30.06.2022 Views

Revista CBDN Homenagens da Temporada 21-22

  • No tags were found...

Create successful ePaper yourself

Turn your PDF publications into a flip-book with our unique Google optimized e-Paper software.

21-22


@brasilnaneve


4. PALAVRA DO PRESIDENTE

6. HIGHLIGHTS DA TEMPORADA

8. HOMENAGENS ESPECIAIS

13. CAMPEÕES BRASILEIROS

14. CAMPEÕES BRASILEIROS DE ROLLERSKI

15. CAMPEÕES CIRCUITO BRASILEIRO DE

ROLLERSKI

17. ATLETAS DO ANO

19. DESTAQUES DO ANO

20. REVELAÇÃO DO ANO

20. TREINADOR DO ANO

22. HOMENAGENS PARA PARCEIROS

25. GESTÃO E GOVERNANÇA

27. A CBDN

Pedro Cavazzoni e Beatriz Loducca (Outfield Consulting)

Loui Pasquini (Outfield Consulting)


PALAVRA DO PRESIDENTE

Essa foi mais uma temporada impactada

pela pandemia de COVID-19 e com

a dificuldade adicional da guerra entre

Rússia e Ucrânia que trouxe bastante

incerteza para o final da temporada

2021/2022. Da mesma forma, novamente

os atletas brasileiros de neve conseguiram

brilhar e representar muito bem

o Brasil.

O ápice da temporada foram os Jogos

Olímpicos e Paralímpicos realizados em

Beijing 2022 sob protocolos rigorosos

de controle sanitário. O Brasil teve um

recorde de atletas de neve no evento

com 11 participantes, que conquistaram

diversos recordes brasileiros em Jogos.

Na China, a delegação brasileira, quebrou

o recorde de starts e provas, largando

29 vezes em 18 provas de 5 modalidades

esportivas.

No Olímpico, a delegação foi formada

por Eduarda Ribera, Jaqueline Mourão,

Manex Silva, Michel Macedo e Sabrina

Cass, uma ótima mescla da experiencia

de Jaqueline com a juventude dos

outros atletas. Jaqueline Mourão se

tornou a atleta mais Olímpica do Brasil

com 8 participações em 3 esportes,

além de marcar a primeira participação

da história do Brasil em um evento

de neve por equipe, largando no Team

Sprint junto com Eduarda Ribera.

Manex Silva bateu o recorde brasileiro

de Ski Cross Country e foi o melhor Sul-

-Americano na prova de Sprint. Sabrina

Cass fez a estreia do Brasil no Moguls

quebrando o recorde Sul-americano

no evento com a 26ª colocação. E

Michel Macedo, infelizmente, pegou

Covid e teve de ser isolado por 7 dias

perdendo a prova de Slalom Gigante.

Já nos Jogos Paralímpicos, a delega-

04


ção foi formada por Aline Rocha, André

Barbieri, Cristian Ribera, Guilherme

Rocha, Robelson Lula e Wesley dos

Santos, dobrando de tamanho frente

aos Jogos de 2018 e com um grande

número de recordes. Aline bateu o

recorde brasileiro feminino com a 7ª

colocação, Cristian Ribera fez o 5º

melhor tempo na prova de Sprint passando

para as finais, onde terminou na

9ª colocação. Guilherme Rocha e Robelson

Lula conquistaram resultados no

Top 20 e Wesley Santos fez ótima estreia

e mostra grande potencial na modalidade.

No Snowboard, André Barbieri fez

sua estreia com uma ótima participação

e duas 13ª colocações. No total

foram, 5 resultados Top 10 e 14 resultados

no Top 20 em 18 possíveis.

Além dos Jogos, o maior destaque da

temporada foi o histórico Vice-campeonato

Mundial de Sprint de Cristian

Ribera, após ter feito o melhor tempo na

quali. A primeira medalha da história do

Brasil em Campeonatos Mundiais de

Inverno, um marco fantástico para o

esporte do Brasil.

Foram muitos outros destaques importantes

que encheram o país de orgulho,

em especial, por parte dos jovens atletas.

Foram 3 Top 10 em Campeonatos

Mundiais Júnior, 2 de Sebastian Bowler,

4º e 8º lugar no nas provas de Ski Slopestyle

e Halfpipe, e 1 de Noah Bethonico,

9º lugar, no SBX.

Augustinho Teixeira foi Top 30 na Copa

do Mundo de Halfpipe, primeira medalha

de Zion Bethonico no SBX e o 4º

lugar de João Teixeira no Halfpipe,

ambos em sua primeira temporada de

provas internacionais. Muitos recordes

batidos ao longo da temporada. Sabrina

Cass no Moguls, Dominic Bowler no

Big Air, Sebastian Bowler no Slopestyle e

Halfpipe, Matheus Vasconcellos no Biathlon,

Manex Silva, Victor Santos e Eduarda

Ribera no Ski Cross Country, Cristian

Ribera e Aline Rocha no Para Ski

Cross Country, Andre Barbieri no Para

Snowboard. Além de muitos outros

resultados de destaque do Brasil que

podem ser conhecidos, em detalhe, nos

relatórios publicados pela CBDN.

Parabenizo aqui todos os atletas e

equipes técnicas que brilharam nas

pistas, além claro de todos os colaboradores,

patrocinadores, apoiadores e

parceiros, pelos incríveis feitos registrados

nessa temporada, que elevam cada

vez mais a posição do Brasil na Neve.

05


HIGHLITGHTS DA TEMPORADA

PARTICIPAÇÃO

RECORDE NOS JOGOS

29 18

EM

STARTS

PROVAS

3 TOP

10

EM CAMPEONATOS

MUNDIAIS JÚNIOR

64

MAIOR DELEGAÇÃO DE NEVE

EM JOGOS OLÍMPICOS E

PARALÍMPICOS: 11 ATLETAS

5 RESULTADOS TOP 10

14 RESULTADOS NO TOP 20

EM 18 POSSÍVEIS NOS

JOGOS PARALÍMPICOS

19

LIDERANÇAS DE RANKING

LATINO-AMERICANO

830

JAQUE MOURÃO

SE TORNA A ATLETA MAIS

OLÍMPICA DO BRASIL

97

(180 medalhas no total)

34 32 31

CRISTIAN RIBERA

VICE-CAMPEÃO

MUNDIAL DE SPRINT

13

QUEBRADOS

NOVOS RECORDES

24 VEZES

383

PROVAS

102

COM PARTICIPAÇÃO DE

102 ATLETAS DE 7 PAÍSES

06



HOMENAGENS ESPECIAIS

MANEX SILVA

pela brilhante participação Olímpica em

2022 que começou com a inédita classificação

com índice A, tornando-se o primeiro

brasileiro na história a largar 4

vezes em provas individuais em uma

mesma edição dos Jogos Olímpicos de

Inverno, e terminou com recorde brasileiro

de Cross Country em Jogos ao registrar

171.68 pontos FIS na prova de Sprint, sendo

o melhor Sul-Americano na prova. Além

da conquista do recorde brasileiro de Ski

Cross Country com 82.91 pontos FIS e de

obter os dois melhores resultados do Brasil

em Mundiais Jr de Cross Country, em

provas sprint e distance.

JAQUELINE

MOURÃO

pela histórica conquista de se tornar a

atleta mais Olímpica do Brasil com 8 participações

em 3 esportes (Cross Country,

Biathlon e Mountain Bike) durante os

Jogos Olímpicos de Beijing, onde

também marcou história pela primeira

participação brasileira em uma prova

por equipe nos Jogos Olímpicos de Inverno

em modalidades de neve (Team

Sprint) e por ter sido a melhor Sul-americana

na prova de 10km.

08


SABRINA CASS

pela histórica e inédita classificação do

Brasil no Ski Freestyle no Moguls Olímpico,

quebra do recorde Sul-americano no

evento com a 26ª colocação e pelo

recorde brasileiro de Ski Freestyle Moguls

estabelecido em 145 pontos FIS e quebrado

pela atleta com 160 pontos FIS.

SEBASTIAN

BOWLER

pela brilhante conquista do 4º e 8º lugar

no Campeonato Mundial Júnior nas

provas de Ski Slopestyle e Halfpipe, as

melhores posições da história do país em

eventos dessa categoria, além da

quebra dos recordes, adulto e júnior, de

Ski Halfpipe e Ski Slopestyle, com 69,9

pontos FIS e 141,70 pontos FIS, respectivamente.

09


MICHEL MACEDO

pela inédita liderança do ranking latino-

-americano de Slalom Gigante durante

toda a temporada 2021/2022, pela superação

nos Jogos Olímpicos de Beijing

2022 competindo após a Covid-19 sem

sequer um dia de treino, e pela conquista

de 5 medalhas na temporada, sendo 2 de

Ouro, 1 de Prata e 2 de Bronze em provas

oficiais de Ski Alpino.

CRISTIAN RIBERA

pela fantástica conquista do histórico

Vice-campeonato Mundial de Sprint na

edição realizada em Lillehammer, Noruega,

onde fez ainda o melhor tempo da

classificatória, quebrando o recorde brasileiro

da modalidade e se tornando o

primeiro atleta do Brasil a registrar um

resultado de 0 pontos em uma prova

internacional. Além do excelente desempenho

nos Jogos Paralímpicos de Beijing

2022, representado especialmente, pela

5ª colocação na qualificatória do Sprint

e 9ª colocação final, novo recorde brasileiro

de Sprint em Jogos Paralímpicos.

10


ALINE ROCHA

pela brilhante conquista da melhor colocação

feminina da história do país em

Jogos de Inverno com a 7ª colocação na

prova de Long Distance dos Jogos Paralímpicos

de Beijing 2022, além da conquista

de duas medalhas de bronze na

etapa da Copa do Mundo de Para Cross

Country em Östersund (Suécia) – nas

provas de Middle Distance e Sprint e pela

quebra do recorde brasileiro de pontos

na prova de Sprint, se tornando a segunda

atleta da história a registrar 0 pontos

em uma prova.

ANDRÉ BARBIERI

pela brilhante primeira participação em

Jogos Paralímpicos com duas 13ª colocações

nas provas de Snowboard Cross e

Banked Slalom e pela conquista inédita

da medalha de prata, além de uma de

bronze, na etapa de Big White (Canadá)

da Copa do Mundo de Para Snowboard,

quebrando assim o recorde brasileiro, ao

registrar 800 pontos IPC.

11


Nos resorts Club Med, você pode desfrutar momentos inesquecíveis em uma pista

de esqui ou snowboard.

O Club Med tem muito orgulho da parceria de sucesso com a CBDN no Brazil

Challenge Week. É sempre um prazer oferecer oportunidades para a prática de

esportes do universo da neve nos destinos mais cobiçados do mundo.

Seja nos Alpes, Canadá, China ou Japão, escolha um dos mais de 20 resorts de neve

All Inclusive da Rede Club Med e aventure-se com todo o conforto e segurança.

Esperamos você para aproveitar o inverno nevado e viver dias memoráveis.

Viva o momento.


CAMPEÕES BRASILEIROS

SEBASTIAN BOWLER

Campeão Brasileiro de Ski Freestyle 2021

Categoria FIS – HP Masculino

SABRINA CASS

Campeã Brasileira de Ski Freestyle 2021

Categoria FIS – MO Feminino

AUGUSTINHO TEIXEIRA

Campeão Brasileiro de Snowboard 2021

Categoria FIS – HP Masculino

VALENTINO CAPUTI

Campeão Brasileiro de Ski Alpino 2021

Categoria FIS – SL Masculino

VALENTINO CAPUTI

Campeão Brasileiro de Ski Alpino 2021

Categoria FIS – GS Masculino

ISABELLA SPRINGER

Campeã Brasileira de Ski Alpino 2021

Categoria FIS – SL Feminino

ISABELLA SPRINGER

Campeã Brasileira de Ski Alpino 2021

Categoria FIS – GS Feminino

JOSÉ LIMA

Campeão Brasileiro de Para Snowboard 2021

Categoria IPC – BSL Masculino

ANDRÉ BARBIERI

Campeão Brasileiro de Para Snowboard 2021

Categoria IPC – SBX Masculino

13


CAMPEÕES BRASILEIROS

DE ROLLERSKI

CRISTIAN RIBERA

Campeão Brasileiro de Para Rollerski 2021

Categoria Sitting – Distance Masculino

ALINE ROCHA

Campeã Brasileira de Para Rollerski 2021

Categoria Sitting – Distance Feminino

CRISTIAN RIBERA

Campeão Brasileiro de Para Rollerski 2021

Categoria Sitting – Sprint Masculino

ALINE ROCHA

Campeã Brasileira de Para Rollerski 2021

Categoria Sitting – Sprint Feminino

WELLINGTON DA SILVA

Campeão Brasileiro de Para Rollerski 2021

Categoria Standing – Distance Masculino

WELLINGTON DA SILVA

Campeão Brasileiro de Para Rollerski 2021

Categoria Standing – Sprint Masculino

ISAQUIAS

QUIRINO DA SILVA

Campeão Brasileiro de Para Rollerski 2021

Categoria Visual Impaired – Distance Masculino

ISAQUIAS

QUIRINO DA SILVA

Campeão Brasileiro de Para Rollerski 2021

Categoria Visual Impaired – Sprint Masculino

CASSIA

DOS SANTOS

Campeã Brasileira de Para Rollerski 2021

Categoria Visual Impaired – Sprint Feminino

GABRIEL CESAR

DE LIMA SANTOS

Campeão Brasileiro de Rollerski 2021

Categoria Sub-16 – Distance Masculino

MARIANA SILVA LOPES

Campeã Brasileira de Rollerski 2021

Categoria Sub-16 – Distance Feminino

MARIANA SILVA LOPES

Campeã Brasileira de Rollerski 2021

Categoria Sub-16 – Sprint Feminino

IAN FRANCISCO DA SILVA

Campeão Brasileiro de Rollerski 2021

Categoria Sub-16 – Sprint Masculino

14


CAMPEÕES DO CIRCUITO BRASILEIRO

DE ROLLERSKI

MANEX SILVA

Campeão do Circuito Brasileiro de Rollerski 2021

Categoria Principal – Overall Masculino

BRUNA MOURA

Campeã do Circuito Brasileiro de Rollerski 2021

Categoria Principal – Overall Feminino

CLAUDIO

GUSTAVO OLIVEIRA

Campeão do Circuito Brasileiro de Rollerski 2021

Categoria Sub-20 – Overall Masculino

MAYARA SILVA

Campeã do Circuito Brasileiro de Rollerski 2021

Categoria Sub-20 – Overall Feminino

15


A CBDN está, ano após ano,

levando os esportes na neve

para um novo patamar.

O Castro Barros Advogados

se orgulha de fazer parte

dessa história.

16

www.castrobarros.com.br

Acesse o site!


ATLETAS DO ANO

CRISTIAN RIBERA

ATLETA DO ANO

Para Cross Country – Categoria

IPC Masculino

ALINE ROCHA

ATLETA DO ANO

Para Cross Country– Categoria

IPC Feminino

ANDRÉ BARBIERI

ATLETA DO ANO

Para Snowboard – Categoria

IPC Masculino

MICHEL MACEDO

ATLETA DO ANO

Ski Alpino – Categoria

FIS Masculino

AUGUSTINHO TEIXEIRA

ATLETA DO ANO

Snowboard – Categoria

FIS Masculino

MANEX SILVA

ATLETA DO ANO

Cross Country – Categoria

FIS Masculino

17


Ski Alpino – Categoria

Infanto-Juvenil Masculino

JAQUELINE MOURÃO

ATLETA DO ANO

Cross Country – Categoria

FIS Feminino

SEBASTIAN BOWLER

ATLETA DO ANO

Ski Freestyle – Categoria

FIS Masculino

SABRINA CASS

ATLETA DO ANO

Ski Freestyle – Categoria

FIS Feminino

MATHEUS VASCONCELLOS

ATLETA DO ANO

Biathlon de Inverno – Categoria

IBU Masculino

MIRLENE PICIN

ATLETA DO ANO

Biathlon de Inverno – Categoria

IBU Feminino

EMILY MAGNANI

ATLETA DO ANO

Ski Alpino – Categoria

Infanto-Juvenil Feminino

ARTHUR PADILHA

ATLETA DO ANO

Ski Alpino – Categoria

Infanto-Juvenil Masculino

18


MARIANA LOPES

ATLETA DO ANO

Cross Country – Categoria

Infanto-Juvenil Feminino

IAN SILVA

ATLETA DO ANO

Cross Country – Categoria

Infanto-Juvenil Masculino

DESTAQUES DO ANO

VALENTINO CAPUTI

DESTAQUE DO ANO

Ski Alpino – Categoria FIS Masculino

DOMINIC BOWLER

DESTAQUE DO ANO

Ski Freestyle – Categoria FIS Masculino

NOAH BETHONICO

DESTAQUE DO ANO

Snowboard – Categoria FIS Masculino

STEVE HIESTAND

DESTAQUE DO ANO

Ski Cross-Country – Categoria FIS Masculino

BRUNA MOURA

DESTAQUE DO ANO

Ski Cross-Country – Categoria

FIS Feminino

GUILHERME ROCHA

DESTAQUE DO ANO

Para Cross Country – Categoria

IPC Masculino

GABRIEL SANTOS

DESTAQUE DO ANO

Cross Country – Categoria

Infanto-Juvenil Masculino

JULIA REIS

DESTAQUE DO ANO

Cross Country – Categoria

Infanto-Juvenil Feminino

19


ANTÔNIO PADILHA

DESTAQUE DO ANO

Ski Alpino – Categoria

Infanto-Juvenil Masculino

ALICE PADILHA

DESTAQUE DO ANO

Ski Alpino – Categoria

Infanto-Juvenil Feminino

REVELAÇÃO DO ANO

LORENZO CAPUTI

REVELAÇÃO DO ANO

Ski Alpino – Categoria FIS Masculino

ZION BETHONICO

REVELAÇÃO DO ANO

Snowboard – Categoria FIS Masculino

WESLEY DOS SANTOS

REVELAÇÃO DO ANO

Para Cross Country – Categoria

IPC Masculino

CAIO RIBEIRO

REVELAÇÃO DO ANO

Cross Country – Categoria

Infanto-Juvenil Masculino

MARIA EDUARDA

REVELAÇÃO DO ANO

Cross Country – Categoria

Infanto-Juvenil Feminino

ELENA SOUZA

REVELAÇÃO DO ANO

Para Cross Country – Categoria

IPC Feminino

TREINADOR DO ANO

LEANDRO RIBELA

TREINADOR DO ANO

20


Compromisso

com a saúde,

esporte e

atletas.

Brayan Rodrigues Henrique,

atleta de SKI Cross Country da

CBDN assistido pelo Instituto VITA

lucrativos que presta assistência gratuita a

atletas de alto rendimento que não têm acesso

à medicina especializada oferecendo consultas

ortopédicas, cirurgias, sessões de reabilitação e

de prevenção a lesões.

4.325

1.581

A Confederação Brasileira de Desportos da Neve é uma das 17

Instituto VITA. Compromisso com a saúde, esporte e atletas.

Acesse e saiba mais: www.institutovita.org.br ou pelo QR Code


HOMENAGENS PARA PARCEIROS

DR. MARCO DELUIGGI E CASTRO BARROS

ADVOGADOS, em agradecimento pela

inestimável colaboração e consultoria

para o progresso da CBDN e de todos os

esportes pelos quais a entidade é responsável,

contribuindo para o reconhecido e

contínuo desempenho de governança e

jurídico.

PARQUE ECO ESPORTIVO DAMHA, em agradecimento

pela inestimável colaboração para o

crescimento do Ski Cross Country em solo nacional,

em especial por meio do Rollerski, oferecendo

ótimas condições através do espaço do

Parque Eco Esportivo Damha, que virou ponto

de referência para o Cross Country brasileiro.

STEFANO ARNHOLD, em agradecimento

pela inestimável contribuição ao desenvolvimento

dos esportes de neve do Brasil, por

sonhar junto com a CBDN o sonho de transformar

o país em uma potência mundial no

Para Ski Cross Country que culminou no

melhor desempenho da equipe brasileira

nos Jogos Paralímpicos de Beijing 2022 e no

inédito Vice-campeonato Mundial de

Sprint em 2022.

22


CLUB MED, em agradecimento por sua inestimável

contribuição para fomento e desenvolvimento

do esporte de Neve do Brasil através da

parceria para a realização do inédito Brasil

Challenge Week, evento que tem o potencial de

transformar os esportes de neve no Brasil.

SNOWLAND, em agradecimento pela inestimável

colaboração para o crescimento do Para

Snowboard em solo nacional, oferecendo

ótimas condições através do espaço, material e

instrutores de seu parque em Gramado (RS), que

virou ponto de referência para o Para Snowboard

brasileiro.

NAR - NÚCLEO DE ALTO RENDIMENTO ESPORTIVO DE

SÃO PAULO, em agradecimento pela inestimável colaboração

para o crescimento e desenvolvimento dos

atletas de alto rendimento das modalidades de neve no

Brasil, oferecendo ótimas condições de acompanhamento,

treinamento e preparação em suas instalações

em São Paulo, que proporcionaram melhoras significativas

nos resultados obtidos pelos atletas brasileiros

INSTITUTO VITA, em agradecimento pela inestimável

colaboração para o crescimento e desenvolvimento

dos atletas de modalidades de

neve no Brasil, oferecendo ótimas condições de

acompanhamento, tratamento e reabilitação

no que se refere a fisioterapia e ortopedia, que

proporcionaram melhoras significativas na

infraestrutura concedida aos atletas brasileiros

23



GESTÃO E GOVERNANÇA

Governança é para a CBDN o alicerce principal da organização. Seguir as melhores

práticas não garante resultados por si só, mas ter uma governança sólida

é a receita para o desastre.

Assim, a CBDN vem anualmente trabalhando em um processo de melhoria contínua

de sua governança e gestão. A entidade busca constantemente pelas melhores

práticas e hoje apresenta uma sólida cultura de transparência e prestação

de contas, que servem como base para uma gestão com foco em inovação e

eficiência.

Para validar o trabalho, a CBDN passa por diversas auditorias ao longo do ano,

internas e externas. A organização segue tendo sua auditoria financeira e contábil

feita por uma “Big Four”, além de passar liderar pelo 4º ano consecutivo o programa

GET do COB reconhecendo a Governança, Ética e Transparência da entidade.

Por mais um ano consecutivo, a CBDN passou pela verificação do Ministério da

Cidadania na Secretaria Especial de Esporte para a renovação da Certidão de

Registro Cadastral.

A Comissão de Atletas e o STJD ganharam nova composição durante a temporada,

enquanto o Conselho de Administração passou por eleições em abril, e apresenta

uma nova composição muito equilibrada com 3 membros reeleitos e 4

novos membros.

O aprimoramento dos controles internos também foi um passo importante ao

longo desse ciclo Olímpico. A matriz de políticas prioritários foi 100% executada

com 14 novas políticas elaboradas e implementadas frente aos principais riscos

mapeados no ciclo.

Essas são algumas das diversas iniciativas da entidade para garantir a sustentabilidade

da organização hoje e no futuro, e poder assim, apoiar de forma efetiva

os atletas e os esportes de neve do Brasil ao longo do tempo.

25


PELO QUARTO ANO

CONSECUTIVO NO GET

EQUILÍBRIO DE GÊNERO

NA ESTRUTURA EXECUTIVA

50%

HOMENS

50%

MULHERES

4 POLÍTICAS E 9 NORMATIVOS

INTERNOS PUBLICADOS

NO ANO

14 TOTALMENTE INVIABILIZADOS PELA

PANDEMIA E 13 COM IMPACTO RELEVANTE

18

17% 54%

+2MM

DE VÍDEO

VIEWS

43%

AUMENTO NA

BASE DE FÃS

26


Analista Técnico

Luca Viquato

27


Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!