Revista Mergulha nas palavras n.º 5 - Março-2018-2019

adelaide.aulas

Número 5, Edição 1, março, 2019

Preço: 0,5 mergulhos

Agrupamento de Escolas Piscinas - Olivais


2 Mergulha nas Palavras

Editorial

Estimados leitores,

Eis que chegámos à quinta entrega da revista “Mergulha

nas Palavras”! Ideias frescas, redação que se renova…

Criatividade, curiosidade e ironia preenchem as colunas e

reportagens. A jovem redação, organizada como uma verdadeira

equipa de trabalho, com método jornalístico e segundo uma linha editorial definida,

soube informar, exprimir-se, contar e re(contar)-se. É amplamente reconhecida a validade

formativa e pedagógica de um projeto de jornalismo escolar. Criar um jornal escolar é tão

instrutivo quanto lúdico. Fazer parte do esforço por um objetivo comum e integrar um trabalho

que pode ultrapassar as paredes da escola é estimulante. Numa era de comunicação desenfreada

na Web e nas redes sociais, a leitura de uma publicação impressa continua a fazer

sentido. Tem o mérito de criar um tempo próprio de reflexão para ler o presente. Ajudar a

percorrer a estrada da cidadania consciente e responsável pode, também, passar por aqui.

Finalmente, quero expressar o meu agradecimento a todos os que acompanharam e participaram

nesta aventura. A todos, um bem-haja!

O Diretor do Agrupamento

Professor Nuno Brito

Dia da Mulher - 8 de março

Um beijinho para

todas as mulheres

das nossas vidas!

Em Portugal, 1 em 4 jovens é vítima de

violência no namoro.

FICHA TÉCNICA:

Colaboradores:

Alunos e professores do

Agrupamento

Coordenação do Projeto:

Professoras

Adelaide Fonseca

Dulce Vidal

Distribuição: Alunos

Tiragem: 100 Exemplares


Mergulha nas Palavras

Cidadania

3

A água nas suas mais variadas formas

Projeto Erasmus +

O Agrupamento de Escolas das Piscinas – Olivais tem vindo a afirmar-se como um agrupamento

de escolas aberto à diversidade cultural e tem criado diferentes oportunidades de enriquecimento

para toda a comunidade

escolar. Neste sentido,

mais uma vez, o nosso agrupamento

está envolvido num

projeto ERASMUS+, cujo tema

é “W.A.T.E.R. – in other ways”,

e que prevê a cooperação

entre escolas para a inovação

e o intercâmbio de boas práticas

de ensino. Este projeto

Grupo de alunos participantes.

concentra-se na importância da água nas nossas vidas. Na realidade, a água influencia a

nossa existência e é um elemento de importância fundamental para todos os seres vivos. Por

esta razão, serão propostos aos alunos desafios e colocadas questões relacionadas com a

água, tais como: a luta pela sobrevivência, os recursos alternativos, as viagens e o transporte,

a ecologia, o entretenimento e os cuidados para

o bem-estar psicofísico. O primeiro encontro com

todos os parceiros do projeto realizou-se entre 5 e 9

de novembro, na Sardenha - Sassari – Itália. Nesta

mobilidade, participaram, da nossa escola, cinco

alunos do 9.º ano: o Francisco Silva; a Ana Carolina;

a Carolina Lopes; a Matilde Reis e a Constança

Carvalho. Os professores envolvidos foram a Professora

Helena Falcão, a Professora Sílvia Albu-

Professores e alunos portugueses.

querque e a Professora Maria José Calado.

Escolas envolvidas no Projeto

• Masarykova základní škola a mateřská škola Melč, okres Opava,

příspěvková - República Checa

• Instituto Comprensivo Brigata Sassari – Itália

• Osnovna Skola Bartola Kasica – Croácia

• Alytaus Panemunes pagrindine mokykla – Lituânia

• Agrupamento de Escolas Piscinas Olivais - Portugal

• Centro Privado Plurilingue La Grande Obra de Atocha – Espanha


4 Tolerância

Mergulha nas Palavras

Educar o Olhar para Ampliar o Pensar, o Sentir e o Imaginar

O PNC continua, este ano letivo, em grande forma!!! Com o objetivo

de fomentar a literacia fílmica, educando o olhar para a estética

cinematográfica, e divulgar o cinema português entre os nossos

alunos, desenvolvemos várias atividades.

Começamos pela ida ao Festival Olhares

do Mediterrâneo. Os alunos tiveram a

possibilidade de visionar curtas-metragens

com diferentes temáticas, como a luta por

uma vida diferente, o bullying, a discriminação

social, a diferença, a vida dos refugiados…

bons filmes para pensar um pouco e

criarmos uma opinião sobre o mundo que

nos rodeia.

Próximo do dia do pai, vamos brindar os

alunos do 8.º ano com o filme Adeus Pai

e, imaginem só… Também terá lugar a

vinda do realizador Luís Filipe Rocha à

nossa escola para conversar connosco.

A convite do projeto Stories of Tomorrow,

projetamos o filme ET, de Steven Spielberg,

um clássico que encantou o coração

dos nossos alunos do 5.º ano.

De seguida, iniciámos o ciclo de cinema

português, com a

projeção do filme

Os Gatos não

têm Vertigens,

de António Pedro

V a s c o n c e l o s ,

para os alunos do

9.º ano.

Nas aulas de DPS, para falar um pouco

sobre a aceitação da diferença, ou até

mesmo do bullying, as turmas do 7.º ano

têm vindo a assistir à curta-metragem de

animação História Trágica com um Final

Feliz, da Regina Pessoa.

Quanto ao 6.º ano (não foi esquecido!), irá

ao Festival de Cinema de Animação Montrinha,

já no próximo mês de março.

Também aguardamos a vinda de outra

realizadora à escola, mas isso é surpresa!!!

A equipa do PNC


Mergulha nas Palavras

A não-violência

5

Corações Com Coroa vai à escola

No âmbito do Projeto de Promoção da Educação para a

Saúde, os alunos do nono ano, turmas A e C, tiveram a

oportunidade de participar no “CCC vai à Escola”, que consiste

num projeto artístico-pedagógico que pretende reforçar

a importância dos alunos conhecerem os seus direitos. Assim,

no dia dez de dezembro de 2018, os referidos alunos

assistiram à peça “Elfos e Anões”, que conta a história de Fábio e Juliana, colegas de turma,

que começam a namorar. Entre ambos desenvolve-se uma relação inicialmente idílica, mas

rapidamente entram

em cena novas dinâmicas.

Juliana descobre

que uma fotografia sua

circula nas redes sociais

e começa a ser

alvo de bullying, e

Fábio vai-se tornando

agressivo com os colegas

e com Juliana, tanto a nível físico como psicológico. Receosa quer das reações de Fá-

Professoras e alunos do 9.º C.

bio, quer das reações dos restantes colegas, Juliana recolhe-se cada vez mais para dentro

de si própria. O final da peça dá-se com duas revelações: Juliana está grávida e Fábio vai a

uma consulta de psicologia. A peça de teatro incide sobre tópicos do trabalho diário da Associação

“Corações

com Coroa” e pretende

promover a

reflexão acerca de

questões existentes

no quotidiano, salientando-se

a violência

no namoro, a

gravidez na adolescência,

o bullying e

Professoras e alunos do 9.º A.

o cyberbullying. O balanço desta atividade foi bastante positivo e incentivador à proposta de

novas visitas de enriquecimento curricular que visa a aproximação do desenvolvimento curricular

à vida ativa.

A Coordenadora do PES

Professora Conceição Monteiro


6 Como vai a nossa biblioteca Mergulha nas Palavras

Para assinalar os 70 anos da Declaração Universal

dos Direitos Humanos (1948-2018), a equipa da

BE organizou uma exposição que esteve patente

no átrio até ao fim do 1.º período.

MIBE 2018

Este ano, o tema do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares é “Why I love my school

library”. Em Portugal, foi adaptado para “Eu ♥ biblioteca escolar”. O desafio que lançamos à

comunidade escolar foi encher o nosso placard com corações cheios de amor à nossa BE.

Exposição de Rosas dos Ventos

A exposição “Rosas dos Ventos” foi um sucesso, como seria de esperar.

Aqui ficam algumas fotografias dos trabalhos dos alunos de HGP do 5.º

ano, assim como o trabalho vencedor.


Mergulha nas Palavras

Como vai a nossa biblioteca

7

Foi há 100 anos

Pois é, a I Guerra acabou há

100 anos: no dia 11 de novembro

de 1918 foi assinado

o armistício. A equipa da nossa

biblioteca quis homenagear

os milhões de homens e mulheres,

alguns deles portugueses,

que lutaram nesta guerra.

Formação de utilizadores

As turmas do 5.º ano já conhecem as

regras e já sabem como é que a BE está

organizada.

Para acompanhares a atividade da BE,

segue-nos no Instagram (@bepiscinas)

ou acompanha o nosso blogue

(https://becrepiscinas.wordpress.com/)

Desenho pintado pela Beatriz do 5.º B.

Raquel Marques 7.º E


8 Mergulha nas Palavras

Como vai a nossa biblioteca

Antigo Egito

No âmbito da disciplina de História,

os alunos do 7.º ano fizeram

vários trabalhos sobre o Antigo

Egito e usaram a biblioteca para

os mostrar a toda a comunidade

escolar. O preferido tinha todos os

pormenores: múmia, sarcófago e

pirâmide. Parabéns à artista!

Há arte na biblioteca

Uma exposição de quadros, mais ou menos originais, que os alunos do 8.° ano fizeram a pensar

em História. A professora Belandina continua a animar a biblioteca. A exposição decorreu

entre 19 e 28 de fevereiro.

Poluições

No âmbito da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento,

e em articulação com a Biblioteca,

os alunos do 7.º ano fizeram vários trabalhos

sobre a temática tratada, o Ambiente. Na semana

de 7 a 14 de janeiro, pudemos ver alguns

trabalhos expostos na nossa biblioteca.


Mergulha nas Palavras

Educação

9

Percursos no Secundário

Em dezembro, vários alunos do 9.º ano

vieram à Biblioteca conversar com quatro

ex-alunos da nossa escola sobre os seus

percursos académicos.

A partilha da Mariana Ramalho.

Falou-se das estruturas dos cursos, das

várias disciplinas (umas mais fáceis, outras

nem tanto), estratégias para enfrentar a

nova etapa que é o Secundário (por exemplo,

como estudar e onde procurar apoios),

o preconceito em relação aos Cursos Profissionais.

Mas não só.

Nos tempos em que vivemos, não podemos

pensar que um curso superior é garantia de

emprego. Os empregadores procuram pessoas

com capacidade de iniciativa que tenham

experiência de trabalho e de participação

cívica. Por isso, os nossos convidados

foram muito incisivos ao aconselhar a

participação em atividades de voluntariado

e de trabalho em “part-time” (ex.: dispor de

umas horas semanais para dar explicações

aos colegas do 3.º ciclo a troco de pagamento

simbólico).

A Mariana , o Diogo e o André.

As ex-alunas Inês Correia e Maria Paulo.

O nosso agradecimento aos convidados

André Maurício, Diogo Germano, Inês Correia,

Maria Paulo e Mariana Ramalho.

A Professora Maria José Barroso


10 Saúde e bem-estar

Mergulha nas Palavras

Comemoração do Dia Mundial da Alimentação

À semelhança

do que tem

acontecido em

anos anteriores,

o grupo de Ciências

Naturais

dinamizou a comemoração desta efeméride,

levando a cabo um conjunto de iniciativas

que visam a promoção de boas práticas

alimentares na comunidade escolar. No hall

da escola e no refeitório esteve patente uma

exposição com trabalhos, cartazes, folhetos,

rodas de alimentos e pirâmides mediterrânicas

que os alunos elaboraram com vista à

sensibilização de toda a comunidade educativa

para a importância de uma alimentação

equilibrada, contribuindo, desta forma, para

a manutenção de um corpo saudável.

Os alimentos no Mundo

EB 1 Paulino Montez

O Dia Mundial da Alimentação foi comemorado

no dia 16 de outubro e foi assinalado

com a distribuição de um pequeno-almoço e

de um lanche saudáveis pelos alunos. Foram,

igualmente, colocados cestos com fruta

e distribuídos iogurtes na sala de professores,

no gabinete da Direção, na sala dos

serviços administrativos e pelos assistentes

operacionais de educação. Considera-se

importante a necessidade de incentivar o

consumo de fruta, sopa, saladas e lanche, a

meio da manhã e da tarde, bem como a

toma diária do pequeno-almoço para que

tenhamos jovens alimentados de forma saudável,

impedindo o surgimento de doenças,

além da implicação que poderá ter, no seu

próprio rendimento escolar.

A Professora Conceição Monteiro

No Dia da Alimentação, os 'Alimentos no

Mundo' foi o tema principal das atividades do

4.º B. A importância da alimentação saudável,

a superlotação da Terra, a exploração

exacerbada do planeta, o consumismo excessivo

e a fome foram os assuntos mais

debatidos. Destacámos, igualmente, a importância

de se

ter uma ALI-

M E N T A Ç Ã O

S U S T E N T Á -

VEL.

Neste sentido, devemos:

Consumir alimentos de produção local e

de acordo com a sazonalidade;

Consumir mais produtos

de origem vegetal;

Minimizar o desperdício

alimentar;

Economizar energia;

Minimizar a utilização

de embalagens e produtos

embalados e

optar pelo pano ou cartão reutilizável;

Adotar uma dieta natural sem alimentos

processados.

Levamos para a sala frutos da época e confecionámos

um saboroso batido!

4.º ano B - Professora Paula Teresa


Mergulha nas Palavras

Ética e Justiça

11

Sabias que...

É proibido o corte, arranque, desenraizamento, colheita ou destruição,

total ou parcial, de plantas ou parte de plantas de espécies protegidas?

Se destruirmos completamente uma ou mais plantas de espécie protegida,

temos de pagar desde €150 a €5000, no caso de pessoas singulares, e de €5000 a

€50000, no caso de empresas. Se implicarmos apenas a depreciação (a diminuição do seu

valor, como por exemplo, tirar um ramo) de plantas proibidas de corte, temos de pagar desde

€50 a €2.500, no caso de pessoas singulares, e de €2.500 a €15.000, no caso de empresas.

As seguintes árvores são de espécie protegida em Portugal:

a) Quercus faginea Lam. (Carvalho cerquinho,

Carvalho-português)

b) Quercus robur L. (Carvalho roble, Carvalho

alvarinho)

c) Quercus pyrenaica L. (Carvalho negral)

d) Quercus coccifera L. (Carrasco, Carrasqueiro)

e) Quercus canariensis (Carvalho de Monchique)

f) Quercus ilex var. rotundifolia Lam. (Azinheirada-bolota-doce)

g) Quercus suber L. (Sobreiro)

h) Acer monspessulanum (Zelha)

i) Acer pseudoplatanus (Padreiro)

j) Alnus glutinosa [L.] Gaertn. (Amieiro)

k) Betula celtiberica Rothm. & Vasc. (Bétula,

Vidoeiro)

l) Castanea sativa Miller (Castanheiro)

m) Celtis australis L. (Lódão bastardo, Agreira)

n) Ceratonia siliqua L. (Alfarrobeira)

o) Corylus avellana (Aveleira)

p) Crataegus monogyna (Pilritiero)

Há fósseis no refeitório

q) Frangula alnus (Sanguinho das ribeiras)

r) Fraxinus angustifolia L. (Freixo)

s) Ilex aquifolium (Azevinho)

t) Olea europaea L. var. sylvestris (Miller) Lehr.

(Zambujeiro)

u) Pinus pinea L. (Pinheiro manso)

v) Pinus sylvestris L. (Pinheiro de casquinha,

Pinheiro silvestre)

w) Prunus avium (Cerejeira brava)

x) Populus nigra (Choupo negro)

y) Populus alba (Choupo branco)

z) Salix atrocinerea (Borrazeira negra ou salgueiro

negro)

aa) Salix alba (Salgueiro branco ou borrazeira

branca)

bb) Salix salvifolia (Salgueiro)

cc) Sorbus aucuparia (Sorveira dos pássaros)

dd) Sorbus latifolia (Mostajeira)

ee) Ulmus minor (Ulmeiro)

ff) Ulmus procera (Ulmeiro)

Jaime Barrancos 8.º A

Entre os dias 25 e 27 de fevereiro, à semelhança dos anos anteriores,

realizou-se a Exposição/Feira dos Minerais e Fósseis, no Refeitório

da nossa Escola, uma atividade dinamizada pelo Departamento de

Matemática e Ciências Experimentais. Esta iniciativa desperta sempre

grande interesse

e participação de

toda a comunidade

escolar, e este ano não foi exceção, pois

muitos jovens tiveram, pela primeira vez,

contacto com minerais, rochas e fósseis.


12 Mergulha nas Palavras

Festividades

Halloween

On the 31st of October, the school

celebrated one of the most famous

festivities of the British culture,

Halloween. Halloween's origins date back

to 2,000 years ago, when the Celts lived in

the United Kingdom. On All Hallows

Eve - later known as Halloween - people

would light bonfires and wear costumes

to frighten ghosts. Over time, Halloween

evolved into a day of activities like

Trabalhos realizados pelos alunos.

Exposição de trabalhos.

trick-or-treating, carving Jack-O-Lanterns,

putting on costumes and eating sweet

treats. In our school, the day was

celebrated with an exhibition of amazing

posters produced by our students who

poured all their imagination and

creativity into their work!

Professora Sofia Almeida

Noël à l’école

Nos e le ves ont fe te Noe l avec des belles cartes postales qui seront expose es pendant

les comme morations du jour de l’e cole, le mois de juin prochain. En attendant, nous

partageons deux photos de ces beaux cadeaux, pleins de talent et cre ativite .

Alguns trabalhos realizados pelos alunos das professoras Célia Santana e Leonor Alves.


Mergulha nas Palavras

Carnaval nas Piscinas

No dia 1 de março, vários alunos e professores

surpreenderam-nos com os seus disfarces

de eleição!

Festividades

13

Vamos rir!

A professora manda o

Joãozinho conjugar o verbo

andar no presente do

indicativo. Diz o menino, com

algumas dificuldades:

- Eu ando… Tu andas… Ele

anda…

Sem muita paciência com o

Joãozinho, a professora diz:

- Vá lá, mais depressa!

E diz o Joãozinho:

- Nós corremos, vós correis,

eles correm!

www.anedotadodia.net


Raquel Marques 7.º E

14 Lazer

Mergulha nas Palavras

Passatempos

Um quebra-cabeças, um problema e um

livro para potenciar a tua inteligência e passares

o tempo.

Problema de lógica

O rei Fernando, o Católico, morreu 38 anos

depois de nascer o rei Filipe, o Formoso. Se

a soma das suas idades ao morrer era de

92 anos e Filipe, o Formoso, morreu no ano

de 1506, em que ano nasceu Fernando, o

Católico?

“1000 testes e jogos de Inteligência”, GIRASSOL

EDIÇÕES LDA.

Quebra-cabeças

Usa as três primeiras

formas como

guia e encontra os

dois algarismos que

formam um número

que corresponde à

última forma.

Scientific American, volume 28, 1.ª Edição, 2019

O diabo dos números

Um livro de cabeceira para todos aqueles que

têm medo de Matemática

Hoje vou apresentar-te um

livro que tem uma linguagem

muito acessível e está

nas estantes da biblioteca

da nossa escola. Nos dias

de hoje, o título do livro é, no mínimo, intrigante

porque não gostar de Matemática não

nos torna “super cool”. Em O diabo dos

números, Hans Magnus Enzensberger

apresenta um diabinho que, com linguagem

acessível, ajuda Robert, um menino de onze

anos, a resolver problemas sobre números.

“Porém, uma noite, começa a sonhar com

um diabinho que se dispõe a iniciá-lo na

ciência dos números. Durante doze noites,

Robert vai aprender os segredos e os mistérios

dos números, numa divertida e instrutiva

viagem ao País da Matemática.”

Boas leituras!

Professora Isilda Nunes

Ver soluções na próxima edição

Descobre 7 diferenças


Mergulha nas Palavras

Os nossos artistas

15

Lançámos o desafio aos alunos das turmas B e C do

6.º ano de escolaridade para que fossem eles os autores

das capa e contracapa da nossa Revista. Assim,

sob a supervisão da professora Susana Matos, e

com a colaboração das docentes Almerinda Leitão e

Susana Fernandes, que motivaram os alunos através

Anabela Sá Fernandes

da leitura da obra A Menina do Mar, de Sophia de

Mello Breyner Andresen, os trabalhos produzidos foram surpreendentes, pelo que tivemos

alguma dificuldade na

escolha do(s) melhor(es).

Apresentamos, a seguir, as

verdadeiras obras de arte

dos nossos alunos!

Joana Bispo

Sofia Brazão

Luís Sabino Maria Cordeiro Maria Lima Cristiano Suranyi

Marta Nascimento Vera Gonçalves Marithé da Cruz Beatriz Oiveira

Joana Carrancho Duarte Júlio Simão Cortez Gabriel Branquinho

Leonor Ribeiro Allison Rossi Diogo Santos Nikki Narotamo

Similar magazines