Torta Filtro

dpv24.iciag.ufu.br

Torta Filtro

USO E MANEJO DOS

RESÍDUOS DA CANA


Torta de Filtro

- 18 a 30 kg/ton de cana moída;

- torta úmida = 75%


Composição Torta de Filtro

A composição química da torta de filtro é variável, sendo que o

fator diferencial, é a sua origem, se são geradas por usinas ou

destilarias autônomas:

a) As tortas de usina tem aproximadamente o dobro de P das

tortas de destilaria (em média, 2% de P 2

O 5

na torta de usina e

1% nas de destilaria, referidas ao material seco);

b) o inverso, ocorre com o N, sendo que as tortas de destilaria tem

25% a mais de N do que as de usina (em média 1,6% de N nas

destilarias e 1,3% nas de usina, referentes ao material seco).

Tais valores variam em função de características do processo

como: pH, calagem, adição de auxiliares de floculação, etc.

Preferencialmente a torta deve ser utilizada no plantio e se

possível aplicada no sulco.


Composição mineral da matéria

seca da torta de filtro

Elemento % Elemento ppm

Carbono - C 40 Co 1,4

SiO 2

7,6 Cu 65

N 1,4 Fe 2.500

P-Inorgânico 0,9 Mn 624

P-Orgânico 0,4 Mo 0,6

K 0,3 Zn 89

Ca 4,0

Mg 0,4 Umidade = 78%

S 1,3


EFEITO DA APLICAÇÃO DE TORTA

DE FILTRO NA DISPONIBILIDADE

DO FÓSFORO NO SOLO

ATRIBUTOS TESTE

TORTA DE FILTRO

(100 t ha -1 )

QUÍMICOS DO SOLO MUNHA Depois de 8 Depois de 30

Meses Meses

pH 5,0 5,2 5,0

P (ppm) 32 188 109

K (meq/100 cm 3 ) 0,12 0,12 0,10

Ca (meq/100 cm 3 ) 1,07 3,63 3,15

Mg (meq/100 cm 3 ) 0,54 0,61 0,57

Al (meq/100 cm 3 ) 1,11 0,25 0,45

CTC (meq/100 cm 3 ) 2,75 4,62 4,29

Carbono Orgânico (%) 1,07 1,24 1,21

Fonte: Rodella et al (1990)


VALOR FERTILIZANTE DA

TORTA DE FILTRO

Nutrientes

Nutrientes

na

TORTA FILTRO

(30t ha -1 ) Economia

Mat. Seca Equiv. Fertilizantes

% -------- kg ha -1 ------- US$/ha

N 1,20 160 (Urea) 43

P 0,87 285 (TSP) 96

K 0,50 60 (KCl) 13

Ca 2,86 800 (Calcário) 10

Mg 0,30 -- ?

S 1,17 -- ?

Umidade 79 -- --

Mat.Org. 60 -- ?

Relação C/N 28 -- --

TOTAL 162.00

N = 0,60/kg; P 2

O 5

= 0,80/kg; K 2

O = 0,35/kg; Calcário = 12,00/ton.

Fonte: Adaptado de Copersucar (1988) & Cerri et al.(1988).


TORTA DE FILTRO

NO SULCO DE PLANTIO


Efeito da TORTA DE FILTRO e

CALCÁRIO aplicados em

ÁREA TOTAL

Torta de

USINAS

Calcário

Filtro

A B C D

-------------------------------- t ha -1 ---------------------------------

0 0 85 154 109 138

100 0 124 175 116 166

0 2 98 163 106 149

100 2 128 171 118 174

T.F. = Torta de filtro aplicada em área total; Cal = Calcário aplicado em área total;

Fonte: Planalsucar, 1985 (Relatório Anual)


RESPOSTA DA TORTA DE FILTRO

COMO FONTE DE P EM CANA,

CULTIVAR NA56-79 (CANA-PLANTA)

TORTA DE P 2 O 5

FILTRO aplicado

PRODUÇÃO DE CANA

t ha -1 kg ha -1 t ha -1

0 0 54

0 75 71

0 150 74

10 0 78

10 75 78

10 150 74

Fonte: Rodella et al (1990)


TORTA de FILTRO ÚMIDA

Solo LVA (Textura média)

TORTA

PRODUÇÃO - CORTE CANA

FILTRO N -P 2O 5 - K 2 O

1 o C 2 o C 3 o C MÉDIA

t ha -1 kg ha -1 ---------------- t ha -1 -----------------

0 --- 65 65 83 71

0 20-120-100 86 73 88 82

10 --- 77 66 84 76

20 --- 86 67 90 81

Adaptado de COLETTI et al, 1982.


TORTA DE FILTRO

Torta de Filtro no Sulco (4 locais e 3 cortes)

Trata

mentos

Tratamentos

N P 2 O 5 K 2 0 TF

Média 3 cortes

(t/ha)

T1 0 0 0 0 75

T2 40 60 80 0 96

T3 40 120 80 0 102

T4 40 120 80 20 112

Fonte: Coleti e colaboradores (1982)


TORTA DE FILTRO

NA SOQUEIRA

(LINHA)


Efeito do gesso, torta de filtro e

diferentes regimes de irrigação

na produção de colmos (Cana

de 3° corte, safra 1999,

Goianésia/GO)

Test.

Produção de Colmos, t ha -1

75

70

65

60

55

50

45

40

Gesso

T. Filtro

Test.+80mm

Gesso+80mm

T. Filtro+80mm

Test.+50mm mens.

Gesso+50mm mens.

T. Filtro+50mm mens.

A.M.C. BRAGA; P.F.M. OLIVEIRA; R.A.B. SOARES; G. H. KORNDÖRFER RFER (CBCS-2003)


Efeito do gesso, torta de filtro e

diferentes regimes de irrigação

na produção de açúcar (Cana

de 3° corte, safra 1999,

Goianésia/GO)

Produção de Açúcar, t ha -1

10

9

8

7

6

5

Test.

Gesso

T. Filtro

Test.+80mm

Gesso+80mm

T. Filtro+80mm

Test.+50mm mens.

Gesso+50mm mens.

T. Filtro+50mm mens.

A.M.C. BRAGA; P.F.M. OLIVEIRA; R.A.B. SOARES; G. H. KORNDÖRFER RFER (CBCS-2003)


Stalk yield as a function of filter cake

rates on ratton cane (average of line

and in between line application)

Stalk Yield, t ha -1

120

110

100

90

80

70

60

y = -0,1211x2 + 4,4532x + 17,87

R 2 = 0,91*

Dose for maximum

return

DMEE = 14,8

DMTE = 18,6

0 5 10 15 20 25

Filter Cake rates, t ha -1

Dose for maximum

stalk yield


Efeito da Torta de Filtro (matéria seca) sobre a

produção da CANA-SOCA (média da aplicação

sobre a linha e entre-linha) – Us. Jalles Machado

Prod. Colmos, t ha -1

120

110

100

90

80

70

60

y = -0,1211x2 + 4,4532x + 17,87

R 2 = 0,91*

Dose para o máximo m

returno

DMEE = 14,8

DMTE = 18,6

0 5 10 15 20 25

Doses Torta de Filtro, t ha -1

Dose para a

máxima produção

Fonte: ISSCT Workshop (2006)


Sugar yield as a function of filter cake

rates on ratton cane (average of line

and in between line application)

19,0

18,0

Sugar, t ha -1

17,0

16,0

15,0

14,0

13,0

12,0

11,0

10,0

Rate for maximum

return

DMEE = 15,5

DMET = 17,8

y = -0,0184x 2 + 0,6604x + 3,12

R 2 = 0,91*

0 5 10 15 20 25

Filter Cake rates, t ha -1

Rate for maximum

sugar yield


Efeito da Torta de Filtro (matéria seca) sobre a

produção de açúcar da CANA-SOCA (média da

aplicação sobre a linha e entre-linha) – Us.

Jalles Machado

Prod. Açúcar, t ha -1

19,0

18,0

17,0

16,0

15,0

14,0

13,0

12,0

11,0

10,0

Dose para o

máximo retorno

DM EE = 15,5

DMET = 17,8

y = -0,0184x 2 + 0,6604x + 3,12

R 2 = 0,91*

Dose para a

máxima produção

0 5 10 15 20 25

Dose de Torta de Filtro, t ha -1

Fonte: ISSCT Workshop (2006)


ANÁLISE DE SILÍCIO EM

FERTILIZANTES

SOLICITANTE: Usina Colombo

LOCAL: Santa Adélia - SP

IDENTIFICAÇÃO: Cinza e Torta

DATA ENTRADA: 03/06/2004 DATA SAÍDA: 15/07/2004

IDENTIFICAÇÃO ARQUIVO: (000094-0000096) ANALISTA: Carla Cristina Costa

# #LAFER

IDENTIFICAÇÃO

AMOSTRA

Faz./Local

Tipo de

Material

Si

TOTAL*

%

Si

Solúvel**

%

1 94 Cinza

Santa Adélia -

SP

Cinza 36,36 0,27

2 95 Cinza caldeira “ Cinza 40,57 0,34

3 96 TortaTorta 3,32 -

OBSERVAÇÕES:

* Silício total solúvel em ácido fluorídrico concentrado

** Silício solúvel extraído após cinco dias em contato com o extrator (carbonato de sódio +

nitrato de amônio - Na 2

CO 3

+ NO 3

NH 4

)


Efeito da aplicação da

Torta de Filtro sobre o Si

solúvel do solo

Mill Mud Soil Soil Organic

Soil Extractable Element

Rate pH Matter K Ca Mg P Si

(inches) (%) --------------------------lb/acre-------------------------

0 6.41 1.59 106.0 2542 179.6 41.9 16.4

3 6.65 2.95 625.1 7987 667.0 473.5 37.4

6 6.60 4.31 842.5 10089 909.9 622.6 42.6

12 6.74 7.75 1984.1 16329 1863.3 723.5 67.5

Significance 1 NS L ** L ** L ** L ** L ** Q ** L **

1 NS=not significant, L=linear, Q=quadratic, and ** =significant at P


Efeito da aplicação da Torta de

Filtro sobre a concentração de

nutrientes das folhas de cana

Mill Mud

Leaf Nutrient Concentration

Rate N P K Ca Mg Si Fe Mn Zn Cu

(inches) ---------------------------------(%) 1 ---------------------------------- --------------------(ppm) 1 -------------------

0 2.17b 0.27a 1.83b 0.45a 0.24a 0.65c 159a 22a 18a 5.9a

3 2.33a 0.29a 2.00ab 0.46a 0.25a 1.22b 188a 19a 19a 6.2a

6 2.34a 0.28a 2.04a 0.42a 0.24a 1.47ab 113a 17a 18a 6.3a

12 2.37a 0.30a 2.02ab 0.45a 0.27a 1.58a 122a 20a 19a 6.3a

Pr > F 0.0001 NS NS NS NS 0.0001 NS NS NS NS

1 Using Fisher’s LSD test, means within a column followed by the same letter are not statistically different (P >

0.05). For the overall analysis of variance (Pr > F), NS indicates not significant (P > 0.10).

Fonte: : El-Hout

Hout, , N.M. 2003. Response of Plant Cane to Mill Mud Application on Sand S

-

US Sugar Corp. Mauritius.


Efeito da aplicação da TORTA

DE FILTRO sobre a produção

Dose

T. Filtro (inch)

de cana e açúa

çúcar

Colmos Cana

(t/ha)

Açúcar

(kg/ha)

0 90,7 11.278

3 118,6 13.140

6 128,2 14.717

12 149,2 13.704

Fonte: : El-Hout

Hout, , N.M. 2003. Response of Plant Cane to Mill Mud Application on Sand S

-

US Sugar Corp. Mauritius.

More magazines by this user
Similar magazines