Views
5 years ago

Mulheres no RAP carioca: Inserção e Preconceito - UTFPR

Mulheres no RAP carioca: Inserção e Preconceito - UTFPR

Mulheres no RAP carioca: Inserção e Preconceito -

Mulheres no RAP carioca: Inserção e Preconceito Resumo Juliana Siqueira de Lara 1 Aymara Fernandez Escobar 2 Gabriela Dottori de Sá Barreto 3 Sara Silva Ferreira 4 Luiza dos Santos Cruz 5 Orientador (a): Nilma Figueiredo de Almeida 6 O presente trabalho busca uma compreensão acerca da construção das identidades e subjetividades femininas em camadas populares, enfatizando as rappers do Movimento Hip-Hop carioca. Para entender a inserção destas mulheres no cenário do Hip Hop foram realizadas entrevistas semiestruturadas com quatro mulheres que atuam como rappers. Também foram aplicados 40 questionários, via internet, na Comunidade “Viaduto de Madureira” do site Orkut, em 17 mulheres e 23 homens, com idade superior a 18 anos e freqüentadores do Viaduto Negrão de Lima, em Madureira, local de referência para encontros do Movimento Hip-Hop na cidade do Rio de Janeiro. Verificou-se que ainda existe preconceito na participação de mulheres em Movimentos Sociais, como é o caso do Rap, no Hip Hop, da cidade do Rio de Janeiro e que as mulheres de camadas populares que desenvolveram uma consciência sócio-política possuem mais recursos de luta e transformação social que as mulheres que não se engajaram em alguma outra atividade no âmbito público. Palavras-chave: Gênero; Movimento Hip-Hop; Mulheres no RAP; Preconceito; Movimento Social. 1 Graduanda em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Email: jubilini@hotmail.com 2 Graduanda em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Email: play_again@terra.com.br 3 Graduanda em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Email: gabriela.dottori@gmail.com 4 Graduanda em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Email: sarinha_cong@hotmail.com 5 Graduanda em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Email: lully_cruz@yahoo.com.br 6 Doutora em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Email: nilmaf@ig.com.br 1

Mulheres camponesas.indb - More from yimg.com...
A INSERÇÃO DA MULHER NO MERCADO DE TRABALHO E A ...
Trabalho da mulher no Brasil nos últimos 40 anos - UTFPR
Ruídos na representação da mulher: preconceitos e estereótipos na ...
Ruídos na representação da mulher: preconceitos e estereótipos
Mulheres Pioneiras nas Ciências: Histórias de Conquistas ... - UTFPR
desvelando a participação das mulheres na história de uma - UTFPR
as escolhas de cursos pelas mulheres: qual formao para ... - UTFPR
A menina mulher, consumidora fugaz. Consequências do ... - UTFPR
Mulheres Que Fazem fiTrabalho De Homemfl(?): Divisão ... - UTFPR
Preconceito e discriminação com as mulheres negras - PROEJA - RS
Ruídos na representação da mulher: preconceitos e estereótipos na ...
Mulheres e Homens: Lado a Lado no Fazer Científico e ... - UTFPR
Tempos de mudança, vidas em mutações: corpos ... - UTFPR
A representação de mulheres na força de trabalho na área ... - UTFPR
Reprodução, ciência e tecnologia em Herland, de ... - UTFPR
Técnica e Arte: Trabalho artesanal produzido por mulheres ... - UTFPR
Representações do Feminino em Mensagens Via Internet ... - UTFPR
Leonardo Aires de Castro Disseminação do preconceito, violência
universidade tecnológica federal do paraná programa de ... - UTFPR
A generização da regulação social da procriação ... - UTFPR
Rap de batom: família, educação e gênero no ... - CLAM Hip-Hop
a mulher chefe de família ea inserção feminina no mercado - Sei
Gênero e Tecnologia no design dos frascos de perfume - UTFPR