RCIA - ED. 65 - DEZEMBRO 2010

tvcomercioeindustria

Dezembro/2010 • Ano 5 • N° 65

Fulvia Magrini

Qualidade profissional e visão empreendedora

conduziram a empresária ao sucesso.

Em pouco mais de três anos, a Clínica Fulvia Magrini

- Toque de Beleza se apresenta como um dos mais

importantes centros estéticos de Araraquara e

prepara muitas novidades para 2011.






do editor

O

ponto de vista

encerramento de mais um mês nos

leva a mostrar alguns pontos importantes

da nossa administração em novembro

e também na economia do país.

Operação anti-pane para o Natal:

O fim do monopólio aumentou a concorrência

e cada uma das operadoras

tem que mostrar um desempenho melhor

que a concorrente. Para não repetir a pane

do dia 24 de dezembro do ano passado,

a Redecard investiu R$ 200 milhões

em tecnologia. Já a Cielo diz estar pronta

para atender a demanda. Garantia de

tranquilidade para lojistas e consumidores;

vamos esperar que sim.

E o comércio cresceu...

O sentimento que toma conta dos empresários

é que este será um Natal com

forte crescimento nas vendas. A estabilidade

do emprego, a facilidade do crediário

e as inúmeras promoções realizadas

pelas lojas, indicam que haverá um incremento

da ordem de 12 a 15%. No país, foram

contratados, aproximadamente, 140

mil temporários e 40% serão efetivados.

Além do mais, na média do ano, o varejo

brasileiro cresceu cerca de 10%. Com a

inclusão de mais classes no mercado, a

lembrancinha vai ficando de lado e priorizam-se

compras de eletrônicos, celulares

e produtos de maior valor.

Desafios 2011

Sem dúvida nenhuma, o principal desafio

para 2011 será preparar os micro e

pequenos empresários de Araraquara

para competir com as grandes redes, o

e-commerce e com os do mesmo porte.

Nesse sentido, a ACIA estará programando

várias ações para despertar a iniciativa.

Vamos em frente, pensando que muitos

dos procedimentos dos grandes também

podem ser feitos pelos menores,

que são a maioria.

Renato Haddad - Presidente da ACIA

HORA DE PRESTAR CONTAS

FACIRA 2011

A FACIRA de 2011 já está sendo desenhada

pela diretoria da ACIA, em parceria

com a Prefeitura Municipal de Araraquara.

Muitos apoios estão sendo conquistados

diariamente, mas é bom saber que a

feira é de todos: ACIA, Prefeitura, entidades

sociais, imprensa e cidadãos araraquarenses.

Prometemos contribuir com o

melhor do nosso trabalho e entusiasmo e

esperamos ter a acolhida de todos para o

bem de nossa cidade.

MEI no Brasil

Pulou de 64 mil no começo do ano para

740 mil. Trabalho louvável do Sebrae,

que tem por meta atingir um milhão até dezembro.

Boa notícia 1

O Banco de Talentos está sendo repaginado

pelo Janone para que o associado

tenha mais facilidade no momento de

acessá-lo. E já conta com mais de mil currículos.

É uma boa notícia.

Boa notícia 2

Clube de Benefícios: se você já recebeu

a carteirinha do CB, sugerimos que a

deixe com seus familiares para que se encarreguem

das compras. Mais ainda: que

você tenha sempre uma cópia das empresas

conveniadas para comprar delas, já

que sempre haverá um desconto a mais.

Vamos nos prestigiar para nos fortalecermos

cada vez mais.

Mensagem

Agora que nos aproximamos do final

do ano, esperamos que se concretizem

as previsões de vendas para esse período.

Por isso, é fundamental que tenhamos

um excelente atendimento, quantidade

suficiente de estoques e preços competitivos

para que o consumidor prefira

nossas empresas às outras possibilidades

que o mundo hoje oferece. Encerro,

agradecendo demais o apoio que temos

recebido e desejo-lhe, em nome de todos

os diretores e conselheiros, um Feliz e

Santo Natal e um Ano Novo com muita

paz, saúde, amor e prosperidade nos negócios.

Ivan Roberto Peroni

UM GPS OU ENTÃO CENTRO ESPÍRITA

Dona Cida, minha querida mãe, nunca foi

política, mas a experiência colocava em suas

palavras enorme sabedoria. As frases vinham

engatadas num reflexo de dar medo; coisas de

cabocla, de gente criada na roça, desconfiada e

às vezes temerosa. Dela também me lembro

quando ouço a frase “por fora bela viola, por

dentro pão bolorento”. A esta altura, quando procuro

uma empresa num dos bairros mais populosos

da cidade, é que passa pela minha cabeça

a velha sabedoria da dona Cida, tamanha

a dificuldade em encontrar a rua, a avenida.

Quanto mais a empresa. Em dado momento

me vejo no Circuíto de Interlagos, disputando

F1. Rodando, girando e sempre no mesmo lugar.

Penso nos coitados dos entregadores de

mercadorias, nos que visitam a cidade. Enfeitar

o centro da cidade, investir em placas suntuosas

(na maioria das vezes um exagero), pode

até ser bonito e eficaz, mas fica o apelo para

que o setor de Trânsito olhe a periferia, os distritos

industriais. Placa com o nome da rua (quase

todas homenageando pessoas só no começo

ou no final. Da próxima vez, garanto ao pessoal

do Trânsito que antes da busca vou num Centro

Espírita. Fica mais fácil apelar para o falecido e

homenageado...

Capa

Foto: Rauer Multimídia

UM TOQUE DE BELEZA

COM FULVIA MAGRINI

A cidade vive o clima de expansão

dos serviços relacionados à beleza

da mulher. É neste caminho que

Fulvia Magrini segue à frente com

seu notável profissionalismo e deixa

a Clínica Toque de Beleza entre as

mais conceituadas da nossa região.

EDIÇÃO N° 65 - DEZEMBRO/2010

Diretor Editorial: Ivan Roberto Peroni

Supervisora Editorial: Sônia Marques

Assistente Editorial: Michele Rampani

Depto. Comercial: Gian Roberto e Evandro Camargo

Designer: Bete Campos, Mário Francisco e Carolina Bacardi

Tiragem: 3 mil exemplares

Impressão: Gráfica Bolsoni - (16) 3336 9008

A Revista Comércio & Indústria é distribuida gratuitamente

em Araraquara e região

INFORMAÇÕES ACIA: (16) 3322 3633

COORDENAÇÃO, EDITORAÇÃO, REDAÇÃO E PUBLICIDADE

Fone/Fax: (16) 3336 4433

Rua Tupi, 245 - Centro

Araraquara/SP - CEP: 14801-307

marzo@marzo.com.br


A Av. Sete de Setembro, é um

dos mais importantes corredores

comerciais da cidade

Capitão Henrique da Polícia Militar

durante o encontro com lojistas na ACIA

Bairro do Carmo

LOJISTAS PEDEM

MAIS ATENÇÃO

Entre as reivindicações

apresentadas em novembro

pelos comerciantes do

Carmo à diretoria da ACIA,

está a questão da segurança,

preocupação que se amplia

com a proximidade das

festas de final de ano.

Edson Luis Casault, Jeferson Haddad e

Fernando Ribeiro de Faria, da CDL, à frente

do movimento que pede melhorias na Sete

de Setembro e Presidente Vargas

O tema segurança voltou a ser discutido

durante reunião que a ACIA manteve

com a Polícia Militar em novembro em

seu auditório. Os lojistas que no ano passado

se cotizaram com o apoio da associação

para comprar mais duas bikes doadas à

PM visando intensificar as rondas nas avenidas

Sete de Setembro e Presidente Vargas,

agora reivindicam um trabalho mais

efetivo pela proximidade das festas de final

de ano e a abertura do comércio à noite:

“Essas ações precisam ser mais fortes”, comenta

Jeferson Haddad, um dos líderes

do movimento, juntamente com Edson Casault

e Fernando Alves Pinto (presidente

da Câmara de Dirigentes Lojistas). Para

eles, o bairro do Carmo tem uma tradição

comercial forte e se tem observado um

crescimento econômico satisfatório.

Durante o encontro com os empresários,

o capitão Paulo Henrique Jurisato detalhou

a forma com que a Polícia Militar

tem trabalhado no combate à criminalidade.

Ele falou também do esforço dos comerciantes

na aquisição das bikes e da disponibilidade

dos policiais que atuam na

Banda do 13° BPM.

O movimento em torno da ronda da polícia

militar utilizando bikes especiais na

segurança pública começou em fevereiro

de 2006, com o apoio direto da ACIA. Na

ocasião, a PM dizia que a ronda com bicicletas

vinha para somar e cobrir com mais

facilidade a região central. O mesmo método

era aplicado com sucesso em algumas

cidades litorâneas.

OUTRAS MEDIDAS

Além da questão relacionada à Segurança

Pública, os lojistas do Carmo pediram

que a ACIA interceda junto ao município

para:

• substituir as lâmpadas em todo o trecho

das avenidas, desde seu início até o final,

pleito de mais de cinco anos;

• adequação dos pisos em bloquetes do

leito carroçável;

• sensibilizar os proprietários de prédios

ao longo da avenida para ao menos,

realizar a pintura das paredes e portas dos

prédios comerciais, não somente os que estão

em atividade, mas também dos que se

encontram fechados;

• utilização da praça do carmo para

eventos culturais e revitalização de toda a

avenida.

A ACIA está enviando o relatório com

reivindicações ao prefeito Marcelo Barbieri.




A espera do Natal

FATURAMENTO PODE

AUMENTAR EM ATÉ 15%

Comerciantes acreditam

em aumento de 12 a 15%

no volume de vendas para o

Natal de 2010. A confiança

reflete o bom momento

econômico pelo qual o país

vem passando.

O Natal de 2010 tem tudo para ser um

dos melhores em volume de vendas dos últimos

anos, isso porque a economia brasileira

apresenta quadro favorável ao consumo.

A previsão otimista para bons negócios

é baseada no aumento do emprego

nos últimos meses, no aumento de crédito

ao consumidor e taxas de juros sem grandes

oscilações.

Outro grande estímulo para esse período

do ano é o pagamento do 13º salário.

Aproximadamente 74 milhões de trabalhadores

formais, aposentados e pensionistas

devem receber o abono natalino, segundo

estatísticas. Com isso, a estimativa

é de que R$ 102 bilhões sejam injetados na

economia, um valor 20% superior em relação

ao ano passado. Em Araraquara, o 13º

salário deve injetar R$ 135,9 milhões, segundo

projeções do Núcleo de Economia

do SINCOMÉRCIO. Desse valor, cerca

de R$ 81,5 milhões serão gastos no comércio.

A previsão de negócios em nossa cidade

segue a tendência nacional. Para o presidente

da ACIA, Renato Haddad, o ano de

2010 foi realmente favorável ao comércio,

e assim, tem gerado boas expectativas para

as vendas de Natal. “O sentimento que

toma conta dos empresários é que este será

um Natal com forte crescimento nas vendas.

A estabilidade do emprego, a facilidade

do crediário e as inúmeras promoções

realizadas pelas lojas, indicam que haverá

um incremento da ordem de 12 a 15%”.

Os estabelecimentos já estão preparados

para atender os consumidores com estoques,

equipes de vendas e facilidades.

Outro fator motivador, segundo Antonio

Renato Haddad

convicto de boas

vendas neste

Natal em nosso

comércio


Antonio Deliza Neto aposta em vendas bem

superiores às registradas em 2009

Deliza Neto, presidente do SINCO-

MÉRCIO, foi o sucesso da abertura do comércio

no feriado do Dia da Consciência

Negra, em 20 de outubro. “As vendas foram

acima da média, foi uma amostra do final

do ano, com isso, os comerciantes que

já apresentavam uma boa expectativa para

o Natal estão ainda mais otimistas e animados”,

explica Deliza.

A mesmo visão é compartilhada por

Fernando Ribeiro de Faria, presidente da

Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL). Segundo

ele, em vista do bom ano, os comerciantes

estão esperançosos para este final

de ano. “Os lojistas preparam seus estoques

e com certeza o consumidor vai encontrar

o presente especial para seus familiares

e amigos”, diz.

As lojas estarão abertas até às 22h a partir

do dia 6. Para atrair os consumidores a

comprar em nosso comércio, ACIA e

SINCOMÉRCIO em parceria com o município,

investem na iluminação dos corredores

comerciais e na programação de

shows dos Autos de Natal.

Fernando Ribeiro de Faria, da CDL, também

espera um bom Natal no comércio da Sete

semana de abertura estão programadas as

seguintes atrações: 6, às 20h, na Praça Pedro

de Toledo, apresentação da Orquestra

de Sinos (São Paulo); 7 e 8, a partir das

20h30, na Praça Pedro de Toledo; o Grupo

Vocal Sou da Paz se apresentará sob o comando

do maestro Plínio Oliveira; 9, às

20h, na Igreja Santa Cruz, ocorre a apresentação

de Corais da cidade e finalizando

a semana, no dia 11, às 20h, na Praça Pedro

de Toledo, teremos a encenação do Auto

de Natal: “Jafé e os filhos de Mandacaru”.

A programação planejada pela Secretaria

Municipal de Cultura, com o apoio da

ACIA, SINCOMÉRCIO e SESC, segue

por todo o período em que o comércio permanece

aberto à noite; entre as atrações estão

as apresentações de vários Autos de Natal

e corais nos principais pontos da cidade.

PROGRAMAÇÃO

Para o horário especial do comércio foi

organizada a agenda cultural de Natal. Na

As crianças vão se divertir passeando no

trenzinho com o Papai Noel. As saídas

acontecerão na Praça Pedro de Toledo

Crianças do Grupo Vocal

Sou da Paz voltam a se

apresentar como uma das

principais atrações deste Natal


Economia

13° SALÁRIO

NO BOLSO

O abono natalino pago em

2010 deve gerar grande

movimentação na economia

e proporcionar boas vendas

neste final de ano.

Os trabalhadores brasileiros já receberam

a primeira parcela do 13º salário. Em

Araraquara, de acordo com o Núcleo de

Economia do Sindicato do Comércio Varejista

(SINCOMÉRCIO), a economia local

deve receber R$ 135,9 milhões, desse valor,

60% devem ser destinados ao consumo.

“Deverão ser injetados na economia

local pouco mais de R$ 81,5 milhões. A

parcela do 13º salário destinada ao consumo

em Araraquara fica acima da média brasileira,

que é próxima aos 50%. Tal realidade

é devido ao aumento expressivo que

a renda do araraquarense teve nos últimos

anos e a menor inadimplência auferida na

economia na cidade em 2010, quando comparada

ao Estado de São Paulo”, explica o

economista e pesquisador da Unesp, Jaime

Vasconcellos.

A dica dos especialistas é utilizar esse

abono com inteligência. Para pessoas que

possuem dívidas, o ideal seria quitá-las, especialmente,

aquelas que apresentam altas

taxas de juros como o cheque especial, cartões

de crédito e empréstimos pessoais. Para

outros tipos de dívidas, o consumidor

pode aproveitar e negociar sua quitação à

vista e desta forma obter bons descontos.

Outra boa opção, afirma Jaime, seria

poupar esse “salário extra” para pagar as

contas que chegam no início do ano como

IPVA, IPTU, material escolar e viagens de

férias e aliviar o orçamento. “Segundo a

Cartilha da Economia Doméstica, o consumo

deve ficar em última opção, porém

sabemos que alguns prazeres da vida não

podem ser mensurados e a compra e troca

de presentes no período do Natal é um

exemplo. Além disso, o consumo é responsável

por grande parte da formação de

riqueza do país e é imprescindível ao crescimento

do mesmo. O segredo é comprar

com muito equilíbrio e controle”.

O economista Jaime Vasconcellos explica

como o trabalhador pode empregar o abono

e entrar 2011 mais tranquilo

De praxe, todo final de ano, concessionárias,

incorporadoras e imobiliárias lançam

campanhas publicitárias e promoções

para atrair consumidores. O interesse está

justamente, em abocanhar o 13º salário de

boa parte da população. “Com os juros médios

mais baixos para aquisição de automóveis

novos e da casa própria e o crescente

aumento dos salários reais do trabalhador,

o 13º salário torna-se uma porta para

formação de dívidas de médio e longo

prazo” explica Jaime.

O economista adverte que no caso de

aquisição da casa própria ou de automóveis,

o importante é ter um bom montante

para dar a entrada e assim, diminuir a corrosão

que as taxas de juros embutidas nas parcelas

destes bens causam no orçamento da

família. “Nesse sentido, o 13º salário seria

apenas uma porcentagem da poupança prévia

que o consumidor deve possuir para

aquisição de bens com valores mais altos”.

Uma boa maneira para quem tem automóveis

ou imóveis financiados, mas não

contém dívidas com cartão ou cheque especial,

é utilizar o abono do final de ano para

quitar mais de uma parcela do bem. “Desta

forma, o risco de alguma incerteza no ano

seguinte abater o orçamento do indivíduo

diminui conjuntamente às parcelas do financiamento”,

finaliza o economista.

DICAS QUE

VOCÊ PODE

LEVAR A SÉRIO

Uma Cartilha de

Economia

Doméstica para

indicar as formas

que as pessoas

encontram para

gastar melhor o

seu dinheiro, já

circula com

sucesso.



FACIRA 2011

ACIA APRESENTA PROPOSTA PARA A

HEINEKEN SER PATROCINADORA OFICIAL

Com o lançamento oficial

da FACIRA 2011 previsto

para 15 de abril no Clube

Araraquarense, a ACIA

inicia entendimentos com

a Heineken do Brasil para

que seja ela a patrocinadora

oficial da feira.

Renato Haddad, presidente da ACIA,

acompanhado do jornalista Ivan Roberto

Peroni, entrega o pedido a Roberto Dietrich,

gerente interino da Heineken

“Ter a Heneiken do Brasil bem próxima

da ACIA e ser a patrocinadora oficial

da FACIRA no próximo ano é motivo de

alegria, afinal é uma empresa que está sediada

em Araraquara e fabrica uma das cervejas

mais apreciadas do mercado”. A frase

é do presidente, Renato Talel Haddad,

que aproveitou a recepção que a Heineken

do Brasil promoveu aos diretores da entidade

para estabelecer os primeiros contatos

de parceria com a empresa na feira no

ano que vem.

A FACIRA

Posicionada na região central do Estado

de São Paulo, Araraquara tem na realização

da sua tradicional FACIRA, o principal

evento para mostrar as riquezas produzidas

pela Indústria, Comércio e Serviços. Assim,

com a economia do município se mantendo

permanentemente em expansão e a cidade

classificada entre as melhores em geração

de empregos, a FACIRA assume então, a

função de propagar todo esse desenvolvimento

econômico. Além de apresentar as

empresas e os diversos setores produtivos

de Araraquara expostos, a feira ainda apresenta

muitas atrações para o público: atividades

culturais, shows, área de alimentação,

parque de diversões e muito mais.

A FACIRA, contudo, não tem apenas

esse perfil empresarial; ela alia grandes negócios

à solidariedade, ou seja, estar na

FACIRA é compartilhar de ideais imprescindíveis,

unindo desempenho comercial

à responsabilidade social, pois contempla

diversos segmentos, sendo um deles, as entidades

assistenciais.

Renato Haddad solicitou ao mestre cervejeiro

e gerente interino da Heineken em

Araraquara, Roberto Dietrich, que na

FACIRA seja instalada a Choperia Heineken,

seguindo as características do seu País

de origem e que também tenhamos a

apresentação de filmes ou então ocorram

as transmissões diretas das competições

oficiais patrocinadas pela marca.


Estatística

CRESCE O NÚMERO DE

CONSULTAS SOBRE CHEQUES

EMITIDOS NO COMÉRCIO

Dados do SCPC mostram

que cresceu o número de

consultas no ano de 2010

sobre os cheques recebidos

nas lojas do comércio local.

Também as consultas para

abertura de crediário tiveram

um aumento de 11,22% em

relação ao ano passado.

Dados do SCPC (Serviço Central de

Proteção ao Crédito), do SINCOMÉR-

CIO, mostram que cresceu o número de

consultas no ano de 2010 sobre os cheques

recebidos nas lojas do comércio local. Segundo

Antônio Deliza Neto, presidente da

entidade, nos 10 meses do ano houve uma

elevação de 22,53% em igual período de

2009. “Isto demonstra que os cheques são

importantes fontes de pagamento, mas requerem

consultas antes de serem aceitos”,

diz o dirigente. “A informação prévia são

vendas seguras”, reafirma.

Nos 10 meses deste ano, o mês de outubro

continua sendo o de maior elevação sobre

as consultas dos cheques emitidos e recebidos

nas lojas da cidade. Foram 4.935

consultas, em virtude do Dia da Criança;

em segundo vem agosto, em função do

Dia dos Pais (4.577) e em terceiro, o mês

de setembro (4.061). Curiosamente, em

maio (Dia das Mães) e junho (Dia dos Namorados),

o índice ficou abaixo na consulta

de cheques ao SCPC. São tendências

que acontecem, pois os índices são instáveis;

mas a média é positiva, justifica o presidente

ao analisar as estatísticas do serviço

oferecido pelo sindicato.

No ano passado, o número de consultas

ao banco de dados do SCPC, nos dez

primeiros meses do ano foi de 31.594 consultas

sobre os cheques recebidos em nossas

lojas. Até outubro de 2010, foram

38.711consultas de lojistas associados que

receberam cheques nas vendas ao crediário

e à vista e efetuaram a consulta prévia

antes de aceitá-los. “A previsão está se confirmando,

apesar da instabilidade numérica”,

comenta Deliza. “Certamente, em dezembro

serão outros aspectos”, acredita o

dirigente que ainda calcula números bem

mais elevados na avaliação anual de consultas

sobre os cheques. “Em dezembro,

por exemplo, muitos consumidores pagarão

compras à vista com a parcela do 13º salário”,

lembra. Sem contar as compras pelos

cartões de crédito e benefícios, que não

entraram nestas estatísticas do SCPC, completa

Deliza, ao lembrar que os dados referem-se

às vendas pelo crediário.

CREDIÁRIO

No Natal cresce a busca pelo crediário

Os CPFs analisados pelos lojistas no

momento de efetuarem a abertura do crediário,

tiveram também um aumento considerável.

O número de consultas sobre os

CPFs teve 424.307 pedidos em 2009 diante

de 471.916 consultas feitas em 2010,

nos 10 primeiros meses de cada ano. “Um

aumento de 11,22% ”, aponta o dirigente.

Quando as compras são feitas através

do crediário e que exigem consulta, o mês

de maio, que não aparece entre os três primeiros

meses de cheques consultados, assume

essa liderança (51.010 consultas),

vindo a seguir outubro (50.182) e julho

(49.297). Isso assegura um comércio em

crescimento.


Crescimento

A nova sede da empresa está localizada no II Distrito Industrial

PLASITIBAN LEVA TRADIÇÃO DE

21 ANOS PARA SEU NOVO PRÉDIO

Produzindo embalagens

plásticas, a Plasitiban

expande sua estrutura

para atrair novos negócios.

A Plasitiban Indústria e Comércio de

Plásticos iniciou suas atividades em 1989.

De lá para cá o crescimento da empresa salta

aos olhos. É o resultado do trabalho sério,

profissional e árduo da família Shinzato

em nossa cidade.

A fábrica nasceu a partir de uma pesquisa

de mercado; Mauro Shinzato, seus irmãos

e um sobrinho constataram que esse

era um segmento que poderia render bons

negócios. Com o passar dos anos, a sociedade

se desfez e atualmente, uma nova sociedade

é formada por Mauro, a esposa Selma

e o filho Leandro dirige a empresa.

Nos primeiros anos, a Plasitiban estava

localizada no pátio da Fepasa e produzia

apenas sacolas plásticas simples. Em

meados da década de 90, passou por transformações

em razão da inflação e crises

que assolavam o país; neste período, Mauro

ao invés de desistir, buscou formas de incrementar

sua produção com um diferencial

que hoje o destaca no mercado. Assim,

a Plasitiban adquiriu um equipamento para

impressão nos plásticos. Os bons resultados

surgiram.

Atualmente, a empresa tem uma linha

de produção diversificada em embalagens

flexíveis, como saquinhos lisos e impressos

em até quatro cores. Todo o material

utilizado para a produção é virgem garantindo

um produto final de excelente qualidade.

Segundo Mauro, em média, são produzidas

15 toneladas por mês na Plasitiban.

Entre os clientes estão metalúrgicas,

indústrias dos segmentos têxtil e alimentício

bem como o varejo em geral. “Atendemos

a todos os setores e nossos clientes se

concentram em Araraquara e região”, diz.

O principal diferencial da Plasitiban

Mauro Shinzato, Selma e Leandro num dos

momentos especiais da inauguração do

novo prédio, recebem seus familiares

apontado pelo diretor da empresa é o atendimento.

“Sempre buscamos atender nossos

clientes com agilidade e produtos de

extrema qualidade”.

Em setembro de 2010, a família Shinzato

concretizou um sonho antigo; transferiu

a fábrica para um amplo prédio no II

Distrito Industrial. “Neste novo local acomodamos

melhor nossa estrutura e temos

espaço para crescer ainda mais”, comenta

Mauro.

E crescer está nos planos dessa família.

O foco para 2011 é modernizar a fábrica

com a aquisição de novos equipamentos

e tecnologia. “Assim ganhamos em produtividade

e qualidade”, finaliza Mauro

Shinzato.

Toda a estrutura da empresa está instalada

na Av. Prof. Honório Monteiro, 704, no

II Distrito Industrial - Fone (16) 3332 3385

e-mail: plasitiban@ig.com.br



Homenagem

O NOSSO ADEUS

A SÉRGIO BRUNETTI

Ele estava acostumado a

tomar seu tradicional café

na Casuco e era lá que

encontrava os amigos e

colocava a conversa em dia,

falando das coisas que

faziam sua cidade crescer.

Brunetti coordenou todas campanhas

eleitorais e foi assessor de gabinete

na gestão do prefeito Massafera

entre 1993 e 1997. Sua presença ao lado

do deputado sempre foi tida como

motivo de lealdade e segurança. Foi

uma grande perda para a nossa cidade.

No dia 18 de novembro o deputado estadual

Roberto Massafera perdeu um dos

seus assessores mais importantes dos últimos

tempos: Sérgio Brunetti. Há dois anos

ele lutava contra um câncer no estômago.

Sempre acreditou que seria o vencedor,

mas não deu. Sérgio Brunetti contudo conquistou

ao longo de sua vida, o respeito e o

carinho das pessoas com quem conviveu.

A admiração dos amigos era sempre ressaltada

por ele, fato que não apenas lhe dava

orgulho mas o tornava cada vez mais estimado.

E assim foi, principalmente nos últimos

anos, quando fortaleceu ainda mais

uma amizade de três décadas com Roberto

Massafera.

Parentes e amigos despediram-se do

assessor durante o enterro no cemitério

São Bento. Ele estava internado no hospital

São Paulo de Araraquara há cerca de 40

dias e faleceu na madrugada de 18 de novembro,

uma quinta-feira.

Sérgio Brunetti era casado pela segunda

vez com Deise Pazeto Falcão. Do primeiro

casamento, com Maria Isabel Santoro,

teve dois filhos, a advogada Isabel

Santoro Brunetti e o engenheiro mecânico

Fernando Santoro Brunetti.

Homem de confiança, Brunetti coordenou

todas as campanhas eleitorais e foi

assessor de gabinete na gestão do prefeito

Roberto Massafera (1993-1997). “Perdemos

um companheiro, um grande amigo”,

resumiu o parlamentar.

Para os amigos, Brunetti sempre foi

alegre, divertido, falando do seu gosto musical

e das viagens que havia realizado nos

últimos anos. Havia nele também uma apurada

visão política e constante preocupação

com a responsabilidade política: “Não

podemos cometer nenhuma falha ou deslize,

pois o que foi construído com sacrifício

ao longo do tempo, pode acabar num

sopro”, dizia.



Cidade Limpa

FIQUE DE OLHO NO PRAZO PARA

REGULARIZAÇÃO DAS FACHADAS

Projeto que visa assegurar o bem-estar estético, cultural e

ambiental da população, pronto para ser aprovado pelos

vereadores exigirá detalhamento na instalação dos novos

anúncios ou placas no município; já as placas antigas que

também identificam fachadas terão que se adequar

as novas regras a partir de janeiro de 2011.

O interessado na instalação de placas -

consideradas como anúncio - que não apresentar

projeto detalhado na Secretaria de

Desenvolvimento Urbano, para análise,

vistoria e aprovação, será penalizado pela

Prefeitura Municipal. O texto faz parte do

projeto denominado “Cidade Limpa”, que

vem sendo discutido desde o começo do

ano em Araraquara. Por essa placa ou anúncio

haverá a cobrança anual de uma taxa

como sendo de publicidade, com valores

estipulados pelo Código Tributário Municipal.

O vereador Elias Chediek, um dos coordenadores

do “Cidade Limpa”, no final do

mês respondeu em documento enviado à

ACIA, que a taxa de publicidade está implantada

no município há mais de 40 anos,

e que nada mais é do que o pagamento do

custo do serviço prestado pela Prefeitura e

que não é objeto de discussão neste projeto.

O presidente da ACIA, Renato Haddad,

havia solicitado em ofício à Câmara, que

os vereadores estudassem a extinção da cobrança

da referida taxa, pois os comerciantes

já recolhem outros tributos.

Só que o projeto, de acordo com Chediek,

tem outros objetivos: assegurar o

bem-estar estético, cultural e ambiental da

população; a segurança das edificações e

da população; a valorização do ambiente

natural e construído; a segurança, a fluidez

Novas normas para regulamentar

placas e fachadas nos corredores

comerciais da cidade

Vereador Elias Chediek

e o conforto nos deslocamentos de veículos

e pedestres; a percepção e a compreensão

dos elementos referenciais da paisagem;

a preservação da memória cultural; o

equilíbrio de interesses dos diversos agentes

atuantes na cidade para a promoção da

melhoria da paisagem do município.

O projeto contudo, altera o aumento da

testada dos imóveis que pode ser ocupada

por propagandas: o que seria de 50%, foi

para 70%. “Negociamos com os setores de

propaganda e comerciantes, chegando a

um acordo. Isso vai melhorar a situação,

pois hoje, 100% da fachada das lojas podem

ser ocupados por propaganda”, comenta

Chediek.

Quando o projeto previa ocupação de

50% da testada, a área de recuo que deveria

ser respeitada era de 20 metros de cada

lado do imóvel. Com o aumento para 70%

da área de ocupação, deverá ser respeitado

o recuo de 15% dos limites laterais das fachadas.

A presente lei, se aprovada, deverá entrar

em vigor no dia primeiro de janeiro para

novos projetos de anúncios; os anúncios

já existentes deverão se adequar até 31 de

dezembro de 2011 e quem não regularizar

estará sujeito a penalidades como notificação

e multa.


A Hipermed possui uma moderna câmara hiperbárica

para o tratamento de diversas doenças graves,

atendendo pacientes conveniados a planos

de saúde e particulares

Medicina

O PIONEIRISMO DO MÉDICO

LUIS CLAUDIO LAPENA BARRETO

A Hipermed é uma clínica

especializada em medicina

hiperbárica e possui a única

câmara hiperbárica da

microrregião de Araraquara.

Em 2008, graças ao empenho e idealismo

do médico Luis Claudio Lapena Barreto,

Araraquara e cidades vizinhas passaram

a usufruir de tratamentos em câmara

hiperbárica. A Hipermed - Clínica de Medicina

Hiperbárica Dr. Lapena - passou a

atender a partir daí os pacientes conveniados

a planos de saúde, particulares e também

por demanda judicial. Esta é a única

câmara hiperbárica em toda a microregião,

o que representa um orgulho para a

nossa cidade.

De acordo com Lapena, a câmara é um

equipamento que em seu interior trabalha

com oxigênio a 100%, estando o paciente

submetido a uma pressão maior do que a

pressão ambiente. O médico explica que o

oxigênio é o principal gás responsável pelas

reações metabólicas desde uma simples

digestão até a cicatrização.

Vários casos podem levar o paciente ao

tratamento em câmaras hiperbáricas, especialmente

aqueles que apresentam interrupção

da circulação sanguínea. Segundo Dr.

Lapena, “pacientes diabéticos que podem

sofrer a amputação de um membro, queimados,

vítimas de atropelamento, infecção

óssea, fraturas expostas entre outras situações,

podem ser indicações deste tratamento,

pois todos sofrem com a diminuição do

sangue que chega para nutrir os tecidos”.

COMO FUNCIONA

O tempo de tratamento varia de acordo

com cada caso, entretanto, as sessões têm

em média de 90 a 120 minutos. A câmara

se assemelha a uma cápsula de acrílico, porém

oferece conforto ao paciente que tem

a liberdade de conversar, ler ou assistir televisão

enquanto está na sessão.

Para o Dr. Lapena poder ofertar aos pacientes

de Araraquara e região a possibilidade

do tratamento na cidade, é gratificante.

“Como cirurgião plástico, eu vivo das

cirurgias estéticas, entretanto, eu sempre tive

sonhos. O médico tem seu papel social,

a câmara hiperbárica é um equipamento

que tem um custo alto, mas que me dá um

retorno emocional muito grande, porque

sei que estou ajudando a melhorar a vida

de pessoas que não tinham mais expectativas

e poder ver o restabelecimento desses

pacientes é muito compensador”, completa.

ATENDIMENTO HIPERMED

Av. Serventuário Antonio Di Nardo, 24

Bairro: Fonte Luminosa

Fone: (16) 3331-7117

hipermed-hiperbarica@hotmail.com

O médico explica que

dentro da câmara hiperbárica,

o oxigênio a 100% recebe

uma forte pressão, equivalente

a um mergulho de 20

metros de profundidade no

mar. Ele revela que o gás sob

pressão reduz muito seu volume,

assim, ao ser inspirado

passa pelo pulmão, coração e

é levado até onde as artérias

chegam, nesse momento devido

à interrupção da circulação,

o gás é transportado pelo

plasma chegando até as regiões

onde o fluxo sanguíneo

foi interrompido. Dessa forma,

em muitos casos se torna

possível impedir a amputação

de um membro ou o controle

de infecções. “Esse é

um equipamento para tratar

doenças graves e situações

nas quais a medicina já não tinha

mais como agir”, explica

Dr. Lapena.

Dr. Luis Claudio Lapena Barreto fez um grande

investimento para que Araraquara tivesse a primeira

câmara hiperbárica da região


Alzemiro Ianelli

SERVIR AO PRÓXIMO POR

UMA QUESTÃO DE IDEAL

Do menino simples que

disputava as peladas na

várzea em Jaú, ao desejo de

sempre ser útil a nossa terra,

Ianelli tem uma trajetória

pessoal e profissional das

mais brilhantes. Quando

vereador, nasceu com ele a

ideia de transformar a

Industrial em um Colégio

Técnico. E conseguiu.

Alfredo e Luiza,

os pais de

Alzemiro.

Deles, a doce

lembrança.

Vereador nos anos 70 em

Araraquara e um dos três

membros do primeiro

Conselho Municipal de

Turismo, Alzemiro Ianelli

sempre manteve afinado o

seu poder visionário.

Alguns dos seus

trabalhos entraram para

história da cidade. O

último deles, fundar o

Grupo da Melhor Idade em

companhia de alguns

amigos. Hoje, após uma

longa caminhada que lhe

dá notoriedade, vive para a

esposa Lurdinha e o

grupo que ele tornou o

prolongamento do seu lar.

Ianelli, um dos nomes mais importantes na

caminhada política de Rubens Cruz

Nascido em Jaú, Alzemiro Ianelli, o

primeiro filho do casal Luiza e Alfredo Ianelli

(vereador por dois mandatos em Jaú)

já falecidos, adotou praticamente Araraquara

como sua permanente morada.

Aqui, há exatamente 50 anos, ele encontrou

o apoio de uma das mais tradicionais

famílias da cidade: Ianelli. Seus tios Leonor-Savério

Ianelli davam ao sobrinho o

tratamento de filho e essa convivência fortaleceu

os vínculos, tornando Alzemiro Ianelli

num dos nomes mais respeitados dentro

da comunidade.

Ele já mostrava seu espírito de liderança

quando era presidente do Centro Cívico

da Escola Técnica Joaquim Ferreira do

Amaral, em Jaú, onde, mais tarde, lecionou

durante seis meses. Naquela cidade, o

Miro, como é chamado pelos amigos, destacava-se

também no esporte, jogando para

vários times e sendo campeão infantil

de futebol pela Portuguesa de Desportos.

Em 1960, veio para Araraquara, passando

a lecionar na antiga Escola Industrial

“Anna de Oliveira Ferraz”, tornandose

mais tarde assistente de diretor e diretor

designado. Ele dividia praticamente a

administração da escola com o diretor

Edgard Arruda. Já como diretor, Alzemiro

Ianelli contribuiu de várias maneiras para

o aperfeiçoamento e mudanças na escola:

reformou o prédio; realizou o torneio de futebol

de salão Roberto Barbieri conseguindo

em sua última competição, 100

equipes participantes e ainda lutou pela

criação de cursos técnicos em nível de 2°

grau, resultando em pelo menos dois: mecânica

e enfermagem. A visão de Ianelli ao

lutar pela implantação de um colégio técnico

de Mecânica e Enfermagem era de

que havia necessidade de se capacitar jovens

para o mercado de trabalho promissor.

“Na época já havia a procura de profissionais

na área de mecânica por ser das

mais intensas, principalmente nas indústrias

automobilísticas, o mesmo ocorrendo

com técnicos de enfermagem, diante do

vasto campo de trabalho em hospitais e clínicas”,

lembra Ianelli com orgulho, pois

conseguiu com o apoio do prefeito Rubens

Cruz, do deputado João Lázaro de Almeida

Prado, do deputado Federal Aldo Lupo

e do prefeito Clodoaldo Medina, essas con-

Miro jogando de goleiro no time de

professores da Industrial nos anos 80


Como diretor da Industrial, Alzemiro iniciou

a peregrinação política para transformar a escola em avançado colégio técnico

quistas para a cidade. Nesse meio tempo,

Alzemiro Ianelli foi também vereador, de

1971 a 1975, sempre trabalhando em benefício

da cidade.

Em 1979, foi convidado para abrir o

posto da Secretaria das Relações do Trabalho

em Jaú e aceitou, deixando assim o

ensino. Mais tarde, também como encarregado

do posto, foi para São Sebastião;

mas acabou voltando para Araraquara, onde

se aposentou.

Ianelli defendendo o gol do time da Câmara

Municipal que tinha também: Gildo Merlos,

o técnico Arnaldo Izique Caramuru, o

supervisor e prefeito Clodoaldo Medina,

Carlos Manço, Rubens Bellardi Ferreira,

Branquinho, Gaeta, Wellington Pinto e

Mário Joel Malara. Desses políticos a

cidade não vai esquecer jamais pela

retidão do seu caráter.

Roberto Barbieri, Alzemiro Ianelli e Yussuf

Samaha formaram o primeiro Conselho

Municipal de Turismo em Araraquara (1970)

Quando era membro do Conselho Municipal

de Turismo é que foi implantado

definitivamente, o carnaval de rua de Araraquara

e também nos desfiles de aniversários

da cidade, Alzemiro Ianelli marcava

presença participando da confeccção dos

carros alegóricos: todos pegaram primeiro

lugar na classificação.

Hoje, Miro se sente recompensado

com o carinho que a comunidade sempre

lhe dispensou pelo trabalho realizado como

professor, diretor e vereador e acredita

que o ensino é sua verdadeira vocação. Ele

diz: “Eu me sentia realizado por estar em

contato com a juventude; e se tivesse que

começar tudo de novo, começaria sendo

professor de mecânica”.

A primeira FAIRA em 1970, teve a orientação

de Alzemiro Ianelli, Roberto Barbieri e

Yussuf Samaha

Com os amigos reunidos em sua casa, ele

fundou o Grupo da Melhor Idade


Empresas Contábeis

Privilegiada por ter

uma diretoria que

trabalha com afinco

e voltada para os

interesses da classe,

a AESCAR terá a

continuidade deste

projeto com a

permanência de Pecin

à frente da entidade

que reúne as

empresas contábeis

da cidade.

PAULO PECIN É REELEITO NA AESCAR

Por mais três anos Paulo Luiz Pecin continuará

na presidência da AESCAR. A posse da nova

diretoria está marcada

para 8 de janeiro.

DIRETORIA AESCAR

GESTÃO 2011 A 2013

A Associação das Empresas de Serviços

Contábeis de Araraquara e Região -

AESCAR, elegeu no final de novembro

sua nova diretoria. Paulo Luiz Pecin foi reeleito

como presidente e permanecerá

mais três anos à frente da associação.

Segundo Pecin, a prioridade da nova

gestão é dar continuidade ao trabalho que

tem sido realizado, aumentando cada vez

mais as relações com o Sindicato dos

Contabilistas, C.R.C e as entidades representativas

como ACIA, SINCOMÉRCIO,

SinHoRes entre outros.

Cursos e palestras também compõem o

planejamento para os próximos anos. “Vamos

trabalhar cada vez mais para unir a

classe contábil, com a realização de mais

palestras, encontros e principalmente, o

Centro de Estudos Fiscais e Contábeis, onde

nos reunimos as terças-feiras, a cada 15

dias”, comenta o presidente reeleito. A participação

em eventos ligados ao SESCON,

C.R.C e Sindicato dos Contabilistas do

Interior também continuará entre as atividades

da nova diretoria.

Para prestar um bom serviço aos associados,

a AESCAR busca sempre manterse

atualizada e em contato com os fiscos

Municipal, Estadual e Federal. “Participamos

ativamente com sugestões e solicitações

para construirmos um bom relacionamento

entre Fisco, contribuinte e contabilista”,

reforça Pecin.

A cerimônia de posse de Paulo Luiz Pecin

e toda a diretoria eleita (box ao lado) da

AESCAR, está marcada para o dia 8 de janeiro

de 2011.

PRESIDENTE

Paulo Luiz Pecin

VICE PRESIDENTE

Luiz Carlos Velludo

1º SECRETÁRIO

José Antonio Ioca

2º SECRETÁRIO

Valter Renato Moraes

1º TESOUREIRO

Wladimir Carlos B. Rodrigues

2º TESOUREIRO

Marcos Cristiano Martins

DIRETORIA SOCIAL

1º Diretor Social

Francisco José Formariz

2º Diretor Social

Rita de Cássia S. Spreafico

DIRETORES ADJUNTOS

1º Diretor Adjunto

Alberto Cioni Filho

2º Diretor Adjunto

Orlando Bonifácio Martins

DIRETORIA - SUPLENTES

Roberto Aiello Fonari

Geraldo Luís Tampellini

José de Paula Trindade

Daniel Stoque Pecin

Júlio Fernando Pascoal Basso

Márcio Antônio Brambilla

Vitor Luiz Tampellini

Donisete Fuzari

Ronaldo Paganini de Oliveira

Paulo Henrique Pradelli Bonavina

CONSELHO FISCAL

Marcos César Garrido

Benedito Salvador Carlos

Marcos Henrique Duó

CONSELHO FISCAL SUPLENTES

João Paulo Marconato

Paulo Roberto de Andrade

Marcelo Fais



Negócios

Walter Orloski,

representando o

Sicoob Iesacred

no congresso em

Águas de Lindóia

SICOOB IESACRED PARTICIPOU

DO CONGRESSO EM LINDÓIA

Acompanhar as mudanças

e as evoluções que ocorrem

no mercado cooperativista

financeiro é a função de uma

agência bem formada.

Walter Francisco Orloski, gerente

administrativo do Sicoob Iesacred em Araraquara

e diretor conselheiro do Sicoob

Cecresp São Paulo, participou do 11° Congresso

da Federação das Associações

Comerciais do Estado de São Paulo

(FACESP), em Águas de Lindóia, no período

de 25 a 27 de outubro.

Na ocasião, mais de 1.300 pessoas de

várias associações comerciais do Estado

de São Paulo e do Brasil, além de delegações

da Alemanha, Colômbia, Honduras,

Filipinas, Paquistão e Timor Leste participaram

do evento. Guilherme Afif, vicegovernador

eleito no Estado de São Paulo

também esteve presente e conheceu o trabalho

que vem sendo feito pelo Sicoob,

principalmente em Araraquara, onde a instituição

é presidida por Antônio Tomazetti

Gaban.

No dia 27 de outubro, Abelardo Duarte

de Melo Sobrinho (superintendente de desenvolvimento

organizacional do Sicoob

Confederação), apresentou uma palestra sobre

governança e o sistema Sicoob aos cooperativistas

presentes. Luiz Roberto Nahum

(diretor operacional) e Luiz Flávio Borges

(superintendente operacional), também

tomaram parte do evento, ao lado de Walter

Francisco Orloski (diretor conselheiro), todos

do Sicoob Cecresp.

A nossa presença, explica Orloski, é

importante sob vários aspectos, principalmente

em relação a troca de informações

entre as instituições. Esse intercâmbio,

de acordo com o dirigente, significa estar

atualizado com as normas financeiras para

manter a agência local em sintonia com a

economia nacional.



sindicatoruralararaquara.com.br

sind_rural@uol.com.br

ARARAQUARA

Informações:

Av. Feijó, 87

3336 7547

FORMANDO O FUTURO

DO AGRONEGÓCIO

O Instituto Federal está localizado no ramal de acesso Engenheiro Heitor de Souza Pinheiro s/nº. Em 2011 deve receber mais de 200 alunos,

que no futuro, poderão integrar a nova força do trabalho do setor rural brasileiro

O agronegócio parte em

busca de mão-de-obra

qualificada e Araraquara

passa a formar profissionais

para abastecer o setor rural

através dos cursos do IFSP.

Em outubro aconteceu a inauguração

oficial do IFSP - Instituto Federal de Educação,

Ciência e Tecnologia de São Paulo-

Campus Araraquara.

O IFSP está em funcionamento desde

agosto de 2010, com aulas nos cursos técnicos

de Informática e Mecânica. São 160

alunos divididos em duas turmas, uma no

período da tarde e outra à noite. Para 2011,

além desses, serão oferecidas mais 40 vagas

para o curso de Mecatrônica e licenciatura

em Matemática. O vestibular acontece

em dezembro.

Os alunos dos cursos técnicos se formam

em dois anos e saem preparados para

o mercado de trabalho. Para o agronegócio

brasileiro, esses profissionais representam

o futuro, pois com a modernização dos

equipamentos, O nome Lattuga a foi exigência escolhido da mecanização

por ser e os uma avanços palavra tecnológicos, italiana será necessária

e remeter a contratação a descendência mão-de-obra Dragoneespe-

cializada.

A professora de informática do IFSP

Renata Porto Vanni e o coordenador dos

cursos da área de indústria Everthon Silva

Fonseca reforçam essa visão. “Os alunos

saem do IFSP aptos a contribuir para o fortalecimento

do setor rural. Serão profissionais

muito bem preparados”, afirma Renata.

Everthon acrescenta a especificidade

de cada curso em relação a sua aplicação

no agronegócio. “Os profissionais da informática

poderão contribuir com ideias

inovadoras, criando softwares e sistemas

de programação, enquanto que os alunos

capacitados na mecânica terão todo o conhecimento

para a manutenção das máquinas

e criação de novos instrumentos. Já

os formados em mecatrônica estarão capacitados

para lidar com a automação das máquinas”,

salienta.

Para o estudante do curso de Informática

Nilton Bueno Junior, o Instituto foi

um grande presente que beneficiará a todos.

O futuro profissional faz planos e está

de olho no agronegócio como uma alternativa

no mercado de trabalho.

Em Araraquara, o IFSP é composto por

salas de aula, laboratórios, biblioteca, cantina

e pátio coberto. Em destaque, o fato

dos prédios não terem degraus, o que permite

a acessibilidade geral.

As salas de aulas têm o pé direito alto e

as janelas permitem a circulação de ar sem

necessidade de instalação de aparelhos de

ar condicionado nas salas de aula teóricas.

Uma cisterna subterrânea com capacidade

para 200 mil litros de água que capta águas

pluviais para a rega de gramados e descarga

nos vasos sanitários.

O projeto de arquitetura é de Lincoln

Ferri do Amaral. Quando estiver funcionando

plenamente, o campus terá capacidade

para atender até 1.200 estudantes da

região de Araraquara.

“Que esta semente que hoje germina no

IFSP torne-se uma grande árvore, levando

qualificação, educação de qualidade e cidadania

a todos”, comenta Renata, que juntamente

com todos os professores, funcionários

e alunos do Instituto, deseja boas festas

e um próximo ano cheio de conquistas.

O aluno Nilton, a orientadora educacional

Eulália Machado e os professores Renata

Vanni e Everthon Fonseca falam com

entusiasmo sobre o IFSP instalado

em Araraquara


SINDICATO RURAL

Mensagem da Diretoria

Caros associados e agricultores, o

ano de 2010 foi marcado por muito trabalho,

lutas e conquistas. Apesar de

algumas dificuldades, podemos dizer

que 2010 foi bom e nos deixa bem otimistas

para o próximo ano.

Vivemos as emoções de uma nova

Copa do Mundo e também a eleição

do nosso próximo governante. O país

elegeu a primeira presidenta, Dilma

Rousseff, assim, temos boas expectativas

para o agronegócio e buscaremos com muita garra as melhorias para a

nossa atividade.

Desejo a todos os produtores rurais, associados, diretores, funcionários

e colaboradores do Sindicato Rural de Araraquara, um Natal cheio de luz e

que 2011 seja próspero e com muitas realizações na vida, na cidade e no

campo!

Nicolau de Souza Freitas

Presidente

Mensagem do Jurídico

retrospectiva

CURSOS

REALIZADOS EM

2010

FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Aplicação de Agrotóxicos:

• Costa Manual: 14 cursos

• Turbo Pulverizador: 5 cursos

• Barras: 1 curso

• Eletricista: 1 curso

• Operação e Manutenção de

Tratores Agrícolas: 1 curso

• Operação de Tratores Agrícolas:

1 curso

• Operação e Manutenção de

Motosserra: 1 curso

• Jardineiro: 1 curso

Aos agricultores, chegarmos a

mais um final de ano devemos ter

permanentemente a sensação do

dever cumprido. O ano de 2010 trouxe

para muitos agricultores o sabor

amargo de uma luta solitária e incompreendida,

a exemplo do que

ocorreu com a grande maioria dos

profissionais e as profissões exercidas

em nosso país.

Na nossa Cláudio região nos deparamos

com inúmeras Noguchi batalhas junto às indústrias

de laranja, às usinas de cana-de-açúcar

e principalmente junto

ao Por Judiciário, que por algumas

vezes foi a única maneira ou caminho

que tínhamos para fazer valer o

direito do agricultor já penalizado em

outras circunstâncias.

Mesmo com as ameaças sofridas

em virtude da instabilidade e a

insegurança do setor ao longo do

ano de 2010, a maioria não esmoreceu

diante da vontade de vencer e

passou a relutar contra todos os desafios,

trabalhando honestamente.

No ano de 2010, até mesmo a

pequena, mas eficaz legislação que

especifica algumas vertentes seguidas

pelo produtor rural, deixou de

ser compreendida e relevante em

muitos momentos, o que não os abateu,

seguindo firmes e confiantes de

que no judiciário seus direitos seriam

reconhecidos. Neste período

de reflexão, acreditamos que 2011

será bem melhor.

A todos os agricultores e os demais

que exercem

a atividade

rural, nossos Votos

de Feliz Natal

e um Próspero

Ano Novo!

PROMOÇÃO SOCIAL

• Motivação de equipes: 1 curso

• Torneio de pesca: 1 curso

• Aproveitamento de alimentos:

1 curso

• Liderança de equipes: 1 curso

• Processamento artesanal

de pães: 1 curso

• Artesanato em fibras vegetais –

palha de milho: 1 curso

• Administrar a vida e o trabalho:

1 curso

• Culinária regional: 1 curso

• Administração rural: 1 curso

• Processamento artesanal de

aves: 1 curso

EVENTOS

• Cavalgada rural

PROGRAMAS

• Jovem Aprendiz Rural

• Turismo Rural

Equipe do

Sindicato Rural:

Jorge, Elisabete,

Fernanda, Priscila,

Nereide e Mário


A Panfletos está na Rua Bruno Ópice Jr, 769,

no Jardim Diamante (aeroporto)

Fone: 9138-5571

Serviço

PANFLETOS ESTÁ

EM NOVA SEDE

Referência em panfletagem,

a empresa amplia sua

estrutura para continuar

atendendo com qualidade e

rapidez seus clientes.

A Panfletos & Cia é uma empresa que

há quase seis anos vem prestando serviços

de qualidade com a máxima rapidez em

Araraquara e região.

Sob o comando do jovem empresário

Gabriel Fernando de Paiva,

a Panfletos & Cia é uma empresa

especializada em panfletagem

e está capacitada para

atender os objetivos de seus

clientes. “Trabalhamos com o planejamento

estratégico para a distribuição

dos panfletos. Buscamos

alcançar o público-alvo dos

nossos clientes com agilidade e

profissionalismo”, comenta o empreendedor.

Com uma equipe treinada e

devidamente identificada por crachás e coletes,

a empresa presta serviços para mais

de 90 clientes em Araraquara e região. A

panfletagem pode ocorrer através da abordagem

em semáforos, casa em casa, corpo

a corpo e carros estacionados. Além da entrega

e elaboração de panfletos, à empresa

ainda confecciona cartões e brindes.

Hoje, o novo prédio vem somar à estrutura

da Panfletos & Cia que agora passa

a contar com três Kombis, um carro, escritório

e um amplo galpão para manuseio de

materiais. Para Gabriel Paiva, a instalação

da empresa em amplo espaço não significa

apenas o sucesso da Panfletos, mas o reconhecimento

do público pelo excelente trabalho

que recebe.

Gabriel Fernando de Paiva há seis anos

iniciou as atividades da Panfletos & Cia

Panfletagem nos semáforos é umas das

abordagens mais eficientes da empresa



Gente da Nossa Terra

A Vidroplan está localizada na Via Expressa nº 1997.

Nesse espaço está o show-room da empresa

e também o escritório administrativo

A CAMINHADA DE TRABALHO E SUCESSO

DE DIRCEU BORSARI NA VIDROPLAN

O araraquarense Dirceu

Borsari tem uma longa

trajetória em nosso

comércio. De encarregado de

uma vidraçaria passou a

proprietário da Vidroplan,

umas das empresas mais

conceituadas no segmento

em Araraquara.

O proprietário da Vidroplan,

Dirceu Borsari, é conhecido

em toda a cidade e está à

frente da empresa desde

sua fundação, em 1973

Dirceu Borsari desde muito jovem trabalha

no ramo da vidraçaria. Aos nove

anos de idade, já começou a trabalhar

com vidros em uma grande vidraçaria de

Araraquara, onde chegou ao cargo de gerente

da empresa. Um dos oitos filhos do

casal Aurélio Borsari e Dalila, Dirceu

aprendeu no trabalho diário todo o ofício,

o que lhe deu base para hoje ser proprie-


Com apenas oito anos,

Dirceu participava da

nossa Guarda Mirim

tário de uma das mais respeitadas lojas

do segmento em Araraquara e região,

a Vidroplan.

A ideia de iniciar o negócio próprio

fez Dirceu buscar novidades no

ramo. Fundada em 22 de agosto de

1973, a Vidroplan se consolidou como

uma empresa especializada na

colocação de vidros em geral, Blindex,

espelhos e molduras.

Ele conta, com orgulho, que nos

anos iniciais, a Vidroplan se tornou

a primeira e única revenda da Blindex

na cidade. A parceria de sucesso

já comemora 35 anos. “Fomos os

pioneiros a trabalhar com a marca

em Araraquara e até hoje, mesmo

com o mercado já aberto, somos um dos maiores revendedores

Blindex da região”, comenta o empresário, agradecido pelo apoio

dos clientes.

Buscando sempre oferecer serviços e produtos de qualidade, a

Vidroplan foi construindo sua história com Dirceu sempre à frente,

trilhando os melhores caminhos para sua empresa há 37 anos.

Com uma equipe de 14 funcionários, a Vidroplan é referência

no segmento vidraçaria em Araraquara e região. A confiança conquistada

e o sucesso dos seus serviços proporcionaram também a

expansão física da empresa, que atualmente ocupa um amplo prédio

na Via Expressa, 1997 e com entrada pela avenida lateral. Neste

espaço está montado o show-room da Vidroplan, bem como a

base administrativa e técnica da empresa.

Antes de se instalar neste endereço, a Vidrolpan passou pela

Rua São Bento, 1896 esquina com a Avenida São Geraldo, local

que atualmente abriga a loja especializada em molduras e arte; e

esteve também na Rua Nove de Julho, 1474, onde permaneceu

por oito anos.

Dirceu acredita que todo esse sucesso é resultado de uma soma

de fatores como o excelente atendimento, o aprimorado conhecimento

técnico para a colocação dos vidros e a qualidade dos

produtos oferecidos pela empresa. “Passei por todos os setores

dentro de uma vidraçaria até conquistar a minha própria empresa.

Toda experiência ajudou a transformar a Vidroplan no que ela é

hoje, além disso, a relação de confiança e amizade que criamos

com nossos clientes também foi e continua sendo determinante para

a boa aceitação do negócio”, salienta o empresário.

O aumento da concorrência no segmento é uma das principais

mudanças que Dirceu sente desde que abriu sua empresa, mas segundo

ele, essa é uma disputa saudável, pois acredita que há espaço

para todos mostrarem seu trabalho e diferencial, “o Sol brilha

para todos”, conclui.

Dirceu Borsari é pai de quatro filhos: Erica, Karine, João Vitor

e Pedro Henrique. Por sua história de vida e dedicação ao seu trabalho,

fortalecendo cada dia mais o comércio de nossa cidade, Dirceu

Borsari recebe merecidamente essa singela homenagem do

SINCOMÉRCIO.

“Só tenho que agradecer esse carinho de todos, pois o que procuramos

preservar ao longo dos anos, não é apenas o cumprimento

de um trabalho com responsabilidade, mas acima de tudo com

muita humildade”, reforça o empresário.

Acesso lateral da loja na Via Expressa

A equipe é muito bem preparada para prestar excelente serviço em

colocação de vidros e blindex, realizando todo atendimento em

qualquer ponto da região.

Na esquina da

Avenida São

Geraldo e a Rua

São Bento nasceu

a Vidroplan.

Atualmente no

endereço

está a loja

especializada em

molduras e arte


Capacitação

BENEFICÊNCIA E WHITE MARTINS

PROMOVERAM A SEMANA KAIZEN

O hospital visa constantemente aplicar técnicas que

melhorem o trabalho administrativo, com reflexos diretos

na sua expansão e no atendimento aos seus pacientes.

O presidente da Beneficência, Fábio Santiago, recepciona os representantes da White

Martins: Luis Eduardo Novaes (gerente de aplicação e processos), Eudes Canuto (gerente

de negócios medicinais) e Marcelo Rivas (master black belt)

E

ntre os dias 29 de novembro e 03 de

dezembro, a Beneficência Portuguesa

de Araraquara em parceria com a

White Martins, promoveu uma Semana Kaizen

com a aplicação da metodologia de melhoria

contínua Lean & Six Sigma.

Um Evento Kaizen é focado em esforços

continuados na busca de melhorias, envolvendo

trabalho em equipes onde participam

pessoas de toda a organização, des-

de a alta gerência até operadores, sem distinção,

permitindo que os programas sejam

implementados pelos próprios funcionários,

atuando em equipe, sem investimentos

e de forma simples e rápida.

Seguindo esse contexto, a White Martins

aplicou com a equipe da Beneficência

Portuguesa, a metodologia Lean & Six Sigma

que já é considerada tendência mundial

na gestão hospitalar. "Para nós da White

Martins foi um grande prazer trocar experiências

com a Beneficência e trabalhar

essa metodologia de melhoria contínua no

hospital", comentou Eudes Canuto, gerente

de Negócios Medicinais da empresa.

Buscando solucionar os pontos considerados

como os sete desperdícios na área

da saúde - excessos, estoques, esperas,

transportes, movimentações, perdas do

processo e defeitos -, a White Martins trabalhou

a metodologia Lean & Six Sigma

que se propõe a desenhar operações na

perspectiva de geração de valor para o paciente;

eliminar atividades que não agregam

valor, juntamente com a eliminação

de outros desperdícios; procurar percorrer

sem interrupções, desvios, retornos ou esperas,

todo o processo de tratamento, objetivando

aumentar a eficiência das operações

e melhorar a qualidade do atendimento

simultaneamente.

A própria White Martins concluiu a implantação

em suas atividades dos métodos

em 2007 e contabiliza após a implantação

total, por exemplo, a redução de 5,5% de

todas as despesas planejadas em cada ano.

"Oferecer a nossa experiência em produtividade,

com as metodologias Lean & Six

Sigma é o nosso objetivo durante a Semana

Kaizen na Beneficência" diz Eudes Canuto,

satisfeito em contribuir com esse

aprendizado.

Para o presidente da Beneficência Portuguesa

de Araraquara, Fábio Donato Gomes

Santiago, foi uma semana de capacitação

para a equipe e reforça que o conhecimento

adquirido trará resultados expressivos.

"Implantar metodologias de melhoria

contínua potencializa nossa gestão hospitalar,

e essa é a tendência mundial para avanços

de produtividade e redução de custos e

desperdício na área de saúde", salienta.

O Presidente Fábio Santiago cumprimenta

Marcelo Rivas, que abriu o ciclo de

palestras na Semana Kaizen

Os colaboradores da Beneficência Portuguesa ao participarem da Semana Kaizen,

destacaram a preocupação da instituição em oferecer a oportunidade de aprendizado que

certamente, contribuirá na elevação dos conhecimentos nas atividades diárias do hospital


Profissionais da Alpes, tendo à frente seu diretor Roni Alves, reunidos diante

da empresa que completou mais um aniversário em outubro e ganhou um novo visual

Comércio

ALPES, TUDO PARA SEU

CONFORTO TÉRMICO

Um presente para Araraquara. É assim que hoje se define a

nova Alpes, que expande suas atividades e se consolida como

uma das maiores empresas do seu ramo na região.

No dia 23 de outubro, quando a Alpes

Refrigeração completava 15 anos de atividades,

o empresário Roni Alves, entregava

ao público a nova Alpes, totalmente remodelada,

com fachada maravilhosa e terminologia

que expressa o crescimento da

empresa: Alpes Conforto Térmico.

Temos que agradecer aos nossos clientes

pela fidelidade aos produtos e serviços

da Alpes, diz Roni, ao ressaltar a beleza do

show-room com mais de 100 metros quadrados

de área. Nele estão expostos diversificados

produtos do segmento, como climatizadores

evaporativos e por aspersão,

aparelhos de ar condicionado, ventiladores

e exaustores de todos os tipos, purificadores

de água, bebedouros, entre outros.

“O diferencial da Alpes é possuir a concessão

da fábrica de todos os produtos que

vende, sendo autorizada e treinada pelos

fabricantes para prestar todo atendimento”,

enfatiza Roni. A loja que conta com 22

profissionais altamente qualificados, também

oferece serviços de manutenção especial

como chiller, condicionadores de ar

central e outros.

ALPES CONFORTO TÉRMICO

Via Expressa, 4262

Fone: (16) 3324 1976

Fax: (16) 3324 3896

E-mail: alpes@climatizacaoalpes.com.br

O belo

show-room

da Alpes

apresenta

aparelhos da

mais alta

qualidade em

conforto térmico


Capa

O espaço ganhará um novo prédio,

privilegiando o conforto e o atendimento

cursos para aperfeiçoamento: um deles na

Academia da L’oréal e o outro, na Academia

de Cortes Llongueras, na Argentina.

“Busquei me capacitar ao máximo, frequentei

os melhores cursos para me sentir

preparada e oferecer serviço de extrema

qualidade às clientes”, comenta a empresária.

O sonho se concretizou em 2007

quando abriu as portas da Clínica Fulvia

Magrini.

UM TOQUE DE BELEZA COM

A MARCA FULVIA MAGRINI

Em três anos, a clínica

Fulvia Magrini - Toque de

Beleza - se tornou um dos

mais importantes espaços

estéticos na cidade e região.

A visão empreendedora de

Fulvia, o profissionalismo e

a competência de sua equipe

explicam o sucesso.

Fulvia Magrini

Para muitas pessoas o sucesso em qualquer

segmento está atrelado à experiência

e à idade, entretanto como em toda a regra,

existem exceções. Esse é o caso de um dos

empreendimentos que mais cresceu na cidade

em pouco tempo: a Clínica Fulvia

Magrini -Toque de Beleza, é exemplo de

que idade e tempo não são fatores essenciais

para o sucesso. Muito além disso,

existem competência, profissionalismo e

dedicação.

Fulvia Magrini é uma jovem profissional

do ramo da estética que desde 24 de

abril de 2007 comanda um dos mais importantes

espaços de beleza de Araraquara

e região. Aos 28 anos, Fulvia é reconhecida

pelo trabalho com as tesouras e químicas,

mas se engana quem pensa que ser

cabeleleira foi sua primeira opção. Formada

em um curso técnico de Química, Fulvia

ingressou no mercado de trabalho em

laboratórios farmacêuticos. Após alguns

anos nesta área, ela percebeu que não estava

feliz e decidiu então buscar novas possibilidades

dentro de sua formação.

Sem perder tempo, Fulvia conquistou

um emprego em um grande salão da cidade.

Enquanto desenvolvia seu trabalho nesse

espaço, já vislumbrava montar o seu próprio

negócio. Pensando alto, investiu em

CLÍNICA MODERNA

Com localização privilegiada em Araraquara,

bem no centro da cidade, a clínica

é completa e oferece todos os tratamentos

de beleza e estética. Quando inaugurou

contava com seis profissionais, hoje, três

anos depois, já são 30 profissionais altamente

capacitados para atender as clientes.

Fulvia agora desempenha muito mais

o papel de empresária do que o de cabeleleira,

mas isso não significa que está afastada

das tesouras e químicas, pois todos os

dias está no salão recebendo clientes e

mantendo a administração do espaço para

o bom funcionamento e atendimento.

Na clínica é possível encontrar todos

os serviços: corte, coloração, químicas,

penteados, mãos e pés, spa dos pés, maquiagem,

depilação e todos os tratamentos

em estética facial e corporal. São atendidos

todos os públicos: feminino, masculino

e infantil.

Todos os profissionais são formados

pela Academia de L’oréal/ Kérastase, com

o passaporte completo (cada curso realizado

ganha um carimbo no passaporte).


“Se o profissional não chega aqui preparado,

nós o preparamos para atender nossos

clientes com a mesma qualidade e profissionalismo”

reafirma Fulvia.

Para ela, o segredo do crescimento da

clínica está baseado principalmente no

atendimento. “Trato meus funcionários

com muito carinho, como se fossem da minha

família, e eles conseguem passar esse

carinho para nossos clientes. Nunca trago

problemas pessoais para o salão, sempre

chego aqui muito bem e isso faz toda a diferença

porque preserva o ambiente, o torna

muito agradável”.

A relação de confiança entre Fulvia,

funcionários e clientes já está rendendo

mais uma vitória. Em janeiro de 2011 terá

início a obra de expansão da clínica. Segundo

a empresária, será construído um belíssimo

prédio para atender com muito

mais conforto seus clientes e Fulvia promete,

“teremos novidades”.

NOIVAS

A clínica na verdade tem seu nome fortalecido

pelo atendimento que oferece às

noivas. O tradicional Dia da Noiva ganhou

nova roupagem no salão e oferece a possibilidade

para todas as mulheres, através de

pacotes diferenciados, desfrutarem momentos

relaxantes e se arrumarem lindamente

para um dos dias mais importantes

de suas vidas, em um ambiente exclusivo

para as noivas dentro da clínica.

Cada pacote especial tem em média de

seis a dez serviços. De acordo com o pacote

escolhido está incluído o aluguel de um

carro com motorista para conduzir a noiva

até a cerimônia e também para a festa.

Entre os lindos carros estão Corolla,

Crysler, Santa Fé, Mercedes e Limousine.

Além disso, os pacotes incluem ainda

um making of com filmagem e fotos desde

a chegada da noiva ao salão até o momento

da entrada na Igreja. Fulvia organiza o dia

da noiva no salão e coordena toda a equipe

para que os momentos de preparação para

a grande celebração sejam perfeitos.

A Clínica Fulvia Magrini segue o mesmo

padrão de atendimento para madrinhas,

daminhas, noivos e debutantes. As

formandas também encontram pacotes

especiais. Para este final de ano a promoção

oferece para uma formanda e mais

duas amigas, um making of e champagne

para comemorar a formatura.

FULVIA

A jovem profissional concilia a sua vida

profissional à construção de uma linda

família. Ao lado do marido Eder Magrini

encontra companheirismo e incentivo para

colocar em prática todos os seus sonhos

e buscar seus ideais. A harmonia e felicidade

do casal se intensificaram com a chegada

da primeira filha, Isadora de um ano e

sete meses.

Com certeza, o bem estar familiar reflete

na expressiva trajetória de Fulvia,

que reforça: “Na vida temos que fazer o

que gostamos, assim o sucesso chega sem

esperarmos. Eu gosto muito de atender minhas

clientes, interagir, deixá-las bonitas,

porque para uma pessoa permitir tocar a

outra é preciso confiança, e eu faço meu

trabalho com muito carinho e sempre de

bem com a vida”, finaliza.

ATENDIMENTO FULVIA MAGRINI

Avenida São Paulo, 988

Fone: (16) 3333 2410/ 3333 6099

www.fulviamagrini.com.br

Horários: segunda e terça - 7h30 às 18h

quarta a sábado - 7h30 às 21h

Recepção

Lavatório

Conforto em todos os momentos

Espaço exclusivo para cortes masculino

e infantil

DIA DA NOIVA

Espaço reservado para a noiva. Muito conforto e privacidade para os momentos que antecedem o grande dia de todas as mulheres.


Filhos que Brilham

GABRIEL, ILUSTRE

PREMIADO DA TI

O filho do casal Angélica Bombarda e José

Rubens de Barros, Gabriel, recebe em São

Paulo o Prêmio Recognition Award e já

desponta como um dos mais brilhantes

profissionais em TI do País.

Gabriel acreditou na sua

capacidade e soube ir

com tenacidade para

realizar um ideal

Receber um prêmio não significa apenas

reconhecimento e valorização profissional.

Para Gabriel de Barros, que ainda

jovem deixou a cidade apoiado apenas pelos

pais e a noiva, pois os amigos diziam

que “cair em São Paulo seria uma aventura”,

a decisão de partir hoje tem um sabor

ainda mais especial: da reflexão e de entender

o poder da fé. E é isso que o Prêmio

“Recognition Award”, tem lhe proporcionado

nos últimos meses. Vencedor na categoria

“Behave Like Owner”, onde é reconhecido

o profissional que mais se destaca

em gerenciar os recursos com responsabilidade

e eficiência, comportando-se como

um proprietário que se preocupa com o

prestígio da companhia, Gabriel revive a

história caipira do menino que deixou o interior

em busca de ascensão profissional.

“No ano de 2008 eu trabalhava como estagiário

em uma multinacional de TI em Araraquara;

sabia que era um profissional eficiente

e dedicado, mas não estava sendo valorizado.

Decidi procurar outras oportunidades

e após me inscrever em algumas vagas

em sites, recebi a ligação de uma mega

multinacional de TI, daquelas que é o sonho

de muitos profissionais”, lembra Gabriel.

Dois dias depois da entrevista, Gabriel

conta que recebeu o telefonema da recrutadora

dizendo que ele tinha sido aprovado.

A vaga era para estágio e como estava

estudando não teria problema com isso.

O maior problema seria enfrentar São Paulo

com as dificuldades e os gastos que uma

cidade grande exige.


Alguns momentos importantes e

inesquecíveis para Gabriel na sua

adolescência em Araraquara.

Com a mãe Angélica Bombarda, o

pai José Rubens de Barros e na

foto abaixo com a irmã Fabiana

Formado em Administração de

Empresas na época, Gabriel também cursava

o terceiro ano de Engenharia da Computação,

mas parou tudo para vencer em

São Paulo.

“Incentivado pelos meus pais e minha

noiva e sabendo que não podia perder a

oportunidade, desembarquei em São Paulo

me mantendo apenas com salário de estagiário.

Não deixei de acreditar na minha

capacidade e no fundo sabia que essa era

uma situação passageira. Logo meu talento

seria reconhecido”, comenta Gabriel,

que seis meses após iniciar o estágio, foi

contratado pela empresa, Oracle, a maior

empresa de software empresarial do mundo.

“Atualmente trabalho na Oracle do

Brasil, como especialista em Business Inteligence

e DataWarehouse em um time de

Operações para a America Latina, provendo

informações de decisão para os diretores

e vice-presidentes”, explica Gabriel. E

completa: “Adoro o que faço, o ambiente

de trabalho, aprendi muito nesses 3 anos

que estou aqui e sempre estarei aprendendo,

pois nessa área não podemos parar de

aprender e não podemos deixar de traçar

uma meta e superar os problemas para conquistar

o que queremos. Por isso que estou

até hoje em uma das 100 melhores empresas

para se trabalhar eleita pela Great Place

to Work (Fonte revista Época).

Para os pais Angélica e José Rubens, o

sucesso profissional do filho se deve exclusivamente

a ele, pela sua dedicação e

amor à profissão que escolheu.


As ações da AABB apresentam resultados expressivos no campo social

Solidariedade

O TRABALHO DA AABB

PELAS NOSSAS CRIANÇAS

O Programa Integração

mantido pela Associação

Atlética Banco do Brasil

(AABB), comemora dez

anos de atividades e mostra

como tem sido seu vínculo

com a nossa comunidade.

Durante muitos anos, as AABBs funcionaram

como clubes exclusivos dos funcionários

do Banco do Brasil, com a utilização

de suas instalações principalmente

nos finais de semana. Este cenário levou a

Federação Nacional das Associações Atléticas

do Banco do Brasil a estimular a inclusão

de pessoas da comunidade como sócios

das AABBs e a disponibilização da infraestrutura

dos clubes para a realização

de atividades com crianças e adolescentes.

Em 1987, foi implantado o Projeto Integração

AABB Comunidade em Quixada/Ceará,

Erechim/Rio Grande do Sul,

Quixeramobim/Ceará e Cristalina/Goiás.

Em 1996, com os recursos da Fundação

Banco do Brasil (FBB) houve a expansão

do Programa Integração AABB Comunidade

e a organização da proposta metodológica

pelo Núcleo de Trabalhos Comunitários

da PUC/SP. Atualmente o Programa

Integração AABB Comunidade é desenvolvido

em 400 municípios brasileiros,

com a importante parceria das Prefeituras.

EM ARARAQUARA

O Programa Integração AABB Comunidade

de Araraquara comemorou dez

anos de implantação em agosto. O projeto

A complementação educacional e o vínculo familiar

As crianças se divertem na AABB local

está vinculado à Secretaria Municipal de

Educação, como uma unidade do Programa

de Educação Complementar, possibilitando

o atendimento a cento e vinte

crianças e adolescentes, de ambos os sexos,

no horário oposto ao da escola regular,

para os moradores do Jardim Pinheiros,

Parque São Paulo, Altos de Pinheiros

e Jardim Indaiá.

Para a execução do Programa Integração

AABB Comunidade, foi firmado

um convênio de cooperação financeira

que estabelece as responsabilidades dos

instituidores FBB, FENABB e Prefeitura:

A Fundação Banco do Brasil oferece


Um programa baseado na valorização da cultura do educando e da sua comunidade

recursos financeiros para a aquisição de

material pedagógico, artístico-cultural,

esportivo e os uniformes para educandos e

educadores.

A AABB oferece sua infraestrutura para

o desenvolvimento das atividades do

programa: secretaria, informática, oficinas

para as atividades pedagógicas, quiosques,

cozinha, campos de futebol, quadras

poliesportivas e piscinas.

A Federação Nacional das Associações

Atléticas do Banco do Brasil repassa

para a AABB uma verba de manutenção

para cobertura de gastos com água, energia,

telefone, manutenção do clube e se responsabiliza

pelo curso de formação de

educador social e encontro de todos os

coordenadores pedagógicos do país, a cada

dois anos.

A Prefeitura disponibiliza uma coordenadora,

seis professores, um educador

esportivo, um educador de percussão, três

agentes educacionais, duas agentes sociais

para o preparo das refeições, dois funcionários

terceirizados para limpeza,

transporte, gêneros alimentícios para as refeições,

exames médicos, odontológicos e

laboratoriais para os educandos.

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento

Social possibilita o acompanhamento

dos educandos e das famílias

através dos Centros de Referência da

Assistência Social nos bairros.

O AABB Comunidade consiste em

uma proposta de complementação educacional,

baseada na valorização da cultura

do educando e de sua comunidade. Essa

complementação é efetivada através de atividades

lúdicas, desenvolvidas nas áreas

de complemento educacional (texto e informática),

linguagens artísticas (música,

artes plásticas, dança), esportes (natação,

futebol, voleibol, basquetebol, ginástica

olímpica, handebol e tênis de mesa), recreação,

relações humanas, organização

do cotidiano, saúde e higiene, possibilitando

a prática da cidadania e a construção

de conhecimentos.

A prática pedagógica permite estudar,

praticar esportes, criar, ouvir música, cantar,

dançar, jogar, desenvolvendo a autoestima,

a iniciativa, o senso de coletividade,

a criatividade, abrindo um mundo

de novas possibilidades aos participantes

na construção de um projeto de vida. A interpretação

da realidade e a compreensão

de como os seus direitos devem ser garantidos,

permitem uma visão mais ampla da

sociedade, a conquista da criticidade e da

cidadania.

Desta forma, O Programa Integração

AABB Comunidade vem atender o que estabelece

o Estatuto da Criança e do Adolescente,

quanto à Doutrina da Proteção

Integral, respeitando a criança em processo

especial e específico de desenvolvimento,

gerando promoção e defesa de seus

direitos.

Orientação no trabalho artesanal

A AABB contribui de forma decisiva na

construção de um mundo melhor


Em Foco

Consumidores prestigiam inauguração

MAIS UMA LOJA

AMERICANAS

Uma das maiores redes de

varejo amplia seus negócios

em Araraquara e inaugura

uma nova loja, agora, bem

no centro da cidade.

No dia 26 de novembro a Lojas Americanas

inaugurou sua segunda loja na cidade.

Localizada no centro de Araraquara,

na Rua São Bento, 921, endereço do antigo

Cine Veneza, cujo espaço passou por

uma ampla reforma. Na loja é possível encontrar

artigos de diversos setores, como

alimentação, brinquedos, informática, utilidades

domésticas, produtos de belezas

entre outros.

O presidente da ACIA, Renato Haddad,

esteve presente à inauguração para desejar

as boas vindas a esse novo empreendimento

da rede, agora em uma região central

da cidade. Estamos felizes com esse

novo empreendimento, comentou o dirigente.

Essa loja faz parte da expansão da rede

em comemoração aos 80 anos e a estimativa

é de que R$ 1 bilhão até 2013 sejam investidos

para ampliação dos negócios no

país.

Renato Haddad e o gerente regional das

Lojas Americanas, Robson Cechinel no dia

da inauguração



Contabilistas

ROBERTO FONARI ENCERRA MANDATO

E TAMPELLINI ASSUME O SINCOAR

Trabalho de união realizado

por Roberto Fonari no

SINCOAR possibilita o

consenso em torno de um

nome e Geraldo Luis

Tampellini vai assumir em

janeiro a entidade para uma

gestão de três anos.

Roberto

Fonari

realizou à

frente do

SINCOAR

um excelente

trabalho e

agora recebe

o aplauso dos

seus colegas

Em 08 de janeiro tomará posse a nova

diretoria do Sindicato dos Contabilistas de

Araraquara (SINCOAR) eleita para o triênio

2011-2013.

Quem assume o comando do sindicato

é o contabilista Geraldo Luis Tampellini.

Segundo o novo presidente, uma das principais

metas para a nova gestão será valorizar

cada vez mais a classe, investindo na

atualização do profissional através de palestras,

seminários e cursos. Outro foco será

fortalecer o elo entre contabilistas e órgãos

públicos, pois de acordo com Tampellini,

“somos os legítimos representantes

dos contribuintes - que são nossos

clientes, junto a esses orgão públicos”.

Tampellini ao ser eleito presidente, fez

questão de parabenizar Roberto Aiello Fo-


Geraldo Luis Tampellini,

conceituado contabilista

assume o SINCOAR

nari e sua diretoria pelo brilhante trabalho

realizado e garantiu que vai seguir a linha

de trabalho dos seus antecessores.

Para Roberto Fonari, os três anos frente

ao SINCOAR foram excelentes. Ele destaca

ações como as parcerias com o Escritório

Regional da Jucesp, AESCAR,

ACIA e Prefeitura; o convênio para obtenção

da certificação digital, eventos e palestras

de qualidade realizados na cidade,

o que serviu para fortalecer a classe dos

contabilistas.

Além disso, Fonari salienta a integração

com a Secretaria da Fazenda Estadual

e demais órgãos públicos. “Agradeço a imprensa,

associados, meus diretores e em especial

a Deus pela paz, saúde, prosperidade

e energia, o que tornou possível a realização

dos objetivos que sonhamos”, finaliza

Fonari.

DIRETORIA

Presidente

Geraldo Luis Tampellini

Vice-Presidente

Marcos Henrique Duó

1º Secretário

Luiz Carlos Velludo

2º Secretário

José Antônio Ioca

1º Tesoureiro

Marcos Cristiano Martins

2º Tesoureiro

Eduardo Bonifácio Martins

DIRETORIA SOCIAL

1º Diretor Social

Orlando Bonifácio Martins

2º Diretor Social

Roberto Aiello Fonari

DIRETORIA CULTURAL

1º Diretor Cultural

Paulo Luiz Pecin

2º Diretor Cultural

Francisco José Formariz

SINCOAR - MANDATO 2011/2013

CONSELHO FISCAL

Paulo Roberto de Andrade

José Roberto de Castro

Benedito Salvador Carlos

SUPLENTES DA DIRETORIA

Alberto Cioni Filho

Marcelo Fais

Geraldo Stivanatto

Julio Fernando Pascoal Basso

Maria Regina Fonari Moura

Jose Braz de Lima

Paulo Pacchiega

Rita de Cassia Servidoni Spreafico

Roberto Mantegassi

Donizete Fuzari

SUPLENTES DO CONSELHO FISCAL

Marcos Cesar Garrido

Sérgio Odair Pergues

Oscar Sbaglia

DELEGADOS REPRESENTANTES

Geraldo Luiz Tampellini

Orlando Bonifácio Martins

SUPLENTES

Marcos Henrique Duó

Roberto Aiello Fonari




Notas

PROXIMIDADE COM A CPFL

O presidente da

CPFL, Wilson Ferreira Júnior,

recebeu do prefeito

Marcelo Barbieri, cartão

de agradecimento durante

a inauguração das novas

instalações do call

center da empresa, na Vila

Melhado. Ele também

foi homenageado com o título

de “cidadão araraquarense”. A empresa investiu

R$ 9,8 milhões e contratou 500 novos

funcionários nos últimos dois meses na cidade.

O secretário de Desenvolvimento Econômico,

Valter Merlos, comemora a expedição de

1.600 alvarás, através da Sala do Empreendedor.

É o município crescendo, diz ele, de forma

entusiasmada.

Dados anunciados pelo gerente regional do

Sebrae em Araraquara, Fábio Bonassi, revelam

que 57% das novas empresas fecham as portas

no prazo de 5 anos e que com ajuda do Sebrae o

percentual cai para 37%. Está evidente que

com planejamento aumentam as possibilidades

de sucesso.

Como membro da

Comissão de Defesa do

Consumidor da Câmara,

o deputado Dimas Ramalho

criticou a ANAC pela

consulta pública para reajustar

as tarifas aeroportuárias de embarque de

passageiros no Brasil. Os aeroportos do país estão

em situação precária e não há como aumentar

as tarifas. O Governo precisa investir para

melhorar a infraestrutura sendo que o Brasil vai

sediar a Copa do Mundo e também as Olimpíadas.

MASSAFERA FICA MAIS PERTO DA FIESP

O deputado Estadual Roberto Massafera não esconde a satisfação de poder

representar a Assembleia Legislativa no Conselho Superior de Assuntos

Jurídicos e Legislativos (Conjur) da FIESP. O convite partiu dos presidentes

da FIESP, Paulo Skaf; e do Conjur, o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal,

Sydney Sanches. “É uma honra participar de uma entidade abrangente

e representativa na economia do País. A FIESP tem um papel importante para

o nosso desenvolvimento e eu espero dar minha contribuição nesse sentido”,

afirmou Roberto Massafera.

• Semana do Fregues organizada pela

ACIA e SINCOMÉRCIO, deve voltar em julho

do ano que vem.

• Empresários do setor de hospedaria,

gastronomia e turismo estiveram reunidos

dia 29, na cidade. O encontro foi organizado

pelo SinHoRes.

• Lojistas agradecem a saída dos ambulantes

da fritura do Boulevard durante funcionamento

do comércio à noite no período

do Natal. Roupa cheirando x-salada ninguém

quer.

• No dia 9 de dezembro de 1968 era instalada

em Araraquara uma das mais importantes

revendedoras da Brastemp no Brasil:

a Fomagel, mantida por Ernesto Luiz Dessi

(Rua 9 de Julho, 2011). Hoje ele comemora

o sucesso desses 42 anos de atividades ao lado

da família.

• José Galiteze apressando a entrega de

várias telas do artista Ernesto Lia, a maioria

com destino à Europa. Ele é responsável pelas

belíssimas molduras.

• A Tarp é a agência que vem intensificando

a campanha de vendas da Blend

Coffee, na cidade. O empresário Luciano

Pesce ao deixar a avenida Setembro e instalar

a sua loja na Rua Carvalho Filho, 130,

aposta no crescimento das vendas e também

nas locações das máquinas de café expresso

que representa com grande sucesso.

De prontidão

Setenta e oito voluntários da Defesa Civil

de Araraquara estão em estado de alerta dentro

do Plano Primavera Verão. O programa tem como

objetivo principal prestar os primeiros

socorros no período de chuvas intensas que

provocam danos entre os meses de outubro a

março.

Helibombas

A Helibombas entra em férias coletivas no

período de 24 de dezembro até 02 de janeiro.

Hoje é uma das empresas mais conceituadas

em nosso Distrito Industrial. Bom descanso ao

pessoal.

Arnaldo Antonietto, Geraldo Tampellini,

Juliano Karan e André Di Nardo, durante a

apresentação do novo salão de festas do

Clube Araraquarense à imprensa e

representantes de escolas da cidade.


Opinião

CENÁRIO TRABALHISTA

EM UM NOVO GOVERNO

*Abran Szajman

Apesar do anacronismo do atual quadro

normativo das relações de trabalho em

nosso país, as empresas brasileiras vêm

apresentando bons resultados.

Após décadas de estagnação causada

pela inflação descontrolada, a economia

brasileira voltou a crescer e a gerar empregos

de forma consistente.

Antes da crise, a geração de emprego e

renda foi proporcionada pelo aumento das

nossas exportações. Quando estas se reduziram,

o crédito farto possibilitou que o

mercado interno se tornasse o responsável

pela manutenção do nível de emprego formal

e da massa salarial.

Hoje, há mais empregos do que mãode-obra

disponível. Esta pujança, entretanto,

é perigosa porque disfarça as nossas

ineficiências. Ela tende a nos fazer esquecer

que, em virtude das dificuldades causadas

pela rigidez da legislação, metade

dos brasileiros ainda trabalha na informalidade,

sem proteção de qualquer espécie.

O grau de abertura da economia brasileira

ainda é irrisório. Nosso comércio externo

não ultrapassa 20% do pib, contra

mais de 50% na Rússia, Índia e China, países

que conosco formam o bric.

O que acontecerá com o emprego no

dia em que, por força da competição global,

essa abertura for ampliada?

Como ajudar os jovens a começar sua

vida profissional se a terceirização e outras

formas modernas de organização que

introduziram o trabalho à distância, por

projeto ou intermitente continuarem dificultadas

em nosso país?

Como viabilizar a formalização de milhares

de pequenas e microempresas quando

as despesas de contratação de um empregado

ultrapassam em mais de 100% o

valor que é pago como salário?

Estas questões cruciais começaram a

ser debatidas no início do atual governo,

por meio de um fórum nacional que reuniu

as entidades representativas de empregados

e empregadores, com a finalidade de

discutir a reforma trabalhista e sindical.

O poder executivo de forma unilateral,

abandonou a via do diálogo e da reforma,

enveredando por um atalho intervencionista

de leis, decretos, portarias, notas técnicas

e instruções normativas, cujo efeito

principal foi o de engessar ainda mais as relações

de trabalho, além de aumentar a insegurança

jurídica das empresas e o conflito

entre as partes, expresso em mais de

dois milhões de ações trabalhistas ajuizadas

a cada ano.

Este quadro se agrava quando se constata

que no âmbito do poder legislativo há

centenas de projetos de lei que ampliam licenças

e benefícios. As centrais sindicais,

por sua vez, também levantam bandeiras

que igualmente enrijecem e encarecem a

contratação de empregados.

Por estas razões, a Fecomércio/SP, que

sempre procura estabelecer a cooperação

e o diálogo entre o capital e o trabalho, convidou

o professor da USP, José Pastore, para

presidir o Conselho de Emprego e Relações

do Trabalho, cuja tarefa principal será

o acompanhamento e a discussão das

matérias trabalhistas em tramitação no

Congresso Nacional, em harmonia com o

Conselho de Assuntos Sindicais da Fecomercio,

presidido pelo empresário Ivo

Dall'acqua Jr, encarregado das negociações

coletivas conduzidas pelos nossos sindicatos

filiados.

Nossa principal proposta para balizar

as relações trabalhistas no próximo governo

é a de criar mecanismos que ampliem o

escopo das negociações coletivas que garantam

segurança às empresas e reflitam

as vontades e necessidades da partes.

Consideramos que tudo aquilo que puder

ser livremente negociado e acordado

entre trabalhadores e empregadores, deve

prevalecer sobre o que, apesar de estar legislado,

não reflete mais a realidade das novas

tecnologias e peculiaridades dos setores

produtivos.

Outras prioridades são a redução das

despesas de contratação que incidem na folha

de pagamento e um tratamento diferenciado

para as pequenas e microempresas

em matéria trabalhista.

Há um vasto caminho a percorrer para

conciliar a proteção dos direitos do trabalhador

com as necessidades de competição

e sobrevivência das empresas.

O êxito dessa caminhada depende menos

da intervenção do estado e mais do diálogo

e da livre negociação entre patrões e

empregados, representados por entidades

de classe autônomas, fortes e legítimas.

*Abram Szajman

Presidente da FECOMÉRCIO/SP, do

CECOMÉRCIO/SP, e dos Conselhos

Regionais do SESC, SENAC e SEBRAE


CIESP E UNESP ASSINAM ACORDO

DE COOPERAÇÃO ACADÊMICA

Parceria oferecerá a

transferência tecnológica

às empresas associadas.

A Unesp, afirma o programa,

coordenará a execução de

projetos de P&D e receberá

demandas das indústrias.

Paulo Skaf,

presidente do CIESP

Agora as empresas associadas ao

Ciesp ficarão mais próximas dos centros

de pesquisa e desenvolvimento. A entidade

anunciou no dia 18 de novembro, durante

sua reunião mensal, uma parceria

com a Universidade Estadual Paulista

(Unesp) para promover a transferência tecnológica

ao setor industrial.

O convênio prevê que todas as empresas

ligadas à entidade possam contar com

suporte tecnológico no desenvolvimento

de novos produtos ou na melhoria de seus

processos produtivos. Este é o primeiro

resultado prático da 24ª Convenção do

Ciesp, realizada em abril, que estabeleceu

a inovação como prioridade nos projetos

da entidade.

É a primeira vez que o Ciesp realiza

esse tipo de acordo na área de execução de

novos projetos de pesquisa e transferência

de tecnologia para o chão de fábrica. Para

Paulo Skaf, o principal objetivo é fazer

com que as empresas despertem para a inovação.

“O que vai fazer a diferença neste século

é a capacidade de inovar. Hoje existe

muito discurso em torno do tema, e pouca

prática. Esperamos que a inovação vire realidade

com essa parceria”, disse o presidente

do Ciesp.

Na mesma linha, o vice-reitor da

Unesp, Julio Cezar Durigan, reforçou a

intenção de trabalhar de forma conjunta

com o Ciesp. As empresas terão acesso a

23 campi da Unesp espalhados pelo Estado,

nas áreas de exatas, humanas e biológicas.

O acordo aproveita a capilaridade da

entidade da indústria, que possui 43 diretorias

regionais.

“Estamos contatando universidades

no exterior que têm centros de inovação.

Queremos levar o modelo para a Unesp e

participar de fato com o setor produtivo”,

afirmou Durigan.


INTEGRAÇÃO

O convênio estabelece um amplo programa

de cooperação acadêmica entre a

Unesp e o Ciesp, incluindo a realização de

estudos e pesquisas,

consultorias,

conferências,

publicações,

cursos e programas

de treinamento,

realização

de estágios e

outras atividades

de interesse.

Para o vice-presidente do Ciesp, Rafael

Cervone, o objetivo é oferecer um ambiente

criativo que permita a inovação dentro

da empresa.

“A ideia é fazer uma engenharia reversa,

ou seja, alimentar a universidade com

as reais necessidades da indústria, e partir

disso desenvolver a tecnologia”, sublinhou

Cervone.

Segundo Pio Gavazzi, diretor de Tecnologia

do Ciesp, uma das grandes dificuldades

é traduzir a linguagem acadêmica.

Para preencher essa lacuna, o convênio

possibilitará ao associado envolver sua empresa

com as áreas de pesquisa da Unesp.

A transferência de tecnologia e a apresentação

de linhas de pesquisa às empresas

serão acompanhadas pela Agência

Unesp de Inovação (AUIN), que coordenará

a execução de projetos de P&D ou licenciamento

para uso e exploração de tecnologias

de propriedade da Universidade.

Da mesma forma, o Ciesp levará à

Agência as demandas e competências que

as empresas desejam que a Unesp desenvolva.

“No momento em que estamos sujeitos

a uma moeda sobrevalorizada, a inovação

é uma das coisas que pode ajudar nossa indústria

a ser competitiva”, resumiu Pio Gavazzi.

Nova sede do CIESP

“Trabalhar de forma

conjunta com o Ciesp”

Durigan, da Unesp

O escritório da Diretoria Regional do

CIESP em Araraquara estará atendendo no

novo endereço com a desativação da antiga

Incubadora de Empresas instalada na Av.

Alberto Santos Dumont nº 50, no Jardim Higienópolis.

A Diretoria passa a atender no

Edifício América, Rua Padre Duarte, nº 151,

Sala 75 - 7º Andar, Jardim Nova América -

CEP: 14.800-360, fone: 3322-1339 em Araraquara,

até a conclusão das obras do prédio

próprio no Bairro do Quitandinha.



Inauguração

CIDADE GANHA DUAS NOVAS LOJAS

MENINA MULHER E ACQUA BLUE KIDS

O nosso comércio está mais

forte neste mês de dezembro

com a chegada de mais duas

empresas, ambas voltadas

para o ramo de confecções.

A Família Janone, uma das mais conceituadas

da cidade e que já tem um brilhante

histórico no processo de desenvolvimento

do município, faz novos investimentos

e entrega a “Menina Mulher”, voltada

para a venda de lingerie, fitness e

praia. O empreendimento comercial está

instalado na Rua Gonçalves Dias, 1180 (telefone

(16) 3357 6550), tendo à frente a

empresária Taisa Piva Toledo Piza Janone

e sua mãe Elvisa. Taísa é casada com Dênis

Henrique Janone.

A Acqua Blue Kids, especializada em

roupas e acessórios para bebês e crianças

será inaugurada na segunda semana de dezembro.

Jane (casada com José Janone) e

sua filha Thaís (casada com Paulo Henrique

Sacco), decidiram investir no comércio,

escolhendo uma região privilegiada

para este segmento: Avenida Bento de

Abreu, 09 (esquina com São Bento, em

frente ao Jardim Primavera).

Araraquara, comenta Jane, tem um comércio

bastante ativo e diversificado; vamos

gerar empregos e divisas

ao município. É a

nossa contribuição por

tudo que essa cidade, onde

criamos nossos vínculos

familiares, tem

nos oferecido, conclui a

empresária.

Identificação

da nova loja


A diretoria da ACIA cumprimenta os aniversariantes de dezembro

DATA NOME EMPRESA DATA NOME EMPRESA

01/12

01/12

01/12

02/12

02/12

03/12

03/12

03/12

03/12

04/12

04/12

04/12

04/12

04/12

05/12

05/12

05/12

05/12

06/12

06/12

07/12

07/12

07/12

07/12

07/12

08/12

08/12

08/12

09/12

10/12

10/12

10/12

10/12

11/12

11/12

11/12

11/12

11/12

12/12

12/12

12/12

12/12

12/12

13/12

14/12

14/12

14/12

15/12

15/12

15/12

15/12

Oswaldo César Eugênio

Fernando de Oliveira Ferreira

Orlando Carrara Júnior

Rinaldo Venâncio de Matos

Silvestre Roveri

Adriano Borges

Paulo Roberto Marquesi

Adriano Borges

Elisabete de Araújo Berni

Oreste Garcia Zenatti

Marcelo Deliza

José Devanil Carrascossi

Eunice Martins Bonifácio Vitoria

José Janone

Maria Aparecida Toloi Jeremias

João Aranha

Sebastião Donizeti Rodrigues

André Luiz Pena

José Renato Garcez

Renato Augusto de Almeida Delfini

Omar Maksoud

Geraldo Stivanato

Luiz Antônio Bianchini

Lucas Henrique Pinheiro

José de Haro Martine

Adenir Lelis Cardoso

Conceição Antônia Ferraz Bianchi

Maria Célia Franzini Callera

Magdalena Magda Cabrera Moreti

Mara Lúcia Agrella Reis Schiavon

Francisco Carlos Amaya

Wilson Claudenir Brambila

Laércio Galleani

Pedro Lapena

José Henrique Martins Castelli

Virginia dos Santos Amaya

Leandro Bachega Martins

Lourdes Mendonça

Carlos Alberto Martins Silveira

Luis Carlos Telles Rodrigues

Regina Ap. Benedecte Carvalho

Synara O. Paim Guimarães

Rafaela Cristina dos Reis

Hélio Cerqueira Júnior

Wanderliza Nascimento Bernardo

Irineu Pereira

José Janone Júnior

Paulo Sérgio Biondi

Roberto Aparecido Merlos

Tatiana Cappato

Thereza Dakazaku Kawakame

Oswaldo César Eugênio

Hidráulica & Elétrica Teruel

DNA da Pele

Mercadinho Pathmatos

Funerária Almeida

GR Assessoria

Posto do Costa

Habib's

Ararte

Açougue Modelo

Pipocopos

Chefor Auto Peças

Sunrise Net

Janone

Imobiliária Jeremias Borsari

Jotex

Sorte Sportiva

Atelie de Costura Elza Ferreira

Castelinho Materiais para Construção

Redel Construtora

Omar Maksoud Engenharia Civil

Unic

Alumicril

Scala Auto Peças e Mecânica

José de Haro Martine

Festiva

Bianchi Serviços

Cacau Fashion

Magda Calçados

Reihtuag Auto Eletro

Usifran

Casa de Carnes Brambila

Rodoani Transportes

Supermercado 14

Castelli

Usifran

Redecon Adm. de Convênio

Joely Lingerie

Carimbos Araraquara

Clube 22 de Agosto

Carvalho e Benedecte

Biofarma

Representacções Reginaldo Reis

Área Azul Eletrônica

Karisma Calçados e Confecções

Auto Posto Vaz Filho

Sunrise Net

Techs Provider

Posto Sol

Usicap

Sorvetes Kawakami

15/12

16/12

16/12

16/12

16/12

16/12

17/12

17/12

17/12

17/12

18/12

18/12

19/12

19/12

19/12

19/12

20/12

20/12

20/12

20/12

21/12

21/12

21/12

23/12

24/12

24/12

24/12

24/12

24/12

24/12

24/12

24/12

24/12

24/12

25/12

25/12

26/12

26/12

26/12

26/12

26/12

26/12

28/12

28/12

28/12

28/12

30/12

30/12

30/12

31/12

31/12

Ivone Vitório de Oliveira

Celso Guerino Furlan

Maria Isabel Leite Caires

Loren Bianco Regolão

Luzia Aparecida Pincetta

Dario Manoel Trizolio

Flaviano Affonso Giansante

Lucas Marques

Mário Mariano Franzin

Jaivon da Silva Lima

Luiz Lacerda Biagi

Rita de Cássia Biagioni Ferreira

Maria Cristina Marçon Marrocos

Eduardo Mendonça de Andrade

Mauro Solssia

Katia Regina Mucio

Donizete Aparecida Pasquini

Jorge Louzada

Everlene Aparecida Luchesi

Agenor Nogueira

Jaime Reino Correa da Silva

Joilza Fatigati Brunetti

Aroldo Bolsoni

José Olimpio S. de Alvarenga

Catarina Silva de Oliveira

José Natal de Moura

Maria Lúcia da Costa Prebil

Benedito Salvador Carlos

Luis Alberto Alves Ferreira

Angélica Bezerra

Eder Paulo Magrini

Marcos César Garrido

Jandira dal Bem Inocente

Marcos Roberto Destefani

Erivaldo Jesus dos Santos

Francisco João Merlos

Marcos Luiz Brefe

Alcides Giansante

Luiz Antônio Trevizo

Luis Afonso Aguiar Pires

Silmar Pauletti

Francisco Marques da Silva

Fabrício Olívio Galitezi

Flávio Arruda de Oliveira Junior

Mário Sérgio Bertato

Roberto César Afonso Mota

José Carlos Elias

Carlos Renato de Mendonça Segura

Vittorio Pacchiarotti

Diogenes Lauriano Pallone

Iranir Marques Luiz Zanoni

Ancari Transportes

Ancora Consultores

O.L.C. Consultoria e Assessoria

Móveis Estrela

Farmácia A Therapeutica

TR Diesel

Agropecuária Affonso Giansante

Multialarme

New Standard Software

Ararte

Atri Comercial

Hidráulica & Elétrica Teruel

Ferro Expresso

Ajaf Incorporações

Solssia Corretora de Seguros

Futura Rações e Acessórios

Cerealista Pasquini

Louzada Consultoria

Luchesi Artesanato

Chopp Time

Jaime Reino Correa

Jô Imóveis

Grafinew

Intershop

A Boa Compra

J. N. Moura Informática

Prebil

Bene Escr. de Contabilidade/Graf. Bene

Carpet Lar Revestimentos

L.A. Armação de Ferragens Construção

Textil Abril

Gemarge

Rei da Caçamba

Acqua Jet Piscinas

Primotex

Posto Sol

About Confecções e Com.

Agropecuária Affonso Giansante

Lanchonete Kanto A

Farmacruz

Cambui

Chico Memorial Nossa Sra. Aparecida

Star Vídeo

Techs Provider

Rodoviário Bertato

Inovape

Motoney

S & A Colchões

Posto La Bambina

Peugeot

Industria de Alumínio Ouro Branco

Estamos colaborando

na construção de uma

grande cidade



vidaempresarial

A HEINEKEN HOMENAGEIA A ACIA

Em 2010 foi um encontro bem diferente

para comemorar mais um ano de atividades

da Associação Comercial. Seus diretores e

conselheiros, além dos colegas de imprensa,

se reuniram na Heineken e lá foram vividos

momentos de alegria e confraternização.

Parabéns pela recepção, Luciana Porsani

(relações públicas) e Roberto Dietrich

(gerente da companhia).

Empresário Ademar Ramos e a sempre

simpática e elegante esposa Regina

João Manoel e a esposa Maria Cristina

Roberto Abud,

coordenador de

Comércio da

ACIA, começa a

traçar os detalhes

da Semana do

Fregues a ser

realizada em

julho de 2011.

Casais Maria Augusta-Wilson Dantas e Dagmar-Octávio

José Ribeiro, com os amigos André Boalin e Samuel Brasil Bueno

Valter Merlos, Célia, Léa Haddad, Maria

Helena Prada com Renato Haddad (diretor

de patrimônio) e Waldemar Antonietto

(presidente do Conselho Deliberativo), do

Clube Araraquarense

O secretário

municipal de Obras

Públicas, Valter

Ricardo Léo

Rozatto, o Laxixa,

recebeu o título

Profissional do Ano,

entregue pela

Associação de

Engenharia de

Araraquara

Virgílio Quintão (Rádio Cultura), Silvinho

Prada e Waldemar Antonietto, em encontro

realizado no Araraquarense

As irmãs da Perfil Roberta e Paola Carvalho

com os amigos André Mussolin e Fernando

Alonso (TVAra)


Encontro de amigos e a alegria

de se ter bons papos: Tony

Borsari com a esposa Márcia;

o casal Leiris e Alexandre

Borsari; o empresário da

Sunrise, José Janone Júnior,

que retornou recentemente de

viagem de negócios à China e

o presidente da Beneficência,

Fábio Santiago

Sônia Maria Marques (Revista Comércio &

Indústria) e os casais: Marina-Adélcio Carlos

Magrini, Heloisa-Francisco Teruel Ramal e

Catharina-Edes Dalmo de Oliveira,

em evento da ACIA

Apreciado encontro de amigos:

Fernando Minucci e Reginalda

Loreto; Márcia Belotti, Fátima Bergamin,

Sandro Veloso e Márcia Garcia

Damiano Barbiero, Octávio José Ribeiro;

Renato Haddad e André Boalin

Miguel Passos e Maria Regina Vasconcellos

Montes, saboreando o chope Heineken

Serginho Martins contemplado na festa

da ACIA com um kit Heineken, recebendo

o prêmio do gerente interino, Roberto

Dietrich e do presidente Renato Haddad

Momentos de descontração do casal Ana

Rosa-Silvio Luis Capparelli

Oreste Zenatti, o “Lelé” do Açougue Modelo,

como não poderia deixar de ser, comemorou dia 4,

seu aniversário no melhor estilo: churrasco.

Ricardo Neiva e Luciene Mingotti em companhia

do casal de amigos Maria Cristina e Jeferson Haddad

O secretário de Esportes, Jair Martineli com

a esposa Cristina ao lado de Antônio

Junquetti e do casal Sônia e Marcelo de

Mattos Frigo.


E

ARTIGO

D e t a l h e s

stá prestes a terminar o penúltimo ano

da primeira década do século 21 e, como

sempre, costuma-se não somente

fazer um balanço dos dias que se foram,

mas também planos para os que vêm por

aí. Pois o passado só serve mesmo para se

tentar não cometer os erros voluntariamente

já cometidos, mesmo porque os involuntários

ocorridos dependeram exclusivamente

da sorte, do fado, do destino e, portanto,

não podem ser contados. Foi azar

mesmo. Fazer o quê?

Esses então merecem ser radicalmente

esquecidos, tal como os maus e os péssimos

momentos. E que nunca mais retornem,

nem mesmo nos sonhos. E que sejam

sepultados nas profundezas do inconsciente,

para que jamais possam voltar

à tona. Já os bons e os ótimos, que sejam

relembrados, porém não a toda hora; tão

somente à falta melhor do que se fazer naquele

instante.

Porque, o que vale mesmo é sempre

procurar viver o fugaz momento presente.

E, se este, por acaso, é o refletir sobre o

que já se passou (o presente pensando no

passado), então tudo bem. Por outro lado

planejar o futuro mediato ou imediato não

deixa de ser um exercício racional, típico

do ser humano, dotado de inteligência,

mesmo porque, admitindo-se, por hipótese,

que um animal qualquer possa raciocinar

- como alguns cientistas entendem que

conseguem -, para ele isso é de somenos

importância, pois o que vale mesmo é o instinto.

E o homem deveria imitar o animal nesse

sentido. O ato de pensar nem sempre pode

ser considerado tão importante assim,

porque caso os planos não consigam dar

certo, seria preciso então muita competência

para desconsiderá-los para evitar uma

profunda e inevitável frustração.

Por isso inútil ficar a refletir sobre o passado

e a planejar, pelo menos com muita

antecedência, o futuro. Mas chega de filosofia,

chega de nhenhenhém. O filósofo

Bérgson considerava o ato de filosofar simples.

Certamente até pode ser (mas para

ele mesmo).

Mas esta conversa fiada é apenas para

trazer uma palavra de otimismo para você,

prezado leitor e querida e linda leitora (elas

são sempre lindas...), independentemente

* Luiz Carlos Bedran

de serem adeptos do espírito natalino e cristão

que paira sobre todos nós da civilização

ocidental nessa época e sem querer ter a

mínima pretensão em tentar transmitir mensagens

de auto-ajuda a ninguém.

Porque é preciso encontrar um tempinho

para observar os detalhes da vida sem

se deixar influenciar por uma minoria, que

tenta passar para nós, que fazemos parte

da famosa maioria silenciosa - como disse

um presidente norte-americano certa vez -,

seus pensamentos e suas ideias, extremamente

discutíveis e que nós não temos

oportunidade de contestá-las, limitandonos

a recebê-las passivamente, sem espírito

crítico, tal como autômatos ou zumbis

que seguem ordens superiores subliminares.

A TV principalmente, que nos impinge

diuturnamente o que há de pior no mundo,

como se este fosse a própria cloaca da humanidade;

como se nada mais existisse

além das desgraças e das ideias de seus

produtores de imagens, direcionadas apenas

para uma filosofia chã, essencialmente

pragmática.

Para enxergar melhor, é preciso, às vezes,

ficar distante do objeto visualizado. Dele

tem-se uma visão geral. E é esta visão geral

que muda o pensamento. Observar, ao

acaso, a solidariedade dos passantes em

tentar ajudar uma idosa que tropeçou na

calçada e constatar que há muita gente boa

espalhada por aí; ou então o sorriso gratuito,

en passant, de uma criança num carrinho

e perguntar-se: “o que será que ela está

pensando?”.

Ver a adolescente, completamente aérea,

a falar no celular e a sorrir, de felicidade;

ou prestar atenção ao canto do bem-tevi

logo de manhã; ou ligar para um antigo

amigo, que a vida distanciou e perguntarlhe

como vai vivendo. Desligar o rádio e a televisão;

ler um livro; esquecer um pouco a

internet. E ficar a ouvir o silêncio.

Que todos vocês leitores, otimistas ou

pessimistas, crentes ou descrentes, tenham

um feliz Natal e um feliz solstício de

verão. E que em 2011 haja menos guerra

em todo mundo.

* Luiz Carlos Bedran

é sociólogo, jornalista e colaborador

da Revista Comércio & Indústria

ACIA - NOVOS ASSOCIADOS EM NOVEMBRO

RAZÃO SOCIAL

Hotel Nina Ltda

Aguia Frios de Araraquara Ltda

Giovanni Imóveis

Gmp Ind. Com. Bebidas Ltda

Savegnago Supermercados Ltda

Conselho Gestor dos Usuários de TV de Araraquara

Fundação Educ. e Cultural Julius August Marischen

Monar Refrigeração e Ar Condicionado Ltda Me

Cantina Vetor Ltda Me

NOME FANTASIA

Comfort Hotel

Aguia Frios

Giovanni Imoveis

Mimosa - Gmp

Savegnago

TV Circulando

TV Ara

Monar

Cantina Vetor Ltda Me

Seja nosso associado e desfrute de grandes benefícios. Informações: 3322.3633



More magazines by this user
Similar magazines