Leia toda a entrevista na edição impressa disponível - Lux - Iol

lux.iol.pt

Leia toda a entrevista na edição impressa disponível - Lux - Iol

nº 584 . semanal . 11 de julho de 2011 . €1,40 (Cont.)

• As supostas traições

e os fi lhos ilegítimos

• As três tentativas de fuga

• O alegado contrato

• As fotos da lua-de-mel

na África do Sul

ALBERTO E CHARLENE

DOR NO ADEUS

MARIA JOSÉ NOGUEIRA PINTO

MORRE AOS 59 ANOS, APÓS

5 MESES DE LUTA CONTRA

UM CANCRO NO PÂNCREAS

TODA A HISTÓRIA QUE

ENSOMBROU O CASAMENTO

MISSA DE 7º DIA POR ANGÉLICO

RITA PEREIRA E O CANTOR TINHAM

REATADO NAMORO HÁ UM MÊS

A VIDA MILIONÁRIA DE FÁBIO COENTRÃO

COM A FAMÍLIA EM MADRID


Com um novo projeto em mãos, MARIA BARROS concilia com mestria

a profi ssão com o papel de mãe de SALVADOR, de 9 anos, e CLARA, de 6

“Durante muito tempo gostei de trabalhar em casa

porque estava a um minuto de socorrer tudo„

Os dois fi lhos da

decoradora já sonham

com os quartos novos,

que vão fi car

no sótão, onde até

agora Maria Barros

tinha o seu atelier

Maria Barros acaba de fazer

40 anos, mas, ao contrário

da maioria das mulheres,

está entusiasmada com esta

nova fase. Casada há quase

10 anos com o piloto de aviação Rui Hipólito,

com quem tem dois fi lhos – Salvador,

de 9 anos, e Clara, de 6 –, a decoradora

é uma mulher elegante, de sorriso fácil e

de bem com a vida. Garante que o facto

de fazer aquilo de que mais gosta a ajuda

a manter uma postura jovem e descontraída

e a tirar o melhor de cada momento. Na sua

casa, em Cascais, Maria Barros conta que está

a preparar a abertura de um espaço próprio,

atelier e showroom na Av. de Sintra, o MBHome.

O novo projeto da decoradora, que também

inclui a criação de um site, está ser acompanhado

com paixão por toda a família.

Lux – Ainda não era mãe quando veio viver

para aqui. A casa tem crescido com a família?

Maria Barros – Sim, é uma casa que cresceu

bem com a família e que se adaptou sempre

às nossas necessidades. O Salvador e

a Clara adoram, porque têm a possibilidade

de brincar com os vizinhos no jardim e

na piscina.

Lux – Nunca ponderou procurar uma nova casa?

M.B. – Já, e é engraçado, pois recentemente

temos pensado nisso. Dizem que

as mulheres mudam de sete em sete anos

e os homens de nove em nove. Eu já

iniciei esse processo e agora está o Rui

a fechar este ciclo, e começa a apetecer-

-nos mudar. Calmamente, pensamos

em procurar uma alternativa.

Lux – A zona de Cascais continua a ser a

sua preferida?

M.B. – Sim, gosto muito desta zona. Gosto de

ir a Lisboa, mas adoro esta atmosfera cool,

de poder andar de havaianas sem ninguém

olhar, ir ao supermercado de shorts, almoçar


“O Salvador está

mais confi ante

e menos tímido.

A Clara é uma

miúda muito fácil,

que se adapta

muito bem a tudo„

Aos 40 anos, Maria Barros tem

uma imagem elegante e jovial.

Pouco preocupada com as

marcas do tempo, a decoradora

confessa, no entanto,

que se mima e faz massagens

e exercício físico com frequência


“Não sou aquele género

de alma inquieta

que está sempre

a mudar as coisas„

na praia mesmo no inverno... Habituei-me

a viver aqui desta forma. Em Portugal, este

é o sítio ideal para mim! Sair daqui só se fosse

para Miami! [risos] Isso era capaz de fazer!

Lux – É um sonho antigo?

M.B. – Sim, sou muito sonhadora! Gosto de estar

no sítio onde estou, mas facilmente iria para outro

sítio qualquer, desde que tivesse praia e bom

tempo. Não iria para a Suécia, por exemplo.

Mas essa é uma ideia que me é recorrente,

embora o meu marido não partilhe essa

vontade! [risos] Eu iria para Miami amanhã! Não

quer dizer que fosse para lá viver o resto da

vida. Estudei em Londres e nos EUA e penso

que ‘o ir’ não tem de ser uma coisa defi nitiva.

A pessoa vai e volta. No entanto, pela profi ssão

do Rui é algo que, por enquanto, não se

equaciona. Quem sabe na reforma dele! [risos]

Lux – Em breve vai passar a ter um espaço próprio

e deixar de trabalhar em casa, como aconteceu

nos últimos anos. Está entusiasmada?

M.B. – Muito! Estes anos todos trabalhei no

último andar da casa, onde tenho o meu

atelier. Finalmente vou ter o meu espaço,

o meu escritório, e vai ser uma mudança na

dinâmica da nossa casa. Vou tirar tudo o que

tenho lá em cima e o Salvador e a Clara vão

ter o espaço deles. Já andam os dois a planear

os quartos lá em cima! Durante muito tempo

gostei de trabalhar em casa, porque estava a

um minuto de socorrer tudo. Agora, acho que

já não faz tanto sentido. Chegou uma altura

na minha carreira em que decidi ter o meu

próprio showroom. Tive alguma renitência em

fazê-lo, mas agora também me apetece. Vou

fazendo aquilo com que me sinto bem e não

aquilo que acho que tenho de fazer.

Lux – Vai ser uma mudança radical no

dia-a-dia da família?

M.B. – Não, porque escolhi um sítio que fi ca

entre o colégio deles e a nossa casa. Já estou

a antever tardes divertidas, com eles a irem para

lá depois das aulas e a fazerem os trabalhos

da escola... Vai ser a extensão da nossa casa.

Lux – Muda a decoração da sua casa com

regularidade?

M.B. – Desde que estou aqui, só a decorei

duas vezes. Vivo pacifi camente com as coisas

Desde que está nesta casa, há nove anos,

Maria Barros apenas a decorou duas vezes.

“Houve um dia, ao fi m de sete anos (...)

que disse que precisava de mudar tudo.

Pintei as paredes todas e mudei tudo

porque já não aguentava mais!”, recorda


“Em Portugal, Cascais é

o sítio ideal para mim!

Sair daqui só se fosse

para Miami! [risos]„

O showroom de Maria Barros é uma

casa recuperada, a poucos minutos

do local onde vive: “Escolhi um sítio que

fi ca entre o colégio deles e a nossa casa.

Já estou a antever tardes divertidas,

com eles a irem para lá depois

das aulas e a fazerem os trabalhos...”

durante muito tempo. Não sou aquele género

de alma inquieta que está sempre a mudar

as coisas, a colocar a cadeira mais para a

esquerda... Eu ponho e fi ca. Sou assim com

muitas coisas na minha vida. Tenho o tal ciclo

de sete anos, que sinto mesmo que existe,

no fi m do qual sinto necessidade de mudar.

É algo quase biológico! Houve um dia, ao fi m

de sete anos a viver nesta casa, que disse que

precisava de mudar tudo. Pintei as paredes

todas e mudei tudo, porque já não aguentava

mais! Acho que vai voltar a acontecer.

Lux – Os quartos do Salvador e da Clara

são o seu projeto especial?

M.B. – Os quartos deles têm-se adaptado muito

bem e ainda não houve nenhuma mudança

radical desde que eles nasceram. Vou adaptando

pequenas coisas e acho que é fácil nos quartos

das crianças. Se logo de início as pessoas

tiverem cuidado com a base do quarto,

depois basta mudar algumas coisas e o quarto

vai crescendo com eles. Apesar de já termos

feito bastantes mudanças, eles nunca sentiram

aquele choque de terem o quarto deles

demasiado diferente. Até porque as crianças

não gostam disso, gostam de sentir segurança,

de sentir que o quarto é o mundo deles.

Lux – Eles herdaram o lado estético da mãe?

M.B. – Imenso! Nem dou conta disso, porque

para mim já é natural, mas as pessoas que

estão com eles notam. A mãe de um amigo do

Salvador disse-me recentemente que ele é muito

sensível e que tem um sentido estético muito

apurado. E a Clara também. É um bocado por

osmose, vamos fazendo aquilo que vemos.

Lux – A Clara transporta esse gosto pelo

lado estético para a escolha da roupa,

dos penteados...

M.B. – Ela é muito cool. É engraçado porque

não é nada aquela miúda vaidosa e coquette.

Adoro enfeitá-la, desde que ela nasceu! [risos]

Mas do que ela gosta mesmo é de pôr uns

All Star, umas calças de ganga e uma t-shirt,

porque adora subir às árvores. A escolha da

roupa é uma das primeiras expressões de

individualidade das crianças e acho que se


A decoradora diz que, no último ano, Salvador e Clara se aproximaram muito. Ainda assim, acrescenta:

“Claro que, às vezes, há birras e tenho de ser a ‘generala’ cá de casa! [risos]”

“A Clara conseguiu ter graça sufi ciente para conquistar

o irmão e, hoje em dia, dão-se lindamente„

lhes deve dar alguma liberdade. Dou uma

opinião, balizo as coisas, mas não insisto.

Lux – Sendo mais velho, o Salvador se calhar

já quer escolher a roupa...

M.B. – Sim, ele já faz o kit completo. Às vezes,

quando vamos a um almoço e lhe escolho a

roupa, já começa a não achar graça. Está no

limite. Ele gosta das t-shirts com os nomes das

marcas, dos calções com bolsos, bonés. Está a

entrar naquela fase de se identifi carem uns com

os outros. São fases engraçadas do crescimento.

Lux – Como é que os descreve? Tem havido

alterações de personalidade consideráveis?

M.B. – À parte de pequenas mudanças que

vão acontecendo a nível de comportamento

e atitude, o Salvador mantém-se muito igual

a ele próprio. Parece que agora está mais

engraçado, porque tem mais confi ança, não

está tão envergonhado. Já começa a mostrar

às outras pessoas um lado dele que até agora

só eu e o pai conhecíamos, porque era tímido.

É um miúdo que tem um sentido de humor

completamente fora do normal para a idade

dele. Ri-se das mesmas coisas que eu. É super

boa companhia. A Clara é uma miúda muito

fácil. Como é a mais nova e não tem um primo

da mesma idade para brincar, como o Salvador

tem, habituou-se a aceitar o que eles

querem fazer. É muito maleável, tem uma

personalidade forte mas, ao mesmo tempo,

tem aquela inteligência social, que acho

engraçada nela, de se adaptar, go with the fl ow,

easy easy, de se deixar ir... Tão depressa está

aqui com umas amigas a brincar com a Barbie,

como, se estiverem cá rapazes, estaria a fazer

bombas na piscina! [risos]

Lux – Como é que é a relação deles?

M.B. – Dão-se cada vez melhor. Tem sido

uma luta dela. A Clara gosta mesmo muito

do Salvador, que é um exemplo para ela, e

durante muito tempo ele não lhe ligou quase

nada. Ela conseguiu ter graça sufi ciente para o

conquistar e, hoje em dia, dão-se lindamente.

Neste último ano, houve uma grande aproximação

entre eles. Ela fez 6 anos, já sabe ler e

escrever, safa-se com tudo. Foi uma mudança

grande. Claro que, às vezes, há birras e tenho

de ser a ‘generala’ cá de casa! [risos]. ■

texto Nair Coelho (ncoelho@lux.iol.pt) fotos Artur Lourenço

produção Marina Garnel maquilhagem Carla Pinto

com produtos Guerlain cabelos Cláudia Piloto


A manequim Flor participou no Fashion Pool L’Agence, que se realizou no Farol Design Hotel. Ana Rita Clara e Melânia Gomes

surgiram com um look semelhante na Boat Party Miss Sixty in Sea Fashion, que teve lugar a bordo do veleiro Príncipe Perfeito

A mesma peça de roupa em três looks distintos e elegantes

FLOR, ANA RITA CLARA e MELÂNIA GOMES

rendem-se ao charme da saia-calça

Convidadas para a Boat Party

Miss Sixty in Sea Fashion,

que se realizou a bordo

do veleiro Príncipe Perfeito, a

apresentadora Ana Rita Clara

e a atriz Melânia Gomes surgiram

com um look muito elegante

e descontraído. Ambas

elegeram uma das novidades

da estação, a saia-calça, num

modelo da coleção de verão

da Zara, de €29,90, mas que

adaptaram de forma distinta.

A apresentadora da SIC conjugou

a peça com uma camisola estilo

navy e uma clutch azul. “Gosto

desta saia-calça porque é leve e

muito confortável. Adoro a cor

azul e achei-a apropriada para

esta ocasião”, revelou Ana Rita

Clara. Já a atriz, usou-a com um

top justo branco e completou o

visual com uma mala amarela.

Sedutora e com uma silhueta

perfeita, oito meses após ter

sido mãe de Noémie, Flor também

se mostrou adepta do con-

forto da mesma peça de roupa.

Exemplo de elegância, a manequim,

que participou no

Fashion Pool L’Agence, no Farol

Design Hotel, em Cascais,

deu um toque pessoal ao seu

visual, adornando-o com um

cinto castanho. ■

fotos Tiago Frazão


Desde que Linda Evangelista

ficou grávida, em 2006,

muito se especulou sobre

o nome do pai do seu fi lho. A manequim

nunca comentou as notícias

que saíram na altura, preferindo

remeter-se ao silêncio e não

alimentar polémicas. Quatro anos

depois, o mistério é desvendado.

Conforme foi avançado pelo jornal

norte-americano New York Post, o

empresário François-Henri Pinault,

marido de Salma Hayek, é o pai de

Augustin James, de 4 anos.

O nome do bilionário francês é

noticiado depois de Linda Evangelista

ter interposto um processo

em tribunal exigindo que Pinault

assuma todas as responsabilidades

parentais para com o seu fi lho.

Filha de SALMA

HAYEK é meia-irmã

do fi lho de LINDA

EVANGELISTA

Marido da atriz, FRANÇOIS-

-HENRI PINAULT, enfrenta

processo de paternidade

interposto pela ex-top model

François-Henri Pinault é casado com a atriz Salma Hayek desde 2009. O casal tem uma fi lha, Valentina, de 4 anos.

Sabe-se agora que o empresário é igualmente pai de Augustin James, também de 4 anos, fi lho de Linda Evangelista

Em Nova Iorque, local onde decorre

a ação legal, a lei exige que

o pai pague 17% do seu salário

como ajuda fi nanceira ao fi lho.

Neste caso particular, o valor ascende

aos 634 mil euros anuais,

já que, em 2010, o ordenado de

François Pinault rondou os 3,7 milhões

de euros. Recorde-se que

o empresário francês se casou há

dois anos com a atriz Salma Hayek,

mas o casal está junto desde 2006

e tem uma filha em comum,

Valentina, também de 4 anos.

No entanto, a imprensa avança

que quando François Pinault e

Linda Evangelista mantiveram

uma relação, o empresário e a atriz

estavam separados. ■

fotos Getty Images


DODA diz que a fi lha,

VIVIANE, contou com

a ajuda do meio-irmão

para superar

o suicídio da mãe

“Foi um

momento

trágico (...)

mas tudo

voltou

ao normal‚‚

Álvaro de Miranda Neto

Em cima, à esquerda, Cibele Dorsa

e Álvaro de Miranda Neto com a fi lha

de ambos, Viviane, hoje com 11 anos.

Antes da morte da modelo brasileira,

a adolescente já vivia na Bélgica com

o pai e a madrasta, Athina Onassis,

e com o meio-irmão, Fernando


Foi um momento muito difícil,

mas (...) a vida continua.” Quem

o afi rma é Álvaro de Miranda

Neto, mais conhecido por Doda,

de 38 anos. O cavaleiro brasileiro

esteve em Cascais com a mulher, Athina Onassis

de Miranda, para participarem no Grande

Prémio de Portugal de Hipismo e, no fi nal,

falou à imprensa sobre a recente tragédia que

se abateu sobre a sua família. A 26 de março

último, a sua ex-mulher, Cibele Dorsa, seguiu

o exemplo do namorado, Gilberto Scarpa,

e suicidou-se. Atirou-se do seu apartamento,

no sétimo andar, em São Paulo. Antes, escreveu

uma carta de despedida, na qual acusava o

ex-marido de ser ”o pior homem” que conheceu,

“um lobo em pele de cordeiro”.

Pedia ainda desculpa aos dois fi lhos, ambos

sob a guarda de Doda – Fernando,

de 13 anos, fruto de uma relação da modelo

com o empresário Fernando Oliva, e Viviane,

de 11, fi lha da também escritora e do cavaleiro.

Lux – Gosta de vir a Cascais?

Doda – É sempre um prazer muito grande.


Os meus bisavós são de Portugal. Tenho

passaporte português, pelo que tenho um

grande carinho pelo País, especialmente

por esta região, que é muito agradável.

Lux – É um cenário bom para namorar?

Doda – Aqui, é a situação ideal. Porque temos a

parte da manhã toda para poder descansar.

É um lugar muito romântico, onde me sinto muito

bem. Voltamos para casa com a energia recarregada,

como se estivéssemos de férias.

Lux – Está aqui para competir, mas este ano

não trouxe a sua fi lha [Viviane], se bem que

ela também seja apaixonada por cavalos...

Doda – Ela gosta muito. Monta desde os 4 anos.

Eu nunca a forcei. É uma opção dela. É muito

dedicada. Há muitas crianças que veem o cavalo

como um brinquedo. Ela respeita-o muito como

um ser vivo. Termina de montar, quer dar-lhe

banho, colocar as proteções, as ligas nas patas,

levar o cavalo para a cocheira, dar-lhe comida...

Ela não veio porque agora está em Marbella.

Lux – Ela pede-lhe conselhos, a si ou à Athina?

Doda – Pede alguns. Às vezes, gosta que nós

assistamos aos vídeos na televisão. Mas eu procuro

não colocar nenhuma pressão e digo-lhe

para não montar se estiver cansada. Mas ela

diz que quer. Quando chega da escola, monta,

por norma, duas ou três horas.

Lux – Passaram, recentemente, por uma fase

complicada. Como é que ela está?

Doda – Foi um momento difícil nas nossas vidas.

Muito trágico. Mas, graças a Deus, as crianças

são inteligentes. Claro que os primeiros dias

foram muito difíceis, mas hoje tudo voltou

ao normal. Como qualquer tragédia, o tempo

cura tudo. Mas foi uma dor muito grande.

Lux – Como é que o seu enteado reagiu?

Doda – Ele é um adolescente muito especial.

Desde pequeno que tive uma ligação muito

forte com ele. Ele é que me pediu, há dois anos,

para vir morar na Europa comigo. É um menino

maravilhoso, que joga futebol muito bem.

Acho que foi muito importante, no momento

em que isto aconteceu, os dois estarem juntos.

Ele deu muita força à Vivi. Mas, graças a Deus,

isso é passado e a vida continua. ■

texto Vanessa Barros Cruz (redaccaolux@lux.iol.pt)

fotos João Cabral, Salvador Esteves e Arquivo Lux

“Aqui [Cascais] é a situação ideal [para namorar]. Porque (...) é um

lugar muito romântico, onde me sinto muito bem„ Álvaro de Miranda Neto

Em cima, a participação de Athina Onassis de Miranda na prova GCT – Grande Prémio de Portugal de Hipismo, na qual não conseguiu

subir ao pódio, tal como o marido, Álvaro de Miranda, que teve uma prestação abaixo do esperado. O casal aproveitou para namorar


João e Catarina Pereira Coutinho,

em cima, seguem atentamente o percurso

do fi lho, de 14 anos, que já dá cartas

no hipismo, modalidade que tem atravessado

várias gerações da família

JOÃO PEREIRA

COUTINHO

orgulhoso do fi lho

mais velho

João, de 14 anos,

conquista troféu

no Grande Prémio

de Portugal de Hipismo,

em Cascais

João Pereira Coutinho continua

a brilhar no hipismo,

para grande orgulho do

pai, que fez questão de o apoiar

no Grande Prémio de Portugal

de Hipismo, no Hipódromo Manuel

Possolo, em Cascais. Depois

de ter conquistado o primeiro

lugar em 2010, na prova CSI

Children 1,10 m, o jovem cavaleiro,

de 14 anos, volta a vencer

este ano nas provas de 1,10 m e

1,20 m. Vitórias que são fruto do

seu empenho na modalidade,

a qual tem estado presente na

família ao longo de várias gera-

ções. “Eu tenho sido muito exigente

comigo próprio”, afi rmou

João Pereira Coutinho à Equitação

TV, justifi cando os bons

resultados, alcançados com a

égua Theodora 4. Questionado

sobre a sua ambição de conquistar

mais medalhas, o jovem

cavaleiro admite, ao mesmo canal:

“Tenho de trabalhar sempre

muito e também há muita sorte

envolvida. Mas todos os cavaleiros

têm de ter uma técnica

extremamente alta para conseguirem

uma medalha.” ■

fotos Salvador Esteves


Prova hípica

internacional reúne

convidados ilustres

em Cascais

MARGARIDA PRIETO leva

a neta, INÊS, ao Grande Prémio

de Portugal de Hipismo

Em cima, Margarida Prieto com a neta, Inês, Jorge e Marina Arnoso, e Carloto Beirão

da Veiga com Sofi a e Duarte Nobre Guedes. Em baixo, Arlete e Patrick Monteiro

de Barros, e Madalena Bravo com José Maria Ribeiro da Cunha

O

sol convidava ao

passeio, e Margarida

Prieto não hesitou

em levar a neta

até ao Hipódromo

Manuel Possolo, em Cascais,

onde decorreu, nos dias 1 e 2

de julho, o Grande Prémio de

Portugal de Hipismo. “Gosto

muito de vir para aqui passear,

mas com a prova é complicado

circular com o carrinho de bebé”,

começou por referir a curadora de

arte. A pequena Inês, de 13 meses,

parecia não se importar com a

confusão e fazia as delícias da avó.

“Este é o melhor papel de todos.

O mais gostoso. Se bem que tento

dar muito amor mas com normas”,

revela Margarida. Se pudesse, admite,

andava sempre na companhia

da neta, mas a fi lha, que também

se chama Margarida, “gosta pouco

de estar longe da Inês. É uma super

mãe”, conta, acrescentando que


“[Ser avó] é o

melhor papel

de todos. O mais

gostoso. Se bem

que tento dar

muito amor mas

com normas„

Margarida Prieto

Em cima, à esquerda,

Luís e Sofi a Nobre Guedes.

No pódio, Christian Ahlman,

em primeiro lugar, Luciana

Diniz, em segundo,

e Ludger Beerbaum,

em terceiro. Ao lado,

o vencedor da prova de

1,60 m em plena competição


“[O meu fi lho] até estuda à noite

para poder praticar todos os dias„

essa ligação da fi lha à neta a levou

a juntar a data do primeiro aniversário

de Inês à celebração do seu

casamento. “Convidou os amigos

para a festa de aniversário e fez-

-lhes uma surpresa, ao celebrar o

casamento também nesse dia”,

desvendou Margarida Prieto sobre

a fi lha, de 29 anos, que se casou em

maio último com David Dinis, de

39. Quem também levou os netos

para o hipódromo foi Paulo San-

Paulo Santana Lopes

Em cima, Sergio Alvarez Moya com Marta Ortega, Isabel

Graciosa com o fi lho, Afonso, Francisco e Ana Nobre Guedes

com Isabel e Eduardo Perestrelo, e Ana e Carlos Carreiras com

as fi lhas, Marta, Mariana e Carlota. Ao lado, Paulo Santana Lopes

com a mulher, Maria João Louro, e as netas, Teresa e Mafalda

tana Lopes. Acompanhado pela

mulher, Maria João Louro, e pelas

netas, Mafalda, de 4 anos, e

Teresa, de 2, o irmão do ex-

-primeiro-ministro fez questão

de apoiar o filho, Miguel

Santana Lopes, que participou

no circuito internacional de saltos

de obstáculos. “Ele é apaixonado

por este desporto. Já caiu várias

vezes, já foi operado ao nariz,

mas continua muito empenhado.


Pratica sempre. Até estuda à

noite na universidade para

poder praticar todos os dias”,

assegurou Paulo Santana Lopes,

que seguiu atentamente as

provas, entre as quais se destacou

a de 1,60 m, conquistada pelo

alemão Christian Ahlman. Em segundo

lugar fi cou a portuguesa

Luciana Diniz, sendo a terceira

posição ocupada pelo atual

líder do ranking GCT, o cavaleiro,

também alemão, Ludger

Beerbaum. ■

texto Vanessa Cruz (redaccaolux@lux.iol.pt)

fotos João Cabral e Salvador Esteves

“Recebemos

aqui os melhores

cavaleiros

da atualidade„

Carlos Carreiras

Em cima, Ludger Beerbaum,

terceiro classifi cado, durante a prova.

Ao lado, Edwina Alexander.

Em baixo, à esquerda, D. Diogo

Pereira Coutinho com a neta,

Diana Pereira Coutinho. Em baixo,

Ana e Manuel Castel-Branco


Juntos desde 2007, Kate Moss, de 37 anos, e Jamie Hince, de 42, que saíram da igreja

ao lado da fi lha da manequim, Lila Grace, de 8, tiveram ainda a benção espiritual

de monges budistas. Após um longo e conturbado namoro com o também músico

Pete Doherty, a top model subiu ao altar com o vocalista dos The Kills

A festa,

que decorreu

na casa

de campo

da manequim,

contou com

concertos,

dançarinas

de burlesco

e trapezistas

Mais

de 300

convidados

assistem

ao pouco

convencional

casamento

de KATE

MOSS

e JAMIE

HINCE

Exuberante,

tal como os

noivos, a festa

durou três

dias e terá

custado mais

de 550 mil

euros


Além de ser uma das

manequins mais fotografadas

de todos

os tempos, Kate Moss

é também conhecida

pelo seu estilo rebelde e pouco

convencional. Espírito esse que

não fi cou de fora no dia em

que a ‘ex’ do também músico

Pete Doherty disse o ‘sim’

a Jamie Hince, a 1 de julho,

perante mais de 300 convidados.

Sob fortes medidas de segurança,

a top model, de 37 anos,

chegou num Rolls-Royce prateado

à igreja anglicana da

Para a cerimónia, Kate Moss escolheu uma criação do amigo John Galliano.

Já Jamie Hince vestiu Yves Saint Laurent. O destino da lua-de-mel foi mantido em segredo

Amigo íntimo da manequim, Mario Testino foi o fotógrafo

ofi cial do casamento de Kate Moss

pequena paróquia de Little

Faringdon, em Oxfordshire,

perto da sua casa de campo,

acompanhada pelo pai, Peter,

e pela filha, Lila Grace, de

8 anos. Confi rmando todos os

rumores, a manequim usou uma

criação de John Galliano, seu

grande amigo. Uma peça de inspiração

vintage, cor de marfi m,

com aplicações douradas, completada

por um véu comprido,

bordado com fl ores. O cabelo

com ondas soltas e a maquilhagem

de look natural completavam

o visual romântico

de Kate Moss. Já o músico, de

42 anos, vocalista e guitarrista

da banda The Kills, usava um

fato azul-claro, assinado por

Stefano Pilati, diretor criativo

da Yves Saint Laurent. Depois

de uma cerimónia de 45 minutos,

Kate Moss e James Hince

seguiram para a festa, que decorreu

na casa de campo da

manequim, e aí permaneceram

o resto do fim de semana.

Confi rmando mais uma vez

os rumores, a festa durou três

dias, tendo começado com

um jantar formal, no dia da

cerimónia, e prolongando-se

até domingo com churrascos,

concertos, atuações de bailarinas

de burlesco e de trapezistas,

entre muitos outros

números e animações, como se

de um minifestival se tratasse.

Uma celebração excêntrica que,

segundo a imprensa britânica,

terá custado ao casal mais de 550

mil euros. Kate Moss e James

Hince partiram, entretanto, em

lua-de-mel para um destino que

preferiram manter secreto. ■

texto Helena Pestana (hpestana@lux.iol.pt)

fotos Gtres on line, Reuters e Rex Features


João Cabral

saúde

Paulo Oom

Pediatra

SAIR DA CAMA DURANTE A NOITE

Para algumas crianças parece que se trata

de uma rotina: todas as noites, saem da sua

cama e voltam para a sala, onde estão os pais.

Muitas vezes, isto acontece imediatamente

depois de a criança se ter ido deitar. Surgem

mil desculpas como “quero água”, “quero

leite”, “tenho fome”, “quero fazer chichi”,

“não lavei os dentes” ou “não preparei a

mochila para amanhã”.

A melhor estratégia é a prevenção. Se a criança

pede sempre as mesmas coisas, o ideal é

levá-la a fazer tudo o que já sabemos que vai

pedir, antes de ir para a cama. Desta forma,

podemos estar descansados de que a fome

não será muita, a bexiga ainda estará vazia,

os dentes estarão lavados e a mochila pronta.

Com isto, a criança deixa de ter desculpas. Mas

mesmo com esta medida, algumas crianças

são muito teimosas e estão sempre a sair da

cama, mesmo sem desculpa evidente. Não

podemos ser muito transigentes neste aspeto,

pois corremos o risco de a criança, com o

tempo, deixar de respeitar a nossa vontade

em relação a este assunto e achar que as

regras que existem em nossa casa são, no

mínimo, negociáveis.

O primeiro passo é explicar à criança, numa linguagem

acessível à sua idade e ao seu grau de

desenvolvimento, aquilo que esperamos dela:

que depois da história e do beijinho de boa

noite, é altura de fi car na cama e adormecer.

Se mesmo assim a criança sai da cama, o

que temos a fazer é dizer-lhe para voltar para

a cama. Caso ela mostre alguma renitência,

podemos mesmo ter de a ‘escoltar’ de novo

até ao quarto. É fundamental, nesta fase, não

cair nos dois principais erros da disciplina, de

que falámos atrás: nem muita emoção nem

muita explicação. Há que falar com a criança

com voz calma mas fi rme, sem gritar, não

deixando transparecer a nossa frustração pelo

seu comportamento inadequado ou a nossa

“De manhã, por exemplo, a criança gosta muitas

vezes de ‘terminar a noite’ na cama dos pais.

Pode ser um momento de mimo e nada tem de mal,

pelo contrário, principalmente ao fi m de semana

ou nas férias. Ou quando está doente e precisa de mais

atenção. Mas devem ser exceções e não a rotina

irritação pela sua desobediência. Por outro

lado, muitas explicações sobre a necessidade

de voltar para a cama ou a importância do

sono são normalmente interpretadas pela

criança como estando a ‘implorar’ para que

se porte bem. Não podemos cair na tentação

de pensar naquele ser como um adulto em

miniatura, que apenas não se comporta bem

porque não tem toda a informação necessária.

Ele tem toda a informação necessária! Apenas

está a ver se os pais são coerentes nas suas

ações com aquilo que disseram.

O voltar a mandar para o quarto deve ser

dito e feito as vezes necessárias. Se a cena se

repete incessantemente, podemos ter de

fi car de vigia junto à porta, se necessário pai

e mãe, alternando turnos. É importante que

a criança nos leve a sério. Nos casos mais renitentes,

a criança deve ser avisada de que,

da próxima vez que sair, vamos fechar a porta

do quarto (depois de termos colocado no interior

uma luz de presença) e não hesitar em

fazê-lo se ela voltar a pisar o risco.

Quando a saída da cama é um problema

frequente, esta técnica resolve sempre a

situação. As primeiras noites são as piores, pois a

criança vai querer testar até que ponto estamos

a falar verdade, mas geralmente o problema

fi ca resolvido em uma ou duas semanas.

E uma vez resolvido, valeu bem o esforço.

Algumas crianças gostam de ir para a cama

dos pais a meio da noite. Pode ter graça uma

vez ou outra, mas com o tempo, as noites mal

dormidas acabam por provocar um cansaço

crescente, com consequências no nosso bem-

-estar, no rendimento no trabalho e no estado

de humor. Mesmo para a criança, o não

permanecer no seu quarto é nocivo para

a construção da sua autoconfi ança e do seu autocontrolo.

A nossa atitude deve ser a mesma

que tomámos em relação à hora de deitar,

apesar de mais difícil, dado o nosso cansaço

a meio da noite. A tentação é deixar a criança

fazer o que quer, o que resolve o problema

a curto prazo: todos têm uma noite mais

ou menos descansada. Mas não resolve o

problema de base e apenas alimenta uma

situação que pode durar muitos anos. Por isso,

a atitude mais correta é a de levar a criança

para o seu quarto, sem exprimir emoções e

sem mais explicações. Se necessário, devemos

montar turnos à porta ou mesmo fechar a porta

nos casos mais difíceis. Ao fi m de uma ou

duas semanas, a criança percebe que deve

permanecer na sua cama. Claro que podem

existir exceções. De manhã, por exemplo,

a criança gosta muitas vezes de “terminar

a noite” na cama dos pais. Pode ser um

momento de mimo e nada tem de mal, pelo

contrário, principalmente ao fi m de semana

ou nas férias. Ou quando está doente e

precisa de mais atenção. Mas devem ser

exceções e não a rotina.

E quando a criança não sai do quarto, mas

começa a chamar a meio da noite? Muitos

temos problemas em lidar com esta situação.

Será que ela está bem? Será que precisa de

alguma coisa? Se sabemos que está tudo bem

com ela, o melhor é dizer simplesmente que

deve continuar a dormir. Caso os pedidos

persistam, a regra deve ser ir aumentando o

tempo até nos levantarmos e irmos ao quarto

da criança: se na primeira vez fomos lá ao

fi m de cinco minutos, na segunda vamos ao

fi m de 10 e na terceira ao fi m de 15. A mensagem

que estamos a transmitir é a de que

estamos ali para o que for preciso, mas que

esperamos que a criança consiga controlar-se a

si mesma e voltar a dormir. Quando vamos ao

quarto, nada de acender as luzes ou pegar ao

colo. A nossa presença é tudo o que devemos

oferecer para tranquilizar a criança.

Clínica Gerações

Tel. 21 3583910

paulo.oom@geracoes.net


citações

“[Fernando] Nobre resignou. Foi coerente.

Arrastou com o prestígio do Parlamento

para as ruas da amargura, mas foi coerente”

José Lello in Diário Económico

“A Grécia até está melhor do que Portugal

em alguns pontos – lá, pelo menos,

já foram tomadas medidas para impedir

que os mortos reclamassem

fundos do Estado;

cá, esse trabalho só começa

a ser feito agora”

Editorial in Sábado

“Como demasiado,

bebo muito, já fui apanhado

em situações indecorosas”

Pedro Cabrita Reis, artista plástico, in Visão

“Ainda a não encontrei,

a ela, a morte,

mas suspeito

que não irá ser boa”

Maria Filomena Mónica, sobre a sua relação

com a morte, in Diário de Notícias

“A crise da Europa,

que só metaforicamente

é grega, é uma crise

de memória.

Memória vivida,

que não têm a

Sra. Merkel, o Sr. Sarkozy,

o Sr. Barroso”

Pedro Norton in Visão

“Já agora, podiam

aproveitar para criar

aquela lei proposta

há tempos

pelos partidos da oposição

(e que o PSD vetou

em conjunto

com o Governo socialista)

visando proibir que

os gestores públicos

auferissem salários

superiores aos

do Presidente

da República”

Inês Pedrosa in Sol

“Oprah, meu símbolo

de sonho americano,

minha gordinha ioiô do Sul

pobre, com cara de sapinha,

que chegou a feroz ditadora de modas, que consegue

transformar um livro de dietas zen num bestseller

e que Obama teme... preciso de ti”

Luís Pedro Nunes, sobre o fi m do programa de Oprah Winfrey, in Única

“Não há tempo para medidas simpáticas”

Bagão Félix in Diário de Notícias

“Não saí do FC Porto por dinheiro. A minha mudança

foi muito lucrativa para o FC Porto, que estava pronto

para bater a oferta do Chelsea”

André Villas-Boas in Correio da Manhã

“As televisões fazem muito a opinião pública.

Por isso, nenhum Governo até agora teve a coragem

de se retirar da RTP e de afrontar as privadas.

Tiro o chapéu a Passos Coelho”

Manuela Moura Guedes in Correio da Manhã

“As pessoas estão desesperadas,

não sabem como vão passar

os dias seguintes, como vão

dar de comer aos fi lhos (...)

Não é impensável que isto

[violência na Grécia] também

possa acontecer em Portugal„

Mário Soares in Expresso Online

“Perguntei-lhe:

‘Ouve lá, Luís.

Então o Sócrates

licenciou-se na minha

universidade,

na faculdade

de que eu sou

director, e até fez

a minha cadeira

(Inglês Técnico)

e eu nunca soube

de nada?’ Ele

respondeu-me:

‘Se soubesses,

isto nunca

se tinha feito’.”

Eurico Calado, professor fundador da Universidade

Independente, sobre o facto de José Sócrates

não ser licenciado, in Sol

“Estamos num beco

sem saída e teremos

de pagar a RTP,

para não prejudicar

o dr. [Miguel Pais] Amaral

e o dr. [Francisco Pinto]

Balsemão?”

Vasco Pulido Valente, sobre o facto de o presidente

da Media Capital e o dono da SIC se oporem

à privatização da RTP, in Público

“[Gabriela] Canavilhas

era uma terrorista (...)

tornou-se frívola

e deslumbrou-se

com o ministério (...)

[Francisco José] Viegas

é uma pessoa culta”

Joaquim Benite, encenador, sobre o novo secretário

de Estado da Cultura, in i

“Qual oposição?

A oposição

é feita pelos lóbis.

O PS acabou, está

nas mãos dos totós. E o Bloco implodiu. Andam todos

a insultar-se nos jornais”

Clara Ferreira Alves in Única

“Esta aversão ao carácter económico do trabalho ainda é

cultural em Portugal. O trabalho é visto como uma maldição

que é preciso esconjurar à força de subsídios”

Mário Crespo in Expresso


Rui Moreno

paulo coelho

O GUERREIRO E A FÉ

Henry James compara a experiência com uma

imensa teia de aranha, espalhada à nossa

volta – que é capaz de apanhar não só

aquilo que é necessário, mas também a

poeira que está no ar.

Muitas vezes, aquilo a que chamamos

‘experiência’ nada mais é do que a soma

das nossas derrotas. Então, olhamos para

a frente com o medo de quem já cometeu

bastantes equívocos na vida – e não temos

coragem de dar o próximo passo.

Neste momento é bom lembrar as palavras

de Lord Salisbury: “Se acreditar totalmente

nos médicos, vai achar que tudo faz mal à

saúde. Se acreditar totalmente nos teólogos,

vai convencer-se de que tudo é pecado.

Se acreditar totalmente nos militares, concluirá

que nada é absolutamente seguro.”

É preciso aceitar as paixões, e não renunciar

ao entusiasmo das conquistas; elas fazem

parte da vida, e alegram todos os que

nelas participam. Mas o guerreiro da luz

jamais perde de vista as coisas duradouras,

e os laços criados com solidez através do

tempo: sabe distinguir o que é passageiro

do que é defi nitivo.

Existe um momento, entretanto, em que as

paixões desaparecem sem aviso. Apesar

de toda a sua sabedoria, ele deixa-se

dominar pelo desânimo: de uma hora para

a outra, a fé já não é a mesma de antes,

as coisas não ocorrem como sonhava, as

“Orar e vigiar: esse deve ser o lema do guerreiro

da luz. Se apenas vigia, vai começar a ver fantasmas

onde eles não existem. Se apenas ora, não terá

tempo para executar as obras de que o mundo

tanto necessita„

tragédias surgem de maneira injusta e

inesperada, e ele passa a acreditar que as

suas preces não são mais ouvidas.

Continua a rezar e a frequentar os cultos da

sua religião, mas não consegue iludir-se;

o coração não responde como antes, e as

palavras parecem não ter sentido.

Neste momento, só existe um caminho

possível: continuar a praticar. Fazer as preces

por obrigação, ou por medo, ou seja lá por

que motivo for –, mas continuar a rezar.

Insistir, mesmo que tudo pareça inútil.

O anjo encarregado de recolher as suas

palavras – e que é também responsável pela

alegria da fé – está a dar um passeio. Mas volta

logo, e só vai saber localizá-lo se escutar

uma prece ou um pedido nos seus lábios.

Diz a lenda que, após uma exaustiva sessão

matinal de orações no Mosteiro de Piedra,

o noviço perguntou ao abade se as orações

faziam com que Deus se aproximasse

dos homens.

– Vou responder-lhe com outra pergunta –

disse o abade. – Todas estas orações que

você faz irão fazer o sol nascer amanhã?

– Claro que não! O sol nasce porque

obedece a uma lei universal!

– Então, esta é a resposta à sua pergunta.

Deus está perto de nós, independentemente

das preces que fazemos.

O noviço revoltou-se:

– O senhor quer dizer que as nossas orações

são inúteis?

– Absolutamente. Se você não acorda cedo,

nunca conseguirá ver o sol nascer. Se não

reza, embora Deus esteja sempre perto, você

nunca conseguirá notar a Sua presença.

Orar e vigiar: esse deve ser o lema do guerreiro

da luz. Se apenas vigia, vai começar a ver

fantasmas onde eles não existem. Se apenas

ora, não terá tempo para executar as obras

de que o mundo tanto necessita. Conta outra

lenda, desta vez do “Verba Seniorum”, que o

abade Pastor, costumava dizer que o abade

João havia rezado tanto, que não precisava

mais de se preocupar – as suas paixões

haviam sido vencidas.

As palavras do abade Pastor acabaram por

chegar aos ouvidos de um dos sábios do

mosteiro de Sceta. Este chamou os noviços

depois da ceia.

– Vocês têm ouvido dizer que o abade João

não tem mais tentações a vencer – disse

ele. – A falta de luta enfraquece a alma.

Vamos pedir ao Senhor que envie uma

tentação bem poderosa para o abade

João; e se ele vencer esta tentação, vamos

pedir outra e mais outra. E quando ele estiver

de novo a lutar contra as tentações, vamos

rezar para que ele jamais diga “Senhor,

afasta de mim este demónio.” Vamos rezar

para que ele peça: “Senhor, dai-me força

para enfrentar o mal.”

www.paulocoelhoblog.com


Foi rodeado de amigos

e com o sorriso genuíno

que lhe é característico

que Júlio Magalhães

lançou o seu mais

recente livro. “Por Ti, Resistirei”

retrata a história de amor de

Carlos e Nicole, durante a

Segunda Guerra Mundial. Uma

trama construída com a ajuda

de Bernardo Bairrão, que emprestou

ao jornalista documentos

que tinha dessa época. Por isso,

e por muito mais, Júlio Magalhães

fez questão de dedicar este livro

ao ex-administrador da Media

Capital. “Não gosto de dedicatórias

e, como todos os outros, este

JÚLIO MAGALHÃES dedica

livro a BERNARDO BAIRRÃO

na primeira aparição pública do

ex-administrador da Media Capital

desde que este se demitiu

“Ele foi a alma da TVI

e não merecia um

desfecho destes„

Júlio Magalhães

À esquerda, Cristina Ferreira com Júlio Magalhães.

O jornalista da TVI convidou-a para apresentar o seu livro, algo

que fez com orgulho. Em baixo, o autor com Bernardo Bairrão

livro não tem nenhuma. Mas, se

soubesse o que sei hoje, teria feito

uma dedicatória ao Bernardo

Bairrão. Ele foi a alma da TVI

nos últimos anos e não merecia

um desfecho destes”, refere

espontaneamente. “Apeteceu-me

fazer isto, porque ele

foi muito injustiçado. Mesmo.

É uma pessoa fantástica, é super

porreiro, muito nosso amigo, foi

um companheiro e um administrador

excecional. A TVI deve-

-lhe imenso”, explica ainda

o jornalista. Sem esperar tal

reconhecimento, Bernardo Bairrão

foi apanhado de surpresa na

sua primeira aparição pública


desde que saiu da TVI. “O Juca é

um grande amigo e eu só posso

agradecer-lhe tudo o que ele fez

por mim, ao longo dos anos em

que trabalhámos juntos e, em

particular, esta completa surpresa.

De facto, ajudei-o com alguns

documentos que tinha da época

da II Guerra Mundial, mas não

À esquerda, Bernardo Bairrão. Em cima, Pedro Santana

Lopes, e Judite de Sousa. Em baixo, Júlio Magalhães

com a fi lha, Mariana, e André Cerqueira

“O Júlio é um encanto de pessoa.

É fantástico trabalhar com ele e é

bom ser seu amigo„ Pedro Santana Lopes

merecia tanto. Mas sei que é de

um bom amigo e sei que os bons

amigos, neste momento, são

especiais”, sublinha. Sem querer

alongar-se muito sobre o facto

de o seu nome ter caído das listas

do Governo, para o qual tinha

sido convidado, Bernardo Bairrão

preferiu dar destaque ao futuro,

ainda que este continue incerto.

“Tento não olhar para trás nos

momentos em que tomo decisões.

Olho para trás só para ter noção

do que fi z bem e do que fi z mal.

E tudo quanto quero é fi car descansado

ao ver que o que fi z bem

foi mais do que o que fi z mal. E

tenho essa consciência em relação

à TVI, mas agora prefi ro olhar

para a frente. Eu não sou pessoa

de perder tempo com pesares”,

confessa Bernardo Bairrão,

que vai aproveitar o verão para

descansar e gozar umas férias

mais alargadas. ■

texto Vanessa Bento (vcbento@lux.iol.pt)

fotos Artur Lourenço


MARTA

LEITE

CASTRO e

HENRIQUE

SÁ PESSOA

cada

vez mais

próximos

A estrela

da RTP

e o chef têm

estado juntos

em várias

ocasiões

À esquerda e à direita,

a apresentadora do “Só

Visto!” no lançamento

do livro de Sá Pessoa.

Em cima, os dois

na apresentação do livro

de Marta Leite Castro

A

cumplicidade entre Marta Leite

Castro e Henrique Sá Pessoa pode

explicar-se pelo facto de estarem a

trabalhar juntos num guia de restaurantes

portugueses. Porém, a apresentadora e

o chef têm sido vistos em espaços gastronómicos,

mas não só. Estiveram a jantar no

Bistro 100 Maneiras, em clima de cumplicidade,

e, dias depois, foram juntos à discoteca

Lux, apurou a Lux de diferentes fontes, ainda

que os próprios afi rmem ser apenas “amigos”.

Quando questionado sobre a crescente

intimidade com a apresentadora do

programa “Só Visto!”, o chef limitou-se a

dizer: “Estou numa fase boa. Estou a tentar

encontrar a estabilidade sozinho.” O último

relacionamento público de Sá Pessoa foi

com Susana Montenegro, depois de se

ter divorciado, há três anos, da australiana

Natalie. Desse casamento nasceu Inês, hoje

com 5 anos. “A prioridade é mesmo a minha

fi lha. Felizmente, conseguimos coordenar

bem as coisas para não prejudicarmos a

nossa fi lha”, continuou Sá Pessoa, em

declarações por ocasião do lançamento

do seu quarto livro, “Ingrediente Secreto”,

que teve lugar no Martini Terraza, em Lisboa,

no passado dia 4. Lançamento onde

também esteve Marta Leite Castro. Um dia

depois, foi a vez de o chef retribuir a

presença na segunda apresentação

do livro de Marta,“As Conversas da Marta”.

“Já disse que somos amigos. Estou aqui,

principalmente, porque sugeri à Marta que

usasse uma aplicação nova no livro

dela [o tag reader], que também usei no

meu”, reforçou o chef. ■

fotos Jessica Henrique Cardoso e João Cabral


Alberto do Mónaco e Charlene Wittstock disseram o primeiro ‘sim’ numa cerimónia civil, à qual apenas assistiram

80 convidados, entre eles familiares dos noivos, testemunhas e membros do Governo monegasco

ALBERTO II e CHARLENE WITTSTOCK não conseguiram disfarçar a tensão

na cerimónia civil, apesar de tentarem passar uma imagem de harmonia

“É um dia muito feliz. O país todo está

entusiasmado„ Charlene Wittstock à Vogue


A distância

e a frieza

entre o casal

foram notórias

no casamento

civil

Passavam poucos minutos

das 17h, hora local,

quando Alberto II do

naco e Charlene

Wittstock disseram o

‘sim’, que os tornaria marido e

mulher perante a lei. Ao contrário

do que aconteceria no dia seguinte,

no casamento religioso, a cerimónia

civil demorou apenas 15

minutos e decorreu de forma simples

e discreta, na Sala do Trono

do Palácio Real, no passado dia

1 de julho. Apenas 80 pessoas

assistiram à união do príncipe com

a nadadora sul-africana, que não

conseguiram esconder o nervosismo

e a tensão entre ambos, apesar

de a noiva garantir estar a viver

um momento de grande felicidade.

“É um dia muito feliz. O país todo

está entusiasmado”, confi denciava

Charlene Wittstock à revista Vogue,

horas antes do enlace. Para a ocasião,

Charlene escolheu um vestido

azul-céu de chiffon com saia-calça,

que completou com um blazer da

mesma cor, idealizado pela própria,

em conjunto com Karl Lagerfeld.

“Queríamos que combinasse

com a cor dos meus olhos. É feminino

e mantém a tradição, no entanto,

refl ete também o meu estilo

pessoal. Achei que seria boa ideia

optar por calças em vez de saia,

uma vez que sou uma atleta e sempre

tive um estilo simples e descontraído”,

contava Charlene na

mesma entrevista. Terminada a

cerimónia, os príncipes acorreram

à varanda do palácio para a tradicional

saudação, mas logo desceram

até à praça, para brindar

junto dos monegascos. Depois

de um jantar volante, composto

por iguarias gastronómicas

típicas do Mónaco e da África do

Sul, a noite acabou com um concerto

de Jean Michel Jarre. ■ Para surpresa de todos, Charlene Wittstock escolheu para a cerimónia civil um vestido

texto Helena Pestana (hpestana@lux.iol.pt)

fotos Getty Images, Feriaque e Reuters

azul-céu de chiffon com saia-calça, idealizado pela própria, em parceria com Karl Lagerfeld.

“Refl ete o meu estilo pessoal”, justifi cou a princesa em entrevista à revista Vogue


Ausência de emoção e paixão marcam

casamento de CHARLENE e ALBERTO II

Numa cerimónia elegante e luxuosa, a princesa usou um vestido

de Giorgio Armani, com 20 mil pérolas e 40 mil cristais Swarovski

Em cima, à esquerda,

o momento da troca

de alianças entre Alberto II

e Charlene Wittstock e,

à direita, a noiva a entrar

pelo braço do pai, Michael

Wittstock, no Palácio Grimaldi

Para enfrentar a pressão

que antecedeu o seu

casamento, Charlene

Wittstock socorreu-

-se de um método que

usou durante os 15 anos em que

praticou natação: visualizou-se

mentalmente nas diferentes fases

que teria de ultrapassar, para

manter as emoções sob controle.

Efetivamente, conseguiu mostrar-

-se quase imperturbável no dia

em que se tornou princesa do


naco. Exteriormente, Charlene

era a noiva perfeita. Esbanjou elegância

num vestido desenhado

por Giorgio Armani, uma criação

com 40 mil cristais Swarovski e 20

mil pérolas, que exigiu 2500 horas

de trabalho. A responsabilidade

era tanta que o estilista fez dois

modelos exatamente iguais para se

precaver contra algum imprevisto.

A noiva optou por usar no cabelo

uns ganchos de diamantes,

emprestados pela cunhada

Carolina do Mónaco. Quando a

ex-nadadora entrou no pátio do

Foi a própria

Charlene

quem retirou

o véu para que

o marido a

pudesse beijar

A noiva optou por não usar

tiara, preferindo uns ganchos

de cabelo de diamantes

emprestados pela cunhada

Carolina do Mónaco


À esquerda, Carolina do Mónaco com a fi lha

mais nova, Alexandra. Em cima, a frieza

do beijo que selou a união religiosa do casal

A principal ausente foi a avó

da noiva, de 89 anos, que, por

ter sofrido uma fratura na

anca, fi cou em Joanesburgo

Palácio Grimaldi (convertido em

igreja ao ar livre) de braço dado

com o pai, Michael Wittstock, o

cenário era verdadeiramente principesco.

Passadeira vermelha, 3500

convidados, entre eles representantes

das principais famílias reais europeias,

e uma decoração de luxo.

No altar, o noivo, também ele vestido

de branco, com o uniforme de

gala da Guarda do Mónaco, tinha

um ar ausente e distante. Na cerimónia

religiosa faltaram sentimento

e emoção. Faltaram os gestos

cúmplices entre os noivos, as

palavras sussurradas ao ouvido,

os beijos apaixonados, os olhares

cruzados. Num clima de constante

tensão, Charlene Wittstock e

Alberto II do Mónaco tornaram-

-se marido e mulher perante

os olhos da Igreja, após cinco

anos de namoro e um de noivado,

e menos de 24 horas depois

do casamento civil. Nem mesmo

quando o arcebispo do Mónaco,

Bernard Barsi, os declarou marido

e mulher, os noivos pareceram


menos nervosos. Foi mesmo a

própria princesa quem retirou

o seu véu para que o marido a

pudesse beijar. O beijo fugaz,

tímido e contido foi o espelho de

um casamento sem alma. Charlene

pareceu sempre uma noiva triste

e só quando a solista Pumela

Matshikiza entoou um cântico

tradicional da África do Sul é

que o seu rosto se emocionou

pela primeira vez. Já enquanto

marido e mulher, Alberto II

e Charlene do Mónaco dirigi-

À direita, em cima,

Stéphanie com os três

fi lhos, Louis, Pauline

e Camille, e, em baixo,

a mãe e os irmãos da

noiva, Lynette, Gareth

e Sean Wittstock

Charlene cedeu

à emoção

uma única vez


“Charlene, és uma

mulher formidável

e, por vezes, paciente

comigo!„ Alberto do Mónaco

À esquerda, Charlotte Casiraghi

com o namorado, Alex Dellal. À direita,

Andrea Casiraghi com a namorada, Tatiana

Santo Domingo, e, em baixo, Pierre Casiraghi

com a namorada, Beatrice Borromeo

ram-se à Igreja de Santa Devota,

onde a noiva depositou o bouquet

junto da estátua da virgem padroeira

do principado, cumprindo

o mesmo ritual de Grace Kelly.

Aí, no momento em que as vozes

da soprano Marie-Clotilde Würz-

-De Baets e da sua fi lha, de 11

anos, entoaram um cântico à Virgem,

Charlene cedeu à pressão

e ao choro. Porém, nem nesse

momento de maior emoção

Alberto II confortou a mulher.

À noite, no jantar de gala e no

baile, Charlene mudou de vestido,

optando por uma criação mais

leve e confortável. Na Ópera Garnier

de Montecarlo, Alberto prestou

homenagem à mulher com um

enigmático discurso. “Charlene,

obrigado por suportares a minha

sobrecarregada agenda, por

vezes as minhas ausências, as

minhas inconstâncias e as minhas

particularidades. És uma mulher

formidável... E, por vezes, paciente

comigo!”, declarou, num texto

que, nas entrelinhas, deixa muita

informação subliminar. ■

texto Natália Ribeiro (nribeiro@lux.iol.pt)

fotos Getty Images, Gtres on line, Lusa e Reuters


look casamento Charlene e Alberto II

fotos Atlântico Press, Getty Images, Gtres on line, Lusa e Reuters

Karl

Lagerfeld

Mary e Frederico

da Dinamarca

Emanuel Filiberto

e Clotilde de Sabóia

Vladimir Doronin

e Naomi Campbell

Madalena

da Suécia

Nicolas

Sarkozy

Guilherme e Maxima

da Holanda

D. Isabel e D. Duarte

de Bragança


As semelhanças entre ALBERTO do Mónaco

e o sobrinho LOUIS DUCRUET, de 18 anos

O fi lho mais velho da princesa Stéphanie é mais reservado

do que o tio e são raras as vezes em que surge em público

Os traços físicos de Louis Ducruet são muito idênticos aos que Alberto II tinha em jovem. Em termos de personalidade,

tio e sobrinho são diferentes, já que Louis é muito discreto e não gosta da vida social que rodeia a família real do Mónaco

No dia do casamento do irmão,

Stéphanie do Mónaco

chegou ao palácio pelo

braço do fi lho mais velho. A surpresa

de ver Louis Ducruet, de

18 anos, foi grande e deve-se ao

facto de este ser o membro mais

reservado de toda a família real do

naco. A viver com a mãe e as irmãs,

Pauline Ducruet, de 17 anos,

e Camille Gottlieb, de 12, fora

do principado – uma decisão

que Stéphanie tomou há alguns

anos, para preservar a privacidade

dos fi lhos –, Louis é um jovem

que prefere manter-se afastado

da curiosidade da imprensa

mundial. Por isso, são raras

as vezes em que surge em público.

Quando o faz é por motivos

de solidariedade ou em

ocasiões festivas a que não se

pode furtar, como a que aconteceu

agora. No casamento de Alberto

II e Charlene Wittstock, revelaram-se

evidentes as parecenças

físicas de Louis Ducruet – fruto

do primeiro casamento de

Stéphanie, com o guarda-costas

Daniel Ducruet – com o tio. Com

o cabelo mais escuro, o filho

primogénito de Stéphanie tem

os traços do rosto muito idênticos

aos de Alberto II, sobretudo

o olhar e os lábios. Mas, apesar

de parecidos fi sicamente, a verdade

é que Alberto e Louis pouco

ou nada têm em comum quanto

à maneira de ser. Na juventude,

Alberto era mais extrovertido,

sorridente, e cedo começou a

dar nas vistas, sobretudo pelas

companhias do sexo feminino.

Já Louis, que não tem título e é

o sétimo na linha de sucessão ao

trono, é mais reservado e prefere

o anonimato do seu dia-a-dia de

estudante na Skema Business

School, perto de Nice, à vida

social da maioria dos membros

da família Grimaldi. ■

fotos Getty Images e Reuters


look noite de gala Charlene e Alberto II

fotos Getty Images, Gtres on line, Lusa e Reuters

Charlene e Alberto II

do Mónaco

Carolina

do Mónaco

Mary da

Dinamarca

Daniel e Victoria

da Suécia

Roger Moore e

Kristina Tholstrup

Stéphanie

do Mónaco

Emanuel Filiberto

e Clotilde de Sabóia

Pierre, Charlotte

e Andrea Casiraghi


Farah Pahlavi

do Irão

O bolo

dos noivos

D. Isabel e D. Duarte

de Bragança

Madalena e Carl Philip

da Suécia

Sílvia e Carl Gustav

da Suécia

Charlene e Alberto

do Mónaco

Naomi

Campbell


Depois de 29 anos

sem uma princesa

no trono, o Mónaco

estava ansioso

por um conto de fadas

semelhante ao de Rainier

e Grace Kelly. Mas foi envolto

em polémica que se realizou

o sumptuoso casamento

do eterno solteirão Alberto II,

de 53 anos, com Charlene

Wittstock, de 33. A antiga

nadadora olímpica arrisca-se

a fi car para sempre conhecida

como a noiva que tentou fugir...

três vezes. A história, divulgada

pelo jornal francês L’Express

horas antes do enlace, foi

negada perentoriamente pela

Casa Real do Mónaco, mas

ensombrou irremediavelmente os

três dias da festa. Como se não

bastasse, a frieza dos noivos ajudou

a dar forma à teoria de que o

casamento esteve a um passo de

não se concretizar. Charlene terá

vivido o maior dos seus pesadelos

ao descobrir, algumas semanas

Ex-nadadora tentou

fugir três vezes

após descobrir que

o marido pode ter

mais dois fi lhos

ilegítimos e

exigiu-lhe que faça

testes de paternidade

Alegado acordo

de casamento

estabelece

que CHARLENE

fi que casada

cinco anos

e tenha

um fi lho

Em lua-de-mel

na África do Sul, a

princesa deslumbra

mas continua

a não parecer feliz

antes de subir ao altar, que

o futuro marido terá, alegadamente,

tido mais dois fi lhos ilegítimos.

De acordo com a revista

francesa Public, um deles tem

18 meses e será fi lho de uma

mulher italiana, que ameaçava

contar à imprensa o seu caso

amoroso com o príncipe, a troco

de uma quantia milionária.

A Voici, outra revista francesa, sugere

que Nicole Coste – de quem

o príncipe assumiu ter um fi lho,

Alexandre, de 6 anos – terá tido

um segundo fi lho com Alberto.

O facto de ter sido fotografada

no Mónaco, onde alegadamente

estará a viver num apartamento

pago pelo príncipe, fez adensar

ainda mais os rumores. Sobre o

segundo fi lho, diz-se que tem

poucas semanas de vida ou que

estará prestes a nascer. As

insinuações são várias e foram

imediatamente negadas pelo

advogado do príncipe, mas

nem isso serviu para pôr cobro

às especulações. É que antes

Em cima, Alberto II do Mónaco e Charlene Wittstock, à chegada ao almoço na residência presidencial, onde foram

recebidos pelo presidente sul-africano, Jacob Zuma, no segundo dia de lua-de-mel, na África do Sul


de assumir que tinha dois fi lhos

de mães diferentes – Alexandre

e Jazmin, de 19 anos, fi lha da

norte-americana Tamara Rotola –,

a mesma equipa de advogados

também garantia que o príncipe

não tinha descendentes. Com

maior ou menor certeza, esta

terá sido, para Charlene, a prova

irrefutável de que o namorado

lhe terá sido infi el durante os cinco

anos de namoro. O desespero e

a revolta fi zeram-na querer deixar

tudo para trás, e terá mesmo tentado

fugir três vezes, sem sucesso.

Diz o diário francês Journal du

Dimanche que a primeira acon-

teceu em maio último, quando

foi a Paris fazer uma prova do

vestido de noiva, e se refugiou

na embaixada da África do Sul. A

segunda tentativa deu-se poucas

semanas depois, no fi nal de maio,

quando o Mónaco estava ‘distraído’

com o Grande Prémio de Fórmula

1. Novo falhanço. As dúvidas

não saíam da cabeça de Charlene

que, poucos dias antes do casamento,

tentou pela terceira vez

sair do Mónaco, altura em que

foi impedida pela polícia monegasca,

que lhe retirou o passaporte

em pleno heliporto. Michael

Wittstock, pai da antiga

Alberto só deu um beijo à mulher a pedido dos jornalistas, e apenas na face.

Os recém-casados estiveram sempre tensos e pouco carinhosos

“Estes rumores são categoricamente mentiras.

Alberto e eu enfrentaremos os problemas

juntos„ Charlene Wittstock à Vogue norte-americana

nadadora olímpica, garante que

ela esteve em Paris às compras.

“A Charlene levou a mãe a Paris

para comprar sapatos e um

chapéu para o casamento e

foi a única vez em que esteve

perto de um avião. E apenas lá

esteve um dia”, explicou à rádio

sul-africana 702 Talk Radio. Duas

horas antes de se casar pelo civil,

e numa entrevista exclusiva à jornalista

e amiga Natalie Livingstone,

da Vogue norte-americana, a noiva

fez aquilo que se esperava.

Enquanto se maquilhava e se

penteava, na suite do Hotel Hermitage,

cumpriu com aquilo que

se exige a uma futura princesa:

negou tudo e sorriu para as

fotografi as. “É uma pena que estes

rumores tenham surgido em

tão má altura, mas penso que

saíram agora para sabotar

uma ocasião tão feliz. Eles são

categoricamente mentira. Não

lhes vou dar importância a não

ser respondendo que as minhas

fotografi as com Alberto apaixonados

e a casar vão falar mais

alto do que qualquer rumor sem

fundamento. (...) Alberto e eu

enfrentaremos os problemas

juntos, de mãos dadas”, assegurou.

Mas ao escândalo já


não se furtam. Várias fontes ofi -

ciosas asseguraram ao Journal

du Dimanche que, para garantir

a presença de Charlene no

casamento, terá sido assinado

um acordo pré-nupcial entre o

casal. A antiga nadadora terá um

estilo de vida milionário e, em

troca, terá de fi car casada, pelo

menos, cinco anos – período

durante o qual nunca poderá

exigir o divórcio – e será obrigada

a dar um filho a Alberto, assegurando

assim a sucessão

ao trono. É um facto que o casamento

interessa muito mais

a Alberto II do que a Charlene.

De acordo

com a imprensa

francesa,

o príncipe terá

um fi lho de 18

meses e outro

recém-nascido

À esquerda, Jazmin, de 19

anos, fi lha de uma norte-

-americana, e, em baixo,

Alexandre, de 6 anos,

com a mãe, Nicole Coste,

são os dois fi lhos que

Alberto II já reconheceu

Aos 53 anos, o Mónaco exigia

ao eterno solteirão uma vida estável,

uma família e uma princesa

de sonho. Charlene converteu-se

numa mulher modelo, vestida pelos

melhores estilistas e esculpida pelos

melhores cirurgiões. A agora princesa

do Mónaco, magoada e desfeita

com o duro golpe, terá exigido

que o marido se submeta a testes

de paternidade em breve, de maneira

a serem conhecidos quando

regressarem de lua-de-mel. Os

príncipes gozaram os primeiros

dias de casados na África do

Sul, terra natal da ex-atleta, e

ficaram instalados na luxuosa

suite presidencial do Oyster

Box, um hotel de cinco estrelas,

em Durban. No segundo dia,

foram recebidos na residência

presidencial por Jacob Zuma,

o Presidente sul-africano, para

um almoço. Charlene deslumbrou

com um vestido branco de

crochet, sem costas, mas no seu

rosto permanecia a melancolia

que marcou os dias do casamento.

Alberto II e a mulher chegaram

sorridentes, mas os sorrisos

pareceram sempre demasiado

forçados, numa tentativa de calar

os rumores da polémica que os

perseguem. Questionada pelos

jornalistas presentes sobre

como se sentia, a princesa

respondeu secamente: “Bem,

obrigada.” Sem manifestações

de carinho espontâneas, Alberto

só deu um beijo à mulher a pedido

da imprensa, e na face. Charlene

mostrou-se sempre tensa

e pouco descontraída. Os dois

têm, nos próximos tempos, a

difícil tarefa de dar credibilidade

a um casamento que muitos

dizem ter sido “de conveniência”

e de manter vivos o glamour e

a magia da dinastia Grimaldi. ■

texto Natália Ribeiro (nribeiro@lux.iol.pt)

fotos Getty Images, Gtres on line e D.R.


antena lux

Andreia Dinis

NOVO VISUAL

NO REGRESSO

AO TRABALHO

Para interpretar a

bailarina Anita, na nova

telenovela da SIC,

Andreia Dinis mudou

de visual. A atriz, que

foi mãe pela primeira

vez há oito meses,

colocou extensões e

está com o cabelo mais

claro. “Tinha saudades

do cabelo comprido.

Gostei da mudança,

mas já não estava

habituada a ter tanto

calor por causa

do cabelo. Em casa,

o novo visual foi

aprovado”, disse,

em relação à opinião

do marido, Daniel

Teixeira. Já em ensaios

e a ter aulas de dança,

confessa ainda que,

apesar das saudades

de representar, está

a ser difícil deixar

a fi lha, Flor, em casa.

Tiago Frazão

Ricardo

Pereira

e Francisca

Pinto Ribeiro

Correção

NAMORADO DE MIA

ROSE CHAMA-SE

JOSÉ FERREIRA

Ao contrário do que a Lux

escreveu na edição

anterior, o namorado

da cantora Mia Rose chama-se José Ferreira e não

José Figueira. O casal falou com a imprensa

durante o Sumol Summer Fest sobre a sua paixão

pelo surf e, por lapso, a nossa revista trocou

o apelido do namorado da cantora, pelo que

pedimos desculpa a ambos e aos leitores.

Jessica Henrique Cardoso

Pedro

Teixeira e

Cláudia

Vieira

FILHA JÁ

FREQUENTA

A CRECHE

No elenco da nova

telenovela da SIC,

Cláudia Vieira

prepara-se para

voltar às 12 horas

de gravações por

dia. Por isso, a atriz já pôs a fi lha, Maria, de 1 ano,

na creche, onde fi ca só de manhã, como contou

na Fashion Pool Party da L’Agence. “Ela abre

os braços para a educadora. Felizmente,

não vivi o drama de a ver fi car a chorar à porta.”

DESEJAM QUE O BEBÉ

NASÇA NO BRASIL

Grávida de quatro meses

e meio de um rapaz,

Francisca Pinto Ribeiro e

Ricardo Pereira desejam que o primeiro fi lho nasça

do outro lado do Atlântico: “Ele vai nascer no Brasil,

este país que me acolheu tão bem”, confessou o ator,

durante uma estreia no Rio de Janeiro. Ricardo

Pereira, que tem dividido a sua carreira entre Portugal

e o Brasil, onde, aliás, está a maior parte do tempo,

revelou ainda a alegria com que tem vivido a gravidez

da mulher: “Rimos juntos e estamos a adorar ver

a barriga crescer. Estou muito feliz.”

Arquivo Lux

Tiago Frazão

Arquivo Lux

Reuters

Angelina Jolie

e Sarah Jessica Parker

AS MAIS BEM PAGAS

São elas as atrizes mais bem pagas

de Hollywood. Segundo a revista

Forbes, ambas receberam cerca

de 21 milhões de euros entre maio

de 2010 e maio de 2011.

Ironicamente, em segundo lugar

surge Jennifer Aniston, ex-mulher

de Brad Pitt, atual companheiro de Jolie.

A atriz da série “Friends”, ao lado

de Reese Witherspoon, recebeu

pouco mais de 19,5 milhões.


Pippa Middleton

e Alex Loudon

AFINAL CONTINUAM JUNTOS

Pippa Middleton não está solteira. A irmã

da duquesa de Cambridge mantém o namoro

com Alex Loudon, amigo do príncipe William.

Os dois surgiram de mãos dadas no torneio de

ténis de Wimbledon, desfazendo rumores de que

estariam separados desde vésperas do casamento

real, em abril, altura em que foram vistos juntos

pela última vez. Desde então, a imprensa

internacional falou numa reaproximação de Pippa

ao seu ‘ex’ George Percy, quando ambos viajaram

para Madrid. Chegou ainda a noticiar-se a possível

relação da irmã de Catherine com o príncipe Harry.

Ligações que caem, agora, por terra.

Arnold

Schwarzenegger

DISPOSTO A DAR

À MULHER MAIS

DO QUE O ESTIPULADO

No início deste mês, Maria

Shriver deu entrada com os

papéis do divórcio de Arnold

Schwarzenegger, alegando

“diferenças irreconciliáveis”.

De acordo com a lei norte-

-americana, o ator só tem de

lhe entregar metade da sua

fortuna, avaliada entre 350

e 534 milhões de euros. Mas,

segundo fonte citada pelo site

Radar Online, está disposto a dar-lhe mais do que 50%, pois sabe

que é “o culpado pela separação”. O casal anunciou em maio

o fi m do casamento, depois de Shriver descobrir que o marido tem

um fi lho de uma empregada que trabalhava na sua mansão.

Arquivo Lux

Pinto

da Costa

e Fernanda

Miranda

Hélder Maia

Mafalda Matos

ATRIZ APRESENTA

O NAMORADO

Há pouco menos de um ano,

a atriz, de 23 anos, começou

a namorar com o profi ssional

de publicidade e comunicação

Rui Matos, de 33. Antes, havia

uma forte relação de amizade.

“Foi um percurso bastante

saudável, porque já nos

conhecíamos muito bem

como amigos, e penso que

só podemos tirar coisas boas

disso”, explica Mafalda

Matos. Atualmente, já vivem

juntos, mas não pensam em

casar-se. “Isso não faz parte

dos meus planos”, garante.

SAÍDA A DOIS

NA FESTA

DE ANIVERSÁRIO

DA TSF

Jorge Nuno Pinto

da Costa e Fernanda

Miranda estão

cada vez mais

apaixonados e foram das presenças mais notadas

na festa do 20º aniversário da TSF, no Porto, que decorreu

nos jardins da Fundação de Serralves. Neste momento,

prossegue o processo de divórcio de Filomena Morais,

razão pela qual o presidente do FC Porto não descarta,

agora, a hipótese de se voltar a casar.

Ângela Velhote


Maria José Nogueira Pinto era casada há 39 anos com Jaime Nogueira Pinto, com quem viveu em Angola, logo

após o 25 de abril de 1974. Em cima, à direita, a deputada com os fi lhos, Maria Teresa, Eduardo e Maria Catarina

Era uma mulher de causas

e sem medo. Não temia

as lutas políticas ou

pessoais, exaltava

o direito à indignação

e reconhecia que o seu

maior defeito era ser excessiva.

Maria José Nogueira Pinto

nasceu em Lisboa, a 23 de março

de 1952. Formou-se em Direito,

mas nunca exerceu advocacia.

Com apenas 19 anos casou-se

com Jaime Nogueira Pinto, com

quem teve três fi lhos, Eduardo,

de 38 anos, Maria Catarina, de

35, e Maria Teresa, de 27. “Foi

o acontecimento mais importante

da minha vida, a par do nascimento

dos meus fi lhos. (...) foi uma

decisão tão consciente que continuo

casada e muito feliz”, confi

denciava à revista LuxWoman,

em 2004. Em 1974, com o 25

de abril, foi para Angola com

o marido, que ali cumpriu o

serviço militar. Foi refugiada

e emigrante, viveu na África

do Sul, no Brasil e em Madrid,

e regressou a Portugal em

1979. “A partir daí, deixei de

ser uma pessoa de projetos.

Como o meu pai costuma

dizer, não sei se fi z tudo aquilo

de que gostei ou se gostei

MARIA JOSÉ

NOGUEIRA PINTO

tinha três

fi lhos e foi avó

pela quinta vez

há dois meses,

quando já lutava

contra um

cancro

no pâncreas

A coragem

de uma

mulher

incansável,

que

trabalhou

até ao limite

das suas

forças

de tudo o que fi z. Na minha vida,

tudo fez sentido”, reconhece na

mesma entrevista. Em criança

queria ser artista de circo, mas

foi na política que se destacou,

primeiro como deputada do

CDS/PP e, desde 2009, do PSD,

como independente. Há cinco

meses, descobriu que tinha um

cancro no pâncreas. Três meses

depois, foi avó pela quinta vez

e fi cou em êxtase por ainda ter

podido ir a Madrid conhecer o

pequeno Jaime. Sabia que o

prognóstico não era bom, mas

nunca baixou os braços. Manteve

a mesma coragem, não faltava

a uma sessão no Parlamento e,

apesar de muito magra e debilitada,

não abdicou da participação

nos habituais comentários da

SIC Notícias. Quis manter até

ao último minuto a normalidade

na sua vida. Católica praticante

– Jesus Cristo era a personalidade

que mais admirava –, tinha

uma fé inabalável e entregou-se

sem temer nas mãos de Deus.

Viveu até ao limite das suas forças.

Morreu na sua casa, em Lisboa,

na tarde do dia 6 de julho, aos

59 anos. ■

texto Natália Ribeiro (nribeio@lux.iol.pt)

fotos Arquivo Lux


“Na minha

vida, tudo fez

sentido„

Maria José Nogueira

Pinto, à revista

LuxWoman, em junho

de 2004

Em cima, a deputada

com o marido, Jaime

Nogueira Pinto,

e, à esquerda, com

a mãe, Maria José Pinto

da Cunha, e as irmãs,

Assunção e Maria

João Avillez


Em cima, imagem de arquivo de Maria José Nogueira Pinto, e os amigos e familiares que acorreram

para lhe prestar a última homenagem. Em baixo, Rosalina Machado com Miguel Beleza, Maria de Belém,

José Pacheco Pereira, José Ribeiro e Castro, e Pedro Mota Soares, ministro da Segurança Social

Amigos e familiares despedem-se de MARIA JOSÉ NOGUEIRA PINTO

na capela da residência da deputada, no Campo Grande, em Lisboa

“Sabia a doença que tinha e tentou fazer até ao último

minuto exatamente o que fazia antes„ José Pacheco Pereira

Poucas horas após a

sua morte, o corpo de

Maria José Nogueira

Pinto fi cou em câmara

ardente na capela da

sua residência, no Campo Grande.

Por lá passaram dezenas de fi guras

de diferentes quadrantes políticos,

que quiseram prestar uma última

homenagem a uma pessoa por todos

recordada como uma mulher

de causas e de fortes convicções.

A emoção marcou a missa de corpo

presente, marcada para as 22h,

e que decorreu ao som de fado,

o género musical preferido da

deputada. No dia a seguir à sua

morte, realizaram-se mais duas

missas, antes de o corpo seguir

para o Cemitério das Caldas da

Rainha, onde tinha raízes familiares.

Numa mensagem de condolências

à família, o Presidente

da República, Aníbal Cavaco Silva,

destacou “a personalidade marcante”

de Maria José Nogueira

Pinto: “Tinha como valores de vida

o amor por Portugal e a crença

profunda no papel insubstituível

da Família como célula essencial

de uma sociedade justa.” Abatido

com a morte da deputada, o


Em cima, D. Isabel de Bragança, Fátima Campos Ferreira e Manuel Rocha,

e Isabel Alçada com Rui Vilar. À esquerda, Vasco Pereira Coutinho,

e Maria de Jesus Barroso. Em baixo, Aníbal e Maria Cavaco Silva

“Vamos relembrar o seu exemplo e a sua

maneira de estar„ D. Isabel de Bragança

“Tinha grande consideração por ela,

como cidadã responsável e defensora

corajosa das suas ideias„ Maria de Jesus Barroso


Em cima, Jorge e Maria da Assunção Jardim

Gonçalves, Isabel Galriça Neto, Francisco

van Zeller, e Eduardo e Vera Pinto Basto.

Em baixo, a coroa de fl ores enviada pelo

Presidente da República. À direita,

Cristina Castel-Branco e José Miguel Júdice

deputado e antigo presidente do

CDS-PP José Ribeiro e Castro disse:

“É uma grande perda. Foi um

exemplo e uma inspiração para

todos nós a forma como viveu,

nestes últimos meses, o destino

que lhe estava marcado.” Embora

a morte de Maria José Nogueira

Pinto fosse algo esperado, Maria

de Belém, lembrava ser “sempre

muito chocante o desaparecimento

precoce de uma pessoa que

faz falta, em primeiro lugar, à sua

família.” Amigo de longa data,

José Pacheco Pereira falou emocionado

à SIC Notícias: “Tentou

fazer até ao último minuto exatamente

o que fazia antes. Não é

muito comum esta coragem que

ela tinha face à morte.” ■

texto Nair Coelho (ncoelho@lux.iol.pt)

fotos Salvador Esteves e Arquivo Lux

“Tive o

privilégio de

estar com ela

até ao fi nal„

Isabel Galriça Neto


Uma semana após o

funeral de Angélico

Vieira, que perdeu

a vida na sequência

de um aparatoso

acidente de viação na A1, no

passado dia 25 de junho, Rita

Pereira continua inconsolável.

Justifi ca a dor um amor vivido

no passado, o qual, sabe-se

agora, se mantinha no presente.

A atriz e o cantor namoraram

durante cinco anos e nunca es-

queceram o que viveram juntos.

Agora, Rita e Angélico tinham

mesmo voltado a aproximar-se,

na tentativa de dar

uma segunda oportunidade

ao amor que ainda sentiriam

um pelo outro. No mês que

antecedeu a morte trágica

do cantor, estiveram juntos algumas

vezes e trocaram telefonemas.

De acordo com o tio e

padrinho de Angélico, Norberto

Angélico, a família do cantor

Na missa de sétimo dia,

RITA PEREIRA chora a morte de

ANGÉLICO VIEIRA, com quem tinha

secretamente reatado o namoro,

um mês antes do trágico acidente

“Ele sabia como

era importante

para mim„

Muitos acreditavam que Rita e Angélico nunca tinham deixado de se amar e a família do cantor considerava-os

um casal perfeito. Uma das últimas aparições enquanto namorados foi no fi nal de 2008 (em cima)

não esconde que gostaria

de voltar a vê-los juntos, mas

o destino não lhes deu tempo.

Na missa de sétimo dia, em

homenagem ao cantor, que

se realizou na Igreja de Nossa

Senhora de Fátima, no Laranjeiro,

Rita Pereira voltou a

juntar-se aos pais e a outros

familiares de Angélico Vieira,

à semelhança do que aconteceu

no funeral. Chegou acompanhada

por Filipe Terruta

e visivelmente abatida. “Aqueles

que amamos nunca morrem,

apenas partem antes de nós”,

lia-se no cartão distribuído no

fi nal da missa, durante a qual

os mais próximos do cantor e

ator não conseguiram evitar

as lágrimas.

Em silêncio desde o dia em que o

ex-namorado sofreu o acidente,

Rita Pereira partilhou, através de

um comunicado, a sua tristeza

e a sua angústia. “É de coração


partido que digo hoje adeus ao

meu querido amigo Angélico.

Sei que ele sabia como era importante

para mim e quanto o

seu amor e a sua amizade me

mudaram para sempre.” No

mesmo texto, a atriz acrescenta:

“A todos os fãs do Angélico,

desejo apenas que encontrem

forças para ultrapassar estes

momentos difíceis, agarrandose

como eu à memória do sorriso

e da voz doce deste homem

tão especial.” ■

texto Nair Coelho (ncoelho@lux.iol.pt)

fotos Salvador Esteves e Tiago Frazão

Desde a morte do ex-namorado,

Rita Pereira não voltou

a sorrir e tem-se refugiado junto

dos amigos. A Lux sabe

que no mês anterior à tragédia,

a atriz e o cantor tinham

reatado o namoro

“A sua amizade

e o seu amor

mudaram-me

para sempre„


panorama

O carro

mais caro

do mundo

Custa 1,6 milhões de euros,

mas não houve, no entanto,

difi culdade em encontrar

quem estivesse disposto

a pagá-los. O comprador,

um magnata dos Emirados

Árabes Unidos, parece não ter resistido àquele que é já

considerado o carro desportivo mais caro do mundo.

Pormenores ímpares de porcelana, como as tampas

do combustível e do óleo, os emblemas das rodas, o painel

e um prato na consola central, bem como a potência

do seu motor, que atinge os 400 km/hora, fazem do novo

Bugatti L’Or Blanc o sonho de qualquer amante de automóveis.

D.R.

AP

Reuters

Fuga insólita

Foi de forma inusitada

que uma mulher

tentou ajudar

o namorado a fugir

da prisão.

Tudo aconteceu

no México, durante

uma visita conjugal

da qual Maria del Mar

Arjona, de 19 anos,

tentou sair com uma mala

de viagem preta.

Abordada pelos

guardas, a namorada

de Juan Ramirez

Tijerina foi obrigada

a abrir a ‘preciosa’

bagagem,

que transportava

o preso em posição

fetal. Apesar de insólita,

a fuga só não passou

despercebida

aos guardas prisionais

porque Maria mostrava

muita difi culdade

em arrastar a mala.


Família de milionário

fora do testamento

Tempestade

de areia

Embora este tipo

de tempestade

seja muito comum

no Arizona, a que

atingiu na passada

semana esta região

causou o caos

em Phoenix, EUA.

Apesar de não haver

registo de vítimas,

os ventos, que

ultrapassaram

os 130 km/hora,

afetaram mais de 10 mil

pessoas, que fi caram

sem eletricidade

em casa. Vários

acidentes de viação

foram registados,

devido à fraca

visibilidade

e o aeroporto

de Phoenix teve de ser

encerrado durante

cerca de uma hora

e meia, causando

atrasos em vários voos.

Estava casado há 55 anos com Lady Anne Tennant, no entanto,

foi ao assistente pessoal e motorista, Kent Adonai, que Lord

Glenconner, o milionário escocês que morreu em agosto

de 2010, aos 83 anos, vítima de cancro, deixou toda a sua

fortuna. Nesta inclui-se a mítica ilha caribenha de Mustique e

tudo o que ela contém, perfazendo um total de largos milhões

de euros. A notícia foi recebida com grande surpresa pela família

do milionário, que não herdou nem um tostão.

Gtres on line

DESTAQUES TV

“MASTERCHEF”

RTP1, sábado, 9, 21h

Apresentado por Sílvia Alberto,

“Masterchef” é a maior competição

de culinária alguma vez realizada

em Portugal. Ao longo

da temporada, os candidatos

a chef de cozinha profi ssional

são colocados perante vários

desafi os, pensados para pôr

à prova o seu paladar e avaliar

a técnica e a paixão com que

cozinham. À medida que vão

sendo eliminados, a pressão

aumenta. No fi nal, só um vai

ser eleito o primeiro ‘Masterchef’

português.

“REBELDE

WAY”

SIC, de

segunda-feira

a domingo,

08h30 e 10h

A telenovela juvenil da SIC, que

foi emitida em 2008 e 2009, está

em reposição. Pedro, Mia, Lisa

e Manuel são os protagonistas

de uma história que conta as

aventuras do dia-a-dia destes

jovens, num colégio interno

conservador, onde não faltam

paixões e segredos.

“REMÉDIO

SANTO”

TVI, de segunda-

-feira a sábado,

21h30

Há 30 anos, Violante

estava de casamento

marcado com o ambicioso

Daniel, inconformado

com a pobre vida que tinha.

Sequioso de ascensão social,

Daniel não hesitou em trocar a

namorada pobre e que esperava

um fi lho seu pela milionária

Eugénia Monforte. Eugénia e

Violante eram amigas e a traição

aconteceu da pior maneira

possível: no dia do casamento,

Daniel fugiu com Eugénia,

deixando Violante no altar.

“CSI – 11ª TEMPORADA”

AXN, terça-feira, 12, 22h25

A 11ª temporada desta série,

que relata o dia-a-dia de uma

equipa de agentes policiais e

investigadores forenses em

busca da verdade, conta com a

participação especial da estrela

pop canadiana Justin Bieber,

no papel de Jason McCann, um

adolescente problemático que

tem de tomar uma difícil decisão

acerca do seu único irmão.

“ROCKEFELLER 30”

RTP2, terça-feira, 12, 01h

Esta série cómica norte-americana

passa-se nos atribulados

bastidores de um programa

de televisão, exibido

ao vivo. As histórias são contadas

através das piadas de

Tina Fey, cuja personagem

vê o seu programa virado do

avesso devido a Alec Baldwin,

no papel de Jack Donaghy,

o precipitado e intrometido

novo executivo do canal.

“A CASA

DAS SETE

MULHERES”

TV GLOBO,

quarta-feira,

13, 15h55

Baseada na obra homónima da

escritora Leticia Wierzchowski,

esta minissérie narra a trajetória

de personagens reais e fi ctícias,

durante a Revolução Farroupilha

– movimento separatista

ocorrido na então província

de Rio Grande, no século

XIX. A guerra em “A Casa

das Sete Mulheres” é vista

por uma perspetiva diferente:

a das mulheres que, perdendo

os seus homens para

a batalha, precisam de esperar

pelo regresso definitivo

de maridos, fi lhos, tios,

sobrinhos, primos e irmãos.

Enquanto isso, descobrem, ao

mesmo tempo, o amor e a dor

da solidão, das perdas e das

separações.


Home Nacional Internacional Moda e Beleza Destinos Culinária Decoração Casamentos Criança Saúde Signos

RITA PEREIRA E ANGÉLICO: UM AMOR PARA SEMPRE

Recorde o namoro de Rita Pereira e Angélico Vieira

em imagens que ilustram bem o sentimento que, durante

cinco anos, uniu o casal, que chegou a morar junto.

TOP 5 as mais votadas da semana

1

2

3

4

5

FAMÍLIA E AMIGOS

NA MISSA

DE SÉTIMO DIA

DE ANGÉLICO

Tristeza e pesar em mais

uma homenagem ao

modelo, cantor e ator.

CASAMENTO

DE ALBERTO II

DO MÓNACO

E CHARLENE

Todas as fotos da

majestosa cerimónia

religiosa do Mónaco.

SÓNIA BRAZÃO

COMEÇA A

RECUPERAR

“A cicatrização

corre de forma

positiva”, garante

o assessor da atriz.

KATE MOSS E JAMIE

HINCE TROCAM

ALIANÇAS

A manequim,

de 37 anos, e o cantor,

de 42, casaram-se

numa capela inglesa.

UMA LISTA

DE PRETENDENTES

PARA PIPPA

MIDDLETON

James Blunt e Pierre

Sarkozy encabeçam

tabela da revista Tatler.

OS VÍDEOS MAIS POPULARES DA SEMANA

Conheça a nova namorada do príncipe Harry de Inglaterra,

a modelo Florence Brudenel-Bruce, que, segundo o jornal

The Sun, é sua prima em oitavo grau. Surpreenda-se

ainda com o ataque a Sarkozy no sudoeste de França.

GLAMOUR

DOS DESFILES

DE ALTA COSTURA

INVADE PARIS

Acompanhe as últimas

coleções dos maiores

criadores da atualidade

em Lux.pt.

SINAIS DOS TEMPOS:

NOIVAS PLEBEIAS EM

CASAMENTOS REAIS

Os momentos mais

marcantes das cerimónias que

transformaram plebeias em

princesas de contos de fadas.


Em cima, Tristane Banon, a jornalista

francesa que apresentou queixa

contra o ex-diretor do FMI,

e este com a mulher, Anne Sinclair,

que sempre se manteve a seu lado

TRISTANE BANON apresenta

queixa em tribunal contra

DOMINIQUE STRAUSS-KAHN

“A única forma de não desabar é fazer com

que a justiça reconheça que a vítima sou eu„

No mesmo dia em que o New York

Post assegurava que os procuradores

do Ministério Público vão deixar

cair todas as acusações contra Dominique

Strauss-Kahn, por falta de credibilidade

da testemunha principal – a camareira do

hotel que se declarou vítima de violação –,

um novo processo era movido contra o ex-dirigente

do FMI. De acordo com o que já tinha

sido noticiado, em 2003 Strauss-Kahn tentou,

alegadamente, violar Tristane Banon durante

uma entrevista. A jornalista e escritora não

apresentou queixa, mas decidiu fazê-lo agora,

para “acabar com o inferno” em que vive há

oito anos. “A única forma de seguir em frente,

de não desabar por completo, é fazer com que

a justiça reconheça que a vítima sou eu”, decla-

rou Tristane, em entrevista ao semanário francês

L’Express, onde a jornalista afi rma mesmo

que outros membros do PS francês sabiam

desta tentativa de violação, mas lhe recomendaram

que esquecesse o caso. Posição que

seguiu até agora. “Ver Strauss-Kahn livre, a

jantar em restaurantes de luxo entre amigos,

põe-me doente”, referiu. Já em liberdade,

o ex-dirigente do FMI aguarda os novos desenvolvimentos

do processo em que é acusado

de violar uma empregada de hotel, a

qual, segundo o New York Post, tinha vários

esquemas em que recebia dinheiro de hóspedes

em troca de favores sexuais. Strauss-

-Kahn pondera, agora, uma ação legal contra

Banon, por difamação. ■

fotos Gtres on line e Reuters


Mulher de FÁBIO COENTRÃO

feliz com ida para Espanha.

Real Madrid paga 30 milhões

de euros pelo jogador

“Mudava-me com ele

nem que fosse para a

China„ Andreia Santos

Fábio Coentrão com a mulher, Andreia Santos,

que tem sido um grande apoio para o jogador

O

Real Madrid pagou

30 milhões de euros

por Fábio Coentrão,

de 23 anos, por cinco

épocas, e a mulher

do jogador, Andreia Santos,

já fez saber que o craque não

irá sozinho para a capital

espanhola. “O Fábio adora o

Benfi ca, mas nunca escondeu

que gostava de ir para outro

clube estrangeiro. Eu e a nossa

fi lha, Vitória, vamos com ele”,

assegura a mulher do craque,

que está preparada para se

mudar para Madrid.

O Chelsea também esteve

interessado no jogador, mas

Andreia, de 27 anos, revela

que não tinha particular preferência

por Londres: “Era-me

indiferente, estava preparada

para qualquer desfecho. O que

for bom para ele é bom para

mim e para a nossa fi lha. Não

me importo de mudar, mudava-me

com ele nem que fosse

para a China.”

Apesar de não ter clubes de

eleição, a jovem afi rma que,

se fosse pelo clima, a escolha

recairia sobre o país vizinho: “Se

formos a pôr as coisas nesses

termos, então prefi ro Espanha.”

Entretanto, Andreia não esconde

que o jogador passou por momentos

de ansiedade: “É claro

que ele estava ansioso, por causa

de toda esta indecisão, que se

arrastou durante algum tempo.

Eu estive sempre calma e dei-lhe

todo o meu apoio.”

A distância da restante família

também não é um obstáculo:


“Numa hora estamos em Portugal,

isso não é problema, podemos

visitar a família quando

quisermos e vice-versa, porque

a distância não é assim tanta.”

Quem ajudou a descomprimir

de todo este processo de transferência

foi a fi lha do casal,

Vitória, que faz 1 ano no dia 9.

“Ela está enorme e já começou

a falar, diz ‘olá’ e ‘mamã’”, conta,

visivelmente orgulhosa, Andreia

que já recuperou a forma física

depois de ter sido mãe, exibindo

uma fi gura invejável.

Poucos dias antes de assinar

contrato pelo Real Madrid, Fábio

Coentrão esteve na sua cidade

natal, Vila do Conde, para inaugurar

o seu próprio espaço

noturno, o Seca Bar, no sábado,

dia 2. Nessa noite, Fábio contou

com o apoio da mulher, dos pais,

Josefi na e Bernardino Coentrão,

e de alguns amigos, como

o jogador Fábio Faria e o presidente

da Câmara de Vila do

Conde, Mário Almeida. ■

texto Andreia Caturna Martins

fotos Fernando Castro

“É claro que ele

estava ansioso,

por causa

de toda esta

indecisão,

que se arrastou

durante algum

tempo. Eu estive

sempre calma

e dei-lhe todo

o meu apoio„

Andreia Santos

O jogador inaugurou

o Seca Bar, em Vila

do Conde, dias antes

de assinar o contrato

milionário com

o clube madrileno


Atriz encontra-se estável,

após sofrer de “anemia forte”

SÓNIA BRAZÃO

não se lembra

do acidente

Agente de Sónia Brazão garante que a família da atriz ainda

não foi contactada pela Polícia Judiciária, mas aguarda que

isso aconteça. Em cima, a Unidade de Queimados de São José

“ Segundo sei, a Sónia não

se lembra bem do que

aconteceu, do momento

do acidente”, começa por

revelar à Lux Ricardo Azedo,

assessor de Sónia Brazão.

A atriz está há pouco mais de um

mês internada no Hospital de

São José, em Lisboa, onde tem

recebido as visitas do irmão e

da mãe, com quem vai falando

e sabendo novidades do exterior.

Numa dessas conversas, Maria

Nelsa Fonseca percebeu que a fi -

lha não tinha noção da gravidade

do acidente que sofreu. “Ela perguntou

pela gata. A mãe disse-

-lhe para não se preocupar, porque

estava com ela. Depois, a

Sónia disse à mãe para ir buscar

as coisas da gata a sua casa

[da atriz]. O que mostra que

ela não tem noção do estado

em que o apartamento fi cou”,

alega Azedo. No dia 3 de junho,

uma violenta explosão de gás

deixou a casa da atriz, em Algés,

destruída, sem recheio nem

paredes, interiores e exteriores.

Sónia Brazão sofreu queimaduras

de segundo e terceiro graus em

90% do corpo. A atriz, que tem

sido acompanhada por uma psicóloga

e um fi sioterapeuta, continua

com prognóstico reservado,

mas apresenta “algumas melhoras”

e, segundo confi dencia

uma amiga à Lux, “até já deu uns

passinhos”. “Mas ainda é tudo

muito incerto, pois há uns dias

teve uma anemia forte e teve

de ser, temporariamente, ligada

ao ventilador”, acrescenta

a mesma fonte, que pediu

anonimato. ■

fotos Arquivo Lux


7 dias

Carlos Cruz foi operado

de urgência. Após

várias consultas numa

clínica dentária em Lisboa,

o ex-apresentador

acabou por ter de

ser submetido a uma

intervenção cirúrgica

às gengivas. Complicações

em três dentes estiveram na causa das

fortes dores sentidas por Carlos Cruz. A cirurgia

aconteceu numa semana emotiva: dias

antes, assinou o processo de divórcio de Raquel

Rocheta, com quem esteve casado 11

anos e com quem tem uma fi lha, Mariana,

de 8, e soube que a fi lha mais velha, Marta,

tirou nota máxima na apresentação da tese

fi nal do curso de Jornalismo. A tese tinha

como tema o processo Casa Pia, pelo qual foi

condenado a sete anos de prisão.

Ewan McGregor é

pai de mais uma fi lha

adotiva. Foi durante

uma entrevista ao

New York Post que

o ator, de 40 anos,

deixou escapar que,

em março deste ano,

ele e a mulher, Eve

Mavrakis, receberam um novo membro na

família. O bebé, cuja nacionalidade não é

conhecida, veio juntar-se à fi lha biológica do

casal, Clara, de 15 anos, e às gémeas adotadas,

Esther e Jamiyan, que nasceram há nove

anos, na Mongólia. Ewan McGregor contou

aos jornalistas que faz questão de ter a mulher

e as fi lhas por perto mesmo quando está a

fi lmar: “A minha mulher e as quatro meninas

vêm ter comigo sempre que há um feriado

e quando as agendas coincidem.”

Ortega Cano, que

está livre de perigo,

fi cou desolado com

a notícia da morte do

homem que conduzia

a viatura na qual

embateu. O conhecido

toureiro espanhol

sofreu um terrível

acidente no dia 28 de maio e só mais

de um mês depois é que deixou a unidade

dos Cuidados Intensivos do Hospital Virgem

Macarena de Sevilha. Agora, já livre de perigo,

o toureiro foi confrontado com a morte

de Carlos Parra, de 48 anos, o condutor

do veículo em que embateu, o qual, por

sinal, até conhecia. O toureiro, que circulava

sob o efeito de álcool, fi cou, segundo

fontes familiares,“tristíssimo e desolado”

com o sucedido.

Denise Richards

adotou uma menina.

A notícia foi confi rmada

pelo porta-

-voz da atriz ao site

da revista US Weekly.

Denise, de 40 anos,

escolheu para a sua

nova fi lha o nome da

mãe, Eloise Joni, que morreu de cancro em

2007. Recorde-se que a atriz é mãe de duas

outras meninas, Sam, de 7 anos, e Lola, de 5,

fruto do seu conturbado casamento com o

ator Charlie Sheen. “Denise e as irmãs mais

velhas de Eloise não poderiam estar mais

contentes”, assegura o representante da atriz.

Barack Obama foi

dado como morto

na rede social Twitter.

O anúncio da morte

do Presidente dos

Estados Unidos da

América na página

da Fox News no Twitter,

na madrugada de

dia 4, deixou perplexos os seus mais de 33

mil seguidores. Foram publicados cerca de

seis posts com a notícia do assassínio do Presidente.

O primeiro dizia: “Barack Obama acabou

de morrer, o Presidente está morto. Um

4 de julho triste. Barack Obama morreu.” Um

dos últimos era ainda mais pormenorizado:

“Notícia de última hora. Presidente Barack

Obama assassinado, dois tiros de caçadeira

e não resistiu aos ferimentos.” Felizmente,

tudo não passou de um lamentável ataque

por parte de hackers, que piratearam o Twitter

da Fox News, a qual ainda não se pronunciou

sobre o sucedido.

Orsi Fehér está satisfeita

por o braço de

ferro entre a sua família

e a companhia de

Seguros Fidelidade-

-Mundial estar prestes

a terminar. O Supremo

Tribunal de Justiça

condenou a seguradora

a indemnizar a família de Miklós Fehér,

que morreu em 2004. O tribunal chegou

à conclusão de que a morte do jogador

húngaro, que sofreu uma paragem cardíaca

durante um jogo, se tratou de um acidente

de trabalho, ao contrário do que a seguradora

defendia. Uma decisão pioneira em Portugal,

uma vez que, até agora, mortes por paragem

cardíaca durante a atividade desportiva não

eram consideradas acidente de trabalho.

Os pais do jogador vão receber 77 mil euros

anuais até ao fi m da vida.

Mel Gibson e Robyn

Moore estão fi nalmente

de acordo em relação

ao divórcio. Mais

de dois anos depois

da separação ofi cial,

o ator e a ex-mulher

entenderam-se quanto

às condições do divórcio,

que deve concretizar-se ofi cialmente

no fi nal do próximo mês. Gibson e Moore

estiveram casados 28 anos e têm sete fi lhos.

A fortuna pessoal do ator, de 55 anos, está

avaliada em mais de 550 milhões de euros,

sem esquecer que é ainda proprietário de casas

em Malibu, Los Angeles, nas ilhas Fidji e de

um rancho na Costa Rica. Segundo as leis do

Estado da Califórnia, nos EUA, e uma vez que

não há qualquer acordo pré-nupcial, o casal

tem de dividir os bens equitativamente.

Jonathan Rhys

Meyers foi hospitalizado

após tentar suicidar-se

com comprimidos.

Segundo o jornal

britânico The Sun,

depois de terem recebido

um telefonema,

os paramédicos encontraram

o ator, de 33 anos, caído no chão.

Ao fi m de 30 minutos a tentar convencer

Meyers a ser observado, foram obrigados

a chamar a polícia. A estrela da série televisiva

“Os Tudors”, que há muito luta contra

a dependência de álcool e droga, acabou

por ser transportada para um hospital de

Londres. O ator já teve alta e não quis fazer

qualquer comentário.

David Duchovny

e Téa Leoni estão

de novo separados.

Casados há 14 anos

e com dois fi lhos em

comum, Madelaine,

de 12 anos, e Kyd, de

9, já não é a primeira

vez que David Duchovny,

de 50 anos, e Téa Leoni, de 45, se separam.

A última tinha acontecido em 2008, depois

de o ator ter, alegadamente, encontrado

uma troca de mensagens de carácter

íntimo entre a mulher e Billy Bob Thornton (‘ex‘

de Angelina Jolie), com quem Téa namorou

no passado. Depois surgiram os problemas de

Duchovny, que confessou ser viciado em sexo,

tendo sido mesmo internado numa clínica de

reabilitação. Agora, segundo um jornal norte-

-americano, a estrela da série “Californication”

e a mulher voltaram a separar-se. Só

não se sabe se desta é de vez.


Diana Pereira e Tiago Monteiro

passaram um fi m de

semana, no Porto, muito

preenchido. Na sexta-feira, no

restaurante Buhle, foi lançado o

terceiro livro infantil de Diana e

do seu irmão, Alexandre Pereira,

intitulado “Tiaguinho Conduz em

Segurança”. No sábado, Tiago

Monteiro participou no Circuito

da Boavista, classifi cando-se em

3º lugar na eliminatória e em 4º no

ranking fi nal. Foi Tiago Monteiro

que inspirou a personagem do

livro, que sucede a “O Carrossel

das Cores” e “O Livro das Vogais”.

Os lucros das edições, todos com

uma componente pedagógica,

têm revertido a favor de uma causa

solidária. E Diana parece cada

vez mais entusiasmada no papel

de autora de livros infantis. “Desde

A manequim e o piloto passam

fi m de semana em família no Porto,

ao lado dos fi lhos, MEL e NOAH

DIANA PEREIRA lança

livro infantil inspirado

na vida do marido,

TIAGO MONTEIRO

À esquerda, Tiago Monteiro e Diana Pereira no dia da

apresentação do livro. Em baixo, o piloto e a manequim

com os fi lhos, Noah e Mel, durante o Circuito da Boavista

que a Mel nasceu e que comecei

a contar-lhe histórias, percebi

que eles são esponjas, absorvem

tudo, é impressionante!”, confessa

à Lux. Neste momento, e sempre

com ilustrações do irmão, já tem

mais dois livros prontos, um dos

quais deverá sair ainda este ano,

na altura do Natal. “Desde que

começámos, temos tido uma

aceitação tão boa, por parte das

crianças e dos pais, que, realmente,

nos motiva para continuar”, diz.

Quanto à sua classifi cação, Tiago

Monteiro avança, com um sorriso:

“A família é seguidora, faz questão

de estar a apoiar e é muito

gratifi cante. O carro não estava

nas melhores condições, mas

é a prova de que a qualidade

do piloto também conta.” ■

fotos Cristina Pinto e Pinto e Fernando Castro


JOANA PRATAS,

de 29 anos,

e JOÃO NÁPOLES

DE CARVALHO,

de 35, casam-se

no Mosteiro de

S. João de Tarouca,

no Douro

“É um dia feliz,

mas muito

stressante„

Joana

À esquerda, Joana Pratas,

a chegar pela mão do pai, João

António Pratas.

À direita, Margarida Sousa Uva,

mulher de Durão Barroso

e prima dos pais do noivo.

Em baixo, à esquerda,

o noivo com a avó, Eduarda

Oliveira Figueiredo, e os noivos

no altar, já com as alianças


Ao fi m de ano e meio de

namoro, Joana Pratas

e João Nápoles de

Carvalho casaram-se

no Mosteiro de S.

João de Tarouca, no Douro,

no passado dia 18 de junho,

pelas 16h. A cerimónia foi testemunhada

por 133 convidados,

que no fi nal se juntaram à

consultora de comunicação e

ao agricultor, na Casa de Santo

António de Britiande, propriedade

dos padrinhos de João,

onde se realizou o copo d’água.

Já casados, os noivos seguiram

num Porsche Carrera 2 vintage

preto. “É um dia muito feliz, mas

muito stressante”, desabafou a

noiva, já depois do enlace. Ainda

assim, no meio de um turbilhão

de emoções, manteve-se mais

tranquila do que esperava. “Foi

calmo”, confessou a consultora

de comunicação, de 29 anos.

“Eu achava que ia estar muito

mais nervosa e, afi nal, estive

tranquila. Claro que, na entrada,

durante os primeiros minutos, estava

a palpitar, bastante nervosa.

Mas depois acho que acalmei,

a parte do ‘sim’ não foi difícil, a

parte das alianças também não.”

Por seu turno, o agricultor, de 35

anos, sentiu alguma ansiedade.

“A entrada da noiva na igreja é

que mexeu um bocado comigo”,

confi denciou, acrescentando as

razões para tal: “Ela está linda,

com um vestido bonito, muito

bem maquilhada... Eu acho que,

no meio disto tudo, a pessoa em

si é que torna tudo mais bonito,”

Para um dia inesquecível, Joana

Pratas idealizou o seu próprio

vestido, que foi executado pelo

atelier A Bela Noiva, e o véu que

usou tem um signifi cado especial,

uma vez que foi usado pela

mãe do noivo no seu próprio

“Achava que ia

estar muito mais

nervosa e estive

tranquila„ Joana

À saída da igreja, os noivos

foram saudados com arroz

e pétalas de rosa


Em cima, João e Joana com os pais da noiva, Maria Teresa e João António

Pratas. À esquerda, a irmã do noivo, Margarida Nápoles de Carvalho,

com o marido, Pedro Cruz. Em baixo, os noivos com os pais de João,

Branca Maria e Pedro Nápoles de Carvalho

“Adoro os olhos do João. Estou deserta por ter

netos de olhos azuis! Ainda não sou avó,

é o primeiro fi lho que casa„ Maria Teresa Pratas, mãe da noiva


casamento. A noiva usou ainda

outras peças de família: o anel

de noivado, que pertencia à avó

de João, e um alfi nete de ouro,

prata e minas brancas que era

da sua mãe. Os noivos optaram

por alianças de ouro tradicionais.

À Lux, Joana Pratas e João

Nápoles de Carvalho revelaram

que não terão apenas uma

lua-de-mel, mas duas. “Agora

vamos dez dias para Itália,

mas a seguir à vindima, lá para

novembro, vamos fazer uma

viagem maior. Estamos a pensar

no Rio de Janeiro, Búzios...

Acho que é aí que a Joana vai

engravidar”, gracejou o noivo. ■

texto Rodrigo Ferreira fotos António Pedrosa

Em cima, à esquerda, os noivos ladeados pelos irmãos da noiva, o irmão gémeo,

João Luís Pratas, com a namorada, Ana Sofi a Lourenço, e o irmão mais velho,

João Miguel Pratas. Ainda em cima, pormenores do vestido e do bouquet da noiva.

Ao lado, Ana Maria e António Carlos Pinto Ribeiro, o padrinho do noivo

“A entrada da noiva na igreja é que mexeu

um bocado comigo„ João


destino lux

fotos D.R.

Bill & Coo Suites

and Lounge – Mykonos, Grécia

Uma ode

ao hedonismo

num cenário ímpar

Junto à praia Megali Ammos, em Mykonos, este hotel faz as delícias de quem gosta de aproveitar o que a vida tem de melhor.

Com acomodações únicas, o conforto e o bom gosto, o tradicional e o contemporâneo destacam-se na hora de o descrever


guia de viagem

Local da batalha travada entre

Zeus e os Gigantes, de acordo

com a mitologia grega, Mykonos

é o destino ideal para

quem gosta de tirar partido

dos grandes privilégios da

vida. Erguida sobre o mar

Egeu, morno e cristalino, e

rodeada de uma paisagem

única, esta ilha grega situada

no arquipélago das Cíclades

atrai pela sua beleza natural

e pelo ambiente cosmopolita.

Numa ode a tudo o que

Mykonos tem de melhor, o

Bill & Coo Suites and Lounge

é quase uma homenagem

ao hedonismo. Reconhecido

pelos seus altos padrões de

conforto e membro da cadeia

Small Luxury Hotels of the

World, o hotel surpreende

pela fantástica localização

e pelo ambiente acolhedor.

Neste espaço exclusivo, que

se situa a dez minutos a pé da

cidade de Mykonos e a 3 km

do aeroporto, presenteie-se

com um pôr-do-sol único,

à beira da piscina, enquanto

bebe um cocktail num cenário

de cortar a respiração.

As 24 luxuosas suites deste

hotel de charme enquadram-

-se na estética minimalista e

obedecem a um design con-

temporâneo de origem coreana.

Com o branco como tom

predominante do espaço, cada

suite tem pinceladas de cor

que garantem um ambiente

romântico e inigualável. Algumas

suites têm um terraço

espaçoso com jacuzzi exterior

virado para o mar e outras

têm piscina exterior privada,

com uma área de refeições. Na

verdade, nada foi deixado ao

acaso no Bill & Coo Suites and

Lounge. Muito menos a cozinha.

O restaurante gourmet

é orientado pelo chef número

um da ilha e oferece uma

cozinha mediterrânica criati-

va, feita à base de produtos

sazonais oriundos do mar

e das terras de Mykonos. Durante

os meses mais concorridos

do ano, o bar da piscina

conta com nomes sonantes de

barmans internacionais, que

animam as noites do hotel.

Preços: O hotel tem vários tipos

de suites, a partir de €495,

com pequeno-almoço incluído.

Como ir: A Aegean Airlines tem

voos de Lisboa para Mykonos

a partir de €425 por pessoa,

ida e volta.

Contactos:

www.bill-coo-hotel.com

e Tel. (+30) 228 9026292


sinta-se bem

BOAS VIBRAÇÕES

A única plataforma

vibratória com

certifi cação médica,

Power Plate ajuda

a prevenir quedas,

através da melhoria

do equilíbrio,

aumenta a força e a

potência muscular,

auxilia na redução

da celulite, na perda

de peso, na melhoria

da fl exibilidade

e da mobilidade,

no fortalecimento

ósseo e na melhoria

da circulação e da

função cardiovascular.

O resultado

é uma qualidade

de vida

e uma condição

física melhores.

CELULITE AVANÇADA? JÁ ERA!

O especialista Cellulase Gold lança o creme Advanced,

para acabar com a celulite avançada. Um produto que reduz

a acumulação

de gordura localizada,

drena e melhora

a microcirculação,

ativando a ação

antioxidante e reduzindo

a retenção de líquidos.

À venda nas lojas Well’s

com 10% de desconto

em cartão Continente,

válido até ao dia

31 de julho.

BRONZEADO JOVEM

Se a exposição ao sol lhe oferece um

efeito bronzeado, pode também provocar

o envelhecimento da pele. O Expert

Bronzage, dos Laboratórios Forté Pharma,

melhora e prolonga o bronzeado,

lutando contra o fotoenvelhecimento

e regenerando a pele através dos seus

ingredientes hidratantes. À venda nas lojas

Well’s com 10% de desconto em cartão

Continente, válido até ao dia 31 de julho.

BATALHA CONTRA OS FUNGOS

Os fungos nos pés e mãos

desenvolvem-se com rapidez,

mas demoram a desaparecer.

Isto quando não voltam para

fazer mais estragos. A Livewell

visa eliminar os fungos com o

tratamento Formatk que, através

de luz pulsada, permite

resultados mais efi cazes

e um maior grau de conforto. As

sessões, de cerca de 20 minutos,

são realizadas semanalmente.

Fim de semana

revigorante

Regra geral, passa-se

a semana a sonhar com

o fi m de semana seguinte.

Agora, com a nova

promoção do Sheraton

Algarve Hotel, vai apetecer

estar em permanente

fi m de semana. Usufrua de

um refúgio de dois dias no

Ritual SPA Wellness & Beauty

Centre, com alojamento,

pequeno-almoço, um

tratamento no spa e acesso

a outras comodidades.

ADEUS, FADIGA INTELECTUAL

Cerebrum Student é um

suplemento 100% natural que,

se tomado de forma continuada,

ajuda a superar as maiores

difi culdades no desempenho

escolar: falta de concentração,

atenção e memória. O verdadeiro

combate à fadiga intelectual.

Aproveite a promoção de oferta

de um Cerebrum Forte Shot,

de efeito imediato, na compra

de dois Cerebrum Student.


Promoção semanal de 01/10/2010 a 26/08/2011 • PVP serviço completo para 12 pessoas: €175,20* (IVA incluído) • * Preço para Portugal Continental

Copos de design Bohemia

O MELHOR CRISTAL À SUA MESA

Complete já o seu serviço para 12 pessoas!

RESERVE JÁ NO SEU PONTO DE VENDA!

Linha de apoio nº 21 436 96 21 ou assinaturas@mce.iol.pt

TODAS AS SEXTAS-FEIRAS NAS BANCAS COM A SUA REVISTA LUX

Patrocínio:

DEVIDO AO SUCESSO DESTA

PROMOÇÃO, A LUX LANÇA

NOVO CALENDÁRIO

DE DISTRIBUIÇÃO,

PARA QUE POSSA AUMENTAR

O SEU SERVIÇO DE 6 PARA

12 PESSOAS. UMA COLECÃO

DE DESIGN BOHEMIA

EXCLUSIVA PARA PORTUGAL,

COM 4 MODELOS DE COPOS

DE CRISTAL DE ELEVADA

QUALIDADE: VINHO TINTO,

VINHO BRANCO, ÁGUA

E FLÛTE DE CHAMPANHE.

PORQUE PENSAMOS EM SI

NOVO CALENDÁRIO DE DISTRIBUIÇÃO Produto

18 Fev. 2011 18 Mar 2011 15 Abril 2011 13 Maio 2011 9 Jun 2011 8 Jul 2011 5 Ago 2011 Copo de Vinho Tinto

25 Fev. 2011 25 Mar 2011 21 Abril 2011 20 Maio 2011 17 Jun 2011 15 Jul 2011 12 Ago 2011 Copo de Vinho Branco

4 Mar. 2011 1 Abril 2011 29 Abril 2011 27 Maio 2011 24 Jun 2011 22 Jul 2011 19 Ago 2011 Copo de Água

11 Mar. 2011 8 Abril 2011 6 Maio 2011 3 Jun 2011 1 Jul 2011 29 Jul 2011 26 Ago 2011 Flûte de Champanhe

ESTA EDIÇÃO

COPO DE

VINHO TINTO

NÃO PERCA

ATÉ 26 DE AGOSTO

POR APENAS MAIS €3,65*

CADA COPO DE CRISTAL

STOCK LIMITADO

PRÓXIMA EDIÇÃO

COPO DE

VINHO BRANCO


moda

fotos Reuters

JEAN PAUL GAULTIER. PRIMAVERA/VERÃO 2011

A excentricidade do punk rock


Para a estação quente, Jean Paul Gaultier inspirou-se na cultura punk rock. O enfant terrible da moda continua a pautar as

suas coleções pela exuberante criatividade, a excentricidade e o seu feérico sentido de espetáculo. Uma paleta de cores

fortes e agressivas num reino de cabedal e rendas, que se aliam a uma maquilhagem carregada de estilo roqueiro.


eleza

Novas cores

Colorama, a gama de vernizes

Maybelline New York,

apresenta três novas cores

– amarelo, turquesa e coral.

Além de as cores vibrantes

serem a grande tendência

deste verão, Colorama confere

às unhas uma cor luminosa

e profundamente brilhante.

Formulado para se manter

fl exível e maleável, dura ainda

mais tempo sem lascar. €4,50

PINTURAS DE VERÃO

Les Fleures d’Été, o nome da nova coleção de maquilhagem

da Chanel, já é um dos sucessos desta estação. Mimosa, Beige

Petale e Morning Rose são algumas das cores dos vernizes disponíveis,

ideais para complementar qualquer toilette nestas férias. €22

LÁBIOS DE CRISTAL

E MUITO SUAVES

Com uma textura

de geleia, não

pegajosa,

o gloss

Gellée Interdit,

da Givenchy,

deixa os lábios

com uma cobertura

de cristal

e uma exclusiva

sensação de suavidade.

O resultado:

lábios naturais

e ‘suculentos’.

Preço sob consulta.

OLHAR DEFINIDO

Com uma fórmula

tecnológica, fruto

de uma combinação

de ceras macias e

duras, a nova máscara

Hypnôse Doll

Eyes dá volume

e defi nição às

pestanas. Ultrastretch,

proporciona um efeito

extensor imediato,

criando uma ilusão

de olhos maiores

até 35%. €29,94

INOVAÇÃO SEM PRECEDENTES

A Dior criou o seu primeiro lifting

do olhar, uma verdadeira

inovação no domínio da

maquilhagem. Composto por um

duo revolucionário, que alia ação

de tratamento a um resultado

de maquilhagem perfeito,

Diorshow Extase confere

ao olhar uma luminosidade

sem precedentes. €56,90

GLAMOUR

E INTENSIDADE

A Yves Saint Laurent

apresenta Pure Chromatics,

sombras de olhos

nas quais foram usadas as

propriedades da água, para

aumentar a concentração

de pigmentos e pérolas.

O resultado é um olhar

defi nido, intenso

e glamouroso. €50,80


agenda lux

LIVROS

“Por Ti Resistirei”

Júlio Magalhães

ESFERA DOS LIVROS

O jornalista Júlio

Magalhães regressa à

escrita com o romance

“Por Ti Resistirei”,

que tem como pano

de fundo o cenário da Segunda

Guerra Mundial. Carlos e a judia

Nicole conhecem-se nas ruas de

Paris. Em poucas semanas, as

tropas nazis chegam às portas

da capital francesa e milhares de

refugiados procuram salvar-se.

O casal reencontra-se em Portugal,

mas o destino separa-o

novamente. A história de um

amor que a tudo resistirá.

“O Ladrão

de Sombras”

Marc Levy

BERTRAND

“O Ladrão de Sombras”

conta a história

de um rapazinho com

um dom invulgar: o

de conseguir ‘roubar’ as sombras

das pessoas com quem se cruza,

fi cando a saber os seus mais íntimos

desejos, temores e aspirações.

Um romance divertido

sobre os silêncios que assombram

o amor, suscitando uma

refl exão profunda sobre o tema.

“Miral”

Rula Jebreal

EDITORIAL PRESENÇA

Em 1948, Hind Husseini,

uma jovem palestiniana,

encontra

um grupo de cerca

de 50 crianças abandonadas

e funda o orfanato Dar

El-Tifel. Miral, a protagonista desta

obra, foi uma das muitas crianças

que receberam a proteção daquela

instituição e o afeto de

Hind. Aos 17 anos, confrontada

com a realidade do seu povo, entrega-se

à causa política e tem de

fazer uma opção: pegar em armas

para lutar pelo futuro da Palestina

ou, como Hind, dedicar-se à

educação, como único caminho

possível para a paz. Uma obra já

adaptada ao cinema.

ESPETÁCULOS E EXPOSIÇÕES

Bon Jovi

LISBOA

A nova digressão mundial

dos Bon Jovi vai passar por

Portugal, dia 31 de julho, no

Parque da Bela Vista. Além de

já ter arrecadado um Grammy,

a banda vendeu mais de 120

milhões de discos e deu mais

de 2600 concertos em mais de

50 países. A “Diamond Ring

Experience“, coordenada

pela Bon Jovi Tours, inclui

acesso à pre-show party com

catering VIP, música (poderá

ouvir os êxitos da banda) e

diversas outras ofertas, tem o

preço de €250. Bilhetes para

a relva custam €50.

“Verão na Casa”

PORTO

A edição 2011 de “Verão na

Casa“ estende-se até meados

de setembro. O evento conta

com cerca de cem momentos

CINEMA --

“Os Pinguins do Sr. Popper”

CASTELLO LOPES, ESTREIA DIA 21 DE JULHO

Baseado num conto adorado

por milhões de famílias, o fi lme

relata a história de um bem-

-sucedido homem de negócios

(Jim Carrey) que subitamente

herda seis pinguins. A sua

vida muda, então, por completo.

Graças a este insólito

fenómeno, o homem, frio e

desinteressante, torna-se uma

pessoa totalmente diferente,

musicais inseridos em diversas

áreas. Além dos concertos, as

atividades educativas e as conferências

marcam a diversifi cação

da oferta cultural da Casa

da Música. Este ano, o “Verão

na Casa“ não para em agosto

e termina em grande com

o aguardado “Ring Saga”, de

Richard Wagner, agendado para

os dias 16, 17 e 18 de setembro.

Informações: Tel. 22 0120220 e

www.casadamusica.com

“O Lago dos Cisnes”

LISBOA E PORTO

Depois do sucesso da última

apresentação, está de regresso

a Portugal “O Lago dos Cisnes”.

Um espetáculo romântico e cheio

de beleza do Ballet Estatal Russo

de Moscovo, com uma nova

versão coreográfi ca de Marius

Pepita e Lev Ivanov. O bailado

relata a história de um príncipe

que procura a mulher ideal e

descobrindo o valor da família

e da amizade. À medida que vai

transformando o apartamento

onde vive numa réplica do

habitat dos novos hóspedes, a

sua vida, pessoal e profi ssional,

começa a desmoronar-se.

“A Conspiradora”

ZON LUSOMUNDO, ESTREIA DIA 21 DE

JULHO

Na sequência do assassinato de

Abraham Lincoln, sete homens

e uma mulher são presos e acusados

de conspirar para matar

o Presidente. A única mulher

acusada, Mary Surratt, é proprietária

de uma pensão onde

John Wilkes Booth se reuniu para

planear os ataques. O advogado

Frederick Aiken, de 28 anos,

se apaixona loucamente pelo

encanto feminino de um cisne,

o qual, na verdade, é a transfi -

guração de uma bela princesa

encantada. No Centro de Artes

e Espectáculos de Guimarães,

dia 26 de julho, Coliseu do

Porto, dia 27, e no Teatro Tivoli,

em Lisboa, dia 28, às 21h30.

Preços: entre €30 e €42.

“XXIV Salão

de Primavera”

ESTORIL

Já está aberto

ao público, na

Galeria de Arte

do Casino Estoril,

o “XXIV Salão de Primavera”,

coletiva de pintura, cuja primeira

edição se realizou em 1981.

Na edição deste ano, em que

participam 32 artistas com 56

trabalhos, o Prémio Rainha Isabel

de Bragança (primeiro prémio)

foi atribuído a Maria Flores,

licenciada em Pintura pela Faculdade

de Belas-Artes de Lisboa.

Foram ainda entregues 11 menções

honrosas. Está patente até

26 de julho, todos os dias, das

15h às 24h. Tel. 21 4667700.

decide defender Surratt perante

um tribunal militar. Aiken apercebe-se

de que a sua cliente pode

ser inocente e estar a ser usada

como isco e como refém, para

a captura do único conspirador

que escapou à intensa caça ao

homem: John, o fi lho da sua

própria cliente. Quando a nação

se volta contra ela, Surratt vê-se

obrigada a confi ar em Aiken para

descobrir a verdade. Realizado

por Robert Redford, com Robin

Wright e James McAvoy.


sabor lux

fotos João Cabral

A cozinha de Chakall

Carpaccio de Pera, Gorgonzola e Pinhões

INGREDIENTES

(para 4 pessoas)

3 peras

100 g de açúcar

3 cm de gengibre

2 paus de canela

10 ml de vinagre

1 vagem de baunilha

Para o molho:

100 g de queijo

gorgonzola

50 g de pinhões torrados

Folhas de rúcula q.b.

Corte as peras em lâminas fi nas,

preferencialmente com a

máquina. Misture os restantes

ingredientes numa frigideira

e leve a ferver. Cozinhe as peras

durante um minuto. Sirva num

prato e coloque por cima os

pinhões, o queijo gorgonzola,

a rúcula e o resto do molho

que fi cou na frigideira.

Massa de Chilli Salteada com Frango e Ervas

INGREDIENTES

(para 4 pessoas)

500 g de massa

de chilli Milaneza

1 cebola cortada

em cubos

500 g de peito de frango

cortado em tiras

1 c. de sopa de salsa

1 c. de sopa

de manjericão

2 c. de sopa de azeite

Olidal by Chakall

100 g de camarões

1 courgette cortada

em cubos

Lascas de parmesão q.b.

Sal e pimenta preta q.b.

Numa frigideira, deite o azeite

e leve-o ao lume com tiras de

frango. Aloure e junte a cebola

em cubos, a courgette, os

camarões e as ervas. Salteie

e deixe cozer durante cinco

minutos. Condimente com sal e

pimenta e junte a massa já cozida.

Envolva no preparado e sirva

com lascas de parmesão.

Agradecimentos

COZINHA DIVINA CATERING

www.chakall.com

contacto@cozinhadivina.com

+ 351 91 7892265

+ 351 91 7898555


shopping

MOMENTOS PARA RECORDAR

A nova NEX-C3 da Sony é a câmara

digital de lentes amovíveis mais

pequena e leve do mundo, na sua

classe. Disponível em várias

cores, exibe um novo e atrativo

design, aliado à qualidade

e à efi cácia. NEX-C3A, €600.

O COMBOIO

DOS DINOSSAUROS

Chegaram fi nalmente

ao mercado os primeiros

brinquedos alusivos

à série infantil “O Comboio

dos Dinossauros”, disponíveis

na Toys’R’Us, na Brinka e no El

Corte Inglés, entre €8 e €30.

FRESCO SILENCIOSO

Este verão, a Rowenta reinventa

a climatização dos lares

com as inovadoras e modernas

ventoinhas Turbo Silence.

Disponíveis em cinco modelos,

destacam-se pela elevada

performance de refrigeração,

pela capacidade silenciosa e

ainda pelo design contemporâneo

e discreto. Indispensáveis

para a época mais quente,

encaixam na perfeição

em qualquer divisão da casa.

Modelo de mesa, desde €95.

COMPASSO PERFEITO

Primando pelo contorno estilizado

e minimalista, a mais recente coleção

Tommy Hilfi ger Watches revela o traço

das horas em linhas puras, simples e

elegantemente defi nidas. Disponível

em branco cristalino ou num dueto

de branco e preto, que sublinha o visual

clássico e intemporal da marca.

Modelo da foto, €139.

PARA MULHERES ARROJADAS

A Converse apresentou o produto da sua bem-sucedida

colaboração com a companhia fi nlandesa de design

Marimekko. O resultado é uma coleção específi ca

para mulheres com estampados originais,

desenhados exclusivamente para os ténis

Converse Chuck Taylor All Star e Jack

Purcell. Disponível no próximo

outono. Preço sob consulta.

SABOREAR MOMENTOS ESPECIAIS

A marca Casal Garcia continua a inovar

e a surpreender com o lançamento de uma

nova promoção nos pontos de venda:

uma garrafa de Casal Garcia branco

de 1 litro comercializada ao mesmo preço

de uma garrafa de 0,75 cl. Uma oferta

de mais 33% de produto, que implicou

o desenvolvimento de uma nova garrafa

com maior capacidade.

HORAS ÀS CORES

A TechnoMarine apresenta

a sua mais recente criação:

Cruise Original Lipstick,

o acessório must-have

deste verão. Um conjunto

de cores – violeta, fúchsia

e coral – num cronógrafo

com bisel rotativo

que relembra a origem

‘aquática’ da marca.

DÂNIA NETO & DKNY

Dânia Neto é a

embaixadora ofi cial dos

relógios e joias DKNY

em Portugal. A atriz

foi escolhida para

representar a marca,

por transmitir valores

cosmopolitas e de

modernidade. “O desafi o

lançado pela InTime

foi irrecusável. É um

grande orgulho ter

a oportunidade de

representar uma marca

como esta”, refere Dânia.


OLHAR COM GLAMOUR

A nova coleção de óculos

Marc by Marc Jacobs apresenta

um espírito glamouroso,

impulsionado pela inspiração

no mundo da moda e em

detalhes icónicos da marca.

Modelo estilo aviador, €145.

LOFT DOURO

Em pleno centro

histórico do Porto, o

Loft Douro é um espaço

totalmente remodelado

num edifício centenário

e localizado na 1ª linha

da margem do rio

Douro. Numa área

de 115 m 2 , o loft pode

hospedar duas a seis

pessoas, com todas

as comodidades

de um hotel, a preços

tentadores. Saiba mais

em: http://loftdouro.

blogspot.com

HÁLITO FRESCO

E DENTES SAUDÁVEIS

Com Listerine Total Care, garantir

o cuidado total da boca torna-se mais

prático do que nunca, devido ao formato

mais reduzido da nova embalagem

de 250 ml. Usado duas vezes ao dia,

garante a limpeza da boca e mantém

os dentes e as gengivas saudáveis.

250 ml, €4,29

MÚSICA PORTÁTIL

Com a coluna

SoundCast sem fi os,

pode levar a sua

música para todo

o lado: piscina,

spa, sauna...

A qualidade sonora

é irrepreensível

e o design, moderno

e elegante. Através

de leitor MP3, iPod,

PC ou leitor de CD,

pode aproveitar

plenamente a sua

música preferida.

Preço sob consulta.


OLHAR COM GLAMOUR

A nova coleção de óculos

Marc by Marc Jacobs apresenta

um espírito glamouroso,

impulsionado pela inspiração

no mundo da moda e em

detalhes icónicos da marca.

Modelo estilo aviador, €145.

LOFT DOURO

Em pleno centro

histórico do Porto, o

Loft Douro é um espaço

totalmente remodelado

num edifício centenário

e localizado na 1ª linha

da margem do rio

Douro. Numa área

de 115 m 2 , o loft pode

hospedar duas a seis

pessoas, com todas

as comodidades

de um hotel, a preços

tentadores. Saiba mais

em: http://loftdouro.

blogspot.com

HÁLITO FRESCO

E DENTES SAUDÁVEIS

Com Listerine Total Care, garantir

o cuidado total da boca torna-se mais

prático do que nunca, devido ao formato

mais reduzido da nova embalagem

de 250 ml. Usado duas vezes ao dia,

garante a limpeza da boca e mantém

os dentes e as gengivas saudáveis.

250 ml, €4,29

MÚSICA PORTÁTIL

Com a coluna

SoundCast sem fi os,

pode levar a sua

música para todo

o lado: piscina,

spa, sauna...

A qualidade sonora

é irrepreensível

e o design, moderno

e elegante. Através

de leitor MP3, iPod,

PC ou leitor de CD,

pode aproveitar

plenamente a sua

música preferida.

Preço sob consulta.


jogos lux

SUDOKU

SOLUÇÕES

Complete as grelhas de forma a que cada coluna, linha e quadrado 3x3 contenha os algarismos de 1 a 9

Descubra os nomes de OITO MINISTROS DO GOVERNO DE PASSOS COELHO

F

Z

U

E

C

M

F

D

A

V

I

X

Z

Q

A

R

O

L

E

G

E

R

F

E

L

U

E

S

I

X

M

D

I

R

U

E

E

R

R

A

S

S

U

N

Ç

A

O

F

L

O

T

C

G

U

I

E

F

C

S

A

F

D

I

E

A

E

N

L

O

I

R

S

I

M

P

G

N

D

D

Ç

F

C

A

A

I

S

G

E

A

R

A

P

A

U

L

O

P

O

R

T

A

S

U

R

I

O

F

M

O

S

Q

V

X

L

V

I

I

M

C

A

I

A

A

U

O

I

V

U

B

E

F

R

F

L

A

G

E

T

J

A

C

L

X

T

I

E

A

Q

R

A

N

A

R

B

E

I

U

S

A

R

U

O

C

O

I

O

N

T

E

G

T

E

U

P

T

O

C

L

S

O

E

T

A

A

R

T

D

I

N

N

A

A

S

F

A

V

S

F

H

G

V

T

A

H

N

U

I

L

N

L

D

F

O

A

E

R

M

T

A

C

U

V

R

O

U

S

E

C

B

E

O

R

J

A

❐ Assunção Cristas ❐ Paulo Portas ❐Vítor Gaspar ❐ Paula Teixeira da Cruz ❐ José Pedro Aguiar Branco

❐ Álvaro Santos Pereira ❐ Nuno Crato ❐ Pedro Mota Soares

DIREÇÃO EDITORIAL Diretora – Felipa Garnel

(fgarnel@lux.iol.pt) Editora Executiva Felipa Saraiva

(fsaraiva@lux.iol.pt) Editor Carlos Gonçalves

(cmgoncalves@lux.iol.pt) Editor de Fotografi a

Rui Moreno (rmoreno@lux.iol.pt) Subeditora Rita Pacheco

(rpacheco@lux.iol.pt) Assistente de Direção e Redação Margarida

Alves (mcalves@lux.iol.pt) Redação Evelise Moutinho (emoutinho@lux.iol.pt),

Helena Pestana (hpestana@lux.iol.pt), Nair Coelho (ncoelho@lux.iol.

pt), Natália Ribeiro (nribeiro@lux.iol.pt), Vanessa Bento (vcbento@

lux.iol.pt) Colaboradores Paulo Coelho (crónicas), Chakall e Vasco

Aragão (culinária), Catarina Roquette Durão, Humberto Barbosa, Madalena

Barata, Nuno Lobo Antunes, Paulo Oom, Paulo Malo e Vasco Sousa

Coutinho (saúde), Andreia Caturna Martins, Elsa Alves, Inês Alves,

Joana Côrte-Real, Rodrigo Ferreira, Vanda Jorge e Vanessa Barros

Cruz (texto) Produção Teresa Abrunhosa (Porto – tabrunhosa@lux.iol.

pt) Revisão Margarida Robalo (mrobalo@lux.iol.pt) Coordenação

de Fotografi a/Arquivo Edite Costa (ecosta@lux.iol.pt) Fotógrafos

Artur Lourenço e João Cabral Colaboradores Álvaro Pereira,

Cristina Pinto e Pinto, Hélder Maia, Jessica Henrique Cardoso,

Ricardo Santos, Salvador Esteves e Tiago Frazão Relações Públicas

L

A

M

Y

A

P

E

R

H

S

B

A

P

F

G

O

Z

I

V

U

A

M

P

I

S

M

S

G

T

O

U

L

A

I

V

E

N

I

A

G

S

I

K

O

N

G

U

B

R

I

X

S

N

E

U

R

S

O

I

G

E

E

T

O

F

H

R

M

A

T

I

G

A

U

I

S

P

E

Alexandra Jardim (xjardim@lux.iol.pt) Paginação – Patrícia Batista

e Rui Barbosa DIREÇÃO DE PRODUÇÃO E PAGINAÇÃO Diretor Ramiro Agapito

(rjagapito@mce.iol.pt) Assistente de Produção Inês Pereira Digitalização

e Tratamento de Imagem – Ricardo Pereira (coordenador),

Diogo Sargento, Frederico Queirós e Pedro Figueiredo DIRETOR

DE CIRCULAÇÃO Bruno Ventura (bventura@mce.iol.pt)

DIREÇÃO COMERCIAL E PUBLICIDADE Diretora-Geral de Publicidade

Isabel Magalhães (icmagalhaes@mce.iol.pt) 21 4369509 Coordenador

Comercial Ricardo Luwisch (rluwisch@mce.iol.pt) 21 4369521

Executivo de Contas – Hugo Santinho (hsantinho@mce.iol.pt)

21 4369520 Gestora de Materiais – Susana Morais (smorais@

mce.iol.pt) 21 4369496, Rua Mário Castelhano, 40, Queluz

de Baixo, 2734 502 Barcarena, Fax 21 4369481/2 Delegação Norte

Coordenadora de Publicidade Maria João Eça (mjeca@mce.iol.pt)

22 6057544, Rua Tenente Valadim, 181, 4100-479 Porto,

Fax 22 6057503

DIREÇÃO DE COMUNICAÇÃO E EVENTOS Diretora Dina Nascimento

(dnascimento@mce. iol.pt) Gestora de Produto Cláudia Lima

U

A

A

S

N

U

N

O

C

R

A

T

O

V

O

I

S

E

F

O

R

B

A

R

T

F

I

S

L

A

V

C

R

D

O

N

C

L

O

A

A

I

L

I

U

F

E

B

E

O

G

L

S

T

M

O

F

N

I

P

A

H

E

J

I

J

O

A

C

L

R

U

E

N

O

D

I

D

C

P

L

I

F

C

V

N

I

B

E

P

G

N

E

D

J

R

A

N

M

U

R

I

E

T

O

D

U

P

J

L

Y

V

R

H

A

H

I

E

R

M

E

R

I

M

J

L

T

L

S

N

J

M

F

I

C

V

A

S

U

R

E

M

S

D

O

A

N

W

F

C

O

A

V

N

O

E

J

M

F

I

C

V

A

S

U

R

E

M

S

J

O

A

C

L

R

U

E

N

O

D

I

D

D

O

A

N

W

F

C

O

A

V

N

O

E

S

T

M

O

F

N

I

P

A

H

E

J

I

A

A

I

L

I

U

F

E

B

E

O

G

L

I

S

L

A

V

C

R

D

O

N

C

L

O

E

R

M

E

R

I

M

J

L

T

L

S

N

O

D

U

P

J

L

Y

V

R

H

A

H

I

N

E

D

J

R

A

N

M

U

R

I

E

T

C

P

L

I

F

C

V

N

I

B

E

P

G

(clima@mce.iol.pt) Assistente Dulce Almeida (dalmeida@mce.iol.pt)

DIREÇÃO-GERAL Diretor-Geral – Angel

García Colín DIREÇÃO FINANCEIRA

Ana Ruivo (alruivo@mce.iol.pt) PROPRIETÁRIO E EDITOR Promotora

General de Revistas S.A., Sucursal em Portugal Rua Mário Castelhano,

40, Queluz de Baixo, 2734-502 Barcarena, Tel. 21 4369400 –

Fax 21 4369539 NIF/NIPC: 980415276 – CRC Cascais Impressão:

Lisgráfi ca, Casal de Santa Leopoldina, Queluz de Baixo Distribuição:

Logista Publicações SA, Edifício Lojista Expansão da Área Industrial

do Passil, lote 1 A, 2894-002 Alcochete, Tel. 21 9267800

LINHA DE APOIO AO PONTO DE VENDA Automático: 219 267 825 Atendimento

da assistente: 707 200 229 Fax: 219 267 869 Tiragem: 90.000 Exemplares

Depósito Legal: 162003/01 Nº de Registo: 123611

ASSINATURAS

assinaturas@mce.iol.pt Tel. 214 369 621 Fax 214 369 633

V

O

I

S

E

F

O

R

B

A

R

T

F

U

A

A

S

N

U

N

O

C

R

A

T

O

H

R

M

A

T

I

G

A

U

I

S

P

E

N

E

U

R

S

O

I

G

E

E

T

O

F

G

S

I

K

O

N

G

U

B

R

I

X

S

S

G

T

O

U

L

A

I

V

E

N

I

A

F

G

O

Z

I

V

U

A

M

P

I

S

M

L

A

M

Y

A

P

E

R

H

S

B

A

P

V

R

O

U

S

E

C

B

E

O

R

J

A

N

L

D

F

O

A

E

R

M

T

A

C

U

Interdita a reprodução, mesmo parcial, de textos,

fotografi as ou ilustrações sob quaisquer meios

e para quaisquer fi ns, inclusive comerciais.

V

S

F

H

G

V

T

A

H

N

U

I

L

A

A

R

T

D

I

N

N

A

A

S

F

A

G

T

E

U

P

T

O

C

L

S

O

E

T

U

S

A

R

U

O

C

O

I

O

N

T

E

T

I

E

A

Q

R

A

N

A

R

B

E

I

F

R

F

L

A

G

E

T

J

A

C

L

X

M

C

A

I

A

A

U

O

I

V

U

B

E

I

O

F

M

O

S

Q

V

X

L

V

I

I

P

A

U

L

O

P

O

R

T

A

S

U

R

D

Ç

F

C

A

A

I

S

G

E

A

R

A

E

N

L

O

I

R

S

I

M

P

G

N

D

G

U

I

E

F

C

S

A

F

D

I

E

A

A

S

S

U

N

Ç

A

O

F

L

O

T

C

E

S

I

X

M

D

I

R

U

E

E

R

R

Q

A

R

O

L

E

G

E

R

F

E

L

U

F

Z

U

E

C

M

F

D

A

V

I

X

Z


signos lux

ilustrações Rita Simões

CARNEIRO

21/03 a 20/04

Elemento: Fogo

Planeta Regente:

Marte

Carta Dominante: 6 de Copas,

que signifi ca Nostalgia.

Amor: As recordações da sua

infância vão ocupar-lhe a mente,

talvez devido ao reencontro com

alguém que não vê há muito.

Saúde: Poderá ter problemas,

como indigestões.

Dinheiro: Evite todo e qualquer

confl ito no local de trabalho.

Pensamento Positivo: Concentro-me

no presente com

confi ança.

LEÃO

23/07 a 23/08

Elemento: Fogo

Astro Regente: Sol

Carta Dominante: 4 de Paus,

que signifi ca Ocasião Inesperada,

Amizade.

Amor: É possível que durante

esta semana tenha um reencontro

muito importante.

Saúde: Sem sobressaltos.

Dinheiro: Poderá ter de recorrer

às suas poupanças. Tente passar

a ser mais comedido nos seus

gastos.

Pensamento Positivo: A vida

traz-me boas surpresas e oportunidades.

SAGITÁRIO

22/11 a 21/12

Elemento: Fogo

Planeta Regente:

Júpiter

Carta Dominante: Ás de Ouros,

que signifi ca Harmonia e Prosperidade.

Amor: A sua tolerância e a sua

compreensão serão valorizadas

por todos os que o rodeiam.

Saúde: Sentir-se-á muito bem a

nível físico. Aproveite para iniciar

um programa de exercício.

Dinheiro: Está num momento

protegido neste domínio.

Pensamento Positivo: Cultivo a

harmonia na minha vida.

Por Maria Helena

Lic. em Sociologia

www.mariahelena.tv

Tel. 21 3182599

TOURO

21/04 a 21/05

Elemento: Terra

Planeta Regente:

Vénus

Carta Dominante: 9 de Ouros,

que signifi ca Prudência.

Amor: A sua relação amorosa

poderá estar a avançar demasiado

depressa. Veja se é o que

pretende, siga o seu ritmo.

Saúde: Cuide melhor dos seus

dentes, deixe o seu sorriso brilhar.

Dinheiro: Não gaste em excesso.

Seja disciplinado.

Pensamento Positivo: Sou

prudente nos meus passos, para

chegar ao sucesso.

VIRGEM

24/08 a 23/09

Elemento: Terra

Planeta Regente:

Mercúrio

Carta Dominante: 2 de Copas,

que signifi ca Amor.

Amor: Aproveite os momentos

mais íntimos para demonstrar

à sua cara-metade o quanto ela

é importante para si.

Saúde: Altura indicada para

fazer exames de rotina.

Dinheiro: Seja dedicado ao seu

trabalho, pode ter uma excelente

surpresa à sua espera.

Pensamento Positivo: O amor

habita o meu coração.

CAPRICÓRNIO

22/12 a 20/01

Elemento: Terra

Planeta Regente:

Saturno

Carta Dominante: Sol, que

signifi ca Glória, Honra.

Amor: Goze em pleno o convívio

familiar, esqueça um pouco as

obrigações profi ssionais.

Saúde: Possíveis problemas

de obstipação.

Dinheiro: Procure ser mais

fl exível. Não sobrevalorize os

pormenores.

Pensamento Positivo: Mereço

a glória que existe na minha

vida.

DIANA CHAVES

Nativa do signo Caranguejo, a bonita modelo e atriz

tem uma personalidade marcada pelo seu lado feminino

e doce, característico das mulheres deste signo. Estas

nativas são muito sonhadoras e românticas. No amor,

são afetuosas, mas também um pouco carentes

e possessivas. Diana tem sempre uma palavra amiga

para quem está à sua volta.

GÉMEOS

22/05 a 21/06

Elemento: Ar

Planeta Regente:

Mercúrio

Carta Dominante: Valete de

Ouros, que signifi ca Refl exão,

Novidades.

Amor: Saiba ouvir o seu par, ele

precisa dos seus conselhos.

Saúde: Regular. Contudo, é

importante que o desporto faça

parte do seu quotidiano.

Dinheiro: Poderá investir em

novos projetos, mas com

prudência.

Pensamento Positivo: Procuro

refl etir bem antes de agir.

BALANÇA

24/09 a 23/10

Elemento: Ar

Planeta Regente:

Vénus

Carta Dominante: Força, que

signifi ca Força, Domínio.

Amor: Dê mais atenção ao seu

parceiro para evitar amuos e

aborrecimentos.

Saúde: Possível infl amação dentária.

Vá ao dentista para a prevenir.

Dinheiro: É provável que surja

uma boa oportunidade, a qual

deve aproveitar para melhorar

a sua situação fi nanceira.

Pensamento Positivo: Tenho força

para superar todos os desafi os.

AQUÁRIO

21/01 a 19/02

Elemento: Ar

Planeta Regente:

Úrano

Carta Dominante: Rei de Paus,

que signifi ca Força, Coragem

e Justiça.

Amor: Evite qualquer discussão

com os seus familiares. Respeite

as suas opiniões.

Saúde: Atenção às constipações.

Dinheiro: Aproveite este período

em que terá estabilidade

económica.

Pensamento Positivo: Tenho a

coragem necessária para fazer

mudanças na minha vida.

CARANGUEJO

22/06 a 22/07

Elemento:

Água

Planeta Regente: Lua

Carta Dominante: Imperador,

que signifi ca Concretização.

Amor: O romantismo estará muito

presente. Se não tem par, pode

vir a conhecer alguém especial.

Saúde: Vigie bem a sua saúde,

principalmente se tiver alguma

doença crónica.

Dinheiro: Irá certamente alcançar

os seus objetivos, empenhe-se.

Pensamento Positivo: Sei que

consigo concretizar os meus

objetivos.

ESCORPIÃO

24/10 a 21/11

Elemento: Água

Planeta Regente:

Plutão

Carta Dominante: 6 de Espadas,

que significa Viagem

Inesperada.

Amor: Esqueça o passado! Viva

mais o seu dia-a-dia.

Saúde: Está suscetível a quebras

de tensão, tenha cuidado.

Dinheiro: Não permita que a

impulsividade ponha em risco

as suas fi nanças.

Pensamento Positivo: A vida é

uma viagem cheia de surpresas

boas!

PEIXES

20/02 a 20/03

Elemento: Água

Planeta Regente:

Neptuno

Carta Dominante: Valete de

Espadas, que signifi ca Vigilante

e Atento.

Amor: Andará um pouco desconfi

ado. Fale e esclareça dúvidas,

para evitar mal-entendidos.

Saúde: Irradiará boa disposição.

Dinheiro: Aproveite as oportunidades

que lhe surgirem a nível

profi ssional.

Pensamento Positivo: Estou

atento às oportunidades que a

vida me traz.

More magazines by this user
Similar magazines