Views
7 months ago

fi163[online]

“Literatura e

“Literatura e Jornalismo, a palavra que prende e a palavra que liberta” deu o mote 8.º Festival Literário da Madeira O palco do Teatro Municipal Baltazar Dias recebeu mais uma edição deste festival literário que, este ano, teve como tema “Literatura e Jornalismo, a palavra que prende e a palavra que liberta”. A organização foi da Nova Delphi com o apoio da CMF e do Governo Regional. A presença de destacados escritores de várias nacionalidades voltou a ser nota de destaque. Eleanor Catton, Ottessa Moshfegh, Sofi Oksanen e Javier Cercas, vencedor o Prémio Literário Casino da Póvoa 2018, foram algumas das presenças nesta edição do FLM que, como sempre, teve nas conversas com e entre autores, o centro da sua programação. A abertura oficial aconteceu com as conversas do humorista Ricardo Araújo Pereira e o jornalista norte-americano Mick Hume, autor de Direito a Ofender. A Liberdade de Expressão e o Politicamente Correto, moderados pelo jornalista João Paulo Sacadura. Destaque ainda para os escritores José Luís Peixoto, Sofi Oksanen • DB • Fonte/Fotos: FLM e Câmara Municipal do Funchal. 6

7

para online
QUADRANTE ONLINE
Catalogo Online