Views
11 months ago

JB_2433

6 região Jornal da

6 região Jornal da Bairrada 9 | novembro | 2017 ROJÕES DA BAIRRADA Confraria concretiza sonho com inauguração de cozinha na antiga escola primária A antiga casa dos saberes de Oliveira do Bairro é cada vez mais uma casa de sabores. Aquela onde outrora se sentaram meninos e meninas para aprender a ler e a escrever é hoje uma casa onde coabitam associações, uma das quais com a nobre missão de preservar uma iguaria que faz parte do menu ancestral da Bairrada. A Confraria dos Rojões da Bairrada com Grelo e Batata à Racha, que já ocupa uma sala na antiga escola Primária de Oliveira do Bairro, renovou um espaço degradado neste edifício emblemático e ali inaugurou, na passada sexta- -feira, dia 3 de novembro, a sua cozinha. E tratando-se da abertura de uma cozinha, nada melhor do que celebrá-la com um jantar cuja ementa, como não podia deixar de ser, foi rojões da Bairrada com grelos e batatas à racha, complementados por outras iguarias, como as sainhas, a bôla de rojões ou as afamadas iscas, terminando com a doçaria bem tradicional: aletria e arroz doce. À mesa estiveram meia centena de confrades e alguns convidados, entre os quais o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Duarte Novo, a vereadora Lília Ana Águas e o presidente da Junta, Simão Vela. A renovação da cozinha foi um projeto de longa duração, cujo sonho teve início aquando da fundação da Confraria, há cinco anos, era ainda Mordomo- -Mor Miguel Roque Bouça. O atual Mordomo-Mor José Carlos Coelho, que cessa funções no próximo dia 17, referiu que, “com muito trabalho, dedicação e esperança, transformamos umas instalações inúteis, degradadas, entabuadas, sujas, onde chovia, num espaço limpo agradável e útil, não apenas a nós confraria mas também à sociedade”. Aproveitando a presença dos autarcas, José Carlos Coelho frisou a importância da antiga Escola Primária de Oliveira do Bairro, edifício emblemático, que marcou uma época e por onde passaram milhares de oliveirenses e que, por isso, deveria ser mais dignificado. Salientou que as associações ali sediadas têm um papel importante na valorização desta antiga escola, mas para que o edifício permaneça “digno e útil” terão de contar “com apoio da autarquia”, pois por si só não conseguem fazer face aos encargos recorrentes das reparações necessárias. “Diz-me a minha vivência autárquica e a minha experiência associativa, que existe um manancial de capacidades nas associações municipais que, devendo ser escrutinadas no seu trabalho pela autarquia, devem ser acarinhadas e motivadas. É isso que desejamos. É isso que esperamos deste novo executivo”, afirmou. Mencionou também, que os rojões da Bairrada, pelo fator “tradição” que representam, devem ser uma marca de Oliveira do Bairro. Por fim, agradeceu a todos os envolvidos que contribuíram materialmente e imaterialmente na restauração da cozinha, nomeadamente confrades Alfredo Rodrigues, Diferencial; Manuel Pereira, EEE; Máximo Silva, Cristal Max; José Reis, Armazéns Reis e Licínio, da Guialmi. Agradeceu ainda a amigos de confrades que ajudaram à concretização da obra: Fernando, da Dufepi, e arquiteto Joaquim Santos e a todos os elementos da direção pois, “cada um à sua maneira, deram grande contributo para este final feliz”. O presidente da Junta de Oliveira do Bairro, Simão Vela, elogiou o trabalho da confraria e o seu dinamismo. Referiu que dentro das possibilidades da Junta, iria contribuir para a conservação da antiga escola e espaços envolventes. Duarte Novo elogiou a iniciativa da confraria e partilhou com os presentes que os rojões, enquanto iguaria, fazem parte da sua memória de infância. Referiu ainda que estava sensibilizado para a necessidade de defender e conservar o património edificado em Oliveira do Bairro, sendo a Escola Primária, uma referência. Oriana Pataco oriana.b.pataco@jb.pt OLIVEIRA DO BAIRRO Workshop discute abordagens na procura de emprego Promovido pelo Gabinete de Inserção Profissional (GIP) de Oliveira do Bairro e pelo GEPE - Grupos de Entreajuda para a Procura de Emprego, decorreu no dia 30 de outubro, o workshop “Vitaminas para o Emprego”, destinado a pessoas em situação de desemprego. Neste workshop, que decorreu no Polo de Oliveira do Bairro da Incubadora de Empresas da Região de Aveiro, foram dadas a conhecer as principais competências transversais promotoras da empregabilidade na sociedade atual. Através de dinâmicas de grupo e de muita discussão, foi ainda aferido o nível de aquisição dessas competências por parte dos participantes, identificando estratégias adequadas ao seu progressivo desenvolvimento individual. Para além da adequação dos candidatos a emprego às competências e comportamentos mais procurados pelas empresas, foi também discutida a forma como nos comportamos em ambiente profissional, ao nível, por exemplo, do relacionamento com colegas de trabalho e com as chefias. Em jeito de resumo, foram apresentadas as cinco vitaminas para a empregabilidade, sendo selas a Vitamina A - Análise e Resolução de Problemas, C – Criatividade e Inovação, F – Adaptação e Flexibilidade, P – Planeamento e Organização e T – Trabalho em Equipa. Este workshop realizou- -se no âmbito da criação do GEPE - Grupos de Entreajuda para a Procura de Emprego do Município de Oliveira do Bairro, em junho desde ano, que reúne no Polo de Oliveira do Bairro da Incubadora de Empresas da Região de Aveiro. Os interessados em participar neste grupo, ou simplesmente obter mais informação sobre o projeto, devem contactar o Gabinete de Inserção Profissional (GIP) do Município, através dos contactos 234 732 100 ou gip@cm-olb.pt. Reuniões periódicas. Os Grupos de Entreajuda na Procura de Emprego – GEPE são grupos informais de pessoas desempregadas, tendencialmente constituídos por seis a doze membros, que se reúnem periodicamente e cujo objetivo é a procura ativa de emprego, na qual todos os membros do grupo colaboram e se entreajudam. A participação é gratuita mas exige um compromisso de presença regular e contributos para o enriquecimento das reuniões, nomeadamente na pesquisa de oportunidades de trabalho que se adequem aos membros do seu GEPE.

Jornal da Bairrada 9 | novembro | 2017 TROVISCAL Incêndio destrói cozinha e desaloja casal de sexagenários Um incêndio na cozinha de uma habitação da Rua do Vale da Feiteira, no Troviscal, espalhou o pânico nos moradores, na tarde da passada quinta-feira. O fogo, que deflagrou por volta das 16h30, destruiu parcialmente a cozinha. Os bombeiros de Oliveira do Bairro estiveram no local até às 17h40. Os moradores, António Pereira Marques, de 69 anos, e a esposa Aida, de 66, não ganharam para o susto, sendo obrigados a pernoitarem em casa dos vizinhos naquela noite, depois do fumo intenso que atingiu todo o interior da casa, deixando a cozinha com um amontoado de cinzas e pedaços de móveis e de eletrodomésticos queimados. “Estávamos no quintal, atrás da casa, de volta da nossa agricultura quando vimos fumo a sair pelo telhado”, contou ao JB António Marques, comentando que a esposa ligou, de imediato, aos Bombeiros de Oliveira do Bairro. “Não sabemos o que provocou o incêndio. Naquele canto tinhámos o micro ondas e o fogão, mas não sei o que poderá ter sido”, disse o proprietário, aventando a hipótese de poder ter sido um curto circuito a provocar tais estragos. “Ainda vim a tempo de fechar o gás e tirar a garrafa para um local seguro senão os estragos teriam sido maiores”, concluiu. JPT OLIVEIRA DO BAIRRO | REGIÃO 7 MAMARROSA Trio apanhado em flagrante a roubar casa de habitação Um trio de assaltantes foi detido, em flagrante, no passado dia 1 de novembro, na Mamarrosa, quando supostamente furtavam o interior de uma residência, informou o Comando Territorial de Aveiro da GNR. A operação, levada a cabo por militares do Posto Territorial de Bustos, levou à detenção de dois homens e uma mulher com idades entre os 19 e os 26 anos, por furto em interior de residência nas imediações do Parque do Rio Novo, segundo apurámos. De acordo com informações da GNR, após denúncia, os militares surpreenderam os suspeitos no interior da habitação, estando estes já na posse de vários objetos, entretanto recuperados e restituídos ao seu proprietário. Os suspeitos terão entrado na residência através do arrombamento de uma porta. Na sequência das diligências foi ainda apreendida a viatura onde os detidos se faziam transportar, bem como diversas chapas de matrícula que se encontravam no seu interior. Assegura ainda a GNR que os suspeitos foram presentes a tribunal e sujeitos a termo de identidade e residência. A ação contou com o apoio de militares do Destacamento de Intervenção do Comando Territorial de Aveiro. PUB OLIVEIRA DO BAIRRO Incubadora Municipal disponibiliza serviços de mentoria e consultoria O Polo de Oliveira do Bairro da IERA, no âmbito do projeto da Incubadora de Empresas da Região de Aveiro, colocou à disposição das suas empresas incubadas um conjunto de serviços de apoio, totalmente gratuitos, que passam pela disponibilização de mentoria e consultoria. A primeira empresa a beneficiar destes serviços é a Cais do Som, que contará com apoio nas áreas da Assessoria e Apoio Jurídico (12 horas), Plano de Negócios (6 horas), Apoio na promoção da atividade (12 horas) e Apoio à Proteção dos Direitos de Propriedade Intelectual (6 horas), participando ainda em workhops de capacitação nas áreas de Procurement (8 horas) e Económico- -financeira (8 horas). Este apoio é disponibilizado no âmbito do programa Start Up IERA do projeto “Consolidação da IERA e mobilização do ecossistema empreendedor da Região de Aveiro” que, por sua vez, integra a iniciativa “Região de Aveiro Empreendedora”, com o objetivo de capacitar os empreendedores da região e apoiá-los na implementação dos seus projetos. A candidatura da Cais do Som, para beneficiar deste apoio, foi realizada no passado mês de setembro e os serviços começaram a ser prestados nos últimos dias de outubro. De referir que esta empresa já tinha beneficiado em 2015, no seu arranque, de um pacote de serviços de apoio à incubação por parte do projeto IERA, no âmbito do anterior quadro comunitário de apoio. A Cais do Som, que foi a primeira empresa incubada no Polo de Oliveira do Bairro da IERA, tem com missão conceber, desenvolver e produzir projetos culturais enquadrados em diversos contextos sociais e demográficos. No seu portfolio conta já com um número bastante significativo de projetos, que têm passado, na sua maioria, por espetáculos e festivais de música realizados em vários municípios da Região Centro, como Águeda, Anadia, Aveiro, Cantanhede, Idanha-à-Nova, Ílhavo, Oliveira do Bairro, Murtosa ou São João da Madeira. O Polo de Oliveira do Bairro da Incubadora de Empresas da Região de Aveiro (IERA) está implantado no piso 1 do Edifício do Mercado Municipal, no coração da cidade de Oliveira do Bairro. Possui seis salas de incubação, incluindo sala de co-working, uma sala de formação e um espaço de coffee break, bem como serviços administrativos de apoio, que estão ao serviço dos empreendedores que aqui desejem instalar e desenvolver a sua ideia de negócio. A incubadora funciona como uma estrutura de apoio disponibilizada aos empreendedores, ao nível físico e de formação e consultoria, para que testem a sua ideia de negócio, a implementem e se autonomizem nos mercados nacionais e internacionais. Candidaturas O Polo de Oliveira do Bairro da IERA continua a aceitar candidaturas de ideias de negócio ou de empresas já constituídas (com menos de 12 meses de atividade) que procurem um espaço e beneficiar da sua integração no ecossistema empreendedor da Região de Aveiro. As candidaturas devem ser feitas através de formulário disponibilizado no site da IERA, em www.iera.pt, e depois enviadas para o endereço de e-mail polo-iera@cm- -olb.pt, dando início ao processo de adesão. O sabor da tradição Rua do Sobreiro, 30 | 3770-016 BUSTOS Tel. 234 753 483 | 234 190 782 | alojinhapadaria@gmail.com CENTRO AMBIENTE PARA TODOS (Instituição Particular de Solidariedade Social) ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA CONVOCATÓRIA Nos termos da alínea c), do número 1, do Artigo 37º dos Estatutos da Associação Particular de Solidariedade Social Centro Ambiente Para Todos, convoco uma Assembleia Geral Ordinária para o próximo dia 28 de Novembro de 2017, pelas 18h30 na sede da Instituição, sita no Troviscal – Oliveira do Bairro, com a seguinte ordem de trabalhos: Ponto 1 – Apreciação, apresentação do parecer do Conselho Fiscal e votação do programa de ação e orçamento para 2018 . Ponto 2 – Discussão e aprovação do Regulamento do Processo Eleitoral relativamente à eleição dos corpos gerentes para o quadriénio 2018- 2021. Ponto 3 - Outros assuntos de interesse para a Instituição. Nota: Se à hora marcada não estiverem presentes a maioria dos associados, a Assembleia reunirá em segunda convocatória 30 minutos depois, ou seja às 19h00, e deliberará com os associados presentes. Os documentos em apreciação, poderão ser consultados na secretaria da Instituição, a partir da presente data. Troviscal, 23 de Outubro de 2017 O Presidente da Mesa da Assembleia Geral Marcos Daniel Silva Martins “Jornal da Bairrada” nº 2433 de 09-11-2017