12.03.2015 Views

I N F O R M A T I V O - ABIMAQ

I N F O R M A T I V O - ABIMAQ

I N F O R M A T I V O - ABIMAQ

SHOW MORE
SHOW LESS

You also want an ePaper? Increase the reach of your titles

YUMPU automatically turns print PDFs into web optimized ePapers that Google loves.

CSMIA<br />

I N F O R M A T I V O<br />

BOLETIM MENSAL DA CÂMARA SETORIAL DE MÁQUINAS E IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS DA <strong>ABIMAQ</strong> | MAIO/2012 - Nº 34<br />

Monthly Bulletin of the Sectorial Chamber of Agricultural Machines and Implements <strong>ABIMAQ</strong> | MAY / 2012 - Nº 34<br />

O Brasil possui recursos naturais abundantes, mas já entendeu que não<br />

pode desperdiçá-los e que precisa adotar um modelo de desenvolvimento<br />

alternativo ao adotado pelos países do primeiro mundo. Sua legislação<br />

ambiental é uma das mais rigorosas e, juntos, sociedade civil, governo e<br />

iniciativa privada têm trabalhado para criar novas formas de produção.<br />

Na agropecuária, a integração Lavoura-Pecuária-Floresta, o Plantio Direto<br />

e a adoção da Agricultura de Precisão, com a adesão de agricultores e<br />

fabricantes do setor, são respostas eficientes para as demandas de um<br />

mundo que repensa sua forma de produzir e consumir. Saiba mais sobre as<br />

iniciativas brasileiras para o agronegócio sustentável nas próximas páginas.<br />

Brazil has an abundance of natural resources, but already understood<br />

they cannot be wasted and needs to adopt an alternative developmental<br />

model exactly like the more developed countries. Brazil’s environmental law<br />

is one of the most rigorous in the world. The government, civil society and<br />

the private sector have worked together to create new forms of production.<br />

In agriculture, the integration of Crop- Livestock- Forest, tillage, adoption of<br />

precision agriculture, accession of farmers and industrial manufacturers<br />

are effective responses to the demands of a world that rethinks the way<br />

they produce and consume. Learn more about the Brazilian initiatives for<br />

sustainable agribusiness in the following pages.


Editorial<br />

Agricultura de precisão<br />

www.abimaq.org.br/csmia<br />

A tecnologia agrícola para<br />

os trópicos, desenvolvida e<br />

praticada no Brasil, já oferece<br />

ao mundo exemplos importantes<br />

de como produzir<br />

de forma sustentável. Práticas<br />

de agricultura de baixo<br />

carbono como o plantio<br />

direto, a integração lavourapecuária<br />

e floresta e a agricultura<br />

de precisão se destacam.<br />

Todas elas consolidadas pela oferta de<br />

máquinas e implementos agrícolas desenvolvidos<br />

de forma pioneira pelos fabricantes brasileiros.<br />

O plantio direto só foi possível graças à<br />

resposta de nossos fabricantes que souberam<br />

atender à demanda dos produtores rurais com<br />

implementos próprios para essa prática.<br />

O iLPF, uma criação brasileira, conta com a<br />

adesão de muitos produtores. A indústria, por<br />

sua vez, observa atentamente o crescimento<br />

dessa técnica para desenvolver máquinas e implementos<br />

multifuncionais que atendam às necessidades<br />

desse método inovador. A agricultura<br />

de precisão também está incorporada aos<br />

equipamentos nacionais. E há que se destacar<br />

o magnífico programa de financiamento ABC<br />

que trata da recuperação de áreas degradadas<br />

com agricultura de baixa emissão de carbono,<br />

sustentado pelas pesquisas da Embrapa, Empresa<br />

Brasileira de Pesquisa Agrícola, no sistema<br />

ILPF. A CSMIA, Câmara Setorial de Máquinas<br />

e Implementos Agrícolas da <strong>ABIMAQ</strong>, ao<br />

compartilhar seus projetos na RIO + 20 com<br />

entidades públicas e privadas do agronegócio<br />

brasileiro, reitera seu compromisso com<br />

um novo modelo de desenvolvimento ambientalmente<br />

sustentável e socialmente justo.<br />

Celso Casale - Presidente da CSMIA<br />

Agricultural technology for the tropics, developed<br />

and practiced in Brazil, already offers to the world<br />

important examples of how to produce sustainably.<br />

Agricultural Practices of low carbon, tillage, crop-livestock,<br />

forest and precision agriculture are in evidence.<br />

All of them consolidated by the offers of machinery<br />

and agricultural implements a developed pioneering<br />

way by Brazilian manufacturers. The Tillage was only<br />

possible due to the response of our manufacturers<br />

who were able to meet the demand of rural producers<br />

with implements suitable for the practice.<br />

The iLPF, a Brazilian creation, counts on the participation<br />

of many producers. The industry, in turn,<br />

also carefully notes the growth of this technique to<br />

develop and implement multifunction machines<br />

that meet the needs of this innovative method. The<br />

precision farming is also incorporated to the national<br />

equipments. And we have to highlight the magnificent<br />

funding program ABC, which treats the restoration<br />

of degraded areas with farming low-carbon,<br />

supported by research at Embrapa, the Brazilian<br />

Agricultural Research in the system ILPF. CSMIA,<br />

Sectorial Chamber for Agricultural Machines and<br />

Implements <strong>ABIMAQ</strong>, sharing their projects in RIO +<br />

20 with public and private agribusiness, reiterates its<br />

commitment to developing a new model of development,<br />

environmentally sustainable and socially just.<br />

Celso Casale - President of CSMIA<br />

Inteligência no campo<br />

O uso da agricultura de precisão é crescente no Brasil<br />

A agricultura de precisão (AP) pode ser<br />

definida como um conjunto formado por<br />

gestão, técnicas e equipamentos, baseado<br />

na variação espacial da ocorrência dos<br />

principais fatores naturais dentro da propriedade.<br />

Seu objetivo é otimizar o lucro e<br />

garantir a sustentabilidade ambiental.<br />

No Brasil, essa prática se iniciou em meados<br />

de 1995 com a importação de máquinas<br />

equipadas com monitores de produtividade.<br />

Porém o avanço no País foi rápido e hoje<br />

pesquisadores estimam que 20% das lavouras<br />

de grãos do Cerrado, que estão entre<br />

Intelligence in the Field<br />

The use of precision agriculture is growing in Brazil<br />

Precision agriculture (PA) can be defined as a<br />

group formed by management, techniques and<br />

equipment, based on the spatial variation of<br />

the occurrence of major natural factors within<br />

the property. Your goal is to optimize profit and<br />

ensuring environmental sustainability. In Brazil,<br />

this practice began in mid-1995 with the import<br />

of machines equipped with yield monitors.<br />

But the country´s progress has been rapid and<br />

today the researchers estimate that 20% of<br />

grain crops in the Cerrado, which are among<br />

CSMIA na Rio+20<br />

Venha conhecer os projetos da CSMIA-<br />

Abimaq na RIO + 20, nos estandes da<br />

Embrapa/Solos (Jardim Botânico) e da<br />

AgroBrasil, da CNA, Confederação da<br />

Agricultura e Pecuária do Brasil (Pier Mauá).<br />

O Programa de TV da CSMIA, Tecnologia<br />

do Campo, fará a cobertura completa do<br />

evento, com exibição pelo Canal Rural.<br />

Brasil-África<br />

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária<br />

(Embrapa) e a Câmara Setorial de Máquinas e<br />

Implementos Agrícolas (CSMIA), da Abimaq,<br />

lançaram o Portal África (www.portalafrica.<br />

com.br). O objetivo é levar tecnologias desenvolvidas<br />

pelo Brasil em agricultura tropical aos<br />

produtores e institutos de pesquisa africanos.<br />

O Portal reúne informações socioeconômicas<br />

sobre 54 países africanos e está ligado, em<br />

tempo real, aos bancos de dados de tecnologias<br />

agrícolas, da EMBRAPA e de máquinas<br />

e implementos brasileiros, da <strong>ABIMAQ</strong>. Um<br />

instrumento para o aumento da produção de<br />

alimentos e redução das desigualdades.<br />

as mais mecanizadas, são conduzidas com<br />

base nesse processo. Segundo especialistas,<br />

os aumentos de produtividade com a agricultura<br />

de precisão são superiores a 30%.<br />

O mercado brasileiro de máquinas e implementos<br />

já oferece máquinas com alta tecnologia<br />

embarcada, capazes de informar até as<br />

necessidades na aplicação de insumos. E a<br />

cada ano mais empresas do ramo têm incorporado<br />

a AP aos seus produtos. O resultado<br />

é a redução dos impactos ambientais da ainda<br />

inevitável utilização de insumos sintéticos<br />

para o aumento da produtividade.<br />

the more mechanized, are conducted based on<br />

this process. According to the experts, productivity<br />

increases in ag precision is over 30%.<br />

The Brazilian market for implements and machinery<br />

already offers products with high-tech<br />

embedded, able to report to the needs of the<br />

application of inputs. Each year more companies<br />

in the industry have incorporated their<br />

products to the AP. The result is the reduction of<br />

environmental impacts by the still unavoidable<br />

use of synthetic inputs for increasing productivity.<br />

CSMIA at Rio +20<br />

Come to know the projects of Abimaq CS-<br />

MIA-RIO + 20, at the stands in the Embrapa<br />

/ Soils (Botanical Garden) and AgroBrasil,<br />

CNA, Agriculture and Livestock Confederation<br />

of Brazil (Maua Pier). The TV Program<br />

of CSMIA, Technology Field, will complete<br />

the coverage of the event, that will be shown<br />

by the Rural Channel.<br />

Brazil-Africa<br />

Embrapa - Brazilian Agricultural Research Corporation<br />

and the Sectorial Chamber for Agricultural<br />

Machines and Implements (CSMIA)<br />

Abimaq, launched recently the Africa Portal<br />

(www.portalafrica.com.br). The goal is to take<br />

technologies developed by Brazil to tropical<br />

agriculture producers and research institutes in<br />

Africa. The Portal gathers socioeconomic information<br />

on each of the 54 African countries and<br />

is linked in real time to databases of agricultural<br />

technologies of EMBRAPA and the Brazilian<br />

Agricultural Machinery and Implements<br />

<strong>ABIMAQ</strong>. This is an important tool to increase<br />

food production and reducing inequalities.<br />

2<br />

Associe-se e fortaleça ainda mais as ações do setor | csmia@abimaq.org.br


Integração LPF<br />

www.abimaq.org.br/csmia<br />

Fotos: Divulgação<br />

Sistema de integração Lavoura-Pecuária-<br />

Floresta é alternativa econômica e<br />

sustentável para o mundo tropical<br />

nistrador da Santa Brígida. O sistema reduz a<br />

pressão pelo desmatamento, na medida em<br />

que se produz mais grão, carne e madeira por<br />

hectare cultivado. Idealizador do iLPF, o pesquisador<br />

da Embrapa João Kluthcouski diz que<br />

o modelo se aplica a qualquer tipo de produtor,<br />

pequeno ou grande. “Ele tem vantagens<br />

econômicas, sociais e ambientais, diversifica e<br />

tem risco quase zero.” Ele ainda assegura que<br />

o iLPF abre um nicho de mercado para as indústrias<br />

de máquinas e implementos agrícolas.<br />

“Quem quiser mais uma fatia de mercado<br />

deve observar que tipo de aperfeiçoamento<br />

necessitamos”, aconselha. O Brasil já entendeu<br />

que não pode desperdiçar seus recursos<br />

naturais e que deve adotar um modelo<br />

de exploração sustentável. Na agropecuária,<br />

o iLPF é, sem dúvida, um bom exemplo. “A<br />

integração é a ferramenta que nós temos para<br />

o mundo tropical”, assinala João.<br />

Our things<br />

System<br />

integration Crop-Livestock-<br />

Forest is sustainable and economical<br />

alternative to the tropical world.<br />

Founded in Brazil, the integration Crop-<br />

Livestock-forest (iLPF), is one of the most important<br />

techniques for sustainable agricultural<br />

production, it contributes in reducing the pressure<br />

for deforestation, diversifies the income<br />

of farmers and reduces emissions of greenhouse.<br />

In the same area can be cultivated<br />

grains, along with Brachiaria and deployment<br />

of eucalyptus tracks or another forest essence.<br />

After harvest, the area shall be used for grazing<br />

cattle. Thus, the grain paid by the investment<br />

in pasture and also avoids the cost of<br />

the animal in confinement. Furthermore, the<br />

grass cover improves the soil organic matter<br />

and ensures more organic material. Eucalyptus,<br />

in turn, allows cutting from the sixth year,<br />

generating profits of $ 1000 per hectare. Thus,<br />

the system provides nine “crops” in six years,<br />

in the same area: two of grains, six of oxen<br />

Coisa nossa<br />

Criada no Brasil, a integração Lavoura- mesma área: duas de grãos, seis de bois e<br />

Pecuária-Floresta, (iLPF), é uma das mais importantes<br />

técnicas para a produção agropematamento.<br />

Foi na Fazenda Santa Brígida, no<br />

uma de madeira, sem a necessidade de descuária<br />

sustentável, pois contribui na redução município de Ipameri (GO), que o iLPF, já<br />

da pressão por desmatamento, diversifica a experimentado em outras regiões, teve sua<br />

renda do produtor rural e diminui as emissões<br />

de gases de efeito estufa. Em uma mesdade<br />

quis vender suas terras, degradadas,<br />

consolidação. Em 2006, a dona da propriema<br />

área podem ser cultivados grãos, junto mas foi aconselhada pela EMBRAPA a mantê-las<br />

e adotar o sistema Lavoura-Pecuária, à<br />

com a braquiária e a implantação de faixas<br />

de eucalipto ou outra essência florestal. Realizada<br />

a colheita, a área passa a ser utilizada aceitou. Resultado: recuperação de pastos,<br />

época a técnica não integrava a floresta. Ela<br />

para a pastagem do gado. Dessa forma, o da terra e da produtividade.<br />

grão paga pelo investimento em pastagem Hoje, a fazenda já adota o consórcio completo:<br />

Lavoura-Pecuária-Floresta. Em 600 hec-<br />

e ainda evita o custo do animal em confinamento.<br />

Além disso, o capim melhora a tares a produção é de 35 mil sacas de milho,<br />

cobertura do solo e garante mais matéria 20 mil de soja e o pasto engorda 550 bois,<br />

orgânica. O eucalipto, por sua vez, permite além do eucalipto usado para gerar energia.<br />

corte a partir do sexto ano, gerando lucro “A produtividade que conseguimos em seis<br />

de R$ 1 mil por hectare. Assim, o sistema assegura<br />

nove “colheitas” em seis anos, numa de 10 anos”, confirma Anábio Ribeiro,<br />

anos é equivalente a propriedades com mais<br />

admiand<br />

a wooden one, without the need for deforestation.<br />

It was at Fazenda Santa Brigida, in<br />

the municipality of Ipameri (GO),that the iLPF,<br />

ever tested elsewhere, had its consolidation.<br />

In 2006, the property owner wanted to sell<br />

their lands, degraded, but was advised by EM-<br />

BRAPA to keep them and adopt the system<br />

Crop-Livestock. At the time the technique was<br />

not part of the forest. The owner accepted the<br />

suggestion. Results: recovery of pastures, land<br />

and productivity.<br />

Today, the farm has adopted the consortium<br />

completion: Crop-Livestock-Forest. At 600<br />

hectares, production is 35 thousand bags of<br />

corn, 20 000 soybeans and 550 fattening cattle<br />

grazing, and eucalyptus used to generate<br />

energy. “The productivity achieved in six years<br />

is equivalent to properties with more than 10<br />

years,” confirms Anábio Ribeiro, administrator<br />

of Santa Brígida Farm. The system reduces<br />

the pressure for deforestation, offering considerable<br />

increase in the production of grain,<br />

meat and wood per hectare. Creator of iLPF,<br />

the Embrapa researcher John Kluthcouski says<br />

that the model applies to any type of producer,<br />

large or small. “It has economic advantages,<br />

social and environmental diversifications and<br />

has almost zero risk. “It also ensures that the<br />

iLPF opens a niche market for the manufacture<br />

of agricultural machinery and implements.<br />

“Who wants more market share should observe<br />

which kind of improvements we need,”<br />

he advises. Brazil has already understood that<br />

they may be wasting their natural resources<br />

and must adopt a model of sustainable exploitation.<br />

In agriculture, the iLPF is undoubtedly a<br />

good example. “Integration is the tool we have<br />

for the tropical world,” says John<br />

Associe-se e fortaleça ainda mais as ações do setor | csmia@abimaq.org.br<br />

3


Plantio direto<br />

Simples e eficaz<br />

Sistema de plantio desenvolvido nos EUA<br />

e aperfeiçoado no Brasil preserva o solo e<br />

assegura maior produtividade<br />

O Plantio Direto na Palha, ou apenas Plantio Direto (PD), é<br />

uma técnica introduzida na região Sul do Brasil, na década de<br />

1970, que hoje responde por 70% da produção de grãos no País.<br />

Trata-se de um sistema de manejo do solo e das culturas que<br />

ao diminuir o impacto da agricultura e das máquinas agrícolas,<br />

aumenta a produtividade da lavoura e protege o meio ambiente.<br />

Ao contrário do sistema tradicional de cultivo, no qual todo ano<br />

é preciso fazer nova aração e gradagem, revolvendo e descobrindo<br />

o solo, no PD a palha e os restos das culturas são mantidos na superfície,<br />

garantindo a proteção do solo. Outra vantagem é a retenção<br />

do carbono no solo e o melhor controle de plantas daninhas.<br />

Um dos principais responsáveis pela introdução do sistema no<br />

Brasil, o produtor Herbert Bartz, da cidade de Rolândia (PR), conta<br />

que na década de 1970 a erosão em sua propriedade e nas terras<br />

brasileiras, de modo geral, ameaçava inviabilizar a agricultura.<br />

Por isso ele decidiu estudar o assunto e descobriu que na Inglaterra<br />

e Estados Unidos já existia uma técnica de preparo mínimo do<br />

solo, que no Brasil viria se chamar Plantio Direto.<br />

Ao implantar a prática em sua fazenda, foi chamado de louco. Depois<br />

de inúmeras tentativas, o produtor percebeu que o novo sistema consumia<br />

menos diesel. “Em vez de gastar dez mil litros de diesel, gastávamos<br />

de 3 mil a 3,5 mil litros. Era uma fantástica redução”, recorda Bartz.<br />

Produtores adotaram a técnica, fabricantes brasileiros, por sua vez,<br />

demandados por eles, desenvolveram o que hoje são consideradas<br />

as melhores máquinas e implementos apropriados para o sistema. O<br />

Brasil tem hoje uma área de 32 milhões de hectares de PD, que estoca<br />

anualmente cerca de 16 milhões de ton. de carbono que seriam<br />

emitidos caso os equipamentos brasileiros não existissem. O País tornou-se<br />

uma potência agrícola e referência mundial em plantio direto.<br />

www.abimaq.org.br/csmia<br />

Simple and effective<br />

Planting system developed in United States<br />

and refined in Brazil preserves the soil and<br />

ensures higher productivity<br />

The No-Tillage on straw or just Tillage (PD) is a technique introduced<br />

in Southern Brazil, in the 1970s, which today accounts for<br />

70% of grain production in the country. It is a system of soil management<br />

and crop. It is used to lessen the impacts of agriculture<br />

and machinery, increase crop yields and protect the environment.<br />

Unlike the traditional system of cultivation, where every year<br />

we must make a new plow and harrow, turning over and discovering<br />

the soil, in PD, straw and crop residues are retained on the<br />

surface, ensuring the soil protection. Another advantage is retention<br />

of carbon in the soil and best weed control.<br />

A major contributor to the introduction of the system in Brazil<br />

is the producer Herbert Bartz, from the city of Rolândia (PR). He<br />

said that, in the 1970s, erosion on your property and lands in<br />

Brazil in general, threatened to cripple agriculture, so he decided<br />

to study the issue. He found that in England and the United<br />

States a technique existed of minimum tillage. In Brazil, it would<br />

be called Tillage.<br />

By deploying the practice on his farm, he was called crazy.<br />

After numerous attempts, the manufacturer realized that the<br />

new system had consumed less diesel. “Instead of spending ten<br />

thousand liters of diesel, we spend 3000 to 3500 liters. It was a<br />

fantastic reduction, “recalls Bartz.<br />

Producers have adopted the technique. Brazilian manufacturers<br />

in turn and demanded by them, developed what today are considered<br />

the best machinery and implements, suitable for the system.<br />

Today, Brazil has an area of ​32 million hectares of PD, which annually<br />

stocks something like 16 million tons of carbon that would<br />

be issued if the Brazilian equipments did not exist. The country<br />

became an agricultural powerhouse and world reference in tillage.<br />

Expediente<br />

Informativo CSMIA é uma publicação mensal da Câmara Setorial de Máquinas e Implementos Agrícolas da <strong>ABIMAQ</strong>.<br />

Conselho editorial: Celso Casale, Carlos Eduardo De Marchi e José Carlos Pedreira de Freitas | Coordenação Editorial: Enio Campoi<br />

Jornalista responsável: Adriana Ferreira - MTB 42.376| Tradução: Anelise Camargo | Proj.Gráfico e Diagramação: Janaina Cavalcanti<br />

Endereço: Avenida Presidente Vargas, 2001 sala 84 | Jd. Califórnia | CEP: 14020-260 | Ribeirão Preto-SP<br />

Tel: +55 (16) 3941-4114 | www.abimaq.org.br/camaras/csmia | Email: csmia@abimaq.org.br<br />

4<br />

Associe-se e fortaleça ainda mais as ações do setor | csmia@abimaq.org.br

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!