Views
8 months ago

Alternativa Sports Março de 2018

Chegou a edição de número 2 da revista Alternativa Sports, a revista do esporte amazonense. Aqui você fica por dentro das atividades desenvolvidas dentro do estado do Amazonas.

FUTEBOL AMADOR 14 Ano 1

FUTEBOL AMADOR 14 Ano 1 - Edição 2 - Março de 2018 ALTERNATIVA SPORTS O futebol em clima de descontração Grupo se reúne na frente do Mercado Municipal antes da escolha dos times grupo foi forma- Od o e m 2 0 1 3 , com uma participação ativa dos peladei r o s ( j o g a d o r e s d e futebol), moradores do bairro da Glória, que tinham como objetivo participar de um jogo de f u t e b o l i n f o r m a l e depois bater um papo tomando umas cervejas nos bares próximos do Campo do Sul América, na rua São Bento no bairro onde a maioria dos atletas nasceram e foram criados. A s s i m s u r g i u o Peladas & Cevadas, que tem à frente na sua organização, o designer Thiago Andrade, de 31 a n o s , é u m g r u p o formado atualmente por 65 integrantes, que participam do campeonato local e dos campeonatos de outros bairros onde são convidados, na categoria adulto, além de participarem do Peladão, que é um campeonato tradicional de futebol que ocorre em Manaus todos os anos desde a década de 70, organizado por um jornal da cidade. Nesta competição eles chegaram a ficar entre os 16 (oitavas de finais) no ano de 2016, uma posição de destaque neste campeonato que inscreve bons e tradicionais times amadores da capital. Na categoria máster o grupo vai participar a partir do próximo ano. O grupo foi formado em 2013, com uma participação ativa dos peladeiros

Ano 1 - Edição 2 - Março de 2018 ALTERNATIVA SPORTS 15 FUTEBOL AMADOR “Os nossos jogadores em grande parte hoje estão espalhados pela cidade por causa do Prosamim, tem colegas que moram no Terra Nova, Colônia Santo Antônio, além de alguns bairros próximos daqui. Os participantes do Peladas & Cevadas se reúnem todas as sextas no campo do Sul América. Depois da pelada, lógico que tem que ter a cerveja que é sagrada, mas nós também temos o lado social, quando alguém do grupo está precisando de apoio financeiro, passando por dificuldades, a gente ajuda, por exemplo, tem u m c o l e g a q u e e s t á desempregado, com a esposa grávida, então nós nos reunimos e tivemos a Peladas & Cevadas, que tem à frente na sua organização, o designer Thiago Andrade, de 31 anos ideia de colaborar com um pacote de fralda, fora o dinheiro da cota para Em campo não há rivalidade, o resultado final é o bate-papo e a cerveja que lhes esperam pagar o aluguel do campo, assim como se alguma pessoa da comunidade estiver precisando de apoio, nós nos mobilizamos e levamos até essa pessoa por exemplo, um rancho e assim dar uma ajuda de imediato. É o lazer através do futebol, da cerveja e do bate-papo, mas não deixa de ter t a m b é m u m c u n h o social”, enfatizou Thiago. O contato dos participantes era diário, hoje com a distância entre alguns membros estes bate-papos só através de celulares, wattsapp, além de outras mídias sociais, mas quando estão reunidos a alegria, a descontração e a conversa é a mesma. “Temos alguns amigos que não moram mais no b a i r r o p o r c a u s a d o Prosamim que acabou com algumas ruas, alguns becos, mas a pelada se manteve e a cerveja depois também, mas é importante dizer que estamos cada vez mais unidos, temos um pessoal muito forte, quando chega a hora das competições, nos campeonatos a gente faz uma seleção, tira os que estão em uma fase boa, então forma um time bom. O mais importante é que não vem nenhum de fora do grupo, são todos do projeto”, acrescentou. O resultado da pelada em si não importa, o importante é a zoação, curtir com os amigos e conversar até o amanhecer como já aconteceram várias vezes. Nunca houve confusão de grandes Os irmãos Sidirlei e K44 p r o p o r ç õ e s e n t r e o s membros integrantes porque a amizade e o companheirismo estão acima de tudo.