20.09.2021 Views

edicao1487

Do you know the secret to free website traffic?

Use this trick to increase the number of new potential customers.

Conselho de Cultura rebate

declaração de secretária

Em entrevista concedida

a Do Vale TV, a secretária

de Cultura de Avaré, Isabel

Cardoso, falou sobre a polêmica

envolvendo o projeto

de lei 154/2021 que alterou

as funções do Conselho

Municipal de Políticas Culturais

(CMPC) e reduziu a

participação popular, eliminando

cadeiras de entidades

representativas como associações

e imprensa.

Na mesma reportagem,

Cardoso tentou justificar

as mudanças alegando que

estão seguindo a Lei Orgânica.

Ela citou o nome da

jornalista Cida Koch (in

Foco) como “exemplo”

de exclusão das cadeiras,

dando a entender que ela

não teria participado nos

últimos 3 anos, já que ela

representava a imprensa.

Koch era suplente do

radialista Clóvis Guerra,

que lamentavelmente faleceu.

Contudo, a fala da secretária

trouxe muitas inverdades

e diante disso, o

CMPC elaborou um vídeo

rebatendo a declaração.

Importante ressaltar que

o artigo citado pela secretária

sequer tem parágrafo,

ela mudou a competência

do conselho que não poderá

mais fiscalizar e deliberar e

ocultou um fato importante:

ela mesma que faltou por 2

anos no conselho como representante

da ACIA, ao contrário

de outros segmentos.

Na matéria, a presidente

do CMPC Poliana

Gomez Brasil falou da surpresa

e da repercussão que

o projeto causou entre os

artistas, que sequer foram

ouvidos antes da aprovação

pelo Legislativo. Confira

a matéria completa no

site avozdovale.com.br.

Exames apontam agressões em mulher que

matou o marido por legítima defesa em Avaré

Um exame feito na

jovem de 27 anos que

foi presa suspeita de matar

o marido com uma

facada no pescoço, em

Avaré, apontou que ela

também sofreu agressões,

de acordo com a

Polícia Civil.

O crime ocorreu no

dia 24 de julho e o inquérito

policial que investiga

o caso foi relatado

à Justiça no fim do

mês passado. Segundo

a polícia, a mulher foi

presa em flagrante pela

morte de Wellington

Henrique de Arruda, de

30 anos, mas foi liberada

no dia seguinte após

decisão da Justiça.

O delegado Marco

Aurélio Gonçalves disse

que teve que relatar

o inquérito policial em

30 dias por causa do

flagrante, no entanto,

explicou que as investigações

continuam para

comprovar o relato da

suspeita, que alegou legítima

defesa.

Além dos depoimentos,

a Polícia Civil também

analisou os laudos

periciais do caso, incluindo

o exame de corpo

de delito da jovem, que

constatou agressões. “Foram

constatadas lesões

corporais nela, indicando

que ela foi agredida. E

pelo exame, eram lesões

recentes”, aponta.

Segundo o boletim de

ocorrência, a mulher relatou

à polícia que o marido

estava fora de casa

por três dias e o encontrou

quando ela passou na

frente de um bar da cidade

com o filho de um ano no

colo. Segundo a versão da

jovem à polícia, o homem

tentou pegar a criança,

mas ela se recusou a entregá-la

porque o marido

estava embriagado.

Ainda segundo o depoimento

no boletim de

ocorrência, o casal foi

para casa e começou

uma discussão. Durante

a briga, a mulher contou

aos policiais que o homem

tentou esganá-la e

ela pegou uma faca para

se defender.

Wellington foi atingido

no pescoço e não

resistiu aos ferimentos.

Já a mulher foi presa em

flagrante e liberada na audiência

de custódia.

Segundo a Polícia Civil,

o juiz decidiu pelo

alvará de soltura porque

a jovem alegou legítima

defesa e tem o filho de

um ano de idade.

Novos

planos

INSTALAÇÃO

IMEDIATA PEDIU ASSINOU

INSTALOU

*Instalaçãoematé1diaútilapós

assinaturadocontrato

ASSINEJÁ

PELOWHATS

1499606-7500

PLANO

FAMÍLIAWIFI

750

mega

+ROTEADORINCLUSO

+ONETV

+ZAAZEDUCA

+SUPORTEPLUS

+ANTIVIRUS

119

R$

,90

/mês


Página 2 A VOZ DO VALE De 12 a 18 de setembro 2021

Polícia Rodoviária apreende mais de

730 kg de maconha na Castelo Branco

Policiais Rodoviários

da equipe TOR de Avaré

realizavam fiscalização

pelo km 208 da SP-280

(Castelo Branco), na tarde

de quinta-feira, dia

16, quando resolveram

abordar o condutor de

um veículo com características

de ser batedor de

veículo que transporta

produto ilícito.

Desconfiados, os policiais

militares passaram

diligenciar e consultar

os veículos que

passavam pelo local e

acabaram chegando a

um caminhão suspeito.

A equipe, então, passou

a seguir esse caminhão

e o abordaram no

km 162 no município

de Porangaba.

Após vistoriar o veículo

foi localizado vários

fardos de drogas, que

após pesagem constatou-

-se 734,400 kg de maconha

e 5,2 kg de Skunk.

Os homens que estavam

no caminhão foram

presos por tráfico de drogas.

(Divulgação)

ABOVA de Avaré recebe R$ 165 mil após

acordo da Odebrecht sobre trabalho escravo

A Associação Beneficente

Oncológica Voluntários

de Avaré foi a única

beneficiária da região a

receber R$165 mil de recursos

oriundos de valores

do acordo da construtora

Odebrecht. A Entrega do

cheque simbólico ocorreu

na sede do Tribunal Regional

do Trabalho da 15ª

Região, em Campinas.

A presidente do Tribunal

Regional do Trabalho

da 15ª Região, desembargadora

Ana Amarylis Vivacqua

de Oliveira Gulla,

recebeu no Salão Nobre

da Presidência, no edifício-sede

da Corte, os representantes

de entidades

paulistas que tiveram seus

projetos aprovados pela

Comissão de Análise

dos Projetos Sociais da

15ª e reafirmou, em seu

discurso, a importância

de iniciativas conjuntas

entre Justiça do Trabalho

e Ministério Público do

Trabalho para o combate

em pleno século XXI ao

trabalho análogo ao escravo,

e que elas “demonstram

o quão importante,

efetiva e imprescindível

é a Justiça do Trabalho,

cuja atuação extrapola o

ato de julgar processos

entre trabalhadores e empregadores”,

e que “deve

agir como sentinela dos

direitos sociais e dar sua

contribuição na construção

de uma sociedade melhor,

mais justa e igualitária!”

Por motivo de segurança

e em obediência aos

protocolos sanitários, a

entrega simbólica de valores

deste ano a entidades

analisadas e escolhidas

pela Comissão do TRT-15

foi dividida em três cerimônias

distintas. Ao todo

foram beneficiadas 19 entidades

em 2021, com repasse

de R$ 2,620 milhões

Tatiana Capecci, presidente

da Associação Beneficente

Oncológica Voluntários

de Avaré (Abova),

agradeceu pelo repasse

de verba do tribunal, lembrando

que foi a primeira

vez que a entidade recebeu

um benefício da esfera

pública, e que o valor

será destinado a melhorar

o atendimento às pessoas

assistidas pela Abova.

O CASO ODEBRE-

CHT – A construtora Norberto

Odebrecht S.A. e

duas de suas subsidiárias

– a Odebrecht Agroindustrial

– firmaram com

o TRT15, em 2017, um

acordo no valor de R$

30 milhões, em processo

movido pelo Ministério

Público do Trabalho, resultando

no maior acordo

da história do país no que

diz respeito ao combate

ao trabalho escravo e ao

tráfico de pessoas.

A audiência foi presidida

pelo desembargador

Edison dos Santos Pelegrini,

da 10ª Câmara do

TRT, e ficou definido que

as empresas, condenadas

por dano moral coletivo

em 1ª instância, pagariam

o valor de R$ 30 milhões,

divididos em 12 parcelas

semestrais de R$ 2,5 milhões

até 2022.

Os valores são destinados

a projetos, iniciativas

ou campanhas que

revertam em benefícios

à população, mediante

aprovação conjunta do

TRT da 15ª Região e do

MPT-Campinas.

Segundo o desembargador

Edison Pelegrini, “do

acordo realizado de R$ 30

milhões, o MPT ficou com

a destinação da metade e

outra metade ficou para o

nosso TRT”, e até o momento,

“já foram atendidas

65 entidades indicadas por

toda a Jurisdição do TRT,

com destinação total de

R$ 12.912.240,00”. Fonte:

Notícias Botucatu

Represa de Jurumirim atinge

menor nível de água para o mês

de setembro dos últimos 21 anos

A chuva que atingiu

a região nesta semana

não foi suficiente para

refletir no nível dos reservatórios.

A Represa

de Jurumirim, em Avaré,

atingiu na terça-feira (14)

22,75% da capacidade,

sendo o nível mais baixo

registrado nos últimos

21 anos para o mês

de setembro, segundo o

Operador Nacional do

Sistema Elétrico (ONS).

A média dos 14 dias

de setembro em 2021 está

em 23,24% da capacidade

da represa. De acordo

com o ONS, em setembro

de 2000, quando foi

registrado o recorde negativo

em Jurumirim, o

nível médio em relação

aos primeiros 15 dias do

mês era de 22,8%.

Nos primeiros dias deste

mês, o volume de água

da represa diminuiu aproximadamente

0,06% diariamente.

Diante do levantamento,

o ONS prevê que,

até o fim do mês haja queda

de 2% do volume atual.

Em nota, o ONS informou

que o Brasil passa

pela pior crise hídrica dos

últimos 91 anos. Diante

disso, disse que tem

trabalhado para garantir

energia em todos os operadores

do sistema interligado

nacional (SIN),

composto por hidrelétricas

de todo o país.

Um relatório divulgado

pelo ONS identificou

a necessidade de adoção

de medidas para contornar

a crise hídrica nas principais

bacias hidrográficas e

manter o atendimento aos

consumidores de energia

elétrica, mesmo considerando

sensível a situação

hídrica que enfrenta.

é uma publicação semanal da Kauan Vieira Aires ME

Inscr. Municipal 29.187 CNPJ: 29.172.463/0001-12

E-mail: avozdovale@avozdovale.com.br

Site: www.avozdovale.com.br

REDAÇÃO: Rua Alagoas, 2001 - CEP 18700-010 - Avaré/SP

DIRETOR RESP.: Kauan Vieira Aires

Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus

autores e não expressam necessariamente a nossa opinião

CIRCULAÇÃO: Avaré, Águas de Santa Bárbara, Arandu, Cerqueira

César, Holambra II, Iaras, Itaí, Itatinga e Paranapanema.


De 12 a 18 de setembro 2021

A VOZ DO VALE

Página 3

Sem divulgação, membros da CPI dos

medicamentos ouvem testemunhas em Avaré

Os membros da Comissão

Parlamentar de

Inquérito (CPI) que investiga

suposto superfaturamento

na compra de

medicamentos destinados

para o tratamento de pacientes

com a Covid-19

em Avaré, voltaram a se

reunir na terça-feira, dia

14 de setembro, no plenário

da Câmara Municipal.

O que vem chamando a

atenção é a falta de divulgação

dos trabalhos realizados

pela CPI. Membros

da imprensa e, até mesmo

vereadores, não tinham

conhecimento de que

oitivas estavam marcadas

para ocorrer hoje. A

falta de transparência da

comissão já vem sendo

questionado desde o início

dos trabalhos.

Um dos ouvidos foi

o servidor Juarez Marchetti,

que foi ouvido por

meio de vídeo conferencia.

Em seu depoimento,

ele acabou admitindo um

erro. “Eu admito que foi

um erro, foi na hora do

desespero que pedimos

essa antecipação. Quando

fazem a antecipação

eles só enviam a nota de

envio. Existe um processo

de aquisição, mas se

eu esperasse o prazo que

a empresa tinha para fornecer

ficaríamos com os

estoques zerados. Meu

erro foi não ter comunicados

os auxiliares”.

O servidor afirmou que

os medicamentos foram

entregues e que a entrega

foi acompanhada por

funcionários da Prefeitura.

Marchetti contrariou

o depoimento da auxiliar

de farmácia Drielly

e disse que a Fentamila

foi entregue no Pronto

Socorro Municipal.

Decreto determina retorno dos

servidores da Prefeitura afastados

em razão da pandemia em Avaré

Foi publicado na segunda-feira,

dia 13 de setembro,

o Decreto Municipal

6452/21 que determina o

retorno ao trabalho presencial

e de suas atribuições

funcionais, dos servidores

municipais da Prefeitura

afastados anteriormente,

enquadrados no grupo de

risco, por doença e ou idade,

em razão da Covid-19.

Ainda segundo o decreto,

além de determinar o

retorno imediato de todos

os servidores e empregados

públicos afastados que

foram imunizados, devendo

as gestantes vacinadas

passar por avaliação no

Departamento de Saúde

do Servidor – DESS, e,

os servidores que se enquadram

nos grupos de

riscos por comorbidade.

Esses servidores devem

providenciar atestado do

médico assistente atualizado,

após ser validado pelo

DESS, e encaminhar para

o Departamento de Recursos

Humanos.

Confira o decreto na íntegra:

Decreto nº 6.452, de 10

de setembro de 2.021

(Altera a redação do art.

2º, do Decreto nº 6.407, de

23 de agosto de 2021).

JOSELYR BENEDI-

TO COSTA SILVESTRE,

Prefeito da Estância Turística

de Avaré, usando

das atribuições que lhe são

conferidas por lei,

DECRETA

Artigo 1º. Fica alterada

a redação do art. 2º, do

Decreto nº. 6.407 de 23 de

agosto de 2021, que passa

vigorar com a seguinte redação:

Art. 2º. Retorno imediato

de todos os servidores e

empregados públicos afastados

que foram imunizados,

devendo as gestantes

vacinadas passar por avaliação

no Departamento

de Saúde do Servidor –

DESS, e, os servidores que

se enquadram nos grupos

de riscos por comorbidade,

providenciar atestado do

médico assistente atualizado,

após ser validado pelo

DESS, encaminhar para o

Departamento de Recursos

Humanos.

Artigo 2º. Este Decreto

entrará em vigor na data de

sua publicação, revogando-se

as disposições em

contrário.

Prefeitura da Estância

Turística de Avaré, 10 de

setembro de 2021.

JOSELYR BENEDITO

COSTA SILVESTRE

Prefeito

Adilson Imóveis vende

Tel.: (14) 997306-1965

Também foram ouvidas

as auxiliares de farmácia

Camila Panzarin, Regina

Bispo e Drielly Pedroso,

que foi ouvida novamente.

Os membros da CPI,

Carla Flores (presidente),

Ana Paula de Godoy

(membro) e Roberto

Araujo (relator) não

divulgaram os próximos

passos da comissão.

Avaré 1

-2 dorm, Sala, Cozinha, Banheiro, Lavanderia, Garagem, Área terreno 190 m2, Área

construída 40m2

Centro

-2dormitorios, Sala, Sala de jantar, Cozinha, Banheiro, Edícula, 1 dormindo, sala, Cozinha

,Lavanderia, Área terreno 151,5 m2, Área construída 121,70 m2


Página 4 A VOZ DO VALE De 12 a 18 de setembro 2021

Polícia Civil recupera 336 cabeças de

gado roubadas de fazenda em Itatinga

A Polícia Civil de Bauru

apreendeu 336 cabeças

de gado na quarta-feira,

dia 15 de setembro, que

foram roubadas de uma

fazenda de Itatinga.

De acordo com a Polícia

Civil, as autoridades

foram informadas

pela Polícia Militar que

o gado roubado, avaliado

em mais de R$ 1 milhão,

estava sendo vendido em

um leilão às margens da

Rodovia Comandante

João Ribeiro de Barros,

próximo a Avaí.

O responsável pelo leilão

informou à polícia que

o gado foi deixado no local

por um pecuarista de

Taquarituba. O pecuarista

também foi ouvido e relatou

que comprou os animais de

um corretor que se apresentou

como representante dos

donos dos animais.

Ainda segundo a polícia,

a compra foi paga pelo pecuarista

para uma moradora

também de Taquarituba em

transferência bancária e

em cheque. As investigações

apontam a suspeita

de que o “corretor” esteja

envolvido no roubo. Ele

ainda não foi localizado.

A Polícia Civil informou

que o roubo do gado

aconteceu na terça-feira

(14), mas os autores do

crime chegaram na propriedade

na tarde de segunda-feira

(13).

Durante o assalto, os suspeitos

renderam quatro pessoas.

O caseiro da fazenda

foi o primeiro a ser rendido

e ficou refém dos assaltantes

por quase 24 horas, segundo

os policiais.

As cabeças de gado foram

recuperadas e devolvidas

aos donos dos animais.

O caso é acompanhado

pelo setor de investigações

rurais da Polícia Civil e

até esta quinta-feira (16)

ninguém havia sido preso.

Com informações do G1

Polícia Rodoviária apreende 23 fuzis e

10 pistolas na Raposo Tavares em Assis

A Polícia Rodoviária

aprendeu na manhã desta

quinta-feira, dia 16, vinte

e três fuzis e dez pistolas,

Polícia Rodoviária apreende

mais de 300 kg de maconha

na Castelo Branco em Itatinga

durante a operação “São

Paulo Mais Seguro”.

As armas estavam no

estepe de um caminhão

com placas do Paraguai e

a apreensão aconteceu na

Rodovia Raposo Tavares,

próximo ao km 453.

Ainda segundo a Polícia

Rodoviária, o motorista

apresentou nervosismo na

abordagem, o que motivou

a realização de uma busca

minuciosa no veículo.

A ocorrência foi registrada

na sede da Polícia

Federal de Marília, para

onde foram encaminhados

o armamento, o caminhão

e o motorista.

(G1 Bauru e Marília)

A Polícia Rodoviária

apreendeu 314 quilos de

maconha durante uma fiscalização

na praça de pedágio

da Rodovia Castello

Branco em Itatinga na manhã

de terça-feira, dia 14

de setembro.

Os 424 tijolos da droga

estavam no interior do veículo,

com placas de Francisco

Beltrão (PR), e no porta-

-malas. O motorista disse

que pegou o carro na cidade

de Pato Bragado (PR) e levaria

para São Paulo.

A droga, o veículo e o

motorista foram levados

para delegacia de Itatinga,

onde a ocorrência foi registrada

e o entorpecente

pesado. O motorista, de 20

anos, foi preso em flagrante

por tráfico de drogas.

Avareenses são destaque em campeonato de jiu-jitsu

Os avareenses Ricardo

Mirrado e Felipe Padovani

foram destaque no Circuito

Interior de Jiu-Jitsu, que foi

realizado no domingo, dia

12 de setembro, em Bauru.

O atleta Ricardo Mirrado

foi campeão na categoria

de 85 quilos, três categorias

acima do que ele

costuma participar.

Já o atleta Felipe Padovani,

que é aluno de Mirrado, ficou

na terceira colocação em

sua categoria. Já Fábio Anacleto

perdeu na estreia por

pontos, mas sua performance

foi elogiada pelo treinador.

“Voltamos a competir

e, graças a Deus, tivemos

excelentes resultados.

Consegui ser campeão em

uma categoria na qual é

três acima da minha. Agora

vou voltar ao meu peso

para a próxima competição.

Quero parabenizar

ao Felipe e ao Fábio que

também tiveram uma participar

exemplar, com o

Felipe conquistando a terceira

colocação na sua categoria”,

disse Mirrado.


De 12 a 18 de setembro 2021

A VOZ DO VALE

Página 5

Artistas promovem protesto contra

medidas da Secretaria de Cultura em Avaré

Revoltados, artistas

promoveram, na tarde desta

quinta-feira, dia 16

de setembro, um protesto

contra as atitudes que vem

sendo tomadas pela Prefeitura

e pela secretária de

Cultura, Isabel Cardoso.

A manifestação ocorreu

em frente à Fonte das

Artes, no Largo São João,

após a aprovação da Lei

154 que altera a composição

e competências do

Conselho Municipal de

Política Cultural. “A intervenção

artística tem o

intuito de levar à população

de Avaré informações

a respeito dos últimos

acontecimentos na seara

cultural do município e

dar visibilidade ao movimento:

O artista tem voz.

Segundo parte dos artistas,

“de forma arbitrária

e autoritária, a lei que

elege os representantes

dos artistas foi alterada

sem qualquer tentativa de

diálogo com os artistas da

cidade, diminuindo os representantes

das classes

artísticas e o poder deliberativo

do Conselho”.

Ainda segundo os artistas,

“A Arte resiste”

e “Libertem a Cultura”

resumiam o sentimento

de amarras que os artistas

estão sentindo com

a propositura da lei pela

própria secretária de Cultura,

Isabel Cardoso, e a

aprovação da lei na Câmara

de Vereadores.

A artista da foto é Taynara

Carneiro, que é “Artista

performer”, uma modalidade

de arte de permanência:

“O corpo como tela viva”.

DESABAFO – O empresário

Du Javaro se

manifestou contra o presidente

da Câmara, vereador

Flávio Zandoná. Confira a

publicação na íntegra:

Teve dia que eu cheguei

a pensar, quem sabe, se gente

desse um pouco mais de

tempo as coisas poderiam

mudar…. e num é que mudaram!!!

Pra pior!!!

Já que não conseguiram

dominar o conselho,

o jeito era desconstruir o

mesmo, e então colocar

os seus asseclas no lugar

das pessoas de bem que

ali estavam. E pensar que

o voto de minerva foi de

um ex aluno meu, do qual

tinha muito apreço, mas vi

que falhei em sua formação,

afinal, percebe- se que

a única coisa que importa

é obedecer cegamente uma

política podre e suja, ao

invés de se fazer o que é

certo…. talvez eu devesse

ter falado mais de cidadania

do que matemática….e

o que falar da nossa secretária

de cultura, que é paga

pra cuidar da cultura, e não

acabar com ela!!!

Mas o que esperar de

uma secretária que entrou

pelas portas dos fundos,

por um mero arranjo político,

sem nenhum mérito

ou experiência na área…..

mas, faz parte, o Brasil ainda

é novo, nossa população

ainda é ingênua, temos

muito a evoluir, e tenho

certeza, aos poucos pessoas

como essas vão entrar

no limbo do esquecimento,

e serão lembradas apenas

como exemplos do que

não se deve fazer na vida

pública… A arte resiste!!!!

O projeto que tirou o

poder de fiscalização e

que diminuiu o número de

membros do Conselho Municipal

de Políticas Culturais

foi aprovado com voto

dos vereadores: Flávio Zandoná,

Carla Flores, Roberto

Araújo, Ana Paula, Jairinho

do Paineiras, Magno Greguer

e Léo Ripoli.

Parabéns Avaré pelos seus 160 anos de fundação

A Estância Turística

de Avaré comemora, nesta

quarta-feira, dia 15 de

setembro, 160º aniversário.

A data da fundação

que remete ao longínquo

ano de 1861, no entanto,

é apenas simbólica.

A opção pelo 15 de setembro,

dia em que a Igreja

celebra as Dores de Nossa

Senhora, foi uma forma

de deixar registrada a religiosidade

dos primeiros

habitantes, já que o povoado

surgiu ao redor de uma

capela dedicada à santa.

Dona de uma beleza

natural exuberante, Avaré

se transformou em estância

turística graças à Represa

Jurumirim, distante

cerca de 19 quilômetros

do centro da cidade.

O reservatório concluído

em 1962 deu origem a

aproximadamente 1,8 mil

quilômetros de praias,

formando um verdadeiro

mar de água doce.

Outra atração no quesito

beleza natural é o

Horto Municipal. Floresta

conservada na zona

urbana, é ponto de encontro

entre avareenses

e turistas. A cidade conta

ainda com cachoeiras e

trilhas para ciclistas.

Além disso, ostenta

atrativos que moldam

o cenário urbano. Entres

eles estão o Mercado Municipal,

o Largo São João e

o Santuário Nossa Senhora

das Dores, este erguido no

ponto em que a cidade surgiu,

marco religioso considerado

ainda patrimônio

cultural e arquitetônico.

Com aproximadamente

92 mil habitantes, segundo

dados recentes do

IBGE, Avaré é referência

para dezenas de cidades

da região, principalmente

em termos de comércio,

saúde e educação.

A cidade se destaca

ainda em termos estaduais

e nacionais. Chamada de

Capital Nacional do Cavalo,

a estância também

é conhecida pelas competições

equestres e pelos

grandes eventos agropecuários

que promove.

HISTÓRIA – Fundada

em meados do século XIX

pelo major Vitoriano de

Sousa Rocha e Domiciano

Santana, o município surgiu

em torno de uma capela

votiva dedicada a Nossa

Senhora das Dores.

Em busca de um lugar

ideal para viver, com terras

agricultáveis e água em

abundância, os pioneiros

de origem europeia chegaram

à região da atual

Avaré por volta de 1840,

segundo as pesquisas mais

recentes. Ao major Vitoriano

de Sousa Rocha e a

seu compadre, Domiciano

Santana, é atribuída a

fundação do município,

cujo local, com vegetação

exuberante e muitos recursos

naturais, levou ambos,

procedentes de Bragança

Paulista e de Pouso Alegre,

a enfrentarem as dificuldades

iniciais, como os

ataques de índios botocudos,

e se estabelecerem.

Por volta de 1861, ao

cumprir uma antiga promessa

– a vida salva de

sua mulher depois de parto

difícil – o major construiu

uma capela bem no lugar

onde hoje está erguido

Santuário de Nossa Senhora

das Dores. No altar da

pequena igreja e futura matriz

ele colocou a imagem

daquela que se tornaria a

padroeira do município.

Junto com o amigo

Domiciano, fez, ainda, a

doação de onze alqueires

ao patrimônio da futura

vila, isto no dia 15 de

maio de 1862. Ao redor

da capela, nasceu o povoado,

chamado Rio Novo.

O major e Domiciano

são considerados os fundadores

e a data em que se

comemora a festa do município

é 15 de setembro, dia

em que a liturgia católica

celebra a festa de Nossa

Adilson Imóveis vende

Tel.: (14) 99736-1965

Avaré 1

-2 dorm, Sala, Cozinha, Banheiro, Lavanderia, Garagem, Área terreno 190

m2, Área construída 40m2

Centro

-2dormitorios, Sala, Sala de jantar, Cozinha, Banheiro, Edícula, 1 dormindo,

sala, Cozinha ,Lavanderia, Área terreno 151,5 m2, Área construída 121,70 m2

Senhora das Dores. A Vila

do Rio Novo foi elevada à

categoria de município com

o nome de Avaré em 1891.

Dentre os imigrantes

que formaram a sociedade

avareense, os integrantes

da colônia portuguesa

estão entre os de maior

número. Também contribuíram

para o desenvolvimento

local: espanhóis,

italianos, árabes, japoneses,

lituanos, suíços e

afrodescendentes.

Participaram ativamente

da formação do povoado

nomes hoje ligados à

história social e política

de Avaré, como o capitão

Israel Pinto de Araújo

Novais, o coronel João

Baptista da Cruz e o alferes

Manuel Marcelino de

Sousa Franco, o Maneco

Dionísio, que intercedeu

no governo do estado para

que a Estrada de Ferro Sorocabana,

um marco do

progresso local, passasse

na antiga Rio Novo, o que

não aconteceria segundo o

projeto original.

Avaré (ou Abaré) vem

do tupi-guarani abaré-y,

nome dado pelo intendente

(“prefeito”) da época,

coronel Eduardo Lopes

de Oliveira, ao município,

nome este que é de um

morro arredondado (morro

Avaré) que existe ao sul

do município de Itatinga e

que fica na então sua propriedade

“Fazenda Avaré”.

Provavelmente Avaré

queira apenas dizer “solitário”,

pois o tal morro está

isolado de outros. A solicitação

da troca do nome de

“Rio Novo” para “Avaré”

foi feita pelo coronel Eduardo

ao então presidente

do estado de São Paulo

Américo Brasiliense de

Almeida Melo, quando,

então, o município ganhou

autonomia política.


Página 6 A VOZ DO VALE De 12 a 18 de setembro 2021

Avareense Ize Novaes lança

o disco “Pra Iluminar”

Na parceria com Edu

Santana, ‘Jóia Rara’, a canção

romântica conta uma

história de amor que aconteceu

na hora errada é a

sexta música na ordem do

álbum. A canção seguinte,

‘Largo dos Amores’, em

parceria com seu irmão

Juca Novaes, conta a história

da família Piedade Novaes,

eternizando o encontro

de Dona Margarida com

Doutor Paulinho.

Em ‘Margaridas’, única

música instrumental

do disco, ele homenageia

a sua mãe, Dona Margarida

Piedade Novaes e

sua irmã, Maida Novaes,

mas que também leva o

nome da mãe, numa melodia

profunda, interpretada

pelo violinista Serguei

Eleazar.

Em mais uma ode à

preservação da natureza,

Ize Novaes trás o

balanço das águas dos

rios em ‘Rota Final’,

contando a trajetória do

rio ao mar. Fechando

o disco, em ‘Trilhos e

Saudades’, o compositor

canta a história do

trem, meio de transporte

que foi engolido pelo

investimento pesado em

rodovias no país.

Por: Paulinho Novaes

https://tratore.ffm.to/

prailuminar

Ex-prefeito de Itaí tem pedido de

reexame de contas rejeitado pelo TCE

Nascido numa família

extremamente musical, o

cantor e compositor Ize

Novaes lança seu primeiro

disco, ‘Pra Iluminar’,

aos 60 anos. Filho de Margarida

Piedade Novaes,

rainha do IV centenário

da rádio nacional de São

Paulo, irmão do compositor

Juca Novaes e da cantora

Maida Novaes, dos

Trovadores Urbanos, Ize

sempre teve uma ligação

profunda com a música,

que começou dentro de

casa, com os familiares.

Na década de 80, juntos

de seus irmãos, formou

a banda ‘Fruto Primeiro’,

onde era um dos

principais compositores

e intérpretes do grupo. A

banda fez shows importantes

pelo estado de São

Paulo e participou do lendário

festival de Águas

Claras. As canções que

davam base pro repertório

da banda, foram se perpetuando

ao longo do tempo

nas reuniões familiares e

nas novas gerações da família

Novaes.

O músico compôs o

hino do fundo de solidariedade

de São Paulo em

2001, e foi gravado por

Cristina Saraiva, Lucila

Novaes e Juca Novaes.

Em 1995 criou o Madre-

Deus, grupo de música

que revolucionou a indústria

da música para

casamento com a implementação

de aparelhagem

de som nas cerimônias,

composições menores e

instrumentos que não se

usavam como o violão. O

grupo encerrou as atividades

em meados de 2012.

O sonho de gravar um

disco autoral era grande

desde a juventude, mas

os caminhos da vida não

o permitiram tão cedo.

Como nunca é tarde pra

recomeçar (ou começar),

Ize traz no disco histórias

de uma vida inteira,

temas urgentes e necessários,

que fazem ainda

mais sentido nos dias de

hoje. Um disco de amor,

família, natureza e esperança.

Produzido por seu

filho, o compositor Paulo

Novaes, ‘Pra Iluminar’

conta com a participação

de Pedro Altério, no baixo,

e Gabriel Altério na

bateria, além de Azeitona

nos sopros e Serguei

Eleazar nos violinos.

A faixa-título ‘Pra Iluminar’,

parceria com o

antigo parceiro Cláudio

Guerra, traz uma mensagem

de esperança e otimismo,

abrindo os caminhos

para a sequência do

disco. Em ‘Passaredo’, o

compositor fala sobre a

preservação da natureza

através da figura dos passarinhos,

acompanhado

de seu filho Paulo Novaes,

no violão, e Gabriel

Altério nas percussões.

Em ‘Menina’ e ‘Cristal’,

Ize Novaes conta a história

de amor que construiu por

mais de 40 anos com sua

companheira Angela Novaes,

com quem teve 3 filhos

e 2 netos. Na faixa ‘Ana Julia’,

uma homenagem à sua

filha mais velha, a melodia

marcante serviu de base para

o hino do fundo de solidariedade

de São Paulo.

O ex-prefeito de Itaí,

Thiago dos Santos Michelin

(Republicanos), sofreu

mais uma derrota no Tribunal

de Contas do Estado

de São Paulo. Segundo publicação

do Diário Oficial

do último dia 10 de setembro,

o ex-prefeito havia

impetrado um pedido de

reexame contra a emissão

do parecer desfavorável

de suas contas referente ao

ano de 2018, no entanto,

não teve sucesso e o resultado

foi mantido pelo órgão

fiscalizador.

A decisão rejeitando as

contas foi publicada em dezembro

de 2020 e em fevereiro

de 2021, o ex-prefeito,

através de seus advogados,

ingressou com a solicitação

de revisão pleiteando a

aprovação das contas.

Ao analisar as novas

alegações, o Ministério

Público de Contas, se manifestou

pelo desprovimento

do pedido mantendo

a decisão anterior.

Seguindo o raciocínio

do MPC, o conselheiro-

-Substituto Valdenir Antonio

Polizeli relatou que

não havia como reverter à

decisão de primeiro grau,

uma vez que as alegações

de Michelin não foram suficientes

para afastar a irregularidade

que motivou

a rejeição.

“Feitas considerações

e, por não haver motivos

para dissentir da Assessoria

Técnica e do MPC,

voto pelo não provimento

do presente pedido de reexame,

mantendo o parecer

desfavorável emitido pela

e. Segunda Câmara sobre

as contas apresentadas

pelo Prefeito Municipal

de Itaí, referentes ao exercício

de 2018”, finalizou

Valdenir Antonio Polizeli.

A partir de agora, as contas

devem ser enviadas a

Câmara Municipal de Itaí

e os vereadores decidirão

o futuro político de Thiago

Michelin. Caso mantenham

a decisão do TCE, o ex-

-prefeito se torna inelegível

e não poderá ser candidato

nas próximas eleições.

(Foto: Republicanos)

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!