Apresentação - Universidade do Minho

uminho.pt

Apresentação - Universidade do Minho

Contact: cie.1iwhe@gmail.com

Webpage: http://www.cie‐portugal.com/index2IIw.php?lang=2&pag=31


Apresentação

I Workshop Internacional de História do Ambiente e Alterações Climáticas Globais:

Água, Ecologia, Deflorestação, Agricultura, Política e Gestão da Natureza - Braga,

Portugal, 7 e 8 de Maio de 2010.

Este Workshop de dois dias pretende reunir os melhores especialistas que partilham o

interesse comum na História do Ambiente e do Clima, para que os temas sejam debatidos.

Este evento será uma tentativa de focalização em vastas áreas de preocupação ambiental nas

sociedades humanas através do mundo e na complexidade dos padrões nas relações

Homem/Natureza enfocando a História das Mudanças do Clima.

No principio do Sec. XX a maioria dos cientistas acreditavam que o clima mundial tinha sido,

essencialmente, constante pelo menos nos últimos 5000 anos. Nos 100 anos seguintes este

pressuposto ruiu. Os possíveis efeitos de passadas mudanças climáticas nas actividades

humanas ainda estão por explorar. Os historiadores não deram muita atenção a este aspecto

até às décadas de 50 e 60, graças aos esforços dos especialistas da Escola dos Anais, como

Braudel e Laurie.

É urgente que os historiadores percebam que a História do Clima é vital para o recente

despertar desta sub-disciplina da História do Ambiente. Esta está profundamente conectada

com a história das águas em mais do que num aspecto. O Ciclo hidrológico da Terra, o

movimento das águas entre os diversos estados devido ao Sol é um insubstituível aspecto que

a actividade humana está a agora a interromper de forma perigosa. Embora grandes

quantidades de água residam nos oceanos, glaciares, lagos e aquíferos profundos, só apenas

uma pequena porção da água da Terra, menos de 0,01% é doce, renovada pelo ciclo

hidrológico e devolvida à Terra. Este precioso fornecimento de precipitação - cerca de 110.000

km cúbicos por ano - é o que sustem a maior parte da vida terrestre. Como qualquer outro

aspecto valioso, o ciclo global da água oferece uma estável corrente de benefícios à

sociedade. Rios, lagos e outros ecossistemas de água doce funcionam em consonância com

florestas, prados e outras paisagens para providenciar bens e serviços de suprema importância

para a sociedade humana. A natureza e valor destes serviços permanecem contudo pouco

apreciados, até que eles sejam todos destruídos. A História do Clima apela a uma profunda

compreensão das interconecções entre os recursos hídricos, por um lado, a desflorestação, a

precipitação, o caudal dos rios, a erosão dos solos, a mudança climática, o aquecimento

global, a seca, a fome e outras várias calamidades, por outro.

As mudanças climáticas durante um longo período de tempo e o seu impacto no crescimento e

declínio das civilizações valem agora a pena ser estudadas. Subidas e descidas de

temperaturas, comportamento das monções, o degelo nas montanhas, a subida do nível médio

da água dos mares, tempestades mais poderosas e ciclones podem ter uma mensagem a

transmitir, respeitante às interacções dos humanos com o mundo natural. Na Ásia, África e

Ásia do Pacífico em particular, o clima tem sido central para o crescimento e prosperidade da

civilização humana. Foi crucial na produção de arroz e na agricultura sedentária.

Há pouca discordância entre os investigadores que estudam História Ambiental que a História

do Clima é de grande importância. O Workshop Internacional agora proposto em História do

Clima é o primeiro do seu género e referencia algumas questões fundamentais e relevantes

para a disciplina da História Ambiental.

Estendemos a todos um sincero convite para estar presente neste prestigioso Workshop.

Contudo, não se oferecem bolsas para viagens aos participantes.

Programa

7 de Maio

Museu D. Diogo de Sousa - Braga

09:00 Entrega de Documentação

09:30

09:45

10:45

11:45

Sessão Inaugural

Isabel Silva – Portugal (Directora do Museu D. Diogo de Sousa)

Angela Mendonça – Portugal (Presidente CIE)

Ranjan Chakrabati – Índia (Presidente da A.S.A.E.H.)

Isabel Candeias – Portugal (Centro de Formação da Casa do Professor)

Conferência Magna

História do Ambiente e Alterações Climáticas Globais

Ranjan Chakrabarti – India

Professor de História da Universidade de Jadavpur e Director Executivo da Associação de História do Ambiente do Sul da Ásia

Conferência Magna

O que significa estudar História do Ambiente?

Christof Mauch – Alemanha

Director do Rachel Carson Centre, Munique,Vice-Presidente da Sociedade Europeia da História do Ambiente

Conferência Magna

Mudança Climática: Uma História do Conhecimento Ambiental

Donald Hughes – Estados Unidos da América

Professor de História da Universidade de Denver, Colorado, Investigador Associado de Antropologia do Museu de Natureza e Ciência de

Denver, fundador das Sociedades Americana e Europeia de História do Ambiente e editor principal da Revista da História do Ambiente

12:45 Almoço

14:00

15:30

Sessão de trabalho 1: História Ambiental

1. Água, Mudança Climática Global e Refugiados do Ambiente

Ranjan Chakrabarti – India

Professor de História da Universidade de Jadavpur e Director Executivo da Associação de História do Ambiente do Sul da Ásia

2. Natureza, políticas e a “desordem da água”. Teorias do risco ambiental no Mediterrâneo (1750-1850)

Stefania Barca– Portugal

Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.

Comunicações Orais

Moderador: Paulo Faria (Casa do Professor)

Sessão de trabalho 2: Qual a relevância da História do Clima?

1. Porque devemos fazer a História do Clima?

Christof Mauch – Alemanha

Vice-Presidente da Sociedade Europeia da História do Ambiente

2. Erosão da Região de Estepe do Império Russo, c. 1768-1914: Pontos de Vista Contenporaneos

David Moon – Grã Bretanha

Professor da História da Rússia da Universidade de Durham e Membro da Sociedade Europeia da História do Ambiente

Comunicações Orais

Moderador: Amélia Samarão (Casa do Professor)

17:00 Pausa para café

17:30

Sessão de trabalho 3: Inundações, enxurradas, ondas gigantes, secas e outros desastres ambientais

1. O sistema tradicional da gestão da água das tribos Chin-Kuki Lushai

Jagdish Lal Dawar – India

Professor do Departamento de História e Etnografia da Universidade de Mizoram

2. Prevenção de Desastres Naturais. A importância da participação pública

Mário Freitas – Portugal

Professor Visitante da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) e Professor Associado na Universidade do Minho

3. Causas Ambientais e Humanas dos Estragos no Desastre Katrina

Donald Hughes – USA

Distinto Professor de História na Universidade de Denver, Colorado e Investigador Associado de Antropologia do Museu de Natureza e

Ciência de Denver, fundador das Sociedades Americana e Europeia de História do Ambiente e editor principal da Revista da História do

Ambiente.

Moderador: Zita Esteves (Casa do Professor)

19:00 Fim da Sessão

Angela Mendonça e Ranjan Chakrabarti

Contacto: cie.1iwhe@gmail.com

09:30

10:30

Conferência Magna

8 de Maio

Museu D. Diogo de Sousa - Braga

Os órgãos de comunicação social e a políticas da mudança climática

Anabela Carvalho – Portugal

Professora do Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade do Minho e Membro da Secção de Ciência e Ambiente da

Associação de Investigação Europeia para a Comunicação e Educação

Sessão de trabalho 4: Gestão e Conservação da Natureza

1. Condomínio Terra

Paulo Magalhães – Portugal

Autor e coordenador do Programa Condomínio Terra (www.earth-condominium.com)

2. Património Sociológico na Paisagem Mediterranica:Ligando a Diversidade Biocultural com a

Sustentabilidade no Município de Olzinella (Catalunha)

Iago Otero, Martí Boada and Joan David Tàbara – Spain

Instituto de Ciência e Tecnologia Ambientais, Universidade Autónoma de Barcelona

Comunicações Orais

Moderador: (Casa do Professor)

12:00 Almoço

Sessão de trabalho 5: Desflorestação e Agricultura

1. Deflorestação da Região de Estepe do Império Russo, c. 1768-1914: Percepções Contemporaneas

David Moon – Grã Bertanha

Professor da História da Rússia na Universidade de Durham e Membro da Sociedade Europeia da História do Ambiente

14:00

2. História da Precipitação, Desflorestação e Falta de Água em Cherrapunji,o Lugar Onde Mais Chove no Globo

Sajal Nag – India

Professor de História da Universidade de Assam, Silchar, e ex Charles Wallace Fellow na Universidade de Cambridge

Comunicações Orais

Moderador: Elisabete Vilaça (Casa do Professor)

Sessão de trabalho 6: Clima actual: um estudo comparativo

15:30

1.Título a confirmar

Paulo Canaveira

Comissão das Alterações Climáticas do Ministério do Ambiente

Comunicações Orais

Moderador: a confirmar

17:00 Pausa para café

Sessão validatória seguida de Mesa Redonda

17:30

1.Título a confirmar

Manuela Mendonça, Presidente da Acadenia Portuguesa da História

Moderador: a confirmar

19:00 End of Session

More magazines by this user
Similar magazines