Wireless Bridging Solutions - SMC

gcDyOwtNLz

Wireless Bridging Solutions - SMC

Antenas Wireless

O leque de antenas de alto ganho da SMC proporciona a solução perfeita

para aplicações onde é necessária uma maior distância

ou penetração estrutural.

Antena SMCANT-00M8 Elite Connect 8dBi Omni-Directional

A SMCANT-00M8 é uma solução óptima para aplicações de

midrange, point-to multi-point, e building-to-building com alcance

de até 2.9 km*.

Antena SMCANT-DIFP11 EliteConnect 11dBi Flat Panel

The SMCANT-DIFP11 is a low profile high gain, wide dispersion directional

antenna that is perfect for extending the wireless operating distance for

indoor and outdoor applications.

Antena SMCANT-DI105 EZ Connect Wireless High-Gain

A SMCANT-DI105 é uma antena de alto ganho e grande dispersão perfeita

para LANs wireless ou equipamento base do cliente. Pode operar até 8 km*

com uma conexão point-to-point directa.

Antena SMCANT-DI135 EZ Connect Wireless High-Gain

A SMCANT-DI135 é uma antena universal perfeita que pode ser usada

numa wireless LAN, point-to-point, ou ambiente base de cliente. Esta

antena multifacetada proporciona uma penetração estrutural superior

para distâncias point-to-point de até 11 km*. Pode igualmente actuar

como uma antena point-to-multi-point generalista.

Antena SMCANT-DI145 EZ Connect Wireless High-Gain

A SMCANT-DI145 é um líder de mercado no modo point-to-point

e proporciona excelente conectividade até 14.5 km*. Quando é

ncessária uma maior penetração estrutural, a DI145 é igualmente a

escolha para aplicações wireless indoor/outdoor.

Antena parabólica SMCANT-DI215 Wireless High-Gain 21.5dBi

SMCANT-LP

A SMCANT-DI215 tem o raio mais estreito e o mais alto ganho e é

ideal para aplicações point-to-point a grande distância - até 32 km*

em condições óptimas.

Este pára-raios previne o dano e protege o equipamento de falhas

causadas por raios.

*Em condições óptimas. O alcance Wireless pode ser afectado por factores ambientais, como

condições climatéricas ou obstáculos indoor/ outdoor

Produtos de Bridging wireless da SMC

A SMC Networks tem mais de 30 anos de experiência no

desenho e fabrico de equipamentos de rede. As soluções

de Bridging Wireless da SMC proporcionam uma solução

completa off-the-shelf incluindo access points, adaptadores

para PC, bridges e antenas. A SMC Networks é membro da Wi-

Fi Alliance (www.wi-fi.org) e todos os seus produtos suportam

a especificação WEP ou Wi-Fi Protected Access (WPA).

O leque de bridges wireless EliteConnect da SMC Networks

suporta o leque de standards IEEE 802.11 b e g e detecta

automaticamente a velocidade óptima de operação e ajustase

às velocidades de imediato no caso a força de sinal não

ser suficientemente boa. Quando combinadas com o leque de

antenas de alto ganho da SMC podem proporcionar conexão

point-to-point a distâncias de até 15 km em condições

óptimas. No entanto, a distância pode ser afectada por

factores ambientais como condições climatéricas adversas ou

obstáculos indoor/outdoor.

Ligação de múltiplas

LANs sem fios?

O que devo procurar?

Uma solução de bridging wireless bridging traz consigo

tranquilidade. Se quer fazer um investimento em tecnologia

seguro e à „prova de futuro, assegure-se de que tem em conta os

seguintes factores:

1) Cumprimento integral dos standards

2) Certificação WiFi

3) Suporte RemotoLong

4) Facilidade de Expansão

5) Facilidade de Gestão Remota

6) Segurança avançada

7) Instalação simplificada

8) Interferência mínima

9) Custo de Posse

A sua empresa irá encontrar no portfólio de produtos da SMC

Networks a resposta integral a esta check-list. Experimente e

aproveite os benefícios que a SMC Networks lhe oferece.

Bridge Wireless EliteConnect 2.4GHz 802.11g 54 Mbps

A Bridge Wireless SMC EliteConnect 802.11g 54 Mbps (SMC2586W-

G) é uma excelente alternativa às redes cableadas tradicionais.

Disponibiliza conexões de dados de alta velocidade de até 54 Mbps

eliminando a necessidade de linhas alugadas caras ou de ligações de

fibra dedicadas.

Bridge Wireless EliteConnect 2.4GHz 802.11b 11Mbps

EliteConnect Power Injector

©2004 SMC Networks. EliteConnect e EZ Connect são marcas registadas da SMC Networks.

Wi-Fi® é uma marca registada da Wi-Fi Alliance

Onde não sejam necessárias grandes de velocidades, a Bridge Wireless

SMC EliteConnect 802.11b 11 Mbps (SMC2582W-B) é a alternativa mais

fácil a uma rede cableada tradicional.É uma solução eficiente em termos de

custos que elimina a necessidade de cableamento caro e as dificuldades de

instalação das redes alugadas.

O EliteConnect Power Injector (SMCPWR-INJ3) é um Power Injector IEEE

802.3af que fornece energia eléctrica a dispositivos wireless através de

um cabo Cat 5 standard. Reduz o custo de instalação, uma vez que não é

necessário que exista uma fonte de energia eléctrica junto ao sítio onde se

encontre instalado um Access Point ou Bridge wireless.

Para mais informação

Para mais informação acerca das soluções exclusivas de Bridging Wireless

da SMC Networks e para saber como podem ser utilizadas para ligar os

seus edifícios por uma fracção do custo dos circuitos públicos ou privados,

contacte o seu revendedor local da SMC ou visite o nosso site em www.

smc.com para localizar o revendedor SMC mais perto de si.

Wireless Bridging Solutions

Conecte a sua LAN a uma fracção dos custos dos circuitos privados e públicos.


Sumário

Empresas que ocupem vários edifi cios localizados em

parques empresariais necessitam de ligações de rede de

alta velocidade para garantir a sua produtividade à medida

que os seus negócios crescem para além de um simples

edifício. Até agora as suas escolhas têm-se limitado a

linhas alugadas a empresas de telecomunicações, que são

caras, ou a circuitos privados instalados entre os edifícios.

Para estes últimos é ainda necessário obter autorização

para abrir valas e direitos de acesso por parte dos donos

da terra. A tecnologia de bridging wireless pode ser usada

para proporcionar ligações seguras, de alta velocidade entre

múltiplos edifícios como se estivessem ligados numa LAN.

Estas soluções requerem apenas uma boa ligação, a linha de

vista e podem ser implementadas por uma fracção do custo

de um circuito público ou privado.

Nesta brochura de soluções de negócio da SMC, iremos

explicar como utilizar techonolgia avançada de bridging

sem fi os para implementar redes seguras, fl exíveis e

de alta performance capazes de ligar, com efi cácia de

custos, edifícios num campus ou parque empresarial. Será

utilizado um business case completo para demonstrar

as poupanças relativamente a outras soluções. Será

igualmente explicado a forma como funcionam as redes de

bridging wireless e como pode ser tornadas tão seguras

como as suas congéneres cableadas. Serão apresentadas

algumas aplicações típicas deste tipo de redes, mostrando

como se pode tornar um ambiente de rede mais efi ciente e

mais adequado às necessidades dos clientes. Finalmente

irá demonstrar-se que, ao trabalhar com a SMC, pode

implementar-se uma solução de redes de bridging wireless

que torna a rede mais efi ciente sem incorrer em altos

custos de instalação e manutenção.

A Oportunidade do Bridging wireless

As redes Wireless estão na moda. Permitem formas novas

e fl exíveis de trabalhar e fazer negócios que não eram possíveis

antes. As pessoas não apenas podem trabalhar onde

querem, como os dados críticos de negócio não necessitam

estar localizados no mesmo edifício para serem vistos ou

actualizados. Os recursos centrais partilhados como fi le

servers, print servers e bases de dados podem localizarse

num edifício central. Com o Bridging wireless não há

necessidade de soluções caras de cableado ou de links de

telecomunicações com elevados custos fi xos.

Um Business Case para Wireless Bridging

Neste business case hipotético, utilizou-se um ambiente

típico de campus e os custos foram estimados com base em

dados reais de empresas de telecomunicações e instaladoras

de cabo.

Neste exemplo, uma companhia pretende ligar três edifícios

num campus ou parque empresarial. Os edifícios encontramse

a aproximadamente a 500 metros uns dos outros

conforme a fi gura 1 abaixo.

Figura 1: Campus ou Parque

Se a empresa detém os terrenos ou consegue negociar

direitos de acesso pode ser possível abrir uma vala ou

enterrar cabos entre os edifícios. Uma vez que a distêancia é

superior a 100 metros seria necessário utilizar cabos de fi bra

óptica uma vez que os cabos normais não iriam funcionar a

estas distâncias conforme se mostra embaixo na Figura 2.

Figure 2: Solução de Circuito Provado

Os custos de implementação desta solução seriam:

Despesa Custo Inicial Custo Anual

Abertura de dois troços de 500m 14.925€ 0€

a €15/metro

Passagem de 1 km de condutas e fi bra 7.643€ 0€

a €7.50/metro

Três switches Ethernet com conectores

100BaseFX para terminar os links

(3 x SMC6824M + 4 x SMC6824FMSC)

3.380€ 394€*

Custos totais 25.948¤ 394¤

* assume 12% anuais de suporte

Uma vez instalada esta rede não traria mais custos e

poderia trabalhar a 100 Mbps ou mesmo fazer o upgrade

para 1 Gbps.

Mas conseguir as autorizações para a abertura das valas

e a passagam dos cabos poderia levar muito tempo. Da

mesma forma nem sempre é possível negociar estas

questões com sucesso especialmente se existem estradas

e passeios públicos pelo meio.

Wireless Bridging Solutions

Neste caso a alternativa seria alugar linhas a uma empresa

de Telecomunicações e ligar os sites através delas

conforme indicado abaixo na Figura 3.

Figura 3: Solução com Linhas

Se assumirmos que os edifícios se encontram a

aproximadamente a 5 kilómetros do ponto mais próximo

do fornecedor de telecomunicações, os custos com a

instalação e manutenção seriam os seguintes:

Despesa Custo Inicial Custo Anual

Três linhas de 2 Mbps alugadas 15.672€† 26.866€†

a 5 km do ponto

Três routers para terminação das linhas 6.716€ 806€*

alugadas (e.g. Cisco 1700)

Três switches Ethernet para terminação

dos links locais de LAN (3 x SMC6824M)

1.970€ 236€*

Custos totais 24.358¤ 27.908€

* assume 12% anuais de suporte

† Fonte: Média Ponderada entre diversas operadoras necionais

Esta solução tem custos de instalação semelhantes aos

da solução baseada em circuitos próprios, mas tem custos

adicionais anuais da mesma magnitude. O link também está

limitado a 2 Mbps. Existem links de largura mais elevada

disponíveis (e.g. 34 Mbps) mas o custo anual do aluguer para

a mesma soluçao com 34 Mbps em vez de 2 Mbps seria de

€215,000 e iria requerer routers mais caros em cada local

para terminação dos circuitos.

Pode ser implementada uma solução muito mais efi ciente

e efi caz em termos de custos através de Bridging Wireless

se os edifícios tiverem linha de vista entre si. Através de

antenas externas nos edifícios, pode implementar-se uma

ligação a 11 Mbps ou 54 Mbps entre os três edifícios em

ligada à LAN dentro de cada um deles, tal como se mostra

abaixo na Figura 4.

Figura 4: Solução de Bridging Wireless

Utilizando os mesmos pressupostos para distâncias e

custos de ligação à LAN local, a solução baseada em

Bridging Wireless iria custar:

Despesa Custo Inicial Custo Anual

Quatro Bridges Wireless

11 Mbps (4 x SMC2582W-B)

1.194€ 143€*

Antenas Externas de ganho 1.045€ 125€*

(4 x SMCANT-DI105)

Três switches Ethernet para terminação 1.970€ 236€*

dos links às LAN (3 x SMC6824M)

Custos totais 24.358¤ 27.908¤

* assume 12% anuais de suporte

A Solução de Bridging Wireless é aproximadamente um sexto

do custo de instalação das soluções baseadas em circuitos

privados ou linhas alugadas. Mas comparada com o custo

anual da solução de aluguer de linhas é 60 vezes mais barata.

Pode ainda fazer-se o upgrade para 54 Mbps através do

SMC2586W-G para velocidades mais altas.

Comparação de métodos de conexão

dos locais

A tabela seguinte sumariza as principais diferenças entre os

métodos de ligação descritos para múltiplos edifícios.

Característica Circuito Privado Linha Alugada Bridge Wireless

Tempo de Instalação Possivelmente meses Semanas Dias

Custo de Instalação Alto Alto Baixo

Custos Recorrentes Alto Alto Baixo

Largura Disponível 100-1000 Mbps 2-34 Mbps 11-54 Mbps

Distância Limitada por direitos sem limite Até 15km dependendo

de acesso às vias das condições

Manutenção e A difi culdade pode necessitar Depende do service Pode ser feito localmente

resolução de problemas escavar até resolve provider

Flexibilidade (capacidade para Necessário refazer se Necessária nova encomenda Pode ser reajustado para

mudar escritórios) há mudança de edifício se há mudança de edifício apontar a novos edifícios

Scalability Necessário abrir novas valas e Necessário nova linha Novos Bridges + Antenas

cableado para cada novo edifício para cada novo edifício para cada novo edifício

Conecte a sua LAN a uma fracção dos custos dos circuitos privados e públicos.

Como funciona o

Bridging Wireless?

Uma Wireless LAN utiliza rádio-frequência nas larguras de

banda públicas que não têm necessidade de licenciamento,

normalmente utilizadas por alguns telefones sem fi os,

micro-ondas, aparelhos de vigilância infantil e outros

dispositivos semelhantes. Está provado que a utilização

destes comprimentos de onda é segura até em áreas

sensíveis como hospitais e escolas. A distância à qual

as ondas podem ir depende do número e natureza dos

obstáculos; tal como a performance da rede. Ao ar livre, as

ondas podem ir até 300-500 metros mas a intervenção de

paredes ou estruturas metálicas reduz signifi cativamente

estas distâncias. O alcance da rede pode ser alargado

através do uso de antenas direccionais com mais energia

para chegar a edifícios mais distantes, por exemplo. Podem

conseguir-se distâncias de até 15 km dependendo das

condições físicas e atmosféricas.

Uma Bridge Wireless é uma alternativa ao cabo para ligar

duas ou mais LANs. Com uma Bridge Wireless ganha-se

conectividade wireless entre duas ou mais LANs remotas.

Existem dois tipos de Wireless Bridging: Master/Slave e

Wireless Distribution System (WDS). Ambos são suportados

por todos os Bridges wireless da SMC.

Modo Master/Slave

Instala-se uma Bridge Wireless em cada LAN e uma delas

é designada por “Master” (Mestre) sendo as restantes

designadas por “Slaves”(Escravos). Por exemplo, num

Campus Universitário a Bridge “Master” será normalmente

encontrada no edifício Principal ou onde esteja o

Departamento de Tecnologias de Informação sendo os

outros Departamentos ou Faculdades unidades “Slave”.

Modo Wireless Distribution System

O Wireless Distribution System (WDS) da SMC pode ser

utilizado para fazer a ponte entre access points na mesma

LAN ou apenas para criar um link entre bridges wireless.

Permite que o bridge wireless actue como repetidor

alargando assim o alcance e diâmetro da rede wireless. Os

produtos de Bridging Wireless da SMC suportam até 6 Links

WDS evitando potenciais loops.

Podem construir-se diversas confi gurações através da

conjugação de ambos os modos acima descritos:

A) Point-to-point Wireless Bridging

A confi guração Point-to-Point Wireless Bridge

usa duas Bridges Wireless Bridge para ligar

duas LANs distintas.

B) Point-to-Multipoint Wireless Bridging

A confi guração Point-to-Multipoint Wireless Bridge

usa-se para ligar três ou mais LANs distintas,

onde cada local de LAN ou edifício requer

uma bridge wireless.

Segurança para Bridges Wireless

Existem características inerentes aos standards das Wireless

LAN que, se usados de forma apropriada, podem tornar uma

LAN wireless tão segura quanto requerido. Esta incluem:

Beacon Broadcast

Para que os receptores wireless possam facilmente encontrar

os seus transmissores a maioria dos dispositivos wireless são

confi gurados de origem para emitir um sinal conhecido como

Service Set Identifi er (SSID). Este consiste numa linha para

cada fabricante que torna fácil confi gurar uma rede plugand-play.

Mas também facilita o acesso do sinal aos hackers.

Recomenda-se que o identifi cador do sinal seja mudado ou

desligado.

WEP Wired Equivalent Privacy

As primeiras especifi cações para encriptação foram

inicialmente limitadas pelas restrições do governo norteamericano

relativas à exportação de criptografi a de dados,

no interesse da segurança interna. Estas já não existem e o

WEP pode utilizar chaves de encriptação muito mais longas

(de 128, 152 ou 256 bits) do que as originais de 40 bits que

provaram ser vulneráveis a um hacker determinado.

WPA Wi-Fi Protected Access

A Wi-Fi alliance foi ao encontro das preocupações dos

utlizadores ao especifi car melhorias signifi cativas ao

protocolo WEP inicial, incluíndo: autenticação de utilizador

baseada no standard IEEE 802.1x, chaves dinâmicas e de

comprimento variável utilizando o trabalho pré-standard de

segurança wireless IEEE 802.11i ainda em desenvolvimento.

IEEE 802.1x

O IEEE 802.1x é um método de controlo de acesso muito

seguro que usa o Extensible Authentication Protocol (EAP) e

RADIUS para autenticar clientes wireless e distribuir chaves

de encriptação seguras. O EAP permite aos utilizadores

ligar-se a um servidor central para autenticação. Quando o

servidor aceita a prova da identidade do cliente, o material

para a chave é enviado tanto para o cliente como para os

access points com os quais o servidor de autenticação

estabeleceu uma „relação de confi ança“. Esta relação e o uso

de „autenticação mútua“ assegura que os access points e as

bridges da rede são aqueles que lá devem constar e impede

os clientes de comunicar com outros access points e bridges.

Filtragem de endereços

As bridges Wireless são normalmente confi guradas para

apenas aceitarem conexões de e para unidades „master“

e „slave“ especifi camente identifi cadas pelos seus MAC

addresses únicos. Estes Endereços são embebidos nos chips

de hardware e são muito difi cilmente replicáveis.

More magazines by this user
Similar magazines