolicamente,

traduzem uma afirmação da

Universidade no panorama regional,

nacional e internacional, tendo

o Douro e o Vinho do Porto como

grande motivação. Tal corresponde,

de resto, ao notórios sucessos

da UTAD que tem vindo a formar,

nos domínios da viticultura e da

enologia, a maioria dos quadros

que actualmente são responsáveis

pelos níveis crescentes de qualidade

da produção vinícola da Região

tal como é reconhecida em todo o

mundo. As figuras distinguidas são

o cineasta Manuel de Oliveira e o

empresário Francisco Olazabal. O

primeiro ligado sentimentalmente

ao Douro e conhecido pelo empenho

em promover a região através

dos seus filmes; o segundo, proprietário

da Quinta de Vale Meão e

um destacado promotor do Vinho

do Porto, aquém e além fronteiras.

Nestas celebrações, para além das

intervenções do Magnífico Reitor

e do Presidente da Associação

Académica, foi proferida a Oração

de Sapiência “A química que existe

5Notícias. Actos Académicos.


entre nós é só amor Ou também

ajuda a economia” pelo Prof. José

Artur Martinho Simões, professor

catedrático da Universidade de

Lisboa, e houve também lugar,

como é hábito nesta solenidade,

para a entrega de Cartas Doutorais

/2010, atribuição de medalhas

aos funcionários com 20 anos de

serviço na Instituição e de prémios

escolares aos alunos com mais alta

classificação.

organização desta iniciativa coube

ao Departamento de Geologia da

UTAD. Na sessão solene, que teve

lugar no auditório de Geociências,

o Reitor da Universidade, Prof.

Carlos Alberto Sequeira, realçou as

qualidades do homenageado e, em

sua honra, anunciou que o edifício

de Geociências da UTAD vai passar

a ter também o seu nome.

Nesta homenagem intervieram

igualmente a Prof.ª Elisa Gomes, em

nome dos organizadores, os Profs.

Rogério Rocha (Presidente da Sociedade

Geológica de Portugal), o

Prof. Armando Mascarenhas Ferreira

(Reitor Honorário da UTAD), um

representante dos antigos alunos

(Prof. Virgílio Alves) e um representante

da família (Eng.º Fernando P.

Ferreira Real).

O programa incluiu ainda a

inauguração de uma exposição no

Museu de Geologia sobre a vida e

obra do Prof. Fernando Real

(que, para além de Reitor da UTAD,

foi Ministro do Ambiente e Secretário

de Estado do Ensino Superior),

bem como a inauguração de um

monumento evocativo que perpetuará

a sua memória no mesmo

local. Foi igualmente inaugurada

a Sala de Exposições Temporárias,

onde se encontra patente a

exposição “Silício: da Pré-História

ao Futuro”. •

UTAD homenageou o

Professor Fernando Real

No dia do seu 25º Aniversário, a

UTAD prestou homenagem ao seu

antigo Reitor Prof. Fernando Real,

falecido em 2006, tendo atribuído

o seu nome ao Museu de Geologia

de que foi fundador há 25 anos. A

6


Congressos

Conferências, Seminários

UTAD debateu

Estabilidade, Crescimento

e Emprego

No âmbito das actividades do

Centro de Estudos Trandisciplinares

para o Desenvolvimento (CETRAD),

a UTAD realizou, no dia 21 de

Janeiro, um Seminário subordinado

ao tema “Pacto de Estabilidade e

Crescimento e Pacto para o Emprego:

uma Perspectiva Institucional”,

iniciativa integrada no ciclo Seminário

Permanente para Investigação

e Desenvolvimento (SPID) de

Inverno, dinamizada pelo Grupo de

Investigação “Globalização, Estado

e Políticas” do CETRAD, em parceria

com a UTAD Solutions Consulting

(USC).

O objectivo foi promover uma

reflexão aprofundada e um debate

vivo e enriquecedor em torno de

questões chave para o futuro do

nosso país e da Europa, com a

colaboração de um conjunto de

convidados de grande prestígio

nacional e internacional (Elisa

Ferreira, Miguel de Freitas, Regina

Bastos, Carvalho da Silva, Daniel

Bessa, entre outros), que se debruçaram

sobre dois painéis, o Pacto

de Estabilidade e Crescimento e o

Pacto para o Emprego, numa visão

supra-nacional.

Como recuperar as

paisagens após os

incêndios

A UTAD, através do seu Departamento

de Ciências Florestais e

Arquitectura Paisagista, realizou, de

31 de Janeiro a 6 de Fevereiro, um

Workshop sobre “Recuperação de

Áreas Ardidas: uma oportunidade

de Desenhar a Paisagem”, com a

participação de especialistas de

universidades e centros de investigação

portugueses e estrangeiros.

Esta iniciativa debateu a situação

7


8

de Portugal como país sistematicamente

afectado por incêndios

durante o período do Verão, o que

ocasiona grandes alterações na paisagem,

traduzindo-se esta calamidade

em grandes perturbações nos

sistemas solo, hídrico, biodiversidade,

qualidade da paisagem, economia

e vivência das populações.

Os participantes no workshop

defenderam que as consequências

dos incêndios sejam uma oportunidade

para redesenhar a paisagem

atendendo não apenas aos aspectos

produtivos relacionados com a

madeira, mas também aos aspectos

paisagísticos e ambientais.

Neste contexto, pretende-se que

os alunos desenhem paisagens

de grande escala onde questões

como sustentabilidade, sequestro

do carbono, alterações climáticas

e qualidade da paisagem sejam

reflectidas numa proposta projectual

à escala local, regional e

nacional. O projecto em Arquitectura

Paisagista deve desenvolver-se

em diferentes escalas e tipologias

de paisagem havendo em Portugal

poucos hábitos de projectar em

áreas rurais e florestais estando

o projecto mais concentrado no

espaço urbano.

UTAD realizou sessão de esclarecimento

sobre Acordo

Ortográfico

Publicada em Diário da República a

25 de Janeiro a Resolução do Conselho

de Ministros determinando a

aplicação do Acordo Ortográfico a

partir do ano lectivo de 2011-2012,

o Departamento de Letras, Artes

e Comunicação da UTAD, decidiu,

pouco dias depois (a 2 de Fevereiro),

realizar uma sessão de esclarecimento

sobre esta temática aberta

à Comunidade.

Esta sessão foi dinamizada pelo

Prof. Manuel Gonçalo de Sá Fernandes,

linguista e director daquele

Departamento. Revestiu-se de

grande oportunidade esta acção,

levando em conta que já a partir de

1 de Janeiro de 2012, o Governo e

todos os seus serviços, organismos

e entidades sujeitos aos poderes

de direcção, superintendência e

tutela do Administração Central

terão obrigatoriamente de aplicar a

grafia do acordo em todos os actos,

decisões, normas, orientações,

documentos, edições, publicações,

bens culturais ou quaisquer textos

e comunicações, sejam internos ou

externos. Quanto ao sistema educativo,

a aplicação será já no ano

lectivo que se inicia em 2011, e será

extensiva aos respectivos manuais

escolares a adoptar para o ano

lectivo 2011-2012 e seguintes.

Genética e Biotecnologia

reuniu especialistas

nacionais e estrangeiros

Numa iniciativa dos alunos do Núcleo

de Genética e Biotecnologia

(ADNGB) da UTAD, em colaboração

com a Coordenação do respectivo

Curso e Departamento, decorreram

na Aula Magna, nos dias 16, 17 e 18

de Fevereiro, as “III Jornadas Nacionais

de Genética e Biotecnologia”.

A conferência inaugural foi proferida

pelo Prof. Alexandre Quintanilha

(do Instituto de Biologia Molecular

e Celular) sobre “Desafios Actuais

nas Ciências da Vida”. Entre os conferencistas,

nacionais e estrangeiros,

contaram-se 14 especialistas de

elevado reconhecimento científico

nas áreas da Genética e da Biotecnologia.

Estiveram igualmente

presentes antigos alunos da licenciatura

que transmitiram testemunhos

pessoais relativamente ao seu

percurso académico e profissional.

UTAD realizou workshop

sobre produção de veados

A UTAD, em colaboração com a WA-

VES – Portugal, realizou no dia 16

de Fevereiro, um workshop sobre

“Gestão e sistemas de produção de

veados”, uma iniciativa aberta à comunidade.

Este workshop, dinamizado

pelo Prof. Andres José Garcia

Diaz, da Universidade de Castilla

da Mancha (Espanha), procurou

responder às necessidades técnicas

de maneio e gestão desta espécie

(Cervus elaphus), que nas últimas

décadas tem vindo a expandir-se

pelo país, principalmente nas regiões

do centro e sul, contribuindo,

através da actividade cinegética, de

forma significativa para a economia

das explorações agro-silvopastoris,

diversificando as fontes de receita.

Os participantes nesta iniciativa

puderam reconhecer como a sustentabilidade

dos sistemas em que

tal produção se insere, requer não

só gerir as taxas de exploração, mas

também ter em atenção o estado

das populações (condição física,

estrutura da população, etc.) e dos

seus habitats, principalmente ao nível

da capacidade de carga, sendo

importante incorporar os constantes

desenvolvimentos científicos

e tecnológicos sobre esta matéria.

Por outro lado a exploração da espécie

em cativeiro permite um sistema

de produção intensivo onde é


necessário atender às necessidades

em termos de instalações, de maneio

e do perfil sanitário, que é de

grande interesse implementar em

Portugal perante as novas oportunidades

de mercado.

UTAD realizou congresso

de Fauna Selvagem

A UTAD realizou, nos dias 18 e 19

de Fevereiro, o III Congresso de

Fauna Selvagem, organizado em

parceria com a Sociedade Euromediterrânea

de Vigilância da Fauna

Selvagem (WAVES – Portugal), uma

associação de natureza técnica e

científica voltada para a gestão e

conservação da vida selvagem.

Durante os dois dias, especialistas

de várias universidades e centros

de investigação nacionais e

estrangeiros, debateram assuntos

de grande oportunidade como

sejam o impacte das barragens e os

prós e contras ambientais, a fauna

selvagem: oportunidades e ameaças,

a biodiversidade e os recursos

aquícolas. Foi ainda oportunidade

para a apresentação do plano de

análise e vigilância sanitária nas

áreas potenciais de reintrodução

do lince-ibérico, mas também para

se saber um pouco mais sobre o

preço da natureza, os valores nos

serviços dos ecossistemas, sobre

os recursos aquícolas autóctones

com as ameaças a que está sujeito

e os desafios à sua conservação, a

diversidade piscícola no espaço Natura

2000 transfronteiriço, a fauna

neotropical, entre outros temas.

Reabilitação Psicomotora

em debate na UTAD

Numa organização dos alunos do

3º ano da Licenciatura em Reabilitação

Psicomotora da UTAD, em

estreita parceria com docentes das

várias unidades curriculares da

Psicomotricidade, teve lugar, no

dia 21 de Fevereiro, o 1º Seminário

de Reabilitação Psicomotora.

Este Seminário, subordinado ao

tema “Intervenção e Enquadramento

Profissional”, decorreu no

Complexo Desportivo da UTAD

e contemplou a dinamização de

vários workshops e um debate na

presença de conceituados técnicos

da área, bem como de representantes

da Associação Portuguesa

de Psicomotricidade e de outras

instituições.

Entre as matérias abordadas, mereceram

destaque a psicomotricidade

clínica, reabilitação psicomotora

no domínio cognitivo, psicomotricidade

no meio aquático, diferença

de comportamento na mobilidade

do utilizador de cão-guia, psicomotricidade

e saúde mental infantil,

intervenção psicomotora na

terapia assistida por animais, entre

outras. A iniciativa pretendeu dar a

conhecer as áreas de intervenção

da Reabilitação Psicomotora em

diversos contextos, a partilha de

experiências e a aquisição de novos

conhecimentos.

Presidente da FCT na UTAD

Teve lugar na Aula Magna da UTAD,

no dia 16 de Março, um colóquio-

-debate sobre a Importância da Internacionalização

da Investigação,

com o sub-tema “Cooperar para

Competir”. Foi orador convidado o

Prof. João Sentieiro, Presidente da

Fundação para a Ciência e Tecnologia

(FCT), que abordou a realidade

portuguesa no domínio da investigação.

Com elevada participação de

docentes e investigadores da

UTAD, este evento permitiu também

a realização de uma reunião

de trabalho entre os Centros de

Investigação e o Presidente da FCT,

onde foram abordadas temáticas

pertinentes para o futuro da investigação

da UTAD. A redefinição de

áreas estratégicas de investigação

privilegiando áreas emergentes

em que a UTAD possui competências

reconhecidas, bem como as

estratégias de internacionalização,

a formação e cooperação, foram

algumas das matérias abordadas.

A nova era da Publicidade

debatida na UTAD

Realizou-se no passado dia 21

de Março a Palestra “A nova era

da Publicidade”, que contou com

a presença de quatro oradores

provenientes do vasto universo

publicitário. Numa parceria entre o

núcleo de estudantes de Ciências

da Comunicação, o DLAC e o segundo

ano daquele curso surgiu o

evento, cujo principal objectivo era

“atrair os jovens estudantes para

Congressos. Conferências. Seminários. Etc.

9


10

outras áreas da comunicação, que

não apenas o Jornalismo”, tal como

foi referido por Daniela Monteiro

da Fonseca, docente de Publicidade

e Relações Públicas daquele

departamento, e face visível da

organização.

Manuel Fonseca, docente do DLAC/

UTAD, Gilbert Angerami, pós-doutorando

no mesmo departamento,

Carlos Peixoto, empresário de Vila

Real, e Américo Carvalho, assessor

político e ex-director criativo de

duas agências de publicidade, falaram

durante três horas sobre marketing

de guerrilha e a evolução

da Publicidade, entre o ontem e o

amanhã, para uma vasta plateia de

mais de 250 pessoas, entre docentes,

alunos e ex-alunos de Ciências

da Comunicação, de Comunicação

e Multimédia, de Línguas e Relações

Internacionais, bem como de

outros profissionais de Vila Real.

Entrepreneurship Day@

UTAD

No seguimento do trabalho desenvolvido

pela rede UTEN (www.

utenportugal.org), realizou-se no

dia 22 de Março, na UTAD, a iniciativa

“Entrepreneurship Day@UTAD”,

que teve como objectivo a sensibilização

dos alunos para a criação

de empresas de base tecnológica.

O evento decorreu no Edifício de

Engenharias I, sala G0.08 e foi realizado

pela UTEN em parceria com a

University of Texas at Austin, a Carnegie

Mellon University, a AAUTAD

e o GAPI-OTIC. Nele intervieram o

Presidente da Associação Académica

da UTAD (Patrick Freitas), o

Pró-Reitor para a Inovação e Gestão

da Informação (Prof. João Barroso),

assim como representantes das

instituições parceiras da UTAD.

UTAD vai realizar Workshop

sobre Empreendedorismo e

Ambiente

Teve lugar no dia 25 de Março

no auditório de Geociências da

UTAD um workshop intitulado

“Empreendedorismo e Ambiente

- Desafios e Oportunidades”,

que centrou a sua atenção nas

potencialidades e oportunidades

geradas pelo sector do ambiente

na economia nacional. A discussão

realçou assim o papel das empresas

e dos empresários neste sector,

o que permitiu dar a conhecer

algumas das dificuldades com que

o mesmo se debate, apresentar os

apoios disponíveis, demonstrar que

há oportunidades, estratégias e

soluções que permitem consolidar

o ambiente como um instrumento

de desenvolvimento económico e

social e situar o papel das universidades

no incentivo ao empreendedorismo.

Este workshop foi uma organização

conjunta da UTAD (Unidade de

Ambiente; Escola de Ciências da

Vida e do Ambiente; Núcleo de

Estudantes de Engenharia do

Ambiente) e do Colégio de Ambiente

da Ordem dos Engenheiros

– Norte e teve grande participação

de estudantes e profissionais da

área das Ciências e Engenharia do

Ambiente.

VI Jornadas Internacionais

de Suinicultura

Associação Internacional de Estudantes

de Agricultura (IAAS - UTAD)

realizou, nos dias 25 e 26 de Março,

as VI Jornadas Internacionais de

Suinicultura. Com a participação de

especialistas nacionais e estrangeiros,

ao longo dos dois dias as

várias sessões abordaram temáticas

como o Ambiente, Reprodução/

Produção, Maneio, Bem-Estar Animal,

Sanidade Animal e Nutrição/

Alimentação.

No segundo dia dos trabalhos,

houve também lugar

a uma Mesa Redonda

que abordou o tema

“Regime de Exercício da

Actividade Pecuária” e

também as Perspectivas

Futuras para a Fileira

dos Suínos em Portugal.

Com a realização destas

jornadas, o IAAS pretendeu

fomentar a troca de

ideias e conhecimentos

entre a comunidade

científica nacional e internacional,

estudantes universitários, empresários

e produtores nesta área. •


Projectos

Investigação. Cooperação

Conhecer o vigor de uma

videira através de uma foto

A UTAD apresentou um pedido de

registo internacional de patente

para uma invenção, conseguida

por três dos seus investigadores,

a qual permite determinar o vigor

e o equilíbrio vegetativo de uma

videira, através de uma fotografia.

Os investigadores, Ana Alexandra

Ribeiro Coutinho de Oliveira, Paula

Cristina Ribeiro Coutinho de Oliveira

e João Paulo Fonseca da Costa

Moura, ligados aos Departamentos

de Agronomia e Engenharias da

UTAD, desenvolveram com sucesso

o Projecto “Metodologia não destrutiva

e dispositivo para calcular o

vigor e a expressão vegetativa das

arbóreo-arbustivas e suas aplicações”,

que pode vir a ter grande

repercussão, em especial, na viticultura

nacional e internacional.

Este projecto foi realizado no âmbito

de um conjunto de trabalhos

que a equipa está a desenvolver

com o objectivo de melhorar a

qualidade e a produção vitícola,

aplicando novas tecnologias nos

processos e metodologias da vitivinicultura.

Os resultados do Projecto

podem, contudo, ser também

aplicados a outras plantas com

condução presa, como é caso da

actinidia (a árvore do Kiwi).

Aluno da UTAD alcançou os

tops mundiais da Internet

Um estudante de mestrado em

Informática da UTAD criou no final

do ano de 2010 um jogo para o

Windows Phone 7, que se tornou

sucesso a nível mundial. Foram inúmeros

os meios de comunicação

social, nacionais e internacionais,

que se referiram ao êxito do projecto

durante o mês de Janeiro.

O jogo, intitulado “Kill the Duck”,

ocupou o segundo lugar dos jogos

com mais de 100.000 downloads

na Marketplace, no espaço de um

11


12

mês. O jovem, Andreas Vilela, de

22 anos, natural de Vila Pouca de

Aguiar, desenvolveu este jogo

durante os meses de Novembro

e Dezembro. Trata-se de um jogo

onde o objectivo é matar patos e

o desafio aparentemente simples:

matar os patos, sem acertar nas

pombas. O utilizador tem 20 níveis

para superar com sucesso e precisa

de atingir os pontos necessários

para passar à etapa seguinte. É pois

um jogo divertido e viciante como

reconhece o seu mentor, que se

inspirou num antigo jogo da Nintendo,

o “Duck Hunter”, e aproveitou

o Programa Microsoft “Student

Partner”, que dá oportunidade aos

estudantes que mais se destacam

nestas áreas.

As repercussões deste sucesso

foram de tal ordem que despertaram,

de imediato, o interesse de

empresas internacionais, tendo

o jovem criador recebido já uma

proposta de estágio na Europa, na

vertente de desenvolvimento de

aplicações para mobile. Andreas

Vilela, que pretende continuar a

apostar na criação de novos jogos,

está, actualmente, a realizar o seu

estágio académico na Portugal

Telecom Inovação, em Aveiro.

UTAD avaliou risco de

radão na região de

Amarante baseado em

mapas geológicos, solos,

água e habitações

Quando se fala em radioactividade,

esta constitui

uma fonte de

preocupação

para a opinião

pública, pois são

conhecidos os

efeitos nefastos

na saúde

humana associados

a esta

problemática,

nomeadamente

a radioactividade

relacionada

com os acidentes

nucleares.

Embora a maioria das pessoas

o desconheça, a maior dose de

radioactividade a que o homem se

encontra exposto é de origem natural

e, portanto, a principal fonte

de radiação natural é o gás radão

(222Rn) proveniente do urânio

(238U) existente nas rochas, nos solos

e na água, libertado durante o

decaimento radioactivo do urânio.

O radão é um gás incolor, inodoro,

insípido e por isso imperceptível

pela população. Nos solos este gás

tende a dissipar-se contudo, no interior

das habitações, pode mesmo

atingir concentrações que ao longo

do tempo de exposição poderão

originar nomeadamente neoplasias

pulmonares.

Em Portugal, a legislação sobre a

qualidade do ar fixa o limite para

a concentração média anual de

radão para novas habitações em

400 Bq/m3 (DR n° 67/I Série-A/D.L

n° 79/Art°29 de 4 de Abril de 2006)

e é obrigatória para novos edifícios

públicos construídos em zonas

graníticas, nomeadamente nos

distritos de Braga, Vila Real, Porto,

Guarda, Viseu e Castelo Branco.

Sendo a região de Amarante constituída

essencialmente por rochas

graníticas e metassedimentos,

pretendeu-se efectuar uma avaliação

do risco de radão associado

às diferentes rochas e estruturas

geológicas. Assim, no âmbito de

uma tese de mestrado em Recursos

Geológicos e Desenvolvimento

Sustentável desenvolvida na UTAD

pela mestranda Lisa Martins e

co-orientada pela Prof. Maria Elisa

Gomes da mesma instituição e

pelo Prof. Luís Figueiredo Neves da

Universidade de Coimbra, foi realizada

uma avaliação do potencial

radiométrico nos solos das diferentes

litologias, com espectrómetro

portátil de raios gama, analisadas

15 amostras de água e determinadas

as concentrações de radão em

73 habitações da região, através

de detectores CR-39 colocados nos

meses de Inverno, porque reflectem

melhor o controlo geológico.

Este período corresponde aos

meses onde se verifica uma menor

ventilação das habitações. Relativamente

à concentração de radão nas

águas da região foram obtidos, em

6 locais, valores acima do máximo

admissível de 1000 Bq/l (Recomendação

Europeia 2001/928/EURA-

TOM), cujo valor máximo registado

foi de 2294 Bq/l. A análise dos 73

detectores mostra que as elevadas

concentrações de radão no período

de Inverno ocorrem no granito da

zona de Padronelo (média geométrica

anual de 430 Bq/m3) presente

também no centro histórico, tendo-

-se verificado que das 73 habitações,

35 apresentavam valores de

radão superiores aos recomendados

pela legislação nacional,

havendo 4 valores anómalos que

atingiram 2845 Bq/m3. Este tipo de

granito tem algumas diferenças relativamente

ao que aflora na zona

de Telões e é aquele que apresenta

teores mais elevados de urânio. As


habitações que assentam sobre os

metassedimentos apresentam médias

mais baixas de radão (85,1 Bq/

m3), sendo que nenhuma destas,

excedeu os valores recomendados.

Também a fracturação regional se

mostrou neste estudo crucial para

interpretar os elevados resultados

de radão nos solos, águas e habitações.

Foram colhidas amostras

sãs e alteradas dos granitos da

região, com vista à identificação de

minerais acessórios portadores de

U e Th, mostrando que a litologia

é extremamente importante como

factor geológico condicionante

na concentração de radão nesta

região.

Em relação à magnitude dos valores,

são significativos, mas ainda

assim não tão elevados como noutras

zonas do país, mas justificam

no entanto que seja dada atenção

a esta região como uma daquelas

em que o limite de 400 Bq/m3 foi

excedido numa percentagem não

desprezável das casas. Assim, o

objectivo é definir as zonas mais

radiogénicas onde em futuras

construções, sobretudo de edifícios

públicos, deve ser avaliado o risco

deste gás e adoptadas medidas de

mitigação. Nas habitações já existentes

recomenda-se a ventilação

frequente das habitações, devendo

efectuar-se este método em todos

os pisos das mesmas.

UTAD certificou oliveira

com 1098 anos

A UTAD conseguiu datar uma das

mais famosas oliveiras portuguesas,

considerada, pela sua longevidade,

um “ex-libris” do Convento do

Espinheiro em Évora, atribuindo-

-lhe uma idade certificada de 1098

anos.

O método de datação foi desenvolvido

pela UTAD e encontra-se em

fase de registo da patente, sendo

os seus mentores o Prof. José Luis

Louzada e Prof. Pacheco Marques,

investigadores do Departamento

de Ciências Florestais e Arquitectura

Paisagista.

Perante a impossibilidade de datar

as árvores idosas pelos métodos

tradicionais, pois, na maioria dos

casos a parte central das árvores

(que corresponde à sua zona mais

velha) entra em biodegradação, o

que impossibilita a sua datação,

estes investigadores desenvolveram

uma metodologia não destrutiva

que permite estimar a idade

de qualquer árvore muito idosa,

podendo ir até aos três mil anos,

mesmo que esta se apresente oca

no seu interior. Esta metodologia

permite estimar a idade das

árvores através de um modelo

matemático que relaciona a idade

com uma característica dendrométrica

do tronco (raio, diâmetro ou

perímetro). Ou seja, não se baseia

na identificação e contagem dos

anéis de crescimento, ou na análise

de radiocarbono da madeira

formada nos primeiros anos de

vida da árvore, mas sim através de

um parâmetro dendrométrico do

tronco das árvores (traduzido por

exemplo pela dimensão do raio,

diâmetro ou perímetro do tronco),

com o qual a idade está bem correlacionada.

A cerimónia de entrega

do certificado ao Convento do

Espinheiro teve lugar no dia 19 de

Fevereiro e foi organizada por esta

entidade, juntamente com o Grupo

“Oliveiras Milenares” que foi parceiro

da UTAD no projecto de datação

de árvores idosas.

Ao acto assistiram

diversas personalidades,

entre

as quais o Prof.

Galopim de Carvalho,

conhecido

geólogo e estudioso

da presença

dos dinossáurios

em território

nacional. A UTAD

esteve representada

pelo Prof. José

Luiz Louzada, que, em declarações

à comunicação social, explicou o

trabalho da sua equipa, no estudo

dos padrões de crescimento da

oliveira milenar a partir dos troncos

ocos, usando a metáfora das “matrioskas”,

as bonecas russas que vão

saindo umas de dentro das outras.

Aluna da UTAD criou

Roteiro Museológico em

Braille

Uma aluna da licenciatura em

Turismo da UTAD- Pólo de Chaves

criou um roteiro museológico

em Braille para que os invisuais

possam também visitar o Museu

da Região Flaviense, em Chaves. A

aluna, Ana Cristina Teixeira Tavares,

de 25 anos, realizou o seu estágio

curricular no Núcleo de Arqueologia

daquele Museu, e logo sentiu

motivação bastante para torná-

-lo acessível também a invisuais,

lançando mãos ao trabalho de criar

o roteiro em Braille, Relevo e Texto

Projectos. Investigação. Cooperação

13


14

Ampliado. A Câmara Municipal de

Chaves, por seu turno, abraçou, de

imediato, a mesma causa, mandando

imprimir dez exemplares que

ficarão ao dispor na recepção do

Museu de quem deles necessitar.

Em quinze páginas, esta jovem

propõe assim um percurso pelo

espólio museológico, cujas peças

são identificadas e devidamente

descritas.

Ana Tavares pretende através deste

projecto dar o primeiro passo para

que o Museu se torne inclusivo,

tendo em vista ainda outros projectos,

como seja a realização de

áudio-guias e exemplares tácteis

que irão complementar o roteiro.

O seu interesse neste tema teve

início no projecto de investigação

que está a realizar, “A escuridão nos

Museus – Acessibilidade para pessoas

invisuais”, em que não se quis

limitar apenas a uma abordagem

teórica da matéria, mas sim deixar

algo prático que ajude esta população

(163.569 pessoas conforme a

actualização do último censo pelo

INE em 2007) com necessidades

tão especiais e que conta com tão

poucos recursos que lhe permita

acesso à cultura.

UTAD estreita laços de

cooperação com Angola

A UTAD e o Governo Provincial da

Lunda Sul assinaram no dia 16 de

Março um protocolo de cooperação

nos domínios das actividades

físicas e do desporto como meio de

promoção da saúde e do bem-estar.

Na mesa da cerimónia tomaram

lugar o Magnífico Reitor da UTAD,

Prof. Carlos Sequeira, a Governadora

Provincial de Lunda Sul, Dr.ª

Cândida Maria Guilherme Narciso, e

o Governador Civil de Vila Real, Dr.

Alexandre Chaves. Entre as entidades

convidados, encontravam-se

também o pró-reitor para a Cooperação

da Universidade de Lweji e o

delegado do director provincial da

Juventude e Desporto da mesma

província angolana.

O protocolo assinado pelo Reitor

da UTAD e pela Governadora de

Lunda-Sul tem em vista o desenvolvimento

de programas de formação,

projectos de investigação, de

difusão científica e desenvolvimento

de centros de prática pedagógica

e centros de treino desportivo,

como actividades de estágio para

estudantes em formação e profissionalização.

A Governadora africana afirmou

acreditar que a prática do desporto

e o desenvolvimento físico, entre a

população mais jovem da sua província,

ajudarão a diminuir alguns

dos problemas sociais que se fazem

sentir. “Queremos promover estilos

de vida mais saudáveis e ajudar a

fortalecer a personalidade dos indivíduos”,

sublinhou a governadora.

O Reitor da UTAD, por sua vez,

destacou este acto no esforço de

internacionalização que constituiu

uma das suas propostas quando

candidato à reitoria. A ajuda da

UTAD na criação de centros de

treino e de formação pedagógica

em Lunda Sul, numa colaboração

estreita entre a Escola de Ciências

da Vida e do Ambiente e a Universidade

angolana de Lweji, é um

dos bons exemplos neste rumo

traçado.

Actividade do Ciclo Cultura

da UTAD

Organizado e dinamizado pela

Prof. Olinda Santana, do Departamento

de Letras, Artes e Comunicação,

o Ciclo Cultural da UTAD

realizou, durante este trimestre,

vários eventos dignos de nota. No

dia 1 de Fevereiro abriu no seu

espaço-galeria (hall de entrada do

Complexo Pedagógico da Universidade)

uma exposição fotográfica

de Rui Manuel Ferreira, intitulada

“Um olhar diferente sobre Trás-os-

-Montes”, que esteve patente até

15 de Fevereiro. Esta exposição

apresentou 25 fotografias a preto e

branco, de temáticas relacionadas

com a cultura imaterial e material

de Trás-os-Montes, tais como: a

Festa dos Rapazes em Baçal; o

cantar dos Reis em Rebordaínhos;

a procissão da Nossa Senhora dos

Montes Ermos em Freixo de Espada

à Cinta; as Lagaradas em Sabrosa;

Freixo de Espada à Cinta vila

manuelina; o castelo de Bragança e

ainda algumas imagens das gentes

transmontanas.

Iniciou-se também uma série de

Exposições Virtuais sobre Arquivos

Pessoais, em que o primeiro

arquivo a ser mostrado foi o de

Maria Irma Nunes de Sousa, uma

portuense do século XX, nascida a

24 de Junho de 1910, na freguesia

de Paranhos, na cidade do Porto e

falecida na mesma freguesia e cidade,

no dia 12 de Fevereiro de 1989.

O Acervo Pessoal é constituído

por 12 diários de viagem redigidos

entre 1938 e 1973. São textos

desenvolvidos onde a escrevente


elata pormenorizadamente as suas

impressões de viagem; são decorados,

portanto compostos por

textos e imagens. As imagens tanto

são de postais ilustrados, como de

recortes de revistas, ou ainda de

cartões de hotéis e restaurantes, de

bilhetes de museus, etc.

No dia 15 de Fevereiro, o Ciclo

Cultural deu início a uma exposição

de artesanato realizado com

materiais (pedras, madeira, metais,

palhas) extraídos e colhidos na

Serra do Alvão. Com esta exposição

pretendeu-se mostrar os trabalhos

do artesão António Martins

Ferreira, rebatizado pelo povo de

Lordelo António Valongo. As suas

peças são miniaturas que retratam

construções do mundo rural da vila

de Lordelo e lugares circunvizinhos.

No dia 15 de Março, no mesmo

espaço, abriu uma exposição fotográfica

intitulada “Barcelona, Março

de 2010”, que permaneceu até ao

dia 29 de Março. Trata-se de uma

colecção de imagens que retrata a

capital da Catalunha, pelos olhos

da fotógrafa amadora e licenciada

em Ciências da Comunicação

pela UTAD, Susana Rodrigues, a

qual fez recentemente um Curso

de Fotografia Digital no Instituto

Português da Fotografia (IPF) no

Porto. Esta exposição resultou de

um trabalho elaborado, no âmbito

da unidade curricular de Análise do

Discurso e da Imagem da licenciatura

de Ciências da Comunicação,

por Paula Cristina Teixeira, sob a

orientação da Prof.ª Olinda Santana.


Projectos. Investigação. Cooperação

15


Prémios

Distinções

Aluno da UTAD premiado

pelo Tesouro Nacional do

Brasil

Jó Bezerra de Sales, economista

brasileiro e aluno de Mestrado na

UTAD, foi premiado pelo Tesouro

Nacional de Finanças Públicas do

Brasil, pelo seu trabalho “Transferências

Intergovernamentais:

a desigualdade na repartição da

cota-parte do ICMS no Pará - 1998

a 2008”.

Este jovem, especializado em Gestão

Pública e em Direito Tributário,

foi orientado na sua investigação

pela Prof. Teresa Sequeira, da

UTAD, tendo como co-orientador

no Brasil o Prof. José Raimundo

Trindade, da Universidade Federal

do Pará. Frequentou o mestrado

na UTAD ao abrigo de um convénio

entre as duas Universidades.

A sua dissertação foi submetida

ao XV Prémio Tesouro Nacional de

Finanças Públicas, organizado pelo

Ministério da Fazenda do Brasil,

Secretaria do Tesouro Nacional e

Fundação Getúlio Vargas, tendo

sido escolhida entre os três melhores

trabalhos de finanças públicas

do Brasil em 2010.

De acordo com o seu autor, o

trabalho possui grande relevância

para o Pará, pois revela graves distorções

na repartição das cotas do

Imposto sobre Operações Relativas

à Circulação de Mercadorias e sobre

Prestação de Serviços de Transporte

Interestadual e Intermunicipal

e de Comunicação (ICMS) aos

municípios, com recomendação de

alterações na legislação de modo

a permitir uma distribuição mais

equitativa e viabilizando um desenvolvimento

mais equilibrado.

17


18

Aluno da UTAD com

presença na Taça do Mundo

de Pentatlo Moderno

O aluno de Engenharia da UTAD

e pentatleta do Clube de Natação

do Interior Norte (CNIN) Ricardo

Rego foi um brilhante finalista na 1ª

jornada da Taça do Mundo de Pentatlo

Moderno, disputada em Palm

Springs, Califórnia, entre 22 e 28 de

Fevereiro. Estiveram presentes 84

atletas de 29 países, dos quais os

75 melhores do ranking mundial e

mais alguns rookies, entre os quais

o atleta de Vila Real, o 135º do

mundo de 2010.

Foi excepcional a sua participação.

Na primeira de três meias-finais,

entre 27 atletas, logrou o 12º lugar

com o total de 4244 pontos, sendo

1º na natação (1332 pontos), 8º

na esgrima (892 pontos) e 15º no

combinado (2020 pontos). Para

mostrar a elevada qualidade deste

resultado, o Campeão do Mundo

foi eliminado em 16º lugar. Na final

estiveram os 36 melhores. Ricardo

esteve muito bem, pois não se exigia

mais nesta competição que o

apuramento para a final. Obteve o

30º lugar, contabilizando 19 pontos

para o Ranking Mundial (subindo

para o 116º), decisivos para o apuramento

olímpico. Nesta final foi

33º na esgrima (688), 4º na natação

(1348), 14º no Hipismo (1172) e 34º

no combinado (1932). Claudicou na

última prova, à custa de uma série

de tiro menos boa que levou do

20º para o 30º lugar. Agora, segue-

-se de 14 a 17 de Abril a 2ª jornada

da Taça do Mundo na Sardenha.

Investigador da UTAD

premiado pela ARH Norte

A Administração da Região Hidráulica

(ARH) do Norte distinguiu o

investigador da UTAD Marco Sousa

Lucas com o Prémio Dr. Francisco

da Fonseca Henriques, na categoria

de Investigação, Desenvolvimento

e Inovação, pelo seu trabalho

científico em torno do tratamento

de águas residuais. O prémio foi

entregue pela vice-presidente da

ARH Norte, Dr.ª Rosário Norton,

em cerimónia que decorreu, na

passada terça-feira (22 de Março),

no Pavilhão da Água, Parque da

Cidade do Porto.

O Doutor Marco Sousa Lucas,

investigador auxiliar do Centro de

Química de Vila Real, sediado na

UTAD, colhe assim um novo reconhecimento

para o seu trabalho de

doutoramento, desenvolvido sob

orientação do Prof. José Alcides

Peres, Departamento de Química,

Escola de Ciências da Vida e do

Ambiente, o qual avaliou diferentes

soluções de tratamento de águas

residuais da indústria têxtil e da

agro-indústria vitivinícola, problemas

com ampla expressão na

região Norte do país. Os Processos

de Oxidação Avançada (reagente

de Fenton, ozono e fotocatálise

heterogénea) combinados ou não

com tratamento biológico foram

algumas das tecnologias aplicadas

ao longo do referido trabalho de

doutoramento, que contou com

o apoio financeiro da Fundação

para a Ciência e a Tecnologia e das

Águas de Trás-os-Montes e Alto

Douro.

A ARH do Norte, I.P.

instituiu o Prémio Dr.

Francisco da Fonseca

Henriques, com

periodicidade bienal,

com vista à promoção e

divulgação de projectos

desenvolvidos por personalidades

individuais,

entidades ou empresas

que colaboram activamente

na concretização

da missão desta

entidade, a protecção

das componentes ambientais das

águas e a valorização dos recursos

hídricos no quadro da sua jurisdição

territorial.

Resultados do concurso

INOV@UTAD 2011

No âmbito do concurso INOV@

UTAD 2011, que decorreu no

primeiro trimestre deste ano, foram

propostas 21 ideias e, no seguimento

da votação e deliberação do

Júri, ficaram classificados nos cinco

primeiros lugares, os seguintes

projectos:

1º Prémio: SmartEnergyHub: Raul

Morais, Manuel Cabral

2º Prémio: EASyringe: Sónia

Campos, Luís Antunes e Aura Maia

da Silva

3º Prémio “Empreendedorismo

Feminino”: Green Quality: Darinka

Gonzalez e João Claro

4º Classificado: Kill the Duck Town

Invaders: Andreas Carocha Vilela

5º Classificado: Doseador automático

de drogas anestésicas: José

Correia Pires. •


Agenda

O que vai acontecer

1 de Abril »

– Workshop “Como assegurar a Oferta de Bens Públicos pela Agricultura e Floresta” promovido pela

Associação Portuguesa de Economia Agrária (APDEA). Organização: APDEA, CETRAD e CEGE/Faculdade de

Economia e Gestão da Univ. Católica, Porto. Local: Auditório de Ciências Agrárias. Contacto: Lívia Madureira (UTAD/

DESG); lmadurei@utad.pt ; 933456489

– IV Jornadas de Ecologia Aplicada: Gestão Ambiental e Ordenamento do Território. Contacto: Drª Natália

Teixeira da ECVA; telf. 259350230

19

2 de Abril »

– Workshop de Gastronomia Molecular (destina-se aos professores acompanhantes dos participantes nas

Olímpiadas de Química Júnior). Organização: Departamento de Química (DQ) e Centro de Química-Vila Real (CQ-

VR). Contacto: Verónica de Zea Bermudez; Rosa Rego; Maria Cristina Oliveira

– 7ª Edição das Olimpíadas de Química Júnior. Local: Complexo Pedagógico. Organização: Drª Vera Medeiros

(2273), Prof Maria João Carvalho (2254), Prof Mª Cristina Oliveira (2286) e Prof Paulo Santos (2257)


5 e 6 de Abril »

– 15ª Feira de Minerais da UTAD. Organização: Museu de Geologia da UTAD. Local: Átrio do Edifício de Geociências

da UTAD (Vila Real). Contacto: Prof. Paulo Favas, telf. 259350220; e-mail: pjcf@utad.pt.

6 de Abril »

– Dia Aberto 2011 – X Jornadas de Divulgação do Ensino Superior Público do Distrito de Vila Real. Contacto:

Gabinete de Comunicação e Imagem, telf. 259350778; e-mail: gci@utad.pt

– Aprender Arqueologia com o ANDAKATU. Organização: Museu de Geologia da UTAD. Local: Exterior do

Edifício de Geociências da UTAD (Vila Real). Contacto: Prof. Carlos Coke ou Prof. Paulo Favas, telf. 259350220;

e-mail: ccoke@utad.pt ou pjcf@utad.pt.

– Conferência “A Sílica e a Idade da Pedra” – Prof. Pierluigi Rosina (Instituto Politécnico de Tomar).

Organização: Departamento e Museu de Geologia da UTAD. Local: Auditório de Geociências da UTAD (Vila Real).

Horas: 15:00. Contacto: Prof.a Elisa Gomes, telf. 259350261; e-mail: mgomes@utad.pt.

– Conferência: Os Serviços Sociais e os Profissionais em Contextos de Crise. Para repensar as formas de

intervenção. Orador: Prof. Pedro Hespanha, Universidade de Coimbra.

– XI Torneio de Voleibol de Quadras Mistas. Contacto: Drª Natália Teixeira da ECVA; telf. 259350230

6 a 9 de Abril »

– XVIII Jornadas de Classificação e Análise de Dados – JOCLAD2011. Contacto: Departamento de Matemática;

http://www.joclad2011.utad.pt

13 de Abril a 15 de Maio »

– TURCHAVES – Outros turismos possíveis. Local: Auditório do Pólo de Chaves da UTAD. Contacto: Pólo de

Chaves da UTAD.

29 de Abril »

– Dia da dança - Projecto Quorum Ballet Química. Contacto: Drª Natália Teixeira da ECVA; telf. 259350230

20

2- 9 Maio »

– X Jornadas Técnicas de Futebol + Futsal. Contacto: Drª Natália Teixeira da ECVA; telf. 259350230.

9-11 de Maio »

– II Congresso “A Escola, Hoje”, englobado nas III Acções FOCO/CIDESD. Contacto: Drª Natália Teixeira da ECVA; telf.

259350230.

Dia 11 de Maio »

– Conferência: Tendências, Enfoques/Modalidades da Prática do Serviço Social. Oradora: Profª. Marlene Braz

Rodrigues, Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias de Lisboa. Contacto: mmourao@utad.pt, telf.

259 302 226.


17 Maio »

– III Jornadas Técnicas de Voleibol. Contacto: Drª Natália Teixeira da ECVA; telf. 259350230.

18 de Maio »

Conferência “O Silício na Medicina” – Prof. Eduardo Ferreira da Silva (Universidade de Aveiro). Organização:

Departamento e Museu de Geologia da UTAD. Local: Auditório de Geociências da UTAD (Vila Real). Horas: 15:00.

Contacto: Prof.a Elisa Gomes, telf. 259350261; e-mail: mgomes@utad.pt.

26 Maio »

– XIV Sarau de Actividades Gímnicas e de Academia. Contacto: Drª Natália Teixeira da ECVA; telf. 259350230.

27 e 28 de Maio »

– XV Encontro Internacional de Reflexão e Investigação (EIRI). Tema genérico: (Re)pensar as Letras: perspectivas

e realidades. Contacto: DLAC-UTAD, telf. 259350701.

17 de Junho »

– Conferência “Papel da Sílica como diluente dos minerais mais reactivos do solo” – Prof.a Rita Fonseca

(Universidade de Évora). Organização: Departamento e Museu de Geologia da UTAD. Local: Auditório de

Geociências da UTAD (Vila Real). Horas: 15:00. Contacto: Prof.a Elisa Gomes, telf. 259350261; e-mail: mgomes@

utad.pt.

18 Junho, 25 de Junho e 2 de Julho »

– Seminário de Jogos Desportivos Colectivos (Futebol, Futsal e Rugby). Contacto: Drª Natália Teixeira da ECVA;

telf. 259350230.

27 de Junho e 1 de Julho »

– 3º Campo de Férias do Manchester United Soccer Schools. Contacto: Drª Natália Teixeira da ECVA; telf. 259350230.

O que vai acontecer

Até 31 de Julho »

Exposição temporária “Silício: da Pré-História ao Futuro”. Organização: Museu de Geologia da UTAD. Local:

Museu de Geologia da UTAD (Vila Real). Contacto: Prof. Carlos Coke ou Prof. Paulo Favas, telf. 259350220; e-mail:

ccoke@utad.pt ou pjcf@utad.pt.

21

More magazines by this user
Similar magazines