Mercado de seguros: cada vez mais digital

rsegurototal

A edição 209 da Revista Seguro Total destaca uma série de ações colocadas em prática para que as operações continuassem durante a pandemia de coronavírus. Os especialistas consultados por nossos repórteres demonstram como a crise acelerou a transformação digital e remodelou as relações entre empregadores e colaboradores. Além disso, a publicação mostra como o Seguro Garantia Depósito Recursal pode proporcionar liquidez às empresas.

Uma reportagem especial celebra os 107 anos do GBOEX, uma entidade que aposta na relação duradoura com seus associados. A empresa surgiu em um período delicado da história - em um cenário mundial de pré-guerra. Além disso, a Revista Seguro Total apresenta os principais produtos e iniciativas do GBOEX que são baseados nos conceitos de Solidez, Tradição e Segurança.

Soluções tecnológicas, como uma aplicação que agiliza a liquidação de sinistros, também integram as próximas páginas de conteúdos especialmente produzidos para profissionais e entusiastas do segmento de seguros. Na reportagem de capa, executivos de diversas companhias dão seus relatos e reforçam a importância dos profissionais da corretagem durante a crise de covid-19.

O impacto do aumento do dólar no Seguro de Transporte Internacional e outros aspectos relevantes neste cenário de mudanças, pelo qual o universo corporativo passa, foram analisados por uma seleção especial de colunistas. Todos estes conteúdos demonstram o avanço da integração dos canais da Revista Seguro Total, uma publicação cada vez mais conectada e presente em praticamente todas as plataformas de consumo de conteúdo.

Excelente leitura :D

Inovação • SEGUROS • saúde suplementar • previdência • capitalização

ano 20 - edição 209 - R$ 20

gboex cuida e protege

o futuro das pessoas

há 107 anos

(pág 8)

automação de

processos ajuda na

otimização do tempo

(pág 26)

(pág 20)

1


Cuide de quem você ama

A SulAmérica está ao seu lado todos os dias para continuar

oferecendo saúde de qualidade e evoluindo de acordo com

a necessidade de seus beneficiários.

E, pensando no bem-estar integral dos nossos clientes,

ampliamos nossos canais de atendimento e serviços online.

Assista ao filme e saiba mais em:

www.sulamerica.com.br/coronavirus

Continue contando com a gente!

#CuidadoQueNosUne

2


ANO 20 | EDIÇÃO 209 | PUBLICAÇÃO MENSAL

REVISTASEGUROTOTAL.COM.BR

Av. Professor Alfonso Bovero, 562 - São Paulo (SP)

CEP: 01254-000 - Telefone: (11) 3884-5966

Editor-Chefe

José Francisco Filho (MTB-33.063)

francisco@revistasegurototal.com.br

Departamento Comercial

Mauricio Rodrigues

mauricio@revistasegurototal.com.br

Redação, Design e Tecnologia

Para seguir em frente é

preciso repensar

Crise acelerou transformação digital e

remodelou relações profissionais

A

edição 209 da Revista

Seguro Total destaca uma

série de ações colocadas em

prática para que as operações continuassem

durante a pandemia de

coronavírus. Os especialistas consultados

por nossos repórteres demonstram

como a crise acelerou a

transformação digital e remodelou

as relações entre empregadores e colaboradores.

Além disso, a publicação

mostra como o Seguro Garantia

Depósito Recursal pode proporcionar

liquidez às empresas.

Uma reportagem especial celebra

os 107 anos do GBOEX, uma entidade

que aposta na relação duradoura

com seus associados. A empresa surgiu

em um período delicado da história

- em um cenário mundial de pré-

-guerra. Além disso, a Revista Seguro

Total apresenta os principais produtos

e iniciativas do GBOEX que são

baseados nos conceitos de Solidez,

Tradição e Segurança.

Soluções tecnológicas, como uma

aplicação que agiliza a liquidação de

sinistros, também integram as próximas

páginas de conteúdos especialmente

produzidos para profissionais

e entusiastas do segmento de seguros.

Na reportagem de capa, executivos

de diversas companhias dão seus

relatos e reforçam a importância dos

profissionais da corretagem durante

a crise de covid-19.

O impacto do aumento do dólar no

Seguro de Transporte Internacional

e outros aspectos relevantes neste

cenário de mudanças, pelo qual o

universo corporativo passa, foram

analisados por uma seleção especial

de colunistas. Todos estes conteúdos

demonstram o avanço da integração

dos canais da Revista Seguro Total,

uma publicação cada vez mais conectada

e presente em praticamente

todas as plataformas de consumo de

conteúdo.

Excelente leitura :D

André Takeda

takeda@revistasegurototal.com.br

Cleber Francisco

cleber.fabiano@gmail.com

Tatiane Pina

tatiane@revistasegurototal.com.br

William Anthony

william@revistasegurototal.com.br

SIGA NAS REDES

@RSEGUROTOTAL

OU ESCANEIE O

QR CODE ABAIXO

COM A CÂMERA DO

SEU CELULAR:

3


Dados para

melhores

experiências

William Anthony

william@revistasegurototal.com.br

Cresce cada vez mais a demanda por análise

de dados. Os significados das informações

extraídas a partir do comportamento

de usuários podem ser muito

úteis na hora da resolução de problemas.

Os especialistas apontam, entretanto, que uma boa

análise de dados e processos leva em consideração

uma ampla investigação com a mente aberta para

testes de hipóteses e causas para determinada questão.

Outro aspecto necessário para implementar processos

mais assertivos na hora de tomar decisões estratégicas

é basear-se em metodologias consolidadas e

soluções tecnológicas. Isso pode ser utilizado ainda

para conhecer um pouco mais sobre determinado

mercado e amparar o desenvolvimento de diferenciais

na hora de incrementar resultados.

A construção de padrões e relações entre informações

em soluções de Business Intelligence ocasionam

uma demanda menor de servidores, conexões e demais

aparatos tecnológicos. Tais ferramentas permitem

até mesmo a melhora do clima organizacional de

uma empresa, conforme indicam pesquisas elaboradas

por departamentos de Recursos Humanos de diversos

empreendimentos.

Praticar a empatia e concentrar esforços na resolução

das dores do consumidor certamente são grandes

aliados na hora de otimizar recursos e atrair maiores

oportunidades de negócio.

Este breve apanhado de informações sobre o assunto

demonstra a relevância de levar a experiência das

pessoas em consideração, algo há muito destacado

em nossas publicações. Ao longo das próximas páginas

disponibilizamos diversos conteúdos neste sentido,

desenvolvidos com a contribuição de especialistas

renomados em diversos segmentos.

Confira nesta edição:

6 - Seguros garantem

Depósitos Recursais e dão

liquidez às empresas

8 - GBOEX cuida e protege o

futuro das pessoas há 107 anos

12 - Na Vibe do Vida

14 - Mudanças no modelo de

trabalho trazem aprendizado

para o mercado

16 - Modalidade ágil de sinistros

está disponível em plataforma

digital

20 - Mercado de seguros: cada

vez mais digital

24 - Gerenciamento de Risco

é fundamental para logística e

transporte

26 - Automação de processos

ajuda na otimização do tempo

30 - O meteoro teve nome:

coronavírus

32 - Qual a finalidade dos

Certificados Digitais e quem

precisa ter um

34 - Impacto do aumento do

dólar no Seguro de Transporte

Internacional

4


5


Seguros

garantem

Depósitos

Recursais e

dão liquidez

às empresas

Modalidade ganha destaque em

meio à pandemia de coronavírus

William Anthony

william@revistasegurototal.com.br

Diante da pandemia de coronavírus

é preciso fazer cada vez

mais escolhas em um curto espaço

de tempo. Todo empresário,

além de otimizar os custos

para manter as operações, deve estar atento

às opções securitárias - que podem trazer uma

significativa economia de recursos e evitar

que situações inesperadas possam inviabilizar

a continuidade das atividades.

Uma pesquisa do Conselho Nacional de

Justiça (CNJ) aponta que tramitavam, ao

menos, 80 milhões de processos judiciais no

Brasil em 2018. Neste sentido, fica evidenciada

a importância dos seguros que garantem

depósitos recursais. “Essa modalidade

de seguro relativamente nova é de extrema

importância para as empresas, principalmente

no cenário atual. As corporações que

possuem grande número de funcionários

têm como reflexo expressivo o número de

eventuais processos trabalhistas. Através do

Seguro Garantia Depósito Recursal, a

empresa consegue garantir o valor exigido

para recorrer da decisão sem ter que prejudicar

o caixa e imobilizar recursos”, explica

Ricardo Géo, sócio-fundador da Deal

Seguros, especializada na consultoria de riscos

e corretagem de

seguros para o segmento

corporativo.

Ainda de acordo com

o especialista, cresceu

a procura por todos

os tipos de garantias

judiciais. “É uma forma

extremamente inteligente,

legal e ágil

de permitir a manutenção

da liquidez das

empresas, bem como

retornar ativos e valores

depositados em sócio-fundador da Deal Seguros

Ricardo Géo,

juízo ao caixa”, revela

ao enfatizar que este tipo de cobertura é recomendada

para negócios com alto volume de

colaboradores, demissões e turnover.

Ricardo Géo reitera que apenas um corretor

de seguros habilitado poderá realizar as devidas

orientações para a correta contratação

deste tipo de solução. “O corretor especialista

certamente conseguirá apresentar condições

e custos diferenciados, dado seu volume de

produção junto às companhias e conhecimento

para melhor formatação do negócio”, acrescenta.

6


Diego Campos,

Gerente de Garantia da THB

Para o Gerente de Garantia da

THB, Diego Campos, essa opção ainda

garante maior liquidez aos empreendimentos.

“Anteriormente os valores

dos recursos eram caucionados em dinheiro.

Com a emissão de apólices, ao

invés de caução em dinheiro, as empresas

podem utilizar tais valores em sua

atividade fim, sem onerar seu capital de

giro”, justifica.

Campos ainda destaca uma recente

instrução do CNJ, que permite a substituição

de valores já depositados por Seguro

Garantia Depósito Recursal. “Foi

uma ótima notícia. Anteriormente havia

a possibilidade de emissão apenas para

novos recursos e não para substituição.

Essa normativa abriu a possibilidade

das empresas solicitarem a substituição

de valores que estavam parados há

anos nos processos, fazendo com que os

mesmos retornem para seu caixa”, completa.

Segundo Nicholas Weiser, Diretor

Comercial da EZZE Seguros, as empresas

interessadas em contratar este

tipo de cobertura devem passar por uma

análise de crédito nas seguradoras. “São

levados em conta todos os indicadores

financeiros e operacionais para aprovação

do crédito. Este tipo de contratação

é recomendado para qualquer empresa,

desde que a mesma tenha solidez financeira

e operacional”, demonstra.

Weiser ainda lembra que os custos do

Seguro Garantia Depósito Recursal são

muito mais competitivos que as fianças

bancárias dos bancos. “Nesta época de

crise, a modalidade de garantia judicial

é, de fato, uma importante solução para

as empresas em buscar a substituição de

depósitos judiciais pelo seguro e trazer

este valor para o fluxo de caixa ou para

que a empresa não tenha de fazer o depósito

em novas ações judiciais com a

apresentação da apólice”, afirma.

Além disso, a modalidade pode representar

ganhos diferenciados aos profissionais

da corretagem de seguros. “Toda

a equipe da EZZE está à disposição para

apoiar da melhor forma os corretores

que já trabalham com Seguro Garantia

e orientar quem deseja iniciar a comercialização

desta importante solução

para as empresas. Além dos seguros

tradicionais, essa modalidade é uma

importante solução para cross selling

junto a carteira dos corretores. Existem,

ainda, cursos bastante acessíveis, além

diversos materiais e conteúdos educativos

nos meios digitais. As informações

também estão disponíveis nos sites das

seguradoras”, encerra ao salientar que

a seguradora também tem gerado diversas

publicações nas redes sociais e

participado de outras ações como lives

e webinars.

"Este tipo de contratação

é recomendado para

qualquer empresa, desde

que a mesma tenha solidez

financeira e operacional".

Nicholas Weiser,

Diretor Comercial da

EZZE Seguros

7


GBOEX cuida e protege o

futuro das pessoas há 107 anos

Empresa centenária aposta na relação

duradoura com os associados

William Anthony

william@revistasegurototal.com.br

A

criação do GBOEX aconteceu

em 1913, em um período delicado

da história - um cenário mundial

de pré-guerra. O intuito inicial

da instituição era amparar financeiramente

as famílias de associados militares

falecidos. Desde 1965, a sociedade civil também

pode contar com as soluções de amparo

baseadas nos conceitos de Solidez, Tradição e

Segurança do GBOEX, uma Entidade Aberta de

Previdência Complementar (EAPC) Sem Fins

Lucrativos que conta com associados de Norte

a Sul do Brasil.

O Diretor-Presidente da Diretoria Executiva

do GBOEX, Ilton Roberto Brum de

Oliveira, conta aos leitores da Revista Seguro

Total um pouco dessa história - que completa

107 anos este mês. “O propósito da empresa

em todos esses anos foi manter-se fiel a seu

compromisso de cuidar, proteger e amparar o

futuro de milhares de pessoas, assegurando o

bem-estar de muitas vidas. A administração do

GBOEX se preocupa em realizar um trabalho

transparente, que alia profissionalismo e responsabilidade

que atrai, cada vez mais, olhares para

Entidade e a mantém competitiva no segmento

de Previdência e Seguros”, explica ao ressaltar

que a empresa possui 69% de participação de

mercado entre as EAPCs sem fins lucrativos.

Um dos principais diferenciais das operações

do GBOEX é a visão de uma relação duradoura

com seus associados, segundo o Diretor-

Presidente. “Principalmente porque trabalhamos

com segurança e proteção para o futuro de

quem se ama”, comenta. Em 2019, o GBOEX

proporcionou o pagamento de pecúlio a 5.697

beneficiários - o que correspondeu uma média

de R$ 16 milhões pagos mensalmente. “Estamos

cada vez mais focados em aprimorar nossos

produtos e serviços de maneira que o associado

e sua família fiquem protegidos e tranquilos”.

Ilton Oliveira ressalta que o GBOEX planeja

cuidadosamente suas estratégias de crescimento

para “atender as mais diversas demandas dos

clientes, associados e corretores - o que contribui

para construir relações fortes e saudáveis,

para que as pessoas possam seguir tranquilas

em seu planejamento de vida, cuidando dos

8


seus, acumulando recursos e direcionando investimentos

para proteção da família, de acordo

com seu perfil. No caso do acontecimento de algum

imprevisto as famílias estarão protegidas

e amparadas financeiramente”, acrescenta ao

enfatizar a importância de uma empresa do segmento

estar aderente aos requerimentos de capital

e regras de solvência vigentes exigidas pelo

órgão regulador.

O GBOEX atua com produtos de caráter previdenciário.

Na linha de risco destacam-se os

planos de pecúlio, em acumulação, os planos de

renda e há também os de capitalização, combinados

com pecúlio. A empresa também oferece

planos de seguros de vida por meio de parcerias

estratégicas realizadas com grandes grupos seguradores.

“Os produtos de maior destaque são

o Vida Longa e o Vida Resgatável. Ao fazer um

plano Vida Longa GBOEX, além da segurança e

solidez de uma empresa centenária, o associado

pode escolher entre as modalidades, Básica,

Mais Proteção e Superproteção, além de contar

com as vantagens da Rede de Convênios. O Vida

Resgatável GBOEX é a solução que possibilita o

resgate de parte das contribuições pagas, após

24 meses de contribuição”, completa o Diretor-

-Presidente.

Ilton Oliveira destaca, dado o momento em

que vivemos, que o Pecúlio é um produto diferenciado

e com grande amplitude, uma vez

que até mesmo eventos como pandemias não

encontram-se excluídos. “Há, com isso, um genuíno

compromisso com a sociedade, pautado

em valores essenciais que norteiam ações de

prevenção, com produtos e informações de qualidade”,

diz.

Outra iniciativa relevante do GBOEX é a sua

Rede de Convênios, criada há mais de 50 anos.

A Rede conta com atualizações constantes, até

mesmo para oferecer novos formatos de utilização

aos associados. “No período de pandemia

desencadeada pelo surgimento do coronavírus

destacaram-se serviços virtuais e o atendimento

de especialidades médicas no formato digital,

por meio de parceiros da área de telemedicina.

A Rede conta com mais de 6 mil produtos

e serviços conveniados, com vantagens especiais

para os clientes e corretores”, cita Ilton. O

Diretor-Presidente ainda lembra que a

Campanha Mensalidade Premiada, exclusiva

para os associados - conta com sorteios mensais

– é também uma das formas de reconhecer a

fidelidade dos clientes. Para o corretor de seguros,

a Campanha Desafio 2020 visa valorizar o

profissional por seu esforço, dedicação e desempenho

na comercialização de pecúlio individual,

9


seguros e serviços assistenciais. “Mesmo na era

digital fica cada vez mais evidente a importância

da presença do corretor de seguros, para

orientar e inserir o consumidor no mundo dos

seguros e da previdência. Não se trata apenas de

vender. É preciso entender necessidades, identificar

perfil, orientar e indicar o produto ideal

para o cliente. Um bom relacionamento interpessoal

continua a ser um diferencial e a fidelidade

é conquistada naturalmente”, justifica.

Parceiros de Negócios

Parcerias são fundamentais em qualquer segmento.

No caso do GBOEX, o Diretor-Presidente

reconhece a ênfase no bom relacionamento

com os corretores e demais integrantes do ecossistema

do mercado segurador pelo “orgulho da

parceria estabelecida com estes profissionais”.

“Reconhecemos a importância da categoria em

propiciar orientação, consultoria e segurança

para as pessoas através da apresentação da

empresa, seus produtos e serviços, de modo a

entregar um propósito de valor agregado e de

acordo com a necessidade dos clientes. Para

fortalecer ainda mais essa relação, o GBOEX

desenvolve várias ações para apoiar os corretores

em sua rotina diária, bem como no intuito

de contribuir com a evolução profissional dos

mesmos, com a disponibilização de cursos EaD

e treinamentos presenciais, ferramentas de comunicação

e campanhas de incentivo”, justifica.

GBOEX continua a se reinventar

aos 107 anos

"O GBOEX planeja

cuidadosamente suas

estratégias de crescimento

para atender as mais

diversas demandas dos

clientes, associados e

corretores".

Ilton Roberto Brum de Oliveira,

Diretor-Presidente do GBOEX

Aos 107 anos, o desafio do momento para a

empresa é continuar se reinventando. “A situação

demandou atitudes rápidas e foram superadas

com eficiência. Para a Superintendência

de Tecnologia e Informação do GBOEX foi um

grande desafio o exitoso processo de virtualização

da empresa. Muitos dos nossos processos

precisaram migrar do meio físico para o virtual.

Este desafio gerou um aprendizado enriquecedor.

Com a necessidade de distanciamento

social para enfrentamento da pandemia de

Covid-19, o GBOEX intensificou seus canais digitais

de atendimento para manter as operações

e oferecer produtos e serviços que atendam às

necessidades das pessoas", resume o executivo.

Novas tecnologias foram agregadas pelo

GBOEX para o gerenciamento dos processos.

“Foi implantado o Sistema SAP, software de

gestão empresarial do tipo Enterprise Resources

Planning (ERP). O investimento irá abranger

a gestão integrada das atividades financeiras

e contábeis para proporcionar soluções

ainda mais ágeis e eficientes. Também lançamos

um app, o GBOEX Integra, uma ferramenta

que agrega todos os serviços disponíveis pela

empresa e que garante comodidade em sua utilização.

A plataforma substitui o aplicativo da

Rede de Convênios ao integrar o serviço ao novo

canal de atendimento. O ambiente é intuitivo,

descomplicado, prático e oferece mais facilidades

ao associado”, afirma o Diretor-Presidente.

Cuidar do futuro e proteger as pessoas

“Não são somente os momentos mais difíceis

que marcam a história de uma marca, completar

100 anos em 2013 foi uma realização muito

grande para toda a empresa. Também destaco

os retornos positivos que recebemos das pessoas,

ao longo dos anos, que escrevem para dizer

sobre a sua relação ou de seus familiares com

a Entidade”, salienta Ilton quando questionado

pela reportagem da Revista Seguro Total sobre

quais momentos foram os mais marcantes na

história do GBOEX. A afirmação vai ao encontro

dos pilares do GBOEX, muito ligados à proteção

das pessoas. "Adequamos nossa Comunicação

para valorizar a importância dos comportamentos

individuais para o cuidado coletivo. Isso é,

também, cuidar do futuro e proteger as pessoas.

Assim surgiu o conceito do posicionamento

‘Cuidado é assim: quando todos têm, o mundo

fica bem’, que estampa nossas redes sociais e canais”,

sublinha o Diretor-Presidente.

As novidades no GBOEX não devem parar. Segundo

Ilton Roberto Brum de Oliveira, “Para os

próximos meses, as dinâmicas atuais de teletrabalho

e o aumento das vendas digitais permitirão

que as empresas readequem e promovam

mudanças nas rotinas praticadas anteriormente

à pandemia. Na empresa, novos serviços serão

implantados, campanhas permitirão benefícios

para aqueles que se relacionam com a marca

e novidades comerciais serão apresentadas ao

mercado. Mantemos sempre o nosso compromisso

de cuidar e proteger os associados, sempre

valorizando os colaboradores e os parceiros

corretores”, encerra.

10


RECEBA AS NOTÍCIAS

EM SEU E-MAIL!

11


Na

Vibe do

Vida

Liberty Seguros apresenta série de

iniciativas para apoiar os corretores

a aproveitarem as oportunidades dos

Seguros de Vida

Liberty Seguros

Publieditorial

As mudanças causadas pela pandemia

de Covid-19 já são perceptíveis

em diversos aspectos

relacionados ao consumo. Na

categoria de seguros especificamente,

a crise parece ressaltar as tendências

já observadas nos últimos anos, por exemplo,

a desaceleração das vendas de seguros de automóveis

e as crescentes oportunidades nos

Seguros de Vida.

As companhias têm se movimentado para

continuar crescendo neste novo cenário e uma

delas é a Liberty Seguros, que vem investindo

fortemente para se destacar como uma das

principais seguradoras de Vida. No ano passado,

a campanha “Feliz da Vida”, impactou mais

de 12 mil corretores que participaram de treinamentos,

eventos e campanhas de incentivo

de vendas.

Neste mês, a seguradora apresenta a campanha

“Na Vibe do Vida”, com mais uma série de

ações exclusivas como lançamentos de coberturas

e melhorias em produtos, campanhas de

incentivo de vendas, treinamentos exclusivos

de Mindfullness e Iniciativas e Ferramentas

Liberty para venda de produtos Vida, entre

outras, com o objetivo de capacitar os corretores

a ampliarem suas vendas nos seguros individuais

e em grupo. Além de iniciativas que

impactam também os clientes, como playlists

inéditas no Spotify e duas turmas extras de

Mindfulness.

“Na campanha deste ano, convidamos os corretores

a embarcarem em um movimento leve,

cheio de energia positiva para celebrarmos juntos,

os pequenos momentos que fazem a vida

mais feliz. Nos próximos meses, iremos lançar

várias ações para apoiar nossos parceiros a

crescer junto a companhia, tendo a segurança

de que podem contar com a qualidade dos

nossos produtos e serviços”, destaca Alexandre

Vicente, Diretor de Seguros de Pessoas da

Liberty Seguros (Foto/Divulgação).

"Iremos lançar

várias ações para apoiar

nossos parceiros a

crescer junto a companhia"

Alexandre Vicente,

Diretor de Seguros de Pessoas

da Liberty Seguros

12


13


Mudanças no modelo de trabalho

trazem aprendizado para o mercado

Crise do coronavírus promove reflexão

sobre relações e espaços físicos de trabalho

A

crise desencadeada pelo coronavírus

fez com que muitas iniciativas

tivessem de ser replanejadas.

Foi o que aconteceu com a

Lei Geral de Proteção de Dados,

antes prevista para vigorar a partir de agosto

de 2020, por exemplo. O modelo de trabalho

também precisou ser repensado, dada a recomendação

de isolamento social para evitar

uma contaminação ainda mais acelerada da

doença. Muitos estão prestes a completar o

primeiro trimestre na modalidade home office.

A situação não foi diferente com a Allianz

Seguros. A seguradora contava com um projeto

de Digital Working, que dava a possibilidade

de se trabalhar em casa para algumas

áreas da empresa uma vez por semana. “Com

o avanço da pandemia e a troca de experiência

que tivemos com nossos colegas do Grupo

Allianz na Europa pudemos fazer uma previsão

Tatiane Pina

tatiane@revistasegurototal.com.br

de que a situação se agravaria em poucos dias”,

conta Rosely Boer, Diretora de Operações da

companhia no Brasil. A executiva lembra da

força-tarefa desencadeada pelo departamento

de tecnologia para aquisição de notebooks,

celulares, licenças para ferramentas de acesso

remoto e tokens de 4G para colaboradores sem

acesso à internet em suas residências. “Além

do setup adequado de equipamentos, realizamos

treinamentos e a entrega de recursos.

Também estruturamos uma solução de URA

em Cloud para o contact center”, relata ao enfatizar

que todas as áreas da empresa estavam

aptas a trabalhar de casa em poucos dias.

A ampliação da conectividade foi a forma das

empresas preservarem a saúde de seus colaboradores

sem deixar de atender seus clientes e

parceiros. “Focamos em simplicidade e a digitalização

foi muito importante para que a transição

para o home office tenha ocorrido com

14


sucesso”, acrescenta Rosely. A diretora ainda

acrescenta que alguns processos ganharam

ainda mais agilidade, mesmo com o cenário de

pandemia. “É extremamente importante que

as equipes interajam e trabalhem sinergicamente,

com objetivos claros. Os líderes passam

a ter um papel fundamental, que é o de estreitar

o contato e transmitir segurança, estimular

a co-criação e a troca de experiências à distância”,

justifica Rosely Boer.

Uma comunicação clara e eficiente é fundamental

no quesito corporativo. De acordo com

a Diretora de Operações da Allianz Seguros no

País, a troca de experiências em nível mundial

com as demais unidades do grupo segurador

foi indispensável para a adoção de medidas

adequadas. “Queríamos transmitir a todos a

mensagem do quanto a Allianz respeita e se

preocupa com a segurança dos colaboradores.

A digitalização veio definitivamente para ficar

e transformar o mundo e as relações”, opina.

"A digitalização veio

definitivamente para

ficar e transformar o

mundo e as relações".

Rosely Boer,

Diretora de Operações da

Allianz Seguros no Brasil

“A capacidade de adaptação ao ‘novo normal’

e a rapidez com que as empresas se integrem

aos novos ecossistemas serão base para o início

de um novo ciclo de crescimento”, finaliza

otimista.

DOE LEITE MATERNO.

NESSA CORRENTE PELA VIDA, CADA GOTA FAZ A DIFERENÇA.

/minsaude

/minsaude

/MinSaudeBR

@MinSaude

/ministeriodasaude

Qualquer quantidade de leite materno doado faz diferença. Informe-se

no Banco de Leite Humano mais próximo sobre a maneira mais segura

de doar, mesmo durante a pandemia. Se você pode, doe leite materno.

#DOELEITEMATERNO

Saiba mais em

saude.gov.br/doacaodeleite

15


Modalidade ágil de sinistros está

disponível em plataforma digital

Insurtech disponibiliza funcionalidade para

simplificar liquidação de sinistros

GEO | Big Data

geodigital.tech

Entre os novos desafios colocados

pelo avanço da Covid-19, está a

reorganização da nossa rotina de

trabalho e as ferramentas que utilizamos

para manter os negócios

ativos. Neste contexto, processos são revistos,

dinâmicas alteradas e hábitos são transformados.

Tudo isso leva a uma mudança de comportamento

que, quanto mais tempo durar, mais

arraigada ficará em nós.

Hoje é difícil imaginar que um processo de

sinistro, para ser liquidado, necessite de papelada

e assinaturas analógicas, passando de um

lado para outro. Por não se conformar com essa

burocracia, a GEO, empresa de tecnologia pioneira

na gestão e comercialização totalmente

online de seguros, desenvolveu e oferece em seu

portal a funcionalidade de sinistro ágil.

Com essa inovação, é possível fazer a gestão

completa de sinistros direto no portal, sem o

envio de qualquer documento físico. Isso torna

o processo mais seguro, rápido e menos burocrático,

trazendo conforto e agilidade às seguradoras

que disponibilizam os seus produtos no

portal; às corretoras que distribuem esses seguros;

e às empresas que contam com a proteção

dessas apólices.

Essa maneira de gerir os sinistros realça o

comprometimento dos serviços prestados ao

mercado com foco em oferecer a melhor e mais

avançada experiência para o usuário. O Portal

GEO conta com mais de 18 anos de operação

tecnológica contínua e oferece também funcionalidades

como o faturamento inteligente. Essa

ferramenta garante mais agilidade e menos trabalho

operacional nos seguros de crédito com

averbação mensal.

"Continuamos trabalhando para que todos os

nossos usuários possam, em segurança, alavancar

as suas performances de atendimento. Acreditamos

que disponibilizar o sinistro ágil está

alinhado a este propósito, pois beneficia toda a

cadeia de clientes, corretoras e seguradoras envolvidas

na operação", afirma Rossana Costa,

diretora da GEO.

"Continuamos trabalhando

para que todos os nossos

usuários possam, em

segurança, alavancar suas

performances de atendimento"

Rossana Costa,

Diretora da GEO

16


17


18


19


Mercado de seguros:

cada vez mais digital

Ajustes operacionais e projetos inovadores

entram na pauta de agentes do setor

O

setor de seguros continuou

operante, mesmo diante da

pandemia de coronavírus. Experts

do segmento, consultados

pela Revista Seguro

Total, demonstram que a preparação para

transformação digital, realizada há algum

tempo, foi um grande diferencial na hora de

seguir recomendações para controle da disseminação

da doença. Além de preservar vidas,

empresas do ramo buscaram preservar

empregos e renda - com diversas adesões ao

movimento #NãoDemita e o desenvolvimento

de Planos de Continuidade de Negócios.

No caso da HDI Seguros, os projetos de

inovação foram acelerados a partir de 2017.

William Anthony

william@revistasegurototal.com.br

Um plano conhecido como “Go Digital” integrou

diversas ações que definiram a digitalização

como prioridade para melhoria

de processos e ganho de produtividade.

“Isso fez toda diferença na hora de colocar

em prática o Plano de Contingência na fase

da quarentena. Inclusive o home office já

era uma prática eventual. Até mesmo diretores

da companhia já trabalhavam de casa

durante alguns dias”, demonstra Fábio

Leme, Vice-Presidente Técnico da HDI

Seguros.

A mobilidade, sob todos os aspectos, é alvo

das iniciativas da seguradora. “O próprio desenvolvimento

do mantra Humana, Digital e

Inovadora resume a percepção que deseja-

20


Confira mais detalhes

no YouTube!

Escaneie o QR Code

com seu smartphone.

Fabio Leme,

Vice-Presidente Técnico

da HDI Seguros

mos. Essa mudança de posicionamento

faz todo sentido, ainda mais

neste momento. Essas três palavras

resumem muito bem o que acreditamos

e estamos exercendo. Temos

evoluído muito na visão de futuro

que temos para o negócio. Fazemos

questão de aperfeiçoar nossos processos

e ser uma seguradora que

tem a mobilidade como principal

tema. Nisso, estão incluídos os seguros

para automóveis. Também

evoluímos para seguros da patinetes,

e - dentro do HDI Em Casa -

para bicicletas”, exemplifica Leme.

“Isso molda tudo que acreditamos

em termos de proteção para nossos

consumidores, onde quer que eles

estejam. Todos os principais produtos

que oferecemos através dos

corretores são parte deste ecossistema”,

completa.

Neste sentido, a HDI reforça a

parceria com os corretores de seguros.

“Esses profissionais demonstram

a resiliência deste mercado.

Muitas indústrias fecharam as portas

e muitos serviços não puderam

funcionar durante a quarentena. O

corretor é o grande alicerce deste

negócio. Continuam trabalhando

em suas renovações, atendem os

consumidores, dão suporte aos sinistros

e efetivação de serviços de

emergência e, mesmo de casa, o

mercado está ativo e funcionando”,

destaca o executivo ao demonstrar

a relevância da consultoria de qualidade

prestada pela categoria.

Com uma equipe altamente engajada

em colocar os usuários de suas

soluções no centro das decisões, a

Previsul Seguradora obteve destaque

por ser a primeira companhia

da América Latina a incluir a cobertura

para coronavírus em suas

apólices de seguros. A decisão foi

seguida por grande parte das seguradoras

e, recentemente, o Senado

Federal aprovou a inclusão da

doença nas coberturas securitárias

em todo o Brasil. “O Grupo Caixa

Seguradora Holding e a CNP

Assurance, acionistas da Previsul,

possuem uma enorme responsabilidade

social e a preocupação em devolver

para a sociedade as demandas

de proteção da vida e patrimônio”,

resume o CEO da companhia,

Renato Pedroso.

Segundo Pedroso, a implantação

de processos ágeis levou em conta

a experiência de clientes, parceiros

de negócios e demais agentes do

ecossistema de seguros. “Este movimento

integrou diversos departamentos

da seguradora. Tudo foi

construído para propiciar cotações

rápidas, simples e que oferecessem

autonomia na ponta para os corretores.

Isso gera maior transparência

nas relações e é importante

porque vendemos confiança, com

a promessa de efetuar coberturas

securitárias no futuro no caso do

acontecimento de um infortúnio”,

argumenta ao enfatizar que as pla-

Renato Pedroso,

CEO da

Previsul Seguradora

21


taformas da Previsul conseguem cotar e emitir

uma apólice de seguros em pouquíssimos

minutos. “Também é possível fazer uma contratação

através do WhatsApp”, acrescenta

ao ressaltar a atenção ao atendimento omnichannel.

Com a queda na renda da população, é mais

frequente o ajuste das coberturas securitárias

na hora das renovações. Outro fator que

deixa as empresas em alerta é o aumento

proporcional do número de roubos e furtos

de veículos durante a pandemia. Uma estimativa

da Ituran Brasil indica que o crescimento

no número de eventos deste tipo

foi de aproximadamente 16%. “As pessoas

vão optar por seguros mais baratos. Nossos

parceiros seguradores conseguem oferecer

prêmios mais atrativos aos segurados que

possuem nossos rastreadores, uma vez que

a taxa de recuperação está em níveis acima

de 80%. Isso exige alta tecnologia e expertise

profissional para atender este nicho. Recebemos

alertas em tempo real, já no início

do furto, e isso faz toda diferença”, exemplifica

Amit Louzon, CEO da Ituran Brasil. O

especialista ainda enfatiza uma série de medidas

tomadas para diminuição dos impactos

para os parceiros de operação da Ituran,

tais como corretores e lojas autorizadas. “A

Ituran é líder no mercado de monitoramento

e recuperação veicular. A empresa oferece

produtos para proteção contra roubo e furto

de veículos e contamos com mais de 2 milhões

de clientes”, completa ao salientar que

"Nossos parceiros

seguradores conseguem

oferecer prêmios mais

atrativos aos segurados que

possuem nossos rastreadores"

Amit Louzon,

CEO da Ituran Brasil

22


os rastreadores foram desenvolvidos através de

um consórcio das empresas AirTouch (EUA),

Teletrac (EUA) e Tadiran (IL), um dos maiores

conglomerados da indústria eletrônica de Israel.

Matias Ávila,

Diretor da

MOOZ Assessoria

Gustavo Zanon,

CEO da Seguralta

A série de ajustes faz com que, cada vez mais,

treinamentos e capacitações ocupem uma posição

de protagonismo aos profissionais do

mercado. Matias Ávila, Diretor da MOOZ

Assessoria, afirma que como segurador aprendeu

muito com os corretores. “Sempre que podemos

trazemos profissionais das seguradoras

para treinamentos na própria assessoria. Buscamos

sempre treinar e qualificar pessoas, de

modo que os clientes sempre recebam as melhores

informações e produtos”, embasa. “O corretor

de seguros ainda é o canal mais barato para

seguradoras e a melhor opção de confiança para

os clientes. Cada vez mais este profissional tem

de se valorizar e levar toda qualidade de seu serviço

para o cliente. Por isso é importante conhecer

as novas ferramentas. Não podemos deixar

de aprender e ensinar todos os dias”, analisa.

O CEO da Seguralta, Gustavo Zanon, considera

extremamente relevante a utilização de

softwares para gestão do funil de vendas, jornada

do cliente e análise de dados. “É preciso

saber por onde os clientes estão entrando, como

eles navegam em seu site, ter ferramentas para

controle de processos e que fornecem respaldo

jurídico também vão fornecer um maior controle

operacional”, diz. “O corretor precisa reduzir

as despesas e melhorar a performance. Isso só é

possível através de indicadores relevantes, para

que os colaboradores saibam exatamente o que

fazer”, complementa.

Pedro de Oliveira,

CEO da Quisto Corretora de Seguros

O CEO da Quisto Corretora de Seguros,

Pedro de Oliveira, acredita que este pode

ser um ponto de inflexão. “O mercado está bem

aquecido. Sabemos das imposições da atualidade,

mas não existe crescimento sem dor. A

mudança primeiro tem de vir de cada pessoa.

Mudando o pensamento é possível mudar tudo

a nossa volta. Adaptações devem ser feitas. Isso

é irrefutável. Seja na forma de gestão, conduzir

o negócio, capacitar um franqueado, buscar segurados

ou clientes e fazer divulgações”, conta.

23


Gerenciamento

de Riscos é

fundamental

para logística e

transportes

Servis alia tecnologia e inteligência

em soluções customizadas

Redação Seguro Total

redacao@revistasegurototal.com.br

O

elevado índice de perdas no

transporte de cargas no Brasil em

decorrência de roubos chama a

atenção dos especialistas há algum

tempo. Um levantamento da

Associação Nacional do Transporte de Cargas

e Logística (NTC) estima que, apenas no ano

de 2018, aconteceram mais de 22 mil ocorrências

do tipo e que os prejuízos ultrapassaram

os R$ 2 bilhões.

Por isso, a Servis Gerenciamento de

Riscos aposta em soluções diferenciadas e customizadas

de acordo com as necessidades dos

operadores de logística e transportes - com o intuito

de mitigar riscos. “O Brasil detém o maior

índice de roubo de cargas do mundo. É preciso

investir em tecnologia, gerenciamento de riscos

e serviços de inteligência para combater justamente

os roubos - que acontecem em todo o território

nacional, mas estão muito concentrados

na região Sudeste (quase 90%, de acordo com

o especialista)”, revela David Silva, Diretor

Executivo de GR.

Com mais de 40 anos de atuação, o Grupo

Servis está presente em 8 estados do Brasil e

gera mais de 7 mil empregos. O braço de gerenciamento

de riscos, existente há 18 anos na

empresa, alia inteligência e tecnologia. “Contamos

com várias ferramentas. Quem investe

em segurança - seja empresário, transportador

ou um embarcados - consegue reduzir o índice

de roubos e, consequentemente, melhores taxas

na renovação de suas apólices de seguros”,

exemplifica David. “O gerenciamento de riscos

serve para toda cadeia de transporte e logística.

Somos homologados nas seguradoras e quem

quiser mitigar roubos, sinistros e avarias pode

nos procurar. São mais de 18 ferramentas em

nosso portfólio que proporcionam bons resultados

para os contratantes. Isso beneficia todo

ecossistema de negócios”, acrescenta.

A alta taxa de sucesso nas ações de gestão de

riscos da Servis está relacionada principalmente

aos estudos das rotinas e necessidades por parte

das empresas que contratam seus serviços. “Estudamos

toda a estrutura do cliente. Seus sinistros,

estrutura e riscos. Com isso planejamos e

executamos tudo que precisa ser feito”, finaliza.

Confira detalhes

exclusivos pela web!

Escaneie o QR Code

com seu smartphone.

24


25


Automação de

processos

ajuda na

otimização

do tempo

Atenção deve estar voltada à

satisfação do cliente, revela especialista

Confira detalhes exclusivos

em nosso canal no YouTube!

Escaneie o QR Code

com seu smartphone.

Tatiane Pina

tatiane@revistasegurototal.com.br

É

fato que, cada vez mais, a satisfação

do cliente em sua experiência

com determinada marca é crucial

na hora da tomada de decisão durante

a relação de consumo. Uma

pesquisa da Sociedade Brasileira de Varejo e

Consumo (SBVC) revela que a satisfação dos

clientes de e-commerce durante a pandemia é

de aproximadamente 80%, dada a comodidade

proporcionada por esta modalidade de aquisição

de produtos.

Neste sentido, a especialista em inovação

da Bridge2Innovation, Adriana Valadão,

baseou sua participação na maratona de webinars

promovida pela Revista Seguro Total

no começo de abril. A ação deu início a uma série

de transmissões, realizadas diversas vezes

por semana nos canais digitais da publicação.

“Com a automação, por exemplo, é possível focar

nos clientes que tiveram alguma ação em

cima de uma campanha de e-mail marketing

e trabalhar de forma mais inteligente. É possível

programar ações como o envio de materiais

apenas ao clicar em determinado link ou

programar a ligação de um atendente para essa

pessoa”, exemplifica.

Adriana lembra que sempre é preciso reforçar

a questão de treinamentos e capacitações, além

de demonstrar atenção ao avanço da participação

das redes sociais como aliadas nas capta-

26


ções de leads e respectivas vendas. “Para quem

trabalha com um público B2B o LinkedIn pode

fazer mais sentido. Para quem atua em varejo de

Pessoa Física pode ser que o Facebook seja mais

interessante. Outros fatores, como faixa etária,

também podem influenciar. A questão é de onde

os clientes vêm, como eles gostam de ser contatados

e de que maneira eu posso interagir com

eles?”, resume ao demonstrar que compreender a

linguagem de cada rede funciona é fundamental

para a conquista de bons resultados.

Para a especialista, é preciso considerar como

uma nova tecnologia pode agregar valor aos negócios,

como aumento de vendas, redução de custos,

otimização de processos e redistribuição das equipes

de determinadas áreas. “O processo de design

thinking facilita na hora de identificar efetivamente

quais as oportunidades existentes. Muitos negócios

apostam em iniciativas como hackathons.

Tudo isso também deve andar em conjunto com

a mediação de desempenho baseada em objetivos

e resultados”, completa. “Temos de cuidar da

saúde, seguir as recomendações das autoridades e

nos prevenirmos. No entanto, também é necessário

pensar no seguimento do Plano de Negócios e

repensar estratégias”, justifica.

Adriana Valadão enfatiza como o compartilhamento

de experiências pode ajudar neste momento

de adversidades. “Pode-se participar de grupos

de empreendedores e entusiastas de tecnologia,

testar ferramentas gratuitas ou baratas e adequar

as soluções às necessidades da empresa”, cita ao

lembrar da indispensável utilização de um software

para gestão da base de clientes (CRM). “Hoje

em dia é possível fazer a automação de praticamente

toda jornada, até mesmo a geração de um

contrato. Trabalhe com o que você tem disponível

agora. O importante é a persistência”, diz.

O Marketing Digital trata-se de um grande aliado

neste momento em que a Comunicação das marcas

precisa ser ágil e efetiva. “Entenda seu ramo

e quais produtos você trabalha. Verifique as coberturas

e demonstre ao cliente que você entende

daquilo que está vendendo. No caso do ramo de

"Acredite em seus

objetivos e tenha

um propósito maior"

Adriana Valadão,

Especialista em Inovação da

Bridge2Innovation

seguros, por exemplo, é comum que os clientes

façam buscas prévias sobre o funcionamento de

suas coberturas, valores e planos ofertados pelas

companhias de seguros. Seja o melhor naquilo

que você puder. Escreva, faça vídeos e até mesmo

dê sua opinião sobre assuntos em que você pode

ser uma autoridade”, aconselha a executiva da

Bridge2Innovation.

“O que transformou a minha vida foi estudar tecnologias

emergentes. Eu era uma vendedora das

antigas e decidi que queria trabalhar com as soluções

da IBM. Estudei por conta e, no final, fui uma

vendedora de destaque em nível nacional. Com

isso quero dizer para que as pessoas não desistam.

‘Ah, você está muito velha’. ‘Ah, você é muito

nova’, ‘Você não tem capacidade’. Não acreditem

em nada disso. Se você conseguir se dedicar às capacitações

é porque você tem capacidade e, para

isso, é preciso ter disciplina”, justifica Adriana

Valadão.

Para a especialista, “o mundo nunca mais vai

voltar ao ‘normal’. A gente tem de entender isso,

assimilar e identificar as oportunidades que, certamente,

estão aí. Quem ajuda as outras pessoas

sempre também terá a oportunidade de ser ajudado.

Juntas as pessoas vão conseguir, efetivamente,

reerguer-se”. “Não deixe que ninguém te

desanime. Acredite em seus objetivos e tenha um

propósito maior do que apenas ganhar dinheiro”,

finaliza Adriana.

27


28


29


O meteoro teve nome:

coronavírus

Se sobrevivermos, sairemos mais digitais.

Sua corretora está preparada para esse momento?

Felipe Baeta

CEO da Piwi®

Previsões catastróficas sempre fizeram

parte da vida cotidiana. Para

alguns, um novo meteoro extinguiria

a vida como a conhecemos,

aos moldes do que aconteceu com

os dinossauros. Em nosso mercado, as agências

bancárias como canal de vendas, as ​insurtechs​,

a venda direta e os marketplaces​já foram considerados

uma ameaça ao corretor. Mas, poucos

vislumbraram os efeitos, em nossa sociedade e

setor, de uma pandemia como a que estamos

vivendo.

A percepção, fruto das interações que tenho

tido com alguns futuristas, é de que as mudanças

serão profundas. Mas, nada novo. Trata-

-se, na minha visão, de um processo que deve

acelerar tendências que já olhávamos há algum

tempo. Afinal, ​home office​, consumo consciente,

​webinars​, servidores de dados e aplicações

na nuvem, sustentabilidade, reuniões virtuais,

compras​online não são termos cunhados ontem.

Haverá um novo normal, muito mais digital.

E, certamente, com maior consciência sobre

os excessos da vida.

Evidentemente, as externalidades não param

por aí e muito menos estão exclusivamente relacionadas

à digitalização ou às reflexões sobre

a forma como consumimos. Vide, por exemplo,

as decorrências do isolamento social na saúde

mental das pessoas. Passado o caos, deveremos

ser gentis com esse tema.

Agora, em uma abordagem mais pragmática

de negócio, resta-nos tentar entender como essas

marcadas mudanças na dinâmica do trabalho

e no comportamento de consumo irão afetar

o mercado e o que devemos fazer para surfar

suas oportunidades. Ainda assim, trabalho para

um livro e não para esse artigo. Foquemos no

fato de que todos estaremos mais propensos a

viver experiências digitais, seja fechando um

negócio ou na própria rotina do trabalho. Sobre

isso, duas certezas, ou melhor, crenças muito

fortes. Ser digital não é uma opção. E isso nunca

irá suplantar as relações humanas, próximas

e de longo prazo.

Ser digital não é, necessariamente, vender por

meio ​online​. Ser digital é um estado de espírito.

É movimentar-se mais rápido. Adaptar-se com

mais facilidade. Conectar-se com mais intensidade.

É menos certezas e mais experimentação.

As corretoras devem ser protagonistas da

transformação digital. Mas, sabemos que os

desafios desse movimento vão além da boa intenção

dos corretores. Esbarram em distintas

restrições regulatórias e em viciosas práticas

analógicas.

De toda forma, estejam certos de que os consumidores

que resistirem à quarentena serão

menos tolerantes.

"As corretoras devem

ser protagonistas da

transformação digital".

Felipe Baeta,

CEO da Piwi®

30


31


Qual a

finalidade dos

Certificados

Digitais e quem

precisa ter um

Ferramenta funciona como

uma assinatura digital e

possui validade jurídica

Redação Seguro Total

redacao@revistasegurototal.com.br

Dado o grande número de fraudes

que acontece nas redes,

cada vez mais cresce a discussão

sobre a necessidade

dos certificados digitais. Um

Certificado Digital funciona como uma

assinatura digital e possui validade jurídica.

A tecnologia foi desenvolvida para propiciar

mais segurança, autenticidade, confidencialidade

e integridade às informações eletrônicas.

Com a recomendação de isolamento social

devido à pandemia de coronavírus aumentou

a necessidade de se revolver as coisas através

da internet. Diversos afazeres como o reconhecimento

de firma, idas ao banco e entregas

de documentos podem ser realizadas de

forma ágil e segura.

De acordo com a Nibo Contabilidade, as

principais atividades que podem ser realizadas

através dos certificados digitais são:

- Assinatura e envio documentos pela web;

- Realização de transações bancárias;

- Envio de declarações da sua empresa;

- Assinatura de notas fiscais, conhecimentos

de transporte eletrônico (CTs-e) e manifestações

do destinatário;

- Realização de transações bancárias;

- “Login” em ambientes virtuais com segurança;

Quais são os principais benefícios?

- Garantia da validade jurídica de documentos

eletrônicos;

- Desburocratização de processos uma vez

que dispensa reconhecimento de firmas;

- Economia de tempo, já que os serviços são

realizados pela internet;

Os certificados são úteis tanto para Pessoas

Físicas e Jurídicas. Em alguns casos tratam-

-se de uma exigência, como no caso de empresas

que emitem nota fiscal eletrônica e todas

aquelas que são inscritas no regime tributário

de lucro real ou lucro presumido.

O e-CNPJ serve como um CNPJ virtual e

serve para emissão de notas fiscais eletrônicas

e demais obrigações. Já o e-CPF funciona

como um CPF virtual – que pode ser utilizado

para entregar declarações do Imposto de Renda,

por exemplo. Outro certificado é o NF-e

– utilizado para emissão e armazenamento de

notas fiscais eletrônicas. Outro tipo bastante

conhecido é o SSL – que garante segurança

na troca de informações entre os usuários de

determinado site.

Exemplos práticos de como os certificados

são úteis são enfatizados pela Serasa

Experian. Com o e-CNPJ é possível acessar o

Centro Virtual de Atendimento ao Contribuin-

32


Certificados Digitais garantem acesso

de forma segura em ambientes web

te (e-CAC), da Receita Federal – onde

estão disponíveis informações sobre situação

fiscal de um CNPJ, cadastrar-se

no Cadastro Específico do INSS (CEI),

emitir relatório fiscal, consultar processos

e até mesmo agendar um atendimento

com a Receita. Além do acesso

ao Receitanet. Estes são apenas alguns

exemplos da importância de estar a par

deste assunto – seja para os negócios ou

para a resolução de questões burocráticas.

As utilidades dos certificados digitais

crescem constantemente.

A área da saúde também se beneficia

com a Certificação Digital, que atrelada

ao Prontuário Eletrônico do Paciente

(PEP), sistema em que o histórico clínico

do paciente fica gravado, que oferece

aos profissionais mais agilidade, na medida

em que o prontuário do paciente

pode ser acessado em qualquer computador

ou dispositivo móvel.

Serviços em tempos de pandemia

Uma plataforma chamada Assine

Online disponibilizou acesso gratuito

e sem limitações durante o período de

transmissibilidade da Covid-19. Com a

ferramenta é possível realizar a validação

de quaisquer tipos de documentos,

usando a assinatura digital, que vincula

um certificado digital do assinante ao

documento a ser assinado. Ou a assinatura

eletrônica, que engloba os vários

mecanismos de autenticar o assinante,

sem o uso do certificado digital como

biometria, senha ou token.

“Além do Certificado Pessoa Física e

Pessoa Jurídica, temos o Certificado

SSL ou Secure Socket Layer, que é uma

tecnologia criada para trazer mais segurança

na troca de informações entre um

visitante e o servidor que hospeda o site.

Sendo, a melhor maneira de inibir invasões,

violação e falsificação de mensagens”,

explica Alexandre Torres, diretor

de TI da Soluti e Mestre em Gestão de

TI pela Universidade Católica de Brasília.

Segundo o especialista, com um certificado

digital é possível garantir que o

acesso ao servidor e informações da empresa

sejam realizados remotamente de

forma segura e confidencial.

"O Certificado SSL é uma

tecnologia criada para

trazer mais segurança na

troca de informações entre

um visitante e o servidor

que hospeda o site".

Alexandre Torres,

Diretor de TI da Soluti

Portal Nacional de Seguros

www.segs.com.br

O mundo do seguro em um clique!

A maior audiência do segmento

33


APARECIDO ROCHA

Insurance Reviewer

Impacto do aumento do dólar no

Seguro de Transporte Internacional

A

constante desvalorização da moeda

nacional “real” frente ao “dólar”,

que é usado no comércio

exterior, mostra uma cruel realidade:

jamais a moeda norte-americana

voltará à casa dos R$ 3,50, valor que era

negociado dois anos atrás. No dia 12 de maio,

por exemplo, o dólar comercial fechou ao câmbio

de R$ 5,7723. Em relação ao início do governo

Bolsonaro, quando a moeda era negociada

a R$ 3,89, a desvalorização é de 48,38%. Em

2020, o dólar já acumula valorização superior a

40% frente à moeda brasileira e já se encontra

em um patamar próximo de R$ 5,80.

O aumento da cotação do dólar diante ao real

traz desequilíbrio aos mercados e sugere atenção

nas atividades envolvidas com o comércio

exterior, dentre elas, o seguro de transporte internacional

de importação.

Ao contratar o Seguro de Transporte de Internacional,

o importador tem a opção de escolher

a moeda de sua apólice, fator que servirá de

base para a cobrança de prêmio e para indenização

de sinistro. Pode ser em moeda estrangeira

(dólar) ou moeda nacional (real).

Uma apólice em moeda estrangeira terá o dólar

norte-americano como referência. Todos

os valores constantes nos documentos de importação,

em qualquer que seja a moeda, serão

convertidos para dólares. Nesse modelo de seguro,

o custo do seguro (prêmio) é cobrado em

dólares, através de Ordem de Pagamento, com

instruções para conversão para reais, ao câmbio

do dia anterior (taxa Ptax do Banco Central) a

data do pagamento. Em caso de sinistro, a indenização

será efetuada considerando o mesmo

critério para a conversão da moeda. Nessa condição,

o segurado está protegido contra eventuais

perdas por variação cambial, uma espécie de

hedge cambial.

Sendo a apólice em moeda nacional, todos os

valores constantes no contrato de compra e venda

serão convertidos para reais ao câmbio da

data do embarque, o qual também será utilizado

para a cobrança do prêmio do seguro e para a

indenização de sinistro. Nessa opção, qualquer

desvalorização da moeda brasileira será prejuízo

ao importador, o que é potencializado durante

períodos de subida do dólar.

Em momentos de estabilidade cambial, as pequenas

variações da moeda são previstas e suportadas

pelo próprio negócio de importação,

mas em momentos de incerteza como o atual,

é recomendado às empresas com apólices em

moeda nacional estudar a possibilidade de alteração

para moeda estrangeira, considerando

que as indenizações de seguros podem ocorrer

meses depois da data da ocorrência do sinistro.

Exemplificando, um embarque ocorrido há três

meses, com sinistro a ser pago agora, resultaria

uma perda financeira de 33,30% pela desvalorização

do real verificada no período.

A alta do dólar causa muita tensão e traz consequências

para a economia, portanto o seguro

se torna um elemento imprescindível para evitar

prejuízos por perdas e danos às mercadorias

importadas ou por uma eventual desvalorização

cambial.

34


SEGURO AP

CAMINHONEIRO

MBM

O Seguro AP Caminhoneiro

oferece ao motorista (e seu

ajudante, se contratado)

tranquilidade durante as

viagens seguradas pelas

apólices de RCTR-C

e Transporte Nacional.

A cobertura do seguro começa

no momento em que se inicia a

viagem, estende-se aos lugares

de paradas intermediárias e termina

no momento de

chegada ao destino final.

Matriz Grupo MBM

Rua dos Andradas, 772

Centro | Porto Alegre/RS

0800 541 2555

www.mbmseguros.com.br

35


36

More magazines by this user