Contato VIP - Maio de 2020 - Carazinho e Passo Fundo/RS

contatovipmar20

Edição da Revista Contato VIP do mês de Maio de 2020, com a capa de circulação das cidades de Carazinho e Passo Fundo/RS


Com máscara eu

protejo você.

Com máscara você

me protege.

@prefeituradecarazinho


Protegidos para

o nosso bem!

Valor da publicação com comissão de agência (20%) R$ 2.800,00

Sem custo de produção / Tiragem 5.000 exemplares

Secretaria Geral do Governo - Departamento de Comunicação

Lei nº 8.445


CARTA DA EDITORA

ADIANTANDO TENDÊNCIAS

Na Carta da Editora da edição de março, quando falei que

Reinventar é Preciso, ainda não havia chegado ao Brasil,

a pandemia causada pelo COVID 19. O que assistíamos

pela TV, acontecendo na China, em final de fevereiro,

parecia distante de nós. Mas a realidade veio rápida e reinventar-se

não se tornou apenas necessário, mas urgente e como única forma de

sobrevivência para muitos segmentos.

Quando atingiu o ápice do isolamento social a nossa edição de Saúde

estava em fase de diagramação, e não teve sua produção interrompida,

seguindo em home office. Depois veio a produção gráfica, onde

enfrentamos a redução de carga de horário por parte de empresas

terceirizadas, como medida de prevenção e contenção do vírus. Mas,

dentro do prazo, mês de abril, nossa edição impressa ficou pronta, e

obedecendo todas as normas de segurança, com agendamento prévio,

está sendo entregue.

Agora, com nossa edição de Maio vamos adiantar uma tendência, que

é a edição digital, para cumprirmos nosso compromisso com clientes

e leitores. Todos os nossos clientes e assinantes receberão o link para

acessar a revista e compartilhá-la com quem quiser, aonde estiver.

Dessa maneira preservamos funcionários, prestadores de serviço e

terceirizados, que, no momento, sem a distribuição dos exemplares poderão

manter o isolamento social, como prevê as normas de segurança.

Logo que tudo isso passar, entregaremos os exemplares impressos.

Nossa edição traz na capa a advogada Jamila Wisóski Moysés Etchezar,

que fala de suas grandes paixões: o direito e maternidade. E, nesse Dia

das Mães diferente, temos histórias inspiradoras para compartilhar

com você e para você compartilhar com quem quiser.

Rosemara Toledo

Jornalista DRT/RS 12763

Sócia-proprietária da editora

Contato Comunicações Ltda.

Foto: Cristiani Lauxen

Boa leitura e me conte como está sendo a sua experiência com

a revista Digital.

Ano XXV | nº 302 | Maio | 2020

Av. Flores da Cunha, 1663, Sala 101

Ed. Agnello Senger - Carazinho/RS

Fone (54) 3330-1529

vip@contatovip.com.br | contatovip.com.br

Contato VIP é uma publicação da Contato

Comunicações Ltda. Empresa fundada em

15 de julho de 1988, por Sideno João

Docena (In Memorian)

Direção:

Rosemara Toledo

Rg. DRT/RS 12763

Jornalismo:

Camila Toledo Docena

DRT/RS 18547

Colunas:

Luciano Baumgardt, Taís Rizzotto,

Céia Giongo, Nicele Branda,

Manno Escobar, Sueli Marini

Editoração Gráfica:

Juliano Graebin

Departamento Comercial:

Carla Oliveira Tatsch

Josefina Monteiro

Luciano Baumgardt

Iara Vargas

A revista não se responsabiliza por

conceitos e opiniões emitidas em

colunas assinadas e materiais divulgados

em anúncios publici tários.

4 | contatovip.com.br


VOUCHER

Compre

e ganhe

mais

0%

EM BÔNUS

3

Rua Flores da Cunha, 1208

(54) 3330.1452 (54) 99675.1452

Av. Julio Borella, 1449

(54) 3342.6473

Rua Morom, 1744

(54) 3311.4237

Rua Morom, 1401

(54) 3313.6599

Bella Città Shopping

Térreo - (54) 3601.4145

Passo Fundo Shopping

Piso 2 - (54) 3601.1531

donjuanmodahomem.com.br


ÍNDICE

32

SOLIDARIEDADE

Iniciativas do bem minimizam

efeitos da pandemia

36

EDUCAÇÃO

O novo modo de aprender

43

CARREIRA

O cenário atual exige

novas habilidades

14

CAPA

A advogada Jamila Wisóski Moysés Etchezar

fala de suas grandes paixões o Direito e a Maternidade.

Foto: Nair e Verônica Lotterman

38

45

26

MODA

Máscara é o novo acessório

SAÚDE

É importante cuidar

do seu coração

COMPORTAMENTO

Papel da Mãe em tempos de pandemia

16 48

DIA DAS

MÃES

Mensagens

e histórias

inspiradoras de

mães e filhos.

BELEZA

Corte Chanel

é o queridinho

da temporada.

RevistaContatoVip

RevistaContatoVip

6 | contatovip.com.br



VIP | Sociedade

Luciano Baumgardt

Colunista Social | Publicitário | Jornalista Reg. Prof. 18.014 DRT/RS

lubaumgardt@gmail.com lucolunista lubaumgardt

Novos tempos

FOTOS | ANDERSON ARTMANN

E tudo ia tão bem, o ano prometia ser próspero, um clima

de otimismo era uma constante no comércio, na indústria,

na construção civil, na área de eventos, entre outras áreas.

De repente, um inimigo invisível nos coloca medo, nos

isola, nos traz prejuízos sociais e financeiros, tudo é fechado.

Que grande alerta! Tomei para mim, que o Covid-19 veio

para nos fazer parar e pensar, reavaliar, ponderar nossas

ações e nossos propósitos. Falar que não tivemos tempo será

impossível, precisamos é ser novos seres humanos quando

o mundo voltar a girar sem o assombroso Coronavírus.

Quando isso vai acontecer? Difícil prever, impossível de

afirmar. Mas o que é sim, possível afirmar, é que tudo vai

passar... e quando passar, eu não sei vocês, mas eu quero é

abraçar as pessoas que amo, as que perdoei neste período de

introspeção, e as pessoas que vou conhecer. Vamos nos abrir

para o mundo e agradecer que sobrevivemos. Até lá desejo

muita saúde e cuidado a todos!

Juliana Ritter Linck, Carine Hauschild e Antoniela Albernaz

Veneliza Thomas Savoldi, Ilana Kirinus e Lizana Thomas

Moda usual

Mohana Müller e Sandra Mara Zimmer

Terezinha Camargo

A empresária Carine Hauschild abriu as portas

da sua Charlotte Brands no dia, 5 de março, para

apresentar a sua loja e a coleção arrasadora de

looks selecionados com muito feeling e bom gosto.

A Baumgardt Comunicação e Eventos cuidou da

movimentação que foi uma das últimas grandes

badalações antes da pandemia, que colocou 2020

em quarentena. Confira algumas presenças:

8 | contatovip.com.br


VIP | Sociedade

Viva Turismo

Carazinho conta desde o mês de março com uma

nova Agência de Viagens, a Viva Turismo, de

propriedade do casal de empresários Caroline

Leite Andreis e Ricardo Andreis. A Viva Turismo

nasceu da aquisição da Silvia Turismo, empresa

que durante 12 anos atuou no ramo de turismo

em Carazinho e região. A empresa que conta com

consultores especializados em viagens, dedica-se

a não vender apenas passagens e sim experiências.

O casal de empresários decidiu dar uma guinada

na sua carreira profissional e buscou algo no qual

pudesse ajudar os seus clientes a realizar sonhos. A

Viva Turismo, fica na Avenida Pátria, 202, Centro

de Carazinho, o Fone (54) 3329-2067 e o Whatspp é

(54) 3329-2067. No Instagram @vivaturismors e no

Facebook vivaturismors.

IN LOVE

No dia 22 de fevereiro de 2020, aconteceu

em Carazinho o casamento de Deise Kaminski

e Gustavo Giongo, a benção religiosa

foi concedida pelo padre Matheus

Danieli na Igreja Matriz Bom Jesus. Logo

após os convidados foram recepcionados

na Rancho Bier, que recebeu decoração

de Fabiano Marcondes e iluminação

cênica de Alemão Eventos. O cardápio da

noite foi assinado pela Chef Evani Lemos

e a organização geral ficou a cargo da

Baumgardt Comunicação e Eventos. O

belíssimo vestido da noiva foi assinado

por Alexsandra Bernardo e a produção

foi de Fabiana Telles e equipe.

FOTO | CATIANE TREVISAN E WAGNER BREANCINI

Novo Sabor

Já funcionando de forma Delivery

o Santino Gastrobar, aguarda

o fim da pandemia para abrir

as suas portas e apresentar os

seus sabores para Carazinho e

região. Especializado em pratos

clássicos com releitura de sabor e

apresentação, o local irá trabalhar

com massas, filés e muito mais.

Fibra Ótica

A Internet queridinha dos carazinhenses, a Seanet Telecom,

acaba de expandir para mais uma cidade, depois de Não-Me-

Toque e Penha, Porto Belo e Itapema, em Santa Catarina, chega

para levar sua tecnologia e suporte avançado para Passo Fundo.

Já com escritório localizado na Rua General Netto, 798, bem no

centro, tem sido recebida com muita euforia pelo mercado local,

devido a responsabilidade com o serviço que entrega, velocidade e

constância de sinal. Muito em breve grande parte de Passo Fundo

está com cobertura da Seanet Telecom.

contatovip.com.br | 9


VIP | Moda

Nicele Branda

Professora

Universitária e

doutoranda em

Design UFRGS

MUDANÇAS NO

MUNDO E A MODA

A

moda reflete diretamente

comportamentos e modificações na

sociedade ao longo do tempo. Das

peças de modelagem sequinha, com

tecidos sintéticos durante a corrida espacial nos

Anos 60, as referências hippies dos Anos 70 no

vestuário de homens e mulheres, passando para

a “masculinização” de trajes femininos, com as

imponentes ombreiras dos Anos 80 as múltiplas

influências dos Anos 90 e a mudança cada vez mais

acelerada dos itens de Moda, a globalização que

aproximou mercados, difundindo produtos com

rapidez jamais vista, nos quatro cantos do mundo.

Há quem pense que roupa é item supérfluo ou que

serve apenas para cobrir o corpo, consciente ou

não, você faz parte desse mercado.

Os dois exemplos mais relevantes de

acontecimentos no mundo, mesmo que em outro

continente que afetaram diretamente a forma das

pessoas se vestirem, foram as duas grandes Guerras

do Século XX. Antes da Primeira Guerra Mundial,

as mulheres usavam essencialmente vestidos, em

silhueta S. Os anos 20 trouxeram referências fortes

do vestuário masculino, relaxando as curvas do

corpo, subindo as saias até logo abaixo do joelho

e dando maior mobilidade na forma de se vestir, e

consequentemente agir.

Já a Segunda Guerra, trouxe a necessidade ainda

maior de trabalho feminino e, as mulheres que

eram mal vistas usando calças, por necessidade

devido a escassez ou o tipo de função que estavam

desempenhando, acabaram popularizando o item.

Naquela época, a difusão de uso de determinados

produtos além mar, assim como a comunicação

era bem mais demorada que agora. Não ocorreu

no mundo inteiro no mesmo momento, mas

sua popularização se difundiu no período

seguinte. Por outro lado, a França, eterna capital

da Moda no mundo e, querendo retomar um

espaço historicamente protegido, lançou o Teatro

da Moda, onde enviaram os lançamentos em

miniatura para diversos países para manter sua

hegemonia. Que trajes eram esses? Peças super

femininas, com excesso de tecidos, que devolviam

as mulheres exatamente o que se tinha perdido nos

tempos de escassez: Glamour e feminilidade.

Estamos vivendo um momento de profundas

mudanças na forma de nos relacionarmos e

consumirmos, por mais que isso não esteja

afetando o nosso dia a dia diretamente os reflexos

a curto e longo prazo também afetarão a nossa

relação de consumo. A forma como a indústria,

a distribuição e o comércio de itens de vestuário

se estabelece hoje está sendo repensada. O

rompimento da demanda imediata e seus efeitos

na economia são devastadores, mas o cronograma

de até 36 meses de antecipação de produção

assim como a quantidade de itens, na maioria das

vezes de baixa qualidade, não faz mais sentido.

Não entenda essa reflexão como negativa, não

é. Mudanças causam estranhamento, mas com

o tempo as coisas voltam para o lugar. Um novo

lugar. E com a moda, não vai ser diferente.

10 | contatovip.com.br


Quer vender ou

comprar

alguma coisa?

Encontre o que precisa e fortaleça o comércio

local, desenvolvendo sua região.

Uma plataforma de compra e venda

exclusiva para associados do Sicredi.

Baixe o aplicativo

Quer saber mais?

Fale com sua agência

pelo WhatsApp:

(51) 3358-4770

contatovip.com.br | 11


VIP | Moda

Manno Escobar

Algumas das belas que estiveram no Manno Escobar Cabeleireiros

Manno Escobar

Cabeleireiro

Diretor artístico,

empresário,

apaixonado por

moda, beleza e

fotografia.

Proprietário do Salão

Manno Escobar

Passo Fundo/RS

(54) 3311.3335

Aníver do Manno

em grande estilo, fazendo

o que mais gosta,

trabalhando! Para o

desfile realizado na Gare

Gastronômica em parceria

com Vânia Bergonsi e

Lívia Nonnemacher.

Carol Rossatto

e Rodrigo

Scortegagna

sempre de alto

astral, e cuidando

do seu cabelo.

Flávia e Enzo

Reginatto

Grazziottin

retocando

o corte.

Casal de amigos da

Suíça, depois de estarem

juntos em Punta Del

Este, no casamento

da querida Marina,

passaram no salão para

cuidar do cabelo.

Parte equipe Manno

Escobar – Bernardo

Almeida e Ângelo

Rossetto juntamente com

Manno, todos cuidando

da saúde e seguindo

as orientações para

combater o

Covid 19.

Cristina M. Bruch e

Gianina S. Mattevi

amigas da vida toda

e sendo cuidadas por

Manno Escobar.

Produção para

Revista Contato Vip as

médicas: a Dermatologista

Alexandra B. N.

Mattos e a Especialista

em Medicina Fetal

Caroline R.

Garcia.

Clarissa Rossatto

sempre inovando

seu corte de cabelo

com muito estilo e

elegância.

Rodrigo

Scortegagna e o

Arquiteto Luis Felipe

Bortolini seguindo

as regras e medidas

de segurança, mas

cuidando do

visual.

12 | contatovip.com.br


Hoje é dia de celebrar a vida de todas

as mães que são o espelho do cuidado,

proteção e amor infinito de Deus na terra.

FELIZ DIA DAS MÃES!

#torredebatata

#batatafantasia

#xis

Av. Flores da Cunha, 1060 - Carazinho/RS

(54) 3331-4335 / tonepizzaria

#pizza

#marmita


VIP | Capa

JAMILA WISÓSKI

MOYSÉS ETCHEZAR

Uma conversa sobre advocacia e maternidade

Ela é advogada, professora universitária e mãe. Nessa reportagem Jamila fala sobre

o amor, a responsabilidade e a dedicação que tem em cada um desses papéis

14 | contatovip.com.br

A

paixão de Jamila pelo Direito

veio de berço. Sua família

tem escritório jurídico em

Passo Fundo há mais de 40

anos, sendo que grande parte exerce a

profissão de advogado. “Lembro que

antes mesmo de entrar para faculdade

já ajudava meu pai e meu irmão no

escritório. Com certeza, isso facilitou

muito minha vida no momento de eleger

a profissão e de iniciar a minha trajetória

profissional”, conta. Na faculdade,

ela aproveitou ao máximo para fazer

estágios em alguns órgãos públicos,

como por exemplo: na Advocacia Geral

da União e na Justiça Federal, para ver

como funcionavam e aprender mais

sobre o sistema jurídico. “Nesse período

aprendi muitas coisas que vão além do

processo em si e fiz grandes amizades

que levo até hoje”, comenta.

Após a formatura em Direito, Jamila

decidiu se especializar para ingressar na

docência, para isso fez especialização em

Direito do Trabalho e Previdenciário, na

Universidade de Santa Cruz do Sul, após

ficou um período de quatro anos de estudos

na Itália (mestrado e doutorado) e

na volta realizou um mestrado no Brasil.

“Esse período de estudos me forneceu

uma base sólida para advogar e lecionar

com maior segurança. Lembrando que,

como o direito é uma ciência que está

em constante modificação, é necessário

estar sempre em busca de novos cursos e

especializações para se manter atualizado”,

destaca. A docência é um sonho de

infância para Jamila e proporciona a ela

uma grande satisfação pessoal. “Ensinar é

mais um prazer do que propriamente um

trabalho. Me permite estar em contato

permanente com os alunos ávidos de conhecimentos

e consequentemente exige

que eu esteja em constante atualização

para atender as exigências da academia”.


VIP | Capa

Jamila exerce suas atividades no escritório

Amarante & Moysés Adv. Assoc.,

escritório familiar em funcionamento

desde 1977 e é professora de Direito nas

Faculdades João Paulo II e na Faculdade

Anhanguera de Passo Fundo/RS; participa

também como membro da Comissão

dos Advogados Trabalhistas, da Comissão

da Mulher Advogada e da Comissão

de Gestão, Tecnologia e Inovação da

OAB/RS - Subseção de Passo Fundo.

Como é autônoma tem uma flexibilidade

maior para organizar seus horários e, por

sorte, consegue dividir as tarefas com

seu esposo, Nelson Gabriel Etchezar, que

também é advogado e professor. “Procuro

fazer uma boa gestão do meu tempo,

organizando as atividades do escritório,

acadêmicas e pessoais, de forma dinâmica,

o que cada dia fica mais fácil em

função das novas tecnologias inseridas

no processo. Em que pese ser profissional

liberal tenho alguns compromissos

para cumprir com horários fixos, como

por exemplo: audiências (algumas delas

inclusive fora da cidade) e atendimentos

presenciais a clientes. Ainda, como a

minha profissão é muito ampla, necessito

me organizar dentro do meu dia para:

estudar os casos trazidos pelos clientes;

pesquisar jurisprudências; peticionar

e acompanhar os processos de nossos

clientes, o que me obriga muitas vezes a

trabalhar fora do expediente e aos finais

de semana em home office”, acrescenta.

Jamila considera que um dos maiores

desafios da advocacia é a atualização

constante e o acompanhamento da dinâmica

das normas que se alteram rapidamente,

em especial, com a pandemia

do coronavírus que vivenciamos atualmente.

“Mais do que nunca os conceitos

de insegurança jurídica e flexibilização

estão em voga, então acredito que esses

também sejam um dos maiores desafios

hoje na minha profissão. Como operadora

do Direito, meu dever é criar uma

ponte entre as normas e os cidadãos que

nos procuram para que possam exercer

seus direitos de forma equilibrada e

atingir seus objetivos com maior êxito

possível”, acredita.

Os direitos sociais visam garantir aos

indivíduos o exercício de direitos fundamentais

em condições de igualdade, para

que tenham uma vida digna por meio da

proteção e garantias dadas pelo estado

de direito. Justamente por isso Jamila

considera a área do Direito do Trabalho,

em que atua, apaixonante, pois o trabalho

é uma das funções mais dignificantes

e necessárias aos homens. “Herdei esse

gosto pela advocacia da minha família,

especialmente do meu irmão, que é um

grande exemplo profissional para mim

e também do meu pai, que jubilou na

profissão de advogado há poucos anos”.

As mudanças que chegaram

com a maternidade...

Além de tantas atribuições profissionais,

Jamila também exerce uma das funções mais

importantes do mundo: a de ser mãe. Sua

primeira filha, Isabela, que hoje tem 4 anos,

nasceu em um momento ótimo da sua vida

profissional, no qual estava com grande fluxo

de clientes e tramitando um grande volume

de processos, inclusive nas esferas recursais

em instâncias superiores. No ano seguinte

ao nascimento da filha, Jamila começou a

lecionar na faculdade e fez várias viagens

internacionais para sua especialização, inclusive

realizou um segundo mestrado com

participações em congressos na Itália e na

Polônia. Sua segunda filha, Martina, chegou

há 2 meses para completar a família. “A

partir da maternidade comecei a ver a vida

com mais ternura e amor. Realmente ser mãe

me deu um grande objetivo pelo qual lutar,

se antes me sentia um pouco individualista

nas minhas escolhas, agora penso duas vezes

antes de tomar qualquer decisão, pois sei que

minhas filhas necessitam de mim e a grande

responsabilidade que tenho com elas. Sinto

que as minhas energias foram recarregadas

após a maternidade. Me sinto renovada e

com muita vontade de vencer e deixar um

mundo melhor para as minhas filhas. A

maternidade me deu uma visão ainda mais

humana, me fazendo valorar a importância

das relações de trabalho na vida das pessoas,

e a importância da minha profissão em si, e

de como os resultados do meu trabalho impactam

na vida dos nossos clientes”, ressalta.

Jamila salienta que, após se tornar mãe

mudou a forma de encarar a vida profissional

e agregou os conhecimentos adquiridos

como mãe no seu trabalho. “Eu aconselho

a todas as mulheres/mães que não desistam

de seus sonhos, que priorizem sua profissão.

Aproveitem a oportunidade que temos hoje

de mostrarmos a nossa capacidade profissional

junto à sociedade. Oportunidade essa

que foi conquistada através de muitas lutas e

reivindicações das mulheres”, destaca.

Jamila tem como planos para o futuro dar

continuidade à carreira acadêmica, fazer um

doutorado e continuar a ensinar. “A ideia é

investir nas minhas duas paixões a advocacia

e à docência”, acrescenta. Um dos maiores

desafios que ela também pretende colocar

em prática é a modernização do escritório,

através de plataformas jurídicas que atendam

às necessidades do direito na atualidade, afinal,

o direito digital está muito em alta nesse

momento. E, por fim, Jamila tem vontade de

escrever um livro jurídico, que já está em andamento

e deve ser lançado ainda nesse ano.

contatovip.com.br | 15


CADA MÃE

uma historia ´

THAIS ROHDE PAVAN

Ser mãe é, e sempre foi,

um dos maiores sonhos

de Thaís. Quando a

descoberta da gravidez

aconteceu, foi um momento de

gratidão eterna e, ao mesmo

tempo, de preocupação por não

saber como seria sua vida a partir

de então. Seu filho Antônio Pavan

Conterno já tem 2 anos e 6 meses,

e, nesse curto período de tempo,

transformou a vida da mãe em

todos os aspectos. “Para mim ser

mãe significa mudar a sua vida,

seu tempo, seu pensamento, dar

todo o seu coração, seu amor para

levar seu filho adiante e ensiná-lo

a viver. Significa ter uma razão de

ser para o resto da vida; querer

aproveitar e viver ao máximo

cada momento. Ter sentimentos

contraditórios ao ver o filho

crescendo, sentindo alegria e

saudade à medida que avançam ao

longo da vida”, diz.

Ao tornar-se mãe, Thaís descobriu

a sua verdadeira força. Apesar de

tudo: do cansaço, do sentimento

de fracasso, do medo e da culpa,

ela descobriu que tornar-se mãe é

manter a calma diante de situações

extremamente estressantes. É

sorrir de uma alegria sincera

mesmo que esteja acabada de

cansaço. “O amor não deixa que

a mãe seja fraca, esse amor lindo

é a fonte de toda a força da mãe”,

acredita.

Ser mãe é uma tarefa que exige

muito da mulher. Traz inúmeros

desafios e dúvidas, principalmente

quanto ao futuro. “A verdade

é que, para todo mundo, são

poucas as certezas sobre o futuro,

inclusive profissional. Um filho

mudará muitas coisas na sua

16 | contatovip.com.br


rotina e, durante algum tempo,

você realmente se dedicará quase

que exclusivamente à criança. Por

outro lado, esse tempo dedicado

à maternidade pode servir para

você aperfeiçoar habilidades

importantes para vida, inclusive

para a sua carreira, como a

disciplina e a dedicação. Ser mãe e

se tornar uma grande profissional

não são coisas mutuamente

excludentes, mas podem até mesmo

ser complementares. Para facilitar

o equilíbrio da carreira com a

maternidade, é importante planejar

o tempo”, indica Thaís, que atua

como médica reumatologista. Ela

também conta com a ajuda de sua

família e da Tata Sirlei para cuidar

do seu filho nos momentos em

que precisa se dedicar ao trabalho.

“Costumo dizer que ela não é só

o meu braço direito, é meus dois

braços e as minhas pernas, enfim,

estou rodeada de pessoas que se

tornaram essenciais na minha

vida!”, destaca.

Thaís aprendeu tudo sobre ser mãe

com a sua mãe, Edit Rohde Pavan.

“Eu aprendi que não importa

o quão difícil foi o dia ou quão

estressante é a fase que estamos

vivendo, uma palavra, um sorriso,

um abraço do filho apazigua tudo

e revigora a alma. Ou seja, no

final das contas, a maternidade

me ensinou que o amor tudo cura,

tudo perdoa, tudo colore. Se existe

um amor real e sincero é o amor

de mãe. É eterno e infinito. Ser

mãe significa nunca mais estar só

no pensamento. Uma mãe sempre

pensa por dois: por ela e pelos seus

filhos”.

Thaís busca ensinar ao seu filho

todos os valores ensinados

pelos seus pais a ela e a sua irmã

gêmea Tatiana. Seu filho também

a ensinou um dos maiores

aprendizados da vida: “A amar

incondicionalmente”, conclui.

Ser mãe tem

vários significados...

A seguir, Thaís compartilha os

significados mais verdadeiros para ela:

Ser mãe é ter a valentia dos

guerreiros e um instinto protetor

como de uma verdadeira guardiã.

Ser mãe é ter um amor incondicional

por alguém que ainda não

conhecemos bem, mas que já ocupa o

lugar mais importante na nossa vida.

Ser mãe é ter altruísmo para dedicar

todo seu tempo ao filho. Mesmo

que em algumas vezes seja só em

pensamento.

Ser mãe é pensar em cada detalhe da

felicidade dele.

Ser mãe é se emocionar muitas

e muitas vezes com o sorriso e

qualquer gesto que ele possa oferecer.

Ser mãe é ignorar o cansaço e o sono.

Ser mãe é estar preparada para

qualquer batalha por e ao lado do seu

filho.

Ser mãe é agradecer a cada instante a

dádiva de ter seu filho por perto.

“Sou uma

mãe feliz e

realizada, mas

com os medos

constantes que

fazem parte do

aprendizado

de ser mãe”.

contatovip.com.br | 17


CADA

uma

MÃE

historia ´

FOTO | CATIANE TREVISAN

Camila Magri Gardin,

mãe do Pietro Magri Gardin

Quando uma mulher se torna mãe, ela

muda completamente sua visão do mundo.

Toda a sua rotina é alterada, do lado pessoal

até o profissional, e tudo se volta para um

bebê que precisa 24 horas da sua mãe. Essas

mudanças aconteceram na vida de Camila

e seu esposo, Maurício Gardin, com a

chegada do Pietro, e fizeram com que ela se

sentisse uma mulher mais forte e confiante

ao tornar-se mãe. “Os principais desafios

que enfrento em ser mãe na atualidade

é conciliar o meu lado profissional em

estar junto ao meu filho para uma melhor

educação. O Pietro me ensinou a ser uma

pessoa mais generosa e menos egoísta, com

seu amor me sinto completa”, destaca.

Jocélia da Rosa,

mãe da Ana Flávia, de 11 anos

A maternidade virou minha vida do avesso, e aí descobri

que o avesso é o meu lado certo! Não podia imaginar

que um ser tão pequenininho pudesse mudar tanto e tão

rápido a minha vida.

Desde o dia que você nasceu nada nunca mais foi como

antes. Toda a minha rotina foi pelo ar. A casa nunca mais

esteve tão arrumada. Tudo o que eu gostava de fazer ficou

em segundo plano. Mas, sinceramente, tudo com você é

tão mais intenso e divertido que já nem lembro mais como

era antes! Hoje, depois de 11 anos, já até estranho se não

esbarrar com nenhum brinquedo no meio do caminho,

entre a sala e a cozinha. Porque você trouxe ainda mais

vida, cor, diversão e bagunça à minha vida. E eu adorei! Te

amo filha! Enfrento todo dia o medo de não ser uma boa

mãe, mas tudo compensa quando te vejo sorrir dormindo,

acordar sorrindo e me dizer bom dia.

Brincamos, damos gargalhada e temos nossos momentos

de cumplicidade. Quero que seja assim pra sempre: a gente

superando os desafios de cada dia juntos, sem deixar de

dar risada, de se divertir e de se amar muito.

FOTO | CRISTIANI LAUXEN

18 | contatovip.com.br


CADA MÃE

uma historia ´

SIRLEI KEMERICH,

mãe de Siani Elisa Kemerich Drey, 11 anos

Meu nome é Sirlei,

sou mãe da Siani,

uma menina linda

que não foi gerada

no ventre, foi gerada no meu

coração. Nossa história de amor

começou assim....

Não podendo engravidar e

com uma vontade grande de

ser mãe, fui abençoada com o

presente mais maravilhoso que

Deus poderia me dar. Sendo

muito devota de Nossa Senhora

Aparecida, rezando para receber a

graça de ser mãe e acreditando nas

promessas que fiz, nosso destino

foi traçado. Conheci uma mulher,

que já tinha quatro crianças e

estava nos primeiros meses de

gestação do quinto filho. Ela me

contou sua história e seu desejo de

não criar aquele bebê. Senti algo

tão forte naquele momento, pois

sabia que a partir daí começou

nosso laço entre mãe e filha.

No dia 28 de fevereiro de 2009,

quando vi aquele rostinho pela

primeira vez e cruzamos nossos

olhares, senti o mais profundo

e verdadeiro amor. Não foi a

Biologia que me fez mãe, foi a

Providência Divina que nos uniu,

e que há onze anos faz de nós

amigas e companheiras para uma

vida toda.

Em cada Dia das Mães eu

comemoro a realização de um

sonho e a felicidade de ter a Siani

em nossas vidas.

contatovip.com.br | 19


Lojas

Moda e Móveis

Algumas Mães Elegance homenageadas pelos Dias das Mães.

Ser mãe... É a missão de maior responsabilidade. É amar da

forma mais completa. É dar o melhor de si e não esperar

nada em troca… Esta é a nossa homenagem para todas as

mães que tem o dom de gerar e cultivar a vida!

Elisangela

Rose Pinzon

Andriele Guerra Strack

e filha Antonela Strack Brancher

Alexia Finger Ramos e

filho Augusto Finger Ramos

Elaine Cardoso e filha Laura

Beatriz Fioreze Koch e filhos

Adriano Koch e Eduarda Koch

Cleomara com os

filhos Louise e Lorenzo

Cleidi Wolfart e

filha Maria Sofia de Bone

Carla Ries e filha

Antônia Ries da Silva

Geovane de Oliveira e filhos

Carlos Eduardo da Rosa e Maria Eduarda da Rosa

Joceane Palmeira e

filha Maria Palmeira Soletti

Jucelia Portella Proença

e filho Mateus Proença Ivoní Wahl Filhos Giovana e Lucas Wahl

Graciela Dahmer Damiam e filhos Lucas Dahmer

do Nascimento e Mateus Dahmer do Nascimento

Giovana e filha Manuela


Juliana Orsoloni Pucci e

filho Murilo Pucci Sanini

Lisiane Pinzon

e filhas Juliana e Gabriela

Lori Barth Noll, filhos Alexandre e Eduardo Noll e

Magda Cristina Ferst, filhos João Miguel e Alice Noll

Maria Isabel Oliveira e

filha Isabelly Oliveira Löf

Lucicler Almeida e filhas Bruna e Camila

Mariane de Meira Guerra e

sua filha Aurora de Meira Guerra

Marlys Morschheiser e filho

Rafael Eduardo Morschheiser

Mônica e seus filhos Larissa e Davi Luca

Mônica Moraes Miranda e filhas

Sarah Miranda Gassner e Pyetra Miranda Gassner

Mãe Raquel Ribas e

filha Dara Ribas Bueno

Tatiana Rosa e filhos

Willian Hermes Larissa Hermes

Sônia Regina Delavy da Luz e filhas

Milene e Gabriele Delavy da Luz

Tania Mara Barbosa e

filha Carolina Miriam Barbosa

Taniela e filha Sophia

Zeneide Dallas Costa

e filhas Eliza é Edineia

Zilda Anschau e

filha Sara Anschau

Lojas

Moda e Móveis

Av. Flores da Cunha, 3914 - Bairro Borghetti - Carazinho/RS

Moda | (54) 3331.1856 (54) 98432.7783 joelegance

Móveis | (54) 3329-4169 (54) 98422-8098 eleganceplanejados

elegance.planejados@ hotmail.com


CADA

uma

MÃE

historia ´

FOTO | CRISTIANI LAUXEN

Sabrina Adam Lotti,

mãe da Valentina, de 4 meses

A filha de Sabrina e Gustavo Lotti foi

muito esperada, desejada e planejada. “Ela

transformou a nossa vida de uma maneira

inexplicável, e se tornou a responsável pelos

nossos melhores sorrisos. Ela veio para

agregar ainda mais amor na nossa família. E

o que eu espero pelo futuro? Que ela tenha

muita saúde para que alcance todos os seus

sonhos, pois estaremos sempre aqui para

ajudá-la nessa caminhada chamada vida”.

Neste Dia das Mães, queremos agradecer a

nossa mãezinha Marilice por ter nos trazido

à vida, por ter nos orientado e mostrado o

caminho correto, por ser nosso maior exemplo

de amor, dedicação, responsabilidade, caráter e

bondade. Quando nos dizem: “sua mãe deve ser

orgulhosa por ter filhos que deram certo”, nós

respondemos: “nós somos orgulhosos por ter

nossa mãe como exemplo”. Muito obrigado por

tudo e Feliz Dia das Mães!

Dos seus filhos,

Rose, Rosangela e Junior Mazzuco.

Sandra Zimmer,

mãe da Mohana

“Maternidade é a maior dádiva

da vida, é carregar no coração

um amor que não conhece

limites para a vida toda. É a mais

divina das responsabilidades e a

mais sublime das missões.

Parabéns a todas as Mães!”

22 | contatovip.com.br


CADA MÃE

uma historia ´

MARIANE DE MEIRA GUERRA,

mãe da Aurora de Meira Guerra, de 1 ano

FOTOS | CATIANE TREVISAN

Mariane de Meira

Guerra e Igor Antônio

Guerra Longo,

pais da Aurora

Há um ano a Aurora chegou para transformar

a vida dos pais, Igor Antônio Guerra Longo

e Mariane de Meira Guerra. Para a mãe, é até

difícil expressar o que especificamente mudou,

pois ela sente que não é mais a mesma pessoa depois da

maternidade. “Diria que tudo mudou... a transformação foi

tão grande que diversas vezes me surpreendi chorando com

o sentimento de ter perdido minha identidade, até perceber

que na verdade me encontrei quando virei mãe. Uma das

principais mudanças foi a visão que tenho da minha mãe, o

amor, admiração e respeito por ela multiplicaram. Também

passei a admirar ainda mais as mulheres que vivem a jornada

da maternidade sozinhas, sem apoio dos familiares e/ou

companheiro”, destaca.

Mariane acredita que o maior desafio seja lidar com as

cobranças da sociedade e o sentimento de culpa que muitas

vezes se permite sentir. “Encontrar o equilíbrio entre todos

os papéis que desempenhamos é algo bem complicado. Hoje

em dia acreditamos que devemos fazer muitas coisas que

nem sempre são essenciais e muito menos irão fazer grande

diferença em nossa vida ou na vida de nossos filhos no futuro

e no meio disso tudo, perdemos o que temos de mais valioso

e que não pode ser recuperado, o tempo!”, ressalta. Nos

momentos em que estão juntas, Mariane sempre tenta transmitir

à filha valores como humildade, honestidade, empatia,

compaixão (com os outros, mas também com ela mesma) e

caridade além dos bens materiais.

Ela conta que no início a sua experiência como mãe foi muito

melhor do que sonhou, pois a Aurora é uma bebê tranquila,

começou a dormir a noite toda com apenas 45 dias e a

amamentação foi só alegria, sem dor ou rachaduras, o que

proporcionou a ela ser a mãe que sempre quis ser. “Hoje,

porém, estou passando por um momento que me fez mudar

totalmente as idealizações que fiz da maternidade. Precisei

entender que amor não tem nada a ver com presença física,

tive que ficar longe e deixar de amamentar a Aurora de uma

hora para outra, enquanto sempre sonhei em poder dedicar

uma maior quantidade de tempo a ela e amamentar enquanto

pudesse e ela quisesse, lidei com a frustração, a tristeza,

mas por outro lado descobri uma força que apenas um filho

é capaz de fornecer, para superar todas as dificuldades. A

Aurora me ensinou a sorrir, em qualquer circunstância, não

importa se o dia está lindo ou cinza... um sorriso muda tudo!

Também ensinou que podemos ser felizes com quase nada

desde que estejamos perto das pessoas que amamos. A maior

alegria de ser mãe é um clichê total: chegar em casa e poder

receber aquele abraço, acompanhado de um sorriso e daquele

cheirinho que só a Aurora tem, capazes de curar qualquer

dor e sofrimento”.

contatovip.com.br | 23


CADA MÃE

uma historia ´

SIMONE SEBBEN SALVI,

mãe de Maria Gabriela, 9 anos, e Maria Antônia, 6 anos

FOTOS | PERSONAL CLICK

Ser mãe sempre foi o grande sonho

de Simone. Ela pensava em

ser mãe após os 30 anos, porém

a vida concedeu esse dom a ela

aos 23 anos. “Hoje não me arrependo

de ter sido mãe mais cedo, é uma dádiva

divina ter o dom da maternidade. É

inexplicável, a maternidade nos torna

seres mais completos!”, diz. Após a maternidade,

Simone conta que passou a

dar mais valor aos seus pais, pois acredita

que apenas vivenciando o afeto,

carinho e o cotidiano familiar, aprendemos

os verdadeiros valores da vida,

como união, afeto e amor. “Certamente

minha vida mudou muito após ser mãe,

as responsabilidades e os compromissos

aumentaram, a rotina mudou totalmente,

mas é muito gratificante poder

vivenciar tudo isso e olhar para aqueles

olhinhos e aqueles sorrisos diários e

pensar, elas dependem de mim, do

meu esforço, da minha dedicação e dos

meus ensinamentos, tenho que ser uma

mãe exemplar a elas”, destaca.

A maternidade ainda é muito idealizada

e muitas mulheres a veem como um

conto de fadas – que ela não é. “Não

existe receita, manual de instruções,

regras fáceis, apenas vivendo dia a dia

podemos agir e balizar qual atitude

devemos tomar em defesa do bem de

nossos filhos. Quando elas eram bebês

tudo era calmo, tranquilo, sereno, claro

que dentro de suas proporções, agora

que estão maiores, cheias de sonhos,

aspirações, ideias, vontades próprias,

tenho que ter cautela para direcioná-las

da forma que acho correta. Com certeza,

muita coisa mudou na criação delas,

antes eram bebês agora são crianças

ativas, muito ativas, que às vezes nos

deixam sem base com as perguntas e

respostas, então temos que ter muito

pulso firme para não deixar nossa autoridade

de mãe escapar entre os dedos”,

acredita. Simone também considera um

desafio ter discernimento para poder

transmitir a elas o que é certo ou errado,

num mundo onde a tecnologia proporciona

muitas facilidades às crianças.

“Temos que estar sempre atentas e

acompanhar seu cotidiano, para que

possam trilhar seu caminho de forma

correta, justa e responsável”, salienta.

Simone sempre busca ensinar a elas

valores como: honestidade, obediência,

empatia, solidariedade e humildade,

principalmente.

Porém, não é somente Simone quem

ensina. As Marias proporcionam a

ela ensinamentos diários! “Com a

Maria Gabriela venho aprendendo

muita coisa, ela me ensina técnicas de

meditação que aprende na internet, me

ensina a diminuir a ansiedade, a ser

mais tranquila e até a respirar melhor.

E com a Maria Antônia também temos

tido grandes aprendizados, desde o

primeiro momento até agora, ela vem

nos ensinando o verdadeiro significado

da palavra coragem, ela não tem medo

de nada, ela interage com todos, ela não

faz distinção de ninguém, ela coloca a

cara e encara o que for preciso em busca

da felicidade. Desde a sua concepção,

ela é um milagre vivo. Então, para

mim, minhas duas Marias são meus

verdadeiros tesouros. Minha maior

alegria é poder compartilhar momentos

felizes junto a elas, elas são nossa vida,

nossa razão de viver, cada gesto, cada

sorriso, cada conquista delas representa

para nós o sentimento verdadeiro de

gratidão divina”, finaliza.

24 | contatovip.com.br


CADA MÃE

uma historia ´

Adriana de Góes

dos Santos,

mãe da Antonella de Góes

Parnow, de 2 anos

Adriana de Góes dos Santos e Tiago Parnow

são os pais da Antonella de Góes Parnow, de 2

anos. Em pouco tempo, ela já os ensinou a viver

com mais alegria, afinal, os pais dizem que a

filha acorda todos os dias com o maior sorriso

do mundo! Para a mãe, a vinda da Antonella

foi um grande incentivo para o seu crescimento

pessoal e profissional. “A responsabilidade de

ser um exemplo para ela me incentiva a fazer

o melhor sempre e procurar me aprimorar

mais a cada dia. Também percebo que me

tornei uma pessoa muito mais humana, e que a

solidariedade e a empatia estão mais presentes

na minha vida”, ressalta. Entre os principais

desafios de ser mãe atualmente, Adriana destaca

o de conciliar a vida profissional com a pessoal.

Juliana Neuwald Piva,

mãe da Luísa, de 2 meses

A chegada da Luísa, há 2 meses, mudou completamente

a vida do casal Juliana e Felipe Mallmann Piva. Depois

de muito desejar e planejar, eles hoje vivem a plenitude

da palavra família. “Os dias e as noites não são mais os

mesmos: agora estamos mais completos, cheios de amor e

felicidade. A cada dia uma descoberta, um marco especial

que nos mostra o quanto somos abençoados por tê-la em

nossos braços. Juntamente com todo o encanto e alegrias,

carregamos agora uma grande responsabilidade. Tivemos

que ajustar nossos horários e compromissos, para que fosse

possível que criássemos uma nova rotina, saudável e repleta

de carinho. Entre erros e acertos, encaramos o desafio de

sermos os melhores pais possíveis para a nossa pequena

Luísa. Em um mundo de incertezas, o que mais desejamos

a ela é muita saúde e garra para enfrentar todos os desafios

que a espera. Que ela possa trilhar sempre pelo caminho

do bem, com muita empatia, respeito e sabedoria, para

que ela conquiste a sua felicidade através dos valores que

acreditamos”, ressaltam.

FOTO | CLAUDINE REINEHR FOTOGRAFIA

contatovip.com.br | 25


MÃE EM TEMPOS DE PANDEMIA

A pandemia da Covid-19 trouxe uma situação atípica para mães e pais: no meio do semestre letivo, crianças e adolescentes

precisam cumprir suas tarefas de casa. A psicóloga Indiamara Caumo fala sobre como lidar com esse momento

Esse é um momento de grande

impacto na educação dos filhos,

essas mudanças bruscas, que foram

necessárias, geram angústia

e medo em relação aos acontecimentos.

Ressalto que seus filhos nesse momento

estão “observando”, “visualizando”, como

você reage frente a essa situação inesperada,

de certa forma pais estão educando já

de acordo com seus atos, decisões e como

reagem ao inesperado, de que maneira

administram a saúde mental nesse período,

mediante a tudo que estamos vivendo.

Nesse período mães e pais estão passando

para seus filhos uma “herança” através de

palavras e ações como: gratidão, generosidade,

empatia, solidariedade, ética, essa sim

será a maior riqueza, a maior das “heranças”

que estará deixando de exemplo para

seus filhos. Em meio a essa turbulência e

cenários de indecisões, é necessário criar

algumas estratégias para ter mais harmonia

familiar.

A mulher/mãe está novamente frente

a uma batalha, a maratona de ser mãe,

mulher, companheira, dona de casa,

profissional e ainda cuidar de si, de emoções

suas e de sua família, porém como

mencionei anteriormente, estratégias são

essencias para que esse tempo seja melhor

para todos. Com as crianças é importante

falar usando suas linguagens (explicando

somente o necessário para não sobrecarregá-las

de informações), que terão que ser

mais higiênicos, não podem receber ou ir

na casa de amiguinhos; irão estudar através

das aulas on-line, que é preciso fazer as

tarefas da mesma forma. Os pais devem

observar como a criança se comporta em

relação a agressividade, se está mais triste,

como reage a esse momento, a rotina ante-

rior a Covid-19 era uma regra da família,

e nesse caso continua, porém com maior

flexibilidade, pelas angústias que poderão

surgir. Em relação a seu vínculo com avós,

a palavra saudade poderá estar presente

nesse âmbito familiar, nesse caso propiciar

as conversar virtuais com seus avós, seus

amigos, ajudará nas emoções. Possibilitar

um convívio com leveza no cotidiano,

porém explicar que não será somente

“brincar”, que poderão ficar também sem

fazer nada. Ensine seu filho a respirar melhor,

ficar em silêncio, cuidar de seu corpo

através de uma brincadeira de meditar,

acrescento que irão adorar, pois as crianças

precisam ainda aprender a controlar a ansiedade,

até porque é necessário para todos

nesse momento.

Para as mães de adolescentes é necessário

regras também: como não dormir muito

tarde, estabelecer horas de sono. Fazer

seu ambiente entrar ar puro, higienização,

sempre com diálogo para poderem

ter um ambiente familiar saudável. Pais

estarão educando seus adolescentes em um

momento de fragilidade, por isso saliento

que seus filhos sempre lhe observarão e

cuidarão de suas atitudes, sempre serão

exemplos, mesmo em pandemia. Esse é um

momento de serem verdadeiros uns com

os outros, pois assim trilharão esse período

com mais empatia. Não posso deixar de

falar da mãe/mulher que está sempre hiper

funcionando, pode sim estar sob stress,

ansiedade, pânico com toda a situação da

pandemia, pode entrar em depressão, então

é essencial uma conversa franca com seus

familiares, para que possam dividir toda

essa carga emocional. Não hesite em procurar

ajuda de um profissional, para que

consiga seguir de maneira mais leve.

Ainda há casos mais graves de mães que estão

em casa, não estão trabalhando, e ainda

sofrem de violência doméstica, violência

psicológica, de seus companheiros, além

de toda a pressão de estarem passando por

uma pandemia, sofrem mais ainda, em

seus lares. Menciono esses episódios pelo

número de mulheres que sofrem de violência

em nosso país, pois cabe a mim, como

profissional da saúde mental, não me calar

diante dessa violência.

Para finalizar quero salientar que em meio

a tudo que está acontecendo, como psicóloga

clínica sistêmica, esse momento poderá

ser de aproximação para mães, pais e filhos.

Esse período é de transformações individuais

e familiares. Que tipo de HERANÇA

vocês, pais, querem deixar para seus filhos?

Gosto muito das palavras de Augusto Cury

ao falar o que: “Educar e amar, se entregar,

se estressar, falhar, chorar, se alegrar, se

REINVENTAR e começar tudo de novo”.

Muitos amam os perfumes das flores, mas

não querem usar ferramentas nem sujar as

mãos para cultivá-las...

Indiamara

Caumo

Psicóloga

Rua Uruguai, 1992, sala 204

Passo Fundo – Ed. Pró Vida

(54) 98408-2525

indiamaracaumo.com.br

@Psicóloga Indiamara Caumo

CRP 07/25504

26 | contatovip.com.br


VIP | Saúde

Airton Rodrigues

Especialista em Ombro

e Artroscopia

CRM 22070

Atende: HO, COT

ONDE A MATERNIDADE E A

ORTOPEDIA SE APROXIMAM

Cuidar, dar atenção, oferecer

conforto, prevenir e tratar

traumas. São algumas das

atribuições de um Ortopedista

e Traumatologista.

Mas por mais que sejamos cuidadosos,

atenciosos, atentos, jamais conseguiremos

exercer tão bem estas ações como

as mães. Elas nasceram para isso. E nos

deram a honra de vir ao mundo sob seus

cuidados.

Nossas lembranças ao lado delas são

agradáveis. Deixamos de lado as broncas

para lembrarmos dos abraços apertados.

Esquecemos dos puxões de orelha para

recordarmos do incrível aroma daquele

almoço que só elas sabem fazer.

Neste atual momento de pandemia, nos

pegamos em uma situação inusitada.

Em anos passados eram elas que nos

passavam conselhos e limites. E nós, na

nossa já conhecida rebeldia juvenil, nos

sentíamos injustiçados. Mas elas faziam

isso porque era o melhor para nós.

Hoje, muitos de nós, não estamos podendo

conviver tão de perto como gostaríamos

com nossas mães. E isso tem sido

difícil. Mas fazemos isso por entender

que é o melhor para elas.

E esse é mais um ponto que aproxima

a Maternidade da Ortopedia. Algumas

vezes, em casos de fratura ou em pós-

-operatórios, necessitamos manter nosso

paciente imobilizado, usando tipoia ou

gesso, por exemplo. E não gostamos

disso. Desejamos ver nossos pacientes livres,

com amplitude de movimento, sem

restrições. Mas sabemos que é o melhor

para eles e por isso mantemos a nossa

recomendação, mesmo que ela, eventualmente,

possa parecer desagradável.

E assim são as mães. Demonstram

amor em todos seus atos com os filhos.

Mesmo na hora da lição, de cobrar uma

atitude, de corrigir um caminho que não

será virtuoso. Por mais dura que seja a

repreensão, ela sempre será feita com

muito amor.

Portanto, desejamos um Feliz Dia das

Mães a todas estas que transformam

diariamente essa singela palavra em uma

enorme vocação.

Nosso maior desejo é para que tenham

saúde e tranquilidade para enfrentar esse

momento ímpar que atualmente nos

encontramos. E que em um próximo Dia

das Mães todas tenham a oportunidade

de estar coladas em seus filhos em uma

comemoração do tamanho de seu amor,

ou seja, infinito.

Dr. Francisco

José dos Santos Neto

CREERS 19218

Atende: HO

Dr. Eder

Menegassi Martel

CREMERS 28711

Atende: HO e MOT

Marcos Monteiro

da Cunha de Souza

Ortopedia e Traumatologia

Cirurgia do Ombro e Cotovelo

CRM 37496

Atende: HO, COT

@marcos_monteiro_

Av. Sete de Setembro, 817

Centro - Passo Fundo/RS

Fone (54) 2104.4333

Rua Quatorze de Julho, 220

Centro - Carazinho/RS

Fone (54) 3330.1101

Aproveitamos o espaço também para ressaltar que mantemos nossos

atendimentos em Cirurgia do Ombro e Cotovelo de forma ininterrupta no

Hospital Ortopédico de Passo Fundo, no COT e no MOT, realizando-os com todo

o cuidado, respeitando todas as normas sanitárias vigentes nesse período.

Dessa forma nossos pacientes podem encontrar um atendimento ortopédico

de qualidade, sem necessitarem dirigir-se a um dos hospitais de referência em

atendimento à COVID-19.

Rua Bento Goncalves, 10

Marau/RS

Fone (54) 3342.9426


VIP | Economia

PROGRAMA EMERGENCIAL

DE SUPORTE A EMPREGOS

Respondemos aqui as principais dúvidas

relacionadas à Medida Provisória nº 944,

de 3 de abril de 2020, que Institui o Programa

Emergencial de Suporte a Empregos

devido à crise da COVID-19. Veja:

1) Do que se trata esta medida provisória?

Esta MP cria o Programa Emergencial

de Suporte a Empregos.

2) Qual objetivo do Programa?

Conceder linha de crédito a empresas

para o pagamento da folha salarial de seus

empregados.

3) Quem poderá aderir?

Empresários, sociedades e cooperativas

que tiverem receita bruta anual superior a

R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais)

e igual ou inferior a R$ 10.000.000,00

(dez milhões de reais), calculada com base

no exercício de 2019. O programa não

abrange as sociedades de crédito.

4) Quais despesas poderão ser custeadas

por esse Programa?

O empréstimo adquirido por meio da

linha de crédito disponibilizada pelo

Programa deverá ser utilizado exclusivamente

para custear a despesa com folha

de pagamento, por um período de dois

meses, até o limite de duas vezes o valor do

salário mínimo por empregado.

5) Quais os requisitos necessários para

que a empresa tenha acesso a essa linha

de crédito? Ter a sua folha de pagamento

processada por instituição financeira

participante do Programa Emergencial de

Suporte a Emprego.

6) Quais as obrigações assumidas pela

empresa ao contratar o empréstimo

proveniente desta MP?

• Fornecer informações verídicas;

• Não utilizar os recursos para finalidades

distintas do pagamento de seus empregados;

• Não demitir seus empregados, sem justa

causa, no período compreendido entre a

data da contratação do empréstimo e até60

dias após o recebimento da última parcela

da linha de crédito.

7) Quais as consequências para as empresas

que descumprirem essas obrigações?

O inadimplemento de qualquer das

obrigações previstas na pergunta anterior

resultará no pagamento antecipado da

dívida.

8) Qual a data limite para que as instituições

financeiras possam formalizar a

linha de crédito financiada pelo Programa?

Até 30 de junho de 2020.

9) Quais condições a instituição financeira

deve ofertar para aqueles que

contratarem essa linha de crédito?

• Taxa de juros de 3,75% ao ano sobre o

valor concedido;

• Prazo de 36 meses para o pagamento; e

• Carência de 6 meses para início do pagamento,

com capitalização de juros durante

esse período.

10) Restrições em sistemas de proteção

ao crédito poderão impactar na concessão

de empréstimos? Sim, as instituições

financeiras poderão considerar eventuais

restrições em sistemas de proteção ao

crédito na data da contratação e registros

de inadimplência no sistema de informações

mantido pelo Banco Central nos seis

meses anteriores à contratação.

11) Quem efetuará a cobrança, no caso

de inadimplência financeira?

Na hipótese de inadimplemento do

contratante, as instituições financeiras

participantes farão a cobrança da dívida

em nome próprio, em conformidade com

as suas políticas de crédito.

Clóvis da Rocha

Contador | CRC/RS 59.369

28 | contatovip.com.br


NOVO

CORONAVÍRUS

PROPÕE UM NOVO

JEITO DE VIVER

Um inimigo invisível.

Chegou e mudou radicalmente a vida de todos.

Obrigou-nos a ficar em casa. A rever nossa relação familiar.

A trabalhar de outra forma. A estudar de outra forma. Mudou a

maneira de nos divertir, de nos comunicar. Nunca as redes sociais

foram tão acessadas. O isolamento social causa pânico, causa

ansiedade. Mas salva vidas. A máscara é o novo acessório que já se

transformou em extensão do nosso corpo. Reaprendemos a lavar

as mãos. Beijos e abraços ficaram pra depois. Mas a solidariedade,

essa é pra já. Mutirões se mobilizam para oferecem alimento para

os que ficaram sem renda. Profissionais da saúde são nossos novos

heróis, com louvor, se arriscam para salvar vidas. Outras categorias

também se mantém firmes para que a roda não pare de girar. E

assim seguimos. Com novos hábitos e a velha certeza de que:

tudo vai passar. Nas páginas a seguir vamos falar de covid 19,

de solidariedade e de mudanças.


EM MEIO À PANDEMIA,

AS AÇÕES QUE NOS FAZEM

TER ESPERANÇA EM UM

AMANHÃ MELHOR

Uma pandemia fez nossas rotinas mudarem e incertezas surgirem. Fez a gente

se lembrar de que nossa vida é muito frágil. Fez a gente se dar conta de que

estamos todos conectados, da China até o Brasil. E fez a gente perceber o

quanto uma vida tem impacto sobre a outra. E é com esse sentimento, de que

podemos transformar a vida do outro, que surgiram na região diversas ações

que buscam amenizar os impactos causados pelo novo coronavírus. E essas

boas ações nascem de todas as formas: entre mãe e filha, entre um grupo de

voluntários e também entre grandes empresas e entidades que se unem para

o bem comum... Conheça aqui algumas delas

A Fábrica

do Bem

A Fábrica do Bem é uma iniciativa que surgiu em

2019, quando alguns amigos que faziam parte do

Conselho da Juventude, grupo de jovens ligados

em causas sociais de Carazinho, começou a receber

algumas demandas que precisavam de ajuda.

Eles resolveram chamar pessoas que tinham o

mesmo desejo de fazer a diferença na vida das

pessoas, então a Fábrica do Bem foi fundada.

“Começamos as primeiras ações em 2020, com a

realização de algumas pequenas demandas que

surgiram, e o trabalho começou a tomar mais

força, unindo outras pessoas da comunidade que

tem como bandeira principal a solidariedade”,

conta Elizandro Baccin, Presidente do Rotaract

Club de Carazinho, Coordenador e também um

dos idealizadores da Fábrica do Bem.

Quando a pandemia se instalou e chegou até a

nossa região, Elizandro conta que quando foi

comprar máscaras e não as encontrou, lembrou-se

do desespero da sua família quando perderam

uma criança em 2013, por h1n9, uma mutação do

h1n1. “Então pesquisei na internet um tutorial de

como fazer máscaras, e apresentei para o club a

proposta de produzirmos algumas para doar na

comunidade, então assim começou a nossa ação.

Começamos com 1 rolo de TNT, borrachinha de

dinheiro e uma costureira Voluntária. Como já

somos coordenadores da Fábrica do Bem, que

ajudamos fundar, convidamos o grupo para nos

auxiliar em mais esse projeto. E assim fomos crescendo,

e em menos de uma semana tínhamos 40

costureiras e 15 rolos de TNT, fruto de doações,

o que nos rendeu mais de 10 mil máscaras. Em

menos de um mês este projeto já doou 15 mil

máscaras para população, entre eles, a brigada

militar, UPA, asilo, presídio, casa de acolhimento

e, também, para cidades vizinhas, Não-Me-Toque,

Santo Antônio do Planalto e Constantina”, conta.

A campanha das máscaras foi a primeira a ser

realizada nesse período de pandemia, mas com

o passar do tempo, eles perceberam as demandas

dos alimentos surgirem, pois como muitas

pessoas perderam o emprego, ou não conseguiam

trabalhar por conta do novo coronavírus, começaram

a ficar sem alimentos em suas casas, e os

pedidos começaram a chegar em grande escala

na página do Facebook. “Resolvemos fazer então

uma campanha nos mercados de Carazinho e dois

dias D-Doar (ação em que ficamos em pontos

específicos para recolher alimentos). Nas duas

coletas do mês de abril, totalizamos mais de 5

toneladas de alimentos arrecadados, que conseguimos

realizar a montagem de 380 cestas básicas,

que foram destinadas para a comunidade que vem

solicitar auxilio”, conta Elizandro.

30 | contatovip.com.br


A Fábrica do Bem conta com 6 coordenadores e

mais alguns adjuntos que auxiliam nas ações, e

outros voluntários, totalizando em torno de 80

pessoas. Os coordenadores são 3 pedagogos, 2

advogados e uma gestora ambiental, e no grupo

de voluntários estão donas de casa, donos de mercados,

empresários, estudantes, médicos... “Aceitamos

todos, mas deixamos claro desde o início

que somos um grupo apartidário, não envolvemos

política nas ações, e se alguém usar das nossas

ações para benefício próprio, nós retiramos do

grupo”, salienta.

A comunidade inteira abraçou a Fábrica do Bem e

a repercussão das ações supreendeu. “Começamos

pequenos, e hoje estamos crescendo bastante, e

tudo isso é graças a ajuda de cada voluntário, cada

doação, cada pessoa que tem dentro do coração o

poder da solidariedade e anda ao nosso lado. Ao

ponto que fechamos uma incrível parceria com

a TV Pampa, e todos os dias passa um comercial

para divulgar nossas ações, com o intuito de atingir

uma grande parte do estado do RS. As doações

chegam de todas as formas, por ligação, mensagens,

amigos próximos, que divulgam e compartilham

nossas campanhas”, destaca Elizandro.

O grupo segue com a ação das cestas básicas

em andamento, com carrinhos identificados da

campanha em todos os mercados de Carazinho.

As doações também podem ser feitas diretamente

ao grupo, que busca as doações. Nas farmácias

Gloria há a campanha para arrecadas produtos de

higiene, itens são colocados junto com as cestas.

A ação das máscaras também continua, porém

o grupo precisa muito da ajuda de costureiras

voluntárias, pois sem elas não é possível dar conta

de fazer tudo.

Quem quiser ajudar pode entrar em contato pelas

páginas do Facebook da Fábrica do Bem e do

Rotaract Club de Carazinho.

Não seremos os

mesmos jamais,

se a gente falar

menos e agir mais.

contatovip.com.br | 31


Refeições

para quem

precisa

O “Heróis por Carazinho” é uma iniciativa do

Coqueiros Supermecados, e teve como objetivo

entregar 1000 refeições semanais em Carazinho

durante o mês de abril.

O Grupo Heróis é composto pelo Coqueiros Supermecados,

Rotaract club de Carazinho, Fábrica

do Bem, CTG Rincão Serrano, Meiwa Embalagens,

Liga dos Heróis, e o Grupo de Amigos Solidários

Voluntários. Para esta ação, o Coqueiros doava os

insumos para as refeições. A Meiwa Embalagens

as embalagens de isopor. O Rincão fazia todas as

refeições, com o acompanhamento da nutricionista

do Coqueiros Supermercado.

A Fábrica do Bem, o Rotaract club de Carazinho,

a Liga dos Heróis e, os Amigos Solidários Voluntários,

faziam o mapeamento dos bairros que

precisavam, entravam em contato com os líderes

e entregavam as refeições. Durante o mês de abril,

o grupo entregou 4040 refeições nos bairros mais

vulneráveis da cidade, e na páscoa entregou mais

de 1600 cestas de páscoa, e no final da ação mais de

1400 litros de leite e bolacha.

De mãe e filha para

comunidade

Iara Solange Wentz é

Conselheira Tutelar

de Não-Me-Toque e

Vitoria Wentz Schwaab,

sua filha, é designer e

fotógrafa. Quando a

pandemia se instalou

e o uso de máscaras

começou a tornar-se uma

necessidade, elas sabiam

que podiam ajudar as

pessoas da sua cidade. “Já

havíamos feito umas 200

máscaras para doação e

Cerca de 80 máscaras também

foram costuradas e doadas para

doamos para quem nos

a APAE de Não-Me-Toque.

pedia. Estávamos fazendo

as máscaras quando pensamos ‘podemos fazer melhor’.

Resolvemos fazer em troca de mercadorias para ajudar

muitas pessoas, e aí colocamos em uma rede social e, em

poucos minutos, já haviam muitas pessoas nos pedindo, e

até mesmo pessoas de Carazinho, Passo Fundo compartilhando

a ideia”, conta.

Para as 500 primeiras máscaras, elas compraram todos os

tecidos, forros, linhas e elásticos, mas após dois dias da

primeira divulgação (21/4) elas acabaram recebendo doações

de tecidos de pessoas de Não-Me-Toque e Carazinho,

sendo uma doação especial da Carla van Riel, que as presenteou

com a doação de muitos tecidos. “Saber que com

a troca das máscaras, podemos colocar comida na mesa de

muitas pessoas desempregadas, com crianças, com muitas

necessidades, nos deixa com o coração aliviado e muito

feliz. A emoção das famílias ao receberem os alimentos é a

certeza que estamos fazendo o correto, afinal muitas nem

sonhavam, na situação tão complicada que estamos passando

agora, poder comer arroz, feijão, massa no almoço. A

alegria dessas famílias, não tem preço. Além disso, estamos

passando por um momento, que todos devemos nos unir

e ajudar uns aos outros, só assim vamos sair dessa situação

muito melhores e mais fortes. Afinal, quando você troca

2kg de alimento por uma máscara, você se protege, me protege,

nos protege e garante uma refeição para uma família

que sonhava por um prato de comida!”, ressalta Vitória.

Com os alimentos arrecadados, elas montam cestas que

possuem alimentos básicos como feijão, arroz, açúcar, leite,

azeite e farinha, que são entregues a famílias carentes da

cidade e, junto dos alimentos, elas também levam máscaras

para os integrantes da família.

Iara e Vitória confeccionaram mais de 900 máscaras e arrecadaram

mais de uma tonelada e meia de alimentos, do dia

21/4 até o dia 5/5. “A comunidade está nos apoiando muito,

recebemos diariamente mensagens nos parabenizando pelo

ato, algumas que podem doam até mais alimento do que o

pedido para a troca... Somos muito gratas pelas pessoas que

trocam as máscaras, pois além de estarem se protegendo,

estão doando alimentos para muitas famílias”, destaca.

32 | contatovip.com.br


Drive-Thru

Solidário

Em Passo Fundo e região diversas empresas, empresários

e a comunidade têm mostrado que se todos

estenderam a mão e colaborarem é possível vencermos

esse momento. O Passo Fundo Shopping e o Hospital

São Vicente de Paulo (HSVP), com a participação

do Grupo de Enfermeiros do Hospital, fizeram um

chamamento para auxiliar pessoas da comunidade

em situação de vulnerabilidade. Através da campanha

Drive-Thru Solidário, as instituições arrecadaram cinco

toneladas de alimentos para as famílias de Passo Fundo.

A ação teve o apoio da Coleurb, Senac e da 3A Soluções

de Limpeza Profissional. “O engajamento em ações

sociais está sempre no horizonte de nossa atuação, pois

entendemos nosso papel social. O foco é fazer o bem,

cada um dentro das suas possibilidades. O resultado foi

incrível e a entrega comprovou que sempre vale a pena

acreditar nas pessoas”, destaca Danielle Batezini gerente

de marketing do Passo Fundo Shopping.

A campanha, que faz parte do Projeto Fique Bem,

arrecadou durante 20 dias alimentos não perecíveis. O

estacionamento do Shopping, onde um ônibus da Coleurb

foi estacionado, na entrada da Presidente Vargas,

foi o ponto de coleta para a arrecadação dos alimentos,

para que as pessoas não precisassem sair do carro. As

doações foram recebidas pelos voluntários do Grupo

de Enfermeiros, que no turno contrário de trabalho ou

folga, ficavam de plantão recebendo os materiais. A presidente

do Grupo de Enfermeiros Mônica Baréa ressalta

que, mesmo diante de todo o trabalho, medos e angústias

que os profissionais estão enfrentando, os Enfermeiros

se disponibilizaram para colaborar com a campanha

e a comunidade. “A participação dos profissionais na

ação recebendo os alimentos é uma forma de agradecimento

a todas as pessoas da comunidade de Passo

Fundo e região que reconhecem e valorizam a profissão

e a Enfermagem como um todo nesse momento tão

difícil. É uma forma de empatia mútua, tão debatida e

defendida em tempos em que o isolamento social e o

cuidar do próximo está sendo tão exigido. É esse cuidar

do próximo um dos pilares da nossa profissão”, enaltece

Mônica.

Os alimentos arrecadados se transformaram em 500

cestas que foram montadas por colaboradores do HSVP

e entregues em cinco bairros de Passo Fundo, selecionados

pela União das Associações de Moradores de Passo

Fundo (UAMPAF). Os presidentes de bairro fizeram as

escolhas das famílias para receber as doações, que foram

entregues nesta sexta-feira, 08 de maio.

Para o Diretor Corporativo de Recursos Humanos do

HSVP, Júlio César de Bem, ação vem ao encontro do

propósito da Campanha desenvolvida pelo Hospital ,

#FiqueBem, que visa, reconhecer os profissionais de

todas as áreas do Hospital, que saem todos os dias de

suas casas expondo-se pessoalmente e suas famílias para

cuidar da Comunidade de Passo Fundo e Região neste

momento de pandemia da COVID-19 e, também, para

incentivar, promover e congregar ações de solidariedade

através de diferentes formas de doação e de trabalho

voluntário. “Estamos muito felizes com o resultado da

campanha. O empenho das instituições envolvidas e

solidariedade da comunidade passo-fundense permitiu

que nesta sexta-feira, véspera do dia das mães, levássemos

essa ajuda as famílias. Que esse espírito de ajuda

e doação ao próximo seja um legado positivo dessa

Pandemia”, enaltece.

Junto com a cesta, as famílias receberam um material

de limpeza, doados pela 3A, representante 3M, “esse

produto é um desinfetante hospitalar, que pode ser utilizado

para a limpeza de superfícies laváveis como pisos,

azulejos, cerâmicas, metais entre outros, porém não

deve estar em contato com a pele” explica Daura Velasques,

proprietária da 3A e parceira da Campanha. Este

material de limpeza substitui o álcool gel na eliminação

de germes e bactérias em superfícies de contato, com

maior estabilidade no processo de desinfecção (importante:

não é indicado para a higienização de mãos).

contatovip.com.br | 33


AS MUDANÇAS

NA FORMA

DE ESTUDAR

Com as aulas presenciais

suspensas, escolas e

universidades buscam

alternativas para continuar

ensinando. Já os alunos buscam

meios de manter a mesma

rotina de estudos em casa

NAS ESCOLAS NAS UNIVERSIDADES NO ENSINO DE LÍNGUAS

As aulas da rede pública ficarão

suspensas no Rio Grande do Sul pelo

menos até junho. Para permitir que

isso ocorra, o recesso de inverno, que

normalmente acontece em julho, foi

antecipado para maio. Assim, a expectativa

é de que o ano letivo termine

em janeiro de 2021. Para manter a

carga horária anual dos estudantes, os

professores estão utilizando diversos

recursos, desde a distribuição presencial

de tarefas e materiais didáticos

aos pais ou responsáveis pelos estudantes

que não têm acesso à internet

até a utilização de plataformas digitais

e rede sociais, como Facebook e

WhatsApp, aplicativos, blogs, jogos

interativos e atividades planejadas. O

planejamento dos conteúdos e a preparação

das dinâmicas pedagógicas,

conforme orientação da Secretaria da

Educação, é realizado pelos educadores

a partir das possibilidades de cada

comunidade escolar.

34 | contatovip.com.br

As Universidades adotaram as aulas

remotas neste momento de pandemia

provocada pela Covid-19 para seguir

o calendário pedagógico do semestre.

Os professores enviam atividades e

também fazem grupos de discussão e

encontros utilizando as ferramentas

online. Aqui destacamos uma iniciativa

da Universidade de Passo Fundo

(UPF) que, pensando em uma forma

de viabilizar a execução dessas atividades

para todos, fará o empréstimo

de notebooks a estudantes dos cursos

de graduação e pós-graduação que

não disponham dos equipamentos em

suas residências. A reitora da UPF,

Dra. Bernadete Dalmolin, reitera que

a Universidade está disponibilizando

os recursos necessários para que seus

estudantes possam realizar o acompanhamento

das aulas e atividades

propostas das suas residências.

“Entendemos que é fundamental que

todos possam, da mesma forma, dar

continuidade à sua rotina de estudos”,

salienta. Todas as informações sobre

o processo estão disponíveis no edital,

que pode ser acessado no site www.

upf.br/editais.

As escolas de língua estrangeira também

estão se adaptando as aulas remotas. A Rockfeller,

de Passo Fundo, começou a pensar

em alternativas para dar continuidade às

aulas assim que a notícia da suspensão foi

anunciada. “Junto a Rockfeller Franchising,

foi encontrada a solução de seguir com as

aulas de forma remota e, uma semana depois

da suspensão, os alunos da metodologia

adulta já puderam dar sequência ao calendário

pedagógico – e estão tendo aulas remotas

desde então”, destaca o Diretor das unidades

passo-fundenses da escola, Éder Leal. O

maior desafio da escola foi adaptar as aulas

para as crianças e adolescentes, que tiveram

atividades extracurriculares até o mês de

maio, quando retornaram a estudar através

da metodologia da escola. Segundo Éder, as

aulas remotas têm tido uma boa aceitação

pelos alunos e pais, afinal, todos entendem a

necessidade de se adaptar a esse momento.

“Mantemos um contato muito próximo através

dos grupos de turma, das redes sociais,

de reuniões... Nossos professores acompanham

os alunos com muita atenção!”. Para

manter a motivação nos estudos, Éder diz

que é importante lembrar que, por mais que

estejamos em casa, esse não é um período de

férias. “Precisamos ter foco para continuarmos

progredindo. É muito importante separar

um horário para se dedicar aos estudos.

Logo, logo tudo isso vai passar e vamos tirar

muitas coisas positivas dessa situação!”.


COMO ESTUDAR

EM CASA EM TEMPOS

DE QUARENTENA?

A pedagoga Débora Dal Bosco fala sobre os desafios que

surgem com as novas modalidades de estudo – e garante

que é possível se adaptar a esse novo formato

Patrícia é uma adolescente de 14 anos

que adora conversar com seus amigos.

Presencialmente ou através das mídias

sociais, ela passa horas batendo papo

com sua turma. Curte tudo no Instagram,

tem grupos no Whatsapp e adora

assistir no YouTube. Estudar nunca foi

o forte dela. Sempre passou de ano, mas

estudando na véspera das provas e com

o apoio, muitas vezes, de professores

particulares. Ainda sem noção do grave

problema do Covid-19, Patrícia acha

que está de férias da escola e que daqui a

pouco tudo isso vai passar, dando pouca

importância às atividades que chegam

da escola pelas plataformas virtuais.

Patrícias, Fernandas, Ricardos, Josés,

Felipes, Marinas, Sofias, e Robertas

são milhões de crianças e adolescentes

tendo que viver uma quarentena forçada

que nenhum de nós adultos precisou

viver. Não passamos por isso nem como

adultos, muito menos como crianças ou

adolescentes. E passar por isso em uma

nova era com tanta distração de fácil

acesso, pode ser muito bom para quem

quer se divertir, mas não para quem

precisa manter uma rotina de estudo,

pois corre o risco de perder o ano letivo.

Mas, é disso que, nós adultos, fomos, em

parte, salvos. Por termos sido salvos, por

não termos vivido isso na infância ou na

adolescência, não sabemos como lidar

com esta situação e nem como lidar com

as crianças e adolescentes que vivenciam

este momento.

Esse mundo virtual, que tanta coisa

positiva trouxe, traz também um grande

problema: o tempo que conseguimos

ficar focados atualmente numa atividade,

vem reduzindo assustadoramente!

Atualmente, pesquisas apontam que

a capacidade de um adulto se manter

concentrado numa palestra não passa de

12 minutos! Culpado: a velocidade do

mundo virtual e seus truques para nos

manter conectados. E a parte do cérebro

que é responsável por nos permitir ter

alguma noção e controle sobre isso

chama-se córtex pré frontal. O processo

de planejamento, visão de longo prazo,

administração do tempo, ou seja, tudo

que controla nosso foco, fica nessa

região e ela só está totalmente formada

após completarmos 21 anos de idade.

Então não adianta ficarmos falando para

nossos filhos sobre a importância do

estudo, sobre a necessidade do planejamento,

sobre o quanto é necessário

dividirmos bem nosso tempo. Precisamos

ensiná-los a fazer isso. Para tanto,

faz-se necessário metodologia, acompanhamento,

conhecimento, tempo e paciência.

Neste momento de quarentena

podemos ensinar muita coisa aos nossos

filhos, mas antes precisamos aprender

ou pedir ajuda a alguém que conheça

o caminho. A AFPEEC (Assessoria

Familiar Para Estudos Em Casa) é, com

certeza, uma excelente opção para dar

esse suporte.

Débora Dal Bosco

Pedagoga,

Franqueada Escolas

de Apoio Meu Dever

de Casa

AFPEEC (Assessoria

Familiar Para Estudos

Em Casa)

(54) 99136-1182

contatovip.com.br | 35


VIP | Moda

MÁSCARAS

O NOVO ACESSÓRIO FASHION

Se tem que fazer parte da nossa vida, a partir de agora,

que seja leve, bonito, criativo e inspirador

No momento em que são lançadas

as novas coleções de

outono inverno e que ficamos

de olho nos acessórios

que vão desfilar na nova temporada, uma

inusitada peça, se torna obrigatória, quase

uma extensão do nosso corpo, na hora de

vestir e sair às ruas. Não, ela não vai atrapalhar

o nosso look, não. Pelo contrário

ela vai fazer parte e mostrar que somos

pessoas de atitude, comprometidas com a

saúde nossa e de nossos semelhantes.

Nas vitrines, nos sites de vendas, no

grupo de whatsap, no face book da amiga,

por tudo surgiram os mais diferentes e

criativos modelos de máscara. É o acessório

em maior demanda no momento.

Do básico, tipo cirúrgico, até o fashionista

o importante é que cumpram a sua

missão, de proteger e evitar que o vírus se

espalhe. As máscaras podem trazer um

pouco de ânimo neste novo e estranho

jeito de viver e vestir, expressando nossa

identidade. Mas ela também não deve ser

motivo de discriminação. Feita em casa,

improvisada, doada, o que vale é usar.

Segundo o Ministério da Saúde “Para

ser eficiente como uma barreira física, a

máscara caseira precisa seguir algumas

especificações, que são simples. É preciso

que a máscara tenha pelo menos duas

camadas de pano, ou seja dupla face. E

mais uma informação importante: ela é

individual. Não pode ser dividida com

ninguém. As máscaras caseiras podem

ser feitas em tecido de algodão, tricoline,

TNT ou outros tecidos, desde que desenhadas

e higienizadas corretamente. O

importante é que a máscara seja feita nas

medidas corretas cobrindo totalmente

a boca e o nariz e que estejam bem

ajustadas ao rosto, sem deixar espaços

nas laterais.”

Como usar

Antes de colocá-la, lave as mãos ou use álcool gel.

A máscara deve ser colocada no rosto cobrindo o

nariz e a boca.

Ela deve ser usada por até duas horas. Depois, é

preciso trocar.

Não encoste na frente da máscara enquanto a

utiliza. Não fique tirando ela para falar.

Não deixe ela pendurada no pescoço, porque pode

contaminar essa área.

Para fazer a retirada, nunca coloque a mão na

frente da máscara: pegue nas tiras ou elástico.

Se você precisar trocar de máscara na rua, guarde

a suja em uma sacola.

Como higienizar

A recomendações do Ministério da Saúde é de

que é preciso trocar a máscara quando ela ficar

úmida e lavá-la todos os dias. A higienização

das máscaras deve ser em uma solução com

água sanitária em uma proporção de 10 ml

(mais ou menos uma colher de sobremesa) para

meio-litro de água”. O ideal é deixá-la entre 10

a 20 minutos na solução. Depois de seca, você

pode usar essa máscara novamente.

36 | contatovip.com.br


VIP | Economia

A ACIC está ao lado do

comércio de Carazinho

e dos carazinhenses

O

mundo vem sofrendo o ataque

de um inimigo invisível

e desconhecido. O novo

Coronavírus (covid-19)

chegou ao Brasil em meados de fevereiro

e em março já estava em quase todos os

estados brasileiros, inclusive em nosso

município. Diante da disseminação do

covid-19, o comércio foi um dos setores

econômicos mais afetados, uma vez

que teve suas atividades suspensas por

determinação do poder público de cada

estado, em nome do distanciamento

social. Carazinho, por sua vez, não ficou

de fora.

A Associação Comercial e Industrial de

Carazinho (ACIC) como entidade de

classe empresarial, alinha suas ações de

acordo com os setores que representa, e

o comércio é um deles. É absoluta a importância

do cuidado, da preservação da

vida e da saúde das pessoas, e para isso,

as medidas de prevenção e os cuidados

pessoais e coletivos estão sendo tomados

desde o início da pandemia.

No entanto, devemos ter a plena consciência

que o mundo não parou, ele desacelerou,

e portanto, precisamos pensar

também, na saúde econômica de nosso

país e principalmente de nossa cidade.

Os empregos e a renda gerados pelo comércio

carazinhense são de fundamental

importância para a manutenção da saúde

econômica da nossa cidade. O comércio,

maior empregador do município, é também

responsável pela maior massa salarial

de nossa cidade, e é ele quem garante

o sustento e a dignidade da maior parte

das famílias carazinhenses. Nesta linha,

a ACIC incentiva com ações, através de

seus associados e comunidade carazinhense,

o consumo dentro do município,

no comércio local.

Ao comprar no comércio local, geramos

o desenvolvimento de Carazinho,

contribuindo para a criação de novos

postos de trabalho, com o recolhimento

de impostos municipais e consequentemente,

gerando mais investimentos em

diversas áreas de nossa cidade.

No comércio de Carazinho, há uma

ampla variedade de produtos e marcas,

aliados a excelente qualidade e a um

atendimento personalizado, que certamente,

fazem da experiência de compra,

um momento ainda mais prazeroso. Ao

comprarmos em Carazinho, estamos

contribuindo para a manutenção dos

empregos locais e a renda dos carazinhenses,

beneficiando assim o desenvolvimento

da nossa terra. Quando falamos

de preços, vale lembrar dos gastos extras

com viagens ou fretes, além disso, o

pós-venda e a garantia são bem mais

acessíveis quando compramos em nossa

própria cidade. Assim como os empreendedores,

que acreditam no potencial

de Carazinho, nós também devemos

fazer a nossa parte, tendo certeza de que

as compras em nossa cidade só trazem

benefícios, gerando um ciclo econômico

virtuoso e benéfico para todos.

PRESERVE A ECONOMIA LOCAL,

CONTRIBUA COM SUA CIDADE,

COMPRE EM CARAZINHO.

ASCOM - ACIC

Compre no comércio local!


VIP | Comportamento

SAÚDE MENTAL EM

TEMPOS DE PANDEMIA

Nesse artigo escrito pelas psicólogas Júlia De Conto (CRP 07/25568)

e Rafaela Andreia Pedot (CRP 07/24909) você vai conferir algumas

dicas sobre como manter a sua mente saudável nesse período

O

atual momento, marcado

pela pandemia do Coronavírus

vem se mostrando

estressante, e sensações

como ansiedade, medo e outras, podem

se acentuar. É natural ficar assustado,

mas é preciso cuidar gentilmente

desse momento que é propício para

o olhar interno e o cuidado consigo

próprio. Como você está se sentindo

neste período? Como está lidando com

as mudanças? Como está teu interior,

pensamentos e sentimentos diante da

situação atual? Importante realizar

estas reflexões.

O termo “fique em casa”, muito presente

nesses tempos, tornou-se essencial

para quem pode cumpri-lo, cuidando

assim de si e dos outros. E aos demais

que necessitam realizar suas funções

externas, é preciso atentar-se para não

deixar de lado o autocuidado, o cuida-

do com o físico e o mental. Momento

indispensável para estar atento e aberto

as mudanças. Somos seres humanos e

temos que lembrar o quanto isso está

atrelado a estar vulnerável e frágil. E

a pergunta que não quer calar é, eu

enquanto ser humano como cuido de

mim? Como cuido da minha vulnerabilidade,

fragilidade? Questões importantes

para reflexão, uma vez que a atual

situação pode afetar a saúde mental ao

trazer insegurança e medo a todos os

seres humanos, nos levando a um olhar

interior muito importante.

Mas a questão que muitos se perguntam

é: Como cuidar de si nestes difíceis

tempos? As Psicólogas Júlia e Rafaela

deixam algumas dicas de como preservar

a saúde emocional em meio ao distanciamento

social: Criar e estabelecer

uma nova rotina (mesmo que em casa),

manter uma alimentação saudável e

exercícios físicos, se informar em fontes

confiáveis, evitar pensamentos negativos,

utilizar a tecnologia para se aproximar

das pessoas e realizar Atendimento

Psicológico Online para trabalhar

pensamentos e emoções frente ao atual

momento, pois, transtornos ou sintomas

não tratados tem a tendência de se elevar

nesta época. Tudo que o indivíduo já

sentia antes, pode vir a se ampliar e muitas

vezes se estender para crises, ou seja,

o que era leve pode vir a ter dimensões

maiores, devido à falta de um olhar mais

cuidadoso e especializado.

Estamos passando por um período

muito delicado, assim, salientamos a

importância de aproveitar esse momento

turbulento para tirar valiosos

aprendizados, organizar as coisas que

estavam desorganizadas, descansar,

estudar, desacelerar e principalmente

cuidar da saúde emocional.

38 | contatovip.com.br


O mundo nunca mais será o mesmo e, se

depender de nós, será mais seguro e higienizado!

A limpeza será parte fundamental nesses novos tempos. A CalMendy trabalha

com a limpeza, desinfecção e higienização de ambientes há

três anos, por isso está preparada para ajudar

você e sua empresa nesse momento.

Equipamentos e

químicos para limpeza profissional

O uso de produtos profissionais

certificados garante níveis efetivos

de higiene e prevenção de doenças

Silvia Helena Calvo

Proprietária da CalMendy

Avenida Rui Barbosa, 296 - Passo Fundo/RS

(54) 3601.0986 | (54) 99691.2169

adm@grupocalmendy.com.br

www.grupocalmendy.com.br


VIP | Empresa

Ionara Lermen

Publicitária e

Jornalista. Mestre

em Comunicação e

Semiótica (PUC- SP).

Especialista em

Marketing Médico

e Criação para Multimídias

(Anhembi

Morumbi-SP).

Sócia-Proprietária

da Agência Iodo

Marketing. Professora

de pós-graduação.

Autora da coleção de

livros didáticos Crescendo

no Saber.

1. Serviços de streaming como

Netflix e Amazon Prime Video,

registraram um crescimento de

20%.

2. No Instagram os dados do são

os mais chocantes. A rede social

de fotos e vídeos registrou um

aumento de 70% no uso das lives

– tanto para transmissão quanto

para consumo.

3. Governo e Saúde que se

destacam quando analisamos as

categorias isoladamente tanto no

crescimento no volume de ações e

conteúdo e ações por post.

4. Os tipos de conteúdo que

funcionam melhor para cada

rede social durante a pandemia

foram: No Facebook os links a

notas detalhadas, entrevistas e

conferências são os que predominam,

enquanto no Instagram

são as fotos e vídeos de “Notícias

de última hora” sobre personalidades

que foram diagnosticadas

com o vírus. Por outro lado, o

Twitter se torna a rede social de

notícias de “última hora” com

estatísticas e gráficos de contágio

locais, recomendações e “dicas”

de prevenção que predominam

no dia a dia.

5. Quem segura o TikTok?

A rede social chinesa superou

gigantes como Facebook e

Instagram e agora é o terceiro

aplicativo mais baixado do mundo,

com 1,5 bilhão de downloads.

No Brasil, onde ainda não é tão

popular quanto na China e nos

Estados Unidos, já são mais de

oito milhões de usuários.

6. O post com maior engajamento

até aqui, tanto no Facebook

quanto no Instagram, foi da

Cervejaria Ambev divulgando a

ação da marca em transformar o

álcool da cervejaria em álcool em

gel envasado nas próprias embalagens

(um demonstrativo de que

no momento ações relevantes e

que tenham impacto direto nesta

nova realidade conseguirão maior

engajamento com a audiência).

7. O desafio do papel higiénico é

outro movimento viral por estes

dias e o primeiro a ser criado

durante a quarentena. O challenge

nasceu em Espanha, às mãos

– neste caso, pés – do ex-jogador

do Benfica, Joan Capdevilla.

8. A infraestrutura brasileira

de internet registrou um fluxo

de tráfego de 11 Tb/s em 23 de

março. O valor é considerado alto

e atípico: a média de terabits por

segundo registrada ao longo de

2019 foi de 4,69 Tb/s.

9. A pandemia do novo coronavírus

mudou também o comportamento

dos artistas nas redes

sociais. Com mais gente em casa

devido a quarentena, os famosos

e as marcas estão investindo

pesado na produção de conteúdo

para as mídias sociais. A Universal

Musical foi uma das gravadoras

a sair na frente e traçar uma

estratégia para seus artistas, que

passarão a interagir mais com os

fãs pelos seus perfis oficiais.

10. O Brasil está em quinto lugar

como o país com mais postagens

de empresas sobre a covid-19,

totalizando quase cinco mil

publicações e mais de um milhão

de interações no Facebook. Já

no Instagram, ficou em terceiro

lugar, alcançando mais de dois

mil posts e quase dois milhões de

interações.

*Escaneie pelo seu celular

eouça esse artigo comentado.

/iodomarketing

(54) 9.8101-7716

www.iomidia.com.br

BELLA CITTÀ OFFICES

AV. BRASIL 560 | SALA 2108

PASSO FUNDO - RS


VIP | Carreira

O cenário atual

exige novas

habilidades:

Fortaleça sua

Carreira

As semanas estão sendo difíceis

e nem as previsões mais

pessimistas projetavam este

cenário. Da noite para o dia o

chão desabou, para a maioria das empresas

e pessoas, de forma mais ou menos intensa,

ele desabou. Em paralelo surgiram

descobertas, vimos que dá para trabalhar,

se divertir e se capacitar de outras formas.

Muitas verdades que existiam em nossas

cabeças deixaram de ser verdades, muitos

paradigmas que existiam na sociedade

deixaram de ser paradigmas, crises são

momentos temporários que estimulam o

desenvolvimento de novas habilidades,

novos hábitos e novas atitudes, e independente

do seu grau de adversidade e do tamanho

das suas dificuldades quero dizer 3

coisas: todos estão sofrendo, muitos estão

se REIVENTANDO, e eu estou disposta a

lhe ajudar.

A Covid-19 parece ter transformado todos

em uma bola de cristal e o mundo do

trabalho não é exceção. O trabalho remoto

forçado para grandes proporções da população

provocou previsões de que o escritório

em casa será o novo e duradouro

normal quando a Covid-19 desaparecer,

devido a visão mais ampla dos benefícios

de se trabalhar remotamente ou em home

office.

Há quase duas décadas, a telemedicina no

Brasil vem sendo pauta da saúde pública

sem sucesso e no momento atual, do dia

para a noite, ela vem salvando milhões de

vidas. O e-commerce apesar do frequente

aumento — em 2019 o comércio online

ocupava apenas 5% do volume de vendas

no Brasil —, este mercado ainda tem muito

para crescer. E segundo a Associação

Brasileira de Comércio Eletrônico (AB-

COmm), para a Revista Exame o volume

de vendas cresceu 40% na primeira quinzena

do mês, se comparado com o mesmo

período de 2019. E neste momento de

crise Covid – 19 está salvando grandes

organizações.

Uma das principais competências a ser

desenvolvida neste cenário e neste Novo

Mundo é a INTELIGÊNCIA ADAPTA-

TIVA

A gestão moderna de

pessoas - Pós Covid-19*

Seis são as características da gestão

moderna de pessoas que as empresas devem

seguir:

1) A Era da Desobediência – Empresas

como Uber, Airbnb e Netflix surgiram

questionando as regras e os modelos

vigentes. A única forma de conseguir

navegar por essa linha tênue é questionar

modelos de negócio, indústrias e a forma

de entregar produtos e serviços para os

clientes.

2) Foco no “joga fácil” das

pessoas – Os líderes devem estimular

que seus funcionários “nota 9” se tornem

nota 10, impulsionando o que há de melhor

em cada profissional.

3) Formar autodidatas – Para isso,

eles devem aprender diariamente, não

apenas em cursos, pós-graduação, porque

treinamentos ficam defasados rapidamente.

A aposta é no lifelong learning.

4) Pessoas antes de processos –

Organizações que acreditam apenas em

processos e não nas pessoas se tornam

mais lentas. Se quer gente boa trabalhando

com você, elas merecem transparência e

prosperam na liberdade.

5) Cultura antes de retorno financeiro

– É assim que são criados os

ambientes desejados pelos profissionais do

mercado.

6) Empoderar personal branding

– O engajamento de um funcionário com

sua audiência é duas vezes maior do que

uma empresa com a mesma audiência.

Empodere-os para desenvolverem suas

marcas pessoais.”

*Fonte: Starse

Marcia Margarida De Zorzi Tartaro

Administradora, Especialista em Gestão

de Pessoas, Especialista em Psicologia Positiva

e Mestre em Coaching. Membro da Sociedade

Brasileira de Coaching. Fone 54 99141.2120

contatovip.com.br | 41


COMO CUIDAR DOS PETS EM

MEIO A PANDEMIA DE COVID-19?

O médico veterinário Braz Roberto Schettini ressalta os principais

cuidados que precisam ser mantidos nesse período

Os animais de estimação

não possuem possibilidade

alguma de serem infectados

pelo COVID-19, essa patologia

é única e exclusivamente de seres

humanos. É importante salientar que

todas as medidas de saúde dos pequenos

animais devem ser mantidas, pois permite

que esses animais tenham uma saúde

adequada para manter o convívio conosco

não transmitindo outras doenças.

Os passeios com os caninos podem ser

mantidos, porém temos que tomar medidas

preventivas para nos protegermos,

andar em lugares abertos, usarmos máscaras

e no retorno do passeio devemos

lavar as patas dos animais com shampoo

neutro e secarmos bem.

O animal não possui necessidade de

ficar isolado, pois não adquire a doença.

Portanto, nós seres humanos temos

que nos cuidar para nos passeios nos

protegermos evitando a contaminação e

transmissão do COVID-19 entre nós.

O isolamento muitas vezes causa estresse

nos cães, pois mudam seus hábitos

diários. Por isso temos que ser flexíveis

com eles dentro das normas impostas

para nos resguardarmos, tudo deve ser

um equilíbrio.

Devemos entender também que nessa

pandemia que estamos vivendo, eles são

importantes para nós, estando diretamente

em nosso contato dia e noite,

exercendo um papel de companheiro

irreparável em nossos lares.

O mais interessante nesse momento

difícil que estamos vivendo é mantermos

a calma, transmitirmos lealdade para as

pessoas e animais e lembrarmos que a

saúde deles é tão importante quanto a

nossa. Para nos mantermos com saúde

dentro das nossas casas, os pequenos

animais também tem que ter saúde! Por

isso uma dica importante: observem

mais ainda seus cães na quarentena.

Dr. Braz Roberto O. Schettini

FOTO | MARCOS TATSCH

Dr. Braz Roberto O. Schettini - CRMV/RS 8.133

Especialista em Clinica e Cirurgia de Pequenos Animais

Especialista em Dermatologia Veterinária

Proprietário da Clínica Veterinária Cães & Gatos

Dra. Fabíola Wenning Gnoatto

Médica Veterinária - CRMV/RS 16.892

“O amigo do seu melhor amigo”

(54) 3330.2343 - 99995.5295 - 99666.7017

Rua Itararé, 163 - Carazinho/RS

brazvet1@hotmail.com

42 | contatovip.com.br


OS REFLEXOS DA PANDEMIA NA PREVIDÊNCIA

A advogada Adriana Góes dos Santos, Especialista em Direito Previdenciário e

Direito e Processo do Trabalho, esclarece dúvidas sobre as questões previdenciárias,

nesse momento em que o país passa pelo pandemia do coronavírus

Quais são os reflexos da pandemia da

Covid-19 no direito previdenciário?

O direito Previdenciário foi muito atingido,

justamente pelo fato de os segurados

da Previdência Social, ou seja, aquelas

pessoas que contribuem e, portanto,

tem direito a buscar benefícios, em sua

maioria fazem parte de grupos de risco,

em razão da idade elevada ou por serem

portadoras de comorbidades, que é a

ocorrência de duas ou mais doenças

relacionadas a mesma pessoa, ao mesmo

tempo, como diabetes e pressão alta. Assim,

inúmeras medidas foram tomadas

pelo Ministério da Economia e o INSS,

para manter os atendimentos sem que

o Segurado precise acessar as agências,

que estão fechadas por período indeterminado.

Nesse período, como ficam os

encaminhamentos de aposentadoria

e outros benefícios do trabalhador?

As prestações previdenciárias, podem

ser encaminhadas por meio do site, e

aplicativo meu INSS, com a utilização

de senha cadastrada pelo Segurado

e também pelo telefone n.º 135. Os

documentos devem ser fotografados

e anexados nas abas correspondentes.

Claro, que as constantes atualizações

no sistema do INSS, podem dificultar

o acesso, mas via de regra a análise tem

sido rápida.

A pessoa contaminada pelo

coronavírus possui direito ao auxílio

por incapacidade temporária (auxíliodoença)?

Somente o fato de a pessoa ser acometida

pela Covid-19, não gera direito ao

benefício. Devem ser analisados outros

requisitos, como se existe vínculo atual

com a Previdência, e se há número de

contribuições suficientes para concessão

do benefício, que são doze, e em alguns

casos seis. Ainda, deve-se atentar ao fato

de a doença provocar a incapacidade para

o trabalho, já que em muitos casos os

contaminados não apresentam sintomas,

mas, ainda assim, deverão ser afastados

para que não contaminem os demais

colegas. Nessa situação acreditamos que

caso após os primeiros 15 (quinze) dias

que são de responsabilidade da empresa,

o trabalhador continue atestando positivo

para o vírus o INSS deveria conceder o

benefício pelo princípio da Prevenção,

evitando a propagação da doença.

Como funcionará o auxílio

emergencial anunciado pelo governo

em função do coronavírus?

O Auxílio Emergencial é um benefício

financeiro, no valor de R$ 600,00

(seiscentos reais), que será pago por três

meses, a desempregados e trabalhadores

informais, incluindo os MEI (Micro

Empreendedores Individuais), com o objetivo

de fornecer uma proteção mínima

para enfrentamento da crise causada pela

pandemia. Para ter direito a esse auxílio a

renda familiar deve ser inferior a três salários

mínimos (R$ 3.135,00), ou, o valor

recebido por pessoa tem que ser inferior

a meio salário mínimo (R$ 522,50). Não

recebe o benefício o trabalhador formal

e as pessoas que já recebem benefícios

previdenciários, seguro desemprego, BPC

Loas, com exceção do Bolsa Família.

Algumas medidas como a suspensão

da prova de vida por 120 dias e a antecipação

das parcelas do 13º salário de

aposentados e pensionistas do INSS

foram adotadas para minimizar os impactos

causados pela pandemia. Qual

é a importância dessas ações?

Essas ações se mostram muito importantes

neste momento, para que a

população não se encontre em estado

de extrema necessidade e também para

movimentar a economia, já que possivelmente

todo o valor será utilizado no

comércio local, o que contribuí para a

preservação de empregos.

E que outras medidas vêm sendo

adotadas?

• Dispensa da Perícia Médica presencial.

• Manutenção por 120 (cento e vinte dias)

dos benefícios previdenciários, que dependem

da apresentação de documentos

atualizados;

• Prorrogação automática dos benefícios

por incapacidade, até as agências

reabrirem;

• Possibilidade de saque de FGTS no

valor R$1.045,00 (mil e quarenta e cinco

reais) por trabalhador.

Quais os principais desafios da

Justiça Federal em um cenário de

avanço da Covid-19 no país e de crise

econômica?

É mostrar-se sensível as dificuldades que

os Segurados estão enfrentando para

obter documentos atualizados, como é o

caso dos atestados médicos nos benefícios

por incapacidade.

De que forma as pessoas podem

buscar auxílio jurídico nessa área?

Procurando um Advogado especialista

na área previdenciária, que poderá estar

analisando a situação de forma on line,

ou presencial, mediante agendamento,

seguindo todas as recomendações da

Organização Mundial da Saúde.

Adriana Góes dos Santos

Advogada

contatovip.com.br | 43


VIP | Agronegócio

O Produtor Rural e sua resiliência

em tempo de pandemia e forte estiagem

Sandra

Rodriguês

Empresária,

Diretora Executiva

e Operacional do

Cinbalagens-Ária,

Passo Fundo,

e Sócia-Proprietária

da empresa

Reversa Agro,

Carazinho.

Caros leitores, este momento ímpar

pegou de surpresa a todos nós, mas

estamos nos adaptando a essa nova realidade

dia a dia, na tentativa de superarmos.

Independente do Coronavírus, a agricultura

não para, ela continua a todo o vapor. Se houvesse

uma interrupção neste momento, teríamos muitos

prejuízos, sem sombra de dúvida. Todos nós sabemos

da importância do fornecimento de alimentos

a toda a sociedade. Para garantir a produção

neste momento de pandemia, os produtores rurais

seguem cumprindo seu importante papel, com

uma demanda constante por alimentos. O Brasil é

um grande produtor, encarregado de alimentar o

mundo, por isso, certamente não teremos escassez,

já que o agronegócio faz a nossa economia girar.

A INSEGURANÇA

A insegurança deixa os produtores preocupados

sobre como será a condução, como toda essa situação

que estamos vivendo irá refletir no mercado.

Mas temos fé de que tudo está sendo conduzido

da melhor forma e que temos muitos investimentos

sendo feitos a fim de promover ainda mais o

crescimento de novos negócios. Isso tem deixado

os produtores otimistas, avaliando as possibilidades

reais dos seus negócios, sem esquecer de manter

seus planejamentos para futuras safras. Eles estão

atentos ao cenário atual, onde o melhor a seguir é a

liquidez.

CUIDAR DA GESTÃO RURAL

Aqueles que tiverem uma boa gestão em sua propriedade,

com controle, boas práticas, e, principalmente,

uma saúde financeira em seus negócios,

com certeza passarão pela crise. Esses cuidados são

de suma importância, pois uma boa gestão, ligada

diretamente ao campo, tem uma importância fundamental

neste momento.

AS BOAS PRÁTICAS NA PREVENÇÃO

Não podemos deixar de mencionar os cuidados

com a saúde humana, que são fundamentais neste

momento. Para podermos galgar êxito em qualquer

área de nossas vidas não podemos deixar de manter

os cuidados essênciais com a saúde. Os produtores

devem tomar os cuidados necessários, reforçando as

medidas, que não podem e não devem ser esquecidas

na higiene em todas as etapas da produção.

Além dos cuidados com a higiene também devem

ser observadas as regras higiênico-sanitárias, que são

de conhecimento público e trazem em sua redação

orientações sobre a circulação de mercadorias, logística,

entrada e saída de colaboradores da fazenda. Ao

atender todos esses cuidados, temos certeza de que

venceremos esta pandemia.

CAUSAS DA ESTIAGEM

Além da pandemia, o nosso estado sofre com a forte

estiagem, que gera danos que poderão se estender

e comprometer o plantio de trigo, considerado a

segunda maior cultura de grãos em nível mundial

e que contribui significativamente para a economia

agrícola. Cientistas atribuem à origem da estiagem

às mudanças climáticas, mais precisamente ligadas

ao aquecimento global, segundo pesquisadores da

Embrapa. Para melhor enfrentamento destas dificuldades

relacionadas diretamente ao clima, só teremos

resultados positivos se estivermos prevenidos com

controle de gestão e tecnologia.

CONCLUÍMOS

Que o Coronavírus está apresentando grandes

impactos em nossa economia, abalando os mercados

financeiros, podendo afetar diretamente a compra de

insumos para a atividade, como por exemplo: fertilizantes,

agrotóxicos e sementes. Com isso o agro tem

observado ainda mais a importância de produzir alimentos

e os trabalhadores estão dedicados aos seus

trabalhos. As famílias estão intensificando o plantio e

o cultivo de alimentos para que não falte comida nas

prateleiras e nas nossas mesas.

Graças a este bravo e guerreiro setor, o Agro não

parou e tenho certeza que não irá parar.

Agronegócio: o orgulho do nosso Brasil!

Rua General Osorio, 840

Sala 01 - Ed. Mediterranee

Passo Fundo/RS

(54) 3317-1560 / 3317-1570

www.cinbalagens.com.br

44 | contatovip.com.br


Cuide do seu coração

Quando todas as atenções estão voltadas a Covid-19, alertamos

para a importância do cuidado com a saúde do seu coração

Nesse momento é especialmente

importante cuidar

da saúde como um todo

para que não fiquemos

mais suscetíveis a infecção pelo Coronavírus

e nem esqueçamos das outras

doenças que continuam causando

danos, internações e mortes. Segundo

a médica cardiologista Franciele

Tais Bandeira Giasson, as doenças

cardiovasculares, como o infarto, são

a principal causa de morte no Brasil,

e devem ser prevenidas e ter seus sintomas

iniciais reconhecidos para que

os pacientes procurem atendimento

imediatamente. Sintomas como dor no

peito súbita ou falta de ar importante

requerem avaliação médica precoce.

“Da mesma forma, pacientes com

infarto prévio, insuficiência cardíaca

ou tratamento para arritmias devem

manter seus exames médicos de revisão

em dia para que não tenham descompensações

de suas comorbidades”,

destaca.

Para seguir cuidando da saúde do coração,

é importante lembrar que tanto

consultório quanto pacientes devem

estar adequados a nova realidade.

“No consultório, agendamentos para

consultas e exames são feitos com

espaços maiores entre os pacientes

para que não haja aglomeração na sala

de espera, as macas e equipamentos

são limpos adequadamente após cada

atendimento que é realizado, por uma

equipe utilizando máscaras, aventais

descartáveis e luvas. Os pacientes são

orientados a comparecer a seus atendimentos

o mais próximo possível do

horário agendado, evitando atrasos ou

esperas, sempre usando máscaras, de

preferência sozinhos, e é incentivada

a higienização das mãos na entrada e

saída da clínica com álcool gel”, conta

Dra. Franciele.

De uma maneira geral, para cuidar da

sua saúde nesse momento, a médica indica

manter cuidados de rotina como:

alimentação balanceada, consumo de

2 litros de água por dia, rotina de sono

e atividade física adequada aos tempos

de isolamento social.

Se possível, fique em casa. Se necessário,

procure seu Cardiologista.

CRM 40083 - Médica (Universidade de Passo Fundo 2014), especialista

em Clínica Médica (Hospital de Clínicas de Porto Alegre 2015-2016),

especialista em Cardiologia (Hospital São Vicente de Paulo 2017-2018)

Locais de atendimento:

Centro de especialidades médicas (prefeitura de Carazinho).

Hospital São Vicente de Paulo (Passo Fundo).

Clinica Atlanta - Av. Pátria, 400 - Sala 201 - (54) 3331.3019

Hospital de Caridade de Carazinho, Consultório

(clínica Cardiomax)

Contatos: Consultório (54) 3331-1200

francielegiasson267@gmail.com

/francieletais.bandeiragiasson

@frangiasson

contatovip.com.br | 45


MAIO

ROXO:

O que são Doenças

Inflamatórias

Intestinais?

Campanha Maio Roxo é dedicada à conscientização dessas doenças

O

mês de Maio foi escolhido para ser

representado pela cor roxa, e é dedicado

à sensibilização das Doenças

Inflamatórias Intestinais (DIIs). A

campanha Maio Roxo tem o objetivo de conscientizar

a população sobre as DIIs. Maio além de fazer

alusão ao mês de conscientização é lembrado pelo

Dia Mundial da Doença Inflamatória Intestinal,

Doença do Crohn e Colite Ulcerativa, que ocorre

no dia 19. Estima-se que as doenças inflamatórias

intestinais prejudicam significativamente a vida

de 78% dos pacientes, segundo a pesquisa Jornada

do Paciente com DII, feita pela Associação

Brasileira de Colite Ulcerativa e Doença de Crohn

(ABCD) com mais de 3 mil brasileiros afetados

por essas condições. Reconhecer os sintomas para

o diagnóstico e o início do tratamento adequado

são essenciais para proporcionar o bem-estar das

pessoas. As DII são doenças provenientes de uma

desordem do sistema imunológico, e como consequência,

as células de defesa agridem os órgãos que

compõem o trato gastrointestinal, especialmente

os intestinos, grosso (cólon) e delgado.

Ainda sem causa comprovada, as doenças inflamatórias

intestinais podem estar ligadas a fatores

hereditários e imunológicos, sendo possível serem

agravadas pelos hábitos de vida. Embora não haja

cura, o diagnóstico precoce pode permitir seu

controle e proporcionar melhor qualidade de vida

aos pacientes. A Retocolite Ulcerativa e a Doença

de Crohn são as mais conhecidas, ao apresentar

sintomas como diarreia, sangue nas fezes, anemia,

dor no abdome, perda de peso e febre, um médico

coloproctologista deve ser consultado para avaliação.

É importante estar em dia com os exames

periódicos, assim o médico poderá avaliar seu estado

de saúde geral e detectar essas outras doenças.

Pacientes com DII possuem maior risco de câncer

colorretal. A colonoscopia é o método mais eficaz

para diagnosticar e tratar lesões potencialmente

cancerosas relacionadas às DII. O coloproctologista

saberá melhor como orientar as opções terapêuticas

e os intervalos de exames.

DOENÇA DE CROHN

A doença de Crohn pode se manifestar em qualquer

parte do tubo digestivo, sendo mais comum

no final do intestino delgado e do grosso. Entre

os sintomas principais estão diarreia, sangue nas

fezes, anemia, dor no abdome, perda de peso e

febre. Mais raramente há estomatites (inflamações

na boca). Também pode atingir pele, articulações,

olhos, fígado e vasos. A doença mescla crises

agudas recorrentes, leves a graves, e períodos de

ausência de sintomas. O diagnóstico é feito por

meio da colonoscopia com biópsia.

46 | contatovip.com.br


RETOCOLITE ULCERATIVA

A retocolite ulcerativa é caracterizada por inflamação

da mucosa do intestino grosso, apresentando

diarreia crônica com sangue e anemia. Não apresenta

lesões no intestino delgado, o que constitui

característica da doença, muitas vezes sendo o

fator primordial para diferenciá-la da doença de

Crohn. A inflamação pode vir a se tornar muito

grave, com hemorragias e perfuração intestinal,

necessitando de cirurgias de urgência. O diagnóstico

é feito principalmente pela colonoscopia com

biópsias. O tratamento inclui medicamentos para

controle da inflamação. Quando a doença não

consegue ser controlada por meio de tratamento

clínico ou apresenta determinadas complicações

agudas ou crônicas, especialmente neoplasia, mesmo

muito precoce, opta-se pela cirurgia.

Passo Fundo/RS:

• Hospital de Clínicas de Passo Fundo

(Rua Tiradentes, 295) - Fone (54) 3045.8235

• Polus Care Centro Clínico (Rua Bento Gonçalves, 900)

Fones (54) 3632.8920 - (54) 3311.6878 - (54) 99193.3137

Marau/RS:

• Centro Clínico Providência (Av. Barão do Rio Branco, 1751

Fones (54) 3342.3455 - (54) 3342.3246 - (54) 99180.7574

• MOT - Hospital Cristo Redentor (Rua Bento Gonçalves, 10)

Fones (54) 3342.9426 - (54) 99211.5962

Ornella Cassol

Médica Coloproctologista | CRM 35637

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu - Doutorado em

Clínica Cirúrgica na PUC-RS – Sua pesquisa está voltada às Doenças Inflamatórias

Intestinais. Membro do corpo Clínico do Hospital de Clínicas de Passo Fundo e

Hospital Cristo. Redentor de Marau | Membro do Grupo Cirúrgico do Pólus Centro

Clínico | Professora. do curso de Medicina da IMED. Coordenadora Regional GEDIIB

RS - Grupo de Estudos da Doença Inflamatória Intestinal do Brasil

FOTO | DANIEL TATSCH

Coloproctologista Ornella Cassol | @coloproctologistaornellacassol | ornellacassol.com.br

contatovip.com.br | 47


VIP | Beleza

CORTE CHANEL,

o estilo de corte que

reinará absoluto em 2020

O

ano de 2020 vai ser um ano

marcado pela praticidade

e isso irá se refletir nos

cortes de cabelo, assim

como foi no inicio da década de 20

quando as mulheres deixaram de lado

os cabelos compridos e deram um grito

de liberdade para eles, cortando-os na

altura do queixo ou, talvez um pouco

acima dos ombros. Este corte reinou

absoluto nesta década, foi onde nasceu

o tão famoso, corte Chanel, inspirado

na revolucionaria estilista Coco Chanel.

Agora no século XXI as tendências

mudaram para o corte, ele está repicado,

ou em camadas, com franjão lateral

ou franja curta, ele é quase um Long

Bob, mas ainda respeitando o estilo

Chanel e, para dar um realce e trazer

luminosidade ao rosto podem ser feitas

diferentes técnicas de mechas como a

Ballaygem 3D, Cherry Blonde, mesclados

platinados ou acobreados, as cores

e técnicas exatas para seu corte devem

ser analisadas e discutidas com um profissional

para que o corte e a cor fiquem

harmônicas e atuais.

BENDRIGO ZANFIR

Formado em Estética Capilar pela

ULBRA Carazinho, e Pós-

Graduado em Visagismo e

Imagem Pessoal pela ANHEMBI

MORUMBI/São Paulo.

Colorista e consultor de

imagem pessoal.

bendrigocabeleireiros@hotmail.com

Rua Venâncio Aires, 358 - Carazinho/RS

Fone (54) 3331.1667

48 | contatovip.com.br


VIP Woman 2020 celebra

as mulheres da nova década

WWW.CONTATOVIP.COM.BR

Mulheres homenageando mulheres. Mulheres

aplaudindo o sucesso de outras mulheres.

Esse foi o clima da 2ª edição do VIP Woman,

evento promovido pela Revista Contato VIP em

comemoração ao mês da mulher. 26 profissionais

dos mais diversos setores compartilharam a sua

trajetória, os seus projetos e as suas expectativas

na edição de março da Contato VIP e reuniramse,

no dia 12 de março, no Macalé Eventos,

em Carazinho, com familiares e amigos para

celebrar! Além do grupo de mulheres deste ano,

também foram homenageadas por seu destaque

na sociedade: a Diretora do Campus Carazinho

da UPF, Munira Awad; a Presidente da FENACE,

Sandra Rodriguês; e a Presidente da OAB

Carazinho, Sandra Zimmer Muller.

FOTOS | DANIEL TATSCH

A noite também marcou o lançamento da edição

nº 300 da Contato VIP, que a partir de agora

passa a ter sua periodicidade bimestral – e novos

conteúdos online nas redes sociais.

O evento teve organização da Baumgardt

Comunicação, decoração de Isete Magni e apoio

de: Cores e Aromas, Elegance Móveis Planejados,

Renato Joalheiro, Spacio RAR, UPF e BioMed.

Rose Toledo e Indiamara Caumo

O piano de Diego Granza Palestrante Jaciara de Meira Mestre de Cerimônias Tais Rizzotto


VIP Woman 2020

FOTOS | DANIEL TATSCH

Brenda Ribas,

Adriana Matiotti e Andrea Souza Andrea Souza, Ana Maria Leal e Brenda Ribas

Brenda Ribas,

Amanda Sachetti e Andrea Souza

Brenda Ribas,

Andrea Schmitz e Andrea Souza

Rose Toledo,

Anelise Schell Almeida e Brenda Ribas

Rose Toledo,

Camila Vedoi e Brenda Ribas

Rose Toledo, Cristiani Lauxen e Brenda Ribas

Rose Toledo, Eloisa Avila e Brenda Ribas

Brenda Ribas,

Grasiela dos Santos e Valdecir Girardi


VIP Woman 2020

FOTOS | DANIEL TATSCH

Brenda Ribas, Jéssica Klein

e Romano Ribeiro Bigliardi

Brenda Ribas, Jéssica Previatti

e Romano Ribeiro Bigliardi

Brenda Ribas, Josiana Hertel

e Romano Ribeiro Bigliardi

Brenda Ribas, Jovânia

Girardi e Romano Ribeiro Bigliardi

Brenda Ribas, Juliani Pinzon

Pontes e Munira Awad

B renda Ribas, Juliana Ritter

Linck e Munira Awad

Brenda Ribas, Lea Said Baltar

e Munira Awad

Brenda Ribas, Marcia De Zorzi

Tartaro e Muniara Awad

Brenda Ribas, Vania Stocco

Tomé e Fernanda Meireles


VIP Woman 2020

FOTOS | DANIEL TATSCH

Brenda Ribas, Yasmin Dreifke

da Silva e Fernanda Meireles

Brenda Ribas, Zinelia Ávila

e Fernanda Meireles

Rose Toledo e Munira Awad

Sandra Rodrigues e Rose Toledo

Sandra Zimmer e Rose Toledo

Juliana Ritter Linck e Rose Toledo

Romano Ribeiro Bigliardi e Jaciara Meira

Ana Maria Leal e Romano Ribeiro Bigliardi

Vania Tomé e Romano Ribeiro Bigliardi


VIP Woman 2020

FOTOS | DANIEL TATSCH

Brenda Ribas, Isete Magni e Valdecir Girardi

Brenda Ribas, Jaciara de Meira

e Valdecir Girardi

Brenda Ribas, Jécika Gomes

e Valdecir Girardi

Terezinha Camargo, Rose Toledo,

Ieda Xavier da Cruz e Rosilda Santarém

Antonela Albernaz, Juliana Ritter

Linck e Carine Hauschild

Ana Ribas, Brenda Ribas

e Gilson Haubert

Jorge Alberto, Lea

e Maria Cecilia Said Baltar

Fabricio e Vania Tomé

Andreia Schmitz, Caren Foletto da Costa,

Anelise Scheibe, Franciele Renner e Carla Foletto


VIP | Sociedade

Céia Giongo | Passo Fundo

Dia das Mães

Céia Giongo

Colunista social

e jornalista. Assina

coluna no jornal O

Nacional, de Passo

Fundo, e apresenta

programa

no canal 26 NET.

Blog: giongo.

blogspot.com

A atriz Leticia Birkeuher com seu filho

João Guilherme.

A médica Tais R. Pavan

com o herdeiro Antonio.

PANDEMIA ECONÔMICA:

O mundo foi atacado pelo Covid 19 causando uma Pademia na

Saúde Mundial com Isolamento Social e Lockdown em muitas

cidades. Isso causou um efeito terrível na saúde financeira das

empresas e por consequência de todos nós com redução das

jornadas de trabalho e dos salários. Por efeito dominó o consumo

irá diminuir gerando uma menor arrecadação de impostos, menos

investimentos governamentais em todos os setores e um menor

crescimento em geral.

Não é hora de lamentar-se, mas sim de levantar a cabeça e

mais do que nunca reorganizar nossa vida econômica e afetiva

(valorizar nossas relações familiares e com os amigos), com

maiores cuidados, respeitando as regras em geral, principalmente

com nossa saúde e a das pessoas (nunca na história da

humanidade todos dependemos do outro para sobreviver).

Pensamento: Na adversidade cresce quem for destemido e

corajoso, os covardes sempre serão covardes.

Sérgio Panizzon

Médico Cirurgião Plástico

e Empresário do ramo

da Construção Civil



Ensaio Amor de Mãe

Amorê Modas Ciríaco

Durante o mês de maio as mamães fizeram um lindo

ensaio, com seus filhos, usando looks da Amorê Modas

Eliane Dalacosta, proprietária

da Amorê Modas com seus filhos

Mãe Adenir e filhos Airos e Júnior

Eliane e filhos

Elton Henrique e Antonella

Mãe Daiana e filha Maria Eduarda

Mãe Andrea e filhos Thaís e Bruno

Mãe Analu e filha Ana Clara

Mãe Ana Cristina

e filhos Ana Livia e Paulo

Mãe Daniela e filhos Paulo José e Diana

Mãe Andressa e filhas Manu e Isabeli

Mãe Angela espera a filha Sofia

Mâe Fernanda e filho Miguel


Mãe Daiane a espera

da filha Maria Luiza

Mãe Karita e filhos José e Josué

Mãe Flaviana e filha Júlia

Mãe Iolanda dos

filhos Ariel e Roberto

Mãe Hilda e filho Alessandro

Mãe Grazielle e filhos Cristian e Gabriele

Mãe Dejanira e filho Elton

Mãe Irma e filhos Eduardo e Emanuelle

Mãe Estéfani e filha Isadora

Mãe Luciana e filhos

Emanuelli e Dominic

Mãe Lizia e filha Maria

Mãe Janice a espera do Filho Theo

Mãe Joice e filho Júnior

Mãe Marivane e filha Ana Luiza

Mãe Gessi e filhos Rosemar,

Eleandro, Fábio, Chaiane e Sheila

Mãe Janaina filho Pedro Henrique

Mãe Janete e filhos Gesio e Taissa

Mãe Lenir e filhos Manuela e Artur


Mãe Marta e filha Mariana

Mãe Viviane e filhos Ana Júlia, Luiz Henrique e Débora

Mãe Marita e filhos Ruan e Nauany

Mãe Sônia e filhos Vitor e Roberta

Mãe Marilene e filhos

Henrique e Bernardo

Mãe Solange e filhos João e Sofia

Mãe Neusa e filho Afonso

Mãe Neli e filhos Leonardo e Laura

Mãe Roseli e filhos Maria

Eduarda e José Otávio

Mãe Noemia e filhos Andre e Marceli

Mãe Maria e filhos Juliana,

Cristiano, Gabriela, Daniel,

Marina e Vitória

@amoremodas.oficial

Fone (54) 9 9975.5276

@lojaamoremodas


contatovip.com.br | 59


COMBO

AGORA TEM

NA SEANET

PARA VOCÊ APROVEITAR AINDA MAIS!

INTERNET FIBRA ÓTICA ATÉ

Instalação sujeita a viabilidade técnica

MEGA

+

TV WATCH TV ANTIVÍRUS SUPORTE

PREMIUM

AV. GENERAL NETTO, 798

PASSO FUNDO

(54) 3329-0300

More magazines by this user
Similar magazines