05.12.2017 Views

Ecos de Fátima Jun/2015

Junho de 2015

Junho de 2015

SHOW MORE
SHOW LESS

Create successful ePaper yourself

Turn your PDF publications into a flip-book with our unique Google optimized e-Paper software.

Boletim Informativo<br />

<strong>Jun</strong>ho <strong>de</strong> <strong>2015</strong>


is o Coração que tanto<br />

amou os homens e por<br />

eles foi tão pouco amado!<br />

Estas palavras foram ditas por<br />

Nosso Senhor Jesus Cristo a Santa<br />

Margarida Maria em 16 <strong>de</strong> junho<br />

<strong>de</strong> 1675. Ela conta que durante<br />

uma exposição do Santíssimo<br />

Sacramento o Senhor lhe apareceu,<br />

mostrou seu Coração e disse:<br />

“Eis o coração que tanto tem<br />

amado aos homens e em recompensa<br />

não recebe, da maior parte <strong>de</strong>les,<br />

senão ingratidões pelas irreverências<br />

e sacrilégios, friezas e menosprezos<br />

que têm a mim neste Sacramento<br />

<strong>de</strong> Amor.<br />

Por isso peço-te que na<br />

primeira sexta-feira <strong>de</strong>pois<br />

da oitava <strong>de</strong> Corpus<br />

Christi se celebre uma<br />

festa especial para honrar<br />

meu Coração. E que se<br />

comungue nesse dia para<br />

pedir perdão e reparar os<br />

ultrajes por Ele recebidos<br />

durante o tempo em que<br />

permaneceu exposto nos<br />

altares.<br />

Prometo a ti que meu Coração<br />

se dilatará para <strong>de</strong>rramar em<br />

abundância as influências do divino<br />

amor sobre aqueles que lhe prestem<br />

esta honra e se esforcem para que ela<br />

lhe seja tributada."<br />

E em outra ocasião, fez esta<br />

promessa à Santa: “Prometo-te,<br />

pela minha excessiva misericórdia<br />

e pelo amor todo-po<strong>de</strong>roso do meu<br />

As doze promessas do Sagrado Coração <strong>de</strong> Jesus às famílias<br />

que honrarem o Seu Sacratíssimo Coração<br />

1. Eu darei aos <strong>de</strong>votos do meu Coração todas as graças<br />

necessárias a seu estado.<br />

2. Estabelecerei e conservarei a paz em suas famílias.<br />

3. Eu os consolarei em todas as suas aflições.<br />

4. Serei seu refúgio seguro na vida e,<br />

principalmente, na hora da morte.<br />

5. Lançarei bênçãos abundantes sobre todos os<br />

seus trabalhos e empreendimentos.<br />

6. Os pecadores encontrarão em meu Coração fonte<br />

inesgotável <strong>de</strong> misericórdias.<br />

7. As almas tíbias tornar-se-ão fervorosas pela prática<br />

<strong>de</strong>ssa <strong>de</strong>voção.<br />

Sagrado Coração <strong>de</strong> Jesus,<br />

eu confio em Vós!<br />

Coração, conce<strong>de</strong>r a todos os que<br />

comungarem nas primeiras sextasfeiras<br />

<strong>de</strong> nove meses consecutivos,<br />

a graça da penitência final. Não<br />

morrerão na minha inimiza<strong>de</strong>, nem<br />

sem receber os sacramentos, e meu<br />

Divino Coração lhes será seguro<br />

refúgio nessa última hora".<br />

Jesus fez ainda doze gran<strong>de</strong>s<br />

promessas aos <strong>de</strong>votos do seu<br />

Sagrado Coração e, em especial,<br />

aos que, aproveitando-se <strong>de</strong> sua<br />

Divina Misericórdia, participassem<br />

<strong>de</strong>ssas comunhões reparadoras nas<br />

primeiras sextas-feiras.<br />

8. As almas fervorosas subirão em pouco tempo a uma<br />

alta perfeição.<br />

9. A minha bênção permanecerá sobre as casas em<br />

que se achar exposta e venerada a imagem <strong>de</strong> meu<br />

Coração.<br />

10. Darei aos Sacerdotes que praticarem especialmente<br />

essa <strong>de</strong>voção o po<strong>de</strong>r <strong>de</strong> tocar os corações mais<br />

endurecidos.<br />

11. As pessoas que propagarem essa <strong>de</strong>voção terão<br />

seus nomes inscritos para sempre no meu Coração.<br />

12. A todos os que comungarem nas primeiras sextas-feiras<br />

<strong>de</strong> nove meses consecutivos, darei a graça da perseverança<br />

final e da salvação eterna.


Na Antônio.<br />

cida<strong>de</strong> <strong>de</strong> Lisboa, por<br />

volta <strong>de</strong> 1195, nasceu Santo<br />

Tornou-se religioso franciscano e<br />

em1221 teve a alegria <strong>de</strong> encontrar-se<br />

com seu santo fundador, São Francisco.<br />

Recebeu a missão <strong>de</strong> pregar<br />

e ensinar, semeando o<br />

Evangelho na Itália, França,<br />

Espanha e Alemanha.<br />

Muitos que tinham se<br />

afastado da Igreja, receberam<br />

a graça da conversão ao<br />

ouvir suas palavras cheias <strong>de</strong><br />

unção espiritual.<br />

Em 13 <strong>de</strong> junho <strong>de</strong> 1231,<br />

entregou sua alma ao Re<strong>de</strong>ntor. A<br />

cida<strong>de</strong> <strong>de</strong> Pádua, na Itália, que durante<br />

a vida o tinha acolhido com afeto e<br />

veneração, daí por diante começou a<br />

lhe manifestar sua gran<strong>de</strong> <strong>de</strong>voção e<br />

guardar suas preciosas relíquias.<br />

Tantos foram os milagres<br />

atribuídos à sua intercessão, que sua<br />

canonização <strong>de</strong>u-se em 1232, apenas<br />

um ano após sua morte. O Papa<br />

Gregório IX, que tinha intitulado<br />

Antônio, ainda vivo, como “Arca da<br />

Aliança”, agora o elevava à honra<br />

dos altares.<br />

Milagre acontecido em Toulose, na França,<br />

no qual a mula se prostra ante o Corpo <strong>de</strong><br />

Cristo na Eucaristia, <strong>de</strong>s<strong>de</strong>nhando o alimento<br />

que lhe era oferecido.<br />

Santo Antônio venceu o incrédulo que<br />

rejeitava o Santíssimo Sacramento, e que assim<br />

se converteu.<br />

Santo Antônio <strong>de</strong> Pádua<br />

O Santo dos Milagres<br />

Des<strong>de</strong> o nascimento até sua morte<br />

– e mesmo <strong>de</strong>pois <strong>de</strong>la – realizou<br />

tantas maravilhas que ficou conhecido<br />

como o “Santo dos milagres”.<br />

Em todos os lugares on<strong>de</strong> esteve,<br />

curou doentes, ressuscitou mortos,<br />

manifestou po<strong>de</strong>r sobre os animais e<br />

subjugou os <strong>de</strong>mônios; a terra e o ar<br />

lhe obe<strong>de</strong>ceram; a Santíssima Virgem<br />

se entreteve com ele e o próprio Jesus<br />

Cristo o tratou familiarmente .<br />

Dois milagres maravilhosos<br />

A fé na po<strong>de</strong>rosa intercessão<br />

<strong>de</strong> Santo Antônio junto ao trono <strong>de</strong><br />

Nosso Senhor Jesus Cristo, para <strong>de</strong>le<br />

nos obter as graças e os favores <strong>de</strong> que<br />

sempre necessitamos, está indicada<br />

nesta tradicional oração em<br />

forma <strong>de</strong> poesia:<br />

Responsório a Santo<br />

Antônio<br />

Se milagres <strong>de</strong>sejais,<br />

Recorrei a Santo Antônio;<br />

Vereis fugir o <strong>de</strong>mônio<br />

E as tentações infernais.<br />

Recupera-se o perdido,<br />

Rompe-se a dura prisão<br />

E, no auge do furacão,<br />

Ce<strong>de</strong> o mar embravecido.<br />

Pela sua intercessão<br />

Foge a peste, o erro, a morte,<br />

O fraco torna-se forte<br />

E torna-se o enfermo são.<br />

Glória ao Pai, e ao Filho e ao<br />

Espírito Santo, como era no príncipio,<br />

agora e sempre. Amém.<br />

V/. Rogai por nós, bem-aventurado<br />

Santo Antônio.<br />

R/. Para que sejamos dignos das<br />

promessas <strong>de</strong> Cristo.<br />

“Teu pé bem mereceria ser<br />

cortado” disse o Santo ao jovem<br />

Leonardo, que lhe confessara<br />

ter, movido pela cólera, dado um<br />

ponta-pé na própria mãe.<br />

Horrorizado com o que fizera, o<br />

rapaz realmente cortou o próprio<br />

pé. A mãe o socorreu e implorou a<br />

Santo Antônio um milagre.<br />

Aten<strong>de</strong>ndo ao pedido da aflita<br />

senhora, o Santo recolocou o pé<br />

em seu lugar e, imediatamente,<br />

ficou ele restaurado, <strong>de</strong> modo tão<br />

perfeito como se jamais tivesse<br />

sido amputado. Restou apenas uma<br />

pequena cicatriz, para atestar a<br />

gran<strong>de</strong> graça.


13 <strong>de</strong> <strong>Jun</strong>ho: Depois que<br />

rezaram o terço, os<br />

três pastorinhos viram o reflexo<br />

<strong>de</strong> luz e a Santíssima Virgem<br />

novamente apareceu e lhes disse:<br />

– Quero que venhais<br />

aqui no dia 13 do mês que<br />

vem e que continueis a rezar<br />

o terço todos os dias.<br />

Lúcia, confiante, suplicou<br />

então:<br />

– Queria pedir-lhe para nos<br />

levar para o Céu.<br />

<strong>Fátima</strong>: Segunda Aparição<br />

Deus quer estabelecer no mundo a <strong>de</strong>voção ao m<br />

– Sim, a Jacinto e<br />

o Francisco levo-os em<br />

breve. Mas tu ficas cá<br />

mais algum tempo. Jesus<br />

quer servir-se <strong>de</strong> ti para<br />

Me fazer conhecer e amar.<br />

Ele quer estabelecer no<br />

mundo a <strong>de</strong>voção ao meu<br />

Imaculado Coração. A<br />

quem a abraçar, prometo a<br />

salvação, e serão queridas<br />

<strong>de</strong> Deus estas almas<br />

como flores postas por<br />

Mim a adornar o seu<br />

trono.<br />

– Fico cá sozinha?<br />

– Não, filha.<br />

E tu sofres muito<br />

por isso? Não<br />

<strong>de</strong>sanimes. Eu<br />

nunca te <strong>de</strong>ixarei.<br />

O meu Imaculado<br />

Coração será o teu refúgio e<br />

o caminho que te conduzirá<br />

até Deus.<br />

Ao pronunciar as últimas<br />

palavras, Nossa Senhora abriu<br />

as mãos e os pastorinhos viramse<br />

como que submergidos em<br />

Deus. À frente da mão direita<br />

da Santíssima Virgem havia um<br />

coração cercado <strong>de</strong> espinhos.<br />

Assim explica Lúcia:<br />

Compreen<strong>de</strong>mos que era<br />

o Imaculado Coração <strong>de</strong><br />

Maria, ultrajado pelos pecados<br />

da humanida<strong>de</strong>, que queria<br />

reparação.


meu Imaculado Coração<br />

Santíssima<br />

Virgem<br />

Maria, movido pelo<br />

<strong>de</strong>sejo ar<strong>de</strong>nte <strong>de</strong> amarvos<br />

como Mãe querida e<br />

<strong>de</strong> promover a <strong>de</strong>voção ao<br />

vosso Imaculado Coração,<br />

digníssimo <strong>de</strong> todo amor e <strong>de</strong><br />

veneração, mas transpassado<br />

<strong>de</strong> dor pelas blasfêmias e<br />

ingratidões dos homens,<br />

humil<strong>de</strong>mente me prostro<br />

ao vossos pés e consagro para<br />

sempre ao vosso Coração:<br />

Meu corpo, minha alma,<br />

minha vida, meu coração e<br />

todo o meu ser.<br />

Aceitai, Mãe amorosíssima,<br />

esta consagração e guardaime<br />

sempre em vosso coração<br />

materno.<br />

Ó, bondosa Mãe, em vós<br />

confio, quero amar-vos sempre<br />

mais e servir-vos com toda<br />

fi<strong>de</strong>lida<strong>de</strong>.<br />

Abençoai-me, protegei-me<br />

e preservai-me <strong>de</strong> todo o mal.<br />

Amém.<br />

O menino Erik nasceu em 25 <strong>de</strong><br />

março <strong>de</strong> 2014, com sérios problemas<br />

<strong>de</strong> coração. A vaga para a cirurgia<br />

<strong>de</strong>morou e ele foi piorando. Seu<br />

pulmão também foi afetado.<br />

Correram para o Hospital do<br />

Coração, em São Paulo, e o menino<br />

foi operado ficando 4 dias em coma.<br />

No dia 7 <strong>de</strong> junho do mesmo ano, a<br />

imagem <strong>de</strong> Nossa Senhora veio visitar<br />

minha casa. Pedi que Ela ajudasse o<br />

bebê... ele acordou sorrindo e hoje<br />

está bem graças a Deus que aten<strong>de</strong>u o<br />

pedido <strong>de</strong> Nossa Senhora, que ouviu a<br />

nossa oração.<br />

Agra<strong>de</strong>ço por terem me ajudado a<br />

rezar. Obrigado também pelo cartão<br />

<strong>de</strong> Natal e pelo cartão <strong>de</strong> benemérito.<br />

N.D.N.C., Taubaté – SP<br />

Sr João Sérgio, quero lhe contar<br />

como a <strong>de</strong>voção a Nossa Senhora <strong>de</strong><br />

<strong>Fátima</strong> entrou em minha vida. Tinha<br />

acabado <strong>de</strong> per<strong>de</strong>r minha filha e estava<br />

no começo <strong>de</strong> uma <strong>de</strong>pressão.<br />

Um dia recebi uma correspondência...<br />

era um livro e uma carta que <strong>de</strong>ram fé<br />

e força para continuar a viver. Pedi que<br />

Deus e Nossa Senhora me ajudassem<br />

a tocar a vida. Aí comecei a frequentar<br />

a igreja. Já se passaram quatro anos.<br />

Sofro muito, mas a fé em Deus e Nossa<br />

Senhora me ajudam.<br />

O senhor foi um anjo que Deus<br />

enviou para me dar uma palavra <strong>de</strong><br />

conforto. Recebi o livro sobre as almas<br />

do purgatório. Vou rezar por elas e pela<br />

minha querida filha e peço que incluam<br />

o nome <strong>de</strong>la nas Missas. Obrigado!<br />

P.M.F. – Cansanção – BA<br />

Duas vezes eu recebi <strong>de</strong> Deus graças<br />

especiais por intermédio <strong>de</strong> Nossa Senhora<br />

<strong>de</strong> <strong>Fátima</strong>.<br />

Na primeira vez tive uma hemorragia<br />

interna tão grave que havia perdido<br />

mais da meta<strong>de</strong> do meu sangue.<br />

Pedi a Nossa Senhora que me permitisse<br />

criar minha filha que tinha apenas<br />

9 anos. Fui operada. O médico não<br />

acreditava que eu conseguisse sobreviver,<br />

mas Ela me curou.<br />

A segunda vez, um sobrinho meu<br />

sofreu um aci<strong>de</strong>nte muito grave, com<br />

politraumatismo e também com hemorragia<br />

interna, mas que os médicos<br />

não haviam <strong>de</strong>tectado. Supliquei a<br />

Nossa Senhora <strong>de</strong> <strong>Fátima</strong> a graça <strong>de</strong><br />

po<strong>de</strong>r levá-lo vivo para minha irmã.<br />

E fui atendida! Por isso todo mês <strong>de</strong><br />

maio eu uso as cores azul e branco em<br />

agra<strong>de</strong>cimento a Ela.<br />

F.P., Teresina – PI<br />

Em agosto <strong>de</strong> 2014 meu esposo ficou<br />

doente. Ao fazer os exames, foi constatado<br />

um câncer na próstata. Foi feita<br />

a cirurgia. Minha família e eu entramos<br />

em <strong>de</strong>sespero.<br />

Mas, sempre confiantes em Nossa<br />

Senhora <strong>de</strong> <strong>Fátima</strong>, continuei rezando<br />

e pedindo pela saú<strong>de</strong> <strong>de</strong>le. Passados 8<br />

dias da operação, fizeram novos exames<br />

e o câncer havia <strong>de</strong>saparecido.<br />

Foi uma gran<strong>de</strong> alegria para todos nós.<br />

Obrigado Mãe pela graça alcançada!<br />

E.T.S. - Ibicaraí - BA<br />

No dia 1o. <strong>de</strong> Outubro, <strong>de</strong>u-se um<br />

milagre na vida <strong>de</strong> meus pais. Eles são<br />

idosos e moram num sítio, sozinhos.<br />

Nessa noite houve um curto-circuito<br />

numa lâmpada que incendiou toda<br />

a sala e tomou conta da casa. Com<br />

medo que fosse algum ladrão, eles não<br />

saíram do quarto.<br />

Quando cheguei praticamente tudo<br />

estava queimado, exceto uma imagem<br />

<strong>de</strong> Nossa Senhora <strong>de</strong> <strong>Fátima</strong> que estava<br />

no local da casa que mais queimou.<br />

<strong>Jun</strong>to da imagem estava o nome<br />

<strong>de</strong> minha mãe. Graças a Deus, nada<br />

aconteceu com meus pais.<br />

S.A.P - Paraíso - S.P.<br />

<strong>Ecos</strong> <strong>de</strong> <strong>Fátima</strong> – Boletim informativo da Campanha “Vin<strong>de</strong> Nossa Senhora <strong>de</strong> <strong>Fátima</strong>, não tar<strong>de</strong>is!”<br />

Socieda<strong>de</strong> Brasileira <strong>de</strong> Defesa da Tradição, Família e Proprieda<strong>de</strong> • Diretor responsável: Gilberto <strong>de</strong> Oliveira<br />

Rua Martim Francisco, 665 • CEP 01226-001 – São Paulo - SP • Impressão: Nortgraph Gráfica e Editora Ltda.<br />

Atendimento aos participantes: (11) 2206-4540 • E-mail: fatima@fatima.org.br • www.fatima.org.br


Tudo o que pedi a São José, sempre recebi<br />

superabundantemente, afirmou a gran<strong>de</strong> Santa Teresa<br />

<strong>de</strong> Jesus.<br />

Com o intuito <strong>de</strong> fazê-lo mais conhecido, foi preparado<br />

um livreto que traz as passagens do Evangelho sobre a vida do<br />

Patriarca da Sagrada Família, acompanhadas <strong>de</strong> orações pedindo<br />

sua intercessão em diversas necessida<strong>de</strong>s, por exemplo, na hora<br />

da morte.<br />

Receberam esse envio mais <strong>de</strong> 150 mil famílias, em diversas<br />

partes do país. <strong>Jun</strong>tamente foi remetida uma medalha <strong>de</strong> São<br />

José, nesse empenho em estimular a <strong>de</strong>voção ao Patriarca da<br />

Santa Igreja.<br />

As chagas <strong>de</strong> Jesus Cristo são<br />

fontes <strong>de</strong> misericórdia, fontes<br />

<strong>de</strong> esperança e, sobretudo, fontes <strong>de</strong> amor.<br />

Aproximemo-nos muitas vezes <strong>de</strong>ssas<br />

fontes do Salvador, para apagar nossa<br />

se<strong>de</strong> <strong>de</strong> graças.<br />

Este sublime convite <strong>de</strong> Santo Afonso <strong>de</strong><br />

Ligório esten<strong>de</strong>u-se a todos os participantes e<br />

amigos <strong>de</strong> nossa campanha por meio <strong>de</strong> 200<br />

mil exemplares <strong>de</strong>ste <strong>de</strong>vocionário enviado a<br />

todas as regiões do Brasil.<br />

Ele contém as tocantes promessas <strong>de</strong><br />

Nosso Senhor à Irmã Maria Chambon,<br />

sobre a <strong>de</strong>voção às suas santas chagas e diversas<br />

orações para po<strong>de</strong>rmos suplicar: Ó Jesus, <strong>de</strong>ntro <strong>de</strong><br />

vossas chagas, escon<strong>de</strong>i-me!<br />

São José<br />

Protetor das Famílias Cristãs<br />

Devoção às Cinco Chagas<br />

<strong>de</strong> Jesus<br />

Santa Rita <strong>de</strong> Cássia<br />

Padroeira das Causas Impossíveis<br />

Pérola preciosa da Úmbria! Rosa recolhida no jardim <strong>de</strong><br />

Roccaporena! O papa Leão XIII e São João Paulo II assim a<br />

louvaram.<br />

Mas Santa Rita é sobretudo conhecida como a Padroeira das<br />

Causas Impossíveis. Conhecendo-a <strong>de</strong> perto, não po<strong>de</strong>mos <strong>de</strong>ixar<br />

<strong>de</strong> nos comover com as doloridas facetas <strong>de</strong> sua prodigiosa vida e a<br />

efusão encantadora <strong>de</strong> suas virtu<strong>de</strong>s.<br />

300 mil exemplares da vida da santa, com piedosas orações e<br />

acompanhada também <strong>de</strong> uma medalha, pu<strong>de</strong>ram chegar a muitos<br />

lares <strong>de</strong> nosso imenso território graças à generosida<strong>de</strong> <strong>de</strong> amigos e<br />

colaboradores da campanha.<br />

Unidos, supliquemos a ela que nos auxilie em todos os<br />

momentos, interce<strong>de</strong>ndo junto a Jesus e peçamos: Santa Rita, rogai<br />

por nós!


A Alegria da Ressurreição<br />

Cristo ressuscitou, aleluia!<br />

Partilhar a verda<strong>de</strong>ira alegria e a esperança nascidas da Re<strong>de</strong>nção<br />

<strong>de</strong> Nosso Senhor Jesus Cristo! Eis a finalida<strong>de</strong> dos colaboradores da<br />

campanha Vin<strong>de</strong> Nossa Senhora <strong>de</strong> <strong>Fátima</strong>, não tar<strong>de</strong>is ao visitar<br />

a comunida<strong>de</strong> da Vila Conceição, em Osasco, próximo ao Rodoanel.<br />

Após as orações, houve distribuição <strong>de</strong> calendários, postais e medalhas.<br />

Foram também entregues ovos <strong>de</strong> Páscoa para as crianças e cestas básicas<br />

para as famílias.<br />

Visite o site www.fatima.org.br<br />

email: fatima@fatima.org.br<br />

"CURTA" O FACEBOOK<br />

www.facebook.com/vin<strong>de</strong>.fatima<br />

Palavras, Mensagens e Conselhos


Imaculado Coração <strong>de</strong> Maria,<br />

Se<strong>de</strong> sempre nossa protetora!

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!