Futuros Gestores

futurosgestores

Competências

e habilidades

do gestor da

atualidade.

Helton

Moreira

Supervisor

Supply Chain

da empresa

Fiat Automóveis

em entrevista

exclusiva. Ele

dá dicas

essenciais

para ser um

bom gestor.

Estilos de gestão

no cenário empresarial.

Características

pessoais e profissionais do

administrador de sucesso.


RELATÓRIO DE PESQUISA

ESTILOS DE GESTÃO:

Características do Administrador com Atuação em Minas Gerais

FACULDADE UNA DE CONTAGEM

Curso Superior em Administração – 1º ciclo, módulo A

Equipe Futuros Gestores:

Daiane Vitória Frazão Santos Soares

Danielle Fernandes da Silva

Júlio Cézar dos Santos

Patrícia Morozesk Mendes

Priscila Alves Benvindo Guimarães

Simone Pita da Silva Marques

Taine Ferraz Ferreira

Thiago Vianna

Contagem

2015


Equipe Futuros Gestores:

Daiane Vitória Frazão Santos Soares

Danielle Fernandes da Silva

Júlio Cézar dos Santos

Patrícia Morozesk Mendes

Priscila Alves Benvindo Guimarães

Simone Pita da Silva Marques

Taine Ferraz Ferreira

Thiago Vianna

RELATÓRIODE PESQUISA

ESTILOS DE GESTÃO:

Características do Administrador com Atuação em Minas Gerais

Relatório de pesquisa científico interdisciplinar construído

para a disciplina Tidir I e apresentado aos professores do 1º

ciclo, módulo A, do curso de Administração, da Faculdade

Una de Contagem, para qualificação ao curso.

Orientação: prof.ª. Mary Márcia Alves, dra.

Coordenação: professores Agnaldo Rolim de Moura,

me.,Kleinia Anjos Vianna, ma., Roberto Sousa Lima

Mercadante me..

Contagem

2015


1RELATÓRIO 1: CONTEXTUALIZAÇÃO

...................................p.5

1.1 INTRODUÇÃO – O quê? Para quê? ...................................p.5

1.1.1 OBJETIVOS ...................................p. 6

1.2 ASPECTOS METODOLÓGICOS – Como? ...................................p. 6

1.3 BASES TEÓRICAS ...................................p. 7

CONSIDERAÇÕES FINAIS

..................................p.17

REFERÊNCIAS

...................................p.19

APÊNDICES ..................................p. 21

ANEXOS ..................................p. 24

LISTA DE FIGURAS

Figura 1.Liderança Eficaz

Figura 2. Trabalho em equipe

Figura 3. Motivação = “Motivo + ação”

Figura 4. Conhecimentos que geram valor econômico

Figura 5. Ambiente Externo

p.12

p. 13

p. 14

p. 15

p. 16


LINHA DE PESQUISA

Estilos de Gestão de Administradores com Atuação em Minas Gerais

SUBTEMA

Estilos de Gestão: Características do Administrador com Atuação em Minas Gerais

1 RELATÓRIO 1: CONTEXTUALIZAÇÃO

1.1 INTRODUÇÃO- O quê? Para quê?

Existe, dentro da moderna administração, um desenvolvimento/aprimoramento do que se

convencionou chamar os três estilos de gestão autocrática, democrático e liberal. Diante disso, é

necessário refletir sobre a formação de habilidades específicas e globais dentro da área da

Administração, bem como de competências exigidas ao administrador moderno, de modo a

corroborar sua atuação profissional.

A partir da Linha de Pesquisa “Estilos de Gestão de Administradores com Atuação em

Minas Gerais”, aqui se propõe uma análise das características pessoais e profissionais do

administrador. Isso, em interdisciplinaridade com Leitura e Produção de Textos, no que se refere

ao uso de linguagem e gêneros textuais diversos (vídeo, revista-e, relatório, roteiro etc.) e

adequação às normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para o trabalho

científico, a Matemática e Microeconomia, em interdisciplinaridade com análise do cenário

financeiro empresarial, e as Teorias da Administração, na identificação dos modelos de gestão,

bem como as competências e as habilidades do gestor.

A importância desta pesquisa está no fato de servir de base para avaliar os estilos de

gestão, no intuito de criar conceito básico do método ideal de gestão da seguinte pergunta; Quais

os estilos de gestão de um administrador com atuação em Minas Gerais e suas características

pessoais e profissionais na atualidade?


1.1.1Objetivos

1.1.1.1Objetivo geral

Descrever os estilos de gestão de um administrador com atuação em Minas Gerais

identificando características pessoais e profissionais.

1.1.1.2 Objetivos específicos



Foram estabelecidos os seguintes objetivos específicos para se atingir o objetivo geral:

Conceituar estilos de gestão no cenário empresarial, apontando características pessoais e

profissionais do administrador de sucesso.

Definir as competências e as habilidades do gestor da atualidade.

1.2 Aspectos Metodológicos - Como?

A partir dos propósitos pré-definidos de pesquisa, apresentam-se abaixo os aspectos

metodológicos aqui envolvidos:




Objeto da pesquisa: administradores com atuação em Minas Gerais

Método de coleta de dados: é feita pesquisa bibliográfica, que é a coleta de

informações científicas sobre um determinado tema. Segundo Andrade (2010,

p.128), por meio dela “obtêm-se os subsídios para elaborar o histórico da

questão”. É, também, exploratória, pois ela é o gênero de pesquisa que

“proporciona maior conhecimento sobre o tema. Envolve em geral levantamento

bibliográfico, entrevista com pessoas que viveram ou vivem na prática do tema

pesquisado”. Além disso, ela provê o

Pesquisador de um maior conhecimento sobre o tema ou problema de pesquisa em

perspectiva. Por isso, é apropriada para os primeiros estágios da investigação quando a

familiaridade, o conhecimento e a compreensão do fenômeno por parte do pesquisador

são, geralmente, insuficientes ou inexistentes. (ANDRADE, 2000, p.128)

Tratamento dos dados: o tratamento dos dados sé por pesquisa qualitativa que,

segundo Godoy (1965, p. 62),

Ressalta diversidade existente entre o trabalho qualitativo e enumera um conjunto de

característica essenciais capazes de identificar uma pesquisa, comparação é uma figura

de linguagem semelhante à metáfora, usada para confrontar qualidades ou ações de


elementos. A relação entre esses elementos pode formar uma comparação simples ou

uma comparação por símile. ( GODOY, 1965, p.62 )


Procedimentos de pesquisa: em interdisciplinaridade com a Leitura e Produção de

Textos e Teoria da administração, foi feita uma entrevista presencial que,

segundo Marconi e Lakatos (1999, p.94) é o encontro “entre duas pessoas, a fim

de que uma delas obtenha informações a respeito de um determinado assunto”. A

entrevista será realizada por questionário não estruturado onde o entrevistador tem

liberdade para resolver cada situação em qualquer situação.

1.2.1 Cronograma*

Abaixo, quadro descritivo dos passos da pesquisa.

1. Definição das equipes de trabalho. 28/02

2. Definição dos subtemas e problema de pesquisa. Planejamento e 06/03

desenvolvimento da proposta de pesquisa

3. Apresentação do anteprojeto. 13/03

4. Aprovação da proposta de pesquisa. 13/03

5. Desenvolvimento de instrumentos de coleta. 20/03

6. Aprovação do desenvolvimento A. 27/03

7. Desenvolvimento da análise e apresentação dos dados. 10/04

8. Aprovação do desenvolvimento B. 10/04

9. Desenvolvimento da síntese e de demais suportes. 24/04

10. Qualificação do trabalho escrito. 29/05

11. Qualificação oral. 12/06

12. Banca examinadora. 03/07

*Sujeito a alterações.

1.3 Base Teórica

Esta fundamentação teórica apresenta resultados da pesquisa bibliográfica realizada pela

equipe Futuros Gestores para compreensão e vivência do problema escolhido. De modo

específico, mostra como alguns estudiosos do assunto definem o estilo de gestão dos

administradores e contabilistas no decorrer do tempo, enfatizando o conceito de competências e

habilidades necessárias à atuação e ao sucesso profissionais.


1.3.1 Sucesso: compreensão do conceito e suas implicações - reconhecimento, talento e dom

Para Aristóteles, filósofo, esta palavra tinha como definição “alcançar a felicidade”, o

sucesso é medido basicamente em temos da busca do conhecimento e em termos da busca

econômica, mas nem sucesso nem se quer é sinônimo de resultado. Sucesso é fazer bem feita;

resultado é consequência. Por isso, quando procuramos entender o sucesso, é melhor relacioná-lo

com outra palavra excelência.

"Não basta remunerar as pessoas pelo seu tempo dedicado á organização" defende

CHIAVENATO (2004, p.288). Isso é necessário, mas insuficiente. É preciso incentivá-las

continuamente a fazer o melhor possível, a ultrapassar o desempenho atual e alcançar metas e

resultados desafiantes formulados para o futuro.

Amotinação é que leva o ser humano a realizar as tarefas, o ser humano pode ser

motivado por diversos fatores, sejam eles profissionais ou pessoais. O meio profissional muitas

vezes fazem com que as pessoas não se sintam tão importantes quanto deveriam, a aprovação

aumenta a autoestima e a motivação para fazer o trabalho bem feito, componentes essências no

processo e manutenção de talentos.

Define-se talento como dom de um indivíduo, sua habilidade, sua percepção, atitude,

entendimento, os impulsos inatos, sua capacidade de aprender e a busca constante no

seu desenvolvimento. Conhecimento, perspectiva e atitude essa tríade constitui a

chamada santíssima trindade que leva ao sucesso profissional. (CASTRO,2011, p.07)

1.3.2O conceito de competências e habilidades

Quando se fala em competências, deve-se ter em mente que elas se dividem em dois

grupos dentro da Administração. O primeiro, sendo competências básicas de cada individuo e o

segundo, competências exigidas pelas empresas. Esse ponto de vista nos levou a ver que as

competências possuem um caráter dinâmico. Segundo Chiavenato 2000, p. 520, Competências

básicas – na forma de conhecimentos, habilidades, atitudes, interesses, traços valor ou outra

característica pessoal – são aquelas características pessoais essenciais para o desempenho da

atividade e que diferenciam o desempenho das pessoas. O conceito de competência envolve

muito além do conhecimento técnico isolado, atinge ainda as habilidades e valores. Segundo

Chiavenato: Conhecimento é o saber acumulado pela aprendizagem. Representa hoje a maior


iqueza do mundo moderno. Por tanto o administrador deve ter capacidade de aprender cada vez

mais e mais rapidamente. Além disso, aprender continuamente, fazendo com que toda

experiência pessoal seja convertida em conhecimento. Em suas atividades, o administrador deve

ampliar sempre mais o conhecimento e, dentro do possível, transmitir e compartilhar com seus

subordinados o conhecimento que adquiriu. (CHIAVENATO, 2007, 4d. p. 68)Com isso,

entendemos que a gestão por competências é um programa que visa às necessidades futuras do

negócio e também de como as pessoas podem agregar valor à empresa. Então o administrador de

sucesso deve ter pleno conhecimento de suas atividades e rotinas gerenciais.

Já as habilidades podem ser natas ou adquiridas, ou seja, as pessoas nascem e

desenvolvem habilidades próprias e outras são obtidas, de acordo com a necessidade e motivação

que passarão a ter ao longo de sua existência.

Para adquirir um bom desempenho profissional, o administrador necessita ter três tipos de

habilidades, que segundo, Chiavenato são de natureza: técnica, humana e conceitual.

A habilidade técnica consiste “em utilizar conhecimentos métodos, técnicas e

equipamentos necessários para a realização de tarefas especificas com base em seus

conhecimentos e experiência profissional”. Ela é “a habilidade de fazer coisas concretas e

práticas, como desenhar um projeto, compor um cronograma, elaborar um programa de produção

entre outras. Esta muito relacionada com o hardware disponível”.

A habilidade humana esta relacionada à “capacidade e no discernimento para trabalhar

com pessoas e, por intermédio delas, saber comunicar, compreender suas atitudes e motivações e

desenvolver uma liderança eficaz”. Esta habilidade de relacionar “com pessoas significa educálas,

ensiná-las, orientá-las liderá-las e motivá-las continuamente. Isso envolve liderança,

comunicação, motivação, construção de talentos e de equipes.”.

A habilidade conceitual “permite que o administrador faça abstrações e desenvolva

filosofias, valores, e princípios de ação.” Ela “proporciona ideias globais e conceitos, valores e

princípios que permitem saber onde chegar, afim de definir o comportamento e as ações futuras


1.3.4 Os estilos de gestão na história da administração até a atualidade

A liderança é necessária em todos os tipos de organização e gestão humana, o

administrador precisa conhecer a natureza humana e saber conduzir as pessoas de forma que se

define liderança com a capacidade de influenciar unem direção aos objetivos.

Segundo Chiavenato (2010, p.307) “A liderança é a influência interpessoal exercida em

uma situação e dirigida por meio do processo da comunicação humana”.

As características que podemos destacar como lideranças são: A influência, A situação,

O processo de comunicação e os objetivos a alcançar. O estilo do líder irá depender de

igual forma das características do grupo a ser liderado. O líder utiliza três tipos de

liderança: Autocrática, Democrática e Liberal. O líder Autocrático é conhecido como

“CHEFE”. A liderança Democrática caracteriza-se pela participação e envolvimento dos

colaboradores. O Liberal evidencia-se pela total liberdade dada aos colaboradores. As

empresas perceberam que para se manter no mercado de trabalho tão competitivo e

acirrado nos dias atuais precisam motivação. "Define motivação como processo

responsável pela intensidade, direção e persistência dos esforços de uma pessoa para o

alcance uma determinada meta". (ROBINS, 2002, p. 151)

1.3.4.1 Linha de tempo: estilos de gestão na história da administração

1920

Modelo de Gestão:

Administração cientifica e

Administração das relações

humanas.

1950

Modelo de Gestão: administração

burocrática, entre outros modelos.


1970- 1990

Novos modelos de Gestão:

Administração Japonesa

Administração participativa

Administração

empreendedora

Administração holística

2000

Modelos Emergentes:

Empresa virtual

Gestão do conhecimento

Modelos biológicos/quânticos/teoria

do caos/complexidade


Estilos de gestão administrativa

Figura 1:Estilos de gestão administrativa

FONTE: desenvolvido pela equipe X

2 RELATÓRIO 2: INVESTIGAÇÃO,EVOLUÇÃO E ANÁLISE

2.1 Pesquisa em Campo - Roteiro Diagnóstico por Entrevista

Este relatório apresenta planejamento e resultados da pesquisa em campo realizada pela

equipe para vivência do problema escolhido. De modo específico, este texto apresenta.



O planejamento: descrição dos entrevistados e demais procedimentos envolvidos

nesta prática.

Os resultados: análises dos dados coletados a partir da pesquisa de campo (o que

foi ouvido visto e vivido).

Observação 1: o roteiro de entrevista e depoimentos na íntegra constam do apêndice.

Observação 2: as habilidades envolvidas neste processo incluem comunicação escrita,

capacidade de análise sob diferentes aspectos e de crítica.

2.2 Análises de Dados

A fim de descrever os estilos de gestão de um administrador com atuação em Minas

Gerais identificando características pessoais e profissionais, formulou-se um questionário de 09

perguntas, dirigido a Helton José Lara Moreira, Gestor de Estratégica de Inovação, e aplicado

aos 9 (nove) de maio de 2015. Com ele busca-se conceituar estilos de gestão no cenário

empresarial e definir as competências e as habilidades do gestor da atualidade.

Com uma trajetória de 21 anos de sucesso dentro da empresa Helton José Lara Moreira

trabalha hoje como supervisor de logística (Supervisor Supply Chain) e lidera uma equipe de 53

(cinquenta e três) pessoas. Começou como operador de produção, depois passou ao


almoxarifado, depois a líder de equipe, em seguida a analista. De analista passou à função de

gestor de departamento. Desde então é responsável, pelo departamento Supply Chain, que nada

mais é que uma cadeia de suprimento para a área logística.

Diante dessa resposta e dos estudos realizados nas bases teóricas, pode-se dizer que um

gestor com tal experiência tem competências básicas, na forma de traços ou características

pessoais essenciais para o desempenho da atividade que o diferenciam do desempenho das

pessoas (CHIAVENATO, 2000). Assim, o conhecimento técnico é um deles e é importante para

que o profissional possa interagir adotando uma visão crítica e criativa, tornando-o capaz de lidar

com a inovação, em todos os aspectos, sabendo identificar oportunidades com agilidade para

aproveitamento da situação.

Liderança eficaz

Conhecimentos

Habilidades

Figura1.Liderança Eficaz

FONTE: Desenvolvido pela equipe FUTUROS GESTORES, dados primários.

Nesse sentido, procurou-se investigar que estilo de gestão seria o melhor para as

responsabilidades como gestor e os objetivos específicos das empresas, apurou-se que o mais

correto é o estilo de gestão democrático, com uma liderança que leva à participação de todos da

equipe liderada, de forma a que todos atuem e todos foquem em um único objetivo.

Diante dessa resposta e dos estudos realizados nas bases teóricas, pode-se afirmar que o

estilo democrático apresenta uma eficiente relação entre a liderança e seus liderados, sendo assim

o melhor estilo de gestão, pois como se viu, o trabalho em equipe exige confiança, onde todos

integrantes foquem em alcançar um objetivo de forma conjunta, as ideias são debatidas por toda


equipe, estimuladas e assistidas pelo líder, o próprio grupo esboça as providências e as técnicas

para atingir o alvo solicitando aconselhamento técnico ao líder quando necessário, passando este

a sugerir alternativas para o grupo escolher (CHIAVENATO, 2000).

Confiança

Ideias

Equipe

Objetivo

Compromisso

Figura 2. Trabalho em equipe

FONTE: Desenvolvido pela equipe FUTUROS GESTORES, dados primários.

Nesse aspecto, investigou-se o nível de confiança na equipe e as dificuldades que se

podem encontrar ao lidar com os colaboradores.

Apurou-se que, sem confiança na equipe não há sucesso nem estabilidade. Nesse sentido,

verificou-se que o tempo de permanência de uma pessoa dentro de uma empresa, sua posição

e/ou a função que ela exerce dentro da empresa demonstra que ela tem mesmo que confiar na

equipe, pois confiança é tudo.

Diante dessa resposta e dos estudos realizados nas bases teóricas, pode-se afirmar que

confiança é a base para se ter um equipe integrada, pois como se viu, o tempo/função em que os

colaboradores têm na empresa já e adquirido uma confiança.

Considerando isso, pesquisou-se ainda qual seria a forma de reconhecimento na empresa

para os colaboradores em sua área de atuação e viu-se que há varias formas de reconhecimento

como, por exemplo, “maratonas culturais”, Participação nos Lucros e Resultado (PLR) e a

premiação por absenteísmo.

Diante dessa resposta e dos estudos realizados nas bases teóricas, pode-se afirmar que a

forma de reconhecimento e para os colaboradores se sentirem motivado dentro da organização,

pois como se viu, a premiação por maratona cultural onde estimula os filhos dos funcionários

para a cultura, referente à participação nos lucros e resultados incentivam os funcionários para

atingirem as metas e a referente a absenteísmo ajudam ao funcionário não se ausentarem da

empresa por qualquer motivo ou chegar atrasado.


Felicidade

profissional

Sensação de

valorização

Motivação

Superação

de desafios

Maximização

dos

resultaods

Figura 3. Motivação = “Motivo + ação”

FONTE: Desenvolvido pela equipe FUTUROS GESTORES, dados primários.

Quanto às dificuldades verificou-se que, para liderar uma equipe, deve-se considerar que

cada pessoa tem uma personalidade diferente. Sendo assim, a comunicação ainda é o aspecto

mais importante na gestão, pois atuamos com pessoas e saber como liderar as pessoas passa por

saber como falar com cada uma.

Diante dessa resposta e dos estudos realizados nas bases teóricas, pode-se afirmar que

existe vários tipos de culturas que influenciam a personalidades diferentes, pois como se viu as

pessoas tem entendimentos relações e crença diferentes (Erich Fromm, 1950).

Quando se pesquisou que novos conhecimentos poderiam ser oferecidos a uma equipe no

contexto do mercado atual apurou-se que qualquer tipo de conhecimento tem valor muito grande

para qualquer gestor. Qualquer treinamento que se faça qualquer leitura que se faça quaisquer

palestras, workshop de que se participe valem muito, pois o gestor tem que estar bem informado.

Diante dessa resposta e dos estudos realizados nas bases teóricas, pode-se afirmar que há

informação é importante para atualizar e inovar conceito para os integrantes da organização, pois

como se viu, as variam formas para essa informação chegar aos colaboradores onde eles iram se

atualizar, inovar e conhecer novas técnicas de execução do trabalho.


Conhecimento

Habilidade

Valores, atitudes e motivação.

Conhecimentos

que geram

valor econômico

Satisfação dos clientes

Figura 4. Conhecimentos que geram valor econômico

FONTE: Desenvolvido pela equipe FUTUROS GESTORES, dados primários.

Diante disso, a investigação aprofundou-se no efeito do trabalho de gestão no ambiente

externo e viu-se, particularmente, que o trabalho como Supply Chain envolve várias partes

externas, desde um transportador, até a expedição de uma empresa, ou seja, a matéria prima

chegando dentro da empresa e sua manufatura, até que se tenha um produto final. Nesse trajeto,

há uma gama de questões envolvidas: não só pessoas ligadas diretamente a essa atividade como

indiretamente várias pessoas que dependem disso. Então fatores como a área de atuação e a

empresa em que se trabalha podem envolver milhares de pessoas em um envolvimento

praticamente total.

Diante dessa resposta e dos estudos realizados nas bases teóricas, pode-se afirmar que os

ambientes internos e externos são importantes para a organização, pois como se viu a

preocupação com ambiente interno influencia a relação externa com clientes e fornecedores, pela

imagem que é passada da gestão organizacional despertando o interesse de profissionais

capacitados que buscam desempenhar ali suas funções.


Uma gestão regrada por habilidades e competências transforma a organização em um

ambiente favorável ao desempenho das funções de seus colaboradores, passando assim uma

imagem positiva da empresa como um todo, para o ambiente externo (KATZ; KAHN, 1987)

Figura 5. Ambiente Externo

FONTE: MISSÃO VISÃO E VALORES, 2015.

3 RELATÓRIO 3: CONSIDERAÇÕES FINAIS

Este relatório apresenta a avaliação dos resultados e de seus impactos na solução do

problema. Portanto, ele responde à pergunta de pesquisa, conforme a contribuição das disciplinas

do módulo. Ou seja, em interdisciplinaridade, mostra os resultados dos objetivos alcançados. Isto

é, diante do objetivo geral da pesquisa, que é descrever os estilos de gestão de um administrador

com atuação em Minas Gerais identificando características pessoais e profissionais e a evolução


da liderança na administração nos últimos anos. Este relatório identifica os resultados de cada

um dos objetivos específicos formulados para a solução do problema de pesquisa.

3.1 Propostas de Produto Final

Além de um trabalho científico nos moldes de relatório acadêmico e/ou roteiro adaptado

de documentário, suportado por um vídeo-síntese ou documentário curta-metragem de 5’, Estilos

de Gestão de Administradores com Atuação em Minas Gerais: Características do Administrador

com Atuação em Minas Gerais, desenvolvido usando o Word® versão 2011, aplicativo da

Microsoft®, será publicado/em revista pela equipe Futuros Gestores de Trabalho Interdisciplinar

Dirigido I, do Bacharelado em Administração, da Faculdade UNA de Contagem, bem como se

propõem apresentações desenvolvidas em Prezi, Power Point, Adobe Air ou Flash Player.

3.2 Sínteses dos Resultados

A realização desta pesquisa se justificava, portanto, no sentido de apresentar o melhor

estilo de gestão, porém percebeu-se que cada organização tem um estilo gestão diversificado.

De modo específico, quando se buscou os estilos de gestão empresarial determinamos o

estilo de gestão democrático é o ideal, pois suas características determinam sua equipe mais

interagida e comprometida a alcançar os objetivos, onde as competências e a habilidade de um

gestor na atualidade é construída por vários treinamentos assim auxiliando seus colaboradores

com suas competências adquiridas formando uma equipe eficiente.

Conceituar estilos de gestão no cenário empresarial, apontando características pessoais e

profissionais do administrador de sucesso. Viu-se que o estilo de gestão democrático é o ideal.

E quando se buscou definir as competências e as habilidades do gestor da atualidade,

viu-se que há varias formas de construir a base de treinamentos, competência e habilidades.

Assim sendo, responder a seguinte indagação: “Quais os estilos de gestão de um

administrador com atuação em Minas Gerais e suas características pessoais e profissionais na

atualidade?” significa dizer que há vários estilos de gestão de administrador com atuação em

Minas Gerais, por exemplo, democrático, autocrático e liberal, durante a pesquisa analisou que o

melhor estilo é o democrático onde suas características pessoais e profissionais lhe proporciona


uma equipe mais motivada, interagida e comprometida pelo fato de que o líder e os liderados

interagem criando melhores formas de desenvolver suas tarefas trocando informações e

sugestões.

Acredita – se ser necessário o desenvolvimento de pesquisa como esta, que apresenta as

características essências para ser um gestor de sucesso, as competências e habilidades

necessárias, mostrando, enfim,, o seu perfil, já que o objetivo geral aqui perseguido era descrever

os etilos de gestão de um administrador com atuação em Minas Gerais identificando

características pessoais e profissionais.


REFERÊNCIAS

ANDRADE, Maria Margarida de. Introdução à Metodologia do Trabalho Científico: Elaboração

de Trabalhos na Graduação. 10 ed. São Paulo: Atlas, 2010.

CERVO, Amado Luis; BERVIAN, Pedro Alcino; SILVA, Roberto da Metodologia científica. 6

ed. São Paulo: Pearson, 2007. BIBLIOGRAFIA VIRTUAL

CHIAVENATO, Idalberto. Administração nos Novos Tempos. 2 ed. total. rev. e atual. Rio de

Janeiro: Elsevier, ©2010.

CHIAVENATO, Idalberto. Administração: Teoria, Processo e Prática. 4 ed. totalmente rev. e

atual. Rio de Janeiro: Elsevier, Campus, 2007.

CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração. 7 ed. totalmente rev. e

atual. Rio de Janeiro: Campus, Elsevier, 2004.

CHIAVENATO, Idalberto. Recursos Humanos. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2000COMTE-

SPONVILLE, André; FERRY, Luc. A Sabedoria dos Modernos: Dez Questões para o nosso

Tempo. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

COSCARELLI, Carla Viana; MITRE, Daniela. Oficina de Leitura e Produção de Textos. Belo

Horizonte: UFMG, 2007.

FRANÇA, Júnia L.; VASCONCELOS, Ana Cristina de. Manual para Normalização de

Publicações Técnico-Científicas. 8 ed. Belo Horizonte. Editora UFMG, 2007.

LACOMBE, Francisco José Masset.; HEILBORN, Gilberto Luiz José. Administração:

Princípios e Tendências. 2 ed. rev. e atual. São Paulo: Saraiva, 2008.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de Metodologia

Científica. São Paulo: Atlas, 2001.

LAKATOS, Eva Maria. Sociologia da Administração. São Paulo: Atlas, 1997.

MACHADO, Anna Rachel. (Coord.). Planejar Gêneros Acadêmicos. 3 ed. São Paulo: Parábola,

2008.

MACHADO, Anna Rachel. (Coord.). Resenha.4 ed. São Paulo: Parábola, 2007.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Metodologia do Trabalho Científico:

Procedimentos Básicos, Pesquisa Bibliográfica, Projeto e Relatório, Publicações e Trabalhos

Científicos. 7 ed. São Paulo: Atlas, 2007.

MASCARENHAS, Sidnei Augusto (org.). Metodologia científica. 6 ed. São Paulo: Pearson,

2012. BIBLIOGRAFIA VIRTUAL


GODOY, Arilda S., Introdução à pesquisa qualitativa suas possibilidades, In Revista de

Administração de Empresas, v.35, n.2, Mar./Abr. 1995.

MAXIMIANO, Antonio César Amaru. Teoria Geral da Administração: da Revolução Urbana à

Revolução Digital. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2006.

OLIVEIRA, Silvio Luiz. Sociologia das Organizações: uma Análise do Homem e das Empresas

no Ambiente Competitivo. São Paulo: Cengage Learning, ©1999.

REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS. Rae. São Paulo: FGV, 2004.

REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO. São Paulo: USP, Faculdade de Economia, Administração e

Contabilidade da Universidade de São Paulo, 1997.

ROESCH, Sylvia Maria Azevedo. Projetos de Estágio e de Pesquisa em Administração: Guia

para Estágios, Trabalhos de Conclusão, Dissertações e Estudos de Caso. 3 ed. São Paulo: Atlas,

2005.

SEBRAE. Centro de Capacitação e Apoio ao Pequeno Empreendedor. São Paulo. Disponível

em: . Acesso em: 07 ago 2010.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho Científico. 23 ed. São Paulo: Cortez,

2007.

SILVA, Reinaldo Oliveira da. Teorias da Administração. São Paulo: Pearson Prentice Hall,

2008.

UNA (Centro Universitário UNA) – Núcleo de Trabalhos de Conclusão de Curso. Manual do

Trabalho Interdisciplinar Dirigido. Belo Horizonte: Una, 2015. Disponível em:

.

UNA (Centro Universitário UNA) – Núcleo de Trabalhos de Conclusão de Curso. Manual para

Elaboração de Trabalhos Acadêmicos: Normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas

(ABNT). Belo Horizonte: Centro Universitário UNA, 2015. Disponível em:

.

ZACCARELLI, S. B. Estratégia Moderna nas Empresas. Zarco, 1996, p. 103-137.

IMAGEM,


APÊNDICE A

INSTRUMENTO DE PESQUISA - COLETA DE DADOS

A fim de descrever os estilos de gestão de um administrador com atuação em Minas Gerais

identificando características pessoais e profissionais, formulou-se um questionário de 09

perguntas, dirigido a Helton José Lara Moreira e aplicado aos 09 de Maio de 2015. Com ele

busca-se conceituar estilos de gestão no cenário empresarial e definir as competências e as

habilidades do gestor da atualidade.

Lembramos que somos a equipe Futuros Gestores, constituída por estudantes de graduação do

curso de Administração da Faculdade Una Contagem e que todas as informações deste trabalho

serão abordadas com grande respeito aos princípios éticos da pesquisa científica.

Afirmamos, ainda, que, após o crivo dos professores do curso, em banca examinadora, teremos o

prazer em apresentar-lhe(s) os resultados.

QUESTÕES

1- Qual é a sua formação?

R1: Minha formação hoje é Ciência Contábeis, eu fui formado na PUC universidade católica

em contagem e depois eu fiz Gestão de Estratégica de Inovação a pós-graduação.

2- Qual é o seu estilo de Gestão? Você acredita que esse é o melhor?

R2: O estilo de Gestão hoje que eu faço, eu acho que é o mais correto é o estilo de gestão

democrático.

3- Como você lidera a sua equipe?

R3: Conforme eu falei meu estilo de gestão é democrático hoje eu lidera a minha equipe de

uma forma em que todos participam, todos atuem e em que todos foquem em um objetivo só.


4- Quais novos conhecimentos poderiam ser oferecidos para sua equipe?

R4: Eu acredito hoje que qualquer tipo de conhecimento ele é de um valor muito grande para

qualquer gestor, qualquer treinamento que você faz qualquer leitura que você faz palestras,

Workshop que hoje você participa. Então eu acho hoje que a pessoa tem que estar bem

informada.

5- Qual é a forma de reconhecimento na empresa para os colaboradores na sua área de atuação?

R5: Há varias formas de reconhecimento dentro da empresa para os colaboradores, eu vou

citar algumas, por exemplo, como maratona cultural, PLR, premiação por absenteísmo.

6- Qual foi sua trajetória dentro da empresa?

R6: Hoje na empresa que eu trabalho eu sou supervisor de logística (Supervisor Supply

Chain), hoje eu lidero uma equipe de aproximadamente cinquenta e três pessoas, tenho hoje

21 anos de empresa comecei como operador de produção, depois eu passei para almoxarife,

depois passei para líder de equipe, de líder de equipe passei para analista, de analista eu já

passei para gestor de um departamento e hoje eu sou responsável, sou supervisor por esse

departamento Supply Chain, hoje nada mais é uma cadeia de suprimento a área logística.

7- Qual é o efeito do trabalho no ambiente externo?

R7: Agente acredita hoje que como eu trabalho como Supply Chain envolve várias partes

externas, desde um transportador, desde uma expedição de uma empresa, ou seja, a matéria

prima chegando dentro da empresa ela sendo manufaturada ate sair um produto final eu

acredito que nesse trajeto todo envolva assim, não só aquelas pessoas que estão ligados

diretamente a essa atividade como indiretos varias pessoas que dependem disso ai, então

quero dizer hoje área que atuo e a empresa que eu trabalho que envolve indiretamente assim

milhares e milhares de pessoas o envolvimento e praticamente total.

8- Você confia em sua equipe?

R8: Se eu não confiasse na minha equipe eu não teria o sucesso de estar a uma empresa há 21

anos, a idade que a pessoa fica dentro de uma empresa, que a pessoa trabalha dentro de uma

empresa e a posição em que a pessoa exerce dentro da empresa demonstra que ela tem que

confiar na equipe, então confiança é tudo.


9- Qual e sua maior dificuldade em lidar com seus colaboradores?

R9: A maior dificuldade hoje que eu acredito que seja para liderar meus colaboradores e que

em cada pessoa tem uma personalidade diferente, eu acredito que essa e a maior dificuldade

ter que saber como liderar as pessoas e como falar com cada uma.


ANEXO

AUTORIZAÇÃO PARA REALIZAÇÃO DA PESQUISA

Prezado(s) Senhor (es):

A UNA traz, na matriz curricular de seus cursos, uma disciplina que objetiva promover o

desenvolvimento acadêmico e profissional de seus alunos por meio do desenvolvimento de um

Trabalho Interdisciplinar. Neste semestre, o curso de Administração, no seu Módulo B, apresenta

como eixo temático Estilos de Gestão de Administradores com atuação em Minas Gerais.

Nesse contexto, os estudantes, Daiane Vitória Frazão Santos Soares, Danielle Fernandes da Silva

Júlio Cézar dos Santos, Patrícia Morozesk Mendes, Priscila Alves Benvindo Guimarães, Simone

Pita da Silva Marques, Taine Ferraz Ferreira, Thiago Vianna, da equipe Futuros Gestores, da

unidade Contagem, pretende apresentar, como proposta de trabalho, um estudo sobre as

Características do Administrador com Atuação em Minas Gerais.

Sendo assim, solicitamos a permissão e a colaboração do(s) senhor(es) para a viabilização deste

trabalho. Salientamos, ainda, que as informações colhidas não serão utilizadas para outros fins

que não o acadêmico.

Colocamo-nos à disposição para maiores esclarecimentos sobre a natureza da pesquisa.

Atenciosamente:

________________________

Karen Dornas

Coordenadora do curso de Administração

Tel. 3514-5005

More magazines by this user
Similar magazines