são paulo - Metro

publimetro.band.com.br

são paulo - Metro

NEY MATOGROSSOATENTO AOS SINAISCANTOR MISTURA COMPOSIÇÕES DE ANTIGOSE NOVÍSSIMOS TALENTOS EM TRÊS SHOWS PÁG. 20SÃO PAULOQuinta-feira,7 de março de 2013Edição nº 1.498, ano 6MÍN: 19°CMÁX: 30°Cwww.readmetro.com | leitor.sp@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metroPoupançacapta R$ 2 bie é recordeInvestimento. Montante arrecadado em fevereiro mostraque, apesar das mudanças que reduziram a sua remuneração,caderneta continua sendo a aplicação preferida do brasileiro PÁG. 08Polícia descartasuicídio namorte de ChorãoRECICLE A INFORMAÇÃO: PASSEESTE JORNAL PARA OUTRO LEITORPIMENTANO RECORDETimão perde para Tijuana e dá adeusà marca histórica de invencibilidade PÁG. 30Pato disputa lance na derrota por 1 a 0 do Corinthians, que buscava série invicta de 17 jogos | FAUSTO VARGAS/JAM MEDIA/FOLHAPRESSDelegado também não crê em homicídioe apura se vocalista do Charlie Brown Jr.teria abusado de drogas. Enterro seráhoje, às 17h, em Santos PÁGS. 22 E 23Bruno conirmamorte de Eliza eacusa MacarrãoPela 1 ª vez, ex-goleiro admitiu oassassinato. Ele disse que o amigo teriaencomendado o crime ao ex-policialBola sem que ele soubesse PÁG. 02Chorão em show de 2012 | JEFERSON BERNARDES/FOLHAPRESS‘Chavismo nãoé sustentável’,afirma analistaOpinião é do norte-americanoDavid Smilde. Ontem, uma multidãoacompanhou o cortejo de Chávez emCaracas. Dilma irá ao funeral PÁG. 12


SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.com {FOCO} |03|◊◊Câmara tem dois projetospara mudar lei das calçadasLegislação. Haddad quer dar 30 dias para dono consertar passeio. Vereador do PSDB propõe que prefeitura banque a manutençãoPrefeitura e oposição apresentaramà Câmara doisprojetos propondo mudançasna lei das calçadas.Hoje, o responsável peloimóvel que não realizar amanutenção do calçamentoé multado na hora. O valormínimo da autuação éde R$ 300. E a multa é calculadasobre a extensão totalda calçada.A proposta do prefeitoFernando Haddad (PT) prevêque o responsável peloimóvel tenha 30 dias pararegularizar a situação antesde pagar a multa. Se não pagar,o morador será incluídono Cadin (cadastro de devedoresda prefeitura). O dinheiroarrecadado será usadopara recuperar o própriolocal que gerou a autuação.170 milé o número de pessoas quese acidentam em calçadastodos os anos em São Paulo.Já o projeto apresentadopelo vereador Andrea Matarazzo(PSDB) prevê transferirpara a prefeitura aresponsabilidade pela manutençãode todas as calçadasda capital. Segundo aproposta, a legislação sobreos passeios deve ser regidapelo CTB (Código de TrânsitoBrasileiro), que atribui aresponsabilidade do passeioà administração municipal.O projeto também obrigaa prefeitura a apresentardados estatísticos sobre acidentesem calçadas. “Percebemosque a lei que responsabilizao proprietário doimóvel por sua calçada nãofunciona”, diz o vereador.Todos os anos, 170 milpessoas se acidentam emcalçadas da capital, segundoestimativa do ombudsmanda CET, Philip Gold.Levantamento feito peloHospital das Clínicas mostraque uma em cada cincovítimas de queda atendidasno pronto-socorro caiu porconta de irregularidades nopasseio. Não há previsãopara que os projetos sejamvotados na Câmara.MÁRCIOALVESMETRO SÃO PAULOCalçada esburacada na rua Augusta | ANDRÉ PORTO/METROMP vai investigar obraque desabou na LiberdadeO MP (Ministério Público)instaurou inquérito civil parainvestigar a queda da fachadado imóvel na avenidaLiberdade. O auxiliar delimpeza Marco Antonio dosSantos, de 51 anos, que passavapelo local, morreu.Na investigação, a Promotoriade Habitação e Urbanismopretende estabeleras responsabilidades peloacidente.Amanhã, o proprietárioR$ 205mil é o valor da multaaplicada pela prefeitura aoproprietário da obra.do imóvel deve ser ouvidopela polícia. Segundo o delegadodo 1º Distrito Policial,José Sampaio, após o depoimentode fiscais da prefeitura,técnicos da Sabesp e daDefesa Civil, o dono do imóvele o engenheiro responsávelpela obra podem responderpor homicídio comdolo eventual (quando se assumeo risco de matar).O dono do imóvel foimultado em R$ 205 mil.Após vistoria, a subprefeiturada Sé decidiu embargara obra. Outros cincoimóveis afetados permaneceminterditados. METROFeira. Bonecosinfláveisimitam Obamae Justin BieberComeçou ontem a 1ª MostraInternacional de BonecasInfláveis, que ocorre até sábado,no Espaço Painel Cultural,na zona sul. Na mostra,estarão expostos cercade 20 bonecas. Entre os modelosem exibição estão cópiasde famosos como o presidentedos EUA, BarackObama, e o astro pop canadenseJustin Bieber. METROBonecos exibidos na 1ª Mostra de Bonecas Infláveis | FABIO MARTINS/FUTURA PRESSPassageiros enfrentam lotação em estação da linha Vermelha | RUBENS CAVALLARI/FOLHAPRESSFalha prejudica circulaçãode trens na linha VermelhaUma falha na linha 3-Vermelhado metrô provocouatrasos e superlotação noinício da noite de ontem.Com isso, passageirosse acumularam nas plataformase escadas de algumasestações.De acordo com o Metrô,o problema teve origemno equipamento quepermite aos trens mudaremde via entre as estaçõesBresser e Belém.Os trens tiveram que circularcom velocidade reduzida,provocando lentidão eatrasos em todas as estaçõesda linha Vermelha.O problema começou porvolta das 16h50 e tambémprejudicou outras linhas,que ficaram superlotadas.Técnicos foram para o localpara reparar o equipamento.Por volta das 20h, asituação foi normalizada.Anteontem, uma falhana linha 1-Azul no final datarde entre as estações Tietêe Luz também causou atrasose superlotação duranteuma hora. METRO


|04| {FOCO}SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.comBicicletários dometrô continuamsem funcionarMobilidade. Empresa responsável pelo serviço diz que está sempatrocinadores. Metrô afirma que procura novos parceirosApenas quatro dos 17 bicicletáriosdo metrô de SãoPaulo ainda estão em funcionamento.Inauguradoem 2008, o serviço já chegoua registrar 10 mil atendimentospor mês - entreestacionamentos e aluguelde bicicletas - mas sofredesde outubro do ano passadocom um impasse entrea ONG Parada Vital, queadministra o serviço, e oMetrô, que cede o espaço.Os bicicletários foramfechados em 13 estaçõesno final do ano passado. Segundoa ONG Parada Vital,por falta de patrocínios. Paramanter o serviço, a entidadeexplora os direitos deanúncio nos bicicletários.Em dezembro, o Metrôanunciou um plano de contigênciapara que parte dosbicicletários continuassemfuncionando. Desde então,apenas os das estaçõesAnhangabaú, Palmeiras--Barra Funda, Guilhermina--Esperança e Butantã estãoem operação. No entanto,Bicicletário no Anhagabaú é um dos 4 que ainda funcionam | ANDRÉ PORTO/METROapenas no Butantã o aluguelde bikes é oferecido.O Metrô disse que estáanalisando proposta de empresase ONGs para a retomadado serviço.Já a Parada Vital informaque ainda mantem conversascom o Metrô para encontraruma solução para oimpasse.O problema vem na contramãodo interesse do paulistanopela bicileta. Nosúltimos dois meses, o númerode pesssoas que alugambikes por meio de umserviço oferecido por umbanco subiu de 33,9 mil para80 mil cadastrados.HENRIQUEBEIRANGÊMETRO SÃO PAULOTrono usado por Bento 16 quando esteve na capital | ANDRÉ PORTO/METROExposição em mosteirolembra a visita de Bento 16Em maio de 2007, o papaBento 16 se hospedou noMosteiro de São Bento, naregião do centro, durantevisita à capital.Após a renúncia do pontífice,no dia 11 de fevereiro,os monges beneditinosresolveram organizar umaexposição com fotografiase objetos usados por BentoXVI em sua passagem pelomosteiro.Com entrada grátis, o públicopode conferir a mostrade segunda à sexta-feira, das13h às 17h, e aos domingosdas 10h até 12h30.A exposição ficará abertaaté a eleição do novo papa,prevista para acontecer nestemês.Além do trono, podemser vistos livros e medalhascomemorativas durante amostra. Entre as fotos expostas,destaca-se uma emque aparece o pontífice caminhandono jardim doclaustro.A decoração do quartoem que o papa emérito ficoudurante a visita ainda émantida em caráter museológicoaté hoje, mas o localnão estará aberto para visitaçãopor estar em um ambientede acesso restrito aosmonges. METROMetrô. Linha 6 será pagaconforme construçãoUm novo modelo de pagamentopode baratear os custosda obra da linha 6-Laranjado metrô. A ideia é pagarpela construção enquantoela está sendo feita pela ParceriaPúblico-Privada (PPP).Na Assembleia Legislativa,tramita um pedido deautorização para que o governoarrecade R$ 3,8 bilhõesem empréstimos juntoao Banco Nacional deDesenvolvimento Econômicoe Social (BNDES) e outrasinstituições para pagarparte da obra, quase metadedo custo previsto de R$8 bilhões.Através da PPP, as empresassão pagas diretamentepelo governo. Existe aindaa possibilidade de parte dopagamento ser obtido como retorno financeiro que oserviço proporcionará. Nocaso do metrô, parte do dinheiropago pelos usuáriosseria destinado à obra.É a primeira vez que oaporte de recursos está sendofeito na fase de investimentos.O diretor da CompanhiaPaulista de Parcerias(CPP), Tomás Bruginski, disseque terá um financiamentode 30 anos, com seisde carência. A parcela deleserá colocada ao longo dafase de execução. Dessa maneira,o custo do projeto parao estado será financeiramentevantajoso.De acordo com Bruginski,na obra do trecho nortedo Rodoanel os custos forambarateados dessa forma.A previsão é de que aspropostas sejam avaliadasno dia 9 maio. A linha Laranjavai ligar a estação SãoJoaquim, na região central,à Brasilândia, na zona norte.e deverá começar a funcionarapenas em 2020.METRORio Pinheiros.Governo querretirar odorOs testes para a remoção domau cheiro do Rio Pinheiros,que passa pelas zonassul e oeste, devem começarem breve. O rio recebe esgotosem tratamento de bairros ricos,como Panamby, Morumbie Pinheiros. O projeto nãoinclui a despoluição.O secretário estadual doMeio Ambiente, Bruno Covas,disse anteontem que ematé 10 dias um edital será lançadopara que empresas interessadasem desenvolvertecnologias capazes de removero cheiro ruim do rio seapresentem.Para os ciclistas que utilizama ciclovia da marginal, amedida é alentadora.O presidente do Conselhode Segurança do Morumbi,Celso Cavalini, acredita que aproposta ataca a consequênciado problema, mas não ascausas. METRO


SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.com {FOCO} |05|◊◊Aprendizado de matemáticano ensino médio de SP pioraEducação. Prova Brasil mostra que porcentagem de estudantes do 3 º ano com conhecimento adequado caiu entre 2009 e 201111,4%é a proporção de alunos doúltimo ano do ensino médiodo Estado com aprendizadoadequado em matemática.Apenas um em cada 10(11,4%) alunos do últimoano do ensino médio de SãoPaulo tem os conhecimentosadequados de matemática,segundo dados divulgadosontem pela ONG Todospela Educação, com basenos resultados da Prova Brasilde 2011.O exame, feito a cadadois anos, mostra que a situaçãoem São Paulo piorou.Em 2009, 12,5% dosestudantes obtiveram notassatisfatórias no exame.Com o resultado, o Estadose distancia ainda mais dameta prevista para 2011 pelaONG, que era de pelo menos24,8% dos alunos comresultados aceitáveis.Em português, a outradisciplina avaliada, a proporçãode alunos do Estadocom conhecimento adequadosubiu de 33,6% para35,9% no mesmo período,superando a meta, de 34,4%.Pelos critérios da entidade,o adequado é que o alunoobtenha pelo menos 350pontos em um total de 500.“O resultado é preocupante.É um alerta geralpara todo o país. Sem políticaspúblicas adequadas,não vamos caminhar”, dizRicardo Falzetta, gerentede conteúdo da ONG.A Secretaria de Estadoda Educação afirmou queSão Paulo alcançou as metaspara o ensino médio estabelecidaspelo MEC (Ministérioda Educacão).Levando-se em conta dadosde todo o país, o percentualde estudantes com o conhecimentonecessário caiude 11% para 10,3% em matemáticaentre 2009 e 2011.Em Português, o resultadofoi igual (29%). O melhordesempenho em matemáticafoi registrado no Amazonas,que ficou a 3,5 pontospercentuais da meta.HENRIQUEBEIRANGÊMETRO SÃO PAULOALUNOS APRENDEM MENOSPorcentagem de estudantes com domínio adequadode matemática e portuguêsPORTUGUÊS33,6%35,9%2009 2011FONTE: TODOS PELA EDUCAÇÃOSÃO PAULOMATEMÁTICA12,5% 11,4%2009 2011PORTUGUÊS29% 29%BRASILMATEMÁTICA11% 10,3%2009 2011 2009 2011


|06| {BRASIL}SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.comTemporal deixa4 mortos no RioCaos. Chuva causou transtornos em toda a região metropolitana. De acordo com aprefeitura, na noite de anteontem choveu 70% do esperado para todo o mês de marçoSaúde.Receitaspodem valerem todo o paísO Senado aprovou ontemprojeto que torna as receitasmédicas e odontológicasválidas em todo Brasil.Atualmente, o documentotem validade apenas naslocalidades onde foremprescritos pelos profissionaisde saúde.O senador Jayme Campos(DEM-MT), autor daproposta, justificou quemuitas vezes a legislaçãodificulta a vida de muitoscidadãos que necessitamadquirir medicamentos. Otexto foi aprovado pela Comissãode Assuntos Sociaisdo Senado e segue para votaçãona Câmara dos Deputados,se não houver recursopara ser analisado peloplenário do Senado. METROÁrvore é retirada de cima de carro, na Tijuca |MARCELO FONSECA/HONOPIX/FOLHAPRESSO forte temporal que atingiua região metropolitanana do Rio na noite deanteontem deixou quatropessoas mortas e um adolescentede 14 anos desaparecido.Com a chuva, diversosserviços da cidadetiveram que ser paralisadose mais de dez bairros ficaramsem luz.Duas das vítimas morreramatingidas por descargaselétricas no bairro do Catete,na zona sul. Em Belford Roxo,na Baixada Fluminense, umhomem morreu atingido pelaqueda de um muro. Em Jacarepaguá,na zona oeste, umaárvore caiu em cima de um vigia,que também morreu.O jovem de 14 anos quecontinuava desaparecidoaté às 22h de ontem foi levadopela correnteza deuma vala que transbordouem Cordovil, no subúrbiodo Rio.A chuva começou poucodepois das 19h e deixouruas alagadas em váriospontos da cidade. Na zonanorte, a tempestade derrubou40 árvores.O aeroporto Santos Dumontchegou a ficar fechadopor 40 minutos e a ponteRio-Niterói ficou sem luzpor mais de uma hora.As estações de metrôSaens Peña, Afonso Pena eSão Francisco Xavier tiveramo funcionamento suspensodepois de terem ostrilhos submersos.Na Baía de Guanabara, achuva e o lixo também causaramo enguiço de doiscatamarãs do transportepúblico. Passageiros protestarampela fila de mais de40 minutos.No fim da tarde de ontem,os bairros do JardimBotânico, Botafogo, CampoGrande, Santa Cruz e Jacarepaguápermaneciam comproblemas de abastecimentode energia.Após a chuva, 65 caminhõesbasculantes, 14 caminhõespipa e 26 pás mecânicassaíram às ruas paralimpar a cidade.De acordo com o Centrode Operações da Prefeiturado Rio, na noite de anteontem,em uma hora choveu70% do esperado para todoo mês de março. METROCom churrasco, centraisfazem protesto em BrasíliaMultidão ocupou a Esplanada dos Ministérios | RICARDO MARQUES/METRO BRASÍLIASeis centrais sindicais ocuparamontem a Esplanada dosMinistérios, em Brasília. A 7ªmarcha à capital federal reuniucerca de 50 mil pessoasDurante o protesto, os manifestantesfizeram um churrasco.Foi feito um minuto desilêncio pela morte do presidenteda Venezuela, HugoChávez. Os sindicalistas apresentaramao governo umapauta com 12 propostas.As centrais buscam marcarposição visando as eleiçõespresidenciais de 2014.A principal queixa é sobre oque veem como ‘distanciamento’do governo em relaçãoao movimento sindical,berço do PT. “Quando vocênão concorda com o Executivo,[e jogado para escanteio”,disse o presidente da ForçaSindical, deputado Paulo Pereirada Silva (PDT-SP).Pela primeira vez, a presidenteDilma Rousseff recebeupessoalmente todos ospresidentes das centrais sindicais.Antes, o ministro daSecretaria-Geral da Presidência,Gilberto Carvalho, lideravaos encontros. A mudançade postura é vista comouma tentativa de barrar umaaproximação entre sindicatose o governador de Pernambuco,Eduardo Campos(PSB), que pode disputar apresidência. METRO BRASÍLIAPolíticaCLÁUDIOHUMBERTOCLAUDIO@METROJORNAL.COM.BR‘MARCHA’ PAGOU R$ 70 DECACHÊ A MANIFESTANTES.Além de sinais exterioresde opulência, comobanners, bandeirolas ebalões com os materiaismais caros do mercado,organizadores de “marcha”de sindicalistas, ontem,em Brasília, recrutarammilhares de pessoasna periferia do DF parafazer número, em trocade lanches, boné, camisetae cachê de R$ 70,00.Estima-se que a “marcha”de mais de 40 mil participantescustou pelo menosR$ 3,2 milhões.QUEM PAGA. Há em Brasíliaescritórios que oferecem“manifestantesprofissionais”, pagoscom dinheiro do impostosindical e de convêniosdo governo.EXCURSÃO. Uma centenade ônibus utilizados notransporte dos “manifestantes”,entre a periferiado DF e Brasília, custou entreR$ 600 e R$ 900 cada.DESPREPARO. A prefeiturado Rio de Janeiroemitiu alerta de chuva“ocasionalmente forte”20 minutos antes do dilúvioque matou 4 pessoase inundou os locaisde sempre na cidade, algunsconhecidos há maisde cem anos.NINGUÉM MERECE. O lixoatômico do Irã, MahmoudAhmadinejad, garantiuque Chávez “ressuscitará”,como Jesus e o imãmuçulmano Mahdi. Na Síria,talvez.VOCÊ DECIDE. A boa notícia:Guido Mantega (Fazenda)garante que a economia“está em recuperação”. ACOM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROSWWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR“ELA É MAISPOPULAR QUEO LULA”CID GOMES (PSB),GOVERNADOR DO CEARÁ,ELEITOR DECLARADO DAPRESIDENTA DILMAmá: respira por aparelhosmade in China.DURO RECADO. O SuperiorTribunal de Justiçamostrou que se lixapara pressões do governo:não incluiu AugustoRossini, do DepartamentoPenitenciárioNacional, na lista tríplicepara ministro do STJ.E meteu o ministro JoséEduardo Cardozo (Justiça),chefe de Rossini, emtremenda saia justa.José Eduardo Cardozo| FABIO RODRIGUES-POZZEBOM/ABRPODER SEM PUDORA comadre JackieO prefeito José AmâncioCosta, do interior paraense,dera o nome de personalidadesimportantes aossete filhos: Nelson, MariaAntonieta, Bismarck, Wilson,Getúlio, Juscelino eKennedy. Para o batismodeste último convidara opróprio, que não pôde vir,mas foi representado pelocônsul americano emBelém. Poucos meses depois,Kennedy foi assassinado.Amâncio choroucopiosamente a mortedo xará de seu filho. E aquem tentava consolá-lo,ele respondia:- O que me preocupamesmo é a minha comadreJacqueline...


|08| {ECONOMIA}SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.comPoupança temcaptação recordeem fevereiroInvestimentos. Captação da caderneta atinge R$ 2,32 bilhões, a maior para o mês dasérie histórica do BC. Mesmo com queda de rentablidade, aplicação continua atrativaOs depósitos superaram ossaques na caderneta de poupançaem R$ 2,32 bilhões emfevereiro. Trata-se do melhordesempenho para o mês dasérie histórica do Banco Central,com início em 1995. Oantigo recorde tinha sidoregistrado em fevereiro de2008 (R$ 1,388 bilhão).O resultado mostrou quea poupança continua sendoum investimento atrativo,mesmo com as alteraçõespromovidas pelo governono ano passado. Embora remuneraçãotenha caído, aaplicação ainda continuavantajosa porque é isentade tributos e não cobra taxasde administração.No acumulado do ano,a captação líquida está positivaem R$ 4,620 bilhões,recorde histórico. Considerandoos rendimentos de R$2,446 bilhões em fevereiro,as cadernetas alcançaramum saldo de patrimônio totalde R$ 505,602 bilhões.Em maio do ano passado,o governo atrelou os jurosda caderneta à Selic. Osrecursos depositados a partirde 4 de maio de 2012 rendemo equivalente a 70% dataxa básica de juros maisTR. Com a Selic em 7,25%ao ano, o rendimento é de5,075%. Mesmo que a taxabásica mude ao longo do períodomensal considerado, ataxa aplicável é a vigente nadata em que se deposita, ouseja, a do início do período.A rentabilidade da novapoupança ganha de todos osfundos de renda fixa com taxade administração a partirde 2% ao ano, independentementedo prazo para resgatedos recursos, segundo simulaçãoda Anefac (AssociaçãoNacional dos Executivos deFinanças, Administração eContabilidade). Só os fundoscom taxas de 0,50% aoano, que são concedidas paraaplicações acima de R$ 50mil, sempre vencem da poupançacom remuneração nova,independentemente dosprazos de resgate determinados.METROCAPTAÇÃO EM ALTA Desempenhoem fevereiroDEPÓSITOSR$ 97,71bilhõesCAPTAÇÃOR$ 2,32bilhõesSAQUESR$ 95,39bilhõesRENDIMENTOSR$ 2,44bilhõesRANKING DE APLICAÇÕES Rendimento em fevereiroPOUPANÇA NOVAFUNDO DIRENDA FIXAINFLAÇÃOIGP-MIPCA*MÊS0,27%0,29%0,41%0,41%0,43%FONTE: BANCO CENTRAL, ANBIMA, BANCO CENTRAL E FGV *PROJEÇÃO DO MERCADOTOTAL DE RECURSOSAPLICADOSR$ 505,6bilhõesANO0,83%0,63%1,02%0,98%1,29%Pesquisa. Homens admitemque as esposas mandamTrabalhoRendimentodas mulheressubiu mais71%dos homens casados afirmamque as mulheres decidem o queele vai vestir, segundo pesquisado Data Popular.Sete em cada dez homenscasados dizem que é preferívelmudar de opinião abrigar com a esposa. Essa éuma das conclusões do estudodivulgado ontem peloData Popular Instituto dePesquisa.O estudo mostra que elasdecidem as compras do supermercado,a viagem deférias da família e até mesmoas roupas do marido. Apesquisa ouviu 800 homenscasados, em mais de 40 cidades,durante o último trimestredo ano passado.Segundo a pesquisa, 86%dos homens entrevistadosdizem que são suas esposasque decidem as comprasdo supermercado. Outros79% reconhecem que é delastambém a decisão a respeitoda viagem de fériasda família.Até mesmo a roupa queo marido vai vestir é decididapela mulher, segundo71% dos entrevistados. Seengana quem acha que carroe computador é assuntode menino. São as mulheresque escolhem o carroda família (58%) e o computador(53%).Quase 80% dos entrevistadosafirmaram ter certezaque a esposa possui dinheiroguardado sem seuconhecimento. Mas 61% delesgarantiram que a esposaconfere sua conta no bancoe sabem exatamente quantoeles ganham. METROO rendimento médio realpor hora no mercado detrabalho da Região Metropolitanade São Paulo subiumais para as mulheresdo que para os homensna passagem de 2011 para2012, segundo estudo doSeade/Dieese. Para as mulheres,o valor por hora ficouem R$ 8,24 em 2012,alta de 5,8% sobre 2011. Jápara os homens passou aequivaler a R$ 10,70, avançode 5,2%.No entanto, houvepouco impacto na diferençaentre as rendas.Em 2011, o rendimentomédio por hora das mulherescorrespondia a76,6% do recebido peloshomens. Em 2012,passou para 77%. METROIR. Receitalibera loteresidualA Receita Federal vai liberaramanhã, a partir das 9h, asconsultas a mais um lote residualmultiexercício do Impostosobre a Renda da PessoaFísica, que engloba operíodo de 2008 e 2012. Oslotes residuais referem-sea contribuintes que caíramna malha fina do leão nosúltimos anos.As consultas aos lotes poderãoser feitas por meio dapágina na internet do Fisco(www.receita.fazenda.gov.br) ou por meio do telefone146. De acordo com informaçõesda Receita Federal,o pagamento de todasas restituições destes lotesresiduais acontecerá no dia15 de março, no valor de R$130 milhões. Ao todo, 130,5mil contribuintes serão contemplados.METROTurismo Week prometedescontos de até 50%Promoção de viagens começa no próximo sábado | RENATO ARAÚJO/ABRA Braztoa (Associação Brasileiradas Operadoras deTurismo) promove a partirde sábado, dia 9, a segundaedição da Turismo Week. Apromoção de viagens para operíodo de baixa temporadavai até o dia 18 de março,e inclui ofertas com embarquede março a junho ou deagosto a novembro.De acordo com a entidade,serão oferecidos cercade dois mil roteiros, comdescontos de 20% a 50%, pelos44 operadores participantes.As promoções podemser acessadas no sitewww.turismoweek.com.br.Para adquirir a viagem, oconsumidor deve acessar osite, escolher o roteiro e fazero pedido.Na primeira ediçãoera possível comercializarapenas pacotes. Destavez, também serão oferecidosroteiros promocionaisque incluem apenasos serviços terrestres parapassageiros que quererutilizar milhas em passagensaéreas.Na primeira edição daTurismo Week, em setembrode 2012, foram solicitadosmais de 60 mil consultasentre os dois mil roteiros cadastrados.A expectativa paraesta edição é superar 70mil consultas. METROMercados. Papéis daPetrobras disparam 15%CotaçõesPetrobras ON+ 15,16%Petrobras PN+ 9%O inesperado reajuste nopreço do diesel impulsionouas ações da Petrobrase patrocinou o forte avançoda Bovespa. O Ibovespafechou em alta de 3,56%, a57.940 pontos. Foi o maiorganho diário desde 27 de julhode 2012, quando o índicesubiu 4,72%.“Como nos velhos tempos,Petrobras levou o mercadocomo um todo paracima”, disse à agência denotícias “Reuters” o gerentede renda variável da corretoraH.Commcor, AriovaldoSantos. “Mas ainda é muitocedo para falar numa reversãode tendência para omercado.”A ação ordinária da Petrobrassaltou 15,16%, aR$ 16,41, a maior alta diáriado papel desde 10 de marçode 1999. A preferencial subiu9%, a R$ 18,05, na maiorvalorização diária de fechamentodesde 10 de dezembrode 2008.A disparada dos papéisocorreu após a estatal surpreendero mercado comum reajuste de 5% no preçodo diesel nas refinarias,anunciado na última terça--feira à noite, motivando diversosanalistas a revisarpara cima suas estimativaspara a petrolífera. METRO


|12| {MUNDO}SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.comImagens11 E 2 . CARLOS GARCIA RAWLINS/REUTERS 3 . JORGE DANLOPEZ/REUTERS 4 . JAIME SALDARRIAGA/REUTERS5 . VASILY FEDOSENKO/REUTERSMultidão seguecortejo de ChávezVenezuela. No dia após a morte do presidente, Caracas fica dividida em duas: metadeestá de luto, e metade, observando. Dilma viaja hoje ao país para acompanhar funeral32451Saudação heroica. Seguidorescomparam Chávez a BolívarCorreligionários levavam pinturas do líder históricovenezuelano ao cortejo. Muitos querem que Chávezseja enterrado ao lado de Bolívar, no Panteão.2Choro generalizado. Chavistasrezam pelo presidenteEmpunhando fotos de um saudável Hugo Chávez, eleitoresdesejaram que ele voltasse à vida.3Cortejo para Caracas. Multidãopresta homenagemMetade da população venezuelana seguiu o caixão paradar o último adeus a Chávez. Enterro será na sexta.4Caricaturas nas ruas. Artistaspintam muros da cidadeAs já frequentes caricaturas de Chávez devem se multiplicarnos próximos dias.5Luto estrangeiro. Flores sãolevadas às embaixadasNa Bielorrúsia, presidente também foi exaltado.Chavistas cercam caminhão que leva o corpo de Hugo Chávez | JORGE DAN LOPEZ/REUTERSUma maré vermelha acompanhouo cortejo fúnebre deHugo Chávez, fechando asruas de Caracas, na Venezuela.As homenagens começaramàs 8h, com 21 salvas detiros de canhão. Até sexta--feira, quando o presidenteserá enterrado, um tiro vaiecoar a cada hora no país.A multidão seguia o caixãode Chávez com lágrimas nosolhos. A outra metade da população,a que estava em desacordocom as políticas domandatário, decidiu se calar efechar as portas das empresas.“O que ocorre a seguir estámuito claramente estabelecido”,disse o ministro de RelaçõesInternacionais, ElíasJaua, ainda na noite de terça--feira. Ele se referia aos próximospassos na política venezuelana:o poder seguecom o vice, Nicolás Maduro,que deve convocar eleiçõesem 30 dias, com ele própriosaindo como favorito.Pesquisas mostram queMaduro sairia vencedor emuma disputa com principalnome da oposição, HenriqueCapriles. E a maioriados analistas acredita quea comoção pela morte deChávez deve impulsionar acandidatura de Maduro.O problema do herdeirochavista será se manterno topo. “A médio e longoO epicentro da dor bolivarianafoi no hospital militaronde Chávez passou suas últimashoras. “Ele se foi fisicamente,mas deixou umasemente que nós, os jovens,devemos colher. Não vamosabandonar a luta revolucionária”,disse uma mulher.Alguns correligionáriospediam o sepultamento deChávez no Panteão Nacional,onde está o corpo de SimónBolívar. O problema é que, segundoa Constituição, os restosmortais de uma personalidadesó podem ser levadosprazo, o chavismo é insustentável”,diz David Smilde,especialista do Wola (WashingtonOffice para AméricaLatina). “Continuaráexistindo, mas como é hojeo peronismo ou o sandinismo”,compara.para lá após 25 anos da datade sua morte. O presidentedeve ser enterrado em Barinas,sua província natal.LutoDiversos países decretaramluto pela morte de Chávez, entreeles, o Brasil. A presidenteDilma Rousseff viaja hojea Caracas, para acompanharo funeral. Lá, ela vai se unir aoutros líderes latino-americanose ao ex-presidente Lula.Os EUA também devem enviaruma delegação à cerimônia.METRO INTERNACIONAL‘Mito se mantém, masmodelo é insustentável’Maduro (à dir.): tentativa de perpetuar o chavismo | CARLOS GARCIA RAWLINS/REUTERSA figura de Chávez, porsua vez, será para sempreexaltada,. “O mito se mantém,mas a Venezuela teráproblemas muito sérios.”CAROLINA VICENTINMETRO SÃO PAULODepoimentoMeu dia como presidenteUm homem de quasedois metros de altura tiraum pedaço de queijoda geladeira e coloca naboca. Ele é como o provadorpessoal de um imperadore repete o movimentocom toda a mesado café da manhã. O alimentoé para o presidenteHugo Chávez, que estáno interior da Venezuelapara a transmissão doprograma “Alô Sr. Presidenten º 171”. É 9 de novembrode 2003.A 300 quilômetros deCaracas, em uma fazenda,Chávez é maquiado eeu pude ver como o presidentevenezuelano tinhao tratamento de uma estrelade rock.Após a transmissão,Chávez e seus delegadoscomeçaram a visitar a fazenda.Para mim, foi aúnica oportunidade de falarcom ele. Entre empurrõese cotoveladas, meaproximei: “Senhor presidente,sou um jornalistamexicano!” Chávez se virou,me deu a mão e disse:“Espere um minuto!Vou cumprimentar meuamigo mexicano.”“O que você está fazendoaqui, tão longe do México?”Eu respondi quevim para dizer “olá” e perguntarse ele poderia daruma mensagem ao México.Nossa conversa durouenquanto nós andamosao longo de um corredore foi encerrada com outroaperto de mão. “Saudaçõesao povo mexicano.Viva a América Latina!”Nessa viagem à Venezuela,eu aprendi que umgrande segmento da populaçãoidolatrava Chávez.Mas eu também vique outro segmento, omais rico, estava em desacordocom suas políticas.Venezuela foi e aindaé um país dividido.ALFREDOGONZÁLEZEditor-chefe,Metro México


SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.com {MUNDO} |13|◊◊‘Dever patriótico’. Sarkozyconsidera voltar à políticaBebê de Kate.É uma meninaO arcebispo ora na Basílica de São Pedro | MASTRANGELO REINO/FRAME/FOLHAPRESSQuase um ano depois deser derrotado pelo atualpresidente francês, NicolasSarkozy admitiu que podevoltar à vida política.Em um artigo que serápublicado hoje na revista“Valeurs Actuelles”, o ex--mandatário diz consideraressa possibilidade, não porquequer, mas por “dever”patriótico. “Haverá um momentoem que a questãonão será mais: ‘Você quer?’,mas ‘Você tem escolha?’”,escreveu.O atual presidente, FrançoisHollande, amarga baixapopularidade, e o partidode Sarkozy ainda patinapara formar uma liderança.METROO ex-presidente, em um jogo, nomês passado | GONZALO FUENTES/REUTERSA duquesa de Cambridge,Kate Middleton, deixou escaparque espera uma menina.Segundo a imprensa britânica,a princesa recebeuum presente de uma mulhere, ao agradecer, disse:“obrigada, vou levar paraminha filha”, sem completara frase. O bebê deve nascerem julho. METROEspecialistaaposta emdom OdiloVaticano. Andreas Englisch, famosocorrespondente alemão, diz que o cardealbrasileiro está entre os três favoritos paraassumir o papado. Em entrevista ao Metro,ele falou sobre a sucessão na Igreja. Ontem,religiosos foram proibidos de falar com aimprensa. Ainda não há data para o conclaveMuitos analistas apontamo brasileiro dom OdiloScherer como um fortepapável. O senhor acreditaque ele tem boas chances?Sim, eu tenho certeza. O Brasilé o maior país católico domundo e tem o maior problema.A Igreja Católica brasileiraperdeu 30 milhões defiéis em 30 anos, e isso precisaser interrompido. Estoucerto de que os cardeais alemãesvão votar nele.Há também apostas emuma retomada do controleda Igreja pela Itália. O senhortem algum palpite?Os cardeais italianos vão fazerde tudo para voltar aotrono papal. O cardeal AngeloScola, arcebispo de Milão,tem excelentes chancesde sucesso, mas ele precisavencer o resto do mundo. Euacho que a decisão vai ficarentre Scola, Scherer e (o austríacoChristoph) Schönborn.Andreas com Bento 16, o homemque não queria ser papa | DIVULGAÇÃONo livro “O Homem quenão queria ser papa”, o senhormenciona que os religiososlatino-americanossão conservadores. Diantedisso, o que esperar de umeventual papa daqui?Creio que ele continuará aglobalizar a Igreja. Mais de550 milhões de católicos vivemno continente americano.Um papa da AméricaLatina vai mudar o mundo.O senhor acompanhou deperto a trajetória de Bento16. No que ele acertou?Ele fez um excelente trabalhona questão dos abusossexuais. É muito triste, porqueBento 16 teve que resolverum problema que tentouevitar o tempo todo. Ele pediua João Paulo 2º para sersevero com os abusadores,mas isso não aconteceu.O VatiLeaks acelerou arenúncia?Sim, mas porque ninguém odefendeu. Nos últimos anos,o Vaticano apoiou João Paulo2º, mas deixou Bento 16 sozinhoquando ele realmenteprecisava de ajuda.CAROLINAVICENTINMETRO SÃO PAULO


+14SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013COMPORTAMENTOwww.readmetro.comTendência urbanaModa. Para conferir aos filhos um visual único e inusitado e driblar certos padrões de roupas, pais investemem modelos similares aos de adultos. Segundo especialista, atitude exige atenção para não afetar a infânciaPLUSSe antes faltavam opçõespara vestir os filhos, hoje,a situação já não é mais amesma: a indústria passoua produzir roupas para agradarnão só as crianças mastambém os pais.“Nos últimos dez anos,as peças deixaram de sertão infantis porque o consumidorcomeçou a vestiros filhos como ele. A criançapassou a ser vista comouma miniatura do pai ou damãe”, diz Valeska Nakad,coordenadora do curso deDesign de Moda do CentroUniversitário Belas Artes.E a tendência pode serobservada nas ruas, ondeo estilo urbano passou apredominar.Quem aprova a mudançasão os pais Ariel RodrigoV. Agusto e Vânia G. Cezar:os dois sempre investiramnum visual mais “descolado”para suas filhas, as gêmeas,Clarice e Valéria, de3 anos. “Com um ano elasjá usavam macaquinhoscom logos de bandas e agoratêm camisetas do Clashe do Sisters of Mercy”, contao pai, que acha importantedar um estilo inusitadoos filhos, mas sem abrirmão do conforto e do gostodas crianças.FOTOS: ANDRÉ PORTO/ METRO SÃO PAULOAriel Rodrigo Vera Agusto, de 35 anos, e sua filha Valéria, de 3 anosDicasMenos é maisELIANE QUINALIAMETRO SÃO PAULOVânia Goersch Cezar, de 28 anos, e sua filha Clarice, de 3 anosSalto altoFuja dele!Fique de olho!A escolha da roupa podeser feita em conjunto,entre pais e filhos,enquanto a criançaconcordar com isso.Quando os pequenosjá quiserem fazer assuas combinações, ouvestir algo diferente doque foi escolhido pelospais, sua vontade deveser respeitada. Cuidadopara não “atropelar” ainfância do seu filho.Criança é criança, por isso,antes de optar porum visual arrojado, certifique-sede que seu filhoestará confortávelnas roupas que escolheu.Como dica, prefiraroupas de fibras naturaisque permitam queseu filho possa se movimentarcom liberdade.METROTenha bom sensoSe vestir de maneiraidêntica ao seu filho nãopega bem. Segundo Valeska,é preciso saber entrarna “brincadeira”.“Ao invés de ficar totalmenteigual, pai e filhopodem usar uma peçaem comum, como umacamiseta, por exemplo”,explica. METROAtitude exige cuidadoVestir os filhos como adultosnem sempre é um problema,exceto quando feitopor imposição dos pais.“A atitude pode dificultara percepção da criança sobresi mesma, interferindonuma fase onde ela aindaestá construindo sua personalidade”,explica o psicólogoMarcos Alberto da SilvaPinto.Segundo ele, neste períododa vida os pequenos podemser facilmente influenciados,especialmente por aquelesque adotam como modelo, nocaso, o pai e a mãe.Outro risco que deve serconsiderado é o de acelerara infância da criança.“Em função de tudo aquiloque veem em um mundoglobalizado, ágil e repletode cobranças, as criançaspodem se tornar adultos antesdo tempo”, avalia Pinto.Por isso, respeitar o gostoe o ritmo da criança étão essencial. METRODepois que Suri, a filhados atores hollywoodianosTom Cruise e KatieHolmes apareceu de salto,o universo das meninas,e das mães de algumasdelas, nunca maisfoi mais o mesmo.O problema? O desejodas crianças nem semprepode ser atendido.Segundo especialistas,sapatos de salto apenaspodem ser utilizadospor meninas quejá tenham atingido apuberdade.Por esta razão, paracrianças, a recomendaçãoé clara: prefira sapatilhasou plataformasnão muito altas, afinal,quanto mais alta elafor, maiores as chancesde queda. METRO


|18| {COMPORTAMENTOSÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.comCasa trocadaou noitesno sofáTurismo econômico. É possível conhecerdiferentes partes do mundo sem gastar muito.Sites promovem a troca de casas de todos os padrõesTROCOEMPRESTOHOSPEDOOito dias na EspanhaSe você ainda não tem umacasa para chamar de sua efazer dela o que bem quiser,não desanime. É cadavez mais possível garantir,pela internet, uma estadiagratuita em um sofá emqualquer canto do mundo.Foi assim que a dentistaCamila Stefanini, 27 anos,visitou as cidades de Barcelona,Madri, Granada eSevilha, na Espanha, emmaio de 2012.“Conheci algumas pessoasque tinham viajado neste esquemae me disseram queera seguro. Como eu tinhaum orçamento baixo, comeceia procurar. Uma das vantagensé conhecer mais dacultura e visitar lugares quenão são tão turísticos”. Mas,segundo Camila, levar dinheiroextra é aconselhável.“Em Madri, quem me abrigariafurou e tive que procuraroutra opção”. METROQuem já assistiu à comédiaromântica “The Holiday”,que por aqui chegou com onome de “O Amor Não TiraFérias”, já tem ideia de comoé querer visitar outropaís e não precisar se hospedarem um hotel para isso.Protagonizado pelas atrizesKate Winslet e CameronDiaz, o filme conta a históriade duas mulheres que resolvemprocurar na internet umdestino distante para que possamfugir das respectivas decepçõesamorosas e trocamde casa durante um período.Se esta lhe pareceu umapossibilidade, a boa notíciaé que existem sites especializadosem organizar as informaçõesdaqueles que estãodispostos a encarar anovidade. O sucesso foi tantoque o maior deles, o HomeExchange,que existe há20 anos, ganhou uma versãolatina chamada de TrocaCasa(trocacasa.com).Segundo António Batista,representante do site para ospaíses latinos, apenas no Brasilexistem 370 membros cadastradosno portal e eles já fizerammais de 500 trocas decasas dentro e fora do país.“Os destinos mais procuradossão o Rio de Janeiro, São Paulo,Santa Catarina e Salvador”.E Batista garante que o42.000mil ofertas distribuídas em153 países estão disponíveissomente pelo site Troca Casa.serviço funciona de maneirasimples.As imagens e informaçõessobre o imóvel ficamdisponíveis no site com a localizaçãoexata da casa, especificaçõesde capacidadede hospedagem e outrosdados relevantes. Uma vezque os cadastrados entramem acordo sobre a troca decasas, a hospedagem ocorrena base da confiança.Em alguns casos, além dacasa, os veículos das famíliaspodem ser envolvidos natroca, o que pode ajudar aindamais quem deseja conhecerlugares mais distantes.De acordo com Batista,em média, 250 mil trocasde casas são feitas anualmentesomente pelo portal(incluindo membros de outrospaíses) e a tendência éampliar a iniciativa.PATRÍCIAGUIMARÃESMETRO SÃO PAULOCamila durante visita ao Parque Güell, em Barcelona | ARQUIVO PESSOAL


|20| {CULTURA}SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.comNey Matogrossoreencontra o rock2CULTURAShow. Com primeira turnê patrocinada, cantor estreia amanhã emSão Paulo o espetáculo ‘Atento aos Sinais’ no melhor estilo roqueiro“Já tinha esse setlistna cabeça há um ano.Eu e o Sacha Ambackrecriamos as músicasdo nosso jeito.”NEY MATOGROSSO, CANTORLogo no começo da coletivade imprensa realizada na últimaterça para apresentarseu novo espetáculo, Ney Matogrossojá dá o recado: “Nãoestou comemorando nada!”.O comentário é relacionadoaos 40 anos de carreirado músico, celebrado porpúblico e mídia em 2013,menos por ele. “Não sousaudosista e acho que tenhomuito o que fazer ainda. Émais um passo na minha vida”,diz Ney, sorridente.“Atento aos Sinais” é onovo show do cantor, queterá o patrocínio do programaNatura Musical em seisapresentações ao longo doano pelo país. Essa é a primeiravez na carreira queele tem apoio de uma marcaem seu espetáculo. “Fariaesse show sem patrocínio. Adiferença é que não dependode 30 shows para bancara produção”, explica.A apresentação terá umaroupagem que reencontra orock – diferentemente da últimaturnê, “Beijo Bandido”–, seja na sonoridade, nos figurinosde Ocimar Versolato,no cenário de Luis Stein eMilton Cunha e na iluminação.“Queria colocar essa pegadaroqueira e vigorosa emtoda a apresentação.”As músicas foram escolhidasa dedo. Entre as 19 selecionadas,estão faixas deautores consagrados comoPaulinho da Viola (“Roendoas Unhas”) e Lobão (”VidaLouca”) e três composiçõesde Itamar Assumpção, mescladascom canções de novosnomes como Dani Black(“Oração”), Vitor Ramil (“AstronautaLírico”) e Criolo (“OFreguês da Meia Noite”).“Quando pensei o setlist,já tinha toda uma históriana minha cabeça. Ao ladodo [diretor musical] Sacha[Amback], recriamos do nossojeito essas canções, respeitandoas letras e as melodias”,conta Ney ao Metro.PAULOBORGIAMETRO SÃO PAULOOs novos de NeyCrioloÉ quasecerto queo autor de“Não ExisteAmor em SP”esteja no novo CD de Ney.Dani BlackÉ o trechode umamúsica docompositorque dánome à turnê de Ney.Vitor RamilO cantor NeyMatogrossojá garantiuparticipaçãono novo álbum docompositor gaúcho.ServiçoNo HSBC Brasil (r. BragançaPaulista, 1.218, tel.: 4003-1212). Amanhã, às 22h,R$ 80; sáb., às 22h, e dom.,às 20h, de R$ 80 a 260.Turnê de Ney Matogrosso pode durar dois anos | MARCELO FAUSTINI/DIVULGAÇÃOWASHINGTON POSSATTO / DIVULGAÇÃOMARIENE DE CASTROEm novo CD e DVD, ‘Ser de Luz’, artista baiana homenageia Clara Nunes. Ela conta aoMetro sobre a inluência da cantora em sua carreira e o ilme no qual atua, ‘Quase Samba’Lenny KravitzMúsico desistede Marvin GayeSegundo a revista “NME”,o cantor abandonou oprojeto cinebiográficode Marvin Gaye(1939-1984),“SexualHealing”, que está sendodirigido por JulienTemple. Ele teria desistidoa pedido do filho domúsico, já que o filme nãotem aval da família. Quemassume o papel agora éJesse L. Martin.De quem foi a ideia de homenagearClara Nunes?Partiu do Canal Brasil juntocom o Vagner Fernandes, queescreveu o livro “Clara Nunes– Guerreira da Utopia” e trouxeesse projeto para mim. Eujá admirava o trabalho dela,cantava algumas canções nomeu repertório, mas de meaprofundar e conhecer toda aobra e história foi só agora.Como a música dela te influenciounesse período?A música de Clara Nunes temum laço muito forte como Nordeste e isso está muitoperto de mim, por eu serbaiana. Então, isso vem commuita verdade. Conhecer afundo sua história e esse repertórioensolarado e nostálgicoque ela cantou foi enriquecedor.Eu coloquei minhaalma, essência e sotaque nessetrabalho. Gostei muito doresultado e espero que todomundo goste também.Como você descobriu o talentopara viver de música?Quando eu precisei viver disso.Na minha casa, todos cantam.Eu tinha o sonho de serbailarina, já fazia dança. Aos15 anos, precisei ajudar noorçamento de casa e comeceia cantar profissionalmente.Fiz backing vocal, participeide alguns trabalhos com CarlinhosBrown. Em 1998, fizmeu primeiro show e fui convidadapara fazer uma turnêna França. A partir dali, a carreiradeslanchou de vez.Como foi gravar o filme“Quase Samba” do diretorRicardo Targino?Foi desafiador. Estava grávidade oito meses da minha filhinha,Maria. Ainda não temdata, mas o filme sai nesteano. Serei a Teresa, uma brasileiraguerreira. Não possofalar muito, mas ele fala deencontros e da força do povobrasileiro. METRO RIO“SER DE LUZ”MARIENEDE CASTROUNIVERSAL MUSICCD (R$ 21,90) E DVD(R$ 29,90)


|22| {CULTURA}SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.comAdeus,ChorãoChorão faria43 anos em abrilAG. A TARDE/FOLHAPRESSLuto. Vocalista do Charlie Brown Jr. éencontrado morto em seu apartamento;Polícia acha vestígios de drogas eálcool, mas não confirma causa do óbitoAlexandre Magno Abrão, oChorão, vocalista da bandaCharlie Brown Jr, foiencontrado morto ontem,em seu apartamento emPinheiros. Ele completaria43 anos no dia 9 de abril.A causa da morte aindanão foi divulgada. Paramédicosinformaram que, na horado atendimento, Chorãojá estava sem vida, de bruços,no chão da cozinha. Eletinha as mãos machucadas ehavia marcas de sangue pelacasa, que estava revirada.Um pó branco e bebidastambém foram encontrados.O laudo da necropsia saiem 30 dias, mas, de acordocom o delegado ItagibaFranco, da Polícia Divisionáriado Departamento de Homicídios,é precipitado ligara morte à drogas. O exametoxicológico sairá em duassemanas. “Não vou descartarnada, mas aparentementenão se trata de homicídioou suicídio. Ele parece ter sedebatido, por isso o sanguena mão”, disse ele a jornalistasna tarde de ontem.A apresentadora SoniaAbrão, prima do músico,AnáliseRebeldiae amorafirmou que ele estava emdepressão após o divórcioda mulher, a estilista GrazielaGonçalves, no ano passado.O delegado comentouque Chorão achava que estavasendo perseguido e“chegava em casa quebrandotudo”. Ainda de acordocom Franco, o cantor se hospedouem quatro hotéis diferentesnos últimos dias eteria brigado com os funcionáriosde um deles.Chorão deixa um filho,Alexandre, de 23 anos. O velórioseria realizado na noitede ontem, em Santos. Jáo enterro está marcado parahoje, às 17h, no MemorialNecrópole, na mesma cidade.O irmão do cantor, RicardoAbrão, escolheu vestiro corpo de Chorão comum calça bege e uma camisapreta com símbolo da bandaCharlie Brown Jr.O Charlie Brown Jr. fariaum show em São Paulo nopróximo dia 6 de abril, noCredicard Hall.PAULOBORGIAMETRO SÃO PAULOO Charlie Brown Jr. faz partede uma tríade, ao lado deRaimundos e Planet Hemp,que consolidou novamenteo rock no Brasil nos anos1990. Conheci o Chorãoem 1993, na época em quecriei o selo Banguela. Elejá tinha o Charlie BrownJr., mas cantava em inglêse era muito pesado. Ele dizia:“Tu tem que me lançar,velho”. E eu respondia que,enquanto ele não mudasseo estilo do som que fazia,não daria certo. Mesmo assim,eu tinha certeza queele seria famoso. Ele tinhaessa luz especial do rock,que ilumina mas tambémqueima. O rock é feito dafórmula que o Chorão é,com rebeldia e amor.Trabalhamos juntos poucasvezes. A última vez queo vi foi há uns dois anos,por acaso, em uma sorveteria.Estávamos com nossasfamílias e falamos sobre admiraçãomútua. Essa é a minhaúltima lembrança dele,a de paz, amor e alegria.CARLOS EDUARDOMIRANDAProdutor musical


SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.com {CULTURA} |22|◊◊ |23|◊◊“Soube damorte doChorão elamentomuito! Jovem, queridopor legião de fãs. Afamília, amigos e fãsescrevo esta mensagempara desejar quetenham forças nestahora tão difícil.”MARTA SUPLICY, MINISTRA DE ESTADO DACULTURA, EM COMUNICADO OFICIAL“E a gente se perguntapor que a vida é assim?Vai com Deus, primo!Nosso amor estarásempre com você!Chorão forever!”SONIA ABRÃO, APRESENTADORA DAREDETV!, VIA TWITTER“‘Dias de Lutas, Dias deglórias’... Descanse empaz, #Chorão.”NEYMAR, VIA INSTAGRAM“Nossa,o Chorãomorreu. Quedia triste!Não é possível. Como épossível? Que tristeza.Por que isso acontececom o rock? Renato,Cássia, Cazuza e agoraChorão. Caraca! Pareceque são os melhores.”DINHO OURO PRETO, VOCALISTA DOCAPITAL INICIAL, VIA TWITTER.“Não tenho comoexpressar o que sinto,perder uma pessoaque faz parte da minhahistória. Faz mais umrefrão, Chorão.”RICK BONADIO, PRODUTOR MUSICAL,VIA TWITTER“Gostava muito dele!Bom coração! Poeta!Gente boa!”LUCIANO HUCK, APRESENTADOR, VIA TWITTERLinha do tempo1970Nasce na cidade de São Paulo.1987Muda-se para Santos.1992Forma o Charlie Brown Jr. junto com Renato Pelado, Marcão, Champignone Thiago Castanho.Formação original doCharlie Brown Jr.1994Banda lança o primeiro disco, “Transpiração Contínua e Prolongada”,com produção de Rick Bonadio e hits como “O Coro Vai Comê!” e“Proibida pra Mim (Grazon)”. O álbum vende mais de 500 mil cópias.1997Grupo se apresenta pela primeira vez em um grande festival,o Close-Up Planet, em São Paulo, ao lado de David Bowie.2004Chorão quebra o nariz de Marcelo Camelo, do Los Hermanos. O motivoda briga seria uma crítica de Camelo ao Charlie Brown Jr.Marcelo Camelo com olho roxodias após soco de Chorão2005Marcão, Renato, Pelado e Champignon deixam o grupo alegando divergênciasmusicais.2007Roteirizou e dirigiu o filme “O Magnata”, que teve como protagonistaPaulo Vilhena.2008Chorão foi expulso de um voo da Gol no Aeroporto Internacional deCumbica, em Guarulhos. A empresa afirmou que ele se recusou adesligar um aparelho eletrônico durante a decolagem.2012Lança seu último álbum pela banda, o disco ao vivo “Música PopularCaiçara”, já com a volta dos integrantes Marcão e Champignon.Após volta da formação original do Charlie Brown Jr., nova brigacom Champignon, dessa vez durante show em Apucarana, no Paraná.Poucos dias depois os músicos divulgaram um vídeo se desculpandocom o público.Chorão e Champignonfazem as pazes


|24| {CULTURA}SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.comDa esq. para a dir., Spock (ZacharyQuinto), John Harrison (BenedictCumberbatch) e Kirk (Chris Pine)De volta à EnterpriseDIVULGAÇÃOPreview. Produtor de ‘Star Trek: Além da Escuridão’ promete continuação ainda mais grandiosa para aventuras da dupla Capitão Kirk e SpockQuando o diretor J.J. Abramse o produtor Bryan Burk resolveramressuscitar a franquia“Star Trek”, em 2009,eles conseguiram algo atéentão improvável: agradarnão só aos fãs antigos da série,mas também a quemnão tinha a menor paciênciacom as aventuras espaciaisda trupe da nave Enterprise.Tal caminho não poderiaser diferente, já que o próprioBurk integrava o time dos quenunca tinham conseguido seencantar com este universo.“Entendemos que várias dascoisas que achávamos o máximono cinema nunca haviamsido usadas ali porque, naépoca, não havia recursos. Entãoresolvemos fazer tudo quea série merecia”, afirmou oprodutor, na última terça, emrápida passagem pelo Brasil.É esse mesmo investimentode recursos em elementoscomo efeitos especiais,trilha e roteiro que salta aosolhos nas primeiras cenas daaguardada continuação “StarTrek: Além da Escuridão”.“Uma continuação de ‘StarTrek’ teria que ser melhor emaior que o filme anterior.Por isso, decidimos filmarusando câmeras IMAX.”BRYAN BURK, PRODUTOR DE “STAR TREK”“Tivemos uma reação tãomaravilhosa pelo mundocom o primeiro filme que nãoqueríamos fazer outro só porfazer. Ele teria que ser melhore maior que o anterior. Por isso,decidimos filmar usandocâmeras IMAX”, afirmou elepouco antes de exibir parajornalistas os 28 minutos iniciaisdo longa, além de duasrápidas sequências de ação.Apesar de o filme ter lançamentoem 3D, as cenas foramapresentadas ainda em2D. “Depois de ‘Avatar’, sabíamosque se fôssemos usar3D teria que ser de uma formamuito especial. Ainda estamostrabalhando para quebrarregras e tentar coisasnovas que, espero, vocês nuncatenham visto antes.”O que já foi visto, por suavez, promete cumprir o prometido.A dualidade entre aimpulsividade do Capitão Kirk(Chris Pine) e a racionalidadede Spock (Zachary Quinto)continua sendo bem explorada,mas, dessa vez, as cenas deação devem ter mais espaço.O vilão da vez é BenedictCumberbatch (o Sherlock dasérie “Sherlock”), anunciadomais de uma vez por Burk como“maravilhoso”. A despeitodo mar de boatos que o apontavamcomo o icônico Khan,ele surge nas primeiras cenascomo um terrorista chamadoJohn Harrison. Mas, comoo projeto saiu da cabeçade J.J. Abrams (de “Lost”), nãoseria surpresa se este mesmopersonagem se revelasse maistarde não ser bem o que parece.Pelo visto, a resposta só virámesmo em maio, quando ofilme chega aos cinemas.AMANDAQUEIRÓSMETRO SÃO PAULOWeb. Site reúnemulheres docinema no paísOsesp. CristinaOrtiz toca coma orquestraFãs do cinema nacional, pesquisadorese curiosos já podemconferir a nova versãodo site Mulheres do CinemaBrasileiro, que voltou ao ar nasemana passada com novodesign, novas ferramentas e,o mais importante, repleto depáginas ainda mais completassobre a vida e a obra das divase colaboradoras que fizeramhistória na telona.Idealizado e atualizadopelo jornalista e pesquisadormineiro Adilson Marcelino, osite conta com 500 perfis e,até o fim deste semestre, deveganhar 200 novas páginas– não apenas de atrizes, mastambém de demais profissionaisque compõem a fichatécnica das películas.Outra novidade é que partedo conteúdo será disponibilizadatambém em áudiopara garantir que deficientesvisuais possam acessá-lo.“Apesar de a indústria ter sido,durante muito tempo, um‘negócio de homens’, as mulheressouberam introduzir--se com garra, talento e perseverança”,diz o idealizador dosite, que foi ao ar em 2004 ejá ganhou diversos prêmios.Ele pode ser acessado no linkmulheresdocinemabrasileiro.com. METRO BHA pianista Cristina Ortiz| DIVULDAÇÃOMúsicaLeny Andradecelebra 70 anoscom showsA cantora repassa os50 anos de carreira emuma série de apresentaçõesgratuitas nas quaisvisita compositores brasileirosde jazz e bossanova, como Tom Jobim,João Donato e JohnnyAlf. Na Caixa Cultural(pça. da Sé, 111, tel.:3321-4400; hoje e amanhã,às 19h, sáb. e dom.,às 17h30). METROUm dos principais nomes dopiano do país, ela será a solistado programa desta semanada Osesp tocando peçasde Camargo Guarnieri eShostakovich. As apresentaçõestrazem ainda uma obrade Borodin e a estreia de “SacreDu Sacre Para Orquestra”,de Marlos Nobre. Na Sala SãoPaulo (pça. Julio Prestes, 16,tel.: 3223-3966; hoje e amanhã,às 21h, e sáb., às 16h30;de R$ 28 a R$ 160). METROTV‘Bones’ volta naFox com suaoitava temporadaProtagonizada por EmilyDeschanel e David Boreanaz,a série sobre investigaçõesforenses apartir de métodos poucoconvencionais retomacom episódios inéditos apartir de hoje, às 22h30,na Fox. A oitava temporadacomeça com a personagemde Deschanele seu pai em fuga de umserial killer. METRO


|26| {CULTURA}SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.comPela madrugada9ª Virada Culturaljá tem data paraacontecer em SPA nona edição da festaque promove 24 horas deshows e espetáculos culturaisnas ruas vai ocorrereste ano entre os dias18 e 19 de maio. As atrações,no entanto, aindanão foram anunciadas.Já a Virada Cultural Paulista,que ocorre em 25cidades do Estado, estámarcada para os dias 25e 26 de maio. METRORevelaçãoBailarino confessaataque com ácidoa diretor do BolshoiApós terem sido detidosna última terça, o solistado Balé Bolshoi Pavel Dmitrichenkoe outros doishomens confessaram oataque com ácido, em janeiro,ao diretor da companhia,Sergei Filin, queatualmente faz tratamentona Alemanha. METROGiro na dança123Coreógrafos maduros da cenacontemporânea disputam atenção do públiconos próximos dias com espetáculos variadosMETRO SÃO PAULO1‘Artista da Fome’.Cia. Borelli de Dança.Inspirado por Franz Kafka, Sandro Borelli criou em 2008esta peça que propõe uma reflexão sobre a relação entreo público e as celebridades instantâneas. Na Galeria Olido(av. São João, 473 , tel.: 3331-8399; de hoje a sáb., às20h, dom., às 19h.; grátis). A peça segue temporada de14 a 24/3 no CCSP.2‘Aventura entre Pássaros’.Cia. Atelier de Coreografia.O grupo do Rio apresenta em curta temporada esta criaçãode João Saldanha que evidencia as expressões comunsentre o homem e os animais. No Sesc Consolação(r. dr. Vila Nova, 245, tel.: 3234-3000; amanhã e sáb., às21h, dom., às 18h. R$20).3‘Ventos do Tempo’.Yoshito Ohno.Filho de Kazuo Ohno (1906-2010), uma das maioreslendas da dança butô, Yoshito apresenta o resultadodo workshop que realizou em São Paulo em torno destegênero da dança. No Sesc Consolação (r. dr. Vila Nova,245, tel.: 3234-3000; hoje e amanhã, às 20h, R$ 10).


|28| {ESPORTE}SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.com3ESPORTENovo duelo‘Spider’O caeã d eédi d UFC aé gdee a a cgdia de h e LaVega EUA aa defede ciã ca ChiWeida O CEO d UFCLe Feia ee aWeida e baieieia aceiad cbaeTaça Libertadores.São Paulo recebe oArsenal de Sarandíno Pacaembuprecisando vencerCom uma vitória e uma derrotano Grupo 3 da Taça Libertadores,o São Paulo nãoestá em posição confortávelna chave – ocupa o 3 o lugar,com três pontos, empatadocom o The Strongest (BOL)e três pontos atrás do líderAtlético-MG. Por isso, uma vitóriahoje diante do Arsenalde Sarandí (ARG), às 19h15,no Pacaembu, é consideradafundamental. Ainda maisporque o clube argentino é olanterna do grupo, com duasderrotas.“Será um jogo essencialpara o time conseguir a classificação,precisamos da vitóriaa qualquer custo. Jogarcomo titular em uma circunstânciacomo essa é muitomotivador”, disse o volanteFabrício, confirmado pelotécnico Ney Franco entre os11 titulares.Ele entra na vaga de Denilson,que foi vetado porcausa de dores no joelho direito.Com uma torção notornozelo direito, o zagueiroVitóriana cabeçaLuis Fabiano está confirmado no ataque tricolor para o confronto de hoje com os argentinos | RAFAEL NEDDERMEYER/FOTOARENARhodolfo, que atualmente éreserva, é a outra baixa.Para o técnico Ney Franco,o jogo não será nada fácil:“Não podemos achar que se oAtlético ganhou por cinco [noúltimo dia 26, o Galo venceuos argentinos por 5 a 2, de virada,em Sarandí] nós vamoster facilidade. O Atlético conseguiuporque trabalhou e tevecompetência. Como eu disse,nossa única exigência éfazer valer o mando de campo”,afirmou.“O Arsenal não tem pontose eles precisam vencer dequalquer jeito. Curiosamente,vamos enfrentar o mesmo timeduas vezes seguidas, entãoprecisamos encarar essaspartidas como decisões”, disse,referindo-se ao duelo dapróxima semana. METROSÃO PAULORogério Ceni; Douglas,Lúcio, Rafael Toloi eCortez; Wellington,Fabrício e Jadson; Aloísio, Osvaldoe Luis Fabiano.Técnico: Ney FrancoARSENAL (ARG)Campestrini; Gerlo,Lisandro López,Braghierri e AlfredoPérez; Carbonero, Marcone,Ortíz e Rolle; Benedetto e Furch.Técnico: Gustavo AlfaroEádi Pacaembu, 19h15Taiã Rádio Bandeirantes, Bradesco Esportes FMe Fox Sports


SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.com {ESPORTE} |29|◊◊Verdão leva golno último lancee se complicaArgentinos comemoram gol de Peñalba aos 49 do 2 o tempo | ENRIQUE MARCARIAN/REUTERSCastigo. Palmeiras cria chances, desperdiça e leva gol do Tigreno último lance. Derrota por 1 a 0 deixa time em 3 o no Grupo 2Um resultado para esquecer.Superior tecnicamente ao Tigre,o Palmeiras não conseguiutransformar as oportunidadesem gol e foi castigadona Argentina. O time alviverdelevou gol de Peñalba, aos49 minutos da etapa final eperdeu o jogo por 1 a 0.A emoção estava guardadapara os últimos dois minutosde jogo no estádio MonumentalVictoria. Depois de um 1ºtempo truncado, o Palmeirascriou boas chances diante doTigre – em especial com Kleber,aos 47 do 2 o tempo.O camisa 9, na sua primeirapartida como titular, tevenos pés a bola do jogo. Elepartiu livre em velocidade, naentrada da área e driblou o zagueiroque o separava do goleiro.Era só chutar. Mas o atacantepreferiu tentar mais umdribe e perdeu a bola, para odesespero dos palmeireneses.O castigo veio dois minutosdepois. Peñalba aproveitoubate e rebate na área paracolocar no fundo da rede e decretara vitória do Tigre.Com o revés, o alviverdeficou no 3 o lugar no Grupo 2,ao lado dos próprios argentinos,com três pontos – quatroa menos que o Libertad(PAR) e um atrás do SportingCristal (PER).WILSONDELL’ISOLAMETRO SÃO PAULO10TIGRECousilla; Paparatto,Echeverría e Orban;Galmarini , Peñalba, Ferreira, Pérez García(Leguizamón ), Rusculleda (Torassa) e Botta;Santander (Janson). Técnico: Nestor GorositoFernando Prass; Weldinho,PALMEIRAS Henrique, Maurício Ramose Marcelo Oliveira; Vilson , Márcio Araújo, Wesley(Patrick Vieira) e Valdivia; Vinícius (M. Leite)(Charles) e Kleber . Técnico: Gilson KleinaG Peñalba, aos 48 minutos do 2 o tempoAbiage Omar Ponce (ECU), auxiliado por Luis Alvarado (ECU)e Carlos Herrera (ECU)Cara nova na defesa verdeO Palmeiras acertou ontem a contratação do zagueiro AndréLuiz, que estava no Nancy, da França. O jogador de 33 anos é o14º reforço do Verdão para 2013 e volta ao Brasil após passaroito anos na Europa. Revelado pelo Cruzeiro, também passoupor Ipatinga, Tupi e Atlético-MG | FABIO MENOTTI/AG PALMEIRAS/DIVULGAÇÃO


|30| {ESPORTE}SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.comDerrota sintéticaTropeço. Na grama artificial de Tijuana,Timão perde chance de alcançar recordeO Corinthians conheceu ontemsua primeira derrota naTaça Libertadores desde oano passado. No México, oalvinegro sucumbiu à gramasintética do estádio Calientee perdeu para o Tijuanapor 1 a 0. O resultado deixao clube na 2 a posição do Grupo5 com quatro pontos.O jogoNo duelo em que perdeu achance de chegar a 17 partidasde invencibilidade naLibertadores, o Timão começoubem. Embora a primeirainvestida tenha sido10dos mexicanos, o alvinegroassustou aos 12 minutos:Paulinho, em posição irregular,anotou gol invalidade.A cena se repitiria trêsminutos depois.No 2º tempo, os dois timestiveram chances boas,até que o Tijuana chegouao gol aos 20 minutos, comGandolf, que aproveitouconfusão na área alvinegrapara marcar o gol da vitóriado rubro-negro mexicano.MATHEUSADAMIMETRO SÃO PAULOTIJUANASaucedo; Abrego, PabloAguilar , Javier Gandolfi eJuan Nuñez; Cristian Pellerano, Fernando Arce, JoeCorona e Fidel Martínez (Garza); Alfredo Moreno(Ruíz) e Riascos (Enríquez). Técnico: Antonio MohamedCássio, AlessandroCORINTHIANS (Edenilson), Gil, PauloAndré (Romarinho) e Fábio Santos ; Ralf,Paulinho , Renato Augusto (Douglas) e Danilo; Patoe Guerrero . Técnico: TiteG Gandolfi aos 20 minutos do 2º tempo.Abiage Victor Carrillo (PER), auxiliado por Jonny Bossio (PER)e Cesar Escano (PER)Corintiano Fábio Santos tenta roubar a bola de Riascos, do Tijuana | LEJANDRO ZEPEDA/EFE/FOLHAPRESSCaso KevinConmeboladia decisãopara hojeO Corinthians saberáapenas hoje se terá decontinuar jogando comportões fechados em casae sem torcida, fora,na Taça Libertadores. AConmebol adiou para as15h de hoje o julgamentodo caso envolvendo amorte de Kevin BeltránEspada, de 14 anos, torcedordo San José quefoi vítima de um sinalizadordisparado por umtorcedor corintiano emOruro, no duelo entre osdois times, dia 20.Agendado para a tardede ontem, o julgamentofoi adiado porque um dosmembros do comitê julgadornão pode comparecerao Paraguai, onde ficaa sede da Conmebol.Essa versão é a sustentadapelo brasileiro CaioCésar Vieira Rocha, presidentedo Tribunal Disciplinardaentidade. Oficialmente,a Conmebolnega que a reunião seriaontem e não confirma ohorário do julgamentopara as 15h. METRONovo presidenteRomárioassume comissãoEx-jogador e atual deputadofederal, Romário foieleito presidente da Comissãode Turismo e Deportona Câmara dosDeputados. O grupo fiscalizaráa infraestruturada Copa do Mundo e daCopa das Confederações.METROMaracanãChuva adiavisita do COLO temporal que caiu noRio de Janeiro na terça--feira alagou o Maracanã.Com isso, a visita de ontemdo COL (Comitê OrganizadorLocal) foi adiadapara hoje. METROLusa: liderança e reforçoA Portuguesa manteve ontem a ponta da tabela da Série A2 doCampeonato Paulista ao venceu o Noroeste por 2 a 0, com golsdo argentino Arraya (foto). A Lusa anunciou também o retornodo atacante Diogo, revelado pelo clube | ALE FRATA/FRAME/FOLHAPRESSCom Neymar fora, Giva pedepassagem na Vila BelmiroAlém da partida contra oAtlético Sorocaba no domingo,por conta de suspensão,Neymar também estará forados confrontos do Santoscontra Mirassol (dia 21) ePalmeiras (dia 24), por causade compromissos com aSeleção Brasileira. Mas, noque depender do atacanteGiva, o torcedor alvinegropode ficar tranquilo.“Estou pronto. Estou àdisposição, se o professor[Muricy Ramalho] achar queposso entrar. Substituí-lo écomplicado, ele [Neymar] émuito diferente”, disse o atacantede 20 anos, uma dasrevelações do time campeãoda Copa São Paulo de FutebolJúnior. No torneio, eleanotou quatro gols. METROGiva diz que está preparado para substituir Neymar | GUILHERME DIONÍZIO/FOLHAPRESS“Não foi uma crítica, apenas um lembrete.O Neymar é cria nossa. Pegamos o Neymar no colo.Amo o Neymar e continuarei lutando por ele.”PELÉ, AMENIZANDO AS CRÍTICAS FEITAS AO ATACANTE SANTISTA


SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.com {ESPORTE} |31|◊◊Jonas anota golaço, masPSG despacha o ValenciaLiga dos Campeões. Franceses arrancamempate em casa e garantem vaga nas quartasPSG1 1VALENCIASem poder contar com o seuprincipal jogador – o atacanteIbrahimovic foi expulsono jogo de ida, na Espanha– o Paris Saint-Germainsofreu, mas conseguiu seclassificar às quartas de finalda Liga dos Campeõesao empatar com o Valencia,em casa, por 1 a 1. O jogo deida foi 2 a 1 para o PSG.Mas quem saiu na frentefoi o time espanhol como brasileiro Jonas, que disparouuma bomba de forada área aos 10 minutos do2 o tempo para estufar as redesdo goleiro Sirigu.Mas, 11 minutos depois,o argentino Lavezzi aproveitouum vacilo da defesa valencianae deixou tudo igualno Parque dos Príncipes.O meia Lucas, ex-SãoPaulo, começou como titular,mas não teve sucesso namaioria dos dribles e passesque tentou. Acabou substituídoperto do final pelo zagueiroSakho, mas ganhouaplausos da torcida. Já o astroinglês David Beckham ficouno banco e não entrou.Agora os franceses aguardamo sorteio que vai definiros confrontos das quartasde final, que ocorre nodia 15, para conhecer seupróximo rival. METROLavezzi foi o autor do gol de empate em Paris | DEAN MOUHTAROPOULOS/GETTY IMAGESJuventusconfirmafavoritismoEm casa, os italianosavançaram às quartas apósbaterem o Celtic por 2 a 0.Matri (foto) e Quagliarellamarcaram para o time deTurim. | GIORGIO PEROTTINO/REUTERSBarcelonaValdés: quatrojogos de ganchoO clássico entre Real Madride Barcelona, do últimofinal de semana, aindarende problemas aoscatalães. Além de ser derrotadopor 2 a 1, o timetambém perdeu o goleiroValdés para as próximasquatro partidas. O arqueirofoi expulso por reclamação.METROMessiPé que vale ouroUma joalheria japonesacriou uma réplica em ouropuro do pé esquerdode Lionel Messi – avaliadoem 4 milhões de euros(cerca de R$10 milhões).A escultura será colocadaà venda hoje. METRO


|32| {ESPORTE}SÃO PAULO, QUINTA-FEIRA, 7 DE MARÇO DE 2013www.readmetro.comRICARDO RAFAEL/O POPULAR/FUTURA PRESSCiclismo e saúdeCLEBER ANDERSONCLEBER.RICCI@METROJORNAL.COM.BRSELIM NÃO MUDA CARÁTERLigue as ações que mais se assemelham:“MONSTRORISTA”• Estacionarem fila dupla• Travar umcruzamento“CICLIOTA”• Começar a pedalarsem se informar**• Pedalar na esquerdaem avenida perigosaCleber Ricci Anderson, 46 anos, é especialista em bike fit (ajuste postural), ex-ciclista da SeleçãoBrasileira de Ciclismo, pioneiro em MTB no Brasil, autor do Guia Bike na Rua e do projeto Ciclo-Rede e proprietário da Anderson Bicicletas.UFC• Dirigir nacontramão• Tirar racha nomeio do trânsito• Fazer “roleta-russa”• Parar no meio darua para bater papo• Dirigir em altavelocidade• Dirigir e falarao celular• “Domingueiro” quenão sai da esquerda• Começar a dirigirdepois decomprar a carta* Em locais de muito movimento, treineno máximo com mais 4 companheiros.** Para saber como, acesse:www.andersonbikes.com.bre clique magazine / bike na rua.Barão defendetítulo em junhoO aguardado confrontoentre Renan Barão e DominickCruz, pelo títulodefinitivo dos pesosgalos, vai ter de esperar.Enquanto Cruz se recuperade uma contusãono joelho, Barão colocaráseu cinturão interinoem jogo novamente.O potiguar terá pelafrente Eddie Winelandno UFC 161, no dia 15 dejunho, em Winnipeg, noCanadá. METRO• Pedalar a “milhão”numa calçada cheiade pedestres• Participar deum grande pelotãona Ciclovia damarginal ou na USP*• Insistir em baterpapo na ciclofaixae entupir a pista• Parar em cima dafaixa de pedestres• “Sem noção” quepedala olhando parao céu e sem atenção• Falar ao celular enquantopedala• Pedalar nacontramão• Participar de passeionoturno que nãorespeita semáforosSalto em alturaCampeã olímpicabelga se aposentaA belga Tia Hellebaut,campeã olímpica do saltoem altura em 2008,anunciou a sua aposentadoria.A agora ex--atleta, 35, que voltouao esporte duasvezes após dizerque iriasair, garantiuque destavez seráem definitivo.METRODepois de acabar com o timeprincipal da natação,em dezembro, a diretoriado Flamengo anunciou queo clube vai suspender, temporariamente,as atividadesdas equipes de ponta da ginásticaartística e do judô.Dessa forma, o rubro-negrodeixa de patrocinar oitoatletas da ginástica, entreeles o bicampeão mundialdo solo Diego Hypólito,além da sua irmã DanieleHypólito, e de Jade Barbosa.No judô, 19 atletas, entreeles João Gabriel Schlittler eNacif Elias, foram dispensados.A técnica da Seleção feminina,Rosicléia Campos,também não terá seu vínculocom o clube renovado.Indignado, Diego Hypólito,27 anos, que está emSão Paulo, treinando no Pinheirosdesde o incêndioque destruiu o ginásio ondepraticava no Flamengo,no ano passado, soube danotícia pela internet.O atleta, que tem 20anos de carreira, sendo 19deles no Flamengo, falouà “Rádio Bradesco EsportesFM” sobre o impacto dodesmanche no futuro. “Estamossem clube. Eles tiveramtrês meses para nosavisar. Mas só nos ligaramuma hora antes do anúnciooficial para a imprensa. Faltade respeito total.”Como você vê essa decisãoda diretoria?Não existiu o menor profissionalismocom os atletaspor parte da atual presidência.Não sei o que fazerDIEGO HYPÓLITOIndignado, bicampeão mundial no solo, que defendeu o Flamengo por 19 anos, dizque soube da suspensão da equipe de ponta da ginástica artística pela internet‘FALTOU RESPEITO’neste momento. Isso pareceuma retaliação a [ex-presidente]Patrícia Amorim, pelociclo passado. Eles não teremprocurado a gente é apior situação que poderiamter feito. Mas, como deu paraver, a gente é muito pequenopara a diretoria atual.Como você soube dodesmanche?Recebi uma ligação do Flamengoapenas no dia, às10h, uma hora antes da coletivaconvocada pelo clubepara explicar o fim dovínculo. A gente sente nãosó desamparo, mas tambémfalta de carinho. Estamoscom dois meses de saláriosatrasados. Não existea mínima consideração comatletas que passaram umavida inteira dentro do clube.No meu caso, foram 19anos usando a camiseta doFlamengo. Eles tiveram trêsmeses para nos falar isso.Mas deixaram para anunciaragora. Nos deram realmentemuito pouco tempopara procurar outro clube...A diretoria explica queprecisa reestruturar financeiramenteo clube...Mas como pode, no cicloolímpico que vai terminarno Rio de Janeiro, o Flamengonão bancar esses atletas?Meu maior intuito não era aquestão salarial, eu entendia.Mas não consigo entenderessa decisão porque já passeipor todas as fases do clube,boas ou ruins, e nunca desistido Flamengo como ele desistiuhoje da ginástica.A diretoria diz que nãotem dinheiro para pagar osalário de vocês...Não tem como dizer quenão há dinheiro. Você temno clube uma Jade Barbosa,uma Daniele, que ajudarama levantar a ginástica do Flamengo.Sinceramente, nãoentendo como o marketingde um clube desse tamanhonão consegue resolver isso.“Manter uma equipede natação com umapiscina vazando egerando uma conta deR$ 500 mil é apoiar oesporte olímpico?”ALEXANDRE PÓVOA, VICE-PRESIDENTE DEESPORTES OLÍMPICOS DO FLAMENGO“Nós tentamos.Fomos à prefeitura, aogovernador e ao COB.Ninguém nos ofereceuajuda financeira.”ALEXANDRE PÓVOA28atletas não tiveram seuscontratos renovados, inclusiveRosicléia Campos, técnica daSeleção Feminina de Judô.PATRÍCIA TRINDADEcom RÁDIO BRADESCOESPORTES FMFinançasPrioridade éenxugar folha“Infelizmente fomos obrigadosa suspender temporariamenteas equipesprincipais de ginástica artísticae judô”, disse o vice-presidentede esportesolímpicos do Flamengo,Alexandre Póvoa, antes deexplicar que a medida foitomada para reestruturaro clube financeiramente.“Recebemos o clubecom um déficit de R$14,5 milhões nos esportesolímpicos em 2012. Reduzimospara R$ 5 milhões”,explicou Póvoa à “RádioBradesco Esportes FM”.Com a natação, que tevea equipe desmanchadaem dezembro, o Flamengogastava R$ 5 milhões.Com a nova medida, o clubediminuiu mais R$ 2milhões.A diretoria explicouque foram suspensos oscontratos apenas de atletasde alto rendimento. Otrabalho nas categorias debase será mantido.“O que é ser sério? Émanter a estrutura e ficartrês meses sem pagar atletas?Isso é apoiar o esporteolímpico? Manter umaequipe de natação comuma piscina vazando?Apoiar é se reestruturar,pagar em dia e questionara estrutura olímpicado Brasil”, disse Póvoa.METRO

More magazines by this user
Similar magazines