REVISTA COLETIVA - março abril_2017 WEB

unimedgo

Goiânia

Nº 42 | Ano 8

www.unimedgoiania.coop.br

Unimed Goiânia tem

novo presidente e nova

Sede Administrativa

Dr. Breno de Faria deixou a diretoria de Planejamento e Controle e assumiu a

presidência da Cooperativa. A mudança foi anunciada durante a inauguração

do Complexo Administrativo da Unimed Goiânia que abrigará também o

Centro de Diagnósticos Unimed (CDU). (pág. 45).

Cooperado

Atenção Primária à Saúde é tema do Happy Hour com

Ideias. (pág. 15).

Mercado

Unimed Goiânia vence as principais categorias

do 32º Prêmio Jaime Câmara. (pág. 19).


ao leitor |

Desafios do

Cooperativismo

Médico

Em um cenário federal desolador, parece difícil

virar o jogo da crise econômica, moral e política

que paira no Brasil. No mercado de saúde

suplementar em que a Unimed Goiânia atua, não é

diferente.

Os últimos anos foram reveladores para os gestores

de operadoras de planos de saúde mercantis e

de cooperativas de trabalho médico, como é o caso

das Unimeds. A dinâmica do mercado reafirmou a

necessidade de se adotar modelos de gestão transparentes

e profissionais, focados no equilíbrio do

custo assistencial e no atendimento às normativas

e resoluções da Agência Nacional de Saúde Suplementar

(ANS).

Apesar disso, a ANS e o governo federal insistem

em sua sana arrecadatória e desconsideram a

identidade cooperativista das Unimeds, tratando-as

como meras empresas mercantis em detrimento de

um modelo de assistência à saúde de excelência.

E esses não são os únicos desafios. Cooperativas

sólidas como a Unimed Goiânia precisam estar atentas

à realidade do país e fazerem frequentes análises

da conjuntura para garantir agilidade e acerto nas

tomadas de decisões.

De um lado, análises do setor realizadas pela

Corretora Coinvalores, Associação Brasileira de Planos

de Saúde (Abrange) e pelo Instituto de Estudos

de Saúde Suplementar (IESS) registram uma redução

acima de 3% no número de beneficiários de planos

coletivos e individuais. De outro, estima-se que

haverá estabilidade nesse índice em 2017 e crescimento

das carteiras de clientes em 2018.

No entanto, os reajustes autorizados pela ANS

para os planos de saúde têm sido inferiores à Variação

do Custo Médico-Hospitalar (VCMH), calculada

pelo IESS, o mais importante indicador utilizado

pelo mercado de saúde como referência do comportamento

de custos. E como o índice de envelhecimento

calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia

e Estatística (IBGE) indica que a população

idosa cresce em um ritmo maior que a jovem, independente

do ambiente econômico, haverá cada vez

mais demanda dos consumidores idosos por planos

privados de saúde.

Na contramão da evolução do lado bom do setor

de regulação no Brasil, o ministro da Saúde interino

apresenta uma proposta de criação de planos de saúde

a custos populares e sem a cobertura mínima estabelecida

pela ANS, o que fortalece a concorrência desleal

e estimula a judicialização da saúde. No mercado de

planos de saúde, a concorrência com operadoras que

oferecem produtos de baixa qualidade e que se favorecem

com a crise se torna desleal e penaliza as que se

pautam em princípios éticos. E, de forma ainda mais

cruel, o próprio beneficiário assiste impotente às canetadas

que lhes retiram as garantias que durante décadas

foram asseguradas pela sociedade.

Parece ser difícil prever o melhor caminho.

Contudo, a experiência de gestão desenvolvida na

Unimed Goiânia tem sido capaz de garantir sustentabilidade

e segurança em um cenário adverso. Conseguimos

manter a estabilidade da nossa carteira de

clientes e garantir as oportunidades de trabalho para

o quadro de cooperados e cooperadas.

Também avançamos nas medidas operacionais e

técnicas que nos permitem criar as condições necessárias

para aprimorar a assistência médico-hospitalar-laboratorial

que prestamos, o que favorece a prospecção

de novos clientes, especialmente de pessoa jurídica.

Além disso, estamos nos preparando de forma

antecipada para as mudanças sociais no perfil da

nossa população ao desenvolver projetos para a implantação

de um novo modelo de atenção à saúde,

pensar em novas formas de remuneração e, acima de

tudo, fortalecer a conduta ética e transparente em todas

as nossas ações.

Acreditamos que os desafios possam ser vencidos

e caminhamos com confiança, sobretudo, na

capacidade de trabalho de cada um de nossos cooperados

e cooperadas.

Autor: Dr. Breno Álvares de Faria Pereira


su


08.Cooperados

rio

19.Mercado

EXPEDIENTE

Coletiva é um orgão de divulgação da Unimed Goiânia

Coordenação Editorial

Departamento de Marketing

Edição e Jornalista Responsável

Armando Araújo - GO 554 JP

06.Dna

Parabéns DRCooperado

Parabéns DRCooperado reúne aniversariantes

e familiares

Educação Médica Continuada aborda

Saúde do Idoso e estimula a abordagem

multidimensional

Atenção Primária à Saúde é tema do Happy

Hour com Ideias

Unimed Goiânia vence as principais

categorias do 32º Prêmio Jaime Câmara

Dia Internacional da Mulher é celebrado na

Cooperativa

Cresce número de beneficiários com mais de

59 anos

26.Intercooperação

Fundação Oswaldo Cruz visita a Unimed

Goiânia

Redação

Claudia Nunes - GO 719 JP

Mariana Felipe

Editoração Eletrônica

Jéssica Marques

Revisão

Julieta Garcia

Fotografia

IngImage / Léo Iran / Marketing

Federação Goiana realiza Assembleia Geral

Ordinária

Unimeds visitam a Cooperativa

Unimed Regional Sul lança projeto educativo

Empresa

Associada

Goiânia

31.Elogios

Beneficiários elogiam a Cooperativa

ANS - nº 382876


32.Gestão

Unimed Goiânia inaugura novo Complexo

Administrativo e Centro de Diagnósticos

Unimed Goiânia substitui sistema autorizador

Gerentes participam de curso de gestão de

processos

PPP estimula participação dos cooperados

Guia da Proteção no Trabalho é azul

Unimed Goiânia tem novo presidente

49.Responsabilidade

Social

Corretora Unimed garante manutenção de

computadores no Centro de Convivência Dr.

Rodolfo Rohr

Lar de Idosos recebe doações da Cooperativa

Em março, mais de 8 mil viagens foram feitas

pelo DeBike

58.Crônica

A semente do inesperado

60.Recuros e Serviços

Próprios

UniDomiciliar reorganiza sua estrutura

68.Literatura

Vandré - o homem que disse não

71.Sistema Nacional

Nova diretoria da Central Nacional Unimed

é eleita

Hospital Unimed Caruaru inaugura nova UTI

52.Seguros

Corretora Unimed Goiânia oferece várias

opções de seguros

54.PAS

Gestantes atestam benefícios do Programa

de Apoio à Gestante e ao Recém-Nascido da

Unimed Goiânia

63.Gestão de Pessoas

Fórum de Engajamento reúne colaboradores

da Unimed Goiânia

Colaboradores participam de cursos de

aperfeiçoamento

Semana de Saúde e SIPAT mobilizam

colaboradores

Cooperativa realiza Encontros com os

Aniversariantes

74.Moda

Incertezas na hora de se vestir? Calma...

76.Perfil

Unimed Goiânia reforça sua solidez

80.Turismo


6 | dna

Dna.

Parabéns

DRCooperado

Poucos encontros de confraternização

estimulam tanto uma

convivência descontraída como

o Parabéns DRCooperado. Uma vez no

ambiente da festa, cooperados, cooperadas

e suas famílias deixam as preocupações

do lado de fora e passam a desfrutar

da presença dos amigos. Os sorrisos captados

pelas lentes dos fotógrafos da Cooperativa

comprovam essa afirmação.

Coletiva | marçoabril/2017


dna |

7

2

1

3

1. Família reunida: Dr. Tadeu Batista Pereira de Carvalho e sua esposa,

Dra. Ericka Campos Freitas, Thaina Freitas de Carvalho, Renilda Campos e

Matheus Freitas de Carvalho.

2. Gente miúda também participa: Dra. Mirela Reboucas Fernandes de

Lima, Hélio Leonardo da Silva Júnior, Eduardo Rebouças Fernandes da Silva

e Rafael Estevam Rebouças Fernandes Silva.

3. Dra. Dayane Clementino Moraes e Cunha, Onofre Paulo da Silva Júnior

e Rodrigo Silva Cunha.

4. Dr. Jeovar Leite Guedes.

Coletiva | marçoabril/2017


8 | cooperados

Cooperados.

Coletiva | marçoabril/2017


cooperados |

9

Parabéns DRCooperado

reúne aniversariantes e

familiares

Coletiva | marçoabril/2017


10 | cooperados

A

primeira edição de 2017

do Parabéns DRCooperado,

em homenagem aos

médicos e médicas da Cooperativa,

aniversariantes de fevereiro e

março, aconteceu no Memoratto,

no dia 18 de março, com o tema

Cerrado. O homenageado ilustre

da festa foi o Dr. Alberani Nitalbert,

otorrinolaringologista, pelos

seus 85 anos e por sua contribuição

na área médica.

O salão de eventos foi decorado

em tons de verde, marrom,

alaranjado e outras cores que

enaltecem o bioma Cerrado, tema

do Parabéns DRCooperado deste

ano. O objetivo é valorizar a biodiversidade

da região, os pontos

turísticos e as belezas naturais.

Na ocasião, foram servidas

comidas típicas, e as mesas receberam

terrários com plantas nativas.

A estrutura também contou

com o Cantinho da Criança, onde

os pequenos se divertiram nos

vários brinquedos disponíveis.

A comemoração contou também

com barraca de algodão doce

gourmet, estande para cadastramento

no Agendamento On-line

(AOL) e um show do cantor Juninho

Mamede, com repertórios de

Pop Rock e MPB.

Iniciando o sorteio, a diretora

do Conselho Técnico, Dra.

Raquel Coelho, parabenizou a

todos os aniversariantes e falou

mais uma vez sobre o Programa

de Participação Premiada (PPP)

da Unimed Goiânia: “Esse programa

foi elaborado por uma

comissão eleita por unanimidade

na Assembleia Geral Extraordinária

(AGE) do dia 4 de

abril de 2015, a fim de incentivar

a participação dos cooperados

nas programações da Cooperativa”,

disse a diretora.

O manual do PPP, com todas

as regras, está disponível na área

restrita ao cooperado. As demais

informações podem ser obtidas

no DRCooperado.

Em seguida, Dr. Breno de Faria

discorreu sobre o Agendamento

On-line: “O AOL é uma

iniciativa que só traz benefícios

para o cooperado, pois oferece

a possibilidade de marcar a

consulta sem precisar de telefone.

Funciona 24 horas, traz

economia administrativa para

a Unimed Goiânia e para o cooperado.

É um ganho para todos”,

afirmou.

O novo diretor-financeiro

também parabenizou a todos.

“Parabéns aos aniversariantes,

esse é um momento onde encontramos

amigos, familiares e

apenas comemoramos, não falamos

de negócios. Quem compareceu

na assembleia passada

viu a força da nossa Cooperativa.

A distribuição das sobras é fruto

do trabalho de vocês”, disse Dr.

Sizenando.

Coletiva | marçoabril/2017


cooperados |

11

Homenagem

Após o sorteio de brindes, o bolo coletivo foi cortado

pelo homenageado da festa, Dr. Alberani Nitalbert,

que completou 85 anos de idade e 60 de serviços prestados.

Além de otorrinolaringologista, ele lembra que

é especialista em broncoesofagologia. “O primeiro de

Goiás nessa especialidade, CRM 124. O primeiro corpo

estranho de pulmão, no estado, fui eu quem retirei, e

também realizei a primeira broncocospia.”

Dr. Alberani, que ainda foi professor da Faculdade

de Medicina da Universidade Federal de Goiás, agradeceu

a homenagem: “Gostei muito da comemoração, eu

não esperava, agradeço a todos. Nem lembro há quantos anos sou cooperado,

mas ainda estou imbatível, em plena atividade”, comemorou.

Após a homenagem, foi realizado o sorteio de brindes, acompanhado

do tradicional “Parabéns pra você” em torno do bolo coletivo.

Dr. Alberani Nitalbert

Opiniões

Dra. Mirella

Rebouças

“Adoro essa festa,

gosto muito de rever

meus colegas, conversar,

voltar a contar

nossas histórias. O tema

Cerrado é maravilhoso,

sempre venho

com meu neto, de dez

Dr. Jeová Leite

anos, ele também faz

aniversário em fevereiro, então

viemos juntos, e ele fica encantado.

Compareço há muitos anos, sou

praticamente o fundador da Unimed”,

divertiu-se Dr. Jeová Leite

Guedes, acupunturista.

“Eu achei muito boa a festa,

muito bem organizada, num lugar

excelente, com muitas atividades

para as crianças, e a comida

está ótima. Gostei do tema,

pois valoriza nossa cultura,

nossos conceitos e nossa

comida. O espaço kids

é ótimo, tem lugar para

crianças de colo e crianças

maiores, além dos monitores,

que ajudam a cuidar

delas”, disse a gastroenterologista

Dra. Mirella Rebouças

Fernandes.

Coletiva | marçoabril/2017


12 | cooperados

Educação Médica Continuada

aborda Saúde do Idoso e estimula

a abordagem multidimensional

Coletiva | marçoabril/2017


cooperados |

13

Daniel Peixoto

A

Unimed Goiânia realizou,

no dia 15 de março, uma

aula de Educação Médica

Continuada com o tema Manejo

do idoso: avaliação multidisciplinar.

A palestra foi ministrada

pelo cardiologista e consultor de

Modernização de Modelos Assistenciais

da Unimed Goiânia,

Daniel Peixoto de Albuquerque,

no auditório do Conselho Regional

de Medicina do estado de

Goiás (Cremego), às 19h30.

Esta foi a segunda aula sobre

Saúde do Idoso. “É muito importante

olhar para a questão funcional

mais do que para doenças

específicas, pois a avaliação deste

paciente deve ser multidimensional”,

disse o palestrante. Os fatores

analisados devem ser funcionalidade

global, sistemas funcionais e

fisiológicos, medicamentos, histórias

pregressas e fatores contextuais.

Na aula, foram analisados

dois sistemas funcionais: mobilidade

(avaliação da marcha) e comunicação

(visão e audição).

“Na saúde do idoso, a Unimed

Goiânia entende que aumentar o

conhecimento da equipe médica

sobre o tema faz com que a resolutividade

dentro dos consultórios

aumente ao mesmo tempo que o

idoso passa a ser melhor cuidado.

Lembrando que a Cooperativa

cuida de 45 mil idosos, uma

população que necessita de mais

atenção e concentra riscos”, disse

o palestrante.

De acordo com ele, “A Unimed

está com o projeto de Educação

Continuada há muito tempo, e,

nos últimos anos, temos associado

os temas ao modelo de atenção

à saúde. A cultura da Educação

Continuada está crescendo

cada vez mais,

as aulas têm tido uma

audiência maior, o que

é um ganho muito legal

para o Sistema, que começará

a crescer com

uma homogeneidade

técnica maior.”

Coletiva | marçoabril/2017


14 | cooperados

Opiniões

Para a cardiologista Dra. Vera

Lúcia Botelho, é importante

aprender sobre a avaliação multidisciplinar.

“Nós, cardiologistas,

atendemos muitos pacientes com

idade avançada, então termos essa

visão global do paciente é de

grande valia. A palestra foi muito

interessante, com colocações precisas

que vão nos ajudar no manejo

do paciente de forma geral.”

“O interessante da palestra

é que ela deu um perfil para

todos os médicos terem uma

avaliação do idoso, essa triagem

é muito importante. São questionamentos

simples, mas aos

quais todos devem ficar atentos

e ter um olhar cuidadoso para

nada passar desapercebido.

São conhecimentos válidos para

todas as especialidades”, manifestou-se

o geriatra Dr. Marco

Aurélio Nascimento.

PPP

A diretora do Conselho Técnico,

Dra. Raquel Coelho, também

esteve presente e falou aos cooperados

sobre projeto que pontua

a participação em eventos da

Cooperativa, o PPP. “Esse programa

visa aproximar o cooperado

da diretoria executiva, e todas as

aulas de Educação

Continuada contam

pontos. Quem quiser

saber mais, basta

acessar o manual

na área restrita do

cooperado para tirar

dúvidas”, disse.

Dra. Raquel Coelho

Coletiva | marçoabril/2017


cooperados |

15

Atenção Primária à

Saúde é tema do Happy

Hour com Ideias

Coletiva | marçoabril/2017


16 | cooperados

Mais uma edição do Happy

Hour com Ideias foi

realizada pela Unimed

Goiânia no novo Complexo Administrativo

e Centro de Diagnósticos,

no dia 25 de abril. O evento

abordou o tema Atenção Primária

à Saúde (APS) e teve como palestrante

Robert Janett, médico, antropólogo

e professor da Harvard

Medical School, atualmente uma

das principais autoridades sobre o

assunto no mundo.

Estiveram presentes os diretores

Dr. Breno de Faria (Presidente),

Dr. Adriano Auad (Médico),

Dr. João Damasceno Porto

(Administrativo), Dr. José Garcia

(Recursos e Serviços Próprios

II), Dr Júlio Resplande (Conselho

Técnico), Dr. Lueiz Amorim

Canêdo (Auditoria Médica),

Dra. Raquel Coelho (Recursos e

Serviços Próprios I), Dr. Sérgio

Baiocchi Carneiro (Mercado) e

Dr. Washington Rios (Recursos e

Serviços Próprios I).

O diretor do Conselho Técnico,

Dr. Júlio Resplande, iniciou o

evento dando boas-vindas a todos

que estavam, pela primeira

vez, no novo prédio da Cooperativa,

“produto de um grande esforço

de todos os cooperados”. Ele

explicou que o intuito do Happy

Hour com Ideias é trazer palestrantes

experientes em assuntos

de interesse da Unimed Goiânia e

de seus cooperados, para possibilitar

uma reflexão a respeito dos

acontecimentos do mundo, trazendo

novidades para todos.

Logo após, o Dr. Daniel

Peixoto Albuquerque,

cardiologista e consultor

de Modernização

de Modelos Assistenciais

da Unimed Goiânia, realizou

uma pequena introdução

ao tema da noite,

que antecedeu a palestra principal.

De acordo com Albuquerque,

as transições pelas quais o Brasil

passa - populacional (aumento do

Dr. Daniel

número de idosos), nutricional (redução

da fome) e epidemiológica

(emergência de doenças crônicodegenerativas)

- fazem com que

seja urgente modificar o sistema

de serviços de saúde, por isso a

necessidade de debater a Atenção

Primária à Saúde.

Outro aspecto importante diz

respeito à transição tecnológica.

“Os avanços da ciência

e da tecnologia

têm melhorado a habilidade

dos sistemas

de atenção à saúde em

diagnosticar e tratar

as condições de saúde,

mas o alto volume das

tecnologias desenvolvidas supera

a capacidade dos sistemas em

aplicá-las de forma racional”,

afirmou o consultor.

Entre os mais importantes

princípios da APS,

estão o foco na família e a

abordagem comunitária.

Por isso já estão sendo

desenvolvidas na Cooperativa

uma série de modernizações

como a consolidação

de um Núcleo

Integral formado pelo

Setor de Atenção Primária

do Idoso (SETPAS/

SAU II); de Cuidados Paliativos

(UniDomiciliar

– SETPAS); de Navegação

- Crônicos/Onco/Idoso

(SETPAS); e de Saúde

Corporativa (PROTRAB);

além da análise para implementação

de formas

de pagamento diferenciadas,

entre outras medidas.

Coletiva | marçoabril/2017


cooperados |

17

Palestra Principal

O professor Robert Janett é estudioso da Atenção Primária

à Saúde há mais de trinta anos e participa de projetos do Banco

Mundial da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização

Mundial da Saúde (OPAS/OMS). Com atuação nos setores de saúde

estadunidenses (fazendo parte das gestões de Accountable Care

Organization (ACO), que são organizações responsáveis pela operacionalização

do Obamacare), ele é também um dos responsáveis

pela gestão da Cambridge Health Alliance, outra iniciativa bemsucedida

na região de Boston.

Na América do Sul, Janett atua como consultor de APS no Sistema

Unimed e em autogestões como a Usisaúde e como consultor

do sistema de saúde suplementar colombiano. É presidente emérito

da Aliança das Organizações Responsáveis pelo Cuidado (AORC

Brasil) – grupo de estudos que visa disseminar, no Brasil, o conceito

de Accountable Care Organization, grupos de médicos, hospitais e

outros prestadores que se unem, voluntariamente, para prestar cuidados

de alta qualidade.

Mudanças

De acordo com o palestrante, o sistema atual de gestão de saúde

é muito caro, e os pacientes estão insatisfeitos. A epidemiologia

da população brasileira mudou e apresenta alta mortalidade por

doenças crônicas, portanto, o atendimento deveria ser organizado

de acordo com essas transformações. “Nosso principal problema,

atualmente, são as doenças crônicas, e nosso sistema de hoje não é

capaz de resolvê-lo”, disse Robert.

O palestrante expôs as dificuldades na

gestão de saúde e as brechas na qualidade do

sistema tradicional. Também apresentou casos

clínicos, explicou os fundamentos da Atenção

Primária à Saúde e as implicações para o Brasil.

“Com serviços bem organizados, podemos

diminuir gastos, complicações e o sofrimento

das famílias”, afirmou. Para Robert, doenças

prevenidas ou controladas significam gastos

evitados e pacientes mais satisfeitos.

Para o presidente da Unimed Goiânia, Dr.

Breno de Faria, o Happy Hour com Ideias é uma

das melhores iniciativas de envolvimento dos

cooperados com as grandes discussões atuais

sobre temas que impactam a medicina e os

vários setores da saúde. “Vivemos um período

de transição, e o que mais pode nos tornar independentes e preparados

para as mudanças que se aproximam é o conhecimento. Por isso,

valorizamos a participação dos nossos cooperados e cooperadas neste

encontro, que fortalece a Cooperativa e estimula a diversidade de pensamento”,

disse, garantindo a continuidade da atividade.

Coletiva | marçoabril/2017


18 | mercado

Opiniões

Após a palestra, os cooperados

foram recepcionados no

salão do terceiro andar do novo

Complexo Administrativo e participaram

de um coquetel. O restante

da noite foi animado pela

banda Stereo Four.

Para Dr. Nelcivone

Soares de Melo, hematologista,

é importante discutir

o tema apresentado,

pois o modelo de gestão de

saúde atual pode se tornar

insustentável, então, é necessária

uma correção de rumos, para que

a Unimed Goiânia continue cumprindo

sua missão de atender bem

a população. “Pudemos observar

que o palestrante tem muita experiência

no assunto e mostrou ótimos

resultados”, disse.

“O professor

Robert possui muito

conhecimento, já

colocou o modelo

proposto em prática,

em outros estados

do Brasil e outros países, então,

ouvi-lo foi de grande valia para

nós”, afirmou Dra. Martha Lorena

Rivera, pediatra, que disse acreditar

que o modelo de Atenção Primária

à Saúde seria lucrativo para

pacientes e cooperados.

“É um modelo muito atraente

para nós, que somos médicos, e

foi exposto por alguém muito capacitado”,

disse Dr. Gilmar Pinto

de Resende, urologista. Para ele,

a abordagem é muito pertinente

para a Unimed Goiânia, tendo em

vista o grande potencial da Cooperativa,

que, dessa

forma, está “visando

o futuro, evitando

gastos desnecessários

e orientando os

cooperados”.

Mercado.

Coletiva | marçoabril/2017


mercado |

19

Unimed Goiânia

vence as principais

categorias do 32º

Prêmio Jaime Câmara

Os prêmios reforçam sua liderança no mercado.

Coletiva | marçoabril/2017


20 | mercado

Profissionais de propaganda, agências e anunciantes que mais se

destacaram no mercado publicitário goiano em 2016 foram homenageados

com o 32º Prêmio Jaime Câmara durante uma solenidade

especial, que reuniu cerca de 900 convidados.

Além do Prêmio de Anunciante do Ano, entregue pelo presidente

do Grupo Jaime Câmara (GJC), Jaime Câmara Júnior, a Unimed Goiânia

ganhou três troféus TOP do Prêmio. O TOP Rádio foi entregue pelo diretor

comercial de Rádio, Rafael Veiga, o TOP TV, pela diretora comercial

da TV Anhanguera, Cristiana Moreira, e o TOP Jornal foi entregue pelo

vice-presidente de Negócios do Grupo Jaime Câmara, Ronaldo Ferrante.

No ano passado, a Cooperativa foi premiada em quatro categorias,

TV, Rádio, Jornal e Revista.

O prêmio de Agência do Ano foi para a AMP Propaganda, responsável

pela criação das peças de publicidade e marketing da Unimed Goiânia,

e Rodrigo Almeida foi eleito o Profissional de Criação do Ano.

Nesta edição, o Prêmio recebeu 438 inscrições, cerca de 11% a mais

que na anterior. A grande novidade desta vez foi a plataforma de inscrições

totalmente digital.

O lobo-guará, que simboliza o Cerrado, continua estilizando o troféu

do Prêmio Jaime Câmara e a decoração do ambiente da premiação, realizada

no Memoratto.

As peças publicitárias inscritas foram

avaliadas por profissionais de criação que

atuam em grandes agências do mercado de

Brasília. Os candidatos concorreram com

peças divulgadas nos veículos do Grupo

Jaime Câmara, nas categorias Campanha,

Institucional, Produtos e Serviços, Varejo e

Serviços Públicos.

“Estamos orgulhosos e parabenizamos

todos os profissionais envolvidos na comunicação

da Cooperativa, especialmente do

Marketing e da nossa agência de propaganda,

AMP, pelo excelente e criativo trabalho

desenvolvido para potencializar a visibilidade

da Unimed Goiânia, difundir seus

princípios e aproximá-la de seus públicos e

de toda a comunidade”, afirmou o diretor de

Mercado, Dr. Sérgio Baiocchi Carneiro.

Coletiva | marçoabril/2017


mercado |

21

Coletiva | marçoabril/2017


22 | mercado

Uma ação

para virar notícia.

A luta feminina por direitos e igualdade é histórica.

Mas casos de violência e discriminação contra mulheres ainda são bem atuais.

Só no Brasil, é registrado um caso de violência contra a mulher

a cada 7 minutos.Uma mulher é estuprada no País a cada 11

minutos. E no mercado de trabalho,elas podem chegar a ganhar

30% menos que homenspara executar a mesma função.

Dia Internacion

na Cooperativa

Estes números não podem ser ignorados.

Especialmente quando este número

entra em cena: 8 de março.

Por isso, a Unimed Goiânia preparou

uma ação especial para a data.

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher,

dia 8 de março, a Unimed Goiânia desenvolveu

várias ações da campanha “Hoje não é dia de festa.

É dia de luta”, realizadas presencialmente e pelas redes

sociais.

Com objetivo promover a conscientização sobre as dificuldades

e o machismo que as mulheres ainda enfrentam,

400 buquês de flores foram entregues, enrolados em

jornais com manchetes atuais, notícias sobre violências,

abusos, preconceitos e outras situações desafiadoras, nos

dias 4 e 5 de março. Durante a ação, nos Parques Vaca

Brava e Flamboyant, foi realizada a captação de imagens

para o vídeo da campanha, que foi divulgado nas redes

sociais.

E no dia 8 de março, na sede da Unimed Goiânia, também

foram distribuídos 400 buquês. As 150 bicicletas do

Projeto DeBike, das 15 estações, também foram enfeitadas

com flores nas cestinhas.

Todas as bicicletas compartilhadas

da capital amanhecerão com

.

E todas elas foram embrulhadas com jornais que continham manchetes

sobre a desigualdade de gênero e a violência contra a mulher

Danielle Perdigão também ganhou um buquê

e afirmou que fez questão de divulgar a campanha

para os amigos. “Foi muito sensível da parte da

Unimed fazer essa campanha, porque demonstrou

uma consideração enorme pelas mulheres. Estamos

ganhando nosso espaço, mas ainda enfrentamos

muita dificuldade, existem discrepâncias em

pleno século XXI. Por isso são tão importantes as

demonstrações de carinho e respeito.”

Danielle Perdi

8 de março não é dia de festa.

É #DiaDeLuta.

De lutar por direitos. De combater o machismo. De vencer a desigualdade.

“Achei muito interessante

essa iniciativa,

muito bonita.

Simples, mas muito

simbólica e emocionante

para cada

mulher que também

recebeu as flores. A

Luciene Marques

proposta da campanha

foi muito motivadora”, disse

Luciene Marques Pereira.

Coletiva | marçoabril/2017


mercado |

23

al da Mulher é celebrado

gão

A campanha foi elogiada por

beneficiários, nas redes sociais,

e também por outras instituições.

“Parabéns a toda equipe de

Marketing da Unimed Goiânia,

pelo belo trabalho realizado hoje,

dia 8 de março, em homenagem

às mulheres. Impactante a proposta”,

elogiou Fábio Alexandre

Salazar, da Assessoria de Comunicação

do Serviço Nacional de

Aprendizagem do Cooperativismo

de Goiás (Sescoop-GO).

De acordo com o diretor de

Mercado da Unimed Goiânia,

Sérgio Baiocchi Carneiro, “todos

parabenizam as mulheres no dia

8 de março, mas se esquecem que

as maiores ações de reconhecimento,

respeito e consideração

devem acontecer no dia-a-dia.

Foi essa mensagem que quisemos

passar, pois a luta das

Bruno falou sobre conquistas e contou histórias de mulheres que

alcançaram o sucesso, apesar das adversidades. “A palestra fez todo

mundo refletir. O processo de trabalho é assim também: temos que ter

um motivo, mas temos que empenhar na ação. A mim me emocionou

bastante, abordou as relações de forma geral, pessoais e de trabalho”

disse a coordenadora do Setor de Atenção à Saúde, Rúbia Campos.

A assistente de Processos do SERCINT, Hellen Patrícia de

Brito, também se sentiu motivada com a palestra. “Gostaria de

parabenizar a Unimed Goiânia por esse evento, que todo ano a

gente tenha a oportunidade de participar e de estar com essa

equipe maravilhosa. A palestra foi muito boa, uma motivação

a mais para todas nós, mulheres”, parabenizou.

Luciana Araújo

Elas são um

sucesso

O Setor de Gestão de Pessoas também

realizou, no dia 8 de março, um encontro

para aproximadamente 80 colaboradoras.

Foi oferecido um lanche da tarde, e as homenageadas

assistiram a uma apresentação

de saxofone e à palestra “Elas são um

sucesso", ministrada por Bruno Miranda,

autor do livro Coaching Motivacional - o

poder de uma mente motivada.

Hellen Brito

“Esse encontro foi muito bom, eu sempre

participo de todos, e a palestra foi

ótima. Dessa vez mais mulheres participaram,

então foi melhor, gostei muito”,

afirmou a colaboradora Luciana Araújo

Gonçalves, do Setor de Gestão de Pessoas.

Coletiva | marçoabril/2017


24 | mercado

Coletiva | marçoabril/2017


mercado |

25

Faixa etária de 0 a 18 anos é

maioria na carteira de clientes da

Cooperativa

Apesar do crescimento de

1,6% dos beneficiários

com 59 anos de idade ou

mais, registrado em 2016, pelo

Instituto de Estudos e Saúde Suplementar

(IESS), na Unimed

Goiânia, a faixa etária majoritária

em sua carteira de clientes é de 0

a 18 anos. O crescimento apontado

pelo IESS segue na contramão

do mercado, que registrou queda

de 2,8% no ano passado.

São 104,2 mil novos vínculos

firmados com beneficiários dessa

faixa etária, sendo 31,9 mil planos

individuais e 54,2 mil planos

coletivos empresariais.

Posição da Carteira de Clientes

da Unimed Goiânia

Na Cooperativa, o maior número de beneficiários concentra-se em

duas faixas etárias: de 0 a 18 anos (26,99%) e acima de 59 anos (11,86%).

Em seguida vêm as faixas de 29 a 33 (10,67%) e de 34 a 38 anos (10,46%).

Essa divisão tem se mantido estável, com ligeiras variações para cima e

para baixo ao longo dos meses.

Em fevereiro do ano passado, por exemplo, os índices eram diferentes

de 0 a 18 anos (26,87%) e acima de 59 anos (11,29%); e as demais

de maior concentração foram de 29 a 33 (10,95%) e de 34 a 38 anos

(10,26%). De qualquer maneira, isso demonstra o ligeiro crescimento na

faixa dos mais idosos.

"Diante do envelhecimento da população, a Unimed Goiânia está

fortalecendo o seu Programa de Atenção à Saúde há algum tempo, para

se antecipar ao impacto no sistema de saúde suplementar. Essa ação

ganhou reconhecimento nacional, tanto pela Agência Nacional de Saúde

Suplementar (ANS) quanto pelo Sistema Nacional Unimed, gerando

uma economia significativa. Atualmente, mais de 6,5 mil pacientes crônicos

são monitorados, outros 2.500 são atendidos pelo UniDomiciliar,

além do cuidado de idosos telemonitorados", afirmaram os membros do

Conselho de Administração da Cooperativa.

1.2. Tipo de Plano

Descrição Qtde. Part.%

Individual/Familiar 172.663 50,25%

Coletivo Empresarial 121.489 35,36%

Coletivo por Adesão 49.474 14,40%

Total 343.626 100,00%

1.3. Gênero

Descrição Qtde. Part.%

Masculino 154.553 44,98%

Feminino 189.073 55,02%

Total 343.626 100,00%

1.5. Tipo de Acomodação*

Descrição Qtde. Part.%

Enfermaria 179.415 52,22%

Apartamento 164.134 47,78%

Total 343.549 100,00%

1.8. Tipo de Rede

Descrição Qtde. Part.%

Rede Padrão 311.206 90,57%

Rede Unifácil 32.420 9,43%

Total 343.626 100,00%

Números globais

No mês de fevereiro, a carteira de clientes da Unimed Goiânia registrou

um total de 343.626 beneficiários. Destes, 50,25% possuem plano

Individual/Familiar; 35,36%, Coletivo Empresarial; e 14,40%, Coletivo

por Adesão. A opção de acomodação preferida pela maioria é a enfermaria

(52,22%), enquanto o apartamento ficou com o restante (47,78%).

A maioria dos beneficiários é de mulheres (55,02% ou 189.073),

enquanto homens somam 44,98% ou 154.553 da carteira de clientes.

Por tipo de rede, a distribuição dos beneficiários está assim: 32 mil 420

(9,43%) possuem o UniFácil, modalidade criada para atender o nicho C e

D com mensalidades menores e aumentar as oportunidades de trabalho

e renda dos cooperados; e, na rede padrão (90,57%), são 311 mil 206.

Coletiva | marçoabril/2017


26 | intercooperação

Intercooperação.

Fundação

Oswaldo

Cruz

visita a Unimed

Goiânia

Renomada instituição conhece inciativa da

Cooperativa com o DRG.

No dia 8 de março, a Cooperativa recebeu a visita da equipe da

Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), destacada instituição de

ciência e tecnologia da América Latina, vinculada ao Ministério

da Saúde, com objetivo de conhecer o sistema Diagnosis Related

Group (DRG).

Cleide Machado Mões, gerente de Planos; Maura Soares, gerente

Técnica Policlínica; e Manoel Batista Júnior, gerente da área de Tecnologia

da Informação, foram recebidos pela equipe de Auditoria Médica

e de Enfermagem.

Os visitantes, que também aprenderam sobre cooperativismo, agradeceram

a acolhida. “Estamos surpresos com a receptividade da Unimed

Goiânia, por meio da equipe que compartilhou conosco os conhecimentos

sobre DRG”, disseram.

O Conselho de Administração

agradeceu a visita. “Foi uma honra

receber a Fiocruz, instituição

tão importante para a saúde em

nosso país. É muito bom saber

que somos referência para esta

Fundação, estaremos sempre de

portas abertas”, observaram os

integrantes do Conselho.

Coletiva | marçoabril/2017


intercooperação |

27

Federação Goiana

realiza Assembleia

Geral Ordinária

A

Federação Goiana realizou uma Assembleia Geral Ordinária no dia 31 de março, na Sede

Administrativa da Unimed Goiânia, para aprovar a prestação de contas do exercício de

2016, que incluiu a apresentação do Relatório de Gestão, as demonstrações contábeis, o

parecer do Conselho Fiscal, a destinação das sobras e o planejamento das ações formuladas pela

diretoria Executiva para o ano de 2017, além da fixação do valor de honorários, gratificações ou

cédulas de presença para os membros da diretoria Executiva e do Conselho Fiscal, e da eleição

dos membros do Conselho Fiscal. A pauta foi aprovada por unanimidade.

A assembleia foi conduzida pelo presidente da Federação Goiana, Dr. Sizenando da Silva

Campos Júnior (Unimed Goiânia). Na ocasião, foram destacadas cinco realizações da referida

instituição no ano de 2016:

• Nomeação de representantes no Comitê Nacional de Intercâmbio, de Apoio à Tecnologia da

Informação (CATI), Comitê Nacional de Enfermeiros Auditores (CONENFA) e Colégio Nacional

de Auditores;

• Realização de cursos, palestras e treinamentos, como a palestra “RN 395 impactos e desafios”,

apoio ao Seminário sobre Judicialização da Saúde e treinamento do software de pacotes, com

45 participantes;

• Transmissão de cinco videoconferências sobre temas na área de Auditoria/Órteses, Próteses

e Materiais Especiais (OPME);

• Negociação com a Coopanest englobando as sócias;

• Acompanhamento operacional do Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS) das

filiadas, por meio de relatório enviado pela Unimed do Brasil.

Coletiva | marçoabril/2017


28 | intercooperação

Conselho Fiscal Eleito

Planejamento das ações

formuladas pela Diretoria

Executiva para 2017:

• Constituir uma Junta Médica;

• Implementar o Call Center;

• Sediar o XXIII SUECO;

• Instalar a sede da Federação Goiana no prédio do Centro de Diagnósticos

Unimed;

• Sediar o GPA Estadual;

• Criar uma Câmara de Compensação;

• Instalar uma Central de Compras.

"Estamos otimistas

com as metas

estabelecidas

para 2017. Acreditamos

que as ações

propostas serão

importantes para

consolidar a autonomia das associadas

e impulsionar o crescimento

regional", afirmaram os

membros do Conselho de Administração

da Federação Goiana.

Coletiva | marçoabril/2017


intercooperação |

29

Unimeds visitam a

Cooperativa

Continua a troca de experiência

e intercooperação

entre as Unimeds de diversas

partes do país e a Unimed

Goiânia, que desta vez recebeu as

visitas das coirmãs Sul do Pará e

Vale do Taquari e Rio Pardo, do

Rio Grande do Sul, nos dias 6 e 7

de abril.

O gerente Administrativo da

Unimed Sul do Pará, Klênio Ayres

Santiago, fez uma visita técnica

para conhecer a área financeira

da Cooperativa, seu funcionamento,

o controle de custos e a

gestão administrativa. De acordo

com ele, o objetivo era “fazer

um benchmarketing nas áreas

financeira e administrativa, absorver

o que é bem implantado e

bem gerido e tentar adaptar essa

realidade à Unimed Sul do Pará.”

O gerente conheceu ainda os setores

de planejamento, administrativo

e financeiro.

“Tudo o que vi

superou minhas expectativas.

A gestão

da Unimed Goiânia

Klênio Ayres

é muito forte, muito

consolidada. Escolhemos esta

Unimed por ser uma referência e

possuir prêmios na área de gestão.

Estou levando para a Unimed

Sul do Pará o que vim buscar, e

iremos aplicar as ideias na nossa

Cooperativa”, afirmou Klênio.

Unimed Vale do Taquari e

Rio Pardo

No dia 5 de abril, estiveram na Cooperativa os representantes da

Unimed Vale do Taquari e Rio Pardo. A analista Administrativa, Laucia

Ananda Krein, e o analista de Processos, Marcelo Luis Rosolen, vieram

conhecer as ações do Setor de Atenção à Saúde da Unimed Goiânia

(Medicina Preventiva) e o serviço UniDomiciliar.

Eles foram recebidos pela gerente do SAU II, Selma Souza, e

pela coordenadora do Setor de Atenção à Saúde (SETPAS), Rubia de

Campos. De acordo com Marcelo, “a Unimed Vale do Taquari e Rio

Pardo está trabalhando num projeto de mapeamento e melhoria da

área de promoção da saúde, por isso o interesse na Medicina Preventiva

de Goiânia.”

A analista afirmou que vários critérios foram analisados até a decisão

de conhecer a Cooperativa. “O fato de ser uma acreditada de grande

porte contribuiu bastante. A Unimed Goiânia possui números audaciosos,

o que nos chamou muito a atenção. Também vimos seu material

divulgado pela Unimed do Brasil e percebemos que tinha muita semelhança

com o trabalho que queremos desenvolver.”

Os visitantes agradeceram a recepção e manifestaram o desejo de

dar continuidade ao contato e ao aprendizado: “Foi muito proveitoso. A

disponibilidade com a qual nos receberam foi incrível, nos deram muita

abertura, ficamos à vontade. Com certeza, abrimos uma porta, mas não

só por hoje, ela continuará aberta”, disse Laucia.

O Dr. José Garcia,

diretor do SAU

II, agradeceu e disse

ser um prazer receber

coirmãs que têm

a Unimed Goiânia

como referência: “Ficamos

muito felizes

com essa visita e com

o reconhecimento.

Estaremos sempre à

disposição para troca

de conhecimentos

e experiências.”

Coletiva | marçoabril/2017


30 | intercooperação

Unimed Regional

Sul lança projeto

educativo

A

Unimed Regional Sul Goiás lançou o projeto Médicos na Escola,

que visa oferecer informações ligadas à saúde para estudantes do

município de Itumbiara. As palestras educativas irão abordar temas

sobre qualidade de vida, prevenção de doenças e outros. O objetivo da

coirmã é cumprir com um dos princípios do cooperativismo: o Interesse

pela Comunidade.

A primeira palestra foi ministrada no dia 17 de março, com o tema Alimentação

Saudável, pelo Dr. Rafael Jacob, cirurgião geral e gastroenterologista.

Ele abordou o tema para 51 alunos do 2º ano do Ensino Médio, no Colégio

Estadual Dom Veloso, promovendo um momento participativo entre os

alunos, com informações importantes para uma vida saudável.

Coletiva | marçoabril/2017


Elogios.

elogios |

31

Beneficiários elogiam

a Cooperativa

Manifestações positivas incentivam a qualidade do atendimento.

Os colaboradores da Unimed

Goiânia Éder Ferreira

Gonçalves e Elizângela

Vieira Bueno foram elogiados

por beneficiários na pesquisa de

satisfação. “Excelente o atendimento

da Elizângela, muito

prestativa e eficiente”, disse o

beneficiário Henrique Moura

Lemos, que deu nota máxima ao

atendimento recebido. Já o beneficiário

Jair Nunes Júnior, que

elogiou o serviço do colaborador,

disse: “Parabenizo o atendente

Éder pela proatividade e profissionalismo.

Nota mil, obrigado!”,

agradeceu Jair.

A cooperada da Unimed Goiânia Dra. Luiza Emylce Schmaltz, ginecologista

e obstetra, foi elogiada por duas beneficiárias. Simone Gomes

da Silva destacou o trabalho prestado: “No dia 1º de janeiro de 2017, entrei

em trabalho de parto. Fui para o hospital às 11h, e logo a doutora

chegou. Não tenho palavras para agradecer tudo que ela fez. Obrigada

pela paciência, pelo cuidado e por me ajudar a realizar o parto normal,

pois chegou uma hora que eu queria desistir, mas ela me deu força e

apoio para seguir em frente”, contou a beneficiária.

Wanessa Morais Neri também manifestou

sua gratidão: “Quero agradecer a minha médica

obstetra Dra. Luiza Emylce pela paciência, pois

foram doze horas de trabalho de parto, e ela ficou

o tempo todo ao meu lado. Agradeço pela disponibilidade,

compromisso, humanidade e pelo zelo

que uma grávida merece ter durante toda a gravidez,

parto e pós-parto.”

Dra. Luiza Emylce

Setor de Cadastro recebe elogio

O colaborador Diego Salles, do setor de Cadastro, foi elogiado pela

coordenadora Administrativa da Associação dos Funcionários da

Unimed Goiânia, Letícia Borges. “Gostaria de formalizar um elogio

para o colaborador Diego, do Cadastro, que sempre demonstra ser

prestativo e eficiente. Colaboradores assim merecem o nosso reconhecimento”,

elogiou.

Coletiva | marçoabril/2017


32 | gestão

Gestão.

Coletiva | marçoabril/2017


gestão |

33

Unimed Goiânia inaugura novo

Complexo Administrativo e

Centro de Diagnósticos

O moderno prédio está entre os mais importantes empreendimentos

sustentáveis brasileiros.

Descerramento da placa

A

Unimed Goiânia inaugurou o novo Complexo

Administrativo e Centro de Diagnósticos

Unimed (CDU) no dia 10 de abril, com a presença

de autoridades, representantes de Unimeds e

entidades da área da saúde. O prédio está localizado

ao lado da antiga Sede Administrativa, na Av. T-7, esquina

com a T-28, Praça Gilson Alves, Setor Bueno.

A solenidade de inauguração foi realizada no auditório,

com capacidade para 200 pessoas, e a mesa

foi formada pelos seguintes membros: o novo presidente da Cooperativa,

Dr. Breno de Faria; o diretor-financeiro, Dr. Sizenando da Silva

Campos Jr.; o ex-presidente da Central Nacional Unimed e atual diretor

Administrativo Financeiro da Unimed Participações, Mohamad Akl; o

superintendente de Vigilância em Saúde (representante do prefeito de

Goiânia, Iris Rezende), Dr. Robson Paixão Azevedo; o chefe de Gabinete

de Gestão da Governadoria (representante do governador Marconi Perillo),

Jardel Sebba; o diretor de Finanças e Administração da Seguros

Unimed, Dr. Adelson Severino Chagas; o diretor do Centro Médico do

Tribunal de Justiça (representante do presidente do Tribunal de Justiça

do estado de Goiás, Gilberto Marques Filho), Dr. Ricardo Paes Sandre; o

presidente da Unimed Cuiabá, Dr. Rubens Carlos de Oliveira Júnior; e o

vereador Anselmo Pereira.

Na oportunidade, foi feito um comunicado oficial das mudanças ocorridas

no Conselho de Administração. O Dr. Sizenando assume a diretoria

Financeira no lugar da Dra. Selma Trad, que vai para a diretoria de Planejamento

e Controle da Cooperativa.

E o Dr. Breno de Faria é o novo

presidente da Unimed Goiânia.

Houve ainda a apresentação

de um vídeo institucional

com as características da obra,

seu impacto para a Cooperativa,

seus benefícios e vantagens.

Acompanhe pelo link:

https://www.youtube.com/

watch?v=yAJuGvkzJOE.

Coletiva | marçoabril/2017


34 | gestão

Dr. Sizenando Campos Jr.

“Só queria agradecer. Tem aquele ditado

antigo de Isaac Newton: “Se cheguei mais

longe foi porque me apoiei em braços de gigantes”.

E eu queria agradecer porque, se a

Unimed Goiânia chegou onde chegou, foi por

causa da oportunidade que tivemos de aproveitar

e aprender com as pessoas que se dedicaram

a essa casa. Então, agradeço aos

ex-presidentes da Unimed Goiânia, que construíram

e contribuíram para o crescimento da

Cooperativa, e ao Dr. João Damasceno, presidente

da comissão que coordenou a construção desse prédio, pois sei

que não foi fácil. Meu muito obrigado a esse trabalho de todos vocês, e

queria agradecer principalmente minha família, minha esposa, Raquel,

aqui presente, que esse tempo todo não mediu esforços para suportar

os momentos difíceis. Pois temos muitos momentos bons e também de

muito sacrifício. Mas, enfim, os resultados e benefícios são melhores.

Muito obrigado pelo seu apoio, Raquel. Muito obrigado a todos vocês,”

disse, emocionado, o ex-presidente.

Ao fazer uso da palavra, o diretor Administrativo, Dr. João Damasceno

Porto, fez um agradecimento especial a todos os envolvidos na

concretização da obra e enfatizou o compromisso da Cooperativa com

o bem-estar da comunidade, expresso no respeito

ao meio ambiente, por meio de uma obra

certificada e ambientalmente responsável.

“Quero cumprimentar e parabenizar nossos

colaboradores e colaboradoras, que são a

mola propulsora da Unimed Goiânia. Muito

obrigado por essa noite de festa que conclui

um projeto, que é esse grande edifício, bonito,

verde, ecológico, funcional”, afirmou Dr. Breno

de Faria.

Dr. Breno de Faria

Após a solenidade, todos participaram de um coquetel de confraternização

na varanda do terceiro andar do prédio.

Coletiva | marçoabril/2017


gestão |

35

Características do prédio

O prédio que abriga a nova sede e o CDU está entre os mais importantes

empreendimentos sustentáveis brasileiros. Com 9 mil 663 m² (três

subsolos para estacionamento e onze andares), o edifício foi construído

de acordo com a Certificação Leadership in Energy and Environmental

Design (LEED), de modo ambientalmente responsável, economicamente

sustentável e com oferta de espaços saudáveis para se trabalhar e viver.

A implantação do LEED estimulou também diversas boas

práticas como a redução dos custos relacionados ao consumo de

água e energia; a melhoria do ambiente de trabalho, com conforto

termoacústico, qualidade do ar e iluminação adequada; a promoção

da integração do edifício com o meio urbano, reduzindo impactos

relacionados à gestão de águas pluviais e de áreas verdes;

a implantação de espaços de integração; e a redução do impacto

no ambiente durante as atividades da obra, com correta destinação

dos resíduos e planejamento para prevenção da poluição.

No CDU, serão oferecidas oito modalidades de diagnóstico aos

beneficiários dos planos de saúde Unimed: Ultrassonografia, Mamografia,

Raio-X, Densitometria Óssea, Tomografia Computadorizada,

Ressonância Magnética, MAPA e PET-CT; além dos exames

de citologia e anatomia patológica do Laboratório Unimed.

As diversas diretorias serão reacomodadas em espaços mais amplos

nos andares superiores, que também abrigam um auditório para 200

pessoas e uma ampla varanda para atividades de convivência.

“A obra do

novo Complexo

Administrativo

e Centro

de Diagnósticos

Unimed representou o grande

desafio de materializarmos

em cimento e vidro os nossos

valores de sustentabilidade, responsabilidade

e respeito ao meio

ambiente. O cumprimento dos

requisitos da Certificação LEED

um importante referencial técnico

para construções ambientalmente

responsáveis, atesta

que alcançamos esse objetivo e

que o nosso compromisso não é

apenas um discurso”, garantiu o

diretor Administrativo e coordenador

da obra, Dr. João Damasceno

Porto.

Depoimentos

"Um avanço, vemos

com bons olhos.

Acreditamos que a

Unimed Goiânia está

no caminho certo, isso

representa economia.

É um passo importante

para a sociedade goiana

também, porque concentra os serviços

em um centro de excelência,

em um prédio bem estruturado."

Ricardo Paes, diretor geral de saúde

do Tribunal de Justiça de Goiás.

"Vejo com bastante otimismo.

É um avanço para a Cooperativa,

dá segurança, garante um

padrão de qualidade no atendimento,

o padrão Unimed. Esse

setor de exames complementares

consome muitos recursos, então,

além de garantir um bom serviço,

poderá ser também um balizador

de mercado não apenas em relação

aos custos, mas em relação à

qualidade. E abre oportunidades

de trabalho para os médicos e

médicas cooperados que atuam

nessa área. A Cooperativa existe

para isso, para criar condições

de trabalho e renda

para os cooperados, e, de

preferência, um local de

trabalho desse padrão."

José Abel Ximenes, presidente

da Unimed Cerrado.

"Um belo prédio,

que respeita o meio

ambiente e vai trazer

para a Unimed Goiânia

destaque no mercado

de planos de saúde. A obra

vem coroar essa diretoria, que

vem fazendo um trabalho excelente

tanto para os beneficiários

como para os prestadores de

serviço. Parabéns a toda a Cooperativa."

Dr. Gustavo Gabriel

Rassi, vice-presidente da Associação

dos Hospitais Privados de

Alta Complexidade no estado de

Goiás (Ahpaceg).

Coletiva | marçoabril/2017


36 | gestão

"Vejo essa obra

com muito orgulho. É

uma demonstração

muito clara de que a

Unimed Goiânia está

firme, investindo, possibilitando

um espaço adequado

para o associado e também

fazendo um centro de excelência

de diagnósticos, que é muito

importante para nossos beneficiários."

Raimundo Nonato Leite

Pinto, presidente da Sicoob Uni-

Centro Brasileira.

"É mais um

ponto de apoio

para o beneficiário

ser bem

atendido. O centro está em uma

localização privilegiada e vai

fortalecer a medicina de Goiás."

Dr. Vagner Ricardo Soares de Sá,

presidente da Coopanest e da Federação

Brasileira de Cooperativas

de Anestesia (Febracan).

“Para nós, hospitais, é um

empreendimento de grande valia,

porque vai diminuir muito

os custos da Cooperativa e, consequentemente,

sobrará mais

dinheiro para nos pagar melhor.

Então, acho que uma coisa vai

puxar a outra. Vemos com grande

satisfação. É um grande feito

dessa diretoria e tem tudo para

dar certo." Dr. Fernando Honorato,

presidente da Associação

de Hospitais

do estado de Goiás

(AHEG).

"É uma nova

etapa, muito importante

para

sua rede de Recursos e Serviços

Próprios, e uma nova opção para

seus beneficiários. Não concorre

com seus cooperados, é complementar.

E é uma estratégia importante

para redução de custos.

Acredito que irá fortalecer ainda

mais a nossa Cooperativa." Dr.

José Umberto Vaz de Siqueira,

presidente da Associação Médica

de Goiás (AMG).

"Sou um entusiasta da questão

dos recursos e serviços próprios,

então vir aqui hoje para

essa inauguração é uma alegria.

Em 2005, o Sistema Unimed tinha

56 hospitais, hoje tem 114. A

verticalização na nossa atividade

de saúde suplementar é muito

importante para equacionar

e diminuir custos, dar qualidade

de atendimento. À frente da Unimed

Participações, temos o projeto

de ampliar um pouco mais

os recursos e serviços próprios

do Sistema Nacional. Essa obra

é, em particular, importante para

os beneficiários e cooperados de

Goiânia e da região, e servirá de

exemplo para o restante do país.

Iniciativas como essa devem ser

seguidas. Entendo que é um marco

que acontece em Goiânia para

o estímulo e o crescimento dos

recursos próprios do país inteiro.

Cada Singular deve avaliar

o que ela necessita, o que cabe

dentro de seu projeto. A verticalização

é sempre bem-vinda."

Mohamad Akl,

diretor Administrativo

Financeiro

da Unimed

Participações.

“Essa inauguração mostra

a pujança da Unimed Goiânia

quando investe em recursos próprios

e de alta qualidade. É fundamental

que o Sistema Unimed

como um todo se espelhe em

ações como essa, no sentido de

que faça estruturas capazes de

atender seus clientes com um nível

de qualidade necessário para

conquistar o mercado de saúde

suplementar no Brasil. Sentimonos

muito honrados de estarmos

aqui essa noite, uma vez que somos

parceiros de longa data, do

ponto de vista comercial

e político.” Adelson

Severino Chagas,

diretor de Finanças e

Administração da Unimed

Seguros.

“Do ponto

de vista estratégico,

o que se

mostra com a

inauguração desse novo centro

é que a Unimed Goiânia reforça

ainda mais sua posição como

uma excelente prestadora de

serviços de medicina em Goiânia,

uma medicina de alta qualidade,

de alto nível, e demonstra

um importante passo para a

sociedade de Goiânia.” Fabiano

Katran, diretor Jurídico da Unimed

Seguros.

Coletiva | marçoabril/2017


gestão |

37

“É com grande satisfação

que a Unimed Cuiabá vem prestigiar

esse novo empreendimento

da Unimed Goiânia. Esse centro

será de grande valia para a

sociedade goiana, os usuários

terão, com certeza, qualidade

padrão Unimed, e isso vai ser interessante,

pois mudará o mercado.

A Unimed Goiânia está no

caminho certo, parabenizo toda

a diretoria.” Dr.

Rubens Oliveira,

presidente da Unimed

Cuiabá.

“Para mim,

hoje foi uma

honra representar

o prefeito,

deixo aqui um abraço dele,

que disse que essa Cooperativa

faz muito pela cidade. Concordo

com isso e fico feliz, justamente

por fazer parte dessa história.

Quando vejo esse edifício,

me vem toda a história desde o

meu começo. A Unimed Goiânia

ainda era uma criança quando

entrei, eu segui os passos dela,

fui diretor por um bom tempo,

entendi como é difícil esse complexo

cooperativista, sei das

dificuldades que é estar com a

Unimed Goiânia na ponta como

ela está, firme como está, dando

hoje um passo adiante com a

inauguração desse prédio. Desejo

a vocês uma ótima gestão ao

longo dos próximos anos e que

esse prédio seja um referencial

da nossa Cooperativa, da qual

me orgulho de fazer parte.” Dr.

Robson Paixão Azevedo, superintendente

de Vigilância em

Saúde da Prefeitura de Goiânia.

“É uma satisfação

muito grande

estar aqui representando

o governador

e como médico, filho

de médico, pai de

dois médicos, sóciofundador

da Unimed Catalão e

usuário da Unimed. Estou extremamente

entusiasmado, animado

e feliz em saber e poder comprovar

os avanços da Unimed Goiânia.

Um prédio rigorosamente dentro

dos padrões da modernidade e

da sustentabilidade, com os mais

modernos aparelhos de diagnóstico

por imagem. Fico feliz quando

vejo que a Unimed Goiânia é uma

referência. Que continue sendo

essa referência em todo Brasil.” Dr.

Jardel Sebba, chefe de gabinete do

governador Marconi Perillo.

“Sou beneficiário, ajudo a

construir essa cidade há quase

trinta e seis anos e me orgulho

de ser um cooperado da Unimed

Goiânia, que faz aquilo que prega.

Ela cuida, zela, dá atenção, mas

ao mesmo tempo promove aquilo

que acontece no contexto da cidade

de Goiânia. Foram enfrentadas

questões em relação ao marasmo

e ao mesmo tempo na própria estrutura

do município, que possui

um certo protocolo exagerado na

aprovação de determinados equipamentos.

Esse prédio passou

por isso, mas é um dos poucos do

Brasil que tem a marca verde. Ele

inovou, cooperou com a cidade,

faz nesse quadrilátero o diferencial

de requalificação do espaço

de 83 anos da nossa cidade.

Quero agradecer mais uma vez

a Unimed Goiânia. Esse prédio

é fantástico, moderno, evoluído,

nós, beneficiários, teremos uma

atenção de excelência, além dele

ser tecnologicamente

correto em relação ao

meio ambiente e a sua

preservação". Vereador

Anselmo Pereira.

“Acho muito importante

essa inauguração.

É um lugar que

ficou muito agradável

para os cooperados e vai trazer

muita qualidade para os beneficiários,

com aparelhos de última

geração. Vai gerar sustentabilidade,

qualidade nos exames e

uma rentabilidade muito grande

para a Cooperativa. Pensar no

meio ambiente é o caminho, é o

futuro, e a Unimed Goiânia fez

isso na construção desse prédio

sustentável.” Dr. Frederico Henrique

Oliveira, diretor-financeiro

da Unimed Regional Sul.

"A Unimed Goiânia demonstra

que cresce a cada dia e se

fortalece no mercado como a

melhor operadora de planos de

saúde do Brasil, e, aqui em Goiânia,

isso é bastante claro. Tem

hoje uma parcela importante da

assistência em saúde na área suplementar,

e esse Centro em um

prédio moderno vem fortalecer

ainda mais a marca, assim como

o atendimento e, obviamente, o

investimento que os cooperados

têm feito na Unimed Goiânia".

Dr. Leonardo

Mariano Reis,

presidente do

Conselho Regional

de Medicina

de Goiás

(Cremego).

Coletiva | marçoabril/2017


38 | gestão

"Nós viemos a Goiânia justamente

para aproveitar a experiência

da construção desse

Centro de Diagnósticos, porque

também estamos construindo o

nosso. Vocês estão na frente, nós

ainda iniciaremos as atividades

em aproximadamente três meses.

Viemos ver como podemos melhorar

a partir dessa experiência.

Estamos encantados com o prédio,

com a estrutura, e pudemos

aproveitar bastante a visita." Enidelcio

Sartori, diretortécnico

do Centro de

Diagnósticos da Unimed

Bauru.

"Tive uma impressão

muito boa.

O prédio é muito

bonito. O investimento

trará qualidade, e acredito

que os pacientes irão reconhecê-la.

Nossa sensação é que

será um sucesso, foi muito bem

projetado. Valeu a pena a visita,

é muito bom trocar experiências

e sempre ter o que aprender. Vamos

implantar algumas coisas

que vimos aqui no nosso centro.

Tínhamos dúvidas em relação

a outras coisas, e vocês fizeram

igual aqui, então nos sentimos

mais seguros". Roberson Moron,

presidente da Unimed Bauru.

Unimed Goiâni

sistema autoriz

O

sistema Hilum, responsável pela autorização de todos

os procedimentos de assistência médica prestada

aos beneficiários pela Cooperativa, foi substituído

por um novo e melhor autorizador, o Sistema de Gestão

Unimed (SGU), no dia 11 de maio.

O SGU 2.0 é um sistema de gestão desenvolvido para

suprir as necessidades das operadoras de planos de saúde,

aplicando o conceito de “inteligência artificial”, que

permite a implementação dinâmica das regras de auditoria

de contas sem a necessidade de customização, propiciando

mais agilidade e autonomia. O sistema é composto

por módulos que fazem a integração entre cadastro de beneficiários,

processamento de contas médicas, auditoria,

faturamento, pagamentos, atendimento da ANS e informações

gerenciais.

“Ficamos muito

impressionados com

a estrutura e os equipamentos,

com todo

o fluxo de trabalho.

Foi muito proveitoso, uma visita

muito produtiva, que foi feita

para entender como foi feito o

investimento.” Marcos Vinicius

Gomes, gerente Administrativo

da Unimed Bauru.

"Um dos grandes diferenciais do SGU

2.0 são as atualizações do sistema em

atendimento às demandas legais da ANS

ou de deliberações da Unimed do Brasil sem custo para o

cliente, proporcionando mais segurança, adequando-se instantaneamente

às necessidades da operadora", explica o diretor

Administrativo, Dr. João Damasceno Porto.

Coletiva | marçoabril/2017


gestão |

39

a substitui

ador

Com o passar dos anos, a tecnologia

do Hilum tornou-se ultrapassada

e deixou de atender a necessidade

de melhoria contínua da Cooperativa.

Após um minucioso processo de

seleção de sistemas entre cinco empresas,

o SGU obteve maior nível de

aderência aos requisitos definidos

pela Unimed Goiânia. Outras 23 Unimeds

já o utilizam em várias partes

do país.

Entre seus maiores benefícios

para Cooperativa, estão a possibilidade

de evolução nos serviços informatizados;

a facilidade na criação/gestão

de regras de negócio; a melhoria

e a modernização do sistema de

captura e autorização web; a solicitação

de procedimentos diretamente

pelo médico cooperado; a redução do

fluxo de pessoas em atendimento

presencial e do custo com vários sistemas

(Hilum, Biomeek, DGU); mais

agilidade no processo de autorização

com a implantação da distribuição

automática de guias (atendimento);

e melhor controle dos prazos de autorização

previstos pela Resolução

Normativa 259/ANS.

Atualização cadastral

Para utilizar o novo sistema, foi necessário realizar a atualização

cadastral acessando a área exclusiva do cooperado no Portal Unimed

Goiânia, preencher todos os dados, cadastrar os secretários e salvar a

atualização. Essa ação foi necessária para criação de um login e uma

senha.

Além do login do cooperado, o novo autorizador permite o acesso

dos secretários com login e senha próprios e com permissões diferentes

do cooperado. É importante dizer que, como o cooperado é o responsável

por fazer o login, ele deve manter o cadastro atualizado quando houver

necessidade de uma nova inclusão ou exclusão. Para operar o novo

sistema, cooperados, cooperadas e secretários receberam treinamento

específico.

Benefícios e melhorias

O novo autorizador também apresenta benefícios para os colaboradores

que trabalham diretamente com o sistema, como novas opções para

facilitar o atendimento de beneficiários e acesso a diversas informações

do processo de autorização em uma única plataforma.

Todas as solicitações são eletrônicas, e as guias de papel serão abolidas

em dois meses, a contar do início do funcionamento.

Os cooperados podem contar com mais facilidade na localização dos

procedimentos a serem solicitados (favoritos, pesquisa por nome usual

ou descrição da tabela); mais controle sobre os atendimentos realizados

Coletiva | marçoabril/2017


40 | gestão

e procedimentos solicitados (através

de relatórios e gráficos); e agilidade

na avaliação dos pedidos

de procedimentos. E os beneficiários

não precisarão ir com tanta

frequência até a sede da Unimed

Goiânia obter autorizações, visto

que suas solicitações serão avaliadas

com antecedência para agendamento

do serviço. Além disso,

terão a possibilidade de consultar

o status em qualquer lugar, via internet,

com facilidade de visualizar

os exames solicitados.

Aprovação

A opinião geral a respeito da

mudança é positiva. Cooperados,

cooperadas e secretários ouvidos

apontam benefícios como agilidade,

segurança e respeito ao

meio ambiente.

"Por enquanto estou achando

tranquilo, mas vamos ver na

prática diária como funciona.

Tudo é prática, não é? Certas dificuldades

só vêm no dia-a-dia.

De qualquer forma, é uma mudança

importante, facilita." Maris

Lucia Rodrigues, secretária.

"É bom porque

fica restrito aos

cooperados, outras

pessoas não conseguem

fazer as

solicitações de exames e procedimentos.

É mais seguro. Estou

achando mais fácil de lidar do

que o Hilum." Dra. Naraiana Nápole

Machado, pediatra.

"Observei já

algumas vantagens

em relação

ao sistema antigo,

como alguns

campos que já vêm preenchidos,

o que facilita a execução. A princípio,

me parece bem mais interessante.

Sempre trabalhei com

a internet, nunca tive dificuldades,

é muito mais ágil." Dr. Ivan

Ferreira de Araújo, representante

da especialidade de Acupuntura

no Conselho de Especialidades.

“Tudo que vem para melhorar

é sempre muito bom. A ideia da

Unimed é muito boa, caminha de

acordo com a realidade de modernização,

de trabalhar com menos

papel, mais on-line. Esse momento

de transição é complicado, mas

o curso foi muito bom, bem organizado,

o sistema

será bem otimizado”,

disse Dr.

Antônio Eduardo

Rezende,

ginecologista e

mastologista.

De acordo com a oftalmologista

Dra. Ana Laura de Oliveira,

o treinamento ajudou bastante:

“Foi bem esclarecedor, bem satisfatório.

Em relação ao novo

sistema, acho que temos que ver

na prática, muitas coisas só poderão

ser analisadas no cotidiano

e vistas com o tempo. Mas

fazer tudo on-line hoje é uma

realidade, então, isso é excelente.

Quanto menos papel, melhor.

Essa iniciativa de reduzir o uso

de papel é importante, não dá

para agir de forma

diferente, isso mostra

que a Cooperativa está

integrada à realidade

atual.”

Coletiva | marçoabril/2017


gestão |

41

Gerentes participam

de curso de gestão

de processos

Para a Dra. Lidyane

Marques de Paula, ginecologista

e obstetra, que

tinha dificuldades com

o antigo sistema, o SGU é uma

boa inovação. “O Hilum já não

estava oferecendo as ferramentas

necessárias, não conseguia

fazer várias solicitações. Então,

esse novo sistema é interessante,

porque seleciona os exames mais

pedidos como favoritos, o que vai

facilitar muito o nosso trabalho.

A ideia de deixar a plataforma

mais acessível é muito boa, temos

que ver na prática, mas estou

animada.”

“A modernização visa o melhor

atendimento ao paciente,

existem algumas adaptações

que esperamos que sejam feitas

rapidamente com relação à solicitação

de procedimentos e exames,

mas penso que, no final, o

atendimento vai ser mais acelerado

e teremos maior produtividade”,

afirmou Dr. Denison Santos

Pereira, pediatra.

No dia 22 e 23 de março, a Unimed Goiânia realizou um curso

de Gestão de Processos, exclusivo para os gerentes da Cooperativa,

com objetivo de habilitá-los para revisar processos

constantemente de forma crítica.

O curso foi ministrado por Nivaldo Morais, mestre em Engenharia

de Produção e Sistemas pela PUC Goiás, professor da Universidade

Federal de Goiás, administrador e especialista em Gestão Empresarial.

Os participantes levaram notebook, e a maior parte das aulas

foi ensinada na prática.

Foram ministrados os seguintes conteúdos: Introdução ao BPM (Business

Process Management), Gerenciamento de processos de negócio,

Planejamento estratégico e processos; Modelagem, análise, desenho e

transformação de processos; e Escritório de processos e automação.

“Tudo o que fazemos numa organização é processo, e estamos

vivendo momentos de muita mudança, para os quais a empresa precisa

estar preparada, tendo controle da gestão de processos. É o que

estudamos nesse curso, entreguei técnicas para o pessoal entender

como conhecer e melhorar um processo. Eles assimilaram tudo com

facilidade e fizeram paralelos com o cotidiano deles, com a prática”,

disse o professor.

Para a gerente de Recursos e Serviços Próprios, Valdirene Dias

Macedo, o curso foi ao encontro de suas necessidades. “Nós aprendemos

que tudo que não é medido não pode ser gerenciado, e não

tem como sabermos o que estamos fazendo se não for por meio de

processos. Apesar de ser um assunto pesado, a dinâmica do professor

foi muito boa.”

De acordo com o presidente da Unimed Goiânia, Dr. Breno de

Faria, “A realização desses treinamentos é muito importante, pois

capacita os nossos gerentes e traz benefícios para a Cooperativa,

reduzindo custos, e para os beneficiários, porque agilizamos os processos.

Trouxemos um professor muito experiente e esperamos que

todos tenham aprendido bastante”, disse Dr. Breno.

Coletiva | marçoabril/2017


PPP estim

participaç

cooperado

42 | gestão

Diante dos baixos índices de participação dos cooperados e cooperadas

nas atividades da Cooperativa, foi criado o Programa de

Participação Pontuada (PPP) com o objetivo de ampliar a integração

entre os profissionais da área.

Dra. Raquel Coelho, diretora do Conselho Técnico, alerta que uma

Cooperativa próspera está fundamentada em um modelo socioeconômico

capaz de unir desenvolvimento econômico e bem-estar social. E seus

referenciais fundamentais são participação democrática, responsável e

consciente, solidariedade, independência e autonomia.

Atualmente, a Unimed Goiânia possui 2.831 cooperados, sendo que

menos de 10% estão presentes nas assembleias gerais. Uma porcentagem

ainda menor, 3%, comparece ao Happy Hour com Ideias, por exemplo, que

tem o objetivo específico de debater assuntos importantes e atuais após a

realização de palestras com um especialista sobre temas que impactam

o segmento de saúde e, consequentemente, a Cooperativa. Nestes últimos

encontros, foram discutidos assuntos sobre Envelhecimento da população,

seus custos e impactos nos planos de saúde, Novos desafios do Cooperativismo

Médico, Atenção Integral à Saúde, Judicialização da Saúde,

Pagamento por Performance e Sinistralidade.

Com 47 especialidades na Unimed Goiânia, apenas 24 têm representantes

no Conselho de Especialidades (Consesp), órgão social que estatutariamente

faz a ligação entre os cooperados e o Conselho de Administração

(Consad). Tais exemplos evidenciam a baixa participação e a pouca

informação de seus membros.

Por isso surgiu a preocupação em difundir mais a filosofia cooperativista

e envolver o cooperado, aliando a experiência de sucesso de outras

Unimeds, o que nos levou à proposta do PPP, debatido na Assembleia Geral

Extraordinária de 10 de agosto de 2015, quando, por unanimidade, foi

eleita uma comissão de sete cooperados e uma colaboradora da Unimed

Goiânia para elaborar um regulamento para o Programa a ser homologado

no Consad.

Dessa forma, foi implantado o Programa de Participação Pontuada, uma

política de premiação baseada no mérito, com regulamento dinâmico, que

poderá ser melhorado sempre que for necessário. Nele, o cooperado acumula

pontos ao participar de eventos e outras iniciativas da Unimed Goiânia.

E, em contrapartida, a Cooperativa paga as anuidades obrigatórias do

Conselho Regional de Medicina, do Sindicato dos Médicos, entre outros.

Apoio

O ouvidor da Unimed

Goiânia e ex-diretor do

Conselho Técnico, Dr.

Clausmir Zaneti Jacomini,

esclarece que o principal

objetivo do PPP é

aproximar o médico da Cooperativa,

"fazê-lo entender que é sócio

e não mero prescritor de mais um

convênio". E continua: "Assim, a

Unimed Goiânia pretende mostrar-se

de forma clara aos seus sócios,

premiando aqueles que se interessarem

em conhecê-la melhor.

Programa semelhante é aplicado

com êxito em outras Unimeds de

sucesso como a de Goiânia".

Ele, ainda, destacou que a

maioria das reuniões que podem

ser pontuadas no PPP têm cunho

educativo e são feitas para discutir

assuntos relevantes, sendo

comum uma confraternização no

final, o que, segundo ele, não caracteriza

simplesmente uma festa.

"A Unimed Goiânia está entre

as 10 melhores no ranking da

Agência Nacional de Saúde Suplementar

(ANS) e entre as 300

maiores do país. Por isso é necessário

participar, ouvir, opinar.

Quem não participa, não entende

a Cooperativa e opina sobre o

que não conhece bem", conclui.

Coletiva | marçoabril/2017


gestão |

43

ula

ão dos

s

“Colega cooperado,

participe, informe-se,

esteja presente! Só

assim seremos cada

vez mais uma grande

e sólida empresa

cooperativa que

busca a prosperidade

conjunta”, convida

Dra. Raquel.

Guia da Proteção

no Trabalho é azul

A

Unimed Goiânia informa os médicos cooperados,

prestadores de serviço e secretários que o Serviço

da Proteção no Trabalho (PROTRAB) possui guia de

cor azul, específica e diferente da de atendimento médico do

plano de saúde. Este documento foi criado para identificar os

procedimentos do PROTRAB, para fins de controle e diferenciação

do serviço.

Muitos prestadores e secretários recusam-se a aceitá-la

por causa da cor, acreditando que ela não será faturada. A diferença

não deve provocar dúvidas quanto à sua validade. A

guia de cor azul do Serviço de Proteção no Trabalho é válida,

possui o mesmo padrão TISS e deve ser aceita normalmente

por todos, cooperados, prestadores de serviços e secretários.

Essa guia está disponível no Mural Autorizador Web para

que todos possam acessá-la e conhecê-la, afastando, assim,

dúvidas e confusões no momento de sua apresentação. A cor

diferente foi adotada justamente para torná-la inconfundível

com as guias dos planos de saúde, que são verdes. Os procedimentos

operacionais de cada uma são completamente diferentes

e separados.

Coletiva | marçoabril/2017


44 | gestão

Orientações importantes

É oportuno ressaltar que o funcionário da empresa deverá apresentar

a guia com o exame devidamente codificado e autorizado

pelo PROTRAB, não havendo necessidade de confirmação ou nova

autorização junto à Unimed Goiânia. Além disso, o cartão não precisa

ser apresentado e por isso não será pedido. A data do resultado

do exame deve ser informada ao cliente.

Para que o pagamento seja realizado, o executante do serviço

deve preencher o campo de nº 29 com o código da operadora (Unimed

Goiânia) e o campo de nº 30 com o seu nome. Todos os campos

referentes ao Faturamento deverão ser preenchidos. São obrigatórios

o carimbo e a assinatura do executante (cooperado ou prestador) que

recebe pelos serviços/procedimentos realizados. Caso seja enviada à

clínica ou ao consultório uma autorização anexa à guia de SP/SADT,

ambas devem ser apresentadas para recebimento do exame.

As guias azuis dos exames realizados para os pacientes da Medicina

Ocupacional não devem ser apresentadas com as demais

guias, mas exclusivamente no endereço informado no campo nº 58

da guia SP/SADT, ou seja, no Setor de Proteção do Trabalho (SAU II,

na Avenida Anhanguera, nº 6540), no prazo máximo de 30 dias, a

contar da realização do exame.

Em hipótese alguma, deverão ser usados os envelopes 1 e

2 - Protocolo para Apresentação de Produção – Cooperado -

para entrega das guias.

Em caso de dúvida, ligue para 3216-8580.

“Ninguém deve recusar a guia azul da Proteção

no Trabalho. Ela é perfeitamente válida.

Os procedimentos deste setor só serão pagos e

faturados mediante a sua apresentação com preenchimento correto.

Não existe outra guia para este fim”, esclarece o diretor de

Recursos e Serviços Próprios II, Dr. José Garcia.

Coletiva | marçoabril/2017


gestão |

45

Unimed Goiânia

tem novo presidente

Dr. Breno de Faria: "Aceitei esse desafio com a convicção de

que ele possa ser vencido, não só pelos resultados expressivos

que tivemos, mas pela postura de dedicação e ética que

tem sido a tônica desse grupo que integra o Conselho de

Administração da Unimed Goiânia."

Coletiva | marçoabril/2017


46 | gestão

O

Dr. Breno de Faria é o novo presidente da Unimed Goiânia, e a

Dra. Selma Trad assume seu lugar na diretoria de Planejamento

e Controle. A mudança foi anunciada durante a inauguração

do Complexo Administrativo da Unimed Goiânia, que abriga também o

Centro de Diagnósticos Unimed (CDU), no dia 10 de abril.

O motivo da saída do Dr. Sizenando da Silva Campos Jr. da presidência

se deve ao convite aceito por ele para integrar a nova diretoria da Central

Nacional Unimed (CNU) como diretor de Mercado, Marketing e Comunicação.

Mesmo assim, ele continua integrando o Conselho de Administração

da Unimed Goiânia, agora como diretor-financeiro. O processo seguiu

as normas do Estatuto Social da Cooperativa (parágrafo único do Artigo

91).

A indicação do Dr. Sizenando para integrar uma diretoria da CNU

representa o reconhecimento do sucesso do modelo de gestão adotado

pela Cooperativa e de suas boas práticas de governança. Em um cenário

adverso, em que diversas operadoras de planos de saúde, entre elas,

algumas Unimeds, encerraram suas atividades, a Unimed Goiânia não

apenas manteve sua solidez econômica e financeira, como também distribuiu

sobras entre cooperados e cooperadas e se tornou referência no

Sistema Nacional Unimed.

No ano passado, por exemplo, a Cooperativa recebeu, em média, três

visitas por mês de técnicos e dirigentes de Singulares coirmãs de Goiás

e de outros estados. Também respondeu, por e-mail e telefone, centenas

de consultas e pesquisas de informações a respeito dos processos e padrões

de documentos, fluxos e rotinas de trabalho, além de programas

desenvolvidos e treinamentos, entre outros. Portanto, esta é uma conquista

coletiva do atual Conselho de Administração em conjunto com os

cooperados e a equipe qualificada de colaboradores.

O ex-presidente deixa um legado importante de realizações como

a construção da nova Sede Administrativa e do Centro de Diagnósticos

Unimed (CDU); o fortalecimento do Programa de Atenção à Saúde (PAS),

onde se desenvolve o processo de implementação de um novo modelo

de atenção à saúde; a implantação do Serviço de Quimioterapia; o crescimento

do UniDomiciliar; a criação do SOS Unimed; a eficiência da

Rede de Recursos e Serviços Próprios; e a cocriação da Federação

Goiana.

"O sucesso obtido com a contribuição de cada um de vocês, colegas

do Conselho de Administração, cooperados e cooperadas, colaboradores

e colaboradoras, na condução de nossa Cooperativa, tem

chamado a atenção do Sistema Nacional Unimed e do mercado de

saúde suplementar. E o fato de termos nos tornado uma referência

respeitada de boas práticas de gestão e solidez motivou o convite

para que eu assumisse a diretoria de Mercado, Marketing e Comunicação

da Central Nacional Unimed", afirmou Dr. Sizenando da Silva

Campos Jr. em seu discurso na solenidade de inauguração.

Ele justificou sua saída pela impossibilidade de conciliar as agendas

de presidente da Cooperativa e diretor da Central: “O melhor é

me afastar do cargo para não prejudicar o bom andamento de nosso

trabalho.” Conforme afirmou, o que mais pesou em sua decisão foi a

oportunidade de inserir a experiência de sucesso da gestão goiana

em uma importante instância de nível nacional como a CNU: “Graças

ao sucesso de nossas boas práticas de governança, ao comprometimento

de nossos cooperados e cooperadas e à qualificação de

nossa equipe de colaboradores e colaboradoras, podemos hoje dar

visibilidade ao estado de Goiás e a Goiânia como centros modernos

e eficientes em nossa área de atuação”,

disse, manifestando gratidão

por todos que colaboraram com o

sucesso da Cooperativa.

Como diretor-financeiro, ele

garantiu que continuará agindo

com prudência e cautela para que

a solidez econômica seja duradoura.

“Sempre repeti bastante

a frase ‘Avançar com segurança’

como uma espécie de mantra

contra as adversidades que derrubaram

muitos neste mercado

complexo da saúde suplementar,

mas não conseguiram nos

enfraquecer. Garanto que este

continuará sendo o mandamento-guia

ao assumir a Diretoria

Financeira, agora que a Dra. Selma

Trad irá ocupar a vice-presidência

e a diretoria de Planejamento

e Controle”, disse.

Também presente na solenidade

de inauguração, o ex-presidente

da Central Nacional

Unimed, Mohamad Akl, elogiou

a participação do presidente da

Unimed Goiânia. “Para mim, foi

muito satisfatório o fato de que

o Dr. Sizenando esteja indo para

uma diretoria na CNU, uma vez

que ele faz parte do meu Conselho

de Administração há mais

de doze anos, então, conhece

Coletiva | marçoabril/2017


gestão |

47

Novo presidente

Dr. Breno de Faria assume a presidência da Cooperativa credenciado

por uma vasta experiência em Administração de Empresa Cooperativa,

somada a uma trajetória comprometida com os valores cooperativistas, a

modernização e a qualidade da gestão. Entre os principais projetos conduzidos

por ele, estão o Agendamento On-line (AOL); as sucessivas reformas

estatutárias; a criação do modelo de admissão de novos cooperados,

que conquistou prêmios nacionais e é seguido por outras Singulares; a

implantação do Projeto Integridade na Unimed Goiânia (parceria entre o

Instituto Ethos e a Unimed do Brasil) e do Índice de Solicitação de Exames

(importante ferramenta de controle de excessos de procedimentos); e a

implementação do Grupo de Diagnósticos Relacionados (DRG), moderna

ferramenta de gestão clínica e de avaliação de desempenho.

Também foi coordenador de implantação do Qualipress, novo sistema

de classificação da qualidade da rede hospitalar; da acreditação no

nível máximo da Unimed Goiânia dentro dos parâmetros da Resolução

Normativa nº 277; da seleção e implantação do novo e moderno Sistema

de Gestão Unimed (SGU); e do Índice de Desempenho da Saúde Suplementar

(IDSS), que classificou a Cooperativa na faixa de nota máxima.

Além disso, conduziu e fez o controle da execução do Planejamento Estratégico

das últimas três gestões da Unimed Goiânia e atuou como representante

da Cooperativa junto à Agência Nacional de Saúde.

Em seu discurso na solenidade de inauguração

do novo Complexo Administrativo e do

Centro de Diagnósticos Unimed, quando foi

feita a comunicação da mudança, Dr. Breno de

Faria falou de oportunidades e desafios.

“Os craques dizem que quanto mais treinam,

mais sorte eles têm. Quanto mais a gente

se dedica, quanto mais somos fiéis aos nossos

princípios, mais as oportunidades aparecem.

Nós percebemos, num cenário de crise, uma

oportunidade de investimento como essa para

montarmos nosso Centro de Diagnósticos e nossa

nova Sede Administrativa. O Sistema Nacional,

por exemplo, percebeu a oportunidade de

angariar um novo diretor e veio a Goiânia resgatar

nosso diretor-presidente, que conduziu,

nesses anos todos, a Cooperativa aos seus bons

resultados. Mas as oportunidades, uma vez assumidas,

têm um preço a pagar: os desafios. Eu

me propus a aceitar isto: nesse momento de crise,

dirigir como presidente a nossa Cooperativa.

Aos meus colegas da diretoria, expresso minha

enorme gratidão. Aos cooperados e cooperadas

que entregaram essa missão a esse Conselho, meu muito obrigado.

Aceitei esse desafio com a convicção de que possa ser vencido, não só

pelos resultados expressivos que tivemos, mas pela postura de dedicação

e ética que tem sido a tônica desse grupo que integra o Conselho de

Administração da Unimed Goiânia. Isso me faz sentir honrado de estar

presidindo essa Cooperativa. Novos desafios virão, e estaremos juntos.

Como sempre, não faltarão esforços meus e dessa equipe de diretores

e colaboradores”, disse.

Para o presidente do Conselho

Regional de Medicina de Goiás

(Cremego), Dr. Leonardo Mariano

Reis, foi uma boa escolha. “Achei

justo. O Dr. Breno é um companheiro

que vem trabalhando há

muito tempo pela Cooperativa,

portanto merece nosso crédito.”

“A mudança é positiva. Por

sorte da Cooperativa, o Dr. Sizenando

não se desligará completamente,

e ainda poderemos

contar com sua experiência. Vejo

com bons olhos o novo presidente.

O Dr. Breno de Faria já mostrou

seu valor, que trabalha pelo

coletivo, assim, a Cooperativa

está em boas mãos”, disse José

Umberto Vaz de Siqueira, presidente

AMG.

Coletiva | marçoabril/2017


48 | gestão

Nova composição do Conselho de Administração

Conselho de Administração (CONSAD)

Conselho Fiscal

Coletiva | marçoabril/2017


esponsabilidade social |

49

Corretora Unimed

garante manutenção

de computadores

no Centro de

Convivência Dr.

Rodolfo Rohr

Bom uso das doações estimula a Política de

Responsabilidade Social.

Após doar 22 computadores formatados com programas do Office

para o Laboratório de Informática do Centro de Convivência e

Assistência Social Dr. Rodolfo Rohr, em janeiro do ano passado,

a Corretora Unimed Goiânia realizou a manutenção dos equipamentos

no dia 4 de abril.

Na oportunidade, foram doados seis estabilizadores e uma unidade

central de processamento (CPU).

Durante a visita, a equipe responsável

pela manutenção verificou

que os computadores estão

sendo bem aproveitados pela comunidade.

Nesse primeiro ano do

laboratório, a instituição atendeu

300 crianças, 80 idosos, 15 professores

e alguns pais de crianças

que fizeram curso de digitação.

“As doações são uma forma de

apoiar projetos desenvolvidos em

prol da comunidade. Ficamos felizes

em constatar que efetivamente

os computadores estão sendo

úteis e bem cuidados. Isso nos incentiva

ainda mais na prática da

solidariedade”, disse o diretor de

Mercado, Dr. Sérgio Baiocchi Carneiro,

lembrando que a instituição

atende 335 crianças com aulas de

dança, música, teatro, artesanato,

esportes e informática.

Responsabilidade

Social.

Coletiva | marçoabril/2017


50 | responsabilidade social

Lar de Idosos

recebe doações

da Cooperativa

A

Unimed Goiânia, em parceria com a Associação Amor em

Movimento, doou 206 kg de carne ao Lar de Idosos São Vicente

de Paulo, provenientes das arrecadações do evento filantrópico

Sunset do Bem, realizado no dia 17 de setembro do ano

passado, com o apoio da Cooperativa.

Essa foi a 5ª edição do Sunset do Bem, que visa angariar fundos

para ajudar instituições filantrópicas. O evento, que reuniu aproximadamente

1,5 mil pessoas, agrega feira gastronômica, exposição

de arte, apresentações culturais e música.

A Unimed Goiânia apoiou o evento e, em contrapartida, solicitou

que, com a arrecadação, fosse doado o equivalente a uma vaca para o

Lar de Idosos São Vicente de Paulo, uma instituição mantida apenas

por meio de doações. A entrega foi realizada no dia 31 de janeiro,

e a Cooperativa foi representada pelo gerente de Marketing, Edney

Vascurado.

De acordo com o diretor de Mercado da Unimed Goiânia, Dr. Sérgio

Baiocchi Carneiro, “A Unimed Goiânia contribui frequentemente com

eventos e instituições filantrópicas. Acreditamos que a solidariedade

é um dos alicerces da sociedade e contribui com a comunidade na

qual estamos inseridos”, disse o diretor.

Coletiva | marçoabril/2017


esponsabilidade social |

51

Em março, mais de

8 mil viagens foram

feitas pelo DeBike

A

empresa Serttel, concessionária

das bicicletas

do Projeto DeBike Gyn,

divulgou o relatório de utilização

durante o mês de março. Foram

vendidos 1.156 passes, e feitas

8.602 viagens.

O DeBike Goiânia é um projeto de parceria entre a Unimed Goiânia,

a Prefeitura da capital e a empresa Serttel. O cadastro é feito por um

aplicativo, GynDeBike em celulares Android e DeBike em iOS. Após se

cadastrar, o usuário pode retirar a bicicleta e devolvê-la em qualquer um

dos pontos.

No primeiro trimestre de 2017, foram feitas 28.985 viagens. No mês

de março, o horário de maior retirada foi entre 16h e 18h (28,86%). Os

dias preferidos pelos ciclistas foram domingo e quinta-feira, com 17%

e 16%, respectivamente. O Parque Areião continua sendo o trajeto mais

adotado pelos ciclistas (8,23%), seguido do Parque Vaca Brava (4,67%).

No mês passado, esses também foram a origem e o destino preferidos

dos usuários.

O serviço conta com 15 pontos na área central de Goiânia, com 150

bicicletas compartilhadas disponíveis, 10 em cada ponto. A estação da

Praça Cívica foi a que teve mais retiradas (12,56%).

“O projeto continua um sucesso, e nos sentimos gratificados também

pelo cuidado da população com as bicicletas”, destacaram os

membros do Conselho de Administração.

Coletiva | marçoabril/2017


52 | seguro

Seguros.

Corretora Unimed

Goiânia oferece várias

opções de seguros

Produtos são variados e garantem sua segurança e proteção.

Seguro Empresarial

O Seguro Empresarial protege clínicas, consultórios, hospitais e outras

empresas, prevenindo perdas inesperadas. Cooperados e cooperadas empresários

podem contar com bons produtos para a proteção de seu patrimônio

contra diversos riscos que ameaçam seus recursos técnicos e humanos.

A Corretora Unimed Goiânia oferece diversas coberturas para evitar

surpresas desagradáveis por algum acidente que exigirá o desembolso

de uma quantia não calculada. Dentre elas, destacam-se as seguintes:

• Incêndio e explosão: garante o ressarcimento dos danos causados

aos bens em consequência de incêndio e explosão;

• Roubo de bens: garante a reparação das perdas e danos aos bens causados por roubo ou furto com destruição

ou rompimento de obstáculos;

• Danos elétricos e queda de raio: garante o reparo de agravos causados aos componentes elétricos, máquinas,

equipamentos ou instalações elétricas devido a variações anormais de tensão, curto-circuito, arco voltaico,

calor gerado acidentalmente por eletricidade, descargas elétricas, eletricidade estática e queda de raio;

• Coberturas de responsabilidade civil: reembolso das quantias que forem exigidas por danos materiais ou

corporais causados a terceiros;

• Lucros cessantes: garante a restituição do ganho esperável ou expectativa do ganho em decorrência de

sinistro coberto de dano material e as despesas fixas;

• Equipamentos: garante a recuperação dos danos de causa externa para os equipamentos hospitalares, clínicos

e laboratoriais.

Coletiva | marçoabril/2017


seguro |

53

Previdência Privada

Cooperados também podem adquirir o plano de Previdência

Privada oferecido pela Corretora Unimed Goiânia, uma solução

complementar à Previdência Social. Com ele, você economiza

pequenos valores periodicamente, garante um futuro mais seguro

e confortável para si mesmo e sua família, permite a manutenção

do seu padrão de vida atual e assegura o suprimento de suas

necessidades.

Apesar de ser um investimento facultativo, esta é uma alternativa bastante procurada pelos brasileiros

para complementação de renda futura. Na contratação, podem ser estipulados o valor da contribuição e a periodicidade.

Além disso, é possível fazer resgates parciais ou totais do fundo acumulado. Conheça os benefícios

que podem ser contratados junto ao plano de Previdência Privada:

• Renda por invalidez - garante o pagamento de uma renda mensal vitalícia em caso de invalidez total

e permanente;

• Pensão ao cônjuge ou companheiro(a) - garante o pagamento de uma renda mensal vitalícia ao seu cônjuge

ou companheira(o) no caso de seu falecimento;

• Pensão aos menores - garante o pagamento de uma renda mensal aos seus filhos ou dependentes menores,

até que eles atinjam a idade de 21 anos, no caso de seu falecimento;

• Pensão por prazo certo - garante o pagamento de uma renda mensal por prazo certo aos beneficiários indicados,

em decorrência da morte do participante;

Bién Vivir

O Bién Vivir é o primeiro seguro de vida brasileiro resgatável

que possui o mesmo nível de qualidade dos produtos

internacionais. Diferentemente do seguro tradicional,

ele pode ser resgatado em vida, no momento desejado

pelo cliente.

Esta é uma opção de suporte ao planejamento financeiro

familiar, pois protege a renda e permite que, diante

de um imprevisto, o montante seja retirado. Enquanto o

seguro estiver vigente, o dinheiro é aplicado em um fundo

de investimento, e os excedentes financeiros são repassados

ao cliente de acordo com a rentabilidade do fundo.

Além de ser um bom seguro de vida, o Bién Vivir ainda

é flexível, inovador e atende às necessidades dos cooperados

da Unimed Goiânia para garantir proteção familiar.

Confira as vantagens:

• Preço fixo durante todo plano;

• Sem reajuste por idade;

• Vigência de até 100 anos;

• Resgates garantidos;

• Avaliação médica gratuita;

• Coberturas de R$ 500 mil até R$ 25 milhões.

Para mais informações, ligue para (62) 3216-8700 e conheça esses e outros

seguros com benefícios exclusivos para médicos e médicas cooperados.

Coletiva | marçoabril/2017


54 | PAS

Coletiva | marçoabril/2017


PAS |

55

Gestantes atestam

benefícios do Programa

de Apoio à Gestante e

ao Recém-Nascido da

Unimed Goiânia

Atividades geram tranquilidade e bem-estar, além de contribuir

para a humanização.

O

Programa de Atenção à

Saúde (PAS) da Unimed

Goiânia oferece diversas

atividades do Programa de Apoio

à Gestante e ao Recém-Nascido.

Várias participantes relataram a

importância dessas ações para

sua tranquilidade e bem-estar.

Patrícia Stefane

Elas participaram de uma ou mais atividades, como o Curso para

Gestantes, o Programa de Reeducação Alimentar para Gestantes, a Oficina

Bebê Canguru e o Preparo Físico para o Parto Normal, e falaram

sobre suas experiências.

A beneficiária Letícia Fleury de Andrade disse

que o Curso para Gestantes e o Preparo Físico

para o Parto Normal foram essenciais para ela,

que é mãe de primeira viagem: “Todas as dicas

foram úteis. O curso me ajudou muito, porque fiquei

muito nervosa na hora do parto, aí fui lembrando

das dicas que me deram e consegui ficar

mais calma, e respirar adequadamente.”

Segundo Letícia, os ensinamentos ajudaram

Letícia Fleury

também no momento da amamentação. “No começo, sofri muito, o bico

do meu seio rachou, senti muita dor. Mas me lembrei de uma palestrante

do curso que era do banco de leite e entrei em contato, e ela me ajudou.

Eu tinha pensado até em desistir, mas hoje está tudo bem, e a bebê está

ótima, saudável, até gordinha”, disse.

Outra experiência positiva foi relatada por Patrícia Stefane

Pereira, que também fez os dois cursos. “Eu acho que

o parto natural é melhor, bem mais saudável, era a minha

escolha antes de engravidar, e os cursos me ajudaram demais,

fiquei ainda mais decidida pelo parto normal, ainda

mais com a ajuda das doulas, que foram muito prestativas e

carinhosas”, afirmou.

De acordo com a beneficiária, os cursos a ajudaram a

aproveitar melhor a gravidez. “Para mim, foi muito importante.

A preparação para o parto foi bem relaxante. No meu cotidiano,

eu não tinha muito tempo para meditar, aproveitar minha gravidez, e

no curso eu fiz muito isso, o que foi ótimo para mim.”

Coletiva | marçoabril/2017


56 | PAS

A opção por uma alimentação saudável foi muito importante

para Laryssa Gonçalves Matsuoka, que aproveitou

as dicas do Programa de Reeducação Alimentar

(PRA) e conseguiu se manter saudável durante a gestação.

“Tive acompanhamento todas as semanas, segui o

cardápio direitinho e consegui manter meu peso e uma

boa alimentação. Não engordei muito, foi bastante útil.”

Ela também aprendeu o método Bebê Canguru. “Essa etapa é muito importante.

Meu bebê usou o sling até uns três meses, só não continuamos

por causa do peso mesmo.”

Com o Preparo Corporal para Parto Normal, ela se fortaleceu e teve

seu bebê de cócoras e sem analgesia. “O médico me disse que, se eu

quisesse analgesia, teria que entrar para o centro cirúrgico. Mas, se

eu quisesse esperar, logo o bebê ia nascer e eu não sentiria tanta dor

mais. Como eu já tinha passado por tudo aquilo, me senti forte, meu

marido me ajudou e decidi continuar sem analgesia.”

Laryssa enfatiza que os cursos oferecidos pela Unimed Goiânia são

muito importantes, “porque ajuda a nos sentirmos mais seguras e preparadas.

Às vezes, não sabemos o que podemos ou conseguimos fazer e,

quando temos esses profissionais ajudando, fica tudo muito mais fácil.”

Laryssa Gonçalves

Conheça as atividades do Programa de Apoio à Gestante e ao Recém-Nascido

e indique suas pacientes.

Curso para Gestantes

Aberto para todas as beneficiárias gestantes da Unimed Goiânia, o

curso objetiva melhorar a qualidade de vida e facilitar o parto e o puerpério.

Vários especialistas cooperados ministram as palestras durante

uma programação diversificada de temas, abordados para esclarecer as

dúvidas mais comuns e oferecer uma visão ampla de todo o processo

materno-infantil.

São abordados assuntos sobre gestação, alimentação, exercícios físicos

e preparação para o parto normal, alterações psicológicas na gravidez,

tipos de anestesia, cuidados no pós-parto, amamentação, saúde

bucal do bebê, cuidados com o bebê e vacinação.

Programa de Reeducação

Alimentar (PRA) para Gestantes

As reuniões do Programa de Reeducação Alimentar para Gestantes

são conduzidas por um nutricionista nos períodos matutino, vespertino

ou noturno para as gestantes beneficiárias da Unimed Goiânia.

A atividade é gratuita, coordenada por uma nutricionista, tem o objetivo

de acompanhar a evolução de peso durante a gravidez e orientar a gestante

sobre os alimentos mais indicados neste período, dentro dos critérios preconizados

pelo Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde.

Coletiva | marçoabril/2017


PAS |

57

Oficina Bebê Canguru

A Unimed Goiânia também oferece a Oficina Bebê Canguru, que

promove a aproximação entre mãe e filho, divulgando de maneira simples,

clara e útil informações ligadas à necessidade que o bebê tem do

corpo materno nos primeiros seis meses de vida.

O método traz inúmeros benefícios para os pais e para os bebês: favorece

o vínculo mãe-filho, diminui o tempo de separação entre eles,

estimula o aleitamento materno, melhora o desenvolvimento neurocomportamental

e psicoafetivo do bebê, favorece a estimulação sensorial

adequada do recém-nascido, entre outros.

Preparo Físico para o Parto

Normal

A atividade é voltada especialmente para as gestantes beneficiárias

que querem se preparar para o parto normal. Acontece uma vez por semana

e oferece práticas corporais (exercícios e técnicas) aliadas a informações

seguras que irão favorecer a experiência do parto.

Esse trabalho inclui a presença de acompanhante, uma vez por

mês, para também prepará-lo para ser uma presença tranquilizadora

para a futura mãe. Aproximadamente 50% das participantes tiveram

parto normal.

Inscrições

As inscrições para todos os cursos podem ser feitas

pelo telefone (62) 3216-8226 ou solicitadas pelo e-mail

recepcao.setpas@unimedgoiania.coop.br. As atividades acontecem

sempre na sede do PAS, na Avenida T-1, esquina com T-44, Setor

Bueno (ao lado do Posto Hiper Moreira).

“Ao indicarem suas pacientes para as atividades do Programa de

Atenção à Saúde, os colegas cooperados fortalecem a construção do

modelo de atenção integral à saúde”, destaca Dr. José Garcia, diretor

de Recursos e Serviços Próprios da Unimed Goiânia.

Coletiva | marçoabril/2017


58 | crônica

Crônica.

Coletiva | marçoabril/2017


crônica |

59

A semente do inesperado

Por Solimar Moisés

Aconchegada naquele sofá,

acompanhada somente

de sua fiel cadelinha Marilyn,

Fátima comemorava sozinha

seus sessenta anos, sentindo

os primeiros bafejos impiedosos

do inverno que se aproximava na

forma da pele, há um certo tempo,

viciada em rugas, nos cabelos que

só possuíam o acaju como único

refúgio, na osteoporose que teimava

em lhe proporcionar dores,

como se tivessem livre acesso ao

seu já castigado corpo. Para aquela

filha única, órfã dos pais havia

vários anos, um diploma de médica

trazia pouco consolo naquele

momento. Que ironia ter entrado

na terceira idade, aquela que os

sádicos jovens, ignorantes de toda

a ignomínia que a velhice forçosamente

aplica a todos, resolveram

apelidar de melhor, justamente no

período cuja única recompensa é

uma fila que ninguém respeita.

A solidão, com toda a crueza

reconhecida entre quatro paredes,

não lhe atemorizava, pois havia se

tornado sua companheira inseparável

de cela, tampouco a morte

a assustava. Era sábia o suficiente

para reconhecer que todos os

seres animados possuem um ciclo

vital. Se havia recompensas

religiosas ou não após o fim, era

uma coisa que não estava muito

afim de discutir com o pastor ou

o bispo. O que realmente a petrificava

eram as memórias daqueles

tempos alegres de faculdade em

que os sorrisos andavam de mãos

dadas com a alegria, e a esperança

de dias melhores valia muito mais

do que qualquer propriedade na

Riviera Francesa.

O amor imenso pela profissão

lhe cobrou o preço de ter pouco

tempo para os amores carnais. Em

que pese ter sido atraente, seu temperamento explosivo de não aceitar injustiças

ditadas pela hipocrisia sociocristã era suficiente para afastar possíveis

interessados. Talvez lhe tivesse faltado dotes artísticos para representar

bem o papel de fêmea submissa de um macho poderoso, designado por

duas famílias para comandar o destino de seu útero. Se lhe faltava romantismo,

o mesmo não acontecia com o idealismo, via em cada paciente uma

semente de amor pronta para ser fertilizada pelo dom da cura.

Era incapaz de transformar a dor lancinante dos pacientes mais humildes

no diagnóstico servil de um tratamento burocrático. Seu senso

de coerência, honestidade e integridade lhe amealhou várias inimizades,

simplesmente porque era incapaz de comercializar seu caráter. Fizera

clínica geral e pediatria, e com ela o duro sacerdócio de tratar do

tesouro de cada família enquanto era continuamente infernizada pelo

flagelo das avós. Sim, não havia sido uma existência fácil, como se não

bastasse, ainda foi conselheira do CRM, pagando o alto preço de livrar a

classe da maçã podre. Mesmo com todos percalços, a medicina era forte

demais para não ser sua única religião. Erros existiram, mas, quando

errou, o fez seguindo o caminho reto das boas intenções. E naquele momento

de profunda reflexão, o telefone toca:

— Doutora Fátima, aqui é do gabinete do governador, e ele gostaria de

falar com a senhora na próxima semana, pode ser?

— Sim, claro! - respondeu pensando que diabos o governador queria

de um ser tão simples como ela.

Na semana seguinte, ao adentrar no gabinete, foi recebida com um

caloroso abraço do governante e de três outros desconhecidos. Ainda

aturdida com a situação, ela vê um dos presentes se levantar.

— Doutora, meu nome é Roberto, eu era aquele mendigo de vinte

anos atrás que foi atingido por uma facada e não quiseram me atender

no Cais porque eu não tinha documentos. Graças à senhora, que brigou

com todos e cuidou tão bem de mim, tive a oportunidade de voltar a

estudar e me tornei presidente de uma multinacional.

— Eu sou Luiza – levantou-se a segunda pessoa –, sou aquela que

você teve de mover céus e terras para conseguir uma vaga na UTI, devo

minha vida à senhora, a Deus e ao destino que me ajudou a me tornar

uma conselheira da ONU.

— Eu sou Ricardo, aquele menino soro positivo que só você me estendeu

a mão no momento que todos recolheram as suas. Curei-me e me tornei um

empresário bem-sucedido, e hoje possuo centenas de lojas pelo país!

— Tudo bem! Fico feliz por vocês, mas por que me chamaram aqui?

— Chamamos porque ao longo de todos esses anos, silenciosamente,

você deu lições de amor a todos que passaram pela sua mão, e gostaríamos

que fosse a diretora vitalícia do novo hospital que será o maior da

América Latina para crianças com câncer!

Com os olhos inundados de lágrimas e o coração se evaporando de

felicidade, e antes mesmo que pudesse entender um centésimo do que

estava acontecendo, sentiu a voz confortante de um deles:

— Doutora, algumas vezes você pode ter se esquecido de Deus, mas

ele jamais se esqueceu de você.

Coletiva | marçoabril/2017


60 | recursos e serviços próprios

Recursos

Próprios.

e

Serviços

Coletiva | marçoabril/2017


ecursos e serviços próprios |

61

UniDomiciliar

reorganiza sua

estrutura

A

reorganização da estrutura do Serviço UniDomiciliar, com a

mudança completa de processos e rotinas, permitiu o crescimento

e o aumento considerável do atendimento. É o maior serviço

próprio para pacientes monitorados, com baixo custo por usuário

(8% do custo hospitalar), resultando em uma economia anual média de

R$ 14,6 milhões.

Atualmente, temos 2.669 beneficiários em atendimento e 66 em

avaliação, distribuídos nas seguintes faixas etárias:

Faixa Etária

Qtde.

0-13 55

14-79 496

>80 2.118

Antes do atendimento em domicílio, havia alto risco de internação

hospitalar e grande frequência de idas ao Pronto Atendimento por dificuldades

de acesso à rede ambulatorial. Em 2016, houve uma redução de

internações de 48,08%.

Com isso, a carteira da Cooperativa apresentou um índice de internação

em torno de 6,8% ao mês, compatível com as melhores práticas

do mercado. E o risco de internação para os monitorados diminuiu cerca

de 70%. Além disso, são evitados outros serviços hospitalares como

curativos, medicações endovenosas e, em alguns casos, até diárias de

UTI com pacientes em ventilação mecânica. Isso representa uma economia

anual de cerca de R$ 21 milhões de reais e proporciona, principalmente,

conforto ao paciente, atendido em sua casa e no convívio

familiar, favorecendo sua recuperação. Também houve a diminuição de

custos assistenciais em 56,06%. Veja os índices de economia gerada:

Redução de internações 48,08%

Redução de Custos Assistências 56,06%

Coletiva | marçoabril/2017


62 | recursos e serviços próprios

Outros números:

Indicadores Clínicos

LPP

DIEBETES MELLITUS

HAS

3,67% Hospitalar e 2,95 % Domicilio

(Meta: 5,5%)

20% da carteira/0,33% internação

(Meta: 1,8%)

65% da carteira/0,10% internação

(Meta: 0,4%)

Antibióticos prescritos em 2016 e administrados

pelo UniDomiciliar

Intercorrências Atendidas em

Domicílio- 2016

Médico

Assistente

64%

Médico

Visitador

36%

230

942

Enfermagem

Médicas

"O UniDomiciliar é um dos mais importantes

serviços prestados pela Cooperativa,

com influência positiva no modelo

de atenção à saúde em diversos níveis.

Seus resultados também demonstram

como a humanização do cuidado é um

dos melhores caminhos para aumentar a

qualidade de vida dos pacientes", afirma o

diretor de Recursos e Serviços Próprios II,

Dr. José Garcia.

Coletiva | marçoabril/2017


gestão de pessoas |

63

Pessoas.

Gestão de

Coletiva | marçoabril/2017


64 | gestão de pessoas

Fórum de Engajamento

reúne colaboradores

da Unimed Goiânia

Pesquisa de Clima Organizacional indica que a Cooperativa

tem um bom ambiente de trabalho.

A

equipe do Setor de Gestão

de Pessoas (GES-

TPES) da Unimed Goiânia

realizou o primeiro Fórum de

Engajamento, onde foram apresentados

os resultados da Pesquisa

de Clima Organizacional

de 2016 aos colaboradores, no

dia 29 de março. Também foram

discutidos os principais indicadores,

a fim de compreender a

visão que os colaboradores têm

da Cooperativa.

A gerente do GESTPES, Elaine

Campos, iniciou o evento

falando sobre a importância do

engajamento para que os indicadores

melhorem. No último

ano, 978 colaboradores participaram

da análise, um aumento

considerável em relação a 2015,

que teve a participação de 835

pessoas. Para que a pesquisa

seja bem avaliada, é necessário

que o alcance somatório seja

igual ou maior que 75% entre as

respostas “concordo na maioria

das vezes” e “concordo totalmente”.

Mas, de acordo com

a gerente, a meta da Unimed

Goiânia é de 80%. “Teremos

um objetivo maior para trabalharmos

sem hostilidade e com

maior produtividade, pois queremos

um ambiente de trabalho

cada vez mais tranquilo e harmônico”,

disse.

Os principais indicadores com

resultados acima da média e melhores

avaliações em comparação

com o ano anterior apontam que

91% dos colaboradores acreditam

que são tratados com igualdade,

87% consideram o coordenador

um líder de credibilidade e respeito,

90% pretendem trabalhar na Unimed

Goiânia por muito tempo, 95%

sentem orgulho de trabalhar na

Cooperativa, 92% gostam do trabalho

que realizam, entre outros.

O principal motivo apresentado

para continuar na empresa foi

a possibilidade de crescimento e

de conciliação entre vida pessoal

e profissional. Os colaboradores

presentes também discutiram

com a equipe do GESTPES

os pontos da pesquisa que não

atingiram a meta de avaliação

e expuseram opiniões e sugestões

de melhorias para as críticas

apresentadas.

De acordo com o diretor Administrativo,

Dr. João Damasceno

Porto, o resultado da pesquisa

foi satisfatório: “Tivemos

grandes melhorias em relação

ao ano passado, além

de maior participação. É importante

ouvirmos os colaboradores,

pois agora investiremos

nos aspectos que precisam

de melhorias, para aperfeiçoarmos

cada vez mais o ambiente de

Comitê

Após a apresentação dos resultados,

foi apresentado o Comitê

de Engajamento, formado

pelos coordenadores dos treze

setores da Unimed Goiânia que

mais evoluíram na Pesquisa de

Clima Organizacional de 2015

para 2016. A comissão fará reuniões

mensais e ajudará as áreas

que precisam melhorar suas

pontuações.

“Os setores da Cooperativa,

de forma geral, obtiveram excelentes

pontuações. E, para a

composição do comitê, foram

convidados aqueles com maior

pontuação: Setor de Relacionamento

com a ANS, Marketing,

GESTPES, Setor de Enfermagem,

Recursos e Serviços Próprios

I, Recursos e Serviços Próprios

II, SERINT, SAC Intercâmbio,

TI, Setor de Atenção à Saúde,

Central, Setor de Desempenho,

Relacionamento

Empresarial

e Setor de Compras”,

informou Dr. João Damasceno

Porto, diretor

Administrativo.

Coletiva | marçoabril/2017


gestão de pessoas |

65

Colaboradores

participam

de cursos de

aperfeiçoamento

Durante o mês de fevereiro, foram realizados

dois cursos de treinamento e aperfeiçoamento

para os colaboradores. O primeiro,

sobre transtornos sexuais, foi ministrado para a

Equipe Clínica de Psicologia, e o curso de Gestão de

Processos foi direcionado para os gerentes da Unimed

Goiânia.

O módulo de Educação Continuada para a Equipe

Clínica de Psicologia, realizado no dia 20 de fevereiro,

com duas horas de duração, teve a presença

de 19 participantes. O tema foi Transtorno Sexual

- 1º Módulo: Ninfomania. A aula foi ministrada pela

professora Dalva de Jesus Machado, mestre em

Psicologia e especialista em Psicopatologia e Sexualidade

Humana.

Nos dias 22 e 23, o curso de Gestão de Processos

Business Process Management (BPM) reuniu 15

gerentes da Unimed Goiânia. O conteúdo abordado

foi Introdução ao Business Process Management;

Gerenciamento de processos de negócio, planejamento

estratégico e processos; Modelagem, análise,

desenho e transformação de processos; e Escritório

de processos e automação.

As aulas foram ministradas por Nivaldo Morais,

mestre em Engenharia da Produção e Sistemas

pela PUC Goiás, professor da Universidade Federal

de Goiás, administrador e especialista em Gestão

Empresarial. “Apresentei técnicas para o pessoal

entender como conhecer e melhorar um processo.

Eles assimilaram tudo com facilidade e fizeram paralelos

com o cotidiano deles, com a prática”, disse

o professor.

De acordo com o diretor Administrativo da Unimed

Goiânia, Dr. João Damasceno Porto, o resultado

foi satisfatório. “Os cursos são importantes para a

eficiência e a agilidade do serviço prestado. Abordamos

assuntos necessários para o aperfeiçoamento

dos colaboradores, de acordo com a área de cada um,

e todos tiveram bom aproveitamento.”

Semana da

Saúde e SIPAT

mobilizam

colaboradores

A

Semana da Saúde Unimed foi realizada

de 7 a 13 de abril e teve a participação

de diversos setores da Cooperativa nas

atividades e palestras, que abordaram o Poder

de uma mente motivada, a Qualidade de vida no

trabalho e o Gerenciamento do estresse, em parceria

com Serviço Nacional de Aprendizagem

do Cooperativismo (Sescoop).

Outras ações também foram realizadas como

medição de pressão e glicemia, ação Blitz Postural

(com um fisioterapeuta, acompanhado de

uma técnica em segurança no trabalho, dando

dicas de ergonomia para o dia-a-dia), palestras

de primeiros socorros e de direção defensiva,

ação UniOdonto de saúde bucal, curso de automaquiagem

com a empresa O Boticário, além de

uma peça teatral sobre Doenças Sexualmente

Transmissíveis (DST) e AIDS.

A Manhã de Saúde voltada para as famílias de

colaboradores, que tradicionalmente encerra as atividades,

foi realizada no dia 8 de abril, em função

dos feriados. O evento contou com a participação de

44 famílias na sede campestre da Associação dos

Funcionários da Unimed Goiânia (ASFUG).

As ações começaram com um café da manhã

saudável e continuou por toda a manhã, com breve

abordagem sobre a importância da atividade

física para os adultos; sessão de alongamento;

pintura no rosto das crianças; caminhada; atividade

física para crianças com uma instrutora

física especializada; aulão de zumba, exercício

funcional e Pilates solo com bola e colchonete;

medição de Índice de Massa Corpórea (IMC);

Reflexologia (massagem nos pés); e Espaço Zen

com massagem relaxante.

“Agradecemos todos os colaboradores empenhados

em tornar esse evento possível. Saibam que

suas práticas beneficiam dezenas de pessoas e as

estimulam a buscar mais qualidade de vida. Além

disso, os participantes influenciam outras pessoas

de seu círculo de relacionamento a cultivar hábitos

mais saudáveis”, disse o diretor Administrativo.

Coletiva | marçoabril/2017


66 | gestão de pessoas

Cooperativa realiza

Encontros com os

Aniversariantes

Desde o início do ano, a Unimed

Goiânia já realizou

três edições do Encontro

com os Aniversariantes (24/2,

3/3 e 31/3), que tem o propósito

de valorizar os colaboradores. Os

aniversários foram comemorados

com um café da manhã, no Centro

de Diagnósticos da Unimed.

Dr. João Damasceno Porto esteve

presente para parabenizar

os colaboradores. “Em nome da

Diretoria, dou em vocês um abraço

coletivo por essa data. Vocês

fazem parte do sucesso da Unimed

Goiânia, nós apenas damos

o rumo, e vocês seguem muito

bem, colaborando e contribuindo.

Nosso desejo é que se sintam bem

em trabalhar e pertencer a nossa

equipe”, disse o diretor.

Além do café da manhã, os

aniversariantes receberam um

presente e assistiram às palestras,

ministradas por Patrícia

Machado, que trouxe reflexões

sobre a vida e o cotidiano, e pela

psicóloga e coach Máris Eliana

Dietz, que tratou do valor da vida

e da importância de se comemorar

mais um ano. Eles receberam

ainda “biscoitos da sorte” com

mensagens de felicitações enviadas

por outros colaboradores.

Em todas as edições, Dr. João

Damasceno Porto também entregou

pins de lapela (broches) aos

colaboradores que completaram

cinco, dez e quinze anos de trabalho

na Cooperativa.

Coletiva | marçoabril/2017


gestão de pessoas |

67

Pelos seus vinte e cinco anos

de Unimed Goiânia, o colaborador

Sebastião Pereira de Souza,

do setor de Infraestrutura, foi

homenageado, mesmo não sendo

aniversariante. “Ter esse reconhecimento

é muito bom, fiquei

emocionado porque represento

a Cooperativa há muitos anos. E

ela é uma empresa muito boa de

trabalhar, então

me dedico

todos os dias”,

disse.

O evento acontecerá todos os

meses. De acordo com Leandro

Rodrigues, do setor de Distribuição,

essa é uma ótima iniciativa.

“Nos sentimos valorizados, é

muito prazeroso e quebra nossa

rotina de trabalho. Gostei muito

da festa, foi muito bem organizada

e todos foram muito

receptivos.”

Aqueles que superaram as

expectativas no Programa Gestão

por Competências, participaram

do Café com Dirigentes

e, de alguma forma, fizeram diferença

no setor durante o mês

ainda vão receber uma ligação

com as felicitações do diretor

Administrativo.

Novos Projetos

Foram apresentados também

os novos projetos do Setor de

Gestão de Pessoas, como o RH

em Movimento, em que duas colaboradores

da área farão plantão

em outros setores, participando,

conversando e ouvindo as demandas.

Também serão inauguradas

as TVs Corporativas, que

exibirão notícias da intranet.

Coletiva | marçoabril/2017


68 | literatura

Literatura.

Coletiva | marçoabril/2017


literatura |

69

Vandré - o homem que

disse não

Em verdade, o título do livro

poderia ser O mito

que o fizeram perder o

norte. Geraldo Pedrosa de Araújo

Dias, o Geraldo Vandré, nascido

em João Pessoa, na Paraíba,

em 1.935 - o ano da Intentona

Comunista -, criou seu nome

artístico com base no nome do

próprio pai, um médico otorrinolaringologista,

comunista,

chamado José Vandrégiselo de

Araújo Dias.

Fernando Paceli

Desde menino referia-se a seu

futuro quase como uma premonição,

que seria um cantor de rádio.

Dotado de um gênio rebelde,

seus pais optam por mantê-lo em

colégio sob regime de internato,

numa cidade próxima à capital.

Lá, ele começa a ouvir o maracatu,

as bandas de música, os cantadores

de feira e a literatura de cordel,

que irão permear todos os seus

escritos, principalmente quanto

ao rigor do estilo, como em “Réquiem

para Matraga”, onde ele

abusa das redondilhas menores:

Vim aqui só pra dizer

Ninguém há de me calar

Se alguém tem que morrer

Que seja pra melhorar

Tanta vida pra viver

Tanta vida a se acabar

Com tanto pra se fazer

Com tanto pra se salvar

Você que não me entendeu

Não perde por esperar

O pai, por estar sendo perseguido

politicamente, muda-se

para o Sudeste do Brasil, levando

toda a família consigo. Depois

de breve passagem por Juiz

de Fora (MG), a família se atraca

na então capital federal, o Rio de

Janeiro. Acontece aí a máxima

do jargão popular: “juntou-se a

fome com a vontade de comer”.

Vandré estava agora no epicentro

cultural do Brasil e, desde então,

sua carreira musical deslanchou.

Seu primeiro parceiro foi

Carlos Lyra, com quem compôs

“Aruanda e quem quiser encontrar

o amor” e, com Alaíde Costa,

criou “Canção do breve amor” e

“Canção do amor sem fim”.

Vandré sempre afirmou

que “arte não é panfleto”! Fezse

então advogado e se tornou

funcionário público da antiga

Superintendência Nacional de

Abastecimento (SUNAB). Outro

parceiro musical que angariou foi

o virtuose Baden Powel, violonista,

compositor, arranjador e ...

Com ele construiu as belíssimas

canções “Fim de tristeza”, “Nosso

amor”, “Samba de mudar”, “Se a

tristeza chegar” e “Rosa flor”.

Vandré se autointitulava um

compositor do amor, seja ele particular

por uma mulher, ou geral

por todo um povo. A primeira

música que compôs sozinho foi

“Fica mal com Deus”, que traz em

seu âmago seu histórico nordestino,

capitaneado pelas redondilhas

que aprendeu ainda criança

com o cordel.

Conseguiu trilhar uma carreira

que não mantivesse ligações

com a bossa nova, a qual

ele admirava. Contudo, por ser

mais poeta que músico, decidiuse

por escrever sobre a realidade

nacional que ora vivenciava e

discordava. Assim o fez. Outro

fato interessante, que merece

destaque, é que, mesmo antes de

participar dos festivais e se tornar

nacionalmente conhecido,

ele já fora prisioneiro do regime

militar, ou seja, era um homem

visado pela repressão.

Após gravar duas músicas

do então desconhecido estudante

de arquitetura, Chico

Buarque, Vandré conquistou seu

primeiro festival de música, no

2º Festival da MPB da TV Excelsior,

com a marcha rancho

“Porta estandarte”, composta

Coletiva | marçoabril/2017


70 | literatura

em parceria com Fernando

Lona e interpretada por Airto

Moreira. Desde aí, constituiu o

quarteto novo, formado por ele,

Hermeto Paschoal, Airto Moreira

e Theo Barros.

Em 1966, Vandré inscreve

“Disparada”, música que teve

como parceiro Théo Barros, no 2º

Festival da MPB da TV Record. Ao

final do evento, divide o prêmio

do primeiro lugar com “A banda”

de Chico Buarque. Todavia, esta

disputa provocou uma efervescência

cultural em São Paulo que

se estendeu Brasil afora, devido

ao ineditismo da obra de Vandré,

um quase sertanejo, com poema

perfeito se contrapondo a uma

marchinha representativa do

Brasil mais simplório.

Com o mundo em ebulição

pela Guerra Fria, Primavera de

Praga, Guerra do Vietnã, morte de

Martin Luther King e, também,

pelo endurecimento do governo

militar no Brasil, Geraldo Vandré

cada vez mais se enfronhava nas

letras políticas, contra a ditadura

e a favor do povo brasileiro.

Eis que emerge o 3º Festival FIC,

da Rede Globo, no qual Vandré

inscreve a obra “Pra não dizer

que não falei das flores”, música

de dois acordes, com melodia

simplicíssima, porém com letra

instigante, versos alexandrinos,

de rimas pobres, que construiu

um canto geral. Mesmo que a

sua canção tenha se tornado um

hino à liberdade e à contestação

do que não faz sentido, recebeu

como premiação o segundo lugar,

tendo o 1º conquistado por Tom e

Chico com a canção “Sabiá”, cuja

melodia era riquíssima em acordes

maravilhosos, difíceis, e letra

que remetia à imagem do lirismo

saudosista de Gonçalves Dias.

Após o festival, iniciou-se a

perseguição a Vandré por parte

do governo militar vigente. Primeiramente,

censuraram sua

música por incitar a subversão

e, por isso, resgataram todas as

cópias discográficas que já estavam

à venda. Entretanto, 180 mil

cópias foram vendidas.

Naquele contexto, foi editado

o famigerado AI-5, que se sobrepôs

à Constituição Federal, bem

ao apagar das luzes de 1968, o

ano que não terminou. Vandré,

então, faz seus dois últimos shows,

sempre acompanhado de músicos

de primeira linha, em Goiânia

e Anápolis, respectivamente.

Daí se encaminha para o Rio de

Janeiro e para a clandestinidade,

passando a ser uma das pessoas

mais perseguidas pelos militares.

No final daquele mesmo ano,

compôs com Geraldo Azevedo

aquela que seria sua última canção

antes de abandonar o Brasil,

“Canção da despedida” (“já voume

embora, é hora de partir...”).

Exila-se no Uruguai, depois no

Chile e na Europa.

Muito se fala sobre a personalidade

de Vandré, mas o que

está cristalino nesta obra biográfica

é que ele era iconoclasta,

dotado de um temperamento

difícil, cuja lida diária sempre se

complicava. Não ficou e nunca

foi louco, o fato é que ele nunca

valorizou a fama, a bajulação e

o dinheiro, o que gerou falácias,

as mais diversas, acerca de seu

comportamento anti-hipócrita.

Como ele mesmo dizia: “Eu

digo as coisas que acredito, com

dois, com vinte, ou sem nenhum

acorde. O dia que não puder dizer,

paro de cantar”. O resultado

de seu exílio foi a morte em vida:

seu envolvimento com a bebida

e com as drogas, o torturaram de

tal maneira que as alucinações

que tinha eram compensadoras.

Ao retornar do exílio, cunhou

a seguinte frase: “Geraldo Vandré

morreu”. Em seu retorno,

ninguém jamais saberá o que

aconteceu, pois as contradições

de informações e o folclore criado

em cima do fato são diversos,

com conotações antagônicas na

grande maioria das vezes. Foi

torturado ao chegar? Ninguém

sabe ao certo, pois ele mesmo jamais

declinou sobre isso.

Buscou então, como advogado

que é, seus direitos de forma judicial,

pleiteou sua reintegração

aos quadros da SUNAB, como advogado

Geraldo Pedrosa de Araújo

Dias. Nunca aceitou a pecha de

anistiado, por isso nunca assinou

o pedido de anistia.

Por fim, o que se extrai da biografia

desse artista tão polêmico

e polemizado por todas as mídias

é a história de um homem, oriundo

do Nordeste, que veio para o

Sudeste com o fito de conseguir

seu maior objetivo, que era ser

cantor de rádio, e o fez de maneira

avassaladora ao se tornar

o criador da música símbolo de

todo e qualquer ato de contestação

no Brasil, “Caminhando”.

Terminando, cito um poema dele

e por ele declamado, ao tempo da

apresentação de Joan Baez, em

São Paulo:

Pra quem queria

O meu cantar,

O meu cantar;

Pra quem pensava

Que podia me calar,

Aquele silêncio

De não se aguentar.

Obra: Vandré - o

homem que disse

não

Autor: Jorge

Fernando dos

Santos

Gênero: Biografia

Editora: Geração

Coletiva | marçoabril/2017


Nacional.

sistema nacional |

Sistema

71

Nova diretoria da Central

Nacional Unimed é eleita

Dr. Sizenando da Silva Campos Jr. é o novo diretor de Mercado,

Marketing e Comunicação .

Reunidos em Assembleia

Geral Ordinária (AGO),

representantes de 81 sócias

da Central Nacional Unimed

(CNU) elegeram, no dia 29

de março, a diretoria executiva

da operadora para a gestão

2017-2021. Alexandre Augusto

Ruschi Filho é o novo presidente

da operadora, e Antonio Abrão

Nohra Neto, o vice-presidente.

Márcio Pizzato passa a ser diretor

Administrativo e Financeiro;

Sizenando da Silva Campos

Júnior, diretor de Mercado, Marketing

e Comunicação; e Paulo

Cesar Januzzi de Carvalho permanece

como diretor de Atenção

à Saúde e Intercâmbio.

Mohamad Akl, que fundou a

operadora e a presidiu desde 1998,

deixou a Central em função de alterações

estatutárias ocorridas em

2012. Também concluíram sua

gestão Humberto Jorge Isaac (vice-

-presidente) e os diretores Francisco

Pilla e Luiz Paulo Tostes.

Entre os assuntos relatados

durante a prestação de contas da

AGO, destacaram-se a atual estrutura

física da operadora e os

números de fechamento da gestão

- clientes, sócias, empresas

contratantes, colaboradores, contraprestações

líquidas, patrimônio

líquido, internações, consultas

e SADT. Também foram expostas

algumas ações realizadas para

clientes e associadas, projetos

sociais desenvolvidos e apoiados,

ingressos, dispêndios, sinistralidade,

despesas de comercialização,

despesas administrativas e

composição de resultados.

Após o parecer da auditoria

KPMG, responsável pela verificação

do balanço financeiro da

operadora, foram apresentadas as

sobras referentes ao último ano

(R$ 100.316 milhões). Ficou estabelecido,

por unanimidade, que

o valor será destinado à margem

de solvência da CNU.

Coletiva | marçoabril/2017


72 | sistema nacional

"Fecho um ciclo na

presidência da CNU após

dezenove anos, já que

estou aqui desde sua fundação.

Tudo que conquistamos não é

apenas um mérito da presidência,

mas também das diretorias

que passaram pela operadora,

além do time de colaboradores,

o que resultou no crescimento e

na consolidação da empresa no

mercado. Entrego a CNU com

a maior tranquilidade possível,

com bons números e muito bem

estruturada. Tenho certeza de que

a nova gestão vai manter essa

empresa entre as maiores operadoras

registradas na ANS", falou

Mohamad Akl ao final de sua

apresentação.

Após a posse, Alexandre

Ruschi Filho,

novo presidente, falou

sobre os objetivos da

nova gestão. “Não é simples suceder

uma diretoria como essa que

deixa a CNU, reconhecida pelo

bom trabalho exercido durante todos

esses anos. Mas garanto que a

gestão e os conselhos estabelecidos

hoje honrarão e dignificarão todos

os sacrifícios que o Sistema Unimed

tem feito na manutenção da

Central Nacional Unimed e de seu

crescimento. Sempre fui dirigente

de Singular e quero enfatizar a importância

de cada uma delas para

nossa operadora. Aqui nos comprometemos

em preservar a singularidade

e os interesses da CNU como

uma representante das Singulares

na operação de planos de saúde

nacional”, afirmou.

Dr. Sizenando da Silva Campos

Jr também se manifestou sobre a

sua convocação: “Sinto-me agradecido

pela oportunidade e confiança

ao integrar essa nova diretoria, que

tem muitos desafios pela frente.

E ainda mais grato por todos que

colaboraram para o bom

desempenho da Unimed

Goiânia, tornando-a uma

referência no Sistema Nacional

e a colocando hoje

na diretoria da CNU,” disse.

Novos membros do Conselho

Administrativo Técnico e

Operacional (CATO)

Confira o que alguns dos novos conselheiros falaram sobre a

nova gestão.

Dr. Alexandre

“Estamos partindo para este novo momento, uma

renovação de esperanças no Sistema Unimed, porque

não é uma mudança pontual, mas uma modificação

grande nas três grandes empresas do Sistema. Renovamos

a confiança nos colegas que estão assumindo

os novos postos para que a gente possa dar o salto que

o Sistema Unimed está precisando. Há alguns desafios

internos e externos, como o controle da sinistralidade, maior

aproximação com o cooperado, algumas questões institucionais

que podem inviabilizar o Sistema num prazo bem mais

curto, como a margem de solvência, questões da ANS e o processo

de judicialização. E temos também desafios internos, que

é a mudança de modelo, talvez esse seja um grande desafio, o

modelo de assistência e também o de relação entre as próprias

Unimeds.” Dr. Alexandre Gustavo Bley, Unimed Curitiba.

“O principal foco neste momento é reverter a nossa

sinistralidade e suplantar a crise financeira com muita

sabedoria, com muita luta no campo judiciário e dedicação

em reconstruir uma carteira mais saudável e

que gere maiores resultados. Vamos pensar no Sistema

e lembrar que já vivemos desafios semelhantes em outros

cenários e conseguimos suplantá-los com a força

da Unimed.” Breno Álvares de Faria Pereira, Unimed Goiânia.

Dr. Breno

“É um novo ciclo de gestão, o que se encerra hoje

com a gestão do Mohamad foi de autocrescimento. A

CNU nasceu de uma necessidade do Sistema, e ela se

tornou ao longo do tempo uma empresa muito bemsucedida

no mercado, haja vista o número de clientes

que tem. Entretanto, estamos vivendo um cenário

José Augusto

econômico adverso há três anos e não parece que vai

melhorar nos próximos dois anos. Isso significa que teremos desafios

diferentes daqui para frente, desafios de gestão. Este será um ciclo de

aprimoramento da gestão, em todos os sentidos. Gestão da assistência,

do cliente, do controle da sinistralidade, da gestão administrativo-financeira

com propostas de austeridade e simplicidade nos processos.”

José Augusto Ferreira, Unimed BH.

Coletiva | marçoabril/2017


sistema nacional |

73

Hospital Unimed Caruaru

inaugura nova UTI

O

presidente da Unimed

do Brasil, Eudes de Freitas

Aquino, o superintendente

de Recursos e Serviços

Próprios, Rodolfo Pinto Machado

de Araújo, e o presidente da Federação

Goiana, Dr. Sizenando da

Silva Campos Jr., prestigiaram a

inauguração da nova UTI do Hospital

Unimed Caruaru (HUC), em

17 de março.

O estabelecimento conta com

dez leitos e tecnologia de ponta,

aumentando a capacidade para o

atendimento de casos mais complexos.

Outro diferencial foi a humanização

do espaço, permitindo

a presença de acompanhantes.

De acordo com estudos, uma UTI

humanizada reduz de 23% para

13% a taxa de mortalidade.

De acordo com Eudes, o hospital

contribui para transformar

Caruaru em um polo regional

para a medicina. “Se você transplantar

esse hospital para qualquer

outro lugar do Brasil, ele vai

ser reconhecido como uma estrutura

de alta qualidade, diferenciado

do ponto de vista tecnológico.

O projeto o qualifica de uma

forma que não fica a dever para

nenhum outro que eu conheça.

Isso torna Caruaru um polo

regional na medicina primária,

secundária e terciária. Realmente,

fiquei muito impressionado.”

Conforme o presidente da Federação

Goiana, Dr. Sizenando da

Silva Campos Jr., investimentos

dessa natureza contribuem para

o desenvolvimento de todo o Sistema

Nacional Unimed. “Além de

ser uma importante referência

de qualidade e humanização do

atendimento para todo o Sistema,

ainda é uma importante

iniciativa para o melhor controle

dos custos assistenciais”, disse.

O Hospital Unimed Caruaru

foi inaugurado em 2002 e, desde

então, passou por várias expansões.

Após o término das obras,

passará de 3.718 m² de área construída

para 9.274 m².

Dr. Pedro Melo, presidente da

Singular, explica que investir no

hospital foi uma das iniciativas

tomadas para combater os efeitos

da crise econômica no país,

aumentando a eficiência e, consequentemente,

a receita. “Creio

que o investimento em recursos

próprios tem se transformado em

uma das maiores estratégias para

a sobrevivência no mercado das

operadoras de planos de saúde.

Em 2012, iniciamos uma arrancada

de desenvolvimento

que transformou

o HUC, de

um simples pronto

atendimento para o maior complexo

hospitalar do interior de

Pernambuco. Isso também traz

para os nossos médicos cooperados

mais opções de trabalho,

além de agregar valor aos plantões

já existentes.”

O evento solene reuniu também

o assessor especial do governador

de Pernambuco e ex-vice-

-prefeito de Caruaru, Jorge Gomes,

a deputada Laura Gomes, a secretária

executiva de Saúde de Caruaru,

Wednei Almeida, a presidente

da Federação Alagoas, Dra. Viviane

Malta, dentre outros convidados.

“O Hospital Unimed Caruaru

está preparado para prestar

assistência à população. Quando

você empreende, constrói um

hospital, principalmente no caso

de uma cooperativa Unimed,

está realizando um empreendimento

para a comunidade. Eu

vejo um progresso muito grande

em termos de medicina nesta

região”, enfatizou o superintendente

Rodolfo.

Fonte: Unimed do Brasil.

Coletiva | marçoabril/2017


74 | moda

Moda.

Coletiva | marçoabril/2017


moda |

75

Incertezas na hora de

se vestir? Calma...

Imagine a seguinte situação:

você entra na loja decidido a

comprar uma roupa. Alguma

demora e indecisão para escolher

o que levar. Você avista algo

que pode ser interessante, mas

não está certo disso. Experimenta.

Sai do provador e aquela dúvida

ainda permanece. Aí, tenta

ser racional, olha a roupa na

mão, a coloca na frente do corpo

e busca avaliar se realmente

vale a pena o investimento. Já se

viu assim? Essa cena costuma

ser bastante comum, e, nesses

momentos de incerteza, pense

nas seguintes perguntas.

Bárbara Lyra

Consultora de Estilo Pessoal

Essa roupa tem a ver com o meu estilo de vida e valoriza o que

gosto no meu corpo?

O primeiro passo rumo ao estilo pessoal é reconhecer seus gostos e

prioridades. Aqui a vida prática conta tanto quanto seu gosto, portanto,

tenha em mente suas necessidades, suas atividades e suas preferências.

Lembre-se de que estilo pessoal está diretamente ligado à sua individualidade

e personalidade no vestir. Ao procurar desenvolver seu estilo,

você escolhe apenas aquilo que o valoriza e reflete seu estilo de vida.

Assim, ao pensar em comprar algo, olhe para a peça em seu corpo e sinta

se você está realmente satisfeito e se identifica com ela.

Eu consigo fazer ao menos três produções diferentes com esta peça?

Versatilidade é a palavra-chave para um armário enxuto e coeso. A

ideia é que você consiga montar pelo menos três looks combinando a

peça nova com o que já está no seu armário. Se você conseguiu imaginar

três combinações ou mais, é um sinal de que está no caminho certo. Um

bom direcionamento é pensar em composições para ocasiões, temperaturas

e programas variados. Essa dica é válida inclusive para a aquisição

de acessórios. Tem que fazer o armário render!

Eu preciso desta peça?

É muito comum gostarmos de uma coisa e comprarmos um bocado

de mais do mesmo. Isso acontece bastante nas compras de calças jeans

e camisetas. E, olha, não é um botão ou uma estampa que vai fazer a

diferença. Para alcançar um armário que tenha variedade, pense no que

você tem em grande quantidade e no que ainda falta.

Compre a roupa nova se você respondeu sim a todas as perguntas.

Caso contrário, desconfie do investimento. Repense, revise os direcionamentos

e não leve nada por impulso. As compras ficam mais simples se

forem pensadas em um contexto mais ampliado de gosto pessoal aliado

às necessidades práticas do seu armário. A escolha está em suas mãos.

Coletiva | marçoabril/2017


76 | perfil

Perfil.

Coletiva | marçoabril/2017


perfil |

77

Unimed Goiânia

reforça sua solidez

Conceitos de sua Missão, Visão e Valores norteiam o

crescimento da Cooperativa.

Segundo os critérios da Agência Nacional de Saúde Suplementar, a Unimed Goiânia

está classificada como grande operadora (mais de 100 mil beneficiários) e entre as

Unimeds de grande porte. A Cooperativa possui 48% de participação no mercado

de saúde suplementar privado, considerando a região metropolitana de Goiânia.

Sua área da atuação compreende a região mencionada, mais 40 municípios circunvizinhos

e, ainda, 28 municípios da Unimed Oeste Goiano. São eles: Abadia de

Goiás, Adelândia, Americano do Brasil, Amorinópolis, Anicuns, Aparecida de Goiânia,

Araçu, Aragoiânia, Arenópolis, Aurilândia, Avelinópolis, Bela Vista de Goiás, Bom

Jardim de Goiás, Bonfinópolis, Brazabrantes, Britânia, Buriti de Goiás, Cachoeira de

Goiás, Caiapônia, Caldazinha, Campestre de Goiás, Caturaí, Cezarina, Córrego do Ouro,

Cromínia, Damolândia, Diorama, Doverlândia, Fazenda Nova, Firminópolis, Goiânia,

Goianira, Goiás, Guapó, Hidrolândia, Inhumas, Iporá, Israelândia, Itapirapuã, Itauçu,

Ivolândia, Jandaia, Jaupaci, Jussara, Leopoldo de Bulhões, Matrinchã, Moiporã, Montes

Claros de Goiás, Mossâmedes, Nazário, Nova Veneza, Novo Brasil, Palestina de Goiás,

Palmeiras de Goiás, Palminópolis, Petrolina de Goiás, Piranhas, Sanclerlândia, Santa

Bárbara de Goiás, Santa Fé de Goiás, Santo Antônio de Goiás, São João de Paraúna, São

Luís de Montes Belos, São Miguel do Passa Quatro, Senador Canedo, Terezópolis de

Goiás, Trindade, Turvânia e Varjão.

Coletiva | marçoabril/2017


78 | perfil

Perfil

Planejamento Estratégico 2016/2020

"Prestes a completar quatro décadas, a Unimed Goiânia reforça sua

solidez no mercado de planos de saúde consolidando seu modelo de

gestão inovador e responsável, norteado por um planejamento estratégico

com metas estabelecidas a médio e longo prazos e um rigoroso

atendimento a todas as normas e exigências legais", reafirma o diretorfinanceiro

da Cooperativa, Dr. Sizenando da Silva Campos Jr.

O planejamento estratégico para os próximos anos estabeleceu metas

bem objetivas em diversas áreas:

Financeiro

• Aumentar a receita;

• Melhorar o resultado operacional;

• Diminuir a sinistralidade;

• Reduzir os custos administrativos.

Clientes

• Melhorar o nível de satisfação com os serviços;

• Aumentar o nível de saúde e excelência assistencial.

Cooperados

• Melhorar o nível de satisfação com os serviços;

• Melhorar o nível de remuneração do cooperado.

Processos

• Transformar o intercâmbio em um negócio sustentável;

• Gerenciar custos administrativos;

• Manter a rede própria como instrumento de garantia da suficiência

da rede sustentável pela excelência de gestão e escala;

• Controlar o desperdício por meio dos mecanismos de moderação do

uso por beneficiários, médicos e prestadores;

• Evitar o desperdício através de um sistema de saúde integrado, baseado

na qualidade, orientado por um modelo remuneratório para

cooperados e prestadores;

• Estruturar um Sistema de Governança, Gestão da Qualidade e Riscos

com base em normas certicáveis na operadora e nos Serviços Próprios.

Missão

Realizar, com excelência,

a atenção integral à saúde,

comprometendo-se com a

evolução contínua da eficác

do atendimento aos requisi

sistema de gestão da qualid

Visã

Ampl

de me

indica

saúde

Valores

Respeito, Confiabilidade

Inovação, Qualidade, Ét

e Transparência.

Negóc

Dispon

um sist

integra

proporc

de trab

ao coop

Aprendizado e Crescimento

• Implantar o desenvolvimento de lideranças e de gestão de

competências baseados em resultados;

• Adequar as competências ao novo modelo baseado na gestão

assistencial;

• Capacitar o cooperado para o novo modelo assistencial e de

remuneração;

• Estruturar um sistema integrado de informação em saúde.

O Conselho de Administração da Unimed Goiânia também

possui diretrizes igualmente bem determinadas que norteiam o

modelo de gestão, por meio dos conceitos de sua Missão, Visão e

Valores, e na definição clara do seu negócio.

Coletiva | marçoabril/2017


perfil |

79

Composição da estrutura de

governança

ia e

tos do

ade.

o

iar, até 2020, a liderança

rcado com melhoria dos

dores de qualidade em

e sustentabilidade.

,

ica

io

ibilizar aos beneficiários

ema de atenção

l e qualificada à saúde,

ionando boas condições

alho e remuneração

erado.

A Unimed Goiânia é administrada por um Conselho de Administração

(Consad) eleito em Assembleia Geral Ordinária (AGO) com mandato

de quatro anos. As assembleias constituem o mais alto grau de governança,

sendo coordenadas pelos conselheiros eleitos, conforme determina o

Estatuto, que definem e deliberam as ações estratégicas, assim como a

destinação das sobras ou perdas, entre outras medidas importantes.

Também é eleito durante a AGO o Conselho Fiscal (Confisc), composto

por três membros efetivos e três suplentes para o mandato de um

ano, que avaliam e fiscalizam as atividades e as contas da Cooperativa.

O Conselho de Especialidades (Consesp) também é escolhido de forma

direta pelo conjunto dos cooperados em cada especialidade. Trata-se de

um órgão consultivo cuja função é discutir questões ligadas à melhoria

do atendimento oferecido aos beneficiários em cada especialidade, elaborar

pareceres técnicos, auxiliar no aperfeiçoamento da gestão e das

condições de trabalho dos cooperados.

Logo após a posse do Consad, é realizada a eleição para o mandato

de quatro anos dos representantes de cada especialidade

e seus suplentes. A votação ocorre pela internet e de forma presencial.

Já o Consesp realiza reuniões exclusivas e em conjunto

com o Conselho de Administração, prática já consolidada que

tem permitido uma aproximação importante para garantir a melhoria

das condições de trabalho dos cooperados e a interação com

a administração. Há ainda eleições para escolha dos diretores clínicos

em unidades dos Recursos e Serviços Próprios, como o Centro

Clínico e o SAU I.

"Conhecer melhor o funcionamento da Cooperativa é fundamental

para a participação dos cooperados e cooperadas nas decisões que definem

os nossos rumos e nos garantem solidez e segurança", afirmam os

membros do Conselho de Administração da Unimed Goiânia.

Na tabela a seguir, estão relacionados todos os órgãos de governança,

sua composição e atribuições:

"Essas são informações importantes

para nos localizar de

forma precisa no mercado, para

que saibamos nossa própria dimensão

e para manter claros

os nossos objetivos. Assim, conseguimos

manter nosso crescimento

e nossa estabilidade, tendo

a exata noção de quem somos

e quais são nossas potencialidades",

concluem os membros do

Conselho de Administração.

Fonte: Relatório de Gestão e Sustentabilidade 2016.

Coletiva | marçoabril/2017


Turismo.

80 | turismo

Um mar nas montanhas

O

mais instigante de viajar é descobrir o novo, fugir do lugar

comum dos destinos turísticos. E, nesse aspecto, os estados

norte-americanos da Califórnia, meca do cinema e das praias

ensolaradas, e Nevada, reino dos cassinos, possui facetas ainda pouco

exploradas pelos brasileiros. Uma delas, compartilhada por ambos, é

Lake Tahoe, um desses lugares no mundo que faz você se perguntar:

“Por que não o conheci antes?”

O marco fronteiriço da Califórnia e de Nevada passa exatamente no

meio de Lake Takoe, um “mar” límpido de água doce, a quase dois mil

metros de altitude, com profundidade média de trezentos metros. Em

meio a montanhas com topos cobertos de neve a maior parte do ano, o

lago, que mede 496,2 km 2 , é uma das grandes atrações de inverno e de verão

principalmente para os californianos. Embora abrigue excelentes estações-resorts

atrativas para esquiadores e praticantes de snowboard iniciantes,

Lake Tahoe é cenário também de dias ensolarados ideais para a

prática de esportes aquáticos e aventuras ao ar livre a partir da primavera.

No inverno, Lake Tahoe e os

arredores ficam sob uma boa camada

de neve, uma média anual

de 194 polegadas, ou seja, meio

metro de puro gelo. As temperaturas

em janeiro oscilam entre

-7 e 3 graus. Já no verão, o clima

é muito agradável, com máxima

em torno de 27 graus. Portanto,

roupas leves, chapéus e filtro solar

são obrigatórios na mala, mas

um casaco apropriado para meia

estação será sempre bem-vindo,

principalmente à noite, quando

a temperatura nas montanhas

costuma cair.

Coletiva | marçoabril/2017


turismo |

81

Florestas densas

A 255 km de São Francisco, a 541 km de Las

Vegas e apenas 80 km de Reno, a região vale a

pena ser visitada, não importa a época do ano.

Por todas as vias de acesso, a paisagem repleta

de florestas de pinhos é de tirar o fôlego, em

especial, no período do degelo, quando verdadeiras

cachoeiras se formam nas encostas das

montanhas. É comum avistar nas rodovias as

aconchegantes casas de montanha da região do

lago, sonho de consumo de dez entre dez moradores

de Sacramento, capital californiana localizada

a 180 km dali.

Muitos consideram Lake Tahoe o lago alpino

mais bonito do mundo. Sim, ele e a paisagem

são deslumbrantes. Quem chega à região

na primavera, por exemplo, terá a chance

de conferir toda a beleza em dias claros, com

clima ameno, neve nas montanhas e um ar

fresco convidativo, “muito puro e fino..., é o

mesmo que os anjos respiram”, como disse o

escritor norte-americano Mark Twain.

Mas é o inverno que fortalece a economia

da região. São inúmeros resorts e estações

dotados de boa infraestrutura para os esportes

no frio. É o caso de Heavenly Mountain

Resort, do lado de Nevada, cujo acesso pode

ser feito pelo teleférico, um bondinho que

faz uma viagem de 4 km em meio a um cenário

espetacular. Heavenly possui mais de

noventa pistas para praticantes de esqui e

snowboard, com vários graus de dificuldade.

A entrada para um dia na estação custa de

US$ 69 (até 12 anos) a US$ 115 (adultos). Já do

lado californiano, Squaw Valley, sede dos Jogos

Olímpicos de Inverno de 1960, conta com

uma lendária pista de corrida com carros de

neve, uma escola de esqui e snowboard, ringue

de patinação no gelo e grandes banheiras

de hidromassagem em meio à neve.

Para quem quer fugir do circuito urbano e apenas

manter contato com a natureza, Lake Tahoe é

ideal. Tanto South Lake Tahoe (Nevada), quanto

Tahoe City (Califórnia) possuem boa infraestrutura

para ciclistas, pedestres ou aventureiros que

curtem trilhas. Também no inverno são comuns

grupos de adeptos de snowshoes, um tipo de raquete

presa aos sapatos, perfeito para caminhadas

na neve. Nos dias mais quentes, as bikes invadem

as pistas em torno do lago norte, e os frequentadores

aproveitam o sol para se jogarem na água em

kaiaks ou paddleboards. O mergulho é quase impossível

porque a água normalmente é muito fria.

A região possui estrutura turística voltada para esportistas,

sejam eles adeptos da neve, da água, da montanha

ou das trilhas de ciclismo, mas são inúmeros os

pontos de contemplação que valem a esticada a partir

dos grandes centros. Há boa gastronomia em restaurantes

de padrão internacional e também grandes cassinos

– do lado de Nevada. Se a paixão for compras, vale

a pena seguir até Reno, a 45 minutos de carro, onde há

um grande shopping de lojas outlet.

Coletiva | marçoabril/2017


82 | turismo

Emerald Bay

Outro local imperdível de

Lake Tahoe é Emerald Bay State

Park, um marco natural nacional.

Ele inclui Eagle Falls e

Vikingsholm, uma mansão de

trinta e oito quartos que é considerada

um dos melhores exemplos

da arquitetura escandinava

nos Estados Unidos, projetada

pelo arquiteto Leonard Palme. A

única ilha do lago, Fannette, está

em Emerald Bay. Ela abriga uma

construção de pedra, a Tea House,

local onde Josephine Knight

recebia os amigos nos anos 1920

para tomar chá. A baía tem 2,7

km de comprimento e 1 km de

largura em seu ponto mais largo.

O passeio de duas horas de barco

pelo lago leva à Emerald Bay, a

única parada.

O início

A região foi habitada originalmente

pelos índios Washoe,

que consideravam as margens

do Lake Tahoe um local sagrado.

Ainda hoje eles são lembrados

em muitas indicações do turismo

local. Em 1844, os exploradores

americanos John C. Fremont e

Kit Carson viram o lago pela primeira

vez. A partir de então, ele

se tornou referência no boom da

exploração da prata em Virginia

City, Nevada, muito próximo dali,

e de madeireiros. A grande apresentação

ao mundo de Lake Tahoe

se deu em 1960 quando foram

realizados, em Squaw Valley, os

Jogos Olímpicos de Inverno.

Outra referência histórica fica em Incline Village, do lado de

Nevada, onde esteve em operação de 1967 a 2004 o parque temático

Rancho Ponderosa, baseado no popular seriado Bonanza,

da década de 1960. Ali era a rica terra da família Cartwright.

Grande parte do seriado teve como locações esse rancho.

Texto e Imagens: Malu Longo

Coletiva | marçoabril/2017


Laboratório Unimed - Unidades

Unidade Central:

Av. Mutirão, nº 2762, Setor Bueno.

Unidade Centro Clínico :

Rua 104, nº 90, Setor Sul.

Unidade Centro Médico

Valéria Frota:

Rua 9-A, nº 160, Setor

Aeroporto.

Unidade Aparecida:

Av. Rio Verde, em frente

ao Buriti Shopping,

Jardim Luz.

Unidade SAU I

(exclusivo para Urgência

e Emergência):

Rua 9-B, nº 18, Setor Oeste.

RESULTADOS VIA WEB

www.unimedgoiania.coop.br

Dr. Ailton Cabral Fraga Junior

Médico Responsável Técnico

CRM 8636-0

SAC: 3216-8000 / 0800 642 8008

Goiânia


CORRETORA

DE SEGUROS

UNIMED

A Corretora Unimed

trabalha com todos

os tipos de seguros

e com as melhores

seguradoras do mercado.

Conheça todas as modalidades e descubra o seguro ideal para você,

sua família e sua empresa.

SEGUROS INDIVIDUAIS

• Automóveis

• Residencial

• Vida

• Acidentes Pessoais

• SERIT – Seguro de Renda

por Incapacidade Temporária

• RC Profissional

• Previdência Privada

• Outros

SEGUROS PARA EMPRESA

• Automóvel

• Frota

• Condomínios

• Seguro de Pessoas

• Empresarial

• Responsabilidade Civil

• Risco de Engenharia

• Garantia de Obrigações Contratuais

• Outros

Unimed Corretora

Av. T-9, nº 276, Setor Marista.

Fone: (62) 3216-8700

Deixe a segurança do que

você preza com quem

você conhece. Corretora

Unimed 23 anos.

More magazines by this user