12.10.2021 Views

Seguro Nova Digital - 19ª edição

12 de outubro é celebrado o Dia do Corretor de Seguros. Para destacar esta data tão importante para o mercado, a Seguro Nova Digital separa uma edição totalmente especial, desenvolvida especialmente para esses profissionais responsáveis em garantir a segurança das famílias e das empresas do Brasil!

12 de outubro é celebrado o Dia do Corretor de Seguros. Para destacar esta data tão importante para o mercado, a Seguro Nova Digital separa uma edição totalmente especial, desenvolvida especialmente para esses profissionais responsáveis em garantir a segurança das famílias e das empresas do Brasil!

SHOW MORE
SHOW LESS

Create successful ePaper yourself

Turn your PDF publications into a flip-book with our unique Google optimized e-Paper software.



CRIANDO LAÇOS

S E R G I O V I T O R

Jornalista

svitor@seguronovadigital.com.br

MTB 89.595

F E R N A N D A D E O .

E O L I V E I R A

Relações Públicas

foliveira@seguronovadigital.com.br

EMIR ZANATTO

Colunista

zanatto@textecnologia.com.br

WILLIAN RIBEIRO GOMES

afp+

comunicação

integrada

Articulista

Agência Fábrica de Palavras

Conectando empresas e pessoas

CNPJ: 35.032.476/0001-99

Telefones: (11) 99586-0545 / (11) 95116-0272

Email: contato@seguronovadigital.com.br

Website: http://seguronovadigital.com.br/

Alinha divisória entre o profissionalismo

e a vida pessoal está cada vez menor

na profissão de corretor de seguros.

Para o consumidor, principalmente desa

nova geração que está mais exigente,

não tem dia, hora ou lugar para

contatar o profissional de confiança.

Essa relação ficou ainda mais forte com o aumento das

reuniões virtuais, que dão a sensação de estarmos sempre

“online”. Essa relação cria laços, principalmente se o cliente

se sente confiante após uma série de atendimentos

bem-sucedidos.

No mês do corretor de seguros, a Seguro Nova Digital

entra na sua 19ª edição. Assim como foi no ano passado,

separamos páginas de homenagens exclusivas feitas por

empresas que valorizam o trabalho da categoria.

Sempre reforçando seu relacionamento com esses

profissionais, a SulAmérica ganhou destaque neste mês

devido ao seu trabalho no fortalecimento da Saúde Integral

dos brasileiros. Com foco total nesse segmento, a

companhia se consolida como uma das maiores do país

em se tratando do cuidado de pessoas.

Uma notícia que mexeu com os nervos dos corretores

foi a flexibilização do seguro auto por meio da Circular

639/21. Em uma reportagem especial, esta publicação

ouviu consumidor, corretora e entidade com o objetivo de

esclarecer as dúvidas que permeiam os profissionais que

se deparam mais uma vez em um cenário de mudança

regulatória.

Esta edição é publicada especialmente no dia 12 de

outubro, o Dia do Corretor de Seguros. A Seguro Nova Digital

está muito feliz em fazer parte dessa história,

contribuindo com bastante informação levada para a

categoria.

Desejamos sucessos a todos os profissionais que se

dedicam para o desenvolvimento desse mercado!

Boa leitura!

S E G U R O N O V A D I G I T A L | 0 3


H O M E N A G E M

10

E M P R E S A S E N V I A M

M E N S A G E N S E S P E C I A I S

A O S C O R R E T O R E S

C A P A

20

S U L A M É R I C A E A G E R A Ç Ã O

S A Ú D E I N T E G R A L

E V E N T O

40

P A N C O R R E T O R A

O R G A N I Z A G R A N D E

E V E N T O P A R A O

M E R C A D O

R E P O S I C I O N A M E N T O

16

U N I S I N C O R , A

U N I V E R S I D A D E D O

C O R R E T O R , E S T Á D E C A R A

N O V A

F R A U D E

32

C O M O O C O R R E T O R

P O D E A J U D A R A S

E M P R E S A S N O

C O M B A T E À F R A U D E

N O S E G U R O ?

S E G U R O A U T O

50

A F L E X I B I L I Z A Ç Ã O D O

S E G U R O A U T O : O Q U E

V A I M U D A R ?








12 DE OUTUBRO | DIA DO CORRETOR

Parabéns, Corretor! A missão de levar tranquildade

e confiança para as pessoas só é possível

através da nossa parceria. O seu profissionalismo

é o grande protagonista do sucesso dos nossos

clientes.

Com tantas mudanças introduzidas no

mercado, somente o conhecimento profundo do

assunto pode contribuir para a contratação das

soluções mais adequadas às necessidades das

pessoas. É por esse motivo que o relacionamento

que se estabelece entre o corretor e seus clientes

é único e de longo prazo. O corretor de seguros

pode contar com nossos treinamentos para continuar

avançando e ajudando o consumidor. Parabéns,

corretor de seguros!

Sidney Dias, Diretor da Conhecer Seguros

Nesta data tão significativa o Brasil rende

culto a sua padroeira e também ao Corretor de

Seguros, igualmente protetor dos interesses do

segurado. O Corretor de Seguros é importante

ator na indústria do seguro, exercendo papel preponderante

nesta importante cadeia produtiva.

Viva o Corretor de Seguros.

A ESSOR parabeniza todos os corretores de

seguros pelo empenho e dedicação no mercado

de seguros. Os corretores de seguros são, sem

nenhuma dúvida, o alicerce do desenvolvimento

de nosso mercado, sendo grandes conhecedores

das necessidades dos clientes, atendendo com

qualidade e excelência.

Neste dia 12 de outubro, Dia do Corretor, a

Coface parabeniza os profissionais que zelam pela

segurança e desenvolvimento das pessoas e empresas

em todo o país. Estimado corretor, agradecemos

pela parceria e dedicação, pilares essenciais

na missão de contribuir para o crescimento

sustentável dos negócios no Brasil.

Corretor, hoje comemoramos o seu dia! Dia

daquele que garante a proteção e a segurança de

pessoas, famílias, trabalhadores e empresários.

Celebre e lembre-se: a Fetransporte Brasil está

aqui para apoiar o seu crescimento e te ajudar a

fazer mais negócios.

S E G U R O N O V A D I G I T A L | 1 1


12 DE OUTUBRO | DIA DO CORRETOR

A GC do Brasil é constituída por e para

corretores de seguros, gerando valor através dos

melhores acordos comerciais com seguradoras,

soluções de TI, marketing, administração e treinamento.

Ser corretor da GC é manter sua identidade

e fazer parte de um grande grupo. Parabéns a

todos os corretores de Seguros!

O amor e dedicação de cada um dos

Corretores é o que moverá o mercado de seguros

para a década mais empolgante e desafiadora

de nossas vidas. Parabéns para cada um de

vocês Corretores que fazem a diferença. É uma

honra tê-los como Clientes, Parceiros e Amigos.

Parabéns a todos os corretores de seguros

que seguem diariamente construindo um país

mais seguro. Uma homenagem da Rede Lojacorr

a todos os profissionais que exercem essa nobre

profissão.

Faça parte de um time de Corretores que só

cresce. A Uniforte Seguros é líder em seguros da

logística e oferece a co-corretagem: conte com

uma equipe técnica afiada que irá cuidar de todos

os trâmites dos seguros enquanto você mantém o

foco nos clientes.

Neste dia se comemora com muita alegria e

reverência o profissional dedicado, com sólidos

fundamentos e extremamente preocupado com o

bem estar de nossa sociedade. A Regula Sinistros

parabeniza todos nossos parceiros e Corretores

de Seguros por esta relação de confiança mútua.

Muito mais que um agente autorizado que intermedia

apólices entre segurados e Cias, é um

verdadeiro guardião da sociedade.

Oferecer proteção e colocar os clientes no

centro de tudo são propósitos da Zurich. O

corretor de seguros tem um papel estratégico,

pois orienta e oferece a solução que mais atende

às necessidades dos segurados. Juntos, contribuímos

para um futuro mais tranquilo e sustentável.

Parabéns pelo seu dia.

S E G U R O N O V A D I G I T A L | 1 2






ENTIDADE |

UNISINCOR

“Esta gestão não poderia se afastar do processo

de capacitação. O mundo hoje é um ambiente hostil

e não permite mais comodismo e estagnação. A

velocidade nessas mudanças é a realidade do

mercado. A capacitação, a informação e a qualificação

é tudo que o Sincor e suas entidades parceiras

devem oferecer aos corretores para fortalecer o

Negócios e Seguros (ENS), que possui um quadro

de professores já conhecidos entre os alunos.

O presidente do Sincor valoriza essa parceria. “O

corretor se orgulha em dizer que passou pela

ENS. Para a Unisincor é um complemento perfeito,

pois estimula o associativismo e a manutenção

de uma boa estrutura”.

mantra do empreendedorismo”, explica Camillo. Essa união entre as entidades viabilizou uma

A evolução iminente na Unisincor foi fruto de

algumas parcerias. Recentemente, a universidade

passou a contar com a experiência da Escola de

Alexandre Camillo, Presidente do Sincor-SP

Deixamos o legado de uma

casa arrumada e pronta

para outras necessárias

evoluções

série de benefícios aos corretores, como o Programa

de Fidelidade ENS+. Nessa iniciativa, o associado,

ao fazer sua contribuição, acumula pontos,

que acabam funcionando como uma espécie

de milhagem. Em seguida, o dinheiro investido no

associativismo dá direito a ele obter benefícios na

ENS, como descontos em cursos, por exemplo.

O líder do Sincor-SP diz que programas dessa

natureza só foram possíveis graças à reaproximação

do sindicato com a Escola após anos de pouco

diálogo. “É uma união de duas entidades que

conhecem o setor e sabem das suas responsabilidades”,

destaca. Além disso, o momento político e

de avanços com a Fenacor e com a ENS possibilitaram

uma parceria histórica nesse ecossistema,

segundo Camillo.

Próxima gestão

Camillo afirma que o próximo gestor encontrará

a Unisincor diferente do que ele pegou em 2014.

Mesmo cumprindo seu papel, a universidade precisava

passar por um reposicionamento, segundo

o líder. Desse modo, o sindicato repaginou a grade

de cursos e ofereceu ferramentas acessíveis

para que facilitasse o acesso do corretor aos seus

materiais à distância.

O líder do Sincor celebra a nova universidade,

mas alerta que é muito fácil tudo se perder caso a

equipe de 2022 não esteja empenhada em seguir

com os investimentos. “Deixamos o legado de uma

casa arrumada e pronta para outras necessárias

evoluções. A Unisincor está consolidada operacionalmente

e bem estruturada. A casa está arrumada

para que a próxima gestão faça uma leitura das

necessidades dos alunos. Espero que os sucessores

saibam fazer muito bom uso disso. Para se

construir algo importante é preciso uma série de

coisas darem certo”.

S E G U R O N O V A D I G I T A L | 1 7



ESPECIAL |

SIS GROUP

A tecnologia sem dúvida é uma grande aliada

nesse processo. A Neo Business Solution, por

exemplo, oferece ao setor uma plataforma tecnológica

que agrega inteligência para otimização de

processos de venda de seguros e serviços, realizando

cotação, pagamentos, emissão de bilhetes

de seguros, além de fazer uma gestão financeira

completa. Já a Solution2.me oferece soluções

mobile para os mercados de seguros e varejo,

com um leque de serviços que vai desde o reparo

e remanufatura de celulares usados até a plataforma

tecnológica cell check, permitindo a avaliação

estética e funcional do aparelho, sua procedência

e análise do perfil do consumidor, podendo

ser utilizada nos processos de recompra de

aparelhos, venda de seguros e outras aplicações.

“É uma solução que atende e beneficia todos

os agentes envolvidos no processo, o dono do

celular, a seguradora e o varejo. O cliente pode,

por exemplo, realizar uma avaliação técnica sobre

o seu aparelho através da plataforma para

vendê-lo conforme o seu atual estado. Para as

seguradoras, é uma segurança a mais para cobrir

esse aparelho, através da avaliação técnica

desenvolvida por nós. Também simplificamos o

processo para a rede de varejo que recebe celulares

usados. De forma rápida e objetiva, realizamos

a avaliação dos aparelhos sem a necessidade

de alocar recursos humanos.”, reforça

Paulo.

Em paralelo, a companhia também foca na

satisfação do cliente final. A fim de oferecer uma

melhor experiência ao segurado, por exemplo, a

companhia investiu no desenvolvimento do Portal

do Cliente. Segundo Peret, o momento do sinistro

é fundamental estabelecer um bom relacionamento

entre o segurado e a seguradora.

“Entendemos que a hora do sinistro é crucial

para a consolidação da imagem da seguradora.

Por isso, é necessário entregar qualidade, eficiência

e principalmente a satisfação dos consumidores.

Todas as nossas soluções focam nesses

resultados e aportamos toda nossa expertise

para que elas sejam a melhor possível”,

observa.

O know-how adquirido durante os anos possibilitou,

ainda, a criação da Benvinda Saúde, empresa voltada

para a qualidade de vida e bem-estar, com mais de 2

mil prestadores credenciados e cerca de 3 mil pontos

de atendimento, entre terapeutas, nutricionistas, médicos,

laboratórios, clínicas e outros. “A Benvinda promove

qualidade de vida e uma melhor gestão da saúde

com um preço justo.”, pondera o executivo.

Paulo Peret reforça ainda que esse é só o começo

nessa jornada de evolução. “Temos um time especializado,

comprometido e que acredita em cada negócio,

além de uma extensa e qualificada rede de prestadores

e parceiros. Não tenho dúvidas que continuaremos

oferecendo serviços de qualidade ao mercado e

trazendo cada vez mais inovação em cada uma das

frentes de negócios”.

SIS Serviços: Presente

em todo o Brasil

Especialista em gestão de rede de prestadores,

atendimento ao consumidor e processos, a

SIS Serviços oferece soluções customizadas

em prestações de serviços. A empresa tem

forte atuação em gestão integral de sinistros de

seguros massificados, além de operações de

Roubo e Furto de Celulares, Garantia Estendida,

Danos Elétricos, Gestão de Salvados e

Serviços de Conveniência.

Com uma carteira extensa de parceiros,

atendendo AXA, Berkley, Bradesco, Cardif,

Generali, Liberty, Mapfre, Mitsui, Sura, Zurich,

entre outros, a companhia está presente em

todos os estados do Brasil e atende mais de 20

mil sinistros por mês, com mais de 4 mil assistências

técnicas pelo país.

Essa expansão e penetração na sociedade

garante uma melhor proximidade com os seus

clientes, e Peret afirma que é fundamental esse

posicionamento. “A parceria com os clientes

contribui constantemente com o processo de

melhoria e identificação de novas oportunidades

para desenvolver o setor”, finaliza.

Clique aqui e saiba mais sobre a companhia.

S E G U R O N O V A D I G I T A L | 1 9



CAPA |

SULAMÉRICA

própria empresa. A tradição no mercado securitário passou

para toda a família.

“Eu e minha esposa entramos praticamente juntos no

mercado de seguros e deixamos o exemplo em casa.

Nossos filhos estão todos formados, mas também decidiram

atuar como corretores e hoje trabalham conosco na

corretora. Já estamos na segunda geração de corretores

de seguros aqui em casa. Espero que meus netos e netas

também sigam conosco”, brinca Miranda.

O corretor avalia que ao longo dos anos o mercado

securitário no país tem mudado bastante e clientes de

várias gerações passaram a priorizar ainda mais a sua

saúde, principalmente, agora com a pandemia de Covid-

19.

Para a SulAmérica, saúde não é uma coisa

só – é a união de três pilares fundamentais que

envolvem físico, emocional e financeiro e tem

conectado pessoas de todas as idades.

“Hoje, nós temos que estar

preocupados com a saúde física,

emocional e financeira. Se você não

estiver bem em uma delas, as outras

não vão fazer sentido. É preciso ter

um equilíbrio. Os clientes buscam

cada vez mais proteção e bem

estar”, avalia Miranda.

“As saúdes física,

emocional e financeira

são indissociáveis.

Somos uma pessoa só,

então o que afeta

nossas finanças acaba

por interferir no nosso

corpo e mente, e o que

afeta nosso corpo e

mente pode impactar

nossa saúde financeira.

Precisamos cuidar da

saúde por completo”,

explica Simone Cesena,

diretora de Marketing

da SulAmérica.

S E G U R O N O V A D I G I T A L | 2 1


CAPA

CAPA |

SULAMÉRICA

Dados da Confederação Nacional das Seguradoras

(CNseg) confirmam essa tendência. O setor apresentou alta

de 12%, no primeiro semestre do ano. No segmento de vida,

a Superintendência de Seguros Privados (Susep) aponta um

crescimento de 19,4% a mais do que em igual período de

2020. Já a procura por produtos de previdência privada teve

um salto ainda maior: só em junho, cresceu 96,8% em relação

ao mesmo mês do ano passado.

Para a SulAmérica, o corretor de seguros é um parceiro

fundamental na entrega de Saúde Integral aos seus clientes e

deve atuar cada vez mais como um “consultor” de proteção.

“O corretor é muito mais do que um vendedor de planos

de saúde, de vida e de previdência. Ele é quem mais

conhece seus clientes e suas necessidades. Por isso, é um

‘consultor de proteção’, que tem a competência necessária

para oferecer os melhores produtos, de acordo com o

momento de vida das pessoas. Para cuidar da saúde oferecemos

as melhores soluções do mercado”, destaca Ricardo

Bottas, CEO da SulAmérica.

Geração Saúde Integral

A SulAmérica está com a nova campanha

“Geração Saúde Integral”. É cada vez maior

o número de pessoas de diferentes idades

conectadas por um olhar diferente e

ampliado sobre saúde. Uma nova geração

unida pelo desejo de mais equilíbrio, bemestar

e sustentabilidade no pós-pandemia.

Com isso, a SulAmérica propõe uma aproximação

cada vez maior entre as pessoas

em torno do que as une, ao invés de focar

nas diferenças que as separam.

A companhia desenvolveu, ainda, um

teste rápido para que todos possam saber

como está a saúde física, emocional e

financeira. Além do resultado, a SulAmérica

oferece, por meio de seus parceiros, uma

experiência gratuita de cuidado, como sessões

com psicólogo e nutricionista na tela,

orientação de saúde por telefone ou, ainda,

R$ 50 para começar a investir na plataforma

Órama.

E você corretor, como está a sua saúde

física, emocional e financeira? Faça o

teste agora mesmo pelo site:

www.sulamericasaudeintegral.com.br

Se preferir é só apontar a câmera do

seu celular pro QR code:

Ricardo Bottas, CEO da SulAmérica

S E G U R O N O V A D I G I T A L | 2 2






ENTREVISTA |

JARBAS MEDEIROS

S.N.D – Na sua análise, qual foi a grande razão do aumento

exponencial desse seguro?

J.M – A carteira ganhou fôlego a partir do momento em que os

brasileiros intensificaram o regime de home office, além das atividades

domésticas habituais. O jargão “minha casa é extensão do

meu trabalho” mudou de significado, pois a casa tornou-se o próprio

escritório, o local de trabalho. Diante do confinamento, as residências

passaram a ser locais mais movimentados.

S.N.D – Você acredita que a pandemia estimulou os moradores

a cuidarem mais de suas residências?

J.M – Em paralelo ao trabalho remoto, pais e filhos lidam com o

ensino a distância e atividades domésticas em ritmo intenso. Além

disso, há o uso mais frequente de eletrodomésticos e equipamentos,

inclusive os das empresas. Essa maior movimentação dos lares

resulta na mudança de algumas situações de risco, envolvendo

a necessidade de contratação ou renovação do seguro, com

coberturas ampliadas. Ou seja, os consumidores começam a

perceber a importância da preservação do seu maior patrimônio,

que é o lar.

S.N.D – Qual é o custo de um Seguro Residencial?

J.M – Um fator essencial é a relação custo-benefício, que é muito

vantajosa. Além do preço acessível na hora da contratação, o

seguro torna-se ainda mais proveitoso em razão do conforto que

serviços como chaveiro, bombeiro hidráulico, eletricista e muitos

outros, incluídos nos planos de assistência 24 horas, trazem aos

segurados.

S.N.D – Essa carteira precisa inteiramente

da participação do corretor

de seguros no processo de

contratação?

J.M – É importante que o consumidor

saiba dimensionar corretamente o

valor a ser contratado e também a

franquia. Ele deve contratar um valor

que seja suficiente para recompor o

prejuízo em caso de sinistro. E entender

o que é a franquia e onde obter

esta informação. O corretor de seguros

presta consultoria para ajudar

neste pontos.

S.N.D – Devido à volta gradativa

das atividades no escritório, os

trabalhadores passarão a ficar, novamente,

menos tempo em casa.

Diante desse cenário, o que esperar

para 2022?

J.M – A tendência é continuar aumentando

a contratação deste ramo de

seguro. A grande novidade, que deve

impulsionar ainda mais o crescimento

do Residencial, é a Circular 621/21,

da Susep, que entrou em vigor no dia

1º de março. As seguradoras passaram

a ter a liberdade de ofertar

combos de seguros aos consumidores,

combinando vários tipos de cobertura

em uma única apólice.

A iniciativa traz ganhos significativos

para o consumidor e para o mercado

de seguros como um todo. Em primeiro

lugar, aumenta a flexibilidade na

contratação das coberturas, de modo

que um mesmo produto possa atender

diferentes necessidades do segurado.

Ela contribui ainda para tornar

as relações de consumo mais transparentes,

sem perder de vista a fiscalização

das autoridades.


MOVIMENTAÇÕES

CAPA

PASI

O Seguro PASI criou o Departamento de Produtos

e anunciou Bárbara Capurucho como gerente

da nova área. A executiva atua na empresa há doze

anos. “A idealização do Departamento de Produtos

surgiu a partir da necessidade de desenvolvimento

e oferta de novos produtos, parcerias, novas

assistências para agregar aos seguros já existentes

e também visando a melhoria e digitalização dos

processos do PASI”, ressaltou a executiva.

Bárbara Capurucho

Globus Seguros

Sompo Seguros

A Sompo Seguros S.A. anuncia a contratação de

Paulo de Tarso Magalhaes Paes de Barros Filho

como Superintendente de Precificação e Hugo

Ferraz Muraro, que assume a gerência da área de

Gestão de Riscos Financeiros.

Paulo de Tarso Magalhães,

superintendente de

Precificação da Sompo Seguros,

conta com mais de 18

anos de atuação na área a-

tuarial de seguradoras multinacionais,

com experiência

em Precificação, Portfólio

Management.

Hugo Ferraz Muraro,

gerente da área de Gestão

de Riscos Financeiros da

Sompo Seguros, conta com

13 anos de experiência nos

mercados Financeiro e de

Seguros, atuando principalmente

entre as áreas de risco de mercado e asset

management de companhias nacionais e multinacionais.

Brasilcap

A Globus Seguros anuncia Maurice Medina

como novo sócio da corretora. Formado em Engenharia

pela PUC RJ e com MBA em Gerenciamento

de Projetos pela FGV, Medina possui mais de 20

anos de experiência na área financeira, planejamento

e controle.

Maurice Medina

A Brasilcap tem um novo presidente, que

chega ao cargo com grandes desafios. Nelson de

Souza assumiu na sexta-feira (dia 1º) o comando

da empresa de capitalização da BB Seguros. Com

larga experiência no setor financeiro, Souza acumula

passagens de destaque em instituições de

peso, com resultados históricos. Foi presidente da

Caixa Econômica Federal e também do Banco do

Nordeste e do Banco Desenvolve SP.

S E G U R O N O V A D I G I T A L | 2 8


MOVIMENTAÇÕES

CAPA

AXA no Brasil

A AXA no Brasil está expandindo o time

comercial nas regiões de Minas Gerais, Centro-

Oeste, Norte e Nordeste. A seguradora compreende

a pluralidade dos mercados regionais e destaca

a importância de ter especialistas locais para

aprimorar o diálogo com corretores e clientes.

Brasilseg

Tatiana Lobo assume a

posição de Executiva de

Contas da Filial Norte Nordeste.

A executiva tem mais

de 20 anos de atuação no

mercado de seguros.

Tatiana Lobo

Como Executiva de Contas

da Regional MG, chegam

Gabriela Amaral – formada

em Administração de

Empresas, com mais de

cinco anos de experiência

em seguros.

Rogério Idino é o novo CEO da Brasilseg.

Idino é executivo de carreira do Banco do Brasil,

cumprindo uma trajetória de evolução que teve

início na gerência de contas e de agência e chegando

a diversas superintendências da instituição.

Antes de chegar à Brasilseg, ele atuou como superintendente

administrativo de Varejo em Brasília.

Rogério Idino

Liberty Seguros

Gabriela Amara

Para completar o time

executivo de contas da Regional

MG, Cleiton Costa,

também formado em Administração,

com mais 20 a-

nos de atuação em seguros

13 como corretor e outros sete em seguradoras.

A Liberty Seguros apresenta hoje a nova

Diretora de Transformação da companhia,

Daniela Bouissou. A executiva assume o antigo

cargo de Patricia Chacon, CEO da seguradora,

para liderar as áreas de transformação da

companhia, que inclui marketing, estratégia, CX e

digital.

Cleiton Costa

Daniela Bouissou

S E G U R O N O V A D I G I T A L | 2 9





ESPECIAL |

FRAUDES

digitais também pode ter aumentado a quantidade de

ações de má-fé durante a pandemia”.

Com o crescimento das fraudes na pandemia, o

especialista da insurtech alerta sobre as técnicas

que podem ajudar a identificar uma fraude:

A pressa: o fraudador, na maioria

das vezes, tenta colocar pressão

com prazos apertados para fechar o

seguro;

Conhecimento exagerado: muitos

fraudadores conhecem todas as

vírgulas do setor. Por isso, desconfie

se o cliente tem um conhecimento

bem acima da média.

Segundo o advogado Cléscio Galvão, fundador

do escritório especialista em combate à fraude

Cléscio Galvão Advocacia, os momentos de crise

econômica são agravantes para o aumento no

número de ações fraudulentas no país. Embora seja

notada a presença de crimes dessa natureza em

outros cantos do mundo, o especialista garante que

no Brasil a situação é uma das piores.

Dr. Cléscio Galvão, fundador do escritório

“A sociedade não encara a fraude contra o

seguro como um crime de gravidade, mas até com

certa benevolência. Esse raciocínio é pautado no

jargão de que o segurador representa um grande

capital e, portanto, pode suportar esses prejuízos”,

analisa o advogado. Consequentemente, segundo

ele, o preço do seguro aumenta e, assim, prejudica

o cliente de boa-fé. “Essa cultura é nociva e vai de

encontro a essência do seguro que é o mutualismo,

sendo o segurador um gestor de recursos e

não uma fonte inesgotável de recursos”, completa.

Como diminuir?

Para o Gerente de Analytics da TEx, os

profissionais de seguros, sobretudo os corretores,

são os principais agentes no combate a ilicitudes

dessa natureza. “O corretor tem um papel muito

importante na identificação e redução das fraudes.

Isso porque ele tem contato mais próximo com o

cliente, seja pessoalmente ou por ferramentas digitais

como telefone e WhatsApp”, pondera.

Em concordância com Genildo, o advogado

Cléscio Galvão reforça que, para diminuir significativamente

esse índice de fraudes, é preciso prevenir

e reprimir essas práticas. “A princípio, devemos

reforçar as políticas de aceitação como forma de

prevenção. Em seguida, para reprimir, devemos

proceder com uma análise ampla das circunstâncias

que permeiam o evento noticiado, procurando

elementos de legitimação de sua ocorrência”,

explica.

Com sede em Minas Gerais, o escritório presta

serviço para diversas seguradoras em todo o

Brasil. Por ser um crime de inteligência, a fraude

se renova constantemente e, por isso, deve servir

de alerta para as companhias. Para entender essas

mudanças, o advogado afirma que o escritório

está sempre atrás de mais medidas preventivas a

partir de experiências fraudulentas vivenciadas.

“Mantemos rigoroso acompanhamento e estudo

desses casos, para que estejamos sintonizados

com as evoluções que são concebidas pelos fraudadores,

buscando o aperfeiçoamento das técnicas

de repressão e principalmente dos mecanismos

de comprovação”, finaliza o especialista.

S E G U R O N O V A D I G I T A L | 3 3


ARTIGO |

AGRIFOGLIO VIANNA

Willian Ribeiro Gomes*

iante da reforma na previdência social,

ocorrida em 13/11/2019 através da EC

103/2019, muitas dúvidas surgiram nos

segurados, em especial, daqueles que

estavam próximos da aposentadoria, ou,

ainda, já tinham direito à aposentadoria. DÉ compreensível que ocorram dúvidas sobre o tema,

não só pela última emenda, mas a cada vez que se fala

em mudanças nos direitos dos segurados do INSS, por isso

desse breve artigo: mostrar como o planejamento previdenciário

se torna aliado do cidadão na futura aposentadoria.

De início, podemos dizer que o planejamento previdenciário

é um estudo, um mapeamento, baseado no histórico

de contribuições; de tempo de serviço; da idade; e outros

fatores, como por exemplo atividades profissionais desenvolvidas;

legislação vigente e aplicável no caso específico;

entre outras situações que possam auxiliar o segurado do

INSS.

Esse estudo tem por objetivo analisar os dados já

referidos para apurar os resultados e fazer projeções futuras

para, assim, poder orientar o segurado naquela que

será a aposentadoria mais vantajosa.

Na elaboração desse mapeamento, o advogado não

realiza somente a contagem e conferência dos dados que

constam no CNIS. Deve-se analisar a CTPS, ver com o

cliente se trabalhou em meio rural; se prestou serviço militar;

se foi aluno de escola técnica; se desenvolveu atividades

especiais; se tem períodos no serviço público; etc...

A importância desse planejamento se dá

por muitos fatores, dentre eles, podemos

citar: necessidade de averiguação dos

salários de contribuição abaixo do mínimo

exigido (a partir da reforma da EC103/19,

foram trazidas mais possibilidades, além da

complementação, para utilização do salário

de contribuição abaixo do mínimo); evitar

que o segurado tenha prejuízos com pagamentos

à previdência social desnecessários;

buscar a correção de dados equivocados

no CNIS ou apontamentos que precisam

de atenção (recolhimentos extemporâneos,

abaixo do mínimo, categoria de

contribuinte errada); apurar necessidade de

inclusão de vínculos não registrados no

CNIS; análise da possibilidade de repetição

de contribuições pagas à maior; entre

outras situações.

Em síntese, ao realizar o planejamento,

o segurado terá um plano traçado que, se

seguido, garantirá a melhor aposentadoria

possível quando a hora de buscar esse

benefício junto à Previdência Social chegar.

Willian Ribeiro Gomes é advogado e

gestor da área previdenciária do

escritório Agrifoglio Vianna Advogados

S E G U R O N O V A D I G I T A L | 3 4











S E G U R O N O V A D I G I T A L | 4 4








NOVIDADE

| SEGURO AUTO

Essa realidade não é regra, mas acontece com boa parte

dos clientes de seguro auto no Brasil. Embora a carteira seja a

mais popular do país, pouco mais de 30% dos veículos estão

segurados. De olho nesses dados, a Superintendência de Seguros

Privados (Susep) publicou, no dia 1º de setembro, a

Circular 639/21, que flexibiliza o seguro a fim de atender o

público fora do mercado.

“Esperamos um crescimento significativo do mercado nos

próximos anos, com ampliação de cobertura, inclusão e, principalmente,

inovação. E, a partir de agora, as bases para um

ambiente favorável à competição e novos negócios, com menos

restrições regulatórias, estão lançadas”, afirma Rafael

Scherre, superintendente interino da Susep.

Entre as mudanças está a possibilidade de o seguro ser

contratado sem a identificação exata do veículo. Sendo assim,

a medida aumenta, por exemplo, o acesso a motoristas de

aplicativos e condutores que utilizam carros por assinatura ou

alugados. A outra novidade é a possibilidade da comercialização

de coberturas de casco abrangendo diferentes riscos a que

esteja sujeito o veículo. Essas iniciativas, segundo a Autarquia,

permitirão maior diversificação de produtos e preços. Logo,

elas passam a atender as necessidades e as preferências de

diferentes consumidores.

Regina Lacerda, CEO da Rainha Corretora de Seguros

Na análise de Regina Lacerda,

CEO da Rainha Corretora de Seguros,

a Circular vai aumentar a penetração

do seguro auto no Brasil.

“Oferecer coberturas

vinculadas ao condutor e

não mais a critérios

baseados no valor do

veículo pode trazer um

público interessante. A

flexibilidade na

contratação vai trazer um

preço mais baixo e atrair

um consumidor de menor

renda que está, por

exemplo, optando hoje

pela proteção veicular”,

argumenta.

Regina destaca, porém, que haverá

desafios, uma vez que o consumidor

deverá estar informado sobre todas

as possibilidades de segurar o seu

bem e fazer parte dessa mudança,

tendo a sensibilidade de contratar seguros

dentro da sua realidade. “Por

outro lado, as seguradoras terão um

dever de casa muito grande para

fazer, exigindo criatividade, inovação

e foco no cliente para produzir produtos

que, de fato, sejam atrativos para

todos, incluindo a rentabilidade do

negócio. Com menos restrições regulatórias

e mais competição creio que

será possível gerar um ambiente moderno

que favoreça a todos”.

S E G U R O N O V A D I G I T A L | 5 1


NOVIDADE

| SEGURO AUTO

Na visão da Federação Nacional

das Seguradoras (FenSeg), os produtos

dessa carteira eram semelhantes

e o poder de barganha do consumidor

era menor. Uma das preocupações da

Susep é que fique claro para o cliente

quando aquele produto não inclui cobertura

completa, se for o caso.

"Com normas mais

flexíveis, fica aberto o

caminho para ampliar a

base de segurados, com

produtos mais ajustados

às necessidades do

consumidor”, analisa

Antonio Trindade,

presidente da FenSeg.

Entre as novidades, a Federação também destaca a possibilidade

de contratação do seguro de Responsabilidade Civil Facultativa

em nome do condutor, sem a vinculação com um veículo

específico. Da mesma forma, o órgão também enxerga com expectativa

a contratação de coberturas parciais e a formatação de

combos, abrangendo diferentes situações de risco.

Devido à mudança nas regras, a atuação do corretor de seguros

na intermediação desses contratos também passará por alterações.

Para Regina Lacerda, o profissional precisa, em primeiro

lugar, processar dentro de si a certeza de sua relevância

enquanto consultor. “Esse profissional não está fora de moda,

nem fora do mercado”, pondera. Depois, segundo a executiva, o

corretor precisa modernizar sua conduta pessoal, empresarial e

seu modelo de negócio para agregar valor o tempo todo ao

cliente.

“Fazer um novo modelo de negócio significa estar atento a

comercializar outras modalidades de seguros, a parcerias, a

vendas por canais digitais e a identificação de um ou dois produtos

nos quais possa ser especialista”, salienta.

Na interpretação do executivo, o

normativo traz benefícios significativos

para o segurado e para o mercado de

seguros como um todo. “O ambiente

regulatório mais flexível está alinhado

às melhores práticas internacionais

envolvendo o seguro auto. A padronização

de produtos deixa de ser a forma

clássica de atuação das seguradoras”,

completa.

Em concordância com a CEO da

Rainha Corretora de Seguros, Trindade

observa que a iniciativa contribui para

uma proteção mais flexível que atende

às necessidades dos brasileiros. “A Circular

estimula a criação de novos produtos,

com claro ganho de eficiência. O

resultado é o aumento da competitividade

e da inovação no segmento".

Antonio Trindade, presidente da FenSeg

S E G U R O N O V A D I G I T A L | 5 2






SUSTENTABILIDADE

CAPA

|

SEGURO BIKE

que existiam cerca de 33,2 milhões de unidades nas

residências brasileiras.

Duily Cicarini, CEO da Velo Seguro, corretora

especializada em proteção nesse nicho, atribui a bai-xa

penetração à informalidade do mercado. “O setor

precisa ter mais formalização e rastreabilidade. Nenhuma

bicicleta possui, por exemplo, um número de série.

Um dia ela é roubada e na outra semana está à venda

na internet”.

Uma das seguradoras que apostam nesse

segmento é a Argo Seguros, detentora do pioneirismo

dessa proteção no Brasil, em 2012, e que desenvolve

anualmente produtos a fim de atender as necessidades

dos ciclistas. Atualmente, as coberturas disponíveis

pela companhia englobam bicicletas com valores

entre R$ 1.500 a R$ 100 mil, de todos os modelos,

sejam elétricos de até 800w, bikes novas ou de até as

com 10 anos de uso.

Para atender todos os potenciais segurados, a

companhia criou produtos não só para atletas de alta

performance, mas também para amadores, que costumam

passear, ou ir ao trabalho. A linha Bike Basic,

por exemplo, dispõe de coberturas reduzidas, como

roubo e furto qualificado, a partir de R$ 75 por ano.

Segundo Fernando Gonçalves, Head de Financial

Lines, Garantia e P&C da seguradora, a bicicleta se

torna cada vez mais um modal de transporte urbano,

sobretudo em cidades mais estruturadas. “Oferecemos

amplas possibilidades de contratação, trabalhando

Duily Cicarini, CEO da Velo Seguro

Fernando Gonçalves, executivo da Argo Seguros

com perfis de profissionais e de amadores, um

pouco para cada tipo de uso. Dentro das nossas

ofertas, por exemplo, segmentamos um produto

para as mulheres, o ‘Bike Mulher’.

Como contratar

Na Argo Seguros, a contratação é feita online,

por meio de um corretor parceiro da companhia.

Embora a compra do seguro seja simples,

Fernando alerta sobre a necessidade da presença

de um profissional para intermediar o investimento

e esclarecer eventuais dúvidas acerca do contrato,

além de atender o segurado quando acontece um

sinistro.

“O corretor é essencial para qualquer venda de

seguros no Brasil. Ele oferece ao cliente a garantia

de que um especialista analisou as condições

gerais da apólice. No momento do sinistro, esse

profissional é a peça chave para prestar um atendimento

qualificado ao segurado”, observa o executivo

da Argo.

Fernando destaca, ainda, que essa carteira foi

desenvolvida a partir do feedback dos próprios

corretores. “Eles estão próximos dos clientes e,

por isso, entendem as particularidades deles. O

mercado não se desenvolve sem a presença

desse profissional. Por isso, valorizamos esse

relacionamento com ele”.

S E G U R O N O V A D I G I T A L | 5 7




Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!