Informativo Terra Verde 2016

simers

Revista do Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas no RS – SIMERS / Expointer 2016

Edição 09/Dezembro 2016

www.simers.com.br

2016: UM ANO DE CASA

NOVA PARA O ASSOCIADO

MENSAGEM DO PRESIDENTE:

SIMERS 40 ANOS

MOMENTOS

2016

SIMERS PARTICIPA DE

SEMINÁRIO INTERNACIONAL


MENSAGEM DO PRESIDENTE

SIMERS 40 ANOS: A UNIÃO EM PROL DA

INDÚSTRIA DAS MÁQUINAS AGRÍCOLAS.

No ano de 1977, mais

precisamente no dia 28 de janeiro,

uma nova história começou a ser

escrita dando início a solidificação

de um trabalho em prol do setor

das máquinas e implementos

agrícolas no Rio Grande do Sul

e hoje, comemoramos 40 anos

dessa história com muitas

conquistas e desafios.

E para marcarmos os 40 anos

do SIMERS estamos trabalhando

na elaboração e implementação

de um planejamento estratégico

com o afinco de buscar o

engajamento dos associados

nas atividades do Sindicato. Para

fortalecermos ainda mais o setor,

observamos que é necessário

focar no relacionamento com as nossas indústrias, obstruir barreiras que por algum percalço

tenham surgido e construir pontes para alicerçar essa relação.

A mudança para a Casa das Máquinas Agrícolas já foi um primeiro passo nesse sentido, pois

já observamos a presença das indústrias no dia a dia do sindicato, seja na realização de eventos,

na utilização da sede por associados como um local de trabalho durante a sua estada na Capital,

ou ainda, em visitas ao SIMERS para tratar demandas especificas da sua organização.

Dentre as ações que estamos planejando, cabe destacar uma que vem ao encontro

das solicitações dos associados: A retomada da interiorização. Entendemos que muitos

industriários querem participar mais ativamente do Sindicato, e que pela distância que estão da

Capital muitas vezes isso se torna uma dificuldade. Então, estamos trabalhando para realizar,

no próximo ano, agendas dos SIMERS em cidades estratégicas do interior do Estado.

Desejamos que o ano de 2017 seja muito produtivo para o agronegócio de um modo geral, em

especial para as nossas indústrias de máquinas e implementos agrícolas, e que o ano de 2016,

marcado pela instabilidade política e a crise econômica, deem espaço para um ano promissor,

de oportunidades e grandes negócios.

Claudio Affonso Amoretti Bier


PROJETO TESA

SIMERS LEVA O TESA PARA O

1º CONECTA EM SANTA ROSA.

O Projeto TESA – Tecnologia Embarcada no Setor Agrícola esteve presente na programação

da terceira noite do 1º Conecta, no dia 27 de outubro. O evento realizado no Campus da Unijuí

é uma promoção da Agência de Desenvolvimento (AD), em parceria com Unijuí, Fema, Instituto

Federal Farroupilha, ACISAP, Sindilojas, Senai, Sesi, Senac, Sesc, Sebrae e Secretaria de

Desenvolvimento de Santa Rosa.

O tema que norteou a noite foi: “Como a inovação tecnológica pode ser o próximo

impulsionador de nossa região”. Inicialmente o Presidente da Associação Gaúcha de Startups,

Thomás Capiotti falou sobre os desafios da economia criativa, na sequência o Gerente

Regional da Abinee-RS, Dr. Oscar Kronmeyer, fez a apresentação do Projeto TESA e falou das

ações que estão sendo realizadas com o afinco de agregar mais tecnologia ao Setor Agrícola.

Posteriormente, o colaborador da Stara, William Wagner falou sobre como a nacionalização da

tecnologia permitiu reimaginar a agricultura.

A programação seguiu com a apresentação do Consultor da Imasa, Fabricio Barbosa sobre

a experiência da Imasa no projeto TESA, primeira empresa a aderir ao TESA. Após aconteceu

a apresentação de três empresas demandantes do Projeto: Metal Work – Sistemas para

Automação Embarcada, Full Gauge – Automaçaõ e Proteção em Laticínios e Falker – Gestão de

Informações Agrícolas: Tecnologia para desafiar os limites de produtividade.

As entidades detentoras do projeto TESA - SIMERS, Abimaq-RS e Abinee-Rs agradecem mais

uma vez o convite realizado pelo Artur Lorentz, Presidente da Agência de Desenvolvimento

de Santa Rosa e seguem à disposição para difundir este projeto com o intuito de colher mais

frutos ao setor agrícola no Estado.


NEGÓCIOS

FEIRAS: OPORTUNIDADES QUE SE

TRANSFORMAM EM NEGÓCIOS.

No agronegócio, assim como em outros setores da economia, as feiras figuram

como uma excelente oportunidade para a efetivação e prospecção de negócios. E

também para deixar a empresa na vitrine do mercado, reforçar a presença da marca

e demonstrar o que de melhor em inovação e tecnologia o público poderá encontrar

em seus produtos.

No entanto, o saldo do primeiro semestre do ano de 2016 não foi tão satisfatório.

Em meio a instabilidade econômica-política as feiras acumularam números abaixo

das expectativas, seja pela falta de recursos das linhas de crédito do Governo ou

até mesmo, pela falta de credibilidade que todo esse cenário acabou propagando

junto aos produtores rurais, que mesmo capitalizados ficaram mais receosos para

investir.

A primeira feira que apresentou números positivos, esboçando um princípio de

reação, foi a Expointer no segundo semestre. A Expointer teve um incremento de

12,95% em comparação a 2015, o que representou R$ 1,90 bilhão em propostas

encaminhadas durante a feira para a aquisição de máquinas e implementos agrícolas.

E de fato, o setor vem acumulando nesses últimos meses uma retomada, embora

ainda de forma tímida, já expressa que possivelmente o cenário a ser encontrado

nas feiras de 2017 tende a ser promissor ou pelo menos, melhor do que o vivenciado

pelas indústrias em 2016.Neste enfoque, vale a pena começar a planejar e organizar

a participação da sua indústria nas principais feiras do agronegócio do país. Confira

o calendário e programe-se!


Show Rural Coopavel

www.showrural.com.br

De 06 a 10/02 de 2017

Cascavel - PR

Expodireto Cotrijal

www.expodireto.cotrijal.com.br

De 06 a 10/03 de 2017

Não Me Toque - RS

Tecnoshow Comigo 2017

www.tecnoshowcomigo.com.br

De 03 a 07/04 de 2017

Rio Verde - GO

Agrishow 2017

www.agrishow.com.br

De 01 a 05/05 de 2017

Ribeirão Preto - SP

AgroBrasília 2017

www.agrobrasilia.com.br

De 16 a 20/05 de 2017

Unaí - MG

Bahia Farm Show 2017

www.bahiafarmshow.com.br

De 30/05 até 03/06 de 2017

Luis Eduardo Magalhães - BA

Expointer 2017

www.expointer.rs.gov.br

De 26/08 até 03/09 de 2017

Esteio - RS


A CASA DAS MÁQUINAS AGRÍCOLAS

Associado, venha conhecer e

usufruir da sede do SIMERS.

A rotina da nova sede do SIMERS – A Casa das Máquinas Agrícolas, inaugurada

no mês de julho, segue movimentada com as agendas que vêm sendo realizadas

pelos associados. Seja na utilização de salas para trabalhar, realizar agendas com

potenciais clientes, fornecedores ou mesmo para fazer eventos e treinamentos no

auditório da sede.

O espaço está à disposição dos associados de forma gratuita, assim como, toda

a estrutura de multimídia e internet. O único valor cobrado é uma taxa de limpeza.

Caso a sua indústria tenha interesse de realizar algum evento na Casa das

Máquinas Agrícolas, entre em contato para realizar o agendamento através dos

e-mails: imprensa@simers.com.br e simers@simers.com.br ou através do telefone:

51 3557 9700.


DEPOIMENTOS

CONFIRA A OPINIÃO DE ALGUMAS INDÚSTRIAS QUE JÁ

UTILIZARAM ESTRUTURA DO SIMERS PARA OS SEUS EVENTOS.

Luís Augusto Perocchin

Gerente de RH

John Deere

“As salas disponíveis pelo SIMERS aos seus associados contam

com ótima estrutura para reuniões de trabalho ou necessidades

específicas de treinamento. Além disso, estão estrategicamente

localizadas em Porto Alegre, o que também facilita o acesso a

quem chega de outras cidades. Adicionalmente, o SIMERS conta

com uma equipe administrativa que oferece suporte e bom

atendimento aos seus associados.”

Renato Silva

Diretor Vendas e Marketing

PLA

“No evento inaugural da nova sede, o Presidente Cláudio Bier,

enfatizou que a casa estaria aberta ao associado SIMERS. Como

objetivo de estreitar relacionamento com o sindicato, resolvemos

realizar nossa Coletiva de Imprensa anual no agradável ambiente.

Fomos muito bem recebidos e atendidos pela equipe.

A estrutura é completa e por certo foi um dos fatores que

garantiu a excelência do resultado e o encantamento dos

jornalistas presentes. Só temos a agradecer ao profissionalismo

do SIMERS.”

Joel Backes

Gerente Comercial

LS Tractor GlobalMac

“Nosso agradecimento especial ao SIMERS pela organização,

recepção e acima de tudo por dispor de sua estrutura A CASA DAS

MAQUINAS AGRÍCOLAS, para a realização de nosso treinamento

comercial de produto da LS TRACTOR. Um ambiente agradável

e com infraestrutura que atendeu perfeitamente as equipes

comerciais da concessionária GlobalMac e fabrica LS TRACTOR. O

espaço físico tem influência direta na qualidade de treinamento

deste quilate. Muito obrigado.”


DE OLHO NO MERCADO EXTERNO

Perspectivas para o Mercado Exportador de

Máquinas e Implementos Agrícolas do RS em 2017.

O ano de 2016 está acabando e as indagações para o ano de 2017 já estão em pauta. Quais

serão os mercados internacionais possíveis para a indústria de máquinas e implementos agrícolas

do RS em 2017? Essa pergunta está na mesa e a resposta é difícil, entretanto. temos algumas

indicações que o mercado se encaminha para aqueles países que já sabemos onde estão, mas

poucas indústrias os trabalham de forma adequada.

No ano de 2016, com o apoio do Programa Exporta RS e Afrochamber, mapeamos 23 mercados

para serem trabalhados pelo projeto de exportação do SIMERS, o Food for All, nos próximos 36

meses. Esses mercados estão localizados na América do Sul, Central, Caribe e África. Alguns

desses mercados são extensivos, outros intensivos, outros de base pecuária, outros com foco no

plantio e praticamente todos deficientes em mecanização. São todos mercados distintos entre

si e necessitam ser entendidos de forma individual sob pena de perda de tempo e dinheiro. Não é

possível vender toda a linha de produtos para esses mercados mas pode-se agregar alguns produtos

em alguns nichos de mercados específicos. Onde estão estes nichos? Eis a chave do cofre.

As indústrias terão que sair a campo para entender e conseguir montar esse quebra cabeças.

Nenhum desses mercados tem o tamanho do mercado brasileiro mas o conjunto deles pode produzir

um resultado significativo para uma pequena ou média indústria de máquinas e implementos

agrícolas do Rio Grande do Sul. Neste exato momento (início de dezembro) o projeto Food For All se

encontra no Chile e Peru e por aqui temos dois mercados muito específicos na pecuária, avicultura,

frutíferas, madeira, dentre outros segmentos. A geografia desses dois países em particular é

desértica, andina e amazônica e as necessidades são peculiares, quem tiver o entendimento correto

dessas necessidades e desenvolver ou fornecer máquinas e implementos adequados tende a sair

na frente dos que simplesmente pretendam vender as máquinas prontas do portfólio.

Nas teorias de estratégia de entradas em mercados internacionais, disponíveis em livros de

estratégia e posicionamento internacionais, temos a estratégia de entrada com foco em produto e

a estratégica de entrada com foco em mercado. São estratégias distintas e pensadas de maneira

diferente. Quem escolhe a primeira estratégia tenta vender o produto que é produzido na indústria e

está disponível no portfólio, quem opta pela segunda estratégia questiona o mercado e desenvolve

o produto tendo a informação de mercado como base. Não existe estratégia certa ou estratégia

errada, existe estratégia adequada para cada mercado, e a estratégia adequada é aquela que vende

e traz resultados financeiros para as empresas.

A questão é entender esses mercados e oferecer aquilo que eles realmente necessitam para

solucionar problemas e não aquilo que se deseja vender, esse conceito é importante. Desta forma,

independente da estratégia, sai na frente quem estiver em campo conversando com os clientes

e trazendo pra dentro das indústrias as necessidades destes clientes, isso vale para o mercado

interno e também para o mercado externo.

Neste resumo não existe a pretensão de responder a pergunta cerne que intitula essa reflexão

mas é possível dizer sem medo de errar que a melhor ação é estar nos mercados questionando

aqueles que movimentam na prática esses mesmos mercados, que são os clientes importadores

e distribuidores de cada país mapeado. Quem fizer isso com método, determinação e regularidade

vai conseguir os resultados que tanto busca. Que 2017 seja pleno em negócios internacionais para

todos nós!

Eduardo Teixeira – Consultor Internacional do SIMERS,

Gestor do Food for All e Professor de Comércio Exterior da Faculdade Ftec Porto Alegre/RS


ACORDO DE COOPERAÇÃO

SIMERS ASSINA ACORDO DE COOPERAÇÃO COM A

AFROCHAMBER DURANTE A EXPOIJUÍ FENADI.

No dia 06 de outubro aconteceu a

assinatura do acordo de cooperação entre

o SIMERS e a Afrochamber (Câmara de

Comércio Afro-brasileira) durante a Expoijui

O acordo visa propiciar ações de cooperação

para que o setor das máquinas e implementos

agrícolas do Rio Grande do Sul obtenha

acesso aos mercados africanos.

Na oportunidade, o Gestor do Food For

All, Eduardo Teixeira, proferiu uma palestra

sobre o consórcio de exportação do SIMERS e

na sequência, o presidente da Afrochamber, Rui

Mucaje fez uma palestra sobre oportunidades

de negócios no continente africano.

O evento contou com a presença de

empresários, expositores e autoridades.

Fica o agradecimento especial ao presidente

da Expoijuí Fenadi 2016, Jalmar Martel pela

oportunidade de levar o Food For All até a

comunidade de Ijuí, ao prefeito de Ijuí, Fiorvante

Ballin e ao prefeito eleito, Valdir Heck que

participaram do evento e colocaram o município

à disposição para ações do Sindicato em prol das

máquinas agrícolas e as indústrias que aderiram

ao convite e se fizeram presentes no evento.

FOOD FOR ALL REALIZA AGENDAS NO CHILE E PERU.

No dia 21 de novembro, o consultor na área de comércio exterior do SIMERS e gestor do Food

For All, Eduardo Teixeira, participou de uma agenda na Sociedade Nacional de Agricultura no Chile.

Na ocasião, a Sra. Ema Budinich recebeu o gestor do Food For All e apresentou inúmeros assuntos

e informações referentes ao mercado de plantio e pecuária do Chile.

A agenda de reuniões e visitas no Chile do consórcio de exportação do SIMERS seguiu até o dia

26 de novembro. Posteriormente, o consultor iniciou uma semana de agendas no Peru.

No dia 30 de novembro, Eduardo esteve reunido com o economista Álvaro Delgado, Engenheiro

Rolando Piskulich e o representante da Embaixada do Brasil em Lima, Alex Guimarães.

A reunião aconteceu na Sociedade Nacional de Industrias, com a pauta sobre o mercado de

agronegócios do Peru e o seu nível de mecanização.

Sra. Ema Budinich e Eduardo Teixeira, na Sociedade

Nacional de Agricultura no Chile.

Álvaro Delgado, Engenheiro Rolando Piskulich, Eduardo Teixeira e o

representante da Embaixada do Brasil em Lima, Alex Guimarães.


AGENDA INTERNACIONAL

SIMERS PARTICIPA DE SEMINÁRIO INTERNACIONAL

SOBRE A MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA NAS AMÉRICAS.

No dia 04 de novembro, o diretor do SIMERS e gerente adm. e de negócios da MARINI, Marcelo

Marini representou o sindicato no Seminário sobre “ O presente e futuro da mecanização agrícola nas

Américas”, realizado em Washington, D.C.

O SIMERS foi convidado a participar pela relevância do trabalho que desenvolve em prol do setor de

máquinas e implementos agrícolas, sendo a única entidade brasileira presente. O evento, organizado

pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) contou com a presença de 80

convidados de diferentes partes do mundo.

Na ocasião, convidado pelo presidente Claudio Bier para representar o SIMERS, Marcelo Marini

fez uma apresentação sobre processos adotados na agricultura brasileira, ressaltou a importância

de trabalhar a mecanização de forma integrada com sustentabilidade e inovação para que assim, o

agricultor obtenha mais produtividade, independentemente do tamanho da propriedade.

Com a participação nesse dia de debates, o diretor Marcelo trouxe algumas percepções na

bagagem: “A partir da participação no Seminário, é possível constatar que o Brasil está à frente em

relação a existência de políticas agrícolas e mecanização para os pequenos e médios agricultores,

alguns outros países, como a Argentina, também estão bem engajados. No entanto, precisamos

de mais incentivos para os agricultores e avançar na mecanização agrícola. Observei nos trabalhos

apresentados que existem propostas relevantes com foco na maior produtividade dos agricultores,

ou seja, existe um engajamento do setor para que haja mais melhorias para o agronegócio, um suporte

para que o agricultor não fique sozinho. Também existe uma preocupação comum, tanto por parte do

agricultor, como da indústria, com relação a perda da produção e da produtividade.”, destacou Marini.

Outro fator relevante mencionado pelo diretor do SIMERS, diz respeito a fome no mundo e ao papel

da indústria e da universidade. “Há um interesse das universidades em estar juntos na causa da fome

no mundo, nos Estados Unidos a exemplos de formação de centros de pesquisa, e grupo integrados de

trabalho interligado com a indústria, onde os estudantes realizam as pesquisas e a universidade fica

com o papel de procurar soluções para as indústrias”, salientou Marini.

Cabe destacar que o modelo de integrar a universidade e as indústrias se assemelha em parte com

a proposta do Projeto TESA, desenvolvido pelo SIMERS em parceria com a Abinee-RS e Abimaq-RS, pois

o projeto também tem parcerias com as universidades, assim como, com outros órgãos institucionais.


Reunião com a diretoria do BNDES

Expointer 2016

Inauguração da Casa das Máquinas Agrícolas

Estande do SIMERS

Expodireto 2016

Discurso do presidente na abertura

da 39ª Expointer

Lançamento Oficial da 39ª Expointer Reunião de associados na Expodireto 2016

Estande Mais Alimentos Associados

SIMERS - Expointer 2016

Diretor Secretário do SIMERS, Sigfried Kwast,

concede entrevista na Expointer 2016

Painel Caminhos da Tecnologia na

Expointer 2016

Presidente e o Governador no Desfile

dos Campeões - Expointer 2016

PROJETO VIDA URGENTE - apoiado pelo

SIMERS durante a Expointer 2016

Evento no auditório do SIMERS

Corte da Expoijuí Fenadi 2016 com o presidente

Visita da Indústria Marini ao SIMERS


Um novo ano de oportunidades está

próximo. E nós também estaremos.

O SIMERS deseja que em 2017 nossos

laços se fortaleçam.

Vamos fazer cada dia desse ano valer a

pena para crescer, realizar e conquistar

resultados lado a lado.

Desejamos um

próspero Ano Novo.

Sindicato das Indústrias de Máquinas

e Implementos Agrícolas no Rio Grande do Sul

SIMERS Sind Maq Agric

Curta nossa

página no Facebook.

RESPONSÁVEIS

Graciela Formentini – Relações Públicas – Conrerp/4ª 3214

Jassira Castro – Relações Públicas - Conrerp/4ª 3222

(51) 3557.9700

www.simers.com.br

Similar magazines